Gestão dos Prazos e Custos do Projeto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão dos Prazos e Custos do Projeto"

Transcrição

1 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Aula 4 14 de Novembro de Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Informações iniciais Agenda Aula 4 Desenvolver o cronograma (continuação) Plano de Gestão dos Prazos do Projeto; Trabalho Elaborar o Plano de Gestão dos Prazos do Projeto; Controle do cronograma. 2 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 1

2 As áreas de conhecimento Visão Geral Fonte: André Ricardi 3 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Gestão dos Prazos Processos 4 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 2

3 Desenvolver o cronograma Desenvolver o cronograma (continuação) 5 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Compressão do Cronograma Ferramentas e Técnicas (20 de 42) Compressão do Cronograma: busca reduzir a duração do projeto mantendo o escopo. Compressão (Crashing); Paralelismo (Fast Tracking). 6 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 3

4 Compressão do Cronograma Ferramentas e Técnicas (21 de 42) Compressão (Crashing): Busca obter a maior compressão para o mínimo aumento de custo, e frequentemente resultam em aumento de custo. Acrescentar recursos adicionais Risco: Qualidade do pessoal, aumento da supervisão, treinamento. Horas-extra Risco: Fadiga no médio e longo prazo. Aumento de custo 7 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Compressão do Cronograma Ferramentas e Técnicas (22 de 42) Dicas para escolher as atividades: Ao escolher as atividades nas quais fazer crashing, a seguinte ordem de prioridade deve ser observada: 1º) Atividades do caminho crítico. 2º) Atividades com melhor relação custo de crashing x tempo economizado. 3º) Atividades de maior duração. 8 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 4

5 Compressão do Cronograma Ferramentas e Técnicas (23 de 42) Paralelismo (Fast tracking): Realizar atividades em paralelo que normalmente seriam feitas em sequência, e frequentemente gera aumento de risco e concentração de recursos e custo. Exemplo: início de execução sem estar com os desenhos e especificações fechados. E se no desenho final, forem necessárias muitas alterações? Risco de retrabalho 9 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Análise de cenários Ferramentas e Técnicas (24 de 42) Análise de cenário do tipo e se? Esta é uma análise da pergunta: E se a situação representada pelo cenário X acontecer? ; Uma análise de rede do cronograma é feita usando o cronograma para computar os diferentes cenários, tal como atrasar a entrega de um componente principal, prolongar as durações específicas de engenharia ou introduzir fatores externos, tal como uma greve ou uma mudança no processo de licenciamento. 10 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 5

6 Análise de cenários Ferramentas e Técnicas (25 de 42) Qual a duração do projeto para as durações abaixo? Estimativa Inicio A B C D E F G Fim Projeto OT MP PE C A F Início 0d D G Fim 0d B 11 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento E Análise de cenários Ferramentas e Técnicas (26 de 42) Qual a duração do projeto para as durações abaixo? Estimativa Inicio A B C D E F G Fim Projeto OT MP PE Início 0d A 2 B 1 12 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento C 1 D 1 E 1 F 1 G 1 Fim 4d 6

7 Análise de cenários Ferramentas e Técnicas (27 de 42) Qual a duração do projeto para as durações abaixo? Estimativa Inicio A B C D E F G Fim Projeto OT MP PE Início 0d A 4 B 2 13 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento C 4 D 2 E 2 F 2 G 1 Fim 10d Análise de cenários Ferramentas e Técnicas (28 de 42) Qual a duração do projeto para as durações abaixo? Estimativa Inicio A B C D E F G Fim Projeto OT MP PE Início 0d A 6 B 5 14 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento C 7 D 7 E 9 F 4 G 5 Fim 19d 7

8 Nivelamento de recursos Ferramentas e Técnicas (29 de 42) Nivelamento de Recursos: Adequação do cronograma às limitações de recursos porventura extrapolados em certos períodos deste (superalocação). Soluções mais comuns: Atraso em atividades causadoras de superalocação; Substituição de recursos; Banco de Horas; Horas extras. 15 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Nivelamento de recursos Ferramentas e Técnicas (30 de 42) Cronograma antes do nivelamento ID Task Name 1 Início Fr Sa Su Mo Tu We Th Fr Sa Su Mo 01/02 2 Atividade a 2 homens 3 Atividade b 2 homens 4 Atividade c 4 homens 5 Final 05/02 16 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 8

9 Nivelamento de recursos Ferramentas e Técnicas (31 de 42) Histograma antes do nivelamento 17 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Nivelamento de recursos Ferramentas e Técnicas (32 de 42) Exemplo Cronograma após nivelamento ID Task Name 1 Início 2 Atividade a 3 Atividade b 4 Atividade c Fr Sa Su Mo Tu We Th Fr Sa Su Mo 01/02 2 homens 2 homens 4 homens 5 Final 05/02 18 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 9

10 Nivelamento de recursos Ferramentas e Técnicas (33 de 42) Exemplo Histograma depois do nivelamento 19 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Exemplo - Superalocação Ferramentas e Técnicas (34 de 42) ID Nome da tarefa Duration FL FT 0 Exercício 10 days 0 days 0 days 1 Início 0 days 0 days 0 days 2 A 4 days 0 days 0 days 3 B 2 days 5 days 5 days 4 C 4 days 0 days 0 days 5 D 2 days 2 days 2 days 6 E 2 days 5 days 5 days 7 F 2 days 0 days 0 days 8 G 1 day 3 days 3 days 9 Fim 0 days 0 days 0 days Administrador Anal. Sistemas Anal. Sistemas Engenheiro Administrador Engenh Administrador Gráf. Recursos: Administrador 1,5 1 0,5 Peak Units: Gestão dos Prazos Administrador e Custos do Projeto Overallocated: - Prof. Sérgio Ricardo Allocated: do Nascimento Proposed 10

