O Papel do Gerente/Administrador Financeiro das Empresas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Papel do Gerente/Administrador Financeiro das Empresas"

Transcrição

1 O Papel do Gerente/Administrador Financeiro das Empresas Autora: Begail da Silva Casagrande (UNIC) * Co-autor: Juliano Ciebre dos Santos (FSA) * Resumo: Administrar uma empresa não é uma tarefa fácil. Estamos vivenciando uma era onde a globalização, o avanço tecnológico e a concorrência entre as empresas esta em alta. A empresa que não buscar fontes de informação e um profissional que tenha qualificações para ajudar no processo de tomadas de decisões financeiras corre o risco de perder mercado. Administrar implica em analisar informações, tomar decisões, buscar novas oportunidades de negócios, etc. Partindo dessa premissa, busca-se demonstrar nessa produção cientifica, o papel e a importância do gerente/administrador financeiro dentro de uma empresa. Este profissional trabalha com os processos financeiros, analisando e interpretando informações contábeis, trabalhando com as ferramentas financeiras, com o objetivo de auxiliar no processo de tomadas de decisões financeiras, levando a prosperidade do fluxo financeiro e proporcionando lucro a empresa. Para escrever sobre o tema proposto nesse trabalho acadêmico, foi utilizada a metodologia de pesquisa bibliográfica em livros. Palavras-Chave: Gerente; Administração Financeira e Empresas. 1. INTRODUÇÃO O intuito desta produção científica é demonstrar que um gerente/administrador financeiro tem papel fundamental em uma empresa, pois administrar implica em analisar informações, tomar decisões, buscar novas oportunidades de negócios, etc. Nesse contexto, esta produção cientifica, busca demonstrar o papel do gerente/administrador financeiro, pois ele tem condições de tomar decisões acertadas. Combater o amadorismo é importante, ter um * Begail da Silva Casagrande, Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade de Cuiabá (UNIC, Universidade de Cuiabá-MT, 2010), Pós Graduada em Controladoria e Finanças pela Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte-MT (FCSGN, Guarantã do Norte/MT, 2013), Atualmente funcionária pública responsável pelas prestações de contas da Prefeitura Municipal de Terra Nova do Norte, Cep.: E- mail: * Juliano Ciebre dos Santos, Licenciado em Informática pela Fundação Santo André (FSA, Santo André-SP, 2004), Especialista em Informática aplicada à Educação e Mestre em Educação Desenvolvimento e Tecnologias pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS, São Leopoldo-RS, 2008). Atualmente docente do ensino superior na Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte-MT, Rua Jequitiba, nº 40, Jardim Aeroporto. Cep.:

2 gerente/administrador financeiro capacitado e atualizado, ajuda a melhorar a qualidade da gestão financeira, garantindo a sobrevivência e continuidade do negocio. 2. Ambiente financeiro Estamos presenciando uma era em que a globalização, os avanços tecnológicos e a concorrência entre empresas, ficam mais intensos a cada dia que passa. Diante deste quadro, a administração de uma empresa, já não pode mais ser feita de qualquer forma, pois já não existe mais espaço para improvisos. A partir dessa premissa, as empresas estão sendo forçadas a repensar uma melhor estratégia de controlar suas finanças. Administrar uma empresa e seu negocio não é uma tarefa fácil, o que exige do gerente/administrador financeiro, conhecimentos para a tomada de decisões essenciais na esfera empresarial. Vejamos a seguir o conceito de finanças e administração financeira: Finanças: Entende-se por finanças uma serie de princípios econômicos (sobretudo no que concerne ao estudo da microeconomia) e financeiros para maximizar um determinado resultado de valor num período de tempo. Esse resultado, com efeito, é a riqueza que pode ser medida através do lucro ou através do aumento do patrimônio de uma empresa. (FONSECA, 2009, p. 13). Vemos que finanças é a arte de administrar recursos financeiros e que a maior parte das decisões empresariais é feitas com base nos termos financeiros. Independente do tamanho da empresa e do seu ramo de negocio, todos os seus setores depende do setor financeiro para a realização do seu trabalho. Administração financeira:... melhor utilização dos princípios microeconômicos e a utilização das ferramentas financeiras para obter o melhor resultado de um negócio. (FONSECA, 2009, p. 13). Para iniciar as atividades de uma empresa, a mesma necessita de recursos, o qual muitas vezes é escasso. O papel do gerente/administrador é encontrar meios de fazer com esses recursos se multipliquem para serem usados com o intuito de atingir as metas empresariais. 2

3 3. Papel do gerente/administrador financeiro O papel do gerente financeiro da empresa é viabilizar oportunidades de negócios, considerando que, para atrair capital e viabilizar um empreendimento, é necessário prever o montante de capital a ser utilizado, tendo em vista sua forma de captação, mercado de divida, mercado acionário ou ambos, em consonância com os planos de investimentos da empresa. (MARIANO; MENESES, 2012, p. 03) Perante o complexo mundo financeiro de uma empresa, o gerente/administrador financeiro necessita de uma ampla visão da estrutura organizacional da empresa, tanto no ambiente interno como no externo. Pois através da analise de dados e informações é que ele detecta tanto novas oportunidades de negócios e rendas e também ameaças que possam a vir arruinar as finanças. O gerente/administrador financeiro tem um papel muito importante dentro de uma empresa. Por esta razão, o mesmo deve estar preparado, possuir conhecimento especifico sobre sua área de atuação. As principais áreas que um gerente/administrador financeiro precisa conhecer são: contabilidade, administração, economia e matemática financeira. 4. Atividades chaves do gerente/administrador financeiro De acordo com Gitman (2000, p. 41) as principais atividades do gerente financeiro são: (1) fazer analise e planejamento financeiros, (2) tomar decisões de investimento e (3) tomar decisões de financiamento. 1 analise e planejamento financeiro: refere-se a analise dos dados financeiros para acompanhar a posição financeira da empresa. Com essa analise é possível prever possíveis problemas financeiros e assim desenvolver planos que garantam recursos para cobrir as despesas. 2 tomar decisões de investimentos: refere-se à alocação dos recursos financeiros em ativos circulantes e ativos permanentes (realizáveis a curto e longo prazo), avaliando-se a relação de risco e retorno do capital investido. 3

