PLANO DE CURSO 1ª SÉRIE ANO: 2008

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE CURSO 1ª SÉRIE ANO: 2008"

Transcrição

1 PLANO DE CURSO 1ª SÉRIE ANO: 2008 CURSO: MEDICINA DEPARTAMENTO: SAÚDE COLETIVA DISCIPLINA: IMUNOLOGIA BÁSICA CARGA HORÁRIA: 72h/a PROFESSORES: Prof. Dr. Valmir Laurentino Silva Prof a. Dr a. Maria das Graças Freire EMENTA: A disciplina de Imunologia Básica proporciona aos discentes do curso de graduação em medicina os fundamentos para a compreensão dos fenômenos fisiológicos mediados pelo sistema imunitário. Esta disciplina foi organizada de maneira que uma aula funcione com pré-requisito da aula seguinte e assim sucessivamente, iniciando-se pelo estabelecendo uma linguagem imunológica por meio da discussão dos conceitos clássicos e da apresentação dos elementos do sistema imunitário, finalizando, com o estudo das ações desse sistema na defesa frente aos agentes infecto-parasitários, os métodos de imunodiagnóstico e imunizações. PRÉ-REQUISITOS (se for o caso): OBJETIVOS DA DISCIPLINA: A disciplina de Imunologia Básica tem o propósito de atuar de maneira integrada com as demais disciplinas do curso de graduação em medicina de modo a permitir o desenvolvimento e formação de profissionais de elevado grau, transmitindo conhecimentos, habilidades e atitudes adequadas aos médicos. Objetivos Cognitivos (Intelectuais) e Psicomotores (Habilidades): Conhecer e ser capaz aplicar os conceitos básicos da imunologia em associação com outras disciplinas e atividades da medicina, adquirindo uma visão global e mais integrada do cliente.

2 Ter uma formação médica ampla, generalista, permitindo atuações compatíveis a medicina preventiva, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado, melhorando a saúde da população, no contexto biológico, psicológico e social. Ter formação sólida no campo da imunologia que permita o desenvolvimento de raciocínio e senso crítico em condições de praticar a medicina com elevado rigor científico, como à proposta na prática da medicina baseada em evidências. Objetivos Afetivos (Atitudes, Sentimentos): Ter uma visão ampla da Imunologia compreendendo a sua área de atuação, sua importância e a sua interdependência com outras áreas da medicina; conduzir sua capacidade de aprendizado médico com reflexão e juízo crítico, bem como propor e expressar opiniões correlacionando informações e impressões pessoais. Objetivos específicos de conteúdos: INTRODUÇÃO À IMUNOLOGIA Elementos do Sistema Imunitário e Seu Papel na Defesa Imunidade Inata e Adaptativa Antígenos e Imunógenos Estrutura e Função das Imunoglobulinas Estrutura e Função do Receptor de Célula T (TCR) A Biologia dos Linfócitos B e T Processamento e Apresentação de Antígeno Ativação e Função dos Linfócitos B e T O Complexo de Histocompatibilidade Principal (MHC) As Citocinas Mecanismos de Controle da Resposta Imune Imunologia de Mucosa Memória Imunológica MECANISMOS EFETORES DA RESPOSTA IMUNE O Sistema Complemento Imunidade Mediada por Células T A Resposta Imune Humoral Inflamação Características Gerais da Inflamação Inflamação Aguda Mediadores Químicos da Inflamação Migração Leucocitária Padrões Morfológicos da Inflamação Aguda Inflamação Crônica Efeitos Sistêmicos da Inflamação IMUNOGENÉTICA Base Genética da Estrutura dos Anticorpos Estrutura dos Genes das Imunoglobulinas Eventos Genéticos da Síntese das Cadeias das Imunoglobulinas Troca de Isotipo

3 A Geração da Diversidade dos Anticorpos Genes que codificam os Receptores das Células T Geração da Diversidade dos Receptores das Células T Rearranjo dos Genes dos Receptores das Células T Complexo Principal de Histocompatibilidade (MHC) Variabilidade dos Genes do MHC e seus Produtos Estrutura das Moléculas do MHC Função das moléculas do MHC IMUNOPARASITOLOGIA: RESPOSTA IMUNE ÀS DOENÇAS INFECTO- PARASITÁRIAS A participação do sistema imunitário na etiopatogenia das moléstias transmissíveis e nos mecanismos envolvidos na relação parasito-hospedeiro Infecções Virais Infecções Bacterianas Doenças Causadas por Protozoários Doenças causadas por Helmintos A resposta Imune para Ectoparasitos Doenças Infecciosas Emergentes IMUNODIAGNÓSTICO DAS PRINCIPAIS DOENÇAS INFECTOPARASITÁRIAS Métodos Laboratoriais para Pesquisa de Antígenos e Anticorpos Importância do Diagnóstico Individual Importância do diagnóstico Coletivo (soroepidemiologia) Fundamentos teóricos do diagnóstico imunossorológico Técnicas de Precipitação Técnicas de Aglutinação Técnicas de Imunocitólise Radioimunoensaio Imunofluorescência Imunoenzimático Imunocromatográfico Bases para a interpretação de resultados MÉTODOS LABORATORIAIS PARA VERIFICAÇÃO DA RESPOSTA CELULAR Fundamentos teóricos do diagnóstico celular Desenvolvimento de teste de hipersensibilidade intradérmico Aplicação clínica dos ensaios envolvendo linfócitos Linfoproliferação Citometria de fluxo Cultura mista de linfócitos Análise de função de fagócitos MANIPULAÇÃO DA RESPOSTA IMUNE Imunização Ativa e Passiva Princípios gerais da imunoprofilaxia Adjuvantes vacinais Tipos de vacinas

