Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos."

Transcrição

1 Sumário Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos 1 Sistemas de Órgãos e Desenvolvimento das Cavidades Corporais 1.1 Definições, Visão Geral e Evolução das Cavidades Corporais Diferenciação dos Folhetos Embrionários e Desenvolvimento das Cavidades Corporais CompartimentalizaçãodoCelomalntraembrionário Divisão e Arquitetura das Cavidades Corporais 8 2 Sistema Circulatório 2.1 Visão Geral e Princípios Estruturais do Sistema Circulatório Leito Vascular Terminal e Sistemática dos Grandes Troncos Vasculares Zona Cardiogênica e Desenvolvimento do Tubo Cardíaco Desenvolvimento dos Espaços Cardíacos Internos e Destino do Seio Venoso Septação do Coração (Septos Interatrial, Interventricular e Aorticopulmonar) Circulação Pré-natal, Circulação Pós-natal e Malformações Congénitas Mais Frequentes 20 3 Sistema Respiratório 3.1 Visão Geral Desenvolvimento da Laringe e da Traqueia; Primórdios Embrionários do Pulmão Desenvolvimento e Maturação dos Pulmões 26 4 Sistema Digestório 4.1 Visão Geral Desenvolvimento e Diferenciação do Tubo Gastrintestinal Mesentérios e Primórdios dos Órgãos Digestórios na Região Caudal do Intestino Anterior; Rotação do Estômago Rotação do Estômago e Topografia dos Órgãos na Região Caudal do Intestino Anterior; Formação da Bolsa Omental Rotação da Alça do Intestino Médio e Desenvolvimento dos Órgãos na Região dos Intestinos Médio e Posterior Resumo do Desenvolvimento na Região dos Intestinos Médio e Posterior; Distúrbios do Desenvolvimento 38 5 Sistema Urinário 5.1 Visão Geral Desenvolvimento dos Rins, das Pelves Renais e dos Ureteres Desenvolvimento dos Néfrons e da Bexiga Urinária; Conexão dos Ureteres com a Bexiga Urinária; Malformações 44 6 Sistema Genital 6.1 Visão Geral Desenvolvimento das Gônadas Desenvolvimento das Vias Genitais Comparação dos Sistemas Genitais e Relações com o Sistema Urinário Comparação entre as Estruturas Embrionárias e Maduras Sistema Linfático 7.1 Visão Geral Vias de Drenagem Linfática 58 8 Sistema Endócrino 8.1 Visão Geral Circuitos Reguladores no Sistema Endócrino 62 9 Divisão Autónoma do Sistema Nervoso 9.1 Partes Simpática e Parassimpática da Divisão Autónoma do Sistema Nervoso Aferências da Divisão Autónoma do Sistema Nervoso e do Sistema Nervoso Entérico 66

2 Tórax 1 Visão Geral e Diafragma 1.1 Organização da Cavidade Torácica e Divisão do Mediastino Diafragma: Posição e Projeção sobre o Tronco Estrutura e Locais de Passagem Inervação, Vasos Sanguíneos e Vasos Linfáticos 76 2 Classificação das Vias de Condução 2.1 Parte Torácica da Aorta Veia Cava e Sistema Ázigo Vasos Linfáticos Cadeias de Linfonodos no Tórax Nervos 86 3 Sistema Circulatório e sua Classificação 3.1 Posição do Coração no Tórax Pericárdio: Posição, Estrutura e Inervação Coração: Forma e Estrutura Anatómica Estrutura Anatómica do Miocárdio Coração: Morfologia Interna Visão Geral das Valvas Cardíacas (Plano Valvar e Esqueleto Cardíaco) Valvas Cardíacas e Locais de Ausculta Representação do Coração em Radiografias de Tórax Ecocardiografia Ressonância Magnética do Coração Complexo Estimulante do Coração; Eletrocardiograma Atividade Mecânica do Coração Artérias Coronárias e Veias Cardíacas: Sistemática e Topografia Artérias Coronárias: Áreas de Irrigação Doença da Artéria Coronária e Infarto do Miocárdio Angiografia Coronariana Convencional (Cateterismo Cardíaco) Angiografia Coronariana por Meio da Tomografia Computadorizada Helicoidal em Múltiplos Cortes (TCMC) Dilatação com Balão e Revascularização Miocárdica da Artéria Torácica Interna (ATI) Drenagem Linfática do Coração Inervação do Coração Pulmões: Forma e Estrutura Anatómica Segmentos Broncopulmonares Estrutura Funcional da Árvore Bronquial Artérias e Veias dos Pulmões Artérias e Veias dos Brônquios Arquitetura Funcional da Árvore Vascular Pulmonar Inervação e Drenagem Linfática da Traqueia, da Árvore Bronquial e dos Pulmões Mecânica da Respiração Anatomia Seccional do Pulmão e do Sistema Vascular Tomografia Computadorizada do Pulmão Esôfagoe Timo e sua Classificação 5.1 Esôfago: Localização, Subdivisões e Peculiaridades Aberturas Superior e Inferior Abertura e Fechamento Estrutura da Parede e Pontos Fracos Artérias e Veias do Esôfago Drenagem Linfática do Esôfago Inervação do Esôfago Timo Anatomia Topográfica 6.1 Anatomia da Superfície Corporal, Regiões Topográficas e Relevos Ósseos Palpáveis Ossos do Tórax: Visão Geral e Orientação Estrutura da Parede Anterior do Tronco e suas Estruturas Vasculonervosas Vista dos Segmentos Individuais do Mediastino Órgãos Torácicos in situ: Vista Posterior Coração: Cavidade Pericárdica Vista do Mediastino Como um Todo Mediastino Posterior Mediastino Superior Arco da Aorta e Abertura Torácica Superior Manifestações Clínicas: Estenose do Istmo da Aorta Aneurisma da Aorta Sistema Respiratório e sua Classificação 4.1 Pulmões: Posição no Tórax Cavidade Pleural Limites da Pleura e dos Pulmões Traqueia 134

