A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU."

Transcrição

1 SOCIEDADE DO VALE DO IPOJUCA FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO EM ADMINISTRAÇÃO A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU. Eduardo Henrique Morotó de Oliveira Orientador: Profa. Karla Angélica Dantas de Lima CARUARU 2005

2 Prof. Luis de França Diretor Presidente da Faculdade do Vale do Ipojuca Profa. MS.c Mauricélia Bezerra Vidal Diretora Executiva da Faculdade do Vale do Ipojuca Prof. MS.c. Marjony Barros Camelo Coordenador do Curso em Administração

3 EDUARDO HENRIQUE MOROTÓ DE OLIVEIRA A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Administração da Faculdade do Vale do Ipojuca como requisito para a obtenção do título de Bacharel em Administração. Orientadora: Profa. Karla Angélica Dantas de Lima. CARUARU 2005

4 Trabalho de Conclusão de Curso defendido e aprovado no Curso de Administração com habilitação em Gestão de Negócios da Faculdade do Vale do Ipojuca, pela seguinte banca examinadora: Prof. Danilo Aleixo Profa. Sandra Celestino Profa. Karla Angélica Oliveira, Eduardo Morotó de. A pesquisa de marketing como fundamento para ações estratégicas: Um estudo sobre o desempenho da SCAVEN, uma marca de surf wear, na cidade de Caruaru / Eduardo Morotó de Oliveira. Caruaru: FAVIP, p. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à FAVIP para obtenção do grau de Bacharelado em Administração com habilitação em Gestão de negócios. 1. Pesquisa de marketing. 2. Consumidor. 3.Marca. 4. Estratégia de marketing. I. Oliveira, Eduardo Morotó de. II. Titulo. III. Faculdade do Vale do Ipojuca

5 A meu pai (in memoriam). O nosso amor permaneceu além do tempo e do espaço.

6 Agradeço ao meu saudoso pai Nito (in memoriam), alguém que colocou a generosidade acima de tudo, e a minha mãe Maria José, que sempre ensinou a importância da ética e da honestidade, juntos, eles são as pessoas mais importantes da minha vida. A minha orientadora, Karla Angélica, parceira indispensável na concretização deste trabalho, pela unidade, atenção, conhecimentos, amizade. A Marjony, coordenador do curso de Administração da Favip, por todo o desprendimento e respeito que sempre dedicou a mim e aos outros alunos. A Direção da Pró-Surf, que acolheu a idéia deste trabalho e deu impulso para que ele fosse realizado. A Carlos Holanda, consultor do SENAI, pelas dicas, material e constante ajuda. Ao SEBRAE e IEL, órgãos idealizadores do Projeto de Bolsas de Gestão Empresarial nas Micro e Pequenas Empresas. A todos aqueles que torcem por mim, um imenso obrigado.

7 O limite de um homem está no limite dos seus sonhos John Kennedy

8 RESUMO O referente trabalho monográfico tem como intuito abordar a Pesquisa de Marketing como fundamento para as ações estratégicas. O projeto originou-se a partir de uma conversa com os dirigentes da Pró-Surf, indústria e comércio de confecções, que relataram a necessidade de se obter dados seguros sobre o desempenho de uma de suas marcas, a SCAVEN do segmento Surf Wear junto aos consumidores, para que assim fosse possível descobrir o motivo da mesma não atingir os objetivos esperados. É um estudo descritivo que pesquisou 400 pessoas da cidade de Caruaru a fim de verificar o nível de conhecimento do público para com os produtos SCAVEN; conhecer o nível de aceitação do público-alvo para com os atributos dos produtos SCAVEN, (preço, design e pontos de vendas); descrever o perfil do público-alvo e os melhores meios de comunicação para falar com esse público. A coleta de dados ocorreu durante os meses de novembro e dezembro de Através dos resultados da pesquisa foi possível propor ações estratégicas, capazes de solucionar as deficiências da marca em questão. Palavras-chave. Conhecimento do consumidor. PESQUISA DE MARKETING.

9 ABSTRACT The referring work monográfico has as intention to approach the Research of Marketing as foundation for the strategic actions. The project arose starting from a chat with the leaders of the Pró-Surf, industry and trade of makings, that told the need to obtain data insurances on the acting of one of your marks, SCAVEN - of the segment Surf Wear - close to the consumers, so that it roots like this possible to discover the reason of the same not to reach the expected objectives. It is a descriptive study that researched 400 people of the city of Caruaru in order to verify the level of the public's knowledge to the products SCAVEN; to know the level of acceptance of the public-objective to the attributes of the products SCAVEN, (price, design and points of sales); to describe the profile of the public-objective and the best communication means to speak with that public. The collection of data happened during the months of November and December of Through the results of the research it was possible to propose strategic actions, capable to solve the deficiencies of the mark in subject. Key-Word. The consumer's knowledge. RESEARCH OF MARKETING.

10 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...14 JUSTIFICATIVA OBJETIVOS CAPÍTULO I - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING MARKETING O sentido do Marketing Fundamentos do Marketing PESQUISA DE MARKETING Etapas do processo da pesquisa de marketing COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR Segmentação Bases para a segmentação Satisfação dos consumidores...24 CAPÍTULO II - A EMPRESA DENOMINAÇÃO SOCIAL: NOME FANTASIA (MARCAS): LOGOMARCA: ENDEREÇO: CNPJ CADASTRO NACIONAL DE PESSOA JURÍDICA TITULARES: NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS: FORMA JURÍDICA: PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS: ÁREA GEOGRÁFICA DE ATUAÇÃO: BREVE HISTÓRICO SOBRE A EMPRESA: PORTE DA EMPRESA: ESTRUTURA ORGANIZACIONAL: VISÃO DA EMPRESA MISSÃO DA EMPRESA CAPÍTULO III - PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS CARACTERÍSTICAS DA PESQUISA QUANTO AOS MEIOS UTILIZADOS ETAPAS DESENVOLVIDAS PARA A REALIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Área de Atuação Universo e Amostra da Pesquisa CAPÍTULO IV - APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS SEXO IDADE RENDA MENSAL CONHECIMENTO DA MARCA SCAVEN MARCAS MAIS CONHECIDAS CONSUMO DA MARCA SCAVEN... 37

11 4.7 AVALIAÇÃO DOS PREÇOS DA MARCA SCAVEN DESIGN DOS PRODUTOS SCAVEN PONTOS DE VENDA DA SCAVEN MEIO DE COMUNICAÇÃO CAPÍTULO V - CRUZAMENTO E ANÁLISE DOS RESULTADOS PERFIL DOS PESQUISADOS PERFIL DOS CONSUMIDORES SCAVEN MEIOS DE COMUNICAÇÃO UTILIZADOS POR AQUELES QUE CONHECEM A MARCA SCAVEN MEIOS DE COMUNICAÇÃO UTILIZADOS PELOS CONSUMIDORES DA MARCA SCAVEN CAPÍTULO VI - CONSIDERAÇÕES E SUGESTÕES CONHECIMENTO DA MARCA NO MERCADO INVESTIGADO SATISFAÇÃO DO PÚBLICO QUANTO A LOCALIZAÇÃO DA LOJA DA SCAVEN PLANO DE AÇÕES ESTRATÉGICAS CONCLUSÃO REFERÊNCIAS ANEXOS...53