4 Vivas atenuadas Vacinas com organismos inteiros Toxóides Macromoléculas purificadas como vacinas Vetores recombinantes Peptídeos sintéticos Vacinas de DNA Perspectivas em vacinação Elaboração de calendário vacinal Precauções e contra-indicações em vacinação Campo de ação da imunoterapia Terapia de dessensibilização Uso de interferons Terapias anti-tumoral Soroterapia heteróloga e homóloga Produtos soroterápicos de uso corrente Acidentes da soroterapia CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: FUNDAÇÃO BENEDITO PEREIRA NUNES FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DISCIPLINA IMUNOLOGIA BÁSICA PROFESSORES RESPONSÁVEIS Prof. Dr. VALMIR LAURENTINO SILVA Prof a. Dr a. MARIA DAS GRAÇAS M. FREIRE

5 DIA TEMAS 24/07 Introdução ao estudo da Imunologia Objetivos Conhecer o surgimento da Imunologia, suas relações com a Biologia e a Medicina e os fatos que marcaram sua história. 31/07 Origem, morfologia e função das células do Sistema Imunitário. Objetivos - Compreender a linfopoiese e descrever a morfologia e fisiologia das células que participam do sistema imunitário. Tecidos e órgãos linfóides. Objetivos - Conceituar órgãos e tecidos linfáticos; descrever suas funções e conhecer os principais mecanismos que promovem o fluxo da linfa. 07/08 Resposta Inflamatória Objetivos Conhecer as características gerais da Inflamação e os seus mediadores químicos; compreender o processo da migração leucocitária para o foco inflamatório; distinguir os padrões morfológicos da inflamação aguda e crônica e conhecer os efeitos sistêmicos da inflamação. 14/08 Antígenos Objetivos - Definir a natureza dos antígenos, dos determinantes imunogênicos, dos mitógenos, dos adjuvantes e dos fatores que condicionam a resposta imunitária. 21/08 Moléculas com regiões variáveis: Imunoglobulinas e Receptores de Células T (TCR) Objetivos descrever a estrutura das imunoglobulinas e dos TCRs, os genes correspondentes, os mecanismos de rearranjos gênicos das imunoglobulinas, a biossíntese, geração da diversidade dos TCRs e as suas funções. 28/08 Complexo de Histocompatibilidade principal (MHC) Objetivos Descrever o MHC, conhecer a estrutura e o papel dos produtos do MHC na apresentação antigênica; identificar os receptores antigênicos dos linfócitos T, determinar suas características genéticas, bioquímicas e funcionais e conhecer as moléculas acessórias envolvidas nos eventos iniciais da ativação das células do sistema imunitário. 04/09 O Sistema Complemento Objetivos: Diferenciar as vias de ativação e conhecer seus componentes e a fisiologia do sistema complemento. 11/09 Imunidade inata e adquirida Objetivos definir os mecanismos relacionados à primeira linha de defesa por barreiras inespecíficas e a inter-relação das imunidades inata e adquirida. 18/09 Citocinas Objetivos Conhecer a diversidade das citocinas, as suas propriedades gerais, as doenças relacionadas às citocinas e o usos terapêuticos dessas moléculas. 25/09 PERÍODO DESTINADO À REALIZAÇÃO DE PROVAS 02/10 PRIMEIRA PROVA DE IMUNOLOGIA 09/10 A resposta imunitária humoral e celular Objetivos Descrever as vias de ativação dos linfócitos B e T, o papel das citocinas, a cinética da produção das imunoglobulinas diante do processo infeccioso e os mecanismos de ação dos linfócitos T. 16/10 Fundamentos do Imunodiagnóstico Objetivos Dimensionar a importância do diagnóstico individual e coletivo e os fundamentos teóricos do imunodiagnóstico celular e humoral, bem como as bases para a interpretação de resultados. 23/10 Resposta imunitária para vírus, bactérias e fungos Objetivos Descrever as características gerais das infecções causadas por vírus, fungos e bactérias; os mecanismos efetores do sistema imune e os mecanismos de escape. 30/10 Resposta imunitária para protozoários e helmintos Objetivos - Descrever as características gerais das infecções causadas por protozoários e helmintos; os mecanismos efetores do sistema imune e os mecanismos de escape. 06/11 Bases da imunoprofilaxia e da imunoterapia Objetivos Classificar imunoprofilaxia; descrever os princípios gerais da profilaxia vacinal, dos antígenos vacinais, dos adjuvantes vacinais, da soroterapia e seus respectivos eventos adversos. 13/11 Estudo de Casos 20/11 FERIADO - CONSCIÊNCIA NEGRA 27/11 SEGUNDA PROVA DE IMUNOLOGIA 04/12 EXAME FINAL

