NÃo, o compuràdor NÃo EsrÁ EM umà REDE sem DoMÍNro. R: No, this computer is not a network without a domain.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NÃo, o compuràdor NÃo EsrÁ EM umà REDE sem DoMÍNro. R: No, this computer is not a network without a domain."

Transcrição

1 Norne: Maria Cristina V. Lima Sáb. 1,5zOO/ L7: OO - Raquel (vs ROTERO DE NSTÀLÀçÃO 1") Com que versão do S.O. da Microsoft o Windows 2OO3 Server se assemelha? R: Com o t'indows XP. 2) Qual a alteração devemos efetuar no SETUP para instalarmos o hrindows 2OO3 Server? R: Àlterar a ordem do BOOT para que o pri-meiro dispositivo à ser lido seja a unidade de CD-ROM. 3) Qual a quantidade mínima de partições é recomendável a que se que um servidor tenha e destinam? R: Duas partições, sendo uma para o sistema e outra para os d.ados. 4) Defina: Partição - Divisão de um disco rígido, podendo conter arquivos diferentes. Particionamento - Divj-dir em partes de tamanhos definidos o HD. Partição secundária - Partição mestre do HD, onde grava-se o S.O. Partição secundária - Às outras partições em que o HD for dividido. 5) Em que formato devemos formatar a partíção prirnária do HD para o Windows 2OO3 Server? R: No formato NTFS. 6) Diferencie o formato NTFS do formato FAT32: 7) Que layout de tecl-ado devemos utilizar para o!úindos 2OO3 Server? R: Português Brasil ÀBNT2. 8) Passe do inglês para o português: KEY - chave SERVER - servidor Ì,üORKGROUP - grupo de trabalho DETAL - detalhe ÀDJUST - ajuste PÀSSÌ,,ORD - senha SETTNGS - informações DOMAN - domínio OPTONS - opções LCENSNG - licenciamento Passe as frases a seguir para o inglês: ÀJUSTAR ÀUTOMÀTCÀMENTE O RELÓGO PARÀ O HORÁRO DE VERÃO. R: Automatically adjust clock for daylight saving changes. DESENVOT.VMENTO RÁP]DO DE ÀPLCATVOS. R: Faster development of applications. NÃo, o compuràdor NÃo EsrÁ EM umà REDE sem DoMÍNro. R: No, this computer is not a network without a domain.

2 CHR - Curso de Hardware Ãiriìr.l' oata:$v-ül/á Horário:3 A. )S Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3 Co n h e ça o s 1 0 m a is va lio so s b e nefíci osque o Wi ndow s S erver 2003 pode trazer para sua organi zação. + ç, F á c i l d e m ple m e n ta Í, ce r e n cia r e Utiliza r lï f # ; C o m s u a i n te r fa ce Win d o ws fa m ilia r, o Win d o ws S erver 2003 é fáci l de ser uti l i zado. l Jovos assístentesdetal hados si mp l i fi c am a i ns tal aç ão c - Y, ' f u n ç õ e s e s pe cífica s d o se r vid o r e ta r e fa s r o lin ei ras de manutenção onde mesmo servi dores sem um admi ni strador dedi c ado s ão fác ei s c s e r e m g e r e n cia d o s, Alé m d isso, o s a d m in istr a dores possuem vári os recursos novos e mel horados para faci l i tar a i mpl ementaç ão do A c ti ', D i r e c t o r y. R é p lica sm a io r e s d o Active Dir e cto r y podem ser cri adas a parti r da mídi a de backup e atual i zar a parti r de vers ões anteri ores c on: M i c r o s o f t W in d o ws é m a is fá cil co m a fe r r amenta A cti ve D i rectory Mi grati on Tool (A D MÍ), que copi a senhas e é total mente s c ri ptáv e G e r e n c i a r o Active Dir e cto r y é fá cil co m e ste s n ovos recursos, como a capaci dadede se renomear domíni os e se redef i ni r o es quema. danc â o s a d m i n i s tr a d o r e s a fle xib ilid a d ed e lig a r co m al terações organi zâci onai sque podem ocorrer. A di ci onal mente, rel aç ões de c onfi anç a ent; f l o r e s t a s c o n e ctà m flo r e sta s d o Active Dir e ctory, fornecendo autonomi a sem sacri fi car a i ntegração. Fi nal mente, ferramentas c i m p l e m e n t a ç ã o a va n ça d a s, co m o o Se r viço d e nstal ação R emota, aj uda os admi ni stradores a rapi damente cri arem i magens de s i s temas i m p l e m e n t ar se r vid o r e s. nfra-estrutura Conectada Segura,*. c o m p u t a çã o e m r e d e e ficie n tã e se g u r a é mai s i mportante do que nunca para que trm negóci o mantenha-se co mpeti ti v o. O W ìndov. #- Ã Y.-'/n S e r v e r p e r m ite q u e o r g a n iza çõ e so b te n h am vantagens dos i nvesti mentos de T e estendam estas vantagens par a parc ei ros, c l i entes fornecedores através da implementação de recursos chave como relações de confiança entre florestas no serviço Microsoft Active Directory a s s i m c o m o a in te g r a çã o b a se a d a n o M icr o so ft.n E T P assport. O gerenci amento de i denti dades no A cti ve D i rector y ati nge toda a red. a j u d a n d o a g ã r a n tir se g u r a n ça e m to d a a o r g a ni zação. Ê fáci l encri ptar dados críti cos e di reti vas de restri ção de softw are podem s er us ada p a r a p r e v e n ir d a n o s ca u sa d o sp o r vír u s e o u tr o s códi gos mal i ntenci onados.o Wi ndow s S erver 2003 é a mel hor escol ha para s e i mpl ement; u m a i n f r a - estr u tu r a d e ch a ve p ú b lica ( PK) e seus recursos de auto-renovação e auto-requi si ção tornam fácei s i mpl ementar c artõe i n t e l i g e n t e s e ce r tifica d o se m to d a a ê m p r e sa. Confiabilidade, Disponibitidade, Escalabilidade e Desempenho de Nível Corporativo * yf, 1 Ï : n c o n f i a b i l i da d eé a in d a m e lh o r d e vid o a vá r io s recursos novos i ncl ui ndo espel hamento de memóri a, H ot A dd Memory e detec ç ão da s aúde d Y'' n t e r n e t n f or m a tio n Se r vice s ( S) 6.0. Pa r a mai or di sponi bi l i dade,o servi ço Mi crosoft C l uster agora suporta até oi to nós de c l us ter e nó s e p a r a d o s ge o g r a fica m e n te. Um a m a io r e sca l abi l i dade é ofereci da com a capaci dade de escal ar desde um úni co proc es s ador eté 6 p r o c e s s a d o re s lta n iu m 2. De m o d o g e r a l, o Wi ndow s S erver 2003 é mai s rápi do com 140 por cento mel hor desempenho em s erv i ç os i a r q u i v o e i mp r e ssã o a ssim co m o u m a sig n ifica ti va mel hora no desempenho para o A cti ve D i rectory, Web S ervíces X ML, S erv i ç os determi n: e rede. *,6u Menor TCO Através da Consolidação e das Mais Re entes Tecnologias W i n d o w s Se r ve r fo r n e ce m u ito s a va n ços técni cos que aj udam as organi zações a reduzi rem o custom total de propri edade (TC O). #*;ï-:s ;O 'lu ry;ndo*t R eso u r ce M a n a g e r, p o r e xe m p lo, p e r mi te que admi ni stradores defìnam o uso dos recursos (para processa dores e memóri a) er a p l i c a ç õ e s n o se r vid o r e g e r e n cie m a s m e sm a s através de di reti vas de grupos. A rmazenamentos anexados a rede per mi tem a c ons ol i daç ã d e s e r v i ç o s d e a r q u ivo. Ou tr a s m e lh o r ia s in cluem o suporte a N U MA (N on-u ni form Memory A ccess), Tecnol ogi a nt el H y per-threadi ng e n t r a d a / s a í d a m u lti- ca m in h o, a ju d a n d o m u ito a "escal ar" os servi dores. Crie Sites Dinâmicos na ntemet e ntranet.* S 6. 0, o se r vid o r We b in clu íd o n o Win d o ws Server 2003, fornece segurançâ avançada e uma arqui tetura confi ável que oferec e i s ol aç ão c i # *Sï ;ro a p l i c a ç õ e s e d e se m p e n h o m u ito m e lh o r a d o. O resul tado: mai or confi abi l i dadee "upti me". E o servi ço Mi crosoft Wi ndow s Medi fac i l i ta c o n s t r u ç ã o d e so lu çõ e s d e flu xo d e m íd ia co m p rogramação di nâmi ca de conteúdo assi m como mai or desempenho mai or e mai s c onfìáv el. Rápido Desenvolvimento com um Servidor de Aplicação lntegrado."a M i c r o s o f t.net F r a m e wo r k é fo r te m e n te in tegrado com o si stema operaci onal Wi ndow s S erver A tecnol og i a Mi c ros oft A S P.N E. SS;O - ï - l p e r m i t e a l t o d e se m p e n h o p a r a a p lica çõ e swe b. C om a tecnol ogi a conectada.n E T, os desenvol vedoresestão l i berados da nec es s i dade de s c r i a r c ó d i g o s p e sa d o s e p o d e m tr a b a lh a r d e fo r ma efìci ente com l i nguagens de programação e ferramentas que el es j á conhec em. O W i ndoy y S e r v e r fo r n e ce m u ito s r e cu r so s q u e a u m e ntam a produti vi dade do desenvol vedor e o val or das apl i cações.a pl i caç ões ex i s tentes poder s e r f a c i l m e n te e m p a co ta d a s co m o We b Se r vice s X ML. A pl i cações U N X podem ser faci l mente i ntegradas ou mi gradas. E os des env ol v edore p o d e m r a p i d a m e n te co n str u ir co n tr o le sasp.netmóvei s para formul ári os Web e gutras ferramentas.,-.*,,- Trabalhe de Forma Mais nteligente Transformando Seu Servidor de Arquivo em um Poderoso Servidor de Colaboração q f l, g ; O W i n d o w s Sh a r e Po in t Se r vice s é u m a p la ta fo r ma pãra a cri ação de mui tas comuni dades Web focadas no comparti l hamento da i nformaç ão - ï r ' p r o d u t i v i d a d e d e e q u ip e. Ele p o d e e sca la r p a r a mi l hares de si tes dentro de uma organi zação. E l e suporta compi etamen te i mpl ementaç ões d. W e b f a r m s e b a n co s d e d a d o s e m clu ste r. Ge r e ntes de si tes e servi dores podem forçar cotas de A rmazenamento usando um c ri téri o por s i t e p o r s e r v i do r. O u so d o site p o d e se r m o n itorado para se detectar e rêmover si tes i nati vos. A seguíança é granul ar, mas fac i l mentgerenciada. O li'jnd(ìwsrishlsìv{üasëment arìljs) é um recurso de segurança do Windows que funciona com aplicações para proteg Sêr.,ices i n f o r m a ç õ e s co n fid e n cia ise cr ítica sd a e m p r e sa - i ndependente de onde el a esti ver.,*o.automatize as Operações com Ferramentas de Gerenciamento baseadas em Diretivas e Scripts c \i C Ë permi te aos admi ni strador es i mpl ementarem f a* i[ g- -l -. ;' D i s p o n í v e l co m o u m co m p o n e n te a d icio n a l, o ül cuc '(ìi i ci -N ímsi èmenil-i n,<i ìlí(rìp g g r e n c i a r e m m e lh o r d ir e tiva s q u e a u to m a tiza m áreas de confi guração chaves como confi guraçõesde usuári os, estações de trabal ho e perfi a m b u l a n t e s. Um n o vo co n ju n to d e fe r r a m e n ta s de l i nha de comando permi tem aos admi ni stradores usarem scri pts e automati z arem funç õe d e g e r e n c i a me n to, co m p le ta n d o ta r e fa s a p a r ti r da l i nha de comando se desej ado. O suporte para o tr4i cìfo-..:;ì i \,ri,a J l x S s.-f,er U pdíl rès <..ri, ( T, r. (. Ua : ;jìu d a o s a d m in istr a d o r e sa a u to m e tiza r em a apl i caçãode atual i zações. de Arquivos nteligente!-íà Aumente a Proteção de Documentos e a Disponibilidade via Armazenamento -ff * p. C o m o n o v o r e cu r so d e có p ia d e so m b r a, o s u suári os podem obter versões anteri ores de um arqui vo i nstantaneame nte, s êm prec i s ar di *ï ' / a s s i s t ê n c i ad e u m p r o fissio n a ld o su p o r te. M e lh ori as no S i stema de A rqui vos D i stri buído (D FS ) e no servi ço de D upl i caç ão de A rqüi v os (FR S f o r n e c e m a o s u su á r io s u m a fo r m a co n siste n ted e acessar seus arqui vos estej am el es onde esti verem. _.çqa. Fácil de Localizar, CompaÉilhar e Reutilizar Web Servíces XFL is r a cra:i.;os LÌ)D E, uma i nfra-estrutura di nâmi ca e fl exível para Web S ervi c es X ML. E s ta s ol úç ã {- l } J,, O W i n d o w s S e r ve r in clu i o s Sçr u icr Co Ï"'baseada e m pa d r ã o p e r m ite q u e ê m p r e sa s e xe cutem seu própri o di retóri o U D D (U ni versal D escri pti on, D i scovery and ntegrati on) para us, n a i n t r a n e t ê e xtr a n e t, fa cilita n d o a d e sco b e r ta de Web S ervi ces e outros recursos programáti cos. Os desenvol vedo res podem fac i l ment l o c a l i z a r e re u tiliza r We b Se r vice s d isp o n íve is na organi zação. Os admi ni stradores de T podem catal ogar e g erenc ìar os rec urs o p r o g r a m á t i c o s n a r e d e. Os Se r viço s Co r p o r a tivo s U D D também aj udam as empresas a construírem apl i caçõesmai s con fi áv ei s e i ntel i gentes.