12 LISTA DE TABELAS Tabela 1 Sexo...26 Tabela 2 Idade dos participantes...27 Tabela 3 Renda Mensal...28 Tabela 4 Conhecimento da Marca SCAVEN...29 Tabela 5 Marcas mais conhecidas...30 Tabela 6 Consumo da Marca SCAVEN...31 Tabela 7 Preços da Marca SCAVEN...32 Tabela 8 Design dos Produtos SCAVEN...33 Tabela 9 Pontos de Venda da SCAVEN...34 Tabela 10 Meios de Comunicação mais utilizados...35 Tabela 11 Perfil dos pesquisados...36 Tabela 12 Perfil dos Consumidores SCAVEN...37 Tabela 13 Conhecimento X Meio de Comunicação...38 Tabela 14 Consumo X Meio de Comunicação...39

13 LISTA DE GRÁFICOS Gráfico 1 Sexo...26 Gráfico 2 Idade dos participantes...27 Gráfico 3 Renda Mensal...28 Gráfico 4 Conhecimento da Marca SCAVEN...29 Gráfico 5 Marcas mais conhecidas...30 Gráfico 6 Consum da Marca SCAVEN...31 Gráfico 7 Preços da Marca SCAVEN...32 Gráfico 8 Design dos Produtos SCAVEN...33 Gráfico 9 Pontos de Venda da SCAVEN...34 Gráfico 10 Meios de Comunicação mais utilizados...35 Gráfico 11 Perfil dos pesquisados...36 Gráfico 12 Perfil dos Consumidores SCAVEN...37 Gráfico 13 Conhecimento X Meio de Comunicação...38 Gráfico 14 Consumo X Meio de Comunicação...39

14 INTRODUÇÃO Atualmente, o mercado comercial está cada vez mais diversificado e mutável. As organizações prestadoras de serviços precisam estar à frente das mudanças, provocá-las, inovar sempre. Para alcançar as melhores oportunidades, é preciso respaldar-se através de estudos, pesquisas e atualização permanente de informações. Com base nessas premissas, a Diretoria Executiva da Pró-Surf Indústria e Comércio de Confecções, enxergou a necessidade de se fazer uma Pesquisa de Mercado sobre uma de suas marcas, a SCAVEN, com o intuito de obter dados seguros sobre o seu desempenho. Este trabalho tem como objetivos maiores ter noção do nível de conhecimento do público para com o produto; o nível de aceitação do público-alvo para com o produto (quanto a preço, design, pontos de vendas); conhecer o perfil do público-alvo; e quais os melhores meios de comunicação para atingi-lo. A partir dos dados obtidos, foram dadas sugestões estratégicas com argumentos para a marca se sobressair e vender mais. Para tanto foi realizada uma pesquisa quantitativa descritiva, processo que foi iniciado com a definição dos seus objetivos, a partir daí foi confeccionado um questionário que com sua aprovação efetuada ocorreu à entrada em campo com as entrevistas junto aos consumidores da cidade de Caruaru. Os dados tabulados e organizados foram cruzados e analisados resultando numa perspectiva geral da situação da marca SCAVEN. O desenvolvimento deste trabalho foi constituído pelas seguintes etapas: Capítulo I Fundamentação Teórica; Capítulo II - A empresa: Apresentação do perfil da empresa; Capítulo III - Procedimentos Metodológicos: Aborda a metodologia utilizada para a pesquisa e suas características; Capítulo IV - Apresentação dos Resultados: Apresenta de forma organizada os dados obtidos através de tabelas e gráficos; Capítulo V - Cruzamento e Análise dos Resultados: Demonstra a correlação existente entre algumas das variáveis pesquisadas e seu impacto sobre a Marca SCAVEN;

15 Capítulo VI - Considerações e Sugestões: Apresenta a contribuição deste trabalho para a melhoria da Marca SCAVEN através da sugestão de estratégias a serem implantadas a fim de corrigir deficiências identificadas.

16 JUSTIFICATIVA Quando um produto ou serviço não apresenta um grande resultado, um resultado esperado, ou quando se quer tomar medidas estratégicas acertadas quanto a esse produto ou serviço, faz-se necessário utilizar o recurso da Pesquisa de Mercado ou Pesquisa de Marketing. A Pró-Surf, indústria e comércio de confecções, é uma empresa de médio porte, mantenedora de duas marcas da linha surf wear, são elas: SAKAPRAIA e SCAVEN. Pelo fato desta última não atingir um resultado satisfatório, é preciso conhecer a sua situação no mercado consumidor atuante, a cidade de Caruaru, ou seja, especular sobre a SCAVEN junto a seus clientes, para que assim seja possível a formatação das medidas estratégias, tais como um Plano de Marketing e divulgação para a otimização de suas perspectivas. Com a Pesquisa de Mercado, será possível mensurar as dimensões da marca e assim que seu público-alvo estiver definido, ela passará a ter uma identidade no mercado, isso ocasionará num melhor direcionamento dos seus produtos.

17 OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Realizar uma pesquisa junto ao mercado consumidor de Caruaru, a fim de conhecer a situação da marca SCAVEN e assim propor um plano de ações estratégicas para a solução dos problemas identificados. OBJETIVOS ESPECÍFICOS a) Verificar o nível de conhecimento do público para com os produtos SCAVEN; b) Conhecer o nível de aceitação do público-alvo para com os atributos dos produtos SCAVEN, (preço, design e pontos de vendas); c) Descrever o perfil do público-alvo e os melhores meios de comunicação para falar com esse público; d) Propor ações estratégicas, capazes de solucionar as deficiências encontradas.

