Indicadores da Internet no Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Indicadores da Internet no Brasil"

Transcrição

1 Indicadores da Internet no Brasil Estatísticas sobre o uso das TIC para o monitoramento da Sociedade da Informação Alexandre F. Barbosa, PhD Porto Alegre, 8 de novembro de 2012 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR CETIC.br Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação

2 INTRODUÇÃO Agenda Papel do CGI.br / NIC.br / CETIC.br Importância estratégica na produção de estatísticas TIC Definições e conceitos: Sociedade da Informação Projetos de Pesquisas TIC do CGI.br Resultados das Pesquisas TIC do CGI.br

3 INTRODUÇÃO Sobre o CGI.br e NIC.br Comitê Gestor da Internet no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR 1 Ministério da Ciência e Tecnologia 2 Ministério das Comunicações 3 Casa Civil da Presidência da República 4 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão 5 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior 6 Ministério da Defesa 7 Agência Nacional de Telecomunicações 8 Conselho Nacional de Desenv. Científico e Tecnológico 9 Conselho Nac. Secretários Estaduais p/ Assuntos de Ciência e Tecnologia 10 Notório Saber 11 Provedores de acesso e conteúdo 12 Provedores de infra de telecom 13 Indústria TICs e software 14 Empresas usuárias 15 Terceiro setor 16 Terceiro setor 17 Terceiro setor 18 Terceiro setor 19 Academia 20 Academia 21 Academia

4 Produção de estatísticas TIC no Brasil Escopo de atuação do CETIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR Comitê Gestor da Internet no Brasil 9 Representantes do Governo Federal 4 Representantes do setor privado 4 Representantes do terceiro setor 3 Representantes da comunidade científica e acadêmica 1 Notório saber Centro de Estudos sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação Países da América Latina e Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa CETIC UNESCO Cat. II Center (*) Regional Centre of Studies for the Development of the Information Society (*) Aprovado na 36 th General Conference da Unesco em Nov/2011. Acordo assinado em 28/03/2012 entre o Governo Brasileiro e a A Unesco evolução da Internet no Brasil

5 Centro CETIC UNESCO Principais linhas de atuação Capacitação em Metodologia de Pesquisas Disseminação e Compartilhamento de Conhecimento UNESCO Cat II Centre Linhas de Atuação Laboratório de Ideias Cultura e Ética na Internet Centro Regional de Estudos sobre o Desenvolvimento da Sociedade da Informação Escopo de atuação: o o Países da América Latina Países Africanos Lusófonos

6 Sobre o CETIC.br Centro de Estudos sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação Indicadores Projetos de Pesquisa e Estudos Setoriais Metodologia de Pesquisa e Métodos Quantitativos Realizar pesquisas especializadas, produzir indicadores e estatísticas sobre o uso das TIC no Brasil. Gerar insumos para a elaboração de políticas públicas, planos de ação e para o desenvolvimento de estratégias governamentais. Elaborar e divulgar de estudos e análises comparativas de indicadores sobre o desenvolvimento da Internet no país. Colaborar em fóruns nacionais e internacionais sobre o desenvolvimento e harmonização de indicadores TIC e metodologia de pesquisas TIC.

7 Qual a importância estratégica da produção de estatísticas TIC? Demanda crescente de dados estatísticos para análise empírica de fenômenos relacionados aos impactos sociais e econômicos das TIC. Políticas públicas Elaboração, monitoramento e avaliação Pesquisas acadêmicas Análises de tendências Construção de cenários futuros Políticos Econômicos Sociais Tecnológicos Culturais Ambientais

8 Sociedade da Informação Conceitos e definições O papel das TIC na transformação da sociedade rumo à Sociedade da Informação TIC Nova forma de organização das sociedades Organização da sociedade baseada em um modelo de desenvolvimento social e econômico onde a informação, como meio de criação de conhecimento, desempenha um papel fundamental na produção de riqueza e na contribuição para o bem-estar e qualidade de vida dos cidadãos.

9 CETIC.br Centro de produção de estatísticas TIC no Brasil

10 Formulação e avaliação de políticas públicas Produção de dados e identificação de evidências Auxiliar o governo na formulação de políticas públicas eficazes para fomentar o desenvolvimento da Sociedade da Informação. PRODUTOR DE DADOS (Estatísticas, Indicadores e Análises) Diálogo USUÁRIOS DE DADOS (Gestores públicos - policy makers e Acadêmicos) Envolvimento Políticas públicas baseadas em evidências Pesquisas acadêmicas

11 Formulação e avaliação de políticas públicas Produção de dados e identificação de evidências Poder de influência de interesses setoriais Ideologia política Arbitrariedades Políticas Públicas Elaboração Monitoramento Avaliação

12 Formulação e avaliação de políticas públicas Produção de dados e identificação de evidências Pesquisas TIC do CGI.br Rigor metodológico Políticas públicas baseadas em evidências Evidence-based policymaking Precisão e credibilidade Dados acessíveis e interpretáveis Informações relevantes Políticas Públicas Efetivas Elaboração Monitoramento Avaliação

13 Formulação e avaliação de políticas públicas Articulação de parcerias Organizações Acadêmicas 55 organizações Governo e Organismos Internacionais 130 especialistas que colaboram voluntariamente no processo de condução de pesquisas do CGI.br Organizações sem fins lucrativos

14 Atuação de especialistas no processo 55 organizações e130 especialistas Governo e organismos Internacionais Organizações acadêmicas Organizações sem fins lucrativos Ministério das Comunicações Ministério da Educação Ministério da Justiça Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ministério de Relações Exteriores Ministério da Saúde- DATASUS Casa Civil ANATEL- Agência Nacional de Telecomunicações ANS- Agência Nacional de Saúde Suplementar SGP/SP- Secretaria de Gestão Pública IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBICT- Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira UNESCO FGV-EAESP FGV-RJ FJP PUC-SP PUC-PR PUC-RJ UFBA UFC UFMG UFPR UFRGS UFRJ UFSC Unicamp Unifesp USP Abcid Abong Abril Educação ABNT Cenpec Fiesp Fundação Padre Anchieta Fundação Victor Civita Gife Instituto Ayrton Senna Instituto Paulo Montenegro Intercom Laboratório Brasileiro de Cultura Digital Safernet Brasil SBIS Sebrae UNICEF OEI-IDIE OECD Canadá: HEC Montreal UK: LSE Portugal: UNL/FCSH Senac Softex

15 Produção de estatísticas TIC no Brasil Processo de pesquisas Grupo de especialistas: Pesquisadores acadêmicos Governo Org. sem fins lucrativos Institutos de pesquisas PLANEJAMENTO DE PESQUISAS TIC (Objetivos, metodologia, plano amostral, indicadores, questionários) COLETA DE DADOS EM CAMPO (Testes cognitivos, prétestes e aplicação dos ICDs) PROCESSAMENTO DE DADOS (Consolidação de dados, validação e codificação) ANÁLISE E APRESENTAÇÃO DE DADOS DISSEMINAÇÃO DOS DADOS (Indicadores TIC e série histórica de dados) Manual de procedimentos metodológicos Relatório metodológico Dados coletados (Tabelas e transcrições) Dados brutos Relatório preliminar de análise de dados Livro Publicação (Análise e indicadores TIC) Website CETIC.br Instrumentos de coleta de dados: questionários, roteiros de entrevista, etc.

