Gestão de Projetos. Pós Graduação Executiva em. Gerenciamento dos Riscos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de Projetos. Pós Graduação Executiva em. Gerenciamento dos Riscos. Fabricio.sales@pmipe.org.br"

Transcrição

1 Pós Graduação Executiva em Gestão de Projetos Gerenciamento dos Riscos PMP é uma marca registrada do Project Management Institute, Inc.

2 Quem sou eu? 2 Nome: Fabrício Sales Formação Acadêmica: Graduado em Análise de Sistemas pala UCSal Universidade Católica de Salvador Graduando em Engenharia da Produção CESMAC Pós-Graduado em Gestão de Projetos pela Maurício de Nassau Certificado PMP pelo PMI - Project Management Institute Certificado MCTS pela Microsoft Microsoft Certifield Technology Specialist Project 2010 Membro: PMI EUA BA PE Project Management Institute AMA American Management Association PRMIA Professional Risk Management Internacional Association Experiência Acadêmica: Professor do Curso de Pós-graduação em Gestão de Projetos - Maurício de Nassau Professor do Curso de Pós-graduação em Elaboração de Projetos - CESMAC Instrutor dos Treinamentos Gerenciando Projetos com MS Project Gerenciando Projetos com Primavera Enterprise P6; Gerenciando Projetos na Prática; Curso Preparatório para Certificação PMP.

3 Método de Avaliação Nota do módulo composta de: Documentação do Projeto Domo Geodésico (Valor 10 Pontos) Termo de Abertura Registro das Partes Interessadas Declaração do Escopo Estrutura Analítica do projeto Cronograma de Execução Orçamento do Projeto Plano de Gerenciamento de Riscos Registro dos Riscos Análise Qualitativa dos Riscos Plano de Respostas aos Riscos Execução do Projeto Domo Geodésico (Valor 10 Pontos) Atendimentos aos 3 principais requisitos do projeto (3 Pontos) Suportar peso de um livro de 300 Páginas Diâmetro que caibam no mínimo 6 membros da equipe Não apresentar grampos aparentes Eficácia do Plano de Resposta aos Riscos (7 Pontos) Avaliação Final Prova (Valor 10 Pontos) 05 Questões subjetivas (Valor 2,5) 15 Questões objetivas (Valor 7,5) 3

4 Gerenciamento dos Riscos AGENDA Introdução Processos de Gerenciamento dos Riscos Teste Rápido Exercícios 4

5 Introdução Evento ou condição incerta que, se ocorrer, terá um efeito positivo ou negativo sobre pelo menos um dos objetivos do projeto, como escopo, tempo, custo ou qualidade. 5

6 Introdução Eventos Futuros Favoráveis = Oportunidades Ex: Identificar uma fonte de petróleo durante as escavações para construção do edifício. Eventos Futuros Favoráveis = Riscos Ex: Atraso na entrega do material de escavação Um grande buraco na estrada é um perigo maior para quem não o conhece do que para quem passa por lá freqüentemente e desvia com calma. 6

7 Benefícios Esperados Minimiza a gerência por crises Minimiza a ocorrência de surpresas e problemas Possibilita melhor alavancagem das oportunidades Aumenta a probabilidade de sucesso do projeto Melhoria nas comunicações 7

8 Recurso / Custos Ciclo de Vida do Projeto Decisão de Go / No-Go Fase Inicial Fases Intermediárias Fase Final Tempo Planejar Identificar Analisar Respostas Controle Gerenciamento dos Riscos, o que fazer e quando. 8

9 Ciclo de Vida do Projeto A probabilidade de concluir o projeto com sucesso é mais baixa no início do projeto porque os riscos e o grau de incertezas são maiores nas fases iniciais 9 Project Management Institute, Um Guia do conhecimento em Gerenciamento de Projetos, (Guia PMBOK ) Quarta Edição, Project Management Institute, Inc., 2008, Figura 2-2 Página 17.

10 Componentes do Risco EVENTOS PROBABILIDADE IMPACTO 10

11 Tipos de Eventos KNOWN KNOWN UNKNOWN UNKNOWN UNKNOWN Eu não me preocupo com as coisas que eu sei que não sei. Eu só me preocupo com as coisas que eu não sei que não sei. Porque as coisas que sei que não sei, é fácil, é só procurar que vou saber. Porém, as coisas que não sei que não sei, não tenho nem por onde começar! (Einstein) 11

12 Tipos de Eventos KNOWN KNOWN UNKNOWN UNKNOWN UNKNOWN Informação Completa (Know) Informação Parcial (Know Unknow) Sem Informação (Unknow Unknow) TOTAL INCERTEZA INCERTEZA TOTAL CERTEZA GERAL ESPECÍFICA INCERTEZA Escopo de Gerência de Risco do Projeto Eu não me preocupo com as coisas que eu sei que não sei. Eu só me preocupo com as coisas que eu não sei que não sei. Porque as coisas que sei que não sei, é fácil, é só procurar que vou saber. Porém, as coisas que não sei que não sei, não tenho nem por onde começar! (Einstein) 12

13 Gerenciamento dos Riscos AGENDA Introdução Processos de Gerenciamento dos Riscos Teste Rápido Exercícios 13

14 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 14

15 Visão Geral dos Processos Processos de Gerenciamento de Projetos Baseado PMBok Guide, Fourth Edition. Planejamento Plano de Gerenciamento de Projeto Coletar Requisitos Definir Escopo Criar EAP Encerramento Iniciação Encerrar Projeto ou Fase Elaborar Termo de Abertura Identificar Stakeholder Definir Orçamento Estimar Custos Planejar Gerenciamento de Riscos Encerrar Aquisições Estimar Duração Estimar Recursos Definir Atividades Identificar os Riscos Execução Gerenciar expectativa dos Stakeholders Mobilizar Equipes Realizar Aquisições Orientar a Execução do projeto Realizar a Garantia da Qualidade Desenvolver o Cronograma Seqüenciar Atividades Planejar Comunicações Planejar Qualidade Planejar Aquisições Plano de RH Análise qualitativa dos Riscos Análise quantitativa dos Riscos Planejar Respostas aos Riscos Desenvolver a Equipe do projeto Gerenciar Equipes Distribuir Informações Monitoramento e Controle Monitorar e Controlar o trabalho Verificar Escopo Controle da Qualidade Reportar Desempenho Monitorar e Controlar Riscos Processos de Gerenciamento de Projetos Baseado PMBok Guide, Fourth Edition. Escopo Qualidade Risco Controle integrado de mudanças Administrar Aquisições Controlar Custos Controlar Escopo Controlar Cronograma Tempo Custo RH Comunic. Aquisição Integração 15 PMBOK é uma marca registrada do Project Management Institute, Inc.

