Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva"

Transcrição

1 Agrupamento de Escolas Marquês de Marialva PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/14 A Coordenadora: Maria do Castelo Nunes da Costa

2 INTRODUÇÃO A Saúde é um fator essencial da vida humana. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde é um estado de bem-estar total, tanto no pl físico como mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade e reconhece-a como um dos direitos fundamentais de todo o ser hum. A promoção da saúde é um processo que visa criar condições para que as pessoas aumentem a capacidade de controlar os fatores que a determinam, no sentido de a melhorar. As medidas de promoção da saúde passam pela prevenção da doença, pela proteção da saúde e pela educação para a saúde. O Projeto de Promoção e Educação para a Saúde, no âmbito do Despacho nº2506/2007 do Ministério da Educação de 20 de fevereiro de 2007, tem como finalidades uma maior integração de saberes, bem como o desenvolvimento de competências capazes de favorecer o equilíbrio e o bem-estar das crianças e jovens/adolescentes, para que estes possam saber fazer escolhas mais conscientes, informadas, adequadas e assertivas à sua saúde. Assim tendo em conta o Despacho do Senhor Secretário de Estado da Educação, de 27 de setembro de 2006 e outra legislação de referência, são consideradas temáticas prioritárias de Educação para a Saúde: a) Alimentação e atividade física; b) Consumo de substâncias psicoativas; c) Sexualidade; d) Infeções sexualmente transmissíveis, designadamente VIH-SIDA; e) Violência em meio escolar. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 1

3 Este trabalho representa o desenho de um projeto de intervenção no Agrupamento de Escolas de Cantanhede na área de Educação para a Saúde, a implementar no letivo 2013/2014. Este projeto será apresentado em Conselho Pedagógico de outubro de Sempre que necessário durante o letivo o projeto poderá ser reformulado. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 2

4 EQUIPA DE TRABALHO Durante o letivo 2013/2014 a Equipa do Projeto será constituída pelos seguintes Educadores/Professores: Maria do Castelo Nunes da Costa - Coordenadora do Projeto; Luísa Maria Santos Reis Representante do Pré-escolar; Maria Arcelina Marques Representante do 1º CEB; Maria Clara Costa Neves PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 3

5 CARACTERIZAÇÃO DO MEIO Cantanhede é o maior concelho do distrito de Coimbra e localiza-se no centro de um triângulo geográfico de notória importância económica, em cujos vértices se situam, além da sede de distrito as cidades de Aveiro e Figueira da Foz. Com uma área de cerca de 400 Km 2, Cantanhede integra dezve freguesias, num total de 168 povoações. A população do concelho em 2011 era de residentes. A população escolar do Agrupamento de Escolas de Cantanhede, no letivo de 2013/2014, ronda os 1759 alunos (234 no Pré-Escolar, 766 no 1º CEB, 319 no 2º CEB e 440 no 3º CEB). PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 4

6 PROBLEMAS / NECESSIDADES Hábitos alimentares incorretos; Distúrbios alimentares; Falta de atividade física; Consumo de substâncias psicoativas; Existência de fatores que influenciam o consumo de substâncias psicoativas; Pouca educação para os afetos e a sexualidade; Existência de informações deturpadas sobre as IST s;; Aumento da violência em meio escolar; Perturbações mentais e do comportamento; Falta de hábitos de higiene e outros cuidados. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 5

7 OBJETIVOS OBJETIVOS GERAIS: Fomentar hábitos de vida saudáveis. Diminuir o consumo de Substâncias Psicoativas. Desenvolver competências que permitam uma conduta sexual para a formação integral do indivíduo enquanto cidadão responsável. Diminuir a violência em meio escolar. Aumentar a literacia em Saúde Mental. Prevenir doenças. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Sensibilizar para a importância de uma Alimentação Saudável. Assumir atitudes críticas face aos comportamentos que comprometem o equilíbrio do organismo. Estimular a atividade física. Contribuir para um estilo de vida ativo. Diminuir o consumo junto dos alunos com dependência de SPA. Educar para atitudes responsáveis. Prevenir o consumo de SPA. Valorizar relações de afetividade. Estimular comportamentos saudáveis. Promover relações interpessoais positivas. Prevenir o adoecimento mental. Promover hábitos de higiene. Prevenir o cancro. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 6

8 PROBLEMAS OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS Hábitos alimentares incorretos. Distúrbios alimentares. Falta de atividade física. Fomentar hábitos de vida saudáveis. Sensibilizar para a importância de uma Alimentação Saudável. Assumir atitudes críticas face aos comportamentos que comprometem o equilíbrio do organismo. Estimular a atividade física. Contribuir para um estilo de vida ativo. Consumo de substâncias psicoativas. Existência de fatores que influenciam o consumo de substâncias psicoativas. Diminuir o consumo de Substâncias Psicoativas. Diminuir o consumo junto dos alunos com dependência de SPA. Educar para atitudes responsáveis. Prevenir o consumo de SPA. Pouca educação para os afetos e a sexualidade. Existência de informações deturpadas sobre as IST s. Aumento da violência em meio escolar. Perturbações mentais e do comportamento. Desenvolver competências que permitam uma conduta sexual para a formação integral do indivíduo enquanto cidadão responsável. Diminuir a violência em meio escolar. Aumentar a literacia em Saúde Mental. Valorizar relações de afetividade. Estimular comportamentos saudáveis. Promover relações interpessoais positivas. Prevenir o adoecimento mental. Falta de hábitos de higiene e outros cuidados. Prevenir doenças. Promover hábitos de higiene. Prevenir o cancro. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 7