4 3 tomar decisões de financiamento: são decisões tomadas com o objetivo de captação de recursos financeiro para financiamento de ativos. Envolve a decisão de qual composição vem a ser mais apropriada, se de curto ou em longo prazo. Essas atividades são realizadas com base no balanço e nos efeitos que terá sobre o fluxo de caixa da empresa. Uma boa analise sobre os elementos financeiros, fornece meios que favorecem corretas tomadas de decisões no momento mais propicio e vantajoso. 5. Atividades relacionadas à gestão financeira O departamento de finanças é o setor que interage com todos os demais setores da empresa, já que necessita de saber todas as informações, para assim contribuir com a tomada de decisões. O gerente financeiro, por outro lado, enfatiza principalmente os fluxos de caixa, a entrada e saída de dinheiro. Ele mantém a solvência da empresa através do planejamento dos fluxos de caixa necessários para satisfazer suas obrigações e adquirir ativos necessários para alcançar as metas da empresa. (GITMAN, 2000, p.40). O gerente/administrador financeiro se utiliza principalmente do fluxo de caixa, já que este controle permite conhecer as receitas e as despesas, com o objetivo de planejar e realizar aplicações de capital para melhorias na empresa em seus diversos setores. Vejamos a seguir a definição de fluxo de caixa: O fluxo de caixa operacional é aquele que apresenta as atividades rotineiras da empresa, como recebimentos e pagamentos do dia. Em regra, são variações do ativo e passivo circulante. O caixa somente será alterado pela entrada e saída de dinheiro no disponível. (MARIANO, MENESES, 2012, p.4). Pela descrição dos autores, percebemos que o fluxo de caixa é um controle da movimentação financeira da empresa, facilitando a gestão financeira. Seu correto controle auxilia o gerente/administrador financeiro a planejar ações para alcançar as metas da empresa. 6. CONSIDERAÇÕES FINAIS 4

5 Após a explanação do assunto abordado nesta produção cientifica, conclui-se que o gerente/administrador financeiro é um profissional que possui as funções de planejar e controlar as finanças, procurando meios de melhorar os investimentos para captação de recursos para atingir as metas da empresa. Administrar não é uma tarefa fácil, requer preparo, conhecimento sobre a área de atuação. Muitas vezes tem-se que tomar uma decisão, que na hora não se sabe se é melhor a ser tomada. Manter-se atualizado é um meio de não se perder no caminho. O principal objetivo do gerente/administrador financeiro, ao analisar e interpretar as informações contábeis é gerar dados confiáveis para o processo de tomada de decisões. Nesse processo são avaliados os pontos fortes e fracos, buscando formas de melhorar onde está errando para garantir a sobrevivência da empresa. Toda empresa, através de seu gerente/administrador financeiro, se fizer uma boa interpretação dos dados contábeis e acompanhando o mercado financeiro e suas variações econômicas, pode gerar caixa e lucro a empresa, o que garante a continuidade e prosperidade do negócio. REFERÊNCIAS MARIANO, FRABRICIO; MENESES, ANDERSON, Administração Financeira e Finanças Empresariais. Elsevier Editora Ltda. Rio de Janeiro/RJ, 1ª edição, Disponível em: < acessado em 01 de Dez. de 2013 às 10h14min. GITMAN, Lawrence J. Princípios de Administração Financeira Essencial. Artmed Editora S.A. Porto Alegre/RS, 2ª edição, Disponível em: < acessado em 01 de Dez. de 2013 às 10h25min. FONSECA, José Wladimir Freitas da, Administração Financeira e Orçamentária. IESD Brasil S.A, Curitiba/PR, 1ª edição, Disponível em: < acessado em 07 de Dez. de 2013 às 13h15min. 5

6 6

CONTABILIDADE MÓDULO 8

CONTABILIDADE MÓDULO 8 CONTABILIDADE MÓDULO 8 Índice 1. Demonstração de Resultado do Exercício (DRE) Uma Pequena Introdução...3 2. Regime de caixa, regime de competência...4 3. Ajustes...5 2 1. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO

Leia mais

Unidade II ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Prof. Me. Evandro Rafael

Unidade II ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Prof. Me. Evandro Rafael Unidade II ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Prof. Me. Evandro Rafael Decisões de financiamento a curto prazo Serão examinadas, as condições para uma apropriada administração das contas que configuram o ativo circulante

Leia mais

Título do Case: Categoria: Temática: Resumo: Introdução:

Título do Case: Categoria: Temática: Resumo: Introdução: Título do Case: Diagnóstico Empresarial - Vendendo e Satisfazendo Mais Categoria: Prática Interna. Temática: Mercado Resumo: Na busca por uma ferramenta capaz de auxiliar na venda de mais consultorias

