Introdução à Microeconomia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução à Microeconomia"

Transcrição

1 Fundamentos da microeconomia Introdução à Microeconomia Capítulo II Microeconomia: é o ramo da economia que trata do comportamento das unidades econômicas individuais (consumidores, empresas, trabalhadores e investidores), assim como dos mercados formados por essas unidades. Macroeconomia: é o ramo da economia que trata das variáveis econômicas agregadas, como o nível e a taxa de crescimento do produto nacional, a taxa de juros, o nível de desemprego e a inflação. Os Temas da Microeconomia: consumidores, trabalhadores e empresas. A escassez de recursos e os desejos ilimitados. O que é um mercado? um grupo de compradores e vendedores que, por meio de suas interações efetivas ou potenciais, determinam o preço de um produto ou de um conjunto de produtos. Por que estudar Microeconomia? Assuntos Preliminares Analise de mercado; Tomada de decisões estratégicas; Produzir um produto que atenda as necessidades do consumidor ao preço que ele pode pagar; Aceitação do consumidor e demanda; Custos de produção; Estratégia de preços; A Microeconomia lida com: Comportamento de unidades individuais No Consumo Como escolher o quê comprar Na produção Como escolher o quê produzir Mercados: A interação entre consumidores e produtores A Microeconomia é a base da análise macroeconômica.

2 Os Temas da Microeconomia De acordo com Mick Jagger* dos Rolling Stones Não se pode ter sempre o que se quer Por que não? Recursos limitados Alocação de recursos escassos e escolhas entre situações alternativas *Formado em economia pela London School of Economics Coeteris Paribus: Condição Coeteris Paribus: É uma expressão latina que significa tudo o mais constante. Como a microeconomia parcial, para se analisar um mercado isoladamente supõe-se todos os demais mercados constantes. Os conceitos da microeconomia são usados por todos para ajudar em suas escolhas como consumidores e produtores. Dois exemplos A Ford e o desenvolvimento de seus veículos utilitários esportivos Formulação de políticas públicas Padrões para emissão de poluentes pelos automóveis no século XXI

3 Exemplo 1 A TOMADA DE DECISÕES NAS EMPRESAS: OS VEÍCULOS UTILITÁRIOS DA FORD Em 1991, a Ford Motor Company lançou o Explorer, que veio a se tornar o veículo utilitário mais vendido nos Estados Unidos. Depois, em 1997, a Ford lançou o Expedition - um utilitário com design aiais moderno, maior e mais espaçoso. Esse carro também teve um enorme sucesso e contribuiu de inodo significativo para os lucros da Ford. O sucesso desses produtos levou a empresa a lançar, em 1999, um utilitário ainda maior e mais pesado - o Excursion. Em 2002, a Ford oferecia seis modelos de utilitários e manufaturava mais meia dúzia por meio de suas subsidiárias Volvo, Mazda, Mercury, Lincoln e Land Rover. A eficiência na produção desses veículos, assim como o design, envolveu não apenas avanços significativos de engenharia, mas também vários aspectos econômicos. Em primeiro lugar, a Ford teve de pensar cuidadosamente na reação do público ao design e ao de-sempenho de seus novos produtos. Qual seria a demanda inicial, com que rapidez cresceria e como estaria relacionada ao preço cobrado pela Ford? Saber as preferências do consumidor e suas opções, além; prever a demanda e sua relação com o preço, era essencial para a Ford, assim como seria para qualquer outro fabricante. (Discutiremos isso na teoria do consumidor). Posteriormente, a Ford precisou preocupar-se com o custo da fabricação desses automóveis. De quanto seria e como dependeria do número de automóveis produzidos anualmente pela empresa? De que maneira as negociações com os sindicatos ou o preço do aço e outras matérias-primas poderiam afetar os custos? Em quanto e com que rapidez seriam reduzidos os custos à medida que administradores e funcionário s ganhassem experiência no processo produtivo? E, para maximizar lucros, quantos au-tomóveis a Ford deveria planejar produzir a cada ano? (Abordaremos a produção e o custo na teoria das firmas). A Ford também teve de elaborar uma estratégia de fixação de preços e levar em consideração a reação de seus concorrentes a ela. Por exemplo, a Ford deveria cobrar um preço menor pela versão básica do Explorer e preços mais altos por itens opcionais, como bancos de couro? Ou seria mais lucrativo tornar 'padrão' tais itens opcionais, cobrando um preço mais alto pelo pacote completo? Quaisquer que fossem as escolhas da Ford, como seria a provável reação de seus concorrentes? A Daimler-Chrysler poderia tentar tirar o mercado da Ford, estabelecendo preços mais baixos para seu veículo utilitário Grand Cherokee? A Ford seria capaz de desencorajar a DaimlerChrysler ou a GM a baixar os preços, ameaçando responder com uma redução de seus próprios preços? Como a produção de seus veículos utilitários exigiu grandes investimentos em novos equipamentos, a Ford teve de considerar os riscos e as possíveis conseqüências de suas decisões. Parte desse risco se devia à incerteza a respeito do futuro preço da gasolina (aumentos no preço da gasolina desestimulariam a demanda por automóveis de maior consumo). Uma outra parte desse risco devia-se à incerteza sobre o salário que a Ford teria de pagar a seus funcionários. O que ocorreria caso os preços do petróleo duplicassem ou triplicassem, ou caso o governo viesse a impor um imposto alto sobre a gasolina. Qual poder de negociação os sindicatos teriam, e como isso poderia afetar os níveis salariais? Como a Ford deveria levar em consideração tais incertezas ao tomar decisões sobre investimentos?