9 METODOLOGIA Para a concretização deste projeto, dividimos a intervenção em duas vertentes: Dentro da sala de aula - abrangendo todas as disciplinas. Disciplinas da Área Curricular Intervenção dos professores sempre que, no currículo ou quando considerarem oportuno, debaterem a temática. Oferta complementar Atividades de pesquisa; Dinâmicas interpares; Dinâmicas de Grupo; Campanhas/comemorações de eventos; Atividades educativas ao ar livre; Exposições de trabalhos/produtos (posters, vídeos, PowerPoint, etc.); Sessões de informações sensibilização/palestras/ /debates; Workshops; Aplicação e análise de questionários e outros instrumentos de medida. Aplicação de programas com materiais e conteúdos específicos; Ações de envolvimento das famílias; Ações de envolvimento da comunidade. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 8

10 Fora da sala de aula - realização de várias atividades complementares de enriquecimento, tais como: Ações de sensibilização para a / Educativa sobre a temática; Atividades do Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico; Atividades realizadas dentro do Projeto do Desporto Escolar e do Projeto da Rádio; Colaboração com os Clubes existentes na Escola. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/2014 9

11 INTERVENIENTES Coordenadora do PPES; Professores; Educadoras de Infância; Alunos; Assistentes operacionais; Serviço de Psicologia e Orientação; Apoios Educativos; Serviços Administrativos; Associação de Pais / Encarregados de Educação. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

12 ARTICULAÇÕES / PARCERIAS Coordenação dos Pré-escolar, 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico; Conselho de Docentes do Pré-escolar e 1º C.E.B. e Conselhos de Turma e respetivos Pls de Turma; Projeto Educativo orientado para a articulação das várias temáticas de Promoção e Educação para a Saúde, através dos vários Órgãos de Administração e Gestão; Biblioteca Escolar; Centro de Saúde de Cantanhede; Câmara Municipal de Cantanhede; Junta de Freguesia de Cantanhede; GNR; Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede; Biblioteca Municipal de Cantanhede; Clubes existentes na Escola; Centro de Ocupação Juvenil; Outras Entidades. RECURSOS Hums Físicos Financeiros PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

13 AVALIAÇÃO Avaliação diagnostica Ficha - PROPOSTAS PARA O PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE (Preenchida em 2010/2011). Avaliação da atividade Realização de questionários de avaliação. Avaliação final Realização de um relatório no final do letivo. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

14 PLANO DE ATIVIDADES ÁREA TEMÁTICA: Educação Alimentar / Atividade Física OBJETIVOS ESPECÍFICOS Sensibilizar para a importância de uma Alimentação Saudável. ATIVIDADES Comer Bem desde Cedo DINAMIZADORES/ COLABORADORES Castelo, Clara e enfermeira Arcelina, Castelo e enfermeira do Centro de Saúde de DESTINATÁRIOS Alunos do 1ºCEB e respetivos E.E. DATA Clube de Desporto Mário Rolo e outros Rádio Vitor Pacheco e outros Comunidade Educativa Comemoração do Dia Mundial da Alimentação Castelo, Luisa Reis e Arcelina do Agrupamento 16 Out. Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP Assumir atitudes críticas face aos comportamentos que comprometem o equilíbrio do organismo. Estimular a atividade física. Castelo, Clara e enfermeira Clube de Desporto Mário Rolo e outros Rádio Vitor Pacheco e outros Comunidade Educativa Expressão Físico-Motora Castelo, Clara e enfermeira Educadoras, Professores e Equipa PPES. Alunos do JI e 1º CEB Clube de Desporto Mário Rolo e outros Rádio Vitor Pacheco e outros Comunidade Educativa Corrida de Natal Grupo de EF Alunos do 2º e 3º CEB 1ºP Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP 1º School Trail Clara, Castelo e SPO Comunidade Educativa 3ºP Maratona de Street- Grupo de EF Alunos do 2º e 3º CEB 2ºP Basquete Compal Air Jogos Sem-Fronteirinhas Grupo de EF Alunos do 6º e 2ºP alunos c/ NEE Torneios de Ténis de mesa Grupo de EF Comunidade escolar 2ºP/3ºP PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

15 5ª Caminhada pelo Coração Grupo de Ed. Física e Comunidade Educativa 3ºP Equipa PPES. Sarau de ginástica Vanda Dias Alunos do 2º e 3º CEB 3ºP Mergulhar e vir acima Prof. Pedro +EE. Alunos com NEE 3ºP Contribuir para um estilo de vida ativo. Expressão Físico-Motora Castelo, Clara e enfermeira Educadoras, Professores e Equipa PPES. Alunos do JI e 1º CEB Clube de Desporto Mário Rolo e outros Rádio Vitor Pacheco e outros Comunidade Educativa Corrida de Natal Grupo de EF Alunos do 2º e 3º CEB 1ºP Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP 1º School Trail Clara, Castelo e SPO Comunidade Educativa 3ºP Maratona de Street- Basquete Compal Air Grupo de EF Alunos do 2º e 3º CEB 2ºP Jogos Sem-Fronteirinhas Grupo de EF Alunos do 6º e alunos c/ NEE 2ºP Torneios de Ténis de mesa Grupo de EF Comunidade escolar 2ºP/3ºP 5ª Caminhada pelo Coração Grupo de Ed. Física e Equipa PPES. Comunidade Educativa 3ºP Sarau de ginástica Vanda Dias Alunos do 2º e 3º CEB 3ºP Mergulhar e vir acima Prof. Pedro +EE. Alunos com NEE 3ºP PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

