Diabetes prévia e gravidez: aspectos metabólicos. Sílvia Guerra Endocrinologista MAC 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Diabetes prévia e gravidez: aspectos metabólicos. Sílvia Guerra Endocrinologista MAC 2012"

Transcrição

1 Diabetes prévia e gravidez: aspectos metabólicos Sílvia Guerra Endocrinologista MAC 2012

2 Estudo incidência diabetes na gravidez 4% 8% DG Diabetes1 Diabetes2 88% Epidemiology of diabetes and pregnancy in the US,1988 Diabetes Care 1995

3 Diabetes tipo 1 e tipo 2 Registo Nacional da Diabetes prévia à Gravidez % 43% Diabetes1 Diabetes2 N=124

4 MAC Dados DM tipo 1 DM tipo 2 n Duração média doença(anos ± SD) 10,93 ± 7,4 3,87 ± 3,3 8,96 ± 7,3 Duração>10 anos (%) 35 Lesões microvasculares (%) 21,4 25,6 Obesidades (%) 6,3 48,5

5 Aumento prevalência diabetes tipo 2 Gravidez mais tardia Obesidade IMC diabetes tipo 1 e Imigração Registo < IMC diabetes1 diabetes2

6 Pré-concepção Educação da doente diabética em idade fértil Abordagem multidisciplinar Tratamento de nefropatia, neuropatia e retinopatia; controlo factores risco cardiovascular; tratamento depressão e doença tiroideia Substituir ou suspender fármacos

7 A gravidez afecta profundamente o controlo da diabetes Hormonas placentárias Aumento resistência à insulina Risco de cetoacidose Hipoglicemia instalação mais rápida Obesidade e resistência à insulina dificultam optimização na diabetes 2

8 Factores placentários que influenciam a sensibilidade à insulina Estrogéneos e progestagéneos Lactogénio placentário (HPL) PRL hgh-v CRF e ACTH Leptina (origem placenta ou reflexo) TNF-α adiponectina Resistina Grelina IL-6

9 Representação esquemática da variação das necessidades de insulina na DP.Medical management of diabetes in pregnancy. In Sciarra (ed): Gynecology and obstetrics, vol 3, Philadelphia,1988, Harper &Row,pp1-16

10 Necessidade de centros de Programas multidisciplinares Actualmente ainda aumento das malformações congénitas, morbilidade e mortalidade perinatal referência Managing preexisting diabetes for pregnancy. Diabetes Care 2008

11 Importante prevenir as complicações CV e microvasculares mas a gravidez não é um factor de risco independente para progressão a longo prazo das complicações microvasculares Diabetes control and complications trial research Group: Effect of pregnancy on microvascular complications in the Diabetes Control and Complications Trial. Diabetes Care 23: ,2000 Desconhecidos os efeitos cardiovasculares a longo prazo das alterações da glicemia, TA, lípidos, albuminúria, stress oxidativo e inflamação que surgem na gravidez

12 A pré-concepção e gravidez são um excelente momento para aproveitar a elevada motivação da mulher para ensinar comportamentos e cuidados de autovigilância com efeitos a longo prazo Ênfase ao facto do tratamento intensivo com atingimento da normoglicemia durante a préconcepção e gravidez conduz a resultados semelhantes aos das grávidas sem diabetes

13 Avaliação inicial pré-concepcional ou precoce Complicações diabetes, cardiovasculares, tiroide ou obstétricas Reavaliar plano alimentar, actividade física e problemas psico-sociais Hx gravidezes anteriores Co-morbilidades Consciência da hipoglicemias Doença celíaca, tiroideia ou infecções Avaliar educação diabética e controle glicémico

14 Testes laboratoriais Avaliação inicial HbA1c Lípidos TSH e Ac anti-peroxidase Hb,ferritina,vit B12 Ac anti-transglutaminase ou Ac anti-endomísio ALT/AST; ecografia hepática Razão alb/creatinina; albuminúria U24 se +; clearance creatinina se grávida

15 Avaliação inicial Avaliação oftalmológica Cada 1-6 meses de acordo com risco de progressão ECG se 35 anos ECG com prova de esforço Se hx angina, dispneia Ecocardiograma Testes neuropatia autonómica Avaliação de doença vascular periférica

16 Intervenção terapêutica Desaconselhar a gravidez se:» Doença cardíaca isquémica, gastroenteroparésia grave, nefropatia grave (creatinina>2 mg/dl e/ou clearance creatinina <50 ml/min e/ou proteinúria >2 g/24 h) ou condições psicológicas, familiares ou socio-económicas desfavoráveis Protelar a gravidez» Enquanto não houver um controlo tensional e metabólico adequados ou retinopatia instável que justifique fotocoagulação» Relatório de consenso. Diabetes e Gravidez. Janeiro 2011

17 Aconselhar a gravidez quando a HbA1c estiver próxima do limite superior do normal (laboratório certificado pela IFCC- Internatinal Federation of Clinical Chemistry) Pregnancy complicated by diabetes: what is the best level of HbA1c for conception? Acta Diabetolol.2010

18 Terapêutica nutricional personalizada Necessidades energéticas e nutricionais Correcção desvios nutricionais Adaptada à cultura e poder financeiro Evitar dietas restritivas, desiquilíbrios ou carências nutricionais Abstinência alcoól, tabaco e cafeína Combater sedentarismo

19 Terapêutica nutricional Dietas especiais se doença celíaca, gastrite autoimune, esteatose hepática não alcoólica O ganho ponderal da mãe tem consequências no desfecho perinatal, condicionando macrossomia, traumatismos de parto e associa-se a maior nº de cesarianas Diário alimentar

20 Diabetes tipo 1 Contagem de HC Intensificar a auto-vigilância (4 a 8 glicemias capilares/dia) Objectivos: Glicemia jejum/pré-prandial mg/dl 1h após início refeições mg/dl

21 Diabetes tipo 1 Ajustes a efectuar com base nos cálculos do factor de sensibilidade à insulina e relação insulina/hidratos de carbono Se dificuldades de aprendizagem-plano alimentar mais rígido Rever conhecimentos sobre hipoglicemias (glucagon)

22 Outras medidas Promover exercício físico adequado Tratar qualquer infecção Controlar HTA: substituição IECA/ARA Suspender estatinas, fibratos, ácido nicotínico Ácido fólico L-tiroxina se TSH aumentada» Se TSH normal mas ac antiperoxidase positivos, avaliar trimestralmente e após parto Encaminhar para tratamento adequado se rastreios serológicos ou infecciosos +

23 Diabetes tipo 2 Mesmas indicações mas ADO ou insulina?

24 Os estudos existentes sobre o uso de ADO mostraram não existir diferença na evolução das gravidezes e complicações neonatais Hone J,Jovanovic L. Approach to the patient with Diabetes during Pregnancy J Clin Endocrinol Metab. August 2010,95 (8) Diabetes in pregnancy: management of diabetes and its complications from preconception to the postnatal period. National Collaborating Centre for Women s and Children s health. Clinical Guideline March

25 Vantagens dos ADO Diminuição de custos Fácil administração Satisfação da grávida

26 Que antidiabéticos? Glibenclamida Atravessa em muito pequena % barreira Sem efeitos teratogénicos Metformina Atravessa livremente a placenta Sem efeitos teratogénicos Outros ADO: contra-indicados

27 Metformin in Gestational Diabetes: The Offspring Follow-Up (MiG TOFU) Body composition at 2 years of age CONCLUSIONS Children exposed to metformin had larger measures of subcutaneous fat, but overall body fat was the same as in children whose mothers were treated with insulin alone. Further follow-up is required to examine whether these findings persist into later life and whether children exposed to metformin will develop less visceral fat and be more insulin sensitive. If so, this would have significant implications for the current pandemic of diabetes.