4 A Ford também precisou levar em consideração os problemas organizacionais, pois ela é uma empresa integrada na qual divisões distintas produzem motores e peças e, depois, fazem a montagem final dos automóveis. Como deveriam ser gratificados os gerentes de divisões diferentes? Qual preço deveria ser cobrado da divisão de montagem pelos motores recebidos de uma outra divisão? Todas as peças teriam de ser obtidas de divisões da empresa ou algumas delas poderiam ser adquiridas de fornecedores externos? Por fim, a Ford teve de ponderar sobre suas relações com o governo e sobre os efeitos de políticas regulamentadoras. Por exemplo, todos os carros da Ford deveriam satisfazer os padrões federais de emissão de poluentes e as operações da linha de produção precisariam satisfazer as normas de saúde e segurança. De que maneira tais normas e padrões poderiam ser modificados ao longo do tempo? Como eles afetariam os custos e os lucros da empresa? A Ford e o desenvolvimento de seus veículos utilitários esportivos Questões Aceitação do consumidor e demanda Custos de produção Estratégia de preços A Ford e o desenvolvimento de seus veículos utilitários esportivos Questões Análise de riscos Decisões organizacionais Regulamentação governamental

5 Exemplo 2 ELABORAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS: PADRÕES PARA EMISSÃO DE POLUENTES PELOS AUTOMÓVEIS PARA O SÉCULO XXI Em 1970, a legislação norte-americana de controle de qualidade do ar (Clean Air Act) impôs padrões rigorosos para a emissão de poluentes por automóveis novos. Tais padrões tornaram-se cada vez mais restritivos - em 1999, os níveis de óxidos de nitrogénio, hidrocarbonetos e monóxido de carbono emitidos por automóveis tinham sido reduzidos em aproximadamente 90%, em relação a Agora tendo em vista que o número de carros nas ruas continua a aumentar, o governo norte-americano precisa pensar em quão restritivos devem ser esses padrões nos próximos anos. A elaboração de um programa como o Clean Air Act envolve uma cuidadosa análise dos efeitos da emissão de poluentes pelos automóveis sobre o meio ambiente e a saúde. Mas também exi-ge muita análise econômica. Em primeiro lugar, o governo precisa avaliar o impacto econômico do programa sobre os consumidores. Os padrões de emissão afetam tanto o custo da aquisição de um automóvel (seriam necessários catalisadores, o que aumentaria o preço dos veículos) quanto seu custo operacional (o consumo de combustível seria mais baixo, mas os catalisadores necessitariam de manutenção e reparos). Tendo em vista que os consumidores arcam com grande parte desse cus-to adicional, é importante saber como isso afeta seu padrão de vida. Isso requer uma análise teoria do consumidor. Por exemplo, será que os consumidores usariam menos o carro e gastariam uma parcela maior de sua renda em outras mercadorias? Em caso afirmativo eles manteriam um padrão de vida satisfatório? Para responder a essas questões, o governo necessita determinar como os padrões exigido afetariam o custo da produção de automóveis. Será que os fabricantes poderiam minimizar o au-mento dos custos ao utilizar outros materiais na produção de automóveis? Então o governo precisa saber como as modificações nos cus-tos de produção poderiam afetar o nível de produção e os preços dos novos automóveis. Os custos adicionais seriam absorvidos ou repassados para os consumidores na forma de preços mais altos? Por fim, o governo precisa perguntar por que os problemas relacionados à poluição do ar não se resolvem por meio da economia de mercado. A resposta é que a maior parte do custo da poluição do ar não compete à empresa. Se as empresas não acreditam que seja de seu próprio interesse tratar adequadamente as emissões de poluentes pelos automóveis, qual a forma mais apropriada de modificar os in-centivos, de tal modo que elas venham a fazê-lo? Deveriam ser estabelecidos padrões ou seria mais eco-nômico impor taxas pela poluição do ar? Como decidir quais pessoas deveriam pagar pela despoluição, se não existe um mercado explícito para o ar puro? O governo terá condições de resolver esses proble-mas? A questão final seria saber se um programa de controle de emissão de poluentes pelos automóveis seria adequado com base numa análise de custo-benefício. Os benefícios que o ar despoluído proporcionaria em termos estéticos e de saúde, entre outros, valem a elevação do custo dos automóveis?

6 Padrões para emissão de poluentes de automóveis no século XXI Questões Impacto sobre os consumidores Impacto sobre os produtores Como efetivar os padrões Quais os benefícios e os custos? Resumo A microeconomia trata das decisões tomadas por pequenas unidades econômicas. A microeconomia está fortemente baseada no uso de teorias e modelos. Resumo Um mercado diz respeito a um conjunto de compradores e vendedores que interagem e à possibilidade de compras e vendas resultantes dessa interação. Resumo O preço de mercado é estabelecido pela interação de compradores e vendedores. Devem-se definir as fronteiras geográficas e o leque de produtos de um mercado.

Microeconomia. Aspectos preliminares. Tópicos para Discussão. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares

Microeconomia. Aspectos preliminares. Tópicos para Discussão. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares. Aspectos Preliminares Microeconomia Aspectos preliminares Tópicos para Discussão O que é um mercado? Preços reais versus preços nominais PINDYCK, R. e RUBINFELD, D. Microeconomia. São Paulo: Prentice Hall. 2008. Slide 2 A Microeconomia

Leia mais

Economia? Conceito. Objeto QUESTÃO CENTRAL. Análise Microeconômica I Assuntos Preliminares RACIONALIDADE ECONÔMICA. Econ.

