RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges"

Transcrição

1 RADIOGRAFIA ABDOMINAL Profª Drª Naida Cristina Borges

2 Produção de Radiografias Diagnósticas Preparo adequado jejum/enema Pausa da inspiração evita o agrupamento das vísceras

3 Indicações para a Radiologia Abdominal Vômito Dor abdominal Massas abdominais Diarréia Hematúria/Disúria Tenesmo Herniações Corpo estranho Neoplasias

4 Projeções Radiográficas

5 Lateral Esquerda

6 Lateral Direita

7 Ventro-dorsal

8 Diafragma Fígado Estômago Intestinos Rins Bexiga Pâncreas Adrenais Linfonodos Ovário Útero Próstata

9 Alterações Radiográficas Opacidade Tamanho Forma Posição Margens

10 Doenças Abdominais

11 TGI Espessamento parede Defeito preenchimento Falhas esvaziamento

12 Megaesôfago

13 Hepatomegalia

14 Hepatomegalia e Neoplasia abdominal

15 Dilatação gástrica e alças de alerta

16 Dilatação gástrica e alças de alerta

17 Dilatação gástrica

18 Corpo Estranho

19 Estômago- corpo estranho

20 Estômago-Intestinos?? corpo estranho

21 Estômago-Intestinos?? corpo estranho

22 Obstipação ou Fecaloma INTESTINOS

23 Sistema Reprodutivo

24 Útero

25 Útero

26 Abdômen

27 Ascite?

28 Sistema Urinário

29 Sistema Genito-urinário Fêmeas vagina, vulva, ovário e útero Machos testículo, próstata, pênis e prepúcio Cães sítio mais comum é a bexiga urinária Gatos rins Diagnóstico radiográfico contraste ultrassonográfico

30 Rins e Vesícula Urinária

31 Rins e Vesícula Urinária

32 Próstata e Vesícula urinária

33 Vesícula Urinária - Contrastes

34 Outras Alterações

35 Hérnia inguinal

36 Outras Alterações Abdominais

37 TRATO RESPIRATÓRIO Prof a Dr a Naida Cristina Borges

38 Trato respiratório Trato respiratório - anterior x tórax Sinais clínicos!!! Diagnóstico RX TC RMN USG

39 Trato Respiratório Anterior Caracterização radiográfica Proliferação de tecidos Osteólise

40 Tumor de seio frontal sem especificação

41 Tumor de laringe linfossarcoma Dodge

42 Trato respiratório - TÓRAX Aplicações Doenças cardiopulmonares Metástases Traumas graves Avaliação pré-anestésica Avaliação de pacientes geriátricos

43 RX-posicionamento LL + VD ou DV Mínimo!!!! LLD + LLE + VD ou DV Ideal!!!!

44 Trato respiratório - TÓRAX Interpretação radiográfica Qualidade radiográfica Anatomia radiográfica Padrões pulmonares

45 Avaliar estruturas extra-torácicas!!!!! Qualidade da técnica radiográfica

46 Tórax Anatomia Radiográfica

47 Tórax Anatomia Radiográfica

48 Anatomia Radiográfica do Tórax

49 Tórax Anatomia Radiográfica

50 Trato respiratório - TÓRAX Interpretação radiográfica Padrões pulmonares

51 Bronquial Normal Alveolar Intersticial

52 Padrão Bronquial

53 Padrão Bronquial

54 Padrão Alveolar

55 Padrão Alveolar

56 Padrão Intersticial Difuso

57 Padrão Intersticial Nodular

58 Padrão Intersticial Nodular

59 Padrão Intersticial Nodular

60 Onde está a lesão - lado E ou D?

61 Efusão pleural! Outras Alterações!!

62 Pneumotórax! Outras Alterações!!

63

64 Coração Métodos de Avaliação Aumento focal das câmaras cardíacas (AD, VD, AE, VD) Aumento generalizado do coração Método empírico VHS

65 Aumento Generalizado do Coração VHSS (Vertebral Heart Scale System) Cães: 9,5 11 comprimentos vertebrais Gatos: 7,5 9,0 comprimentos vertebrais

66 Método Empírico - Gatos Coração Coração mais alongado e horizontal Lateral 2 a 2 ½ e.i.c.

67 Cães de Raças mistas Coração Lateral - 3 espaços intercostais DV - 2/3 da cavidade torácica

68 Aumento de Átrios e Ventrículos (Projeção Lateral) AD VD Elevação da traquéia Perda da cintura cranial AE Elevação dorsal da traquéia distal e da carina Deslocamento dorsal do brônquio principal Proeminência visível do átrio esquerdo Aumento do contato esternal do coração direito Elevação dorsal da traquéia em relação à coluna torácica Arredondamento da borda cardíaca direita Elevação da veia cava caudal VE Perda da cintura caudal com a borda cardíaca esquerda mais verticalizada