18 CAPÍTULO I FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 1.1- ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING Em Marketing: basic concepts and decisions, Pride e Ferrel (1977) resumiram de forma concisa e objetiva as atividades que englobam a administração de marketing, são elas: estabelecer objetivos de marketing; planejar as atividades de marketing; coordenar e integrar atividades de marketing; motivar as pessoas responsáveis com a execução do plano; avaliar e controlar o desempenho das atividades de marketing. As atividades de um administrador de marketing é buscar informações em seu ambiente e, à luz dessas informações, adaptar o programa de composto de marketing para satisfação dos desejos e necessidades dos consumidores visados (LAS CASAS, 1997, p. 35). Portanto, o administrador de marketing deve está sensível ao ambiente, sempre pronto para absorver as mudanças de comportamento do consumidor e até prevê-las para assim elaborar um conceito de marketing adequado ao seu público-alvo. A administração de Marketing ocorre quando pelo menos uma parte de uma troca potencial reflete sobre os meios de atingir as respostas desejadas de outras partes [...] a administração de marketing é um processo que envolve análise, planejamento, implementação e controle; que envolve bens, serviços e idéias; que se fundamenta na noção de troca; que a meta é produzir satisfação para as partes envolvidas (KOTLER, 1998, p 32). Quando a empresa estuda o cliente e sua necessidade, é possível instituir um produto ou serviço adequado a esse cliente, gerando sua preferência e satisfação. Assim se estabelece a Administração de marketing, exercendo funções administrativas de planejar, organizar, executar, dirigir e controlar. 1.2 MARKETING É evidente que as organizações vivem atualmente um contexto acirrado de concorrência, em vários setores da economia. Isso gera um maior esforço por parte dessas organizações em comercializar seus produtos de maneira mais eficiente. Dispor de boa qualidade não basta por si só, é preciso gerar valor desse serviço ou produto na mente do cliente, é preciso conhecer o

19 consumidor e suas indigências, conquista-los a toda prova. A vitalidade dessa conquista pelo público é proporcionada pelo marketing. Não é à toa que esta ferramenta tornou-se indispensável na criação, desenvolvimento e manutenção dos negócios. Marketing é tão básico que não pode ser considerado uma função separada. É o negócio total visto do ponto de vista de seu resultado final, isto é, do ponto de vista do consumidor... O sucesso empresarial não é determinado pelo fabricante, mas pelo consumidor (Peter Drucker apud KOTLER, ibid, p. 22) O sentido do Marketing De acordo com Dias (2004, p. 2) Marketing é uma palavra em inglês, derivada de market, que significa mercado. O marketing é usado para representar uma ação direcionada ao mercado. Assim sendo, a empresa que exerce o marketing possui o mercado como a essência, a razão e o foco de suas práticas. O conceito moderno de marketing surgiu no pós-guerra, na década de 1950, quando o avanço da industrialização mundial acirrou a competição entre as empresas e a disputa pelos mercados trouxe novos desafios, o cliente passou a contar com o poder de escolha, selecionando a alternativa que lhe proporcionasse a melhor relação entre custo e benefício (DIAS, ibid. p 2). As empresas absorveram a premissa de que a decisão final de compra estava com os clientes, então passaram a utilizar meios como as pesquisas e análises de mercado, adequação dos produtos segundo as características e necessidades dos clientes, comunicação dos benefícios do produto em veículo de massa, promoção de vendas, expansão e diversificação dos canais de distribuição. O público passou a orientar as decisões e ações das empresas para o mercado, fazendo surgir novos conceitos como: empresa orientada para o mercado, criação de vantagem competitiva e criação de valor para o cliente, entre outros Fundamentos do Marketing Pode-se afirmar que o Marketing é um instrumento para a racionalização das decisões estratégicas quanto ao mercado-alvo e suas expectativas. Segundo Kotler, (ibid, p. 27) Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros. Esta afirmação deixa claro, que o que faz o marketing é a

20 soma de desejos entre partes, a troca de necessidades, se de um lado há aquele que idealiza um produto ou serviço, do outro há aquele que pode oferecer esse produto ou serviço visando ou não lucro. Um dos conceitos de marketing mais utilizados, é o da American Marketing Association (AMA), afirma que o marketing é o processo de planejar e implementar uma idéia, estabelecimento de preços, promoção e distribuição dessas idéias, produtos e serviços a fim de gerar trocas que façam atingir objetivos e metas individuais e organizacionais. (AMA apud CHURCHILL e PETER, p 4.) O conceito de marketing pode ser entendido como a função empresarial que cria continuamente valor para o cliente e gera vantagem competitiva duradoura para a empresa, por meio de gestão estratégica das variáveis controláveis de marketing: produto, preço, comunicação e distribuição (DIAS, ibid. p 2). 1.3 PESQUISA DE MARKETING A pesquisa de marketing é a investigação sistemática, controlada, empírica e crítica dos dados com o objetivo de descobrir e (ou) descrever fatos e (ou) de verificar a existência de relações presumidas entre fatos (ou variáveis) referentes ao marketing de bens, serviços e idéias, e ao marketing como área de conhecimento de administração (MATTAR, 200. p 15). Churchill e Peter (ibid, p 2) citam a definição da AMA a pesquisa de marketing é uma função que liga o consumidor, o cliente e o público ao profissional de marketing por meio de informações. Outra definição sobre pesquisa de marketing desenvolvida pela AMA, aborda que a pesquisa de marketing tem a função de interagir o mercado consumidor com as empresas, e vice e versa, por meio da informação utilizada para identificar e definir oportunidades e problemas de marketing; aprimorar e avaliar ações de marketing; monitorar o desempenho de marketing; e aumentar a compreensão do processo de marketing (AMA, apud DIAS, ibid. p 368). Os profissionais de marketing precisam de informações sobre seu ambiente, em especial informações sobre clientes e concorrentes; precisam saber como os mercados-alvos respondem a um composto de marketing atual e como reagiriam a mudanças nele; precisam conhecer sobre sua própria participação de mercado e características dos consumidores (CHURCHILL e PETER, ibid. p 116).

21 Para Dias (ibid, p. 368), a pesquisa de marketing pode ser definida como o processo sistemático de coleta e analise de informações relativas as questões específicas ou problemas de marketing enfrentados pelas empresas. Relatam ainda que o principal propósito da pesquisa é obter informações específicas em um limitado período de tempo, a fim de reduzir os riscos da tomada de decisão Etapas do processo da pesquisa de marketing Como afirmam Churchill e Peter (ibid, p. 125) a realização de uma pesquisa de marketing envolve várias etapas. Primeiramente os profissionais e pesquisados de marketing definem um problema a ser resolvido. Em seguida, os pesquisadores elaboram um projeto de pesquisa apropriado para sanar o problema. Usando as ferramentas especializadas no projeto de pesquisa, os pesquisadores coletam as informações. Depois, eles analisam e interpretam os dados e comunicam os resultados preparando e apresentando um relatório de pesquisa. A figura 1 representa esse processo. Figura 1: Etapas do Processo da Pesquisa de Marketing Formular o problema Desenhar um projeto de pesquisa Coletar dados Analisar e interpreta r os dados Preparar relatório da pesquisa Fonte: Churchill e Peter (ibid, p. 125) 1.4 COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR É extremamente importante para o profissional de marketing reconhecer por que e como indivíduos tomam suas decisões de consumo para que ele possa tomar decisões acertadas de estratégia de marketing. O quadro 1 demonstra as questões que o estudo do comportamento do consumidor respondem.