11 Exemplo Superalocação resolvida Ferramentas e Técnicas (35 de 42) ID Nome da tarefa Duration FL FT 0 Exercício 10 days 0 days 0 days 1 Início 0 days 0 days 0 days 2 A 4 days 0 days 0 days 3 B 2 days 5 days 5 days 4 C 4 days 0 days 0 days 5 D 2 days 2 days 2 days 6 E 2 days 3 days 3 days 7 F 2 days 0 days 0 days 8 G 1 day 3 days 3 days 9 Fim 0 days 0 days 0 days Administrador Anal. Sistemas Anal. Sistemas Engenheiro Administrador Engenh Administrador Gráf. Recursos: Administrador 0,5 Peak Units: Administrador Overallocated: Allocated: Proposed 21 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Método da Corrente Crítica Ferramentas e Técnicas (36 de 42) Método da corrente crítica Técnica de análise de rede que modifica o cronograma para que considere recursos limitados; Em vez de caminhos, o cronograma limitado a recursos define correntes de atividades sequenciadas em função de seu relacionamento lógico e da disponibilidade de recursos existentes. 22 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 11

12 Método da Corrente Crítica Ferramentas e Técnicas (37 de 42) Cronograma ANTES do nivelamento de recursos Cronograma APÓS o nivelamento de recursos 23 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Método da Corrente Crítica Ferramentas e Técnicas (38 de 42) Características: É uma técnica que modifica o cronograma do projeto para satisfazer a limitações de recursos; Analisa não só o caminho crítico de tempo, como o caminho crítico de recursos; Gerencia o risco do projeto inserindo e acompanhando os Buffers ou Pulmões. 24 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 12

13 Método da Corrente Crítica Ferramentas e Técnicas (39 de 42) No gerenciamento tradicional de projetos o Caminho Crítico é definido antes do Nivelamento de Recursos ou seja a alocação dos recursos disponíveis. Id Nome da tarefa 1 CP 1 2 CP 2 3 CP 3 4 CP 4 5 NC 1 6 NC 2 D1 D2 D3 D4 D5 D6 D7 D8 D9 D10 D11 A B C C A C A Corrente Crítica é definida depois do Nivelamento de Recursos, quando os tempos previstos reais estão definidos. Id Nome da tarefa 1 CP 1 2 CP 2 3 CP 3 4 CP 4 5 NC 1 6 NC 2 D1 D2 D3 D4 D5 D6 D7 D8 D9 D10 D11 A B C C A C 25 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Método da Corrente Crítica Ferramentas e Técnicas (40 de 42) Outras correntes (não críticas) Data de término do projeto Corrente Crítica Buffer do projeto Buffer da cadeia Em vez de gerenciar as folgas das atividades (como no método do caminho crítico), o gerente do projeto gerenciará a duração das atividades buffer de cada cadeia e do projeto como um todo. 26 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 13

14 Desenvolver o cronograma Ferramentas e Técnicas (41 de 42) Software de Gerenciamento de Projetos Automatizam o cálculo das análises matemáticas e do nivelamento de recursos; Permitem rápida avaliação das diversas alternativas de cronograma; Uma ferramenta de desenvolvimento do cronograma pode ser usada em conjunto com outros aplicativos de software de gerenciamento de projetos assim como com métodos manuais. 27 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Desenvolver o cronograma Ferramentas e Técnicas (42 de 42) Exemplos de Softwares para apoio à Gestão de Projetos 28 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 14

15 Desenvolver o cronograma Saídas (1 de 5) Saídas Linha de base do cronograma: É a versão aprovada do cronograma, sendo a referência de datas de início e término para o acompanhamento das atividades do projeto. 29 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Desenvolver o cronograma Saídas Saídas (2 de 5) Cronograma do Projeto: apresenta as datas de início e término para as atividades e o projeto, sendo aprovado somente quando Plano do Projeto o for. Representações Gráficas: Gráfico de Barras (Gantt); Diagrama de rede em escala (de tempo); Diagrama de rede com datas; Gráfico de Marcos. 30 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 15

16 Gráfico de barras (Gantt) Saídas (3 de 5) 31 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Gráfico de marcos (milestones) Saídas (4 de 5) 32 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 16

17 Diagrama de rede com datas Saídas (5 de 5) 33 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Dinâmica... Elaborar o cronograma do projeto escolhido. 34 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 17

18 Controlar o Cronograma Monitoramento do andamento do projeto para atualização do seu progresso e gerenciamento das mudanças feitas na linha de base do cronograma. 35 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Controlar o cronograma Introdução Características: Consiste no acompanhamento (atualização) e controle (ação gerencial corretiva) do projeto, de forma a manter o cronograma dentro dos limites do escopo representado pela Baseline. 36 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 18

19 Controlar o cronograma Introdução Considerações Usa as mesmas ferramentas e técnicas do desenvolvimento do cronograma para controle; Considera um novo cenário o projeto alterado pela atualização; Usa replanejamento visando readequar o projeto à linha de base. 37 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Controlar o cronograma Entradas Plano de gerenciamento do projeto; Cronograma do projeto; Informações sobre o desempenho do trabalho; Ativos de processos organizacionais. 38 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 19