69 Aumento de Átrios e Ventrículos

70 Aumento de Átrios e Ventrículos

71 Aumento de Átrios e Ventrículos

72 Outras alterações Efusão pericárdica (Hidro ou Hemopericárdio) Associada a insuficiências cardíacas, cardiomiopatias, pericardite, neoplasia, hipoproteinemia e trauma Coração globoso

73 Efusão Pericárdica

74 Efusão Pericárdica

75 Urso D E

76 Tumor de seio frontal sem especificação Fonte: Morris & Dobson (2001)

TRATO RESPIRATÓRIO. Prof a Dr a Naida Cristina Borges

TRATO RESPIRATÓRIO. Prof a Dr a Naida Cristina Borges TRATO RESPIRATÓRIO Prof a Dr a Naida Cristina Borges Trato respiratório Trato respiratório ANTERIOR TÓRAX Sinais clínicos!!! Diagnóstico Trato Respiratório Anterior Trato Respiratório Anterior Caracterização

Leia mais

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges RADIOGRAFIA ABDOMINAL Profª Drª Naida Cristina Borges Produção de Radiografias Diagnósticas Preparo adequado jejum/enema Pausa da inspiração evita o agrupamento das vísceras Indicações para a Radiologia

Leia mais

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA Introdução Pré-requisitos para um bom ultrassonografista Alto nível de destreza e coordenação olhos. de mãos e Conhecimento completo de anatomia, fisiologia

Leia mais

Radiografia simples do tórax: noções de anatomia

Radiografia simples do tórax: noções de anatomia Radiografia simples do tórax: noções de anatomia Gustavo de Souza Portes Meirelles 1 1 Doutor em Radiologia pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP 1 Partes moles Devemos analisar as partes moles em toda

Leia mais

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos.

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos. Sumário Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos 1 Sistemas de Órgãos e Desenvolvimento das Cavidades Corporais 1.1 Definições, Visão Geral e Evolução das Cavidades Corporais 2 1.2

Leia mais

RADIOLOGIA PULMONAR INCIDÊNCIA : PÓSTERO-ANTERIOR (PA)

RADIOLOGIA PULMONAR INCIDÊNCIA : PÓSTERO-ANTERIOR (PA) RADIOLOGIA PULMONAR RADIOLOGIA PULMONAR INCIDÊNCIA : PÓSTERO-ANTERIOR (PA) É A MAIS UTILIZADA NA RADIOGRAFIA SIMPLES DO TÓRAX. É NECESSÁRIA UMA DISTÂNCIA MÍNIMA PARA A SUA REALIZAÇÃO, DA ORDEM DE 1,50

Leia mais

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos Sistemas de Órgãos e Desenvolvimento das Cavidades Corporais Sistema Urinário.. Visão Geral............................................ 0

Leia mais

Programa para Seleção Clínica Cirúrgica e Obstetrícia de Pequenos Animais

Programa para Seleção Clínica Cirúrgica e Obstetrícia de Pequenos Animais Programa para Seleção Clínica Cirúrgica e Obstetrícia de Pequenos Animais - Princípios cirúrgicos básicos: assepsia/antissepsia; pré, trans e pós-operatório; instrumentação cirúrgica; fundamentos em esterilização

Leia mais

Sumário. Hipertransparência Radiológica. Embolia pulmonar. De causa pleural Pneumotórax De causa pulmonar

Sumário. Hipertransparência Radiológica. Embolia pulmonar. De causa pleural Pneumotórax De causa pulmonar 4ª Aula Prática Sumário Hipertransparência Radiológica De causa pleural Pneumotórax De causa pulmonar Generalizada: enfisema Localizada: bolhas, bronquiectasias, cavitação Embolia pulmonar Sumário O mediastino

Leia mais

23/08/2016 HÉRNIAS HÉRNIAS EM PEQUENOS ANIMAIS HÉRNIAS HÉRNIAS PARTES DE UMA HÉRNIA: CLASSIFICAÇÃO PARTES DE UMA HÉRNIA: DEFINIÇÃO:

23/08/2016 HÉRNIAS HÉRNIAS EM PEQUENOS ANIMAIS HÉRNIAS HÉRNIAS PARTES DE UMA HÉRNIA: CLASSIFICAÇÃO PARTES DE UMA HÉRNIA: DEFINIÇÃO: EM PEQUENOS ANIMAIS PROFA. MSC. ANALY RAMOS MENDES PARTES DE UMA HÉRNIA: DEFINIÇÃO: Saída de uma víscera de seu local de origem através de um anel herniário PARTES DE UMA HÉRNIA: Anel herniário Saco herniário:

Leia mais

ECOGRAFIA PARA TRAUMA. protocolo

ECOGRAFIA PARA TRAUMA. protocolo ECOGRAFIA PARA TRAUMA protocolo Autor: Ecografista, Dra. Julia, Ucrânia, Hospital Central Do Lubango, Angola 2015 FAST Focused Assessment with Sonography for Trauma (avaliação focada com ecografia para