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DIVISÕES B R I C K L E Y, S M I T H E Z I M M E R M A N

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DIVISÕES B R I C K L E Y, S M I T H E Z I M M E R M A N AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DIVISÕES B R I C K L E Y, S M I T H E Z I M M E R M A N Avaliação de desempenho de divisões ORGANIZAÇÕES podem ser divididas em sub unidades, que possuem alguns direitos de decisão

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro A maioria das pessoas que começa um negócio, não se preocupa muito em fazer um planejamento financeiro. Não dão tanta importância para o navegador da empresa. É o planejamento financeiro

Leia mais

Controladoria para Gestão Empresarial

Controladoria para Gestão Empresarial Controladoria para Gestão Empresarial Aderson de Castro Soares Neto Mestre em Administração de Empresas com foco em empreendedorismo pela FACCAMP (SP). Especialista em Marketing pela PUC-Rio de Janeiro;

Leia mais

Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos.

Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos. NOSSO OBJETIVO Auxiliar empresários dos mais variados segmentos a encontrar soluções para gerir seus negócios nas áreas administrativa, financeira e de custos. CONSULTORIA EMPRESARIAL Assessoria Quando

Leia mais

1- Conjuntura Econômica do Mercado Imobiliário e as Perspectivas da Administração para os Próximos Semestres.

1- Conjuntura Econômica do Mercado Imobiliário e as Perspectivas da Administração para os Próximos Semestres. GOLDEN TULIP BELO HORIZONTE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR EM 30 DE JUNHO DE 2013 Prezado investidor, É com satisfação que apresentamos o relatório do administrador do GOLDEN

Leia mais

Fluxo de Caixa: de onde vem, onde vive e do que se alimenta?

Fluxo de Caixa: de onde vem, onde vive e do que se alimenta? Fluxo de Caixa: de onde vem, onde vive e do que se alimenta? FLUXO DE CAIXA: DE ONDE VEM, ONDE VIVE E DO QUE SE ALIMENTA? No mundo empreendedor é muito comum o questionamento: por que eu trabalho tanto

Leia mais

Adoção das normas internacionais de contabilidade Diretoria de Finanças, Relações com Investidores e Controle Financeiro de Participações - DFN Superintendência de Controladoria CR 1 Convergência A convergência

Leia mais

Conceitos Introdutórios. A Inflação nas Finanças. Demonstrações Contábeis

Conceitos Introdutórios. A Inflação nas Finanças. Demonstrações Contábeis Conceitos Introdutórios Mercado Financeiro Brasileiro A Inflação nas Finanças Demonstrações Contábeis Conceitos Introdutórios Retornar Conceitos Introdutórios ADMINISTRAÇÃO A administração é o processo

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA QUINTA EDIÇÃO DA REVISTA CIENTÍFICA CET-FAESA

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA QUINTA EDIÇÃO DA REVISTA CIENTÍFICA CET-FAESA NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS NA QUINTA EDIÇÃO DA REVISTA CIENTÍFICA CET-FAESA 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A Revista Científica CET-FAESA é um periódico qualificado pela Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

Aluno do Curso de Gerenciamentos de Projetos - FIJ/Rio de Janeiro. Na atualidade competitiva profissional em Gestão de Projetos, exige-se

Aluno do Curso de Gerenciamentos de Projetos - FIJ/Rio de Janeiro. Na atualidade competitiva profissional em Gestão de Projetos, exige-se PLANEJAMENTO DE PROJETOS Mauro Lúcio Batista Cazarotti Aluno do Curso de Gerenciamentos de Projetos - FIJ/Rio de Janeiro Na atualidade competitiva profissional em Gestão de Projetos, exige-se dos profissionais

Leia mais

A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000

A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000 1. A Norma NBR ISO 9001:2000 A Implantação do Sistema do Sistema da Qualidade e os requisitos da Norma ISO NBR 9001:2000 A ISO International Organization for Standardization, entidade internacional responsável

Leia mais

O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO

O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO Fernanda Zorzi 1 Catherine Chiappin Dutra Odir Berlatto 2 INTRODUÇÃO Esta pesquisa apresenta como tema principal a gestão financeira através

Leia mais

O Desafio do gestor em desenvolver uma equipe

O Desafio do gestor em desenvolver uma equipe O Desafio do gestor em desenvolver uma equipe Guilherme Mendonça MENDONÇA 1 Jair Junior Pinheiro NATEL 2 Priscila silva DORNELAS Andrea Marcia Pennacchi MARCONDES 3 RESUMO: Este artigo analisa algumas

Leia mais

Administração Financeira II 2016/2

Administração Financeira II 2016/2 Administração Financeira II 2016/2 Professor Me. Gleison de Abreu Pontes Bacharel em Administração de Empresas (Faculdade Politécnica de Uberlândia, 2007) Especialista em Finanças (Universidade Federal

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Problema

1 Introdução. 1.1 Problema 1 Introdução 1.1 Problema O setor de Hotelaria no Brasil vem experimentando ao longo dos últimos anos momentos bastante peculiares. O Rio de Janeiro ocupa uma posição de prestígio no cenário turístico

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

GESTÃO FINANCEIRA PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS GESTÃO FINANCEIRA PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Informações: ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Segunda a sexta-feira 9h às 19h Fone: 51-3218.1426 incompany-rs@espm.br