6 BIBLIOGRAFIA BÁSICA BENJAMINI, E.; COICO, R. & SUNSHINE, G. Imunologia, Guanabara Koogan, 4 a ed., JANEWAY, C.A.J.; TRAVERS, P.; WALPORT, M. SHLOMCHIK, M. Imunobiologia: o sistema imunológico na saúde e na doença, Editora Artes Médicas, Porto Alegre, Brasil, 5 a ed., GOLDSBY, R.; KINDT, T.J. & OSBORNE, B. Kuby: Imunologia, Editora Revinter, 4 a ed., ROITT, I.; BROSTOFF, J. & MALE, D. Imunologia, São Paulo, Editora Manole, 6 a ed., ABBAS, A.K.; LICHTMAN, A.H. & POBER, J.S. Imunologia celular e molecular, Rio de Janeiro, Editora Elsevier, 5 a ed, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR FERREIRA, W. & ÁVILA, SLM. Diagnóstico laboratorial das principais doenças infecciosas e autoimunes. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2 a ed., PARHAM, P. O sistema imune, Artmed, Porto Alegre, PEAKMAN, M. & VERGANI, D. Imunologia Básica e Clínica, Guanabara-Koogan, PEREIRA, WA. Manual de transplantes de órgãos e tecidos. Rio de Janeiro, Medsi, PLAYFAIR, J.H.L. & LYDYARD, P.M. Imunologia médica. Editora Revinter, Rio de Janeiro, ROSEN, F. & GEHA, R. Estudos de casos em imunologia, Artmed, Porto Alegre, 3 a ed, SILVA, W.D. & MOTA, I. Bier: Imunologia básica e aplicada, Guanabara Koogan, 5 a ed., STITES, D.P.; TERR, A.I. & PARSLOW, T.G. Imunologia médica, Guanabara-Koogan, 9 a ed., METODOLOGIA DE ENSINO: Aulas expositivas, apresentação e discussão de casos clínicos, seminários, vídeos, data show, quadro e giz, aulas práticas, pesquisa extraclasse e busca de referências bibliográficas. ATIVIDADES DISCENTES: Participação nas aulas teóricas com a turma toda, apresentação de seminários por grupos e participação das atividades práticas. PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO: Duas avaliações por meio de prova escrita ao longo do curso. Para fins de avaliação são empregados como referência os livros adotados pela disciplina. As provas são elaboradas com questões em várias formas de apresentação. Conforme o assunto e desenvolvimento da disciplina são inseridos casos clínicos para permitir maior reflexão e fixação prática sobre os temas estudados. São realizados comentários da correção das provas para maior fixação dos conceitos e correção de possíveis dúvidas. Para a avaliação de seminários é aplicada uma metodologia que consta de uma grade de avaliação com vários fatores. Para efeitos de nota (grau) consideramos: pontualidade na data e hora da apresentação; pesquisa realizada, material apresentado, propriedade dos temas, grau de domínio do assunto, interesse e questionamento, apresentação do aluno e postura. Prof. Dr. Valmir Laurentino Silva

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Imunologia Professor: Ana Lucila dos Santos Costa E-mail: anafar2@yahoo.com.br Código: Carga Horária: 40h Créditos:

Leia mais

OBJETIVOS -Conhecer os princípios básicos da indução e da manifestação das reações imunológicas nos mecanismos de defesa;

OBJETIVOS -Conhecer os princípios básicos da indução e da manifestação das reações imunológicas nos mecanismos de defesa; DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Campus: Uruguaiana Curso: Enfermagem Componente Curricular: Imunologia Código: UR 1206 Pré requisito: UR 1103 Co Requisito: UR 1203 Professor: Michel Mansur Machado Carga Horária:

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLÓGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11

CURSO SUPERIOR DE TECNOLÓGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 CURSO SUPERIOR DE TECNOLÓGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 Componente Curricular: Microbiologia e Imunologia Código: --- Pré-requisito: -- Período

Leia mais

DRT: 113.507-7 113.021-9

DRT: 113.507-7 113.021-9 Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: NUTRIÇÃO Disciplina: TÓPICOS AVANÇADOS EM NUTRIÇÃO Professor(es): Ana Carolina Almada Colucci Paternez Mônica Glória Neumann Spinelli

Leia mais

UFRJ - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO IMPPG - INSTITUTO DE MICROBIOLOGIA PAULO DE GÓES CURSO ENFERMAGEM

UFRJ - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO IMPPG - INSTITUTO DE MICROBIOLOGIA PAULO DE GÓES CURSO ENFERMAGEM PROFESSOR RESPONSÁVEL Maria Isabel Madeira Liberto CARGA HORÁRIA 180h PERÍODO DE REALIZAÇÃO UFRJ - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO IMPPG - CURSO ENFERMAGEM CÓDIGO DISCIPLINA TEÓRICA LABORATÓRIOS

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Autorizado pela Portaria no 135, de 29/01/09, publicada no DOU no 21, de 30/01/09, seção 1, pág.

CURSO DE ENFERMAGEM Autorizado pela Portaria no 135, de 29/01/09, publicada no DOU no 21, de 30/01/09, seção 1, pág. CURSO DE ENFERMAGEM Autorizado pela Portaria no 135, de 29/01/09, publicada no DOU no 21, de 30/01/09, seção 1, pág. Componente Curricular: MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA Código: ENF - 104 Pré-requisito: ENF

Leia mais

PROPRIEDADES E VISÃO GERAL DAS RESPOSTAS IMUNES. FARMÁCIA PROFa SIMONE PETRI AULA - 1

PROPRIEDADES E VISÃO GERAL DAS RESPOSTAS IMUNES. FARMÁCIA PROFa SIMONE PETRI AULA - 1 PROPRIEDADES E VISÃO GERAL DAS RESPOSTAS IMUNES FARMÁCIA PROFa SIMONE PETRI AULA - 1 INTRODUÇÃO A função fisiológica do sistema imune é a defesa contra micro-organismos infecciosos. Entretanto, mesmo

Leia mais

1ª Série. 5EST222 ESTÁGIO INTEGRATIVO DE BIOMEDICINA I Atividades práticas e de pesquisa nas várias disciplinas da área de biomedicina.

