Novas instalações: projetos avançam

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Novas instalações: projetos avançam"

Transcrição

1 144 Ano XII Setembro 2010 Informativo mensal do ONS Novas instalações: projetos avançam O ONS vem obtendo importantes progressos no projeto de constituição das suas novas instalações no Rio de Janeiro, Recife e em Florianópolis. Pág. 5 Já acessou a intranet hoje? Intranet ONS conquista prêmio promovido pelo Instituto Intranet Portal. Pág. 4 Semana Saúde & Sipat: estilo de vida mais saudável Atividade promovida no Parque dos Patins, na Lagoa (RJ). Eventos dentro e fora do ONS destacam temas relevantes para o setor elétrico Pág s. 3 e 6 Pág. 7

2 Editorial Ter uma casa só sua. Um sonho comum à grande maioria das famílias brasileiras também é um desejo cultivado pelo Operador Nacional desde a sua criação. A construção de instalações concebidas exclusivamente para o Operador Nacional não se resume apenas a assegurar melhores condições físicas e arquitetônicas para que a organização possa desempenhar suas atribuições. A consolidação deste sonho tem um valor simbólico e uma importância estratégica para todo o ONS, fortalecendo ainda mais a sua identidade corporativa. O sonho, que virou projeto, já avançou muito rumo à sua concretização (leia matéria na página 5). As novas edificações no Rio de Janeiro, Recife e Florianópolis farão frente à crescente complexidade da operação do Sistema Interligado Nacional. Os prédios seguirão o conceito built to suit, sendo totalmente planejados para atender às demandas do Operador Nacional. Serão ambientes adequados em todos os sentidos, da segurança à responsabilidade socioambiental. Adotando os conceitos de green building, as novas instalações do ONS privilegiarão medidas como o reaproveitamento de água e o planejamento da iluminação, por exemplo. Em breve, a "família" ONS terá mais um bom motivo de orgulho. Notas de RH Trajetórias de Carreira conclui mais uma etapa A fase de divulgação do projeto Trajetórias de Carreira foi encerrada no dia 1º de outubro. A Assessoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos apresentou o projeto para todas as gerências executivas do ONS. De junho a setembro, foi cumprida uma extensa agenda de palestras. As sugestões serão apresentadas à Diretoria. O próximo passo será o início do trabalho de classificação dos profissionais nos eixos de carreira e níveis de complexidade já definidos. Com isso, cada empregado saberá o conjunto de competências pelo qual será acompanhado e avaliado no próximo ciclo de Gestão de Desempenho. Aguarde! Mais Valor: aula inaugural O dia 19 de outubro foi uma data especial para o ONS. Com a aula inaugural sobre Planejamento Eletroenergético de Médio e Curto Prazo, proferida pelo gerente-executivo de Programação e Desligamentos, Francisco Arteiro, teve início o primeiro curso do Programa de Desenvolvimento Interno - Mais Valor. A turma, com 27 analistas e engenheiros juniores e plenos, entra para a história do Operador Nacional. O Mais Valor, uma iniciativa já há muito acalentada por todo o ONS, concretiza-se efetivamente com o primeiro curso sobre os Fundamentos para Planejamento e Operação Eletroenergética. Esta iniciativa tem um caráter formativo e conta com a participação de um grupo de profissionais muito experientes, que apresentará diversos aspectos sobre o tema, como: conceitos, modelagens matemáticas, execução dos modelos e outros conteúdos relevantes, explica Francisco Arteiro. Veja fotos na intranet. ONS em SINergia com instituições de ensino Com o objetivo de ampliar e estreitar o relacionamento do ONS com universidades e escolas técnicas, a área de Recursos Humanos desenvolveu o programa SINergia. "Nossa intenção é estabelecer um relacionamento mais próximo com as instituições de ensino a fim de, não só divulgar o trabalho do Operador Nacional e o Programa Construir, mas também contribuir para uma melhor formação profissional dos estudantes relacionada ao negócio do ONS", explica Andréa Berquó, gerente de Serviços Especializados de Recursos Humanos. A partir de outubro, o SINergia prevê a realização de diversas palestras técnicas e institucionais, já agendadas com instituições, como: UFRJ, UFF, PUC, UFPE, IFPE, Senai- PE, Cefet-RJ e SC, UnB, UFSC, entre outras. "Fizemos várias visitas para apresentar o programa e explicar a nossa proposta às universidades. Fomos muito bem recebidos", comenta Andréa Berquó. Nas palestras, além dos conteúdos apresentados por técnicos do ONS, a equipe de RH explica o Programa Construir 2011, que está com inscrições abertas para candidatos a estagiários e trainees até 30 de novembro. Mais informações sobre o Construir: Participe! Envie sua sugestão de pauta ou proposta de texto de matéria para: Ligação: Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Escritório Central: Rua da Quitanda, 196 Centro Rio de Janeiro RJ Telefone (21) Fax (21) Edição: Assessoria de Planejamento e Comunicação Comissão Editorial: Eneida Leão, Hermes Chipp, Luzia Fialho e Tristão Araripe Fotos: Reynaldo Dias e arquivo Redação e Diagramação: Expressiva Comunicação e Educação (21) Impresso em papel reciclado Filiado à 2 ONS Ligação 144 Setembro 2010