3 Utilizando-se do texto "Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3" responda as questões abaixo: 1. Como podem ser feitas réplicas do Actíve Directory no W2K3? //,2..t 2,y/.,.,,.,/: í.,.:t...,- A ia, T ly" :,"'i- çí 'b 2. Para que utiliza-se a ferramenta Active Directory Migration?,'-:..,......;...,/í - to,t 4A-, 1".. 1.Ê:. Ár''..t.,t,r, tt,: t.. ìlcr:-r 3. Como Podemos prevenir danos causados por vírus e outros códigos mal-intencìonados? 4. Quais re cursos do W2K3 facilitam a implementação de cartões Ínteligentes (ou Smart Cards) e certificados em toda a empresa?,!í:ai//( t'..:.,..",'.l :t",1;{,i...'lr?;i '. \()f-,..4'.-.,.. t;, 5. Cite 3 recursos novos que ajudam a confiança do usuárío no W2K3: è.-:ì2, í.',//.lì..;r'a.,..!-'i 1}?-'.,:4it,.r<t):/ / ({ )- /.,/',.:,...-"' / /:: 6. Quantos processadores podem ser escalonados com o W2K3? 7. Cite 2 avanços que permitem corn que o custo total de propriedade seja dimínuido com o W2K3?!./.r,4/,!;.-:,t.,/.7:.t.:ti {/-,/í!e. r't.tí:.;a,,,/..i.,,.!,,'*. í.-.. '. -...'$ i,. - *. " 1., t''' 9. O que é o Windows SharePoint Service? 10. Defina Windows Rights Management Service. f l,:. '.,--,..:.".,. rj.t ti i..,r': r..li:i-

4 Alu n o ( a ) : Data:y'-tl ç-fl."" " Horário: 11 rr f{ Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3 Co n h e ça o s 1 0 m a is va lio so s b e nefíci osque o Wi ndow s S erver 2003 pode trazer para sua organi zação. F á c i l d e m p le m e n ta r, Ge r e n cia r e UtiÍiza r -r : li i 9 C o m s u a i n t e r fa ce Win d o ws fa m ilía r, o Win d o ws Server 2003 é fáci l de ser uti l i zado. N ovos assi stentes detal hados si mpli fi c am a i ns tal aç ão c \4'funções e s p e cífica sd o se r vid o r e ta r e fa s r o lin e iras de manutenção onde mesmo servi dores sem um admi ni strador dedi c ado s ão fác ei s c s e r è m g e r e n cia d o s. Alé m d isso, o s a d m in istr a d ores possuem vári os recursos novos e mel horados para faci l i tar a i mpl ementaç ão do A c ti, D i r e c t o r y. R ép lica sm a io r e s d o Active Dir e cto r y podem ser cri adas a parti r da mídi a de backup e atual i zar a parti r de ver s ões anteri ores c orìl M i c r o s o f t W i n d o ws NT C} é m a is fá cil co m a fe r r amenta A cti vê D i rectory Mi grati on Tool (A D MT), que copi a senhas e é t otal mente s c ri ptáv e G e r e n c i a r o A ctive Dir e cto r y é fá cil co m e ste s n ovog recursos,como a capaci dadede se renomear domíni os e se redefini r o es quema, dand a o s a d m i n i s t ra d o r e s a fle xib ilid a d e d e lig a r co m al terações organi zaci onai sque podem ocoírer. A di ci onal mente, rel ações de c onfi anç a entr f l o r e s t a s c o n e cta m flo r e sta s d o Active Dir e ctory, fornecendo autonomìà sem sacri fi car a i ntegração. Fìnal mente, ferramentas c i m p l e m e n t a ç ã o a va n ça d a s. co m o o Se r viço d e nstal ação R emota, aj uda os admi ni stradores a rapi damente cri arem i m agens de s i s temas i m p l e m e n t ar se r vid o r e s. Conectada Segura nfra-estrutura i;. ', $ 1 A c o m p u t a ç ã o e m r e d e e ficie n te e se g u r a é m ai s i mportante do que nunca para que um negóci o mantenha-se competi ti v o. O W Índo,,., -w -. ' s e r v e r p e r m ite q u e o r g a n iza çõ e so b te n h a m vantagens dos i nvesti mentos de T e estendam estas vantagens para parc ei ros, c l i entes f o r n e c e d o r e s a tr a vé s d a im p le m e n ta çã o d e r e cu rsos chave como rel ações de confi ança entre fl orestas no servi ço Mi cros oft A c ti v e D i rec tory : a s s i m c o m o a in te g r a çã o b a se a d a n o M icr o so ft.n E T P assport. O gerenci amento de i denti dades no A cti ve D i rêctory ati nge toda a red: a j u d a n d o a g a r a n tir se g u r a n ça e m to d a a o r g a n ização.e fáci l êncri ptar dados críti cos e di reti vas de restri ção de softw are podem s er us ada p a r a p r e v e n i r d a n o s ca u sa d o s p o r vír u s e o u tr o s códi gos mal i ntenci onados.o Wi ndow s S erver 2003 é a mel hor escol ha parâ s e i mpl ementa u m a i n f r a - e str u tu r a d e ch a ve p ú b lica ( PK) e seus recursos de auto-renovação e auto-requi si ção tornam fácei s i mpl ementar c artõe i n t e l i g e n t e s e ce r tifica d o s e m to d a a e m Pr e sa. Confiabilidade, Disponíbitidade, Escalabilidade e Desempenho de Nível Corporativo -*" rs : ï n c o n f ì a b i l i d ad eé a in d a m e lh o r d e vid o a vá r io s r ecursosnovos i ncl ui ndo espel hamento de memóri a, H ot A dd Memory e d etec ç ão da s aúde d T f l - " n t e r n e t n f o rm a tio n Se r vice s ( S) 6.0. Pa r a m ai or di sponi bi l i dade,o servi ço Mi crosoft C l uster agora suporta até oi to nós de c l us ter e nó s e p a r a d o s g e o g r a fica m e n te. Um a m a io r e sca labi l i dadeé ofereci da com a capaci dade de escal ar desde um úni co proc es s ador até 6 p r o c e s s a d o r e s lta n iu m 2. De m o d o g e r a l, o Window s S erver 2003 é mai s rápi do com 140 por cento mel hor desemp enho em s erv i ç os d a r q u i v o e i m p r e ssã o a ssím co m o u m a sig n ifica tiv a mel hora no desempenho para o A cti ve D i rectory, Web S ervi ces X ML, S erv i ç os de Termi n. e rede. -.-,--!.lenor TCO Através da Consolidação e das Mais Recentes Tecnologias W i n d o w s Se r ve r fo r n e ce m u ito s a va n ço s técni cos que aj udam as organi zaçõesa reduzi rem o custom total de p ropri edade C C O). ( -F, Oi n d o w s R e so u r ce M a n a g e r, p o r e xe m p lo, p e r mi te que admi ni stradores defi nam o uso dos recursos (para processadores e memóri a) er Y ;1, ' ; *W a p l i c a ç õ e s n o se r vid o r e g e r e n cie m a s m e sm a s através de di reti vas de grupo-s.a rmazenamentos anexados a rede permi tem a c ons ol i daç ã d e s e r v i ç o s de a r q u ìvo. Ou tr a s m e lh o r ia s in clu em o suporte a N U MA (N on-u ni form Memory A ccess), Tecnol ogi a ntel H y per-threadi ng e n t r a d a / s a í d a m u lti- ca m in h o, a ju d a n d o m u ito a "escal ar" os servi dores..*,.. Crie Sites Dinâmicos na ntemet e ntranet S 6. 0, o se r víd o r We b in clu íd o n o Win d o ws Server 2003, fo-rnecesegurança avançada e uma arqui tetura confi ável qu e oferec e i s ol aç ão d. * jf r o -ï. / a p l i c a ç õ e s e de se m p e n h o m u ito m e lh o r a d o. O r esul tado: mai or confìabi l i dadee "upti me". E o servi ço Mi crosoft Wi ndow s Medi fac i l i ta c o n s t r u ç ã o d e so lu çõ e s d e flu xo d e m Íd ia co m p r ogramação di nâmi ca de conteúdo assi m como mai or desempenho mai or e mai s c onfi áv el. com um Servídor de Aplicação lntegrado *qr Rápido Desenvolvimento ' ; O M i c r o s o f t. NET F r a m e wo r k é fo r te m e n te in tegrado com o si stema operaci onal Wi ndow s S erver A tecnol og i a Mi c ros oft A S P.N E ' 'f l / p e r m i t e a l t o d e se m p e n h o p a r a a p lica çõ e sv,/e b.com a tecnol ogi a conectada.n E T, os desenvol vedores estão l i berados da nec es s i dade de s c r ì a r c ó d i g o s pe sa d o s e p o d e m tr a b a lh a r d e fo r m a efi ci ente com l i nguagens de programação e ferramentas que el es j á co nhec em, O V.,/i ndow S e r v e r f o r n e ce m u ito s r e cu r so s q u e a u m e n tam a produti vi dade do desenvol vedore o val or das apl i cações.a pl i caç õesex i s tentes poden s e r f a c i l m e n t e e m p a co ta d a s co m o We b Se r vice s X ML. A pl i caçõesu N X podem ser faci l mente i ntegradas ou mi gradas. E os des env ol v edore p o d e m r a p i d a m e n te co n str u ir co n tr o le s ASP.NETmóvei s para formul ári os Web e outras ferramentas..*",, Trabalhe de Forma Mais nteligente Transformando Seu Servidor de Arquivo em um Poderoso Servidor de Colaboração t ï 1 $ $ ' O W i n d o w s S ha r e Po in t Se r vice s é u m a p la ta fo r ma para a cri ação de mui tas comuni dades Web focadas no comparti l ham ento da i nformaç ão " ï- ' p r o d u t i v i d a d e d e e q u ip e. Ele p o d e e sca la r p a r a mi l hares de si tes dentro de uma organi zação. E l e suporta compl etament e i mpl ementaç ões dw e b f a r m s e ba n co s d e d a d o s e m clu ste r. Ge r e ntes de si tes e servìdores podem forçar cotas de A rmazenamento usando um c ri téri o por s i t e p o r s e r v i d or. O u so d o site p o d e se r m o n itorado para se detectar e remover sítes i nati vos. A segurança é gran ul ar, mas fac i l ment, gerenciada. O'ir:lndoçs fuáts ìvtuaaementseruices ír4s) é um recurso de segurança do Windows que funciona com aplicações paía proteg i n f o r m a ç õ e s co n fid e n cia ise cr ítica s d a e m p r e sa - i ndependentede onde el a esti ver..*,, Automatize as Operações com Ferramentas de Gerenciamento baseadas em Diretivas e Scripts permi te aos admi ni stradores i mpl emefl terem { ;' '*i $ --,' D i s p o n í v e l c o m o u m co m p o n e n te a d icio n a l. o ç$!p P oi j cvn Íeêeenen g e r e n c i a r e m m e lh o r d ir e tiva s q u e a u to m a tiza m áreas de confi guração chaves como confïguraçõesdè usuári os, estaçõe s de trabal ho e perfi a m b u l a n t e s. U m n o vo co n ju n to d e fe r r a m e n ta s de l i nha de comando permi tem aos admi ni stradores usarem scri pts e automati z arem funç õe. il,:;a,llësses.eíl:rdêrescr.i.! de gerenciamento, completando tarefas a partir da línha de comando se desejado. O supoée para o ÌrJ.i!,ro-r,riì ( i r, ' s l. j saì j u d a os a d m in istr a d o r e s a a u to m a tiza r e m a apl i caçãode atual i zações de ArQuivos nteligente,aq Aumente a Proteção de Documentos e a Disponibilidade via Armazenamento o n o v o r e cu r so d e có p ia d e so m b r a, o s u s uári os podem obter versões anteri ores de um arqui vo i nstantaneamente, s em prec i s ar d; #js * T /. C o m a s s i s t ê n c i ad e u m p r o fissio n a ld o su p o r te. M e lh o ri as no S i stema de A rqui vos D i stri buído (D FS ) e no servi ço de D upl i caç ão de A rqui v os (FR S f o r n e c e m a o s u su á r io s u m a fo r m a co n siste n te d e acessar seus arqui vos estej am el es onde esti verem. Fácil de Localizar, CompaÉilhar e Reutilizar Web Services XML -1p4 i nfra-estrutura di nâmi ca e fl exível para Web S ervi c es X ML. E s ta s ol uç ãc Co m o ia,li vos'ü)d l Ëuma, t " f : j. O W i n d o w s S er ve r ìn clu i o s scr vic,;s -a - - ' b a s e a d a e m p a d r ã o p e r m ite q u e e m p r e sa s e xe cutem seu própri o di retóri o U D D (U ni versal D escri pti on, D i scovery and ntegrati on) para us r n a i n t r a n e t e e xtr a n e t, fa cilita n d o a d e sco b e r ta de Web S ervi ces e outros recursos programáti cos. Os desenvol vedor es podem fac i l ment l o c a l i z a r e r eu tiliza r We b Se r vice s d isp o n Íve is na organi zação. Os admi ni stradores de T podem cãtal ogar e ge renc i ar os rec urs o p r o g r a m á t i c o s n a r e d e. Os Se r viço s Co r p o r a tivo s U D D também aj udam as empresas a construírem apìi caçõesmai s confi áv ei s e i ntel i gentes

5 Utilizando-se do texto "Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3" responda as questões abaixo: 1. Como podem ser feìtas réplicas do Active Directory no W2K3? 2. Para que utiliza-se a ferramenta Active Directory Migration? 3. Como Podemos prevenir danos causados por vírus e outros códigos mal-intencionacios? 4. Quais re cursos do W2K3 facilitam a implementação de cartões inteligentes (ou Smart Cards) e certificados em toda a empresa? nça do usuárío no W2K3: 6. Çuantos processadores podem ser_e-scalonados com o W2K3? 7. Cite 2 avanços que permitem com que o custo total de propriedade seja diminui{o com o W2K3? lt(c,, //.../^/: / : ì ^, L.ta./1 fa.. <a^rì/^,- -1. ;v.)-/! -1 -.L_i.La y'.,, : a' // Em que é utilizada^a tecnologia ASP.NET? 9. O que é o Windows SharePoint Service? 10. Defìna Windows Rights Management Service.

