PLANO DE FORMAÇÃO 2011/2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE FORMAÇÃO 2011/2014"

Transcrição

1 PLANO DE FORMAÇÃO 2011/2014 O Plano de Formação 2011/14 que integra o Projeto Educativo do Agrupamento (PEA) e o Plano Anual de Atividades (PAA) foi elaborado a partir do levantamento das necessidades do Agrupamento, mediante consulta a todos os s, assim como a auscultação de assistentes e assistentes. Procurou-se ainda incluir a oferta de ações do Centro de Formação de Escolas do Concelho de Oeiras () e acções a desenvolver no âmbito da parceria com o Hospital de S. Francisco Xavier, o Centro de Saúde de Oeiras, a Câmara Municipal de Oeiras e a Faculdade de Motricidade Humana no âmbito do projecto Educação Especial 2012 (acções ainda a incluir após a aprovação da candidatura à Fundação Calouste Gulbenkian). O presente Plano de Formação visa a condicional articulação com os princípios orientadores, as metas e os objectivos definidos no Projeto Educativo, nomeadamente: Meta A.2. Melhorar o cumprimento de regras e a disciplina no Agrupamento com vista à educação para a cidadania e sucesso educativo - Realização de acções de formação para assistentes ; Meta B.3. Promover a Língua Portuguesa como instrumento de desenvolvimento de competências a todas as disciplinas e áreas disciplinares e de estruturação do pensamento - Sessões de formação para profs; Meta C.1.3. Promover a qualificação e o desenvolvimento profissional dos elementos da comunidade educativa - Implementação do plano de formação para docentes e não docentes; Realização de sessões de reflexão entre pares com vista à inovação/conhecimento e melhoria das práticas.

2 A. Formação a propor: Proponente Público alvo Tema/Sugestão de formação Razões de escolha da proposta formativa Entidade/Formador Docentes Língua Portuguesa Novo Programa Necessidades educativas Respostas educativas adequadas às problemáticas Docentes especiais dos alunos Aplicação de novas tecnologias às actividades Docentes Novas tecnologias escolares Docentes Aprofundar conhecimentos Histórias com números - Docentes Matemática Melhorar a sequencialidade entre ciclos de CSH Docentes Hist, Necessidade de treinar e aperfeiçoar o uso dos Uso dos quadros interativos Geog. QIM em sala de aula Interna de CSH Toda a escola Relações interpessoais/ Gestão Saber como agir em situações de desinteresse, de conflitos em sala de aula provocação, má educação, etc. Ensino/Método para alunos com de CSH Toda a escola Necessidades Educativas Nº elevado de alunos com NEE por turma Especiais em sala de aula de CSH Toda a Escola Web 2 Melhorar os conhecimentos Profs. de EM, Didáctica de Educação Musical Profs AEC Melhorar os conhecimentos Centro de Formação de Escolas do Concelho de Oeiras () Paula Rodrigues EB1 Joaquim Matias Yos WytacK Profs. EVT, EV, ET Técnicas de Pintura Actualização de conhecimentos Profs. Artes Avaliação prática de Alunos Actualização de práticas. Profs. Artes Informática Tornar aulas mais dinâmicas

3 Proponente Público alvo Tema/Sugestão de formação Razões de escolha da proposta formativa Entidade/Formador Matemática e Matemática e Mat. e Profs. Artes Diários Gráficos Aplicação prática nas turmas Eduardo Salavisa ou João Catarino Todos Profs.Agrupam. Desportos Náuticos Actualização de práticas. Prof. Ed. Física Profs do 1º ciclo, assistentes Perturbações do Espectro do Rosa Godinho, Autismo e Unidades de Ensino Aprofundar conhecimentos Magda Dias monitores das AEC e Estruturado do CAF Professores da equipa da Educação Especial todos os graus de ensino Educação Especial Professores JI e de 1º Ciclo Professores DT 2º e 3º ciclos Auxiliares de Ação educativa Acções de sensibilização para as NEE Utilização de programas interativos (Powerpoint e Didapage) e construção de materiais didáticos Práticas flexíveis e adequações curriculares na sala de aula Educação Sexual / Educação para a Saúde Educação Sexual / Educação para a Saúde Como lidar com jovens / adolescentes e com NEE Aprofundar conhecimentos Clarisse Rosa Aprofundar conhecimentos Promover a reflexão sobre processos e práticas de organização e gestão do ensino em grupos heterogéneos, ajudando simultaneamente a desenvolver competências no domínio das adequações curriculares para alunos com NEE. Resistência de um elevado nº de EE à aplicação da Lei nº 60/2009; Resistência da generalidade dos professores à lecionação de conteúdos relativos à Educação Sexual; Falta de Formação, prevista na legislação, no âmbito da Ed. Sexual Resistência de um elevado nº de EE à aplicação da Lei nº 60/2009; Resistência da generalidade dos professores à lecionação de conteúdos relativos à Educação Sexual; Falta de Formação, prevista na legislação, no âmbito da Ed. Sexual Ajudar o adulto a lidar com jovens / adolescentes e com NEE Rosa Godinho e Telma Côrte-Real Drª Filomena Pereira (Centro de Formação de Oeiras) Centro de Saúde de Oeiras (CSO) CSO CSO

