MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO (Licenciatura) 1. Nome da Instituição 2. UF Universidade Federal de Mato Grosso do Sul 3. Subprojeto de Licenciatura em: Licenciatura em Pedagogia, com ênfase na prática pedagógica desenvolvida em classes de alfabetização. 4. Número de bolsistas de iniciação à docência participantes do subprojeto: 5. Número de Supervisores participantes do subprojeto: Coordenador de Área do Subprojeto: Nome: Nilza Cristina Gomes de Araújo CPF: Departamento/Curso/Unidade: Departamento de Educação/ Pedagogia/ Campus do Pantanal Endereço residencial: Rua Manoel Pereira da Silva, nº 436 Bairro Universitário, Corumbá - MS CEP: Telefone: DDD (67) / Link para o Currículo Lattes: 8. Plano de Trabalho O curso de Pedagogia em Corumbá MS 6. Número de Escolas O curso de Pedagogia vinculado ao Departamento de Educação no Campus do Pantanal (CPAN) está localizado no município de Corumbá MS, a 450 km de Campo Grande (capital do estado) e recebe tanto alunos provenientes da cidade de Ladário MS, como de cidades da Bolívia - Puerto Quijarro, Puerto Soares- especialmente por ser uma região fronteiriça estabelecendo limites com aquele país. O curso oferece 45 vagas por semestre à comunidade, tendo seu funcionamento nos períodos da tarde e da noite, com a duração mínima estabelecida pelo CNE (Conselho Nacional de Educação) de quatro anos. Pode-se apontar ainda, conforme Projeto Pedagógico, que um de seus objetivos principais é o de propiciar aos alunos, desde sua entrada no curso, um suporte teórico-metodológico pautado na problematização e no diagnóstico das necessidades e aspirações dos diferentes segmentos da sociedade no que se refere à educação, a fim de que sejam capazes de identificar diferentes forças e interesses, captando as contradições presentes na realidade sul-mato-grossense e corumbaense. A rede pública de ensino local O atendimento à educação infantil em Corumbá é realizado unicamente pela rede municipal de ensino. No que se refere aos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano), pode-se dizer que este é atendido tanto pela rede municipal como estadual. Já o ensino fundamental do 6º ao 9º ano e o ensino médio são de responsabilidade

2 exclusiva da rede estadual. Os últimos resultados do IDEB Índice de Desenvolvimento da Educação Básica mostram que em 2009 o município de Corumbá obteve nos anos iniciais do ensino fundamental uma média de 3,7 numa escala de 0 a 10. Essa nota superou a meta prevista para 2009, porém ainda continua inferior à média brasileira para esse ciclo, que é de 4,6. Já para os anos finais do ensino fundamental a nota foi de 3,1 ficando também abaixo da média nacional que era prevista para 3,7. Os dados apresentados pelo IDEB no município apontam indícios de baixo rendimento e indicam que a educação pública e gratuita na cidade necessita de maior qualidade, assim como de estudos que se dediquem e se proponham a problematizar e entender melhor esta realidade, especialmente no que concerne a alfabetização nas séries iniciais do ensino fundamental. A escola selecionada para realização deste subprojeto é a Escola Estadual Maria Leite, localizada em um bairro próximo da UFMS Campus do Pantanal. Esta escola foi escolhida por duas razões distintas. A primeira delas é o resultado de seu último IDEB nas séries iniciais que foi de 3,3 sendo considerado como baixo quando comparado a média nacional. A segunda motivação seria ter como lócus a mesma escola onde os pibidianos do curso de Matemática do CPAN atuarão, buscando realizar ações integradas das diferentes Licenciaturas, procurando criar massa crítica de ações esperando uma maior efetividade no contexto escolar, conforme prevê o presente projeto institucional PIBID-UFMS PROPOSTA DE TRABALHO Contextualizando a alfabetização O envolvimento da Universidade com as escolas é um caminho importante para se repensar os problemas tanto das escolas como dos cursos de formação de professores. No caso deste subprojeto, na formação de futuros professores alfabetizadores as implicações de tal integração devem se refletir em ações teórico-práticas que possibilitem administrar desafios e propor mais qualidade ao ensino e no caso aqui apresentado, à alfabetização. Tem-se consensual e tradicionalmente como ideia que o acesso ao mundo da escrita e da leitura ocorre por responsabilidade e incumbência da escola e do processo que nela se dá: a escolarização. Em outros termos, podese afirmar através das ideias veiculadas pelo senso comum que cabe à escola e à escolarização a aprendizagem das habilidades básicas de leitura e de escrita, ou seja, cabe à alfabetização o desenvolvimento das habilidades, atitudes e conhecimentos necessários ao uso efetivo e competente da leitura e da escrita nas práticas sociais que envolvam a língua escrita. A cada vez que se ouve e se destacam níveis precários de alfabetização seja em crianças, jovens ou adultos se associa a questão ao fracasso escolar na alfabetização. Da mesma maneira, quando se identificam dificuldades no uso da língua escrita, ou seu respectivo desinteresse pela leitura, seja também em crianças, jovens ou adultos atribui-se o fracasso à escola e às deficiências no processo de escolarização, no desenvolvimento de habilidades de uso social da leitura e escrita, como na promoção de atitudes positivas em relação à leitura. Algumas possíveis causas para estes problemas acontecerem podem ser: a falta de clareza e precisão na definição dos conceitos sobre alfabetização, letramento e escolarização; bem como na má interpretação entre os vínculos que se estabelecem entre estes conceitos; assim como a perda de especificidade no processo de alfabetização e a dissociação dos termos alfabetização e letramento. Enfim, à medida que novas condições sociais passam a demandar o uso da escrita e que a sociedade torna-se cada vez mais grafocêntrica, uma nova necessidade configura-se: não basta aprender a ler e a escrever, é preciso usar a escrita no cotidiano. Nas últimas décadas tem sido discutida a importância da alfabetização enquanto domínio do código, pois as novas condições sociais exigem o aprimoramento dos usos da leitura e da escrita nos diferentes gêneros textuais. Ou seja, nas sociedades tecnológicas, há a necessidade de além de se decifrar o código escrito, usá-lo com eficiência e competência nos mais variados contextos sociais. Observa-se atualmente que a leitura e a escrita são bens sociais indispensáveis para enfrentamento do dia-a-dia. O presente subprojeto visa propor um conjunto de ações que deverão ser desenvolvidas em uma escola estadual, do ensino fundamental, em suas séries iniciais, prioritariamente nas turmas em que predomine o processo de alfabetização, ou seja, classes que priorizem a aprendizagem inicial da leitura e da escrita. Escolher-se-ão as turmas de 1º e 2º ano. Acredita-se que o envolvimento planejado e sistematizado dos estudantes de pedagogia com o cotidiano desta escola possibilitará, seguramente, importantes reflexões sobre o fazer pedagógico, contribuindo de forma significativa para a formação dos novos professores. Espera-se também que tal experiência possibilite ações criativas que colaborem para o avanço da qualidade de ensino, melhorando os