Leia mais

5 de Outubro de Professor Ewerton. Introdução à Radiologia do Tórax

5 de Outubro de Professor Ewerton. Introdução à Radiologia do Tórax 5 de Outubro de 2007. Professor Ewerton. Introdução à do Tórax Métodos de investigação radiológica Radiografias. TC. RM. Medicina Nuclear. US. Angiografias. Os dois primeiros são os mais utilizados. Radiografia

Leia mais

PATOLOGIAS CIRÚRGICAS NO RECÉM-NASCIDO

PATOLOGIAS CIRÚRGICAS NO RECÉM-NASCIDO PATOLOGIAS CIRÚRGICAS NO RECÉM-NASCIDO ATRESIA DE ESÔFAGO: Malformação em que a parte proximal do esôfago termina em fundo cego. Classificação Segundo tipo de atresia: Tipo I (A): atresia sem fistula (8%);

Leia mais

Sistema urinário. Aparelho Urinário. Órgãos urinários. Órgãos urinários. Rins. Ureteres. Bexiga urinária. Uretra. Sistema urogenital

Sistema urinário. Aparelho Urinário. Órgãos urinários. Órgãos urinários. Rins. Ureteres. Bexiga urinária. Uretra. Sistema urogenital Sistema urinário Aparelho Urinário Sistema urogenital - Órgãos urinários - Órgãos genitais -- Origem embriológica comum (mesoderma intermediário) -- Anatomicamente ligados Profa. Rosane Silva cadela ovário

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1

1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1 1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1 1.1. Identifique, inicialmente, o pulmão, o pericárdio, o coração, a pleura, o músculo diafragma, o esôfago, a traquéia, e o timo. Neste item também deverão ser identificados

Leia mais

Níveis estruturais do corpo humano

Níveis estruturais do corpo humano Níveis estruturais do corpo humano O corpo humano como um sistema aberto SISTEMA Conjunto de componentes que funcionam de forma coordenada. ISOLADO FECHADO ABERTO Não ocorrem trocas de matéria nem energia

Leia mais

Anatomia Radiológica para Aplicação na Física Médica

Anatomia Radiológica para Aplicação na Física Médica Anatomia Radiológica para Aplicação na Física Médica Rafael Carvalho Silva Subcoordenador de Ensino e Pesquisa LCR/UERJ MSc Engenharia Nuclear Aplicada COPPE/UFRJ Área Controle de Qualidade em Radiodiagnóstico

Leia mais

PROTOCOLO PARA NECRÓPSIA

PROTOCOLO PARA NECRÓPSIA PROTOCOLO PARA NECRÓPSIA EXAME PÓS-MORTEM A importância de um exame post-mortem completo, para o monitoramento de doenças tanto de populações selvagens ou em cativeiro não pode ser subestimada. Os animais

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Veterinária - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas:

Leia mais

19º Imagem da Semana: Radiografia de Tórax

19º Imagem da Semana: Radiografia de Tórax 19º Imagem da Semana: Radiografia de Tórax Enunciado Paciente de 61 anos, sexo feminino, sem queixas no momento, foi submetida à radiografia de tórax como avaliação pré-cirúrgica. Qual achado pode ser

Leia mais

SISTEMA RESPIRATÓRIO RIO

SISTEMA RESPIRATÓRIO RIO SISTEMA RESPIRATÓRIO RIO Sistema Respirató Divisão: 1. Porção condutora: Nariz, faringe, laringe, traquéia e brônquios 2. Porção respiratória ria propriamente dita: Pulmões Sistema Respirató Traquéia Do

Leia mais

ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA

ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA Disciplina: Anatomia e Fisiologia ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA Rafael Carvalho Silva Mestrado Profissional em Física Médica Fígado Lobo direito Veia Cava inferior Veia Hepática

Leia mais

EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero

EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero a) Que números indicam artérias e veias? b) Que números indicam vasos por onde circulam sangue

Leia mais

Sumário. CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1. CAPÍTULO 2 Tecido Conectivo 11. CAPÍTULO 3 Tecido Adiposo 25. CAPÍTULO 4 Cartilagem 31. CAPÍTULO 5 Osso 41

Sumário. CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1. CAPÍTULO 2 Tecido Conectivo 11. CAPÍTULO 3 Tecido Adiposo 25. CAPÍTULO 4 Cartilagem 31. CAPÍTULO 5 Osso 41 Sumário CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1 PRANCHA 1 Epitélios simples pavimentoso e cúbico 2 PRANCHA 2 Epitélios simples cilíndrico e pseudoestratificado 4 PRANCHA 3 Epitélios estratificados 6 PRANCHA 4 Epitélio