4 Proponente Público alvo Tema/Sugestão de formação Razões de escolha da proposta formativa Entidade/Formador Matemática e Matemática e Matemática e Matemática e Matemática e Auxiliares de Ação educativa CN de 2º e 3º Ciclo CN de 2º e 3º Ciclo CN 2º e 3º Ciclo Experimentais Diabetes / Intervenção adequada junto de alunos com doença Ensino Experimental das Ensino não formal das Utilização das TIC - Produção de materiais em Sistema Flash Esclarecer sobre a doença Ajudar a uma intervenção adequada junto de alunos com a doença Promover a prática do Ensino Experimental das Desenvolver metodologias que contribuam para a melhoria das aprendizagens com recurso ao ensino não formal das ciências. CSO Produzir materiais interativos Apresentações PREZI Novas Tecnologias Matemática e Mat. 2º e 3º Ciclo Geogebra e Quadros Interativos Arranjar ferramentas de trabalho de forma a que a Geometria se torne mais apelativa (De preferência sábados) Matemática e Matemática e Matemática e Matemática e Físico Química Professores responsáveis pela Página da Escola todo o todo o Utilização da Plataforma Moodle para construção de Materiais Plataforma de Construção de Sítios na Internet - JOOMLA EXCEL Utilização de multimédia em sala de aula Desenvolvimento de documentos multimédia para utilização em sala de aula Trabalhar de forma mais interativa com os alunos Otimizar a página da Escola Aplicar na Metodologia de Sala de Aula e Trabalho Individual Aplicar na Metodologia de Sala de Aula e Trabalho Individual Trabalhar de forma mais interativa com os alunos / Escola Conde de Oeiras Professora Margarida Leitão

5 Proponente Público alvo Tema/Sugestão de formação Razões de escolha da proposta formativa Entidade/Formador Matemática e de Línguas de Línguas de Línguas Administração Escolar Experimentais Português Línguas Línguas Francês Francês Ferramentas Multimédia Novas Terminologias Gramaticais Utilização das Novas Tecnologias nas aulas de Línguas (materna e não materna) Criação de portfólios digitais Tratamento do Oral e da Escrita no Francês Quadro Comum Europeu de Referência para o Ensino das Línguas Ação Social Escolar Informática Excell e word Contabilidade Escrituração e POCE- CONTAB Tesouraria - Escrituração Legislação área do Pessoal Docente e Não Docente (Progressão na Carreira, Contratos, Concursos, Faltas, Férias e Licenças) Atendimento ao Público Programa PRODESIS - Alunos Economato Inventário e Cadastro dos Bens do Estado (CIB) Aplicar na Metodologia de Sala de Aula e Trabalho Individual Trabalhar de forma mais interativa com os alunos Entrada em vigor dos NPPEB/Alterações no ensino da gramática Adequação das estratégias às necessidades do mundo atual Necessidades específicas do grupo disciplinar Aquisição de conhecimentos nas áreas de contabilidade, inventário e cadastro, economato e legislação para melhoria do desempenho

6 Direção Direção Direção Proponente Público alvo Tema/Sugestão de formação Razões de escolha da proposta formativa Entidade/Formador SPO e assistentes Professores, Psicólogos do SPO Documentos Orientadores Comunicação no espaço escolar/ Gestão de conflitos Diabetes: Intervenção adequada junto de alunos com doença Novas tecnologias 1ºs socorros Avaliação Psicológica Tomar conhecimento dos documentos orientadores do Agrupamento Melhorar a relação com os alunos Gerir assertivamente as situações de conflito Apoiar e resolver situações decorrentes do dia a dia Aprofundar os conhecimentos para resolver os problemas do dia-a-dia Aprofundar os conhecimentos para resolver os problemas do dia-a-dia Necessidade de manter atualizada a informação referente aos instrumentos de avaliação adequados às características do público alvo do SPO Direção Técnicas do Hospital S.Francisco Xavier ACES Oeiras Paula Beirão B. Formação calendarizada pelo CFO: Público alvo Formação já calendarizada Entidade/Formador Docentes do ensino básico e secundário Convivência na Escola I Curso de prevenção de conflitos Parceria com o MEM Docentes Literacia Emocional em contexto educativo

