Fiscal Configurar Impostos Fiscais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fiscal Configurar Impostos Fiscais"

Transcrição

1 Fiscal Configurar Impostos Fiscais

2 Objetivo Configurar todos os impostos que refletirão na Nota Fiscal de Saída.

3 Pré- Requisitos As Taxas Tributárias dos Produtos devem ser devidamente cadastradas ( Fiscal > Códigos Fiscais > Cadastro de Taxa Tributária ). Os Produtos do estabelecimento devem ser devidamente cadastrados.

4 Configurar CFOP s que serão utilizados nas Notas Fiscais Selecione os CFOP s que serão utilizados nas Notas Fiscais. Selecione a opção Exibir Mensagem do Simples, para que o sistema exiba a mensagem do simples nacional ao emitir uma NF com este CFOP.

5 Configurar CFOP s que serão utilizados nas Notas Fiscais Clique sobre o botão Gravar.

6 Configurar Impostos dos Produtos Abra o Módulo Fiscal, selecione o menu Impostos e clique sobre a tela Cadastro de Tipo de Regra de Imposto.

7 Configurar Impostos dos Produtos Informe a Descrição do Tipo de Regra. Obs.: A descrição não influenciará no cálculo dos impostos.

8 Configurar Impostos dos Produtos Pressione o botão Gravar.

9 Configurar Impostos dos Produtos Abra o Módulo Fiscal, selecione o menu Impostos e clique sobre a tela Cadastro de Regra de Imposto.

10 Configurar Impostos dos Produtos No campo Tipo de Regra do Imposto, selecione o tipo cadastrado anteriormente. Deixe o campo Código em branco, e informe o UF de Origem (estado onde localiza -se a empresa emitente da NF) e o UF Destino (estado onde localizase o destinatário da NF).

11 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS O ICMS - Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços - é um imposto de competência estadual. Ele incide (base de cálculo) sobre a circulação de mercadorias, prestações de serviços de transporte interest dual, ou intermunicipal, de comunicações, de energia elétrica. Também sobre a entrada de mercadorias importadas e serviços prestados no exterior. O fato gerador é a saída da mercadoria do estabelecimento do contribuinte, fornecimento de refeições, prestação de serviços de transporte, entre outros. Cada Estado da Federação tem liberdade para adotar regras próprias relativas à cobrança desse imposto, respeitados os requisitos mínimos fixados na Constituição Federal e pelo Código Tributário Nacional.

12 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS Empresas contribuintes de ICMS : Empresas que se enquadram no RPA ( REGIME PERIÓDICO DE APURAÇÃO ) com receita bruta no ano-calendário anterior, superior a R$ ,00. Empresas do Simples Nacional com receita bruta em excesso ao limite diferenciado (R$ ,00 x N ou ,00 x N) devem apurar o ICMS.

13 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS Agora iremos configurar os valores de ICMS para esta regra. Informe a taxa tributária, a Base de cálculo e a alíquota do ICMS. Pressione o botão Gravar.

14 Vincular Rega de Imposto ao Produto No Cadastro de Produto do módulo Compras; Informe o produto e pressione o botão Alterar; Clique na aba Impostos, e selecione uma regra de imposto para este produto.

15 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS Ao Emitir uma Nota Fiscal, o ICMS será calculado automaticamente. A Fórmula para cálculo do ICMS na nota será a seguinte : ( Valor dos Produtos * Base de Cálculo ) / alíquota do ICMS = Valor do ICMS 100 * 40 / 18% = R$7,20

16 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS Substituição Tributária Substituição tributária é a transferência da responsabilidade pelo pagamento do imposto de um contribuinte vinculado ao fato gerador da obrigação tributária para outra pessoa. Substituto tributário: é o responsável pelo pagamento do tributo ( no exemplo abaixo os produtores ou fabricantes dos produtos seriam os substitutos tributários ). Substituído tributário: é o contribuinte de fato ( geralmente será o consumidor final do produto ). Em certos casos a responsabilidade pela apuração do ICMS ST é conferida aos produtores ou fabricantes dos produtos. IVA: Índice do Valor Agregado - Aplica-se ao valor da mercadoria ou serviço para formar a Base de Cálculo do ICMS ST. Corresponde à margem de lucro presumida determina pela SEFAZ para cada produto ou serviço.

17 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS Substituição Tributária O Valor da Substituição Tributária do produto pode ser calculado de 2 maneiras : 1. (Base de Cálculo do ICMS ST * Alíquota de ICMS ST) - (Base de Cálculo do ICMS * Alíquota de ICMS) Utilizando o IVA% do Produto. 2. O valor de ICMS ST também pode ser calculado pelo CST do produto. No exemplo a seguir iremos calcular o ICMS ST utilizando a primeira maneira.

18 Configurar Impostos dos Produtos ICMS ST Informe a Base de Cálculo do ICMS e a Alíquota de ICMS desta regra.

19 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS ST Informe a Base de Cálculo do ICMS ST e a Alíquota de ICMS ST deste produto. Para calcular a Base de Cálculo de ICMS Substituição Tributária do produto, utilize a seguinte fórmula : ( Custo do produto + IVA ) = Base de Cálculo R$ 100,00 + ( 10 % -> R$ 10,00 ) = R$ 110,00

20 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS Substituição Tributária Informe o IVA de substituição tributária do produto no Cadastro de Produto, caso a substituição tributária por IVA, seja calculada de forma diferenciada para cada produto.

