Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos."

Transcrição

1 Sumário Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos 1 Sistemas de Órgãos e Desenvolvimento das Cavidades Corporais 1.1 Definições, Visão Geral e Evolução das Cavidades Corporais Diferenciação dos Folhetos Embrionários e Desenvolvimento das Cavidades Corporais CompartimentalizaçãodoCelomalntraembrionário Divisão e Arquitetura das Cavidades Corporais 8 2 Sistema Circulatório 2.1 Visão Geral e Princípios Estruturais do Sistema Circulatório Leito Vascular Terminal e Sistemática dos Grandes Troncos Vasculares Zona Cardiogênica e Desenvolvimento do Tubo Cardíaco Desenvolvimento dos Espaços Cardíacos Internos e Destino do Seio Venoso Septação do Coração (Septos Interatrial, Interventricular e Aorticopulmonar) Circulação Pré-natal, Circulação Pós-natal e Malformações Congénitas Mais Frequentes 20 3 Sistema Respiratório 3.1 Visão Geral Desenvolvimento da Laringe e da Traqueia; Primórdios Embrionários do Pulmão Desenvolvimento e Maturação dos Pulmões 26 4 Sistema Digestório 4.1 Visão Geral Desenvolvimento e Diferenciação do Tubo Gastrintestinal Mesentérios e Primórdios dos Órgãos Digestórios na Região Caudal do Intestino Anterior; Rotação do Estômago Rotação do Estômago e Topografia dos Órgãos na Região Caudal do Intestino Anterior; Formação da Bolsa Omental Rotação da Alça do Intestino Médio e Desenvolvimento dos Órgãos na Região dos Intestinos Médio e Posterior Resumo do Desenvolvimento na Região dos Intestinos Médio e Posterior; Distúrbios do Desenvolvimento 38 5 Sistema Urinário 5.1 Visão Geral Desenvolvimento dos Rins, das Pelves Renais e dos Ureteres Desenvolvimento dos Néfrons e da Bexiga Urinária; Conexão dos Ureteres com a Bexiga Urinária; Malformações 44 6 Sistema Genital 6.1 Visão Geral Desenvolvimento das Gônadas Desenvolvimento das Vias Genitais Comparação dos Sistemas Genitais e Relações com o Sistema Urinário Comparação entre as Estruturas Embrionárias e Maduras Sistema Linfático 7.1 Visão Geral Vias de Drenagem Linfática 58 8 Sistema Endócrino 8.1 Visão Geral Circuitos Reguladores no Sistema Endócrino 62 9 Divisão Autónoma do Sistema Nervoso 9.1 Partes Simpática e Parassimpática da Divisão Autónoma do Sistema Nervoso Aferências da Divisão Autónoma do Sistema Nervoso e do Sistema Nervoso Entérico 66

2 Tórax 1 Visão Geral e Diafragma 1.1 Organização da Cavidade Torácica e Divisão do Mediastino Diafragma: Posição e Projeção sobre o Tronco Estrutura e Locais de Passagem Inervação, Vasos Sanguíneos e Vasos Linfáticos 76 2 Classificação das Vias de Condução 2.1 Parte Torácica da Aorta Veia Cava e Sistema Ázigo Vasos Linfáticos Cadeias de Linfonodos no Tórax Nervos 86 3 Sistema Circulatório e sua Classificação 3.1 Posição do Coração no Tórax Pericárdio: Posição, Estrutura e Inervação Coração: Forma e Estrutura Anatómica Estrutura Anatómica do Miocárdio Coração: Morfologia Interna Visão Geral das Valvas Cardíacas (Plano Valvar e Esqueleto Cardíaco) Valvas Cardíacas e Locais de Ausculta Representação do Coração em Radiografias de Tórax Ecocardiografia Ressonância Magnética do Coração Complexo Estimulante do Coração; Eletrocardiograma Atividade Mecânica do Coração Artérias Coronárias e Veias Cardíacas: Sistemática e Topografia Artérias Coronárias: Áreas de Irrigação Doença da Artéria Coronária e Infarto do Miocárdio Angiografia Coronariana Convencional (Cateterismo Cardíaco) Angiografia Coronariana por Meio da Tomografia Computadorizada Helicoidal em Múltiplos Cortes (TCMC) Dilatação com Balão e Revascularização Miocárdica da Artéria Torácica Interna (ATI) Drenagem Linfática do Coração Inervação do Coração Pulmões: Forma e Estrutura Anatómica Segmentos Broncopulmonares Estrutura Funcional da Árvore Bronquial Artérias e Veias dos Pulmões Artérias e Veias dos Brônquios Arquitetura Funcional da Árvore Vascular Pulmonar Inervação e Drenagem Linfática da Traqueia, da Árvore Bronquial e dos Pulmões Mecânica da Respiração Anatomia Seccional do Pulmão e do Sistema Vascular Tomografia Computadorizada do Pulmão Esôfagoe Timo e sua Classificação 5.1 Esôfago: Localização, Subdivisões e Peculiaridades Aberturas Superior e Inferior Abertura e Fechamento Estrutura da Parede e Pontos Fracos Artérias e Veias do Esôfago Drenagem Linfática do Esôfago Inervação do Esôfago Timo Anatomia Topográfica 6.1 Anatomia da Superfície Corporal, Regiões Topográficas e Relevos Ósseos Palpáveis Ossos do Tórax: Visão Geral e Orientação Estrutura da Parede Anterior do Tronco e suas Estruturas Vasculonervosas Vista dos Segmentos Individuais do Mediastino Órgãos Torácicos in situ: Vista Posterior Coração: Cavidade Pericárdica Vista do Mediastino Como um Todo Mediastino Posterior Mediastino Superior Arco da Aorta e Abertura Torácica Superior Manifestações Clínicas: Estenose do Istmo da Aorta Aneurisma da Aorta Sistema Respiratório e sua Classificação 4.1 Pulmões: Posição no Tórax Cavidade Pleural Limites da Pleura e dos Pulmões Traqueia 134