16 Produção de estatísticas TIC no Brasil Processo de pesquisas PLANEJAMENTO DE PESQUISAS TIC (Objetivos, metodologia, plano amostral, indicadores, questionários) COLETA DE DADOS EM CAMPO (Testes cognitivos, prétestes e aplicação dos ICDs) PROCESSAMENTO DE DADOS (Consolidação de dados, validação e codificação) ANÁLISE DE DADOS E APRESENTAÇÃO DOS DADOS DISSEMINAÇÃO DOS DADOS (Indicadores TIC e série histórica de dados) Projetos de Pesquisas TIC Ferramentas de visualização de dados Tabelas dinâmicas Governo: Contribuição para a elaboração e avaliação de políticas públicas Academia: Projetos de pesquisas acadêmicas Público Base de microdados: SPSS Dicionários de dados Sintaxe de construção de indicadores

17 Atividades do CETIC.br Projetos de pesquisa sobre o uso das TIC no Brasil Projetos Atuais Projetos em planejamento

18 Formulação e avaliação de políticas públicas Produção de dados e identificação de evidências Auxiliar o governo na formulação de políticas públicas eficazes para fomentar o desenvolvimento da Sociedade da Informação. PRODUTOR DE DADOS (Estatísticas, Indicadores e Análises) USUÁRIOS DE DADOS (Gestores públicos - policy makers e Acadêmicos) Semana NIC.br de Metodologia de Pesquisas

19 Contexto Brasileiro As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no Brasil

20 PIB: 5% População: 8.3% Área: 45% Norte Contexto brasileiro Diferenças regionais Nordeste PIB: 14% População: 27.8% Área: 18% Fonte: IBGE 2011 PIB: 10% População: 7.4% Área: 19% Centro- Oeste Sul Sudeste PIB: 55% População: 42.1% Área: 11% PIB: 17% População: 14.4% Área: 7%

21 Contexto brasileiro Diferenças regionais PIB por Região Grandes Regiões Brasil Norte 4,7 4,8 4,9 5,0 5,1 5,0 5,1 5,0 Nordeste 13,0 12,8 12,7 13,1 13,1 13,1 13,1 13,5 Sudeste 56,7 55,8 55,8 56,5 56,8 56,4 56,0 55,3 Sul 16,9 17,7 17,4 16,6 16,3 16,6 16,6 16,5 Centro-Oeste 8,8 9,0 9,1 8,9 8,7 8,9 9,2 9,6 Fonte: IBGE, 2011 Participação percentual no Produto Interno Bruto (%) População por Região Grandes Regiões Brasil Norte 7,6 8,3 Nordeste 28,1 27,8 Sudeste 42,6 42,1 Sul 14,8 14,4 Centro-Oeste 6,8 7,4 Fonte: IBGE: Sinópse do Censo Demográfico 2010 Percentual na população brasileira (%) Distribuição de renda - GINI Índice de Desenv. Humano - IDH Taxa de analfabetismo funcional Taxa de escolarização líquida

22 Brasil: 6ª. Maior economia do mundo Indicadores sociais refletem uma outra realidade Norway Australia Ireland United States New Zealand Netherlands Canada Germany Sweden Japan GINI 2008: 79ª posição Norway Australia United States Netherlands New Zealand Ireland Canada Liechtenstein Germany Sweden IDH 2011: 84ª posição Georgia Dominica Armenia Mauritius Ecuador Peru Brazil Oman Tonga Iran Colombia Belize Jordan Macedonia Jamaica Peru Dominica Saint Lucia Ecuador Brazil Saint Vinc. and the G. Armenia Colombia Iran Oman Tonga Burkina Faso Chad Mozambique Burundi Niger Congo 0 0,2 0,4 0,6 0,8 1 Fonte: PNUD Liberia Chad Mozambique Burundi Niger Congo 0 0,2 0,4 0,6 0,8 1

23 Pesquisa TIC Domicílios 2011 Proporção de domicílios com computador ( ) Fonte: Pesquisa TIC Domicílios 2011, CGI.br Sudeste Norte 21 p.p. nas áreas urbanas Urbano Total Sudeste: 2 p.p. Norte: 6 p.p.

24 Pesquisa TIC Domicílios 2011 Proporção de domicílios com acesso à Internet ( ) Fonte: Pesquisa TIC Domicílios 2011, CGI.br Sudeste Norte 24 p.p. nas áreas urbanas Urbano Total Sudeste: 2 p.p. Norte: 5 p.p.

25 Pesquisa TIC Domicílios 2011 Proporção de usuários de Internet ( ) Fonte: Pesquisa TIC Domicílios 2011, CGI.br Sudeste Norte 13 p.p. nas áreas urbanas Urbano Total Sudeste: 2 p.p. Norte: 6 p.p.

26 1.934 provedores de acesso Concentração de mercado: 80% de todos os acessos de banda larga são providos por 6 grandes provedores; Contexto brasileiro Diferenças regionais Direferenças regionais: 43% de todos os provedores oferecem serviços na região Sudeste e apenas 6% na região Norte. 43% 23% 22% 11% 6% Sudeste Sul Nordeste Centro Oeste Fonte: Pesquisa TIC Provedores 2011, CGI.br Norte % do PIB brasileiro

27 1.934 provedores de acesso Contexto brasileiro Diferenças regionais Concentração de mercado: 80% de todos os acessos de banda larga são providos por 6 grandes provedores; Direferenças regionais: 43% de todos os provedores oferecem serviços na região Sudeste e apenas 6% na região Norte. 43% 23% 22% 11% 6% Sudeste Sul Nordeste Centro Oeste Fonte: Pesquisa TIC Provedores 2011, CGI.br Norte

28 Contexto brasileiro Diferenças regionais Densidade de provedores / 100 mil hab. Provedores ofertando serviços na região (1) População (habitantes) (2) Domicílios particulares permanentes (3) Densidade de Provedores por 100 mil hab. Região Norte ,76 Região Nordeste ,81 Região Sudeste ,03 Região Sul ,51 Região Centro-Oeste ,65 Fonte: 1- TIC Provedores 2011, CGI.br 2, 3 - Censo 2010, IBGE

29 Pesquisas TIC do CGI.br Acesso, Uso, Apropriação Cidadãos, Empresas e Escolas ACESSO USO APROPRIAÇÃO TIC Domicílios TIC Empresas TIC Educação

30 Desafios para o acesso, uso e apropriação do computador e Internet Proporção sobre o total de domicílios, empresas e escolas públicas Computador Internet 20 0 Domicílios Empresas com 10 ou mais funcionários Escolas Públicas (Lab. Informática) Desafio: ampliar acesso, universalizar infraestrutura Fonte: TIC Domicílios 2011, TIC Empresas 2011, TIC Educação 2011, CGI.br

31 Acesso à Internet nos domicílios brasileiros

32 Proporção de domicílios com acesso à Internet por região geográfica Percentual sobre o total de domicílios Sudeste Dois grupos distintos de regiões geográficas quanto à penetração domiciliar da Internet Sul Centro-Oeste Norte Nordeste Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

33 Proporção de domicílios com computador e Internet Percentual sobre o total de domicílios Área Urbana Computador Internet Recife - PE R Metro = 44% 39% Interior = 18% 15% Porto Alegre - RS R Metro = 58% 50% Interior = 44% 35% São Paulo - SP R Metro = 64% 58% Interior = 57% 47% Belo Horizonte - MG R Metro = 65% 58% Interior = 43% 34% Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br Portugal = 58% Itália = 62%

34 Proporção de domicílios com Internet: Brasil x UE Percentual sobre o total de domicílios Brasil ocupa patamar abaixo dos países da União Europeia. Fonte: EUROSTAT 2011 Netherlands Iceland Norway Sweden Luxembourg Denmark Finland United Kingdom Germany Ireland Belgium France Austria Malta Slovenia EU (27 countries) Slovakia Estonia Poland Czech Republic Hungary Latvia Spain Lithuania Italy Portugal Cyprus Greece Romania Bulgaria Brazil

35 Proporção de domicílios com acesso à Internet por classe social e área Percentual sobre o total de domicílios Posse da Internet por classe apresenta duas realidades muito distintas; Aumenta a distância entre a posse de Internet nos domicílios rurais e urbanos A 25% B C 75% DE Urbana Rural Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

36 Tipo de conexão para acesso à Internet Percentual sobre o total de domicílios com acesso à Internet 100 Em 2011, a banda larga móvel ultrapassa o acesso discado pela primeira vez; Banda larga móvel é a principal responsável pelo crescimento da Banda larga Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br % BL Fixa 16% BL 3G Banda larga Fixa Banda Larga Móvel (Modem 3G) Acesso discado 36% BL Fixa 43% BL 3G

37 Motivos para a falta de Internet no domicílio Percentual sobre o total de domicílios com computador, mas sem acesso à Internet Custo elevado é a principal barreira para a falta de Internet no domicílio; Falta de disponibilidade apresenta crescimento ao longo dos anos Custo elevado / Não tenho como pagar Falta de disponibilidade na área Tenho acesso à Internet em outro lugar Não tenho necessidade/interesse Falta de habilidade/não sei usar Internet Custo benefício não vale a pena Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