21 Configurar Impostos dos Produtos - ICMS ST Selecione a Modalidade da Substituição Tributária que este produto se encontra. Selecione a opção Calcular Subst. Tributária pelo IVA do produto. para cálculo de IVA de acordo com a porcentagem informada no Cadastro do Produto. E grave o registro.

22 Vincular Rega de Imposto ao Produto No Cadastro de Produto do módulo Compras; Informe o produto e pressione o botão Alterar; Clique na aba Impostos, e selecione uma regra de imposto para este produto.

23 Registrar NF de produtos com ICMS ST No módulo Fiscal ao realizar o registro de uma Nota Fiscal, e pressionar F6 para informar o produto. Automaticamente os impostos configurados serão listados.

24 Configurar Impostos dos Produtos - IPI IPI - O imposto sobre produtos industrializados (IPI) incide sobre produtos industrializados, nacionais e estrangeiros. Produto industrializado é o resultante de qualquer operação definida no RIPI como industrialização, mesmo incompleta, parcial ou intermediária.

25 Configurar Impostos dos Produtos - IPI Agora iremos informar os valores de IPI para os produtos que serão inclusos nesta regra (pode-se também registrar uma nova regra, somente para IPI). Na tela Regra de Imposto, informe o Tipo de Regra; O UF de Origem e o UF de Destino; Clique sobre a aba IPI.

26 Configurar Impostos dos Produtos - IPI Clique sobre a aba IPI ; Informe os seguintes campos : Classe de Enquadramento, Cód. Enquadramento, Cód. Selo de Controle, Qtde Selo de Controle apenas se o estabelecimento utilizar Nota Fiscal Eletrônica, e que esteja sujeito ao IPI.

27 Configurar Impostos dos Produtos - IPI No campo Tipo de Cálculo : Informe a opção Porcentagem ou Valor. Caso selecione a opção PORCENTAGEM, o IPI do produto será cobrado em porcentagem, por exemplo: 5% do valor total do produto. Preencha o campo Alíquota do IPI (%) com a porcentagem do IPI que será utilizada no cálculo.

28 Configurar Impostos dos Produtos - IPI Caso selecione a opção VALOR o IPI do produto será cobrado em R$. Preencha o campo Valor por Unidade. Exemplo: Foram vendidos 3 unidades de um determinado produto, o tipo de cálculo está configurado para Valor por Unidade, com o seguinte valor: R$ 1,00. Diante disso o sistema irá calcular 3 * 1,00 =R$ 3,00 (Qtde. Vendida * Valor por Un.)

29 Configurar Impostos dos Produtos - IPI Clique sobre o botão Gravar para salvar os impostos configurados para o produto. IPI zerado NF-e: Selecione essa opção no caso de indústrias que são isentas de IPI. Neste caso o sistema terá que gerar a opção de IPI para a nota fiscal eletrônica, porém com os valores zerados.

30 Vincular Rega de Imposto ao Produto No Cadastro de Produto do módulo Compras; Informe o produto e pressione o botão Alterar; Clique na aba Impostos, e selecione uma regra de imposto para este produto.

31 Configurar Impostos dos Produtos - IPI Ao informar o produto na Nota Fiscal automaticamente o Alíquota do IPI será exibida.

32 Configurar Impostos dos Produtos - IPI O sistema informará na nota o valor em reais do IPI sobre o Preço dos Produtos. ( Valor do Produto / 100 * Alíquota do IPI )

33 Configurar Impostos dos Produtos PIS O Programa de Integração Social, mais conhecido como PIS/PASEP ou PIS, é uma contribuição social de natureza tributária, devida pelas pessoas jurídicas, com objetivo de financiar o pagamento do segurodesemprego e do abono para os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos.

34 Configurar Impostos dos Produtos PIS Informe o Tipo de Regra de Imposto ; Selecione o UF de Saída do produto ; Selecione o UF de Destino do produto.

35 Configurar Impostos dos Produtos PIS Clique sobre a aba PIS.

36 Configurar Impostos dos Produtos PIS Situação Tributária: Informe a situação tributária do PIS em que o seu estabelecimento se enquadra.

37 Configurar Impostos dos Produtos PIS Selecione no Campo Tipo de Cálculo a opção Porcentagem ou Valor.

38 Configurar Impostos dos Produtos PIS Informe a Alíquota do PIS de acordo com o que foi informado no campo Tipo de cálculo.

39 Configurar Impostos dos Produtos PIS Clique sobre o botão Gravar para salvar os impostos configurados para o produto.

40 Configurar Impostos dos Produtos COFINS A Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) é uma contribuição federal, de natureza tributária, incidente sobre a receita bruta das empresas em geral, destinada a financiar a seguridade social. A alíquota será de 7,6% para as empresas tributadas pelo lucro real (sistemática da não-cumulatividade) e de 3,0% para as demais. Tem por base de cálculo: O faturamento mensal (receita bruta da venda de bens e serviços), ou o total das receitas da pessoa jurídica. O termo "seguridade social" deve ser entendido dentro do capítulo próprio da Constituição Federal de 1988, e abrange a previdência social, a saúde e a assistência social. São contribuintes da COFINS as pessoas jurídicas de direito privado em geral, inclusive as pessoas a elas equiparadas pela legislação do Imposto de Renda, exceto as microempresas e as empresas de pequeno porte submetidas ao regime do Simples Nacional (Lc 123/2007), que recolhem a contribuição, além de outros tributos federais (IRPJ, CSLL, PIS, IPI e agora incluem-se o ICMS e o ISSQN) num único código de arrecadação que abarca todos esses tributos.