Economia? Conceito. Objeto QUESTÃO CENTRAL. Análise Microeconômica I Assuntos Preliminares RACIONALIDADE ECONÔMICA. Econ. Economia? Análise Microeconômica I Econ. Edilson Aguiais Material Disponível em: www.puc.aguiais.com.br microeconomia ou teoria de formação de preços: exame da formação de preços em mercados específicos.

Leia mais

Curso DSc Microeconomia Bacen - Básico 2015

Curso DSc Microeconomia Bacen - Básico 2015 Curso DSc Microeconomia Bacen - Básico 2015 Preliminares Prof. Antonio Carlos Assumpção Segundo Ludwig Von Mises (1948): Economia A economia é a ciência da ação humana. Tentamos responder as seguintes

Leia mais

PRO 2208 Introdução à Economia

PRO 2208 Introdução à Economia PRO 2208 Introdução à Economia Introdução Prof. Regina Meyer Branski Slides cedidos pelo Professor David Nakano 2015 Objetivos Apresentar Princípios básicos de Economia Alguns Modelos Econômicos Princípios

Leia mais

Economia para Engenharia

Economia para Engenharia Economia para Engenharia Eng. Telecomunicações Aula 03 rev. 01 abrul/16 Roteiro» Introdução» Estrutura de mercado» Sistemas econômicos Capitalismo; Socialismo; Economia Mista;» Divisão do estudo econômico»

Leia mais

Economia. Prof. Me. Wesley V. Borges

Economia. Prof. Me. Wesley V. Borges Economia Prof. Me. Wesley V. Borges ECONOMIA Seja em nosso cotidiano, seja nos jornais, rádio, televisão, internet, deparamo-nos com inúmeras questões econômicas, tais como: Aumento de preços; Períodos

Leia mais

Precificação - Estratégias de Determinação de Preços

Precificação - Estratégias de Determinação de Preços Precificação - Estratégias de Determinação de Preços Unidade 11 - Capítulo 14 Desenvolvimento de programas e estratégias de determinação de preços Objetivos como consumidores assimilam e avaliam preços?

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA DOS TRANSPORTES

INTRODUÇÃO À ECONOMIA DOS TRANSPORTES UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO ACADÊMICO DO AGRESTE CAA NÚCLEO DE TECNOLOGIA ENGENHARIA CIVIL AULA 01 INTRODUÇÃO À ECONOMIA DOS TRANSPORTES Prof. Leonardo Herszon Meira, DSc DEFINIÇÕES

Leia mais

os custos totais são determinados pela soma entre os custos variáveis e os custos fixos.

os custos totais são determinados pela soma entre os custos variáveis e os custos fixos. Módulo 7 Teoria dos Custos Como destacamos em alguns dos módulos anteriores, os produtores são indivíduos racionais, e como tais irão buscar maximizar seus resultados ao realizarem suas atividades produtivas.

Leia mais

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental PHA3001 Introdução à Engenharia Ambiental Universidade de São Paulo Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma

Leia mais

Introdução à Economia. - Modelos Econômicos - Ganhos de Comércio

Introdução à Economia. - Modelos Econômicos - Ganhos de Comércio Introdução à Economia - Modelos Econômicos - Ganhos de Comércio O que é Economia? Definição: Economia é uma ciência social que estuda como a sociedade administra seus recursos escassos. Por que é uma ciência

Leia mais

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental

Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma política ambiental PHA2218 Introdução à Engenharia Ambiental Universidade de São Paulo Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Economia e Meio Ambiente A questão ambiental no âmbito da economia e benefícios de uma

Leia mais

Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso

Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso Energia limpa Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso Empilhadeira movida a hidrogênio H oje, quando se trata de escolher

Leia mais

Economia e Negócios Internacionais MACROECONOMIA

Economia e Negócios Internacionais MACROECONOMIA Economia e Negócios Internacionais MACROECONOMIA Microeconomia x Macroeconomia Objetivos Teoria Microeconômica: Preserva em sua análise as características individuais de cada bem e cada fator de produção.

Leia mais

ECONOMIA COMO CIÊNCIA SOCIAL

ECONOMIA COMO CIÊNCIA SOCIAL ECONOMIA COMO CIÊNCIA SOCIAL OBJETIVO GERAL Apresentar o universo de estudo de economia como uma ciências social aplicada e do estudo das relações humanas, bem como suas particularidades, pontos fortes

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto Departamento de Economia

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto Departamento de Economia REC110 MICROECONOMIA II EXERCÍCIOS SOBRE MONOPÓLIO, MONOPSÔNIO E DISCRIMINAÇÃO DE PREÇOS. ROBERTO GUENA DE OLIVEIRA 1. Uma empresa vende seu produto em dois mercados distintos. A demanda por esse produto

Leia mais

Enquanto a Microeconomia estuda a relação entre oferta e demanda para estimar, em uma interação do conjunto de consumidores com o conjunto de

Enquanto a Microeconomia estuda a relação entre oferta e demanda para estimar, em uma interação do conjunto de consumidores com o conjunto de Conceito A Microeconomia, ou teoria dos preços, analisa a formação de preços, ou seja, como a empresa e o consumidor interagem qual o preço e a quantidade de determinado bem ou serviço em mercados específicos,

Leia mais

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori Introdução à Microeconomia As forças de mercado: oferta e demanda Danilo Igliori (digliori@usp.br) As Forças de Mercado de Oferta e Demanda Oferta e demanda estão entre as palavras que os economistas utilizam

Leia mais

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2013/2014 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2013/2014 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Macroeconomia Fundamentos 1. O Mercado e o Estado Francisco Lima 2º ano 1º semestre 2013/2014 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Plano As sociedades d e a actividade id d económica: produzir

Leia mais

Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado

Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado Como vimos, a microeconomia ou teoria dos preços analisa como consumidores e empresas interagem no mercado, e como essa interação determina o preço e a