3 resultados dos indicadores de rendimento desta escola. A partir dos objetivos traçados pelo Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID que são: a) incentivar a formação de docentes em nível superior para a Educação Básica; b) contribuir para a valorização do magistério; c) elevar a qualidade da formação inicial de professores nos cursos de licenciatura, promovendo a integração entre a Educação Superior e a Educação Básica; d) inserir os licenciandos no cotidiano de escolas da rede pública de educação, proporcionando-lhes oportunidades de criação e participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem; e) incentivar escolas públicas de Educação Básica, mobilizando seus professores como co-formadores dos futuros docentes e tornando-as protagonistas nos processos de formação inicial para o magistério; e f) contribuir para a articulação entre teoria e prática necessárias à formação dos docentes, elevando a qualidade das ações acadêmicas nos cursos de licenciatura. Os objetivos principais do presente subprojeto, em conformidade com o projeto institucional, que visa sensibilizar os graduandos sobre a realidade escolar, assim como, proporcionar além da formação docente, formação política e científica são: a) Estimular e desenvolver a formação de professores para educação básica, em especial para o 1º e 2º anos do ensino fundamental - com destaque para a alfabetização e o letramento; b) Propiciar a melhoria da qualidade da educação na escola selecionada, contribuindo para se ter êxito no processo de alfabetização dos alunos; c) Promover integração a escola do ensino fundamental à universidade no enfrentamento dos desafios atuais da formação de professores alfabetizadores; d) Permitir a experimentação e a análise de metodologias e de uso de equipamentos didáticos na escola conveniada ao PIBID. Ações de inserção dos bolsistas junto à escola O trabalho dos bolsistas deste subprojeto deverá se estruturar a partir do planejamento e execução de projetos didáticos para a alfabetização buscando abordar três eixos de atuação: a) Diagnóstico contínuo das habilidades de leitura e escrita apresentadas pelos alunos em fase de alfabetização; b) Alfabetização: aprendizagem da leitura e da escrita a partir de diferentes gêneros textuais; c) Alfabetização a partir de atividades lúdicas. Os projetos didáticos deverão ser elaborados pelos bolsistas na Universidade, com o acompanhamento do coordenador de área do subprojeto do PIBID e supervisor da escola conveniada, bem como, deverão ser devidamente avaliados após a sua execução na escola. Eixo de atuação 1 - Diagnóstico contínuo das habilidades de leitura e escrita apresentadas pelos alunos em fase de alfabetização Objetivo Procedimentos Mapear cotidianamente a situação real da aprendizagem das habilidades de leitura e escrita dos alunos em fase de alfabetização com vistas à verificação do processo de evolução da aprendizagem dos alunos, permitindo o planejamento de intervenções adequadas por parte dos pibidianos. Elaborar coletivamente as atividades que servirão de diagnóstico para avaliar a aprendizagem dos alunos. Analisar os resultados das atividades avaliativas, considerando as diversas hipóteses apresentadas pelos alunos. Construir um quadro de desempenho de cada aluno, que deve ser atualizado periodicamente. Eixo de atuação 2 Alfabetização: aprendizagem da leitura e da escrita a partir de diferentes gêneros textuais Objetivos

4 Procedimentos Oportunizar a aprendizagem da leitura e da escrita a partir de diferentes gêneros textuais; Desenvolver o prazer pela leitura em sala de aula, destacando a importância do ato de ler diariamente na vida dos educandos. Observar o aprendizado da leitura dos alunos por intermédio da tentativa de interpretação do código escrito ou ainda pelo interesse na leitura escutada. Instigar a imaginação e fomentar o desejo de ler o mundo a nossa volta incluindo nele à leitura do código escrito proporcionando possíveis tentativas de leituras por parte dos alunos. Promover a manifestação dos alunos sobre a língua escrita ainda que não dominem total ou parcialmente a leitura. Experimentar situações de construção de palavras, frases, textos individuais e coletivos que possam conduzir à aquisição e ao domínio da língua escrita. Trazer para o universo da sala de aula os diferentes gêneros textuais que circulam socialmente, para que os alunos tomem contato com as diversas tipologias existentes; Ler para os alunos e oferecer oportunidades para eles realizarem também leitura em voz alta; Oferecer bons materiais possibilitando quando possível que o aluno escolha sua leitura; Apresentar aos alunos os suportes em que os textos foram retirados (jornais, revistas, livros, cartas, etc.); Realizar leituras que permitir diversas interpretações dos textos lidos; Proporcionar a escuta de diversas histórias na sala de aula ou em outro lugar que for mais apropriado, garantindo destaque, atenção e respeito ao aprendizado da leitura; Planejar e realizar atividades de escrita utilizando as diversas formas de textos. Eixo de atuação 3 - Alfabetização a partir de atividades lúdicas Objetivos Procedimentos Oportunizar a aprendizagem da leitura e da escrita a partir de diferentes atividades lúdicas. Oferecer através do universo da arte, da música e dos jogos pedagógicos possibilidades de aprendizagem da leitura e da escrita na alfabetização. Planejar e realizar atividades lúdicas que envolvam expressões artísticas, musicais e de jogos pedagógicos. Além das ações descritas anteriormente, tem-se a pretensão de que os bolsistas de iniciação a docência sejam ainda engajados no cotidiano da escola tendo oportunidades de participar das diferentes dimensões do trabalho docente, tais como na leitura do projeto político-pedagógico da escola; participando de reuniões de planejamentos e avaliações; do conselho de classe; do conselho de escola; das reuniões de pais e mestres; bem como das reuniões de cunho pedagógico. Na realidade a escola será palco privilegiado de atuação e intervenção dos bolsistas. Diante do exposto, faz-se necessário ainda destacar algumas ações que serão priorizadas neste subprojeto: a) Preparação dos bolsistas e do supervisor Antes do início das atividades em sala de aula da escola selecionada, serão realizadas reuniões para preparação dos bolsistas e do supervisor, com a participação do coordenador deste subprojeto. No processo de preparação dos bolsistas e supervisor poderá haver momento de atividades conjuntas com outros cursos de graduação da UFMS, campus do Pantanal que também desenvolvem projetos PIBID. b) Definição da forma de atuação dos bolsistas em sala de aula Os bolsistas atuarão diretamente na escola, a partir de um cronograma previamente estabelecido, considerando: seu tempo disponível para a realização do projeto, os horários combinados com a escola e as necessidades de