16 ÁREA TEMÁTICA: Prevenção dos Consumos de Substâncias Psicoativas OBJETIVOS ESPECÍFICOS Diminuir o consumo junto dos alunos com dependência de SPA. Educar para atitudes responsáveis. ATIVIDADES DINAMIZADORES/ COLABORADORES Castelo, Clara e enfermeira DESTINATÁRIOS Alunos que consumam SPA Clubes e Rádio Dinamizadores de cada. Comunidade escolar/ Educativa Prevenção do consumo de SPA DATA Castelo e Clara Alunos do 9º e CEF 2ºP Castelo, Clara e enfermeira Clubes e Rádio Dinamizadores de cada. Comunidade escolar/ Educativa Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP 1º School Trail Clara, Castelo e SPO Comunidade Educativa 3ºP Prevenção do consumo de SPA Castelo e Clara Alunos do 9º e CEF 2ºP Prevenir o consumo de SPA. Castelo, Clara e enfermeira Clubes e Rádio Dinamizadores de cada. Comunidade escolar/ Educativa Prevenção do consumo de SPA Castelo e Clara Alunos do 9º e CEF 2ºP Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP 1º School Trail Clara, Castelo e SPO Comunidade Educativa 3ºP PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

17 ÁREA TEMÁTICA: Sexualidade e IST s OBJETIVOS ESPECÍFICOS Valorizar relações de afetividade. ATIVIDADES DINAMIZADORES/ COLABORADORES DESTINATÁRIOS Castelo, Clara e enfermeira Clubes e Rádio Dinamizadores de cada. Comunidade escolar/ Educativa Projeto de Educação Sexual: Sementes de Identidades Equipa PPES, Professores, e Centro de Saúde. Alunos do 1º, 2º e 3º CEB DATA Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP 1º School Trail Clara, Castelo e SPO Comunidade Educativa 3ºP Estimular comportamentos saudáveis. Castelo, Clara e enfermeira Clubes e Rádio Dinamizadores de cada. Comunidade escolar/ Educativa Projeto de Educação Sexual: Sementes de Identidades Equipa PPES, Professores, e Centro de Saúde. Alunos do 1º, 2º e 3º CEB Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP 1º School Trail Clara, Castelo e SPO Comunidade Educativa 3ºP PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

18 ÁREA TEMÁTICA: Saúde Mental / Violência em meio escolar OBJETIVOS ESPECÍFICOS Promover relações interpessoais positivas. ATIVIDADES DINAMIZADORES/ COLABORADORES Castelo, Clara e enfermeira DESTINATÁRIOS Clubes e Rádio Dinamizadores de cada. Comunidade escolar/ Educativa DATA Corrida de Natal Grupo de EF Alunos do 2º e 3º CEB 1ºP Espetáculo de Dança Clara e Castelo Comunidade Educativa 2ºP/3ºP 1º School Trail Clara, Castelo e SPO Comunidade Educativa 3ºP Maratona de Street- Basquete Compal Air Grupo de EF Alunos do 2º e 3º CEB 2ºP Jogos Sem-Fronteirinhas Grupo de EF Alunos do 6º e alunos c/ NEE 2ºP Torneios de Ténis de mesa Grupo de EF Comunidade escolar 2ºP/3ºP 5ª Caminhada pelo Coração Grupo de Ed. Física e Comunidade Educativa 3ºP Equipa PPES. Sarau de ginástica Vanda Dias Alunos do 2º e 3º CEB 3ºP Mergulhar e vir acima Prof. Pedro +EE. Alunos com NEE 3ºP Prevenir o adoecimento mental. Feliz Mente Castelo e Clara Alunos do 9º e CEF 1ºP Clubes e Rádio Dinamizadores de cada. Comunidade escolar/ Educativa Castelo, Clara e enfermeira PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

19 OUTRAS ÁREAS TEMÁTICAS OBJETIVOS ESPECÍFICOS ATIVIDADES DINAMIZADORES/ COLABORADORES DESTINATÁRIOS DATA Promover hábitos de higiene. Dentinhos Saudáveis Luisa Reis, Arcelina, Castelo e enfermeira do Centro de Saúde de Alunos do JI e 1º CEB Projeto SOBE Luisa Reis, Arcelina, Castelo, BE, higienista e enfermeiras do Centro de Saúde de Alunos do JI e 1º CEB Prevenir o cancro. Comemoração do Dia Mundial da Luta Contra o Cancro Castelo, Luisa Reis e Arcelina do Agrupamento 4 Fev. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

20 BIBLIOGRAFIA Pardal, M. (1990). Educação para a saúde Conceitos e perspetivas. Saúde e Escola, 6, Precioso, J. (2004). Educação para a saúde na escola. Um direito dos alunos que urge satisfazer. O Professor, n.º 85, III série, Março-Abril, pp Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho. Sampaio, D. e Outros (2007). Consumo de substâncias Psicoativas e Prevenção em Meio Escolar. Lisboa: DGIDC/DGS/IDT. PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

21 ÍNDICE Introdução Equipa de Trabalho Caracterização do Meio Problemas / Necessidades Objetivos. Metodologia. Intervenientes. Articulações / Parcerias Recursos Avaliação... Pl de Atividades... Bibliografia.. Página PROJETO DE PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2013/

Projeto de Promoção e Educação para a Saúde 2015/2016 ESPRODOURO ESCOLA PROFISSIONAL DO ALTO DOURO. A Coordenadora: Elisabete de Jesus Duarte

Projeto de Promoção e Educação para a Saúde 2015/2016 ESPRODOURO ESCOLA PROFISSIONAL DO ALTO DOURO. A Coordenadora: Elisabete de Jesus Duarte Projeto de Promoção e Educação para a Saúde 2015/2016 A Coordenadora: Elisabete de Jesus Duarte ESPRODOURO ESCOLA PROFISSIONAL DO ALTO DOURO INTRODUÇÃO A Saúde é um fator essencial da vida humana. Segundo

Leia mais

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade)

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade) Escola Secundária da Ramada Plano Plurianual de Atividades Pro Qualitate (Pela Qualidade) 2014 A Escola está ao serviço de um Projeto de aprendizagem (Nóvoa, 2006). ii ÍNDICE GERAL Pág. Introdução 1 Dimensões