3 Abdome e Pelve 1 Visão Geral das Cavidades Abdominal e Pélvica 1.1 Organização Geral das Paredes e Aspectos Funcionais Organização das Cavidades Abdominal e Pélvica Organização Estrutural da Cavidade Abdominal e da Cavidade Pélvica Terminologia das Estruturas Vasculonervosas 2.1 Ramos da Parte Abdominal da Aorta Drenagem para a Veia Cava inferior Sistema da Veia Porta do Fígado Anastomoses Venosas no Abdome e na Pelve Visão Geral dos Troncos Linfáticos e das Cadeias de Linfonodos Visão Geral da Drenagem Linfática dos Órgãos Gânglios e Plexos Autónomos Esquema da Inervação Simpática e Parassimpática Sistema Digestório e seus Vasos 3.1 Estômago: Posição, Relações com o Peritônio e com os Órgãos Adjacentes Estrutura Anatómica da Parede e Histologia Intestino Delgado: Duodeno Jejuno e íleo (Alças Intestinais) Intestino Grosso: Segmentos do Colo Estrutura da Parede, Ceco e Apêndice Vermiforme Localização, Forma e Visão Interna do Reto Órgão de Continência: Estrutura e Componentes Função Doenças do Canal Anal: Doença Hemorroidária, Abscessos Anais e Fístulas Anais Carcinoma de Reto Fígado: Posição e Relações com Órgãos Adjacentes Relações com Peritônio e Forma Segmentos e Histologia Vesícula Biliar Vias Biliares Extra-hepáticas e Dueto Pancreático Pâncreas Baço Ramos do Tronco Celíaco: Artérias para o Estômago, o Fígado e a Vesícula Biliar Artérias para o Pâncreas, Duodeno e Baço Ramos da A. Mesentérica Superior: Artérias para o Pâncreas, Intestino Delgado e Intestino Grosso Ramos da A. Mesentérica Inferior: Irrigação do Intestino Grosso Irrigação do Reto Veia Porta do Fígado: Drenagem Venosa do Estômago, Duodeno, Pâncreas e Baço Veias Mesentéricas Superior e Inferior: Drenagem Venosa dos Intestinos Delgado e Grosso Ramos da Veia Mesentérica Inferior: Drenagem Venosa do Reto Drenagem Linfática do Estômago, Baço, Pâncreas, Duodeno e Fígado Drenagem Linfática dos Intestinos Delgado e Grosso Inervação Autónoma do Fígado, da Vesícula Biliar, do Estômago, do Duodeno, do Pâncreas e do Baço Inervação Autónoma do Intestino: Área de Inervação do Plexo Mesentérico Superior Áreas de Inervação dos Plexos Mesentérico e Hipogástrico Inferiores Sistema Urinário e seus Vasos 4.1 Visão Geral do Sistema Urinário; Rins in situ Rins: Posição, Forma e Estrutura Arquitetura e Estrutura Histológica Pelve Renal e Transporte de Urina Glândulas Suprarrenais Ureter in s/tu Bexiga Urinária: in situ Estrutura da Parede e Função Uretra Visão Geral das Artérias e Veias dos Rins e das Glândulas Suprarrenais Artérias e Veias dos Rins e das Glândulas Suprarrenais: Topografia e Variações Drenagem Linfática dos Rins, das Glândulas Suprarrenais, dos Ureteres e da Bexiga Urinária Inervação Autónoma dos Órgãos Urinários e das Glândulas Suprarrenais Sistema Genital e seus Vasos 5.1 Visão Geral do Sistema Genital Órgãos Genitais Femininos Internos: Visão Geral Topografia e Relações com o Peritônio; Forma e Estrutura Anatómica Estrutura da Parede e Função do Útero Vagina e Posições do Útero Relações Epiteliais no Colo do Útero Citologia Esfoliativa, Conização do Colo do Útero e Carcinoma do Colo do Útero Ovário e Maturação Folicular Gravidez e Parto Genitália Masculina: Glândulas Genitais Acessórias 324

4 Sistemática do Suprimento dos Órgãos 5.11 Tumores da Próstata: Carcinoma e Hiperplasia; Exames Preventivos Genitália Masculina: Escroto, Testículo e Epidídimo Vias Espermáticas Condutoras e Sémen Ramos da A. Ilíaca Interna: Visão Geral das Artérias para os Órgãos Pélvicos e para a Parede da Pelve Vascularização dos Órgãos Pélvicos no Homem Vascularização dos Órgãos Pélvicos na Mulher Vascularização dos Órgãos Genitais Internos e da Bexiga Urinária na Mulher Drenagem Linfática dos Órgãos Genitais Masculinos e Femininos Inervação Autónoma dos Órgãos Genitais Masculinos Inervação Autónoma dos Órgãos Genitais Femininos Anatomia Topográfica 6.1 Anatomia de Superfície, Regiões Topográficas e Relevos Ósseos Palpáveis Posição dos Órgãos no Abdome e na Pelve e sua Projeção na Parede do Tronco Topografia da Cavidade Peritoneal (Partes Supra e Inframesocólicas) Espaços de Drenagem e Recessos na Cavidade Peritoneal Visão Geral dos Mesentérios Topografia da Bolsa Omental Topografia dos Órgãos da Região Superior do Abdome: Fígado, Vesícula Biliar, Duodeno e Pâncreas Estômago e Baço Anatomia Seccional dos Órgãos da Região Superior do Abdome Topografia do Intestino Delgado e do Intestino Grosso Intestinos Delgado e Grosso: Técnicas de Imagem Topografia do Reto Retroperitônio: Visão Geral e Divisão Relações com o Peritônio Órgãos do Espaço Retroperitoneal Posição dos Rins Relações Peritoneais na Face Posterior da Parede Abdominal Relações Peritoneais na Pelve Menor Topografia do Tecido Conjuntivo da Pelve, Níveis dos Espaços da Pelve e do Assoalho da Pelve Aparelho de Sustentação do Útero Pelve Feminina Pelve Masculina Pelve Feminina: Anatomia Seccional Pelve Masculina: Anatomia Seccional Timo Esôfago Coração Pericárdio Pulmão, Brônquios e Traqueia Diafragma Fígado, Vesícula Biliar e Baço Estômago Duodeno e Pâncreas Jejunoeíleo Ceco, Apêndice Vermiforme e Colos Ascendente e Transverso Colo Descendente e Colo Sigmoide Reto Rim, Ureter e Glândula Suprarrenal Bexiga Urinária, Próstata e Glândula Seminal Testículo, Epidídimo e Dueto Deferente Útero, Tuba Uterina e Vagina Tuba Uterina e Ovário 413