22 Quadro 1: O que engloba o estudo do comportamento do consumidor. O estudo do comportamento do consumidor aponta: O que eles compram? Por que eles compram? Quando eles compram? Onde eles Compram? Com que freqüência eles compram? Com que freqüência eles usam o que compram? O estudo do comportamento do consumidor é o estudo de como os indivíduos tomam decisões de gastar seus recursos disponíveis (tempo, dinheiro, esforço) em itens relacionados ao consumo (SCHIFFMAN e KANUK. 2000, p. 5). Se os profissionais de marketing entendem o comportamento do consumidor, eles se tornam capazes de predizer a possibilidade de os consumidores reagirem a vários sinais informacionais e ambientais e, portanto, podem planejar suas estratégias coerentemente. Sem duvida as empresas que entendem o comportamento do consumidor tem grande vantagem competitiva no mercado. (SCHIFFMAN e KANUK. ibid, p. 5) Segmentação A segmentação de mercado é um modo mais lógico de atender as necessidades de cada consumidor. A sociedade é amplamente diversificada, formada por pessoas diferentes, com desejos distintos, e está na segmentação a forma de suprir todas as necessidades. Define-se segmentação de mercado como um processo de divisão de um mercado potencial em subsegmentos distintos de consumidores com uma necessidade comum ou característica e na seleção de um ou mais segmentos aos quais se direcionar com um composto de marketing especialmente planejado. (SCHIFFMAN e KANUK. ibid, p. 53).

23 Observa-se que os consumidores procuram uma motivação para a compra e dificilmente os apelos padronizados atingirão a todos os indivíduos. Mas todos os universos devem ser conquistados, o homem de marketing tem que buscar as particularidades e providenciar para que elas sejam correspondidas. O administrador pode ter vários mercados-alvos ao mesmo tempo. Schiffman e Kanuk (ibid, p. 33) expõem que os estudos de segmentação são idealizados para descobrir as necessidades e os desejos de grupos específicos de consumidores para que bens e serviços especializados possam ser desenvolvidos e promovidos, satisfazendo as necessidades de cada grupo. O gerente de marketing considera cada cliente em si como um mercado-alvo único e distinto, e planeja ofertas distintas que serão apelativas para cada um deles, concluiu Sandhusen (2000, p. 233) Bases para a segmentação O primeiro passo para o desenvolvimento de uma estratégia de segmentação é a seleção da base ou das bases mais adequadas nas quais segmentar o mercado (SCHIFFMAN e KANUK. ibid, p. 33). Sandhusen (ibid, p. 233) assegura que os grandes agregados do mercado podem ser subdivididos em segmentos menores do mercado-alvo, com base nas características geográficas, demográficas, psicograficas e comportamentais. O quadro abaixo expõe as bases a serem consideradas em um estudo de segmentação.

24 Quadro 2 Bases para a segmentação Bases para a segmentação. Bases Geográficas Analisam a localização dos indivíduos do mercado em questão e as características diferenciadas associadas a cada local. Bases Demográficas Focalizam critérios de condição de ser como idade, sexo, renda, nacionalidade etc. Bases Psicografias Analisam diretamente o comportamento do consumidor, incluem personalidade, percepção, estilo de vida etc. Questões medidas através de uma diversidade de testes. Bases comportamentais Definem os grupos de mercado-alvo em termos de como os membros do mercado se comportam, como consumidores, com respeito às ofertas dos vendedores etc Satisfação dos consumidores Las Casas (1997, p. 153) expõe que atualmente há uma valorização maior do consumidor no processo de comercialização e que os clientes estão mais exigentes e essa valorização já é esperada por parte deles. O autor também defende que há necessidade de se saber a respeito dos consumidores, o que eles apreciam e o que querem em determinados momentos, para tanto, destaca a importância das pesquisas, que possibilitam o conhecimento do consumidor e sua conseqüente satisfação. Em primeiro lugar é certo que se deve considerar o aspecto humano e cultural para satisfação dos consumidores. Implantar uma filosofia empresarial de atendimento ao consumidor é fundamental. Se não houver uma internalizaçao da filosofia por parte dos funcionários, com certeza não haverá condições de satisfazer consumidores. (LAS CASAS. Ibid, p. 153). Kotler (2003, p. 204) afirma que as empresas excelentes almejam superar as expectativas dos clientes e deixar um sorriso em suas faces. É necessário satisfazer e encantar os consumidores. Isso se conquista através de um plano de marketing concentrado e competente, que se estende por todas as áreas administrativas.

25 CAPÍTULO II A EMPRESA 2.1. DENOMINAÇÃO SOCIAL: Pró-Surf Indústria e Comércio de Confecções LTDA NOME FANTASIA (MARCAS): Scaven Sakapraia 2.3. LOGOMARCA: 2.4. ENDEREÇO: Rua Visconde Inhaúma, 2130 Cep , Caruaru/PE 2.5. CNPJ CADASTRO NACIONAL DE PESSOA JURÍDICA / TITULARES:

26 Maria Margarete Cavalcante de Souza Antônio Pedro de Souza 2.7. NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS: 63 funcionários FORMA JURÍDICA: Empresa por quota de responsabilidade limitada 2.9. PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS: A PRÓ-SURF é constituída por duas marcas, SCAVEN e SAKAPRAIA, ambas focadas no seguimento Surf Wear, a primeira constitui uma linha popular voltada para o seguimento da feira da sulanca, enquanto a segunda apresenta uma linha de produtos mais sofisticada voltada para Shoppings Centers. A SCAVEN tem ponto de vendas em Caruaru, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Recife. A SAKAPRAIA possui lojas na cidade de Recife, no Shopping Center Recife e Shopping Tacaruna ÁREA GEOGRÁFICA DE ATUAÇÃO: Todo o território nacional BREVE HISTÓRICO SOBRE A EMPRESA: A PRÓ-SURF foi fundada em 1986 através da marca SAKAPRAIA com o objetivo de oferecer um produto da linha Surf Wear e Street Wear de grande qualidade. A Sakapraia

27 iniciou em uma loja no Shopping Tacaruna, obteve um enorme sucesso e logo aconteceu mais um ponto de vendas no Shopping Recife. Na busca de novos mercados a PRÓ-SURF criou a marca SCAVEN, essa direcionada ao Pólo de Confecções do agreste do estado. Além das lojas próprias, a PRÓ-SURF distribui seus produtos em todo o território nacional, através de representantes credenciados PORTE DA EMPRESA: Empresa de médio porte ESTRUTURA ORGANIZACIONAL: Diretoria Diretoria Comercial Dir. Adm./ Financeira Design/Desenvolvimento Vendas Mercado Interno Vendas Mercado Externo Pagamentos Cobranças Dep. Pessoal/ R.H. C P D Planejamento Matérias Sistema C A D Planejamento Produção Facção Manutenção Matérias Primas Corte Estamparia Bordados Aviamentos Confecção Acabamento Estoque

28 1.14. VISÃO DA EMPRESA Ser uma empresa inovadora e reconhecida pela qualidade de seus produtos que venham a atender ou exceder as expectativas dos clientes MISSÃO DA EMPRESA Desenvolver e comercializar o melhor produto da linha Surf e Street Wear do mercado.