Leia mais

Atividades do Projeto Educação para a Saúde

Atividades do Projeto Educação para a Saúde Atividades do Projeto Educação para a Saúde A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, não consistindo somente numa ausência de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS 1 Índice

Leia mais

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS 8h45 9h00-11h00 11h00-12h30 12h30 14h30-16h30 17h00-18h00 18h00 1.º dia Chegada à escola-sede do Agrupamento Sessão de apresentação do Agrupamento pela Direcção e primeira

Leia mais

Projeto: Promoção e Educação para a Saúde

Projeto: Promoção e Educação para a Saúde Projeto: Promoção e Educação para a Saúde Plano Anual de Atividades No âmbito do projeto Promoção e Educação para a Saúde realizar-se-ão diversas actividades, entre as quais se destacam: Exposições temáticas

Leia mais

Projeto de Intervenção

Projeto de Intervenção Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Projeto de Intervenção 2014/2018 Hortense Lopes dos Santos candidatura a diretora do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Braga, 17 abril de 2014

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO Indicações para Operacionalização 2012-2015 O Plano Anual de Atividades do Agrupamento é relevante para toda a Comunidade Educativa. Por ele se operacionalizam

Leia mais

Avaliação interna e monitorização do Projeto Educativo do AEVP 2014/2015. Avaliação Interna. e monitorização do. Projeto Educativo do Agrupamento

Avaliação interna e monitorização do Projeto Educativo do AEVP 2014/2015. Avaliação Interna. e monitorização do. Projeto Educativo do Agrupamento Avaliação Interna e monitorização do Projeto Educativo do Agrupamento 2014-2015 0 1. INTRODUÇÃO No ano letivo (2012/13), no nosso agrupamento, concluiu-se um processo de autoavaliação iniciado em 2009/10,

Leia mais

Formulário de Candidatura Nº de entrada /2015

Formulário de Candidatura Nº de entrada /2015 Formulário de Candidatura Nº de entrada /2015 INFORMAÇÃO GERAL Antes de começar a preencher o presente formulário de candidatura, por favor leia o regulamento do CONCURSO CUIDAR 15, disponível no sítio

Leia mais

AGENDA DE TRABALHO 2

AGENDA DE TRABALHO 2 AGENDA DE TRABALHO 2 Agrupamento de Escolas (Educação Pré-Escolar e Ensino Básico/ Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Ensino Secundário) 1.º DIA 9:00 CHEGADA À ESCOLA-SEDE 9:00-10:30 SESSÃO DE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Literacia, Cidadania, Sucesso

Literacia, Cidadania, Sucesso Literacia, Cidadania, Sucesso A existência humana é uma tarefa permanente de leitura da vida: ler a vida é escrever e reescrever o mundo. Rosa (2008: 107) Projecto Educativo 2010 / 2013 2 INTRODUÇÃO Dando

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR COORDENADOR: Vanda Teixeira 1. FUNDAMENTAÇÃO/ CONTEXTUALIZAÇÃO/ JUSTIFICAÇÃO a) O Desporto Escolar constitui uma das vertentes de atuação do Ministério da Educação e Ciência com maior transversalidade

Leia mais

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM Ano Letivo 2011/2012 Marinha Grande, Setembro de 2011 1. Índice: Índice 2 1. Introdução 3 2. Caracterização

Leia mais

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz PLANO ANUAL DE TRABALHO 205/206 9ºAno Código 40470 Educação para a Cidadania 9º Ano Ano Letivo: 205/ 206 Plano Anual Competências a desenvolver Conteúdos Temas/Domínios Objetivos Atividades / Materiais

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016

Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016 Agrupamento de Escolas Dr. Azevedo Neves Ano Letivo 2015/2016 Proposta de Projetos/Atividades/Estratégias para o PAA Projeto de Educação para a Saúde (P.E.S.) Com a realização das atividades pretendemos:

Leia mais

Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013

Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013 Avaliação da biblioteca escolar 2009-2013 2010 D. Gestão da biblioteca escolar Avaliação D.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE. 3 D.2 Condições humanas e materiais

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento Agrupamento de Escolas da Trofa Plano de Melhoria e Desenvolvimento Biénio 2015/2017 INTRODUÇÃO A autoavaliação e a avaliação externa são procedimentos obrigatórios e enquadrados na Lei n.º 31/2002, de

Leia mais

Plano Anual Saúde Escolar

Plano Anual Saúde Escolar Escola Básica e Secundária de Velas Plano Anual Saúde Escolar 2015- Equipa de Saúde Escolar INTRODUÇÃO A Escola Básica e Secundária de Velas, através da Equipa de Saúde Escolar e conjuntamente com o Centro

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GRÂNDOLA PROJETO EDUCATIVO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GRÂNDOLA PROJETO EDUCATIVO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE GRÂNDOLA PROJETO EDUCATIVO PARECER FAVORÁVEL DO CONSELHO PEDAGÓGICO AVE/ESAIC, EM 3.SETEMBRO.2015 APROVADO EM CONSELHO GERAL, EM 29. SETEMBRO. 2015 I - Enquadramento O concelho

Leia mais

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3

NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 ÍNDICE NOTA INTRODUTÓRIA 2 1. ENQUADRAMENTO LEGAL 3 1.1 Formação do Pessoal Docente 3 1.2 Formação do Pessoal Não Docente 4 1.3 Formação orientada para os alunos 4 1.4 Formação orientada para os pais e

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA Escola Básica e Secundária do Levante da Maia PLANO DE OCUPAÇÃO PLENA DE TEMPOS ESCOLARES 2013-2017 Crescer, Saber e Ser Página 0 (Anexo I) ÍNDICE I. Nota Introdutória