Leia mais

Estudo Radiológico do Tórax

Estudo Radiológico do Tórax Estudo Radiológico do Tórax Diagnósticos diferenciais do nódulo cavitado A TAC no estadiamento da neoplasia pulmonar Nódulos pulmonares múltiplos O espaçopleural e o diafragma O coração Principais massas

Leia mais

Roteiro para a realização de exame

Roteiro para a realização de exame UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS UFG ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA DEPARTAMENTO DE MEDICINA VETERINÁRIA SETOR DE PATOLOGIA ANIMAL Roteiro para a realização de exame necroscópico Prof.ª Dr.ª Veridiana

Leia mais

ANATOMIA SISTÊMICA Profa.Ms. Marcelo Lima

ANATOMIA SISTÊMICA Profa.Ms. Marcelo Lima Sistema Cardiovascular ANATOMIA SISTÊMICA Profa.Ms. Marcelo Lima INTRODUÇÃO: CONCEITO: O sistema cardiovascular ou circulatório é formado por uma vasta rede de tubos, que põe em comunicação todas as partes

Leia mais

Sumário. Redução da Transparência Radiológica

Sumário. Redução da Transparência Radiológica 2ª Aula Prática Sumário Constituição do retículo pulmonar Diafragma Mediastino Alterações Hilares Radiografia de perfil do tórax Anatomia Seccional Redução da Transparência Radiológica Generalizada Localizada

Leia mais

SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL. Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA

SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL. Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA E-mail: jmcn@ufba.br SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL Celiotomia Celi; celio: do grego koilía =abdome.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Departamento de Ciências Agrárias e Biológicas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Departamento de Ciências Agrárias e Biológicas PROGRAMA DE DISCIPLINA CAMPUS: São Mateus CURSO: Agronomia DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL: Ciências Agrárias e Biológicas-DCAB PROFESSOR RESPONSÁVEL: Thasia Martins Macedo CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO PERIODIZAÇÃO

Leia mais

Imagem da Semana: Radiografia

Imagem da Semana: Radiografia Imagem da Semana: Radiografia Imagem 01. Radiografia de tórax e abdome em AP Recém-nascido (RN), a termo, sexo masculino e parto vaginal. Foi reanimado na sala de parto devido a apneia e frequência cardíaca

Leia mais

Paulo Donato, Henrique Rodrigues

Paulo Donato, Henrique Rodrigues Paulo Donato, Henrique Rodrigues Serviço o de Imagiologia Hospitais da Universidade de Coimbra Director: Professor Doutor Filipe Caseiro Alves Janeiro 2007 1ª linha Doença cardíaca congénita Grandes vasos

Leia mais

Edema OBJECTIVOS. Definir edema. Compreender os principais mecanismos de formação do edema. Compreender a abordagem clínica do edema

Edema OBJECTIVOS. Definir edema. Compreender os principais mecanismos de formação do edema. Compreender a abordagem clínica do edema OBJECTIVOS Definir edema Compreender os principais mecanismos de formação do edema Compreender a abordagem clínica do edema É um sinal que aparece em inúmeras doenças, e que se manifesta como um aumento

Leia mais

Esplancnologia. Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino. Sentido lato Vascular endócrino

Esplancnologia. Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino. Sentido lato Vascular endócrino Esplancnologia Estudo das vísceras: órgãos internos ( splanchnon) Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino + Sentido lato Vascular endócrino Arquitetura funcional

Leia mais

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

17/02/2012. Diafragma

17/02/2012. Diafragma Diafragma Topografia Repouso - linha retilínea da 7º costela à 13º costela. Inspiração - linha ligeiramente convexa da 7º costela à 3º vértebra lombar. Expiração - linha convexidade cranial da 7º costela

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 11/08/2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Posicionamento. Posicionamento. Posicionamento preciso Feixe centrado Feixe colimado

Posicionamento. Posicionamento. Posicionamento preciso Feixe centrado Feixe colimado Posicionamento Posicionamento Posicionamento preciso Feixe centrado Feixe colimado 1 24-03-2009 Posicionamento Regras gerais Área de interesse o mais próximo possível da película Centrado sobre área de

Leia mais

PNEUMOLOGIA. Introdução ao estudo Radiológico do Tórax. PEC III. Acad. Franchesca Luz

PNEUMOLOGIA. Introdução ao estudo Radiológico do Tórax. PEC III. Acad. Franchesca Luz PNEUMOLOGIA Introdução ao estudo Radiológico do Tórax. PEC III Acad. Franchesca Luz COMO ESTUDAR O TÓRAX Uma olhada em uma radiografia de tórax, frequentemente é suficiente para ver uma anormalidade muito

Leia mais

Comissão de Residência Multiprofissional e em Área Profissional da Saúde COREMU. Edital nº: 03/2015 ProPPG/UFERSA