29 CAPÍTULO III PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 3.1. CARACTERÍSTICAS DA PESQUISA QUANTO AOS MEIOS UTILIZADOS Segundo Santos (2000, p. 157) é através da pesquisa que se pode alcançar e dominar novos conhecimentos de forma organizada que conduzirá a certo resultado. E este procedimento técnico pode levar a redescoberta ou afirmação de novas verdades. Barros e Lehfeld (2000, p. 68), por sua vez atestam que a pesquisa científica consiste na observação dos fatos tal como ocorrem espontaneamente na coleta de dados, no registro de variáveis, presumivelmente relevantes para análises posteriores. Esse raciocínio aponta a pesquisa como um forte instrumento de soluções de problemas. A metodologia está relacionada à utilização de métodos que alcançarão informações que possam ser apresentadas como válidas. Quanto aos objetivos, a pesquisa em referência pode ser caracterizada como descritiva, que segundo Mattar (2000, p 23) é aquela pesquisa utilizada para o propósito de descrever características de grupos, estimar proporção de elementos numa população específica ou descobrir a existência de relação entre variáveis. Quanto à classificação, pode-se defini-la como pesquisa de campo e/ou levantamento, que Mattar (2000, p. 25) apresenta como a procura de dados representativos da população de interesse, tanto em relação ao número de casos incluídos na amostra, quanto a sua inclusão. Portanto, houve a coleta de dados para que assim fosse possível a mensuração das variáveis que influenciam a marca SCAVEN. Quanto à fonte dos dados, esta pesquisa é quantitativa, pois se trata de uma pesquisa que se baseia em mensurações e no cruzamento de dados estatísticos; além disso, decorre de técnicas específicas de mensuração, como questionários com respostas de múltiplas escolhas. (Souza, p 74).

30 Quanto aos meios aplicados, na presente pesquisa foi utilizado um questionário padronizado e específico, elaborado conforme a descrição das informações requisitadas pela Diretoria Executiva da Pró-Surf, além da inclusão de informações complementares. O questionário apresenta questões fechadas e abertas que possibilitaram a avaliação das seguintes variáveis: sexo, idade, localidade, renda mensal, meio de comunicação mais utilizado, conhecimento da marca e dentre os que conhecem, pesquisou-se o nível de consumo e sua satisfação em relação ao preço, design e pontos de vendas. O Quadro abaixo está relacionado à caracterização da pesquisa e segue para apreciação. Quadro 3 Caracterização da Pesquisa CARACTERIZAÇÃO QUANTO AOS OBJETIVOS QUANTO À FONTE DOS DADOS QUANTO À CLASSIFICAÇÃO QUANTO AOS MEIOS RESULTADO PESQUISA DESCRITIVA PESQUISA QUANTITATIVA PESQUISA DE CAMPO QUESTIONÁRIO ESPECÍFICO 3.2. ETAPAS DESENVOLVIDAS PARA A REALIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Área de Atuação A área de atuação da presente pesquisa se insere no campo da Administração e seu foco principal está voltado para uma Estratégia de Marketing com Enfoque na Racionalização do Perfil do Cliente e conseqüente satisfação Universo e Amostra da Pesquisa Pode-se definir universo ou população como o conjunto total a ser pesquisado com pelo menos uma característica em comum. O conjunto total desta pesquisa é o mercado

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II Atividades Gerenciais de MKT Produto Testar Novos Produtos; Modificar Atuais; Eliminar; Política de Marcas; Criar Satisfação e Valor; Embalagem. 2 1 Atividades Gerenciais

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG.

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Bambuí/MG - 2008 A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Ana Cristina Teixeira AMARAL (1); Wemerton Luis EVANGELISTA

Leia mais

Prof: Carlos Alberto

Prof: Carlos Alberto AULA 1 Marketing Prof: Carlos Alberto Bacharel em Administração Bacharel em Comunicação Social Jornalismo Tecnólogo em Gestão Financeira MBA em Gestão de Negócios Mestrado em Administração de Empresas

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

Jose Luciano Virginio da Silva (FAVIP) IVANCIL TIBÚRCIO CAVALCANTI (UFRPE)

Jose Luciano Virginio da Silva (FAVIP) IVANCIL TIBÚRCIO CAVALCANTI (UFRPE) ISSN 1984-9354 OTIMIZAÇÃO DE RESULTADOS MEDIANTE USO CONSULTORIA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO SOBRE A NECESSIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE UMA EMPRESA DE ASSESSORIA EM GESTÃO DE RECURSOS ENERGÉTICOS NA CIDADE DE

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

AULA 4 Marketing de Serviços

AULA 4 Marketing de Serviços AULA 4 Marketing de Serviços Mercado Conjunto de todos os compradores reais e potenciais de um produto ou serviço. Trata-se de um sistema amplo e complexo, que envolve: FORNECEDORES CONCORRENTES CLIENTES

Leia mais

Pesquisa de Marketing

Pesquisa de Marketing Pesquisa de Marketing CONCEITOS INICIAIS Prof. Daciane de Oliveira Silva Fonte: MALHORTA, Naresh K. Pesquisa de Marketing: uma orientação aplicada. 4 ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. MATTAR, Fauze Najib.

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS

MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS ADRIELI DA COSTA FERNANDES Aluna da Pós-Graduação em Administração Estratégica: Marketing e Recursos Humanos da AEMS PATRICIA LUCIANA

Leia mais

Marketing. - Fatos históricos.

Marketing. - Fatos históricos. Marketing - Fatos históricos. Escambo. Produção e consumo baixos. Crescimento do consumo. Crescimento da produção = paridade. Explosão da produção. Marketing é o desempenho das atividades de negócios que

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV MANUAL DA QUALIDADE Manual da Qualidade - MQ Página 1 de 15 ÍNDICE MANUAL DA QUALIDADE 1 INTRODUÇÃO...3 1.1 EMPRESA...3 1.2 HISTÓRICO...3 1.3 MISSÃO...4 1.4 VISÃO...4 1.5 FILOSOFIA...4 1.6 VALORES...5

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO SERVIÇOS DE MÍDIA INDOOR 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

MODA SUSTENTÁVEL E CONSUMIDORES OSKLEN 1. Lílian Gonring CASOTTI 2 Vanessa Melo TORRES 3 Faculdades Integradas de São Pedro, Vitória, ES

MODA SUSTENTÁVEL E CONSUMIDORES OSKLEN 1. Lílian Gonring CASOTTI 2 Vanessa Melo TORRES 3 Faculdades Integradas de São Pedro, Vitória, ES MODA SUSTENTÁVEL E CONSUMIDORES OSKLEN 1 Lílian Gonring CASOTTI 2 Vanessa Melo TORRES 3 Faculdades Integradas de São Pedro, Vitória, ES RESUMO Falar de sustentabilidade se tornou comum em tempos que o