28 Aconselhamento pré-concepcional D1 e D2 26% sim não 74% Registo Nacional Diabetes Prévia e Gravidez 2008

29 Gravidez autovigilância das glicemias Mínimo 6 pesquisas 3 pré-prandiais e 3 pós-prandiais Glicemia ao deitar e às 3:00/4:00 se suspeita de hipoglicemias

30 Valores recomendados condição mg/dl Jejum/pré-prandial h após início refeição Deitar e madrugada Glicemia média diária <110 HbA1c <6%

31 Objectivos (mg/dl) ACOG: Glicemia jj 95 Pré-prandial 100 1h pós-prandial 140 2h pós-prandial 120 HbA1c 6% Glicemias nocturnas 60 ADA: Gl jejum,pré-prandial e nocturnas h Pós-prandial HbA1c 6% NICE: jejum h pós-prandial 140

32 HbA1c Reflecte valores médios glicemia 8-12s; na grávida período mais curto por maior turn over de eritrócitos Determinações mensais NICE recommendations 2008 <6%

33 Monitorização contínua da glicemia Glicemia intersticial Identificar hipoglicemias assintomáticas Períodos nocturno e inter-prandial Resultados: melhoria glicemias e peso RN Porque dispendiosa, reservada controlo metabólico lábil hipoglicemias frequentes discrepância

34 O efeito benéfico do controlo glicémico mais constatado em todos os estudos é o da redução da macrossomia e a consequente diminuição da distocia de ombros, traumatismos de parto e número de cesarianas

35 Efeitos deletérios do controlo glicémico estrito Agravamento da retinopatia diabética ACIU Hipoglicemia Não teratogénica Condiciona hiperglicemias rebound exageradas Possível efeito a nível cognitivo» Maternal hypoglicemia during pregnancy in type 1 diabetes: maternal and fetal consequences. Diabetes Metab Res Rev 2002

36 Terapêutica intensiva insulínica Fase inicial: anabolismo.hipoglicemias 2º e 3º trimestres: aumento crescente necessidades, máximo 36s Múltiplas administrações Individualizado Ajuste com antecipação das diversas fases

37 Terapêutica intensiva Diabetes 2: 0,7-1 U/Kg; mulheres obesas com maiores necessidades de insulina Insulina acção rápida antes das refeições Intermédia 1-3x/dia Insulina da noite à ceia Calcular bolus de insulina de acordo com a quantidade de HC refeição e glicemia pré-prandial» Factor de sensibilidade: 1800/dose total de insulina» Razão 500/dose total de insulina

38 Insulinas disponíveis para gravidez Início ( ) Pico (h) Duração (h) Lispro ,5-1,5 <5 Aspart ,5-1,5 <5 Regular NPH 2-4 h

39 Ann Pharmacother 2011; 45: estudos, 702 mulheres, diabetes prévia ou gestacional No evidence has been documented for increased adverse fetal outcomes with the use of insulin glargine in pregnancy compared to the use of NPH insulin. These results increase the choices for women requiring basal therapy in pregnancy.

40 Expert Opin. Pharmacother. (2011) 12(5) Em curso estudo prospectivo e aleatorizado de comparação da insulina detemir com NPH; 300 mulheres Resultados serão publicados em 2012 Resultados preliminares mostram segurança e eficácia RCM alterado em 12/2011

41 Bombas de perfusão de insulina Optimização do controlo com menos hipoglicemias Dose de insulina basal permite obter glicemia jejum ideal Maior flexibilidade Equivalente controlo e complicações perinatais Útil se fenómeno Dawn proeminente Desvantagens: custo, desconexão e risco de cetoacidase

42 Riscos Macrossomia: Peso ao nascer > g 27-62% mães diabéticas (10% população controlo) Cesariana Traumatismo de parto Morte fetal Hipoglicemia, cardiomiopatia hipertrófica, policitemia, hiperbilirrubinemia Management of diabetes mellitus complicating pregnancy. Obstet Gynecol 102: ,2003

43 Valores pós-prandiais são os valores mais fortemente associados ao peso excessivo ao nascer Relashionship of fetal macrossomia to maternal posprandial glucose control during pregnancy. Diabetes Care 15: , 1992

44 Morbilidade perinatal MAC

45 Riscos para a criança Morte fetal hiperglicemia hipoxia acidose Obesidade e intolerância aos HC Efeito negativo no desenvolvimento intelectual e psicomotor (5-15 anos) Management of Preexisting Diabetes and Pregnancy. ADA 2008

46 Riscos para a mãe Agravamento retinopatia e nefropatia Pré-eclampsia Parto pré-termo Cetoacidose

47 Cetoacidose Prevenção com auto-vigilância, dieta, insulina, tratamento doenças agudas Suspeitar se nauseas, vómitos, dores abdominais, febre e recusa alimentar Cetonémia/cetonúria se glicemia persistentemente 200 mg/dl Correcção deplecção volume, infusão de insulina, correcção de desiquilíbrios hidro-electrolíticos Identificar e tratar factores pp Monitorização fetal

48 Cetoacidose Factores desencadeantes habituais Infecção, vómitos, desidratação Gastroparésia Falta de insulina β-bloqueantes e corticoides

49 Hipoglicemia Dar g glicose se consciente, repetir 15 e HC Risco se hipoglicemias assintomáticas Explicar que risco aumentado na gravidez precoce Glucagon (1 mg subcutâneo) <60 mg/dl Sintomas clássicos gravidez Atenuação activação SNS e alteração sistema hormonal de contra-regulação

50 Patologia tiroideia Pesquisar doença auto-imune/disfunção em todas as mulheres diabéticas TSH N mas Ac + Tratar se TSH>2,5 μu/ml 1º T ou TSH>3 μu/ml 2º e 3º T Hipotiroidismo não tratado pode alterar controlo glicémico e metabolismo lipídico Não tomar L-tiroxina com ferro

51 Hipertiroidismo 1,7% diabetes tipo1, 0,3% diabetes tipo 2, 0,2% população referência Se TSH suprimida e ft4..dosear TRAb Se TRAb elevados- monitorização fetal e alerta neonatalogista/pediatra» Hyperthyroidism in pregnancy. Endocrinol Metab Clinics N Am 1998

52 Nefropatia Pré-concepção: albuminúria, TFG e creatinina Fases precoces gravidez--- razão albumina/creatinina Se micro/macroalbuminuria clearance creatinina U24h Optimizar controlo metabólico e da TA Nefropatia.restrição proteica mas 60g/dia

53 Estadios da doença renal TFG ml/min Albuminúria mg/dia Efeito da gravidez hiperfiltração >150 <30 desconhecido Microalb. > préeclampsia Macroalb. > préeclampsia Nefropatia precoce DRC moderada ACIU massiva Compl. perinatais DRC grave menor gravidez após transplante IR <15 diálise