3 Experiência brasileira é tema de palestra na França O blecaute de 2009 foi tema da palestra proferida pelo diretor geral, Hermes Chipp, no workshop sobre Grandes Perturbações promovido na 43 a Sessão Bienal do Cigré. As condições ambientais adversas, como chuvas intensas, descargas elétricas, ventos e nevascas, e as práticas de alto risco, como as queimadas, só para citar alguns exemplos, estão na pauta de preocupações de operadores de todo o mundo. Tais eventos foram identificados como os principais responsáveis pelas grandes perturbações verificadas nos sistemas elétricos de diferentes países. A experiência do Operador Nacional frente ao blecaute ocorrido em novembro do ano passado despertou grande interesse dos participantes da 43 a Sessão Bienal do Cigré, realizada em agosto, na França. O diretor geral do ONS, Hermes Chipp, apresentou detalhadamente o case brasileiro no workshop sobre Grandes Perturbações. Além de relatar o incidente, suas causas e consequências, enfatizou as ações empreendidas para o processo de recomposição do sistema e as providências adotadas para prevenir fatos similares. O caso brasileiro despertou grande interesse por parte dos operadores de sistemas de outros países, tendo em vista a dimensão e a complexidade do Sistema Interligado Nacional, comenta Hermes Chipp. Os operadores mundiais têm o desafio permanente de desenvolver ações de forma a minimizar o impacto de grandes perturbações, evitando a sua propagação e reduzindo o tempo de recomposição das cargas. Essa tem sido uma grande meta do ONS, avalia. No evento, também foram relatados outros blecautes: casos registrados na Europa, em 2006; na França, Espanha, Portugal e Austrália, em 2009; e na Irlanda, em Além disso, a Southern Power Grid apresentou o plano de defesa elaborado para a China, com o objetivo de evitar contingências múltiplas. Foi uma excelente oportunidade para a troca de informações. O grupo pôde constatar que os episódios tiveram um ponto em comum - condições meteorológicas adversas. Esse é um sinalizador importante para nortear trabalhos conjuntos sobre uma questão fundamental para todos os operadores de sistema, complementa Hermes Chipp. O evento reuniu mais de 4 mil dirigentes e especialistas de diversos setores da indústria de energia elétrica, provenientes de mais de 170 países. O ONS participou tanto do congresso como da programação paralela, em reuniões dos Comitês de Estudos e dos Grupos de Trabalho. Alguns engenheiros do ONS também integraram a delegação brasileira que participou do evento a convite do Cigré. Saiba mais sobre o Cigré em: Setembro 2010 Ligação 144 ONS 3

4 Intranet conquista prêmio A Intranet ONS foi a campeã na categoria Grand Prix da terceira edição do Prêmio Intranet Portal Oprêmio, promovido pelo Instituto Intranet Portal, é uma forma de reconhecimento à dedicação da equipe responsável pelo desenvolvimento da Intranet ONS, formada por analistas de TI da Assessoria de Planejamento e Comunicação e das gerências de Relacionamento com Agentes e de Informática e Telecomunicações: Gisele Calixto, Jamisson Melo e Gustavo Lopes Mata (na foto). O Grand Prix foi o prêmio máximo concedido às empresas que apresentaram projetos demonstrando uma relação eficiente entre conteúdo, colaboração e integração em TI, explica Jamisson Melo. Entre os projetos inscritos, o ONS foi para a final com a Eletrobras e o Hospital Geral de Pedreira. Conteúdo, colaboração e integração são as palavras-chave da Intranet ONS, disponibilizada efetivamente no início deste ano, após passar por uma total reformulação. A atual Intranet em campanha Intranet ONS consiste num ambiente dinâmico de colaboração e integração de pessoas. Nosso objetivo foi conferir aos usuários um maior poder de participação por meio de diversas ferramentas, comenta Jamisson. Entre as possibilidades de participação, os colaboradores do ONS podem editar suas páginas pessoais e perfis profissionais, sugerir pautas para a área de notícias e para o Ligação On-line, participar de comunidades e grupos de trabalho, fóruns, blogs, páginas de suas gerências e de projetos. Com isso, os usuários deixaram de ser só consumidores para assumir o seu papel como produtores de conteúdo, ampliando o processo de comunicação interna no Operador Nacional. Experiência compartilhada O Prêmio Intranet Portal 2010 promoveu ainda, nos dias 21 e 22 de Em novembro, será lançada uma campanha interna divulgando as inúmeras possibilidades e recursos oferecidos pela Intranet ONS. A intenção é promover ainda mais a participação dos colaboradores. Para que a Intranet possa realmente cumprir o seu papel comunicativo é fundamental que as pessoas participem e atuem como produtoras de conteúdo. Essa dinâmica é que vai tornar este espaço ainda mais atrativo e possibilitar a sua efetivação como meio colaborativo. Queremos ver todo mundo na Intranet. O ONS possui equipes em diversas localidades e esse deve ser o nosso grande ponto de encontro, convida Gisele Calixto. setembro, o Workshop Premiado, em São Paulo. No evento, com a finalidade de possibilitar uma troca de experiências entre as empresas, todos os ganhadores do Prêmio puderam relatar os detalhes e peculiaridades dos casos vencedores. Representantes do ONS neste encontro, Gisele Calixto e Jamisson Melo elogiaram a proposta. Para eles foi uma oportunidade única de disseminar as boas práticas no mercado, apresentando o case da Intranet do Operador Nacional em detalhes, e de trocar experiências com outras empresas. Além do ONS, outras quatro empresas atuantes do mercado brasileiro foram premiadas: a Ferrous (mineradora de Minas Gerais) ficou com o primeiro lugar na categoria Grand Prix privado; na categoria Colaboração, a melhor foi a Nous Software (empresa de gestão do conhecimento); a Embratel foi considerada a melhor na categoria Conteúdo; e a Totvs foi a campeã da categoria Integração em TI. 4 ONS Ligação 144 Setembro 2010