5 Sinopse Apêndice 1.1 Timo Pericárdio Coração Traqueia, Brônquios e Pulmão Esôfago Estômago intestino Delgado: Duodeno Jejunoeíleo Intestino Grosso: Ceco com o Apêndice Vermiforme e os Colos Reto Fígado Vesícula Biliar e Vias Biliares Pâncreas Baço Glândulas Suprarrenais Rins Ureter Bexiga Urinária Uretra Vagina Útero e Tubas Uterinas Próstata e Glândulas Seminais Epidídimo e Dueto Deferente Testículo Ovário 443 Referências índice Alfabético

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos

Sumário. Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos Estrutura e Desenvolvimento Embrionário dos Sistemas de Órgãos Sistemas de Órgãos e Desenvolvimento das Cavidades Corporais Sistema Urinário.. Visão Geral............................................ 0

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Senador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA

ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA Disciplina: Anatomia e Fisiologia ANATÔMIA RADIOLÓGICA DA CAVIDADE ABDOMINAL E PÉLVICA Rafael Carvalho Silva Mestrado Profissional em Física Médica Fígado Lobo direito Veia Cava inferior Veia Hepática

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Anatomia humana de estruturas reunidas em um mesmo território anatômico e suas representações em exames de imagem normais.

PLANO DE ENSINO. Anatomia humana de estruturas reunidas em um mesmo território anatômico e suas representações em exames de imagem normais. NOME: ANATOMIA TOPOGRÁFICA E IMAGEM Código: IMA002 Carga horária: 120 HORAS-AULA (30 HORAS TEÓRICAS E 90 HORAS PRÁTICAS) Créditos: 08 Período do curso: 4 PERÍODO Pré-requisitos: FIB040 EMENTA PLANO DE

Leia mais

Sumário. CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1. CAPÍTULO 2 Tecido Conectivo 11. CAPÍTULO 3 Tecido Adiposo 25. CAPÍTULO 4 Cartilagem 31. CAPÍTULO 5 Osso 41

Sumário. CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1. CAPÍTULO 2 Tecido Conectivo 11. CAPÍTULO 3 Tecido Adiposo 25. CAPÍTULO 4 Cartilagem 31. CAPÍTULO 5 Osso 41 Sumário CAPÍTULO 1 Tecido Epitelial 1 PRANCHA 1 Epitélios simples pavimentoso e cúbico 2 PRANCHA 2 Epitélios simples cilíndrico e pseudoestratificado 4 PRANCHA 3 Epitélios estratificados 6 PRANCHA 4 Epitélio

Leia mais

Plano de Ensino da Disciplina

Plano de Ensino da Disciplina Plano de Ensino da Disciplina Disciplina: Anatomia Aplicada à Fonoaudiologia I Código da disciplina: MOF019 Classificação: Obrigatória Período do Curso: 1º período N.º de créditos: 03 créditos Carga horária:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA Calendário - 2014 1º e 2º semestres Curso: MEDICINA Unidade Curricular: AS BASES MORFOLÓGICAS DA MEDICINA

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal

Programa Analítico de Disciplina VET107 Anatomia e Fisiologia Animal Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Veterinária - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA. Calendário UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE MEDICINA DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA Calendário - 2016 1º e 2º semestres Curso: MEDICINA Unidade Curricular: AS BASES MORFOLÓGICAS DA MEDICINA

Leia mais

Ureter, Bexiga e Uretra

Ureter, Bexiga e Uretra Ureter, Bexiga e Uretra 1 Ureter, Bexiga e Uretra 2 URETER 3 Estrutura do Ureter Tubo muscular que conecta o rim à bexiga Porção superior (abdominal) e inferior (pélvica) 4 Trajeto do Ureter Ao nível do

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana

Programa Analítico de Disciplina CBI118 Anatomia Humana Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Campus Rio Paranaíba - Campus Rio Paranaíba Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1

1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1 1) DISSECAÇÃO DA CAVIDADE TORÁCICA 1 1.1. Identifique, inicialmente, o pulmão, o pericárdio, o coração, a pleura, o músculo diafragma, o esôfago, a traquéia, e o timo. Neste item também deverão ser identificados

Leia mais

Sumário. 2 Cabeça e Pescoço Anatomia Geral VII. 2.1 Crânio Aparelho Mastigatório e Músculos da Cabeça 53.