41 Configurar Impostos dos Produtos COFINS Informe o Tipo de Regra de Imposto ; Selecione o UF de Saída do produto ; Selecione o UF de Destino do produto.

42 Configurar Impostos dos Produtos COFINS Clique sobre a aba COFINS.

43 Configurar Impostos dos Produtos COFINS Situação Tributária: Informe a situação tributária do COFINS em que o seu estabelecimento se enquadra.

44 Configurar Impostos dos Produtos COFINS Selecione no Campo Tipo de Cálculo a opção Porcentagem ou Valor; E informe o valor de COFINS, e grave a regra.

45 Informar Regime Tributário do Cliente O regime tributário do cliente deve ser informado no cadastro do cliente jurídico: Por que informar o Regime Tributário do cliente? Empresas que se enquadram no Simples Nacional, ao emitir uma Nota Fiscal para clientes pertencentes ao Lucro Presumido ou Lucro Real devem exibir a mensagem do Simples Nacional, neste caso obrigatoriamente o regime tributário deve ser informado no Cadastro de Cliente. Caso a mensagem esteja configurada para ser exibida a todos os clientes, não será necessário informar o Regime Tributário do cliente.

46 Informar Regime Tributário do Cliente No Módulo Retaguarda, selecione o menu Cliente e clique sobre a tela Cadastro de Cliente.

47 Informar Regime Tributário do Cliente Selecione no tipo de Cliente a opção jurídico e preencha os demais campos com os dados do cliente.

48 Informar Regime Tributário do Cliente No campo Regime Tributário, selecione a Situação Tributária do cliente.

49 Informar Regime Tributário do Cliente Selecione a situação Tributária do cliente e pressione o botão Gravar. Na imagem abaixo, selecionamos a opção RPA Lucro Presumido, pois iremos configurar a mensagem do Simples apenas para clientes do Lucro Real ou Presumido.

50 Informar % ICMS do Simples Nacional Informe a % de ICMS e pressione o botão Gravar. Agora iremos informar a porcentagem de ICMS do Simples Nacional em que a empresa emitente da NF se enquadra. Fiscal > Códigos Fiscais > Cadastro de ICMS do Simples Nacional

51 Configurar CFOP para Mensagem do Simples Nacional Selecione o CFOP que será utilizado na Nota Fiscal que exibirá a mensagem do Simples Nacional, marque a opção Exibir Mensagem do Simples e pressione o botão Gravar. Fiscal > Códigos fiscais > Configurar CFOP

52 Configurar Mensagem do Simples Nacional Para que a Mensagem do Simples Nacional seja exibida somente para clientes do Lucro Real ou Presumido a configuração selecionada na imagem abaixo deve está marcada. Fiscal > Códigos Fiscais > Configuração > Aba Configurações 2

53 Emitir Nota Fiscal Na tela Emitir Nota Fiscal, selecione o CFOP configurado para exibir a mensagem do simples. Informe o cliente jurídico, cadastrado anteriormente. Pressione F6 para informar os produtos da Nota.

54 Emitir Nota Fiscal Informe o produto da nota, pressione Enter até que ele seja inserido na grade, e clique sobre o botão OK.

55 Emitir Nota Fiscal Na parte da nota, na qual seria informado os impostos de ICMS deve ser exibida a seguinte mensagem Este documento não transfere crédito de ICMS.

56 Emitir Nota Fiscal A mensagem do Simples Nacional aparecerá na parte inferior da Nota Fiscal.

57 Emitir Nota Fiscal Para salvar a Nota fiscal, pressione o botão Gravar.

58 Exercício : 1. Cadastre um produto no sistema. 2. Configure os impostos de ICMS para o produto cadastrado anteriormente, utilize os seguintes valores : Base de Cal. ICMS : 80, Alíquota do ICMS : 18,00 Taxa Tributária : 18%. 3. Faça uma Nota Fiscal e informe este produto. ( Caso tenha dúvidas veja o help Fiscal - Nota Fiscal - Como emitir uma Nota Fiscal passo a passo ).

59 Fiscal Configurar Impostos Fiscais J. N. MOURA INFORMÁTICA

Fiscal Configurar Impostos Fiscais

Fiscal Configurar Impostos Fiscais Fiscal Configurar Impostos Fiscais Objetivo Configurar todos os impostos que refletirão na Nota Fiscal de Saída. Pré- Requisitos As Taxas Tributárias dos Produtos devem ser devidamente cadastradas ( Fiscal

Leia mais

Fiscal Configurar Impostos por Estado. Próximo >>

Fiscal Configurar Impostos por Estado. Próximo >> Fiscal Configurar Impostos por Estado Objetivo: Configurar a porcentagem de ICMS por Estado; Configurar a porcentagem de ICMS ST por Estado; Configurar a porcentagem de IPI por Estado. Configurar Impostos

Leia mais

Nota Fiscal. -Como cadastrar, configurar e emitir

Nota Fiscal. -Como cadastrar, configurar e emitir Nota Fiscal -Como cadastrar, configurar e emitir Informe o CFOP na nota CFOP = CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES ENTRADA São códigos numéricos que identificam uma nota fiscal 1.000 ENTRADA E/OU AQUISIÇÕES

Leia mais

Conteúdo. 1.0 SPED Fiscal Regras Fiscais 2013... 3. 1.1 Perfil de apresentação do arquivo digital do SPED Fiscal... 3

Conteúdo. 1.0 SPED Fiscal Regras Fiscais 2013... 3. 1.1 Perfil de apresentação do arquivo digital do SPED Fiscal... 3 SPED Fiscal 2013 Conteúdo 1.0 SPED Fiscal Regras Fiscais 2013... 3 1.1 Perfil de apresentação do arquivo digital do SPED Fiscal... 3 2.0 Pré-requisitos para a elaboração do arquivo do SPED FISCAL... 3

Leia mais

Como utilizar o cadastro de Tributos de Mercadorias (NCM) Sumário

Como utilizar o cadastro de Tributos de Mercadorias (NCM) Sumário Como utilizar o cadastro de Tributos de Mercadorias (NCM) Sumário Como utilizar o cadastro de Tributos de Mercadorias (NCM)... 1 O que é o cadastro de Tributos de Mercadorias?... 2 O que é Tributação Padrão?...