Leia mais

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL 2015/2016 A EQUIPA: Fátima Martins, Manuela Parreira, Ana Paula Melo, Vera Moura, Manuela Simões, Anabela Barroso, Elsa Carvalho, Graça

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Sampaio

Agrupamento de Escolas de Sampaio Agrupamento de Escolas de Sampaio Projeto de Educação para a Saúde 2014/2015 Índice 1. Prioridades...3 1.1. Educação Alimentar e Atividade Física. 3 1.2. Prevenção dos Comportamentos Aditivos e Dependências....4

Leia mais

Projecto Educação Para a Saúde

Projecto Educação Para a Saúde AGRUPAMENTO VERTICAL FERNANDO CASIMIRO Escola Básica Integrada Fernando Casimiro Introdução Projecto Educação Para a Saúde No seguimento do Ofício-Circular nº 69 de 20 de Outubro de 2006 procedente do

Leia mais

RELATÓRIO DA BIBLIOTECA sede 2012/2013

RELATÓRIO DA BIBLIOTECA sede 2012/2013 RELATÓRIO DA BIBLIOTECA sede 2012/2013 1. Introdução De acordo com as orientações do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares, do Ministério da Educação, a Biblioteca Escolar sede desenvolve o seu trabalho

Leia mais

Projeto Promoção e Educação para a Saúde - PES

Projeto Promoção e Educação para a Saúde - PES Projeto - Promoção e Educação para a Saúde 015/016 Projeto Promoção e Educação para a Saúde - Índice 1. Preâmbulo... 3. Identificação da Equipa... 3 3. Finalidades do Projeto... 3 4. Metodologia... 4 5.

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES O Plano Plurianual de Atividades é um documento de planeamento que define, em função do Projeto Educativo, os objetivos, as formas de organização e de programação das atividades e que procede à identificação

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016

PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016 PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016 1. INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO Nos termos do Artigo 15.º, do Despacho Normativo n.º7/2013, 11 de julho No final de cada ano escolar, o conselho pedagógico avalia o

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PROJETOS E DOS PLANOS ANUAL E PLURIANUAL DE ATIVIDADES

COORDENAÇÃO DE PROJETOS E DOS PLANOS ANUAL E PLURIANUAL DE ATIVIDADES COORDENAÇÃO DE PROJETOS E DOS PLANOS ANUAL E PLURIANUAL DE ATIVIDADES Artigo 69.º Definição 1. A informação relativa às atividades educativas promovidas a partir dos docentes, das estruturas de coordenação

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Plano Anual de Atividades 2015/ 2016 Ser,Intervir e Aprender PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Sede: ES de Mem Martins EB23 Maria Alberta Menéres; EB1 de Mem Martins n.º2; EB1 com JI da Serra das Minas

Leia mais

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré- Escolar do Lombo de São João - Ribeira Brava 1 Índice Introdução...

Leia mais

RELATÓRIO FINAL. Plano de Ação da EB1/JI do Bairro do Areias. Relatório Final de Autoavaliação do Plano de Ação de Estabelecimento da EB1 do Areias

RELATÓRIO FINAL. Plano de Ação da EB1/JI do Bairro do Areias. Relatório Final de Autoavaliação do Plano de Ação de Estabelecimento da EB1 do Areias RELATÓRIO FINAL Plano de Ação da EB1/JI do Bairro do Areias Relatório Final de Autoavaliação do Plano de Ação de Estabelecimento da EB1 do Areias Introdução Pontos Conteúdos Explicação dos objetivos do

Leia mais

PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO

PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO AE de maximinos EQUIPA DE AUTOAVALIAÇÃO PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO 2012/2013 Equipa de Autoavaliação Alcina Pires Ana Paula Couto Antonieta Silva António Rocha Beatriz Gonçalves José Pedrosa Paula Mesquita

Leia mais

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3 ÍNDICE: 1. Introdução. 1 2. CONTEXTUALIZAÇÃO - Caracterização do meio 2 - Caracterização do espaço ATL... 2 3. Grupo - Caracterização do grupo. 3 - Caracterização da equipa/horário. 3 4. OBJETIVOS: - Objetivos

Leia mais

Introdução Freguesia de Odivelas Junta Freguesia de Odivelas Comissão Social de Freguesia de Odivelas

Introdução Freguesia de Odivelas Junta Freguesia de Odivelas Comissão Social de Freguesia de Odivelas Introdução A Freguesia de Odivelas é uma realidade complexa que a todos diz respeito, uma realidade que deve ser alvo de uma intervenção de todos que nela participam para que seja executado um trabalho

Leia mais

PES Promoção e Educação para a Saúde

PES Promoção e Educação para a Saúde (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto PES Promoção e Educação para a Saúde Equipa Dinamizadora: Alice Gonçalves e Rosa Rêgo Ano letivo 2014/2015

Leia mais

Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde

Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde Planificação das Atividades do Projeto de Educação para a Saúde 1 - Educação Alimentar gerais - Ausência do hábito de tomar o pequenoalmoço. - Consequências de uma alimentação desequilibrada. - Sensibilizar

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO Escola Básica Integrada de Eixo. Ano letivo 2012/2013

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE EIXO Escola Básica Integrada de Eixo. Ano letivo 2012/2013 RELATÓRIO FINAL DE EXECUÇÃO DO PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES RELATIVO A 2012/2013 1 - Enquadramento O presente relatório tem enquadramento legal no artigo 13.º alínea f, do Decreto -Lei nº 75/2008, de 22

Leia mais

Plano de ação de melhoria

Plano de ação de melhoria Agrupamento de Escolas de Portela e Moscavide Escola Secundária da Portela Escola EB 2,3 Gaspar Correia Escola EB1 Catela Gomes Escola EB1/JI Quinta da Alegria Escola EB1/JI Portela Plano de ação de melhoria

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO CENTRO DE FÉRIAS DESPORTIVAS DE VERÃO N OS MOCHOS - 2013 - PROJETO DINAMIZADO PELA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE ESPINHO PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO Espinho, 2 de Maio de 2013 ÍNDICE Página Introdução 3

Leia mais

PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2009/2010 Índice ÍNDICE... 1 1. IDENTIFICAÇÃO... 2 2. FUNDAMENTAÇÃO... 2 3. FINALIDADES/OBJECTIVOS... 3 4. ESTRATÉGIA OPERATIVA/METODOLOGIA... 3 4.1. PÚBLICO-ALVO... 3 4.2.