5 formação, planejamento e avaliação junto com a coordenação e supervisão do projeto. c) Estabelecimento de estratégias a serem utilizadas na prática pedagógica dos bolsistas: Elaboração e execução de projetos que envolvam diversas formas de leitura e escrita, promovendo a alfabetização e o letramento dos alunos; Elaboração de um blog visando publicizar as atividades, dificuldades, sucessos do grupo, bem como textos e artigos discutidos pelo grupo ou elaborados por ele. d) Realização de registro das atividades realizadas na escola pelos bolsistas Os bolsistas deverão elaborar relatórios semanais, informando todas as atividades desenvolvidas dentro e fora da escola. Deverão também ter um diário de campo onde anotarão todas as suas impressões pessoais sobre as ações e o diaa-dia na escola e) Acompanhamento do projeto pelo coordenador O coordenador de área deverá realizar pelo menos uma visita por semana a escola conveniada. Além da visita à escola, o coordenador acompanhará as atividades de planejamento e avaliação das ações a serem desenvolvidas na escola, seja com discentes seja com docentes, bem como a elaboração de memoriais e relatórios tanto do supervisor quanto dos bolsistas. f) Sobre as atividades em sala de aula e preparação de material didático Cada atividade será ministrada por dois bolsistas, que serão responsáveis, também em conjunto, pela elaboração dos planos de ensino, preparação do material, aplicação e correção de atividades. g) Critérios para avaliação do supervisor - Assiduidade na escola; - Participação em reuniões na universidade e na própria escola com bolsistas e coordenador do subprojeto; - Apresentação de relatórios mensais sobre as atividades desenvolvidas pelos bolsistas nas escolas h) Critérios para avaliação dos alunos bolsistas - Assiduidade nas atividades do PIBID a serem desenvolvidas na escola e na universidade; - O desempenho do acadêmico de pedagogia pertencente ao PIBID deve ser bom em todas as disciplinas do curso, permanecendo sem alterações, sem baixo rendimento enquanto permanecer vinculado a bolsa. O não cumprimento deste critério implicará em seu desligamento do programa de iniciação a docência; - Cumprimento das metas estabelecidas pelo subprojeto; - Apresentação de relatórios mensais. 9. Nome e endereço das escolas da rede pública de Educação Básica (listar todas participantes do subprojeto institucional) Nº de alunos matriculados na escola considerando apenas o Nível de Licenciatura 1 Nome Escola Estadual Maria Leite 287 Ensino Fundamental 1º ao 5º ano. Endereço Rua Porto Carreiro, nº 94, Centro, Cep: , Corumbá - MS 10. Ações Previstas - Seleção dos bolsistas e dos supervisores - Reunião inicial de planejamento (coordenação e supervisão) Último IDEB (quando houver) 3,3 1 Níveis de licenciatura aplicáveis: (a) ensino médio, (b) ensino fundamental.

6 - Reunião de planejamento e orientações gerais sobre o projeto com supervisores, bolsistas e representantes das escolas e dos órgãos de gestão da educação no município. - Realização de diagnóstico geral da escola, considerando principalmente os problemas de alfabetização e letramento. - Organização e realização de estudos teóricos e de oficinas para elaboração de projetos e de materiais didáticos focados na realidade apontada pelo diagnóstico. - Realização de encontros de avaliação e planejamentos semanais entre bolsistas e coordenador de área de subprojeto. - Visitas semanais do coordenador do subprojeto a escola conveniada ao PIBID. - Realização de estudos e oficinas com a participação dos docentes e supervisores das escolas públicas envolvidas no projeto. - Realização de seminário para exposição e discussão dos resultados das atividades realizadas. - Construção de relatórios conforme a orientação geral do projeto PIBID. 11. Resultados Pretendidos Os principais resultados esperados deste projeto são: 1. Melhoria da formação teórica e prática dos estudantes do curso de pedagogia, principalmente no que se refere aos desafios da alfabetização, da leitura e da escrita. 2. Contribuir para reverter a queda nos índices do IDEB constatada nas escolas. 3. Aproximar a universidade das escolas na busca de alternativas para a melhoria do ensino. 4. Envolver as escolas com os desafios da formação de professores para o ensino fundamental. Analisar e divulgar as experiências didático-pedagógicas desenvolvidas nas escolas.

7 12. Cronograma específico deste subprojeto Atividades - Ano I Seleção do professor supervisor nas escolas Seleção de bolsistas Reuniões de planejamento e orientações gerais sobre o projeto com supervisores, bolsistas e representantes das escolas e dos órgãos de gestão da educação no município. Diagnóstico das escolas (verificando os alunos quanto a alfabetização e o letramento) Estudos com supervisor e bolsistas Oficinas de elaboração de projetos e materiais didáticos Reuniões semanais de planejamento e avaliação com os alunos bolsistas. Reuniões quinzenais com o professor supervisor na escola. Visitas semanais do coordenador às Escolas para observação e avaliação do desenvolvimento das atividades Encontro com os integrantes das escolas no campus da Universidade. Mês de execução (contado a partir do início do projeto) Criação e alimentação do blog Elaboração de memorial, resultado do trabalho de todos os participantes Realização de seminários com os resultados das atividades Participar de seminários e eventos realizados por outros subprojetos dentro ou fora do campus da UFMS Elaboração de relatórios bimestrais, semestrais e diários de campo.