1ª Série. 5EST222 ESTÁGIO INTEGRATIVO DE BIOMEDICINA I Atividades práticas e de pesquisa nas várias disciplinas da área de biomedicina. 1ª Série 5MOR018 ANATOMIA DOS ANIMAIS DE LABORATÓRIO Estudo da anatomia de alguns animais utilizados em laboratório e considerados de grande importância para o futuro profissional biomédico, utilizando-se,

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: Farmácia Disciplina: Imunologia Clínica Código da Disciplina 06117082 Professor(es): Yoshimi Imoto Yamamoto Etapa 7ªA Carga horária:

Leia mais

CIENCIAS MOLECULARES E CELULARES

CIENCIAS MOLECULARES E CELULARES CIENCIAS MOLECULARES E CELULARES Profa. Ms Solange A O Neves Curso: Enfermagem 1 Apresentação do docente Professora Ms Solange Aparecida de Oliveira Neves 2 Curso: Enfermagem Disciplina: Ciências Moleculares

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA. Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA. Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Fase Cod. Disciplina P.R Carga Horária Teórica Prática

Leia mais

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO Por definição, anticorpos são moléculas de glicoproteína, também chamadas de imunoglobulinas. São glicoproteínas altamente específicas sintetizadas em resposta a um antígeno,

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: Farmácia Disciplina: Imunologia Básica Código da Disciplina 02014890 Professor(es) Yoshimi Imoto Yamamoto Etapa 4ª. Carga horária:

Leia mais

Plano de Ensino de Imunologia

Plano de Ensino de Imunologia 04/02/17 Plano de Ensino de Imunologia Curso: Biomedicina Carga horaria: 80h Prof. Patrícia Costa Fernandes 1º Sem 2017 EMENTA ì Visão geral do sistema imune. ì Geração da resposta imune inata e adquirida

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. Programa de Residência Médica em Alergia e Imunologia Clínica A - Objetivos gerais da ASBAI para o programa de Residência Médica em Alergia e Imunologia Clínica. 1- Aprimorar as habilidades técnicas, o

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FAMERP PLANO DE ENSINO. Carga horária Total:

FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FAMERP PLANO DE ENSINO. Carga horária Total: FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FAMERP CURSO DE : MEDICINA SÉRIE: 1ª. série ANO LETIVO: 2010 BLOCO I IDENTIFICAÇÃO Código da Disciplina PLANO DE ENSINO Nome da Disciplina Biologia Molecular

Leia mais

ATUALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO EM SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA

ATUALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO EM SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA ATUALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO EM SÍNDROME DA IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA Daniel Martins do Nascimento 2,3 ; Cristiane Alves Fonseca 1,3 ; Andréia Juliana Leite 1,4 ; 1 Pesquisador Orientador 2 Voluntário Iniciação

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Identificar e caracterizar as relações parasito-hospedeiro,entendendo alterações;

PLANO DE ENSINO. Identificar e caracterizar as relações parasito-hospedeiro,entendendo alterações; PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: ENFERMAGEM Professores: Rosemari Santos de Oliveira- rosemarixw@yahoo.com.br Período/ Fase: 1º Semestre:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA FACULDADE DE IMPERATRIZ FACIMP Associação Região Tocantina de Educação e Cultura S/C Ltda. Telefax: (99) 524-8298 site: www.facimp.edu.br e-mail: facimp@facimp.edu.br. Av. Prudente de Morais, s/nº, Qd.

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA PLANO DE ENSINO DADOS DA DISCIPLINA Nome da Disciplina: Imunologia Curso: Farmácia Termo: 3º Carga Horária Semanal (h/a): 4 Carga Horária Semestral (h/a): 75 Teórica: 2 Prática: 2 Total: 4 Teórica: 30

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Período/ Fase: 1ª. Semestre: 1º Ano: 2011

PLANO DE ENSINO. Período/ Fase: 1ª. Semestre: 1º Ano: 2011 PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Engenharia Ambiental Professora: Andréa Tozzo Marafon andreamarafon@uniarp.edu.br Período/ Fase: 1ª.

Leia mais

PLANO DE CURSO 6º PERÍODO ANO: 2013.2

PLANO DE CURSO 6º PERÍODO ANO: 2013.2 PLANO DE CURSO 6º PERÍODO ANO: 2013.2 CURSO: MEDICINA DISCIPLINA: Farmacologia Aplicada à Clínica Médica CARGA HORÁRIA: 36 horas PROFESSOR TITULAR: Miguel de Lemos Neto PROFESSORES: EMENTA: Compreender

Leia mais

Curso: Biomedicina PROGRAMA DE APRENDIZAGEM

Curso: Biomedicina PROGRAMA DE APRENDIZAGEM Curso: Biomedicina 1º. Semestre: DISCIPLINA: Anatomia Humana I SUPERINTEDÊNCIA B108508 04 1º 80 Estruturas anatômicas. Posição anatômica: planos, eixos e conceitos. Estruturas aplicadas às situações em