5 Novas instalações fortalecem identidade corporativa Oprojeto das futuras instalações do Operador Nacional está cada vez mais próximo de sua efetivação. O Operador Nacional cresceu, consolidou-se e agora precisa de espaços exclusivos para seguir em frente, evoluindo cada vez mais. Todo o planejamento referente às novas instalações tem sido elaborado de forma transparente por um grupo de trabalho, com a consultoria da Fundação Getúlio Vargas, e acompanhado por uma comissão de conselheiros, ressaltou o diretor geral, Hermes Chipp. A fase inicial do projeto resultou na elaboração e validação de um plano de necessidades voltado a aspectos como a Visão do ONS, as projeções sobre o seu futuro e as estimativas de crescimento para o horizonte de Com base neste documento, foi dado início à etapa de definição de um memorial descritivo, que registra em detalhes as características das construções. Entre os benefícios esperados com as novas instalações, destacam-se: fortalecimento da identidade corporativa da empresa; mais integração entre as equipes profissionais; ganhos em conforto e segurança no ambiente de trabalho; maior disponibilidade de áreas comuns, como salas de reunião e auditórios; e ampliação da responsabilidade ambiental da empresa, com a adoção de parâmetros de green building. Andamento do projeto Em junho, um importante passo foi dado rumo ao novo endereço do ONS no Rio de Janeiro, com a assinatura do contrato de locação com a empreendedora Confidere Imobiliária. Mas não se tratou de um contrato comum, cujo objeto em geral limita-se à locação do prédio. A contratação foi realizada na modalidade built to suit (da concepção do projeto até a fachada, as edificações serão sob medida para o Operador), sendo englobada a locação por um longo prazo e a construção de um imóvel, na Cidade Nova, para atender inclusive às especificações técnicas para a integração do Centro Regional de Operação Sudeste. A construção deverá ser concluída em 20 meses e o contrato prevê a locação do prédio pelo prazo de 18 anos. Trata-se de uma nova modalidade de contratação, ainda pouco comum no Brasil, cujas cláusulas envolvem aspectos técnicos, jurídicos e negociais. Os entendimentos para a efetivação das novas instalações em Recife e Florianópolis também já estão adiantados. Os contratos tiveram como base as cláusulas negociadas com o empreendedor do Rio de Janeiro e a previsão é de que os dois contratos sejam assinados muito em breve. É uma satisfação enorme termos os projetos das sedes bem encaminhados, pois trata-se de um ganho para toda a organização, almejado desde a nossa criação, declarou o diretor geral, Hermes Chipp. Novidade: relatórios anuais em formatos diferentes Para despertar ainda mais o interesse dos leitores, a Assessoria de Planejamento e Comunicação resolveu adotar uma nova estratégia de divulgação das principais realizações e resultados atingidos pelo ONS no ano passado. A versão impressa dos tradicionais relatórios Anual e de Dados Relevantes da Operação deu lugar a uma revista. A publicação traz nas suas 24 páginas um resumo das principais realizações do Operador Nacional em "Buscamos dar um tratamento mais jornalístico ao conteúdo e, com isso, tornar a leitura mais agradável. Além disso, com esta nova forma de edição, otimizamos recursos sem perda da qualidade da informação", avalia Tristão Araripe, responsável pela comunicação com o público externo. As versões eletrônicas dos relatórios, disponibilizadas no site do Operador Nacional, continuam oferecendo o conteúdo na íntegra. Setembro 2010 Ligação 144 ONS 5

6 Operador Nacional apresenta temas relevantes para o setor Garantia do suprimento de energia às capitais-sede da Copa de 2014, bioeletricidade e planejamento eletroenergético foram temas tratados pelo ONS em três importantes eventos realizados em setembro. No dia 16 de setembro, o diretor geral do ONS participou da reunião do Fórum Nacional de Secretários de Estado para Assuntos de Energia, realizada em Porto Alegre. Hermes Chipp apresentou o Grupo de Trabalho criado pelo Ministério de Minas e Energia com o objetivo de identificar as medidas necessárias para garantir o suprimento adequado de energia elétrica às doze capitais que sediarão os jogos de futebol da Copa do Mundo de Além da Aneel, do ONS, da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e das empresas do setor envolvidas, as secretarias estaduais têm papel importantíssimo no processo, podendo alavancar os projetos. Para que possamos garantir a segurança e a continuidade do atendimento durante a Copa, será fundamental o desenvolvimento de uma ação conjunta das secretarias estaduais de energia com os agentes setoriais e os demais membros do Grupo de Trabalho, avalia Hermes Chipp. As cidades previstas para sediar a Copa são: Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, Brasília, Cuiabá, Manaus, Curitiba e Belo Horizonte. Para cada uma delas foram identificadas as principais obras necessárias, algumas já em an- damento, tendo como referência estudos previamente realizados pelo Operador Nacional e pela EPE, como: o Plano de Expansão da Transmissão (PET); o Plano de Ampliações e Reforços da Rede Básica Consolidado (PAR/PET); o Plano de Ampliações e Reforços das Demais Instalações de Transmissão Consolidado (PAR/ PET/DIT); e o Plano de Modernização das Instalações do SIN (PMIS). Mais dois eventos A segurança e a continuidade do atendimento também estiveram em cena no III Fórum COGEN/Canal Energia: Expansão da Cogeração na Matriz Elétrica Brasileira, realizado no dia 9 de setembro, em São Paulo. O diretor geral do ONS abordou a complementaridade da bioeletricidade ao SIN, no Painel 1: Leilão de Energia de Reserva (LER) e Leilão de Fontes Alternativas (LFA) O evento contou com a participação expressiva de empresas do setor sucro-alcooleiro. Nos dias 1 o e 2 de setembro o ONS promoveu, no auditório do Escritório Central (RJ), o Seminário de Planejamento Eletroenergético e Comercialização de Energia para a Abragef, com palestrantes do próprio Operador Nacional e da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. O seminário, formatado para atender a uma solicitação da Associação Brasileira de Geração Flexível, contou com mais de 60 participantes presenciais, além dos agentes que acompanharam por videoconferência dos Núcleos do ONS e do CNOS. O evento foi muito positivo, pois possibilitou um nivelamento de conhecimentos sobre as metodologias e critérios que conduzem ao despacho dos geradores termoflexíveis, além de outros aspectos relativos ao processo de planejamento da operação. Foi um seminário importante não só para dar mais transparência aos nossos processos, mas também para estreitar o relacionamento entre os técnicos envolvidos, avalia Francisco Arteiro (foto), gerente-executivo de Programação e Desligamentos do ONS. 6 ONS Ligação 144 Setembro 2010