Leia mais

Introdução. à Macroeconomia. Mensuração do PIB

Introdução. à Macroeconomia. Mensuração do PIB Introdução à Macroeconomia Mensuração do PIB Microeconomia vs. Macroeconomia Microeconomia: O estudo de como famílias e empresas tomam decisões e de como interagem nos mercados. Macroeconomia: O estudo

Leia mais

INTRODUÇÃO A ECONOMIA AULA 1

INTRODUÇÃO A ECONOMIA AULA 1 INTRODUÇÃO A ECONOMIA espartanos.economia@gmail.com AULA 1 Apresentação elaborada por: Roberto Name Ribeiro/ Francisco Carlos B. dos Santos Adaptado por: Andréa de Souza, MS.c 1 A concepção A economia

Leia mais

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2012/2013 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial

Macroeconomia. Fundamentos 1. O Mercado e o Estado. Francisco Lima. 2º ano 1º semestre 2012/2013 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Macroeconomia Fundamentos 1. O Mercado e o Estado Francisco Lima 2º ano 1º semestre 2012/2013 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Plano As sociedades d e a actividade id d económica: produzir

Leia mais

Introdução à Economia

Introdução à Economia CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL ECONOMIA AMBIENTAL Introdução à Economia Prof. Augusto Santana 28/11/2012 CONCEITOS BÁSICOS Conceito de Economia Economia é a ciência social que estuda como o indivíduo e

Leia mais

Introdução à Microeconomia

Introdução à Microeconomia Fundamentos de economia: introdução à microeconomia e macroeconomia Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br Introdução à Microeconomia Blog: www.marcoarbex.wordpress.com Introdução à Microeconomia

Leia mais

ANEXO E: Análise de Risco e Providências Pertinentes - Conferência inicial

ANEXO E: Análise de Risco e Providências Pertinentes - Conferência inicial ANEXO E: Análise de Risco e Providências Pertinentes - Conferência inicial Credenciais dos patrocinadores Análise de risco do país Credibilidade do estudo de viabilidade e plano de negócios (incluindo

Leia mais

Oferta e Demanda. 4. Oferta e Demanda. Mercado. O Que São os Mercados? Preços. Mercado

Oferta e Demanda. 4. Oferta e Demanda. Mercado. O Que São os Mercados? Preços. Mercado Oferta e Demanda 4. Oferta e Demanda São as duas palavras mais usadas por economistas São as forças que fazem os mercados funcionarem A microeconomia moderna lida com a oferta, demanda e o equilíbrio do

Leia mais

ECONOMIA DA EDUCAÇÃO Módulo 1 Princípios de Economia

ECONOMIA DA EDUCAÇÃO Módulo 1 Princípios de Economia Opções Estratégicas Para a Implantação de Novas Políticas Educacionais ECONOMIA DA EDUCAÇÃO Módulo 1 Princípios de Economia Bob Verhine Universidade Federal da Bahia verhine@ufba.br A divulgação desta

Leia mais

INSS Economia Conceitos Básicos Fabio Lobo

INSS Economia Conceitos Básicos Fabio Lobo INSS Economia Conceitos Básicos Fabio Lobo 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Economia Conceitos Básicos CONCEITOS BÁSICOS Etimologicamente, a palavra economia

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA

INTRODUÇÃO À ECONOMIA INTRODUÇÃO À ECONOMIA Capítulo I ESCASSEZ A escassez ocorre porque os desejos humanos excedem as quantidades de produção possíveis com período e recursos disponíveis, porém limitados. ESCASSEZ A escassez

Leia mais

Fundamentos de Microeconomia

Fundamentos de Microeconomia Fundamentos de Microeconomia Prof. Danilo Igliori Lista 1 1. Existem dois conceitos similares muito utilizados em Economia. Eles são a Fronteira de Possibilidade de Produção e a Restrição Orçamentária.

Leia mais

Mercado Financeiro e de Capitais

Mercado Financeiro e de Capitais Mercado Financeiro e de Capitais Professor conteudista: Roberto Cruz Sumário Mercado Financeiro e de Capitais Unidade I 1 MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS...1 1.1 Conceitos básicos do mercado financeiro...1

Leia mais

Objeto da ciência econômica: é a questão da escassez, ou seja, economizar recursos.

Objeto da ciência econômica: é a questão da escassez, ou seja, economizar recursos. Escassez e Curvas de Produção Como visto anteriormente, a economia é uma ciência social uma vez que objetiva atender às necessidade humanas: como o indivíduo e a sociedade utilizam os recursos, na produção

Leia mais

Administração e Economia para Engenharia

Administração e Economia para Engenharia Administração e Economia para Engenharia Aula 3.4: Introdução à microeconomia diegofernandes.weebly.com Emiliano Silva 1 Microeconomia Trata Entidades individuais Consumidores Empresas Trabalhadores Como

Leia mais

Todo Campo de Estudo Tem a Sua Terminologia. 2. Pensando como um Economista. Todo Campo de Estudo Tem a Sua Terminologia

Todo Campo de Estudo Tem a Sua Terminologia. 2. Pensando como um Economista. Todo Campo de Estudo Tem a Sua Terminologia 2. Pensando como um Economista Todo Campo de Estudo Tem a Sua Terminologia Matemática Axiomas, integral, espaço vetorial, etc.. Psicologia Ego, id, cognitivo, etc... Advocacia Intimação, habeas corpus,

Leia mais

Economia - Programa da Disciplina: Disciplina Economia. Economia Trabalho em Grupo

