Contexto do BI (Business Intelligence) para uma EFPC. Palestrantes: Luzimar Azevedo Lucas Leal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Contexto do BI (Business Intelligence) para uma EFPC. Palestrantes: Luzimar Azevedo Lucas Leal"

Transcrição

1 Contexto do BI (Business Intelligence) para uma EFPC Palestrantes: Luzimar Azevedo Lucas Leal

2 2

3 Qual o valor da informação para uma EFPC? Como gerenciar toda a informação de uma entidade? Qual o seu modelo de Gestão? do Negócio? Quais os critérios utilizados em uma tomada de decisão? Porque dados são tão importantes? 3

4 Business Intelligence ou Inteligência Empresarial Coleta e organização de dados Monitora mento das informações Análise das informações Compartilha mento das informações 4

5 Fazendo Conexões: Seguri dade Investi mento Contabi lidade Cruzar Informações para Apoio à Tomada de Decisão 5

6 Governança Conselho Deliberativo Conselho Fiscal Diretoria Executiva Comunicação e Divulgação Educação Financeira e Previdenciária 6

7 Ponto de Partida: a VISÃO da Entidade Análise do Macrofluxo O modelo de processos de negócio de uma entidade representa a forma como seus processos são executados na vida real. 7

8 REQUISITOS DO PARTICIPANTE ENTRADA PRODUTO SERVIÇO SAÍDA SATISFAÇÃO DO PARTICIPANTE REALIZAÇÃO DO SERVIÇO PROCESSOS ORIENTADOS AO CLIENTE RELACIONA MENTO COM PARTICIPANTE GESTÃO DO PASSIVO GESTÃO DO ATIVO OBRIGAÇÕES LEGAIS ATENDIMENTO WEB GESTÃO DO CADASTRO EMPRÉSTIMO OBRIGAÇÕES RECEITA FEDERAL ATENDIMENTO CALL CENTER ARRECADAÇÃO INVESTIMENTO OBRIGAÇÕES PREVIC COMUNICAÇÃO OPÇÃO POR INSTITUTOS IMÓVEIS OBRIGAÇÕES COM ATUÁRIO BENEFÍCIO OBRIGAÇÕES COM PARTICIPANTE 8

9 ENTRADA PRODUTO SERVIÇO SAÍDA REQUISITOS DO PARTICIPANTE SATISFAÇÃO DO PARTICIPANTE GESTÃO DOS RECURSOS / SUPORTE PESSOAL RECR,SELEÇÃO E CONTRATO FINANCEIRO RECEBIMENTOS ORÇAMENTO CONTÁBIL INFRAESTRU TURA DE TI SUPORTE ADMINISTRA TIVO ELABORAÇÃO E LANÇAMENTOS E GERENCIAMENTO ALMOXARIFADO, APROVAÇÃO Gestão INTEGRAÇÃO Estratégica DE SERVIÇOS COMPRAS, DE TI SERVIÇOS JURÍDICO PROCESSOS INTERNOS GESTÃO DA DOCUMENTA ÇÃO RECEPÇÃO, EXPEDIÇÃO DOCTOS CAPACITAÇÃO E AVALIAÇÃO FOLHA DE PAGAMENTO PAGAMENTOS FECHAMENTO ACOMPANHAMEN GERENCIAMENTO GESTÃO DE MENSAL TO E CONTROLE DE SISTEMAS VIAGENS CONCILIAÇÃO FECHAMENTO Gestão de Plano SERVIÇOS BANCÁRIA BUSINESS DO EXERCÍCIO INTELLIGENCE SEGURANÇA DA GERAIS INFORMAÇÃO FECHAMENTO E CONTROLE REALIZAÇÃO DO SERVIÇO PROCESSOS ORIENTADOS AO CLIENTE RELACIONA MENTO COM PARTICIPANTE ATENDIMENTO WEB GESTÃO DO PASSIVO GESTÃO DO CADASTRO GESTÃO DO ATIVO EMPRÉSTIMO PATRIMÔNIO Planejamento Estratégico COMO MODELAR UM Controle, PROJETO Riscos DE e Custeio BI Governança Corporativa OBRIGAÇÕES LEGAIS OBRIGAÇÕES RECEITA FEDERAL AÇÕES JUDICIAIS GESTÃO DE DÍVIDAS AJUIZADAS RELACIONA MENTO COM ATUÁRIO RELACIONA MENTO INTERNO DOCTOS OFICIAIS- CONSELHOS- GESTÃO DOCTOS LEGAIS E ESTATUTÁRIOS DIGITALIZAÇÃO E GUARDA - DOCTOS ATENDIMENTO CALL CENTER ARRECADAÇÃO INVESTIMENTO OBRIGAÇÕES PREVIC COMUNICAÇÃO OPÇÃO POR INSTITUTOS IMÓVEIS OBRIGAÇÕES COM ATUÁRIO BENEFÍCIO OBRIGAÇÕES COM PARTICIPANTE 9