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2013/2014

PLANO DE AÇÃO 2013/2014 Plano de Ação 2013/ PLANO DE AÇÃO 2013/ 1 Plano de Ação 2013/ Eixo de Desenvolvimento: Promover a qualificação escolar/profissional, o empreendedorismo e a empregabilidade. Objetivo geral: Dinamização

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE JOÃO COELHO CABANITA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE JOÃO COELHO CABANITA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PADRE JOÃO COELHO CABANITA. ANO LETIVO 2013/ 2014 Algumas vezes a Escola é vista simplesmente como um instrumento para transferir uma certa quantidade máxima de conhecimento para

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura 1 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas...

Leia mais

Projeto global de autoavaliação do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado

Projeto global de autoavaliação do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado Projeto global de autoavaliação do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado 1. Introdução O Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado (AEMC) entende a autoavaliação como um processo ao serviço do seu desenvolvimento

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL A vida é a arte de pintar e sentir a nossa própria história. Somos riscos, rabiscos, traços, curvas e cores que fazem da nossa vida uma verdadeira obra de arte! Autor

Leia mais

O relatório de avaliação do plano é aprovado pelo Conselho Pedagógico e apresentado na última reunião do ano letivo do Conselho Geral.

O relatório de avaliação do plano é aprovado pelo Conselho Pedagógico e apresentado na última reunião do ano letivo do Conselho Geral. Nos termos do Artigo 15.º, do Despacho Normativo n.º7/2013, 11 de julho No final de cada ano escolar, o conselho pedagógico avalia o impacto que as atividades desenvolvidas tiveram nos resultados escolares

Leia mais

Educação pré-escolar e 1.º ciclo Índice do Documento

Educação pré-escolar e 1.º ciclo Índice do Documento Informações Gerais Educação pré-escolar e 1.º ciclo Índice do Documento 1. Educação pré escolar Objetivos da educação pré escolar Oferta educativa: *Componente letiva *Componente não letiva (CAF) Ocupação

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017

PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017 PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PRADO Plano Estratégico de Melhoria 2014/2017 O Plano de Melhoria da Escola é um instrumento fundamental para potenciar o desempenho

Leia mais

Relatório - (Plano de Ação de Responsabilidade Social 2014)

Relatório - (Plano de Ação de Responsabilidade Social 2014) Relatório - (Plano de Ação de Responsabilidade Social 2014) INDÍCE 1.Introdução 3 2.Participação da CPL.IP, na Rede PorTodos do MSESS 4 3. Execução do Plano de Ação da Responsabilidade Social da CPL 5

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES Agrupamento de Escolas Elias Garcia 2013/2016 1 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2013/2016 O Plano Plurianual de Atividades (PPA) constitui um dos documentos de autonomia,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MOSTEIRO E CÁVADO COORDENADORA: CARLA GASPAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MOSTEIRO E CÁVADO COORDENADORA: CARLA GASPAR COORDENADORA: CARLA GASPAR PROJECTOS DE ÂMBITO NACIONAL COORD. SOFIA DE JESUS COORD. FÁTIMA FERRAZ COORD. DOLORES LEITE (3º ciclo) COORD. ERNESTINA PINHEIRO COORD. Mª MANUEL MONTEIRO (Pré-Escolar) PROJECTOS

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE E PESSOAL NÃO DOCENTE

PLANO DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE E PESSOAL NÃO DOCENTE PLANO DE FORMAÇÃO PESSOAL DOCENTE E PESSOAL NÃO DOCENTE Compreendemos a necessidade de olhar a mudança num duplo movimento de integração - endógeno e exógeno: Bolívar (2007:28) As mudanças devem assim

Leia mais

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA ESCOLA SECUNDÁRIA FERNANDO NAMORA Ano Letivo 2012/2013 PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR - Badminton - Orientadores: Professor

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Ano Letivo de 2014/2015 Pl Anual de Atividades Organização e programação das ações/atividades dos 18 estabelecimentos de ensino do AEFN, do nível pré-escolar ao ensino secundário Pl Anual de Atividades

Leia mais

Plano de Estudos e de Desenvolvimento Curricular. Agrupamento de Escolas de Castelo de Paiva 2014-2015

Plano de Estudos e de Desenvolvimento Curricular. Agrupamento de Escolas de Castelo de Paiva 2014-2015 Plano de Estudos e de Desenvolvimento Curricular Agrupamento de Escolas de Castelo de Paiva 2014-2015 O presente documento é um instrumento que define as estratégias de desenvolvimento do currículo nacional,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE Ano letivo 2014/2015 1. Enquadramento Entre os objetivos prioritários da atual política educativa encontram-se os

Leia mais

Externato Paroquial de Colares

Externato Paroquial de Colares Fazer uma escultura é muito simples, é só arranjar um bloco de pedra e depois tirar o que estiver a mais. ( ) Educar uma criança é um processo muito simples, é só arranjar uma criança e depois deixa-la

Leia mais

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa.