54 Retinopatia Avaliação pré-concepcional Optimização glicemia e TA Se existir previamente---normalização lenta das glicemias 6 meses Seguimento até 1 ano pós-parto Avaliação 1º trimestre Fotocoagulação laser na grávida se RP alto risco, edema mácula e alguns casos de RNP grave Se RP não tratada risco de hemorragia vítreo ou retina considerar cesariana Maior risco progressão na D1 se: maior duraçao diabetes, HbA1c elevada, mau controlo, rápida melhoria, HTA crónica, nefropatia, pré-eclampsia

55 Neuropatia A gravidez não parece aumentar o risco de desenvolvimento ou progressão da neuropatia Neuropatia autonómica com hipoglicemia assintomática é um risco procurar nº episódios de hipoglicemia a <4/semana Gastroparésia pode complicar a hiperemese..metoclopramida e eritromicina

Diabetes gestacional e prévia

Diabetes gestacional e prévia 2º Curso Teórico-Prático de Doenças Médicas e Gravidez Diabetes gestacional e prévia Ricardo Rangel Números Nos EUA 1.3% gravidezes DG -88% Tipo 1-7% Tipo 2-5% Índia 17%... Exposição à hiperglicémia. No

Leia mais

Endocrinopatias na gravidez perspetiva da Endocrinologia Maria Lopes Pereira. Serviço de Endocrinologia Hospital de Braga

Endocrinopatias na gravidez perspetiva da Endocrinologia Maria Lopes Pereira. Serviço de Endocrinologia Hospital de Braga Endocrinopatias na gravidez perspetiva da Endocrinologia Maria Lopes Pereira Serviço de Endocrinologia Hospital de Braga Introdução As doenças endócrinas mais frequentes na gravidez são a diabetes (gestacional

Leia mais

24 de Outubro 5ª feira insulinoterapia Curso Prático Televoter

24 de Outubro 5ª feira insulinoterapia Curso Prático Televoter 2013 Norte 24 de Outubro 5ª feira insulinoterapia Curso Prático Televoter António Pedro Machado Simões-Pereira Descoberta da insulina Insulina protamina Insulina lenta Lispro - análogo de acção curta Glulisina

Leia mais

DIABETES MELLITUS OBSTETRÍCIA

DIABETES MELLITUS OBSTETRÍCIA DIABETES MELLITUS Rotinas Assistenciais da Maternidade-Escola da Universidade Federal do Rio de Janeiro OBSTETRÍCIA É definido como a intolerância a carboidratos, de gravidade variável, com início ou primeiro

Leia mais

Bruno de Oliveira Fonseca Liga de Diabetes UNIUBE 11/06/2012

Bruno de Oliveira Fonseca Liga de Diabetes UNIUBE 11/06/2012 Bruno de Oliveira Fonseca Liga de Diabetes UNIUBE 11/06/2012 Síndrome caracterizada pela gestação associada à hiperglicemia, devido a um defeito absoluto ou relativo na secreção de insulina ou um defeito

Leia mais

Workshop em insulinoterapia CASOS CLÍNICOS. Joana Guimarães e Márcia Alves 16 de Maio de 2014

Workshop em insulinoterapia CASOS CLÍNICOS. Joana Guimarães e Márcia Alves 16 de Maio de 2014 Workshop em insulinoterapia CASOS CLÍNICOS Joana Guimarães e Márcia Alves 16 de Maio de 2014 Indicações para insulinoterapia Deficiência grave de insulina Doente magro ou normoponderal Longa duração da

Leia mais

Sessão Televoter Diabetes

Sessão Televoter Diabetes 2013 26 de Abril Sexta-feira Sessão Televoter Diabetes António Pedro Machado Francisco Azevedo Simões Pereira Critérios para o diagnóstico de Diabetes A1C 6.5% Gl jj 126 mg/dl ou ou PTGO - Glicémia à 2ª

Leia mais

Diabetes na gravidez. 2 Aconselhamento e avaliação pré-gestacional. 1 Introdução CAPÍTULO 20

Diabetes na gravidez. 2 Aconselhamento e avaliação pré-gestacional. 1 Introdução CAPÍTULO 20 CAPÍTULO 20 Diabetes na gravidez 1 Introdução 2 Aconselhamento e avaliação pré-gestacional 3 Atenção geral durante a gravidez 4 Controle do diabetes 5 Atenção obstétrica 6 Atenção no trabalho de parto

Leia mais

NÚMERO: 007/2011 DATA: 31/01/2011

NÚMERO: 007/2011 DATA: 31/01/2011 NÚMERO: 007/2011 DATA: 31/01/2011 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Diagnóstico e conduta na Diabetes Gestacional Diabetes Gestacional; Diabetes; Gravidez Profissionais de Saúde Divisão de Saúde

Leia mais

Insulinização. http://www.imepen.com/niepen. Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS. Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite

Insulinização. http://www.imepen.com/niepen. Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS. Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite Insulinização http://www.imepen.com/niepen Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite CONTROLE GLICÊMICO NO BRASIL: Mendes AB, et al. Acta

Leia mais

11º Curso Pós-Graduado NEDO 2010 Endocrinologia Clínica Diabetes. Diabetes: avaliação da evolução e do tratamento

11º Curso Pós-Graduado NEDO 2010 Endocrinologia Clínica Diabetes. Diabetes: avaliação da evolução e do tratamento 11º Curso Pós-Graduado NEDO 2010 Endocrinologia Clínica Diabetes Diabetes: avaliação da evolução e do tratamento Zulmira Jorge Serviço Endocrinologia Diabetes e Metabolismo. H. Santa Maria NEDO - Núcleo

Leia mais

Sessão Televoter Diabetes

Sessão Televoter Diabetes 2013 Norte 24 de Outubro Quinta-feira Sessão Televoter Diabetes António Pedro Machado Simões Pereira Critérios para o diagnóstico de Diabetes A1C 6.5% Gl jj 126 mg/dl ou ou PTGO - Glicémia à 2ª hora 200

Leia mais

Relatório de Consenso

Relatório de Consenso Relatório de Consenso Diabetes e Gravidez Janeiro 2011 Relatório de Consenso sobre a Diabetes e Gravidez Consenso organizado e patrocinado pelas seguintes Sociedades Científicas: Sociedade Portuguesa

Leia mais

O diabetes mellitus associado à gravidez pode ser classificado como: Diabetes gestacional (diagnosticado durante a gravidez).