3 Abdome e Pelve 1 Visão Geral das Cavidades Abdominal e Pélvica 1.1 Organização Geral das Paredes e Aspectos Funcionais Organização das Cavidades Abdominal e Pélvica Organização Estrutural da Cavidade Abdominal e da Cavidade Pélvica Terminologia das Estruturas Vasculonervosas 2.1 Ramos da Parte Abdominal da Aorta Drenagem para a Veia Cava inferior Sistema da Veia Porta do Fígado Anastomoses Venosas no Abdome e na Pelve Visão Geral dos Troncos Linfáticos e das Cadeias de Linfonodos Visão Geral da Drenagem Linfática dos Órgãos Gânglios e Plexos Autónomos Esquema da Inervação Simpática e Parassimpática Sistema Digestório e seus Vasos 3.1 Estômago: Posição, Relações com o Peritônio e com os Órgãos Adjacentes Estrutura Anatómica da Parede e Histologia Intestino Delgado: Duodeno Jejuno e íleo (Alças Intestinais) Intestino Grosso: Segmentos do Colo Estrutura da Parede, Ceco e Apêndice Vermiforme Localização, Forma e Visão Interna do Reto Órgão de Continência: Estrutura e Componentes Função Doenças do Canal Anal: Doença Hemorroidária, Abscessos Anais e Fístulas Anais Carcinoma de Reto Fígado: Posição e Relações com Órgãos Adjacentes Relações com Peritônio e Forma Segmentos e Histologia Vesícula Biliar Vias Biliares Extra-hepáticas e Dueto Pancreático Pâncreas Baço Ramos do Tronco Celíaco: Artérias para o Estômago, o Fígado e a Vesícula Biliar Artérias para o Pâncreas, Duodeno e Baço Ramos da A. Mesentérica Superior: Artérias para o Pâncreas, Intestino Delgado e Intestino Grosso Ramos da A. Mesentérica Inferior: Irrigação do Intestino Grosso Irrigação do Reto Veia Porta do Fígado: Drenagem Venosa do Estômago, Duodeno, Pâncreas e Baço Veias Mesentéricas Superior e Inferior: Drenagem Venosa dos Intestinos Delgado e Grosso Ramos da Veia Mesentérica Inferior: Drenagem Venosa do Reto Drenagem Linfática do Estômago, Baço, Pâncreas, Duodeno e Fígado Drenagem Linfática dos Intestinos Delgado e Grosso Inervação Autónoma do Fígado, da Vesícula Biliar, do Estômago, do Duodeno, do Pâncreas e do Baço Inervação Autónoma do Intestino: Área de Inervação do Plexo Mesentérico Superior Áreas de Inervação dos Plexos Mesentérico e Hipogástrico Inferiores Sistema Urinário e seus Vasos 4.1 Visão Geral do Sistema Urinário; Rins in situ Rins: Posição, Forma e Estrutura Arquitetura e Estrutura Histológica Pelve Renal e Transporte de Urina Glândulas Suprarrenais Ureter in s/tu Bexiga Urinária: in situ Estrutura da Parede e Função Uretra Visão Geral das Artérias e Veias dos Rins e das Glândulas Suprarrenais Artérias e Veias dos Rins e das Glândulas Suprarrenais: Topografia e Variações Drenagem Linfática dos Rins, das Glândulas Suprarrenais, dos Ureteres e da Bexiga Urinária Inervação Autónoma dos Órgãos Urinários e das Glândulas Suprarrenais Sistema Genital e seus Vasos 5.1 Visão Geral do Sistema Genital Órgãos Genitais Femininos Internos: Visão Geral Topografia e Relações com o Peritônio; Forma e Estrutura Anatómica Estrutura da Parede e Função do Útero Vagina e Posições do Útero Relações Epiteliais no Colo do Útero Citologia Esfoliativa, Conização do Colo do Útero e Carcinoma do Colo do Útero Ovário e Maturação Folicular Gravidez e Parto Genitália Masculina: Glândulas Genitais Acessórias 324