20 Controlar o cronograma Ferramentas e Técnicas (1 de 5) Análise de desempenho; Analise da variação; Software apoio ao gerenciamento de projetos Um software de apoio ao gerenciamento de projetos para agendamento fornece a habilidade de se rastrear datas planejadas versus datas reais e prever os efeitos de mudanças no cronograma. Nivelamento de recursos O nivelamento de recursos, é usado para otimizar a distribuição de trabalho entre os recursos. 39 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Controlar o cronograma Ferramentas e Técnicas (4 de 5) Análise do cenário E- se A análise do cenário E-se é usada para revisar vários cenários alinhando o cronograma com o plano. Ajuste de antecipações e esperas O ajuste de antecipações e esperas é usado para encontrar maneiras de se alinhar atividades do projeto atrasadas com o plano. Compressão do Cronograma As técnicas de compressão do cronograma são usadas para encontrar maneiras de se alinhar atividades do projeto atrasadas com o plano. 40 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 20

21 Controlar o cronograma Saídas (1 de 5) Medição do desempenho do trabalho Os valores de desempenho (realizado/previsto) calculados para os componentes da EAP, em particular os pacotes de trabalho e contas de controle, são documentados e comunicados às partes interessadas. Atualizações de ativos de processos organizacionais Os ativos de processos organizacionais que podem ser atualizados incluem, mas não se limitam a: Causas das diferenças; Ação corretiva escolhida e as razões e Outros tipos de lições aprendidas a partir do controle do cronograma do projeto. 41 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Controlar o cronograma Saídas (2 de 5) Solicitações de mudança A análise de variação do cronograma, conjuntamente às revisões dos relatórios de análise de progresso, resultados de medições de desempenho e modificações no cronograma do projeto podem resultar em solicitações de mudanças na linha de base do cronograma e/ou de outros componentes do plano de gerenciamento. As solicitações são processadas para revisão e distribuição através do processo Realizar o controle integrado de mudanças. As ações preventivas podem incluir mudanças recomendadas para reduzir a probabilidade de variações negativas do cronograma. 42 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 21

22 Controlar o cronograma Saídas (3 de 5). Atualizações do plano de gerenciamento do projeto Elementos do plano de gerenciamento do projeto que podem ser atualizados incluem, mas não estão limitados a: Linha de base do cronograma - Mudanças na linha de base do cronograma são incorporadas em resposta às solicitações de mudanças aprovadas relacionadas com mudanças de escopo do projeto, recursos das atividades ou estimativas de durações das atividades. Plano de gerenciamento do cronograma. Linha de base dos custos. A linha de base dos custos pode ser atualizada para refletir mudanças causadas pelas técnicas de compressão. 43 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Controlar o cronograma Saídas (4 de 5) Atualizações dos documentos do projeto Os documentos do projeto que podem ser atualizados incluem, mas não se limitam a: Dados do cronograma. Novos diagramas de rede do cronograma do projeto podem ser desenvolvidos para mostrar durações restantes aprovadas e modificações no plano de trabalho. Em alguns casos, atrasos no cronograma do projeto podem ser tão severos que o desenvolvimento de um novo cronograma alvo com datas de início e de término previstas é necessário para fornecer dados realistas para conduzir o trabalho e para medir o desempenho e progresso. 44 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 22

23 Controlar o cronograma Saídas (5 de 5).5 Atualizações dos documentos do projeto Cronograma do projeto. Um cronograma do projeto atualizado será gerado a partir dos dados do cronograma atualizado para refletir as mudanças no cronograma e gerenciar o projeto. 45 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Plano de Ger. do Cronograma O processo de estabelecer as políticas, os procedimentos, e a documentação para o planejamento, desenvolvimento, gerenciamento, execução e controle do cronograma do projeto. 46 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 23

24 Plano de Ger. do Cronograma Quais os processos de gerenciamento de tempo que iremos utilizar em nosso projeto; Como iremos implementá-los e em que nível de profundidade; Os sistemas utilizados, principalmente o sistema de gerenciamento do cronograma; As ferramentas e técnicas utilizadas; O processo de gerenciamento de mudanças para o cronograma; Papéis e responsabilidades em relação ao desenvolvimento e gerenciamento do cronograma; Frequências de atualizações; Aprovação das principais partes interessadas do projeto. 47 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Plano de Ger. do Cronograma Introdução Características: É um componente do plano de gestão de projetos. Pode ser formal ou informal, muito detalhado ou bastante amplo, dependendo das necessidades do projeto, e inclui particularidades de controle adequados. Define como as contingências de cronograma serão comunicadas e avaliadas. Deve ser atualizado para refletir uma mudança na forma como a programação é gerenciado. 48 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 24

25 Plano de Ger. do Cronograma Entradas (1 de 3) Plano de Gestão do Projeto Contém informações usadas para desenvolver o plano de dos prazos inclui, mas não se limita a: Linha de base do escopo. A linha de base escopo irá definir a estrutura analítica do projeto (EAP) e detalhes para a estimativa de duração e gestão; Outras informações. Agendamento de custos adicionais relacionados, riscos e comunicações decisões do plano de gestão do projeto são usados para desenvolver a programação. 49 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Plano de Ger. do Cronograma Entradas (2 de 3) Termo de Abertura Contém as premissas e restrições aprovadas. Fatores ambientais da empresa Cultura organizacional, estrutura e processos podem influenciar gestão de agenda; Disponibilidade de recursos e habilidades que podem influenciar o planejamento cronograma; Sistemas de aprovação (autorização) da empresa. 50 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 25

26 Plano de Ger. do Cronograma Entradas (3 de 3) Ativos de processos organizacionais Monitoramento e ferramentas de relatórios a serem utilizados; Informações históricas; Políticas para elaboração do cronograma formais e informais de controle relacionadas, procedimentos e diretrizes; Software de gerenciamento do projeto fornece o agendamento de ferramentas e possibilidades alternativas para o gerenciamento do cronograma; Modelos. 51 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Plano de Ger. do Cronograma Ferramentas e Técnicas (1 de 3) Opinião especializada A opinião especializada, guiada por informações históricas, fornece informações valiosas sobre o meio ambiente e informações de projetos similares anteriores. Pode sugerir a possibilidade de combinar métodos e como reconciliar as diferenças entre eles. Pode ser baseado em uma área de aplicação, área de conhecimento, disciplina, indústria, etc., conforme apropriado para a atividade que está sendo realizada. 52 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 26