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

Metodologia de Comunicação Integrada de Marketing o caso Orium

Metodologia de Comunicação Integrada de Marketing o caso Orium Metodologia de Comunicação Integrada de Marketing o caso Orium Luciano Mattana (UNIFRA) lucianomattana@unifra.br Greice de Bem Noro (UNIFRA) greice@unifra.br Milena Marinho Mottini (UNIFRA) milleninhamm@hotmail.com

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS Maio/2013 SUMÁRIO 1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.1 Resumo dos principais pontos do plano de negócio 1.2 Empreendedores

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. Graduação em Administração

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. Graduação em Administração Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Graduação em Administração Educação Presencial 2011 1 Trabalho de Conclusão de Curso - TCC O curso de Administração visa formar profissionais capacitados tanto para

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 06/08/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG Professores

Leia mais

A GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA DE FOMENTO MERCANTIL: UM ESTUDO DE CASO NA IGUANA FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA

A GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA DE FOMENTO MERCANTIL: UM ESTUDO DE CASO NA IGUANA FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 A GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA DE FOMENTO MERCANTIL: UM ESTUDO DE CASO NA IGUANA FACTORING FOMENTO MERCANTIL

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

EMPREENDIMENTO COMERCIAL: QUAL O MELHOR CAMINHO A SEGUIR EM SEUS MOMENTOS INICIAIS? RESUMO

EMPREENDIMENTO COMERCIAL: QUAL O MELHOR CAMINHO A SEGUIR EM SEUS MOMENTOS INICIAIS? RESUMO FÁBIO RODRIGO DE ARAÚJO VALOIS Discente do Curso de Ciências Contábeis - UFPA RESUMO Não é de uma hora pra outra que um comerciante abre as portas de seu empreendimento. Se fizer deste modo, com certeza

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 Narjara Bárbara Xavier Silva 2 Patrícia Morais da Silva 3 Resumo O presente trabalho é resultado do Projeto de Extensão da Universidade Federal da

Leia mais

Tema Nº 7 Gestão Comercial

Tema Nº 7 Gestão Comercial Tema Nº 7 Gestão Comercial Habilidades a Desenvolver: Identificar as diferenças entre marketing e vendas. Definir as ações de marketing a serem adotadas pela empresa. Estruturar os procedimentos comerciais

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

Palavras-chave: Comunicação Estratégica; Composto de Marketing e micro e pequenas empresas.

Palavras-chave: Comunicação Estratégica; Composto de Marketing e micro e pequenas empresas. A COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA E O COMPOSTO DE MARKETING: UMA INTEGRAÇÃO DE SUCESSO NA GESTÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE JOÃO PESSOA Evalena Lima Cabral (1) ; Patrícia Morais da Silva (3), Mitchell Figueiredo

Leia mais

Marketing. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Marketing. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Marketing Aula 06 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia e

Leia mais

PLANO DE MARKETING: PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO NA EMPRESA PAULA MODAS ESPERANÇA -PB.

PLANO DE MARKETING: PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO NA EMPRESA PAULA MODAS ESPERANÇA -PB. PLANO DE MARKETING: PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO NA EMPRESA PAULA MODAS ESPERANÇA -PB. Monailza de Sousa Oliveira monailza@hotmail.com UEPB Nara Cristina da Silva Costa naracristina.sc@hotmail.com UEPB Suzane

Leia mais

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO

A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO Mariana Ferreira Soares, Priscila Petrusca Messias Gomes Silva e Marcos Alexandre de Melo Barros. Faculdade Senac de Pernambuco. E-mail:

Leia mais

ESTUDO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO UTILIZADO PELA ÁREA INDUSTRIAL METALÚRGICA DE BENTO GONÇALVES EM SEU PROCESSO, GERENCIAMENTO E LOGÍSTICA

ESTUDO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO UTILIZADO PELA ÁREA INDUSTRIAL METALÚRGICA DE BENTO GONÇALVES EM SEU PROCESSO, GERENCIAMENTO E LOGÍSTICA ESTUDO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO UTILIZADO PELA ÁREA INDUSTRIAL METALÚRGICA DE BENTO GONÇALVES EM SEU PROCESSO, GERENCIAMENTO E LOGÍSTICA W.L.MOURA 1 ; L.FILIPETTO 2 ; C.SOAVE 3 RESUMO O assunto sobre inovação

Leia mais

PESQUISA DE MARKETING: FERRAMENTA INDISPENSÁVEL PARA GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES

PESQUISA DE MARKETING: FERRAMENTA INDISPENSÁVEL PARA GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES PESQUISA DE MARKETING: FERRAMENTA INDISPENSÁVEL PARA GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Daniele Schneider 1 Débora Wuttke 2 Heinrich Führ 3 Ivanete Schneider 4 RESUMO Este artigo aborda a importância do uso da pesquisa

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL

INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL ZAROS, Raíssa Anselmo. Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais/ACEG E-mail: raissa_zaros@hotmail.com LIMA, Sílvia Aparecida Pereira

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING. Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br

MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING. Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br ESTATÍSTICA População e Amostra População Amostra Idéia Principal Resumir para entender!!! Algumas Técnicas Pesquisa de

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 26/09/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO BOLSAS E ACESSÓRIOS

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO BOLSAS E ACESSÓRIOS OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO BOLSAS E ACESSÓRIOS 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015

Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015 Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015 Relatório Final Brasília, Novembro/2014 Método Objetivo geral: Levantar as expectativas para 2015 dos pequenos negócios atendidos pelo SEBRAE Método: Pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE CURITIBA ABRIL - 2000 ODILIO SEPULCRI TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA

Leia mais

Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso.

Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso. 1 Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso. Daiane Maria ALONGE 1 Edson Leite Lopes GIMENEZ 2 Resumo Com a atual concorrência, entender os desejos

Leia mais

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Capítulo 7 As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Pós Graduação Gestão Pública Administração de Marketing Conteúdo - Capítulo 7 Imagem e conhecimento do mercado: A imagem da

Leia mais

COMO VENDER. A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição

COMO VENDER. A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição BP COMO VENDER A IMAGEM DA SUA ESCOLA Dicas que garantem a visibilidade da sua instituição PRODUTOS EDUCACIONAIS MULTIVERSO Avenida Batel, 1750 Batel CEP 80420-090 Curitiba/PR Fone: (41) 4062-5554 Editor:

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS FRALDAS QUARESMA "FRALDAS DESCARTAVEIS" Empreendedor(a): FLÁVIO QUARESMA DE LIMA SILVA

PLANO DE NEGÓCIOS FRALDAS QUARESMA FRALDAS DESCARTAVEIS Empreendedor(a): FLÁVIO QUARESMA DE LIMA SILVA PLANO DE NEGÓCIOS FRALDAS QUARESMA "FRALDAS DESCARTAVEIS" Empreendedor(a): FLÁVIO QUARESMA DE LIMA SILVA Fevereiro/2013 SUMÁRIO 1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.1 Resumo dos principais pontos do plano de negócio

