A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU."

Transcrição

1 SOCIEDADE DO VALE DO IPOJUCA FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO EM ADMINISTRAÇÃO A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU. Eduardo Henrique Morotó de Oliveira Orientador: Profa. Karla Angélica Dantas de Lima CARUARU 2005

2 Prof. Luis de França Diretor Presidente da Faculdade do Vale do Ipojuca Profa. MS.c Mauricélia Bezerra Vidal Diretora Executiva da Faculdade do Vale do Ipojuca Prof. MS.c. Marjony Barros Camelo Coordenador do Curso em Administração

3 EDUARDO HENRIQUE MOROTÓ DE OLIVEIRA A PESQUISA DE MARKETING COMO FUNDAMENTO PARA AÇÕES ESTRATÉGICAS: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DA SCAVEN, UMA MARCA DE SURF WEAR, NA CIDADE DE CARUARU. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Administração da Faculdade do Vale do Ipojuca como requisito para a obtenção do título de Bacharel em Administração. Orientadora: Profa. Karla Angélica Dantas de Lima. CARUARU 2005

4 Trabalho de Conclusão de Curso defendido e aprovado no Curso de Administração com habilitação em Gestão de Negócios da Faculdade do Vale do Ipojuca, pela seguinte banca examinadora: Prof. Danilo Aleixo Profa. Sandra Celestino Profa. Karla Angélica Oliveira, Eduardo Morotó de. A pesquisa de marketing como fundamento para ações estratégicas: Um estudo sobre o desempenho da SCAVEN, uma marca de surf wear, na cidade de Caruaru / Eduardo Morotó de Oliveira. Caruaru: FAVIP, p. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à FAVIP para obtenção do grau de Bacharelado em Administração com habilitação em Gestão de negócios. 1. Pesquisa de marketing. 2. Consumidor. 3.Marca. 4. Estratégia de marketing. I. Oliveira, Eduardo Morotó de. II. Titulo. III. Faculdade do Vale do Ipojuca

5 A meu pai (in memoriam). O nosso amor permaneceu além do tempo e do espaço.

6 Agradeço ao meu saudoso pai Nito (in memoriam), alguém que colocou a generosidade acima de tudo, e a minha mãe Maria José, que sempre ensinou a importância da ética e da honestidade, juntos, eles são as pessoas mais importantes da minha vida. A minha orientadora, Karla Angélica, parceira indispensável na concretização deste trabalho, pela unidade, atenção, conhecimentos, amizade. A Marjony, coordenador do curso de Administração da Favip, por todo o desprendimento e respeito que sempre dedicou a mim e aos outros alunos. A Direção da Pró-Surf, que acolheu a idéia deste trabalho e deu impulso para que ele fosse realizado. A Carlos Holanda, consultor do SENAI, pelas dicas, material e constante ajuda. Ao SEBRAE e IEL, órgãos idealizadores do Projeto de Bolsas de Gestão Empresarial nas Micro e Pequenas Empresas. A todos aqueles que torcem por mim, um imenso obrigado.

7 O limite de um homem está no limite dos seus sonhos John Kennedy

8 RESUMO O referente trabalho monográfico tem como intuito abordar a Pesquisa de Marketing como fundamento para as ações estratégicas. O projeto originou-se a partir de uma conversa com os dirigentes da Pró-Surf, indústria e comércio de confecções, que relataram a necessidade de se obter dados seguros sobre o desempenho de uma de suas marcas, a SCAVEN do segmento Surf Wear junto aos consumidores, para que assim fosse possível descobrir o motivo da mesma não atingir os objetivos esperados. É um estudo descritivo que pesquisou 400 pessoas da cidade de Caruaru a fim de verificar o nível de conhecimento do público para com os produtos SCAVEN; conhecer o nível de aceitação do público-alvo para com os atributos dos produtos SCAVEN, (preço, design e pontos de vendas); descrever o perfil do público-alvo e os melhores meios de comunicação para falar com esse público. A coleta de dados ocorreu durante os meses de novembro e dezembro de Através dos resultados da pesquisa foi possível propor ações estratégicas, capazes de solucionar as deficiências da marca em questão. Palavras-chave. Conhecimento do consumidor. PESQUISA DE MARKETING.

9 ABSTRACT The referring work monográfico has as intention to approach the Research of Marketing as foundation for the strategic actions. The project arose starting from a chat with the leaders of the Pró-Surf, industry and trade of makings, that told the need to obtain data insurances on the acting of one of your marks, SCAVEN - of the segment Surf Wear - close to the consumers, so that it roots like this possible to discover the reason of the same not to reach the expected objectives. It is a descriptive study that researched 400 people of the city of Caruaru in order to verify the level of the public's knowledge to the products SCAVEN; to know the level of acceptance of the public-objective to the attributes of the products SCAVEN, (price, design and points of sales); to describe the profile of the public-objective and the best communication means to speak with that public. The collection of data happened during the months of November and December of Through the results of the research it was possible to propose strategic actions, capable to solve the deficiencies of the mark in subject. Key-Word. The consumer's knowledge. RESEARCH OF MARKETING.

10 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...14 JUSTIFICATIVA OBJETIVOS CAPÍTULO I - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING MARKETING O sentido do Marketing Fundamentos do Marketing PESQUISA DE MARKETING Etapas do processo da pesquisa de marketing COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR Segmentação Bases para a segmentação Satisfação dos consumidores...24 CAPÍTULO II - A EMPRESA DENOMINAÇÃO SOCIAL: NOME FANTASIA (MARCAS): LOGOMARCA: ENDEREÇO: CNPJ CADASTRO NACIONAL DE PESSOA JURÍDICA TITULARES: NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS: FORMA JURÍDICA: PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS: ÁREA GEOGRÁFICA DE ATUAÇÃO: BREVE HISTÓRICO SOBRE A EMPRESA: PORTE DA EMPRESA: ESTRUTURA ORGANIZACIONAL: VISÃO DA EMPRESA MISSÃO DA EMPRESA CAPÍTULO III - PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS CARACTERÍSTICAS DA PESQUISA QUANTO AOS MEIOS UTILIZADOS ETAPAS DESENVOLVIDAS PARA A REALIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Área de Atuação Universo e Amostra da Pesquisa CAPÍTULO IV - APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS SEXO IDADE RENDA MENSAL CONHECIMENTO DA MARCA SCAVEN MARCAS MAIS CONHECIDAS CONSUMO DA MARCA SCAVEN... 37