10 Como tomar decisões de forma mais rápida e confiável? 10

11 Use os dados que estão ao seu redor!!! 11

12 Onde estão esses dados? 12

13 As respostas estão nos dados que a entidade já possui e que precisam apenas ser analisados, para construir informações de valor. 13

14 Como transformar dados em informações para o dia-a-dia de trabalho? 14

15 Business Intelligence (BI) 15

16 Inteligência empresarial (em inglês business Intelligence), refere-se ao processo de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que oferecem suporte a gestão de negócios 16

17 Solução de BI Componentes de BI 17

18 Cria-se um armazém de dados organizado e qualificado, com dados extraídos das fontes das respostas dadas às perguntas utilizadas como base de apoio à tomada de decisão. 18

19 Benefício Financeiro Investimento Empréstimo Orçamento Contabilidade Data Warehouse (DW) 19

20 Arquitetura Genérica de um Ambiente de BI 20

21 Etapas para uma Solução de BI 21

22 Levantar Requisitos 22

23 Modelagem Dimensional 23

24 Extração, Transformação e Carga (ETL) 24

25 Relatórios e Dashboards 25

26 Relatórios e Dashboards 26

27 Relatórios e Dashboards 27

28 Relatórios e Dashboards 28

29 Conclusão Porque utilizar uma solução de BI? Integrar dados de múltiplas fontes Facilitar o processo de análise sem impacto para o ambiente de dados operacionais Obter informação de qualidade Atender diferentes tipos de usuários finais Flexibilidade e agilidade para atender novas análises Insights podem ser revelados Gestão eficaz e eficiente, etc... 29

30 Obrigado!!! (71)

Interatividade aliada a Análise de Negócios

Interatividade aliada a Análise de Negócios Interatividade aliada a Análise de Negócios Na era digital, a quase totalidade das organizações necessita da análise de seus negócios de forma ágil e segura - relatórios interativos, análise de gráficos,

Leia mais

SAP Insurance Insurance Analyzer. Giovanni Menegat Arquiteto de Soluções - Insurance

SAP Insurance Insurance Analyzer. Giovanni Menegat Arquiteto de Soluções - Insurance SAP Insurance Insurance Analyzer Giovanni Menegat Arquiteto de Soluções - Insurance AGENDA Desafios de Tecnologia Insurance Analyzer Overview da Solução Comparativo de Projetos (Tradicional x Insurance

Leia mais

www.centralit.com.br emauri@centralit.com.br 1 de 27

www.centralit.com.br emauri@centralit.com.br 1 de 27 Compromisso com a inovação e excelência em resultados. 1 de 27 2 de 27 Como obter resultados na crise? Operação (Rotina) Inovações (que impulsionem os negócios) 3 de 27 Fazendo a diferença Operação (Rotina)

Leia mais

DATA WAREHOUSE. Introdução

DATA WAREHOUSE. Introdução DATA WAREHOUSE Introdução O grande crescimento do ambiente de negócios, médias e grandes empresas armazenam também um alto volume de informações, onde que juntamente com a tecnologia da informação, a correta

Leia mais

Business Intelligence

Business Intelligence 1/ 24 Business Intelligence Felipe Ferreira 1 Nossa empresa Jornal O Globo Jornais Populares Parcerias Grupo Folha Grupo Estado 2 1 Fundada em 1925 3100 funcionários 2 Parques Gráficos e SP Globo: 220

Leia mais

Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria

Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria 1ª Videoconferência 1 Guia Básico de Processos Corporativos do Sistema Indústria Programação 1 O QUE É O GUIA? 2 OS PROCESSOS CORPORATIVOS NO

Leia mais

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Gestão de TI Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Aula passada... Gestão do Conhecimento 08:46 2 Aula de Hoje... BI Apresentação do artigo IT doesn t matter Debate 08:48 3 Caso da Toyota Toyota Motor

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4031 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4031 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº Impresso por: RAFAEL DE SOUZA RODRIGUES DOS SANTOS Data da impressão: 10/08/015-14:4:5 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 401 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO

Leia mais

Controle Interno se refere a procedimentos de organização adotados como planos permanentes da entidade.