7 C. Formação a decorrer: Público alvo Formação a decorrer Entidade/Formador Docentes Workshop de Matemática Paula Rodrigues (EB1 Joaquim Matias) Docentes Primeiros Socorros Cruz Vermelha Portuguesa Fátima Costa, Manuela Prudêncio Margarida Próspero, Margarida Leitão, Ângela Sucena, Ana Paula Vieira Todos os profs do Agrupamento Formação para DTs trabalho autónomo GARE Interna (Isabel Bento) Workshop do CCEMS em parceria com o de Informática da Faculdade de e Tecnologia da Universidade de Coimbra desdobrado no Agrupamento por grupo da equipa PTE Ângela Sucena História, Arte e Criatividade MNAA Manuela Prudêncio "Confrontos: Bosch e o seu círculo" MNAA Grupo de História Uso da plataforma moodle Interna (Margarida Leitão) A Educação para o Desenvolvimento Sustentável na Sociedade do Associação CIDAADS e Agência Ciência Viva Graça Figueiredo Conhecimento Ana Paula Vieira, Manuela Guerreiro Projeto Eu Passo Hábitos de vida saudável Associação Prevenir e CMO Professores DT e de CN de 7º ano ( Paula Programa Eu Passo Promoção de Hábitos de Vida Saudáveis Beirão e Sandra Soares) Professoras Paula Beirão e Luisa Mariz Terra no Espaço e Terra em Transformação / Elaboração de Raiz Editora José Manuel Machado Atividades Práticas. Laura Pinto Explorando os Oceanos Ecossistemas Marinhos Pavilhão do Conhecimento, Ciência Viva Laura Pinto O Ensino não Formal das Pavilhão do Conhecimento / Net - EU Céu João e Filomena Santos Utilização das TIC na Exploração do Tema Terra no Espaço Porto Editora CFQ 7º ano Céu João e Filomena Santos Como se tornou possível o Conhecimento do Universo Porto Editora Céu João e Filomena Santos Abordagem das Físico Químicas no Ensino Básico Texto Editora Manuel Fiolhais Professores Mat. 3º Ciclo Teresa Andrade e SPLIU (Sindicato dos Professores Licenciados, Novos Programas de Matemática do Ensino Básico Susana Pires Poli e Universidades)

PESSOAL DOCENTE AÇÕES DE FORMAÇÃO ACREDITADAS PELO CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA PARA O CENTRO EDUCATIS

PESSOAL DOCENTE AÇÕES DE FORMAÇÃO ACREDITADAS PELO CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA PARA O CENTRO EDUCATIS TREINO DA APTIDÃO MUSCULAR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES Registo: CCPFC/ACC-61196/09 Válida até: 30-09-2012 Destinado a: Professores dos Grupos 260 e 620 AERÓBICA NA ESCOLA - METODOLOGIA BÁSICA Registo: CCPFC/ACC-61225/09

Leia mais

Centro de Formação de Loures Oriental. PLANO DE FORMAÇÃO 2011 (Não financiado)

Centro de Formação de Loures Oriental. PLANO DE FORMAÇÃO 2011 (Não financiado) Centro de Formação de Loures Oriental PLANO DE FORMAÇÃO 2011 (Não financiado) FORMAÇÃO PARA DOCENTES (certificada pelo CCPFC) Os docentes que pretendam inscrever-se deverão preencher o impresso de candidatura

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cuba. Plano de Formação

Agrupamento de Escolas de Cuba. Plano de Formação Agrupamento de Escolas de Cuba Plano de Ano Letivo de 2012/2013 Índice Introdução... 3 1- Departamento curricular da educação pré-escolar... 6 2- Departamento curricular do 1º ciclo... 6 3- Departamento

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2013/2015

PLANO DE AÇÃO 2013/2015 PLANO DE AÇÃO 2013/2015 INTRODUÇÃO: Os planos de formação previstos na alínea b) do n.º 2 do artigo 20.º e na alínea d) do artigo 33.º, ambos do Decreto -Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, devem conter,

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RUY BELO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS RUY BELO PLANO DE FORMAÇÃO 1 PLANO DE FORMAÇÃO Índice Introdução 4 Pressupostos teóricos 5 Enquadramento legal 7 Âmbito da formação (objetivos) 9 Docentes Não docentes Pais e encarregados de educação Levantamento

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS 1 Índice

Leia mais

PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016

PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016 Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Escola Básica Frei André da Veiga PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016 A. Currículo, literacias e aprendizagem Problemas identificados Falta

Leia mais

Relatório Final de Autoavaliação

Relatório Final de Autoavaliação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA JOAQUIM SERRA Relatório Final de Autoavaliação Ano letivo 2014/2015 Grupo Disciplinar de Educação Especial (910) PROPOSTA DE INDICE DO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INTRODUÇÃO

Leia mais

Gestão Curricular na Educação Pré-Escolar. e no Ensino Básico Relatório-Síntese. Agrupamento de Escolas n.º 1 de Évora

Gestão Curricular na Educação Pré-Escolar. e no Ensino Básico Relatório-Síntese. Agrupamento de Escolas n.º 1 de Évora Gestão Curricular na Educação Pré-Escolar e no Ensino Básico Relatório-Síntese Agrupamento de Escolas n.º 1 de Évora AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º 1 DE ÉVORA CÓDIGO 135537 CONCELHO DE ÉVORA DELEGAÇÃO REGIONAL

Leia mais

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL 2015/2016 A EQUIPA: Fátima Martins, Manuela Parreira, Ana Paula Melo, Vera Moura, Manuela Simões, Anabela Barroso, Elsa Carvalho, Graça

Leia mais

Projeto de Intervenção

Projeto de Intervenção Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Projeto de Intervenção 2014/2018 Hortense Lopes dos Santos candidatura a diretora do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Braga, 17 abril de 2014

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DO CONSELHO GERAL. Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010

COMISSÃO PERMANENTE DO CONSELHO GERAL. Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010 Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010 O presente relatório traduz a avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/Santa Cruz do