4 Sistemática do Suprimento dos Órgãos 5.11 Tumores da Próstata: Carcinoma e Hiperplasia; Exames Preventivos Genitália Masculina: Escroto, Testículo e Epidídimo Vias Espermáticas Condutoras e Sémen Ramos da A. Ilíaca Interna: Visão Geral das Artérias para os Órgãos Pélvicos e para a Parede da Pelve Vascularização dos Órgãos Pélvicos no Homem Vascularização dos Órgãos Pélvicos na Mulher Vascularização dos Órgãos Genitais Internos e da Bexiga Urinária na Mulher Drenagem Linfática dos Órgãos Genitais Masculinos e Femininos Inervação Autónoma dos Órgãos Genitais Masculinos Inervação Autónoma dos Órgãos Genitais Femininos Anatomia Topográfica 6.1 Anatomia de Superfície, Regiões Topográficas e Relevos Ósseos Palpáveis Posição dos Órgãos no Abdome e na Pelve e sua Projeção na Parede do Tronco Topografia da Cavidade Peritoneal (Partes Supra e Inframesocólicas) Espaços de Drenagem e Recessos na Cavidade Peritoneal Visão Geral dos Mesentérios Topografia da Bolsa Omental Topografia dos Órgãos da Região Superior do Abdome: Fígado, Vesícula Biliar, Duodeno e Pâncreas Estômago e Baço Anatomia Seccional dos Órgãos da Região Superior do Abdome Topografia do Intestino Delgado e do Intestino Grosso Intestinos Delgado e Grosso: Técnicas de Imagem Topografia do Reto Retroperitônio: Visão Geral e Divisão Relações com o Peritônio Órgãos do Espaço Retroperitoneal Posição dos Rins Relações Peritoneais na Face Posterior da Parede Abdominal Relações Peritoneais na Pelve Menor Topografia do Tecido Conjuntivo da Pelve, Níveis dos Espaços da Pelve e do Assoalho da Pelve Aparelho de Sustentação do Útero Pelve Feminina Pelve Masculina Pelve Feminina: Anatomia Seccional Pelve Masculina: Anatomia Seccional Timo Esôfago Coração Pericárdio Pulmão, Brônquios e Traqueia Diafragma Fígado, Vesícula Biliar e Baço Estômago Duodeno e Pâncreas Jejunoeíleo Ceco, Apêndice Vermiforme e Colos Ascendente e Transverso Colo Descendente e Colo Sigmoide Reto Rim, Ureter e Glândula Suprarrenal Bexiga Urinária, Próstata e Glândula Seminal Testículo, Epidídimo e Dueto Deferente Útero, Tuba Uterina e Vagina Tuba Uterina e Ovário 413

5 Sinopse Apêndice 1.1 Timo Pericárdio Coração Traqueia, Brônquios e Pulmão Esôfago Estômago intestino Delgado: Duodeno Jejunoeíleo Intestino Grosso: Ceco com o Apêndice Vermiforme e os Colos Reto Fígado Vesícula Biliar e Vias Biliares Pâncreas Baço Glândulas Suprarrenais Rins Ureter Bexiga Urinária Uretra Vagina Útero e Tubas Uterinas Próstata e Glândulas Seminais Epidídimo e Dueto Deferente Testículo Ovário 443 Referências índice Alfabético

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

Plano de Ensino da Disciplina

Plano de Ensino da Disciplina Plano de Ensino da Disciplina Disciplina: Anatomia Aplicada à Fonoaudiologia I Código da disciplina: MOF019 Classificação: Obrigatória Período do Curso: 1º período N.º de créditos: 03 créditos Carga horária:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA Calendário - 2016 1º e 2º semestres Curso: MEDICINA Unidade Curricular: AS BASES MORFOLÓGICAS DA MEDICINA

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Campus Rio Paranaíba - Campus Rio Paranaíba Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

Esplancnologia. Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino. Sentido lato Vascular endócrino

Esplancnologia. Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino. Sentido lato Vascular endócrino Esplancnologia Estudo das vísceras: órgãos internos ( splanchnon) Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino + Sentido lato Vascular endócrino Arquitetura funcional

Leia mais

1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1

1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1 1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1 1.1. Identifique, inicialmente, o pulmão, o pericárdio, o coração, a pleura, o músculo diafragma, o esôfago, a traquéia, e o timo. Neste item também deverão ser identificados

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Anatomia Humana CÓDIGO: UNIDADE ACADÊMICA: Instituto de Ciências Biomédicas PERÍODO:

Leia mais

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos SUMÁRIO I Sistemas de Nutrição... 01 1 Noções Gerais Sobre Metabolismo... 01 1.1 Conceito... 01 1.2 Generalidades... 01 1.3 Metabolismo e Nutrição... 02 1.4 Divisão do Metabolismo... 02 1.4.1 Anabolismo...