Sumário. 2 Cabeça e Pescoço Anatomia Geral VII. 2.1 Crânio Aparelho Mastigatório e Músculos da Cabeça 53. VII Sumário 1 Anatomia Geral 2 Cabeça e Pescoço 19 Posição dos Órgãos Internos, Pontos de Palpação e Linhas Regionais 2 Planos de Secção e Termos de Direção do Corpo 4 Osteologia 6 Esqueleto do Corpo Humano

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE BIOLOGIA CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Anatomia Humana CÓDIGO: UNIDADE ACADÊMICA: Instituto de Ciências Biomédicas PERÍODO:

Leia mais

Esplancnologia. Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino. Sentido lato Vascular endócrino

Esplancnologia. Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino. Sentido lato Vascular endócrino Esplancnologia Estudo das vísceras: órgãos internos ( splanchnon) Sentido restrito Digestivo Respiratório Urinário Genital masculino Genital feminino + Sentido lato Vascular endócrino Arquitetura funcional

Leia mais

COMISSÃO DE SISTEMATIZAÇÃO DA REFORMA CURRICULAR

COMISSÃO DE SISTEMATIZAÇÃO DA REFORMA CURRICULAR REESTRUTURAÇÃO DAS ATIVIDADES DO CURSO MÉDICO CARACTERIZAÇÃO DAS DISCIPLINAS E ESTÁGIOS DA NOVA MATRIZ CURRICULAR CÓDIGO DA DISCIPLINA ATUAL: MOF015 NOME ATUAL: Anatomia Médica B NOVO NOME: Anatomia Topográfica

Leia mais

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS

PROCEIDMENTOS GERAIS - CONSULTAS - REMOÇÃO / ACOMPANHAMENTO DE PACIENTE PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - OUTROS Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

ANATOMIA SISTÊMICA Profa.Ms. Marcelo Lima

ANATOMIA SISTÊMICA Profa.Ms. Marcelo Lima Sistema Cardiovascular ANATOMIA SISTÊMICA Profa.Ms. Marcelo Lima INTRODUÇÃO: CONCEITO: O sistema cardiovascular ou circulatório é formado por uma vasta rede de tubos, que põe em comunicação todas as partes

Leia mais

Introdução. 1 Tórax. 2 Abdome. 3 Pelve e Períneo. 4 Dorso. 5 Membro Inferior. 6 Membro Superior. 7 Cabeça. 8 Pescoço. 9 Nervos Cranianos

Introdução. 1 Tórax. 2 Abdome. 3 Pelve e Períneo. 4 Dorso. 5 Membro Inferior. 6 Membro Superior. 7 Cabeça. 8 Pescoço. 9 Nervos Cranianos Introdução 1 Tórax 2 Abdome 3 Pelve e Períneo 4 Dorso 5 Membro Inferior 6 Membro Superior 7 Cabeça 8 Pescoço 9 Nervos Cranianos Sumário Introdução à Anatomia Orientada para a Clínica, 1 MÉTODOS PARA O

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Departamento de Ciências Agrárias e Biológicas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Departamento de Ciências Agrárias e Biológicas PROGRAMA DE DISCIPLINA CAMPUS: São Mateus CURSO: Agronomia DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL: Ciências Agrárias e Biológicas-DCAB PROFESSOR RESPONSÁVEL: Thasia Martins Macedo CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO PERIODIZAÇÃO

Leia mais

Sistema Circulatório. Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular. Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular. Angiologia

Sistema Circulatório. Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular. Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular. Angiologia Sistema Circulatório Aparelho Circulatório Aparelho cárdio-vascular Sistema Vascular Sistema Cárdio-Vascular Angiologia Sistema Circulatório Funções Meio de transporte Ligação metabólica entre diferentes

Leia mais

Sistema urinário. Aparelho Urinário. Órgãos urinários. Órgãos urinários. Rins. Ureteres. Bexiga urinária. Uretra. Sistema urogenital

Sistema urinário. Aparelho Urinário. Órgãos urinários. Órgãos urinários. Rins. Ureteres. Bexiga urinária. Uretra. Sistema urogenital Sistema urinário Aparelho Urinário Sistema urogenital - Órgãos urinários - Órgãos genitais -- Origem embriológica comum (mesoderma intermediário) -- Anatomicamente ligados Profa. Rosane Silva cadela ovário

Leia mais

Campus de Botucatu PLANO DE ENSINO. ( x ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA. Semestre Letivo: ( x ) Primeiro ( ) Segundo

Campus de Botucatu PLANO DE ENSINO. ( x ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA. Semestre Letivo: ( x ) Primeiro ( ) Segundo PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO CURSO: Nutrição DISCIPLINA: Anatomia Humana ( x ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA DEPARTAMENTO: Anatomia DOCENTE RESPONSÁVEL: Prof. Dr. Sérgio Pereira Semestre Letivo: ( x ) Primeiro

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Prof. Ms. Marcelo Lima

SISTEMA DIGESTÓRIO. Prof. Ms. Marcelo Lima SISTEMA DIGESTÓRIO Prof. Ms. Marcelo Lima VIA DIGESTÓRIA Cavidade bucal. Faringe. Esôfago. Estômago. Intestino delgado. Intestino grosso. ÓRGÃOS ANEXOS Glândulas parótidas Glândulas submandibulares Glândulas

Leia mais

EDITAL DE TURMA ESPECIAL

EDITAL DE TURMA ESPECIAL Edital N 1 / 217. Cacoal, 2 de fevereiro de 217. EDITAL DE TURMA ESPECIAL A Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal FACIMED, no uso de suas atribuições legais, e tendo presente o disposto no Art. 153,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Histologia Especial Código da Disciplina: VET203 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta da disciplina: 2 P Faculdade responsável: Medicina Veterinária Programa

Leia mais

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos SUMÁRIO I Sistemas de Nutrição... 01 1 Noções Gerais Sobre Metabolismo... 01 1.1 Conceito... 01 1.2 Generalidades... 01 1.3 Metabolismo e Nutrição... 02 1.4 Divisão do Metabolismo... 02 1.4.1 Anabolismo...