Leia mais

CURSOS DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE

CURSOS DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE CURSOS DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE Mês Data Acção de Horas Local de Realização Sala Observações Novembro 3 4 Quarta Didáctica da Educação Física 17:00-21:00h Tecnologias - Moodle 19:00-21:30h Agrupamento

Leia mais

09/10. Projecto Plano Nacional de Leitura. Agrupamento de Escolas D. Nuno Álvares Pereira Tomar. Projecto PNL AEDNAP 09/10 1-9

09/10. Projecto Plano Nacional de Leitura. Agrupamento de Escolas D. Nuno Álvares Pereira Tomar. Projecto PNL AEDNAP 09/10 1-9 Projecto Plano Nacional de Leitura 09/10 Agrupamento de Escolas D. Nuno Álvares Pereira Tomar Projecto PNL AEDNAP 09/10 1-9 Índice 1. Introdução 3 2. Avaliação das actividades realizadas / Resultados alcançados

Leia mais

SINTRA E-CONTEÚDOS ECRÃS QUE MOTIVAM

SINTRA E-CONTEÚDOS ECRÃS QUE MOTIVAM SINTRA E-CONTEÚDOS ECRÃS QUE MOTIVAM Isabel Mendinhos EB23 Professor Galopim de Carvalho cregalopimcarvalho@gmail.com Resumo Sintra e-conteúdos é um projeto conjunto das bibliotecas escolares dos Agrupamentos

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO - PROJETO DO CONTRATO DE AUTONOMIA

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO - PROJETO DO CONTRATO DE AUTONOMIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO - PROJETO DO CONTRATO DE AUTONOMIA ANEXO II DOMÍNIO: GESTÃO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR Estudex PROJETOS ATIVIDADES ESTRATÉGIAS PARCERIAS CALENDARIZAÇÃO Sala de estudo para o

Leia mais

GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico

GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico Relatório 008-009 Colecção Relatórios FICHA TÉCNICA Título Gestão Curricular na Educação Pré-Escolar e no

Leia mais

CFAEBI PLANO DE AÇÃO 2015/2017 - FORMAÇÃO CONTÍNUA DE PROFESSORES CALENDARIO AELN AEM AEF AET AEFHP AEGX AEPAC AEPC AERS EPAQL ESCM ESQP TOTAL AN

CFAEBI PLANO DE AÇÃO 2015/2017 - FORMAÇÃO CONTÍNUA DE PROFESSORES CALENDARIO AELN AEM AEF AET AEFHP AEGX AEPAC AEPC AERS EPAQL ESCM ESQP TOTAL AN CFAEBI PLANO DE AÇÃO 2015/2017 - FORMAÇÃO CONTÍNUA DE PROFESSORES Unidades Orgânicas que propuseram as ações P - Prioritárias - 73 CD - Aprovadas CD - INSC - Com inscrições - N.º AÇÕES FORMADOR GRUPOS

Leia mais

Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos

Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos Arraiolos Outubro 2008 Introdução O presente documento apresenta

Leia mais

Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15

Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15 Professor: Ana Maria Galveia Taveira Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15 O Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar divide-se em quatro grandes áreas de funcionamento/intervenção,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO Escola Básica Integrada de Eixo. Ano letivo 2012/2013

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO Escola Básica Integrada de Eixo. Ano letivo 2012/2013 RELATÓRIO FINAL DE EXECUÇÃO DO PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES RELATIVO A 2012/2013 1 - Enquadramento O presente relatório tem enquadramento legal no artigo 13.º alínea f, do Decreto -Lei nº 75/2008, de 22

Leia mais

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança Seminário Contextualização SOCIEDADE DE CONHECIMENTO E NOVAS TECNOLOGIAS NAS ZONAS RURAIS as novas acessibilidades na procura da qualidade de vida Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014 Pág.1 INTRODUÇÃO O Plano Anual de Atividades das s Escolares do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Grândola atende à especificidade das bibliotecas

Leia mais

Plano de ação da biblioteca escolar

Plano de ação da biblioteca escolar AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA GAFANHA DA ENCARNÇÃO Plano de ação da biblioteca escolar 2013-2017 O plano de ação constitui-se como um documento orientador de linhas de ação estratégicas, a desenvolver num

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos (GARE)

Gestor de Atividades e Recursos Educativos (GARE) 213/214 Gestor de Atividades e Recursos Educativos (GARE) Resumo das atividades Data Atividade Público-Alvo Custo Início - Término Titulo, Tipologia, Proponente, Escola Préescolar 1º Ciclo 2º Ciclo 3º

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Matos Castro, Maria da Luz de Deus Morada Rua Ilha dos Amores, Lte 04.09.01A.-1ºC, 1990-119 Lisboa Telefone 218966325 / 939738237 Fax Correio

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO Indicações para Operacionalização 2012-2015 O Plano Anual de Atividades do Agrupamento é relevante para toda a Comunidade Educativa. Por ele se operacionalizam

Leia mais

Projecto de Intervenção 2010-2014

Projecto de Intervenção 2010-2014 Projecto de Intervenção 2010-2014 Desafios da Boa Água AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BOA-ÁGUA QUINTA DO CONDE - SESIMBRA Nuno Mantas Maio de 2010 1. Introdução O Agrupamento de Escolas da Boa-Água foi criado