Controle Interno se refere a procedimentos de organização adotados como planos permanentes da entidade. Julio Cesar Medeiros Pasqualeto Contador, com 27 de experiência. Pós Graduado em Finanças pela FGV /RJ e Mestrando em Controladoria/Finanças pela Unisinos/RS. Membro CTNC ABRAPP e ANCEP, Membro do Conselho

Leia mais

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Transformando dados em decisões estratégicas

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Transformando dados em decisões estratégicas INTELIGÊNCIA COMPETITIVA Transformando dados em decisões estratégicas Primeiramente, qual a diferença? DADOS INFORMAÇÃO CONHECIMENTO CONHECIMENTO Conjunto de informações analisadas INFORMAÇÃO Conjunto

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional II Prof.: Fernando Hadad Zaidan

Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional II Prof.: Fernando Hadad Zaidan Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional II Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 4.1 2 1 Material usado na montagem dos Slides BARBIERI,

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Leandro Schunk

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Leandro Schunk TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Módulo 4 Governança de TI Dinâmica 1 Discutir, em grupos: Por que então não usar as palavras ou termos Controle, Gestão ou Administração? Qual seria a diferença entre os termos:

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS Asia Shipping Transportes Internacionais Ltda. como cópia não controlada P á g i n a 1 7 ÍNDICE NR TÓPICO PÁG. 1 Introdução & Política 2 Objetivo 3 Responsabilidade

Leia mais

Business Intelligence. BI CEOsoftware Partner YellowFin

Business Intelligence. BI CEOsoftware Partner YellowFin Business Intelligence BI CEOsoftware Partner YellowFin O que é Business Intelligence Business Intelligence (BI) é a utilização de uma série de ferramentas para coletar, analisar e extrair informações,

Leia mais

01/12/2009 BUSINESS INTELLIGENCE. Agenda. Conceito. Segurança da Informação. Histórico Conceito Diferencial Competitivo Investimento.

01/12/2009 BUSINESS INTELLIGENCE. Agenda. Conceito. Segurança da Informação. Histórico Conceito Diferencial Competitivo Investimento. BUSINESS INTELLIGENCE Agenda BI Histórico Conceito Diferencial Competitivo Investimento Segurança da Objetivo Áreas Conceito O conceito de Business Intelligencenão é recente: Fenícios, persas, egípcios

Leia mais

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos.

Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fornecendo Inteligência, para todo o mundo, a mais de 20 anos. Fundada em 1989, a MicroStrategy é fornecedora líder Mundial de plataformas de software empresarial. A missão é fornecer as plataformas mais

Leia mais

srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo

srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo CBSI Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação BI Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Tópicos Especiais em Sistemas de Informação Faculdade de Computação Instituto

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One

SAP Customer Success Story Turismo Hotel Urbano. Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Hotel Urbano automatiza controle financeiro e internaliza contabilidade com SAP Business One Geral Executiva Nome da Hotel Urbano Indústria Turismo Produtos e Serviços Comercialização online de pacotes

Leia mais

Indicadores Gerenciais. GDC ALIMENTOS S/A Wilrobson Bassiano

Indicadores Gerenciais. GDC ALIMENTOS S/A Wilrobson Bassiano Indicadores Gerenciais GDC ALIMENTOS S/A Wilrobson Bassiano Agenda 1. Institucional 2. Liberte-se do Excel na elaboração do Budget 3. Descentralização do processo de orçamento 4. Pareto da Controladoria:

Leia mais

Seminário ANCEP Encerramento de 2013 Procedimentos e Controles. 12 de Dezembro de 2013 Brasilia-DF

Seminário ANCEP Encerramento de 2013 Procedimentos e Controles. 12 de Dezembro de 2013 Brasilia-DF Seminário ANCEP Encerramento de 2013 Procedimentos e Controles 12 de Dezembro de 2013 Brasilia-DF 1 DIRETORIA DE ASSUNTOS ATUARIAIS, CONTÁBEIS E ECONÔMICOS- DIACE/PREVIC Coordenação-Geral de Monitoramento

Leia mais

Gestão e melhoria de processos no Governo de Minas Gerais: trajetória e resultados alcançados. Palestrante: Vanice Cardoso Ferreira

Gestão e melhoria de processos no Governo de Minas Gerais: trajetória e resultados alcançados. Palestrante: Vanice Cardoso Ferreira Gestão e melhoria de processos no Governo de Minas Gerais: trajetória e resultados alcançados Palestrante: Vanice Cardoso Ferreira Agenda A trajetória da Gestão de Processos no Governo de Minas A trajetória

Leia mais

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS.

Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Software para distribuidoras de medicamentos SIMPLICIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO DAS DISTRIBUIDORAS DE MEDICAMENTOS. Sobre o MedOne GESTÃO SIMPLIFICADA, EFICIÊNCIA GARANTIDA. Gestão simplificada, segurança

Leia mais

Aplicação FUNCIONALIDADES

Aplicação FUNCIONALIDADES O sistema Advice é uma solução Corpdigital baseada na web que centraliza, de forma totalmente integrada, as atividades de um conselho de fiscalização profissional. A ferramenta apresenta módulos integrados

Leia mais

Business Intelligence para Computação TítuloForense. Tiago Schettini Batista

Business Intelligence para Computação TítuloForense. Tiago Schettini Batista Business Intelligence para Computação TítuloForense Tiago Schettini Batista Agenda Empresa; Crescimento de Dados; Business Intelligence; Exemplos (CGU, B2T) A empresa Empresa fundada em 2003 especializada