6 CHR-C Data : Ll_J A luno ( a ) : _ Horá rio : Os 1O Principais Beneficios do Windows Server 2OO3 C o nh e ça o s 1 0 m a is va lio so s b e n e fício sque o Wi ndow s S erver 2003 pode trazer para sua organi zação. *!fìi-. e U-tilizar ser Gerenciar s r i e 's! ut lllpr Er r r Er r r qr, mplementar, fscj de rí!.j S* l-*, Cb r r s u a i n t e r f a c e W in d o ws fa m ilia r, o Wìn d o ws Se r ve r 2003 é fáci l de ser uti l i zado. l Jovos assi stentes detal hados si rnpl i fi cam a i ns tal aç ão c Y --t, f un c õ e s e s o e c í f i c a s.d ose r vid o r,e.ta r e fa s r o Jin e ìr a sd e manutenção onde mesmo servi dores sêm um admi ni strador dedi cad o s ão fác ei s d ' ' gè r á m o e r e n c i a d o s. Alé m d isso, o s a d m in istr a d o r e s p ossuem vári os recursos novos e mel horados para facìl i tar a i mpl ementaç ão do A c ti r D,f.111,q"_d:i doactive maiores.lbirectofo..réplicas ' _r' que copl MT), é total m ente s c ri ptáv T), "j::l'-=^":,1 copii a l:11r.:"^ï:'^:::_-:_t..ji:t,'_::i se senhas senhes e e grati on Tool (A D H A cti ve D i rectory Mi 9rati otáv e o'mmi ci crroossoof fi tw i n d o w s N é m â is fá cil co m a fe r r a m e n ta':.-::::d::_:l:1,l1_"-:,i{"j^"^p7:1,.?-" / ' G e r e r. r c í aor A c t i v e D ir e cto r y' é fá cil co m e ste s n o vo s r e cursos, como a capaci dade de se renomear domíni os e se redefi ni r o es quema, dand ao s a d m i n i s t r a d o r e s a fle xib itid a d e d e lig a r co m a lte r a ç ões organi zaci onai sque podem ocorrer. A di ci onal mente, rel ações de c onfi anç a entr f lo r e s t a s c o n e c t a m flo r e sta s d o Active Dir e cto r y,.fornecendo autonomi a sem sacri fi car a i ntegração. Fi nal n':ente. f erramentas C im p l e m e n t a ç ã o a v a n ça d a s, co Ín o o Se r viço d e n sta la ç ão R emota, aj uda os admi ni stradores a rapi damente cri arem i magen s de s i s temas im o l e m e n t a r s e r v i d o r e s, nf ra -estrutu ra Conectada Segura. í p. ã, n c o m p u t a ç ã o e m r e d e e ficie n te e se g u r a é m a is im portante do que nunca para que um negóci o mantenha-se competi ti v o. O W ìndo',,: p e r m i te q u e o r g a n iza çõ e s o b te n h a m va n tagens dos ínvesti mentos de T e estendam estas vantagens P ara parc ei ros, c l i eni es Y. ' S erv e r ' i f or n e c e d o r e s a t r a v é s d a im p ie m e n ta çã o d e r e cu r so s chave como rel açõçs de confi ança entre fl orestas no servi ço Mìcrosoft A c ti v e D i rec tory ( as s i m c o m o a i n t e g r a çã o b a se a d a n o M icr o so ft.net P assport. O gerènci amento de i denti dades no A cti ve D i rectory ati nge toda a rede aj u d a n d o a g a r a n t i ise g u r a n ça e m to d a a o r g a n iza çã o. É fáci l encri ptar dados críti cos e di reti vas de restri ção de softi rare podem s er us ada pa r a p r e v e n i r d a n o s ca u sa d o s p o r vír u s e o u tr o s có d ig os mal i ntenci onados.o Wi ndow s S erver 2003 é a mel hor escol ha pera s e i mpl ementa um a i n f r a - e s t r u t u r a d e ch a ve p ú b lica ( PK) e se u s rêcuísos de auto-renovação e auto-requi si ção tornam fácei s i mpl ementar c artõe int e l i g ê n t e s e c e r t i f ica d o se m to d a a e m Pr e sa. Confiabilidade, Disponibilidade, Escalabilidade e Desempenho de Nível CorPorativo * udë S. n c o n f i a b i l i d a d eé a in d a m e lh o r d e vid o a vá r io s r e cu r sos novos i ncl ui ndo espel hamento de memóri a, H ot A dd Memory e detecç ão da s aúde d v --. / nt e r n e t n f o r m a t i o n Se r vice s ( S) 6.0. Pa r a m a io r d isponi bi l i dade, o servi ço Mi crosoft C l uster agora suporta até oi to nós de c l us ter e nc s e p a r a d o s g e o g r a f ica m e n te. Um a m a io r e sca la b ilid a de é ofereci da com a capaci dade de escal ar desde um úni co proc es s ador até 6 pr o c e s s a d o r e sl t a n i um 2. De m o d o g e r a l, o Win d o ws S erver 2003 é mai s rápi do com 140 por cento mel hor desempenho em s erv i ç os d ar q u i v o e i m p r e s s ã o a ssim co m o u m a sig n ifica tiva m e lhora no desempenho pâra o A cti ve D i rectory, l V eb S ervi ces X ML, S erviç os de Termi ne e rede.,,o== Menor TCO Através da Consolidação e das Mais Recentes Tecnologias it ã: O W i n d o w s S e r v e r fo r n e ce m u ito s a va n ço s té cn ic os que aj udam as organi zações a reduzi rem o custom total de propriedade C rc O). { : --t W ind o w s R e s o u r c e M a n a g e r, p o r e xe m p lo, p e r m ite q ue admi ni stradores defi nam o uso dos recursos (para processadores e memóri a) er ap l i c a ç õ e s n o s e r v i d o r e g e r e n cie m a s m e sm a s a tr a vé s de di reti vas de grupos. A rmazenamentos enexados a rede permi tem a c ons ol i daç ã de s e r v i ç o s d e a r q u ivo. Ou tr a s m e lh o r ia s in clu e m o suporte a N U MA (N on-u ni form Memory A ccess), Tecnol ogi a ntel H yp er-threadi ng en t r a d a / s a í d a m u l t i - ca m in h o, a ju d a n d o m u ito a "e sca lar" os servi dores'..*.. Crie Sites Dinâmicos na f nternet e ntranet S *.; '/ Ë: aplica O ç õ6e.s0, o s e r v i d o r We b in clu íd o n o Win d o ws Se r ve r 2003, fornece segurança avançada e uma arqui tetura confìável que ofer ec e i s ol aç ãod, e d e s e m p e n h o m u ito m e lh o r a d o. O r e su lta do: mai or confi abi l i dadee "upti me". E o servi ço Mi crosoft Wi ndow s Medi fac i l i ta c o n s t r u ç ã o d e s o l u çõ e sd e flu xo d e m íd ia co m p r o g r a m ação di nâmi ca de conteúdo assi m como mai or desempenho mai or e mai s c onfi áv el. Rápido Desenvolvimento com um Servidor de Aplicação ntegrado.* M i c r o s o f t. N E T Fr a m e wo r k é fo r te m e n te in te g r a d o com o si stema operaci onal Wi ndow s S erver A tecnol ogi a Mi c ros oft A S P.N E ' lë: O pe r m i t e a l t o d e s e m pe n h o p a r a a p lica çõ e swe b. Co m a tecnol ogi a conectada..n E T,os. desenvol vedores estão l i berados da nec es s i dade de s E/ podern.t4-bè!úr de nroeramasão-ejerra.m ntas que:elesiá c^nhece_m-p ì44ç3a,v'1;; iriar códigos pegq{òs de fo-u1a eficigq!+ç+l-rng!è9ep! -e Sè r v e r - 2 t j õ 3 f o r n e i e m u ltó s r ã è u r so s q u e a u m e n te m a produti vi dade do i l ésdnvol V edore o val or das apl i cações.a pl i cações ex i s tei rtes poden s e r f a c i l m e n t e e m p a co ta d a s co m o We b Se r vice s XM L. A pl i cações U N X podem ser faci l mente i ntegradas ou mi gradas. E ôs des env ol v edoi e po d e m r a p i d a m e n t e co n str u ir co n tr o le s ASP.NETm ó ve is para formul ári os Web e outras ferramentas..*..- Trabalhe de Forma Mais nteligente Transformando Seu Servidor de Arquivo em um Poderoso Servidor de Colaboração rì. ry..,--/ * ; O V J i n d o w ss h a r e P oin tse r vice s é u m a p la ta fo r m a p a r a a cri ação de mui tas comuni dades V l eb focadas no comparti l ha,'ì1entod a i nformaç ão. pro d u t i v i d a d e d e e q uip e. Ele p o d e e sca la r p a r a m ilh a r e s de si tes dentro de uma organi zação. Ê l e suporta compl etamente i mpl ementaç ões dt We b f a r m s e b a n c o s d e d a d o s e m clu ste r. Ge r e n te s d e si tes e servi dores podem forçar cotas de A rmazenamento usando üm c ri téri o por s i tr e p o r s e r v i d o r. O u so d o site p o d e se r m o n ito r â d o para se detectar e removêr si tes i nati vos. A segurança é granul ar, mas fac i l ment: gerenciada. O Eiindoq:sfushrstrmagemer,t SeflicesíR-VS)é um recurso de segurança do Windows que funciona com aplicações para proteg inf o r m a ç õ e s c o n f i d en cia ise cr ítica s d a e m p r e sa - in d e p endente de onde el a esti ver. Automatize as Operações com Ferramentas de Gerenciamento baseadas em Diretivas e Scripts õ. í}nsei e i i -ìp i vtc-l Epermi te aos admi ni stradores i mpl ementârem É is, ldis p o n í v e l c o m o u m co m p o n e n te. a d icio n a l, o C.o u p P.ìi i cvn {T,?eemeni ' E -' gere n c i a r e m m e l h o r d ir e tiva s q u e a u to m ã tíza m á r e a s de confi guração chaves como confìguraçõesde usuári os, estâções de trabal ho e perfi : am b u l a n t e s. U m n o v o co n ju n to d e fe r r a m e n ta s d e lin h a de comando permi tem aos admi ni stradores usarem scri pts e automati z arem funç õe: de g e r e n c i a m e n t o, c o m p le ta n d o ta r e fa s a p a r tir d a linha de comando se desej ado, O suporte para o \{i.tìo,'.i!1l ^.;rtrss esi r i -:pdi l re S c r.!è! iws T - : s )a j u d a o s a d min istr a d o r e s a a u to m a tiza r e m a a p ti caçãode atual i zações. Aumente a Proteção de Documentos e a Disponibilidade via Armazenamento de Arquivos lnteligente -* $.. $; Com o n o v o r e c u r s o d e có p ia d e so m b r a, o s u su á r io s podem obter versões anteri ores de um arqui vo i nstantaneamente, sem prec i s ar d: ' Y -" as s i s t ê n c i ad e u m p r o fissio n a ld o su p o r te. M e lh o r ia s n o S i stema de A rqui vos D i stri buído (D FS ) e no sêrvi ço de D upl i cação de A rqui v os (FR S f or n e c e m a o s u s u á r io s u m a fo r m a co n siste n ted e a ce ssar seus arqui vos estej am el es onde esti verem..* = Fácil de Localizar, Compartilhar e Reutilizar Web Services XML s D Ë, uma i nfra-estrutura di nâmi ca e fl exível para Web S ervi ces X ML. E s ta s ol uç ã< f í. lro W i n d o w s S e r v e r in clu i o s Se r íicr sco m ô iâ r i- i!-ud -l'' - bas e a d a e m p a d r ã o p e r m ite q u e e m p r e sa s e xe cu te m seu própri o di retóri o U D D (U ni versal D escri pti on, D i scovery and ntegrati on) para us c na i n t r a n e t e e x t r a ne t, fa cilita n d o a d e sco b e r ta d e Web S ervi ces e outros recursos programáti cos. Os desenvol vedores pod em fac i l ment. loc a l i z a r e r e u t i l i z a r We b Se r vice s d isp o n íve is n a o rgani zação. Os admi ni stradores de T podem catal ogar e geren i ar os rêc urs o: pro g r a m á t i c o s n a r e de. Os Se r viço s Co r p o r a tivo s UDD t ambém aj udam al s empresas a construírem apl i cações mai s confi ávei s e i ntel i gentes,

7 --_F\:T \:., \'l Utilizando-se do texto "Os lo Principais Benefícios do Windows Server 2OO3- responda as questões abaixo: ìt,,ì 1. Como podem ser feitas réplicas do Active Directory no W2K3? \\ \ 2. Para que utiliza-se a ferramenta Active Directory Migration? t 3. Como Podemos prevenir danos causados por vírus e outros códlgos mal-intencionados? gë:":::_t23rt":',),u.ërtincados:],j*:"o::-yë'u?.n,..,,(- 4. Quais re cursos do W2K3 facilitam a implementação de cartões inteli-,'l4r'-<tu-,t1c;1 ''' 5. CÍte 3-recursos novos que ajudarn a confìança do usuário no W2K3: i t ; 6. Qua i 'i 7. Cite 2 avanços que permitem com que o custo total de propriedade ia diminuido com o W2K3? ' i-,4'. 4"(-1 u /,-' a i t ; i Em que é utilizçda a tecnologia ASP.NET? Qo^^ U é- í'-; - -rj, i 9. O que é o Windows SharePoint Service? i t t i 10. Defina Windows Rights Management Service. ; t l r l t F..

8 J CHR - Curso de Alu n o ( a ) : Data:- / Hor ár io: - \5' O0 Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3 Co n h e ça o s 1 0 m a is va lio so s b e nefíci osque o Wi ndow s S erver 2003 pode trazer para sua organi zação. F á c i l d e m p le m e n ta r, Ge r e n cia r e Utiliza r *, -6 F. J C o m s u a i n t e r fa ce Win d o ws fa m ilia r, o Win d o ws S erver 2003 é fáci l de ser uti l i zado. N ovos assi stentesdetal hados si mpl i fi c am a i ns tal aç ão c -.*,,1 funções específicas do servidor e tarefas rojineiras de manutenção onde mesmo servidores sem um administrador dedicado são fáceis d s e r e m g e r e n cia d o s. Alé m d isso. o s a d m in istr a dores possuem vári os recursos novos e mel horados para faci l i tar a i mpl ementaç ão do A c ti v D i r e c t o r y. R ép lica s m a io r e s d o Active Dir e cto r y podem sel cri adas a parti r da mídi a de backup e atual i zar a parti r de vers ões anteri ores c om M i c r o s o f t W i nd o ws é m a is fá cíl co m a fe r r amenta A cti ve D i rectory Mi grati on Tool (A D MT), que copi a senhas e é t otal mente s c ri ptáv e G e r e n c i a r o A ctive Dir e cto r y é fá cil co m e ste s n ovos recursos, como a capaci dadede se renomear domíni os e se redefìni r o es quema, dand a o s a d m i n i s tr a d o r e s a fle xib ilíd a d ed e lig a r co m al terações organi zaci onai sque podem ocorrer. A díci onal mente, rel açõ es de c onfi anç a entr f l o r e s t a s c o n e ctã m flo r e sta s d o Active Dir e ctory, fornecendo autonomi a sem sacri fi car a i ntegração. Fi nal mente, ferramentas d i m p l e m e n t a çã o a va n ça d a s, co m o o Se r viço d e nstal ação R emota. aj uda os admi ni stradores a rapi damente cri arem i magens de s i s temas i m p l e m e n t a r se r vid o r e s. nfra-estrutura Conectada Segura -* c o m p u t a ç ão e m r e d e e ficie n te e se g u r a é mai s i mportante do que nunca para que um negóci o mantenha-se com peti ti v o. O W i ndoy : t#srn Y" S e r v e r p e r m ite q u e o r g a n iza çõ e so b te n h a m vantagens dos i nvesti mentos de T e estendam estas vantagens para parc ei ros, c l i entes f o r n e c e d o r e sa tr a vé s d a im p le m e n ta çã od e r e cu rsos chave como rel açõesde confi ança entre fl orestas no servi ço Mi cros oft A c ti v e D i rec tory a a s s i m c o m o a in te g r a çã o b a se a d a n o M icr o so ft.n E T P assport. O gerênci amento de i denti dades no A cti ve D i rectory ati nge toda a redt a j u d a n d o a g a r a n tir se g u r a n ça e m to d a a o r g a n i zação. Ê fáci l encri ptar dados críti cos e di reti vas de restri ção de softw are podem s er us ada p a r a p r e v e n i r d a n o s ca u sa d o s p o r vír u s e o u tío s códi gos mal i ntenci onados.o Wi ndow s S erver 2003 é a mel hor escol ha para s e i mpl ementa u m a i n f r a - e str u tu r a d e ch a ve p ú b lica ( PlC) e seus recursos de auto-renovação e auto-requi si ção tornam fácei s i mpl ementar c artõe i n t e l i g e n t e se ce r tifica d o s e m to d a a e m p r e sa ' Confiabilidade, Disponibilidade, Escalabilidade e Desempenho de Nível Corporativo.* c o n f i a b i l i d a d eé a in d a m e lh o r d e vid o a vá r io s r ecursos novos i ncl ui ndoespel hamento de memóri a, H ot A dd Memory e detec ç ão da s aúde d #* ; A %i " n t e r n e t n f o r m a tio n Se r vice s ( S) 6.0. Pa r a m ai or di sponi bi l i dade,o servi ço Mi crosoft C l uster agora suporta até oi to nós de c l us ter e nó s e p a r a d o s g eo g r a fica m e n te. Um a m a io r e sca labi l i dade é ofereci da com a capaci dade de escal ar desde um úni co proc es s ador até 6. p r o c e s s a d o r e slta n iu m 2. De m o d o g e r a l, o Window s S erver 2003 é mai s rápi do com 140 por cento rnel hor desemp enho em s erv i ç os d. a r q u i v o e i m pr e ssã o a ssim co m o u m a sig n ifica tiva mel hora no desempenho para o A cti ve D i rectory, Web S ervi ces X ML, S erv i ç os de Termi na e rede. Menor TCO Através da Consolidação e das Mais Recentes Tecnologias.-* *ê.o W i n d o w s Se r ve r fo r n e ce m u ito s a va n ço s técni cos que aj udam as organi zaçõesa reduzi rem o custom total de propri edade C rc O). ( =ty" W i n d o w s R e so u r ce M a n a g e r, p o r e xe m p lo, p e r mi tê que admi ni stradores defl nam o uso dos recursos (para processa dores e memóri a) er a p l i c a ç õ e sn o se r vid o r e g e r e n cie m a s m e sm a s âtravés de di reti vas de grupos, A rmazenamentos anexados a rede permi tem a c ons ol i daç ã, d e s e r v i ç o s d e a r q u ivo. Ou tr a s m e lh o r ia s in clu em o suporte a N U MA (N on-u ni form Memory A ccess), Tecnol ogi a ntel H y per-threadi ng ' e n t r a d a / s a í d a m u lti- ca m in h o, a ju d a n d o m u ito a "escal ar" os servi dores. *,, Crie Sites Dinâmicos na nternet e ntranet S 6. 0, o se r vid o r We b in clu íd o n o Win d o ws Server 2003, fornece segurãnça avançada e uma arqui tetura confi ável qu e oferec e i s ol aç ãodr èë o -,go a p l i c a ç õ e se d e se m p e n h o m u ito m e lh o r a d o. O r esul tado: mai or confi abi l i dadee "upti me". E o servi ço Mi crosoft Wi ndow s Medi fac i l i ta c o n s t r u ç ã o d e so lu çõ e s d e flu xo d e m íd ia co m p r ogramâção di nâmi ca de conteúdo assi m como mai or desempenho mai or e mai s c oníìáv el. com um Servidor de Aplicação ntegrado Rápido Desenvolvimento -+ M i c r o s o f t.net F r a m e wo r k é fo r te m e n te in tegrado com o si stema operaci onal Wi ndow s S erver A tecnol og i a Mi c ros oft A S P.N F ; O -*TJ permite alto desempenho para aplicações Y/eb. Com a tecnologia conectada.net, os desenvolvedores estão liberados da necessidade de s. criar códigos pesados e.podem trabalhar de forma eficiente comjinguagens-de progrramrção e ferramentas que eles Jã conìlêc-ern.o'winilõí: S e r v e r fo r n e ce m u ito s r e cu r so sq u e a u m e n tam a produti vi dade do desenvol vedor e o val or das apl i cações.a pl i caç ões ex i s tentes poden s e r f a c i l m e n te e m p a co ta d a s co m o We b Se r vice s X ML. A pl i cações U N X podem ser faci l mente íntegradas ou mi gradas. E os des env ol v edore p o d e m r a p i d am e n te co n str u ir co n tr o le sasp.netmóvei s para formul ári os Web e outras fêrrãmentas. Trabalhe de Forma lrlais nteligente Transformando Seu Servidor de Arquivo em um Poderoso Servidor de Colaboração "*,,. -. gë r $ ; O W i n d o w s S h a r e Po in t Se r vice s é u m a p la ta fo r ma para a cri ação de mui tas comuni dades Web focadas no comparti l ham ento da i nformaç ão r *J p r o d u t i v i d a d e d e e q u ip e. Ele p o d e e sca la r p a r a mi l hares de si tes dentro de uma organi zação. E l e suporta compl etament e ìmpl ementaç ões d: W e b f a r m s e b a n co s d e d a d o s e m clu ste r. Ge r e ntes de si tes e servi dores podem forçar cotas de A rmazenamento usando um c ri téri o por s i t: e p o r s e r v i d or. O u so d o site p o d e se r m o n itorado para se detectar e remover si tes i nati vos. A segurança é gran ul ar, mas fac i l mente g e r e n c i a d a. O Win d o p srià ts \,ím g e m e ;itse r u iceír é ) um recurso de segurança do Wi ndow s que funci ona com apl ic aç ões para protege s 1.1-S i n f o r m a ç õ e s co n fid e n cia ise cr ítica sd a e m p r e sa - i ndependente de onde el a esti ver. Automatize as Operações com Ferramentas de Gerenciamento baseadas em Diretivas e Scripts -** como um componente adicional, o'--rcup Foiicv ìrísrepemenicirn,sole ígp},!ce permite aos administradores implementarem fu$.,disponível =ï'j g e r e n c i a r e m me lh o r d ir e tiva s q u e a u to m a tiza m áreas de confi guração chaves como confi guraçõesde usuári os, estagões de trabal ho e perfi s a m b u l a n t e s. Um n o vo co n ju n to d e fe r r a m e n ta s de l i nha de comando permi tem aos admi ni stradores usarem scri pts e automati z arem funç õe: d e g e r e n c i a me n to, co m p le ta n d o ta r e fa s a Pa r tir da l i nha de comando se desej ado. O suporte para o Mj crosoi Ì'üi ndix ss eneíi j FdíLre S er.r!.i w S U S i a j u d a o s a d m in istr a d o r e s â a u to m a tiza r e m a apl i caçãode atual i zações. de Arquivos nteligente.r.*. Aumente a Proteção de Documentos e a Disponibilidade via Armazenamento f f $,, C o m o n o v o re cu r so d e có p ia d e so m b r a, o s u suáríos podem obter versões anteri ores de um arqui vo i nstantanêamente, s em prec i s ar da ' % " r ' a s s i s t ê n c i ad e u m p r o fissio n a ld o su p o r te. M e lh o ri as no S i stemá de A rqui vos D i stri buído (D FS ) e no servi ço de D upl i caç ão de A rquìv os (FR S f o r n e c e m a o s u su á r io s u m a fo r m a co n siste n te d e acessar sèus arqui vos estej am el es onde esti verem..*.* Fácil de Localizar, Compartilhar e Reutilizar Web Services XML W i n d o w s S e r ve r in clu i o s ssu r ç,r sio m o r arr.ri sli )D l Ë, uma i nfra-estrutura di nâmi ca e fl exível para Web S ervi c es X ML. E s ta s ol uç ãt t llh * ao r b a s e a d a e m pa d r ã o p e r m ite q u e e m p Íe sa s e xe cutem seu própri o di retóri o U D D (U ni versal D escri pti on, D i scovery and ntegrati on) para us r n a i n t r a n e t e e xtr a n e t, fa cilita n d o a d e sco b e r ta de Web S ervi ces e outros recursos programáti cos. Os desenvol vedor es podem fac i l ment: l o c a l i z a r e r eu tiliza r We b Se r vice s d isp o n íve is na organi zação. Os admi ni stradores de T podem catal ogar e gerenc i ar os rec urs o: p r o g r a m á t i c os n a r e d e. Os Se r viço sco r p o r a tivo su D D também aj udam as empíesas a construírem apl i caçõesmai s confi áv ei s e i ntel i gentes.