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Plano Anual de Atividades 2015/ 2016 Ser,Intervir e Aprender PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Sede: ES de Mem Martins EB23 Maria Alberta Menéres; EB1 de Mem Martins n.º2; EB1 com JI da Serra das Minas

Leia mais

O Agrupamento de escolas do concelho

O Agrupamento de escolas do concelho O Agrupamento de escolas do concelho de Campo Maior...... Agrupamento de Escolas de Campo Maior A missão do Agrupamento de Escolas de Campo Maior reside na promoção do sucesso educativo e na valorização

Leia mais

Relatório de Coordenação das Bibliotecas Escolares INTRODUÇÃO

Relatório de Coordenação das Bibliotecas Escolares INTRODUÇÃO Relatório de Coordenação das Bibliotecas Escolares INTRODUÇÃO A equipa pedagógica das Bibliotecas Escolares (BE) do agrupamento propôs um conjunto de atividades tendo em conta a articulação com o Modelo

Leia mais

2013/2014 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR]

2013/2014 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR] Projeto / Atividade Objetivos Intervenientes Recursos/ materiais Voluntários de Leitura Construir relações/parcerias com a BMP e com as redes locais (ADA/Centro Comunitário de Portel) BE - Vamos Partilh@r

Leia mais

RELATÓRIO DA BIBLIOTECA sede 2012/2013

RELATÓRIO DA BIBLIOTECA sede 2012/2013 RELATÓRIO DA BIBLIOTECA sede 2012/2013 1. Introdução De acordo com as orientações do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares, do Ministério da Educação, a Biblioteca Escolar sede desenvolve o seu trabalho

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA Plano Estratégico de Melhoria 2011-2012 Uma escola de valores, que educa para os valores Sustentabilidade, uma educação de, e para o Futuro 1. Plano Estratégico

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria 2015l2017 ÍNDICE ÍNDICE: INTRODUÇÃO... 3 ÁREAS DE AÇÃO DE MELHORIA.... 4 PLANOS DE AÇÃO DE MELHORIA.. 5 CONCLUSÃO...

Leia mais

Aumentar o sucesso educativo Taxa de sucesso 7º ano 79% 8º ano 80% 9º Ano 66% Melhorar a qualidade do sucesso

Aumentar o sucesso educativo Taxa de sucesso 7º ano 79% 8º ano 80% 9º Ano 66% Melhorar a qualidade do sucesso ESCOLA SECUNDÁRIA DE S. PEDRO DA COVA PLANO TEIP 2014-2015 AÇÕES (a vermelho, ações propostas, mas que, por motivos de vária ordem, não é possível dinamizar, na totalidade ou nos s ou turmas referidos)

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL Escola Secundária de S. João do Estoril. Apelar às capacidades imaginativas dos estudantes;

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL Escola Secundária de S. João do Estoril. Apelar às capacidades imaginativas dos estudantes; AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO JOÃO DO ESTORIL Escola Secundária de S. João do Estoril ESCOLA SECUNDÁRIA DE SÃO JOÃO DO ESTORIL PLANO ANUAL DE ÁREAS INTERVENÇÃO PEE: DIVERSIDADE FORMATIVA 1 2 3 4 5 6 7

Leia mais

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM Ano Letivo 2011/2012 Marinha Grande, Setembro de 2011 1. Índice: Índice 2 1. Introdução 3 2. Caracterização

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO AGOSTINHO DA SILVA

CENTRO DE FORMAÇÃO AGOSTINHO DA SILVA AÇÕES DE FORMAÇÃO PARA REQUISIÇÃO que podem ser consideradas como trabalho a nível de estabelecimento, conforme a alínea d), do nº 3, do Artº 82º do ECD (DL 41/2012). 1. Ações com acreditação pelo CCPFC

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação 1.º Ciclo do Ensino Básico CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO Critérios de Avaliação, 1º Ciclo - Ano Letivo 2014-15 Página 1 de 10 1. Domínios de avaliação: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º

Leia mais

C406. Ensino e Aprendizagem com TIC na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico

C406. Ensino e Aprendizagem com TIC na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico Plano de Formação para a Certificação de Competências TIC Nível 2-2010 C406. Ensino e Aprendizagem com TIC na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo do Ensino Básico - TURMA C - Formadores: Eunice Macedo

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa.

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa. Administração Regional de Saúde do Alentejo, IP Centro de Saúde de Montemor-o-Novo Crescer Saudável O Programa de Educação para a Saúde Crescer Saudável surge no âmbito do Programa Nacional de Saúde r

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE E PESSOAL NÃO DOCENTE

PLANO DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE E PESSOAL NÃO DOCENTE PLANO DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE E PESSOAL NÃO DOCENTE Compreendemos a necessidade de olhar a mudança num duplo movimento de integração - endógeno e exógeno: Bolívar (2007:28) As mudanças devem assim

Leia mais

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia Codigo:7205. Ano Lectivo 2014-15. Codigo U.C. Ano Curricular Sem. U.C.