Comissão de Residência Multiprofissional e em Área Profissional da Saúde COREMU. Edital nº: 03/2015 ProPPG/UFERSA Comissão de Residência Multiprofissional e em Área Profissional da Saúde COREMU Edital nº: 03/2015 ProPPG/UFERSA Programa: Residência em Área Profissional da Saúde em Diagnóstico por Imagem em Animais

Leia mais

ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM. Prof. Dante L. Escuissato

ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM. Prof. Dante L. Escuissato ANATOMIA DO TÓRAX POR IMAGEM Prof. Dante L. Escuissato Figura 1. O tórax é composto por um conjunto de estruturas que pode ser dividido em parede torácica, espaços pleurais, pulmões, hilos pulmonares e

Leia mais

TECIDO EPITELIAL 13/10/2014. Mamíferos: Tipos de tecidos. Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso. Tecido epitelial: Origem ECTODERMA MESODERMA

TECIDO EPITELIAL 13/10/2014. Mamíferos: Tipos de tecidos. Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso. Tecido epitelial: Origem ECTODERMA MESODERMA TECIDO EPITELIAL Mamíferos: Tipos de tecidos Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso Origem ECTODERMA MESODERMA ENDODERMA 1 Tecido epitelial Ectoderma: epitélios sensoriais dos olhos; aparelho auditivo e

Leia mais

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA A neurociência teve que esperar mais de 70 anos, até que aparecesse um método de imagens por raios X que realmente fosse

Leia mais

Fígado Professor Alexandre

Fígado Professor Alexandre Fígado Professor Alexandre O que se usa para ver fígado é USG, TC e RM. Relação com estômago, vesícula, diafragma, adrenal direita, rim e duodeno. São pontos de referência anatômica: o Vesícula biliar

Leia mais

Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino. Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges

Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino. Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Aberturas da Parede Torácica Movimentos da Parede Torácica Movimentos: Alça de Balde Cabo de Bomba

Leia mais

FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA/FACENE

FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA/FACENE 1 PLANO DE CURSO PRIMEIRO SEMESTRE DULO: Morfologia Humana PERÍODO: 2016.2 TOTAL DE CRÉDITOS: 06 CARGA HORÁRIA: 120 horas/aula TEÓRICAS: 60 PRÁTICAS: 60 PROFESSORAS: Luzia Sandra Moura Moreira Waléria

Leia mais

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Disciplina - Fisiologia Fisiologia Respiratória (Parte I) Prof. Wagner de Fátima Pereira Departamento de Ciências Básicas Faculdade de Ciências

Leia mais

Introdução. Importância. Demais componentes 4/1/2013 SISTEMA LINFÁTICO. Componentes do Sistema Linfático CONDUTOS LINFÁTICOS LINFONODOS BAÇO TIMO

Introdução. Importância. Demais componentes 4/1/2013 SISTEMA LINFÁTICO. Componentes do Sistema Linfático CONDUTOS LINFÁTICOS LINFONODOS BAÇO TIMO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAMPUS CURITIBANOS Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Anatomia Veterinária I Introdução SISTEMA LINFÁTICO (SPURGEON; KAINER; MCCRAKEN; 2004) Prof. Dr. Marcello

Leia mais

Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV

Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV 81 Curso de Laparoscopia Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV Rui Lages*, Rui Santos** *Consultor de Urologia H. S. João de Deus Fão **Consultor de Urologia H. S.ta Isabel Marco de Canaveses

Leia mais

Sumário. 2 Cabeça e Pescoço Anatomia Geral VII. 2.1 Crânio Aparelho Mastigatório e Músculos da Cabeça 53.

Sumário. 2 Cabeça e Pescoço Anatomia Geral VII. 2.1 Crânio Aparelho Mastigatório e Músculos da Cabeça 53. VII Sumário 1 Anatomia Geral 2 Cabeça e Pescoço 19 Posição dos Órgãos Internos, Pontos de Palpação e Linhas Regionais 2 Planos de Secção e Termos de Direção do Corpo 4 Osteologia 6 Esqueleto do Corpo Humano

Leia mais

ANATOMIA RADIOLÓGICA E PATOLOGIAS DO MEDIASTINO

ANATOMIA RADIOLÓGICA E PATOLOGIAS DO MEDIASTINO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE CLÍNICA MÉDICA DISCIPLINA DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM ANATOMIA RADIOLÓGICA E PATOLOGIAS DO MEDIASTINO Monitor:

Leia mais

Exame Clínico do Paciente Cardiopata. Profª Drª Rosângela de Oliveira Alves EV/UFG

Exame Clínico do Paciente Cardiopata. Profª Drª Rosângela de Oliveira Alves EV/UFG Exame Clínico do Paciente Cardiopata Profª Drª Rosângela de Oliveira Alves EV/UFG Passos a seguir Resenha Anamnese Exame físico Exames complementares Radiologia Eletrocardiografia Ecocardiografia Angiografia