38 Valor pago pela principal conexão à Internet Percentual sobre o total de domicílios com acesso à Internet (conexão exclusivamente não-discada) 22% dos domicílios com acesso à Internet pagam até R$ 40,00 por mês. Faixa de valor pago % Domicílios % Acumulado até R$ 30, % R$ 31,00 a R$ 40, R$ 41,00 a R$ 50, R$ 51,00 a R$ 60, R$ 61,00 a R$ 70, % R$ 71,00 a R$ 80, R$ 81,00 a R$ 90, R$ 91,00 a R$ 100, Mais de R$ 100, Não sabe / Não respondeu Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

39 Uso da Internet pelos brasileiros

40 Proporção de usuários de Internet Percentual sobre o total da população (*) Área Urbana Total Brasil Recife - PE R Metro = 48% Interior = 22% (*) População com idade de 10 anos ou mais Porto Alegre - RS São Paulo - SP Belo Horizonte - MG R Metro = 56% Interior = 36% R Metro = 62% Interior = 54% R Metro = 62% Interior = 40% Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

41 Proporção de usuários de Internet por área, grau de instrução e renda familiar O uso da Internet também apresenta quadro de desigualdade. 59 % pop Analfabeto / Educação infantil Percentual sobre o total da população Urbana Rural 9 91 Fundamental Médio Superior NÃO SIM NÃO SIM % pop Fonte: TIC Domicílios 2011,CGI.br Até 1 SM Mais de 1 SM até 2 SM Mais de 2 SM até 3 SM Mais de 3 SM até 5 SM Mais de 5 SM até 10 SM Mais de 10 SM NÃO SIM

42 Usuários de Internet: Brasil x Mundo Percentual sobre o total da população ª posição Brasil piorou sua posição entre 2009 e 2010, passando de 78º para 81º. Fonte: ITU 2010

43 Local de acesso individual à Internet Percentual sobre o total de usuários de Internet em área urbana 100 Cresce o uso da Internet no domicílio e cai o uso na lanhouse. O uso da Internet nos telecentros se mantém estável. Cerca de 4,4MM usam a Internet nos telecentros Em casa Centro público de acesso pago Centro público de acesso gratuito Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

44 Lanhouse continua sendo importante para a inclusão digital. Local de acesso individual à Internet Lanhouses x Domicílios Percentual sobre o total de usuários de Internet Percentual (%) Domicílio Lanhouse TOTAL Área Urbana Rural Sudeste Nordeste Região Sul Norte Centro-Oeste Até 1 SM Mais de 1 SM até 2 SM Renda familiar Mais de 2 SM até 3 SM Mais de 3 SM até 5 SM Mais de 5 SM até 10 SM Mais de 10 SM A 98 8 Classe social B C DE Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

45 Uso das tecnologias móveis

46 Proporção de indivíduos que usaram telefone celular nos últimos 3 meses X que possuem celular Percentual sobre o total da população 100 Celular caminha para ser uma mídia universalizada entre a população; As proporções de posse e uso de celular estão cada vez mais próximas Uso Posse Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br 83% Uso 80% Posse 79% Uso 70% Posse

47 Tipo de telefone celular: pré-pago X pós-pago Percentual sobre o total de pessoas que possuem telefone celular Diferença na proporção de prépagos e pós-pagos apresenta pequena redução; Pré-Pago Planos pós-pagos permanecem pouco acessíveis à população geral Pós-Pago Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

48 Atividades realizadas pelo telefone celular Percentual sobre o total de pessoas que utilizaram telefone celular nos últimos 3 meses Envio de mensagens de texto e fotos apresenta estabilidade; Acesso à Internet via telefone celular cresce de forma expressiva Chamadas telefônicas Enviar mensagens de texto Enviar fotos e imagens Acessar à Internet Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br A B C DE

49 Usuários de Internet via celular: Brasil x Mundo Percentual sobre o total pessoas que usaram o telefone celular Dados do Brasil se referem à 2011 e dados da Eurostat, 2010 Fonte: EUROSTAT 2010 Luxembourg Norway Denmark Ireland Austria Sweden Italy Estonia United Kingdom Iceland Germany Slovakia EU (27 countries) France Croatia Spain Portugal Netherlands Slovenia Poland Malta Finland Belgium Latvia Macedonia Lithuania Hungary Bulgaria Cyprus Brasil Greece Czech Republic Romania Turkey de março 60 de São Paulo

50 Índice de Acessibilidade de Preço O Brasil ocupa a 96ª posição no mundo O Brasil ocupa a 96ª posição no índice de acessibilidade de preço (ICT Price Basket) da ITU. Em 2009 o país estava na 87ª posição. Este índice mede a acessibilidade de telefonia fixa, móvel e serviços de Internet de banda larga, por meio de uma cesta de indicadores internacionais. Fonte: ITU - Measuring the Informartion Society 2011

51 Tipo de computador presente no domicílio Percentual sobre o total de domicílios com computador Aumento da penetração dos notebooks nos domicílios sugere um processo de substituição; O portátil já é o primeiro computador em 9% dos domicílios com computador Computador de mesa Computador Portátil Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

52 Tipo de computador presente no domicílio Percentual sobre o total de domicílios com computador O aumento da posse dos computadores portáteis se deu em todas as classes sociais. Em 2011, proporção de portáteis e computadores se iguala na classe A A B C DE Computador de mesa Computador portátil Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br 0 A B C DE

53 Apropriação das TIC

54 Proporção de indivíduos que realizaram e-commerce na Internet Percentual sobre o total de pessoas que já acessaram a Internet Proporção de pessoas que realizaram uma compra nos últimos 12 meses cresceu 10 pp; Pesquisa de preços é realizada por 59% das pessoas que já acessaram a Internet Pesquisa de preços de produtos ou serviços na Internet nos últimos 12 meses Compra de produtos/ serviços pela Internet nos últimos 12 meses Venda ou divulgação de bens ou serviço pela Internet Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

55 Compras de produtos/serviços na Internet nos últimos doze meses por renda familiar Percentual sobre o total de indivíduos que já acessaram a Internet Pelo menos metade da população com renda a partir de 5 SM já fez compras pela rede; 70% das compras online são pagas no cartão de crédito Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br Até 1SM Cartão de crédito Boleto Bancário Débito on-line/ transferência eletrônica 32 Mais de Mais de Mais de 1SM a 2SM 2SM a 3SM 3SM a 5SM 48 Mais de 5SM a 10SM 64 Mais de 10SM Forma de pagamento de compras na Internet 3 Pagamento na entrega

56 Atividades desenvolvidas na Internet Percentual sobre o total de usuários de Internet Estabilidade no uso de sites de relacionamento; Twitter e VoIP apresentam crescimento significativo entre 2010 e 2011; Enviar e receber e- mail Participar de sites de relacionamentos Baixar/ Fazer o download de músicas Download de músicas cresce e já é realizado por mais da metade dos usuários Conversar por voz através de programas como Skype Usar microblogs, como o Twitter Fonte: TIC Domicílios 2011, CGI.br

57 Desafios para o acesso, uso e apropriação do computador e Internet Proporção sobre o total de domicílios, empresas e escolas públicas Computador Internet 20 0 Domicílios Empresas com 10 ou mais funcionários Escolas Públicas (Lab. Informática) Fonte: TIC Domicílios 2011, TIC Empresas 2011, TIC Educação 2011 Quantidade de computadores e qualidade da conexão à Internet limitam o uso

58 100% das escolas possui pelo menos um computador; 100% das escolas possui pelo menos um computador O pequeno número de equipamentos se apresenta como um desafio; Infraestrutura das TIC nas escolas Percentual sobre o total de escolas As escolas pesquisadas possuem em média 500 alunos. 0 Computador de mesa Computador portátil Computador de mesa 18 computadores em funcionamento 20 computadores em funcionamento Fonte: TIC Educação 2011, CGI.br Computador portátil 2 computadores portáteis em funcionamento 3 computadores portáteis em funcionamento

59 Locais de instalação dos computadores na escola Percentual sobre o total de escolas (%) Cresce proporção de escolas com laboratório de informática; Avanço da política governamental Sala do coordenador pedagógico ou do diretor Laboratório de informática Sala dos professores Biblioteca Sala de aula Fonte: TIC Educação 2011, CGI.br