7 Vozes em festival Todo artista tem de ir aonde o povo está, já cantou Milton Nascimento. Os corais do Operador Nacional sabem disso e têm marcado presença em apresentações variadas. Os integrantes dos corais do ONS do Rio de Janeiro e de Brasília confraternizaram-se e fizeram sucesso no Festival Internacional de Coros de Juiz de Fora, em Minas Gerais, realizado de 23 a 29 de setembro, com uma programação de apresentações gratuitas em escolas, universidades, igrejas, fábricas, centros culturais, shoppings, ruas e praças. É a terceira vez que participamos deste evento e a cada edição fazemos progressos, tanto em termos de performance quanto de integração dos grupos do Rio e de Brasília, avalia Maria Margareth de Almeida, integrante do coral do Rio de Janeiro e profissional da Gerência Jurídica. É uma grande oportunidade, pois lá ensaiamos juntos, fazemos a adaptação dos nossos sotaques e toda essa cooperação traz reflexos positivos para a nossa rotina de trabalho no ONS, afirma. De acordo com Margareth, o apoio da empresa às atividades do coral é muito importante para propiciar o desenvolvimento dos participantes, não só no ambiente profissional, mas também em sua dimensão pessoal, favorecendo um melhor relacionamento com os demais. Isso ficou claro. em Juiz de Fora, especialmente nas apresentações feitas na rua. Temos um repertório animado, foi ótimo ver o público dançando enquanto interpretávamos Xote das Meninas, relembra. Cantora de primeira viagem e membro do coral desde julho, a administradora trainee Luisa Silva Dias, da ADG, ficou surpresa com a empolgação da plateia. Estava receosa no início, mas foi uma ótima experiência. Fui muito bem recebida no coral. É interessante esse contato com pessoas de diferentes áreas e níveis hierárquicos da empresa, todos ali, cantando juntos. Agenda carioca Em agosto, outras duas iniciativas no Rio de Janeiro reuniram vozes do Escritório Central e do Centro Regional de Operações Sudeste (COSR-SE). No dia 19, o ONS tomou parte no VII Encontro de Corais na Ipiranga e, no dia 24, uma nova experiência para todos: a gravação do programa Som Vocal, nos estúdios da Rádio MEC. Mais detalhes na intranet. Movimente-se para a vida! Os colaboradores do ONS aceitaram o convite da Semana Saúde & Sipat e participaram ativamente da programação preparada para o período de 13 a 17 de setembro. Uma das grandes novidades desta edição foi a realização do evento de forma integrada, em todas as localidades do Operador Nacional, possibilitando a participação presencial ou por videoconferência. A Semana Saúde & Sipat ofereceu várias atividades para todos os colaboradores do ONS. Além de palestras, foram promovidas diversas ações motivacionais e oficinas. A participação dos colaboradores foi acima do esperado. Tivemos um retorno muito positivo, destaca a presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), Helliane Raymundo. O objetivo de eventos deste tipo é contribuir para o desenvolvimento de uma nova cultura organizacional, promovendo ações integradas voltadas ao estímulo à adoção de um estilo de vida saudável e seguro, com cada um consciente de suas responsabilidades. Veja mais fotos e saiba mais detalhes sobre a Semana Saúde & Sipat na intranet. Setembro 2010 Ligação 144 ONS 7

8 Dicas Quem dá a dica neste mês é Juan Carlos Iudice, marido de Zélia Coelho, do NSUL 2. Ele ensina como preparar a paella, prato típico da culinária espanhola. Paella do Mané da Ilha (para dez pessoas) Ingredientes: 1,5 litro de caldo de peixe coado, 700 g de arroz arbóreo, 1,5 kg de camarão limpo, 1 kg de lula limpa cortada em anéis, 250 g de mexilhão pré-cozido, 250 g de ostras pré-cozidas, 1 kg de garoupa ou peixe de carne firme (reservar a cabeça e espinhas para o caldo), 250 ml de azeite, 1 cabeça de alho cortada em fatias finas, 2 cebolas grandes picadas, 1 pimentão amarelo e 1 pimentão vermelho picados (cortar a metade em fatias e reservar para decoração), 300 g de vagem picada, meio molho de salsinha e cebolinha, alfavaca a gosto e 1,5 envelope de azafrán espanhol ou de tempero espanhol especial para paella. Modo de preparo: Recomenda-se usar paellera de aço. Com a paellera já quente em fogo médio/alto, coloque 250 ml de azeite e frite o alho até ficar dourado. Adicione a cebola e, quando ela começar a ficar transparente, adicione os pimentões, a vagem e, depois de refogado, o arroz (revirar suavemente por 3 minutos). Baixe o fogo e acrescente 1 litro de caldo. Coloque cebolinha, salsinha, alfavaca, azafrán e misture. Adicione peixe, mexilhões, ostras, lulas e camarão. Neste momento, veja se está bom de sal e adicione mais caldo se precisar. Quando o arroz estiver ao ponto, apague o fogo e espere 5 minutos antes de servir. Ingredientes para o caldo: 2 tomates maduros, 2 cebolas, cebolinha verde, salsinha, a cabeça e o resto do peixe. Modo de preparo: Refogue os temperos verdes, 2 tomates e 2 cebolas com a cabeça do peixe e espinhas, deixando ferver até conseguir o caldo. Coar e reservar. O caldo é muito importante para dar sabor à paella, já que nele serão cozidos o arroz e as carnes. Veja também como decorar o prato na intranet. Participe também! Mande suas dicas para o Ligação: Elas merecem I mportantíssimas em qualquer organização, as secretárias do Operador Nacional desempenham um papel relevante junto às equipes da empresa e receberam carinhosas homenagens no dia 30 de setembro, como parte do Projeto Emoções, inserido no Programa de Endomarketing. Existem centenas de colaboradores no ONS, exercendo as mais diversas funções, porém todos têm uma coisa em comum: podem contar com o apoio de profissionais competentes como vocês, parabenizou o diretor geral, Hermes Chipp, que se encontrava no Japão, mas fez questão de deixar gravada em vídeo uma mensagem para as secretárias. O Dia da Secretária foi comemorado em todas as localidades do Operador Nacional, com a distribuição de lembranças, convites para shows e peças de teatro. No Escritório Central, as secretárias confraternizaram-se durante um almoço realizado no 25 andar. Na hora da sobremesa, uma surpresa: na sala ao lado, o humorista Marcos Veras aguardava as convidadas para um pocket show exclusivo. Integrante do elenco do programa de TV Zorra Total, Marcos Veras (na foto com as convidadas) contou piadas, fez divertidas imitações de Ed Motta, Lulu Santos, Pedro Bial, João Bosco, Martinho da Vila e outras celebridades. A plateia cantou, gargalhou e interagiu durante todo o espetáculo com o humorista, que aproveitou para improvisar à vontade. Esta é a primeira vez que me apresento só para mulheres e adorei a experiência, contou Veras. Em geral, são elas que carregam os maridos e namorados para o teatro, são mais participativas e as verdadeiras formadoras de público no Brasil, afirmou. Após o show, Marcos Veras tirou dezenas de fotos com as secretárias, encerrando a homenagem em grande estilo. Louise Gonçalves, estagiária da GAT há oito meses, adorou seu primeiro Dia da Secretária no ONS. Tudo estava maravilhoso e foi preparado com carinho para nós. Maria de Fátima Magalhães, da GIT, era uma das mais animadas. Foi uma grande surpresa, e gostei muito da mensagem do nosso diretor, que procura estar sempre presente.