Leia mais

EDITAL DE TURMA ESPECIAL

EDITAL DE TURMA ESPECIAL Edital N 96 / 216. Cacoal, 26 de Agosto de 216. EDITAL DE TURMA ESPECIAL A Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal FACIMED, no uso de suas atribuições legais, e tendo presente o disposto no Art. 153,

Leia mais

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex 1 2 Módulo I: 3 BBPM Aparelho Cardiorrespiratório 4

Leia mais

Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV

Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV 81 Curso de Laparoscopia Curso de Cirurgia Laparoscópica Urológica Parte IV Rui Lages*, Rui Santos** *Consultor de Urologia H. S. João de Deus Fão **Consultor de Urologia H. S.ta Isabel Marco de Canaveses

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Biomedicina (17) Ano: 2013 Semestre: 2 Período: 2 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

MODELOS DE LAUDOS NORMAIS ESÔFAGO, ESTÔMAGO E DUODENO NORMAIS

MODELOS DE LAUDOS NORMAIS ESÔFAGO, ESTÔMAGO E DUODENO NORMAIS MODELOS DE LAUDOS NORMAIS ABDOME - AP Estruturas ósseas visualizadas íntegras. Distribuição normal de gases e fezes pelas alças intestinais. Ausência de imagens radiológicas sugestivas de cálculos urinários

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PLANO DE ENSINO Código Unidade 040 CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso Etapa Sem. / Ano Ciências Biológicas 1º 1º

Leia mais

PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR

PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O R E C Ô N C A V O D A B A H I A CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS COORDENAÇÃO ACADÊMICA FORMULÁRIO R0092 PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR COMPONENTE

Leia mais

FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA/FACENE

FACULDADE DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA/FACENE 1 PLANO DE CURSO PRIMEIRO SEMESTRE DULO: Morfologia Humana PERÍODO: 2016.2 TOTAL DE CRÉDITOS: 06 CARGA HORÁRIA: 120 horas/aula TEÓRICAS: 60 PRÁTICAS: 60 PROFESSORAS: Luzia Sandra Moura Moreira Waléria

Leia mais

Fundação Educacional Lucas Machado - FELUMA Faculdade Ciências Médicas - MG Concurso de Transferência 2016 PROGRAMA DE ANATOMIA (20 QUESTÕES)

Fundação Educacional Lucas Machado - FELUMA Faculdade Ciências Médicas - MG Concurso de Transferência 2016 PROGRAMA DE ANATOMIA (20 QUESTÕES) Fundação Educacional Lucas Machado - FELUMA Faculdade Ciências Médicas - MG Concurso de Transferência 2016 1 PROGRAMAS PARA A 2 ª SÉRIE DO CURSO DE MEDICINA PROGRAMA DE ANATOMIA (20 QUESTÕES) I Anatomia

Leia mais

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE 2º Semestre Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex 1 2 Módulo I: M 3 BBPM Aparelho Cardiorrespiratório

Leia mais

Centro Universitário Maurício de Nassau Prof. Douglas Monteiro. Sistema Circulatório

Centro Universitário Maurício de Nassau Prof. Douglas Monteiro. Sistema Circulatório Centro Universitário Maurício de Nassau Prof. Douglas Monteiro Sistema Circulatório Coração Conceito: É um órgão muscular central do aparelho circulatório, que funciona como uma bomba dupla de sucção e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE NUTRIÇÃO CURSO: Bacharelado em Nutrição DEPARTAMENTO:Ciências Morfológicas PROGRAMA DE DISCIPLINA

Leia mais

SISTEMA RESPIRATÓRIO RIO

SISTEMA RESPIRATÓRIO RIO SISTEMA RESPIRATÓRIO RIO Sistema Respirató Divisão: 1. Porção condutora: Nariz, faringe, laringe, traquéia e brônquios 2. Porção respiratória ria propriamente dita: Pulmões Sistema Respirató Traquéia Do

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ:

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03.866.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.312-3

Leia mais

MEDIASTINO MEDIASTINO MEDIASTINO MÉDIO MEDIASTINO MÉDIO. Conceito. Limites Divisão. Conteúdo: pericárdio coração

MEDIASTINO MEDIASTINO MEDIASTINO MÉDIO MEDIASTINO MÉDIO. Conceito. Limites Divisão. Conteúdo: pericárdio coração SISTEMA CIRCULATÓRIO SISTEMA CIRCULATÓRIO MEDIASTINO MEDIASTINO Conceito Mediastino Pleura direita Limites Divisão Mediastino superior Mediastino anterior Mediastino médio Pleura direita Mediastino posterior

Leia mais

Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino. Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges

Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino. Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Parede Torácica, Diafragma, Mamas e Mediastino Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Aberturas da Parede Torácica Movimentos da Parede Torácica Movimentos: Alça de Balde Cabo de Bomba

Leia mais

Anatomia Radiológica para Aplicação na Física Médica

Anatomia Radiológica para Aplicação na Física Médica Anatomia Radiológica para Aplicação na Física Médica Rafael Carvalho Silva Subcoordenador de Ensino e Pesquisa LCR/UERJ MSc Engenharia Nuclear Aplicada COPPE/UFRJ Área Controle de Qualidade em Radiodiagnóstico

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS II Código da Disciplina: VET201 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta da disciplina: 1 Faculdade responsável: Medicina Veterinária

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINA TEÓRICA: OBJETIVOS EMENTA

FICHA DE DISCIPLINA TEÓRICA: OBJETIVOS EMENTA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA VETERINÁRIA FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Fundamentos de Anatomia Veterinária CÓDIGO: UNIDADE ACADÊMICA:

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado e Licenciatura em Educação Física Disciplina: Anatomia Humana Professor: Rafaell Batista Pereira Código: SAU00 Carga Horária: 80 h/aulas Créditos:

Leia mais

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges

RADIOGRAFIA ABDOMINAL. Profª Drª Naida Cristina Borges RADIOGRAFIA ABDOMINAL Profª Drª Naida Cristina Borges Produção de Radiografias Diagnósticas Preparo adequado jejum/enema Pausa da inspiração evita o agrupamento das vísceras Indicações para a Radiologia

Leia mais

Sistema Gastrointestinal

Sistema Gastrointestinal Sistema Gastrointestinal PATRICIA FRIEDRICH ENF. ASSISTENCIAL DO CTI ADULTO DO HOSPITAL MOINHOS DE VENTO PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA PELA UNISINOS ANATOMIA E FISIOLOGIA Algumas doenças