60 Infraestrutura das TIC nas escolas Percentual sobre o total de escolas que possuem conexão à Internet Não sabe 27 A velocidade de conexão à Internet é percebida como uma limitação; Acima de 8 Megabits Mais de 4 Megabits a 8 Megabits Mais de 2 Megabits a 4 Megabits Mais de 1 Megabit a 2 Megabits 32 25% das escolas possui conexão abaixo de 1 Mbit/s. Mais de 512 Kbps a 1 Megabit Mais de 256 Kbps até 512 Kbps 8 14 Até 256 Kbps Fonte: TIC Educação 2011, CGI.br

61 Uso das TIC em atividades com os alunos Percentual sobre o total de professores que costumam realizar a atividade As atividades mais frequentes apresentam as mais baixas proporções de professores que usam o computador e Internet Exercícios para a prática de conteúdo Aula expositiva Interpretação de textos Apoio individualizado a alguns estudantes Fonte: TIC Educação 2011, CGI.br

62 Infraestrutura das TIC nas escolas Percentual sobre o total de professores e coordenadores pedagógicos Número insuficiente de computadores por aluno: principal limitação para professores e coordenadores Número insuficiente de computadores por aluno Número insuficiente de computadores conectados à Internet Baixa velocidade de conexão à Internet Professores Coordenadores Fonte: TIC Educação 2011, CGI.br

63 Desafios para o acesso, uso e apropriação do computador e Internet Proporção sobre o total de domicílios, empresas e escolas públicas Computador Internet 20 0 Domicílios Empresas com 10 ou mais funcionários Escolas Públicas (Lab. Informática) Fonte: TIC Domicílios 2011, TIC Empresas 2011, TIC Educação 2011 Desafio: compreender as limitações para a apropriação

64 Proporção de empresas com computador e Internet Percentual sobre o total de empresas Computador Internet Fonte: TIC Empresas 2011, CGI.br

65 Velocidade máxima para download fornecida pelo provedor de Internet Percentual sobre o total de empresas com acesso à Internet ATÉ 256 KBPS MAIS DE 256 KBPS ATÉ 2 MBPS MAIS DE 2 MBPS Fonte: TIC Empresas 2011, CGI.br

66 Atividades realizadas utilizando a Internet Percentual sobre o total de empresas com acesso à Internet Enviar e receber Buscar informações sobre produtos ou serviços Fazer pagamentos e consultas bancárias/ Internet Banking Outras buscas de informações e atividades de pesquisa Acessar outros serviços financeiros Buscar informações sobre organizações governamentais/ Autoridades públicas Oferecer serviços ao consumidor Monitoramento de mercado Uso de mensagens instantâneas Interagir com organizações governamentais Treinamento e educação Recrutar pessoal interno ou externo Telefone via internet (VoIP)/ vídeo conferência via internet Realizar entrega de produtos on-line Fonte: TIC Empresas 2011, CGI.br

67 Proporção de empresas que possuem website Percentual sobre o total de empresas com acesso à Internet milhões de domínios sob o 8 a. maior base de domínios no mundo 92%.com.br 3%.com %.com.br 6%.com Fonte: TIC Empresas 2011, CGI.br

68 Recursos oferecidos pelo website da empresa Percentual sobre o total de empresas que possuem website Informações sobre a empresa (Institucional, contato, endereço, mapas) 93 Catálogos de produtos e listas de preços 49 Fornecer suporte pós-venda 33 Personalização ou customização de produtos para clientes 29 Outros recursos (sem especificar) 27 Sistema de pedidos ou reserva (carrinho de compras) 17 Pagamento On-line/ Completar transação 12 Fonte: TIC Empresas 2011, CGI.br

69 Uso do Governo Eletrônico Percentual sobre o total da população com 16 anos ou mais

70 Uso do Governo Eletrônico Percentual sobre o total da população com 16 anos ou mais

71 Nova pesquisa TIC E-GOV 2013

72 Planejamento da Pesquisa TIC E-Gov 2013 Modelo conceitual Governo Eletrônico Quadro Conceitual e-serviços e-administração e-democracia Dados Abertos Engajamento Cívico Accountability Plano Metodológico Público alvo Organizações governamentais Objetivos Mensurar o estágio de desenvolvimento do E-Gov Coleta de dados Pesquisa amostral (QE) TIC Web (CA) Avaliação de sites (RO) Indicadores Políticas Públicas para o Governo Eletrônico

73 Nova geração digital

74 Histórico das Pesquisa TIC Domicílios Novo escopo de população alvo Pesquisa TIC Domicílios Manual for Measuring ICT Access and Use by Households and Individuals Novos indicadores Ampliação da faixa etária Urbano / rural Crianças de 5 a 9 anos Período de referência Crianças de 5 a 8 anos Atividades Crianças de 9 a 16 anos Redes sociais Pesquisa TIC Crianças Pesquisa TIC Kids Online Brasil

75 Pesquisa TIC Kids Online Brasil Primeira onda da pesquisa brasileira

76 Pesquisa TIC Kids Online Grupo de especialistas Centro de Estudos sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação Grupo de especialistas: Governo Organizações Internacionais Acadêmicos e pesquisadores Institutos de pesquisa Organizações Não governamentais Cenpec Escola do Futuro Intercom Ministério da Justiça PUC-Rio PUC-SP Safernet UFC UFSC Unesco Unicef UNL USP

77 TIC Kids Online Brasil 2012 Destaques da Pesquisa OPORTUNIDADES RISCOS Internet & Crianças Contexto do uso Atividades realizadas DANOS MEDIAÇÃO DO USO PERCEPÇÃO SOBRE RISCOS Internet & Pais Contexto do uso Percepção sobre riscos

Pesquisa TIC Kids Online Brasil

Pesquisa TIC Kids Online Brasil Semana da Infraestrutura da Internet no Brasil Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes GTER Grupo de Trabalho em Segurança de Redes GTS Pesquisa TIC Kids Online Brasil Parte I: Visão geral

Leia mais

Indicadores da Internet no Brasil

Indicadores da Internet no Brasil Indicadores da Internet no Brasil Estatísticas sobre o uso das TIC para o monitoramento da Sociedade do conhecimento Juliano Cappi Itupeva, 22 de outubro de 2012 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil

Leia mais

Pesquisa TIC Kids Online Brasil

Pesquisa TIC Kids Online Brasil Os desafio das Novas Mídias: Inclusão Digital e Proteção da Infância Pesquisa TIC Kids Online Brasil Visão geral do acesso e uso da Internet por crianças e adolescentes no Brasil Alexandre F. Barbosa Brasília,

Leia mais

Coletiva de Imprensa Apresentação de resultados São Paulo, 23 de maio de 2013

Coletiva de Imprensa Apresentação de resultados São Paulo, 23 de maio de 2013 Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação Pesquisa TIC Educação 2012 Pesquisa sobre o uso das TIC nas escolas brasileiras Coletiva de Imprensa Apresentação de resultados

Leia mais

Workshop de Telecomunicações da FIESP

Workshop de Telecomunicações da FIESP Workshop de Telecomunicações da FIESP A Qualidade da Banda Larga no Brasil Alexandre Barbosa Cetic.br São Paulo 27 de agosto de 15 Trajetória do CETIC.br Países da América Latina e PALOPs 1995 5 12 q Produção

Leia mais

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação Pesquisa TIC Educação 2010 Coletiva de Imprensa Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação São Paulo, 09 de Agosto de 2011 CGI.br Comitê Gestor

Leia mais

Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição

Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição TIC DOMICÍLIOS 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição PESQUISA SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2008 NIC.BR

Leia mais

Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil. São Paulo, 30 de novembro de 2011

Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil. São Paulo, 30 de novembro de 2011 Pesquisa TIC Provedores 2011 Coletiva de Imprensa Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil São Paulo, 30 de novembro de 2011 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de

Leia mais

TIC Saúde 2013 Pesquisa sobre o uso das TIC em estabelecimentos de saúde no Brasil

TIC Saúde 2013 Pesquisa sobre o uso das TIC em estabelecimentos de saúde no Brasil TIC Saúde 2013 Pesquisa sobre o uso das TIC em estabelecimentos de saúde no Brasil Latam Healthcare IT Summit São Paulo, 04 de abril de 2013 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de