27 Plano de Ger. do Cronograma Ferramentas e Técnicas (2 de 3) Técnicas analíticas Pode envolver a escolha de opções estratégicas para estimar e programar o projeto, tais como: Softwares, ferramentas e técnicas de estimativas. Pode detalhar maneiras para acelerar ou travar o cronograma do projeto, tais como a realização de trabalhos em paralelo. Estas decisões, assim como as decisões que afetem a programação do projeto, podem afetar os riscos do projeto. Técnicas podem incluir, mas não estão limitados a, planejamento por ondas sucessivas, atrasos e antecipações, análise de alternativas, e análise de variância. 53 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Plano de Ger. do Cronograma Ferramentas e Técnicas (3 de 3) Reuniões As equipes de projeto devem realizar reuniões de planejamento para desenvolver o plano de gestão dos prazos. Os participantes dessas reuniões podem incluir: o gerente de projeto, o patrocinador do projeto, os membros da equipe de projetos selecionados, os participantes selecionados, qualquer pessoa com responsabilidade pelo planejamento programação ou execução, e outros se necessários. 54 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 27

28 Plano de Ger. do Cronograma Saídas (1 de 4) Plano de Gestão dos Prazos Componente do plano de gestão do projeto que estabelece os critérios e as atividades para desenvolver, monitorar e controlar o cronograma. O plano de gerenciamento do cronograma pode ser formal ou informal, muito detalhado ou bastante amplo, dependendo das necessidades do projeto. Por exemplo, o plano de gerenciamento dos prazos pode estabelecer o seguinte: Modelo de desenvolvimento do cronograma do projeto - A metodologia de programação e o software utilizado para o desenvolvimento do cronograma; 55 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Plano de Ger. do Cronograma Saídas (2 de 4) Plano de Gestão dos Prazos Nível de precisão. As estimativas de duração das atividades irá aderir a um arredondamento dos dados a uma precisão prescrita (por exemplo, um dia), com base no âmbito das atividades e magnitude do projeto, e pode incluir uma quantidade de contingências; As unidades de medida. Cada unidade usada na medição (tais como horas de trabalho do pessoal, dias, ou semanas, é definido para cada um dos recursos; Organizacionais ligações procedimentos. A EAP fornece a estrutura para o plano de gestão dos prazos, permitindo a consistência com as estimativas e horários resultantes;. 56 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 28

29 Plano de Ger. do Cronograma Saídas (3 de 4) Plano de Gestão dos Prazos Limites de controle. Limites de variância para o desempenho do cronograma de monitoramento pode ser especificado para indicar uma quantidade acordada de variação a ser permitido antes de alguma ação precisa ser tomada. Os limites são tipicamente expressa como desvios percentuais em relação ao plano de linha de base. Exemplo: VERDE, se a variação for menor que 2% o planejado; AMARELO, acima de 2% até 5% do planejado; VERMELHO, variação superior a 5% do planejado. 57 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Plano de Ger. do Cronograma Saídas (4 de 4) Plano de Gestão dos Prazos Regras de medição de desempenho. As regras de medição de desempenho são definidos. Por exemplo, o plano de gerenciamento do cronograma pode especificar: Em quais pontos da EAP o progresso e avalição dos prazos serão medidos; Formatos de Relatórios. Definição da frequência e formatos dos relatórios de desempenho. 58 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 29

30 Dinâmica... Elaborar o Plano de Gerenciamento do Cronograma. 59 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento 30

Engenharia de Software II: Criando o cronograma do projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando o cronograma do projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando o cronograma do projeto Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Definição das atividades. Sequenciamento das atividades. Estimativa de recursos

Leia mais

CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto

CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto CAPÍTULO 4 - Gerenciamento de integração do projeto 4.1 Desenvolver o termo de abertura do projeto INICIAÇÃO.1 Contrato (quando aplicável).2 Declaração do trabalho do projeto.1 Métodos de seleção de.2

Leia mais

Gerenciamento do Tempo do Projeto (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento do Tempo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento do Tempo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) O gerenciamento do tempo inclui os processos necessários para gerenciar o término pontual do projeto, logo o cronograma é uma das principais restrições

Leia mais

Gestão dos Prazos e Custos do Projeto

Gestão dos Prazos e Custos do Projeto Gestão dos Prazos e Custos do Projeto Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Aula 7 05 de dezembro de 2013 1 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Conteúdo Programático

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo VI Tempo

Gerenciamento de Projetos Modulo VI Tempo Gerenciamento de Projetos Modulo VI Tempo Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de

Leia mais

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC Gestão de Projetos 1 Agenda Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências 2 1 GERENCIAMENTO DA INTEGRAÇÃO DO PROJETO 3 Gerenciamento da Integração do Projeto Fonte: EPRoj@JrM 4 2 Gerenciamento

Leia mais

Introdução. Escritório de projetos

Introdução. Escritório de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é um documento formal que descreve normas,

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE O PAPEL DO TEMPO DE GERENCIAMENTO DE UM PROJETO NO SERVIÇO PÚBLICO Por: Moacir Gomes Vieira Filho Orientador Prof. Luiz Cláudio

Leia mais

Gerenciamento de Projetos PMP-Prep Master Class Modulo 04 Prazo. Direitos autorais OBJETIVO DO MÓDULO

Gerenciamento de Projetos PMP-Prep Master Class Modulo 04 Prazo. Direitos autorais OBJETIVO DO MÓDULO Gerenciamento de Projetos PMP-Prep Master Class Modulo 04 Prazo Gerhard Tekes, PMP, OPM3-CC 2009 3PTA Tekes e Associados Serv. Gerenciais Ltda., cursos@3pta.com.br, (71) 3012.6611 Slide 1 Direitos autorais

Leia mais

As áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos

As áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos As áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos Gerenciamento do Tempo do Projeto 1 Por que os Projetos Atrasam?? Não se consegue controlar o que não se consegue medir. (Tom Demarco) 2 Por que os

Leia mais

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto Processos de gerenciamento de projetos em um projeto O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de cumprir seus requisitos.