Crescer Saudável. Promover e proteger a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa. Administração Regional de Saúde do Alentejo, IP Centro de Saúde de Montemor-o-Novo Crescer Saudável O Programa de Educação para a Saúde Crescer Saudável surge no âmbito do Programa Nacional de Saúde r

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015-2018

PLANO ESTRATÉGICO 2015-2018 PLANO ESTRATÉGICO 2015-2018 Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas de Mira, a vigorar no quadriénio de 2014 a 2018. O projeto não é um futuro qualquer mas um futuro a construir, o que exige, à partida,

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015

Plano Anual de Atividades 2014/2015 Ação do PE e Atividade Ação nº1: Diversificação Pedagógica: a) Componente local do currículo (rentabilizar a cultura patrimonial ambiental e histórica da região); b) Assessorias Pedagógicas (colaboração

Leia mais

Critérios de avaliação dos alunos Abrangidos pela Educação Especial

Critérios de avaliação dos alunos Abrangidos pela Educação Especial Critérios de avaliação dos alunos Abrangidos pela Educação Especial ANO LETIVO 2013-2014 Departamento de Educação Especial Proposta Ano Letivo 2013-2014 Avaliação dos alunos com NEE de carácter permanente,

Leia mais

Aumentar o sucesso educativo Taxa de sucesso 7º ano 79% 8º ano 80% 9º Ano 66% Melhorar a qualidade do sucesso

Aumentar o sucesso educativo Taxa de sucesso 7º ano 79% 8º ano 80% 9º Ano 66% Melhorar a qualidade do sucesso ESCOLA SECUNDÁRIA DE S. PEDRO DA COVA PLANO TEIP 2014-2015 AÇÕES (a vermelho, ações propostas, mas que, por motivos de vária ordem, não é possível dinamizar, na totalidade ou nos s ou turmas referidos)

Leia mais

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede

Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Câmara Municipal do Cadaval Saúde em Rede Promoção da Saúde A promoção da saúde é o processo que permite capacitar as pessoas a melhorar e a aumentar o controle sobre a sua saúde (e seus determinantes

Leia mais

AVALIAÇÃO INTERNA DO DESEMPENHO DOCENTE - AVALIAÇÃO DO DIRETOR CRITERIOS DE AVALIAÇÃO

AVALIAÇÃO INTERNA DO DESEMPENHO DOCENTE - AVALIAÇÃO DO DIRETOR CRITERIOS DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INTERNA DO DESEMPENHO DOCENTE - AVALIAÇÃO DO DIRETOR CRITERIOS DE AVALIAÇÃO De acordo com a Portaria n 266/2012, de 30 de agosto, compete ao Conselho Geral definir os critérios de avaliação do

Leia mais

ESCOLAR GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO. Plano Municipal para Gestão Escolar 2015/2017

ESCOLAR GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO. Plano Municipal para Gestão Escolar 2015/2017 GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Plano Municipal para Gestão Escolar 2015/2017 Município de Cabeceiras de Basto Praça da República, 467 4860-355 Cabeceiras de Basto www. cabeceirasdebasto.pt Câmara Municipal

Leia mais

I Relatório da Avaliação Interna. Ano letivo 2012-2013

I Relatório da Avaliação Interna. Ano letivo 2012-2013 I Relatório da Avaliação Interna Ano letivo 2012-2013 QUADRIÉNIO 2012-2016 EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA Índice INTRODUÇÃO... 4 O MODELO CAF... 5 CONCEITOS CHAVE... 6 CRONOGRAMA DA AVALIAÇÃO INTERNA NO ANO

Leia mais

Nº 13 AEC - Papel e Acção na Escola. e-revista ISSN 1645-9180

Nº 13 AEC - Papel e Acção na Escola. e-revista ISSN 1645-9180 1 A Escola a Tempo Inteiro em Matosinhos: dos desafios estruturais à aposta na formação dos professores das AEC Actividades de Enriquecimento Curricular Correia Pinto (*) antonio.correia.pinto@cm-matosinhos.pt

Leia mais

Projeto Educativo 2012-2015 Querendo, quero o infinito Fernando Pessoa

Projeto Educativo 2012-2015 Querendo, quero o infinito Fernando Pessoa Projeto Educativo 2012-2015 Querendo, quero o infinito Fernando Pessoa CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO Estabelecimentos de ensino EB2,3 de Fernando Pessoa EB1 com JI Infante D. Henrique EB1 com JI Adriano

Leia mais

Passagem do EF1 para o EF2 Questões e desafios. Como minimizar impactos e construir espaços para uma transição positiva

Passagem do EF1 para o EF2 Questões e desafios. Como minimizar impactos e construir espaços para uma transição positiva Passagem do EF1 para o EF2 Questões e desafios Como minimizar impactos e construir espaços para uma transição positiva quem são os alunos do 5º ano? GRUPO 5º ANO 1 Professor Parceiro Aumento da Responsabilidade

Leia mais

AVALIAÇÃO FINAL DO PROJETO EDUCATIVO 2010/2013

AVALIAÇÃO FINAL DO PROJETO EDUCATIVO 2010/2013 AVALIAÇÃO FINAL DO PROJETO EDUCATIVO 2010/2013 O presente documento constitui-se como uma avaliação final que procura refletir, não só a evolução dos aspetos indicados nas avaliações anteriores como também

Leia mais

AVALIAÇÃO INTERNA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA

AVALIAÇÃO INTERNA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA AVALIAÇÃO INTERNA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA JULHO 2015 1 Abreviaturas AEAG Agrupamento de Escolas Dr. António Granjo CAF Common Assessment Framework (Estrutura Comum de Avaliação) AM - Ação de Melhoria

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014/2015 INTRODUÇÃO O Plano Anual de Atividades responderá ao processo de concretização do Projeto Educativo, cumprindo a sua função, legalmente estabelecida no Decreto-Lei n.º

Leia mais

PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016

PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016 Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Escola Básica Frei André da Veiga PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016 A. Currículo, literacias e aprendizagem Problemas identificados Falta