Leia mais

SOLUÇÕES NASSOFT ERP - GESTÃO EMPRESARIAL

SOLUÇÕES NASSOFT ERP - GESTÃO EMPRESARIAL SOLUÇÕES NASSOFT ERP - GESTÃO EMPRESARIAL NASSOFT ERP MANAGER Padronização em gestão Para ser líder de mercado é preciso estratégia Para ter estratégia é preciso inteligência Não há inteligência sem informação

Leia mais

Curso Data warehouse e Business Intelligence

Curso Data warehouse e Business Intelligence Curso Data warehouse e Business Intelligence Fundamentos, Metodologia e Arquitetura Apresentação Os projetos de Data Warehouse e Business Intelligence são dos mais interessantes e complexos de desenvolver

Leia mais

Soluções em Previdência Complementar & Serviços Atuariais

Soluções em Previdência Complementar & Serviços Atuariais Aon Hewitt Soluções em Previdência Complementar & Serviços Atuariais Facilidade e segurança para o RH e os colaboradores Risk. Reinsurance. Human Resources. Soluções em Previdência Complementar & Serviços

Leia mais

ORGANOGRAMA DA PETROS (1º NÍVEL)

ORGANOGRAMA DA PETROS (1º NÍVEL) ORGANOGRAMA DA PETROS (1º NÍVEL) CONSELHO DELIBERATIVO CONSELHO FISCAL OUVIDORIA AUDITORIA EXECUTIVA COMITÊS PRESIDÊNCIA DE SEGURIDADE DE SECRETARIA GERAL DE INOVAÇÃO E PROJETOS DE DE JURÍDICA DE DE TECNOLOGIA

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS O PREFEITO DE MANAUS LEI DELEGADA N 10, DE 31 DE JULHO DE 2013 (D.O.M. 31.07.2013 N. 3221 Ano XIV) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS, TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Adriano Maranhão BUSINESS INTELLIGENCE (BI),

Adriano Maranhão BUSINESS INTELLIGENCE (BI), Adriano Maranhão BUSINESS INTELLIGENCE (BI), BUSINESS INTELLIGENCE (BI) O termo Business Intelligence (BI), popularizado por Howard Dresner do Gartner Group, é utilizado para definir sistemas orientados

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR

TERMO DE REFERÊNCIA - TR TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 014/2009 ANEXO II 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico assistido ao PRODERJ, sob demanda, para o desenvolvimento e implantação de soluções

Leia mais

Subsecretaria de Contabilidade Pública. Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União. Tesouro Gerencial

Subsecretaria de Contabilidade Pública. Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União. Tesouro Gerencial Subsecretaria de Contabilidade Pública Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União Tesouro Gerencial Brasília Novembro/2014 Objetivos do Curso O aluno deve ser capaz de: 1) Identificar as diferenças/semelhanças

Leia mais

Nossas soluções para o setor sucroenergético

Nossas soluções para o setor sucroenergético www.pwc.com.br Nossas soluções para o setor sucroenergético Centro PwC de Serviços em Agribusiness Outubro de 2013 Agrícola Gestão de fornecedores de cana Revisão da estrutura de relacionamento entre usina

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 2.054, DE 29 DE OUTUBRO DE 2015 (D.O.M. 29.10.2015 N. 3.763 Ano XVI) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno Semef,

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani BI Business Intelligence A inteligência Empresarial, ou Business Intelligence, é um termo do Gartner Group. O conceito surgiu na década de 80 e descreve

Leia mais

INOVAÇÃO A Era da Mobilidade. Março/2013 A Era da Mobilidade Responsável E. Pugliesi / O. Santos

INOVAÇÃO A Era da Mobilidade. Março/2013 A Era da Mobilidade Responsável E. Pugliesi / O. Santos INOVAÇÃO A Era da Mobilidade Março/2013 A Era da Mobilidade Responsável E. Pugliesi / O. Santos Sociedade de Tratores e Equipamentos S/A - Sotreq Segmento de atuação: O Grupo, que possui capital 100% nacional,

Leia mais

PROPOSTA DE UMA ARQUITETURA PARA CONSTRUÇÃO DE UM DATA WAREHOUSE PARA GESTÃO DA SAÚDE PÚBLICA DE UM MUNICÍPIO DO VALE DO ITAJAÍ

PROPOSTA DE UMA ARQUITETURA PARA CONSTRUÇÃO DE UM DATA WAREHOUSE PARA GESTÃO DA SAÚDE PÚBLICA DE UM MUNICÍPIO DO VALE DO ITAJAÍ PROPOSTA DE UMA ARQUITETURA PARA CONSTRUÇÃO DE UM DATA WAREHOUSE PARA GESTÃO DA SAÚDE PÚBLICA DE UM MUNICÍPIO DO VALE DO ITAJAÍ Renan Felipe dos Santos Prof. Alexander Roberto Valdameri,Orientador ROTEIRO