Economia - Programa da Disciplina: Disciplina Economia. Economia Trabalho em Grupo Economia - Programa da Disciplina: Disciplina Economia Prof. Dr. Daniel Bertoli Gonçalves Engenheiro Agrônomo pela UFSCar em 1998, Mestre em Desenvolvimento Econômico pelo Instituto de Economia da UNICAMP

Leia mais

Módulo 8 Teoria da Produção

Módulo 8 Teoria da Produção Módulo 8 Teoria da Produção Numa economia de mercado, consumidores e empresas representam respectivamente as unidades do setor de consumo e de produção, que se interrelacionam através do sistema de preços

Leia mais

Escassez: problema econômico central de QUALQUER sociedade

Escassez: problema econômico central de QUALQUER sociedade RESUMINDO: Escassez: problema econômico central de QUALQUER sociedade Necessidades humanas ilimitadas X Recursos produtivos escassos escassez escolha o que e quanto produzir como produzir para quem produzir

Leia mais

Eficiência e Eficácia

Eficiência e Eficácia Eficiência e Eficácia Desempenho das Organizações A eficiência é determinante da eficácia: caso haja recursos disponíveis, e estes forem utilizados corretamente, a probabilidade de atingir os objetivos

Leia mais

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA Disciplina: Economia e Mercado Professora: Karina Cabrini Zampronio Micro e Macroeconomia Microeconomia é o ramo da Teoria Econômica que estuda o funcionamento do mercado

Leia mais

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 Microeconomia I Arilton Teixeira arilton@fucape.br 2012 1 Bibliografia Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 2 Mercado Definição: É o conjunto de agentes, compradores e vendedores, que negociam

Leia mais

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS OBJETIVO GERAL Apresentar os movimentos de mercado como resultado das forças de oferta e demanda, e o papel dos preços nesta dinâmica. OBJETIVOS ESECÍFICOS Apresentar

Leia mais

RI Análise Macroeconômica

RI Análise Macroeconômica Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras 2010 RI 406 - Análise Eloi Martins Senhoras Available at: http://works.bepress.com/eloi/168/ Slides das Aulas eloi@dri.ufrr.br

Leia mais

O PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO.

O PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO. O PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO. PROBLEMA: SITUAÇÃO QUE OCORRE QUANDO O ESTADO ATUAL DAS COISAS É DIFERENTE DO ESTADO DESEJADO DAS COISAS. QUATRO SITUAÇÕES QUE GERALMENTE ALERTAM OS ADMINISTRADORES PARA

Leia mais

Unidade II FINANÇAS EM PROJETO DE TI. Prof. Fernando Rodrigues

Unidade II FINANÇAS EM PROJETO DE TI. Prof. Fernando Rodrigues Unidade II FINANÇAS EM PROJETO DE TI Prof. Fernando Rodrigues Introdução à análise de risco Um projeto de TI, como qualquer outro projeto está sujeito a riscos no decorrer do seu desenvolvimento. Alguns

Leia mais

Capítulo 4. O que fazer? Por onde começar?

Capítulo 4. O que fazer? Por onde começar? IDENTIFICANDO OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS uma oportunidade é o primeiro passo que impulsiona o empreendedor para o desenvolvimento de um produto ou serviço que propiciará o negócio. geralmente, a oportunidade

Leia mais

Introdução à Economia

Introdução à Economia Introdução à 1.1 Introdução Diariamente, nos deparamos com informações sobre economia nos jornais e noticiários na TV. Com a intensificação das relações econômicas internacionais, determinados fatos e

Leia mais

A empresa, a organização do mercado e o desempenho

A empresa, a organização do mercado e o desempenho Les 590 Organização Industrial A empresa, a organização do mercado e o desempenho Aulas 1 e 2 Márcia A.F. Dias de Moraes 16 e 17/02/2016 Preocupação central: Organização Industrial - Ação das firmas -

Leia mais

GERENCIAMENTO DAS AQUISIÇÕES DO PROJETO

GERENCIAMENTO DAS AQUISIÇÕES DO PROJETO GERENCIAMENTO DAS AQUISIÇÕES DO PROJETO Gerenciamento das aquisições do projeto inclui os processos necessários para comprar ou adquirir produtos, serviços ou resultados externos à equipe do projeto. A

Leia mais

PENSANDO COMO UM ECONOMISTA

PENSANDO COMO UM ECONOMISTA PENSANDO COMO UM ECONOMISTA à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 2 Pensando como um Economista Cada campo de estudo tem sua própria linguagem... Matemáticos integrais, axiomas, espaços vetoriais etc. Psicólogos

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE ECONOMIA. Professor:César Augusto Moreira Bergo Data: Maio 2011

CONCEITOS BÁSICOS DE ECONOMIA. Professor:César Augusto Moreira Bergo Data: Maio 2011 CONCEITOS BÁSICOS DE ECONOMIA Professor:César Augusto Moreira Bergo Data: Maio 2011 Conceito de Economia: Ciência que estuda as formas de comportamento humano resultantes da relação existente entre as

Leia mais

Marco Antonio Sandoval de Vasconcellos Apresentação elaborada por: Roberto Name Ribeiro Francisco Carlos B. dos Santos

Marco Antonio Sandoval de Vasconcellos Apresentação elaborada por: Roberto Name Ribeiro Francisco Carlos B. dos Santos Marco Antonio Sandoval de Vasconcellos Apresentação elaborada por: Roberto Name Ribeiro Francisco Carlos B. dos Santos 1 Capítulo 1: Introdução à Economia Conceito de Economia Problemas Econômicos Fundamentais

Leia mais

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula MBA em Gerenciamento de Projetos Teoria Geral do Planejamento Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula SOBRAL - CE 2014 O que é Planejamento É um processo contínuo e dinâmico que consiste em um