9 Utif izando-se do texto "Os 10 Principais.Ëít'c;:t,_ 1 Windows Server 2oO3' responda ãs Como podem ser feitas réplicas do Active Directory no W2K3? \r\ l,r..".-r ç -',r-\ ' r-l r.iu t t *>.cb-rs"-r. *-. '(l '- Q\ t "l' ngre<rclqftèr. r*.",^r..-\-..\-\* {t).'*-'r ç,(-.^{:: "-a. ara oue utiliza-se a ferramenta ve Directory Migration? * 3. Como Podemos prevenir danos causados por vírus e outros códigos mal-intencionados? g-*.,*1,-,,ttëï,".."'.'1"ï.( ',..^.r*^k*-..*- *"À^^,"jì', n. b. -.\F-'-.. ^. 4, Quais re cursos do W2K3facilitam a implementação de carlões íntelie certificados em toda a gentes (ou Smart Cards) empresal 5. Cite 3 recursos novos que ajudam a confiança do usuário no W2K3: \-ï.o.t A ti lì -a ^n ^Ï r-..,(-\ u Y^ r ^dr\ antos Drocessadores podem ser escalonados com o W2K3? ì 7. Cite seja 2 avanços que permitem com que o custo total de propriedade diminuido com o W2K3? Wy<.'"- B.Emq a a tecnologia ASP EÏ? d* 9.O é o Windows SharePoínt Service? Defina Windows Rights Management Service..^, Â^-\Á Je."""^

10 CHR - Curso de Ha A lu n o ( a ) : íí, sç Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3 Co n h e ça o s 1 0 m a is va lio so s b e nefíci osque o Wi ndow s S erver 2003 pode trazer para sua organi zação. F á c i l d e m p le m e n ta r, Ge r e n cía r e Utiliza r *,, s u a i n t er fa ce Win d o ws fa m ilia r, o Win d o ws S erver 2003 é fáci l de ser uti l i zado. N ovos assi stentesdetal hados si mpl i fi c am a i ns tal aç ão c 4T5s;-S- ',fc uo nm cões e s o e cífica sd o se r vid o r e ta r e fa s r o Jin ei ras de manutenção onde mesmo servi dores sem um admi ni strador dedi c ado s ão fác ei s d s e r ã m g e r e ncia d o s, Alé m d isso. o s a d m in istr a dores possuem vári os recursos novos e mel horados para faci l i tar a i mp l ementaç ão do A c ti v D i r e c t o r y. R é p líca sm a io r e s d o Active Dir e cto r ylpodem ser cri adas a parti r da mídi a de backup e atual i zar a parti r de vers ões anteri ores c om M i c r o s o f t W in d o ws é m a is fá cil co m a fe r r amenta A cti ve D ìrectory Mi grati on Tool (A D MT), que copi a senhas e é total mente s c ri ptáv e G e r e n c i a r o A ctive Dir e cto r y é fá cil co m e ste s n ovos recursos, como a capaci dadede se renomear domíni os e se redefi ni r o es quema. dand a o s e d m i n i s tr a d o r e s a fle xib ilíd a d ed e lig a r co m al terações organi zacíonai sque podem ocorrer. A di ci onal mente, rel ações de c onfi anç a entr f l o r e s t a s c on e cta m flo r e sta s d o Active Dir e ctory, fornecendo autonomi a sem sacri fi car a i ntegração, Fi nal me nte, ferramentas d i m p l e m e n t a çã o a va n ça d a s, co m o o Se r viço d e nstal ação R emota, ej udà os admi ni stradores a rapi darnente cri arem i magens de s i s temas i m p l e m e n t a r se r vid o r e s. Conectada Segura _-- nfra-estrutura, d f - * j-. A c o m g u t a ç ã o e m r e d e e ficie n te e se g u r e é mai s i mportante do que nunca pãra que um negóci o mantenha-se com peti ti v o. O W i ndow Y S e r v e r p e r m ite q u e o r g a n iza çõ e so b te n h a m vantãgens dos i nvesti mentos de Ï e estendam estàs vantagens para parc ei ros, c l i entes f o r n e c e d o r e s a tr a vé s d a im p le m e n ta çã o d e r e cursos chave como rel ações de confi ança entre fl orestas no servi ço Mi cro s oft A c ti v e D i rec tory ( a s s i m c o m o a in te g r a çã o b a se a d a n o M icr o so ft.n E T P assport. O gerenci amento de i denti dades no A cti ve D i rectory ati nge todã a red a j u d a n d o a g a r a n tir se g u r a n ça e m to d a a o r g a ni zação. E fáci l encri ptar dados críti cos e di reti vas de restri ção de softw a re podem s er us ada p a r a p r e v e n i r d a n o s ca u sa d o sp o r vír u s e o u tr o s códi gos mãl ìntenci onados.o Wi ndow s S erver 2003 é a mel hor escol ha para s e i mpl ementa u m a Ì n f r a - estr u tu r a d e ch a ve p ú b lica ( PK) e seus recursos de auto-renovação e auto-requi si ção tornam fácei s i mpl ementãr c artõe i n t e l i g e n t e s e ce r tifica d o se m to d a a e m p r e sa. C o n f i a b i l i d a de, Disp o n ib itid a d e, Esca la b ilid ade e D esempenho de N ível C orporati vo.=* d4ëï -*"; n c o n f ì a b i l i da d eé a in d a m e lh o r d e vid o a vá r io s recursos novos i ncl ui ndo espel hamento de memóri a, H ot A dd Memory e detec ç ão da s aúde d' n t e r n e t n f o r m a tio n Se r vice s ( is) 6.0. Pa r a mai or di sponi bi l i dade,o servìço Mi crosoft C l uster agora suporta até oi to nós de c l us ter e nó s e p a r a d o s g e o g r a fica m e n te. Um a m a io r a sca l abi l i dade é ofereci da com a capaci dade de escal ar desde um úni co proc es s ador até 6p r o c e s s a d o r e s tâ n iu m 2. De m o d o g e r a l, o Wi ndow s S erver 2003 é mai s rápi do com 140 por ceri to mel hor desempenho em s erv i ç os d' a Í q u i v o e i mp r e ssã o a ssim co m o u m a sig n ifica ti va mel hora no desempènho pãra o A cti ve D i rectory, Web S ervi ces X ML, S erv i ç os de Termi na e rede. Menor TCO Através da Consolidação e das Mais Recentes Tecnologias.-W i n d o w s Se r ve r fo r n e ce m u ito s a va n ço s técnìcos que aj udam as organi zaçõesa reduzi rem o custom total de propri edade C C O). ( #=iy Ë.,'O ' W i n d o w s R eso u r ce M a n a g e r, p o r e xe m p lo, p e r mi te que admi ni stradores defi nam o uso dos recursos (para processadorese memóri a) er a p l i c a ç õ e s n o se r vid o r e g e r e n cie m a s m e sm a s através de di reti vas de grupos. A rmazenamentos anexados a rede per mi tem a c ons ol i daç ã d e s e r v i ç o s de a r q u ívo. Ou tr a s m e lh o r ia s ín cluem o suporte a N U MA (N on-u ni form Memory A ccess), Tecnol ogi a nte l H y per-threadi ng ' e n t r a d a, / s a í dam u lti- ca m in h o, a ju d a n d o m u ito a "escal ar" os servi dores. Crie Sites Dinâmicos na nternet e ntranet.* :* -. /S, o S 6. 0, o s e r víd o r We b in clu íd o n o Win d o ws S erver 2003, fornece segurençaavançada e uma arqui tetura confi ável que oferec e i s ol aç ãodr a p l i c a ç õ e s e d e se m p e n h o m u ito m e lh o r a d o. O resul tado: mai or confi abi l i dadee "upti me". E o servi ço Mi crosoft Wi nd ow s Medi fac i l i ta c o n s t r u ç ã o d e so lu çõ e sd e flu xo d e m íd ia co m p rogramação di nâmi ca de conteúdo assi m como mai or desempenho mai o r e mai s c onfi áv el. Rápido Desenvolvimento com um Servidor de Aplicação ntegrado *+ ú i c r o s o f t. NET F r a m e wo r k é fo r te m e n te in tegrado com o si stema operaci onal Wi ndow s S erver A tecnol og i a Mi c ros oft A S P.N E ; È ; O n - 1 p 6 r m i t e a l t o d e se m p e n h o p a r a a p lica çõ e ss/e b. C om a tecnol ogi a conectada.n E T, os desenvol vedoresestão l i berados da nec es s i dadede s. c r i a r c ó d i g o s p e sa d o s e p o d e m tr a b a lh a r d e fo r ma efi ci ente com l i nguagensde programação e ferramentas que el es j á c onheèem, O W i ndow r S e r v e r fo r n e ce m u ito s r e cu r so s q u e a u m e ntam a produti vi dade do desenvol vedore o val or das apl i cações.a pl i caç õesex i s tentes poderr s e r f a c i l m e n te e m p a co ta d a s co m o We b Se r vice s X ML. A pl i cações U N X podem ser faci l mente i ntegradas ou mi gradas. E os des env ol v edore p o d e m r a p i d a m e n te co n str u ir co n tr o le s ASP.NET móvei s para formul ári os Web e outras ferramentas. Seu Servidor de Arquivo em um Poderoso Servidor de Colaboração *-*.._ Trabalhe de Forma Mais nteligente Transformando ei! ' " ; ç ; OW i n d o w s Sh a r e Po in t Se r vice s é u m a p la ta fo r ma para a cri ação de mui tas comuni dadesweb focadas no comparti l ham ento de i nformaç ão r Y-'produtividade d e e q u ip e. Ele p o d e e sca la r p a r a mi l hares de si tes dentro de uma organi zação.e l e suporta compl etamen te i mpl ementaç ões de W e b f a r m s e b a n co s d e d a d o s e m clu ste r. Ge r e ntes de si tes e servi dores podem forçar cotas de A rmazenamento usando um c ri téri o por s i tr e p o r s e r v i d o r. O u so d o site p o d e se r m o n itorado para se detectar e remover si tes i nati vos. A segurança é granul ar, mas fac i l mente gerenciada. O líjndou:s Riqhis\,{mazementSerices ír-ì.,í-\) é um recurso de segurança do Windows que funciona com aplicações para protege i n f o r m a ç õ e s c o n fid e n cia ise cr ítica s d a e m p r e sa - ìndependente de onde el a esti ver. Automatize as Operações com Ferramentas de Gerenciamento baseadas em Diretivas e Scripts 'f"4 J { *, D i s p o n í v e l c o m o u m co m p o n e n te a d icio n a l, o c.cup }'oi i cv ì!{eìfenè ntc,:,!-si ìií(}p e MC E permi te aos admi ni stradores i mpl ementarem - s g e r e n c i a r e m m e lh o r d ir e tiva s q u e a u to m e tiza m áreas de confi guração chaves como confi guraçõesde usuári os, estaçõe s de trabal ho e perfi : a m b u l a n t e s. Um n o vo co n ju n to d e fe r r a m e n ta s de l i nha de comando permi têm aos admi ni stradoresusarem scri pts e au tomati z arem funç õe: de gerenciamento, completando tarefas a partir da linha de comando se desejado. O suporte parã o ì,í.icìrosoíi Wijrcir*ì S.,a.eriildiÍÊ -qe..i!ì.: n v s u s ) a j u d a o s a d m in istr a d o r e sa a u to m a tiza r e m a apl i caçãode atual i zações.,* Aumente a Proteção de Documentos e a Disponibilidade via Armazenamento de Arquivos nteligente o n o v o r e cu r so d e có p ia d e so m b r a, o s u suári os podem obter versões anteri ores de um arqui vo i nstantaneame nte, s em prec i s ar da ãf * Y-,F' a; C s soim stência d e u m p r o fissio n a ld o su p o r te. M e lh ori as no S i stema de A rqui vos D i stri buído (D FS ) e no servi ço de D upl i caç ãode A rqui v os (FR S ' f o r n e c e m a o s u su á r io s u m a fo r m a co n siste n te d e acessar seus arqui vos estej am el es onde esti veíem. Fácil de Localizar, CompaÉilhar e ReuülÍzar Web Services XML LÌ)D l +, uma i nfra-estrutura di nâmi ca e fl exível para Web S ervi ces X ML. E s ta s ol uç ãc W i n d o w s Se r ve r in clu i o s Sd wicr ;Ccr io r ai i vcs { *$-.l.o " baseada e m pa d r ã o p e r m ite q u e ' e m p r e sa s e xe cutem seu própri o di retóri o U D D (U ni versal D escri pti on, D i scovery and ntegrati on) para us c n a i n t r e n e t e e xtr a n e t, fa cilita n d o a d e sco b e r ta de Web S ervi ces e outros recursos programáti cos: Os desenvol vedo res podem fac i l mentt l o c a l i z a r e r eu tiliza r We b Se r vice s d isp o n íve is na organi zação, Os admi ni stradores de T podem catal ogar e gerenc i ar os rec urs os p r o g r a m á t i c o s n a r e d e. Os Se r viço s Co r p o r a tivo s U D D também aj udam as empresas a construírem apl i caçõesmai s confi áv ei s e i ntel i gentes.