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualiar os preços dos produtos de meia nota

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualiar os preços dos produtos de meia nota Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualiar os preços dos produtos de meia nota Abra a tela de Entrada de Produto Abra o módulo Retaguarda, clique no menu

Leia mais

Como consultar o histórico de pagamentos

Como consultar o histórico de pagamentos Histórico de Pagamentos Como consultar o histórico de pagamentos O histórico de pagamentos registra todos os pagamentos feitos no estabelecimento para todos os tipos de vendas. Pode ser considerado uma

Leia mais

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999)

- No primeiro campo informe o numero da empresa que serão copiadas as informações.(ex: 9999) 1 2 1. Duplicação das informações de uma empresa para outra Juntamente com a instalação do sistema Office encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e 130729 SUMÁRIO EMISSÃO DE NFS-E... 2 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 SELEÇÃO DA EMPRESA... 4 CONFERÊNCIA DOS DADOS E EMISSÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-E

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-E MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-E SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

Como cadastrar um produto usando o Futura Server

Como cadastrar um produto usando o Futura Server Cadastro do Produto Como cadastrar um produto usando o Futura Server Aqui temos dicas importantes para cadastrar seu produto antes de realizar as suas movimentações. Com o Futura Server aberto, acesse

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 4 FUNCIONALIDADE... 4 4.1 Registrar Nota de Entrada... 4 4.1.1 Manual (Entrada das informações manualmente)...

Leia mais

SAD Gestor ERP. Módulo Estoque. Cadastro de Produto Escrita Fiscal. Seja Bem Vindo!

SAD Gestor ERP. Módulo Estoque. Cadastro de Produto Escrita Fiscal. Seja Bem Vindo! SAD Gestor ERP Módulo Estoque Cadastro de Produto Escrita Fiscal Seja Bem Vindo! Introdução O planejamento tributário deve fazer parte do cotidiano da empresa. É uma decisão estratégica que pode determinar

Leia mais

Informativo de Versão 18.12

Informativo de Versão 18.12 Informativo de Versão 18.12 Índice ERP Posto... 2 Cadastro Contrato de Abastecimento (Chamado 21982)... 2 Resulth Business... 3 Entrada de Produtos (Chamado 24400)... 3 ERP Faturamento... 4 Consulta Preço

Leia mais

MODIFICAÇÕES DO NACIONAL

MODIFICAÇÕES DO NACIONAL Fecomércio MG Jurídico MODIFICAÇÕES DO NACIONAL Outubro de 2014 www.fecomerciomg.org.br S umário O que é o Simples Nacional... 3 Quem pode optar pelo Simples Nacional... 4 Modificações...5 Principais modificações

Leia mais

Esse é um tutorial que explica as funcionalidades da guia Cadastro na tela de compras do ces_adm. Descrição dos tópicos abaixo:

Esse é um tutorial que explica as funcionalidades da guia Cadastro na tela de compras do ces_adm. Descrição dos tópicos abaixo: Esse é um tutorial que explica as funcionalidades da guia Cadastro na tela de compras do ces_adm. Descrição dos tópicos abaixo: 1. Emissão: Determina o tipo da emissão da nota fiscal a ser cadastrada.

Leia mais

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos SIMPLES NACIONAL Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais Versão 11 Data da publicação : 19/09/12 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Chamado : TEFEDJ, TEOBFL, TEPAYH, TERPUB, TFKZDD Esta melhoria

Leia mais

Nota: Para utilizar o quadro: LOCAL DE ENTREGA use as mesmas orientações acima, só que nesse caso, será para o local de entrega.

Nota: Para utilizar o quadro: LOCAL DE ENTREGA use as mesmas orientações acima, só que nesse caso, será para o local de entrega. EMISSÃO DA NF-E OBSERVAÇÕES: NF-e: Sugerimos que fale com um contador para que o auxilie sobre quais campos preencher e como preenchê-los para a emissão da NF-e. Informaremos aqui apenas os locais onde

Leia mais

Cartilha Básica Sobre Tributação e Aplicação em Drogarias

Cartilha Básica Sobre Tributação e Aplicação em Drogarias BIG AUTOMAÇÃO Cartilha Básica Sobre Tributação e Aplicação em Drogarias Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5 Imposto... 5 Taxa... 5 Contribuição... 5 Tributos... 5

Leia mais

INCLUSÃO DO PROCESSO IMPORTAR TABELA IBPT :

INCLUSÃO DO PROCESSO IMPORTAR TABELA IBPT : INCLUSÃO DO PROCESSO IMPORTAR TABELA IBPT : Importar tabela IBPT Através desta tela você pode importar a tabela Ibptax, fornecida pelo instituto brasileiro de planejamento tributário (IBPT). Esta tabela

Leia mais

Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi

Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi Elaborado por Marcos Matos Revisado por C. Douglas de Souza e Carina Gonçalves Aprovado por Paulo Bernardi Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. SOBRE O GUIA... 3 1.2. INTRODUÇÃO AO EFD... 3 2. PRÉ-INSTALAÇÃO...