11 4.7 AVALIAÇÃO DOS PREÇOS DA MARCA SCAVEN DESIGN DOS PRODUTOS SCAVEN PONTOS DE VENDA DA SCAVEN MEIO DE COMUNICAÇÃO CAPÍTULO V - CRUZAMENTO E ANÁLISE DOS RESULTADOS PERFIL DOS PESQUISADOS PERFIL DOS CONSUMIDORES SCAVEN MEIOS DE COMUNICAÇÃO UTILIZADOS POR AQUELES QUE CONHECEM A MARCA SCAVEN MEIOS DE COMUNICAÇÃO UTILIZADOS PELOS CONSUMIDORES DA MARCA SCAVEN CAPÍTULO VI - CONSIDERAÇÕES E SUGESTÕES CONHECIMENTO DA MARCA NO MERCADO INVESTIGADO SATISFAÇÃO DO PÚBLICO QUANTO A LOCALIZAÇÃO DA LOJA DA SCAVEN PLANO DE AÇÕES ESTRATÉGICAS CONCLUSÃO REFERÊNCIAS ANEXOS...53

12 LISTA DE TABELAS Tabela 1 Sexo...26 Tabela 2 Idade dos participantes...27 Tabela 3 Renda Mensal...28 Tabela 4 Conhecimento da Marca SCAVEN...29 Tabela 5 Marcas mais conhecidas...30 Tabela 6 Consumo da Marca SCAVEN...31 Tabela 7 Preços da Marca SCAVEN...32 Tabela 8 Design dos Produtos SCAVEN...33 Tabela 9 Pontos de Venda da SCAVEN...34 Tabela 10 Meios de Comunicação mais utilizados...35 Tabela 11 Perfil dos pesquisados...36 Tabela 12 Perfil dos Consumidores SCAVEN...37 Tabela 13 Conhecimento X Meio de Comunicação...38 Tabela 14 Consumo X Meio de Comunicação...39

13 LISTA DE GRÁFICOS Gráfico 1 Sexo...26 Gráfico 2 Idade dos participantes...27 Gráfico 3 Renda Mensal...28 Gráfico 4 Conhecimento da Marca SCAVEN...29 Gráfico 5 Marcas mais conhecidas...30 Gráfico 6 Consum da Marca SCAVEN...31 Gráfico 7 Preços da Marca SCAVEN...32 Gráfico 8 Design dos Produtos SCAVEN...33 Gráfico 9 Pontos de Venda da SCAVEN...34 Gráfico 10 Meios de Comunicação mais utilizados...35 Gráfico 11 Perfil dos pesquisados...36 Gráfico 12 Perfil dos Consumidores SCAVEN...37 Gráfico 13 Conhecimento X Meio de Comunicação...38 Gráfico 14 Consumo X Meio de Comunicação...39

14 INTRODUÇÃO Atualmente, o mercado comercial está cada vez mais diversificado e mutável. As organizações prestadoras de serviços precisam estar à frente das mudanças, provocá-las, inovar sempre. Para alcançar as melhores oportunidades, é preciso respaldar-se através de estudos, pesquisas e atualização permanente de informações. Com base nessas premissas, a Diretoria Executiva da Pró-Surf Indústria e Comércio de Confecções, enxergou a necessidade de se fazer uma Pesquisa de Mercado sobre uma de suas marcas, a SCAVEN, com o intuito de obter dados seguros sobre o seu desempenho. Este trabalho tem como objetivos maiores ter noção do nível de conhecimento do público para com o produto; o nível de aceitação do público-alvo para com o produto (quanto a preço, design, pontos de vendas); conhecer o perfil do público-alvo; e quais os melhores meios de comunicação para atingi-lo. A partir dos dados obtidos, foram dadas sugestões estratégicas com argumentos para a marca se sobressair e vender mais. Para tanto foi realizada uma pesquisa quantitativa descritiva, processo que foi iniciado com a definição dos seus objetivos, a partir daí foi confeccionado um questionário que com sua aprovação efetuada ocorreu à entrada em campo com as entrevistas junto aos consumidores da cidade de Caruaru. Os dados tabulados e organizados foram cruzados e analisados resultando numa perspectiva geral da situação da marca SCAVEN. O desenvolvimento deste trabalho foi constituído pelas seguintes etapas: Capítulo I Fundamentação Teórica; Capítulo II - A empresa: Apresentação do perfil da empresa; Capítulo III - Procedimentos Metodológicos: Aborda a metodologia utilizada para a pesquisa e suas características; Capítulo IV - Apresentação dos Resultados: Apresenta de forma organizada os dados obtidos através de tabelas e gráficos; Capítulo V - Cruzamento e Análise dos Resultados: Demonstra a correlação existente entre algumas das variáveis pesquisadas e seu impacto sobre a Marca SCAVEN;

15 Capítulo VI - Considerações e Sugestões: Apresenta a contribuição deste trabalho para a melhoria da Marca SCAVEN através da sugestão de estratégias a serem implantadas a fim de corrigir deficiências identificadas.

16 JUSTIFICATIVA Quando um produto ou serviço não apresenta um grande resultado, um resultado esperado, ou quando se quer tomar medidas estratégicas acertadas quanto a esse produto ou serviço, faz-se necessário utilizar o recurso da Pesquisa de Mercado ou Pesquisa de Marketing. A Pró-Surf, indústria e comércio de confecções, é uma empresa de médio porte, mantenedora de duas marcas da linha surf wear, são elas: SAKAPRAIA e SCAVEN. Pelo fato desta última não atingir um resultado satisfatório, é preciso conhecer a sua situação no mercado consumidor atuante, a cidade de Caruaru, ou seja, especular sobre a SCAVEN junto a seus clientes, para que assim seja possível a formatação das medidas estratégias, tais como um Plano de Marketing e divulgação para a otimização de suas perspectivas. Com a Pesquisa de Mercado, será possível mensurar as dimensões da marca e assim que seu público-alvo estiver definido, ela passará a ter uma identidade no mercado, isso ocasionará num melhor direcionamento dos seus produtos.