O diabetes mellitus associado à gravidez pode ser classificado como: Diabetes gestacional (diagnosticado durante a gravidez). 1 DIABETES NA GRAVIDEZ 1 a edição: setembro/2008 Próxima revisão prevista para setembro/2010 O diabetes mellitus é doença metabólica crônica, caracterizada por hiperglicemia. É responsável por índices

Leia mais

Diabetes Tipo 1 e Cirurgia em Idade Pediátrica

Diabetes Tipo 1 e Cirurgia em Idade Pediátrica Diabetes Tipo 1 e Cirurgia em Idade Pediátrica Protocolo de atuação Importância do tema Cirurgia / pós-operatório -- risco de descompensação DM1: Hiperglicemia Causas: hormonas contra-reguladoras, fármacos,

Leia mais

Tratamento do Diabético com Doença Renal Crônica

Tratamento do Diabético com Doença Renal Crônica Tratamento do Diabético com Doença Renal Crônica IV ENCONTRO NACIONAL DE PREVENÇÃO DA DOENÇA RENAL CRÔNICA Fortaleza - Ceará João Roberto de Sá Coordenador do Amb. Diabetes e Transplante - Centro de Diabetes

Leia mais

Insulinoterapia na Diabetes tipo 2

Insulinoterapia na Diabetes tipo 2 Insulinoterapia na Diabetes tipo 2 J. Vilela Gonçalves Unidade de Diabetes Hospital CUF Infante Santo 22º Curso NEDO, Viseu, Outubro 2012 Tratamento com Insulina Diabetes tipo 1 Diabetes gestacional (

Leia mais

Pré diabetes. Diagnóstico e Tratamento

Pré diabetes. Diagnóstico e Tratamento Pré diabetes Diagnóstico e Tratamento Zulmira Jorge Assistente Hospitalar Endocrinologia do Hospital Santa Maria Endocrinologista do NEDO e do Hospital Cuf Infante Santo Diabetes Mellitus Diagnóstico PTGO

Leia mais

Hipotiroidismo na Grávida

Hipotiroidismo na Grávida 11º Curso Pós-Graduado NEDO 2010 ENDOCRINOLOGIA CLÍNICA Hipotiroidismo na Grávida TERESA DIAS Serviço de Endocrinologia do HSM. Lisboa Luso, Junho de 2010 Hipotiroidismo e Gravidez Prevalência Hipotiroidismo

Leia mais

Protocolo para controle glicêmico em paciente não crítico HCFMUSP

Protocolo para controle glicêmico em paciente não crítico HCFMUSP Protocolo para controle glicêmico em paciente não crítico HCFMUSP OBJETIVOS DE TRATAMENTO: Alvos glicêmicos: -Pré prandial: entre 100 e 140mg/dL -Pós prandial: < 180mg/dL -Evitar hipoglicemia Este protocolo

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Dra. Luciana N Cosenso Martin Disciplina de Clínica Médica FAMERP

DIABETES MELLITUS. Dra. Luciana N Cosenso Martin Disciplina de Clínica Médica FAMERP DIABETES MELLITUS Dra. Luciana N Cosenso Martin Disciplina de Clínica Médica FAMERP DIABETES MELLITUS DEFINIÇÃO Síndrome de etiologia múltipla decorrente da falta de ação de insulina e/ou da incapacidade

Leia mais

Gravidez e Doença Tiroideia

Gravidez e Doença Tiroideia Gravidez e Doença Tiroideia Hipotiroidismo Teresa Dias Assistente Hospitalar Graduada em Endocrinologia HSM Assistente Livre FML Caso Clínico 26 anos, gravidez 6 semanas G2, P0; 1 aborto espontâneo Não

Leia mais

ALTERAÇÕES METABÓLICAS NA GRAVIDEZ

ALTERAÇÕES METABÓLICAS NA GRAVIDEZ ALTERAÇÕES METABÓLICAS NA GRAVIDEZ CUSTO ENERGÉTICO DA GRAVIDEZ CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO FETAL SÍNTESE DE TECIDO MATERNO 80.000 kcal ou 300 Kcal por dia 2/4 médios 390 Kcal depósito de gordura- fase

Leia mais

Grávidas Diabéticas Tipo 1, Bomba Infusora de Insulina

Grávidas Diabéticas Tipo 1, Bomba Infusora de Insulina Grávidas Diabéticas Tipo 1, Bomba Infusora de Insulina e Intervenção Nutricional Pregnant with Type 1 Diabetes, Insulin Pump and Nutritional Intervention Ana Isabel Pereira Lourenço Orientação: Dr. Fernando

Leia mais

DIABETES E GESTAÇÃO RESIDÊNCIA MÉDICA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. R 2: Ana Helena Bittencourt Alamy

DIABETES E GESTAÇÃO RESIDÊNCIA MÉDICA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA. R 2: Ana Helena Bittencourt Alamy DIABETES E GESTAÇÃO RESIDÊNCIA MÉDICA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA R 2: Ana Helena Bittencourt Alamy Diabetes e Gestação O diabetes mellitus é uma doença metabólica crônica caracterizada por hiperglicemia.

Leia mais

VOCÊ CUIDA DO SEU DIABETES, A GENTE CUIDA DE VOCÊ.

VOCÊ CUIDA DO SEU DIABETES, A GENTE CUIDA DE VOCÊ. Referências bibliográficas: 1. Sociedade Brasileira de Diabetes. Algoritmo para o tratamento do diabetes tipo 2 atualização 2011. Posicionamento Oficial SBD no. 3. São Paulo: SBD; 2011. 2. Sociedade Brasileira

Leia mais

Gravidez e Tiroideia TERESA DIAS. Centro Hospitalar Lisboa Norte Serviço de Endocrinologia do HSM

Gravidez e Tiroideia TERESA DIAS. Centro Hospitalar Lisboa Norte Serviço de Endocrinologia do HSM Gravidez e Tiroideia TERESA DIAS Centro Hospitalar Lisboa Norte Serviço de Endocrinologia do HSM Lisboa, Fevereiro 2010 HIPOTIROIDISMO E GRAVIDEZ Hipotiroidismo e Gravidez Prevalência Hipotiroidismo sub-clínico

Leia mais

Gravidez e Doença Tiroideia

Gravidez e Doença Tiroideia Gravidez e Doença Tiroideia Hipertiroidismo Teresa Dias Assistente Hospitalar Graduada em Endocrinologia HSM Assistente Livre FML TIROIDEIA E GRAVIDEZ Alterações Fisiológicas Grávida TBG condiciona aumento

Leia mais

TRABALHO SUBMETIDO AO 4º ENDORIO PRÊMIO INGEBORG LAUN (MÉRITO CIENTÍFICO) CONTROLE GLICÊMICO DE MULHERES COM DIABETES GESTACIONAL

TRABALHO SUBMETIDO AO 4º ENDORIO PRÊMIO INGEBORG LAUN (MÉRITO CIENTÍFICO) CONTROLE GLICÊMICO DE MULHERES COM DIABETES GESTACIONAL TRABALHO SUBMETIDO AO 4º ENDORIO PRÊMIO INGEBORG LAUN (MÉRITO CIENTÍFICO) Titulo: EFEITO DO EXERCÍCIO FÍSICO MODERADO DE CURTA DURAÇÃO NO CONTROLE GLICÊMICO DE MULHERES COM DIABETES GESTACIONAL AVALIADO

Leia mais

DIABETES MELLITUS NA GESTAÇÃO (DMG) Compilado pela profa. Flora Maria B. da Silva. Glossário

DIABETES MELLITUS NA GESTAÇÃO (DMG) Compilado pela profa. Flora Maria B. da Silva. Glossário 1 DIABETES MELLITUS NA GESTAÇÃO (DMG) Compilado pela profa. Flora Maria B. da Silva Glossário Abortamento: É a expulsão ou extração de um embrião ou feto pesando menos de 500g (aproximadamente 20-22 semanas

Leia mais

Programa de Reabilitação Metabólica no DM2

Programa de Reabilitação Metabólica no DM2 Programa de Reabilitação Metabólica no DM2 Luíz Antônio de Araújo Presidente do Instituto de Diabetes de Joinville IDJ Diretor do Departamento de Neuroendocrinologia da SBEM Diretor da Comissão de Campanhas