8 Avaliação e readequações bimestrais do projeto Elaboração de dados estatísticos sobre o aproveitamento dos alunos das escolas Atividades - Ano II Oficinas de elaboração de projetos e materiais didáticos Reuniões semanais de planejamento e avaliação com os alunos bolsistas. Reuniões quinzenais com o professor supervisor na escola. Visitas semanais do coordenador às Escolas para observação e avaliação do desenvolvimento das atividades Encontro com os integrantes das escolas no campus da Universidade. Criação e alimentação do blog Elaboração de memorial, resultado do trabalho de todos os participantes Realização de seminários com os resultados das atividades Participar de seminários e eventos realizados por outros subprojetos dentro ou fora do campus da UFMS Elaboração de relatórios bimestrais, semestrais e diários de campo. Mês de execução (contado a partir do início do projeto) Avaliação e readequações bimestrais do projeto Elaboração de dados estatísticos sobre o aproveitamento dos alunos das escolas Elaboração de relatório final

9 13. Previsão das ações que serão implementadas com os recursos do Projeto Institucional a proposta deverá ser detalhada, pois será usada como parâmetro durante toda a vigência do convênio. Organização do projeto, produção e armazenamento de informações e elaboração de recursos didáticos: Material de expediente (papel ofício, canetas, grampeador e grampos, clipes, perfurador, cola, tesoura, pastas, tinta para impressão); Material para uso em serviço no campo (Cadernos, Mochilas, Pen-drive de 4 GB, cavalete para álbum seriado, papel para uso em álbum seriado, cartolina de cores variadas, papel sulfite branco, EVA, papel cartão, papel color set, TNT, CD para gravação, cartões de memória para máquina fotográfica, produtos e outros materiais de consumo). Serviços de pessoas jurídicas para viabilização das atividades na escola, para realização de estudos e divulgação do trabalho: Participação em eventos fora do município (diárias para coordenador e supervisor, passagens para bolsistas, aluguel de transporte coletivo e outros) Produção e elaboração de materiais complementares para a realização das atividades, para estudos e para divulgação (reprografia, impressão de serviços gráficos, reparos e consertos, prestação de serviços por pessoal técnico, aluguel para evento e outros) 14. Outras informações relevantes (quando aplicável)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB EDITAL Nº 02/2009 CAPES/DEB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À

Leia mais

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID FORMULÁRIO DE DETALHAMENTO DO SUBPROJETO POR ÁREA DE CONHECIMENTO 1. Nome da Instituição: UNIVERSIDADE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB EDITAL Nº 018/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

SELEÇÃO DE DISCENTES BOLSISTAS PARA O SUBPROJETO PEDAGOGIA (EDUCAÇÃO INFANTIL):

SELEÇÃO DE DISCENTES BOLSISTAS PARA O SUBPROJETO PEDAGOGIA (EDUCAÇÃO INFANTIL): UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA/CAPES EDITAL Nº 01/2015 Subprojeto PIBID/Pedagogia (Educação Infantil)/UFOPA

Leia mais

ANEXO II EDITAL Nº 01/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. DETALHAMENTO DO SUBPROJETO (Licenciatura)

ANEXO II EDITAL Nº 01/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. DETALHAMENTO DO SUBPROJETO (Licenciatura) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 01/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

cultura dos adolescentes/jovens

cultura dos adolescentes/jovens MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID FORMULÁRIO DE DETALHAMENTO DO SUBPROJETO POR ÁREA DE CONHECIMENTO 1. Nome da Instituição: Universidade

Leia mais

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID FORMULÁRIO DE DETALHAMENTO DO SUBPROJETO POR ÁREA DE CONHECIMENTO 1. Nome da Instituição: 2. UF UNIVERSIDADE

Leia mais

Nome Instituição Função Professor 1Artemizia Ribeiro Lima FVJ Coordenador de Área - Pedagogia Professor 2 Angélica Rodrigues de Souza

Nome Instituição Função Professor 1Artemizia Ribeiro Lima FVJ Coordenador de Área - Pedagogia Professor 2 Angélica Rodrigues de Souza PIBID FVJ PROJETO INSTITUCIONAL 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome e Sigla: Faculdade do Vale do Jaguaribe - FVJ Responsável legal da IES: Eduardo Neto Mopreira de Souza Proposta - Edital nº 61/2013 Número da

Leia mais

PIBID MATEMÁTICA DA UNISUL: O DESAFIO DA IMPLANTAÇÃO E OS PRIMEIROS RESULTADOS

PIBID MATEMÁTICA DA UNISUL: O DESAFIO DA IMPLANTAÇÃO E OS PRIMEIROS RESULTADOS Anais do III Simpósio sobre Formação de Professores SIMFOP Universidade do Sul de Santa Catarina, Campus de Tubarão Tubarão, de 28 a 31 de março de 2011 PIBID MATEMÁTICA DA UNISUL: O DESAFIO DA IMPLANTAÇÃO

Leia mais

Nome da Ação 1.2: Descrição da Ação 1.2: Nome da Ação 1.3: Descrição da Ação 1.3: Nome da Ação 1.4: Descrição da Ação 1.4:

Nome da Ação 1.2: Descrição da Ação 1.2: Nome da Ação 1.3: Descrição da Ação 1.3: Nome da Ação 1.4: Descrição da Ação 1.4: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Cassilândia 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Interdisciplinar Obs.: Para

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CRITÉRIOS E NORMAS 1ª CHAMADA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CRITÉRIOS E NORMAS 1ª CHAMADA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Campus Universitário - Lagoa Nova - 59078-970 - Natal - RN Fone: (84)

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC- Nº 01/2014

EDITAL PIBID-FUNEC- Nº 01/2014 EDITAL PIBID-FUNEC- Nº 01/2014 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID DAS FACULDADES INTEGRADAS DE SANTA FÉ DO SUL/SP. A FUNEC Fundação

Leia mais

1 - OBJETIVOS DO PROGRAMA

1 - OBJETIVOS DO PROGRAMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Campus Universitário - Lagoa Nova - 59072-970 - Natal - RN Fone: (84)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID ANEXO I Detalhamento do PROJETO INSTITUCIONAL TO 10.742.006.0001-98

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID ANEXO I Detalhamento do PROJETO INSTITUCIONAL TO 10.742.006.0001-98 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB EDITAL Nº 02/2009 CAPES/DEB Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA Boa Vista, 16 de março de 2015. Edital 002/2015-PIBID/FISICA/UFRR PROCESSO SELETIVO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

EDITAL 007/2014-PIBID-Inglês/UFRR Boa Vista, 01 de setembro de 2014.