Leia mais

CONTROLADORIA. Prof. João Carlos de Almeida

CONTROLADORIA. Prof. João Carlos de Almeida CONTROLADORIA Prof. João Carlos de Almeida jalmeida@ecmcobtabil.com.br 1 João Carlos de Almeida Consultor Financeiro Especialista em Custos, Contabilidade e Planejamento com 30 anos de experiência no mercado

Leia mais

EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL

EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL EXAME DE SUFICIÊNCIA - 01/2000 I - CONTABILIDADE GERAL 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação: a) compra de galpão para a fábrica. b) venda de mercadoria a prazo. c) pagamento de salários

Leia mais

FLUXO DE CAIXA. Roger Schmeier 1 Odir Luiz Fank 2. Palavras chave: Fluxo de Caixa, DFC, Caixa, Transações 1 INTRODUÇÃO

FLUXO DE CAIXA. Roger Schmeier 1 Odir Luiz Fank 2. Palavras chave: Fluxo de Caixa, DFC, Caixa, Transações 1 INTRODUÇÃO 1 FLUXO DE CAIXA Roger Schmeier 1 Odir Luiz Fank 2 Palavras chave: Fluxo de Caixa, DFC, Caixa, Transações 1 INTRODUÇÃO O estudo aqui apresentado visa pesquisar e apresentar informações e o funcionamento

Leia mais

Disciplina: Administração Financeira Ciências Contábeis

Disciplina: Administração Financeira Ciências Contábeis Disciplina: Administração Financeira Ciências Contábeis O termo finanças pode ser definido como a arte de administrar o dinheiro. O campo das finanças ocupa-se do processo, instituições, mercados e instrumentos

Leia mais

Como o Departamento Jurídico pode Auxiliar a Empresa em Tempos de Crise

Como o Departamento Jurídico pode Auxiliar a Empresa em Tempos de Crise Como o Departamento Jurídico pode Auxiliar a Empresa em Tempos de Crise 1 Artes Médicas Artmed Grupo A Expandiu seus negócios para o ramo da educação Adaptou-se às mudanças do mercado Transformou-se e

Leia mais

NavegadorContábil. Sim. Não. Sim. Não. Número 13-20 de agosto de 2010. Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor

NavegadorContábil. Sim. Não. Sim. Não. Número 13-20 de agosto de 2010. Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor NavegadorContábil Número 13-20 de agosto de 2010 Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor Introdução Muitas empresas no Brasil, na administração de seu capital de giro, fazem uso de

Leia mais

ANÁLISE DA ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO COMO INSTRUMENTO DE APOIO A GESTÃO: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA COMERCIAL

ANÁLISE DA ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO COMO INSTRUMENTO DE APOIO A GESTÃO: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA COMERCIAL ANÁLISE DA ADMINISTRAÇÃO DE CAPITAL DE GIRO COMO INSTRUMENTO DE APOIO A GESTÃO: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA COMERCIAL INTRODUÇÃO Taíse Machado Alves 1 Luiz Carlos Schneider 2 Percebe-se que muitos administradores

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

BOTE FÉ NO FUTURO. Colabore com o FECRIANÇA. Sua doação deduzida do imposto de renda.

BOTE FÉ NO FUTURO. Colabore com o FECRIANÇA. Sua doação deduzida do imposto de renda. BOTE FÉ NO FUTURO Colabore com o FECRIANÇA. Sua doação deduzida do imposto de renda. O Fecriança convida você a colaborar para a construção de um futuro de paz e justiça social. Destine parte do seu de

Leia mais

SEMINÁRIO Planejamento Estratégico Elaborado por: Jesus Borges (Pró-Reitor de Desenvolvimento Institucional) Fabrício Sobrosa Affeldt (Coordenador de

SEMINÁRIO Planejamento Estratégico Elaborado por: Jesus Borges (Pró-Reitor de Desenvolvimento Institucional) Fabrício Sobrosa Affeldt (Coordenador de SEMINÁRIO Planejamento Estratégico Elaborado por: Jesus Borges (Pró-Reitor de Desenvolvimento Institucional) Fabrício Sobrosa Affeldt (Coordenador de Ensino - Campus Feliz) Cláudia Lorenzon (RH-Reitoria)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DE TI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DE TI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DE TI Plano de Trabalho Elaboração do Plano Estratégico de Tecnologia

Leia mais

Gestão Financeira. Gestão Financeira. 1. Abertura da Empresa. Empresa em Operação. Staff de Finanças

Gestão Financeira. Gestão Financeira.  1. Abertura da Empresa. Empresa em Operação. Staff de Finanças segunda-feira, 18 de agosto de 2014 Professor Bruno Eduardo Site: http://www.brunoeduardo.com e-mail: Abertura da Empresa Aquisição de máquinas/equipamentos Custos Receitas Empresa em Operação Capital

Leia mais

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE GUIA DO 1 FAMILIAR GUIA DO 2 Existem várias maneiras de usar o dinheiro de forma consciente. Uma delas é definir suas necessidades e planejar todos os seus gastos levando em conta a renda disponível. Para

Leia mais

Mecken Golden Corporation 1439 S Ocean Blvd, FL 33062 Phone: 954 5547138

Mecken Golden Corporation 1439 S Ocean Blvd, FL 33062 Phone: 954 5547138 Consultoria Empresarial, Financeira e Jurídica. Equipe de profissionais altamente qualificada e comprometida com o cliente. Porque abrir uma empresa nos Estados Unidos Porque escolher a Flórida Vistos

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS CONTABILIDADE APLICADA AO DIREITO 1º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem qualificados

Leia mais

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula MBA em Gerenciamento de Projetos Teoria Geral do Planejamento Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula SOBRAL - CE 2014 O que é Planejamento É um processo contínuo e dinâmico que consiste em um

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 1.2 Conceitos e perspectivas em SI Seção 1.3 Classificação dos SI 1 EMPRESA E TECNOLOGIA 2 Contexto Já perceberam que as empresas no mundo moderno estão relacionadas

Leia mais

ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA E FINANCEIRA DA IMPLEMENTAÇÃO DE NOVOS SILOS EM UMA COOPERATIVA. 1. Fernando Junior Knop 2, Stela Maris Enderli 3.

ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA E FINANCEIRA DA IMPLEMENTAÇÃO DE NOVOS SILOS EM UMA COOPERATIVA. 1. Fernando Junior Knop 2, Stela Maris Enderli 3. ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA E FINANCEIRA DA IMPLEMENTAÇÃO DE NOVOS SILOS EM UMA COOPERATIVA. 1 Fernando Junior Knop 2, Stela Maris Enderli 3. 1 Trabalho de Conclusão de Curso apresentado no Curso

Leia mais

ANÁLISE DE INDICADORES FINANCEIROS

ANÁLISE DE INDICADORES FINANCEIROS ANÁLISE DE INDICADORES FINANCEIROS Vantagens da análise de rácios Permitem diagnosticar a performance das empresas em termos de rentabilidade, solvabilidade, liquidez e equilíbrio financeiro. Possibilitam

Leia mais

GESTÃO DO AGRONEGÓCIO

GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Ingresso agosto de 2016 Informações: (51) 3218-1355 ernani.neto@espm.br O Curso tem por objetivo capacitar os participantes na utilização de práticas contemporâneas

Leia mais

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS Slide 1 BALANCED SCORECARD PRODUTIVIDADE CRESCIMENTO MAIS RESULTADOS Ms. RICARDO RESENDE DIAS BALANCED SCORECARD Slide 2 BSC CONCEITO FINALIDADE APLICAÇÃO PRÁTICA ESTRATÉGIA - BSC Slide 3 Ativos Tangíveis

Leia mais

Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação

Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação Bruno da Costa Feitosa bcfeitosa@gmail.com Resumo Este documento apresenta o planejamento estratégico de uma pequena empresa do ramo

Leia mais

Gestão de Custo. Controle e Otimização. Aula 5. Organização da Aula. Contextualização. Prof. Me. Ernani João Silva

Gestão de Custo. Controle e Otimização. Aula 5. Organização da Aula. Contextualização. Prof. Me. Ernani João Silva Gestão de Custo Aula 5 Controle e Otimização Prof. Me. Ernani João Silva Organização da Aula Conceito básico: empresa e controle Custos controláveis: planejamento e controle Técnicas de análise: padrão

Leia mais

Palavras-chave: Organização sem fins lucrativos. Administrador de organização sem fins lucrativos. Terceiro setor.

Palavras-chave: Organização sem fins lucrativos. Administrador de organização sem fins lucrativos. Terceiro setor. O ADMINISTRADOR DE ORGANIZAÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS Marcileia Costa dos Santos* RESUMO O Terceiro Setor compreende Organizações Sem Fins Lucrativos que buscam promover o bem estar social e mudanças na

Leia mais

Alterações na classificação da despesa para aquisição de materiais, software e serviços em BELÉM/PA

Alterações na classificação da despesa para aquisição de materiais, software e serviços em BELÉM/PA Alterações na classificação da despesa para aquisição de materiais, software e serviços em BELÉM/PA Com exemplos práticos e entendimentos da STN Secretaria do Tesouro Nacional 8 Horas/Aula Realização:

Leia mais

Normas Internacionais de Avaliação. IVS Negócios e Participações em Negócios

Normas Internacionais de Avaliação. IVS Negócios e Participações em Negócios Normas Internacionais de Avaliação IVS 200 - Negócios e Participações em Negócios Agenda Norma e Abrangência Implementação, Relatório e Data de Entrada em Vigor Definições Negócios Direito de Propriedade

Leia mais

Quem cuida da minha empresa? EU!

Quem cuida da minha empresa? EU! Quem cuida da minha empresa? EU! SUMÁRIO Introdução...2 Capítulo 1 Cuidados nas Estratégias Empresariais..3 Capítulo 2 Cuidados nos Processos Empresariais...4 Capítulo 3 Cuidados nas Finanças Empresariais...5

Leia mais

Administração de Empresas Análise das Demonstrações Contábeis PRIAD Prof. Alexandre Merofa Prof. Maxwell Lucena

Administração de Empresas Análise das Demonstrações Contábeis PRIAD Prof. Alexandre Merofa Prof. Maxwell Lucena Administração de Empresas Análise das Demonstrações Contábeis PRIAD Prof. Alexandre Merofa Prof. Maxwell Lucena 22/09/2016 PRIAD 1 Plano de Ensino Conceito A Função Financeira nas Empresas Utilização das

Leia mais

AULA 2 CONTABILIDADE GERENCIAL PROF. PROCÓPIO ETEC HORÁCIO AUGUSTO Não fique sem o conteúdo, acesse:

AULA 2 CONTABILIDADE GERENCIAL PROF. PROCÓPIO ETEC HORÁCIO AUGUSTO Não fique sem o conteúdo, acesse: INTRODUÇÃO AULA 2 CONTABILIDADE GERENCIAL PROF. PROCÓPIO A contabilidade gerencial utilizar-se de temas de outras disciplinas, ela se caracteriza pôr ser uma área contábil autônoma, pelo tratamento dado

Leia mais

FUNEPU Demonstrações Contábeis 2009. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes

FUNEPU Demonstrações Contábeis 2009. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes 1 FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DE UBERABA - FUNEPU CNPJ 20.054.326/0001-09 BALANÇO PATRIMONIAL PARA

Leia mais

Perfil Caliper de Vendas. The Inner Seller Report

Perfil Caliper de Vendas. The Inner Seller Report Perfil Caliper de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Perfil Caliper de Vendas The Inner Seller Report Página 1

Leia mais

Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa.

Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa. Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa. Aprender a Empreender Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes sobre

Leia mais

CURSO ONLINE: O PROCESSO DECISÓRIO ORGANIZACIONAL

CURSO ONLINE: O PROCESSO DECISÓRIO ORGANIZACIONAL CURSO ONLINE: O PROCESSO DECISÓRIO ORGANIZACIONAL 1 O QUE SIGNIFICA ADMINISTRAR DECISÕES Administrar uma decisão é fazer uma escolha racional, dentre alternativas disponíveis e que se faz presente em todos

Leia mais

Formas Básicas de organização Empresarial. - Firma individual. - Sociedades

Formas Básicas de organização Empresarial. - Firma individual. - Sociedades Demonstrações Financeiras Formas de rganização Professor: Roberto César Formas Básicas de organização Empresarial - Firma individual - Sociedades Firma individual É uma empresa de propriedade de uma única

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação TCC em Re-vista 2011 121 PAULA, Diego Flávio de; VOLPATO, Tobias. 23 Gerenciamento eletrônico de documentos. 2011. 111 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Sistemas de

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: / Projeto T2Ti ERP Documento de Visão Fluxo de Caixa Versão 1.

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: / Projeto T2Ti ERP Documento de Visão Fluxo de Caixa Versão 1. Documento de Visão Fluxo de Caixa Versão 1.0 25/05/2011 Introdução Este documento abordará as questões pertinentes ao desenvolvimento do módulo Fluxo de Caixa para o T2Ti ERP. Breve descrição do produto

Leia mais

Os índices de Liquidez como orientadores na tomada de decisões.

Os índices de Liquidez como orientadores na tomada de decisões. 1. Resumo Os demonstrativos financeiros elaborados pelas empresas, representam as movimentações financeiras de cada uma em determinado período e fornecem informações de grande utilidade para a administração,

Leia mais

Como utilizar a margem de contribuição para tomar decisão quando existe limitação na capacidade produtiva

Como utilizar a margem de contribuição para tomar decisão quando existe limitação na capacidade produtiva Como utilizar a margem de contribuição para tomar decisão quando existe! Revendo o conceito de margem de contribuição! Existência de limitação na capacidade de produção! Margem de contribuição e fator

Leia mais

Carga Horária : 50 horas

Carga Horária : 50 horas Carga Horária : 50 horas Sumário 1- O Que Significa Administrar Decisões 2- A Importância da Informação no Processo Decisório 3- Métodos de Decisões 4- Classificações das Decisões 5- Metodologia da Decisão

Leia mais

Contabilidade para não Contadores. (Atualizado com as normas internacionais de contabilidade)

Contabilidade para não Contadores. (Atualizado com as normas internacionais de contabilidade) Contabilidade para não Contadores (Atualizado com as normas internacionais de contabilidade) Orientadoras Andréa Giungi Contadora; MBA em Controladoria Estratégica pela Fecap Fundação Escola de Comércio

Leia mais

Introdução à Administração Financeira

Introdução à Administração Financeira Introdução à Administração Financeira Conceitos Introdutórios e Revisão de alguns elementos e conceitos essenciais à Administração Financeira Introdução à Administração Financeira Administração: é a ciência

Leia mais

1) O que é Gestão de Estoques?

1) O que é Gestão de Estoques? 1 1) O que é Gestão de Estoques? A Gestão de Estoques refere-se ao gerenciamento de recursos de materiais que podem auxiliar a organização na produção de receita no futuro. Shirley A Gestão de Estoques

Leia mais

A REESTRUTURAÇÃO DE EMPRESAS VIA CAPITAL DE RISCO

A REESTRUTURAÇÃO DE EMPRESAS VIA CAPITAL DE RISCO A REESTRUTURAÇÃO DE EMPRESAS VIA CAPITAL DE RISCO I- INTRODUÇÃO Como uma onda que escava a falésia sem descanso, a globalização fustiga a sociedade e as empresas portuguesas, obrigando-as a ter de inovar

Leia mais

Exercícios 2ª Avaliação

Exercícios 2ª Avaliação Exercícios 2ª Avaliação Resposta dos exercícios realizados em sala 1 O gerenciamento moderno da qualidade e o gerenciamento moderno de projetos estão alinhados em relação a: A. Satisfação do cliente B.