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

CEST CÓDIGO ESPECIFICADOR DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

CEST CÓDIGO ESPECIFICADOR DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA CEST CÓDIGO ESPECIFICADOR DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Versão (1.0) Histórico de Revisões DATA VERSÃO DESCRIÇÃO (PROJETO) AUTOR 07/03/2016 1.0 Desenvolvimento do documento. Estéfano Paulo Franco da Silva

Leia mais

Entrada de Produtos. Supermercados

Entrada de Produtos. Supermercados Entrada de Produtos Supermercados 1 Objetivo: Cadastrar a entrada dos produtos no sistema permite o controle do estoque e o controle financeiro. O objetivo do texto é explicar como cadastrar as notas fiscais

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP 1. Certificado Digital - Antes de mais nada você precisa possuir um certificado digital

Leia mais

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE?

NFe e NFCe Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? Como emitir nota fiscal pelo Lince? COMO EMITIR NOTA FISCAL PELO LINCE? O que é a Nota Fiscal Eletrônica? Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) tem como intuito emitir e armazenar eletronicamente, para fins fiscais,

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL

MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA NIVEL BÁSICO SPED FISCAL 1 INDICE Informações importantes sobre o SPED...... 03 Entrando no sistema...... 04 Configurando o acesso à base de dados Access ou MySQL... 04 Cadastros... 05

Leia mais

SIGLA IMPOSTOS DE NOTAS FISCAIS ICMS, ICMS-ST, IPI, PIS E COFINS

SIGLA IMPOSTOS DE NOTAS FISCAIS ICMS, ICMS-ST, IPI, PIS E COFINS 1 SIGLA IMPOSTOS DE NOTAS FISCAIS ICMS, ICMS-ST, IPI, PIS E COFINS 2 INTRODUÇÃO Todas as Notas Fiscais geradas pelo sistema, estão amarradas com duas variáveis que vão determinar o cálculo do ICMS, ICMS-ST,

Leia mais

NOTA FISCAL COMPLEMENTAR. Serão emitidas notas fiscais complementares nos casos abaixo:

NOTA FISCAL COMPLEMENTAR. Serão emitidas notas fiscais complementares nos casos abaixo: NOTA FISCAL COMPLEMENTAR Serão emitidas notas fiscais complementares nos casos abaixo: a) no reajustamento de preço em razão de contrato escrito ou de qualquer outra circunstância que implique aumento

Leia mais

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe.

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. Após clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NF-e, o sistema irá exibir uma série de

Leia mais

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO 1 PARÂMETROS 1.1 Aba Geral 1. No quadro Período, no campo: Observação: Após ser efetuado o cálculo de qualquer período, o campo Inicial, não poderá mais ser alterado. Inicial, informe

Leia mais

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800

Tesche & Vasconcelos - Ciaf. Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Emissão primeira NF-e pelo Ciaf-800 Para emissão da primeira Nota Fiscal eletrônica pelo Ciaf-800 a mesma deve ser obrigatoriamente uma nota de teste. Para que possa efetuar esta emissão faça o seguinte

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos ICMS na Base de Cálculo do PIS e da COFINS nos Registros F500 e 1900 da EFD Contribuições

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos ICMS na Base de Cálculo do PIS e da COFINS nos Registros F500 e 1900 da EFD Contribuições ICMS na Base de Cálculo do PIS e da COFINS nos Registros F500 e 1900 da EFD Contribuições 08/08/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria...

Leia mais

Movimentação de Frete

Movimentação de Frete Movimentação de Frete O objetivo desse procedimento é registrar no sistema as movimentações de CTR (Conhecimento de Transporte Rodoviário). Para realizar o lançamento de um CTR proceda da seguinte forma:

Leia mais

Retaguarda Entrega / Romaneio

Retaguarda Entrega / Romaneio Retaguarda Entrega / Romaneio Objetivo : Cadastrar a entrega de produtos das vendas do sistema ; Cadastrar Sequências de visitas ou Rotas para um determinado vendedor. Pré- Requisito : 1. O motorista que

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

SPED Fiscal (EFD) - O que é? - Como gerar o arquivo utilizando o SisMoura.

SPED Fiscal (EFD) - O que é? - Como gerar o arquivo utilizando o SisMoura. SPED Fiscal (EFD) - O que é? - Como gerar o arquivo utilizando o SisMoura. O que é? A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos

Leia mais

APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER

APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER A integração de dados do Controller com a contabilidade, seja com o sistema Contábil ou com qualquer outro sistema, é feita através de lotes. Os lançamentos seguem a estrutura

Leia mais

Manual de Integração do Contribuinte Online

Manual de Integração do Contribuinte Online INDÍCE ANALÍTICO Considerações Gerais 1 Acesso ao Ambiente Seguro 2 Cadastro de NF-e 6 Campo NF-e 7 Campo NF-e Referenciada 8 Campo Emitente 9 Campo Destinatário 10 Campo Produto 11 Produto Automotor 13

Leia mais

Manual - Emissão de nota fiscal

Manual - Emissão de nota fiscal Manual - Emissão de nota fiscal Transferência de ICMS entre Estabelecimentos. Emissão: 22/05/2010 Revisão: 27/05/2015 Revisado por: Juliana 1- Cadastrar texto da lei para sair na observação da NF. Como

Leia mais

OBS: Para auxílo na configuração de impostos e quais CFOPs(operações fiscais) usar, sempre consultar informações com o contador da empresa.