EDITAL 007/2014-PIBID-Inglês/UFRR Boa Vista, 01 de setembro de 2014. EDITAL 007/2014-PIBID-Inglês/UFRR Boa Vista, 01 de setembro de 2014. PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE PIBID / UFRR A Universidade Federal de Roraima UFRR, por meio

Leia mais

BARBOSA, Maria Julia de Araújo. Pedagogia - UEPB/Campus I julia.araujo13@gmail.com

BARBOSA, Maria Julia de Araújo. Pedagogia - UEPB/Campus I julia.araujo13@gmail.com LIMITES E DIFICULDADES PARA ALFABETIZAR E LETRAR TURMA DA EJA: EXPERIÊNCIA DO PIBID SILVA, Alzira Maria Lima da. Graduanda Pedagogia - UEPB/Campus I alziralima37@hotmail.com BARBOSA, Maria Julia de Araújo.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL BOLSA INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID FORMULÁRIO TALHAMENTO DO SUBPROJETO POR ÁREA CONHECIMENTO 1. Nome da Instituição: 2. GO UNIVERSIDA FERAL GOIÁS

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NO CONTEXTO ENSINO APRENDIZAGEM REPORTADA POR ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NO CONTEXTO ENSINO APRENDIZAGEM REPORTADA POR ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO A IMPORTÂNCIA DO PIBID NO CONTEXTO ENSINO APRENDIZAGEM REPORTADA POR ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO Rothchild Sousa de Morais Carvalho Filho 1 Naiana Machado Pontes 2 Laiane Viana de Andrade 2 Antonio

Leia mais

Edital PIBID/UNISC nº 02/2015 Processo Seletivo de Bolsistas de Supervisão

Edital PIBID/UNISC nº 02/2015 Processo Seletivo de Bolsistas de Supervisão Edital PIBID/UNISC nº 02/2015 Processo Seletivo de Bolsistas de Supervisão 1 DAS NORMAS GERAIS 1.1 O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID/CAPES) visa fomentar a iniciação à docência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira Projeto de trabalho Toda criança tem um repertório de conhecimentos

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID-2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE - PIBID-2012/UMESP 02/2013

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID-2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE - PIBID-2012/UMESP 02/2013 PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID-2012/UMESP (METODISTA) EDITAL PPGE - PIBID-2012/UMESP 02/2013 Abertura de

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Amambai 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Interdisciplinar Obs.: Para proposta

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Inglês Obs.: Para proposta

Leia mais

Palavras chave: Ensino de Geografia, aprendizagem significativa, PIBID.

Palavras chave: Ensino de Geografia, aprendizagem significativa, PIBID. (RE) PENSANDO O ENSINO DE GEOGRAFIA NA EDUCAÇÃO BÁSICA A IMPORTÂNCIA DO PIBID/PUC- RJ NA FORMAÇÃO E PRÁTICA DOCENTE Luana Ferreira Correia Professosa Geografia SME/Supervisora do PIBID Geografia/PUC-RJ

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID A FUNEC Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do Sul, através

Leia mais

BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL 10/2014- PARA SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA-PIBID CURSO de PEDAGOGIA UNISAL - CAMPUS- São Paulo/Santa Teresinha A Pró-Reitora

Leia mais

BOLSISTA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

BOLSISTA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL 13/2015- PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA-PIBID CURSO DE PEDAGOGIA CAMPUS SANTA TERESINHA - SÃO PAULO A Pró-Reitora do UNISAL

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Campo Grande 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Espanhol Obs.:

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BACABAL FEBAC Credenciamento MEC/Portaria: 472/07 Resolução 80/07

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BACABAL FEBAC Credenciamento MEC/Portaria: 472/07 Resolução 80/07 BACABAL-MA 2012 PLANO DE APOIO PEDAGÓGICO AO DOCENTE APRESENTAÇÃO O estímulo à produção intelectual do corpo docente é uma ação constante da Faculdade de Educação de Bacabal e para tanto procura proporcionar

Leia mais

A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA

A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA A ORALIZAÇÃO COMO MANIFESTAÇÃO LITERÁRIA EM SALA DE AULA. AÇÕES DO PIBID/CAPES UFG (SUBPROJETO: LETRAS: PORTUGUÊS) NO COLÉGIO ESTADUAL LYCEU DE GOIÂNIA Bolsistas: SILVA, Danila L.; VAZ, Paula R. de Sena.;

Leia mais

EDITAL Nº 018/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID Edital 2010 Municipais e Comunitárias

EDITAL Nº 018/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID Edital 2010 Municipais e Comunitárias MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB EDITAL Nº 018/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Leia mais

Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA PORTUGUESA/LINGUÍSTICA/LITERATURA

Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA PORTUGUESA/LINGUÍSTICA/LITERATURA Universidade Tecnológica Federal do Paraná LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS CÂMPUS PATO BRANCO Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA PORTUGUESA/LINGUÍSTICA/LITERATURA A coordenação

Leia mais

NO IFRN / CAMPUS MOSSORÓ

NO IFRN / CAMPUS MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRO-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL

Leia mais

Edital 01/2016 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA (Nova chamada para inscrições)

Edital 01/2016 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA (Nova chamada para inscrições) República Federativa do Brasil Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Coordenação do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Licenciatura em Letras Português-Inglês

Leia mais

EDITAL 02/2013 - PIBID-CAPES-UNISAL PARA SELEÇÃO DE LICENCIANDOS DE HISTÓRIA E PSICOLOGIA

EDITAL 02/2013 - PIBID-CAPES-UNISAL PARA SELEÇÃO DE LICENCIANDOS DE HISTÓRIA E PSICOLOGIA EDITAL 02/2013 - PIBID-CAPES-UNISAL PARA SELEÇÃO DE LICENCIANDOS DE HISTÓRIA E PSICOLOGIA O UNISAL Centro Universitário Salesiano de São Paulo no uso de suas atribuições, por meio da Pró-Reitoria Acadêmica,

Leia mais

Palavras-Chave: docência, alfabetização, letramento.