17 OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Realizar uma pesquisa junto ao mercado consumidor de Caruaru, a fim de conhecer a situação da marca SCAVEN e assim propor um plano de ações estratégicas para a solução dos problemas identificados. OBJETIVOS ESPECÍFICOS a) Verificar o nível de conhecimento do público para com os produtos SCAVEN; b) Conhecer o nível de aceitação do público-alvo para com os atributos dos produtos SCAVEN, (preço, design e pontos de vendas); c) Descrever o perfil do público-alvo e os melhores meios de comunicação para falar com esse público; d) Propor ações estratégicas, capazes de solucionar as deficiências encontradas.

18 CAPÍTULO I FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 1.1- ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING Em Marketing: basic concepts and decisions, Pride e Ferrel (1977) resumiram de forma concisa e objetiva as atividades que englobam a administração de marketing, são elas: estabelecer objetivos de marketing; planejar as atividades de marketing; coordenar e integrar atividades de marketing; motivar as pessoas responsáveis com a execução do plano; avaliar e controlar o desempenho das atividades de marketing. As atividades de um administrador de marketing é buscar informações em seu ambiente e, à luz dessas informações, adaptar o programa de composto de marketing para satisfação dos desejos e necessidades dos consumidores visados (LAS CASAS, 1997, p. 35). Portanto, o administrador de marketing deve está sensível ao ambiente, sempre pronto para absorver as mudanças de comportamento do consumidor e até prevê-las para assim elaborar um conceito de marketing adequado ao seu público-alvo. A administração de Marketing ocorre quando pelo menos uma parte de uma troca potencial reflete sobre os meios de atingir as respostas desejadas de outras partes [...] a administração de marketing é um processo que envolve análise, planejamento, implementação e controle; que envolve bens, serviços e idéias; que se fundamenta na noção de troca; que a meta é produzir satisfação para as partes envolvidas (KOTLER, 1998, p 32). Quando a empresa estuda o cliente e sua necessidade, é possível instituir um produto ou serviço adequado a esse cliente, gerando sua preferência e satisfação. Assim se estabelece a Administração de marketing, exercendo funções administrativas de planejar, organizar, executar, dirigir e controlar. 1.2 MARKETING É evidente que as organizações vivem atualmente um contexto acirrado de concorrência, em vários setores da economia. Isso gera um maior esforço por parte dessas organizações em comercializar seus produtos de maneira mais eficiente. Dispor de boa qualidade não basta por si só, é preciso gerar valor desse serviço ou produto na mente do cliente, é preciso conhecer o

19 consumidor e suas indigências, conquista-los a toda prova. A vitalidade dessa conquista pelo público é proporcionada pelo marketing. Não é à toa que esta ferramenta tornou-se indispensável na criação, desenvolvimento e manutenção dos negócios. Marketing é tão básico que não pode ser considerado uma função separada. É o negócio total visto do ponto de vista de seu resultado final, isto é, do ponto de vista do consumidor... O sucesso empresarial não é determinado pelo fabricante, mas pelo consumidor (Peter Drucker apud KOTLER, ibid, p. 22) O sentido do Marketing De acordo com Dias (2004, p. 2) Marketing é uma palavra em inglês, derivada de market, que significa mercado. O marketing é usado para representar uma ação direcionada ao mercado. Assim sendo, a empresa que exerce o marketing possui o mercado como a essência, a razão e o foco de suas práticas. O conceito moderno de marketing surgiu no pós-guerra, na década de 1950, quando o avanço da industrialização mundial acirrou a competição entre as empresas e a disputa pelos mercados trouxe novos desafios, o cliente passou a contar com o poder de escolha, selecionando a alternativa que lhe proporcionasse a melhor relação entre custo e benefício (DIAS, ibid. p 2). As empresas absorveram a premissa de que a decisão final de compra estava com os clientes, então passaram a utilizar meios como as pesquisas e análises de mercado, adequação dos produtos segundo as características e necessidades dos clientes, comunicação dos benefícios do produto em veículo de massa, promoção de vendas, expansão e diversificação dos canais de distribuição. O público passou a orientar as decisões e ações das empresas para o mercado, fazendo surgir novos conceitos como: empresa orientada para o mercado, criação de vantagem competitiva e criação de valor para o cliente, entre outros Fundamentos do Marketing Pode-se afirmar que o Marketing é um instrumento para a racionalização das decisões estratégicas quanto ao mercado-alvo e suas expectativas. Segundo Kotler, (ibid, p. 27) Marketing é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com outros. Esta afirmação deixa claro, que o que faz o marketing é a

20 soma de desejos entre partes, a troca de necessidades, se de um lado há aquele que idealiza um produto ou serviço, do outro há aquele que pode oferecer esse produto ou serviço visando ou não lucro. Um dos conceitos de marketing mais utilizados, é o da American Marketing Association (AMA), afirma que o marketing é o processo de planejar e implementar uma idéia, estabelecimento de preços, promoção e distribuição dessas idéias, produtos e serviços a fim de gerar trocas que façam atingir objetivos e metas individuais e organizacionais. (AMA apud CHURCHILL e PETER, p 4.) O conceito de marketing pode ser entendido como a função empresarial que cria continuamente valor para o cliente e gera vantagem competitiva duradoura para a empresa, por meio de gestão estratégica das variáveis controláveis de marketing: produto, preço, comunicação e distribuição (DIAS, ibid. p 2). 1.3 PESQUISA DE MARKETING A pesquisa de marketing é a investigação sistemática, controlada, empírica e crítica dos dados com o objetivo de descobrir e (ou) descrever fatos e (ou) de verificar a existência de relações presumidas entre fatos (ou variáveis) referentes ao marketing de bens, serviços e idéias, e ao marketing como área de conhecimento de administração (MATTAR, 200. p 15). Churchill e Peter (ibid, p 2) citam a definição da AMA a pesquisa de marketing é uma função que liga o consumidor, o cliente e o público ao profissional de marketing por meio de informações. Outra definição sobre pesquisa de marketing desenvolvida pela AMA, aborda que a pesquisa de marketing tem a função de interagir o mercado consumidor com as empresas, e vice e versa, por meio da informação utilizada para identificar e definir oportunidades e problemas de marketing; aprimorar e avaliar ações de marketing; monitorar o desempenho de marketing; e aumentar a compreensão do processo de marketing (AMA, apud DIAS, ibid. p 368). Os profissionais de marketing precisam de informações sobre seu ambiente, em especial informações sobre clientes e concorrentes; precisam saber como os mercados-alvos respondem a um composto de marketing atual e como reagiriam a mudanças nele; precisam conhecer sobre sua própria participação de mercado e características dos consumidores (CHURCHILL e PETER, ibid. p 116).