Leia mais

Sistema respiratório II. Profa. Mirelle Saes

Sistema respiratório II. Profa. Mirelle Saes Sistema respiratório II Profa. Mirelle Saes TRAQUÉIA Tubo largo continuação da extremidade inferior da laringe. - Desce na frente do esôfago e entra no mediastino superior, um pouco á direita da linha

Leia mais

Sistema Respiratório

Sistema Respiratório Anatomia Funcional dos Sistemas Respiratório, Circulatório, Urogenital e Nervoso das Aves Especialização Anclivepa-SP Cristina Fotin Sistema Respiratório Gill, F.B. Ornithology, 1994 1 Sistema Respiratório

Leia mais

Disciplina Embriologia Humana FAMEMA

Disciplina Embriologia Humana FAMEMA EMBRIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR: Teoria e Plano de Estudo Prático Profa. Dra. Maria Angélica Spadella Disciplina Embriologia Humana FAMEMA SISTEMA CARDIOVASCULAR CRONOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO ESTABELECIMENTO

Leia mais

Introdução à Anatomia

Introdução à Anatomia ESTRUTURA ANIMAL 1 Introdução à Anatomia : É o fundamento de todas as outras ciências médicas. Função: Fornecer noções preciosas para as aplicações na prática médico-cirúrgica Anatomia vem do grego; Significa

Leia mais

XIV Reunião Clínico - Radiológica Dr. RosalinoDalazen.

XIV Reunião Clínico - Radiológica Dr. RosalinoDalazen. XIV Reunião Clínico - Radiológica Dr. RosalinoDalazen www.digimaxdiagnostico.com.br CASO CLÍNICO 1 Pcte do sexo feminino com queixa de dor abdominal difusa. Coronal Sagital Laudo Aspecto compatível

Leia mais

TÓRAX: Percussão. Auscultação: Resenha Anamnese Exame físico Inspeção Palpação Percussão Auscultação. Exames complementares.

TÓRAX: Percussão. Auscultação: Resenha Anamnese Exame físico Inspeção Palpação Percussão Auscultação. Exames complementares. Resenha Anamnese Exame físico Inspeção Palpação Percussão Auscultação Exames complementares Reflexo de tosse TÓRAX: Inspeção Padrão respiratório Palpação Fraturas, enfisema, aumento de volume Choque cardíaco

Leia mais

Plano de Ensino da Disciplina

Plano de Ensino da Disciplina Plano de Ensino da Disciplina Disciplina: Anatomia Aplicada à Fonoaudiologia I Código da disciplina: MOF019 Classificação: Obrigatória Período do Curso: 1º período N.º de créditos: 03 créditos Carga horária:

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Campus Rio Paranaíba - Campus Rio Paranaíba Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

19h45. Grandezas e Unidades das Radiações 18h30

19h45. Grandezas e Unidades das Radiações 18h30 MÓDULO INTRODUÇÃO AO RADIODIAGNÓSTICO - FÍSICA R1 Coordenadores Dr. Cláudio Menezes CNEN 15/mar Inscrições 18h00 17/mar Noções de Estrutura da Matéria Produção de Raios X e Interação da Radiação Eletromagnética

Leia mais

APARELHO CARDIOVASCULAR

APARELHO CARDIOVASCULAR SEMIOLOGIA MÉDICA APARELHO CARDIOVASCULAR AULAS PRÁTICAS Conceitos: Débito cardíaco - quantidade de sangue impulsionada pelo coração num minuto Frequência cardíaca - depende da descarga espontânea do nódulo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO Identificação do animal Nome/número RG do HV Espécie: Raça: Idade: Sexo: Peso: Cor: Data e hora do

Leia mais

APARELHO RESPIRATÓRIO

APARELHO RESPIRATÓRIO UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Anatomia Veterinária I APARELHO RESPIRATÓRIO Médico Veterinário

Leia mais

POSICIONAMENTO RADIOGRÁFICO E ANATOMIA RADIOGRÁFICA EM PEQUENOS ANIMAIS

POSICIONAMENTO RADIOGRÁFICO E ANATOMIA RADIOGRÁFICA EM PEQUENOS ANIMAIS POSICIONAMENTO RADIOGRÁFICO E ANATOMIA RADIOGRÁFICA EM PEQUENOS ANIMAIS Nomenclatura para os posicionamentos Ao posicionarmos o paciente com o propósito de efetuar radiografias, deve-se dar nome a este

Leia mais

Prof. Diogo Mayer Fernandes Clínica Cirúrgica Medicina Veterinária Faculdade Anhanguera de Dourados

Prof. Diogo Mayer Fernandes Clínica Cirúrgica Medicina Veterinária Faculdade Anhanguera de Dourados Prof. Diogo Mayer Fernandes Clínica Cirúrgica Medicina Veterinária Faculdade Anhanguera de Dourados CONCEITOS E DEFINIÇÕES HÉRNIAS ABDOMINAIS INTERNAS Passagem de conteúdo abdominal por um orifício interno