Leia mais

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex 1 2 Módulo I: 3 BBPM Aparelho Cardiorrespiratório 4

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Histologia Especial Código da Disciplina: VET203 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta da disciplina: 2 P Faculdade responsável: Medicina Veterinária Programa

Leia mais

EDITAL DE TURMA ESPECIAL

EDITAL DE TURMA ESPECIAL Edital N 1 / 217. Cacoal, 2 de fevereiro de 217. EDITAL DE TURMA ESPECIAL A Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal FACIMED, no uso de suas atribuições legais, e tendo presente o disposto no Art. 153,

Leia mais

Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV

Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV 81 Curso de Laparoscopia Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV Rui Lages*, Rui Santos** *Consultor de Urologia H. S. João de Deus Fão **Consultor de Urologia H. S.ta Isabel Marco de Canaveses

Leia mais

MEDIASTINO MEDIASTINO MEDIASTINO MÉDIO MEDIASTINO MÉDIO. Conceito. Limites Divisão. Conteúdo: pericárdio coração

MEDIASTINO MEDIASTINO MEDIASTINO MÉDIO MEDIASTINO MÉDIO. Conceito. Limites Divisão. Conteúdo: pericárdio coração SISTEMA CIRCULATÓRIO SISTEMA CIRCULATÓRIO MEDIASTINO MEDIASTINO Conceito Mediastino Pleura direita Limites Divisão Mediastino superior Mediastino anterior Mediastino médio Pleura direita Mediastino posterior

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ:

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03.866.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.312-3

Leia mais

FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA/FACENE

FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA/FACENE 1 PLANO DE CURSO PRIMEIRO SEMESTRE DULO: Morfologia Humana PERÍODO: 2016.2 TOTAL DE CRÉDITOS: 06 CARGA HORÁRIA: 120 horas/aula TEÓRICAS: 60 PRÁTICAS: 60 PROFESSORAS: Luzia Sandra Moura Moreira Waléria

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado e Licenciatura em Educação Física Disciplina: Anatomia Humana Professor: Rafaell Batista Pereira Código: SAU00 Carga Horária: 80 h/aulas Créditos:

Leia mais

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA A neurociência teve que esperar mais de 70 anos, até que aparecesse um método de imagens por raios X que realmente fosse

Leia mais

Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino. Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges

Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino. Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Aberturas da Parede Torácica Movimentos da Parede Torácica Movimentos: Alça de Balde Cabo de Bomba

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS II Código da Disciplina: VET201 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta da disciplina: 1 Faculdade responsável: Medicina Veterinária

Leia mais

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Módulo I: Aparelho

Leia mais

Discussão de Caso Clínico. Módulo de Sistema Digestório

Discussão de Caso Clínico. Módulo de Sistema Digestório Discussão de Caso Clínico Módulo de Sistema Digestório 2014.2 Caso Clínico Paciente do sexo masculino, 64 anos, aposentado, casado e caucasiano. Procurou serviço de emergência com queixas de dor de barriga

Leia mais

Sistema respiratório II. Profa. Mirelle Saes

Sistema respiratório II. Profa. Mirelle Saes Sistema respiratório II Profa. Mirelle Saes TRAQUÉIA Tubo largo continuação da extremidade inferior da laringe. - Desce na frente do esôfago e entra no mediastino superior, um pouco á direita da linha

Leia mais

SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL. Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA

SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL. Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA E-mail: jmcn@ufba.br SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL Celiotomia Celi; celio: do grego koilía =abdome.

Leia mais

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011 PÂNCREAS ENDÓCRINO Felipe Santos Passos 2011 LOCALIZAÇÃO Região epigástrica e hipocondríaca esquerda Nível de L1 L3 Transversalmente na parede posterior do abdome LOCALIZAÇÃO Retroperitoneal Relações Anatômicas:

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA Normas do laboratório de Morfofuncional 1. Limpeza e organização do ambiente de trabalho 2. Ler os roteiros e estudar o conteúdo antes de iniciar a prática. 3. Quebra de

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE Resolução Normativa - RN Nº 338, de 21 de outubro de 2013 e anexos

ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE Resolução Normativa - RN Nº 338, de 21 de outubro de 2013 e anexos ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE 2014 Resolução Normativa - RN Nº 338, de 21 de outubro de 2013 e anexos Atualizado em 25 de fevereiro de 2014 RADIOSCOPIA DIAGNÓSTICA AMB HCO HSO RADIOSCOPIA PARA