Leia mais

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS OBJETIVO GERAL Apresentar os movimentos de mercado como resultado das forças de oferta e demanda, e o papel dos preços nesta dinâmica. OBJETIVOS ESECÍFICOS Apresentar

Leia mais

IFSC Câmpus Lages Economia Microeconomia Profª. Larisse Kupski

IFSC Câmpus Lages Economia Microeconomia Profª. Larisse Kupski IFSC Câmpus Lages Economia Microeconomia Profª. Larisse Kupski Fundamentos microeconomia A Microeconomia, ou Teoria de Preços, é a parte da teoria econômica que estuda o comportamento das famílias e das

Leia mais

Macroeconomia. Diagrama do Fluxo Circular. Entendendo a Economia. Renda e Gastos de Uma Economia. Métodos Para Contar a Economia

Macroeconomia. Diagrama do Fluxo Circular. Entendendo a Economia. Renda e Gastos de Uma Economia. Métodos Para Contar a Economia 22. Medindo a Renda de Uma Nação Macroeconomia Macro: Estudo da economia como um todo. Tem como objetivo explicar as mudanças econômicas que afetam indivíduos, firmas e os mercados. Micro: É o estudo de

Leia mais

PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS

PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS EMENTA O presente estudo tem por finalidade abordar o comportamento recente das pequenas empresas na

Leia mais

21.1. A curva de custo variável médio deve estar sempre em forma de U.

21.1. A curva de custo variável médio deve estar sempre em forma de U. Capitulo 21 Curvas de custos Questões de Verdadeiro ou falso 21.1. A curva de custo variável médio deve estar sempre em forma de U. 21.2. A curva de custo marginal passa pelo ponto mínimo da curva de custo

Leia mais

Teoria dos Jogos e Estratégia Competitiva

Teoria dos Jogos e Estratégia Competitiva Teoria dos Jogos e Estratégia Competitiva 1. Jogos e Decisões Estratégicas 2. Estratégias Dominantes 3. O Equilíbrio de Nash Revisitado 4. Jogos Repetitivos 5. Jogos Sequenciais 6. Desencorajamento à entrada

Leia mais

Gerenciamento da Integração de Projetos. Parte 03. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento da Integração de Projetos. Parte 03. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento da Integração de Projetos Parte 03 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

Pensando como um economista. Copyright 2004 South-Western/Thomson Learning

Pensando como um economista. Copyright 2004 South-Western/Thomson Learning Pensando como um economista 1 Pensando Como um Economista Cada campo de estudo possui sua própria terminologia Matematica integrais axiomas espaços vetoriais Psicologia ego id dissonancia cognitiva Engenharia

Leia mais

O objetivo de montar uma linha de mercadorias é: 1. Atender as necessidades dos clientes; 2. Retomar posicionamento; 3. Maximizar lucro.

O objetivo de montar uma linha de mercadorias é: 1. Atender as necessidades dos clientes; 2. Retomar posicionamento; 3. Maximizar lucro. Mix Cláudio Pessanha Planejamento (Mix de Produtos) Produto, segundo a definição de Philip Kotler, é algo que pode ser oferecido a um mercado, para sua apreciação, aquisição, uso ou consumo, que pode satisfazer

Leia mais

Unidade 1 Aula 3 Profª. Mariana Cristina Silva. Economia e Mercado

Unidade 1 Aula 3 Profª. Mariana Cristina Silva. Economia e Mercado Unidade 1 Aula 3 Profª. Mariana Cristina Silva Economia e Mercado Conceitos Seja em nosso cotidiano, seja nos jornais, rádio e televisão, deparamo-nos com inúmeras questões econômicas, como: -Aumentos

Leia mais

REVISÃO Lista 03 Matemática financeira. Juros compostos: os juros são aplicados sobre a quantia obtida anteriormente

REVISÃO Lista 03 Matemática financeira. Juros compostos: os juros são aplicados sobre a quantia obtida anteriormente NOME: ANO: 3º Nº: PROFESSOR(A): Ana Luiza Ozores DATA: REVISÃO Lista 03 Matemática financeira Definições Porcentagem: razão cujo denominador é 100 Juros simples: os juros são sempre aplicados sobre a quantia

Leia mais

Tradução da 6a. Edição norte-americana

Tradução da 6a. Edição norte-americana N. Gregory Mankiw Economia Introdução à Tradução da 6a. Edição norte-americana 6 Oferta, demanda e políticas do governo 2013 Cengage Learning. All Rights Reserved. May not be copied, scanned, or duplicated,

Leia mais

Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação.

Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação. Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação. Escassez Necessidades Ilimitadas Recursos Limitados 1

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DIVISÕES B R I C K L E Y, S M I T H E Z I M M E R M A N

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DIVISÕES B R I C K L E Y, S M I T H E Z I M M E R M A N AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DIVISÕES B R I C K L E Y, S M I T H E Z I M M E R M A N Avaliação de desempenho de divisões ORGANIZAÇÕES podem ser divididas em sub unidades, que possuem alguns direitos de decisão

Leia mais

FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO

FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO MICROECONOMIA É a parte da teoria econômica que estuda o comportamento das famílias e das empresas e os mercados nos quais operam.