Leia mais

A maior pesquisa sobre consumo de calçados femininos já realizada no Brasil

A maior pesquisa sobre consumo de calçados femininos já realizada no Brasil A maior pesquisa sobre consumo de calçados femininos já realizada no Brasil Categoria: Consumo - Moda Segmento: Sapatos femininos Mercado: Brasil Edição 02 www.azimute720.com.br 2011 Quem Somos Uma agência

Leia mais

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Alexandra Cardoso da Rosa Bittencourt 1 ; Rogério

Leia mais

A SATISFAÇÃO DOS CLIENTES DE UMA TRANSPORTADORA DA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO

A SATISFAÇÃO DOS CLIENTES DE UMA TRANSPORTADORA DA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 A SATISFAÇÃO DOS CLIENTES DE UMA TRANSPORTADORA DA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO Marcelo Cristian Vieira 1, Carolina Zavadzki Martins 2,Gerliane

Leia mais

O COMPORTAMENTO DE CONSUMIDORES DE VEÍCULOS USADOS: UM ESTUDO A PARTIR DO PROCESSO DECISÓRIO DE COMPRA

O COMPORTAMENTO DE CONSUMIDORES DE VEÍCULOS USADOS: UM ESTUDO A PARTIR DO PROCESSO DECISÓRIO DE COMPRA O COMPORTAMENTO DE CONSUMIDORES DE VEÍCULOS USADOS: UM ESTUDO A PARTIR DO PROCESSO DECISÓRIO DE COMPRA Luciano Zamberlan (UNIJUÍ) lucianoz@unijui.edu.br Ariosto Sparemberger (UNIJUÍ) ariosto@unijui.edu.br

Leia mais

Logística e Distribuição

Logística e Distribuição Logística e Distribuição 02 Disciplina: LOGÍSTICA E DISTRIBUIÇÃO Plano de curso PLANO DE CURSO Objetivos Proporcionar aos alunos os conhecimentos básicos sobre logística e distribuição como elemento essencial

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes Unidade IV Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas Prof a. Daniela Menezes Tipos de Mercado Os mercados podem ser divididos em mercado de consumo e mercado organizacional. Mercado de consumo: o consumidor

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING

PLANEJAMENTO DE MARKETING PLANEJAMENTO DE MARKETING A análise ambiental e o planejamento beneficiam os profissionais de marketing e a empresa como um todo, ajudando os gerentes e funcionários de todos os níveis a estabelecer prioridades

Leia mais

AzTech Engineering Soluções em Engenharia de Software

AzTech Engineering Soluções em Engenharia de Software Plano de Negócio AzTech Engineering Soluções em Engenharia de Software Rodovia Celso Garcia Cid 2500 86051-990, Londrina - PR aztech@aztech.com.br André Ricardo Gonçalves - CEO / Tecnologia argoncalves@aztech.com.br

Leia mais

Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015

Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015 Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015 Relatório Final Brasília, Novembro/2014 Método Objetivo geral: Levantar as expectativas para 2015 dos pequenos negócios atendidos pelo SEBRAE Método: Pesquisa

Leia mais

Tema Nº 3 Primeiros Passos

Tema Nº 3 Primeiros Passos Tema Nº 3 Primeiros Passos Habilidades a Desenvolver: Reconhecer as etapas iniciais do empreendedorismo. Analisar o tipo de negócio, bem como sua viabilidade e demandas de recursos de novos empreendimentos.

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

ESTRATÉGIA DE VISUAL MERCHANDISING PARA UMA BUTIQUE DE MODA FEMININA

ESTRATÉGIA DE VISUAL MERCHANDISING PARA UMA BUTIQUE DE MODA FEMININA ESTRATÉGIA DE VISUAL MERCHANDISING PARA UMA BUTIQUE DE MODA FEMININA VISUAL MERCHANDISING ESTRATEGY IN A FEMININE FASHION SHOP CARLA HIDALGO CAPELASSI 1 RESUMO O principal objetivo deste artigo é descrever

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ESCOLA DE IDIOMAS PARA CRIANÇAS

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ESCOLA DE IDIOMAS PARA CRIANÇAS OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ESCOLA DE IDIOMAS PARA CRIANÇAS 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode

Leia mais

Escolha os melhores caminhos para sua empresa

Escolha os melhores caminhos para sua empresa Escolha os melhores caminhos para sua empresa O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio

Leia mais

Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento

Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento Profa. Marta Valentim Marília 2014 Modelos,

Leia mais

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente A Importância do Marketing nos Serviços da Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente Hellen Souza¹ Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS RESUMO Este artigo aborda a importância

Leia mais

XI Inic EPG - UNIVAP 2011. Top Business Magazine: a linguagem empresarial da região Alan Douglas Batista, Profª Msc. Vânia Braz de Oliveira

XI Inic EPG - UNIVAP 2011. Top Business Magazine: a linguagem empresarial da região Alan Douglas Batista, Profª Msc. Vânia Braz de Oliveira XI Inic EPG - UNIVAP 2011 Top Business Magazine: a linguagem empresarial da região Alan Douglas Batista, Profª Msc. Vânia Braz de Oliveira Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP/ Faculdade de Ciências

Leia mais

3 Metodologia. 3.1. Introdução

3 Metodologia. 3.1. Introdução 3 Metodologia 3.1. Introdução Este capítulo é dedicado à forma de desenvolvimento da pesquisa. Visa permitir, através da exposição detalhada dos passos seguidos quando da formulação e desenvolvimento do

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MELHOR IDADE - SERVIÇOS DE CUIDADOR

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MELHOR IDADE - SERVIÇOS DE CUIDADOR OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO MELHOR IDADE - SERVIÇOS DE CUIDADOR 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO CATEGORIAS TÉCNICO TECNÓLOGO TEMAS LIVRE INCLUSÃO SOCIAL COOPERATIVISMO 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO 1.1 Nome da Instituição 1.2 Nome do Reitor(a)/Diretor(a)-Geral/Diretor(a) 1.3

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO E-COMMERCE - FLORICULTURA VIRTUAL 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia Master House Franquia de Sucesso ocumento protegido pelos termos da lei. ualquer replicação deste material não é autorizada. Especial 10.A/2015 Parabéns

Leia mais

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO Prof. Marcopolo Marinho Marketing: É a área do conhecimento que engloba todas as atividades referente às relações de troca de bens entre pessoas ou instituições, buscando

Leia mais

AULA 20. Atendimento

AULA 20. Atendimento AULA 20 Atendimento Marketing em Serviços Marketing em serviços pode ser definido com o conjunto de atividades que objetivam a análise, o planejamento, a implementação e o controle de programas destinados

Leia mais

LUIZ HENRIQUE SCHIRMER 20800803 ESTRATÉGIA DE MARKETING UM ESTUDO SOBRE A AGÊNCIA DE PUBLICIDADE FORFAN

LUIZ HENRIQUE SCHIRMER 20800803 ESTRATÉGIA DE MARKETING UM ESTUDO SOBRE A AGÊNCIA DE PUBLICIDADE FORFAN Centro Universitário de Brasília - UniCEUB Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas FATECS LUIZ HENRIQUE SCHIRMER 20800803 ESTRATÉGIA DE MARKETING UM ESTUDO SOBRE A AGÊNCIA DE PUBLICIDADE FORFAN

Leia mais

Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO OBJETIVOS Definir com maior precisão o que é marketing; Demonstrar as diferenças existentes entre marketing externo, marketing interno e marketing de treinamento;

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE MARKETING

SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE MARKETING SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE MARKETING DESAFIOS PARA O SÉC. XXI A globalização, que obrigará a empresa a comparar-se com o que há de melhor no mundo. A necessidade de educar, treinar, motivar e liderar talentos.