Leia mais

ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA

ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA ORGANOGÊNESE (organo: organismo e gênese: origem) Importância: embrião. A maior parte do desenvolvimento dos órgãos: (varia com a espécie) Ao final deste período: Principais

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana. Natália Guimarães Barbosa

Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana. Natália Guimarães Barbosa Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana Natália Guimarães Barbosa Natal - RN 2016 Levar material nutritivo e oxigênio às células; Transportar produtos residuais do metabolismo celular;

Leia mais

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral Circulação Pulmonar e Sistêmica Passagem do sangue através do coração e dos vasos. Ocorre através de duas correntes sanguíneas que partem ao mesmo tempo do coração: 1 Sai do ventrículo direito através

Leia mais

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA Introdução Pré-requisitos para um bom ultrassonografista Alto nível de destreza e coordenação olhos. de mãos e Conhecimento completo de anatomia, fisiologia

Leia mais

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5.

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5. PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Associe as colunas.

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Texto de apoio ao professor T2 Sistema circulatório Constituintes Características Funções Introdução: O sistema circulatório é um circuito fechado e é responsável pelo transporte de substâncias no nosso

Leia mais

Radiografia simples do tórax: noções de anatomia

Radiografia simples do tórax: noções de anatomia Radiografia simples do tórax: noções de anatomia Gustavo de Souza Portes Meirelles 1 1 Doutor em Radiologia pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP 1 Partes moles Devemos analisar as partes moles em toda

Leia mais

Aulas Pratico-Laboratoriais de Histologia Resumo das Lâminas

Aulas Pratico-Laboratoriais de Histologia Resumo das Lâminas Aulas Pratico-Laboratoriais de Histologia Resumo das Lâminas Vesícula Biliar Mucosa: -epitélio cilíndrico simples com microvilosidades -lâmina própria (tecido conjuntivo) Bexiga Mucosa: -epitélio estratificado

Leia mais

Ano Lectivo 2009/2010

Ano Lectivo 2009/2010 Ano Lectivo 2009/2010 Feito por: Carlos Grilo Caracteres sexuais primários e secundários.3 Sistema reprodutor masculino.4 Sistema reprodutor feminino.5 Ciclo ovário.5 Ciclo uterino.7 Fecundação 9 Caracteres

Leia mais

PLANO DE AULA. Aulas práticas 12 /02/10 Apresentação da disciplina e Visita ao. Data Atividades temáticas Estratégias/bibliografia Aula Aulas teóricas

PLANO DE AULA. Aulas práticas 12 /02/10 Apresentação da disciplina e Visita ao. Data Atividades temáticas Estratégias/bibliografia Aula Aulas teóricas PLANO DE AULA Disciplina: Anatomia Professor(a): Érica Bertaglia de Paula / Ana Paula Cardoso de Mello e Mello Ribeiro / Flavio Marino Greggio Curso: Enfermagem Semestre/Ano 1 / 2010 Turma: Data Atividades

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina BAN210 Anatomia Humana

Programa Analítico de Disciplina BAN210 Anatomia Humana Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina BAN10 Anatomia Humana Departamento de Biologia Animal - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: Teóricas Práticas

Leia mais

REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Professor Heverton Alencar

REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Professor Heverton Alencar REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Professor Heverton Alencar Sistema reprodutor masculino Testículo - produção de espermatozoides e também a produção de testosterona (hormônio sexual masculino);

Leia mais

Aortografia abdominal por punção translombar Angiografia por cateterismo não seletivo de grande vaso

Aortografia abdominal por punção translombar Angiografia por cateterismo não seletivo de grande vaso 40812006 PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (MÉTODOS DIAGNOS 40812014 Aortografia abdominal por punção translombar 40812022 Angiografia por punção 40812030 Angiografia por cateterismo não seletivo

Leia mais

Departamento de Ciências da Saúde. Conteúdo Prático de Morfologia Humana II. Cursos: Biomedicina e Farmácia. 2º Semestre 2010

Departamento de Ciências da Saúde. Conteúdo Prático de Morfologia Humana II. Cursos: Biomedicina e Farmácia. 2º Semestre 2010 Departamento de Ciências da Saúde Conteúdo Prático de Morfologia Humana II Cursos: Biomedicina e Farmácia 2º Semestre 2010 INFORMAÇÕES GERAIS DOCENTES Prof.: Prof.: e-mail: e-mail: LABORATÓRIO DE ANATOMIA

Leia mais

Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula.

Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula. Atividade de Estudo - Ciências 5º ano Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula. b) Podemos afirmar que todas as células

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015

PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015 PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015 PROFa. FLÁVIA CARLETE NOME Nº 8º ANO A prova deve ser feita com caneta azul ou preta. É terminantemente proibido o uso de corretor. Respostas com corretor serão

Leia mais

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CCM CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS HUAP HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA 260 INSTRUÇÕES

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CBF220 Anatomia Humana

Programa Analítico de Disciplina CBF220 Anatomia Humana Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Campus de Florestal - Campus de Florestal Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal Períodos

Leia mais

SISTEMA RESPIRATÓRIO. Prof. Dr. Thiago Cabral

SISTEMA RESPIRATÓRIO. Prof. Dr. Thiago Cabral SISTEMA RESPIRATÓRIO Respiração É o processo pelo qual o organismo absorve oxigênio e elimina gás carbônico. Órgão respiratório Pulmão Elemento intermediário Sangue Divisão do Sistema Respiratório Porção

Leia mais

Glândulas suprarrenais

Glândulas suprarrenais Estudo Imagiológico gico do Abdómen 16 -Glândulas suprarrenais Meios de estudo Principais aplicações clínicas 17-Aparelho genital Meios de estudo Principais aplicações clínicas Próstata, vesículas seminais

Leia mais

SUMÁRIO A...4 C...4 D... 6 E... 6 G... 6 H...7 I...7 M...7 N... 8 O... 8 P... 8 Q... 9 R... 9 T... 9 U...10

SUMÁRIO A...4 C...4 D... 6 E... 6 G... 6 H...7 I...7 M...7 N... 8 O... 8 P... 8 Q... 9 R... 9 T... 9 U...10 GLOSSÁRIO CLIENTE INTRODUÇÃO Este glossário foi desenvolvido pela Unimed Vale do Sinos com o objetivo de aproximar o cliente e a comunidade da cooperativa, por meio de esclarecimentos de diversos conceitos

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE 1 - À concepção do Sistema Único de Saúde (SUS), regulado pelo poder do Estado, corresponde: a) uma noção autoritária de p

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE 1 - À concepção do Sistema Único de Saúde (SUS), regulado pelo poder do Estado, corresponde: a) uma noção autoritária de p PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE AUXILIAR DE NECROPSIA INSTRUÇÕES: Você receberá do fiscal: um caderno de questões e um cartão de respostas personalizado. As páginas do caderno

Leia mais

Código: CBIBIQU Disciplina: BIOQUÍMICA Fase: 1ª. Grade curricular: 2000 Pré-requisitos: DESCRIÇÃO DO PROGRAMA:

Código: CBIBIQU Disciplina: BIOQUÍMICA Fase: 1ª. Grade curricular: 2000 Pré-requisitos: DESCRIÇÃO DO PROGRAMA: 21cir Código: CBIBIQU Disciplina: BIOQUÍMICA Fase: 1ª Grade curricular: 2000 Pré-requisitos: FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecimento: Portaria

Leia mais

TECIDO EPITELIAL. Professora Melissa Kayser

TECIDO EPITELIAL. Professora Melissa Kayser TECIDO EPITELIAL Professora Melissa Kayser Tecido Epitelial Introdução Tecido que reveste a superfície externa do corpo e as cavidades internas. Desempenha várias funções: Proteção do corpo (pele) Percepção

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 9º Ano de Escolaridade SISTEMA DIGESTIVO ALIMENTOS E NUTRIENTES MORFOLOGIA E FISIOLOGIA

CIÊNCIAS NATURAIS 9º Ano de Escolaridade SISTEMA DIGESTIVO ALIMENTOS E NUTRIENTES MORFOLOGIA E FISIOLOGIA CIÊNCIAS NATURAIS 9º Ano de Escolaridade SISTEMA DIGESTIVO ALIMENTOS E NUTRIENTES MORFOLOGIA E FISIOLOGIA Ano Lectivo 2009/2010 FUNÇÕES DOS NUTRIENTES Nutrientes Energéticos Plásticos Reguladores Funções

Leia mais

Recuperação Final CFB 8º ano do EF

Recuperação Final CFB 8º ano do EF Página1 COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II SEÇÃO TÉCNICA DE ENSINO Recuperação Final CFB 8º ano do EF Aluno: Série: 8º ano Turma: Data: 16 de dezembro de 2016 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1. Esta prova

Leia mais

O sistema reprodutor feminino. Os ovários e os órgãos acessórios. Aula N50

O sistema reprodutor feminino. Os ovários e os órgãos acessórios. Aula N50 O sistema reprodutor feminino. Os ovários e os órgãos acessórios. Aula N50 Sistema reprodutor feminino Ovários = produz óvulos Tubas uterinas = transportam e protegem os óvulos Útero = prove meio adequado

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 11/08/2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Diapositivo 1. RL1 Raquel Lopes;

Diapositivo 1. RL1 Raquel Lopes; Biologia Humana 11º ano Escola Secundária Júlio Dinis Ovar BIOLOGIA HUMANA 11º ano TD Reprodução Humana??? raquelopes 09 raquelopes15@gmail.com RL1 Diapositivo 1 RL1 Raquel Lopes; 05-01-2009 Biologia Humana