21 Para Dias (ibid, p. 368), a pesquisa de marketing pode ser definida como o processo sistemático de coleta e analise de informações relativas as questões específicas ou problemas de marketing enfrentados pelas empresas. Relatam ainda que o principal propósito da pesquisa é obter informações específicas em um limitado período de tempo, a fim de reduzir os riscos da tomada de decisão Etapas do processo da pesquisa de marketing Como afirmam Churchill e Peter (ibid, p. 125) a realização de uma pesquisa de marketing envolve várias etapas. Primeiramente os profissionais e pesquisados de marketing definem um problema a ser resolvido. Em seguida, os pesquisadores elaboram um projeto de pesquisa apropriado para sanar o problema. Usando as ferramentas especializadas no projeto de pesquisa, os pesquisadores coletam as informações. Depois, eles analisam e interpretam os dados e comunicam os resultados preparando e apresentando um relatório de pesquisa. A figura 1 representa esse processo. Figura 1: Etapas do Processo da Pesquisa de Marketing Formular o problema Desenhar um projeto de pesquisa Coletar dados Analisar e interpreta r os dados Preparar relatório da pesquisa Fonte: Churchill e Peter (ibid, p. 125) 1.4 COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR É extremamente importante para o profissional de marketing reconhecer por que e como indivíduos tomam suas decisões de consumo para que ele possa tomar decisões acertadas de estratégia de marketing. O quadro 1 demonstra as questões que o estudo do comportamento do consumidor respondem.

22 Quadro 1: O que engloba o estudo do comportamento do consumidor. O estudo do comportamento do consumidor aponta: O que eles compram? Por que eles compram? Quando eles compram? Onde eles Compram? Com que freqüência eles compram? Com que freqüência eles usam o que compram? O estudo do comportamento do consumidor é o estudo de como os indivíduos tomam decisões de gastar seus recursos disponíveis (tempo, dinheiro, esforço) em itens relacionados ao consumo (SCHIFFMAN e KANUK. 2000, p. 5). Se os profissionais de marketing entendem o comportamento do consumidor, eles se tornam capazes de predizer a possibilidade de os consumidores reagirem a vários sinais informacionais e ambientais e, portanto, podem planejar suas estratégias coerentemente. Sem duvida as empresas que entendem o comportamento do consumidor tem grande vantagem competitiva no mercado. (SCHIFFMAN e KANUK. ibid, p. 5) Segmentação A segmentação de mercado é um modo mais lógico de atender as necessidades de cada consumidor. A sociedade é amplamente diversificada, formada por pessoas diferentes, com desejos distintos, e está na segmentação a forma de suprir todas as necessidades. Define-se segmentação de mercado como um processo de divisão de um mercado potencial em subsegmentos distintos de consumidores com uma necessidade comum ou característica e na seleção de um ou mais segmentos aos quais se direcionar com um composto de marketing especialmente planejado. (SCHIFFMAN e KANUK. ibid, p. 53).

23 Observa-se que os consumidores procuram uma motivação para a compra e dificilmente os apelos padronizados atingirão a todos os indivíduos. Mas todos os universos devem ser conquistados, o homem de marketing tem que buscar as particularidades e providenciar para que elas sejam correspondidas. O administrador pode ter vários mercados-alvos ao mesmo tempo. Schiffman e Kanuk (ibid, p. 33) expõem que os estudos de segmentação são idealizados para descobrir as necessidades e os desejos de grupos específicos de consumidores para que bens e serviços especializados possam ser desenvolvidos e promovidos, satisfazendo as necessidades de cada grupo. O gerente de marketing considera cada cliente em si como um mercado-alvo único e distinto, e planeja ofertas distintas que serão apelativas para cada um deles, concluiu Sandhusen (2000, p. 233) Bases para a segmentação O primeiro passo para o desenvolvimento de uma estratégia de segmentação é a seleção da base ou das bases mais adequadas nas quais segmentar o mercado (SCHIFFMAN e KANUK. ibid, p. 33). Sandhusen (ibid, p. 233) assegura que os grandes agregados do mercado podem ser subdivididos em segmentos menores do mercado-alvo, com base nas características geográficas, demográficas, psicograficas e comportamentais. O quadro abaixo expõe as bases a serem consideradas em um estudo de segmentação.

24 Quadro 2 Bases para a segmentação Bases para a segmentação. Bases Geográficas Analisam a localização dos indivíduos do mercado em questão e as características diferenciadas associadas a cada local. Bases Demográficas Focalizam critérios de condição de ser como idade, sexo, renda, nacionalidade etc. Bases Psicografias Analisam diretamente o comportamento do consumidor, incluem personalidade, percepção, estilo de vida etc. Questões medidas através de uma diversidade de testes. Bases comportamentais Definem os grupos de mercado-alvo em termos de como os membros do mercado se comportam, como consumidores, com respeito às ofertas dos vendedores etc Satisfação dos consumidores Las Casas (1997, p. 153) expõe que atualmente há uma valorização maior do consumidor no processo de comercialização e que os clientes estão mais exigentes e essa valorização já é esperada por parte deles. O autor também defende que há necessidade de se saber a respeito dos consumidores, o que eles apreciam e o que querem em determinados momentos, para tanto, destaca a importância das pesquisas, que possibilitam o conhecimento do consumidor e sua conseqüente satisfação. Em primeiro lugar é certo que se deve considerar o aspecto humano e cultural para satisfação dos consumidores. Implantar uma filosofia empresarial de atendimento ao consumidor é fundamental. Se não houver uma internalizaçao da filosofia por parte dos funcionários, com certeza não haverá condições de satisfazer consumidores. (LAS CASAS. Ibid, p. 153). Kotler (2003, p. 204) afirma que as empresas excelentes almejam superar as expectativas dos clientes e deixar um sorriso em suas faces. É necessário satisfazer e encantar os consumidores. Isso se conquista através de um plano de marketing concentrado e competente, que se estende por todas as áreas administrativas.

25 CAPÍTULO II A EMPRESA 2.1. DENOMINAÇÃO SOCIAL: Pró-Surf Indústria e Comércio de Confecções LTDA NOME FANTASIA (MARCAS): Scaven Sakapraia 2.3. LOGOMARCA: 2.4. ENDEREÇO: Rua Visconde Inhaúma, 2130 Cep , Caruaru/PE 2.5. CNPJ CADASTRO NACIONAL DE PESSOA JURÍDICA / TITULARES:

26 Maria Margarete Cavalcante de Souza Antônio Pedro de Souza 2.7. NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS: 63 funcionários FORMA JURÍDICA: Empresa por quota de responsabilidade limitada 2.9. PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS: A PRÓ-SURF é constituída por duas marcas, SCAVEN e SAKAPRAIA, ambas focadas no seguimento Surf Wear, a primeira constitui uma linha popular voltada para o seguimento da feira da sulanca, enquanto a segunda apresenta uma linha de produtos mais sofisticada voltada para Shoppings Centers. A SCAVEN tem ponto de vendas em Caruaru, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Recife. A SAKAPRAIA possui lojas na cidade de Recife, no Shopping Center Recife e Shopping Tacaruna ÁREA GEOGRÁFICA DE ATUAÇÃO: Todo o território nacional BREVE HISTÓRICO SOBRE A EMPRESA: A PRÓ-SURF foi fundada em 1986 através da marca SAKAPRAIA com o objetivo de oferecer um produto da linha Surf Wear e Street Wear de grande qualidade. A Sakapraia

27 iniciou em uma loja no Shopping Tacaruna, obteve um enorme sucesso e logo aconteceu mais um ponto de vendas no Shopping Recife. Na busca de novos mercados a PRÓ-SURF criou a marca SCAVEN, essa direcionada ao Pólo de Confecções do agreste do estado. Além das lojas próprias, a PRÓ-SURF distribui seus produtos em todo o território nacional, através de representantes credenciados PORTE DA EMPRESA: Empresa de médio porte ESTRUTURA ORGANIZACIONAL: Diretoria Diretoria Comercial Dir. Adm./ Financeira Design/Desenvolvimento Vendas Mercado Interno Vendas Mercado Externo Pagamentos Cobranças Dep. Pessoal/ R.H. C P D Planejamento Matérias Sistema C A D Planejamento Produção Facção Manutenção Matérias Primas Corte Estamparia Bordados Aviamentos Confecção Acabamento Estoque

28 1.14. VISÃO DA EMPRESA Ser uma empresa inovadora e reconhecida pela qualidade de seus produtos que venham a atender ou exceder as expectativas dos clientes MISSÃO DA EMPRESA Desenvolver e comercializar o melhor produto da linha Surf e Street Wear do mercado.

29 CAPÍTULO III PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 3.1. CARACTERÍSTICAS DA PESQUISA QUANTO AOS MEIOS UTILIZADOS Segundo Santos (2000, p. 157) é através da pesquisa que se pode alcançar e dominar novos conhecimentos de forma organizada que conduzirá a certo resultado. E este procedimento técnico pode levar a redescoberta ou afirmação de novas verdades. Barros e Lehfeld (2000, p. 68), por sua vez atestam que a pesquisa científica consiste na observação dos fatos tal como ocorrem espontaneamente na coleta de dados, no registro de variáveis, presumivelmente relevantes para análises posteriores. Esse raciocínio aponta a pesquisa como um forte instrumento de soluções de problemas. A metodologia está relacionada à utilização de métodos que alcançarão informações que possam ser apresentadas como válidas. Quanto aos objetivos, a pesquisa em referência pode ser caracterizada como descritiva, que segundo Mattar (2000, p 23) é aquela pesquisa utilizada para o propósito de descrever características de grupos, estimar proporção de elementos numa população específica ou descobrir a existência de relação entre variáveis. Quanto à classificação, pode-se defini-la como pesquisa de campo e/ou levantamento, que Mattar (2000, p. 25) apresenta como a procura de dados representativos da população de interesse, tanto em relação ao número de casos incluídos na amostra, quanto a sua inclusão. Portanto, houve a coleta de dados para que assim fosse possível a mensuração das variáveis que influenciam a marca SCAVEN. Quanto à fonte dos dados, esta pesquisa é quantitativa, pois se trata de uma pesquisa que se baseia em mensurações e no cruzamento de dados estatísticos; além disso, decorre de técnicas específicas de mensuração, como questionários com respostas de múltiplas escolhas. (Souza, p 74).

30 Quanto aos meios aplicados, na presente pesquisa foi utilizado um questionário padronizado e específico, elaborado conforme a descrição das informações requisitadas pela Diretoria Executiva da Pró-Surf, além da inclusão de informações complementares. O questionário apresenta questões fechadas e abertas que possibilitaram a avaliação das seguintes variáveis: sexo, idade, localidade, renda mensal, meio de comunicação mais utilizado, conhecimento da marca e dentre os que conhecem, pesquisou-se o nível de consumo e sua satisfação em relação ao preço, design e pontos de vendas. O Quadro abaixo está relacionado à caracterização da pesquisa e segue para apreciação. Quadro 3 Caracterização da Pesquisa CARACTERIZAÇÃO QUANTO AOS OBJETIVOS QUANTO À FONTE DOS DADOS QUANTO À CLASSIFICAÇÃO QUANTO AOS MEIOS RESULTADO PESQUISA DESCRITIVA PESQUISA QUANTITATIVA PESQUISA DE CAMPO QUESTIONÁRIO ESPECÍFICO 3.2. ETAPAS DESENVOLVIDAS PARA A REALIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Área de Atuação A área de atuação da presente pesquisa se insere no campo da Administração e seu foco principal está voltado para uma Estratégia de Marketing com Enfoque na Racionalização do Perfil do Cliente e conseqüente satisfação Universo e Amostra da Pesquisa Pode-se definir universo ou população como o conjunto total a ser pesquisado com pelo menos uma característica em comum. O conjunto total desta pesquisa é o mercado

Prof: Carlos Alberto

Prof: Carlos Alberto AULA 1 Marketing Prof: Carlos Alberto Bacharel em Administração Bacharel em Comunicação Social Jornalismo Tecnólogo em Gestão Financeira MBA em Gestão de Negócios Mestrado em Administração de Empresas

Leia mais

As Vendas e Prestações de Serviços

As Vendas e Prestações de Serviços Disciplina: Técnicas de Secretariado Ano lectivo: 2009/2010 Prof: Adelina Silva As Vendas e Prestações de Serviços Trabalho Realizado por: Susana Carneiro 12ºS Nº18 Marketing Marketing é a parte do processo

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV MANUAL DA QUALIDADE Manual da Qualidade - MQ Página 1 de 15 ÍNDICE MANUAL DA QUALIDADE 1 INTRODUÇÃO...3 1.1 EMPRESA...3 1.2 HISTÓRICO...3 1.3 MISSÃO...4 1.4 VISÃO...4 1.5 FILOSOFIA...4 1.6 VALORES...5

Leia mais

Marketing. - Fatos históricos.