11 Utilizando-se do texto "Os 1O Principais Benefícios do Windows Servêr 2OO3" responda as questões abaixo: 1. Como podem ser feitag réplicas do Actíve Dl no W2K3? 2. Para que utiliza-se a ferramenta Active Dj ry Migratio!? Ç. 3. Como Podemos prevenir danos causados por vírus e outros códigos mal-intencíonados? 4. Quais re cursos do W2K3 facìlitam a implementação de cartões inteligentes (ou Smart Cards) e certiflgadot. :T.t"91l.e.mOresa],. -Qtr',-f\í.-t i r : recçrìsos novos que ajudam a confiança do usu,ário no W2K3: '\., i.-l ', 'lr i', :- "' r' \! i. :., ',1 \ì 6. Quantos processadores podem ser escalonados com o W2K3.? ì ;\*; -- c: -J l:'':-.:;.- ' '-' c-l :.''-;:''.*: Jf FJ ì \l\-1 J!. 7. Cite 2 avanços que permitem com que o custo total de propriedade seja diminuido com o W2K3? ï \ {. \\\,! u, nï :u". u otl*fït ti,'-:.1 i.$:no':l': n oo ï ïï ï,*' ï1q?ï,ì-tj,'?,tl::ï.:?'ï:: ;,í '-' :'{\ 10. Defina Windows RÍghts Management Service.

12 í**-**:ê.1{aá--:_-:=.u,.",{ï:, t,.0 ' ls al Jo.r,gçer*r'rOUlt :.:H:Ltslylrno*-b = :AbÁe=ÁrA*r*4- "fr.í:r,l"*^rhé 1,r, r-,mt:hd* -: -!*1lÉ :&. nqr., *- Luytl u "sltl rei:reilzjz::xr.. t*l-j"*-=o:--b-q- :- -- :. ti..- -$ü'. '". íde'raú-:foq :Én-.aa:qsJ-g,ürJ ár, dt/táfu* ' +

13

14 CHR - Curso de tla^rdware Ãirilìrj, A4-0'ê:ï Daâi4tlQlt!3-so'a6e3i5\àn lé Os 10 Principais Benefícios do Windows Server 2OO3 Co n h e çao s 1 0 m a is va lio so s b e nefíci osque o Wi ndow s S erver 2003 pode trazer para sua organi zação. F á c i l d e m p le m e n ta r, Ge r e n cia r e Utiliza r * S^ l.ì,$. : C o m s u a i n t é r fa ce Win d o ws fa m ilia r, o Win d o ws S erver 2003 é fáci l de ser uti l i zado. N ovos assi stentes detal hados si mpl i fi c am a i ns tal aç ãc c Rfl/funções e s p e cífica sd o se r vid o r e ta r e fa s r o tin e i ras de manutenção onde mesmo servi dores sem um admi ni strador d edi c ado s ão fác ei s c s e r á m g e r e ncia d o s. Alé m d isso, o s a d m in istr a d ores possuêm vári os recursos novos e mel horados para faci l i tar a i mpl ementaç ão do A c i i r Directory. Réplicasmaioresdo Active Directory pgden ser çriadas-anartir.ü rlilid {e bqckuo e tualizar a p-tti. dl-ygl:9::j!l9!el9: a o s a d m i n i s tr a d o r e s a fle xib ilíd a d ed e lig a r co m al terações organi zaci onai sque podem ocoffer. A di ci onal mente, rel aç ões de c onfi anç a entr f l o r e s t a s c o n e cta m flo r e sta s d o Active Dir e ctory, fornecendo autonomi a sem sacri fi car a i ntegração. Fìnal m ente, ferramentas c í m p l e m e n t a ç ã o a va n ça d a s, co m o o Se r viço d e nstal ação R emota, aj uda os admi ni stradores a rapi damente cri arem imagens de s i s temas = i m p l e m e n t ar se r vid o r e s. Conectada Segura nfra-estrutura *. c o m p u t a ç ã o e m r e d e e fìcie n te e se g u r e é mai s i mportante do que nunca para que um negóci o mantenha-se competi ti v o. O W i ndo.,.r#- # w;-ll S e r v e r p e r m ite q u e o r g a n iza çõ e s o b te n h a m vantagens dos i nvesti mentos de T e estendam estas vantagens P a ra parc ei ros, c l i entes fornecedores através da impiementação de recursos chave como relações de confiança entre florestâs no serviço Microsoft A.iive Djreclory: a s s i m c o m o a in te g r a çã o b a se a d a n o M icr o so ft.n E T P assport. O gerenci amento de i denti dades no A É V S P j recl or v ati 0ge tgg[-a redr' É fácil encriptar dados críticos e diretivas de restrição de software podem ser usada ajuja"ndo e-fía{üí:.jg;3!sa $*igdai-glsilâizas.ão. p a r a p r e v e n i r d a n o s ã u sa d o s p o r vír u s e o u tr o s códi gos mal i ntenci onados.o Wi nrl ^w 'seruer 2003 é a mel hor escol h a P ara s e i mpl ementè. e seus recursos de auto-renovação e auto-requi sìção tornam fácei s i mpl ementar c artõe - estrutura-d e-çhavê una -jnfìa é a in d a e Desempenho de }{ível Corporativo i ncl ui ndoíesoel hamentode H ot da s aúde d e rede. Menor TCO Através da Consolidação e das Mais Recentes Tecnologias ( $, O W i n d o w s Se r vê r 2 OO3fo r n e ce m u ito s a va n ço s técni cos que aj udam as organi zações a reduzi rem o custom total de propri edade C rc O). ï i ' W i n d o w s R e so u r ce.m a n a o e t,p o r e xe m p lo. p e r mi te que admi ni stradores defi nam o uso dos recursos (para processadores e memóri a) er n o se r vid o r e g e ie n cie m a s m e sm e s através de di reti vas de grupos. A rmazenamentos anexados a rede permi tem a c ons ol i daç ã ffilões d e s e r v i ç o s d e a r q u ivo. Ou tr a s m e lh o r ia s in clu em o suporte a N U MA (N on-u ni form Mernory A ccess), Tecnol ooi a ntel H y ner-j hreac i ng e n t r a d a / s a í da m u lti- ca m in h o, a ju d a n d o m u ito a "escal ar" os servi dores. *..,. Crie Sites Dinâmicos na nternet e ntranet $*}{'/,ai 'pslri coa çsõ e6s. 0, o se r vid o r We b in clu íd o n o Win d o ws Server 2003, fornece segurança avançada e uma arqui tetura coníìável q ue oferec e i s ol aç ão c i ' : e d e se m p e n h o m u ito m e lh o r a d o. O resul tado: mai or confi abi l i dade e "upti me.. E o servi ço Mi crosoft Wi nd ow s Medi fac i i i ta c o n s t r u ç ã o d e so lu çõ e sd e flu xo d e m íd ia co m p rogíamação di nâmi ca de conteúdo assi m como mai or desempenho mai o r e mai s c onfi áv el. -.ru, Rápido Desenvolvímento com um Servidor de Aplicação ntegrado S, 1 ü - J O M i c r o s o f t.net F r a m e wo r k é fo r te m e n te in tegrado com o si stema operaci onal Wi ndow s S erver A tecnol ogi a Mi c ros oft A S P.N F BT./permite alto desempenho para aplicações Web. Com a tecnologia conectada.net, os desenvolvedores estão lìberados da necessidade de s ': -gfi cj ente-com i ngl agensdeprogr.amaçãoefgraoeqtasry.reel esj áeoni eees rr-ow i r:c o:-,. S e r v e r fo r n e ce m u ito s r e cu r so s q u e a u m e ntam a produti vi dade do desenvol vedor e o val or das apl i cações.a pl i ca ç õesex i s tentes poden : s e r f a c i l m e n te e m p a co ta d a s co m o We b Se r vice s X ML. A pl i cações U N X podem ser faci l mente i ntegradas ou mi gradas. E os des env ol v edore p o d e m r a p i d a m e n te co h str u ir co n tr o le s ASP,NETmóvei s para formul ári os Web e outras ferramentas. Seu Servidor de Arquivo em um Poderoso Servidor de Colaboração de Forma Mais nteligente ïransformando "*^ Trabalhe, ú Ï # J O W i n d o w s Sh a r e Po in tse r vice s é u m a p la ta fo r ma para a cri ação de mui tas comuni dades V y'ebfocadas no comp3gti l ha mento da i nformaç ão \Ü-p-1S!g1lyida-d -d-e--csrye. plementaçõés-ã. ete po -Web f a r m s e b a n co sìed a d o s e m clu ste r. Ge r e ntes de si tes e servi dores podem forçar cotas de A rmazênamento usan do um c ri téri opor s i t. : e p o r s e r v i d o r, O u so d o site p o d e se r m o n itorado para se detectar e remover si tes i nati vos. A segurança é granul ar, mas fac i l ment: gerenciada. O tvlndòesrisììts}íaãèemer,tsenicesíeè*ás)é um recurso de segurança do Windows que funciona com aplicações para protege i n f o r m a ç õ e s c o n fid e n cia ise cr ítíca s d a e m p r e sa - i ndependente de onde el a esti ver..*,. Automãtize as Operações com Ferramentas de Gerenciamento baseadas em Direürras e Soipts d [ ; D i s p o n í v e l c om o u m co m p o n e n te a d icio n a l, o Group!'oi i c] \íeêê emeniann-\cl Ëí(i?l víc.e permi te aos admi nístradores i mpl ementarem f= r lï. n 'qerenciarem m e lh o r d ir e tiva s q u e a u to m a tiza m áreas de confi guração chaves como confi gurações de usuári os, estações de trabal ho e perfi : a m b u l a n t e s. Um n o vo co n ju n to d e fe r r a m e n ta s de l i nha de comando permi tem aos admi nìstradores usarem scri pts e a utomati z arem funç õe: d e g e r e n c i a m e n to, co m p le ta n d o ta r e fa s a p a r tir da l i nha de comando se desej ado. O suporte para o (, u r s Í - i sa)j u d a o s a d m in istr a d o r e sa a u to m a tiza r e m a apl i caçãode atual i zações. de Arquivos nteligente Aumente a Proteção de Documentos e a Disponibilidade via Armazenamento.*, $.l " F i C o r n o n o v o r e cu r so d e có p ia d e so m b r a, o s u suári os podem obter versões anteri ores de um arqui vo i nstantaneamente, s em prec i s ar d;: Y l " a s s i s t ê n c i ad e u m p r o fissio n a ld o su p o r te. M e lh ori as no S i stema de A rqui 'ros D i stri buído (D FS ) e no servi ço de D upl i ca ç ãode A rqui v os (FR S f o r n e c e m a o s u su á r io s u m a fo r m a co n siste n te d e acessar seus arqui vos estej am el es onde esti verem.,çra. Fácil de Localizar, Compartilhar e Reutilizar Web Services XML LÌi )D ]Ê, uma i nfra-estrutura di nâmi ca e fl exível para Web S ervic es X ML. E s ta s ol uç ã* **iy t -rïjlboa s ewaidnad o w s Se r ve r in clu i o s se r ir s Co m o rari ;os e m pa d r ã o p e r m ite q u e e m p r e sa s e xe cutem seu própri o di retórío U D D (U ni versal D escri pti on, D i scovery and ntegrati on) para us r: n a i n t r a n e t e e xtr a n e t, fa cilita n d o a d e sco b e r ta de Web S ervi ces e outros recursos programáti cos. Os desenvol vedores podem fac i l ment. podem catal oger e g erenc i ar os rec urs o: l o c a l i z a r e r e u tiliza r We b Se r vice s d isp o n íve ís na organi zação. Os admi ni stradores de ï p r o g r a m á t i c o s n a r e d e. Os Se r viço s Co r p o r a tivo s U D D também aj udam as empresas a construírem apl i cações mai s con fi áv ei s e i ntel i gentes - :-

15 ,*fr 'i{ ntfuus *nn7 S ffirire'.p snl Como Podemos prevenir danos causados por vtruse outros códigos mal-intencionados? 4. Quais re cursos do W2K3 facilitam a implementação de cartões inteligentes (ou Smart Cards) e ce em toda a e? recursos novos que a]uoam /1 // --' \_,-/,-/ 2 )-' l--' 6. Quantos processadores podem ser escalonados com o W2K3? Cite 2 avanços que permitem com que o custo total de propriedade seja diminuido com o W2K3? B. Em que utilizada a tecnologia ASf.NET? O que é o,windows SharePoint Service? Defina Windows Rights Management Service.

16 CFR - Curso de Hardware Profo {4, / suporte : Aluno (a) : / MS Windows 2OO3 server Turma: Sábado horários:11 Utilizando-se do texto "Roteiro de nstalação" resolva os exercícios abaixo 1) Com que versão de 5.O. da Microsoft o Windows 2OO3 Server se assemelha? r-r,j.rrfr-y.r,." ' 2) Qual alteração devemos efetuar no SETUP para instalarmos o Windows 2OO3 Server? ri rr r.,.z-ïí 'ì. i.ì., t'1. - lì,, '..t illt...r ')"-'-.'-:,:;i.r.l.:i-'";l.' ",t ''.t.-:'r ìl\it '''..i ì -: 3) Qual a qúantidade mínima de partições é recomendável que um servidor tenha e a que se destinam? *,.rr., r-. "i )ì, '.,.!41 4) s) Partição Primária - ufsírr {',fi^ir]\".:. cji- -], cr'' ìi,r',r'.:rì '. r;',:'; lç., " '. i.'-'.'.',, 'Ô\C'r^iÍ-ri':'r- PartiçãoSecundária-,-t*rï1,'lr'-t-',,-ì-.. 'r i.;r.,' ri,ll.*r'r. i:-r,:t'i,.r-i Em que formato devemos formatar a partição primária do HD para o Windows 2O03 Server? l' :-,.'..-i r't' rt,'.',:.,;i'i, 1...,.,..,o.,., r-l ï,,.i: ),, É: a.$,'' 6) Diferencie o formato NTS do formato FAT32. 7) Que layout de teclado devemos utilizar pata o Windows 2OO3 Server? r, '' Ì, S) Passe do nglês para o Português: KEY - *-.,',{3,''r,7 PASSWORD - r.:ì!.,fr',.1 SETTNGS - DOMAN - rt',; ': " OPTONS -,!ì- ' -rr;' LCENSNG -'':,f!.'ti{"r:: Passe as frases a seguir para o nglês: AJUSTARAUTOMÁTCAMENTE O RELóGO PARAO HORÁRO DEVERÃO. '.t-l,' DFSENVOLVMENTO NÁPTOO DE APLCATÏVOS. NÃo, o compurador NÃo EsrÁ EM UMA REDE sem DolqÍNro., i.ì, ï,.. f'r':.{{ i.,r ïlï'' :, 6"-,1- : i-,.,... -,*r,i':i.'tl

17 CHR - Curso de Hardware / Windows 2OO3 server Profo e) / :rraquel KMS Turma: Sábado horários: jt1 n. Aluno (a) : Utilizando-se do texto "Roteiro de nstalação" resolva os exercicios abaixo: 1) Com que versão de S.O. da Microsoft o Windows 2OO3 Server se assemelha? 2) Qual alteração devemos efetuar no SETUP para instalarmos o Windows 2O03 Server? ' <:--t. íi., r 4) Defina: Partição - Partição Primária - - Partição Secundária i'.: 5) Em que formato aerrèmãs tormatar a paftição primária do HD para o Windows 2OO3 Server? ',o -,,-- ï,..r..i / JL", ' j:,: 'i:. Llr.] t,,. - 6) Diferencie o formato NTFS do formato FAT3?. o t pí. -t.( 1r 7) Que layout de teclado devemoó utilizar para o Windows 2OO3 Server? E) Passe do nglês para o Português: KEY - i', '-;-,:' PASSWORD. SERVER. SETTNGS - WORKGROUP. DOMAN. DETAL OPTONS - : ADJUST - r-".,1,, LCENSNG - '. Passe as frases a seguir para o nglês: AJÚSTARAUToMÁTcAMENTE o RELóGo P/\RA o HoRÁRo DE VERÃo. DESENVOLVMENTO NÁPTOO DE APLCATVOS NÃo, o compurador NÃo EsrÁ EM ulna REDE sem Do$ÍNro. ','--' : - t