Leia mais

Radiologia torácica (Thoracic radiology)

Radiologia torácica (Thoracic radiology) Radiologia torácica (Thoracic radiology) Resumo Do Vale Barroso, Rogério Magno(1); de Paula, Thaís Melo(2); Ávila Jr., Raul (3). 1) Professor de Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais Universidade de Brasília

Leia mais

Centro Universitário Maurício de Nassau Prof. Douglas Monteiro. Sistema Circulatório

Centro Universitário Maurício de Nassau Prof. Douglas Monteiro. Sistema Circulatório Centro Universitário Maurício de Nassau Prof. Douglas Monteiro Sistema Circulatório Coração Conceito: É um órgão muscular central do aparelho circulatório, que funciona como uma bomba dupla de sucção e

Leia mais

Ecografia abdomino-pélvica Distribuição anormal dos gases abdominais. Ileus paralítico e mecânico Diagnóstico radiológico

Ecografia abdomino-pélvica Distribuição anormal dos gases abdominais. Ileus paralítico e mecânico Diagnóstico radiológico Estudo Imagiológico gico do Abdómen Ecografia abdomino-pélvica Distribuição anormal dos gases abdominais Ileus paralítico e mecânico Diagnóstico radiológico Tipos de ecografia Ecografia Abdominal Visualização

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II 1 O SEMESTRE DE 2016 PROFESSORES: Andréa de Lima Bastos Giovanni Antônio Paiva de Oliveira 1. EMENTA: Procedimentos, Protocolos,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II 2 O SEMESTRE DE 2015 PROFESSORES: Andréa de Lima Bastos Giovanni Antônio Paiva de Oliveira 1. EMENTA: Procedimentos, Protocolos,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS II Código da Disciplina: VET201 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta da disciplina: 1 Faculdade responsável: Medicina Veterinária

Leia mais

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CCM CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS HUAP HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA 260 INSTRUÇÕES

Leia mais

Trauma torácico ATLS A airway (vias aéreas pérvias) B breathing (avaliação manutenção resp e mecânica resp) C circulation D disability (avaliação esta

Trauma torácico ATLS A airway (vias aéreas pérvias) B breathing (avaliação manutenção resp e mecânica resp) C circulation D disability (avaliação esta Trauma torácico Dr. Salomón Soriano Ordinola Rojas Hospital Beneficência Portuguesa São Paulo Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Trauma torácico ATLS A airway (vias aéreas pérvias) B breathing

Leia mais

Sistema Circulatório. Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular. Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular. Angiologia

Sistema Circulatório. Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular. Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular. Angiologia Sistema Circulatório Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular Angiologia Sistema Circulatório Funções Meio de transporte Ligação metabólica entre diferentes

Leia mais

XVI Reunião Clínico - Radiológica. Dr. RosalinoDalasen.

XVI Reunião Clínico - Radiológica. Dr. RosalinoDalasen. XVI Reunião Clínico - Radiológica Dr. RosalinoDalasen www.digimaxdiagnostico.com.br CASO 1 Paciente: M. G. A., 38 anos, sexo feminino. Queixa: Infecção do trato urinário de repetição. Realizou ultrassonografia

Leia mais

RADIOLOGIA DO ESÔFAGO

RADIOLOGIA DO ESÔFAGO RADIOLOGIA DO ESÔFAGO Esofagograma : administração de substância com densidade diferente do órgão. São elas sulfato de bário (rotina) e soluções iodadas (casos de suspeita de ruptura) na dose de 2 a 6

Leia mais

Ureter, Bexiga e Uretra

Ureter, Bexiga e Uretra Ureter, Bexiga e Uretra 1 Ureter, Bexiga e Uretra 2 URETER 3 Estrutura do Ureter Tubo muscular que conecta o rim à bexiga Porção superior (abdominal) e inferior (pélvica) 4 Trajeto do Ureter Ao nível do

Leia mais

DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PLANOS E EIXOS. Prof. Dra. Camila da Silva Frade

DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PLANOS E EIXOS. Prof. Dra. Camila da Silva Frade DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PLANOS E EIXOS Prof. Dra. Camila da Silva Frade E-mail: camila.s.frade@gmail.com Assim como as linhas imaginárias traçadas para nos orientar quanto à superfície

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ:

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03.866.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.312-3

Leia mais

CIRURGIAS DO SISTEMA GENITAL FEMININO. João Moreira da Costa Neto

CIRURGIAS DO SISTEMA GENITAL FEMININO. João Moreira da Costa Neto CIRURGIAS DO SISTEMA GENITAL FEMININO João Moreira da Costa Neto CIRURGIAS DO OVÁRIO E ÚTERO Ovariosalpingohisterectomia Cesariana Ovariosalpingohisterectomia Indicações Inibição do ciclo estral Distúrbios

Leia mais

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5.

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5. PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Associe as colunas.