Palavras-Chave: docência, alfabetização, letramento. O PROCESSO DE ALFABETIZAR, LETRANDO- UMA VIVÊNCIA NO PIBID/CAPES/ULBRA Nanci Tereza Félix Veloso Sílvia Maria Barreto dos Santos ULBRA- Cachoeira do Sul RESUMO Este trabalho relata os percursos metodológicos

Leia mais

5. CALENDÁRIO a) Inscrição dos candidatos De 10/08/2015 a 17/08/2015 20/08/2015

5. CALENDÁRIO a) Inscrição dos candidatos De 10/08/2015 a 17/08/2015 20/08/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JOÃO PESSOA UNIPÊ PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL, PESQUISA E EXTENSÃO - PROPDEPE PROGRAMA INSITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL PARA A SELEÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB EDITAL Nº 018/2010/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

Leia mais

1. Introdução. Palavras Chaves: Observação do Espaço Escolar. Cotidiano. Processo formativo.

1. Introdução. Palavras Chaves: Observação do Espaço Escolar. Cotidiano. Processo formativo. A OBSERVAÇÃO DA ROTINA ESCOLAR COMO MEIO DE CONHECIMENTO: POSSIBILIDADES FORMATIVAS PARA O FUTURO PROFESSOR, UM RELATO DE EXPERIÊNCIA A PARTIR DO PIBID. Santos, Vanessa Lago dos Licencianda em Pedagogia,

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES Silva.A.A.S. Acadêmica do curso de Pedagogia (UVA), Bolsista do PIBID. Resumo: O trabalho

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DA ESCRITA COMO INSTRUMENTO NORTEADOR PARA O ALFABETIZAR LETRANDO NAS AÇÕES DO PIBID DE PEDAGOGIA DA UFC

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DA ESCRITA COMO INSTRUMENTO NORTEADOR PARA O ALFABETIZAR LETRANDO NAS AÇÕES DO PIBID DE PEDAGOGIA DA UFC AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DA ESCRITA COMO INSTRUMENTO NORTEADOR PARA O ALFABETIZAR LETRANDO NAS AÇÕES DO PIBID DE PEDAGOGIA DA UFC Antônia Fernandes Ferreira; Gessica Nunes Noronha; Marielle Sâmia de Lima

Leia mais

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA Naiane Novaes Nogueira 1 Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB n_n_nai@hotmail.com José

Leia mais

Palavras-chave: Formação de Professores, Prática Pedagógica, Escola, Letramento, Alfabetização, Experimentação, Resultados.

Palavras-chave: Formação de Professores, Prática Pedagógica, Escola, Letramento, Alfabetização, Experimentação, Resultados. 1 PIBID: UMA EXPERIÊNCIA DE REGISTRO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA E SUA IMPORTÂNCIA PARA A UNIDADE ESCOLAR Sônia Maria Benjamin Borges 1 Orientadora: Dulcinéia de Oliveira Gomes 2 Resumo: Este trabalho tem como

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID EDITAL Nº

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID ESPANHOL

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID ESPANHOL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID ESPANHOL A língua espanhola na Educação Básica A implantação da língua espanhola por meio da lei federal 11.161, que diz respeito à sua oferta

Leia mais

Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA e PIBID INTERDISCIPLINAR

Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA e PIBID INTERDISCIPLINAR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Licenciatura em Letras Português/Inglês Câmpus Curitiba Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA e PIBID INTERDISCIPLINAR

Leia mais

A utilização de jogos no ensino da Matemática no Ensino Médio

A utilização de jogos no ensino da Matemática no Ensino Médio A utilização de jogos no ensino da Matemática no Ensino Médio Afonso Henrique Leonardo da Conceição e-mail: afonso.conceicao_dc@hotmail.com Tatiane Cristina Camargo e-mail: tatianecamargo.ferreira@gmail.com

Leia mais

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE DEZEMBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE DEZEMBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CLÁUDIA TRAJANO DE SANTANA JULIANA FRANCELINA DA SILVA RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE DEZEMBRO DE 2012 EREM

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL: instrumento norteador efetivo de investimentos da IES

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL: instrumento norteador efetivo de investimentos da IES 152 AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL: instrumento norteador efetivo de investimentos da IES Silvana Alves Macedo 1 Reginaldo de Oliveira Nunes 2 RESUMO O processo da Auto-Avaliação Institucional ainda é um

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL Nº 05/2015/PIBID SELEÇÃO LICENCIANDOS A UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - UFV torna pública a abertura das inscrições, no período de

Leia mais

EDITAL Nº. 021/2015 - UNEMAT/PROEG - PIBID

EDITAL Nº. 021/2015 - UNEMAT/PROEG - PIBID EDITAL Nº. 021/2015 - UNEMAT/PROEG - PIBID A Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT, no uso de suas atribuições, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação, torna público o presente Edital de

Leia mais

Edital Nº 156/2015 PIBID/DIVERSIDADE-PROEN

Edital Nº 156/2015 PIBID/DIVERSIDADE-PROEN Edital Nº 156/2015 PIBID/DIVERSIDADE-PROEN Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência para Diversidade PIBID/DIVERSIDADE/UFMA/CAPES (Seleção de estudantes-bolsistas de iniciação à docência)

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CRITÉRIOS E NORMAS A Coordenadora Institucional do Programa Institucional de

Leia mais

G1 Formação de Professores. Julia de Cassia Pereira do Nascimento (DO)/ juliacpn@interacaosp.com.br Edda Curi/ edda.curi@cruzeirodosul.edu.