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto

Gerenciamento de integração de projeto Objetivos do Conteúdo Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos;

Leia mais

A definição do escopo trata-se de um processo onde é realizada uma descrição detalhada do projeto e do produto a ser desenvolvido;

A definição do escopo trata-se de um processo onde é realizada uma descrição detalhada do projeto e do produto a ser desenvolvido; Aula 08 1 2 A definição do escopo trata-se de um processo onde é realizada uma descrição detalhada do projeto e do produto a ser desenvolvido; A preparação do escopo é fundamental para o sucesso do projeto,

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Riscos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Riscos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Planejando os Riscos Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Introdução Planejar o Gerenciamento dos Riscos. Identificar os Riscos Realizar a Análise Qualitativa

Leia mais

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento da Integração (PMBoK 5ª ed.) O PMBoK diz que: O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, combinar, unificar e coordenar

Leia mais

Capítulo 6 Gerenciamento do Tempo do projeto

Capítulo 6 Gerenciamento do Tempo do projeto Capítulo 6 Gerenciamento do Tempo do projeto 1 Introdução Vamos pensar um pouco? 2 Introdução Porquê gerenciar o tempo? Como saber se chegaremos nos objetivos no prazo estimado? Planejar e Controlar 3

Leia mais

12/4/2009. O objetivo dos processos de gerenciamento de tempo é a conclusão do projeto dentro do prazo estimado no plano de gerenciamento.

12/4/2009. O objetivo dos processos de gerenciamento de tempo é a conclusão do projeto dentro do prazo estimado no plano de gerenciamento. Gerenciamento de tempo do projeto FAE S. J. dos Pinhais Projeto e Desenvolvimento de Software Gerenciamento de Tempo O objetivo dos processos de gerenciamento de tempo é a conclusão do projeto dentro do

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Reportar o Desempenho Realizar o Controle Integrado de Mudanças Reportar o

Leia mais

PLANO DO PROJETO

<NOME DO PROJETO> PLANO DO PROJETO PLANO DO PROJETO Goiânia 2013 Sumário 1. RESUMO EXECUTIVO DO PROJETO...3 1.1. JUSTIFICATIVA DO PROJETO...3 1.2. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO DO PROJETO...3 1.3. ESTRUTURA DE GESTÃO DO PROJETO...4

Leia mais

Gerenciamento de custos do projeto

Gerenciamento de custos do projeto PMBOK Visão Geral O PMBOK (Project Management Body of Knowledge) é um guia do Conjunto de Conhecimentos em de Projetos, o qual inclui práticas comprovadas que são amplamente aplicadas na gestão de s, além

Leia mais

PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS

PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS 1 PLANO DE GERÊNCIAMENTO DE RISCOS Versão 1.1 Rua Pedro Ribeiro, 85 - Matriz, Vitória de Santo Antão - PE, 55612-275 Pernambuco Brasil (81) 3523-0012 www.qualistec.com.br suporte@qualistec.com.br 2 Histórico

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PLANO DE GERENCIAMENTO DE PRAZOS SCHEDULE MANAGEMENT PLAN Preparado por Tarcísio Viana Tavares Membro do Time Versão 3 Aprovado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto 15/11/2010

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Realizar Aquisições Realizar a Garantia de Qualidade Distribuir Informações Gerenciar as

Leia mais

Definição: O escopo de um projeto descreve todos os seus produtos, os serviços necessários para realizá-los e resultados finais esperados. Descreve também o que é preciso fazer para que alcance seus objetivos

Leia mais

Ciclo de Vida do Projeto. Se você não sabe onde está, um mapa não o ajudará. Watts S. Humphrey. Metodologia de Gestão de Projetos do STJ 29

Ciclo de Vida do Projeto. Se você não sabe onde está, um mapa não o ajudará. Watts S. Humphrey. Metodologia de Gestão de Projetos do STJ 29 3 Ciclo de Vida do Projeto Gestão de Projetos do STJ 29 Se você não sabe onde está, um mapa não o ajudará. Watts S. Humphrey O processo de trabalho da MGSTJ é orientado em quatro grupos de atividades:

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: GESTÃO DE PROJETOS Aula N : 10 Tema: Gerenciamento

Leia mais

Trata-se do processo de análise da sequência de atividades e seus atributos, tais como duração, recursos e restrições;

Trata-se do processo de análise da sequência de atividades e seus atributos, tais como duração, recursos e restrições; Aula 12 1 2 Trata-se do processo de análise da sequência de atividades e seus atributos, tais como duração, recursos e restrições; Vantagem: o principal benefício é a geração de um modelo com previsão

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Tempo

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Tempo Gerenciamento de Projetos Gerenciamento do Tempo Metodologia Aula Teórica Exemplos e Exercícios práticos Questões de concursos anteriores Metodologia e Bibliografia Bibliografia PMBOK, 2004. Project Management

Leia mais

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PAULO SÉRGIO LORENA Julho/2011 1 Planejamento escopo, tempo e custo PROGRAMA DA DISCIPLINA Apresentação professor Programa da disciplina Avaliação Introdução Processos