Leia mais

DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS 18/9/2014

DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS DIABETES MELLITUS 18/9/2014 UNESC ENFERMAGEM SAÚDE DO ADULTO PROFª.: FLÁVIA NUNES O Diabetes Mellitus configura-se hoje como uma epidemia mundial, traduzindo-se em grande desafio para os sistemas de saúde de todo o mundo. O envelhecimento

Leia mais

Tome uma injeção de informação. Diabetes

Tome uma injeção de informação. Diabetes Tome uma injeção de informação. Diabetes DIABETES O diabetes é uma doença crônica, em que o pâncreas não produz insulina em quantidade suficiente, ou o organismo não a utiliza da forma adequada. Tipos

Leia mais

INSULINOTERAPIA: Histórico

INSULINOTERAPIA: Histórico INSULINOTERAPIA: Histórico Egito antigo 2000 A.C. Areteu Capadócia, 2000 D.C. T. Willis Inglaterra, 1670 Chevreul 1815 Von Mering e Minkowinsky, 1889 P. Langehans 1869 Amon-Ra Banting e Best 1921 L. Thompson

Leia mais

Atividade Física para Pessoas com Diabetes Mellitus

Atividade Física para Pessoas com Diabetes Mellitus Atividade Física para Pessoas com Diabetes Mellitus 7 Estratégias para o Cuidado da Pessoa com Doença Crônica Diabete Mellitus Neste capítulo serão abordadas as recomendações essenciais para as pessoas

Leia mais

NÚMERO: 002/2011 DATA: 14/01/2011 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTO:

NÚMERO: 002/2011 DATA: 14/01/2011 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTO: NÚMERO: 002/2011 DATA: 14/01/2011 ASSUNTO: PALAVRAS CHAVE: PARA: CONTACTO: Diagnóstico e Classificação da Diabetes Mellitus Diabetes ; Diagnóstico Médicos e Enfermeiros do Serviço Nacional de Saúde Departamento

Leia mais

Diabetes mellitus tipo 2 Resumo de diretriz NHG M01 (terceira revisão, outubro 2013)

Diabetes mellitus tipo 2 Resumo de diretriz NHG M01 (terceira revisão, outubro 2013) Diabetes mellitus tipo 2 Resumo de diretriz NHG M01 (terceira revisão, outubro 2013) Rutten GEHM De Grauw WJC Nijpels G Houweling ST Van de Laar FA Bilo HJ Holleman F Burgers JS Wiersma Tj Janssen PGH

Leia mais

Estudo mostra que LANTUS ajudou pacientes com Diabetes Tipo 2 a atingirem a meta recomendada pela ADA para o controle de açúcar no sangue

Estudo mostra que LANTUS ajudou pacientes com Diabetes Tipo 2 a atingirem a meta recomendada pela ADA para o controle de açúcar no sangue Paris, 07 de junho, de 2008 Estudo mostra que LANTUS ajudou pacientes com Diabetes Tipo 2 a atingirem a meta recomendada pela ADA para o controle de açúcar no sangue Novos dados apresentados na Annual

Leia mais

DIABETES TIPO 2 PREVALÊNCIA DIAGNÓSTICO E ABORDAGEM. Paula Bogalho. S. Endocrinologia Diabetes e Metabolismo

DIABETES TIPO 2 PREVALÊNCIA DIAGNÓSTICO E ABORDAGEM. Paula Bogalho. S. Endocrinologia Diabetes e Metabolismo DIABETES TIPO 2 PREVALÊNCIA DIAGNÓSTICO E ABORDAGEM Paula Bogalho S. Endocrinologia Diabetes e Metabolismo Hosp. Curry Cabral, Lisboa, 20.2.2010 Diabetes Crescimento nos países em desenvolvimento Diabetes

Leia mais

TRATAMENTO MEDICAMENTOSO DO DIABETES MELLITUS: SULFONILUREIAS E BIGUANIDAS

TRATAMENTO MEDICAMENTOSO DO DIABETES MELLITUS: SULFONILUREIAS E BIGUANIDAS UNIVERSIDADE DE UBERABA LIGA DE DIABETES 2013 TRATAMENTO MEDICAMENTOSO DO DIABETES MELLITUS: SULFONILUREIAS E BIGUANIDAS PALESTRANTES:FERNANDA FERREIRA AMUY LUCIANA SOUZA LIMA 2013/2 CRITÉRIOS PARA ESCOLHA

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel

DIABETES MELLITUS. Prof. Claudia Witzel DIABETES MELLITUS Diabetes mellitus Definição Aumento dos níveis de glicose no sangue, e diminuição da capacidade corpórea em responder à insulina e ou uma diminuição ou ausência de insulina produzida

Leia mais

A PESSOA COM DIABETES

A PESSOA COM DIABETES A PESSOA COM DIABETES A diabetes mellitus é uma doença crónica com elevados custos humanos, sociais e económicos, em rápida expansão por todo o mundo. Calcula-se que Portugal terá, na segunda década deste

Leia mais

Sessão Televoter Diabetes. Jácome de Castro Rosa Gallego Simões-Pereira

Sessão Televoter Diabetes. Jácome de Castro Rosa Gallego Simões-Pereira 2010 Sessão Televoter Diabetes Jácome de Castro Rosa Gallego Simões-Pereira Indivíduos com risco elevado para diabetes (Pré-diabetes) Alteração da glicémia em jejum (AGJ): Glicémia em jejum: entre 110

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DIABETES GESTACIONAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DIABETES GESTACIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE DIABETES GESTACIONAL Profa. Danielle Góes da Silva Disciplina Nutrição Materno-Infantil DIABETES GESTACIONAL Definição: É a intolerância glicose, em variados graus de intensidade,

Leia mais

DIABETES E CIRURGIA ALVOS DO CONTROLE GLICÊMICO PERIOPERATÓRIO

DIABETES E CIRURGIA ALVOS DO CONTROLE GLICÊMICO PERIOPERATÓRIO DIABETES E CIRURGIA INTRODUÇÃO 25% dos diabéticos necessitarão de cirurgia em algum momento da sua vida Pacientes diabéticos possuem maiores complicações cardiovasculares Risco aumentado de infecções Controle

Leia mais

As Doenças da Tiróide e a Gravidez

As Doenças da Tiróide e a Gravidez As Doenças da Tiróide e a Gravidez As Doenças da Tiróide e a Gravidez Que efeito tem a gravidez no funcionamento da tiróide? Várias alterações fisiológicas próprias da gravidez obrigam a glândula tiróide

Leia mais

DIABETES E GRAVIDEZ 1. CONCEITO

DIABETES E GRAVIDEZ 1. CONCEITO DIABETES E GRAVIDEZ 1. CONCEITO Diabete é uma síndrome caracterizada por elevação crônica da glicemia de jejum e/ou das pós-prandiais, devido a defeito absoluto ou relativo da produção de insulina, ou

Leia mais

Epidemiologia DIABETES MELLITUS

Epidemiologia DIABETES MELLITUS Epidemiologia DIABETES MELLITUS 300 milhões / mundo ( 5,9% população adulta) / Brasil : > 10 milhões Aumento progressivo : Longevidade, Síndrome metabólica Mortalidade anual : 3,8 milhões AVC, IAM... Amputação