18

19 \ CHR-CursodeHaSdwarp nluno(a): (1ur-lo;crü (Ì \J\ r lt S"'h* È..h tn^.r"l,{odata: /-J-Horario:., aí Jlll hla"ja Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3 \ '\ '\ Co n h e ça o s 1 0 m a is va lio so s b e nefíci osque o Wi ndow s S erver 2003 pode trazer para sua organi zação. \ *,. F á c i l d e m p le m e n ta r, Ge r e n cía r e Utilíza r \ fáci l de detal hados si mpl i fìc am 2003 é ser uti l ízado. N ovos assi stentes S erver a i ns tal aç ão\ ì $, C o m o Win d o ws fa m ilia r, Win d o ws s u a i n t èr fa ce lj onde um admi ni strador d edi c ado de manutenção mesmo servi dores sem s ão fác ei s r o tin ei ras d\ e ta r e fa s se r vid o r Yj'funcões e s o e cífica s d o s e r á m g e r e n cia d o s. Alé m d isso, o s a d m in istr a dores possuem vári os recursos novos e mel horados para faci l i tar a i mp l ementaç ão do A c ti v ', D i r e c t o r y. R ép lica sm a io r e s d o Active Dir e cto r y podem ser cri adas a parti r da mídi a de backup e atual i zar a parti r de ve rs ões anteri ores c om M i c r o s o f t W i nd o ws é m a is fá cil co m a fe r r amenta A cti ve D ìrectory Mi grati on Tool (A D MT), que copi a senhas e é total mente s c ri ptáv e G e r e n c l a r o Active Dir e cto r y é fá cil co m e ste s n ovos recursos, como a capaci dade de se renomear domíni os e se redefi ni r o es quema, dand a o s a d m i n i s tr a d o r e s a fle xib ilid a d e d e lig a r co m al terações organi zaci onai sque podem ocorrer. A di ci onal mente, rel ações de c onfi anç a entr f l o r e s t a s c o n e cta m flo r e sta s d o Active Dir e ctory, fornecendo autonomi a sem sacri fi car a i ntegração. Fi nal me nte, ferramentas d i m p l e m e n t a ç ã o a va n ça d a s, co m o o Se r viço d e nstal ação R emota, aj uda os admi ni stradores a rapi damente cri erem i m agens de s i s temas i m p l e m e n t a r se r vid o r e s. Conectada Segura _..*. nfra-estrutura q. = S. A c o m p u t a ç ã o e ç r e d e e ficie n te ê se g u n r é mai s i mportante do que nuncà para que um negócìo mantenha-se competi ti v o. O W i ndorr =Y-='server p e r m ite q u e o r g a n iza çõ e so b te n h a m vantagens dos i nvesti mentos de ï e estendam estas vantagens para parc ei ros, c l i entes f o r n e c e d o r e s a tr a vé s d a im p le m e n ta çã o d e r e cursos chave como rel ações de confi ança entre fl orestas no servi ço Mi cros oft A c ti v e D i Íec tory ( a s s i m c o m o a in te g r a çã o b a se a d a n o M icr o so ft.n E T P assport.qo gerenci amento de i denti dades no A cti ve D i rectory ati nge toda a rede a j u d a n d o a gã r a n tir se g u r a n ça e m to d a a o r g a ni zação. E fáci l encri ptar dados críti cos e di reti vas de restri ção de softw are podem s er us ada p a r a p r e v e n i r d a n o s ca u sa d o s p o r vír u s e o u tr o s códi gos mal i ntenci onados,o Wi ndow s S erver 2003 é a mel hor escol ha P ara s e i mpl ementa u m a Ì n f r a - e str u tu r a d e ch a ve p ú b lica ( PK) e seus recursos de auto-renovação e auto-requi si ção tornam fácei s i mpl ementar c artõe i n t e l i g e n t e s e ce r tifica d o se m to d a a e m p r e sa. Confiabilidade, Disponibilidade, Escalabilidade e Desempenho de Nível Corporativo,* Ë È, n c o n f i a b i l i d a d eé a in d a m e lh o r d e vid o a vá r io s recursos novos i ncl ui ndo espel hamento de memóri a, H ot A dd Memory e detec ç ão da s aúde d' n t e r n e t n f o r m a tio n Se r vice s ( S) 6.0. Pa r a mai or di sponi bi l i dade,o servi ço Mi crosoft C l uster agora suporta até oi to nós de c l us ter e nó Y" s e p a r a d o s g e o g r a fica m e n te. Um a m a io r e sca labi l i dade é ofereci da com a capaci dade de escal ar desde um úni co proc es s ador até 6. p r o c e s s a d o re s ta n iu m 2. De m o d o g e r a l, o Window s S erver 2003 é mai s rápi do com 140 por cento mel hor desemp enho em s erv i ç os d, a r q u i v o e i m pr e ssã o a ssim co m o u m a sig n ifica ti va mel hora no desempenho para o A cti ve D i rectory, Web S ervi ces X ML, S erv i ç os de Termi na e rede. Menor TCO Através da Consolidação e das Mais Recentes Tecnologias *-O W i n d o w s Se r ve r fo r n e ce m u ito s a va n ço s técni cos que aj udam as organi zações a reduzi rem o custom total de propri edade (TC O). ( -1 = Y ;-*' È Windows R e so u r ce M a n a g e r. p o r e xe m p lo, p e r mi te que admi ni stradores defi nam o uso dos recursos (para processadorese memóri a) er a p l i c a ç õ e s n o se r vid o r e g e r e n cie m a s m e sm a s através de di reti vas de grupos. A rmazenamentos anexados a rede permi tem a c ons ol i daç ã d e s e r v i ç o s d e a r q u ivo. Ou tr a s m e lh o r ia s in clu em o suporte a N U MA (N on-u ni form Memory A ccess), Tecnol ogi a ntel H y per-threadi ng r e n t r a d a / s a í d a m u lti- ca m in h o, a ju d a n d o m u ito a "escal ar" os servi dores. Crie Sites Dinâmicos na fnternet e nfanet -:. Sç õ6e. s0, o se r vid o r We b in clu íd o n o Win d o ws Server 2003, fornece segurança avançada e uma arqui tetura confi ável que oferec e i s ol aç ãode *=3Y- r a, op l i c a e d e se m p e n h o m u ito m e lh o r a d o. O resul tado: mai or confi abi l i dade e "upti me". E o servi ço Mícrosoft Wi nd ow s Medi fac i l i ta c o n s t r u ç ã o d e so lu çõ e s d e flu xo d e m íd ia co m p rogramação di nâmi ca de conteúdo assi m como mai or desempenho mai o r e mai s c onfi áv el. Rápido Desenvolvimento com um Servidor de Aplicação ntegrado e* ú i c r o s o f t.net F r a m e wo r k é fo r te m e n te in tegrado com o si stema operaci onat Wi ndow s S erver A tecnol ogi a Mi c ros oft A S P.N E *ËË-;rO p e r m i t e e l t o d se m p e n h o p a r a a p lica çõ e s$ /e b. Com a tecnol ogi a conectada.n E T, os desenvol vedoresestão l i berados da nec es s i dadede s ' c r i a r c ó d i g o s p e sa d o s e p o d e m tr a b a lh a r d e fo r ma èfi ci ente comìi n!uagens de programãção eferamentas qüê el es j á eoni ec em, O W i ndow l S e r v e r fo r n e ce m u ito s r e cu r so s q u e a u m e ntãm a produti vi dade do desenvol vedor e o val or das apl i cações.a pl i caç õesex i s tentes poder,. s e r f a c i l m e n te e m p a co ta d a s co m o We b Se r vice s X ML. A pl i cações U N X podem ser faci l mente i ntegradas ou mi gradas. E os des env ol v edore, p o d e m r a p i d a m e n te co n str u ir co n tr o le sasp.netmóveís para formul ári os Web e outras ferramentas. Seu Servidor de Arquivo em um Poderoso Servidor de Colaboração Trabalhe de Forma Maís nteligente Transformando *,* Ë. #, O W i n d o w s Sh a r e Po in t Se r vice s é u m a p la ta fo r ma pere a cri ação de mui tas comuni dades Web focadas no comparti l hamento da i nformaç ão r ï- ' p r o d u t i v i d a d e d e e q u ip e. Ele p o d e e sca la r p a r a mi l hares de si tes dentro de uma organi zação. E l e suporta compl etamen te i mpl ementaç ões de W e b f a r m s e b a n co s d e d a d o s e m clu ste r. Ge r e ntes de si tes e servi dores podem forçar cotas de A rmazenamento usando um c ri téri o por s i ti e p o r s e r v i d o r. O u so d o site p o d e se r m o n itorado para se detectar e remover si tes i nâti vos. A segurança é gran ul ar, mas fac i l mente gerenciada. O ìi:;ndowrs é um recurso de segurança do Windows que funciona com aplicações para protege fuárs NÍNâz.mejrtSe,-,.jc s a,..r,ís') i n f o r m a ç õ e s co n fid e n cia ise cr ítica sd a e m p r e sa - i ndependente de onde el a esti ver. -,-á Automatize as Operações com Ferramentas de Gerenciamento baseadas em Diretivas e Scripts íj-ip\lclrg permite aos administradores implementarem i f,ì-$; Disponível como um componente adicional, o Lì.cur È'oiicy\íüÌsgcn ri L:i,n-.,r.ls Y,' g e r e n c i a r e m me lh o r d ir e tiva s q u e a u to m a tiza m áreas de confi guração chaves como confi guraçõesde usuári os, estaçõe s de trabal ho e perfi s a m b u l a n t e s. U m n o vo co n ju n to d e fe r r a m e n ta s de l i nha de comando permi tem aos admi ni stradores usarem scri pts e au tomati z arem funç ões de gerenciamento, completando tarefas ã partir da linha de comando se desejado. O suporte para o ìiíicrosoiì!r,:i,rrlln,s Sener i-rpjatcser'.r,.: i w $ U S ) a j u d a o s a d m in istr a d o r e s a a u to m a tiza r e m a apl i caçãode atual i zações. de Arquivos nteligente -o*. Aumente a Proteção de Documentos e a Disponibilídade via Armazenamento o n o v o r e cu r so d e có p ia d e so m b r a, o s u s uári os podem obter versões anteri ores de um arqui vo i nstentãneeme nte, s em prec i s ar d; $$ *ï-. '"C ' aosm sistência d e u m p r o fissio n a ld o su p o r te. M e lh ori as no S i stema de A rqui vos D i stri buído (D FS ) e no servi ço de D upl i caç ãode A rqui v os (FR S. f o r n e c e m a o s u su á r io s u m a fo r m a co n siste n te d e acessar seus arqui vos estej am el es onde esti verem.. Fácit de Localizar, Compartilhar e Reutilizar Web Services XML -* LÌi )D l +, uma i nfra-estrutura di nâmi ca e fl exível para Web S ervi ces X ML. E s ta s ol uç ãc W i n d o w s Se r ve r in clu i o s Scr q icr Co is m o rari :r.s 4l*j. O Y- " to., própri o di retóri o U D D (U ni versal D escri pti on, D i scovery and ntegrati on) para ús c b a s e a d a e m p a d r ã o p e r m ite q u e e m p r e sa s r t.nt de Web S ervi ces e outros recursos programáti cos. Os desenvol vedo res podem fac i l mente n a i n t r à n e t e e xtr a n e t, fa cilita n d o a d e sco "*"ã b e r ta podem cãtãl ogàr e g erenc i ar os rec urs os l o c a l i z a r e r e u tiliza r We b Se r vice s d isp o n íve is na organi zação. Os admi ni stradores de ï p r o g r a m á t i c o s n a r e d e. Os Se r viço s Co r p o r a tivo s U D D também aj udam es empresas a construírem apl i caçõesmai s confìáv ei se i ntel i gentes.

20 Utilizando-se do texto "Os 1O Principais Benefícios do Windows Server 2OO3" responda as questões abaixo: podem ser feit s, réplicas Active Directory no W2K3? 2. Pap que utili -se a ferramenta ve Di igration L. 3. Como Podemos prevenir danos causados por vírus e outros códigos -intencionados? 4. Quais re cursos do W2K3 facilitam a implementação de cartões inteligentes (ou SmarL Cards) e certificados em toda a empresa? novos que fianca do usuáriono W2K3: 6. Ouantos orocessadores oodem ser escalonados com o W2K3? ì,^.),,,t' 6í pna,roà^, ï- 'o ( "V' 7. CÍte 2 avanços que permitem com que o custo total de propriedade inuido o W2K3? 9.Oqüeé Windows SharePoint Service? Defina Windows Rights Management,

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 D A T A D E A B E R T U R A : 2 9 d e d e z e m b r o d e 2 0 1 0 H O R Á R I O : 9:0 0 h o r a s L O C A L D A S E S S Ã O P Ú B L I C A: S a l a d a C P L/

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

White Paper. Mais produtividade e mobilidade com Exchange Server. O correio eletrônico é uma das ferramentas de

White Paper. Mais produtividade e mobilidade com Exchange Server. O correio eletrônico é uma das ferramentas de White Paper Mais produtividade e mobilidade com Exchange Server Entenda como usar melhor a plataforma de correio eletrônico da Microsoft para ganhar mais eficiência na comunicação da sua empresa O correio

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 Estratégico III Seminário de Planejamento Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 G es tão Em pre sa rial O rie nta ção pa ra om erc ado Ino vaç ão et

Leia mais

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP GIS Gertran Integration Suite Guia de T ransferência de Arquivos Entidade x DATAPREV Versão 1.0 HTTPS G I S G ui a de T ra n sf er ên ci a d e Ar qu i vo s 1/ 8 ÍNDICE ANALÍT ICO 1. INTRODU ÇÃO......4

Leia mais

Tópicos Quem é é a a PP aa nn dd ui t t?? PP oo rr qq ue um CC aa bb ea men tt oo PP er ff oo rr ma nn cc e? dd e AA ll tt a a Qua ll ii dd aa dd e e PP aa nn dd ui t t NN et ww oo rr k k II nn ff rr aa

Leia mais

PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O

PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O PATR IMÔNIO PALEONTOLÓG IC O O s depós itos fos s ilíferos, o s s ítios paleontológ icos (paleobiológicos ou fossilíferos) e o s fós s eis q u e a p r e s e n ta m valores científico, educativo o u cultural

Leia mais

J u i n 2 0 0 9 L e ttr e d 'i n fo r m a ti o n n 1 9 E d i to r i al E p p u r si m u o ve «E t p o u r ta n t e l l e b o u g e» m u r m u r a G a l l i l é e s u r s o n c h a m p e s t l a r g e.

Leia mais

1. A cessan do o S I G P R H

1. A cessan do o S I G P R H 1. A cessan do o S I G P R H A c esse o en de reç o w w w.si3.ufc.br e selec i o ne a o p ç ã o S I G P R H (Siste m a I n te g ra d o de P la ne ja m e n t o, G estã o e R e c u rs os H u m a n os). Se

Leia mais

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10 QUESTÃO 1 VESTIBULAR FGV 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS 15 QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA PROVA DA MANHÃ MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A O mon i tor de um note book tem formato retangular com a di ag o nal medindo

Leia mais

REGULAMENTO DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DE HOSPEDAGEM No u s o d a c o mp e t ê n c i a p r e v i s t a al í n e a v ) d o n. º 1 d o ar t i g o 64º d o De c r e t o -Le i n. º 1

Leia mais

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to.