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

Processos de Gerenciamento de Projetos. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Processos

Processos de Gerenciamento de Projetos. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Processos Processos de Gerenciamento de Projetos Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR Prof. Esp. André Luís Belini 2 Processos O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Introdução à Melhoria de Processos de Software baseado no MPS.BR Prof. Maxwell Anderson www.maxwellanderson.com.br Agenda Introdução MPS.BR MR-MPS Detalhando o MPS.BR nível G Introdução

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos 9 áreas de conhecimento de GP / PMBOK / PMI QUALIDADE RECURSOS HUMANOS ESCOPO AQUISIÇÕES INTEGRAÇÃO COMUNICAÇÕES

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO INTEGRADA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA - PMIMF MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ATORES DA REDE DE INOVAÇÃO 2 O MODELO CONTEMPLA: Premissas e diretrizes de implementação Modelo

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização

Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Gerenciamento de Projetos Modulo II Clico de Vida e Organização Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais

Disciplina: Técnicas de Racionalização de Processos Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 04 O PROJETO DE MELHORIA DOS PROCESSOS

Disciplina: Técnicas de Racionalização de Processos Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 04 O PROJETO DE MELHORIA DOS PROCESSOS Disciplina: Técnicas de Racionalização de Processos Líder da Disciplina: Rosely Gaeta NOTA DE AULA 04 O PROJETO DE MELHORIA DOS PROCESSOS 3.4 O PROJETO DE MELHORIA DE PROCESSOS 3.4.1 - CONCEITO DE PROJETO

Leia mais

Leslier Soares Corrêa Estácio de Sá / Facitec Abril/Maio 2015

Leslier Soares Corrêa Estácio de Sá / Facitec Abril/Maio 2015 Leslier Soares Corrêa Estácio de Sá / Facitec Abril/Maio 2015 Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos; - Desenvolver o Plano de Gerenciamento; - Construir um sistema

Leia mais

MGP Manual de Gerenciamento de Projetos

MGP Manual de Gerenciamento de Projetos MGP Manual de Gerenciamento de Projetos v. 1.2 Diretorias: DT / DE / DA DTPE Superintendência Planejamento de Empreendimentos 1 Sumário 1. Introdução 2. Ciclo de Vida dos Projetos 3. 4. Ciclo de Vida do

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

4 ESTUDO DA DINÂMICA DE UM PROJETO

4 ESTUDO DA DINÂMICA DE UM PROJETO 4 ESTUDO DA DINÂMICA DE UM PROJETO Neste capítulo, apresentaremos o estudo da dinâmica da gestão de projetos, demonstrando como os principais autores de Dinâmica de Sistemas apresentam sua aplicações em

Leia mais

NÃO RESPONDA AS QUESTÕES QUE VOCÊ NÃO SABE

NÃO RESPONDA AS QUESTÕES QUE VOCÊ NÃO SABE Easy PMP - Preparatório para o Exame de Certificação PMP Simulado Inicial versão 5_22 Prof. André Ricardi, PMP Todos os direitos reservados Registre suas respostas na planilha Easy PMP-Simulado Inicial-5ª

Leia mais

Processo de Criação de Cronogramas Prazo

Processo de Criação de Cronogramas Prazo Nome do de Criação de Cronogramas Número do Prazo - Informações sobre o Documento Nome do Projeto: Centro de Custo: 05.10..02.XX Gerente do Projeto: Versão do Documento: 0.0 Método de Revisão de Qualidade:

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte II Agenda sumária dos Processos em suas categorias e níveis de maturidade

Leia mais

OBJETIVO DO : FORMAÇÃO NAS MELHORES PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Apresentar o caderno;

OBJETIVO DO : FORMAÇÃO NAS MELHORES PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS. Apresentar o caderno; IRAIR VALESAN (PMP) OBJETIVO DO : FORMAÇÃO NAS MELHORES PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS Apresentar o caderno; Exemplo de projetos bem sucedidos http://g1.globo.com/minas-gerais/triangulomineiro/noticia/2015/02/produtores-ruraisaprendem-como-recuperar-nascentes-de-riosem-mg.html

Leia mais

Gestão e Projeto de TI Prof. Mauricio Faria

Gestão e Projeto de TI Prof. Mauricio Faria Gestão e Projeto de TI Prof. Mauricio Faria 2011 Lista de Exercícios 2 Semestre Gestão e Projeto de TI 1. Quais os processos que são incluídos no gerenciamento de custos? O gerenciamento de custos do projeto

Leia mais

Gerência de Projetos

Gerência de Projetos Gerência de Projetos Escopo Custo Qualidade Tempo CONCEITO PROJETOS: são empreendimentos com objetivo específico e ciclo de vida definido Precedem produtos, serviços e processos. São utilizados as funções

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos Metodologia Aula Teórica Exemplos e Exercícios práticos Questões de concursos anteriores Metodologia e Bibliografia Bibliografia PMBOK, 2004. Project Management

Leia mais

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PAULO SÉRGIO LORENA Jul/2010 1 Planejamento escopo, tempo e custo PROGRAMA DA DISCIPLINA Apresentação professor Programa da disciplina Avaliação Introdução Processos

Leia mais

Contexto e estruturas organizacionais. Conceitos básicos. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Contexto e estruturas organizacionais. Conceitos básicos. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos básicos 186 O gerente do referido projeto tem como uma de suas atribuições determinar a legalidade dos procedimentos da organização. 94 Ao gerente de projeto é atribuída a função de especificar

Leia mais

Histórico de Versões. Versão 2.2 05/05/2015 SM: EPG201500117. Fase Gestão de Mudança de Projetos - Manutenção

Histórico de Versões. Versão 2.2 05/05/2015 SM: EPG201500117. Fase Gestão de Mudança de Projetos - Manutenção SM: EPG201500117 Fase Gestão de Mudança de Projetos - Manutenção Diretrizes de Comunicação Interna Portal de Processos Fase de Planejamento de Projetos - Manutenção Atualizado o conteúdo da tarefa Registrar

Leia mais

Sumário. Introdução ao Microsoft Project. 1 Microsoft Project, gerenciamento de projetos e você 3. 2 Visão geral do Project 11.