Leia mais

Diabetes Mellitus e Exercício

Diabetes Mellitus e Exercício Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Prevalencia Diabetes mellitus (DM) is affecting more than 170 million people worldwide. The incidence

Leia mais

Diabetes mellitus em felinos Ricardo Duarte www.hospitalveterinariopompeia.com.br

Diabetes mellitus em felinos Ricardo Duarte www.hospitalveterinariopompeia.com.br Diabetes mellitus em felinos Ricardo Duarte www.hospitalveterinariopompeia.com.br Síndrome que abrange uma série de doenças de etiologia diferente e clinicamente heterogêneas, que se caracterizam pela

Leia mais

DIABETES MELLITUS PATRÍCIA DUPIM

DIABETES MELLITUS PATRÍCIA DUPIM DIABETES MELLITUS PATRÍCIA DUPIM Introdução É um conjunto de doenças metabólicas que provocam hiperglicemia por deficiência de insulina Essa deficiência pode ser absoluta, por baixa produção, ou relativa

Leia mais

A multifactorial approach in long term diabetes mellitus. Case report

A multifactorial approach in long term diabetes mellitus. Case report ABORDAGEM MULTIFACTORIAL NA DIABETES MELLITUS DE LONGA DURAÇÃO. CASO CLÍNICO A multifactorial approach in long term diabetes mellitus. Case report FRANCISCO SOBRAL DO ROSÁRIO ANTÓNIO GARRÃO Departamento

Leia mais

O QUE SABE SOBRE A DIABETES?

O QUE SABE SOBRE A DIABETES? O QUE SABE SOBRE A DIABETES? 11 A 26 DE NOVEMBRO DE 2008 EXPOSIÇÃO PROMOVIDA PELO SERVIÇO DE MEDICINA INTERNA DO HOSPITAL DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO, EPE DIABETES MELLITUS É uma doença grave? Estou em

Leia mais

Uso Correto da Medicação. Oral e Insulina Parte 2. Denise Reis Franco Médica. Alessandra Gonçalves de Souza Nutricionista

Uso Correto da Medicação. Oral e Insulina Parte 2. Denise Reis Franco Médica. Alessandra Gonçalves de Souza Nutricionista Uso Correto da Medicação Denise Reis Franco Médica Alessandra Gonçalves de Souza Nutricionista Eliana M Wendland Doutora em Epidemiologia Oral e Insulina Parte 2 Uso correto da medicação oral e insulina

Leia mais

Qual o primeiro injetável no tratamento da Diabetes tipo 2: INSULINA. Dr. Maria Lopes Pereira Serviço de Endocrinologia Hospital de Braga

Qual o primeiro injetável no tratamento da Diabetes tipo 2: INSULINA. Dr. Maria Lopes Pereira Serviço de Endocrinologia Hospital de Braga Qual o primeiro injetável no tratamento da Diabetes tipo 2: INSULINA Dr. Maria Lopes Pereira Serviço de Endocrinologia Hospital de Braga Evidências Estudos demonstraram que mesmo com as doses máximas toleradas

Leia mais

Diabetes gestacional: uma doença, duas gerações, vários problemas

Diabetes gestacional: uma doença, duas gerações, vários problemas REVISTA PORTUGUESA DE ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E METABOLISMO 2006 02 19 24 Artigos Breves Diabetes gestacional: uma doença, duas gerações, vários problemas Joana Queirós 1, Ângela Magalhães 2, José Luís

Leia mais

ESPECTRO. ALTERAÇÕES METABÓLICAS DA OBESIDADE e DMT2 EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES Diabetes Tipo 2 em Crianças. Classificação de Diabetes em Jovens

ESPECTRO. ALTERAÇÕES METABÓLICAS DA OBESIDADE e DMT2 EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES Diabetes Tipo 2 em Crianças. Classificação de Diabetes em Jovens ALTERAÇÕES METABÓLICAS DA OBESIDADE e DMT2 EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES Diabetes Tipo 2 em Crianças Paulo César Alves da Silva Hospital Infantil Joana de Gusmão Florianópolis-SC Florianópolis-SC Módulo de

Leia mais

Disciplina de BIOQUÍMICA do Ciclo Básico de MEDICINA Universidade dos Açores. 1º Ano ENSINO PRÁTICO DIABETES MELLITUS

Disciplina de BIOQUÍMICA do Ciclo Básico de MEDICINA Universidade dos Açores. 1º Ano ENSINO PRÁTICO DIABETES MELLITUS Disciplina de BIOQUÍMICA do Ciclo Básico de MEDICINA Universidade dos Açores 1º Ano ENSINO PRÁTICO DIABETES MELLITUS Diabetes Mellitus É a doença endócrina mais comum encontrada na clínica; - Caracterizada

Leia mais

AS MODERNAS INSULINAS

AS MODERNAS INSULINAS AS MODERNAS INSULINAS II Congresso para Diabéticos promovido pela Aliança de Atenção ao Diabetes do Rio de Janeiro - Foto molecular da insulina humana - Izidoro de Hiroki Flumignan - médico endocrinologista

Leia mais

Jean Carl Silva. Declaração de conflito de interesse

Jean Carl Silva. Declaração de conflito de interesse Jean Carl Silva Declaração de conflito de interesse Não recebi qualquer forma de pagamento ou auxílio financeiro de entidade pública ou privada para pesquisa ou desenvolvimento de método diagnóstico ou

Leia mais

Como prescrever o exercício no tratamento do DM. Acad. Mariana Amorim Abdo

Como prescrever o exercício no tratamento do DM. Acad. Mariana Amorim Abdo Como prescrever o exercício no tratamento do DM Acad. Mariana Amorim Abdo Importância do Exercício Físico no DM Contribui para a melhora do estado glicêmico, diminuindo os fatores de risco relacionados

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA /2014

RESPOSTA RÁPIDA /2014 RESPOSTA RÁPIDA /2014 SOLICITANTE Curvelo - Juizado Especial NÚMERO DO PROCESSO DATA 3/3/2014 SOLICITAÇÃO 0209 14001499-1 Solicito de Vossa Senhoria que, no prazo de 48 horas, informe a este juízo,acerca

Leia mais

Sedentarismo, tratamento farmacológico e circunferência abdominal no controle glicêmico de diabéticos tipo 2 em Ponta Grossa.

Sedentarismo, tratamento farmacológico e circunferência abdominal no controle glicêmico de diabéticos tipo 2 em Ponta Grossa. 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE

Leia mais

TEMA: Uso de Insulina Glargina no diabetes mellitus (DM) tipo 1

TEMA: Uso de Insulina Glargina no diabetes mellitus (DM) tipo 1 NT 85/2013 Solicitante: Dra JACQUELINE DE SOUZA TOLEDO E DUTRA Juíza de Direito do 2º JESP Unidade Jurisdicional do Juizado Especial da Comarca de Pouso Alegre Numeração: 0004266-19.2013.8.13.0525 Data:

Leia mais

TEMA: Uso de Insulina Humalog ou Novorapid (aspart) ou Apidra (glulisina) no tratamento do diabetes mellitus

TEMA: Uso de Insulina Humalog ou Novorapid (aspart) ou Apidra (glulisina) no tratamento do diabetes mellitus NT 140/2014 Solicitante: Dr. Rodrigo Braga Ramos Juiz de Direito de Itamarandiba NUMERAÇÃO: 0325.14.000677-7 Data: 17/07/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: Uso de Insulina Humalog

Leia mais

17/08/2014. Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com. Prof. Me Alexandre Rocha

17/08/2014. Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com. Prof. Me Alexandre Rocha Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Docência Personal Trainer Prof. Me Alexandre Rocha 1 Prevalência Mortalidade Disfunção da Modulação Autonômica

Leia mais

DIABETES E SINAIS VITAIS

DIABETES E SINAIS VITAIS AGENTE DE FÉ E DO CORAÇÃO PASTORAL NACIONAL DA SAÚDE 04 de outubro de 2013 DIABETES E SINAIS VITAIS Marcia Nery Equipe Médica de Diabetes Hospital das Clínicas da FMUSP Definição Diabetes mellitus: Doença

Leia mais

Programa de Atendimento Especial à Gestante com Diabetes do Hospital Universitário da Universidade Federal da Paraíba (PAGU- UFPB)

Programa de Atendimento Especial à Gestante com Diabetes do Hospital Universitário da Universidade Federal da Paraíba (PAGU- UFPB) Programa de Atendimento Especial à Gestante com Diabetes do Hospital Universitário da Universidade Federal da Paraíba (PAGU- UFPB) FILIZOLA 1, Rosália Gouveia MENDONÇA 2, Roberta A. S. Pereira MOREIRA

Leia mais

Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança

Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança Projecto Mexa-se em Bragança Organização: Pedro Miguel Queirós Pimenta Magalhães E-mail: mexaseembraganca@ipb.pt Web: http://www.mexaseembraganca.ipb.pt

Leia mais

Diagnóstico. Exame Laboratorial. Poliúria Polidpsia Polifagia

Diagnóstico. Exame Laboratorial. Poliúria Polidpsia Polifagia Diabetes Mellitus É concebido por um conjunto de distúrbios metabólicos, caracterizado por hiperglicemia resultando de defeitos na secreção de insulina e/ou na sua atividade Report of Expert Committe on

Leia mais

Pesquisa revela que um em cada 11 adultos no mundo tem diabetes

Pesquisa revela que um em cada 11 adultos no mundo tem diabetes Pesquisa revela que um em cada 11 adultos no mundo tem diabetes O Dia Mundial da Saúde é celebrado todo 7 de abril, e neste ano, o tema escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conscientização

Leia mais

AMBULATÓRIO DE ENDOCRINOLOGIA OBSTÉTRICA ENDOB (DIABETES MELLITUS, TIREOIDEOPATIAS E OUTRAS)

AMBULATÓRIO DE ENDOCRINOLOGIA OBSTÉTRICA ENDOB (DIABETES MELLITUS, TIREOIDEOPATIAS E OUTRAS) AMBULATÓRIO DE ENDOCRINOLOGIA OBSTÉTRICA ENDOB (DIABETES MELLITUS, TIREOIDEOPATIAS E OUTRAS) 1- Hipóteses diagnósticas que devem ser encaminhadas para este ambulatório 1a) Diabetes Mellitus Tipo 1, Tipo

Leia mais

Diabetes e Gravidez. Profª. Keyla Ruzi

Diabetes e Gravidez. Profª. Keyla Ruzi Profª. Keyla Ruzi Bibliografia: Obstetrícia Fundamental Rezende 12ª.ed Ginecologia e Obstetrícia SOGIMIG 3ª ed. Guias de Medicina Ambulatorial e Hospitalar UNIFESP Zugaib Obstetrícia 2ª edição. Programa

Leia mais

CAPÍTULO 56. Marcela Alencar Francisco Edson de Lucena Feitosa

CAPÍTULO 56. Marcela Alencar Francisco Edson de Lucena Feitosa CAPÍTULO 56 Diabetes Mellitus Marcela Alencar Francisco Edson de Lucena Feitosa Diabetes Mellitus (DM) é doença sistêmica caracterizada, principalmente, por hiperglicemia. Tem caráter progressivo, podendo

Leia mais

Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES

Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES 5.5.2009 Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES Introdução Diabetes Mellitus é uma doença metabólica, causada pelo aumento da quantidade de glicose sanguínea A glicose é a principal fonte de energia

Leia mais

Terapia nutricional no diabetes

Terapia nutricional no diabetes Terapia nutricional no diabetes Nutricionista Cigléa do Nascimento CRN-2 2670 Conteúdos abordados Metas glicêmicas Recomendações nutricionais Índice glicêmico e carga glicêmica Contagem de carboidrato

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS DIABETES MELLITUS Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem atualmente cerca de 171 milhões de indivíduos diabéticos no mundo.

Leia mais

Diabetes Mellitus Gestacional em mulheres de baixa renda de uma região da bacia amazônica

Diabetes Mellitus Gestacional em mulheres de baixa renda de uma região da bacia amazônica Diabetes Mellitus Gestacional em mulheres de baixa renda de uma região da bacia amazônica Autor(es): Júlia Maria Martins Vieira 1 ; Kessila Nayane Costa Cruz 1 ; Pâmella Ferreira Rodrigues 1,2 ; Tutor:

Leia mais

Diabetes Gestacional e o Impacto do Actual Rastreio

Diabetes Gestacional e o Impacto do Actual Rastreio Diabetes Gestacional e o Impacto do Actual Rastreio Gestational Diabetes and the New Screening Test s Impact Ana Catarina MASSA 1, Ricardo RANGEL 2, Manuela CARDOSO 3, Ana CAMPOS 1 Acta Med Port 2015 xxx-xxx;28(x):xxx-xxx

Leia mais

Retinopatia Diabética

Retinopatia Diabética Retinopatia Diabética A diabetes mellitus é uma desordem metabólica crónica caracterizada pelo excesso de níveis de glicose no sangue. A causa da hiper glicemia (concentração de glicose igual ou superior

Leia mais

Diabetes INVESTIGAÇÕES BIOQUÍMICAS ESPECIALIZADAS

Diabetes INVESTIGAÇÕES BIOQUÍMICAS ESPECIALIZADAS DIABETES Diabetes INVESTIGAÇÕES BIOQUÍMICAS ESPECIALIZADAS Homeostasia da glucose ACÇÃO DA INSULINA PÂNCREAS Gluconeogénese Glicogenólise Lipólise Cetogénese Proteólise INSULINA GO GO GO GO GO Absorção

Leia mais

PROTOCOLO DE CONDUTA DO DIABETES E GESTAÇÃO

PROTOCOLO DE CONDUTA DO DIABETES E GESTAÇÃO PROTOCOLO DE CONDUTA DO DIABETES E GESTAÇÃO Rosy Ane de Jesus Barros SISTEMATIZAÇÃO PARA O RASTREAMENTO DO DIABETES GESTACIONAL - para todas as gestantes, na primeira consulta de pré-natal: glicemia plasmática

Leia mais

A ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA, DIABETES MELLITUS E DOENCA RENAL CRÔNICA

A ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA, DIABETES MELLITUS E DOENCA RENAL CRÔNICA A ESTRATIFICAÇÃO DE RISCO PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA, DIABETES MELLITUS E DOENCA RENAL CRÔNICA CONTEÚDO EXTRAÍDO DA LINHA-GUIA DE HIPERTENSÃO ARTERIAL, DIABETES MELLITUS E DOENÇA RENAL CRÔNICA

Leia mais

Modelo de Atenção às Condições Crônicas. Seminário II. Laboratório de Atenção às Condições Crônicas

Modelo de Atenção às Condições Crônicas. Seminário II. Laboratório de Atenção às Condições Crônicas Modelo de Atenção às Condições Crônicas Seminário II Laboratório de Atenção às Condições Crônicas A Estratificação de Risco na SMS de Curitiba HAS Diabete melito + Laboratório de Inovações na Atenção às

Leia mais

Tratamento de diabetes: insulina e anti-diabéticos. Profa. Dra. Fernanda Datti

Tratamento de diabetes: insulina e anti-diabéticos. Profa. Dra. Fernanda Datti Tratamento de diabetes: insulina e anti-diabéticos Profa. Dra. Fernanda Datti Pâncreas Ilhotas de Langerhans células beta insulina células alfa glucagon células gama somatostatina regulação das atividades

Leia mais

É diabético ou está integrado num grupo de risco? Conheça os sintomas, os tipos e as complicações desta doença.