Leia mais

Ano: 8 Turma: 81 e 82

Ano: 8 Turma: 81 e 82 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 81 e 82 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

DISCIPLINA: CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º Ano

DISCIPLINA: CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º Ano DISCIPLINA: CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º Ano 1. COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS COMPETÊNCIAS GERAIS COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para

Leia mais

REVISÃO DIGESTÓRIO/CIRCULATÓRIO/ EXCRETOR/RESPIRATÓRIO

REVISÃO DIGESTÓRIO/CIRCULATÓRIO/ EXCRETOR/RESPIRATÓRIO REVISÃO DIGESTÓRIO/CIRCULATÓRIO/ EXCRETOR/RESPIRATÓRIO SISTEMA DIGESTÓRIO D I G E S T Ó R I O BOCA FARINGE ESÔFAGO Pepsina Ptialina Suco Gástrico ESTÔMAGO (pancrezimina e secretina) ÂNUS RETO Suco Pancreático

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado e Licenciatura em Educação Física Disciplina: Anatomia Humana Professor: Rafaell Batista Pereira Código: SAU00 Carga Horária: 80 h/aulas Créditos:

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO PROFESSOR ELIANE GONÇALVES DISCIPLINA CIÊNCIAS SIMULADO: P4 Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br ALUNO TURMA 501 TECIDOS,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Biomedicina (17) Ano: 2013 Semestre: 2 Período: 2 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

Sistema Respiratório

Sistema Respiratório 11/11/15 Faculdade de Medicina de Lisboa Ins8tuto de Anatomia Humana Normal Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica Sistema Respiratório Lisboa,11 de Novembro de 2015 Sistema Respiratório Sistema responsável

Leia mais

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO Funções Troca de gases com o ar atmosférico; Manutenção da concentração de oxigênio; Eliminação da concentração de dióxido de carbônico; Regulação da ventilação.

Leia mais

GABARITO APÓS RECURSOS 01. C 11. D 02. A 12. E 03. E 13. B 04. B 14. E 05. D 15. C 06. C 16. B 07. A 17. E 08. B 18. E 09. D 19. C 10. A 20.

GABARITO APÓS RECURSOS 01. C 11. D 02. A 12. E 03. E 13. B 04. B 14. E 05. D 15. C 06. C 16. B 07. A 17. E 08. B 18. E 09. D 19. C 10. A 20. FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE EM SAÚDE ANIMAL E COLETIVA EDITAL N.º 01/2016 GABARITO APÓS RECURSOS 01. C 11. D 02. A 12. E 03. E 13. B 04. B 14. E 05. D

Leia mais

TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS. Leonardo Oliveira Moura

TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS. Leonardo Oliveira Moura TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS Leonardo Oliveira Moura Dissecção da Aorta Emergência aórtica mais comum Pode ser aguda ou crônica, quando os sintomas duram mais que 2 semanas Cerca de 75%

Leia mais

25/03/2009. Descoberta dos raios-x. Importância dos raios-x. Importância dos raios-x. Físico alemão Wilhem Conrad Roentgen ( )

25/03/2009. Descoberta dos raios-x. Importância dos raios-x. Importância dos raios-x. Físico alemão Wilhem Conrad Roentgen ( ) Descoberta dos raios-x INTRODUÇAO A RADIOLOGIA Físico alemão Wilhem Conrad Roentgen (1845-1923) Primeiras radiografias em animais Profª Drª Naida Cristina Borges (1896) Nobel da Física em 1901 Importância

Leia mais

Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros. Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros

Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros. Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros Curso de Formação Profissional em Primeiros Socorros Formador Credenciado Eng. Paulo Resende Dezembro de 2013 Anatomia e fisiologia do corpo humano OBJETIVOS Caracterizar os diversos sistemas que constituem

Leia mais

ABATE DE SUÍNOS. Abate de Suínos. Abate de suínos 26/02/2014. Últimos 15 anos. 83 mil para 580 mil toneladas

ABATE DE SUÍNOS. Abate de Suínos. Abate de suínos 26/02/2014. Últimos 15 anos. 83 mil para 580 mil toneladas 1 2 Abate de Suínos ABATE DE SUÍNOS Jean Berg Últimos 15 anos 83 mil para 580 mil toneladas Expansão > 600% - nas exportações de carne suína 4 Produtor e Exportador mundial. 3 4 Abate de suínos 5 6 1 7

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Anatomia Humana CÓDIGO: UNIDADE ACADÊMICA: Instituto de Ciências Biomédicas PERÍODO:

Leia mais

Serviço de Radiologia FMUP HSJ

Serviço de Radiologia FMUP HSJ Serviço de Radiologia FMUP HSJ Janeiro 2006 Espessamento parietal e diminuição do calibre do colon descendente e sigmóide, com dilatação a montante - inespecífico - neste casos associado a colite isquémica,

Leia mais