Leia mais

Campus de Botucatu PLANO DE ENSINO ( X ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA. DOCENTE RESPONSÁVEL : Dr. Claudio de Oliveira

Campus de Botucatu PLANO DE ENSINO ( X ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA. DOCENTE RESPONSÁVEL : Dr. Claudio de Oliveira PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO CURSO: Nutrição MODALIDADE: DISCIPLINA: Citologia/Histologia/Embriologia ( X ) OBRIGATÓRIA ( ) OPTATIVA DEPARTAMENTO: Morfologia DOCENTE RESPONSÁVEL : Dr. Claudio de Oliveira

Leia mais

PLANO DE CURSO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Imunologia Básica

PLANO DE CURSO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Imunologia Básica PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Imunologia Básica Professor: Vanessa Simões Sandes email: vanessa@saludlaboratorio.com.br Código: Carga Horária: 40h

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) ANATOMIA HUMANA CH 102 (2372) Estudo morfológico dos órgãos e sistemas que constituem o organismo humano, com ênfase para os

Leia mais

E D I T A L Nº 004/REITORIA/2015

E D I T A L Nº 004/REITORIA/2015 UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE UNIARP Rua Victor Baptista Adami, 800 - Centro - Cx. Postal 232 CEP 89500-000 - Caçador - SC Fone/Fax: (49) 3561-6200 e- mail: uniarp@uniarp.edu.br - www.uniarp.edu.br

Leia mais

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina Matriz Curricular A grade curricular proposta para o Curso de Farmácia abrange três modalidades de disciplinas: disciplinas básicas, que serão comuns aos cursos de Bioquímica, Enfermagem e Medicina, disciplinas

Leia mais

UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA

UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Enfermagem Disciplina: Saúde Coletiva II Carga Horária: 90 h Teórica: 60 h Prática: 30 h Semestre: 2013.1 Professores: Maria Campos, Marta Guimarães,

Leia mais

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA

ANEXO 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO: MEDICINA DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA DISCIPLINA: MICROBIOLOGIA CARGA HORÁRIA: 150 HORAS CRÉDITOS: 07 CÓDIGO: SMP0002 PROFESSOR: CARMEN SARAMAGO

Leia mais

Imunidade aos microorganismos

Imunidade aos microorganismos Imunidade aos microorganismos Características da resposta do sistema imune a diferentes microorganismos e mecanismos de escape Eventos durante a infecção: entrada do MO, invasão e colonização dos tecidos

Leia mais

Sumário Detalhado Elementos do sistema imune e suas funções na defesa Resumo do Capítulo 1 Questões 28 Imunidade inata Resumo do Capítulo 2

Sumário Detalhado Elementos do sistema imune e suas funções na defesa Resumo do Capítulo 1 Questões 28 Imunidade inata Resumo do Capítulo 2 Sumário Detalhado Capítulo 1 Elementos do sistema imune e suas funções na defesa 1 1-1 Numerosos micro-organismos comensais habitam os corpos humanos saudáveis 2 1-2 Patógenos são organismos infecciosos

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: Patologia Geral Código: ODO-010 Pré-requisito: - Período Letivo:

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2006

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

VÍRUS (complementar o estudo com as páginas 211-213 do livro texto)

VÍRUS (complementar o estudo com as páginas 211-213 do livro texto) COLÉGIO E CURSO INTELECTUS APOSTILA NOME: MAT.: Biologia I PROFº: EDUARDO SÉRIE: TURMA: DATA: VÍRUS (complementar o estudo com as páginas 211-213 do livro texto) Os vírus são os únicos organismos acelulares,

Leia mais

PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA: 60 HORAS SEMESTRE: 2º NOTURNO 2016/2 2. EMENTA

PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA: 60 HORAS SEMESTRE: 2º NOTURNO 2016/2 2. EMENTA PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO CURSO: NUTRIÇÃO CARGA HORÁRIA: 60 HORAS SEMESTRE: 2º NOTURNO 2016/2 NOME DA DISCIPLINA: MICROBIOLOGIA e IMUNOLOGIA PROFESSOR : GILCELE DE CAMPOS MARTIN BERBER 2. EMENTA

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 93-CEPE/UNICENTRO, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009. Aprova o Curso de Especialização em Saúde Pública com Ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias, modalidade regular, a ser ministrado no Campus

Leia mais

CURSO: MEDICINA. INFORMAÇÕES BÁSICAS Unidade curricular Bases Biológicas da Prática Médica I. Carga Horária Prática 55

CURSO: MEDICINA. INFORMAÇÕES BÁSICAS Unidade curricular Bases Biológicas da Prática Médica I. Carga Horária Prática 55 Turno: INTEGRAL Currículo 2009 CURSO: MEDICINA INFORMAÇÕES BÁSICAS Unidade curricular Bases Biológicas da Prática Médica I Departamento CCO Período 1 Teórica 125 Carga Horária Prática 55 Total 180 Código

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 1º/2014

PLANO DE ENSINO - 1º/2014 PLANO DE ENSINO - 1º/2014 1. IDENTIFICAÇÃO: Curso: Odontologia Disciplina: Endodontia Carga Horária: 60h/a Professora: Dra. Patrícia Alvarez Ruiz Spyere do Nascimento E-mail: patriciaruizspyere@hotmail.com

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA. 1. Identificação: 2. Ementa: 3. Objetivo Geral:

PLANO DE DISCIPLINA. 1. Identificação: 2. Ementa: 3. Objetivo Geral: PLANO DE DISCIPLINA 1. Identificação: Departamento: Ciências Básicas (FCB) Disciplina: Fisiologia Humana Cód.: FCB00006 Período Ministrado / Semestre / Ano / Turma: 2 0 / 1ºS/2010/F1 Responsável: Prof.