16 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 16

17 Planejar o Gerenciamento dos Riscos Decisão de como conduzir as atividades de gerenciamento de riscos de um projeto 17

18 Planejar o Gerenciamento dos Riscos :: ENTRADAS Declaração do Escopo do Projeto Fornece uma percepção clara do intervalo de possibilidades associadas com o projeto e suas entregas e estabelece a estrutura para o nível de importância que o esforço de gerenciamento dos riscos pode atingir. Plano de Gerenciamento dos Custos Define como o orçamento, as contingências e as reservas de gerenciamento dos riscos serão reportados e utilizados. Plano de Gerenciamento do Cronograma Define como as contingências do cronograma serão reportadas e utilizadas. Plano de Gerenciamento das Comunicações Define as interações que vão ocorrer no projeto e determina quem estará disponível para compartilhar informações sobre diversos riscos e respostas em diferentes momentos. 18

19 Planejar o Gerenciamento dos Riscos :: ENTRADAS Fatores Ambientais da Empresa As tolerâncias e atitudes em relação aos riscos que descrevem o grau de risco que a organização poderá suportar. Ativos de Processos Organizacionais Categorias de riscos Definições comum de conceito e termos Modelos padrão Papeis e responsabilidades Lições aprendidas Registro das partes interessadas 19

20 Planejar o Gerenciamento dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Análise e Reuniões de Planejamento As equipes dos projeto realizam reuniões para elaboração do plano de gerenciamento de riscos. Serão desenvolvidos os elementos de custo de riscos e as atividades do cronograma de riscos para serem incluídos no orçamento e cronograma do projeto, respectivamente. Designação das responsabilidades dos riscos. Modelos organizacionais gerais para categorias de riscos e definições de termos como nível de riscos, probabilidade por tipo de risco, além de matriz de probabilidade e impacto, serão adaptados para o projeto específico. 20

21 Planejar o Gerenciamento dos Riscos :: SAÍDAS Plano de Gerenciamento de Riscos Documenta os procedimentos que serão utilizados para gerenciar os riscos ao longo do projeto. Em geral, contém: Metodologia Funções e responsabilidades Fontes dos riscos Categorias dos riscos Escala de probabilidade e impacto Matriz de probabilidade e impacto 21

22 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 22

23 Identificar os Riscos Determinação dos riscos que podem afetar o projeto e documentação de suas características 23

24 Identificar os Riscos :: ENTRADAS Plano de Gerenciamento de Riscos Documenta os procedimentos que serão utilizados para gerenciar os riscos ao longo do projeto. Estimativa de Custos das Atividades A análise pode resultar em projeções que indicam se a estimativa é suficiente ou insuficiente para concluir a atividade. Estimativa de Duração das Atividades Úteis para identificar os riscos relacionados com as previsões de tempo das atividades e do projeto como um todo. Linha de Base do Escopo Incertezas nas premissas do projeto deve ser avaliada como causas potencias de riscos Toda premissa é um risco! 24

25 Identificar os Riscos :: ENTRADAS Registro das Partes Interessadas Garante que as principais partes interessadas, principalmente o cliente, sejam entrevistados ou participem, de alguma forma, durante a identificação dos riscos. Planos de Gerenciamento dos Custos, do Cronograma e da Qualidade A abordagem específica do projeto ao gerenciamento dos custos, tempo e qualidade pode gerar ou minimizar os riscos por sua estrutura. Documentos do Projeto Registro de premissas Relatório sobre o desempenho Relatório de valor agregado Diagrama de rede Linhas de base... 25

26 Identificar os Riscos :: ENTRADAS Fatores Ambientais da Empresa Informações publicadas Estudos acadêmicos Listas de Verificação publicadas Ativos de Processos Organizacionais Arquivos do projetos Modelos Lições aprendidas 26

27 Identificar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Revisões das Documentações A qualidade dos planos e também a consistência entre esses planos e as premissas e requisitos do projeto podem ser identificadores de riscos no projeto. INTEGRAÇÃO ESCOPO COMUNICAÇÃO Expectativas, Necessidades Ciclo de vida do projeto Idéias, Plano, Partes Interessadas QUALIDADE Requisitos Padrões RISCOS Disponibilidade Produtividade RH Objetivos de Tempo, Restrições Objetivos de Custo, Restrições Serviços, Materiais, Contratos, prazos TEMPO AQUISIÇÕES CUSTO 27

28 Identificar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnicas de Coleta de Informações Brainstorming Identificações de grande volume de riscos Equipe disponível Processo altamente criativo e sinérgico Técnica Delphi Entrevistas anônimas Dificuldade de unir participantes em uma reunião Brainstorming remoto Entrevistas Envolvendo participantes experientes do projeto, partes interessadas e especialistas no assunto Análise da Causa-Raiz Técnica específica para identificar um problema, descobrir as causas que levam a ele e desenvolver ações preventivas 28

29 Identificar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Análise de Listas de Verificação - Checklists Os recursos do projeto conhecem a tecnologia adotada? O fornecedor possui histórico confiável? As estimativas de tempo e custos definidas estão coerentes? Análise de Premissas E mais uma vez: Toda Premissa é um Risco Análise das Forças, Fraquezas, Ameaças e Oportunidades (SWOT) Oportunidades do projeto resultantes das forças da organização Ameaças decorrentes das fraquezas Opinião Especializada 29

30 Identificar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnicas com Diagramas Diagrama de Causa-Efeito 30

31 Identificar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnicas com Diagramas Diagrama do Sistema de Fluxogramas 31 Project Management Institute, Um Guia do conhecimento em Gerenciamento de Projetos, (Guia PMBOK ) Quarta Edição, Project Management Institute, Inc., 2008, Figura 8-7 Página 199.

32 Identificar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnicas com Diagramas Diagrama de influência 32

33 Identificar os Riscos :: SAÍDAS Registro dos Riscos Lista de riscos Identificados para o projeto Para criar a lista de riscos: Seja específico, claro e completo Não inclua perguntas Não inclua itens de ação Causa-raiz e efeito em um único texto Ex.: Problemas da rede elétrica podem causar incêndios Ex.: Perda de peças podem inviabilizar o montagem do projeto Ex.: Ausência de cortadores podem atrasar o projeto Ex.: Não estudar diariamente pode causar minha reprovação Ex.: Seguir os conselhos do Profº Fabrício pode me tornar um PMP Agrupe os riscos por afinidade Determine um dono para todos os riscos 33

34 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 34

35 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos Priorização dos riscos para análise ou ação adicional através de avaliação e combinação de sua probabilidade de ocorrência e impacto 35