G1 Formação de Professores. Julia de Cassia Pereira do Nascimento (DO)/ juliacpn@interacaosp.com.br Edda Curi/ edda.curi@cruzeirodosul.edu. CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: INDICATIVOS DA LEGISLAÇÃO VIGENTE E DA ORGANIZAÇÃO DO ESTÁGIO NUM CURSO DE PEDAGOGIA G1 Formação de Professores

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÂO À DOCÊNCIA (PIBID) EDITAL PROEX Nº 014/2013

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÂO À DOCÊNCIA (PIBID) EDITAL PROEX Nº 014/2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÂO À DOCÊNCIA (PIBID) EDITAL PROEX Nº 014/2013 A Universidade Estadual de Londrina por meio da Pró-Reitoria de Externsão, considerando a necessidade de selecionar

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA -PIBID-FAAT

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA -PIBID-FAAT PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA -PIBID-FAAT Projeto Institucional - Faculdades Atibaia FAAT Parceria entre o Ensino Superior e a Escola Pública na formação inicial e continuada

Leia mais

3. EIXOS DE DESENVOLVIMENTO (*):

3. EIXOS DE DESENVOLVIMENTO (*): PAC UFSCar 2016 1.INTRODUÇÃO A Política de Capacitação da UFSCar estabelece as diretrizes para capacitação de servidores com vistas ao desenvolvimento de um processo de educação continuada e permanente

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID A FUNEC Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do

Leia mais

1.2 A inscrição para participação e concessão das bolsas para os candidatos no Programa é totalmente gratuita.

1.2 A inscrição para participação e concessão das bolsas para os candidatos no Programa é totalmente gratuita. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense Pró-Reitoria de Ensino EDITAL PIBID Nº 137/2014 RETIFICAÇÃO 001/2014

Leia mais

CAMPUS DE UNIÃO DA VITÓRIA Divisão de Extensão e Cultura

CAMPUS DE UNIÃO DA VITÓRIA Divisão de Extensão e Cultura CAMPUS DE UNIÃO DA VITÓRIA Divisão de Extensão e Cultura EDITAL Nº. 03/2015 Processo Seletivo de Bolsistas de Extensão Universitária PIBEX/FA - Vagas Remanescentes - A Divisão de Extensão e Cultura, em

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL Nº /24 - PIBID/IFPE

Leia mais

CONSTITUINDO REFERENCIAIS TEÓRICO-METODOLÓGICOS: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O TRABALHO COM ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

CONSTITUINDO REFERENCIAIS TEÓRICO-METODOLÓGICOS: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O TRABALHO COM ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO CONSTITUINDO REFERENCIAIS TEÓRICO-METODOLÓGICOS: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O TRABALHO COM ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO Bruna Mendes Muniz 1 Gislaine Aparecida Puton Zortêa 2 Jéssica Taís de Oliveira Silva

Leia mais

Subprojeto (conforme item 4.4 do Edital nº 61/2013)

Subprojeto (conforme item 4.4 do Edital nº 61/2013) Subprojeto (conforme item 4.4 do Edital nº 61/2013) Área da licenciatura LETRAS E PEDAGOGIA Modalidade do [X] Presencial curso [ ] À distância Campos/polo 1 CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CAXIAS - CESC

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance PROJETO INSTITUCIONAL DO PIBID/FUCAMP FORMAÇÃO DOCENTE: CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE CONTEXTO EDUCACIONAL A Fundação Carmelitana Mário Palmério FUCAMP foi criada em 15 de novembro de 1997 e registrada

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC METODOLOGIA PARA O ENSINO DE LINGUA PORTUGUESA. Parte 1 (solicitante)

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC METODOLOGIA PARA O ENSINO DE LINGUA PORTUGUESA. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFENCIA EM FORMAÇÃO E APOIO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

EDITAL PIBID/UEFS 06/2015

EDITAL PIBID/UEFS 06/2015 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Autorizada pelo Decreto Federal nº 77.496 de 27-04-76 Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 874/86 de 19-12-86 Recredenciada pelo Decreto Estadual nº 9.271

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS EDITAL DE SELEÇÃO DE DOCENTES DE ESCOLAS ESTADUAIS SITUADAS NO MUNÍCIPIO DE ADAMANTINA PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA VAGAS

Leia mais

PLANEJAMENTO NA EJA: PROCESSOS E DESAFIOS

PLANEJAMENTO NA EJA: PROCESSOS E DESAFIOS PLANEJAMENTO NA EJA: PROCESSOS E DESAFIOS Ana Lucia Paranhos de Jesus Bolsista ID PIBID / UNEB no DEDC I Priscila Santos Moreira Bolsista ID PIBID / UNEB no DEDC I RESUMO Jeane dos Anjos Moreira Bolsista

Leia mais

EDITAL Nº 12, DE 11 DE JULHO DE 2012

EDITAL Nº 12, DE 11 DE JULHO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ GABINETE DO DIRETOR GERAL Fazenda Varginha Rodovia

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID/UEPB Edital 002/2014

Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID/UEPB Edital 002/2014 Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência-PIBID/UEPB Edital 002/2014 Seleção de Bolsistas de Iniciação à Docência A Universidade Estadual da Paraíba UEPB,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO TÍTULO: PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE LEITURA E ESCRITA DAS CRIANÇAS

PLANO DE TRABALHO TÍTULO: PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE LEITURA E ESCRITA DAS CRIANÇAS PLANO DE TRABALHO TÍTULO: PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE LEITURA E ESCRITA DAS CRIANÇAS IDENTIFICAÇÃO O presente projeto de intervenção está sendo desenvolvido na Escola Municipal Professor

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS INTERESSADOS NO PIBID/UFU CAMPI DE UBERLÂNDIA

SELEÇÃO DE ALUNOS INTERESSADOS NO PIBID/UFU CAMPI DE UBERLÂNDIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Ensino Divisão de Licenciatura Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência

Leia mais

3.1 Ampliar o número de escolas de Ensino Médio de forma a atender a demanda dos bairros.

3.1 Ampliar o número de escolas de Ensino Médio de forma a atender a demanda dos bairros. Meta 1 - Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de quatro e cinco anos, e ampliar, até 2025, a oferta de Educação Infantil de forma a atender a 50% da população de até 3 anos. Estratégias:

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA Centro de Formação de Professores

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA Centro de Formação de Professores EDITAL No. 012/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) UFRB A Universidade Federal do

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS II SIMPÓSIO DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS 13 e 14 de junho de 2013 O PROJETO DE EXTENSÃO MATEMÁTICA LEGAL

Leia mais

Nome da Ação 1.2: Descrição da Ação 1.2: Nome da Ação 1.3: Descrição da Ação 1.3:

Nome da Ação 1.2: Descrição da Ação 1.2: Nome da Ação 1.3: Descrição da Ação 1.3: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Coxim 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Biologia Obs.: Para proposta interdisciplinar,

Leia mais

Palavras-Chave: PIBID, Formação Inicial de Professores, Ensino de Informática.