Leia mais

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho Pesquisa Semesp A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho 2008 Ensino superior é um forte alavancador da carreira profissional A terceira Pesquisa Semesp sobre a formação acadêmica dos profissionais

Leia mais

Aula 03 Gestão de Marketing

Aula 03 Gestão de Marketing Aula 03 Gestão de Marketing Análise SWOT, Segmentação de Mercado e Mix de Marketing Prof. Marcopolo Marinho Prof. Esp. Marcopolo Marinho Segmentação é a identificação sistemática de conjuntos e subconjuntos

Leia mais

Americanas.com x Lojas Americanas 1

Americanas.com x Lojas Americanas 1 Americanas.com x Lojas Americanas 1 Rayra Costa da SILVA 2 Gabriela Lima RIBEIRO 3 Hugo Osvaldo ACOSTA REINALDO 4 Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE RESUMO Mesmo que no site Americanas.com haja

Leia mais

ANÁLISE DA QUALIDADE DE SERVIÇO PERCEBIDA: aplicação do modelo SERVQUAL em uma Instituição de Ensino.

ANÁLISE DA QUALIDADE DE SERVIÇO PERCEBIDA: aplicação do modelo SERVQUAL em uma Instituição de Ensino. 1 ANÁLISE DA QUALIDADE DE SERVIÇO PERCEBIDA: aplicação do modelo SERVQUAL em uma Instituição de Ensino. RESUMO Camila Rezende Bambirra 1 Ronaldo Maciel Guimarães 2 Este artigo tem como objetivo Identificar

Leia mais

QUALIDADE DE SERVIÇO EM UM PONTO DE VENDA À VAREJO: UMA ANÁLISE DE PERFORMANCE E IMPORTÂNCIA SOB O PONTO DE VISTA DO CLIENTE

QUALIDADE DE SERVIÇO EM UM PONTO DE VENDA À VAREJO: UMA ANÁLISE DE PERFORMANCE E IMPORTÂNCIA SOB O PONTO DE VISTA DO CLIENTE QUALIDADE DE SERVIÇO EM UM PONTO DE VENDA À VAREJO: UMA ANÁLISE DE PERFORMANCE E IMPORTÂNCIA SOB O PONTO DE VISTA DO CLIENTE Kissila Goncalves Lourenco (ISECENSA) kissilagl@hotmail.com Henrique Rego Monteiro

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO MBA GESTÃO DE VAREJO 1 - FORMAÇÃO DE PREÇO E ANÁLISE DE MARGEM NO VAREJO: Ementa: Conhecer o conceito de lucro na visão da precificação baseada no custo; demonstrar termos utilizados na formação de preço

Leia mais

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização PLANO DE MARKETING Ferramenta importante do plano estratégico de uma empresa. Deve estar em perfeita sintonia com os objetivos estabelecidos pela empresa. É um passo para a elaboração do PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Gestão em Marketing CST em Marketing A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

Parceria de sucesso para sua empresa

Parceria de sucesso para sua empresa Parceria de sucesso para sua empresa A Empresa O Grupo Espaço Solução atua no mercado de assessoria e consultoria empresarial há 14 anos, sempre realizando trabalhos extremamente profissionais, pautados

Leia mais

EMPREENDEDORISMO Marketing

EMPREENDEDORISMO Marketing Gerenciando o Marketing EMPREENDEDORISMO Marketing De nada adianta fabricar um bom produto ou prestar um bom serviço. É preciso saber colocálo no mercado e conseguir convencer as pessoas a comprá-lo. O

Leia mais

GESTÃO DE ESTOQUE: ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE EM UMA EMPRESA DA CIDADE DE MOSSORÓ RN

GESTÃO DE ESTOQUE: ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE EM UMA EMPRESA DA CIDADE DE MOSSORÓ RN 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 GESTÃO DE ESTOQUE: ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE EM UMA EMPRESA DA CIDADE DE MOSSORÓ RN Cícero Eriberto da Silva 1, Hudson do Vale de Oliveira 2,

Leia mais

16/2/2011. Introdução à pesquisa de marketing. Relembrando. Planejando ações de marketing

16/2/2011. Introdução à pesquisa de marketing. Relembrando. Planejando ações de marketing Introdução à pesquisa de Disciplina: Pesquisa de Prof. Ms. Marco A. Arbex Relembrando Marketing é um processo social e de gestão, através do qual os indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e querem

Leia mais

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas:

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas: Administração da equipe de vendas (Neste texto de apoio: Conceitos e técnicas e Plano de ação de vendas) Conceitos e técnicas A correta administração da equipe de vendas é fundamental para o bom desempenho

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10

Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 Composição da nota do M1 Composição da nota Final Avaliação P1 Avaliação P2 Média 1: (P1+P2)/2 Avaliação P3 Média Final: (M1+P3)/2 Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 Valor: 10 01 03/08/2011 02 10/08/2011

Leia mais

RUA TERCEIRA DO PARQUE, 08, 1 ANDAR, SALA 02, GLEBA B. CAMAÇARI-BA. FONE: + 55 (71) 8846-0196 (Aparecida). E-MAIL: consultoria.marca@gmail.

RUA TERCEIRA DO PARQUE, 08, 1 ANDAR, SALA 02, GLEBA B. CAMAÇARI-BA. FONE: + 55 (71) 8846-0196 (Aparecida). E-MAIL: consultoria.marca@gmail. PORTFÓLIO MARCA CONSULTORIA & TREINAMENTOS RUA TERCEIRA DO PARQUE, 08, 1 ANDAR, SALA 02, GLEBA B. CAMAÇARI-BA. FONE: + 55 (71) 8846-0196 (Aparecida). E-MAIL: consultoria.marca@gmail.com SUMÁRIO 1 QUEM

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO Porto Alegre RS Abril 2010 Bianca Smith Pilla Instituto Federal de Educação,

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ASSISTÊNCIA TÉCNICA - HARDWARE E SOFTWARE

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ASSISTÊNCIA TÉCNICA - HARDWARE E SOFTWARE OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO ASSISTÊNCIA TÉCNICA - HARDWARE E SOFTWARE 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais