ESTILO Em cena Saiba como o teatro pode ajudar a carreira de um executivo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTILO Em cena Saiba como o teatro pode ajudar a carreira de um executivo"

Transcrição

1 CONHECIMENTO Qualiicação proissional Proissionais de administração estão entre os mais difíceis de recrutar ESTILO Em cena Saiba como o teatro pode ajudar a carreira de um executivo Abril/2014 Ano 37 - nº 334 Por que o País está perdendo competitividade no setor? Quais as soluções para melhorar o luxo da nossa cadeia de abastecimento? Logística em debate

2

3 Editorial É hora de recuperar o tempo perdido Não resta dúvida de que um dos grandes temas do mundo da administração é a Logística. O setor, que movimenta aproximadamente R$ 520 bilhões ou o equivalente a 11,5% do PIB nacional, tem sido negligenciado pelos governos e até por parte da iniciativa privada. Como bem demonstrou a recente pesquisa do Bando Mundial (Bird), o Brasil ocupa apenas o 65º lugar em termos de infraestrutura de transporte e logística. Embora vergonhoso, o resultado não é surpreendente. Por falta de planejamento e poder de execução, muito das obras prometidas nunca saíram do papel. Sem estradas adequadas, aumento da malha ferroviária e a utilização de outros modais, assistimos o País perder competitividade. O fato das empresas, que atuam no mercado interno, não conseguirem cumprir um cronograma razoável de entregas e outros prazos, tem um impacto desastroso para o consumidor final. Estima-se que o consumidor pague pelo menos 10% a mais em produtos alimentícios ou bebidas por conta de entraves logísticos como a dificuldade de realizar entregas em prazos estipulados. Uma boa parte da logística, infraestrutura, está muito aquém do necessário será preciso muito mais investimentos. Em uma cidade como São Paulo, a falta de um planejamento logístico se apresenta de forma ainda mais grave e impactante. Apesar das restrições para a circulação de caminhões e veículos pesados em determinados horários, nossas vias não conseguem suportar o volume de veículos. Portanto, as dificuldades da nossa cadeia de abastecimento continuam gritantes. Soluções? O transporte ferroviário deveria ser retomado com mais investimentos, a criação de docas em algumas regiões da cidade para receber caminhões e mercadorias e, inclusive, a modernização do porto de Santos. Nada disso é simples. E tudo isso depende de investimentos. Mas o fato é Estima-se que o consumidor pague pelo menos 10% a mais em produtos alimentícios por conta de entraves logísticos que não podemos mais perder tempo. É importante destacar que logística não é só infraestrutura. Logística também é informação e conhecimento. Portanto, o administrador profissional e moderno precisa estar atendo ao setor. Logística é tão importante quanto qualquer outra área da administração. Logo, as universidades devem investir mais na capacitação deste profissional deixando claro que não se trata apenas de uma área de apoio, mas protagonista em se tratando do avanço econômico do nosso País. É hora de recuperar o tempo perdido e voltar o nosso foco para o tema. Na edição da RAP deste mês, convidamos administradores para apontar caminhos para a solução desse problema e apontar falhas nos modelos de gestão atual. Ainda é tempo de recuperar nossa competitividade, mas não podemos esperar mais. MARCELO MARQUES Adm. Walter Sígollo Presidente do Conselho Regional de Administração de São Paulo - CRA-SP 3

4 facebook.com/ oficial.crasp twitter.com/ cra_sp Presidente Administrador Walter Sigollo Diretoria Adm. José Alfredo Machado de Assis Vice-presidente Administrativo Adm. Milton Luiz Milioni Vice-presidente de Relações Externas Adm. Alberto Emmanuel de Carvalho Whitaker Vice-presidente de Planejamento Adm. Hamilton Luiz Corrêa Vice-presidente para Assuntos Acadêmicos Adm. Teresinha Covas Lisboa 1ª Secretária Adm. Roberto Carvalho Cardoso 2ª Secretário Adm. Antonio Geraldo Wolff 1º Tesoureiro Adm. Álvaro Augusto Araújo Mello 2º Tesoureiro Conselheiros Arlindo Vicente Junior, Carlos Antonio Monteiro, Edgar Kanemoto, Luiz Carlos Marques Ricardo, Luiz Carlos Vendramini, Marco Antônio Sampaio de Jesus, Nelson Reinaldo Pratti, Rogério Góes, e Silvio Pires de Paula (representante do CRA-SP no CFA) Conselho Editorial Coordenador: José Alfredo Machado de Assis. Integrantes: Hamilton Luiz Corrêa, Luiz Carlos Marques Ricardo, Luiz Carlos Vendramini, Milton Luiz Milioni, Roberto Carvalho Cardoso, Teresinha Covas Lisboa e Maria Cecilia Stroka Redação Editora-chefe Maria Cecilia Stroka (Mtb ) Editor Gilberto Amendola Repórter Marcos Yamamoto Estagiários Régis Soares Alex Dias Publicidade Publicidade Nominal Representações Diagramação e arte Propagare Comercial Ltda. Impressão Plural Editora e Gráfica Ltda. Tiragem exemplares A RAP é uma publicação mensal do Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP), órgão regulamentador da profissão de administrador, sob a responsabilidade do seu Conselho Editorial. As reportagens não refletem necessariamente a opinião do CRA-SP. Rua Estados Unidos, 889 Jd. América SP Tel.: (11) SÃO JOSÉ DO RIO PRETO PRESIDENTE PRUDENTE Seccionais CRA-SP BAURU SOROCABA RIBEIRÃO PRETO CAMPINAS SANTOS GRANDE SÃO PAULO Seccional de Bauru Delegado: Adm. William Lisboa Simas Coordenador Regional: Adm. Carlos Eduardo Sperança Rua Rio Branco, 15-15, sala 31, Centro Bauru - SP Tel.: (14) Seccional de Campinas Coord. Regional: Adm. Elcio Eidi Itida Rua Maria Monteiro, 830, cj. 53, Cambuí Campinas SP Tel.: (19) Seccional de Presidente Prudente Analista: Adm. Manoel Barreto de Souza Assistente: Mônica Costa Rodrigues de Oliveira Av. Cel. José Soares Marcondes, 871, sala 132, Bosque Presidente Prudente - SP Tel.: (18) SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Seccional de Ribeirão Preto Delegado: Adm. Marcos Silveira Aguiar Coordenadora Regional: Adm. Fátima Angélica R. Moura Av. Braz Oláia Acosta, 727, cj Jardim Califórnia Ribeirão Preto - SP Tel.: (16) Seccional de Santos (Baixada Santista e Vale do Ribeira) Coordenadora Regional: Adm. Renata Farias Pizarro Busch Av. Ana Costa, 296, sala 14, Campo Grande Santos - SP Tel.: (13) Seccional de São José do Rio Preto Coordenador Regional: Adm. Eduardo Gomes de Azevedo Junior Rua Imperial, 59, salas 1 e 2, Vila Imperial São José do Rio Preto - SP Tel.: (17) Seccional de São José dos Campos (Vale do Paraíba e Litoral Norte) Coordenador Regional: Adm. Dejair Dutra de Souza Rua Euclides Miragaia, 700, sala 25, Centro São José dos Campos - SP Tel.: (12) Seccional de Sorocaba Avenida Antônio Carlos Comitre, 510, sala 86, Parque Campolim Sorocaba - SP Tel.: (15)

5 Empresas no Brasil sofrem com a falta de mão de obra especializada em Conhecimento GETTY IMAGES Sumário 3 Editorial 6 Peril Administrador Mario Ceratti Benedetti, diretor-presidente da Ceratti GETTY IMAGES Saiba como as práticas teatrais podem ajudar no cotidiano proissional de um administrador em Estilo 10 Capa Logística Administradores debatem sobre os problemas da Logística no País e na cidade de São Paulo 16 Conhecimento Qualiicação Proissional Por que é tão difícil recrutar um proissional especializado? Brasil despenca no ranking de logística e preocupa empresários e gestores. Estamos perdendo competitividade? em Capa GETTY IMAGES 20 Estilo Teatro Saiba como o teatro pode ser bom para o ambiente corporativo 24 Especial 1 Valuation A arte de avaliar uma empresa 26 Especial 2 Tendências Magnus Lindkvist defende o direito de errar e criar inimigos no mundo dos negócios 26 Notícias Aula no CRA-SP, escola Formare, notas, pesquisa e muito mais 34 Opinião Adm. Murilo Carneiro

6 Peril Homenageado com a distinção Administrador Destaque, concedida pelo CRA-SP, Mario Ceratti Benedetti, diretorpresidente da Ceratti, fala nesta entrevista sobre o mercado de produtos premium no Brasil e afirma que o consumidor está cada vez mais exigente A maratona e a administração Benedetti gosta de comparar o exercício da administração com uma corrida de maratona (ele próprio é um maratonista dedicado). Quem corre precisa administrar perdas de energia e saber que não é prudente dar um passo maior que a perna, afirma. Sobre as dificuldades de empreender no País, Benedetti reclama da imagem negativa criada em torno dos empreendedores. São os empreendedores que geram riqueza. Falta o entendimento disso... Benedetti comenta sobre os prós e os contras de uma empresa de origem familiar, afirma a preocupação do setor com a necessidade de uma CREDITO 6

7 "Empresa familiar tem uma tentação natural de permanecer pequena" produção mais saudável e conta sobre os entraves da burocracia nacional. Em relação a Copa, o empresário não é otimista: vai mostrar nossa incapacidade de planejamento, afirma. RAP: Conte um pouco da história da Ceratti, bem no comecinho, com o seu avô... Mario Ceratti Benedetti: A história da Ceratti começa no norte da na Itália. Giovanni Ceratti, meu avô, era ferroviário e líder sindical. Com a ascensão do Mussolini e do Partido Fascista, ele resolve escapar da Itália utilizando os documentos do irmão mais novo. Ao chegar em São Paulo, trabalhou em uma marcenaria; depois, arrumou uma vaga para desossar porco (na verdade, picar) no Mercado Municipal. Daí, ele que era empreendedor comprou um terreno na Vila Heliópolis, que foi sede do Frigorífico até 2008, e abriu um pequeno açougue. Conheceu Inês Saravalli, casaram- -se e tiveram um casal de filhos. Inês faleceu ao dar a luz a um terceiro filho. Giovanni conheceu então a família Tosi, apaixonando-se por Gina, a filha caçula. Seu sogro, vendo as dificuldades que passava Giovanni, o aconselhou: "Por que você não fabrica no seu açougue alguns frios italianos que a gente não encontra aqui?". E foi assim que nasceu a Ceratti, em RAP: É difícil ser empreendedor no Brasil? Mario Ceratti Benedetti: O difícil é essa questão cultural onde o empreendedorismo é visto como algo negativo. Na verdade, o empreendedor é quem cria riquezas em uma sociedade. O governo apenas transfere essa riqueza. O brasileiro precisa ter essa consciência de que o empreendedorismo é uma coisa boa para a sociedade. O brasileiro médio também precisa entender que quando você deixa algum dinheiro na poupança ou em uma aplicação, você não está ganhando sem trabalhar. Ele (o dinheiro) não fica lá. Esse dinheiro volta como empréstimo e movimenta toda a economia. Nos falta essa visão...e, obviamente, quando você resolve empreender, surge uma burocracia monstruosa e uma carga tributária muito pesada. RAP: Por falar em burocracia, a Ceratti demorou 6 anos para conseguir uma autorização de exportação de um produto para a França, é isso? Mario Ceratti Benedetti foi homenageado na sede do CRA-SP RAP: Ainda existe espaço para as empresas familiares? Quais vantagens e desvantagens? Mario Ceratti Benedetti: Tem seus prós e seus contras. A empresa familiar, embora seja o começo de muitas das grandes empresas, tem essa tentação de permanecer pequena. Isso porque você só trabalha com quem confia, fica mais fácil de controlar as coisas e por aí vai. Ao mesmo tempo, existe a vantagem da lealdade, de se trabalhar com quem confia. Pra negócios pequenos, que beiram a informalidade, empresas familiares funcionam bem. Se você quer expandir o seu negócio é inevitável buscar outros parceiros. CREDITO MARCELO KURA 7

8 Peril "Qualidade total é a satisfação de todos os envolvidos em uma atividade profissional" Mario Ceratti Benedetti: No Ministério da Agricultura não existe um caderno, um documento, que esclareça algumas regras. Sem a clareza de regras, cada diretor, veterinário ou quem quer que seja tem uma visão diferente. Por exemplo, o refeitório dos funcionários que trabalham com um produto que deve ser exportado: alguns acham que esse refeitório deve ser separado do resto do pessoal da fábrica; já, segundo outros, isso é totalmente irrelevante. Ou seja, ninguém, nenhum funcionário público, vai te responder se o refeitório pode ou não ser separado do resto da fábrica. E não responde porque esse funcionário público é responsabilizado por tudo o que ele assina ou deixa passar. Por exemplo, o funcionário aceitou o fato de o refeitório ser totalmente integrado a fábrica, sem necessidade de separação. Aí, por um desses acasos, a carne exportada apresenta algum problema, como salmonela. Daí, esse funcionário que autorizou o refeitório funcionar no mesmo local é que vai sofrer as consequências e perder o emprego. Ou seja, como não existe clareza, o funcionário público não toma nenhuma decisão e os processos vão ficando parados. RAP: O senhor teve experiências acadêmicas e profissionais no exterior (Alemanha e Japão). Essas experiências fora do País são importantes na carreira de um administrador? Mario Ceratti Benedetti: Não só para o administrador, mas para qualquer profissão. Na Alemanha eu era mais jovem e tinha uma preocupação mais técnica, com a formulação de conceitos, de uso dos processos de fabricação de embutidos. Já, no Japão, meu foco foi a gestão e a qualidade total. Eu sempre imaginei, antes de viajar, que a qualidade total era somente a qualidade do produto e do serviço. Agora, no Japão, aprendi que qualidade total é outra coisa. É a satisfação de todos os envolvidos em uma atividade. Por exemplo, na fabricação da mortadela: você precisa satisfazer o seu consumidor, o seu cliente, o seu funcionário, os seus fornecedores, acionistas e os vizinhos (prefeitura, governo, meio-ambiente...). Qualidade total é a satisfação de toda essa cadeia. Isso reflete em toda a organização até o produto final. RAP: Qual a sua opinião sobre a lei anticorrupção, aprovada recentemente. Mario Ceratti Benedetti: Acho interessante. A ideia é matar a corrupção de fome. As empresas Mario Ceratti: "A burocracia é culpa da falta de clareza de algumas regras. O funcionário público fica sem referências" CREDITO 8

9 "A Copa e as Olimpíadas viraram apenas peças de marketing" estão em uma posição tal, em relação a lei, que não teria como agir de forma desonesta. RAP: Qual é a situação do mercado para produtos premium no Brasil? A mortadela Ceratti, por exemplo, está inserida nesse mercado já que ela é mais cara que suas concorrentes. Mario Ceratti Benedetti: O mercado, infelizmente, é menor do que a gente gostaria que fosse. A base da nossa pirâmide social é muito larga. Ou seja, não existe renda para aumentar o consumo de produtos premium. Nós conseguimos crescer, mas não tanto quanto gostaríamos. Existe uma outra questão: a distribuição. O produto premium tem uma produção menor, é disponibilizado em locais específicos, especiais e tradicionais. É muito difícil entrar em um grande mercado e fazer com que o seu produto alcance mais pessoas. Agora, existe alguma melhora na renda e as pessoas querem comer melhor. O que as pesquisas mostram é que o produto diferenciado ainda não é aquele do dia a dia do trabalhador médio, mas já está presente em ocasiões especiais, em festas de família ou quando esse consumidor recebe amigo em casa, por exemplo. Nosso produto é inspiracional. Ou seja, mostra aquilo que você quer ser e mostrar para os outros. RAP: A Ceratti investe em marketing? Mario Ceratti Benedetti: Nós não somos uma empresa de muito marketing. Nós somos uma empresa de cultura e produção. Nossa atuação em comunicação é muito pequena. Um ou outro cartaz nos pontos de venda e ações bem específicas. Hoje, nós poderíamos ter mais presença na mídia, mas estamos mais solidificados no boca a boca. É o que melhor funciona pra Ceratti. Claro que isso trás algumas dificuldades. Por exemplo, em São Paulo, nós somos uma marca muito conhecida. Fora daqui, nós temos algumas dificuldades. Em cidades como Belo Horizonte, pouca gente nos conhece. A Ceratti ainda precisaria de uma estratégia de marketing para abrir novos mercados. CREDITO RAP: A Ceratti está preparada para uma pressão por alimentos cada vez mais lights, com menos gordura e coisas do tipo? Pode acontecer com o setor de embutidos o que aconteceu com a indústria de cigarro, por exemplo? Mario Ceratti Benedetti: O setor está muito preocupado. Já estamos tomando iniciativas com programas de redução de sódio. As universidades estão fazendo pesquisas para que a gente encontre soluções. O problema é que um embutido, por definição, tem como base o aproveitamento. Você só coloca no embutido o que não consegue vender no açougue como peça. Nenhum problema se você vivesse como há 100 anos. Ou seja, andasse mais, corresse mais. Hoje, o sedentarismo exige que a gente pensa em soluções mais saudáveis. RAP: Por que o senhor optou por administração? Mario Ceratti Benedetti: A família influenciou muito. Se minha família não fosse de empresários, talvez, eu optasse por arquitetura ou fotografia que são duas das minhas paixões. Mas eu me dei bem na área. Gosto daquilo que eu faço. RAP: O senhor costuma fazer uma analogia entre administração e maratona, não é? Mario Ceratti Benedetti: Empresas de sociedade anônima, onde o capital é muito pulverizado, você tem acionistas cobrando resultados no curto prazo. Aí, os gestores sabem que podem alcançar resultados rápidos sacrificando algum fator. Não existe almoço grátis. Se você realiza algo aqui para cortar caminho, invariavelmente, você vai ter que pagar lá na frente. Na maratona é mais ou menos assim. Você tem que ter um controle gigantesco para não queimar toda sua energia na largada. Ou seja, essa percepção de que você precisa de controle e não pode dar um passo maior que a perna é também um conhecimento típico de um administrador. RAP: Neste ano, o Brasil tem Copa do Mundo e eleições. Qual a sua expectativa? Mario Ceratti Benedetti: Vai ser um ano complicado. Vai mostrar a incapacidade do governo brasileiro de ter uma visão de longo prazo e planejamento. Acho que a Copa e as Olímpiadas, que poderiam ser dois eventos transformadores, viraram apenas peças de marketing. E eu acho que as eleições ainda vão trazer muitas surpresas... 9

10 Capa Conhecimento por Gilberto Amendola GETTY IMAGE 10

11 Administradores falam sobre os problemas de logística do País e apontam soluções para aquele que tem sido o nosso Calcanhar de Aquiles em termos de competitividade Logística em debate Uma pesquisa recente do Banco Mundial (Bird) sobre logística de transportes mostrou o Brasil despencando 20 posições no ranking mundial. O relatório levou em consideração a percepção dos empresários em relação à eficiência da infraestrutura de transporte. O Brasil passou a ocupar o 65.º lugar no ranking. O país ficou atrás de vizinhos como Argentina e Chile, e dos companheiros de BRICs China, Índia e África do Sul. O primeiro lugar ficou com a Alemanha, seguido da Holanda, da Bélgica e do Reino Unido. No último ranking divulgado, em 2012, o Brasil ocupava a 45ª posição. O Banco Mundial avaliou diversos fatores, como qualidade da infraestrutura de transporte, de serviços e a eficiência do processo de liberação nas alfânde- GETTY IMAGE 11

12 Capa Adm. Domingos Alves Correa espera mais investimentos em transporte público gas, rastreamento de cargas, cumprimento dos prazos das entregas e facilidade de encontrar fretes com preços competitivos. Com base nesta pesquisa, a RAP propôs um debate sobre logística entre administradores e outros profissionais. Quais os nossos principais problemas em logística, onde estão nossos gargalos e quais são as soluções viáveis para essas questões. Primeiro é preciso ter clareza da importância da área logística para o País. Apesar da queda no ranking do Bird, o setor movimenta cerca de 11,5% do PIB nacional algo em torno de R$ 520 bilhões. Além disso, em termos de postos de trabalho, as áreas da logística tem empre- DIVULGAÇ AO gado aproximadamente 1, 8milhão de prestadores de serviço. Apesar de todo esse aparente gigantismo, os números ainda estão aquém daquilo que um País com as dimensões do nosso poderia alcançar. Educação e mão de obra Para o administrador Luis Marcelo Oliveira, da 7ATLog, empresa de Logística, o nosso maior gargalo não é físico. Os problemas de infraestrutura já são bastante conhecidos e podem sim ser resolvidos. Nossa questão está na qualidade e na formação do profissional. Existe uma falta de entendimento em relação ao setor. Logística não é só transporte e armazenamento. Logística é sobre fluxo de mercadoria e serviços e como eles podem ser feitos de forma rápida e com menos custo. Portanto, logística não se faz apenas com estradas, caminhões e galpões. Logística se faz com informação, garante Oliveira. O também administrador, com MBA em Logística Empresarial, Lindovaldo Moraes, segue nesta mesma linha. Logística é planejamento. A área precisa contar com administradores que saibam planejar, que tenham experiência em gestão e possam, com trabalho e criatividade, vencer os obstáculos impostos pela falta de infraestrutura do País. A questão da mão-de-obra é o que mais chama a atenção do administrador e diretor da Tigerlog, Marco Antonio Oliveira Neves. Apesar de enumerar problemas como a política de pedágios das principais rodovias do Estado de São Paulo, os acessos ao Porto de Santos (e o próprio porto) e a baixa utilização das hidrovias e Adm. Marcos Maia: "Nossos problemas de logísticas são de origem histórica" 12

13 ferrovias ( avançamos bastante em termos de aeroportos, disse). Mão de obra é o nosso grande gargalo. No mercado, faltam motoristas de caminhão, conferentes, empilhadores, coordenadores de logística... Não estamos valorizando a área de apoio, a área braçal. Hoje, algo entre 8% a 15% da nossa frota de caminhão está parada - e está parada porque nosso déficit de motoristas é de aproximadamente 150 mil, comenta Neves. Ainda assim, o próprio Neves admite que em áreas gerenciais e postos que poderiam ser ocupados por administradores profissionais, não conseguimos suprir as demandas do mercado. No ensino de administração, a área de logística não é tão valorizada quanto áreas financeiras e de marketing. Ficou marcada como uma área apenas de apoio o que não é verdade. Precisamos deixar claro aos futuros administradores que a logística é uma área muito importante e que pode ser atrativa, inclusive, do ponto de vista salarial. Em São Paulo Uma cidade como São Paulo apresenta uma série de desafios e problemas do ponto de vista logístico. O administrador e coordenador do Grupo de Excelência de Administração de Cadeias Produtivas e Logística Empresarial do CRA-SP, Domingos Alves Corrêa Neto, a política de restrições para caminhões e outros veículos de grande porte não representaram uma solução consistente. Na verdade, as empresas descarregam esses caminhões e separam a mercadoria em 15 veículos menores o que também impacta, e muito, o trânsito da cidade, diz. Para ele, a saída deve ser o investimento em transporte público e na comunicação entre os modais (metrô, trem e ônibus). Só assim, as vias de trânsito podem ficar mais adequadas ao fluxo de mercadorias e ao abastecimento da própria cidade, completa. A situação do trânsito de São Paulo e, consequentemente, seu impacto em operações de logística pode ter uma solução um pouco mais radical. Nós chegamos em um ponto em que a única saída será uma política restritiva. O pedágio urbano, por exemplo. Em algum momento, São Paulo vai ter que adotar a mesma política de restrição do que Londres. Pode parecer radical, mas, por enquanto, essa é uma alternativa, comenta Neves. Neves também acredita que uma cidade como São Paulo deveria seguir o exemplo de Nova York. Se uma empresa Edson Carrillo, da Associação Brasileira de Logística: "Sofremos de um colapso de infraestrutura" DIVULGAÇÃO 13

14 Capa Lindovaldo Moraes: "Logística é planejamento" quer manter uma operação de entrega ou estocagem dentro da cidade, precisa provar que possui docas para que os caminhões estacionem. Hoje, você passa, por exemplo, na região do Bom Retiro e não consegue circular. Faltam docas na cidade. Com ela, os caminhões poderiam descarregar e estacionar até de madrugada. O efeito da falta de infraestrutura dentro de uma cidade como São Paulo tem um impacto direto no bolso do consumidor e, consequentemente, na competitividade do empresário. Por conta das nossas dificuldades de trânsito, armazenagem e estocagem, mercadorias são impactadas em até 10% do seu preço final para o consumidor. Os modais Neto afirma que o nosso processo de logística não flui de forma linear o que faria o nosso custo logístico ser um dos mais altos do mundo (quase o dobro da americana). A pouca utilização de ferrovias e hidrovias impactam de forma definitiva neste prejuízo. As empresas brasileiras fazem escoar 66,6% de toda a sua produção pelas rodovias; 18,6% por ferrovias e apenas 11,7% utilizando o modal hidroviário. Essa concentração prejudica nossa competitividade e o custo das operações fica muito alto. Para Neto é hora de investir em ferrovias. Temos que voltar a olhar para esse modal. Os investimentos em rodovias tiveram sua importância nas décadas passadas. Agora, precisamos pensar nossos modais de forma mais integrada e revalorizar as ferrovias. A conexão entre os modais também vale para a cidade. O Rodoanel foi criado para resolver esse problema com os veículos pesados, mas acredito que ainda possa ser aprimorado. Penso que junto ao Rodoanel poderia ser construída um modal de transporte sobre trilhos o que ajudaria muito. O próprio Rio Tietê poderia ser melhor utilizado como transporte fluvial. Claro, tudo isso precisa ser feito com planejamento e gestão. Ou seja, com o conhecimento de administradores competentes, afirma Neto. Raízes históricas e privatizações O administrador Marcos Maia, diretor da FATEC de Guarulhos, acredita que nossos problemas COMO MELHORAR O PROCESSO DE LOGÍSTICA 1 - Uma estratégia correta de logística deve incluir todos os componentes no seu processo de realização. Custos de fornecedores, níveis de serviço (disponibilidade do produto, prazo de entrega), serviços de valor acrescentado (embalagem, rotulagem), devoluções e lexibilidade (alteração da estratégia com base nas necessidades dos clientes) todos devem ser incluídos. Não se concentre em apenas uma dessas áreas pois todas são peças integrantes essenciais da cadeia de abastecimento (supply chain). 2 - Preveja a sua demanda. A previsão de demanda não é uma ciência exata, mas já está se aproximando disso. Esse tipo de previsão pode ser usado para entender as suas necessidades futuras de logística e também ajudar você a se planejar para elas. 3 - Uma estratégia para fornecimento lexível pode reduzir a logística e os custos de distribuição. A ordem de serviços de entrega é frequentemente baseada na localização geográica. No entanto, outros fatores como tempo de espera, ordens posteriores, custos de produção, atrasos, disponibilidade e coniabilidade do transporte terceirizado podem inluenciar a melhor fonte para a ordem. 4 - Mantenha contato com vários transportadores para utilizar o serviço de menor custo e melhor qualidade. Muitos varejistas só utilizam uma transportadora, porém, partindo do princípio que cada operadora calcula os custos de formas diferentes, ter o contato com várias operadoras e escolhendo qual a melhor a utilizar para cada serviço pode ajudar na economia de custos de transporte e na redução da espera de entrega para os clientes. Fonte: site Profissional de e-commerce 14

15 de logística são de origem histórica. Eles remontam da passagem de um período onde a agricultura era protagonista para a era industrial. Nesta passagem, os investimentos na malha ferroviária praticamente se encerraram, diz. Para ele, a solução está no processo de privatizações. O governo tem que agir como um órgão regulador, a administração de portos, ferrovias e rodovias precisa estar nas mãos da iniciativa privada. Isso já está sendo feito com sucesso em relação aos aeroportos. Acredito que esse é um caminho que devemos continuar seguindo. Luis Marcelo Oliveira: "Problema é de formação profissional" 11,5% } 18,2% FERROVIÁRIO 66,6% RODOVIÁRIO MATRIZ DE TRANSPORTE DO BRASIL TONELADA TRANSPORTADA POR QUILÔMETRO ÚTIL CUSTOS LOGÍSTICOS EM RELAÇÃO AO PIB 11,4% HIDROVIÁRIO 3% DUTOVIÁRIO *A PARTICIPAÇÃO DO AÉREO É QUASE ZERO PIB 7,1% TRANSPORTE 3,2% ESTOQUE 0,8% ARMAZENAGEM 0,4% ADMINISTRATIVO INFORMAÇÕES DO JORNAL VALOR ECONÔMICO Maia cita o caso da Linha Amarela do Metrô de São Paulo. É a linha mais elogiada, com o melhor serviço e interligações. Ela é administrada por uma concessionária. Ou seja, esse é o modelo que pode desafogar o trânsito de São Paulo e melhorar parte das nossas dificuldades com logística, garante. O Vice-Presidente de Comercialização e Marketing da Abralog (Associação Brasileira de Logística), Edson Carillo gostaria de ver um maior cuidado das autoridades em relação ao tema: Parece que estamos sofrendo da síndrome do cobertor curto. Não conseguimos utilizar todos os recursos de forma adequada, daí falta capacidade de investimento em infraestrutura. Ficamos parados acumulando um déficit de mais de R$ 200 bilhões no investimento para manutenção e modernização e expansão de nossos recursos para logística, diz. Sofremos de um colapso de infraestrutura, há deficiência na oferta de modos de transporte, basicamente o Brasil é movimentado pelo modo rodoviário (caminhões), mas este é um dos modos mais caros de se transportar mercadorias, em especial para longas distâncias. Fazemos o mesmo em outras áreas, não investimos em recursos mais eficientes, nossos investimentos estão baseados no de menor custo de implantação, mesmo que isto signifique comprometer nossa competitividade, lamenta. 15

16 Conhecimento por Marcos Yamamoto GETTY IMAGE O desafio da qualificação profissional Empresas no Brasil sofrem com a falta de mão de obra especializada. Profissionais de administração estão entre os mais difíceis de recrutar 16

17 Segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral, 91% das empresas entrevistadas enfrentam problemas com a falta de mão de obra especializada. E, de acordo com o levantamento, os empregadores estão com sérias dificuldades em conseguir profissionais em áreas ligas à administração, como Compradores (citados por 72,2% das companhias como de difícil contratação ), Administração Geral (63,4%), Recursos Humanos (54,9%) e Finanças (48,1%). Os principais obstáculos apontados pela Dom Cabral foram: escassez de profissionais capacitados (83,2%), deficiência na formação básica (58%) e falta de experiência na função (47,9%). Em um mundo em que os acontecimentos deixaram de ser relacionados em anos, e passaram a ser em meses e até em semanas, estar antenado às tendências e novas formas de realizar o trabalho tem de ser uma obsessão para quem deseja se destacar e obter sucesso no mercado de trabalho. E isso significa se fazer sempre útil para seu empregador, explica o administrador Cezar Tegon, presidente da companhia de recrutamento Elancers. O mundo se expandiu, mas nossos profissionais não acompanharam esse crescimento. Durante anos, o brasileiro não acreditou que seria cobrado pela qualidade. E não só os profissionais acordaram tarde, mas também as empresas, analisa o administrador Ricardo Luiz Krobel, diretor geral da Faculdade Campos Elíseos, em São Paulo. Diante da falta de pessoal com formação capaz de suprir determinadas demandas, as empresas brasileiras estabeleceram como uma prioridade de 2014 a necessidade de promover a qualificação profissional entre seus colaboradores. É o que revela um estudo recente feito recentemente pela consultoria Deloitte, realizado com 509 organizações líderes nos setores de veículos/ autopeças, comércio, TI, têxtil e calçados, alimentos e bebidas e telecomunicações. Para 67% deste total, a capacitação é a área que terá maior concentração de investimentos este ano, seguida pelo lançamento de produtos (55%), marketing e comunicação (51%) e novas tecnologias (51%). Ainda segundo o estudo, o foco das empresas será o reforço das estratégias de competitividade, alinhado com a demanda de profissionais. Do ponto de vista das empresas, a falta de mão de obra qualificada é um grave limitador para seu crescimento. Como solução, algumas delas, ao invés de apenas procurar profissionais prontos no mercado, estão contratando estudantes que estão no início da graduação e proporcionando treinamentos para complementar a formação. Ou seja, as empresas acabam promovendo a qualificação que está faltando. A contratação de estrangeiros também tem sido a aposta de algumas empresas, aponta o consultor em Gestão de Pessoas Eduardo Ferraz. DIVULGAÇÃO 17

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

Campus Cabo Frio. Projeto: Incubadora de Empresas criação de emprego e renda.

Campus Cabo Frio. Projeto: Incubadora de Empresas criação de emprego e renda. Campus Cabo Frio Trabalho de Microeconomia Prof.: Marco Antônio T 316 / ADM Grupo: Luiz Carlos Mattos de Azevedo - 032270070 Arildo Júnior - 032270186 Angélica Maurício - 032270410 Elias Sawan - 032270194

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014. Logística, Supply Chain e Infraestrutura. Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura

CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014. Logística, Supply Chain e Infraestrutura. Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura CUSTOS LOGÍSTICOS NO BRASIL 2014 Logística, Supply Chain e Infraestrutura Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura Paulo Tarso Vilela de Resende Paulo Renato de Sousa Bolsistas Fapemig Gustavo

Leia mais

FEA. Desenvolvimento de Profissionais de Logística com Foco nos Resultados dos Negócios. Sergio Rodrigues Bio

FEA. Desenvolvimento de Profissionais de Logística com Foco nos Resultados dos Negócios. Sergio Rodrigues Bio FEA Desenvolvimento de Profissionais de Logística com Foco nos Resultados dos Negócios Sergio Rodrigues Bio Centro Breve Apresentação USP 6 campi, 5.000 profs. 60.000 alunos Cerca de 30% da produção científica

Leia mais

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Novo Negócio 12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Vinícius Gonçalves Equipe Novo Negócio Espero sinceramente que você leia este PDF até o final, pois aqui tem informações muito importantes e que

Leia mais

FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade

FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade FIPECAFI e CFC renovam convênio de capacitação de profissionais de Contabilidade A FIPECAFI (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras) e o CFC (Conselho Federal de Contabilidade)

Leia mais

Dos cursos de MBA, apenas 2,5% são feitos pela internet

Dos cursos de MBA, apenas 2,5% são feitos pela internet Dos cursos de MBA, apenas 2,5% são feitos pela internet Cursos de Master Business Administration (MBA) a distância são minoria no Brasil se comparados aos presenciais. Dos cerca de 4,1 mil MBAs registrados

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO

PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO PESQUISA CENÁRIO 2010-2015: DESAFIOS ESTRATÉGICOS E PRIORIDADES DE GESTÃO PESQUISA RESPONDENTES 1065 executivos (as) PERÍODO De 02 a 17 (Novembro de 2009) CEOs Diretores UNs Diretores Funcionais QUESTIONÁRIO

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS

OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS OS DESAFIOS DO INTERIOR DE SÃO PAULO EM ATRAIR E CONTRATAR EXECUTIVOS EDITORIAL Bem vindos à nossa pesquisa. No Brasil desde 2000, a Michael Page foi a primeira consultoria internacional de recrutamento

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA.

CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA. CompuStream Plano de Negócios COMPUSTREAM CONSULTORIA LTDA. A CompuStream, empresa especializada em desenvolvimento de negócios, atua em projetos de investimento em empresas brasileiras que tenham um alto

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET SOBRE O CURSO Com o crescimento da internet, novos hábitos de consumo e inovadoras formas de negócio surgiram. A sociedade está cada vez mais conectada, acelerando

Leia mais

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa.

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. A Fran Press está de cara nova, mantendo a sua reconhecida identidade estratégica. Nos tempos atuais

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos.

Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos. Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos. Nossa história Tudo começou em 1933, quando o prof. Mario Veiga de Almeida ensinava catecismo aos adolescentes

Leia mais

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO Você tem um real interesse em mudar de emprego? O headhunter entende que quando o candidato toma a decisão de avaliar o mercado, ele está à procura de uma oportunidade

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ RESULTADOS DA PESQUISA DE PERCEPÇÃO E SATISFAÇÃO DOS CURSOS DE: MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA DOS NEGÓCIOS MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA COM PESSOAS FACULDADE REDENTOR 2012 ITAPERUNA RJ MODELO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Data da Pesquisa: Junho 2009 Realização: Pesquisa realizada através do Site www.indicadoresdemanutencao.com.br Divulgação e Colaboração: Divulgação e colaboração

Leia mais

UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR

UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR Nas contas do ex-reitor da USP, anteprojeto da reforma não atende ao acordo com os reitores REFORMA UNIVERSITÁRIA Gabriel Manzano Filho O aumento de recursos

Leia mais

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição.

A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. A escolha é sempre sua. O conhecimento é a nossa contribuição. TURMA 3 Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DA PRODUÇÃO E QUALIDADE GESTÃO FARMACEUTICA EMPRESARIAL

Leia mais

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Guia Fundamental para Gestão de Qualidade em Serviços Objetivo Capacitar os participantes a interpretarem os requisitos da Norma ISO 9001:2008, relacionados aos

Leia mais

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho:

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: ASSUNTO em pauta Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: comunicação entre jovem e empresa Velychko 30 REVISTA DA ESPM maio/junho de 2011 O jovem quer seu espaço no mercado de trabalho.

Leia mais

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia Descrição do Sistema de Franquia Franquia é um sistema de distribuição de produtos, tecnologia e/ou serviços. Neste sistema uma empresa detentora de know-how de produção e/ou distribuição de certo produto

Leia mais

Gestão de iniciativas sociais

Gestão de iniciativas sociais Gestão de iniciativas sociais Leia o texto a seguir e entenda o conceito do Trevo e as suas relações com a gestão organizacional. Caso queira ir direto para os textos, clique aqui. http://www.promenino.org.br/ferramentas/trevo/tabid/115/default.aspx

Leia mais

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172 Mercado exige velocidade na atualização profissional Trabalhadores precisam estar capacitados para solucionar problemas, ser criativos e flexíveis e gostar da sua atividade A competição pela colocação

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO COMO AS MUDANÇAS NAS ORGANIZAÇÕES ESTÃO IMPACTANDO A ÁREA DE RECURSOS HUMANOS Paola Moreno Giglioti Administração

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação - Centro de Ciências Agrárias Departamento de Computação Os sistemas de informação empresariais na sua carreira Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação COM06850-2015-II Prof.

Leia mais

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET

TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET SOBRE O CURSO A internet possibilita novos hábitos de consumo e inovadoras formas de negócios. Essa evolução tende a modificar cada vez mais as estruturas da sociedade,

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

Ref.: PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DO TRANSPORTE ITL CNT

Ref.: PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DO TRANSPORTE ITL CNT ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE TERRESTRE DE PASSAGEIROS SAUS Quadra 1 Bloco J Edifício CNT 8º andar Entrada 10/20 Torre A / CEP 70070-944 Brasília DF T.: + 55 (61) 3322-2004 F.: + 55

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE

ATENDIMENTO AO CLIENTE ATENDIMENTO AO CLIENTE Tópicos a serem apresentados: O que é? Para que serve? Objetivos do Curso. Conteúdo Programático. Empresa As Pessoas O Produto O serviço Atendimento Competitividade Tipos de Clientes

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social Não há dúvidas de que as tecnologias sociais têm um impacto substancial no modo como as empresas funcionam atualmente.

Leia mais

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios

São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios São Paulo: múltiplas oportunidades que impulsionam seus negócios A importância da economia paulista transcende as fronteiras brasileiras. O Estado é uma das regiões mais desenvolvidas de toda a América

Leia mais

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Já passou a época em que o pedagogo ocupava-se somente da educação infantil. A pedagogia hoje dispõe de uma vasta

Leia mais

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce Você é do tipo que quer arrancar os cabelos toda vez que um concorrente diminui o preço? Então você precisa ler este guia rápido agora mesmo. Aqui

Leia mais

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo

LOGÍSTICA & BRASIL Artigo O artigo aborda relações entre logística, formação profissional e infra-estrutura do país. São debatidas questões sobre a evolução da logística no Brasil, a preparação educacional do profissional de logística

Leia mais

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo;

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo; Fleury Pissaia * Entre 2011 e 2015, investimento previsto no setor industrial é de R$ 600 bilhões. Desse montante, indústria do petróleo representa 62%. No mesmo período, R$ 750 bilhões serão alocados

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego

Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego Terça-feira, 10 de dezembro de 2013 Atualizado em 10/12/2013 08h00 Veja 10 fatores a serem avaliados ao receber proposta de emprego Profissional deve pesar salário, plano de carreira, horário, entre outros.

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Av. Princesa Diana, 760 34000-000 Nova Lima MG Campus Aloysio Faria Av. Princesa Diana, 760 Alphaville Lagoa dos Ingleses 34000-000 Nova Lima MG Brasil Campus BH Rua Bernardo Guimarães, 3.071 Santo Agostinho

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

O talento como diferencial de carreira... Uma fórmula de sucesso

O talento como diferencial de carreira... Uma fórmula de sucesso O talento como diferencial de carreira... Uma fórmula de sucesso Maiane Bertoldo Lewandowski Consultora de RH Hospital Mãe de Deus TRANSFORMAÇÕES NO MERCADO DE TRABALHO Mudança de modelo mental; Escassez

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul

Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul Fluxo de caixa: organize e mantenha as contas no azul O segredo do sucesso da sua empresa é conhecer e entender o que entra e o que sai do caixa durante um dia, um mês ou um ano. 1 Fluxo de caixa: organize

Leia mais

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO BEM VINDO AO GUIA DE 10 PASSOS DE COMO MELHORAR MUITO A SUA VIDA FINANCEIRA! APROVEITE! 1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO Quando se trata do nosso dinheiro, a emoção sempre tende a ser um problema.

Leia mais

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você.

Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Universidade Anhembi Morumbi On-line. Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. Tudo a um clique de você. Educação a Distância Anhembi Morumbi Agora você pode estudar em uma universidade internacional

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Apresentação CAMPUS IGUATEMI Inscrições em Breve Turma 02 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas,

Leia mais

Executive MBA. em Liderança e Gestão de RH

Executive MBA. em Liderança e Gestão de RH Executive MBA em Liderança e Gestão de RH B.I. INTERNATIONAL O B.I. International é uma escola de educação executiva que propõe um Modelo Único de Educação. Nossa premissa é desenvolver em cada aluno,

Leia mais

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NOTÍCIAS Contato Paula Balduino SD&PRESS Consultoria Tel. 11 3759-1333 MERITOR INVESTE EM AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Formare ganha reconhecimento internacional por conta de suas iniciativas voltadas

Leia mais

Construindo o Conteúdo da Liderança. José Renato S. Santiago Jr.

Construindo o Conteúdo da Liderança. José Renato S. Santiago Jr. Construindo o Conteúdo da Liderança José Renato S. Santiago Jr. Gestão Estratégica de RH Módulo 1: Alinhando Gestão de Pessoas com a Estratégia da Empresa Módulo 2: Compreendendo e Dinamizando a Cultura

Leia mais

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar AGENDA BAHIA Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar Além das reformas tributária e trabalhista, país precisa investir em infraestrutura eficaz, na redução do custo da energia

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS SOBRE O CURSO O administrador é um profissional com um mercado vasto, pois é um generalista por natureza e pode trabalhar nas mais diversas áreas. O profissional

Leia mais

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com Manual do Professor Manual do professor Este manual deve ser usado em conjunto com o vídeo do autor disponível no site da editora: www.campus.com.br Maiores

Leia mais

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS.

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS. SOBRE A ALPARGATAS Quem nunca usou um Bamba? Ou uma calça US Top, um tênis Rainha, uma sandália Havaianas, ou jogou com uma bola Topper? A Alpargatas e suas marcas estiveram e estarão sempre presentes

Leia mais

Desenvolvimento pessoal e corporativo. ocha. Palestrante e Facilitador

Desenvolvimento pessoal e corporativo. ocha. Palestrante e Facilitador Desenvolvimento pessoal e corporativo. A R lan ocha Palestrante e Facilitador Srs. (as), Atuamos no mercado realizando palestras e treinamentos especializados em desenvolvimento pessoal e profissional.

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves

CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves TI CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves Fuini Pergunta 3: o que a TI abrange e como ela é

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

Profissionais Portugueses no Brasil. Empresas Familiares

Profissionais Portugueses no Brasil. Empresas Familiares Profissionais Portugueses no Brasil Empresas Familiares Tópicos Abordados As Gerações e o Mercado de Trabalho Empresas Familiares no Brasil Cenário Brasileiro e Estatísticas de Emprego no Brasil Características

Leia mais

Pós-graduação MBA em Administração e Marketing

Pós-graduação MBA em Administração e Marketing 1 Ascensão Acadêmica Pós-Graduação alavanca sucesso na carreira profissional Pesquisa coordenada pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 2010, indica que as pessoas que não

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais Os desafios do Bradesco nas redes sociais Atual gerente de redes sociais do Bradesco, Marcelo Salgado, de 31 anos, começou sua carreira no banco como operador de telemarketing em 2000. Ele foi um dos responsáveis

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

análise da sequência de

análise da sequência de Laila Vanetti - Setembro de 2014 Laila Vanetti - Setembro de 2014 último encontro análise da sequência de vendas de Conrado adolpho 1º E-mail Conrado adolpho Assunto: O que fizemos aqui na Webliv... Oi,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA COMPETÊNCIA NO SUCESSO DO EMPREENDEDOR Emerson Corazza, Gerente da Incubadora Tecnológica da UNIDERP/MS

A IMPORTÂNCIA DA COMPETÊNCIA NO SUCESSO DO EMPREENDEDOR Emerson Corazza, Gerente da Incubadora Tecnológica da UNIDERP/MS ANPROTEC NA SEMANA GLOBAL DE EMPREENDEDORISMO (Chat 18/11) A IMPORTÂNCIA DA COMPETÊNCIA NO SUCESSO DO EMPREENDEDOR Emerson Corazza, Gerente da Incubadora Tecnológica da UNIDERP/MS (18/11/2008 10:11) Caetano/Anprotec-DF

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial

ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial ERP Enterprise Resourse Planning Sistemas de Gestão Empresarial Prof. Pedro Luiz de O. Costa Bisneto 14/09/2003 Sumário Introdução... 2 Enterprise Resourse Planning... 2 Business Inteligence... 3 Vantagens

Leia mais

Compreendendo a dimensão de seu negócio digital

Compreendendo a dimensão de seu negócio digital Compreendendo a dimensão de seu negócio digital Copyright 2015 por Paulo Gomes Publicado originalmente por TBI All New, São Luís MA, Brasil. Editora responsável: TBI All New Capa: TBIAllNew Todos os direitos

Leia mais

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 EDITORIAL FIQUE POR DENTRO FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA PELISSARI! Agora você pode acompanhar ainda mais de perto o nosso dia-a-dia. Confira as novidades: Formato

Leia mais

Objetivo. Legenda: O que pensam os universitários e recém formados sobre carreira.

Objetivo. Legenda: O que pensam os universitários e recém formados sobre carreira. Objetivo O que pensam os universitários e recém formados sobre carreira. Empresa dos Sonhos Motivos de Escolha Fontes de Informação Fidelização Escolha da graduação Emoções que caracterizam o momento de

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA A FAESA, com atuação na área de ensino há mais de 40 anos, fundou em 2004 a Faculdade de Tecnologia FAESA, CET-FAESA, que há 10 anos oferece graduações Tecnológicas de forma pioneira

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Aos 45 anos, Carlos Ferreirinha é fundador e presidente da

Aos 45 anos, Carlos Ferreirinha é fundador e presidente da Business Batemos um papo com o primeiro gestor de luxo do Brasil e ele abriu o jogo sobre o avanço do mercado em solo nacional, seus projetos e se ainda está em forma para exercer tudo isso. texto LUCAS

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. Palestrante DANY PADILLA. Especialista em Motivação, Comportamento e Imagem Pessoal

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. Palestrante DANY PADILLA. Especialista em Motivação, Comportamento e Imagem Pessoal APRESENTAÇÃO COMERCIAL Palestrante DANY PADILLA Especialista em Motivação, Comportamento e Imagem Pessoal Quem é Dany Padilla Palestrante motivacional de comportamento e imagem, tendo realizado palestras

Leia mais

ENTREGAS RÁPIDAS, EFICIENTES E COM QUALIDADE. O diferencial que sua empresa busca para os negócios

ENTREGAS RÁPIDAS, EFICIENTES E COM QUALIDADE. O diferencial que sua empresa busca para os negócios ENTREGAS RÁPIDAS, EFICIENTES E COM QUALIDADE O diferencial que sua empresa busca para os negócios Índice APRESENTAÇÃO 03 CAPÍTULO 1 MOTIVOS DE SOBRA PARA TERCERIZAR SUA FROTA! 05 CAPÍTULO 2 POR QUE A TRANSMIT?

Leia mais

ENCONTRO 1 Logística e Transporte

ENCONTRO 1 Logística e Transporte ENCONTRO 1 Logística e Transporte ENCONTRO 1 Logística e Transporte TÓPICO 1: Contextualizando o encontro Olá! Você está iniciando o primeiro encontro do curso Logística Internacional. Neste encontro,

Leia mais

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Prof. Edwin B. Mitacc Meza Prova 1 09 de Maio de 2013 Nome: 1ª QUESTÃO (1,0) Segundo os dados divulgados pela ood and Agriculture Organization (AO, 2011) sobre as exportações brasileiras, em

Leia mais

Desenvolvendo competências nos gestores públicos

Desenvolvendo competências nos gestores públicos Desenvolvendo competências nos gestores públicos Walter Sigollo Superintendente de Recursos Humanos e Qualidade 26/maio/2011 Contexto do País - Mercado Estudo Mercer Consulting Outsourcing - abril 2011

Leia mais