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia Codigo:7205. Ano Lectivo 2014-15. Codigo U.C. Ano Curricular Sem. U.C. Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Psicogerontologia :7205 Ano Curricular Sem.. Nome da. 1 Anual 201244 Psicologia do Desenvolvimento 1 Anual 201245 Psicologia da Saúde e das Relações Interpessoais

Leia mais

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM 1- Estabelecimentos de ensino integrados no projecto em anos lectivos transactos Os docentes colocados em estabelecimentos

Leia mais

Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva

Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/14 A Coordenadora: Maria do Castelo Nunes da Costa INTRODUÇÃO A Saúde é um fator essencial da vida humana. Segundo

Leia mais

Plano Anual Saúde Escolar

Plano Anual Saúde Escolar Escola Básica e Secundária de Velas Plano Anual Saúde Escolar 2015- Equipa de Saúde Escolar INTRODUÇÃO A Escola Básica e Secundária de Velas, através da Equipa de Saúde Escolar e conjuntamente com o Centro

Leia mais

isa.alves.esteves@gmail.com Planear e dinamizar actividades

isa.alves.esteves@gmail.com Planear e dinamizar actividades Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido (s) / Nome próprio Alves Esteves, Isabel Morada Rua da Formiga, n. º 62, Apartamento 602, 4750-159 Arcozelo arcelos (Portugal) Telefone 253815379 Telemóvel 916390227

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES O Plano Plurianual de Atividades é um documento de planeamento que define, em função do Projeto Educativo, os objetivos, as formas de organização e de programação das atividades e que procede à identificação

Leia mais

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 ÍNDICE NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 1.1 Formação do Pessoal Docente 3 1.2 Formação do Pessoal Não Docente 4 1.3 Formação orientada para os alunos 4 1.4 Formação orientada para os pais e

Leia mais

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas Agrupamento de Escolas Martim de Freitas Projecto Educativo 2009/2013 O que verdadeiramente nos interessa é educarmos de modo a contribuirmos para uma sociedade aberta e dinâmica, mas só cooperando, conseguiremos

Leia mais

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS 8h45 9h00-11h00 11h00-12h30 12h30 14h30-16h30 17h00-18h00 18h00 1.º dia Chegada à escola-sede do Agrupamento Sessão de apresentação do Agrupamento pela Direcção e primeira

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO

AUTO-AVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO AUTO-AVALIAÇÃO DO AGRUPAMENTO Os processos e as tecnologias podem unir aspectos importantes para melhores desempenhos organizacionais, mas são as pessoas, através dos seus desempenhos e comportamentos,

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. CORREIA MATEUS

Gestor de Atividades e Recursos Educativos AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. CORREIA MATEUS Escola: Escola do 1º CEB dos Andrinos/Jardim de Infância do Campo Amarelo/Jardim de Infância do Soutocico/Jardim de Infância dos Andrinos/Jardim de Infância dos /Direção/Programa "O melhor do mundo são

Leia mais

Plano Anual de Atividades. Agrupamento de Escolas de Carnaxide 2013/2014

Plano Anual de Atividades. Agrupamento de Escolas de Carnaxide 2013/2014 Plano Anual de Atividades de Escolas de Carnaxide 2013/2014 Índice 1. Introdução... 5 2. Planeamento das Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica... 7 2.1 ESTRUTURA EDUCATIVA: DEPARTAMENTO

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos

Gestor de Atividades e Recursos Educativos Apresentação dinamizada pelos alunos: Plano para uma viagem em Portugal. Escola Básica de Agrela e Vale do Leça Tipologia: Animação cultural (teatro, concertos, saraus) Ciências Sociais e Humanas 420 -

Leia mais

ADENDA Ano letivo 2015/2016

ADENDA Ano letivo 2015/2016 ADENDA Ano letivo 2015/2016 INTENCIONALIDADE EDUCATIVA Plano de Estudo e de Desenvolvimento do Currículo 2013/2017 3.2. Desenho Curricular e Carga Horária das Ofertas Educativas do Agrupamento 3.2.1. Desenho

Leia mais

PROJECTO CURRICULAR 1

PROJECTO CURRICULAR 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI GONÇALO DE AZEVEDO PROJECTO CURRICULAR 1 Documento de orientação e organização pedagógica para o ano letivo 2013/14 Aprovado em Conselho Pedagógico 3 Julho 2013 1 O Projecto

Leia mais

Dissertações de Doutoramento

Dissertações de Doutoramento Revista Portuguesa de Educação, 2006, 19(1), pp. 187-198 2006, CIEd - Universidade do Minho Dissertações de Doutoramento Marlène Fernandes da Silva e Silva (2005). A Pragmática Lexicultural em Educação

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

Formulário de Candidatura Nº de entrada /2015

Formulário de Candidatura Nº de entrada /2015 Formulário de Candidatura Nº de entrada /2015 INFORMAÇÃO GERAL Antes de começar a preencher o presente formulário de candidatura, por favor leia o regulamento do CONCURSO CUIDAR 15, disponível no sítio

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 660/XII/4.ª

PROJETO DE LEI N.º 660/XII/4.ª Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 660/XII/4.ª ESTABELECE UM NÚMERO MÁXIMO DE ALUNOS POR TURMA E POR DOCENTE NOS ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO Exposição de