Sumário. Introdução ao Microsoft Project. 1 Microsoft Project, gerenciamento de projetos e você 3. 2 Visão geral do Project 11. Sumário Introdução... xiii A quem se destina este livro...xiii Como o livro está organizado...xiii Como baixar os arquivos de prática...xiv Suas configurações no Project...xv Suporte técnico...xvi Parte

Leia mais

CSE-300-4 Métodos e Processos na Área Espacial

CSE-300-4 Métodos e Processos na Área Espacial CSE-300-4 Métodos e Processos na Área Espacial Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento de Sistemas Espaciais L.F.Perondi Engenharia e Tecnologia Espaciais ETE Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software de Software Gerenciamento de de Software Dedica-se a assegurar que o nível requerido de qualidade seja atingido Em um produto de software Envolve a definição de padrões e procedimentos apropriados de qualidade

Leia mais

Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler

Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler Introdução Objetivos da Gestão dos Custos Processos da Gerência de Custos Planejamento dos recursos Estimativa dos

Leia mais

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do

Leia mais

CIO;Executivo de N 5 Identificar as dependências críticas e o desempenho atual 1 dia? Qua 01/09/10 Qua 01/09/10

CIO;Executivo de N 5 Identificar as dependências críticas e o desempenho atual 1 dia? Qua 01/09/10 Qua 01/09/10 Id Nome da tarefa Duração Início Término Predecessoras Qua, 01/Set Qui, 02/Set 18 0 6 12 18 0 6 12 1 Projeto de Implantacão da Governanca de TI com CobiT (Nível 3) 3 dias? Qua 01/09/10 Sex 03/09/10 2 PO

Leia mais

Gerenciamento de Projeto

Gerenciamento de Projeto UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Gerenciamento de Projeto Engenharia de Software 2o. Semestre/ 2005

Leia mais

Instruções para elaboração de um PLANO DE PROJETO

Instruções para elaboração de um PLANO DE PROJETO INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA PROGRAMAS CERTIFICATES Instruções para elaboração de um PLANO DE PROJETO I - APRESENTAÇÃO Estas instruções possuem como propósito: a) Estruturar processo de elaboração

Leia mais

Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos. Prof.: Franklin M. Correia

Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos. Prof.: Franklin M. Correia 1 Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos Prof.: Franklin M. Correia Na aula anterior... Metodologias ágeis Princípios do Manifesto ágil 12 itens do manifesto

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Informática Disciplina: INF5008 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 3. Gerência de

Leia mais

PLANEJAMENTO E PROJETOS. Lílian Simão Oliveira

PLANEJAMENTO E PROJETOS. Lílian Simão Oliveira PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO DE PROJETOS Lílian Simão Oliveira Contexto Gerentes lutam com projetos assustadores e com prazos finais difíceis de serem cumpridos Sistemas não satisfazem aos usuários Gastos

Leia mais

Análise e Projeto de Sistemas

Análise e Projeto de Sistemas Análise e Projeto de Sistemas Gerenciamento de Projetos Conteúdo: Introdução Aula: I Prof.: Eude Lacerda E-mail: eude.lacerda@ifnmg.edu.br Apresentação Introdução ao gerenciamento de projetos de software

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS I

Leia mais

Projeto. Gerenciamento de Projeto de Software. Tópicos abordados. Características básicas de um projeto. Definição

Projeto. Gerenciamento de Projeto de Software. Tópicos abordados. Características básicas de um projeto. Definição Gerenciamento de Projeto de Software Tópicos abordados Atividades de gerenciamento Planejamento do projeto Cronograma do projeto Gerenciamento de riscos Prof. Ms. Luiz Alberto Contato: lasf.bel@gmail.com

Leia mais

Aula Nº 06 Determinação do Orçamento

Aula Nº 06 Determinação do Orçamento Aula Nº 06 Determinação do Orçamento Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula são, basicamente, apresentar os processos aplicados que possibilitem identificar os recursos necessários para se conduzir

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

QUANDO este projeto deve ser realizado e QUANTO este projeto deverá custar?

QUANDO este projeto deve ser realizado e QUANTO este projeto deverá custar? O PROJECT MODEL CANVAS (www.pmcanvas.com.br) é uma ferramenta que permite que um projeto seja entendido no contexto dos aspectos Fundamentals da teoria de gerenciamento de projetos. A metodologia facilita

Leia mais

Atividades da Engenharia de Software ATIVIDADES DE APOIO. Atividades da Engenharia de Software. Atividades da Engenharia de Software

Atividades da Engenharia de Software ATIVIDADES DE APOIO. Atividades da Engenharia de Software. Atividades da Engenharia de Software Módulo 1 SCE186-ENGENHARIA DE SOFTWARE Profª Rosely Sanches rsanches@icmc.usp.br CONSTRUÇÃO Planejamento do Codificação Teste MANUTENÇÃO Modificação 2003 2 Planejamento do Gerenciamento CONSTRUÇÃO de Codificação

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS APLICADAS FATECS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO LINHA DE PESQUISA:

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS APLICADAS FATECS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO LINHA DE PESQUISA: FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS APLICADAS FATECS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO LINHA DE PESQUISA: Gestão de Projetos ÁREA: Gestão do Tempo do Projeto na Construção Civil Marco Abrahão Narciso 20917103 Gerenciamento

Leia mais

Importância da Gestão do Escopo na Gestão de Projetos

Importância da Gestão do Escopo na Gestão de Projetos 1 Resumo Importância da Gestão do Escopo na Gestão de Projetos Amanda Oliveira Zoltay - amanda.zoltay10@gmail.com Gestão de Projetos em Engenharia e Arquitetura Instituto de Pós-Graduação - IPOG Goiânia,

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE

QUALIDADE DE SOFTWARE QUALIDADE DE SOFTWARE - 02 Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 A ISO 9000-3 é um guia para a aplicação da ISO 9001 para o desenvolvimento, fornecimento e manutenção de software.