36 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos Registro dos Riscos :: ENTRADAS Plano de Gerenciamento dos Riscos Declaração do Escopo Projetos comuns ou recorrentes tendem a ter riscos melhor entendidos. Os projetos que usam tecnologias de ponta ou pioneiras tendem a ter mais incertezas, o que pode ser avaliado através do exame da declaração do escopo do projeto Ativos de Processos Organizacionais Informações de projetos semelhantes Estudo de projetos semelhantes feitos por especialistas em riscos Banco de dados de riscos disponíveis 36

37 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Avaliação da Probabilidade e Impacto de Riscos Uma probabilidade é a chance de um evento ocorrer Ex: Alta, Média e Baixa ou de 0,0 até 1,0 O impacto é a quantidade de danos ou ganhos que um evento de risco representa para o projeto Ex: Alta, Média e Baixa ou de 0,0 até 1,0 37

38 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Avaliação da Probabilidade e Impacto de Riscos Classificação da probabilidade e impacto Classificação Probabilidade Impacto Alto Médio Baixo É muito provável que o evento de risco ocorra O evento de risco tem alta probabilidade de ocorrer É provável que o evento de risco ocorra O evento de risco tem probabilidade média de ocorrer Não é provável que o evento de risco ocorra O evento de risco tem baixa probabilidade de ocorrer Se o evento de risco ocorrer haverá um impacto significativo no cronograma, qualidade ou satisfação do cliente Se o evento de risco ocorrer haverá um impacto moderado no cronograma, qualidade ou satisfação do cliente Se o evento de risco ocorrer haverá um pequeno impacto no cronograma, qualidade ou satisfação do cliente 38

39 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Matriz de Probabilidade e Impacto Essa matriz especifica as combinações de probabilidade e impacto que levam à classificação dos riscos como de prioridade (Grau de Exposição) baixa, moderada ou alta. Alta Médio Alto Alto Impacto Média Baixo Médio Alto Baixa Baixo Baixo Médio Pouco Provável Provável Muito Provável Probabilidade 39

40 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Matriz de Probabilidade e Impacto Essa matriz especifica as combinações de probabilidade e impacto que levam à classificação dos riscos como de prioridade (Grau de Exposição) baixa, moderada ou alta. 40 Project Management Institute, Um Guia do conhecimento em Gerenciamento de Projetos, (Guia PMBOK ) Quarta Edição, Project Management Institute, Inc., 2008, Figura Página 292.

41 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Avaliação da Qualidade dos Dados Sobre Riscos Os dados que temos são úteis para entendermos e analisarmos os riscos? Categorização dos Riscos 41

42 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Avaliação da Urgência do Risco Ranking dos riscos com maior fator de exposição, que precisam de respostas a curto prazo. Opinião Especializada 42

43 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: SAÍDAS Registro dos Riscos (Atualizado) Riscos identificados Riscos com responsáveis Análise qualitativa dos riscos Riscos agrupados por categoria Riscos ordenados por fator de exposição 43

44 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 44

45 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos Análise numérica do efeito dos riscos identificados nos objetivos gerais do projeto 45

46 Medição Quantitativa Características Requer mais tempo para análise Impressão de precisão Insegurança em estabelecer os números Mais valiosa para tomada de decisões Evento Probabilidade Impacto 1 10% 2 50% 3 75% Excedente de R$ Atraso de 10 semanas Excedente de R$ Atraso de 16 semanas Excedente de R$ Atraso de 2 semanas 46

47 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: ENTRADAS Registro dos Riscos Plano de Gerenciamento dos Riscos Plano de Gerenciamento dos Custos Estabelece critérios para planejamento, estruturação, estimativas, orçamento e controle de custos no projeto Plano de Gerenciamento do Cronograma Define formato e estabelece os critérios para desenvolvimento e controle do cronograma do projeto Ativos de Processos Organizacionais Informações de projetos semelhantes Estudo de projetos semelhantes feitos por especialistas em riscos Banco de dados de riscos disponíveis 47

48 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Coleta e Apresentação de Dados Entrevistas As técnicas de entrevistas dependem da experiência e de dados históricos para quantificar a probabilidade e o impacto dos riscos nos objetivos do projeto Distribuição da Probabilidade P(A ou B) = P(A) + P(B) Um ou outro evento P(A e B) = P(A) x P(B) Um e outro evento (P1 + P2 + P Pn) = 1 Todos os possíveis resultados de um único evento Opinião Especializada 48

49 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Análise do Valor Monetário Esperado Valor Esperado = Probabilidade x Impacto Valor base do projeto = R$ ,00 Lista dos Eventos de Risco Quantificados Risco Probabilidade Impacto Valor Esperado Fornecedores entram em greve durante o projeto 50% R$ ,00 R$ ,00 Protótipo funciona de 1ª 20% R$ ,00 (R$ ,00) Inundações em Março 90% R$ 5.000,00 R$ 4.500,00 Valor Esperado dos Riscos do Projeto R$ ,00 Valor base do projeto = R$ ,00 49

50 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Análise de cenário Valor Esperado = Probabilidade x Impacto Melhor Cenário = Valor Base - Oportunidades Pior Cenário = Valor Base + Ameaças Lista dos Eventos de Risco Quantificados Risco Probabilidade Impacto Valor Esperado Fornecedores entram em greve durante o projeto 50% R$ ,00 R$ ,00 Protótipo funciona de 1ª 20% R$ ,00 (R$ ,00) Inundações em Março 90% R$ 5.000,00 R$ 4.500,00 Valor Esperado dos Riscos do Projeto R$ ,00 Valor base do projeto = R$ ,00 50

51 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Análise de cenário Valor base do projeto = R$ ,00 Valor Esperado = Probabilidade x Impacto Melhor Cenário = Valor Base - Oportunidades Pior Cenário = Valor Base + Ameaças R$ ,00 R$ ,00 R$ ,00 Lista dos Eventos de Risco Quantificados Risco Probabilidade Impacto Valor Esperado Fornecedores entram em greve durante o projeto 50% R$ ,00 R$ ,00 Protótipo funciona de 1ª 20% R$ ,00 (R$ ,00) Inundações em Março 90% R$ 5.000,00 R$ 4.500,00 Valor Esperado dos Riscos do Projeto R$ ,00 51

52 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS 8. Orçamento de Custo R$ Reserva de Gerenciamento R$68 Riscos Desconhecidos 6. Linha de Base de Custos R$ Reserva Contingencial R$105 Riscos Conhecidos 4. Estimativas do Projeto R$ Contas de controle 2. Pacotes de trabalho 1. Atividades CC1 R$850 CC2 R$400 PT1 R$100 PT2 R$250 PT3 R$500 PT4 R$ A1 R$25 A2 R$25 A3 R$25 A4 R$25 A5 R$

53 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Análise do Valor Monetário Esperado - Árvore de Decisão Diagrama que descreve as principais interações entre decisões e possibilidades Diagrama de todos os atos, eventos e possíveis resultados Formato Básico Evento E1 O1 Decisão D1 E2 O2 E1 O1 D2 E2 O2 53