Leia mais

TIC DOMICÍLIOS 2012. Panorama da Inclusão digital no Brasil. Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil

TIC DOMICÍLIOS 2012. Panorama da Inclusão digital no Brasil. Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação TIC DOMICÍLIOS 12 Panorama da Inclusão digital no Brasil Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no

Leia mais

Acesso à Internet e direitos do consumidor: balanço e perspectivas

Acesso à Internet e direitos do consumidor: balanço e perspectivas Acesso à Internet e direitos do consumidor: balanço e perspectivas Mesa 1: Acesso à banda larga: onde chegamos com o PNBL e o que temos pela frente Brasília, 3 de Junho de 14 CGI.br Comitê Gestor da Internet

Leia mais

O CGI.br tem entre suas atribuições coletar e disseminar informações sobre os serviços Internet. Esses dados e indicadores são fundamentais para:

O CGI.br tem entre suas atribuições coletar e disseminar informações sobre os serviços Internet. Esses dados e indicadores são fundamentais para: TIC DOMICÍLIOS 2008 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil A EVOLUÇÃO DA INTERNET NO BRASIL Março / 2009 NIC.BR Comitê Gestor da Internet no Brasil INTRODUÇÃO 1 Ministério

Leia mais

Coletiva de Imprensa 4 de maio de 2010. Comitê Gestor da Internet no Brasil CGI.br Núcleo de Informação e Comunicação do Ponto BR NIC.

Coletiva de Imprensa 4 de maio de 2010. Comitê Gestor da Internet no Brasil CGI.br Núcleo de Informação e Comunicação do Ponto BR NIC. TIC Empresas 2009 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil Coletiva de Imprensa 4 de maio de 2010 Comitê Gestor da Internet no Brasil CGI.br Núcleo de Informação e Comunicação

Leia mais

Medição das TIC no contexto nacional: o caso do Brasil Maputo, Moçambique 7 de Julho de 2015

Medição das TIC no contexto nacional: o caso do Brasil Maputo, Moçambique 7 de Julho de 2015 Medição das TIC no contexto nacional: o caso do Brasil Maputo, Moçambique 7 de Julho de 2015 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO Dimensões das TIC e Políticas Públicas Apresentação de indicadores sobre os seguintes

Leia mais

Sobre este inquérito. Sobre a sua organização

Sobre este inquérito. Sobre a sua organização Sobre este inquérito Por toda a União Europeia, diferentes organizações proporcionam acesso e formação sobre Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC), juntamente com outros serviços para grupos

Leia mais

Pesquisa TIC Educação 2013

Pesquisa TIC Educação 2013 Pesquisa TIC Educação 2013 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras Apresentação dos principais resultados São Paulo, 15 de julho de 2014 CGI.br Comitê Gestor

Leia mais

Centros de Inclusão o Digital Indicadores sobre Lanhouses e Telecentros

Centros de Inclusão o Digital Indicadores sobre Lanhouses e Telecentros Comissão Especial (PL 4361/2004): Centros de Inclusão Digital: Lanhouses, Telecentros, Cybercafés, Pontos de Cultura e similares Centros de Inclusão o Digital Indicadores sobre Lanhouses e Telecentros

Leia mais

UIT OECD OSILAC/CEPAL

UIT OECD OSILAC/CEPAL A EVOLUÇÃO DA INTERNET NO BRSIL Posse e Uso do Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Segurança na Rede, Governo Eletrônico e Uso do Celular TIC DOMICÍLIOS Abril de 2008 NIC.BR Comitê Gestor da Internet

Leia mais

DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL

DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL Súmula dos dados provisórios do Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional, IPCTN, 2007 I DESPESA 1. Despesa em I&D nacional total

Leia mais

EDUCAÇÃO. Base para o desenvolvimento

EDUCAÇÃO. Base para o desenvolvimento EDUCAÇÃO Base para o desenvolvimento 1 Por que investir em educação? 2 Por que investir em educação? 1. Acesso à cidadania. 2. Aumento da renda pessoal (prêmio salarial): 10% por um ano a mais de escolaridade.

Leia mais

EDUCAÇÃO. Base do Desenvolvimento Sustentável

EDUCAÇÃO. Base do Desenvolvimento Sustentável EDUCAÇÃO Base do Desenvolvimento Sustentável 1 Por que investir em educação? 2 Por que investir em educação? 1. Acesso à cidadania. 2. Aumento da renda pessoal (prêmio salarial): 10% por um ano a mais

Leia mais

Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras. Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem

Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras. Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem Maio, 2014 1 Índice 1. Introdução 3 2. Cenário do acesso

Leia mais

Pesquisa TIC Domicílios 2013

Pesquisa TIC Domicílios 2013 Pesquisa TIC Domicílios 13 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil Apresentação dos principais resultados São Paulo, 26 de junho de 14 CGI.br Comitê Gestor da Internet

Leia mais

Sessão de Informação ERASMUS+ 1 9 d e m a r ç o d e 2 0 1 4 I n s t i t u t o P o l i t é c n i c o d e B e j a

Sessão de Informação ERASMUS+ 1 9 d e m a r ç o d e 2 0 1 4 I n s t i t u t o P o l i t é c n i c o d e B e j a Sessão de Informação ERASMUS+ 1 9 d e m a r ç o d e 2 0 1 4 I n s t i t u t o P o l i t é c n i c o d e B e j a Mobilidade de indivíduos para aprendizagem (KA1) Mobilidade de staff, em particular de pessoal

Leia mais

INDICADORES PARA A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

INDICADORES PARA A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO INDICADORES PARA A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO 16 de maio de 2007 São Paulo Comitê Gestor da Internet no Brasil Agenda Sobre o CGI.br Sobre o NIC.br Crescimento do registro de domínios Sobre o CETIC.br

Leia mais

INDICADORES SOBRE O USO DA INTERNET EM DOMICÍLIOS E EMPRESAS NO BRASIL:

INDICADORES SOBRE O USO DA INTERNET EM DOMICÍLIOS E EMPRESAS NO BRASIL: INDICADORES SOBRE O USO DA INTERNET EM DOMICÍLIOS E EMPRESAS NO BRASIL: Problemas de segurança encontrados e medidas adotadas 2005-2006 Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007. João Amador Seminário de Economia Europeia. Economia Portuguesa e Europeia. Exame de 1 a época

Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007. João Amador Seminário de Economia Europeia. Economia Portuguesa e Europeia. Exame de 1 a época Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007 FaculdadedeEconomia João Salgueiro João Amador Seminário de Economia Europeia Economia Portuguesa e Europeia Exame de 1 a época 5 de Janeiro de 2007 Atenção:

Leia mais

TIC Saúde 2013. Coletiva de Imprensa Apresentação de Resultados São Paulo, 17 de dezembro de 2013

TIC Saúde 2013. Coletiva de Imprensa Apresentação de Resultados São Paulo, 17 de dezembro de 2013 TIC Saúde 2013 Pesquisa sobre o uso das TIC em estabelecimentos de saúde no Brasil Coletiva de Imprensa Apresentação de Resultados São Paulo, 17 de dezembro de 2013 CGI.br Comitê Gestor da Internet no

Leia mais

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC Participamos do processo de escolha da Entidade Aferidora

Leia mais

"SMS sem fronteiras": Comissão planeia pôr fim aos abusos nos preços das mensagens de texto enviadas do estrangeiro

SMS sem fronteiras: Comissão planeia pôr fim aos abusos nos preços das mensagens de texto enviadas do estrangeiro IP/08/1144 Bruxelas, 15 de Julho de 2008 "SMS sem fronteiras": Comissão planeia pôr fim aos abusos nos preços das mensagens de texto enviadas do estrangeiro Os 2500 milhões de mensagens de texto enviadas

Leia mais

FISL9.0 Porto Alegre, RS, Brasil 17-19 de abril de 2008

FISL9.0 Porto Alegre, RS, Brasil 17-19 de abril de 2008 www.cgi.br Agenda Sobre o CGI.br Sobre o NIC.br www.cgi.br Sobre o CGI.br Criado em maio de 1995 Pela Portaria Interministerial Nº 147 de 31/05/1995, alterada pelo Decreto Presidencial Nº 4.829 de 03/09/2003

Leia mais

Pesquisa TIC Kids Online Brasil

Pesquisa TIC Kids Online Brasil Semana da Infraestrutura da Internet no Brasil Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes GTER Grupo de Trabalho em Segurança de Redes GTS Pesquisa TIC Kids Online Brasil Parte II: Uso seguro

Leia mais

INDICADORES DE HABILIDADE NO USO DE COMPUTADORES E INTERNET TIC EMPRESAS E DOMICÍLIOS 2005/2006/2007. NIC.br / CGI.br. www.cetic.