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE PORTIFÓLIO UTILIZANDO DASHBOARDS EXTRAIDOS DO MICROSOFT PROJECT SERVER

COMUNICAÇÃO DE PORTIFÓLIO UTILIZANDO DASHBOARDS EXTRAIDOS DO MICROSOFT PROJECT SERVER COMUNICAÇÃO DE PORTIFÓLIO UTILIZANDO DASHBOARDS EXTRAIDOS DO MICROSOFT PROJECT SERVER Autor: RANGEL TORREZAN RESUMO 1. Gestão de Portfolio e suas vantagens. A gestão de portfólio de projetos estabelece

Leia mais

CONHEÇA A VALECARD TODA ESSA ESTRUTURA EXISTE PRA VOCÊ: Reduzir custos. Ganhar tempo. Organizar processos.

CONHEÇA A VALECARD TODA ESSA ESTRUTURA EXISTE PRA VOCÊ: Reduzir custos. Ganhar tempo. Organizar processos. CONHEÇA A VALECARD Soluções completas e integradas para a gestão de benefícios, gestão financeira e de frotas. Cartões aceitos em todo território nacional, por meio da Redecard, Cielo e ValeNet, o que

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS A2 1º SEMESTRE / 2015 TURNO: NOTURNO REGIME: SEMESTRAL ÁREA: GESTÃO E NEGÓCIOS

CALENDÁRIO DE PROVAS A2 1º SEMESTRE / 2015 TURNO: NOTURNO REGIME: SEMESTRAL ÁREA: GESTÃO E NEGÓCIOS 1º GESTÃO FINANCEIRA Prof. Maria Lucia Prof. Maria Lucia PRINCÍPIOS PRINCÍPIOS 1º GESTÃO RH PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM RH Prof. Alberto dos Santos PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM RH Prof. Alberto dos Santos

Leia mais

FRAMEWORK MEETING BUSINESS ANALYTICS. Consultoria. Estratégica (BI Core) Quality Assurance (Diagnóstico) Metodologia

FRAMEWORK MEETING BUSINESS ANALYTICS. Consultoria. Estratégica (BI Core) Quality Assurance (Diagnóstico) Metodologia FRAMEWORK MEETING BUSINESS ANALYTICS Consultoria Estratégica (BI Core) Quality Assurance (Diagnóstico) Projetos On-Site Off-Site Planning Scorecard Business Intelligence Metodologia Levantamento Modelagem

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

Controle Interno se refere a procedimentos de organização adotados como planos permanentes da entidade.

Controle Interno se refere a procedimentos de organização adotados como planos permanentes da entidade. Julio Cesar Medeiros Pasqualeto Contador, com 27 de experiência. Pós Graduado em Finanças pela FGV /RJ e Mestrando em Controladoria/Finanças pela Unisinos/RS. Membro CTNC ABRAPP e ANCEP, Membro do Conselho

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO VII PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS MACROPROCESSOS DO BNDES

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO VII PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS MACROPROCESSOS DO BNDES CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO VII PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS MACROPROCESSOS DO BNDES 1. Introdução As tabelas a seguir apresentam os MACROPROCESSOS do BNDES, segregados por plataformas. As

Leia mais

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MECANISMOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O Ciclo da Governança de T.I. ALINHAMENTO

Leia mais

Setor Elétrico Brasileiro Um Breve histórico. Pontos Básicos da regulação para a Distribuição. Desafios regulatórios Associados à Distribuição

Setor Elétrico Brasileiro Um Breve histórico. Pontos Básicos da regulação para a Distribuição. Desafios regulatórios Associados à Distribuição viii SUMÁRIO Apresentação Prefácio e Agradecimentos Introdução C a p í t u l o 1 Setor Elétrico Brasileiro Um Breve histórico 1.1 Mudanças ocorridas nos anos 1990 1.2 Avanços e aprimoramentos em 2003 C

Leia mais

DECRETO Nº 5 DE 2 DE JANEIRO DE 2013

DECRETO Nº 5 DE 2 DE JANEIRO DE 2013 DECRETO Nº 5 DE 2 DE JANEIRO DE 2013 SÚMULA: Estabelece a Programação Financeira, em Metas Bimestrais de Arrecadação, das Receitas previstas para o exercício financeiro de 2013, do Município de Londrina,

Leia mais

...informações transparentes, processos inteligentes...