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária:CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: Farmácia Disciplina: Fisiologia I Professor(es): Patricia Fiorino DRT: 1128080 Código da Disciplina: 020.1286.3 Etapa: 2 Carga horária:

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009).

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009). EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009). ABASTECIMENTO E CUSTOS EM NUTRIÇÃO 1593 C/H 68 Conceito, processo e classificação de custos. Custos de mão-de-obra. Custos diversos. Política,

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fundamentos de Fisioterapia Código: FISIO - 201 Pré-requisito: --------- Período

Leia mais

Pré-imunização e Tratamento de Tristeza Parasitária em Bovinos Leiteiros

Pré-imunização e Tratamento de Tristeza Parasitária em Bovinos Leiteiros Pré-imunização e Tratamento de Tristeza Parasitária em Bovinos Leiteiros Laboratório de Imunovirologia Molecular DBG UFV Prof. Sérgio Oliveira de Paula Tristeza Parasitária Bovina (TPB) Enfermidade hemoparasita

Leia mais

Área de Biologia Craniofacial e Biomateriais

Área de Biologia Craniofacial e Biomateriais Bibliografia e tópicos para a prova de seleção 2013 (Mestrado / Doutorado) Área de Biologia Craniofacial e Biomateriais Tópicos - Mestrado e Doutorado (prova teórica*) *O candidato poderá excluir um número

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS EDITAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS EDITAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS EDITAL A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), em cumprimento do Acordo de Cooperação Técnica (ACT) nº

Leia mais

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso CURSO: Biomedicina Missão O Curso de Biomedicina tem como missão a formação de um profissional generalista, humanista, crítico e reflexivo

Leia mais

PLANOS DE AULA. TEMA: Proteínas: macromoléculas com estruturas complexas e funções quase infinitas.

PLANOS DE AULA. TEMA: Proteínas: macromoléculas com estruturas complexas e funções quase infinitas. PLANOS DE AULA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UFC Professor: Isabel Cristina da Costa Souza Data: 23 /11/2015 TEMA: Proteínas: macromoléculas com estruturas complexas e funções quase infinitas. OBJETIVO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÃMPUS JATAÍ PLANO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÃMPUS JATAÍ PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO I. IDENTIFICAÇÃO Unidade Acadêmica: Câmpus Jataí Curso:Biomedicina Disciplina:Biologia Celular Carga horária semestral:64 Teórica: 48 Prática: 16 Semestre/ano:1/2013 Turma/turno: 1 período/

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIENCIAS BIOLOGICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIENCIAS BIOLOGICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIENCIAS BIOLOGICAS 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Departamento / Setor Departamento de Ciências Fisiológicas Nome da Disciplina FISIOLOGIA HUMANA E

Leia mais

Microbiologia e Imunologia Clínica

Microbiologia e Imunologia Clínica Estudo dos mecanismos naturais de defesa contra doenças. Microbiologia e Imunologia Clínica Estudo do sistema imune do corpo e suas funções e alterações. Profa. Ms. Renata Fontes Fundamentos da Imunologia

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 001 DO EDITAL DE PROCESSO DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE, NÍVEL MESTRADO.

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 001 DO EDITAL DE PROCESSO DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE, NÍVEL MESTRADO. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE MEDICINA Coordenação do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde EDITAL DE

Leia mais

Componente Curricular: Toxicologia Clínica Código: FAR - 109 60h Pré-requisito: Farmacologia II Período Letivo: 2013.1

Componente Curricular: Toxicologia Clínica Código: FAR - 109 60h Pré-requisito: Farmacologia II Período Letivo: 2013.1 CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Toxicologia Clínica Código: FAR - 109 60h Pré-requisito: Farmacologia II Período

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:50

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:50 7//1 19:5 Centro de Ciências da Saúde Curso: 151 Enfermagem (Matutino) Currículo: 11/1 1 CNA.5.1- Ser Humano e Saúde I Ementa: Organelas celulares. Tecidos básicos. A histologia e anatomia dos sistemas:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO FACULDADE DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: HISTOLOGIA DOS ÓRGÃOS GRADE: RESOLUÇÃO CEPEC Nº 831 SEMESTRE: 2 ANO: 2011 MATRIZ

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado plea Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado plea Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Autorizado plea Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Saúde Coletiva Código: FAR - 307 Pré-requisito: - Período Letivo: 2013.2 Professor:

Leia mais

Profa. MsC Priscila P. S. dos Santos

Profa. MsC Priscila P. S. dos Santos Células e órgãos especializados em defesa CÉLULAS DO SISTEMA IMUNITÁRIO Resposta imune Inata Resposta imune específica Profa. MsC Priscila P. S. dos Santos Quem são os invasores? Quem são os invasores?

Leia mais

Profa. MsC Priscila P. S. dos Santos

Profa. MsC Priscila P. S. dos Santos Células e órgãos especializados em defesa CÉLULAS DO SISTEMA IMUNITÁRIO Resposta imune Inata Resposta imune específica Profa. MsC Priscila P. S. dos Santos Quem são os invasores? Quem são os invasores?