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Arronches. Metas Estratégicas para a Promoção da Cidadania ACTIVA e do Sucesso Escolar

Agrupamento de Escolas de Arronches. Metas Estratégicas para a Promoção da Cidadania ACTIVA e do Sucesso Escolar Agrupamento de Escolas de Arronches Metas Estratégicas para a Promoção da Cidadania ACTIVA e do Sucesso Escolar João Garrinhas Agrupamento de Escolas de Arronches I. PRINCIPIOS, VALORES E MISSÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA Projeto de Intervenção 2015/2019 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MANUEL TEIXEIRA GOMES PORTIMÃO PROJETO DE INTERVENÇÃO 2015-2019 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título)

PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título) Divisão de Educação / Divisão de Ação Sociocultural PLANO DE AÇÃO CULTURAL - PAC 2013/2014 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (a preencher pelo responsável do Projeto) Projeto (Título) (Preencher com clareza e

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA JOAQUIM SERRA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA JOAQUIM SERRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA JOAQUIM SERRA Relatório de Autoavaliação Ano letivo 2014/2015 Grupo disciplinar de Página2 ÍNDICE INTRODUÇÃO. 3 I ENQUADRAMENTO. 3 1. Caracterização da estrutura educativa.

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES Agrupamento de Escolas Elias Garcia 2013/2016 1 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2013/2016 O Plano Plurianual de Atividades (PPA) constitui um dos documentos de autonomia,

Leia mais

Nº 13 AEC - Papel e Acção na Escola. e-revista ISSN 1645-9180

Nº 13 AEC - Papel e Acção na Escola. e-revista ISSN 1645-9180 1 A Escola a Tempo Inteiro em Matosinhos: dos desafios estruturais à aposta na formação dos professores das AEC Actividades de Enriquecimento Curricular Correia Pinto (*) antonio.correia.pinto@cm-matosinhos.pt

Leia mais

AGENDA DE TRABALHO 2

AGENDA DE TRABALHO 2 AGENDA DE TRABALHO 2 Agrupamento de Escolas (Educação Pré-Escolar e Ensino Básico/ Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Ensino Secundário) 1.º DIA 9:00 CHEGADA À ESCOLA-SEDE 9:00-10:30 SESSÃO DE APRESENTAÇÃO

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro EDUCAÇÃO ESPECIAL Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro GRUPO ALVO DA EDUCAÇÃO ESPECIAL Alunos que apresentam limitações graves ao nível da Actividade e Participação, decorrentes de Execução de uma ação

Leia mais

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas Introdução A Educação Artística no Ensino Básico desenvolve-se em quatro grandes áreas (Expressão Plástica e Educação Visual; Expressão e Educação

Leia mais

PLANO DE MELHORIA Julho 2014

PLANO DE MELHORIA Julho 2014 PLANO DE MELHORIA Julho 2014 Índice Nota Introdutória... 2 1. Resultados da avaliação externa... 3 2. Áreas e ações de melhoria... 4 3. Acompanhamento e divulgação... 7 AET Plano de melhoria 2014/2015

Leia mais

3.ª REUNIÃO 23 de abril de 2014 - ORDEM DE TRABALHOS:

3.ª REUNIÃO 23 de abril de 2014 - ORDEM DE TRABALHOS: 3.ª REUNIÃO 23 de abril de 2014 - ORDEM DE TRABALHOS: 1. Aprovação do Regimento do Conselho Geral. 2. Balanço do decurso do ano letivo: a) Abertura e funcionamento; b) Plano Anual de Atividades; c) Projeto

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 0/0 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 ÍNDICE - Introdução...

Leia mais

Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja. Nº Candidato Nome

Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja. Nº Candidato Nome Nome da Escola : Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja Data final da candidatura : 2015-05-06 Grupo de Recrutamento: 110-1º Ciclo do Ensino Básico Ficheiro gerado em : 07/05/2015 11:05:57 Ordenação Graduação

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DOS SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

REGIMENTO INTERNO DOS SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO REGIMENTO INTERNO DOS SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Artigo 1º Objectivo e Âmbito 1. Os (SPO) constituem um dos Serviços Técnico-Pedagógicos previsto no artigo 25º alínea a) do Regulamento Interno

Leia mais

Educação Formação Avançada

Educação Formação Avançada ISEC Instituto Superior de Educação e Ciências Educação Formação Avançada ISEC Instituto Superior de Educação e Ciências Educação Formação Avançada Unidade Científico- Pedagógica de Ciências da Educação

Leia mais

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30%

Lista Ordenada. Ponderação da Avaliação do Portefólio - 30% Técnicos Especializados da Escola : Agrupamento de Escolas de Santo António, Barreiro Nº Escola : 121216 Data final da candidatura : 214-1-29 Nº Horário : 41 Disciplina Projeto: Gabinete GISP Nº Horas:

Leia mais

FACE. Formação Avançada em Ciências da Educação CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2015

FACE. Formação Avançada em Ciências da Educação CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2015 FACE Modalidades de formação: A Cursos/Oficinas acreditadas pelo Conselho Científicopedagógico da Formação Contínua (CCPFC) B Módulos de Formação A Cursos/Oficinas acreditadas pelo CCPFC Desenvolvimento