54 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Exercício 01 54

55 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Exercício 02: Uma empresa está tentando determinar se vale a pena fazer um protótipo no projeto. Eles determinaram os seguintes impactos (consultar diagrama) de funcionamento ou falha do equipamento. Com base nas informações fornecidas no diagrama, qual é o valor monetário esperado da sua decisão? Exemplo 02 Com Falha: 35% de probabilidade Impacto de R$ ,00 Falha R$ ,00 x 35% = R$ ,00 Protótipo: R$ ,00 Decisão Falha R$ 0,00 Sem Falha: Sem Impacto Sem Falha: Sem Impacto R$ 0,00 Com Protótipo R$ ,00 Sem Protótipo R$ ,00 Sem Protótipo: R$ 0,00 Com Falha: 70% de probabilidade Impacto de R$ ,00 R$ ,00 x 70% = R$ ,00 55

56 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Análise de Sensibilidade Mede a sensibilidade de um resultado quando modificamos uma variável em detrimento de outras. Exemplo: A projeção de uma empresa para o ano t=1 é uma recita de R$ Seus custos fixos são de R$ e os custos variáveis representam 40% da receita. Além disto a empresa paga comissão de venda de 10% e possui despesas administrativas de R$ Lucro = Receita Custos Fixos Custos Variáveis Despesas de Comissão Despesas Administrativas Lucro = R$ R$ %*R$ %*R$ R$6.000 = R$9.000 Qual seria o efeito de aumentarmos em 10% a receita? Lucro = R$ R$ %*R$ %*R$ R$6.000 = R$ Ou seja, Aumento de 27,7%. 56

57 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Análise de Sensibilidade Representada através do Diagrama de Tornado 57

58 Realizar a Análise Quantitativa dos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Técnica de Modelagem e Análise Quantitativa de Riscos Simulação de Monte Carlo 58 Project Management Institute, Um Guia do conhecimento em Gerenciamento de Projetos, (Guia PMBOK ) Quarta Edição, Project Management Institute, Inc., 2008, Figura Página 300.

59 Realizar a Análise Qualitativa dos Riscos :: SAÍDAS Registro dos Riscos (Atualizado) Riscos identificados Riscos com responsáveis Análise qualitativa dos riscos Riscos agrupados por categoria Riscos ordenados por fator de exposição Riscos Quantificados 59

60 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 60

61 Planejar as Respostas aos Riscos Desenvolvimento de opções e ações para aumentar as oportunidades e reduzir as ameaças aos objetivos do projeto 61

62 Planejar as Respostas aos Riscos Registro dos Riscos Plano de Gerenciamento dos Riscos :: ENTRADAS 62

63 Planejar as Respostas aos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Estratégias para Riscos Negativos Eliminar Elimina a ameaça apresentada por um risco identificado Ex: Demitir da equipe um membro que pode causar uma atraso no projeto Transferir Transferência do impacto negativo de uma ameaça para terceiros, juntamente com a propriedade de resposta. Ex: Contratação um seguro de automóvel Mitigar Redução da Probabilidade e/ou impacto de um evento de risco identificado Ex: Treinar membro da equipe que pode causar atraso no projeto Aceitar Não há ação planejada Se acontecer, aconteceu! 63

64 Planejar as Respostas aos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Estratégias para Riscos Positivos Explorar Elimina a incerteza associada a um risco positivo fazendo com que a oportunidade aconteça. Compartilhar Atribuição da propriedade a terceiros que possam capturar melhor a oportunidade em benefício do projeto Ex: Formação de parcerias, equipes ou empresa de propósito específico Melhorar Aumento da Probabilidade e/ou impacto de um evento de risco identificado Ex: Treinar membro da equipe que pode causar atraso no projeto Aceitar Não há ação planejada Se acontecer, aconteceu! 64

65 Planejar as Respostas aos Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Estratégias de Respostas Contingenciais Ações corretivas para riscos que se concretizam Ex: Um dos Cortadores adoeceu no dia da execução do projeto, portanto ficaremos com menos um montador para que possamos ter 4 cortadores Gatilhos Eventos que disparam as ações de contingência Ex: Se os 4 cortadores não chegar até às 9hs00min, iremos redefinir a equipe Opinião Especializada 65

66 Planejar as Respostas aos Riscos :: SAÍDAS Registro dos Riscos (Atualizado) Riscos identificados Riscos com responsáveis Análise qualitativa dos riscos Riscos agrupados por categoria Riscos ordenados por fator de exposição Análise quantitativa dos riscos Valor Monetário Esperado Estratégias de respostas para os riscos Ações de contingência Riscos secundários Riscos resultantes das ações de mitigação/contingência adotadas Riscos residuais Riscos que foram aceitos e não foram eliminados, mas que precisam ser monitorados posteriormente 66

67 Planejar as Respostas aos Riscos :: SAÍDAS Decisões Contratuais Relacionadas a Riscos Contratos de seguros, serviços e outros itens para transferir riscos Plano de Gerenciamento do Projeto Atualização dos Documentos do Projeto 67

68 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 68

69 Monitorar e Controlar os Riscos Implementação de planos de respostas aos riscos, acompanhamento dos riscos identificados, monitoramento dos riscos residuais, identificação de novos riscos e avaliação da eficácia dos processos de tratamento dos riscos durante todo o projeto 69

70 Monitorar e Controlar os Riscos :: ENTRADAS Registro dos Riscos Plano de Gerenciamento do Projeto Plano de Gerenciamento de Riscos Informações sobre o Desempenho do trabalho Andamento das entregas Processo do cronograma Custos incorridos Relatório de Desempenho Informações sobre o desempenho do trabalho do projeto, como uma análise que pode influenciar os processos de gerenciamento dos riscos 70

71 Monitorar e Controlar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Reavaliação dos Riscos Identificação de novos riscos, na reavaliação dos riscos atuais e no encerramento dos riscos que estão desatualizados Auditoria de Riscos Avaliação da eficácia das respostas a risco e do processo de gerenciamento de riscos do projeto Análise da Variação e Tendência Prevêem o desvio potencial do projeto no término em relação às metas de custo e cronograma Medição de Desempenho Técnico Compara as realizações técnicas durante a execução do projeto com o cronograma de realizações técnicas do plano de gerenciamento do projeto 71

72 Monitorar e Controlar os Riscos :: TÉCNICAS E FERRAMENTAS Análise de Reservas Compara a quantidade restante de reservas para contingências com a quantidade de riscos restantes a qualquer momento no projeto a fim de determinar se as reservas restantes são adequadas Reuniões de Andamento Discussões freqüentes sobre riscos 72