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3 ano EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3 ano EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Controle processos industriais CURSO: Técnico em química integrada ao ensino médio FORMA/GRAU:(x)integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) ADMINISTRAÇÃO EM FISIOTERAPIA C/H 68 (2435) Introdução, princípios, bases legais e elementos da administração. Atuação da

Leia mais

ENSINO DE HISTOLOGIA PARA OS CURSOS DE BIOMEDICINA E ENFERMAGEM

ENSINO DE HISTOLOGIA PARA OS CURSOS DE BIOMEDICINA E ENFERMAGEM DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BÁSICAS DA SAÚDE DISCIPLINA DE HISTOLOGIA PROGRAMA DE BOLSAS REUNI DE ASSISTÊNCIA AO ENSINO EDITAL 02/2010 ENSINO DE HISTOLOGIA PARA OS CURSOS DE BIOMEDICINA E ENFERMAGEM Porto

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC Dr. Francisco Nogueira de Lima Código: 059 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

Mecanismos de Defesa Respiratória. Ft. Daniella Vento Prof. Dr. Paulo Roberto Barbosa Evora

Mecanismos de Defesa Respiratória. Ft. Daniella Vento Prof. Dr. Paulo Roberto Barbosa Evora Mecanismos de Defesa Respiratória Ft. Daniella Vento Prof. Dr. Paulo Roberto Barbosa Evora Sistema Respiratório Vias Aéreas Superiores Nariz e Boca Faringe Nasofaringe; Orofaringe; Laringofaringe. Laringe

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: AMBIENTE e SAÚDE Habilitação Profissional: Qualificação Técnica de Nível Médio

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2 ano EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2 ano EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Vendas FORMA/GRAU:( X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA TURMA 2014 MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA TURMA 2014 MESTRADO ACADÊMICO EDITAL TURMA 2014 MESTRADO ACADÊMICO A Faculdade de Ciências Médicas, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, faz saber aos interessados que, no período de 21/10/2013 a 04/12/2013, estarão abertas

Leia mais

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. (não preencher) Enfoque: ( ) Obrigatória ( ) Optativa ( X ) Eletiva ( ) PDCI

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA BLOCO I IDENTIFICAÇÃO. (não preencher) Enfoque: ( ) Obrigatória ( ) Optativa ( X ) Eletiva ( ) PDCI CURSO DE GRADUAÇÃO: Informática Biomédica, Física Médica, oxicologia Analítica, Biomedicina Diurno e Noturno SÉRIE: odas SEMESRE LEIVO DO ANO: ( X ) 1º SEMESRE ( ) 2º SEMESRE ( ) 1º e 2ª SEMESRES PLANO

Leia mais

UNIDADE II UNIDADE III

UNIDADE II UNIDADE III MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 P R O G R A M A D E E N S I N O

Leia mais

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo Questão Derivado da palavra latina immunitas, o termo imunidade que, originalmente, se referia à proteção contra processos legais concedida aos senadores romanos durante o seu mandato significa, na área

Leia mais

Prevenção do cancro cervical através da vacinação por Papilomavírus

Prevenção do cancro cervical através da vacinação por Papilomavírus Interpretação de um artigo sobre Prevenção do cancro cervical através da vacinação por Papilomavírus Vanessa Correia, 15351 Sara Albuquerque, 17461 Joana Lourenço, 17563 Évora, 28 de Junho de 2004 Índice

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: SAÚDE DO ADULTO I Código: ENF - 206 CH Total: 90h Pré-Requisito: Nenhum Período

Leia mais

TERAPIA GÊNICA. Brasília DF, Julho de 2010.

TERAPIA GÊNICA. Brasília DF, Julho de 2010. Apresentação desenvolvida pelas graduandas em Ciências Farmacêuticas: Ana Carolina Macedo Lima, Ariane Mugnano Castelo Branco, Caroline Cardoso Mendes Souza, Clarisse Danielli Silva Albergaria, Jéssica

Leia mais

PLANO DE ENSINO. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA DISCIPLINA Possibilitar a compreensão das respostas imunológicas do organismo humano.

PLANO DE ENSINO. OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA DISCIPLINA Possibilitar a compreensão das respostas imunológicas do organismo humano. PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Enfermagem Professora: Thaiz Malakoski thaizmalakoski@yahoo.com.br Período/ Fase: 2ª Semestre: 2º Ano:

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA EIXO TEMÁTICO I Elementos básicos de formação e desenvolvimento dos seres vivos COMPETÊNCIAS HABILIDADES CONTEÚDOS Perceber e utilizar os

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO 1) História da Terapia Ocupacional (30 hs) EMENTA: Marcos históricos que antecederam o surgimento formal da profissão de

Leia mais

PLANO DE CURSO 4 PERÍODO ANO: 2013.2

PLANO DE CURSO 4 PERÍODO ANO: 2013.2 PLANO DE CURSO 4 PERÍODO ANO: 2013.2 CURSO: MEDICINA DISCIPLINA: Farmacologia I CARGA HORÁRIA: 144 horas PROFESSOR TITULAR: Miguel de Lemos Neto PROFESSORES: EMENTA: Princípios Gerais. Farmacocinética.