GASTRONOMIA. Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. GASTRONOMIA Instruções Cer ti fi que-se de que está es cre ven do de acor do com o tema pro pos to e dê um tí tu lo a seu tex to. Res pe i te mar gens e en tra das de pa rá gra fo. Use as in for ma ções

Leia mais

Prgrmçã O Mu s u Év r, p r l ém f rcr s s i g ns «vi s i t s cl áss i cs» qu cri m s p nt s c nt ct nt r s di v rs s p úb l ic s qu vi s it m s c nt ú d s d s u ri c s p ó l i, p r cu r, c nc m i t nt

Leia mais

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO 1. RESULTADOS QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO 1.1- QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO: AMOSTRA REFERENTE AS

Leia mais

FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS

FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS FACULDADES UNIFICADAS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 REGULAMENTO DO NÚ CLEO DE PRÁ TICA JURÍ DICA DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE

Leia mais

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o NPQV Variável Educação Prof. Responsáv v el :: Ra ph aa el BB ii cc uu dd o ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO 2º Semestre de 2003 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO As atividades realizadas

Leia mais

Embarque no Turismo O Papel do Turismo no Desenvolvimento do País

Embarque no Turismo O Papel do Turismo no Desenvolvimento do País Embarque no Turismo O Papel do Turismo no Desenvolvimento do País Belo Horizonte/MG, 21 de junho de 2010 Segmentação A s eg mentação es tá pres ente em todos os mercados, incluindo o mercado do turis mo;

Leia mais

SISTEMA MODULAR DE FOLHA DE PAGAMENTO

SISTEMA MODULAR DE FOLHA DE PAGAMENTO SISTEMA MODULAR DE FOLHA DE PAGAMENTO TERMO DE ABERTURA DO PROJETO... 5 P A R T I C I P A N T E S... 5 I D E N T I F I C A Ç Ã O D O P R O J E T O... 5 Nome e Sigla do Projeto... 5 Cliente e Representante...

Leia mais

REFORMA POLÍTICA. Capítulo VI

REFORMA POLÍTICA. Capítulo VI REFORMA POLÍTICA Capítulo VI REFORMA QUE O GOVERNO LULA E O CONGRESSO NACIONAL DEVEM PRIORIZAR [espontânea e única, em %] Pe so 1 0 0 % Re fe rê ncia s a re form a s Re form a Agrá ria 7 Re form a Tra

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O A B O R T O : U M A Q U E S T Ã O M O R A L, L E G A L, C U L T U R A L E E C O N Ô M I C A C U R I T I B A

Leia mais

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde B ra s ília, 26 de s etem bro de 2009 C o ntro le da s P o lític a s de L uiz R ibeiro FU N Ç Ã O D O J O R N A L I S M O J o r n a lis m o é a a tiv id a d e p r o fis s io n a l q u e c o n s is te e

Leia mais

Resolução feita pelo Intergraus! Módulo Objetivo - Matemática FGV 2010/1-13.12.2009

Resolução feita pelo Intergraus! Módulo Objetivo - Matemática FGV 2010/1-13.12.2009 FGV 010/1-13.1.009 VESTIBULAR FGV 010 DEZEMBRO 009 MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A PROVA DE MATEMÁTICA QUESTÃO 1 (Prova: Tipo B Resposta E; Tipo C Resposta C; Tipo D Resposta A) O gráfico abaio fornece o

Leia mais

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.)

(Às Co missões de Re la ções Exteriores e Defesa Na ci o nal e Comissão Diretora.) 32988 Quarta-feira 22 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Ou tu bro de 2003 Art. 3º O Gru po Parlamentar reger-se-á pelo seu regulamento in ter no ou, na falta deste, pela decisão da ma i o ria absoluta de seus mem

Leia mais

soluções sustentáveis soluções sustentáveis

soluções sustentáveis soluções sustentáveis soluções sustentáveis 1 1 1 2 3 KEYAS S OCIADOS UNIDADES DE NEGÓCIO ALGUNS CLIENTES 2 2 1 2 3 KEYAS S OCIADOS UNIDADES DE NEGÓCIO ALGUNS CLIENTES 3 3 APRES ENTAÇÃO A KEYAS S OCIADOS a tu a d e s d e 1

Leia mais

C ontextualização his tórica da operacionalização da R es olução C onama 258/99 1/19

C ontextualização his tórica da operacionalização da R es olução C onama 258/99 1/19 C ontextualização his tórica da operacionalização da R es olução C onama 258/99 1/19 C iclo de vida : Do pneu novo ao pneu us ado FABRICAÇÃO IMPORTAÇÃO MERCADO Pneus Novos EXPORTADOS Pneus novos Fora do

Leia mais

Gerência e Segurança d e R ed es W irel es s Claudia Pereira c lp ereir@ c is c o. c o m 1 Aplicaçõ e s I n t e r at iv as X Aplicaçõ e s T r an s acio n ais 1950s-1990s C a r t a s e me mo r a n d o s

Leia mais

Sistema de Arquivos. Sistemas de Arquivos

Sistema de Arquivos. Sistemas de Arquivos Sistemas de Arquivos Definições Básicas 1.Um arquivo é uma unidade lógica de informação criado por processos. As informações podem representar instruções e dados de qualquer tipo [1]. Exemplo de arquivos.

Leia mais

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira.

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira. Q u a, 3 0 d e J u l h o d e 2 0 1 4 search... REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES Selecione a Edição ANTIGAS C l i q u e n o l i n k a b a i xo p a r a a c e s s a r a s e d i ç õ e s a n

Leia mais

White Paper. Boas Práticas de E-mail Marketing

White Paper. Boas Práticas de E-mail Marketing White Paper Boas Práticas de E-mail Marketing Saiba como alguns cuidados simples podem melhorar os resultados de suas campanhas de e-mail marketing Para garantir a qualidade no mix de comunicação atual,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INTERDISCIPLINARIDADE EM SAÚDE

A IMPORTÂNCIA DA INTERDISCIPLINARIDADE EM SAÚDE AUDITORIA IA CLÍNICA A IMPORTÂNCIA DA INTERDISCIPLINARIDADE EM SAÚDE Auditoria é em um exame cuidadoso e sistemático das atividades desenvolvidas em determinada empresa ou setor, cujo objetivo é averiguar

Leia mais

Alencar Instalações. Resolvo seu problema elétrico

Alencar Instalações. Resolvo seu problema elétrico Alencar Instalações Resolvo seu problema elétrico T r a b a lh a m o s c o m : Manutenção elétrica predial, residencial, comercial e em condomínios Redes lógicas Venda de material elétrico em geral. Aterramentos

Leia mais

Oferta Significado 2011. Candidaturas POPH 3.2, 8.3.2 e 9.3.2 Formação para a Inovação e Gestão. Setembro 2011

Oferta Significado 2011. Candidaturas POPH 3.2, 8.3.2 e 9.3.2 Formação para a Inovação e Gestão. Setembro 2011 Oferta Significado 2011 Candidaturas POPH 3.2, 8.3.2 e 9.3.2 Formação para a Inovação e Gestão Setembro 2011 Data para submissão das Candidaturas: Até 10 de Outubro 2011 Financiamento Formação Geral Micro

Leia mais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais Datas Comemorativas White Paper Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais As datas comemorativas podem ser exploradas para rentabilizar o seu comércio, seja ele físico ou online. Dedique

Leia mais

'!"( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, ".6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # )

'!( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, .6 )) -2 7! 6))  ) 6 #$ ))! 6) 8 9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) !" #$%&& #% 1 !"# $%& '!"( )*+%, ( -. ) #) /)01 01)0) 2! ' 3.!1(,,, " 44425"2.6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 4442$ ))2 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) 44425"2 ))!)) 2() )! ()?"?@! A ))B " > - > )A! 2CDE)

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E J A R D I M

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E J A R D I M N Ú C L E O D E C O M P R A S E L I C I T A Ç Ã O A U T O R I Z A Ç Ã O P A R A R E A L I Z A Ç Ã O D E C E R T A M E L I C I T A T Ó R I O M O D A L I D A D E P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 027/ 2

Leia mais

IN S A In s titu t N a tio n a l

IN S A In s titu t N a tio n a l IN S A : U m a re d e d e 5 e s c o la s s u p e rio re s d e e n g e n h a ria O INS A de Rennes existe desde 1966 R ouen O INS A de Rouen existe desde 1985 O INS A de S trasbourg existe desde 2003 R

Leia mais

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem Quadro de conteúdos Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano Língua Portuguesa Matemática História Geografia Ciências Naturais Arte Inglês ABC da passarinhada O alfabeto Quantidade A ideia de quantidade Eu, criança

Leia mais

White Paper. Flexibilidade e economia na era IP

White Paper. Flexibilidade e economia na era IP White Paper Flexibilidade e economia na era IP Saiba como utilizar as tecnologias mais modernas de comunicação de voz pela internet para conseguir mais economia e rapidez em telefonia para sua empresa

Leia mais

1 3Centrs e PP esq is II DD C n MM n Astr l i Astri C h i n Re. C h e H n g K n g F i n l n i I n i F rn 0 4 C n I n n si Al e m n h E st s U n i s I

1 3Centrs e PP esq is II DD C n MM n Astr l i Astri C h i n Re. C h e H n g K n g F i n l n i I n i F rn 0 4 C n I n n si Al e m n h E st s U n i s I 1 3Mr P e re s, R e s e r h D i re t r I D C B rs i l Br 0 0metr Cis e Bn L rg n Brsil, 2005-201 0 R e s l t s P ri m e i r T ri m e s t re e 2 0 0 7 Prer r Prer r Met e Bn Lrg em 2 0 1 0 n Brs i l : 10

Leia mais

www.investorbrasil.com

www.investorbrasil.com Proposta curso preparatório para CPA 20 - ANBIMA www.investorbrasil.com Apresentação INVESTOR APRESENTAÇÃO A INVESTOR é uma escola que nasceu da necessidade das pessoas aprenderem as ferramentas e instrumentos

Leia mais

Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades

Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades PNV 289 Casa, acolhida e libertação para as primeiras comunidades Orides Bernardino São Leopoldo/RS 2012 Centro de Estudos Bíblicos Rua João Batista de Freitas, 558 B. Scharlau Caixa Postal 1051 93121-970

Leia mais

MÃE. M esmo q u e o s eu f ilho j á t enha sido regi strad o procu r e o cartóri o d e R egi stro Civil de

MÃE. M esmo q u e o s eu f ilho j á t enha sido regi strad o procu r e o cartóri o d e R egi stro Civil de APRESENTAÇÃO O T r i b u n a l d e J u st i ç a d e S ã o P a u l o d e s e n v o l ve, d e s d e 2 0 0 7, o P r o j e to P a t e r n i d a d e R e s p o n s á v e l. S u a d i s c i p l i n a e s t á

Leia mais

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024 E S T A D O D E S A N T A C A T A R I N A P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E M A J O R V I E I R A S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O, C U L T U R A E D E S P O R T O C N

Leia mais

lh e c o n fe re o in c is o II d o a rt. 4 º d o Re g u la m e n to d o D e p a rta m e n to -G e ra l d o Pe s s o a l (R-1 56 ), a p ro v a d o

lh e c o n fe re o in c is o II d o a rt. 4 º d o Re g u la m e n to d o D e p a rta m e n to -G e ra l d o Pe s s o a l (R-1 56 ), a p ro v a d o PORTARIA Nº 1 6 4 -D G P, D E 4 D E NOV E M B RO D E 2 0 1 1. Alte ra a d is trib u iç ã o d e e fe tiv o d e m ilita re s te m p o rá rio s, p a ra o a n o d e 2 0 1 1. O CHEFE DO DEPARTAMENTO-GERAL DO

Leia mais

Programa Copa do Mundo 2014

Programa Copa do Mundo 2014 Programa Copa do Mundo 2014 Programa Copa do Mundo 2014 Gerente do Programa: Mario Queiroz Guimarães Neto Rede do Programa: Rede de Cidades Objetivo do Programa: Organizar com excelência os eventos FIFA

Leia mais

O siste ma foi de se nvolvido e m C # atra vé s da fe rrame nta Microsoft Visual S tudio 2008. Banco de dados Microsoft S QL S e rve r 2008 r2

O siste ma foi de se nvolvido e m C # atra vé s da fe rrame nta Microsoft Visual S tudio 2008. Banco de dados Microsoft S QL S e rve r 2008 r2 His tó ric o O de s e nvolvime nto do S is te ma Voto E le trônico do Ministé rio P úblico do E stado de S ão P aulo te ve s e u início e m 2009 com a fina lidade de automatiza r os proce ssos e le itorais

Leia mais

P i s cina s : 2 P i s ci n a e x te rior de á g u a d e m a r a q u e cida P i s ci n a i n te ri or d e á g u a

P i s cina s : 2 P i s ci n a e x te rior de á g u a d e m a r a q u e cida P i s ci n a i n te ri or d e á g u a E M P R IM E I R A MÃO T h e O i ta v os é o e x c lu s i v o h o te l d e 5 e s tre la s q u e co m p le t a e v a l ori za a ofe rta d a Q u i n ta d a M a ri n h a, co n s olid a n d o -a c om o d e

Leia mais

Proposta de Revisão Metodológica

Proposta de Revisão Metodológica Proposta de Revisão Metodológica Gestão do Desempenho Dezembro de 20 DIDE/SVDC Propostas para 202 Nova sist em át ic a de pac t uaç ão e avaliaç ão de m et as set oriais e de equipe; Avaliaç ão de De s

Leia mais

Ainda há Tempo, Volta

Ainda há Tempo, Volta Ainda há empo, Volta Letra e Música: Diogo Marques oprano ontralto Intro Envolvente (q = 60) enor aixo Piano Ó Œ. R.. F m7 2 A b 2 E b.. 2 Ó Œ É 2 Ó Œ F m7 2.. 2 2 A b 2 2 Ainda há empo, Volta Estrofe

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. Edição Nº Nº 030/2012 00004 Sexta-Feira Quit-Feira 08 11 de Março Janeiro de de 2012 2013 A Prefeitura Municipal de Santa Barbara, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. Nº

Leia mais

- 15G0078G130 - MÓDULO USB INSTRUÇÕES DA INTERFACE PARA ASAC-0/ASAC-1/ASAB

- 15G0078G130 - MÓDULO USB INSTRUÇÕES DA INTERFACE PARA ASAC-0/ASAC-1/ASAB - 15G0078G130 - MÓDULO USB INSTRUÇÕES DA INTERFACE PARA ASAC-0/ASAC-1/ASAB Emitido em 15/6/2012 R. 01 Este manual é parte integrante e essencial do produto. Leia atentamente as instruções contidas nele,

Leia mais

Melhores P rát i c as p ara S eg u ran ça d e R ed es Andrey Lee E ng enh ei ro de S i s t em S erv i c e Pro v i ders a s G T S - 0 9 3 0 / M a i o / 2 0 0 7 2 0 0 7 C i s c o S y s t e m s, I n c. A

Leia mais

Ministério Público Federal, B rasília 8 de junho de 2009. Leonardo C. Fleck, C ons ervação E s tratég ica

Ministério Público Federal, B rasília 8 de junho de 2009. Leonardo C. Fleck, C ons ervação E s tratég ica Ministério Público Federal, B rasília 8 de junho de 2009 Leonardo C. Fleck, C ons ervação E s tratég ica P r e o c u p a ç ã o c o m a q u a lid a d e d o s g a s to s p ú b lic o s e m c e n á r io

Leia mais

Padrões de lançamento para Estações de Tratamento de Esgotos Domésticos Reunião AESBE 10/02/09

Padrões de lançamento para Estações de Tratamento de Esgotos Domésticos Reunião AESBE 10/02/09 Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP Associação das Empresas Estaduais de Saneamento Básico - AESBE Padrões de lançamento para Estações de Tratamento de Esgotos Domésticos Reunião

Leia mais

12 ru e d e R ib e a u v illé. T é l. :03.88.57.51.7 1 / Fa x : Ed it é le 13 /05/2016 à 17 :23 Page : 1 / 12

12 ru e d e R ib e a u v illé. T é l. :03.88.57.51.7 1 / Fa x : Ed it é le 13 /05/2016 à 17 :23 Page : 1 / 12 R A M F A R A N D O L E 12 ru e d e R ib e a u v illé 6 7 7 3 0 C H A T E N O IS R e s p o n s a b le s d u R e la is : B ie g e l H. - R o e s c h C. T é l. :03.88.57.51.7 1 / Fa x : * * * * * * * * *

Leia mais

10.1 Objetivos, Conceitos e Funções. Os obje ti vos prin ci pais do con tro le orça men tá rio são: Responsabilidade pelo Controle Orçamentário