Leia mais

Princípios da Administração Financeira Aula 1. Prof. Marcelo Cerqueira

Princípios da Administração Financeira Aula 1. Prof. Marcelo Cerqueira Princípios da Administração Financeira Aula 1 Prof. Marcelo Cerqueira Cronograma Administração Financeira e outras ciências; Papel do Administrador/Gestor Financeiro. Formas de organizações Risco e Retorno

Leia mais

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO. Recomendação 193. Genebra, 20 de junho de 2002. Tradução do Texto Oficial

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO. Recomendação 193. Genebra, 20 de junho de 2002. Tradução do Texto Oficial CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DO TRABALHO Recomendação 193 Recomendação sobre a Promoção de Cooperativas adotada pela Conferência em sua 90 ª Reunião Genebra, 20 de junho de 2002 Tradução do Texto Oficial

Leia mais

O que é Fluxo de Caixa Projetado. O que é o Fluxo de Caixa Projetado

O que é Fluxo de Caixa Projetado. O que é o Fluxo de Caixa Projetado Toda empresa possui o seu fluxo de caixa. Pode ser feito à moda antiga, no papel, em uma simples planilha do Excel, com entradas e saídas, ou então com planilhas mais elaboradoras. A verdade é que o gestor

Leia mais

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER

BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER BRASÍLIA (61) 3327-1142 ELO@ELOCONSULTORIA.COM SCN, QD. 2, BL. A, 1º ANDAR ED. CORPORATE FINANCIAL CENTER SÃO PAULO (11) 5081-7950 SAOPAULO@ELOCONSULTORIA.COM RUA CUBATÃO, 929 CONJ. 116 VILA MARIANA HOME

Leia mais

passos para o planejamento financeiro de uma empresa

passos para o planejamento financeiro de uma empresa 5 passos para o planejamento financeiro de uma empresa 5 passos para o planejamento financeiro de UMA empresa Organizar diretrizes e projeções, minimizar riscos, analisar os resultados e reconhecer oportunidades

Leia mais

Desenvolvimento de Negócios & Finanças Corporativas

Desenvolvimento de Negócios & Finanças Corporativas Desenvolvimento de Negócios & Finanças Corporativas 2 www.nbs.com.br Soluções eficazes em Gestão de Negócios. Nossa Visão Ser referência em consultoria de desenvolvimento e implementação de estratégias,

Leia mais

pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial

pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial 4ª turma Contexto atual, Competências e Mercado As organizações atuando em um mercado globalizado, cada vez mais dinâmico e competitivo exigem: Profissionais

Leia mais

GUIA DE BOAS PRÁTICAS GERENCIAIS PARA IMPULSIONAR O SEU NEGÓCIO

GUIA DE BOAS PRÁTICAS GERENCIAIS PARA IMPULSIONAR O SEU NEGÓCIO GUIA DE BOAS PRÁTICAS GERENCIAIS PARA IMPULSIONAR O SEU NEGÓCIO CONTEÚDO 3 INTRODUÇÃO 5 ADQUIRIR CONHECIMENTO ESPECIALIZADO É O CAMINHO! 6 ATENÇÃO 7 TENHA À ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA SEMPRE À DISPOSIÇÃO

Leia mais

Aula 2 Estágios de Uso Estratégico dos Sistemas de Informaçã

Aula 2 Estágios de Uso Estratégico dos Sistemas de Informaçã Aula 2 Estágios de Uso Estratégico dos Sistemas de Informaçã ção Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Agenda Histórico da

Leia mais

Resumo Aula-tema 05: Gestão Contábil

Resumo Aula-tema 05: Gestão Contábil Resumo Aula-tema 05: Gestão Contábil Um dos grandes fatores limitantes ao crescimento e desenvolvimento das micro e pequenas empresas é a falta de conhecimento e do uso de informações gerenciais no negócio.

Leia mais

Os benefícios da advocacia preventiva nas rotinas trabalhistas

Os benefícios da advocacia preventiva nas rotinas trabalhistas Os benefícios da advocacia preventiva nas rotinas trabalhistas Introdução O dinamismo do mundo corporativo, a complexidade de fatores administrativos, as contratação e demissões de funcionários, a relação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS CNPJ: 46.068.425/0001-33

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS CNPJ: 46.068.425/0001-33 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DE 31/12/2014 As Notas Explicativas apresentadas foram elaboradas com o objetivo de apresentar informações relevantes, evidenciando de forma analítica a situação

Leia mais

Introdução à Microeconomia

Introdução à Microeconomia Fundamentos da microeconomia Introdução à Microeconomia Capítulo II Microeconomia: é o ramo da economia que trata do comportamento das unidades econômicas individuais (consumidores, empresas, trabalhadores

Leia mais

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre educação financeira.

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre educação financeira. BANRIDICAS FINANCEIRAS A sua cartilha sobre educação financeira. PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO Traçar planos e colocar tudo na ponta do lápis não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O planejamento

Leia mais

COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc.

COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS É proibido a reprodução

Leia mais

Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC) Contabilidade Intermediária II Fucamp/2017

Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC) Contabilidade Intermediária II Fucamp/2017 Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC) Contabilidade Intermediária II Fucamp/2017 Correção Exercícios de Fixação 2- Utilizando os dados apresentados pela Cia ABC no exemplo, na data de 20X0, considere que

Leia mais

Wconsulting Garantia de excelência nos projetos desenvolvidos!