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS ROLIM DE MOURA CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS ROLIM DE MOURA CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PLANO DE AULA 01. DADOS PROFESSOR: KLAUS CASARO SATURNINO ÁREA/DISCIPLINA: ANATOMIA ANIMAL II (VET30010) UNIDADE: ROLIM DE MOURA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 100 HORAS CARGA HORÁRIA SEMANAL: 05 HORAS PERÍODO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Nutrição (04) Ano: 2013 Semestre: 1 Período: 1 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA A neurociência teve que esperar mais de 70 anos, até que aparecesse um método de imagens por raios X que realmente fosse

Leia mais

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex

Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Módulo I: Aparelho

Leia mais

SISTEMA REPRODUTOR. Profª Talita Silva Pereira

SISTEMA REPRODUTOR. Profª Talita Silva Pereira SISTEMA REPRODUTOR Profª Talita Silva Pereira O sistema reprodutor masculino é formado: Testículos Vias espermáticas: epidídimo, canal deferente, uretra. Pênis e Escroto Glândulas anexas: próstata, vesículas

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: Ciências Biológicas Disciplina: Anatomia Humana Código da Disciplina: 020.1110.7 Professor(es): Patricia Fiorino Carga horária: DRT:

Leia mais

EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero

EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero a) Que números indicam artérias e veias? b) Que números indicam vasos por onde circulam sangue

Leia mais

SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL. Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA

SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL. Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL Prof. Dr. João Moreira da Costa Neto Departamento de Patologia e Clínicas UFBA E-mail: jmcn@ufba.br SITIOS DE INCISÃO ABDOMINAL Celiotomia Celi; celio: do grego koilía =abdome.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA Normas do laboratório de Morfofuncional 1. Limpeza e organização do ambiente de trabalho 2. Ler os roteiros e estudar o conteúdo antes de iniciar a prática. 3. Quebra de

Leia mais

Discussão de Caso Clínico. Módulo de Sistema Digestório

Discussão de Caso Clínico. Módulo de Sistema Digestório Discussão de Caso Clínico Módulo de Sistema Digestório 2014.2 Caso Clínico Paciente do sexo masculino, 64 anos, aposentado, casado e caucasiano. Procurou serviço de emergência com queixas de dor de barriga

Leia mais

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011 PÂNCREAS ENDÓCRINO Felipe Santos Passos 2011 LOCALIZAÇÃO Região epigástrica e hipocondríaca esquerda Nível de L1 L3 Transversalmente na parede posterior do abdome LOCALIZAÇÃO Retroperitoneal Relações Anatômicas:

Leia mais

PROTOCOLO PARA NECRÓPSIA

PROTOCOLO PARA NECRÓPSIA PROTOCOLO PARA NECRÓPSIA EXAME PÓS-MORTEM A importância de um exame post-mortem completo, para o monitoramento de doenças tanto de populações selvagens ou em cativeiro não pode ser subestimada. Os animais

Leia mais

Sistema respiratório II. Profa. Mirelle Saes

Sistema respiratório II. Profa. Mirelle Saes Sistema respiratório II Profa. Mirelle Saes TRAQUÉIA Tubo largo continuação da extremidade inferior da laringe. - Desce na frente do esôfago e entra no mediastino superior, um pouco á direita da linha

Leia mais

Anatomia Comparada do Sistema Reprodutor Masculino nos Animais Domésticos (Equinos, Bovinos, Suínos, Ovinos e Caninos)

Anatomia Comparada do Sistema Reprodutor Masculino nos Animais Domésticos (Equinos, Bovinos, Suínos, Ovinos e Caninos) Anatomia Comparada do Sistema Reprodutor Masculino nos Animais Domésticos (Equinos, Bovinos, Suínos, Ovinos e Caninos) - Órgãos urinários - Órgãos genitais Aparelho urogenital Rosane Maria Guimarães da

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO Abdome

ROTEIRO DE ESTUDO Abdome ROTEIRO DE ESTUDO Abdome ARTÉRIAS O suprimento arterial do abdome é todo proveniente da aorta, que torna-se aorta abdominal após passar pelo hiato aórtico do diafragma ao nível de T12, e termina dividindose

Leia mais

TECIDO EPITELIAL 13/10/2014. Mamíferos: Tipos de tecidos. Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso. Tecido epitelial: Origem ECTODERMA MESODERMA

TECIDO EPITELIAL 13/10/2014. Mamíferos: Tipos de tecidos. Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso. Tecido epitelial: Origem ECTODERMA MESODERMA TECIDO EPITELIAL Mamíferos: Tipos de tecidos Epitelial Conjuntivo Muscular Nervoso Origem ECTODERMA MESODERMA ENDODERMA 1 Tecido epitelial Ectoderma: epitélios sensoriais dos olhos; aparelho auditivo e

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE Resolução Normativa - RN Nº 338, de 21 de outubro de 2013 e anexos

ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE Resolução Normativa - RN Nº 338, de 21 de outubro de 2013 e anexos ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE 2014 Resolução Normativa - RN Nº 338, de 21 de outubro de 2013 e anexos Atualizado em 25 de fevereiro de 2014 RADIOSCOPIA DIAGNÓSTICA AMB HCO HSO RADIOSCOPIA PARA

Leia mais

PATOLOGIAS CIRÚRGICAS NO RECÉM-NASCIDO

PATOLOGIAS CIRÚRGICAS NO RECÉM-NASCIDO PATOLOGIAS CIRÚRGICAS NO RECÉM-NASCIDO ATRESIA DE ESÔFAGO: Malformação em que a parte proximal do esôfago termina em fundo cego. Classificação Segundo tipo de atresia: Tipo I (A): atresia sem fistula (8%);