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal

Discurso 04/12/2003. Dr. Alfredo Setubal Discurso 04/12/2003 Dr. Alfredo Setubal Presidente do Conselho de Administração do IBRI - Instituto Brasileiro de Relações com Investidores Boa Noite! Esta cerimônia de final de ano é a minha última à

Leia mais

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius.

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius. Cursos Online Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor Guia de Boas Vindas Primeiros passos www.andrevinicius.com/ead Universidade do Corretor Olá! Tudo bem? É com imenso prazer

Leia mais

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Implantação (projetos que estão em fase inicial) Nome da Instituição/Empresa: "Profissional Autonoma Abril 2009

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ 1. O que é o Mapa Musical da Bahia? O Mapa Musical da Bahia é uma ação da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) para mapear, reconhecer e promover a difusão da música

Leia mais

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança - ABESE Entidade que representa, nacionalmente, as empresas de sistemas

Leia mais

PATROCÍNIO. 21 de setembro de 2015. Hard skills impulsionando seus projetos OPORTUNIDADES EM TEMPOS DE CRISE: OURO MINAS PALACE HOTEL PROPOSTA DE

PATROCÍNIO. 21 de setembro de 2015. Hard skills impulsionando seus projetos OPORTUNIDADES EM TEMPOS DE CRISE: OURO MINAS PALACE HOTEL PROPOSTA DE OPORTUNIDADES EM TEMPOS DE CRISE: Hard skills impulsionando seus projetos PROPOSTA DE PATROCÍNIO 21 de setembro de 2015 OURO MINAS PALACE HOTEL BELO HORIZONTE MG REALIZAÇÃO Rua Tomé de Souza, 67, 3º andar,

Leia mais

Projeto 05. Plano de intercâmbio / parceria entre os examinadores de diferentes Estados e Setores

Projeto 05. Plano de intercâmbio / parceria entre os examinadores de diferentes Estados e Setores Projeto 05 Plano de intercâmbio / parceria entre os examinadores de diferentes Estados e Setores Estimular intercâmbio/ parceria entre os examinadores de diferentes estados e setores Desenvolver plano

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTOS DOS CONSELHOS ESCOLARES PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

FESTIVAL DA DIVERSIDADE CULTURAL

FESTIVAL DA DIVERSIDADE CULTURAL FESTIVAL DA DIVERSIDADE CULTURAL Conexão Fortaleza - Bogotá 2012 Edital - XV Edição do festival Tangolomango Mil e Uma Imagens Comunicação e Produção Ltda Rua Conde Lages, 44, Sala 307 - Glória Cep: 20241-040

Leia mais

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana Gerência de Comunicação GCO tem por finalidade planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades de comunicação e editoriais do Confea. Competências da GCO 1. Organizar e executar projetos editoriais:

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica INTRODUÇÃO O Grupo Telefônica, consciente de seu importante papel na construção de sociedades mais justas e igualitárias, possui um Programa de

Leia mais

Saiba mais em portaltrainee.com.br traineemobile.com.br

Saiba mais em portaltrainee.com.br traineemobile.com.br Quem Somos? Onde Estamos? Portal Trainee é um site que tem como objetivo levar informações sobre o universo Trainee para jovens profissionais de todo o Brasil. Parcerias com diversas empresas juniores

Leia mais

Opção. sites. A tua melhor opção!

Opção. sites. A tua melhor opção! Opção A tua melhor opção! Queremos te apresentar um negócio que vai te conduzir ao sucesso!!! O MUNDO... MUDOU! Todos sabemos que a internet tem ocupado um lugar relevante na vida das pessoas, e conseqüentemente,

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

PLANO DE AÇÃO - 2014

PLANO DE AÇÃO - 2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO PLANO DE AÇÃO - 2014 MISSÃO Assessorar as Regionais Educacionais, fortalecendo o processo

Leia mais

Plano de Comunicação

Plano de Comunicação PLANO DE COMUNICAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS PMIMF Plano de Comunicação É o artefato que visa planejar e documentar a comunicação existente entre os projetos, o escritório de projetos, o Ministério da

Leia mais

Unidade IV SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Prof. Daniel Arthur Gennari Junior

Unidade IV SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Prof. Daniel Arthur Gennari Junior Unidade IV SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Daniel Arthur Gennari Junior Sobre esta aula Sistema de informação nos negócios Sistemas de informação no apoio ao processo de tomada de decisão Sistemas colaborativos

Leia mais

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014 Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014 Sobre a FNQ História Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ)

Leia mais

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações?