Palavras-Chave: PIBID, Formação Inicial de Professores, Ensino de Informática. DESAFIOS DO ENSINO DA INFORMÁTICA NAS ESCOLAS PÚBLICAS: CONTRIBUIÇÕES DO PIBID NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES RESUMO Jéssyca Edly Messias Ribeiro (IFRN) jeh_edly@hotmail.com Jefferson Hernane da Silva

Leia mais

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL A PARTIR DE JOGOS DIDÁTICOS: UMA EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO MUNICÍPIO DE RESTINGA SÊCA/RS/Brasil

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL A PARTIR DE JOGOS DIDÁTICOS: UMA EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO MUNICÍPIO DE RESTINGA SÊCA/RS/Brasil EDUCAÇÃO PATRIMONIAL A PARTIR DE JOGOS DIDÁTICOS: UMA EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO MUNICÍPIO DE RESTINGA SÊCA/RS/Brasil Heliana de Moraes Alves Graduanda em Geografia Bacharelado da Universidade Federal

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO PIBID BIOLOGIA NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE ALUNOS DE UMA ESCOLA DA EDUCAÇÃO BÁSICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

CONTRIBUIÇÕES DO PIBID BIOLOGIA NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE ALUNOS DE UMA ESCOLA DA EDUCAÇÃO BÁSICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA CONTRIBUIÇÕES DO PIBID BIOLOGIA NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE ALUNOS DE UMA ESCOLA DA EDUCAÇÃO BÁSICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA José Carlos da Silva Souza (1), Kélvia Vieira dos Santos (2), Maria

Leia mais

CAMPUS DEUNIÃO DA VITÓRIA Divisão de Extensão e Cultura

CAMPUS DEUNIÃO DA VITÓRIA Divisão de Extensão e Cultura CAMPUS DEUNIÃO DA VITÓRIA Divisão de Extensão e Cultura EDITAL Nº. 005/2016 Processo Seletivo de Bolsistas de Extensão Universitária PIBEX/FA - Vagas Remanescentes - A Divisão de Extensão e Cultura, em

Leia mais

Edital de Seleção para Bolsa de Iniciação à Docência para o PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/UERGS

Edital de Seleção para Bolsa de Iniciação à Docência para o PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/UERGS Edital de Seleção para Bolsa de Iniciação à Docência para o PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/UERGS A Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Estadual do Rio Grande do

Leia mais

EDITAL N 02/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CURSO DE LÍNGUA FRANCESA NO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ

EDITAL N 02/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CURSO DE LÍNGUA FRANCESA NO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL N 02/2015 PROCESSO SELETIVO

Leia mais

PIBID EGRESSOS DO CURSO DE PEDAGOGIA UEMS: MARCAS FORMATIVAS NA DOCÊNCIA

PIBID EGRESSOS DO CURSO DE PEDAGOGIA UEMS: MARCAS FORMATIVAS NA DOCÊNCIA PIBID EGRESSOS DO CURSO DE PEDAGOGIA UEMS: MARCAS FORMATIVAS NA DOCÊNCIA Resumo Laíse Ataides Ribeiro 1 PG/UEMS Eliane Greice Davanço Nogueira 2 - UEMS Grupo de Trabalho - Formação de Professores e Profissionalização

Leia mais

DIFICULDADES DE LEITURA E ESCRITA: REFLEXÕES A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DO PIBID

DIFICULDADES DE LEITURA E ESCRITA: REFLEXÕES A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DO PIBID DIFICULDADES DE LEITURA E ESCRITA: REFLEXÕES A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DO PIBID BARROS, Raquel Pirangi. SANTOS, Ana Maria Felipe. SOUZA, Edilene Marinho de. MATA, Luana da Mata.. VALE, Elisabete Carlos do.

Leia mais

A Formação docente e o ensino da leitura e escrita por meio dos gêneros textuais

A Formação docente e o ensino da leitura e escrita por meio dos gêneros textuais A Formação docente e o ensino da leitura e escrita por meio dos gêneros textuais Dayanne Cristina Moraes de DEUS; Dulcéria TARTUCI; Maria Marta Lopes FLORES; Reila Terezinha da Silva LUZ Departamento de

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS O presente Regulamento normatiza as Atividades Práticas Supervisionadas (APS) nos cursos de graduação da Faculdade Shalom de Ensino Superior,

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Formação de Professores, Políticas Públicas, PIBID, Ensino de Física. Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN

PALAVRAS CHAVE: Formação de Professores, Políticas Públicas, PIBID, Ensino de Física. Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN IX CONGRESO INTERNACIONAL SOBRE INVESTIGACIÓN EN DIDÁCTICA DE LAS CIENCIAS Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO: A IMPORTÂNCIA DO PIBID 1 NA FORMAÇÃO INICIAL

Leia mais

O PIBID E AS PRÁTICAS EDUCACIONAIS: UMA PERSPECTIVA PARA A FORMAÇÃO INICIAL DA DOCÊNCIA EM GEOGRAFIA

O PIBID E AS PRÁTICAS EDUCACIONAIS: UMA PERSPECTIVA PARA A FORMAÇÃO INICIAL DA DOCÊNCIA EM GEOGRAFIA O PIBID E AS PRÁTICAS EDUCACIONAIS: UMA PERSPECTIVA PARA A FORMAÇÃO INICIAL DA DOCÊNCIA EM GEOGRAFIA Larissa Alves de Oliveira 1 Eixos Temáticos 4. Educação Superior e Práticas educacionais Resumo O Programa

Leia mais