Leia mais

LISTA DOS MODELOS ANATÔMICOS DO LABORATÓRIO MORFOFUNCIONAL

LISTA DOS MODELOS ANATÔMICOS DO LABORATÓRIO MORFOFUNCIONAL UNIVERSIDADE FEERAL DE SANTA CATATINA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LISTA DOS MODELOS ANATÔMICOS DO LABORATÓRIO MORFOFUNCIONAL Florianópolis, Maio de 22. ITEM MODELOS QUANT CRÂNIO 03 ESQUELETO IMAGEM ILUSTRATIVA

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Fisiologia Humana I

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Fisiologia Humana I SISTEMA CARDIOVASCULAR Fisiologia Humana I Fornecer e manter suficiente, contínuo e variável o fluxo sanguíneo aos diversos tecidos do organismo, segundo suas necessidades metabólicas para desempenho das

Leia mais

I MÓDULO Aparelho Cardiorrespiratório 7 SEMANAS (162 h)

I MÓDULO Aparelho Cardiorrespiratório 7 SEMANAS (162 h) Distribuição Esquemática das Atividades Didáticas do Curso de Medicina - UFSJ/SEDE Semana Unidades Curiculares Turno Seg Ter Qua Qui Sex 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Módulo I: Aparelho

Leia mais

Departamento de Ciências da Saúde. Conteúdo Prático de Morfologia Humana II. Cursos: Biomedicina e Farmácia. 2º Semestre 2010

Departamento de Ciências da Saúde. Conteúdo Prático de Morfologia Humana II. Cursos: Biomedicina e Farmácia. 2º Semestre 2010 Departamento de Ciências da Saúde Conteúdo Prático de Morfologia Humana II Cursos: Biomedicina e Farmácia 2º Semestre 2010 INFORMAÇÕES GERAIS DOCENTES Prof.: Prof.: e-mail: e-mail: LABORATÓRIO DE ANATOMIA

Leia mais

Aulas Pratico-Laboratoriais de Histologia Resumo das Lâminas

Aulas Pratico-Laboratoriais de Histologia Resumo das Lâminas Aulas Pratico-Laboratoriais de Histologia Resumo das Lâminas Vesícula Biliar Mucosa: -epitélio cilíndrico simples com microvilosidades -lâmina própria (tecido conjuntivo) Bexiga Mucosa: -epitélio estratificado

Leia mais

17/11/2016. Válvula em espiral e cecos pilóricos = aumentam área de absorção no intestino. Anfíbios: cloaca; não apresentam dentes; língua protrátil.

17/11/2016. Válvula em espiral e cecos pilóricos = aumentam área de absorção no intestino. Anfíbios: cloaca; não apresentam dentes; língua protrátil. Peixes cartilaginosos Sistema digestório Sistema cardiovascular Peixes ósseos Válvula em espiral e cecos pilóricos = aumentam área de absorção no intestino. Aves: Anfíbios: cloaca; não apresentam dentes;

Leia mais

Prova - LiAAna

Prova - LiAAna UNIVERSIDADE DE RIO VERDE Prova - LiAAna 2014-2015 N o de Inscrição QUESTÃO 01 Observe a figura abaixo, julgue os itens a seguir e assinale a alternativa INCORRETA: 3 a) Na figura é possível observar 4

Leia mais

AORTA ABDOMINAL IRRIGAÇÃO E DRENAGEM DA REGIÃO ABDOMINAL. Tronco celíaco (ímpar e visceral) (2) Artérias frênicas inferiores (1)

AORTA ABDOMINAL IRRIGAÇÃO E DRENAGEM DA REGIÃO ABDOMINAL. Tronco celíaco (ímpar e visceral) (2) Artérias frênicas inferiores (1) AORTA ABDOMINAL IRRIGAÇÃO E DRENAGEM DA REGIÃO ABDOMINAL Prof. Erivan Façanha Tem início no hiato aórtico do diafragma (T12). Trajeto descendente, anterior aos corpos vertebrais e à esquerda da veia cava

Leia mais

2) Observe o esquema. Depois, seguindo a numeração, responda às questões. C) Onde a urina é armazenada antes de ser eliminada do corpo?.

2) Observe o esquema. Depois, seguindo a numeração, responda às questões. C) Onde a urina é armazenada antes de ser eliminada do corpo?. Professor: Altemar Santos. Exercícios sobre os sistemas urinário (excretor), reprodutores masculino e feminino e fecundação para o 8º ano do ensino fundamental. 1) Analise o esquema: Identifica-se pelas

Leia mais

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA

TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA TÉCNICAS DE VARREDURA ABDOMINAL ULTRASSONOGRAFIA Introdução Pré-requisitos para um bom ultrassonografista Alto nível de destreza e coordenação olhos. de mãos e Conhecimento completo de anatomia, fisiologia

Leia mais

Níveis estruturais do corpo humano

Níveis estruturais do corpo humano Níveis estruturais do corpo humano O corpo humano como um sistema aberto SISTEMA Conjunto de componentes que funcionam de forma coordenada. ISOLADO FECHADO ABERTO Não ocorrem trocas de matéria nem energia

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 Aluno: Ano 2016 Atual:8ºAno Data : Matéria: Turno: Valor :30pontos

Leia mais

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO

COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO COLÉGIO MARQUES RODRIGUES - SIMULADO PROFESSOR ELIANE GONÇALVES DISCIPLINA CIÊNCIAS SIMULADO: P4 Estrada da Água Branca, 2551 Realengo RJ Tel: (21) 3462-7520 www.colegiomr.com.br ALUNO TURMA 501 TECIDOS,

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana. Natália Guimarães Barbosa

Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana. Natália Guimarães Barbosa Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana Natália Guimarães Barbosa Natal - RN 2016 Levar material nutritivo e oxigênio às células; Transportar produtos residuais do metabolismo celular;

Leia mais

Prof: Clayton de Souza da Silva

Prof: Clayton de Souza da Silva Prof: Clayton de Souza da Silva Sangue O sangue é a massa líquida contida num compartimento fechado, o aparelho circulatório, que a mantém em movimento regular e unidirecional, devido essencialmente às

Leia mais

ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA

ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA ORGANOGÊNESE FASE EMBRIONÁRIA ORGANOGÊNESE (organo: organismo e gênese: origem) Importância: embrião. A maior parte do desenvolvimento dos órgãos: (varia com a espécie) Ao final deste período: Principais

Leia mais

PLANO DE ESTUDO. COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA 3ª SÉRIE ANO: PROFESSORA: MÁRCIA MARTINS PEREIRA DE PAIVA.