Marketing. - Fatos históricos. Marketing - Fatos históricos. Escambo. Produção e consumo baixos. Crescimento do consumo. Crescimento da produção = paridade. Explosão da produção. Marketing é o desempenho das atividades de negócios que

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING. Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br

MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING. Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br ESTATÍSTICA População e Amostra População Amostra Idéia Principal Resumir para entender!!! Algumas Técnicas Pesquisa de

Leia mais

Pesquisa de Marketing

Pesquisa de Marketing Pesquisa de Marketing CONCEITOS INICIAIS Prof. Daciane de Oliveira Silva Fonte: MALHORTA, Naresh K. Pesquisa de Marketing: uma orientação aplicada. 4 ed. Porto Alegre: Bookman, 2006. MATTAR, Fauze Najib.

Leia mais

ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO.

ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO. 1 ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO. Juliana da Silva RIBEIRO 1 RESUMO: O presente trabalho enfoca as estratégias das operadoras de telefonia móvel TIM,VIVO e CLARO

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. Graduação em Administração

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. Graduação em Administração Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Graduação em Administração Educação Presencial 2011 1 Trabalho de Conclusão de Curso - TCC O curso de Administração visa formar profissionais capacitados tanto para

Leia mais

Introdução ao Marketing. História do Conceito

Introdução ao Marketing. História do Conceito História do Conceito O termo marketing, de acordo com Cobra (1988, p. 34) é uma expressão anglo-saxônica derivada da palavra mercari, do latim, que significa comércio, ou ato de mercar, comercializar ou

Leia mais

INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL

INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL INTRODUÇÃO AO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL ZAROS, Raíssa Anselmo. Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais/ACEG E-mail: raissa_zaros@hotmail.com LIMA, Sílvia Aparecida Pereira

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

COMPOSTO DE MARKETING NA ABORDAGEM DAS UNIDADES DE INFORMAÇÃO

COMPOSTO DE MARKETING NA ABORDAGEM DAS UNIDADES DE INFORMAÇÃO COMPOSTO DE MARKETING NA ABORDAGEM DAS UNIDADES DE INFORMAÇÃO CALDAS, Rosângela Formentini Departamento de Ciência da Informação UNESP/Marília A definição de marketing ainda permanece enquanto uma discussão

Leia mais

FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA

FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA FUNDAMENTOS PARA A ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Abordagem da estratégia Análise de áreas mais específicas da administração estratégica e examina três das principais áreas funcionais das organizações: marketing,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

PESQUISA DE MARKETING

PESQUISA DE MARKETING PESQUISA DE MARKETING CONCEITOS É a busca de informação, a investigação do fenômeno que ocorre no processo de transferência de bens ao consumidor Trata da coleta de qualquer tipo de dados que possam ser

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS FERRAMENTAS DO MARKETING NAS PEQUENAS EMPRESAS. PAES, Paulo César 1 SARAIVA, Antonio Wanderlan Pereira 2 RESUMO

A IMPORTÂNCIA DAS FERRAMENTAS DO MARKETING NAS PEQUENAS EMPRESAS. PAES, Paulo César 1 SARAIVA, Antonio Wanderlan Pereira 2 RESUMO A IMPORTÂNCIA DAS FERRAMENTAS DO MARKETING NAS PEQUENAS EMPRESAS PAES, Paulo César 1 SARAIVA, Antonio Wanderlan Pereira 2 RESUMO A Ferramenta do Marketing nas Pequenas Empresas atualmente vem sendo utilizada

Leia mais

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Nada é mais perigoso do que uma idéia, quando ela é a única que temos. (Alain Emile Chartier) Neste módulo, faremos, a partir

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS CONHECER A ELABORAÇÃO, CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES UM PLANO DE NEGÓCIOS.

Leia mais

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 RECURSOS HUMANOS EM UMA ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR COM PERSPECTIVA DE DESENVOLVIVENTO DO CLIMA ORGANIZACONAL: O CASO DO HOSPITAL WILSON ROSADO EM MOSSORÓ RN

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Alinhamento das expectativas; O por que diagnosticar; Fases do diagnóstico; Critérios de seleção para um ERP; O papel da

Leia mais

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 Juliana Brancaglioni CASCIATORI 2 Letícia Prado dos SANTOS 3 Bruno Monteiro ZONATTO³ Joyce VIEIRA³ Jakeline CASARIN³ Paulo CRISP³ Rodolfo BASSETO³ Weder

Leia mais

1 Briefing de Criação

1 Briefing de Criação 1 Briefing de Criação Antecedentes do processo de criação Para se criar uma campanha ou mesmo uma única peça é imprescindível que antes seja feito um briefing para orientar o trabalho do planejamento,

Leia mais

Marketing. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Marketing. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Marketing Aula 06 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia e

Leia mais

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Bruna Jheynice Silva Rodrigues 1 ; Lauriene Teixeira Santos 2 ; Augusto Chaves Martins 3 ; Afonso Régis Sabino

Leia mais

MATRIZ SWOT VANTAGENS DE SUA UTILIZAÇÃO NO COMÉRCIO VAREJISTA

MATRIZ SWOT VANTAGENS DE SUA UTILIZAÇÃO NO COMÉRCIO VAREJISTA MATRIZ SWOT VANTAGENS DE SUA UTILIZAÇÃO NO COMÉRCIO VAREJISTA Daniela Vaz Munhê 1 Jenifer Oliveira Custódio Camara 1 Luana Stefani 1 Murilo Henrique de Paula 1 Claudinei Novelli 2 Cátia Roberta Guillardi

Leia mais

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO Estudo da proporção e o nível de conhecimento dos alunos de graduação do período vespertino do Campus II da UFG sobre o Programa Coleta Seletiva Solidária 1 Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO

Leia mais

3 Metodologia. 3.1. Introdução

3 Metodologia. 3.1. Introdução 3 Metodologia 3.1. Introdução Este capítulo é dedicado à forma de desenvolvimento da pesquisa. Visa permitir, através da exposição detalhada dos passos seguidos quando da formulação e desenvolvimento do

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Gestão em Marketing CST em Marketing A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs Vendas - Cursos Curso Completo de Treinamento em Vendas com - 15 DVDs O DA VENDA Esta palestra mostra de maneira simples e direta como planejar o seu trabalho e, também, os seus objetivos pessoais. Através

Leia mais

Palavras-chave: Comportamento, Ambiente Organizacional, Satisfação.