INDICADORES DE HABILIDADE NO USO DE COMPUTADORES E INTERNET TIC EMPRESAS E DOMICÍLIOS 2005/2006/2007. NIC.br / CGI.br. www.cetic. INDICADORES DE HABILIDADE NO USO DE COMPUTADORES E INTERNET TIC EMPRESAS E DOMICÍLIOS 2005/2006/2007 Centro de Estudos sobre as TICs (CETIC.br) NIC.br / CGI.br Cuarto Taller sobre la Medición n de la Sociedad

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE O DESEMPENHO ESCOLAR E OS SALÁRIOS NO BRASIL

A RELAÇÃO ENTRE O DESEMPENHO ESCOLAR E OS SALÁRIOS NO BRASIL A RELAÇÃO ENTRE O DESEMPENHO ESCOLAR E OS SALÁRIOS NO BRASIL Andréa Zaitune Curi Tendências Consultoria Naercio Aquino Menezes Filho IBMEC-SP, USP, IFB e Fundação Itaú Social Introdução Processo de educação

Leia mais

Desafios Institucionais do Brasil: A Qualidade da Educação

Desafios Institucionais do Brasil: A Qualidade da Educação Desafios Institucionais do Brasil: A Qualidade da Educação André Portela Souza EESP/FGV Rio de Janeiro 13 de maio de 2011 Estrutura da Apresentação 1. Porque Educação? Educação e Crescimento 2. Educação

Leia mais

ABRIL DE 2012. Provedores de Internet no Brasil: Inclusão Digital e Infraestrutura Ano 4 Número 1

ABRIL DE 2012. Provedores de Internet no Brasil: Inclusão Digital e Infraestrutura Ano 4 Número 1 ABRIL DE 2012 Provedores de Internet no Brasil: Inclusão Digital e Infraestrutura Ano 4 Número 1 SUMÁRIO EXECUTIVO Apresentação A inclusão digital no Brasil depende fundamentalmente da expansão da infraestrutura

Leia mais

Foad Shaikhzadeh Presidente Furukawa Industrial SA

Foad Shaikhzadeh Presidente Furukawa Industrial SA Para ajudar a proteger sua privacidade, o PowerPoint impediu o download automático desta imagem externa. Para baixar e exibir esta imagem, clique em Opções na Barra de Mensagens e clique em Habilitar conteúdo

Leia mais

O Brasil e a Internet Ubíqua: Avanços e Perspectivas

O Brasil e a Internet Ubíqua: Avanços e Perspectivas ARTIGO O Brasil e a Internet Ubíqua: Avanços e Perspectivas AUTORES Antonio Eduardo Ripari Neger Presidente da Associação Brasileira de Internet (ABRANET). Engenheiro formado pela Unicamp, advogado formado

Leia mais

Agenda Digital para a Europa ponto de situação 2013

Agenda Digital para a Europa ponto de situação 2013 Agenda Digital para a Europa ponto de situação 2013 DAE Going Local Portugal 12 de Novembro de 2013, Lisboa Mário Campolargo European Commission - DG CONNECT Director, NET Futures "The views expressed

Leia mais

A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web

A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web ALGUNS EVENTOS E DADOS IMPORTANTES DA INTERNET NO BRASIL E NO MUNDO NO BRASIL Primeira conexão à redes (Bitnet) => Outubro 88 Domínio.br foi registrado

Leia mais

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES Eduardo Augusto Guimarães Maio 2012 Competitividade Brasil 2010: Comparação com Países Selecionados. Uma chamada para a ação África

Leia mais

A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos

A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos Realidade Operacional e Gerencial do Poder Judiciário de Mato Grosso Na estrutura organizacional, existe a COPLAN que apoia administrativamente e oferece

Leia mais

ANEXO VIII. XXXVI RECyT. Comissão Sociedade da Informação. Rio de Janeiro, 24 de outubro de 2006

ANEXO VIII. XXXVI RECyT. Comissão Sociedade da Informação. Rio de Janeiro, 24 de outubro de 2006 ANEXO VIII XXXVI RECyT Comissão Sociedade da Informação Rio de Janeiro, 24 de outubro de 2006 Estratégias INDICADORES DE USO DAS TICs nacionais e padrões internacionais 2006 gias nacionais 24 de outubro

Leia mais

Pesquisa TIC Kids Online 2013 Pesquisa sobre o Uso da Internet por Crianças e Adolescentes no Brasil

Pesquisa TIC Kids Online 2013 Pesquisa sobre o Uso da Internet por Crianças e Adolescentes no Brasil Pesquisa TIC Kids Online 2013 Pesquisa sobre o Uso da Internet por Crianças e Adolescentes no Brasil Apresentação dos principais resultados São Paulo, 06 de agosto de 2014 CGI.br Comitê Gestor da Internet

Leia mais

A importância e desafios da agricultura na economia regional. Assessoria Econômica

A importância e desafios da agricultura na economia regional. Assessoria Econômica A importância e desafios da agricultura na economia regional Assessoria Econômica A Agricultura é importante para o crescimento e desenvolvimento econômico ou é apenas fornecedora de alimentos? Taxa Média

Leia mais

Eficiência Energética

Eficiência Energética Eficiência Energética Compromisso para o Crescimento Verde Sessão de discussão pública Porto, 2 de dezembro de 2014 Apresentado por: Gabriela Prata Dias 1 Conceito de Eficiência Energética (EE) 2 As medidas

Leia mais

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006 Curso e Learning Sistema de Gestão de Segurança da Informação Interpretação da norma NBR ISO/IEC 2700:2006 Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste

Leia mais

ERASMUS+ AÇÕES PRIORITÁRIAS E BOAS PRÁTICAS. E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o

ERASMUS+ AÇÕES PRIORITÁRIAS E BOAS PRÁTICAS. E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o ERASMUS+ E d u c a ç ã o e F o r m a ç ã o AÇÕES PRIORITÁRIAS E BOAS PRÁTICAS CIM ALTO MINHO COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO ALTO MINHO ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE PONTE DE LIMA 17 DE JULHO DE 2014 O projeto

Leia mais

Pesquisa sobre o uso das TIC no Setor Público

Pesquisa sobre o uso das TIC no Setor Público Pesquisa sobre o uso das TIC no Setor Público TIC Governo Eletrônico 2013 São Paulo, 23 de setembro de 2014 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto

Leia mais

A procura de novas soluções para os problemas do envelhecimento: As abordagens integradas.

A procura de novas soluções para os problemas do envelhecimento: As abordagens integradas. A procura de novas soluções para os problemas do envelhecimento: As abordagens integradas. Constança Paúl, 19 Abril 2012, IPO-Porto Health Cluster Portugal: Encontros com a inovação em saúde A procura

Leia mais

Destaques TIC Domicílios 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de aquisição

Destaques TIC Domicílios 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de aquisição Destaques TIC Domicílios 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de aquisição De maneira geral, os dados indicam que houve um forte aumento da posse e o

Leia mais

PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012

PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012 PTT Fórum 6 Encontro dos Sistemas Autônomos da Internet no Brasil 3 e 4 de dezembro de 2012 MILTON KAORU KASHIWAKURA Diretor de Projetos Especiais e de Desenvolvimento NIC.br Sobre o CGI.br e o NIC.br

Leia mais

Plano Nacional. de Banda Larga. Brasília, 05 de maio de 2010

Plano Nacional. de Banda Larga. Brasília, 05 de maio de 2010 Plano Nacional de Banda Larga Brasília, 05 de maio de 2010 Sumário 1. Importância Estratégica 2. Diagnóstico 3. Objetivos e Metas 4. Ações 5. Investimento 6. Governança e Fórum Brasil Digital 2 1. Importância

Leia mais

Q: Preciso contratar um numero de empregados para solicitar o visto E2? R: Não, o Visto E2 não requer um numero de empregados como o Visto Eb5.