73 Monitorar e Controlar os Riscos :: SAÍDAS Registro de Riscos - Atualizados Novos riscos Novas estratégias de resposta Novas ações de contingência Ativos de Processos Organizacionais Modelo de plano de gerenciamento de riscos Estrutura analítica de riscos Lições Aprendidas Mudanças Solicitadas Ações preventivas e corretivas recomendadas Atualização do Plano de Gerenciamento de Projetos Atualização dos Documentos do Projeto 73

74 Processos Gerenciamento dos Riscos Monitorar e Controlar os Riscos Planejar o Ger. dos Riscos Planejar as Respostas aos Riscos Identificar os Riscos Realizar a Análise Quantitativa Realizar a Análise Qualitativa 74

75 Gerenciamento dos Riscos AGENDA Introdução Processos de Gerenciamento dos Riscos Teste Rápido Exercícios 75

76 Teste Rápido Processos de gerenciamento dos riscos Revisões da documentação do projeto Ameaças Técnica de coleta de informações Oportunidades Análise SWOT Registro dos riscos Técnicas de diagrama Plano de gerenciamento dos riscos Avaliação da qualidade dos dados Estratégias de respostas Reavaliação dos riscos Riscos Positivos Riscos negativos Reserva gerencial Reserva de contingencial Avaliação da urgência dos riscos Gatilhos Árvore de decisões Análise de reservas Matriz de probabilidade e impacto Análise de Monte Carlo Valor monetário esperado Plano de contingência Plano alternativos Soluções de contorno Categoria dos riscos Risco residual Risco secundário Análise de premissa 76

77 Gerenciamento dos Riscos AGENDA Introdução Processos de Gerenciamento dos Riscos Teste Rápido Exercícios 77

78 Fabrício Sales, Esp., PMP Cel: MSN: 78 Profº Fabrício Sales, PMP, MCTS

Gerenciamento de Riscos. Marcelo Sakamori

Gerenciamento de Riscos. Marcelo Sakamori Gerenciamento de Riscos Marcelo Sakamori Risco Qualquer atividade que pode ocorrer e modificar o resultado de uma atividade do projeto (GREENE, 2008). Risco Risco Risco Gerenciamento de Riscos A finalidade

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Riscos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Riscos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Planejando os Riscos Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Introdução Planejar o Gerenciamento dos Riscos. Identificar os Riscos Realizar a Análise Qualitativa

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento dos Riscos de um Projeto

Gerenciamento dos Riscos de um Projeto Gerenciamento dos Riscos de um Projeto Profa. Carolina Andion, Dra Referência: PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (PMI) Um Guia do Conjunto de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK Capítulo 6),

Leia mais

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos Workshop PMBoK Gerenciamento de Recursos Humanos Paulo H. Jayme Alves Departamento de Inovação Tecnológica - DeIT Janeiro de 2009 1 Envolvimento da equipe Os membros da equipe devem estar envolvidos: Em

Leia mais

WWW.RJN.COM.BR. De acordo com a 5ª Edição (2013) do PMBOK

WWW.RJN.COM.BR. De acordo com a 5ª Edição (2013) do PMBOK De acordo com a 5ª Edição (2013) do PMBOK EMENTA DO TREINAMENTO Apresentar metodologia de estudo dos fundamentos de gerenciamento de projetos, das áreas de conhecimento (integração, escopo, tempo, custo,

Leia mais

CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto

CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto 4.1 Desenvolver o termo de abertura do projeto INICIAÇÃO.1 Contrato (quando aplicável).2 Declaração do trabalho do projeto.1 Métodos de seleção de.2

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE A Aplicação do Gerenciamento de Risco nos Projetos de Implantação de ERP - Protheus. Por: Gisele Santos Ribeiro Orientador

Leia mais

Gestão de Riscos em Projetos de Software

Gestão de Riscos em Projetos de Software Gestão de Riscos em Projetos de Software Júlio Venâncio jvmj@cin.ufpe.br 2 Roteiro Conceitos Iniciais Abordagens de Gestão de Riscos PMBOK CMMI RUP 3 Risco - Definição Evento ou condição incerta que, se

Leia mais

Planejamento - 7. Planejamento do Gerenciamento do Risco Identificação dos riscos. Mauricio Lyra, PMP

Planejamento - 7. Planejamento do Gerenciamento do Risco Identificação dos riscos. Mauricio Lyra, PMP Planejamento - 7 Planejamento do Gerenciamento do Risco Identificação dos riscos 1 O que é risco? Evento que representa uma ameaça ou uma oportunidade em potencial Plano de gerenciamento do risco Especifica

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos Aula 2

Gerenciamento de Riscos em Projetos Aula 2 Gerenciamento de Riscos em Projetos Aula 2 Out/2013 Revisão Gerenciamento de Projetos Áreas de Conhecimento Processos Cronograma EAP Revisão Conceitos de Riscos Incertezas Risco Evento de Risco Tipo de

Leia mais

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos 3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos Este capítulo tem como objetivo a apresentação das principais ferramentas e metodologias de gerenciamento de riscos em projetos, as etapas do projeto onde o processo

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Planejamento e Gestão de Projetos Prof. Msc Maria C. Lage Prof. Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Riscos 1 Introdução Gerenciamento

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC Gestão de Projetos 1 Agenda Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências 2 1 GERENCIAMENTO DA INTEGRAÇÃO DO PROJETO 3 Gerenciamento da Integração do Projeto Fonte: EPRoj@JrM 4 2 Gerenciamento

Leia mais

Introdução. Escritório de projetos

Introdução. Escritório de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é um documento formal que descreve normas,

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Áreas de Conhecimento de Gerenciamento de Projetos

Áreas de Conhecimento de Gerenciamento de Projetos Áreas de Conhecimento de Gerenciamento de s O guia de melhores práticas em gerenciamento de projetos, PMBOK, é organizado em áreas de conhecimento e, por sua vez, cada área de conhecimento é descrita através

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos 9 áreas de conhecimento de GP / PMBOK / PMI QUALIDADE RECURSOS HUMANOS ESCOPO AQUISIÇÕES INTEGRAÇÃO COMUNICAÇÕES

Leia mais

PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS

PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS 1 PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS Versão 1.1 Rua Pedro Ribeiro, 85 - Matriz, Vitória de Santo Antão - PE, 55612-275 Pernambuco Brasil (81) 3523-0012 www.qualistec.com.br suporte@qualistec.com.br 2 Histórico

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

WWW.RJN.COM.BR/SIMULADOPMP

WWW.RJN.COM.BR/SIMULADOPMP EMENTA DO TREINAMENTO Apresentar metodologia de estudo dos fundamentos de gerenciamento de projetos, das áreas de conhecimento (integração, escopo, tempo, custo, qualidade, recursos humanos, comunicação,