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? SESI Empreendedorismo Social Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? REGULAMENTO SESI Empreendedorismo Social A inovação social é o ponto de partida para um novo modelo que atende

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS Av. Dr. João Beraldo, 1075 Centro Pouso Alegre MG Fone: (35) 3449-8100 Fax: (35) 3499-8102 Rev.: 00 / / Form.: Aprov.: Pág 1 de 1 Ata de Reunião Crítica do Sistema

Leia mais

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA Introdução É importante ressaltar que um plano de comunicação tem a finalidade de tornar conhecida

Leia mais

PROJETO IMAGINAR CONTADORES DE HISTÓRIA DA UNICARIOCA

PROJETO IMAGINAR CONTADORES DE HISTÓRIA DA UNICARIOCA PROJETO IMAGINAR CONTADORES DE HISTÓRIA DA UNICARIOCA A UniCarioca, por meio do Núcleo de Ação Socioambiental (NASA) convida seus alunos a participarem da SEGUNDA EDIÇÃO do projeto IMAGINAR (inicialmente

Leia mais

Desenvolvimento Humano

Desenvolvimento Humano ASSESSORIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Desenvolvimento Humano ADVISORY Os desafios transformam-se em fatores motivacionais quando os profissionais se sentem bem preparados para enfrentá-los. E uma equipe

Leia mais

MINISTÉRIO DO TURISMO

MINISTÉRIO DO TURISMO Informativo para Pactuação de Cursos FIC do Eixo Hospitalidade e Lazer e Eixo Desenvolvimento Educacional e Social Idiomas: inglês e espanhol Tendo em vista a preparação do Programa Nacional de Qualificação

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Promover maior integração

Promover maior integração Novos horizontes Reestruturação do Modelo de Gestão do SESI leva em conta metas traçadas pelo Mapa Estratégico Promover maior integração entre os departamentos regionais, as unidades de atuação e os produtos

Leia mais

1. Apresentação. 2. Pontos Fixos de Comercialização Solidária

1. Apresentação. 2. Pontos Fixos de Comercialização Solidária Edital de Seleção de Pontos Fixos de Comercialização Solidária Candidatos para Participar da Rede Brasileira de Comercialização Solidária - Rede Comsol (Edital - Ubee/Ims N. 01/2014) 1. Apresentação A

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Proposta de Gestão. Marcos Amorielle Furini. Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga

Proposta de Gestão. Marcos Amorielle Furini. Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga Proposta de Gestão Marcos Amorielle Furini Candidato a Diretor-Geral do IFSP - Câmpus Votuporanga Continuidade, Avanço e Consolidação de uma Gestão Transparente e Participativa. Prezados servidores e alunos.

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

REGULAMENTO DA COPA DA SUSTENTABILIDADE SPDM/PAIS 2014

REGULAMENTO DA COPA DA SUSTENTABILIDADE SPDM/PAIS 2014 REGULAMENTO DA COPA DA SUSTENTABILIDADE SPDM/PAIS 2014 1. A COPA DA SUSTENTABILIDADE DA SPDM/PAIS Seu Meio Ambiente e a Nossa Copa do Mundo é parte integrante do IV Encontro de Meio Ambiente, Saúde e Educação

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ÁREA DO CONHECIMENTO: Engenharia. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Engenharia de Produção. PERFIL PROFISSIONAL: Este

Leia mais

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA 1. APRESENTAÇÃO Com base nos valores da economia solidária e da cultura livre, o Estúdio Gunga empresa de comunicação focada na criação de sites, editoração gráfica,

Leia mais

EDITAL Nº 003/2009. Quadro de vagas. semanal ASC-01 Analista Social - Comercialização 01 44h R$3.949,69

EDITAL Nº 003/2009. Quadro de vagas. semanal ASC-01 Analista Social - Comercialização 01 44h R$3.949,69 EDITAL Nº 003/2009 O Presidente da UNIÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E ENSINO UBEE, por meio do Diretor do Instituto Marista de Solidariedade IMS, torna público a abertura de inscrições para contratação de

Leia mais

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto.

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Endeavor: Negócios de Alto Impacto. Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA, a Escola de Negócios

Leia mais

As maiores histórias brincadeira de motivação para vendedores

As maiores histórias brincadeira de motivação para vendedores Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdemotivacao 5 Dinâmicas de Grupo e Brincadeiras Motivacionais Apesar de disponibilizarmos algumas centenas de dinâmicas de grupo fizemos uma seleção

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE DESATRES CEPED/RS CURSO DE EXTENSÃO

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final www.aciaanapolis.com.br Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final De 1º a 07 de Fevereiro de 2014 - Ano 09 - Nº 224 - Diretoria 2013/2015 Diretoria da Associação Comercial e Industrial

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

SIPAT INTEGRADA CPFL ENERGIA

SIPAT INTEGRADA CPFL ENERGIA SIPAT INTEGRADA CPFL ENERGIA Autores: Allan Bueno dos Santos Frederico Prestupa Neto CPFL Energia Apoio Fidelidade: RESUMO As CIPA s (Comissões Interna de Prevenção de Acidentes) realizavam a SIPAT (Semana

Leia mais

EDITAL 02.2014. 1.3 Auxiliares Administrativos: Serviço de recepção, protocolo e encaminhamento interno de processos.