Leia mais

5ª Conferência Internacional de Educação Financeira

5ª Conferência Internacional de Educação Financeira A Educação Financeira nas Escolas: O Referencial de Educação Financeira e a formação de docentes 5ª Conferência Internacional de Educação Financeira Perspetivas e reflexões: por uma cidadania ativa Educação

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos

Gestor de Atividades e Recursos Educativos Apresentação dinamizada pelos alunos: Plano para uma viagem em Portugal. Escola Básica de Agrela e Vale do Leça Tipologia: Animação cultural (teatro, concertos, saraus) Ciências Sociais e Humanas 420 -

Leia mais

DOMÍNIO 1 - Estratégia para toda a escola/ todo o agrupamento:

DOMÍNIO 1 - Estratégia para toda a escola/ todo o agrupamento: Plano de Intervenção Projeto ALer+ - 2014/2015 Designação Sempre ALer+ 2.1. Descrição sumária do Plano de Intervenção O Agrupamento de Escolas André Soares entrou para o projeto ALer+ no 1º ano de desenvolvimento

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CONCELHO DE ALFÂNDEGA DA FÉ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CONCELHO DE ALFÂNDEGA DA FÉ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CONCELHO DE ALFÂNDEGA DA FÉ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015 2016 Parecer favorável do Conselho Pedagógico, de 14 de setembro de 2015 Aprovado em Conselho Geral, em 30 de setembro

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE PROJETO EDUCATIVO 2013/2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE PROJETO EDUCATIVO 2013/2016 PROJETO EDUCATIVO 2013/2016 INDICE Página Introdução 4 Caracterização do agrupamento 5 1. Inserção na Comunidade Local 5 2. O agrupamento 7 Valores e princípios do Projeto Educativo 10 Diagnóstico 11 Objetivos:

Leia mais

JOVENS PROMOTORES DE SAÚDE

JOVENS PROMOTORES DE SAÚDE AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO JOVENS PROMOTORES DE SAÚDE Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz e Fernanda Cunha Ano letivo 2014/2015 Índice 1. Introdução 3 2. Objetivos Gerais e Específicos

Leia mais

Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15

Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15 Professor: Ana Maria Galveia Taveira Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15 O Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar divide-se em quatro grandes áreas de funcionamento/intervenção,

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes. Projeto de Ciências Experimentais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes. Projeto de Ciências Experimentais Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S. João dos Montes Projeto de Ciências Experimentais Mexer com a Ciência Ano Letivo 2015/2016 Índice Introdução. Atitudes e Valores. 3 4 Objetivos.. 5 Sugestão

Leia mais

Jardim de Infância Professor António José Ganhão

Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância nº2 ( Brejo ) Jardim de Infância do Centro Escolar de Samora Correia Agrupamento de Escolas de Samora Correia Direcção Executiva Conselho

Leia mais

Projecto de Intervenção 2010-2014

Projecto de Intervenção 2010-2014 Projecto de Intervenção 2010-2014 Desafios da Boa Água AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BOA-ÁGUA QUINTA DO CONDE - SESIMBRA Nuno Mantas Maio de 2010 1. Introdução O Agrupamento de Escolas da Boa-Água foi criado

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil.

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos da turma 1F8.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2011 / 2012 AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO Atividades de sensibilização da comunidade r para a

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA Departamento do 1ºCiclo PLANO DE TURMA Ano Turma Plano de Turma 1º Ciclo Ano Letivo 20 /20 Índice Introdução 1. Caracterização da turma 1.1. Caracterização dos

Leia mais

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 Plano Anual de Atividades do de Escolas Sá de Miranda Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 (devem ser indicadas as atividades que ultrapassem a dimensão do pequeno grupo ou da turma) Calendarizaç

Leia mais

Proposta de Plano de Atividades do. Conselho Educativo de Marvila para 2014-2017

Proposta de Plano de Atividades do. Conselho Educativo de Marvila para 2014-2017 Proposta de Plano de Atividades do Conselho Educativo de Marvila para 2014-2017 1. Introdução A Lei de bases do Sistema Educativo (Lei nº 46/86 de 14 de Outubro, com a redação que lhe foi dada pela Lei

Leia mais

PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR. Anabela Martins. Bragança, de 20 setembro de 2014

PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR. Anabela Martins. Bragança, de 20 setembro de 2014 PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR Anabela Martins Bragança, de 20 setembro de 2014 PROMOÇÃO DA SAÚDE ESCOLAR Sumário Nota prévia Objetivos da Saúde Escolar Literacia em saúde Eixo estratégicos Exemplos de Boas

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA Projeto de Intervenção 2015/2019 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MANUEL TEIXEIRA GOMES PORTIMÃO PROJETO DE INTERVENÇÃO 2015-2019 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular PSICOLOGIA

Leia mais

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROJETO EDUCAR PARA A SAÚDE Atividades a desenvolver Dia mundial da alimentação - Disponibilizar fruta grátis no bar da escola. - Disponibilizar

Leia mais

Escola E.B.2. Dr. Anastácio Gonçalves. Clube de (substituição) (Ténis de Mesa, Badmington, Ténis)

Escola E.B.2. Dr. Anastácio Gonçalves. Clube de (substituição) (Ténis de Mesa, Badmington, Ténis) Escola E.B.2. Dr. Anastácio Gonçalves 2013-2014 Clube de (substituição) (Ténis de Mesa, Badmington, Ténis) HORÁRIO 3ªfeira 5ªfeira 8.30/10.00 10.20/11.50 12.00/13.30 Objetivos do Projeto Calendarização

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014 Pág.1 INTRODUÇÃO O Plano Anual de Atividades das s Escolares do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Grândola atende à especificidade das bibliotecas

Leia mais