Q: Preciso contratar um numero de empregados para solicitar o visto E2? R: Não, o Visto E2 não requer um numero de empregados como o Visto Eb5. RE: Visto E1 O E2 Visto E1 O E2 Q :Preciso contratar um advogado para solicitar o Visto E2? R: Sim, o visto E2 requer o conhecimento especializado da legislacao migratória e a experiência de um advogado

Leia mais

Evolução Nacional da Sociedade da Informação e Comparações Internacionais

Evolução Nacional da Sociedade da Informação e Comparações Internacionais Evolução Nacional da Sociedade da Informação e Comparações Internacionais Forum para a Sociedade da Informação Aveiro, 10 Mar 2006 Luis Magalhães Presidente da UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento,

Leia mais

TIC EDUCAÇÃO 2009 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e

TIC EDUCAÇÃO 2009 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e TIC EDUCAÇÃO 2009 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escola PúblicasP INDICADORES DE IMPACTO NA EDUCAÇÃO Abril / 2009 CETIC.BR NIC.BR Comitê Gestor da Internet no Brasil

Leia mais

Educação, Economia e Capital Humano em Portugal Notas sobre um Paradoxo

Educação, Economia e Capital Humano em Portugal Notas sobre um Paradoxo Portugal na União Europeia 1986-2010 Faculdade de Economia, Universidade do Porto - 21 Janeiro 2011 Educação, Economia e Capital Humano em Portugal Notas sobre um Paradoxo Pedro Teixeira (CEF.UP/UP e CIPES);

Leia mais

Lisboa, 25 de Fevereiro de 2014. José António Vieira da Silva

Lisboa, 25 de Fevereiro de 2014. José António Vieira da Silva Lisboa, 25 de Fevereiro de 2014 José António Vieira da Silva 1. A proteção social como conceito amplo a ambição do modelo social europeu 2. O modelo de proteção social no Portugal pós 1974 3. Os desafios

Leia mais

2012: Desenvolvimento Inclusivo Sustentável? Marcelo Neri -Ipea

2012: Desenvolvimento Inclusivo Sustentável? Marcelo Neri -Ipea 2012: Desenvolvimento Inclusivo Sustentável? Marcelo Neri -Ipea Evolução segundo a ótica do Relatório Stiglitz-Sen: http://www.stiglitz-sen-fitoussi.fr/documents/rapport_anglais.pdf Recomendações Enfatizarrenda

Leia mais

TIC Empresas 2007 DESTAQUES 2007

TIC Empresas 2007 DESTAQUES 2007 TIC Empresas DESTAQUES Os computadores estão presentes em 95% das empresas, sendo que a informatização aumenta de acordo com o porte. Entre as que utilizam computadores, o acesso à Internet é quase integral:

Leia mais

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA: UM PAÍS QUE SAE DA CRISE 2,00% 1,50% Evolução do PIB espanhol 1,70% 1,00% 1% 0,50% 0,00% -0,50% -0,20% 0,10% 2010 2011 2012

Leia mais

Economia Social Pós. Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego: Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego:

Economia Social Pós. Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego: Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego: Economia Social Pós Parte III: Mercado de Trabalho Ênfase na parte de políticas Profa. Danielle Carusi Prof. Fábio Waltenberg Aula 5 (parte III) setembro de 2010 Economia UFF 1. Políticas macroeconômicas,

Leia mais

Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil

Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil Impacto Positivo de uma Redução de Tributos para Empresas e Consumidores Rio de Janeiro, 27 de maio de 2009 Em 2008, o mercado brasileiro de CDs e DVDs

Leia mais

O Impacto Sócio-Econômico da Banda Larga

O Impacto Sócio-Econômico da Banda Larga Instituto de Inovação com TIC O Impacto Sócio-Econômico da Banda Larga [ Flávia Fernandes Julho/2010] Banda Larga Internet A Internet supera a produtividade combinada do telefone, transporte e eletricidade

Leia mais

PESQUISA SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO NO BRASIL DESTAQUES 2008

PESQUISA SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO NO BRASIL DESTAQUES 2008 PESQUISA SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO NO BRASIL DESTAQUES 2008 A pesquisa TIC Domicílios 2008 traz uma importante novidade: a expansão do estudo para a área rural do país,

Leia mais

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ministério das Comunicações Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD Suplementar 2013 Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular

Leia mais

useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior

useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior Headquarters: Rua Senhor da Paciência, 39 6200-158 Covilhã Portugal Telephone: +351 275 319 530 Fax: +351 275

Leia mais

MVNO Operadoras Virtuais no Brasil. Conhecendo o usuário brasileiro. Valter Wolf 18 de Novembro de 2010

MVNO Operadoras Virtuais no Brasil. Conhecendo o usuário brasileiro. Valter Wolf 18 de Novembro de 2010 MVNO Operadoras Virtuais no Brasil Conhecendo o usuário brasileiro Valter Wolf 18 de Novembro de 2010 O estudo A&R contempla 17 países com mais de 20 mil entrevistas, agrupadas em 3 categorias: Mature,

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Habilidades com o Computador e a Internet

TIC Domicílios 2007 Habilidades com o Computador e a Internet TIC Domicílios 007 Habilidades com o Computador e a Internet DESTAQUES 007 O estudo sobre Habilidades com o Computador e a Internet da TIC Domicílios 007 apontou que: Praticamente metade da população brasileira

Leia mais

Integrando informação, indicadores e melhoria: experiências internacionais. OECD e da Europa. Niek Klazinga, QualiHosp Sao Paulo, April 3th 2012

Integrando informação, indicadores e melhoria: experiências internacionais. OECD e da Europa. Niek Klazinga, QualiHosp Sao Paulo, April 3th 2012 Integrando informação, indicadores e melhoria: experiências internacionais sobre assistência à saúde da OECD e da Europa Niek Klazinga, QualiHosp Sao Paulo, April 3th 2012 Por que a qualidade do cuidado

Leia mais

Financiamento das Iniciativas de Inclusão Digital

Financiamento das Iniciativas de Inclusão Digital Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Financiamento das Iniciativas de Inclusão Digital III IPAIT 07 / 06 / 2005 Mauricio Neves MSN@BNDES.GOV.BR Gerente Depto Indústria Eletrônica Área Industrial

Leia mais

ED 2068/09. 16 junho 2009 Original: inglês. Obstáculos ao consumo

ED 2068/09. 16 junho 2009 Original: inglês. Obstáculos ao consumo ED 2068/09 16 junho 2009 Original: inglês P Obstáculos ao consumo 1. Cumprimentando os Membros, o Diretor-Executivo recorda-lhes que, de acordo com o Artigo 33 do Convênio Internacional do Café de 2001

Leia mais

ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras

ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras Existem muitas empresas e investimentos espanhóis no Brasil. É a hora de ter investimentos brasileiros na Espanha Presidente Lula da Silva,

Leia mais

Resultados da atividade em grupo: Indicadores prioritários para medição das TIC em Moçambique Maputo, Moçambique 8 de Julho de 2015

Resultados da atividade em grupo: Indicadores prioritários para medição das TIC em Moçambique Maputo, Moçambique 8 de Julho de 2015 Resultados da atividade em grupo: Indicadores prioritários para medição das TIC em Moçambique Maputo, Moçambique 8 de Julho de 2015 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO Questões prioritárias Categorias prioritárias

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico DESTAQUES 2007 O Estudo sobre Comércio Eletrônico da TIC Domicílios 2007 apontou que: Quase a metade das pessoas que já utilizaram a internet declarou ter realizado

Leia mais

CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO

CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO International Coffee Organization Organización Internacional del Café Organização Internacional do Café Organisation Internationale du Café P CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO RELATÓRIO SOBRE O MERCADO CAFEEIRO

Leia mais

Evolução da renda no Governo Lula: Cinco conclusões definitivas. Reinaldo Gonçalves 1 4 março 2011