OBS: Para auxílo na configuração de impostos e quais CFOPs(operações fiscais) usar, sempre consultar informações com o contador da empresa. Como fazer uma NFe de Importação? A NFe de importação tem algumas particularidades. Resumidamente O fornecedor final precisa estar localizado em uma cidade do Exterior; Tem algumas diferenciações nos impostos

Leia mais

Acesso a NFA-e para não contribuinte:

Acesso a NFA-e para não contribuinte: Acesso a NFA-e para não contribuinte: Através da pagina da Secretaria de Estado da Fazenda (www.sef.sc.gov.br) o contribuinte não credenciado no Sistema de Administração Tributária (S@T) poderá emitir

Leia mais

Dados da NF-e KATIA REGINA DO NASCIMENTO CAMPINAS - ME LUIZ LAURO FERREIRA FILHO. Versão do Processo 3.10.60. Tipo da Operação.

Dados da NF-e KATIA REGINA DO NASCIMENTO CAMPINAS - ME LUIZ LAURO FERREIRA FILHO. Versão do Processo 3.10.60. Tipo da Operação. Chave de Acesso 35-1507-01.080.408/0001-83-55-001-000.002.369-169.504.064-4 Número NF-e 2369 Versão 3.10 Dados da NF-e Modelo Série Número Data de Emissão Data Saída/Entrada Valor Total da Nota Fiscal

Leia mais

1. Fluxo de documentação

1. Fluxo de documentação 1. Fluxo de documentação É de fundamental importância o envio de toda documentação financeira para atender as exigências impostas pelo fisco e evitar problemas futuros à empresa. Prazo de envio: É ideal

Leia mais

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido 1º Acesse o menu Controle, opção Parâmetros, clique na guia Impostos, e certifique-se de que estão incluídos os impostos do regime 4- Pis e 5 Cofins. Na guia Federal,

Leia mais

Cadastro de Tabelas de Preços

Cadastro de Tabelas de Preços Cadastro de Tabelas de Preços Para incluir uma nova tabela de preço de produtos, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros em seguida clique na opção Tabelas de

Leia mais

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS O que é SPED? É um arquivo de texto que detalha todas as movimentações fiscais da empresa em um determinado período, listando todas as operações de compra (Notas de compra)

Leia mais

ALTERAÇÕES RECENTES NA LEGISLAÇÃO DO ICMS

ALTERAÇÕES RECENTES NA LEGISLAÇÃO DO ICMS ALTERAÇÕES RECENTES NA LEGISLAÇÃO DO ICMS PROGRAMA Utilização da carta de correção Ajuste SINIEF 01/07 e Decreto n. 51.801/07 Nota Fiscal Eletrônica NF-e (Estadual) Obrigatoriedade de uso em 2008 Ajuste

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

CONFIGURAÇÕES NF-e Versão 2.0

CONFIGURAÇÕES NF-e Versão 2.0 A partir da versão 6.01, o sistema ADICION passa a trabalhar de acordo com o Manual de Integração Contribuinte Versão 4.0.1-NT2009.006 (NF-e versão 2.0), que entrará em vigor a partir de 01 de abril de

Leia mais

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES

GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES GUIA PRÁTICO EFD-CONTRIBUIÇÕES Maio de 2012 O QUE É A EFD-Contribuições trata de arquivo digital instituído no Sistema Publico de Escrituração Digital SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas de direito

Leia mais

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62...

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62... 1 2 Índice Módulo Empresa......4...4 Módulo Fiscal......8...8 Módulo Folha......28 Módulo Contabil......48...48 Integração Contabil......62...62 3 4 5 1. Cadastro de empresa Antes de iniciar os trabalhos

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Nota Fiscal Eletrônica Divulga orientação sobre como gerar a NF-e em situações específicas que têm suscitado dúvidas pelos Contribuintes do ICMS. Novembro-2012 Pág. 1 / 51 Sumário Orientação para

Leia mais

Manual de Faturamento

Manual de Faturamento Manual de Faturamento Bureau & Redsystem Software Para Emissão da Nota Eletrônica, e necessários o preenchimento correto do Cadastro de Clientes, Cadastro de Produtos, Código Fiscal e Controle de ICMS,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

Tutorial para emissão de NF-e

Tutorial para emissão de NF-e Tutorial para emissão de NF-e Conteúdo 1.Configuração do Módulo de NF-e... 2 1.1.Códigos Fiscais... 3 1.2.Contas Contábeis... 4 1.3.Conta corrente... 6 2.Emissão de NF-e... 8 2.1.Gerar NF-e... 9 2.2.NF-e

Leia mais

Na primeira vez de usar:

Na primeira vez de usar: MANUAL DE USUÁRIO EV2014 Na primeira vez de usar: Veja a figura de estrutura de programa: CLIENTES DESTINATARIO PRODUTOS 2. PEDIDOS CÓDIGO DE TRIBUTOS 1.CADASTRO DE BANCO DE DADOS 3. NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

MANUAL GESTOR MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail]

MANUAL GESTOR MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL GESTOR [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL AVANÇO MANUAL INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula de Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos Instalação - Primeiros Passos 1- O download da ultima versão do sistema é disponibilizado em nosso site do no link http://www.tvsistemas.com.br/downloads.html 2- Após realizar o download execute o instalador,