EDITAL 02.2014. 1.3 Auxiliares Administrativos: Serviço de recepção, protocolo e encaminhamento interno de processos. EDITAL 02.2014 Convênio MTE/SENAES n. 78/2012 SICONV 776109/2012 Edital 02.2014 Contratação de profissionais de apoio técnico e administrativo para assessorar a ASSOCENE na Execução de Atividades Orientadas

Leia mais

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013 1ª edição 1 DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO 1.1 O Sinduscon Premium Etapa Litoral Norte 1ª edição instituído pelo SINDUSCON RS, Sindicato das Indústrias

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME 1. O PRÊMIO O Prêmio ESTADÃO PME é uma iniciativa pioneira e única do Grupo Estado e tem como objetivos valorizar as melhores histórias de pequenas e médias empresas e estimular

Leia mais

Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica

Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica 1. APRESENTAÇÃO O Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório no curso de Engenharia Elétrica é uma atividade curricular obrigatória

Leia mais

Prefeito João da Costa Vice-Prefeito Milton Coelho. Secretário de Serviços Públicos José Eduardo Santos Vital

Prefeito João da Costa Vice-Prefeito Milton Coelho. Secretário de Serviços Públicos José Eduardo Santos Vital Prefeito João da Costa Vice-Prefeito Milton Coelho Secretário de Serviços Públicos José Eduardo Santos Vital Assessor Executivo Luis Roberto Wanderley de Siqueira Diretor Presidente da Empresa de Manutenção

Leia mais

ESTATUTO DAS COMUNIDADES DE PRÁTICA - COPs NO PODER EXECUTIVO ESTADUAL

ESTATUTO DAS COMUNIDADES DE PRÁTICA - COPs NO PODER EXECUTIVO ESTADUAL ESTATUTO DAS COMUNIDADES DE PRÁTICA - COPs NO PODER EXECUTIVO ESTADUAL RESOLUÇÃO SEPLAG no. xx/xxxx Disciplina o funcionamento das Comunidades de Prática CoPs no âmbito do Poder Executivo Estadual, vinculadas

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

Portifólio Regina Ramalho

Portifólio Regina Ramalho 1 Portifólio Regina Ramalho Diretora de Comunicação e Editora do Pró Trabalhador Aniger Comunicação janeiro de 2013 até o momento (1 ano 6 meses)aclimação Regina Ramalho- Estratégias de comunicação e Assessoria

Leia mais

Mobilização e Participação Social no

Mobilização e Participação Social no SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Mobilização e Participação Social no Plano Brasil Sem Miséria 2012 SUMÁRIO Introdução... 3 Participação

Leia mais

FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM)

FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM) FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM) A extensão é o processo educativo, cultural e científico que articula, amplia, desenvolve e reforça o ensino e a pesquisa,

Leia mais

Curso de Especialização EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL

Curso de Especialização EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL Curso de Especialização EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação Gestão Educacional NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Administração

Leia mais

PROJETO ARTE NOS HOSPITAIS CANTO CIDADÃO EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE GRUPOS TEATRAIS

PROJETO ARTE NOS HOSPITAIS CANTO CIDADÃO EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE GRUPOS TEATRAIS 1. APRESENTAÇÃO PROJETO ARTE NOS HOSPITAIS CANTO CIDADÃO EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE GRUPOS TEATRAIS O Canto Cidadão, por meio deste Edital de Contratação de Grupos Teatrais, oferece à sociedade brasileira

Leia mais

O papel dos conselhos na afirmação do Pacto pela Saúde

O papel dos conselhos na afirmação do Pacto pela Saúde Informativo interativo eletrônico do CNS aos conselhos de Saúde Brasília, junho de 2006 Editorial O papel dos conselhos na afirmação do Pacto pela Saúde A aprovação unânime do Pacto pela Saúde na reunião

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS COMO ELABORAR ORIENTAÇÕES IMPORTANTES CARTA DE SERVIÇOS. 1) Carta de Serviços. 2) Finalidades

CARTA DE SERVIÇOS COMO ELABORAR ORIENTAÇÕES IMPORTANTES CARTA DE SERVIÇOS. 1) Carta de Serviços. 2) Finalidades COMO ELABORAR CARTA DE SERVIÇOS ORIENTAÇÕES IMPORTANTES 1) Carta de Serviços É um documento elaborado por uma organização pública que visa informar aos cidadãos quais os serviços prestados por ela, como

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba.

Conviver Rural Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência. Grandes resultados para os pequenos produtores do Jaíba. Para se ter eficiência energética é preciso ter inteligência Desde 1998, por lei, toda distribuidora de energia precisa investir em ações que reduzam o desperdício de energia elétrica. Uma determinação

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009

SELEÇÃO DE PROJETOS. Feiras de Economia Solidária no Brasil. Brasília/DF, Maio de 2009 SENAES/MTE - UBEE/IMS N. 01/2009 SELEÇÃO DE PROJETOS Feiras de Economia Solidária no Brasil Brasília/DF, Maio de 2009 SELEÇÃO DE PROJETOS FEIRAS INTERNACIONAIS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA - UBEE/IMS N. 01/2009 1. APRESENTAÇÃO A União Brasileira

Leia mais

Um choque na cultura do improviso: relato de ação interinstitucional e estruturante no combate aos acidentes elétricos em obras de João Pessoa (PB)

Um choque na cultura do improviso: relato de ação interinstitucional e estruturante no combate aos acidentes elétricos em obras de João Pessoa (PB) Comitê Permanente Regional Sobre Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção da Paraíba Um choque na cultura do improviso: relato de ação interinstitucional e estruturante no combate

Leia mais

Regimento Interno do Comitê de Remuneração e Sucessão

Regimento Interno do Comitê de Remuneração e Sucessão Regimento Interno do Comitê de Remuneração e Sucessão 1 ARTIGO Artigo 1º - NATUREZA, OBJETO E APROVAÇÃO DO REGIMENTO INTERNO Artigo 2º - COMPOSIÇÂO, CARGOS E MANDATOS Artigo 3º - DA PRESIDÊNCIA E SECRETARIADO

Leia mais

Somos uma das empresas que mais crescem no país

Somos uma das empresas que mais crescem no país ed. 3 / ano 1 / outubro 2013 J. Fonseca conquista novos segmentos Segurança em primeiro lugar Somos uma das empresas que mais crescem no país editorial Crescendo, mas sem esquecer da segurança A terceira

Leia mais

PODERJUD1CIÂRIO TRIBUNAL DEJUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS TERMO DE REFERÊNCIA

PODERJUD1CIÂRIO TRIBUNAL DEJUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS TERMO DE REFERÊNCIA PODERJUD1CIÂRIO TRIBUNAL DEJUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO TERMO DE REFERÊNCIA l. DO OBJETO CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA EM CLIMA ORGANIZACIONAL PARA ATUAR EM TODAS AS UNIDADES DO PODER JUDICIÁRIO

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios

Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios 97 Lição 5 Instrumentos de Divulgação dos Correios Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: Associar os instrumentos de divulgação utilizados nos Correios às suas respectivas características.