Leia mais

Processos Patológicos Gerais 3º ano/2012 Carga horária 144 horas

Processos Patológicos Gerais 3º ano/2012 Carga horária 144 horas Processos Patológicos Gerais 3º ano/2012 Carga horária 144 horas Diretor do Depto de Ciências Patológicas Prof.Dr. Dino Martini Filho Coordenadora do Curso: Profa. Dra. Geanete Pozzan OJETIVOS GERAIS:

Leia mais

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física Adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira

Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física Adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Componentes do sistema imunitário Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física Adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Manual Merck Capítulo 167 O sistema imunitário é composto por células

Leia mais

COMUNICAÇÃO CELULAR. Bioquímica Básica Ciências Biológicas 3º período Cátia Capeletto

COMUNICAÇÃO CELULAR. Bioquímica Básica Ciências Biológicas 3º período Cátia Capeletto COMUNICAÇÃO CELULAR Bioquímica Básica Ciências Biológicas 3º período Cátia Capeletto O que é comunicação celular? As células possuem um sistema responsável por: Geração Transmissão Recepção Resposta. Uma

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) ANATOMIA HUMANA C/H 102 Estudo da estrutura e função dos órgãos em seus respectivos sistemas no corpo humano,

Leia mais

Ana Carolina Étori Aguiar

Ana Carolina Étori Aguiar Ana Carolina Étori Aguiar SUMÁRIO Conceito; Imunidade Inata Componentes; Reconhecimento de microrganismos; Mecanismos efetores; Distúrbios congênitos e alterações na Imunidade Inata; Desafios e Previsões.

Leia mais

Introdução ao sistema imune

Introdução ao sistema imune Introdução ao sistema imune Simone Aparecida Rezende Dep. de Análises Clínicas - Escola de Farmácia Fone: 3559-1032. Aulas, exercícios, exemplos de questões de prova e comunicação com alunos em: www.aulasecia.com/imunobasica

Leia mais

6BIQ003 BIOQUÍMICA VETERINÁRIA

6BIQ003 BIOQUÍMICA VETERINÁRIA 1ª Série 6MOR006 ANATOMIA VETERINÁRIA Introdução ao estudo da anatomia estrutural e geral e constituição do corpo dos animais domésticos. Estudo das diferentes estruturas anatômicas do corpo dos animais

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA PLENA SERIADO ANUAL NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS

Leia mais

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 Curso: Administração Disciplina: Direito Público e Privado Turma: Aulas/Semana: 02 Termo Letivo: 3 1. Ementa (sumário, resumo) Introdução ao Direito. Direito Constitucional.

Leia mais

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001. CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: PATOLOGIA BUCO-DENTAL Código: ODO-017 Pré-requisito: - Período

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Química Orgânica Farmacêutica II Código: FAR 204 Pré-requisito: Química Orgânica

Leia mais

Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes

Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes Mecanismos da rejeição de transplantes Envolve várias reações de hipersensibilidade, tanto humoral quanto celular Habilidade cirúrgica dominada para vários

Leia mais

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS, CONTIDAS E SUBSTITUTAS FACULDADE DE FISIOTERAPIA

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS, CONTIDAS E SUBSTITUTAS FACULDADE DE FISIOTERAPIA QUADRO DE EQUIVALÊNCIA, CONTIDA E UBTITUTA FACULDADE DE FIIOTERAPIA Disciplina Currículo Atual Disciplina Currículo Extinto Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 01746

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Credenciada pela Portaria/MEC nº 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: 03.866.544/0001-29 e Inscrição Municipal nº 005.312-3

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO.

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: ASSISTENTE DE PESQUISA Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE VAGAS POR ÁREA PERFIL 212 Antropologia 2

Leia mais

REGISTRO DE PRODUTOS VETERINÁRIOS FORMULÁRIO DE REGISTRO DE VACINAS DE SUBUNIDADES OBTIDAS POR MÉTODOS BIOTECNOLÓGICOS

REGISTRO DE PRODUTOS VETERINÁRIOS FORMULÁRIO DE REGISTRO DE VACINAS DE SUBUNIDADES OBTIDAS POR MÉTODOS BIOTECNOLÓGICOS CAMEVET Cód.: TRÂMITE Data de vigência REGISTRO DE PRODUTOS VETERINÁRIOS FORMULÁRIO DE REGISTRO DE VACINAS DE SUBUNIDADES OBTIDAS POR MÉTODOS BIOTECNOLÓGICOS REPRESENTACIÓN REGIONAL DE LA OIE PARA LAS

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: FARMÁCIA Disciplina: Estágio IV Professor: Fernanda Barrinha Fernandes Teresa Gomes de Oliveira Carga horária: 10 Horas Ementa: DRT:

Leia mais

Planos das Disciplinas do Curso de Enfermagem 1º Semestre de 2012

Planos das Disciplinas do Curso de Enfermagem 1º Semestre de 2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS JATAÍ Planos das Disciplinas do Curso de Enfermagem 1º Semestre de 2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS JATAÍ 1 - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Enfermagem Departamento/Setor:

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO

PRÓ-REITORIA DE ENSINO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008

PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 PLANO DE ENSINO Projeto Pedagógico: 2008 Curso: Administração Disciplina: Matemática Financeira I Turma: Aulas/Semana: 02 Termo Letivo: 3 1. Ementa (sumário, resumo) Conceitos básicos sobre Administração

Leia mais

P L A N O D E E N S I N O

P L A N O D E E N S I N O UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE PATOLOGIA P L A N O D E E N S I N O DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Semestre: 2015/1 Nome da disciplina RMP110014

Leia mais