PLANO DE ESTUDO. COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA 3ª SÉRIE ANO: PROFESSORA: MÁRCIA MARTINS PEREIRA DE PAIVA. PLANO DE ESTUDO. COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA 3ª SÉRIE ANO: 2015. PROFESSORA: MÁRCIA MARTINS PEREIRA DE PAIVA. CURSO: ADMINISTRAÇÃO, EDIFICAÇÕES, ELETRÔNICA E ELETROTÉCNICA. CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS/HABILIDADES

Leia mais

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral Circulação Pulmonar e Sistêmica Passagem do sangue através do coração e dos vasos. Ocorre através de duas correntes sanguíneas que partem ao mesmo tempo do coração: 1 Sai do ventrículo direito através

Leia mais

Sistema Cardiovascular. Parte II 25/03/2013. Suprimento Sanguíneo do Coração Face Auricular aurícula esquerda seccionada

Sistema Cardiovascular. Parte II 25/03/2013. Suprimento Sanguíneo do Coração Face Auricular aurícula esquerda seccionada UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Campus Curitibanos Curso de Medicina Veterinária Anatomia II Sistema Cardiovascular Suprimento Sanguíneo do Coração Aa. Coronárias Direita e Esquerda Originam-se

Leia mais

17/02/2012. Diafragma

17/02/2012. Diafragma Diafragma Topografia Repouso - linha retilínea da 7º costela à 13º costela. Inspiração - linha ligeiramente convexa da 7º costela à 3º vértebra lombar. Expiração - linha convexidade cranial da 7º costela

Leia mais

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5.

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5. PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Associe as colunas.

Leia mais

Radiografia simples do tórax: noções de anatomia

Radiografia simples do tórax: noções de anatomia Radiografia simples do tórax: noções de anatomia Gustavo de Souza Portes Meirelles 1 1 Doutor em Radiologia pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP 1 Partes moles Devemos analisar as partes moles em toda

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Texto de apoio ao professor T2 Sistema circulatório Constituintes Características Funções Introdução: O sistema circulatório é um circuito fechado e é responsável pelo transporte de substâncias no nosso

Leia mais

UNINOVE Nome da Disciplina Ano Turma

UNINOVE Nome da Disciplina Ano Turma UNINOVE Nome da Disciplina Ano Turma Medicina Bases Morfológicas da Medicina I 2013-2 2 Semestre Docentes Alex, Andrea, Karine, Renato, Richard e Suely Dias 2º, 3º Manhã 4º, 6º Tarde Data Horário Assunto

Leia mais

Disciplina Embriologia Humana FAMEMA

Disciplina Embriologia Humana FAMEMA EMBRIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR: Teoria e Plano de Estudo Prático Profa. Dra. Maria Angélica Spadella Disciplina Embriologia Humana FAMEMA SISTEMA CARDIOVASCULAR CRONOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO ESTABELECIMENTO

Leia mais

Palato duro. Palato, SOE. Palato, lesão sobreposta do

Palato duro. Palato, SOE. Palato, lesão sobreposta do C00 C000 C001 C002 C003 C004 C005 C006 C008 C009 C01 C019 C02 C020 C021 C022 C023 C024 C028 C029 C03 C030 C031 C039 C04 C040 C041 C048 C049 C05 C050 C051 C052 C058 C059 C06 C060 C061 C062 C068 C069 C07

Leia mais

Anatomia do Sistema Digestório

Anatomia do Sistema Digestório Anatomia do Sistema Digestório O sistema digestório humano é formado por um longo tubo musculoso, ao qual estão associados órgãos e glândulas que participam da digestão. Apresenta as seguintes regiões;

Leia mais

Programa para Seleção Clínica Cirúrgica e Obstetrícia de Pequenos Animais

Programa para Seleção Clínica Cirúrgica e Obstetrícia de Pequenos Animais Programa para Seleção Clínica Cirúrgica e Obstetrícia de Pequenos Animais - Princípios cirúrgicos básicos: assepsia/antissepsia; pré, trans e pós-operatório; instrumentação cirúrgica; fundamentos em esterilização

Leia mais

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CCM CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS HUAP HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM ANATOMIA E NECRÓPSIA 260 INSTRUÇÕES

Leia mais

Aortografia abdominal por punção translombar Angiografia por cateterismo não seletivo de grande vaso

Aortografia abdominal por punção translombar Angiografia por cateterismo não seletivo de grande vaso 40812006 PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS (MÉTODOS DIAGNOS 40812014 Aortografia abdominal por punção translombar 40812022 Angiografia por punção 40812030 Angiografia por cateterismo não seletivo

Leia mais

REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Professor Heverton Alencar

REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Professor Heverton Alencar REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Professor Heverton Alencar Sistema reprodutor masculino Testículo - produção de espermatozoides e também a produção de testosterona (hormônio sexual masculino);

Leia mais

SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO

SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO Anatomia Genitália externa: pênis e bolsa escrotal; Órgãos reprodutores internos: testículos culos, epidídimos dimos, ductos(deferente, ejaculador e uretra) e as glândulas

Leia mais

Protocolo abdome. Profº Cláudio Souza

Protocolo abdome. Profº Cláudio Souza Protocolo abdome Profº Cláudio Souza Abdome Quando falamos em abdome dentro da tomografia computadorizada por uma questão de radioproteção e também financeira o exame é dividido em, abdome superior e inferior

Leia mais