Leia mais

Boletim Técnico. Transferência Crédito ICMS na NF-e

Boletim Técnico. Transferência Crédito ICMS na NF-e Transferência Crédito ICMS na NF-e Produto : Datasul Faturamento TOTVS 12 Chamado : TRFOE6 Data da criação : 26/01/2015 Data da revisão : 26/01/2015 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos Efetuada

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e)

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) Diretoria Geral de Tributos Biguaçu, Janeiro de 2012 INTRODUÇÃO

Leia mais

Palestra. Créditos Fiscais (ICMS/ IPI/ PIS e COFINS) Julho 2012. Elaborado por: Katia de Angelo Terriaga

Palestra. Créditos Fiscais (ICMS/ IPI/ PIS e COFINS) Julho 2012. Elaborado por: Katia de Angelo Terriaga Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

O IMPACTO DOS TRIBUTOS NA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA

O IMPACTO DOS TRIBUTOS NA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA TRIBUTOS CARGA TRIBUTÁRIA FLS. Nº 1 O IMPACTO DOS TRIBUTOS NA FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA 1. - INTRODUÇÃO A fixação do preço de venda das mercadorias ou produtos é uma tarefa complexa, onde diversos fatores

Leia mais

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA TRABALHANDO COM SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA 1 Entendendo o Negócio: Substituição Tributária (ST) é um tributo criado e implementado pelas Unidades da Federação antes do advento da atual Constituição Federal,

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

Layout Soma NF-e 2.4.5

Layout Soma NF-e 2.4.5 Layout Soma NF-e 2.4.5 Leiaute para ENTRADAS e SAÍDAS Delimitador ';' Formato Data: dd/mm/yyyy Separador decimal '.' Campos não obrigatórios null e delimitador null; Obrigatoriedade S=Sim N=Não OS= Opicional

Leia mais

Manual de documento de arrecadação GNRE

Manual de documento de arrecadação GNRE Manual de documento de arrecadação GNRE Sumário 1. Códigos de receita ICMS... 3 1.1. Cadastro dos códigos de receita... 3 1.2. Consultando a tabela de códigos de receita ICMS... 4 2. Documento de arrecadação...

Leia mais

DIRF 2011. Secretaria da Receita Federal do Brasil

DIRF 2011. Secretaria da Receita Federal do Brasil DIRF 2011 O que é a DIRF? É a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte feita pela FONTE PAGADORA, destinada a informar à Secretaria da Receita Federal o valor do Imposto de Renda retido na fonte,

Leia mais

Layout Soma NF-e 2.4

Layout Soma NF-e 2.4 Layout Soma NF-e 2.4 Leiaute para ENTRADAS e SAÍDAS Delimitador ';' Formato Data: dd/mm/yyyy Separador decimal '.' Campos não obrigatórios null e delimitador null; Dados da Nota - 1:1 Reg Campo Pos Tipo/Tamanho

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO -

- GUIA DO EMPRESÁRIO - - GUIA DO EMPRESÁRIO - NF ELETRONICA LUCRO PRESUMIDO MUNICIPIO DE SÃO PAULO Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/14 Este é um roteiro para emissão de NF-eletronica.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO

ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE IMPORTAÇÃO 1. Introdução: Toda mercadoria procedente do exterior, importada a título definitivo ou não, sujeita ou não ao pagamento do imposto

Leia mais

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço Desenvolvimento 26700 Versão 2006 Release 96 Autor Francisca Cruz Processo: Vendas Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço Acesso Vendas Movimentações Motivação

Leia mais

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER

ROTEIRO SOBRE NOTAS DE IMPORTAÇÃO CONTROLLER Inicialmente, o mais importante O objetivo deste material é apresentar como deve-se proceder em todas as fases, o cadastramento de uma Nota de Importação no Controller. Este material abordará os tópicos

Leia mais

DANFE Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica

DANFE Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica RECEBEMOS DE ABRIL COMUNICACOES SA - Sao Paulo OS PRODUTOS E/OU SERVIÇOS CONSTANTES DA NOTA ELETRÔNICA INDICADA AO LADO NOTA FISCAL IDENTIFICAÇÃO E ASSINATURA DO RECEBEDOR: CNPJ do EMITENTE Nº DATA DE

Leia mais

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF)

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF) 1 Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão SEM Impressora de cupom fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa...3 2. Configurações dos Parâmetros......3 3. Cadastro de cliente...4

Leia mais

Manual SPED Fiscal MANUAL SPED FISCAL

Manual SPED Fiscal MANUAL SPED FISCAL MANUAL SPED FISCAL Digisat Tecnologia Ltda Rua Marechal Deodoro, 772 Edifício Mirage 1º Andar Sala 5 e 6 Centro Concórdia/SC CEP: 89700-000 Fone/Fax: (49) 3441-1600 suporte@digisat.com.br www.digisat.com.br

Leia mais

DICIONÁRIO DE TRIBUTOS

DICIONÁRIO DE TRIBUTOS DICIONÁRIO DE TRIBUTOS CGC/MF - Cadastro Geral de Contribuintes do Ministério da Fazenda. Substituído pelo CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), da Receita Federal, identifica cada pessoa jurídica

Leia mais

Assessoria Tributária e Contábil Zanardi

Assessoria Tributária e Contábil Zanardi A emissão da nota fiscal complementar através do emissor gratuito está condicionada as seguintes informações: Na aba Dados da NF-e\ NF-e Informar a natureza da operação, exemplo: Complemento de ICMS, e

Leia mais

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Sumário Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido 1. Cadastro de Empresas... 2 2. Cadastro de Participantes...