Leia mais

ECONOMIA Micro e Macro. Profª Sílvia Maria Marinho Storti Economia e Administração Rural FCAA / FISMA Andradina/SP

ECONOMIA Micro e Macro. Profª Sílvia Maria Marinho Storti Economia e Administração Rural FCAA / FISMA Andradina/SP Profª Sílvia Maria Marinho Storti Economia e Administração Rural FCAA / FISMA Andradina/SP 1 Introdução à Economia Conceito de Economia Problemas Econômicos Fundamentais Sistemas Econômicos Curva (Fronteira

Leia mais

Contextualização Pesquisa Operacional - Unidade de Conteúdo II

Contextualização Pesquisa Operacional - Unidade de Conteúdo II Contextualização Pesquisa Operacional - Unidade de Conteúdo II O tópico contextualização visa vincular o conhecimento acerca do tema abordado, à sua origem e à sua aplicação. Você encontrará aqui as ideias

Leia mais

Administração e Economia para Engenharia

Administração e Economia para Engenharia Administração e Economia para Engenharia Aula 3.1: Fundamentos da matemática financeira diegofernandes.weebly.com Emiliano Silva 1 Economia Ciência social que estuda a administração dos recursos escassos

Leia mais

2 Funcionamento de Mercados em concorrência perfeita

2 Funcionamento de Mercados em concorrência perfeita 2 Funcionamento de Mercados em concorrência perfeita 2.1 Oferta e Demanda o funcionamento dos mercados concorrenciais Roberto Guena USP 9 de abril de 2013 Roberto Guena (USP) Funcionamento de mercado 9

Leia mais

Definições: Material 1. Problema Econômico Fundamental

Definições: Material 1. Problema Econômico Fundamental Material 1 Microeconomia Gilmar Ferreira Abril 2010 Escassez Eficiência produtiva e alocativa Curva de possibilidades de produção Eficiência (ótimo) de Pareto Custo de oportunidade Racionalidade econômica

Leia mais

Sumário. Gestão Empresarial e Economia. Economia. Microeconomia. Mercado e concorrência perfeita Procura. Oferta. Equilíbrio de mercado

Sumário. Gestão Empresarial e Economia. Economia. Microeconomia. Mercado e concorrência perfeita Procura. Oferta. Equilíbrio de mercado Gestão Empresarial e Economia Economia Microeconomia Sumário Mercado e concorrência perfeita Procura o Procura individual o Procura de mercado Oferta o Oferta individual o Oferta de mercado Equilíbrio

Leia mais

GERENCIAMENTO DOS CUSTOS DO PROJETO

GERENCIAMENTO DOS CUSTOS DO PROJETO GERENCIAMENTO DOS CUSTOS DO PROJETO O gerenciamento dos custos do projeto inclui os processos envolvidos em planejamento, estimativas, orçamentos, financiamentos, gerenciamento e controle dos custos, de

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA

INTRODUÇÃO À ECONOMIA Curso: Direito 1º Período / 2016 Disciplina: Economia Professora: Denice Pavone INTRODUÇÃO À ECONOMIA 1 INTRODUÇÃO Seja em nosso cotidiano, seja através dos jornais, rádio e televisão, deparamo-nos com

Leia mais

Concorrência Perfeita

Concorrência Perfeita UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Disciplina: Teoria Microeconômica II Professor: Sabino da Silva Porto Junior Lista 1-2007/01 Concorrência Perfeita (ANPEC 97)

Leia mais

Sistemas de Informação na Empresa

Sistemas de Informação na Empresa Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO

INSTITUTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO Campus PAULISTA Período NOTURNO Disciplina ECONOMIA E NEGÓCIOS Semestre 1º. Professor ALEXANDRE LAS CASAS Sala Prova NP1 Data 10/04/2012 Duração 2h e 30 minutos Conteúdo 08 questões Permanência 30 minutos

Leia mais

PRO Introdução à Economia

PRO Introdução à Economia PRO 2208 Introdução à Economia Aulas 2 e 3 Mercados, Oferta e Demanda PRO 2208 Davi Nakano Mercados, Oferta e Demanda Mercado: grupo de compradores e de vendedores de um dado bem ou serviço Oferta e Demanda

Leia mais

Disciplina: Economia _1 Sem

Disciplina: Economia _1 Sem Economia Disciplina: Economia - 2017_1 Sem Prof. MSc. Fernando Piazera Benkendorff Engenharia Civil Fundamentos de Economia Fatores de Produção e Agentes Econômicos Perguntas que nos interessam O que causa

Leia mais

QUER VENDER POR QUANTO?

QUER VENDER POR QUANTO? QUER VENDER POR QUANTO? Guia para definição de preços e sobre como realizar promoções. 1 QUER VENDER POR QUANTO? Guia para definição de preços e sobre como realizar promoções. 3 ÍNDICE Introdução 5 Capítulo

Leia mais

AS FORÇAS DE MERCADO DA OFERTA E DA DEMANDA

AS FORÇAS DE MERCADO DA OFERTA E DA DEMANDA AS FORÇAS DE MERCADO DA OFERTA E DA DEMANDA à Economia Mankiw, N.G. Capítulo 4 As Forças de Mercado da Oferta e da Demanda Oferta e demanda são duas palavras que economistas usam frequentemente. Oferta

Leia mais

DOS MAIORES DE 23 ANOS NOME:

DOS MAIORES DE 23 ANOS NOME: Notas: Apresente o seu documento de identificação. Coloque o nome em todas as folhas. Leia atentamente cada questão antes de iniciar a sua resposta. Grupo 1 [10 VALORES] Relativamente a cada questão, assinale

Leia mais

Produção Parte Produção com Dois Insumos Variáveis 4. Rendimentos de Escala

Produção Parte Produção com Dois Insumos Variáveis 4. Rendimentos de Escala Produção Parte 2 3. Produção com Dois Insumos Variáveis 4. Rendimentos de Escala 3. Produção com dois Insumos Variáveis Existe uma relação entre produção e produtividade. No longo prazo, capital e trabalho