Leia mais

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos SENAC Pós-Graduação em Segurança da Informação: Análise de Riscos Parte 2 Leandro Loss, Dr. Eng. loss@gsigma.ufsc.br http://www.gsigma.ufsc.br/~loss Roteiro Introdução Conceitos básicos Riscos Tipos de

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto

Gerenciamento de integração de projeto Objetivos do Conteúdo Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos;

Leia mais

Gerenciamento de Riscos do Projeto Eventos Adversos

Gerenciamento de Riscos do Projeto Eventos Adversos Gerenciamento de Riscos do Projeto Eventos Adversos 11. Gerenciamento de riscos do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 11.1 Planejamento de gerenciamento de riscos 11.1 Planejamento de gerenciamento de riscos

Leia mais

MGP Manual de Gerenciamento de Projetos

MGP Manual de Gerenciamento de Projetos MGP Manual de Gerenciamento de Projetos v. 1.2 Diretorias: DT / DE / DA DTPE Superintendência Planejamento de Empreendimentos 1 Sumário 1. Introdução 2. Ciclo de Vida dos Projetos 3. 4. Ciclo de Vida do

Leia mais

Capítulo 1 Introdução ao gerenciamento de projetos

Capítulo 1 Introdução ao gerenciamento de projetos Capítulo 1 Introdução ao gerenciamento de projetos 1.1 Introdução 31 1.2 O que é um projeto? 31 1.3 Ciclo de vida do projeto 33 1.4 O que é gerenciamento de projetos? 36 1.5 Relacionamento entre grupos

Leia mais

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Análise Quantitativa de Riscos. Análise Quantitativa de Riscos. Análise Quantitativa de Riscos

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Análise Quantitativa de Riscos. Análise Quantitativa de Riscos. Análise Quantitativa de Riscos SENAC Pós-Graduação em Segurança da Informação: Análise de Riscos Parte 5 Leandro Loss, Dr. Eng. loss@gsigma.ufsc.br http://www.gsigma.ufsc.br/~loss Roteiro Análise de Qualitativa Quantitativa Medidas

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos. Parte 10. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento de Riscos em Projetos. Parte 10. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento de Riscos em Projetos Parte 10 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

Gerência de Risco. Plácido A. Souza Neto. March 4, 2013. Diretoria Acadêmica de Gestão de Tecnologia da Informação - DIATINF

Gerência de Risco. Plácido A. Souza Neto. March 4, 2013. Diretoria Acadêmica de Gestão de Tecnologia da Informação - DIATINF Gerência de Risco Plácido A. Souza Neto 1 1 Instituto Federal do Rio Grande do Norte - IFRN Diretoria Acadêmica de Gestão de Tecnologia da Informação - DIATINF March 4, 2013 Plácido A. Souza Neto Gerência

Leia mais

Processos de Gerenciamento de Projetos. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Processos

Processos de Gerenciamento de Projetos. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Processos Processos de Gerenciamento de Projetos Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR Prof. Esp. André Luís Belini 2 Processos O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas

Leia mais

Gestão de Riscos Prof. Luiz Fernando Fontana Rodrigues Moledo

Gestão de Riscos Prof. Luiz Fernando Fontana Rodrigues Moledo Gestão de Riscos Prof. Luiz Fernando Fontana Rodrigues Moledo O que é um risco? O risco do projeto é um evento ou condição incerta que, se ocorrer, terá um efeito positivo ou negativo sobre pelo menos

Leia mais

ROSALDO DE JESUS NOCÊRA PMP, PMI-SP, PMI-RMP, MCTS

ROSALDO DE JESUS NOCÊRA PMP, PMI-SP, PMI-RMP, MCTS ROSALDO DE JESUS NOCÊRA PMP, PMI-SP, PMI-RMP, MCTS Project Management Professional do PMI - Project Management Institute De acordo com a 5ª edição (2013) do PMBOK Guide GUIA DEFINITIVO 2ª edição Inclui:

Leia mais

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação. Tema: Gestão de Projetos - Conceitos Básicos Contatos: E-mail: profanadeinformatica@yahoo.com.br Blog: http://profanadeinformatica.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/anapinf Concurso da Prefeitura São Paulo Curso Gestão de Processos,

Leia mais

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011

Tutorial de Gerenciamento de Projetos. Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Tutorial de Gerenciamento de Projetos Erika Yamagishi Semana de Qualidade e Gestão Unicamp/FT 13 de maio de 2011 Apresentação Erika Yamagishi Engenheira de Computação pela UNICAMP Consultora associada

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS Eduardo Christófaro de Andrade Eng. Agrônomo Juliana Maria Mota

Leia mais

Curso de Gerência de Projetos Módulo VI Encerrando um

Curso de Gerência de Projetos Módulo VI Encerrando um Curso de Gerência de Projetos Módulo VI Encerrando um projeto (PMBOK) Revisão O que vimos até agora? Iniciando um projeto Desenvolver o termo de abertura Desenvolver o escopo preliminar do projeto Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Tecnológicos

Gerenciamento de Projetos Tecnológicos Gerenciamento de Projetos Tecnológicos Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, CSM, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Mestre em Informática em Sistemas de Informação

Leia mais

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Mauro Sotille, PMP O Guia PMBOK 5 a edição (A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide) Fifth Edition), em Inglês, foi lançado oficialmente pelo

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Douglas Farias Cordeiro

Gerenciamento de Projetos. Douglas Farias Cordeiro Gerenciamento de Projetos Douglas Farias Cordeiro Conceito de Organização Uma organização pode ser descrita como um arranjo sistemático, onde esforços individuais são agregados em prol de um resultado

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: GESTÃO DE PROJETOS Aula N : 10 Tema: Gerenciamento

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS Por: Simone França do Nascimento Fraga Orientador Prof. Nelsom Jose Veiga de Magalhães Rio

Leia mais

Plano de Gerenciamento de Riscos

Plano de Gerenciamento de Riscos Plano de Gerenciamento de Riscos Plano de Gerenciamento de Riscos Página 1 de 6 Controle de Versões Versão Data Autor Notas da Revisão 1.0 07/11/2014 Mahilson Finalização do document Índice ÍNDICE... 1

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu. Gerenciamento de Projetos Web Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.br/frufrek Possui Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados pela

Leia mais

GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS: UMA COMPARAÇÃO ENTRE O PMBOK E A ISO-31000

GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS: UMA COMPARAÇÃO ENTRE O PMBOK E A ISO-31000 GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS: UMA COMPARAÇÃO ENTRE O E A -31000 Maildo Barros da Silva 1 e Fco.Rodrigo P. Cavalcanti 2 1 Universidade de Fortaleza (UNIFOR), Fortaleza-CE, Brasil phone: +55(85) 96193248,

Leia mais

OBJETIVO DO : FORMAÇÃO NAS MELHORES PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Apresentar o caderno;

OBJETIVO DO : FORMAÇÃO NAS MELHORES PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Apresentar o caderno; IRAIR VALESAN (PMP) OBJETIVO DO : FORMAÇÃO NAS MELHORES PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS Apresentar o caderno; Exemplo de projetos bem sucedidos http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulomineiro/noticia/2015/02/produtores-ruraisaprendem-como-recuperar-nascentes-de-riosem-mg.html

Leia mais

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente.