...informações transparentes, processos inteligentes... ...informações transparentes, processos inteligentes... Objetivo do Evento Discutir a importância da gestão da informação corporativa no âmbito da Administração Pública; Fortalecer as áreas de gestão da

Leia mais

Uma análise de ferramentas de modelagem e gerência de metadados aplicadas ao projeto de BI/DW-UFBA

Uma análise de ferramentas de modelagem e gerência de metadados aplicadas ao projeto de BI/DW-UFBA Universidade Federal da Bahia Instituto de Matemática Departamento de Ciência da Computação MATA67 Projeto Final II Uma análise de ferramentas de modelagem e gerência de metadados aplicadas ao projeto

Leia mais

GOVERNANÇA EM TI. Prof. André Dutton. www.portaldoaluno.info 1

GOVERNANÇA EM TI. Prof. André Dutton. www.portaldoaluno.info 1 GOVERNANÇA EM TI Prof. André Dutton www.portaldoaluno.info 1 O QUE É GOVERNANÇA EM TI A governança em TI é de responsabilidade da alta administração (incluindo diretores e executivos), na liderança, nas

Leia mais

CDSOFT GerConstrução O SOFWARE DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO. CDSOFT Tecnologia

CDSOFT GerConstrução O SOFWARE DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO. CDSOFT Tecnologia CDSOFT GerConstrução O SOFWARE DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO. O GerConstrução é um software de Gestão Empresarial (ERP) especializado em soluções para processos e negócios da Indústria da Construção Civil.

Leia mais

Ferramentas BI TOTVS. Rafael Marega/Fev - 2011

Ferramentas BI TOTVS. Rafael Marega/Fev - 2011 Rafael Marega/Fev - 2011 ÍNDICE I) Entendendo Business Intelligence II) Business Intelligence onde se aplica? III) Business Intelligence como funciona? IV) Ferramentas BI TOTVS I) Entendendo Business Intelligence

Leia mais

EXECUTIVE. A Web 2.0. pode salvar o BI?

EXECUTIVE. A Web 2.0. pode salvar o BI? EXECUTIVE briefing guia executivo para decisões estratégicas A Web 2.0 pode salvar o BI? A usabilidade e a intuitividade das tecnologias Web 2.0 revolucionam o complexo mercado de Business Intelligence.

Leia mais

Curso Data warehouse e Business Intelligence Fundamentos, Metodologia e Arquitetura

Curso Data warehouse e Business Intelligence Fundamentos, Metodologia e Arquitetura Curso Data warehouse e Business Intelligence Fundamentos, Metodologia e Arquitetura Apresentação Os projetos de Data Warehouse e Business Intelligence são dos mais interessantes e complexos de desenvolver

Leia mais

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 462, de 10/09/2012. VIGÊNCIA: 10/09/2012 POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 1/6 ÍNDICE

Leia mais

Proxis: SAP Business One aprimora gestão interna

Proxis: SAP Business One aprimora gestão interna Picture Credit Customer Name, City, State/Country. Used with permission. Proxis: SAP Business One aprimora gestão interna Geral Executiva Nome da Proxis Contact Center Indústria Serviços de Central de

Leia mais

implantado nas áreas administrativa, contábil, financeira, pessoal e tributária. Meta: Programa integrado de gestão municipal

implantado nas áreas administrativa, contábil, financeira, pessoal e tributária. Meta: Programa integrado de gestão municipal PROGRAMA: 003 - ADIMINISTRAR PARA CRESCER OBJETIVO: Modernizar a administração municipal; Valorizar o servidor público; Adequar o quadro funcional; Elevar a arrecadação da receita própria; e Promover a

Leia mais

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA.

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus valores e princípios,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERROLÂNDIA BAHIA CNPJ 14.196.703/0001-41

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERROLÂNDIA BAHIA CNPJ 14.196.703/0001-41 DECRETO Nº. 075, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2015. Dispõe sobre os procedimentos para o encerramento do exercício financeiro de 2015 no âmbito da Administração Pública Municipal e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

2. Classificar atos e fatos contábeis.

2. Classificar atos e fatos contábeis. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE FINANCEIRO II.1 PROCESSOS DE OPERAÇÕES CONTÁBEIS Função: Planejamento de Processos Contábeis 1. Interpretar os fundamentos e conceitos da contabilidade.

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

Sistema de Custos do Setor Público: a experiência brasileira

Sistema de Custos do Setor Público: a experiência brasileira XXIII SEMINÁRIO INTERNACIONAL DO CILEA Sistema de Custos do Setor Público: a experiência brasileira Nelson Machado Camboriu, julho 2011 Ambiente e Desafios Democratização e ampliação da participação social

Leia mais

ESTRUTURA DE CONTROLES E GESTÃO DE RISCOS NAS COOPERATIVAS BRASILEIRAS. Antonio Carlos Nasi

ESTRUTURA DE CONTROLES E GESTÃO DE RISCOS NAS COOPERATIVAS BRASILEIRAS. Antonio Carlos Nasi ESTRUTURA DE CONTROLES E GESTÃO DE RISCOS NAS COOPERATIVAS BRASILEIRAS Antonio Carlos Nasi ESTRUTURA DE GOVERNANÇA NAS COOPERATIVAS DIRETRIZES DA GOVERNANÇA MODELOS DE COMUNICAÇÃO DA GOVERNANÇA ESTRUTURA