Leia mais

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole.

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole. Faça parte da família IMOVELLOGIA. Olá, Inicialmente quero me apresentar para que possa oferecer a você, profissional do setor de imóveis, uma inovação tecnológica fundamental nos dias de hoje. Sou administrador

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO ABLA

PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO ABLA PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO ABLA Programa Nacional de Capacitação e Qualificação ABLA Convênio nº 635/2007. Objeto: Aumentar a qualidade na prestação de serviços e competitividade dos

Leia mais

Vagas de Estágio. ArcelorMittal Brasil S/A Endereço: Avenida Carandaí,, nº 1.115 - Funcionários - Belo Horizonte/MG - 30.130-915

Vagas de Estágio. ArcelorMittal Brasil S/A Endereço: Avenida Carandaí,, nº 1.115 - Funcionários - Belo Horizonte/MG - 30.130-915 Vagas de Estágio ArcelorMittal Brasil S/A Endereço: Avenida Carandaí,, nº 1.115 - Funcionários - Belo Horizonte/MG - 30.130-915 Título: Estágio - Gerência Geral de Credito, Cobrança e Operações Estruturadas

Leia mais

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Guia do Educador CARO EDUCADOR ORIENTADOR Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 2. PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Objetivo GERAL 5 METODOLOGIA 5 A QUEM SE DESTINA? 6 O QUE

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

4UNIVERSIDADE DO CORRETOR

4UNIVERSIDADE DO CORRETOR 1 Conteúdo exclusivo 2 Cases e exemplos do mercado imobiliário 3 Ferramentas para melhorar os resultados 4 Técnicas e Atitudes em vendas para o CORRETOR DE IMÓVEIS VENDER MAIS! ESTUDE DE QUALQUER LUGAR

Leia mais

PROJETO IBERO-AMERICANO PARA A EDUCAÇÃO EM VALORES E CIDADANIA POR MEIO DO ESPORTE:

PROJETO IBERO-AMERICANO PARA A EDUCAÇÃO EM VALORES E CIDADANIA POR MEIO DO ESPORTE: PROJETO IBERO-AMERICANO PARA A EDUCAÇÃO EM VALORES E CIDADANIA POR MEIO DO ESPORTE: Copa do mundo, o mundo em sua escola BRASIL 1 TITULO DO PROJETO: Copa do mundo, o mundo em sua escola PAÍSES PARTICIPANTES:

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

2010 2014, AGORA EM SUA CASA PRÓPRIA,

2010 2014, AGORA EM SUA CASA PRÓPRIA, 2016 Apresentação Depois de ter idealizado, organizado e coordenado o Cinase (Circuito Nacional do Setor Elétrico) entre 2010 e 2014, AGORA EM SUA CASA PRÓPRIA, o GRUPO HMNEWS, o professor HILTON MORENO,

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

Novos negócios no Ceará

Novos negócios no Ceará ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Novos negócios no Ceará No DR Ceará, as oficinas de Estratégia de

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 010/2013

ATO NORMATIVO Nº 010/2013 ATO NORMATIVO Nº 010/2013 Organiza as ações de comunicação social, no âmbito do Ministério Público do Estado da Bahia. OPROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

ÍNDICE. A Feira. Expositores. Visitantes. Marketing. Comunicação. Galeria de fotos

ÍNDICE. A Feira. Expositores. Visitantes. Marketing. Comunicação. Galeria de fotos POST SHOW REPORT ÍNDICE A Feira Expositores Visitantes Marketing Comunicação Galeria de fotos APOIOS MEDIA PARTNERS O SUCESSO EM 2011 Área total de exposição: 60 mil m² Crescimento de 20% das áreas de

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO E TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE E OBJETIVOS Art. 1 o. O Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia - NITTEC é um Órgão Executivo

Leia mais

EDITAL Nº 001/CEI/2013

EDITAL Nº 001/CEI/2013 EDITAL Nº 001/CEI/2013 O Centro de Empreendimentos em Informática do Instituto de Informática da UFRGS CEI-INF/UFRGS torna públicos os procedimentos e as condições para Seleção de propostas para instalação

Leia mais

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias.

de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, a sua conta de luz está mais transparente. Conheça as bandeiras tarifárias. Agora, em todo o país, as bandeiras tarifárias vêm impressas na conta de luz. E, para saber se o valor da sua conta irá

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET

CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET 1 CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET 04/2007 Mílada Tonarelli Gonçalves CENPEC - Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária

Leia mais

FAQ Escrita de Cases

FAQ Escrita de Cases FAQ Escrita de Cases 1. Sobre o que escrever um case e com qual foco? Sua EJ poderá escrever cases de sucesso ou insucesso que tenha trazido muito aprendizado e superação, ou seja, cases distintos da realidade

Leia mais

News. Tecnologia eficaz e equipe bem treinada e motivada para transformar o devedor de hoje no cliente fiel de amanhã. Pág. 3

News. Tecnologia eficaz e equipe bem treinada e motivada para transformar o devedor de hoje no cliente fiel de amanhã. Pág. 3 Service n.03 Premium News Tecnologia eficaz e equipe bem treinada e motivada para transformar o devedor de hoje no cliente fiel de amanhã CAMPANHA O GRANDE DESAFIO A realizou em 6 de janeiro de 2007 a

Leia mais

Ata Conselho de Usuários 12/11/2008.

Ata Conselho de Usuários 12/11/2008. Ata Conselho de Usuários 12/11/2008. Aos doze dias do mês de novembro de dois mil e oito, às 08h40min., reuniram-se o Presidente do Conselho, Sr. Osvaldo Eustáquio, o Vice-Presidente Sr. Petrolinces de

Leia mais