Palavras-chave: Comportamento, Ambiente Organizacional, Satisfação. a 9 de Dezembro Clima organizacional: uma análise comparativa entre a empresa x e a empresa y do setor varejista de eletrodomésticos e móveis, que disputam o mesmo nicho no município de Bambuí-MG Franciele

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO Prof. Marcopolo Marinho Marketing: É a área do conhecimento que engloba todas as atividades referente às relações de troca de bens entre pessoas ou instituições, buscando

Leia mais

Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Aula 7: TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO OBJETIVOS Definir com maior precisão o que é marketing; Demonstrar as diferenças existentes entre marketing externo, marketing interno e marketing de treinamento;

Leia mais

Instituto Nacional de Pós Graduação INPG Sustentare

Instituto Nacional de Pós Graduação INPG Sustentare Instituto Nacional de Pós Graduação INPG Sustentare O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO CORPORATIVA E A FIDELIZAÇÃO DE SEUS PÚBLICOS ESTRATÉGICOS Vitor Roberto Krüger Gestão da Comunicação Empresarial e Relações

Leia mais

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação Módulo 15 Resumo Neste módulo vamos dar uma explanação geral sobre os pontos que foram trabalhados ao longo desta disciplina. Os pontos abordados nesta disciplina foram: Fundamentos teóricos de sistemas

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO

MARKETING DE RELACIONAMENTO MARKETING DE RELACIONAMENTO 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento

Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento Profa. Marta Valentim Marília 2014 Modelos,

Leia mais

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho Pesquisa Semesp A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho 2008 Ensino superior é um forte alavancador da carreira profissional A terceira Pesquisa Semesp sobre a formação acadêmica dos profissionais

Leia mais

Como fazer marketing de relacionamento

Como fazer marketing de relacionamento Como fazer marketing de relacionamento O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma

Leia mais

OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG

OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG 1 OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG Camila Alves Teles 1 Maria Solange dos Santos 2 Rodrigo Honório Silva 3 Romenique José Avelar 4 Myriam Angélica Dornelas 5 RESUMO O presente

Leia mais

A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1

A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DAS EMPRESAS SOBRE OS SERVIÇOS PRESTADOS PELOS PROFISSIONAIS DA AREA DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO 1 Tatiana Pereira da Silveira 1 RESUMO O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados da

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING

PLANEJAMENTO DE MARKETING PLANEJAMENTO DE MARKETING A análise ambiental e o planejamento beneficiam os profissionais de marketing e a empresa como um todo, ajudando os gerentes e funcionários de todos os níveis a estabelecer prioridades

Leia mais

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS Concurso para agente administrativo da Polícia Federal Profa. Renata Ferretti Central de Concursos NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS 1. Organizações como

Leia mais

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA 1 TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA Alan Nogueira de Carvalho 1 Sônia Sousa Almeida Rodrigues 2 Resumo Diversas entidades possuem necessidades e interesses de negociações em vendas, e através desses

Leia mais

Os desafios para a inovação no Brasil. Maximiliano Selistre Carlomagno

Os desafios para a inovação no Brasil. Maximiliano Selistre Carlomagno Os desafios para a inovação no Brasil Maximiliano Selistre Carlomagno Sobre a Pesquisa A pesquisa foi realizada em parceria pelo IEL/RS e empresa Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação durante

Leia mais

...estas abordagens contribuem para uma ação do nível operacional do design.

...estas abordagens contribuem para uma ação do nível operacional do design. Projetar, foi a tradução mais usada no Brasil para design, quando este se refere ao processo de design. Maldonado definiu que design é uma atividade de projeto que consiste em determinar as propriedades

Leia mais

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS Ari Lima Um empreendimento comercial tem duas e só duas funções básicas: marketing e inovação. O resto são custos. Peter Drucker

Leia mais

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL Cristiane de Oliveira 1 Letícia Santos Lima 2 Resumo O objetivo desse estudo consiste em apresentar uma base conceitual em que se fundamenta a Controladoria.

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 26/09/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS APRESENTAÇÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Breve histórico da instituição seguido de diagnóstico e indicadores sobre a temática abrangida pelo projeto, especialmente dados que permitam análise da

Leia mais

2 Karla Santiago Silva

2 Karla Santiago Silva Marketing:Administrando Desafios e Gerando Necessidades Karla Santiago Silva Índice 1 Marketing e A Nova Ordem de Mercado 1 2 Marketing, gerador de necessidades 3 3 Mas afinal de contas qual é o papel

Leia mais

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos.

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos. Marketing Visão 360º O Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International está realizando pesquisas mensais com profissionais da área de marketing para investigar temas relacionados ao dia-a-dia

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II Atividades Gerenciais de MKT Produto Testar Novos Produtos; Modificar Atuais; Eliminar; Política de Marcas; Criar Satisfação e Valor; Embalagem. 2 1 Atividades Gerenciais

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Importância da normalização para as Micro e Pequenas Empresas 1. Normas só são importantes para as grandes empresas...

Importância da normalização para as Micro e Pequenas Empresas 1. Normas só são importantes para as grandes empresas... APRESENTAÇÃO O incremento da competitividade é um fator decisivo para a maior inserção das Micro e Pequenas Empresas (MPE), em mercados externos cada vez mais globalizados. Internamente, as MPE estão inseridas

Leia mais

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, estratégias de segmentação e posicionamento. Análise do potencial de demanda. Definição da missão. liderança.