Leia mais

ENAUTI - 24 e 25/mai/2012. Augusto Gonçalves

ENAUTI - 24 e 25/mai/2012. Augusto Gonçalves Augusto Gonçalves Objetivo do Sistema MIRANTE Disponibilizar informações úteis, armazenadas na BASE GOVERNO, para a tomada de decisões no planejamento e execução de auditoria, com recursos de Business

Leia mais

Data Warehousing Visão Geral do Processo

Data Warehousing Visão Geral do Processo Data Warehousing Visão Geral do Processo Organizações continuamente coletam dados, informações e conhecimento em níveis cada vez maiores,, e os armazenam em sistemas informatizados O número de usuários

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

Capítulo 13: Tecnologia da Informação. Prof.: Roberto Franciscatto

Capítulo 13: Tecnologia da Informação. Prof.: Roberto Franciscatto Capítulo 13: Tecnologia da Informação Prof.: Roberto Franciscatto Introdução Uma informação é um arranjo de dados (nomes, palavras, números, sons, imagens) capazes de dar forma ou sentido a algo do interesse

Leia mais

Curso Desenvolvimento de Dashboards com o Excel 2007 e 2010

Curso Desenvolvimento de Dashboards com o Excel 2007 e 2010 Curso Desenvolvimento de Dashboards com o Excel 2007 e 2010 O mercado globalizado e altamente competitivo implica em que, as empresas que almejam serem líderes no mercado onde atuam, devem ter agilidade

Leia mais

A importância da. nas Organizações de Saúde

A importância da. nas Organizações de Saúde A importância da Gestão por Informações nas Organizações de Saúde Jorge Antônio Pinheiro Machado Filho Consultor de Negócios www.bmpro.com.br jorge@bmpro.com.br 1. Situação nas Empresas 2. A Importância

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 3 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte I) Flávio I. Callegari O perfil do profissional de negócios Planejamento

Leia mais

Gildo Freire de Araújo

Gildo Freire de Araújo A Contabilidade das empresas diante das novas medidas Contador: Gildo Freire de Araújo Cenário atual Os empregadores são obrigados a registrar os eventos trabalhistas de várias maneiras diferentes e a

Leia mais

Fundação Previdenciária IBM. Resumo Relatório Anual 2013 PLANO DE BENEFÍCIOS DA IBM BRASIL. 1 Relatório Anual - IBM

Fundação Previdenciária IBM. Resumo Relatório Anual 2013 PLANO DE BENEFÍCIOS DA IBM BRASIL. 1 Relatório Anual - IBM Fundação Previdenciária IBM Resumo Relatório Anual 2013 PLANO DE BENEFÍCIOS DA IBM BRASIL 1 VIVER O PRESENTE, DE OLHO NO FUTURO Caro participante, Muitos dizem que é melhor viver intensamente o presente

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r G l o b a l C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r v.1.8 de 14/07/2010 1 1993: fundada como Integradora de Sistemas 2009: reconhecida Inteligência em Projetos 16 anos de realizações: + 350 projetos no

Leia mais

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA.

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. Raquel Engeroff Neusa Cristina Schnorenberger Novo Hamburgo RS Vídeo Institucional Estratégia Visão Missão Ser uma das 5 maiores empresas de software de gestão empresarial

Leia mais

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3

Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 Nº OE Objetivos Estratégicos (OE) que se relacionam ao plano de capacitação 3 3 Investir no recrutamento, capacitação e desenvolvimento de seus profissionais. 7 7 Implementar ações de modernização administrativa

Leia mais

Módulo Contábil e Fiscal

Módulo Contábil e Fiscal Módulo Contábil e Fiscal Contabilidade Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Contábil e Fiscal Contabilidade. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no

Leia mais

Por que surgiu a Governança Corporativa? Para que serve o ativo do ATIVO PASSIVO. O que é benefício?

Por que surgiu a Governança Corporativa? Para que serve o ativo do ATIVO PASSIVO. O que é benefício? Paulo Cesar Chagas Por que surgiu a Governança Corporativa? Para que serve o ativo do ATIVO PASSIVO O que é plano de controle? benefício? Governança Corporativa As informações recebidas não são claras.

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

Programa de Excelência Contábil Apresentação SESCON Rio de Janeiro

Programa de Excelência Contábil Apresentação SESCON Rio de Janeiro Apresentação SESCON Rio de Janeiro A Destra e o SESCON Rio de Janeiro apresentam o Programa de Excelência Contábil (PEC) com o objetivo de capacitar e certificar as empresas de contabilidade do Rio de

Leia mais

Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença?

Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença? Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença? * Daniela Ramos Teixeira A Inteligência vem ganhando seguidores cada vez mais

Leia mais

TI Digital: Rede Social Corporativa alavancando produtividade em desenvolvimento de sistemas com modelo CMMI

TI Digital: Rede Social Corporativa alavancando produtividade em desenvolvimento de sistemas com modelo CMMI TI Digital: Rede Social Corporativa alavancando produtividade em desenvolvimento de sistemas com modelo CMMI Autores Caroline Donato Dario Almeida Marisa Fraga Apresentação Dario Almeida Gerente Executivo

Leia mais

Preparação da Empresa para o Capital Empreendedor. Sidney Chameh ABVCAP

Preparação da Empresa para o Capital Empreendedor. Sidney Chameh ABVCAP Preparação da Empresa para o Capital Empreendedor Sidney Chameh ABVCAP Agenda Mudança Cultural Passos para obtenção do capital empreendedor O que os fundos procuram Seleção de projetos Ciclo de Investimento

Leia mais

Criação e uso da Inteligência e Governança do BI

Criação e uso da Inteligência e Governança do BI Criação e uso da Inteligência e Governança do BI Criação e uso da Inteligência e Governança do BI Governança do BI O processo geral de criação de inteligência começa pela identificação e priorização de

Leia mais

Institucional. CS Treina www.cstreina.com.br

Institucional. CS Treina www.cstreina.com.br Institucional Agenda Por que a CS Treina? Como nós atuamos? O que nós entregamos? A CS Treina Oferecemos serviços de Treinamentos para equipes de TI. Criamos e adaptamos treinamentos especiais para atender

Leia mais

Manual de Diretrizes e Práticas

Manual de Diretrizes e Práticas Governança Corporativa Manual de Diretrizes e Práticas Fundação Índice Nossa Missão...03 Nossas Diretrizes...04 Nossa Gestão...06 Nossos Procedimentos...12 Nossa Comunicação...16 Nossos Controles...20

Leia mais

Plug and play options, integrating systems Opções de plug and play, integrando sistemas Flavio de Nadai

Plug and play options, integrating systems Opções de plug and play, integrando sistemas Flavio de Nadai Plug and play options, integrating systems Opções de plug and play, integrando sistemas Flavio de Nadai Plug & Play Options Integrating Systems Flávio De Nadai Desenvolvimento de Negócios Utilities & Telecom

Leia mais

Tecnologia no Mundo das Viagens Corporativas

Tecnologia no Mundo das Viagens Corporativas Tecnologia no Mundo das Viagens Corporativas C o m i t ê d e T e c n o l o g i a e I n o v a ç ã o ALAGEV & ABRACORP Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas é uma associação

Leia mais

Business Intelligence como aliado do

Business Intelligence como aliado do Marco Antonio P. Gonçalves Business Intelligence como aliado do marketing jurídico e do desenvolvimento de negócios 20 de Outubro, 2015 Marco Antonio P. Gonçalves Administrador especializado em estratégias

Leia mais

2 INOVAÇÃO NA PROVISÃO DE SERVIÇOS

2 INOVAÇÃO NA PROVISÃO DE SERVIÇOS 1 MELHORIA DA GESTÃO FISCAL DE MÉDIO PRAZO E DO INVESTIMENTO PÚBLICO 1.1 Diagnóstico e Proposição de Melhorias do Marco de Gasto de Médio Prazo 1.1.0 Não há 1.1.0.0 Não há 1.1.0.0.1 Diagnóstico da metodologia

Leia mais

AS NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL

AS NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL AS NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL Portaria STN 184/08 Desenvolve Ações do Processo Convergência; Portaria STN 406/11 Prazo Legal 2012; Portaria STN 828/11 (Procedimentos Contábeis de Bens

Leia mais

Serviço Público Inteligente

Serviço Público Inteligente Serviço Público Inteligente Sistemas de BI, decidir com base em informação de qualidade 15 de maio de 2013 Auditório B, Reitoria UNL Patrocínio Prata Patrocinadores Globais APDSI Conferência Serviço Público

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO Nº 19, DE 30 DE MARÇO DE 2015

CONSELHO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO Nº 19, DE 30 DE MARÇO DE 2015 EDIÇÃO 72, SEÇÃO I, PÁGINA 35, DE 16 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO Nº 19, DE 30 DE MARÇO DE 2015 Dispõe sobre os processos de certificação, habilitação e qualificação

Leia mais

PODER EXECUTIVO ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL

PODER EXECUTIVO ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL ANEXO I ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL a) formulação, implantação e avaliação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sócio-econômico e

Leia mais

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV Certificação ISO/IEC 27001 SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação A Experiência da DATAPREV DATAPREV Quem somos? Empresa pública vinculada ao Ministério da Previdência Social, com personalidade

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

Portfólio de Serviços

Portfólio de Serviços Portfólio de Serviços A empresa A FollowUp é uma empresa que presta serviços em Tecnologia da Informação (TI). O principal foco é o outsourcing de serviços de análise e desenvolvimento de sistemas computacionais.

Leia mais