É diabético ou está integrado num grupo de risco? Conheça os sintomas, os tipos e as complicações desta doença. PORTAL DA SAÚDE Diabetes É diabético ou está integrado num grupo de risco? Conheça os sintomas, os tipos e as complicações desta doença. Devidamente tratada, a diabetes não impede o doente de ter uma vida

Leia mais

DIABETES MELLITUS E GESTAÇÃO 1 INTRODUÇÃO. Protocolo Assistencial do Hospital Universitário de Santa Maria PROTOCOLO ASSISTENCIAL CLÍNICO

DIABETES MELLITUS E GESTAÇÃO 1 INTRODUÇÃO. Protocolo Assistencial do Hospital Universitário de Santa Maria PROTOCOLO ASSISTENCIAL CLÍNICO PROTOCOLO ASSISTENCIAL CLÍNICO DIABETES MELLITUS E GESTAÇÃO Especialidade: Gineco-Obstetrícia Responsável: Cristine Kolling Konopka; Nilton Gomes Bertold; Walter Dos Santos Neme; Paulo Afonso Beltrame;

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS TÍTULO: DIABETES MELLITUS TIPO II E O ANTIDIABÉTICO METFORMINA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: BIOMEDICINA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS

Leia mais

Monitoração. Testes para Avaliar o Controle Glicêmico. Mostram a Glicemia MÉDIA Pregressa dos Últimos 2 a 3 Meses

Monitoração. Testes para Avaliar o Controle Glicêmico. Mostram a Glicemia MÉDIA Pregressa dos Últimos 2 a 3 Meses Monitoração Testes para Avaliar o Controle Glicêmico Testes de Glicemia Testes de A1c Mostram o Nível Glicêmico Instantâneo no Momento do Teste Mostram a Glicemia MÉDIA Pregressa dos Últimos 2 a 3 Meses

Leia mais

Somatropina no adulto. Fernando Baptista Serviço de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo. Hospital de Santa Maria. Lisboa

Somatropina no adulto. Fernando Baptista Serviço de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo. Hospital de Santa Maria. Lisboa Somatropina no adulto Fernando Baptista Serviço de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo. Hospital de Santa Maria. Lisboa Secreção de GH Concentração integrada de GH nas 24h em 173 indivíduos de ambos

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Diabetes mellitus. Insulina. Acompanhamento farmacoterapêutico.

PALAVRAS-CHAVE Diabetes mellitus. Insulina. Acompanhamento farmacoterapêutico. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( x ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Na diabetes e dislipidemia

Na diabetes e dislipidemia Cuidados de saúde primários e Cardiologia NOCs e Guidelines: com tanta orientação ficamos mesmo orientados? Na diabetes e dislipidemia Davide Severino 4.º ano IFE de Cardiologia Hospital de Santarém EPE

Leia mais

Que tipos de Diabetes existem?

Que tipos de Diabetes existem? Que tipos de Diabetes existem? -Diabetes Tipo 1 -também conhecida como Diabetes Insulinodependente -Diabetes Tipo 2 - Diabetes Gestacional -Outros tipos de Diabetes Organismo Saudável As células utilizam

Leia mais

Direção do Programa Nacional para a Diabetes e da Ordem do Médicos, divulga a seguinte:

Direção do Programa Nacional para a Diabetes e da Ordem do Médicos, divulga a seguinte: Francisco Henrique Moura George Digitally signed by Francisco Henrique Moura George DN: c=pt, o=ministério da Saúde, ou=direcção-geral da Saúde, cn=francisco Henrique Moura George Date: 2015.01.12 15:35:51

Leia mais

1- hipertensão arterial. 2- hiperglicemia. 3- presença de proteinúria. 4- ingesta proteica elevada. 5- obesidade

1- hipertensão arterial. 2- hiperglicemia. 3- presença de proteinúria. 4- ingesta proteica elevada. 5- obesidade COMO PREVENIR A DOENÇA RENAL CRÔNICA NA ATENÇÃO BÁSICA Fatores de risco para perda de função renal 1- hipertensão arterial 2- hiperglicemia 3- presença de proteinúria 4- ingesta proteica elevada 5- obesidade

Leia mais

Programa Regional de Prevenção e Controlo Diabetes e Luta Contra a Obesidade

Programa Regional de Prevenção e Controlo Diabetes e Luta Contra a Obesidade Programa Regional de Prevenção e Controlo da Diabetes e Luta Contra a Obesidade Índice Siglas e Acrónimos... 2 1. Contextualização... 3 2. População Alvo... 5 3. Objectivos... 6 4. Indicadores para Avaliação

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Curso de semiologia em Clínica Médica II

DIABETES MELLITUS. Curso de semiologia em Clínica Médica II DIABETES MELLITUS Curso de semiologia em Clínica Médica II Prof. Luiz Shiguero Matsubara Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina de Botucatu, u, UNESP 2008 DIABETES MELLITUS Síndrome clínica

Leia mais

06/05/2012. Ausência das manifestações clínicas da doença, apesar da suspensão do tratamento Possibilidade de recidiva Remissão cura (?

06/05/2012. Ausência das manifestações clínicas da doença, apesar da suspensão do tratamento Possibilidade de recidiva Remissão cura (? Prof. Dr. Ricardo Duarte Ausência das manifestações clínicas da doença, apesar da suspensão do tratamento Possibilidade de recidiva Remissão cura (?) Etiologia multifatorial 80% diabetes tipo 2 em seres

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE FLUXOGRAMA DO PRIMEIRO ATENDIMENTO A PACIENTES DIABETICOS TIPO 1 INSULINIZADOS NA 3ª REGIONAL DE SAÚDE DE PONTA GROSSA-PR

DESENVOLVIMENTO DE FLUXOGRAMA DO PRIMEIRO ATENDIMENTO A PACIENTES DIABETICOS TIPO 1 INSULINIZADOS NA 3ª REGIONAL DE SAÚDE DE PONTA GROSSA-PR 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

28 de Janeiro de 2008. Diabetes Mellitus

28 de Janeiro de 2008. Diabetes Mellitus Medicina II Seminário de Endocrinologia 28 de Janeiro de 2008 Diabetes Mellitus DOCENTE que leccionou: Prof. Mário Rui Mascarenhas DISCENTE que realizou: João Carlos Torrinha Vicente Jorge FISCALIZADOR:

Leia mais