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente. Copyright 2015 PMtotal.com.br - Todos os direitos reservados PMI, Guia PMBOK, PMP, CAPM são marcas registradas do Project Management Institute, Inc Simulado de 20 questões para as provas CAPM e PMP do

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos

Gerenciamento de Riscos em Projetos Gerenciamento de Riscos em Projetos Se você não atacar os riscos de forma sistemática, eles irão atacá-lo. Tom Gilb Risco É um evento ou uma condição incerta O efeito da incerteza nos objetivos Risco de

Leia mais

Simulado "Simulado PMP 13-02-2012 25 questoes"

Simulado Simulado PMP 13-02-2012 25 questoes Pá gina 1 de 12 Simulado "Simulado PMP 13-02-2012 25 questoes" Simulado do PMI por Juarez Vanderlei Guimarães Junior 13 de March de 2012 Pá gina 2 de 12 Disciplinas e temas deste simulado Introdução ao

Leia mais

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão de Projetos Aperfeiçoamento/GPPP1301 T132 09 de outubro de 2013 Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de s em pequenas empresas Heinrich

Leia mais

ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA

ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA ANEXO 5 ESCOPO DO ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E JURÍDICA O estudo a ser entregue deverá avaliar a viabilidade do projeto de PPP proposto segundo a ótica de todos os fornecedores de capital

Leia mais

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos SENAC Pós-Graduação em Segurança da Informação: Análise de Parte 8 Leandro Loss, Dr. loss@gsigma.ufsc.br http://www.gsigma.ufsc.br/~loss Roteiro Análise de Quantitativa Qualitativa Medidas de tratamento

Leia mais

As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição

As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição Page 1 of 5 As principais novidades encontradas no PMBOK quarta edição Por Rossano Tavares ( rossano.tavares@dm2tavares.com.br) Novas edições ou versões de manuais, programas, sistemas operacionais, livros,

Leia mais

ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1

ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1 ONDE OS PROJETOS FALHAM? Manuel da Rocha Fiúza BRANCO, Jr 1 RESUMO Diversos profissionais relatam dificuldades em coordenar adequadamente projetos sob sua responsabilidade. Muitos fatores que influenciam

Leia mais

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO GERÊNCIA DO ESCOPO GERÊNCIA DO TEMPO GERÊNCIA DE CUSTO GERÊNCIA DA QUALIDADE Desenvolvimento do Plano

Leia mais

FATTO CONSULTORIA E SISTEMAS

FATTO CONSULTORIA E SISTEMAS Gestão de Riscos Como lidar com as incertezas do Projeto? Thomaz Ottoni da Fonseca 04/11/2015 FATTO CONSULTORIA E SISTEMAS 2015 FATTO Consultoria e Sistemas www.fattocs.com 1 ORIENTAÇÕES INICIAIS Dê preferência

Leia mais

Project Management Body of Knowledge

Project Management Body of Knowledge PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PUCMINAS (UNIDADE BARREIRO) CURSOS: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS / LOGÍSTICA Project Management Body of Knowledge Definição Também conhecido como PMBOK é um

Leia mais

A definição do escopo trata-se de um processo onde é realizada uma descrição detalhada do projeto e do produto a ser desenvolvido;

A definição do escopo trata-se de um processo onde é realizada uma descrição detalhada do projeto e do produto a ser desenvolvido; Aula 08 1 2 A definição do escopo trata-se de um processo onde é realizada uma descrição detalhada do projeto e do produto a ser desenvolvido; A preparação do escopo é fundamental para o sucesso do projeto,

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

4 Metodologia de Gerenciamento Integrado de Riscos

4 Metodologia de Gerenciamento Integrado de Riscos 4 Metodologia de Gerenciamento Integrado de Riscos Neste capitulo iremos apresentar a metodologia escolhida para a elaboração do estudo de caso que incorpora a análise quantitativa dos riscos financeiros.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com PMBoK Processos de Gerenciamento de Projetos Para que um projeto seja bem-sucedido,

Leia mais

Trata-se do processo de planejamento, identificação, análise e planejamento de respostas e controle de riscos.

Trata-se do processo de planejamento, identificação, análise e planejamento de respostas e controle de riscos. Aula 22 1 2 Trata-se do processo de planejamento, identificação, análise e planejamento de respostas e controle de riscos. O objetivo deste processo é aumentar a possibilidade de eventos positivos e reduzir

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos. Aula 4

Gerenciamento de Riscos em Projetos. Aula 4 Gerenciamento de Riscos em Projetos Aula 4 Out/2013 EMENTA DO CURSO - Riscos definição e histórico. - Planejamento do gerenciamento de riscos. - Fontes, Identificação e Categorização de riscos. - Qualificação

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos II (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS

Leia mais

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição)

Preparatório para o Exame de PMP Autora: Rita Mulcahy Edição: 8ª, em português (alinhado ao Guia PMBoK 2013 5ª Edição) Preparatório para Certificação PMP Objetivo Este treinamento tem como finalidade preparar o profissional que atua como gerente de projetos, para que possa realizar com segurança o exame de Certificação

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

Análise de Risco Valor Monetário Esperado Árvores de Decisão POP II UDESC Prof. Adelmo A. Martins

Análise de Risco Valor Monetário Esperado Árvores de Decisão POP II UDESC Prof. Adelmo A. Martins Evento E1 O1 Decisão D1 E2 O2 E1 O1 D2 Análise de Risco Valor Monetário Esperado E2 O2 Árvores de Decisão POP II UDESC Prof. Adelmo A. Martins Análise de Riscos O risco é um evento ou condição de incerteza

Leia mais

Treinamentos EMENTA. Fundamentos de Gererenciamento de Riscos em Projetos. 14 Horas

Treinamentos EMENTA. Fundamentos de Gererenciamento de Riscos em Projetos. 14 Horas EMENTA Fundamentos de Gererenciamento de Riscos em Projetos 14 Horas OBJETIVO O treinamento tem como objetivo capacitar os participantes a planejar o gerenciamento de riscos, a identificar e avaliar os

Leia mais

Renata Miranda Pires Boente

Renata Miranda Pires Boente Uso do Modelo Qualitativo de Análise de Risco (Karolak) na Gestão de Projetos de TI: Um estudo de caso na Justiça Federal de Primeiro Grau Seção Judiciária do Rio de Janeiro Renata Miranda Pires Boente

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

Engenharia de Software II: Definindo Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Definindo Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Definindo Projeto III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Explorando as Áreas de Conhecimento de Gerenciamento de Projeto Entendendo como Projetos Acontecem

Leia mais

Importância da Gestão do Escopo na Gestão de Projetos

Importância da Gestão do Escopo na Gestão de Projetos 1 Resumo Importância da Gestão do Escopo na Gestão de Projetos Amanda Oliveira Zoltay - amanda.zoltay10@gmail.com Gestão de Projetos em Engenharia e Arquitetura Instituto de Pós-Graduação - IPOG Goiânia,

Leia mais

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto Processos de gerenciamento de projetos em um projeto O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de cumprir seus requisitos.