Leia mais

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Mauro Sotille, PMP O Guia PMBOK 5 a edição (A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide) Fifth Edition), em Inglês, foi lançado oficialmente pelo

Leia mais

Gerenciamento da Qualidade. Marcelo Sakamori

Gerenciamento da Qualidade. Marcelo Sakamori Gerenciamento da Qualidade Marcelo Sakamori Qualidade Qual das Obras seguintes cumprem os requisitos de qualidade? Qualidade Fonte: SINDICOND, 2014 Qualidade Fonte: ARCHITECTURALDIGEST, 2014 Qualidade

Leia mais

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos SENAC Pós-Graduação em Segurança da Informação: Análise de Parte 8 Leandro Loss, Dr. loss@gsigma.ufsc.br http://www.gsigma.ufsc.br/~loss Roteiro Análise de Quantitativa Qualitativa Medidas de tratamento

Leia mais

O que é, e para que serve o Cronograma:

O que é, e para que serve o Cronograma: O que é, e para que serve o Cronograma: O cronograma é um instrumento de planejamento e controle semelhante a um diagrama em que são definidas e detalhadas minuciosamente as atividades a serem executadas

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE GERENCIAMENTO DE TEMPO DO PROJETO ATRAVÉS DO MÉTODO DA Prof. Luiz Cláudio Lopes Alves D.Sc. Orientador Prof. Luiz Cláudio Lopes

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Planejamento e Gestão de Projetos Prof. Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Tempo 1 Introdução Gerenciamento de Tempo consiste

Leia mais

Aula Anterior. Capítulo 2

Aula Anterior. Capítulo 2 Capítulo 2 Clique Ciclo para de Vida editar e o estilo do Organização título do mestre Projeto O Ciclo de vida do projeto Características do ciclo de vida do projeto Relações entre o ciclo de vida do projeto

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo

Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Projetos Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Laboratório de Tecnologia de Software LTS www.ufpa.br/lts Rede Paraense de Pesquisa em Tecnologias de Informação

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gerenciamento de Projeto /Turma 140 Data: Agosto/2014 GERENCIAMENTO DE PROJETOS AMBIENTAIS Eduardo Christófaro de Andrade Eng. Agrônomo Juliana Maria Mota

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos Aula 2

Gerenciamento de Riscos em Projetos Aula 2 Gerenciamento de Riscos em Projetos Aula 2 Out/2013 Revisão Gerenciamento de Projetos Áreas de Conhecimento Processos Cronograma EAP Revisão Conceitos de Riscos Incertezas Risco Evento de Risco Tipo de

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 03

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 03 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 03 RELATÓRIO TÉCNICO CONCLUSIVO

Leia mais

"Caminho Crítico é um termo criado para designar um conjunto de tarefas vinculadas a uma ou mais tarefas que não têm margem de atraso.

Caminho Crítico é um termo criado para designar um conjunto de tarefas vinculadas a uma ou mais tarefas que não têm margem de atraso. Conceituação básica: Caminho Crítico x Corrente Crítica Publicado originalmente em 08/2008 em http://www.spiderproject.com.br/exemplos/problemabasico01.htm Caminho crítico Origem: Wikipédia, a enciclopédia

Leia mais

Sistema de Informações do Projeto

Sistema de Informações do Projeto Gerenciamento das Comunicações do Projeto Sistema de Informações do Projeto 10. Gerenciamento das comunicações do projeto O gerenciamento das das comunicações do do projeto é a área área de de conhecimento

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 2 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 2-26/04/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos Sumário Sistemas de Informação para Processos Produtivos 1. Gerência de 2. Agentes principais e seus papéis 3. Ciclo de vida do gerenciamento de projetos M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Módulo 6

Leia mais

Gerenciamento do escopo

Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Escopo pode ser definido como a soma dos produtos de um projeto, bem como a descrição de seus requisitos. O momento de definir o escopo é a hora em que o

Leia mais

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos Workshop PMBoK Gerenciamento de Recursos Humanos Paulo H. Jayme Alves Departamento de Inovação Tecnológica - DeIT Janeiro de 2009 1 Envolvimento da equipe Os membros da equipe devem estar envolvidos: Em

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

Professor Gilberto Porto Gerenciamento de Projetos PMBoK

Professor Gilberto Porto Gerenciamento de Projetos PMBoK Professor Gilberto Porto Gerenciamento de Projetos PMBoK Brasília, Setembro de 2012 Metodologias PMI Project Management Institute Fundado em 1969 por cinco voluntários na Filadélfia, Pensilvânia EUA 250.000

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Exercícios Aula 2 (com gabarito)

Exercícios Aula 2 (com gabarito) Gestão dos Prazos e Custos do Projeto Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Aula 2 31 de outubro de 2013 1 Gestão dos Prazos e Custos do Projeto - Prof. Sérgio Ricardo do Nascimento Aula 2 (com gabarito)

Leia mais