Evolução da renda no Governo Lula: Cinco conclusões definitivas. Reinaldo Gonçalves 1 4 março 2011 Evolução da renda no Governo Lula: Cinco conclusões definitivas Reinaldo Gonçalves 1 4 março 2011 A divulgação dos dados de evolução da renda do Brasil pelo IBGE e a base de dados do FMI permitem algumas

Leia mais

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 1. Visitações Diárias ( Y ) Visitas ( X ) Dia do mês 1.1) Janeiro 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15

Leia mais

Dados Abertos, Transparência e Acesso à Informação Brasília, dezembro 2013

Dados Abertos, Transparência e Acesso à Informação Brasília, dezembro 2013 Dados Abertos, Transparência e Acesso à Informação Brasília, dezembro 2013 II Seminário sobre a Lei de Acesso à Informação e Encontro sobre Credenciamento e Segurança da Informação CONTEXTO G2C Brasil

Leia mais

Estrutura da Apresentação. i. Onde estamos e como aqui chegámos: Evoluções da PAC desde a adesão de Portugal

Estrutura da Apresentação. i. Onde estamos e como aqui chegámos: Evoluções da PAC desde a adesão de Portugal Reflexões e preocupações para o sector dos pequenos ruminantes na PAC-pós 213 -------------------------------------------------------------------- Reunião da SPOC Evolução Recente dos Sistemas de Produção

Leia mais

Análise dos Resultados da TIC Empresas 2009

Análise dos Resultados da TIC Empresas 2009 Análise dos Resultados da TIC Empresas 2009 Série histórica 1. Introdução A Pesquisa TIC Empresas 2009 consolida uma série de tendências verificadas no uso das tecnologias de informação e comunicação pelo

Leia mais

Associação KNX Portugal

Associação KNX Portugal Associação KNX Portugal Organização KNX e rede de parceiros KNX Association International Page No. 3 Associações Nacionais: Membros Membros KNX Nacionais: Fabricantes: Empresas fabricantes ou representantes

Leia mais

Terceiro Sector, Contratualização para ganhos em saúde

Terceiro Sector, Contratualização para ganhos em saúde Terceiro Sector, Contratualização para ganhos em saúde 1º Encontro Nacional - Desafios do presente e do futuro Alexandre Lourenço www.acss.min-saude.pt Sumário Organizações do Terceiro Sector Necessidade

Leia mais

Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro

Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro Introdução O programa de fresas de metal duro para interpolar rosca da Dormer é abrangente e as ferramentas são de alta performance oferecendo ao usuário uma

Leia mais

http://www.amoportugal.org/

http://www.amoportugal.org/ OBJETIVOS A promoção de eventos de âmbito nacional com recurso à mobilização de Voluntários e ao envolvimento de parcerias públicas e privadas gratuitas. O desenvolvimento da cooperação e da solidariedade

Leia mais

São Paulo, 24 de novembro de 2005

São Paulo, 24 de novembro de 2005 São Paulo, 24 de novembro de 2005 CGI.br divulga indicadores inéditos sobre a internet no país Além de apresentar as pesquisas sobre penetração e uso da rede em domicílios e empresas, a entidade anuncia

Leia mais

PROGRAMA BANDA LARGA POPULAR

PROGRAMA BANDA LARGA POPULAR PROGRAMA BANDA LARGA POPULAR Outubro/2009 1 1. Objetivo 2. Benefícios 3. Programa 4. Impacto 2 OBJETIVO Facilitar o acesso da população do Estado de São Paulo ao serviço de Internet em banda larga por

Leia mais

Sessão de Informação ERASMUS+

Sessão de Informação ERASMUS+ Sessão de Informação ERASMUS+ 18 de março de 2014 - Universidade de Évora Instituto de Investigação e Formação Avançada PROGRAMA APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA PROGRAMAS INTERNACIONAIS PARA O ENSINO SUPERIOR

Leia mais

Políticas para Inovação no Brasil

Políticas para Inovação no Brasil Políticas para Inovação no Brasil Naercio Menezes Filho Centro de Políticas Públicas do Insper Baixa Produtividade do trabalho no Brazil Relative Labor Productivity (GDP per Worker) - 2010 USA France UK

Leia mais

www.cgi.br A EVOLUÇÃO DA INTERNET NO BRASIL 2005-2006 Comitê Gestor da Internet no Brasil www.cetic 25 de maio de 2007 RICYT, São Paulo

www.cgi.br A EVOLUÇÃO DA INTERNET NO BRASIL 2005-2006 Comitê Gestor da Internet no Brasil www.cetic 25 de maio de 2007 RICYT, São Paulo A EVOLUÇÃO DA INTERNET NO BRASIL Indicadores de uso da rede em domicílios e empresas 2005-2006 2006 Comitê Gestor da Internet no Brasil Augusto Cesar Gadelha Vieira Secretário de Política de Informática

Leia mais

IPv6: a próxima geração de IPs na Internet!

IPv6: a próxima geração de IPs na Internet! IPv6: a próxima geração de IPs na Internet! Antonio M. Moreiras moreiras@nic.br CONIP 14 o. Congresso de Inovação da Gestão Pública Governança da informação backoffice 05 de Junho de 2008 São Paulo - SP

Leia mais

Programa Nacional de Banda Larga 18 meses depois

Programa Nacional de Banda Larga 18 meses depois Programa Nacional de Banda Larga 18 meses depois Caio Bonilha Telebras 1 Câmara dos Deputados, 06/12/2011 Mercado de Banda Larga no Brasil Conexões Banda Larga por região 9% 2% 17% 63% 9% Norte Nordeste

Leia mais

FAQ Obrigatoriedade do GTIN

FAQ Obrigatoriedade do GTIN FAQ Obrigatoriedade do GTIN 1. O que é o GTIN? GTIN, acrônimo para Global Trade Item Number é um identificador para itens comerciais desenvolvido e controlado pela GS1, antiga EAN/UCC. GTINs, anteriormente

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais RESULTADO DO CENSO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2009 O Censo Escolar, realizado anualmente pelo

Leia mais

Projeto GeoCONVIAS abril 2009

Projeto GeoCONVIAS abril 2009 Projeto GeoCONVIAS abril 2009 Logica 2008. All rights reserved Agenda 1 2 3 4 5 6 7 8 Instituições Participantes Objetivo do Projeto Fluxo de Trabalho de CONVIAS Benefícios Escopo do Projeto Arquitetura

Leia mais

Public Debt Dívida Pública. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Conjuntura Económica. Estado e Governo. Public Debt / Dívida Pública

Public Debt Dívida Pública. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Conjuntura Económica. Estado e Governo. Public Debt / Dívida Pública dossiers Economic Outlook Conjuntura Public Debt Dívida Pública Last Update Última Actualização:08/12/2015 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2015 Portugal

Leia mais

TIC Empresas 2008 DESTAQUES

TIC Empresas 2008 DESTAQUES TIC Empresas 2008 DESTAQUES O percentual de empresas brasileiras que utilizam computador mantém-se estável no patamar de 94% no período entre 2007 e 2008. O uso da Internet entre empresas que possuem computadores

Leia mais

Os Desafios da Economia Portuguesa no Contexto Europeu e Mundial. João César das Neves Universidade Católica Portuguesa 8 de Julho de 2015

Os Desafios da Economia Portuguesa no Contexto Europeu e Mundial. João César das Neves Universidade Católica Portuguesa 8 de Julho de 2015 Os Desafios da Economia Portuguesa no Contexto Europeu e Mundial João César das Neves Universidade Católica Portuguesa 8 de Julho de 215 Pode o capitalismo sobreviver? «A tese que tentarei estabelecer

Leia mais

Seminário Internacional de Recursos Educacionais Abertos Brasília 19 de agosto de 2015

Seminário Internacional de Recursos Educacionais Abertos Brasília 19 de agosto de 2015 Seminário Internacional de Recursos Educacionais Abertos Brasília 19 de agosto de 2015 Comitê Gestor da Internet no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR CETIC UNESCO (*) Regional Center

Leia mais

HCC - HEALTH CARE COMPLIANCE

HCC - HEALTH CARE COMPLIANCE HCC - HEALTH CARE COMPLIANCE Discutir a importância do cumprimento dos requisitos de conformidade e comportamento ético à luz de leis e regulamentações estrangeira em vigor. FEIRA HOSPITALAR Junho de 2008

Leia mais