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA - ANATOMIA RADIOLÓGICA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA PROFESSOR(ES): Luciana Costa (Resp) Andréa Bastos 1. EMENTA: A disciplina Anatomia Radiológica

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: FISIOLOGIA GERAL Código da Disciplina: NDC108 Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P. Faculdade

Leia mais

CIRCULAÇÃO Animal Comparada Parte II

CIRCULAÇÃO Animal Comparada Parte II UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR Departamento: Zoologia DISCIPLINA: BIO335 FISIOLOGIA ANIMAL E COMPARADA I PROF. Jorge Rabelo de Sousa, M.Sc. CIRCULAÇÃO Animal Comparada Parte II SISTEMA LINFÁTICO A corte

Leia mais

A maioria dos alimentos precisa ser transformada para entrar nas células e realmente nutrir o organismo.

A maioria dos alimentos precisa ser transformada para entrar nas células e realmente nutrir o organismo. Science Photo Library/Latinstock A maioria dos alimentos precisa ser transformada para entrar nas células e realmente nutrir o organismo. O que acontece com o amido de um sanduíche de queijo na boca? E

Leia mais

Anatomia Funcional do Sistema Digestório das Aves

Anatomia Funcional do Sistema Digestório das Aves Anatomia Funcional do Sistema Digestório das Aves Cristina Fotin Especialização Anclivepa-SP esôfago inglúvio pró-ventrículo ventrículo intestino Ritchie, Harrisson and Harrison. Avian Medicine:principles

Leia mais

Anatomia das vias biliares extrahepáticas

Anatomia das vias biliares extrahepáticas Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto Anatomia das vias biliares extrahepá Prof. Kassim Mohamede K. Hussain Serviço de vias biliares e pâncreas II Departamento de Cirurgia Geral Introdução O adequado

Leia mais

CURSOS E ÁREAS CIENTÍFICAS (AC)

CURSOS E ÁREAS CIENTÍFICAS (AC) CURSOS E ÁREAS CIENTÍFICAS (AC) Ciências do Desporto Dança Ergonomia Gestão do Desporto Reabilitação Psicomotora AC.: Biologia Humana ou Psicologia BIOLOGIA HUMANA TEMAS ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL E FUNCIONAL

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE MATOSINHOS CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Ano lectivo 2010/2011

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE MATOSINHOS CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Ano lectivo 2010/2011 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE MATOSINHOS CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Ano lectivo 2010/2011 CAPÍTULOS CONTEÚDOS INDICADORES DE APRENDIZAGEM Apresentação 1 Visão

Leia mais

AULA-10 FISIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

AULA-10 FISIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR AULA-10 FISIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Profª Tatiani UNISALESIANO Fornecer e manter suficiente, contínuo e variável o fluxo sanguíneo aos diversos tecidos do organismo, segundo suas necessidades

Leia mais

02/23/2008. URI Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Curso de Psicologia Professor Claudio Alfredo Konrat

02/23/2008. URI Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Curso de Psicologia Professor Claudio Alfredo Konrat Anatomia É o ramo das ciências biológicas que estuda a forma e a estrutura dos organismos. Está intimamente ligada a fisiologia. URI Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões Curso

Leia mais

Sistema Digestório Disciplina Citologia e Histologia II. Docente: Sheila C. Ribeiro Setembro/2015

Sistema Digestório Disciplina Citologia e Histologia II. Docente: Sheila C. Ribeiro Setembro/2015 Sistema Digestório Disciplina Citologia e Histologia II Docente: Sheila C. Ribeiro Setembro/2015 Sistema Digestório de Ruminantes Definição Vegetais Fibrosos Volumosos Estômago Aglandular Estômago Glandular

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Divisão de Desenvolvimento de Pessoas

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Divisão de Desenvolvimento de Pessoas UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Divisão de Desenvolvimento de Pessoas CONCURSO PÚBLICO PARA O CARGO DE TÉCNICO DE LABORATÓRIO/ANATOMIA Código 00414.01 Campus São Carlos

Leia mais

SUS A causa mais comum de estenose benigna do colédoco e:

SUS A causa mais comum de estenose benigna do colédoco e: USP - 2001 89 - Paciente de 48 anos, assintomática, procurou seu ginecologista para realizar exame anual preventivo. Realizou ultra-som de abdome que revelou vesícula biliar de dimensão e morfologia normais

Leia mais

APARELHO RESPIRATÓRIO

APARELHO RESPIRATÓRIO UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Anatomia Veterinária I APARELHO RESPIRATÓRIO Médico Veterinário

Leia mais

TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS. Leonardo Oliveira Moura

TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS. Leonardo Oliveira Moura TROMBOEMBOLISMO PULMONAR EMERGÊNCIAS AÓRTICAS Leonardo Oliveira Moura Dissecção da Aorta Emergência aórtica mais comum Pode ser aguda ou crônica, quando os sintomas duram mais que 2 semanas Cerca de 75%