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 ÍNDICE 1. COMISSÃO ADMINISTRATIVA PROVISÓRIA 2. ESTRUTURAS PEDAGÓGICAS 2.1 SETOR COORDENAÇÃO E SUPERVISÃO PEDAGÓGICA 2.2 SETOR NÚCLEO DE PROJETOS E ATIVIDADES 2.3 SETOR AVALIAÇÃO INTERNA

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento Agrupamento de Escolas da Trofa Plano de Melhoria e Desenvolvimento Biénio 2015/2017 INTRODUÇÃO A autoavaliação e a avaliação externa são procedimentos obrigatórios e enquadrados na Lei n.º 31/2002, de

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016

Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016 Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016 Proposta de Projetos/Atividades/Estratégias para o PAA Projeto de Educação para a Saúde (P.E.S.) Com a realização das atividades pretendemos:

Leia mais

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L.

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de 2010/2011 Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de de Pessoal Docente e Não Docente 2010/11 INTRODUÇÃO O Plano de do Instituto de S. Tiago surge da cooperação entre todas as

Leia mais

Programa Municipal de Apoio aos Projetos Socioeducativos Eixo1: Plano Anual de Atividades FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Ano Letivo 2013-2014

Programa Municipal de Apoio aos Projetos Socioeducativos Eixo1: Plano Anual de Atividades FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Ano Letivo 2013-2014 Programa Municipal de Apoio aos Projetos Socioeducativos Eixo1: Plano Anual de Atividades FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Ano Letivo 2013-2014 1. Identificação agrupamento de escolas Identificação: Agrupamento

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA Escola Básica e Secundária do Levante da Maia PLANO DE OCUPAÇÃO PLENA DE TEMPOS ESCOLARES 2013-2017 Crescer, Saber e Ser Página 0 (Anexo I) ÍNDICE I. Nota Introdutória

Leia mais

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR COORDENADOR: Vanda Teixeira 1. FUNDAMENTAÇÃO/ CONTEXTUALIZAÇÃO/ JUSTIFICAÇÃO a) O Desporto Escolar constitui uma das vertentes de atuação do Ministério da Educação e Ciência com maior transversalidade

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BOA ÁGUA 2011/2012

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BOA ÁGUA 2011/2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BOA ÁGUA 172388 2011/2012 Índice 1 Introdução... 2 2 Objetivos... 2 3 Metas de Aprendizagem... 3 4 Modelo Organizacional do Agrupamento... 3 5 Desenho Curricular... 4 6 Regime

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Formação Profissional Ficha Técnica Título Programa de Metodologia do Ensino de Matemática

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos (COD. 172145) PLANO DE MELHORIA 2012/2013

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos (COD. 172145) PLANO DE MELHORIA 2012/2013 Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos (COD. 172145) PLANO DE MELHORIA 2012/2013 (reformulado após a reunião de Peagógico de 13/03/2013 Áreas de melhoria 1. Melhorar a disciplina 1.1 Sensibilização

Leia mais

AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria

AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARRONCHES AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria JANEIRO 2014 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ANÁLISE QUALITATIVA... 1 3.... 5 3.1. Áreas de Melhoria... 5 3.2. Identificação

Leia mais

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade)

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade) Escola Secundária da Ramada Plano Plurianual de Atividades Pro Qualitate (Pela Qualidade) 2014 A Escola está ao serviço de um Projeto de aprendizagem (Nóvoa, 2006). ii ÍNDICE GERAL Pág. Introdução 1 Dimensões

Leia mais

PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO

PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO AE de maximinos EQUIPA DE AUTOAVALIAÇÃO PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO 2012/2013 Equipa de Autoavaliação Alcina Pires Ana Paula Couto Antonieta Silva António Rocha Beatriz Gonçalves José Pedrosa Paula Mesquita

Leia mais

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura (vide instruções no URL: http://www.crie.min-edu.pt/portateis/index.htm) 1. Identificação

Leia mais

Um projecto voltado para o futuro

Um projecto voltado para o futuro Enriquecimento Curricular Évora, 8 de Maio de 2009 Um projecto voltado para o futuro Educação para a Cidadania Projecto pioneiro Câmara Municipal de Évora entidade promotora do Programa de Actividades

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 21 de julho de 2014 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS Despacho n.º 196/2014 Aprova o Calendário Escolar dos estabelecimentos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016 PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016 JULHO 2015 1. Enquadramento. O presente Plano Estratégico para o ano 2015-2016, dá cumprimento ao disposto no artigo 15.º do Despacho Normativo n.º6/2014, de 26 de maio. Apresentam-se

Leia mais

DEPARTAMENTOS CURRICULARES DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO

DEPARTAMENTOS CURRICULARES DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO DEPARTAMENTOS CURRICULARES DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Índice 1. Identificação do problema pág. 3 2. Fundamentação pág. 5 3. Objetivos pág. 6 4. Execução do projeto pág. 6 5.

Leia mais

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 Plano Anual de Atividades do de Escolas Sá de Miranda Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 (devem ser indicadas as atividades que ultrapassem a dimensão do pequeno grupo ou da turma) Calendarizaç

Leia mais