Leia mais

Risco de projeto é um evento ou condição incerta que, se ocorrer, tem um efeito positivo ou um negativo no objetivo de um projeto.

Risco de projeto é um evento ou condição incerta que, se ocorrer, tem um efeito positivo ou um negativo no objetivo de um projeto. Risco de projeto é um evento ou condição incerta que, se ocorrer, tem um efeito positivo ou um negativo no objetivo de um projeto. Um risco tem uma causa e, se ocorre, uma conseqüência. Se um ou outro

Leia mais

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro

GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro GERENCIAMENTO DE ESCOPO EM PROJETOS LOGÍSTICOS: Um Estudo de Caso em um Operador Logístico Brasileiro Matheus de Aguiar Sillos matheus.sillos@pmlog.com.br AGV Logística Rua Edgar Marchiori, 255, Distrito

Leia mais

Gerenciamento das Aquisições do Projeto (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento das Aquisições do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento das Aquisições do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Esta é a penúltima área do conhecimento do PMBoK, sendo o capítulo 12 do guia. O PMBoK diz que esta área inclui os processos necessários para comprar

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Realizar Aquisições Realizar a Garantia de Qualidade Distribuir Informações Gerenciar as

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de Sistemas ERP. Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP rvargas@aec.com.br

Gerenciamento de Projetos de Sistemas ERP. Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP rvargas@aec.com.br Gerenciamento de Projetos de Sistemas ERP Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP rvargas@aec.com.br Ricardo Viana Vargas, MsC, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos, membro do Project

Leia mais

Prof. Marcelo Lima da Silva, PMP marcelo.lima@rjproj.com.br www.rjproj.com.br 2224-5965 98316-4969

Prof. Marcelo Lima da Silva, PMP marcelo.lima@rjproj.com.br www.rjproj.com.br 2224-5965 98316-4969 Palestra Certificações PMP e CAPM e Gerenciamento de Riscos Prof. Marcelo Lima da Silva, PMP marcelo.lima@rjproj.com.br www.rjproj.com.br 2224-5965 98316-4969 1 Objetivo Contextualizar algumas siglas importantes

Leia mais

Gestão de Risco - PMBOK

Gestão de Risco - PMBOK Gestão de Risco - PMBOK Prof. Dr. Alexandre H. de Quadros Conceito e tipos de risco Segundo GRAY (2000), dentro do contexto de Projetos, risco é a chance que um evento indesejável pode ocorrer e suas possíveis

Leia mais

NÃO RESPONDA AS QUESTÕES QUE VOCÊ NÃO SABE

NÃO RESPONDA AS QUESTÕES QUE VOCÊ NÃO SABE Easy PMP - Preparatório para o Exame de Certificação PMP Simulado Inicial versão 5_22 Prof. André Ricardi, PMP Todos os direitos reservados Registre suas respostas na planilha Easy PMP-Simulado Inicial-5ª

Leia mais

Gerência de Projetos e EVTE. Fabiana Costa Guedes

Gerência de Projetos e EVTE. Fabiana Costa Guedes Gerência de Projetos e Fabiana Costa Guedes 1 Agenda O que é um Projeto O que é Gerenciamento de Projetos O Contexto da Gerência de Projetos PMI Project Management Institute Ciclo de Vida do Projeto Áreas

Leia mais

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br)

Questionário de avaliação de Práticas X Resultados de projetos - Carlos Magno Xavier (magno@beware.com.br) Obrigado por acessar esta pesquisa. Sei como é escasso o seu tempo, mas tenha a certeza que você estará contribuindo não somente para uma tese de doutorado, mas também para a melhoria das práticas da Comunidade

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Planejamento e Gestão de Projetos

Planejamento e Gestão de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Planejamento e Gestão de s Planejamento e Gestão de s Prof. Msc. Maria C Lage Prof. Newman Serrano, PMP Visão geral da disciplina Objetivos

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

Ciclo de Vida do Projeto. Se você não sabe onde está, um mapa não o ajudará. Watts S. Humphrey. Metodologia de Gestão de Projetos do STJ 29

Ciclo de Vida do Projeto. Se você não sabe onde está, um mapa não o ajudará. Watts S. Humphrey. Metodologia de Gestão de Projetos do STJ 29 3 Ciclo de Vida do Projeto Gestão de Projetos do STJ 29 Se você não sabe onde está, um mapa não o ajudará. Watts S. Humphrey O processo de trabalho da MGSTJ é orientado em quatro grupos de atividades:

Leia mais

Contexto e estruturas organizacionais. Conceitos básicos. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Contexto e estruturas organizacionais. Conceitos básicos. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos básicos 186 O gerente do referido projeto tem como uma de suas atribuições determinar a legalidade dos procedimentos da organização. 94 Ao gerente de projeto é atribuída a função de especificar

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Gerenciamento de Aquisições em Projetos. Palestrante: Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc., PMP magno@beware.com.br

Gerenciamento de Aquisições em Projetos. Palestrante: Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc., PMP magno@beware.com.br Gerenciamento de Aquisições em Projetos Palestrante: Carlos Magno da Silva Xavier, M.Sc., PMP magno@beware.com.br Agenda I - O Gerenciamento de Aquisições em Projetos II - A Importância do Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Aquisições do Projeto Fornecimentos e Compras

Gerenciamento de Aquisições do Projeto Fornecimentos e Compras Gerenciamento de Aquisições do Projeto Fornecimentos e Compras 12. Gerenciamento de aquisições do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 12.1 Planejamento das aquisições 12.1 Planejar compras e aquisições 12.2

Leia mais

Fluxo do PMBOK Guide 3 rd Edition

Fluxo do PMBOK Guide 3 rd Edition Fluxo do PMBOK Guide 3 rd Edition Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP ricardo.vargas@macrosolutions.com.br Ricardo Viana Vargas, MSc, IPMA-B, PMP Ricardo Vargas é especialista em gerenciamento de projetos,

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS I

Leia mais