Wconsulting Garantia de excelência nos projetos desenvolvidos! A utilização do método de análise e solução de problemas O MASP é uma excelente ferramenta utilizada para análise e solução de problemas. Permite identificar de forma assertiva as causas de um determinado

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL AMBIENTAL - EXERCÍCIO COMENTADO Prof Alan

BALANÇO PATRIMONIAL AMBIENTAL - EXERCÍCIO COMENTADO Prof Alan FACULDADE EVANGÉLICA CIÊNCIAS CONTÁBEIS DISCIPLINA: CONTABILIDADE AMBIENTAL E SOCIAL TURMA: 3º, 4º e 5º PERÍODOS BALANÇO PATRIMONIAL AMBIENTAL - EXERCÍCIO COMENTADO Prof Alan Considere os fatos contábeis

Leia mais

Unidade IV CONTABILIDADE. Prof. Jean Cavaleiro

Unidade IV CONTABILIDADE. Prof. Jean Cavaleiro Unidade IV CONTABILIDADE Prof. Jean Cavaleiro Objetivo Essa unidade tem como objetivo interpretar as informações contábeis. Análise e tomada de decisão a partir de dados contábeis. Conhecer os índices

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Professor: Luis Guilherme Magalhães professor@luisguilherme.adm.br www.luisguilherme.adm.br (62) 9607-2031 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES A análise é feita a partir, principalmente, do Balanço Patrimonial e

Leia mais

Resolução da Prova de Contabilidade Geral Professor Luciano Moura

Resolução da Prova de Contabilidade Geral Professor Luciano Moura Resolução da Prova de Contabilidade Geral Professor Luciano Moura 1 de 6 Olá queridos alunos, Hoje faremos alguns comentários acerca da prova para o cargo de Auditor Interno da Prefeitura de Salvador,

Leia mais

Admnistração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012

Admnistração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012 Admnistração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETE MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA Área Profissional: GESTÃO E NEGÓCIOS

Leia mais

Etapa 2: Tenha disciplina e cheque as contas com cuidado

Etapa 2: Tenha disciplina e cheque as contas com cuidado Este conteúdo faz parte da série: Orçamento Ver 3 posts dessa série Quando temos uma empresa sob nossa responsabilidade, nos sentimos entusiasmados em poder elaborar projetos, desenvolver produtos, gerir

Leia mais

Gestão de Projetos. Introdução. Prof. Dr. Braz Bello Junior Aula 1

Gestão de Projetos. Introdução. Prof. Dr. Braz Bello Junior Aula 1 Gestão de Projetos Introdução Prof. Dr. Braz Bello Junior Aula 1 Gestão Estratégica de Informação 2 Conceitos básicos Projeto é um esforço temporário, com início e término definidos, empreendido para criar

Leia mais

GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA

GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 AFINAL, O QUE É UMA CONTROLADORIA ESTRATÉGICA? 6 COMO ELA FUNCIONA NA PRÁTICA? 10 O QUE FAZ UM CONTROLLER? 14 COMO FAZER UMA CONTROLARIA DA MELHOR

Leia mais

2 - DEZESSEIS PASSOS PARA A CONSTRUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO

2 - DEZESSEIS PASSOS PARA A CONSTRUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO 9 2 - DEZESSEIS PASSOS PARA A CONSTRUÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO Luiz Gonzaga de Oliveira Pinto 1 - Para construir o é preciso que direção, professores, funcionários, alunos e pais saibam o que ele significa.

Leia mais

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO. Semestre Letivo / Turno: 3º Semestre Professor: Período:

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO. Semestre Letivo / Turno: 3º Semestre Professor: Período: FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: (curso/habilitação) Bacharelado em Ciências Contábeis Disciplina: Contabilidade Intermediária Carga Horária: (horas/semestre) 50 aulas Semestre Letivo / Turno: 3º

Leia mais

TÍTULO: ANÁLISE DA EFICIÊNCIA FINANCEIRA POR MEIO DE ÍNDICES E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

TÍTULO: ANÁLISE DA EFICIÊNCIA FINANCEIRA POR MEIO DE ÍNDICES E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS TÍTULO: ANÁLISE DA EFICIÊNCIA FINANCEIRA POR MEIO DE ÍNDICES E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE BARRETOS AUTOR(ES):

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE APOIO PORTUÁRIO

GESTÃO DA QUALIDADE: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE APOIO PORTUÁRIO ISSN 1984-9354 GESTÃO DA QUALIDADE: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE APOIO PORTUÁRIO Luciana Costa da Silva Alves (LATEC/UFF) Resumo As organizações modernas precisam estar preparadas para lidar com

Leia mais

Fundamentos da Gestão do Capital de Giro. Camila & Carlos Augusto

Fundamentos da Gestão do Capital de Giro. Camila & Carlos Augusto Fundamentos da Gestão do Capital de Giro Camila & Carlos Augusto Janeiro/2013 O QUE É CAPITAL DE GIRO AUMENTO DAS VENDAS AUMENTO DO FATURAMENTO ENDIVIDAMENTO E SEM DINHEIRO! CAPITAL DE GIRO CURTO PRAZO

Leia mais

Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) De acordo com o PMBok 5ª ed., o escopo é a soma dos produtos, serviços e resultados a serem fornecidos na forma de projeto. Sendo ele referindo-se a: Escopo

Leia mais

Saiba como criar uma Campanha de Vendas para seu RESTAURANTE. ticketuai

Saiba como criar uma Campanha de Vendas para seu RESTAURANTE. ticketuai Dicas para a leitura deste ebook Olá! Este ebook é especialmente para você que quer saber como alavancar as vendas do seu estabelecimento com métodos modernos. Campanha de vendas é uma forma segura e única

Leia mais

Educação Financeira para empreendedores e sua importância.

Educação Financeira para empreendedores e sua importância. Finanças Pessoais $ Educação Financeira para empreendedores e sua importância. Por meio da Educação Financeira você poderá planejar o seu negócio a curto, médio e longo prazo, sendo capaz de visualizar

Leia mais