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS PARA O CURSO DE MEDICINA MÓDULO III

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS PARA O CURSO DE MEDICINA MÓDULO III QUESTÃO 1 QUESTÕES DISCURSIVAS Explicar a importância fisiológica da plasmina e o mecanismo envolvido em sua formação. QUESTÃO 2 Após a filtração sanguínea, a urina é gotejada nos cálices menores, cálices

Leia mais

Avaliação tomográfica do trauma abdominal fechado

Avaliação tomográfica do trauma abdominal fechado Avaliação tomográfica do trauma abdominal fechado David C. Shigueoka Professsor afiliado Setor de Radiologia de Urgência / Abdome / US Departamento de Diagnóstico por Imagem Escola Paulista de Medicina

Leia mais

Aula 5: Sistema circulatório

Aula 5: Sistema circulatório Aula 5: Sistema circulatório Sistema circulatório Sistema responsável pela circulação de sangue através de todo o organismo; Transporta oxigênio e todos os nutrientes necessários para a manutenção das

Leia mais

Depois de passar pelo estômago, o alimento recebe o nome de quimo.

Depois de passar pelo estômago, o alimento recebe o nome de quimo. SISTEMA DIGESTIVO A função do sistema digestivo é transformar macromoléculas em moléculas menores, passíveis de absorção. O esquema a seguir mostra as partes do tubo digestório. Boca Na boca ocorrem dois

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA II 1 O SEMESTRE DE 2016 PROFESSORES: Andréa de Lima Bastos Giovanni Antônio Paiva de Oliveira 1. EMENTA: Procedimentos, Protocolos,

Leia mais

TECIDO EPITELIAL HISTOLOGIA ANIMAL

TECIDO EPITELIAL HISTOLOGIA ANIMAL HISTOLOGIA Histologia é a parte da Biologia que estuda os tecidos. Tecidos são agrupamentos de células semelhantes e/ou que possuem função semelhante, tomadas em conjunto com a substância intercelular.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE VETERINÁRIA DEPARTAMENTO DE EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE VETERINÁRIA DEPARTAMENTO DE EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE VETERINÁRIA DEPARTAMENTO DE EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EM ANATOMIA PATOLÓGICA

Leia mais

23/08/2016 HÉRNIAS HÉRNIAS EM PEQUENOS ANIMAIS HÉRNIAS HÉRNIAS PARTES DE UMA HÉRNIA: CLASSIFICAÇÃO PARTES DE UMA HÉRNIA: DEFINIÇÃO:

23/08/2016 HÉRNIAS HÉRNIAS EM PEQUENOS ANIMAIS HÉRNIAS HÉRNIAS PARTES DE UMA HÉRNIA: CLASSIFICAÇÃO PARTES DE UMA HÉRNIA: DEFINIÇÃO: EM PEQUENOS ANIMAIS PROFA. MSC. ANALY RAMOS MENDES PARTES DE UMA HÉRNIA: DEFINIÇÃO: Saída de uma víscera de seu local de origem através de um anel herniário PARTES DE UMA HÉRNIA: Anel herniário Saco herniário:

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 505, DE 28 DE SETEMBRO DE 2010

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 505, DE 28 DE SETEMBRO DE 2010 Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde PORTARIA Nº 505, DE 28 DE SETEMBRO DE 2010 O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria nº 2.848/GM, de 06 de novembro

Leia mais

5 de Outubro de Professor Ewerton. Introdução à Radiologia do Tórax

5 de Outubro de Professor Ewerton. Introdução à Radiologia do Tórax 5 de Outubro de 2007. Professor Ewerton. Introdução à do Tórax Métodos de investigação radiológica Radiografias. TC. RM. Medicina Nuclear. US. Angiografias. Os dois primeiros são os mais utilizados. Radiografia

Leia mais

Sistema geniturinário SISTEMA URINÁRIO SISTEMA GENITAL MASCULINO SISTEMA GENITAL FEMININO

Sistema geniturinário SISTEMA URINÁRIO SISTEMA GENITAL MASCULINO SISTEMA GENITAL FEMININO Sistema geniturinário SISTEMA URINÁRIO SISTEMA GENITAL MASCULINO SISTEMA GENITAL FEMININO SISTEMA URINÁRIO SISTEMA GENITURINÁRIO FUNÇÕES DO SISTEMA URINÁRIO SISTEMA URINÁRIO HUMANO Excreção Maior parte.

Leia mais

Sistema Digestório. Prof. Sérvulo Luiz Borges UFJF

Sistema Digestório. Prof. Sérvulo Luiz Borges UFJF Sistema Digestório Prof. Sérvulo Luiz Borges UFJF Sistema Digestório Digestão: suprimento de nutrientes para o corpo Funções do Sistema digestório: Preensão e Mastigação do alimentos Transformação química

Leia mais