Leia mais

Gestão e Marketing Análise SWOT - FFOA

Gestão e Marketing Análise SWOT - FFOA Gestão e Marketing Análise SWOT - FFOA SWOT Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças) Forças Oportunidades Fraquezas Ameaças Interno Externo Ajudam Atrapalham

Leia mais

A GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA DE FOMENTO MERCANTIL: UM ESTUDO DE CASO NA IGUANA FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA

A GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA DE FOMENTO MERCANTIL: UM ESTUDO DE CASO NA IGUANA FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 A GESTÃO DE PESSOAS NA ÁREA DE FOMENTO MERCANTIL: UM ESTUDO DE CASO NA IGUANA FACTORING FOMENTO MERCANTIL

Leia mais

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente A Importância do Marketing nos Serviços da Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente Hellen Souza¹ Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS RESUMO Este artigo aborda a importância

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING PÓS-GRADUAÇÃO / FIB-2009 Prof. Paulo Neto O QUE É MARKETING? Marketing: palavra em inglês derivada de market que significa: mercado. Entende-se que a empresa que pratica

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Aula Nº 13 A Dissonância Cognitiva pode ser eliminada

Aula Nº 13 A Dissonância Cognitiva pode ser eliminada Aula Nº 13 A Dissonância Cognitiva pode ser eliminada Objetivos da aula: Esta aula proporcionará ao aluno da disciplina de Marketing em Administração de Call Center compreender o sentido e a importância

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br Fazendo a diferença no Ponto de Venda EBOOK Sumário Revisão O que é Trade Marketing? Entenda o Comportamento de Compra do Consumidor O que é Merchandising? Revisão Para entender sobre Trade Marketing devemos

Leia mais

A. Conceito de Trade Marketing, responsabilidades, atividades, amplitude de atuação e limites

A. Conceito de Trade Marketing, responsabilidades, atividades, amplitude de atuação e limites 5 Conclusão Trade Marketing é um termo conhecido por grande parte dos profissionais das áreas comercial e de marketing, principalmente entre as indústrias de bens de consumo. Muitas empresas já incluíram

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Para as corporações, as mudanças são absorvidas pelas equipes internas, envolvendo tecnologia, contabilidade, logística

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

Escolha os melhores caminhos para sua empresa

Escolha os melhores caminhos para sua empresa Escolha os melhores caminhos para sua empresa O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio

Leia mais

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf AV1 Estudo Dirigido da Disciplina CURSO: Gestão de Recursos Humanos DISCIPLINA: Ferramentas de Gestão de Recursos Humanos ALUNO(A):Aline de Souza MATRÍCULA:51811 Ribeiro da Rocha NÚCLEO REGIONAL: DATA:

Leia mais

Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres

Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE RECURSOS HUMANOS Professora Ani Torres Gestão de Pessoas Conjunto de métodos, políticas,técnicas e práticas definidos com o objetivo de orientar o comportamento humano

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores

Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores O Planejamento Estratégico deve ser visto como um meio empreendedor de gestão, onde são moldadas e inseridas decisões antecipadas no processo

Leia mais

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto CURRÍCULO DO PROFESSOR Administradora com mestrado e doutorado em engenharia de produção

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Anais da Jornada Científica Integração: Educação, Sociedade e Tecnologia

Anais da Jornada Científica Integração: Educação, Sociedade e Tecnologia MARKETING DE RELACIONAMENTO UTILIZADO COMO FERRAMENTA PARA APRIMORAR A RELAÇÃO ENTRE O PÚBLICO INTERNO: ESTUDO DE CASO REALIZADO NA EMPRESA DALCAR NA CIDADE DE BACABAL MA MOURA, Íthalo Bruno Grigório de

Leia mais

Universidade de Cuiabá Faculdade de Nutrição

Universidade de Cuiabá Faculdade de Nutrição Universidade de Cuiabá Faculdade de Nutrição Profª Carla Queiroz Aula 2 Unidade 1: Conceitos básicos de marketing Ambiente de Marketing Mix de Marketing: produto, preço, praça e promoção 1 Conceitos básicos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS 0 UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS AS FUNÇÕES DA CONTROLADORIA E O PERFIL DO CONTROLLER NAS EMPRESAS INTEGRANTES DOS PRINCIPAIS

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

Processos Gerenciais

Processos Gerenciais UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Processos Gerenciais Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais. 1.

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso:

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso: PLANO DE NEGÓCIOS Causas de Fracasso: Falta de experiência profissional Falta de competência gerencial Desconhecimento do mercado Falta de qualidade dos produtos/serviços Localização errada Dificuldades

Leia mais

O CLIENTE COMO FONTE DE INFORMAÇÃO PARA INOVAÇÃO: INTEGRAÇÃO ENTRE AS DIMENSÕES CLIENTES E RELACIONAMENTO

O CLIENTE COMO FONTE DE INFORMAÇÃO PARA INOVAÇÃO: INTEGRAÇÃO ENTRE AS DIMENSÕES CLIENTES E RELACIONAMENTO O CLIENTE COMO FONTE DE INFORMAÇÃO PARA INOVAÇÃO: INTEGRAÇÃO ENTRE AS DIMENSÕES CLIENTES E RELACIONAMENTO Aliny Francielly de Oliveira Formada em Administração, atuante nos segmentos comércio varejista

Leia mais

INTRODUÇÃO AO CURSO DE MARKETING ELEITORAL

INTRODUÇÃO AO CURSO DE MARKETING ELEITORAL INTRODUÇÃO AO CURSO DE MARKETING ELEITORAL FAÇA SUA CAMPANHA PARA PROJETO PODER P - Planejamento O - Organização D - Delegação E - Execução R - Realização Lance sua campanha para Vereador com o Projeto

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Resumo O presente case mostra como ocorreu o processo de implantação do Departamento Comercial em

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG.

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Bambuí/MG - 2008 A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Ana Cristina Teixeira AMARAL (1); Wemerton Luis EVANGELISTA

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Missão, Visão e Valores

Missão, Visão e Valores , Visão e Valores Disciplina: Planejamento Estratégico Página: 1 Aula: 12 Introdução Página: 2 A primeira etapa no Planejamento Estratégico é estabelecer missão, visão e valores para a Organização; As

Leia mais