Leia mais

Versão 8.2C-07. Versão da Apostila de Novidades: 1

Versão 8.2C-07. Versão da Apostila de Novidades: 1 Versão 8.2C-07 Versão da Apostila de Novidades: 1 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

A seguir segue a configuração no CONSISANET da geração do DARF de uma empresa por lucro presumido:

A seguir segue a configuração no CONSISANET da geração do DARF de uma empresa por lucro presumido: GERAÇÃO DE DARF COM DEDUÇÃO PIS\COFINS\IRPJ\CSLL IRPJ. VENDA DE VEÍCULOS USADOS Nas operações de venda de veículos usados, adquiridos para revenda, inclusive quando recebidos como parte do pagamento do

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos Instalação - Primeiros Passos 1 O download da ultima versão do sistema é disponibilizado em nosso site do no link http://www.tvsistemas.com.br/downloads.html 2 Após realizar o download execute o instalador,

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos PIS e COFINS sobre Reposição de Peça em Garantia

Parecer Consultoria Tributária Segmentos PIS e COFINS sobre Reposição de Peça em Garantia PIS e COFINS sobre Reposição de Peça em Garantia 06/11/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão...

Leia mais

DECLARAÇÕES Lucro Presumido, Isentas e Simples

DECLARAÇÕES Lucro Presumido, Isentas e Simples DECLARAÇÕES Lucro Presumido, Isentas e Simples Wagner Mendes Contador, Pós-Graduado em Controladoria, Auditoria e Tributos, Consultor Tributário, Especialista em Tributos Federais, Contabilidade e Legislação

Leia mais

Sumário. Apresentação, xi. 1 Introdução, 1. 2 Tributos federais e contribuições sociais, 31. Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), 31

Sumário. Apresentação, xi. 1 Introdução, 1. 2 Tributos federais e contribuições sociais, 31. Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), 31 Apresentação, xi 1 Introdução, 1 1.1 Fundamentos de contabilidade: a obrigatoriedade da escrituração contábil, 1 1.2 Fundamentos de tributos, 9 1.3 Plano de contas de referência, 20 2 Tributos federais

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Venda entrega futura para optantes pelo regime Simples Nacional

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Venda entrega futura para optantes pelo regime Simples Nacional Venda 20/08/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1. Consulta Receita Federal... 3 2.2. PN CST 73/1973... 4 2.3. RIR/99... 4 3. Análise da Consultoria...

Leia mais

QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS IMPOSTOS MAIS IMPORTANTES - PARTE Il

QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS IMPOSTOS MAIS IMPORTANTES - PARTE Il QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS IMPOSTOS MAIS IMPORTANTES - PARTE Il! Programa de Integração Social - PIS! Contribuição Social sobre o Lucro Líquido - CSLL! Imposto sobre Produtos Industrializados

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PEDIDO ARQUIVO > VENDAS > PEDIDO REALIZAÇÃO E IMPRESSÃO PEDIDOS SOLICITADOS POR CLIENTES. 1. S PRINCIPAIS: a) SAIR: Sai da tela; b) LIMPAR TELA: Limpa a tela para realizar um novo pedido; c) SALVAR: Salva

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições

Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Previdenciária sobre a Receita - EFD Contribuições Roteiro de Escrituração das Contribuições Sociais (Pessoa Jurídica

Leia mais

SAFRAS & CIFRAS TRIBUTAÇÃO INCIDENTE SOBRE FATURAMENTO - PARTE II EMPRESÁRIO RURAL PESSOA JURÍDICA

SAFRAS & CIFRAS TRIBUTAÇÃO INCIDENTE SOBRE FATURAMENTO - PARTE II EMPRESÁRIO RURAL PESSOA JURÍDICA TRIBUTAÇÃO INCIDENTE SOBRE FATURAMENTO - PARTE II EMPRESÁRIO RURAL PESSOA JURÍDICA * Carla Hosser * Leticia de Oliveira Nunes * Litiele Maltezahn * Priscila Duarte Salvador * Rosana Vieira Manke Diante

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

MANUAL DO SPED FISCAL

MANUAL DO SPED FISCAL MANUAL DO SISTEMA TOP FOR WINDOWS ESCRITA FISCAL - SKILL MANUAL DO SPED FISCAL VERSÃO 2.11 Equipe de Especialistas: Claudio Aparecido Medeiros Cristiano Besson Ederson Von Mühlen Diretor Responsável: João

Leia mais

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7 8. Clique e veja o compromisso do dia.

Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado. Clique e veja o compromisso do dia. 6 7 8. Clique e veja o compromisso do dia. Atenção 01 Aqueles contribuintes obrigados ao envio mensal do arquivo SINTEGRA à SEFAZ, devem observar a data de entrega, conforme definido pelo fisco. Atenção 02 Essas informações não substituem aquelas

Leia mais

GUIA PARA GERAÇÃO DO SPED PIS/COFINS LBCGAS STATION VERSÃO DESTE GUIA: 1.0. Janeiro de 2012

GUIA PARA GERAÇÃO DO SPED PIS/COFINS LBCGAS STATION VERSÃO DESTE GUIA: 1.0. Janeiro de 2012 GUIA PARA GERAÇÃO DO SPED PIS/COFINS LBCGAS STATION VERSÃO DESTE GUIA: 1.0 Janeiro de 2012 AS INFORMAÇÕES (LEIS, DECRETOS, PORTARIAS, LAYOUTS) AQUI CONTIDAS FORAM EXTRAÍDAS DE VÁRIAS FONTES E PODEM TER

Leia mais