Leia mais

Microeconomia. 1. Procura, Oferta, Mercados e Organizações. Francisco Lima

Microeconomia. 1. Procura, Oferta, Mercados e Organizações. Francisco Lima Microeconomia 1 Procura, Oferta, Mercados e Organizações Francisco Lima 1º ano 2º semestre 2015/2016 Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial Modelo da Procura e Oferta Objetivo: determinar os preços

Leia mais

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda Sistema de preços Prof. Regis Augusto Ely Agosto de 2011 - Revisão Novembro de 2012 1 Oferta e demanda 1.1 Curva de demanda A curva de demanda descreve a relação entre preço e quantidade demandada. Aumentando

Leia mais

ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL. Prof. Carla Hammes

ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL. Prof. Carla Hammes ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL Prof. Carla Hammes Estudo de caso: Taylor faz uma pergunta ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA ÊNFASE NAS TAREFAS Primeira guerra mundial (1914-18) Eficiência da operação militar americana

Leia mais

LOCALIZAÇÃO DE EMPRESAS Aspectos qualitativos. Profª MSc. Patrícia Tavares

LOCALIZAÇÃO DE EMPRESAS Aspectos qualitativos. Profª MSc. Patrícia Tavares LOCALIZAÇÃO DE EMPRESAS Aspectos qualitativos Profª MSc. Patrícia Tavares LOCALIZAÇÃO É o processo que determina os locais geográficos para as operações de uma empresa; Localizar significa determinar o

Leia mais

Variáveis que afetam a demanda 1

Variáveis que afetam a demanda 1 Variáveis que afetam a demanda 1 A demanda de um bem ou serviço pode ser afetada por muitos fatores, tais como: Riqueza (e sua distribuição); Renda (e sua distribuição); Preço dos outros bens; Fatores

Leia mais

Economi m a i de d e em e pr m e pr s e as Teoria da Firma

Economi m a i de d e em e pr m e pr s e as Teoria da Firma Economia de empresas Teoria da Firma Teoria da Firma: Produção e Custos de Produção Alguns conceitos fundamentais da teoria da produção Teoria do Consumidor: parte da teoria econômica que se preocupa em

Leia mais

Gestão de Produção Aula 4: Localização das Instalações. Prof. Valdir Tavares de Lucena

Gestão de Produção Aula 4: Localização das Instalações. Prof. Valdir Tavares de Lucena Gestão de Produção Aula 4: Localização das Instalações Prof. Valdir Tavares de Lucena O que faz uma empresa estar localizada em determinado endereço? Trata-se de uma decisão estratégico com fortíssimo

Leia mais

Tradicionalmente, classificam se os sistemas econômicos em:

Tradicionalmente, classificam se os sistemas econômicos em: Módulo 3 O Sistema Econômico 3.1. O que vem a ser um sistema econômico? Sabe se que a economia de cada país funciona de maneira distinta, no entanto podemos dizer que, em linhas gerais, a maior parte dos

Leia mais

Vantagem Competitiva com SI

Vantagem Competitiva com SI Vantagem Competitiva com SI CEA145 Teoria e Fundamentos de Sistemas de Informação Universidade Prof. Federal George de H. G. Ouro Fonseca Preto DECEA / João Monlevade Universidade Federal

Leia mais

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE

GUIA DO CRÉDITO CONSCIENTE GUIA DO 1 FAMILIAR GUIA DO 2 Existem várias maneiras de usar o dinheiro de forma consciente. Uma delas é definir suas necessidades e planejar todos os seus gastos levando em conta a renda disponível. Para

Leia mais

Teoria da Contabilidade

Teoria da Contabilidade UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP Graduação em Economia Empresarial e Controladoria Teoria da Contabilidade II Profa. Dra.Luciana

Leia mais

Plano Financeiro. Projeto Empreendedor Redes de Computadores

Plano Financeiro. Projeto Empreendedor Redes de Computadores Plano Operacional e Plano Financeiro Projeto Empreendedor Redes de Computadores Plano Operacional 1.Layout Por meio do layout ou arranjo físico, você irá definir como será a distribuição dos diversos setores

Leia mais

Análise de Mercados competitivos Parte 1

Análise de Mercados competitivos Parte 1 Análise de Mercados competitivos Parte 1 1. Avaliação de Ganhos e Perdas Resultantes de Políticas Governamentais: Excedentes do Consumidor e do Produtor 2. Eficiência do Mercado Competitivo 3. Preços Mínimos

Leia mais

BÁSICOS DE ECONOMIA MICROECONOMIA MACROECONOMIA ECONOMIA EMPRESARIAL TÓPICOS ESPECIAIS GESTÃO DE NEGÓCIOS

BÁSICOS DE ECONOMIA MICROECONOMIA MACROECONOMIA ECONOMIA EMPRESARIAL TÓPICOS ESPECIAIS GESTÃO DE NEGÓCIOS ECONOMIA EE - Programa CONCEITOS BÁSICOS DE ECONOMIA MICROECONOMIA MACROECONOMIA ECONOMIA EMPRESARIAL TÓPICOS ESPECIAIS GESTÃO DE NEGÓCIOS 1 Economia Critério de avaliação Atividades (In/Out) Prova Economia

Leia mais

Para começar, é necessário propor uma definição de ciência. Ciência é uma forma de conhecimento. Há outras: senso comum, intuição, religião.

Para começar, é necessário propor uma definição de ciência. Ciência é uma forma de conhecimento. Há outras: senso comum, intuição, religião. Ciência Econômica 2 Ciência Econômica Para começar, é necessário propor uma definição de ciência. Ciência é uma forma de conhecimento. Há outras: senso comum, intuição, religião. Você acredita na Teoria

Leia mais