10.1 Objetivos, Conceitos e Funções. Os obje ti vos prin ci pais do con tro le orça men tá rio são: Responsabilidade pelo Controle Orçamentário Capítulo 10 Controle Orçamentário Essa etapa acon te ce após a exe cu ção das tran sa ções dos even tos eco nô mi cos pre vis - tos no plano orça men tá rio. Não se con ce be um plano orça men tá rio sem

Leia mais

Construmat Barcelona

Construmat Barcelona Construmat Barcelona 20 a 24/04/2009 Realização Salvador Benevides Diretor de Rel açõ es Int ernaci onais e Co orden ad or do Pr oj et o de In ov açã o Tecn ológic a da CB IC Coordenação Alexandre Luis

Leia mais

AGÊNCIA AMBIENTAL FEDERAL AMERICANA - USEPA

AGÊNCIA AMBIENTAL FEDERAL AMERICANA - USEPA AGÊNCIA AMBIENTAL FEDERAL AMERICANA - USEPA Emenda ao 40 CFR Parts 261, 266, 268 e 271 Documento: FERTILIZANTES À BASE DE ZINCO PRODUZIDOS A PARTIR DE MATERIAL SECUNDÁRIO PERIGOSO Julho/2002 S U M Á R

Leia mais

Vamos Subir Nova Voz

Vamos Subir Nova Voz c c Vamos Subir Nova Voz 2 Letra e Música: Lucas Pimentel Arr: Henoch Thomas 2 5 2 to Eu-pos tem - po te-nho ou vi - do a pro- 2 g g 8 mes - sa de que vi - rás pra res -ga -tar os fi-lhos Teus Nem sem-pre

Leia mais

Classificação Periódica dos Elementos

Classificação Periódica dos Elementos Classificação Periódica dos Elementos 1 2 3 1 Massa atômica relativa. A incerteza no último dígito é 1, exceto quando indicado entre parênteses. Os valores com * referemse Número Atômico 18 ao isótopo

Leia mais

Fabiano Leoni. William Corbo

Fabiano Leoni. William Corbo Fabiano Leoni William Corbo O CURSO Este é um curso pensado especialmente para líderes inquietos e cheios de vontade de mergulhar fundo em PESSOAS. O curso Cultura & Encantamento pretende fornecer importantes

Leia mais

UNICAMP 2012 (2ª Fase)

UNICAMP 2012 (2ª Fase) 1. Re so lu ção (se rá con si de ra do ape nas o que es ti ver den tro des te es pa ço). a)...in te res se do pú bli co (L1): Tra ta-se de um subs tan ti vo pos to que de ter mi na do pe lo ar ti go o,

Leia mais

A va lia ç ã o de R is c o s A plic a da à Q ua lida de em D es envo lvim ento de S o ftw a re

A va lia ç ã o de R is c o s A plic a da à Q ua lida de em D es envo lvim ento de S o ftw a re Rafael Espinha, Msc rafael.espinha@primeup.com.br +55 21 9470-9289 Maiores informações: http://www.primeup.com.br contato@primeup.com.br +55 21 2512-6005 A va lia ç ã o de R is c o s A plic a da à Q ua

Leia mais

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s PROGRAM A + V IDA P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s D ro g a s da S ec reta ria de S a úde R ec COSTA ife JOÃO do MARCELO Coordenação Clínica do CAPS AD Eulâmpio Cordeiro SMS-PCR (DSIV) Coordenação

Leia mais

P la no. B a nda L a rg a

P la no. B a nda L a rg a de P la no N a c io na l B a nda L a rg a 1 Sumário 1. Im p o r tâ n c ia E s tr a té g ic a 2. D ia g n ó s tic o 3. O b je tiv o s e M e ta s 4. A ções 5. In v e s tim e n to s 6. G o v e r n a n ç a

Leia mais

T e c n o l o g i a g e r a n d o v a l o r p a r a s e u n e g ó c i o w w w. s o f t c a s e n e t. c o m. b r ERP CASE

T e c n o l o g i a g e r a n d o v a l o r p a r a s e u n e g ó c i o w w w. s o f t c a s e n e t. c o m. b r ERP CASE T e c n o l o g i a g e r a n d o v a l o r p a r a s e u n e g ó c i o w w w. s o f t c a s e n e t. c o m. b r ERP CASE ERP CASE UM SISTEMA SEGURO UMA FERRA MENTA INDIS PENSAVEL Cada unidade tem suas

Leia mais

E mpresa B rasileira de S erviços Hospitalares EBS ER H. Plano de Ação

E mpresa B rasileira de S erviços Hospitalares EBS ER H. Plano de Ação E mpresa B rasileira de S erviços Hospitalares EBS ER H Plano de Ação 1 C O N T E X TO (R es ulta do s R E H U F) D es de s ua c o nc epç ã o o R E H U F tem a tua do : N a fo rm a de Fina nc ia m ento

Leia mais

Uma Nova Geração de Ferramentas para Gestão de Processos de Software

Uma Nova Geração de Ferramentas para Gestão de Processos de Software Uma Nova Geração de Ferramentas para Gestão de Processos de Software Coordenação Profa Carla Alessandra Lima Reis Prof Rodrigo Quites Reis http://www.processode Roteiro Introdução Elementos Motivadores

Leia mais

Prefeitura Municipal de Gavião-BA

Prefeitura Municipal de Gavião-BA Edição Nº Nº 024/2012 030/2012 Segunda-Feira Quinta-Feira 08 26 de Março Junho de 2012 Rua Irmã Dulce, nº 370 Gavião Bahia CEP: 44650-000. Tel/Fax: 75.3682 2271 CNPJ: 13.233.036/0001-67 www.gaviao.ba.gov.br

Leia mais

o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te s t o rn e m -s e a u tô no m o s.

o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te s t o rn e m -s e a u tô no m o s. O r ie n ta ç õ e s In i ci ai s E u, R ic k N e ls o n - P e rs on a l & P rof e s s io n al C o a c h - a c re dito qu e o o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te

Leia mais

MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR

MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR MATERIAL DO ALUNO PARA RECORTAR O Sonho de Renato O Sonho de Renato a e i o u A E I O U so nho de Re na to Eu sou Renato Valadares Batista. Tenho 14 anos. Sou filho de Pedro Batista e Luzia Valadares.

Leia mais

MODALIDADES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL DOS QUADROS SUPERIORES NAS EMPRESAS

MODALIDADES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL DOS QUADROS SUPERIORES NAS EMPRESAS MODALIDADES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL DOS QUADROS SUPERIORES NAS EMPRESAS João Pedro Cordeiro Resumo O presente artigo versa sobre as práticas de gestão de recursos humanos pelas empresas, e mais especificamente

Leia mais

A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. Edição Nº Nº 030/2012 00034 Sexta-Feira Quit-Feira 22 08 de de Fevereiro Março de 2012 2013 A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR.

Leia mais

Inspeção Industrial Através de Visão Computacional. Maurício Edgar Stivanello Paulo César Rodacki Gomes - Orientador

Inspeção Industrial Através de Visão Computacional. Maurício Edgar Stivanello Paulo César Rodacki Gomes - Orientador Inspeção Industrial Através de Visão Computacional Maurício Edgar Stivanello Paulo César Rodacki Gomes - Orientador Roteiro da apresentação 1 Introdução 2 Fundamentação teórica 3 Desenvolvimento do Trabalho

Leia mais

White Paper. E-mail Marketing: por onde começar?

White Paper. E-mail Marketing: por onde começar? White Paper E-mail Marketing: por onde começar? Primeiros passos para definir o planejamento de suas campanhas de e-mail marketing Para garantir a qualidade no mix de comunicação, é importante criar suas

Leia mais

White Paper. Gestão Ágil de Produtos

White Paper. Gestão Ágil de Produtos White Paper Gestão Ágil de Produtos Um bom gestor de produtos de software oferece o suporte e a confiança que a equipe de desenvolvimento precisa Com o advento das metodologias ágeis de desenvolvimento

Leia mais

Correção da Unicamp 2010 2ª fase - Física feita pelo Intergraus. 12.01.2010

Correção da Unicamp 2010 2ª fase - Física feita pelo Intergraus. 12.01.2010 da Unicamp 010 ª fase - Física 1.01.010 UNICAMP 010 - FÍSICA Esta prova aborda fenômenos físicos em situações do cotidiano, em experimentos científicos e em avanços tecnológicos da humanidade. Em algumas

Leia mais

. D A D O S I N I C I A I S 1.1 N a t u r e z a e fi n a l i d a d e d a e d i f i c a ç ã o : i n d i ca r o ti p o d e e d ifi ca ç ã o ( e x : e s c o l a r u r a l co m 0 2 s a l a s, e sc o la u r

Leia mais

APLICAÇÃO WEB PARA CONSULTA DE ITINERÁRIOS DE TRANPORTE PÚBLICO COM VISUALIZAÇÃO NO GOOGLE MAPS

APLICAÇÃO WEB PARA CONSULTA DE ITINERÁRIOS DE TRANPORTE PÚBLICO COM VISUALIZAÇÃO NO GOOGLE MAPS APLICAÇÃO WEB PARA CONSULTA DE ITINERÁRIOS DE TRANPORTE PÚBLICO COM VISUALIZAÇÃO NO GOOGLE MAPS Acadêmica: Kelly Cristina Boeck Orientador: Prof. Dalton Solano dos Reis, M.Sc FURB Universidade Regional

Leia mais

KEITH CAMERON SMITH. As 10 principais diferenças entre os milionários e a classe média

KEITH CAMERON SMITH. As 10 principais diferenças entre os milionários e a classe média KEITH CAMERON SMITH As 10 principais diferenças entre os milionários e a classe média Prefácio Por que es cre vi es te livro? Três mo ti vos me le va ram a es cre ver es te li vro. O pri - meiro foi a

Leia mais

LEI Nº 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973. Insti tui o Código de Processo Ci vil.

LEI Nº 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973. Insti tui o Código de Processo Ci vil. Outubro de 2003 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira 31 34351 ares, me diante a exibição de ofí cio ou mandado em forma regular. 1º So men te se ex pe di rá pre ca tó ria, quando, por essa for ma, for

Leia mais

Correção da Unicamp 2009 2ª fase - Matemática feita pelo Intergraus. 14.01.2009

Correção da Unicamp 2009 2ª fase - Matemática feita pelo Intergraus. 14.01.2009 MATEMÁTICA 1. O transporte de carga ao porto de Santos é feito por meio de rodovias, ferrovias e dutovias. A tabela abaixo for ne ce al guns da dos re la ti vos ao trans por te ao por to no pri me i ro

Leia mais

Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone

Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone C en t r o C o l a b o r a d o r em A l i m en t aç ão e N u t r i ç ão E sc o l ar U n i v e r si d ad e F ed er al d e S ão P au l o P r o je t o d e L e i 6

Leia mais

DIRE ITO EM P RE S A RIA L

DIRE ITO EM P RE S A RIA L DIRE ITO EM P RE S A RIA L Um si n d i cato d e trab al h ad ores SI N F O, cu j a p recí p u a e ef eti va ati vi d ad e é a d e d ef en d er os d i rei tos l ab orai s d e seu s associ ad os resol veu

Leia mais

Consulta de Atas de Registro de Preços da área da Saúde

Consulta de Atas de Registro de Preços da área da Saúde Consulta de Atas de Registro de Preços da área da Saúde Passo a passo para consulta ao Banco de Dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. W Favoritos I ~ la..q.,ft >> CJJ lij ~ ~ Página Segurança

Leia mais

Q UA N TO ELA REALMENTE C U S TA PA RA A SUA EMPRESA?

Q UA N TO ELA REALMENTE C U S TA PA RA A SUA EMPRESA? Q UA N TO ELA REALMENTE C U S TA PA RA A SUA EMPRESA? I n d ú s t ri a, amiga do meio ambiente O uso dos mananciais hídri cos é de impo rtância e s t rat é g i ca para a Indústri a. Além de essencial à

Leia mais

EDITAL Nº 01 / 2 011 DE 2 8 DE FEVERE IRO DE 2 0 1 1 CONCURSO PARA I NGRES SO EM ESTÁG IO NA ÁREA DE D IRE ITO

EDITAL Nº 01 / 2 011 DE 2 8 DE FEVERE IRO DE 2 0 1 1 CONCURSO PARA I NGRES SO EM ESTÁG IO NA ÁREA DE D IRE ITO EDITAL Nº 01 / 2 011 DE 2 8 DE FEVERE IRO DE 2 0 1 1 CONCURSO PARA I NGRES SO EM ESTÁG IO NA ÁREA DE D IRE ITO A Co o r d e n a ç ã o d e E s t á g i o d a P r o c u r a d o r i a d a R e p ú b l i c a

Leia mais

RELAÇÕES ENTRE MUNDO RURAL E MUNDO URBANO Evolução histórica, situação actual e pistas para o futuro

RELAÇÕES ENTRE MUNDO RURAL E MUNDO URBANO Evolução histórica, situação actual e pistas para o futuro RELAÇÕES ENTRE MUNDO RURAL E MUNDO URBANO Evolução histórica, situação actual e pistas para o futuro João Ferrão Resumo As visões recentes sobre o mundo rural revelam grande permeabilidade à ideia de património

Leia mais

MANUAL DE ESTRUTURA, NORMAS E PROCESSOS DA BIBLIOTECA DA FESVV

MANUAL DE ESTRUTURA, NORMAS E PROCESSOS DA BIBLIOTECA DA FESVV BIBLIOTECA DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA MANUAL DE ESTRUTURA, NORMAS E PROCESSOS DA BIBLIOTECA DA FESVV Bibliotecária Luzia Ribeiro 2010 Juarez Moraes Ramos Júnior Diretor Geral Luiz Cláudio

Leia mais

NOSSA LI STA DE PRODUT OS PARA COFFEE BREAK

NOSSA LI STA DE PRODUT OS PARA COFFEE BREAK NOSSA LI STA DE PRODUT OS PARA COFFEE BREAK ( Na foto: qui che i ntegr al de alho porró co muva passa branca, torta i ntegr al de goi abada comcastanha de caj u, empada de pal mi to e muffi n de uva) A

Leia mais

Sistema web para o gerenciamento de escolas de idiomas

Sistema web para o gerenciamento de escolas de idiomas Sistema web para o gerenciamento de escolas de idiomas NTERATVDADE - MOBLDADE - AGLDADE - SEGURANÇA Sistema web para o gerenciamento de escolas de idiomas Controle todos os setores da sua instituição pela

Leia mais

16/02/2014. Masakazu Hoji. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Uma Abordagem Prática. 5a. Edição Editora Atlas. Capítulo 1 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

16/02/2014. Masakazu Hoji. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Uma Abordagem Prática. 5a. Edição Editora Atlas. Capítulo 1 INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DMNSTRÇÃ FNNCER Uma bordagem Prática 5a. Edição Editora tlas Masakazu Hoji NTRDUÇÃ À Capítulo 1 DMNSTRÇÃ FNNCER 1.1 dministração financeira nas empresas 1.2 ntegração dos conceitos contábeis com os conceitos

Leia mais

10 motivos para investir e se apaixonar

10 motivos para investir e se apaixonar 10 motivos para investir e se apaixonar CONHEçA UM POUCO MAIS SObRE A CIDADE que NãO PARA DE CRESCER E que TEM TUDO PARA fazer O MESMO PELA SUA EMPRESA. o Brasil está se firmando como um gigante do desenvolvimento

Leia mais

Marketing para o transporte coletivo

Marketing para o transporte coletivo Marketing para o transporte coletivo Rejane D. Fernandes Diretora de Relações Estratégicas da EMBARQ Brasil www.embarqbrasil.org SSES IDIOTAS OMASSEM SE ESSES IDIOTAS SE ESSES IDIOTAS IBUS, EU JÁ TOMASSEM

Leia mais

Correção da Unicamp 2010 2ª fase - Geografia feita pelo Intergraus. 12.01.2010

Correção da Unicamp 2010 2ª fase - Geografia feita pelo Intergraus. 12.01.2010 UNICAMP 2010 - GEOGRAFIA 13. Ob serve o gráfico abaixo e responda às questões: a) Indi que a(s) re gião(ões) do glo bo com ta xa de es pe ran ça de vi da ao nas cer in fe ri or à mé dia mun di al, nos

Leia mais

VESTIBULAR UNICAMP 2010-1ª FASE - NOVEMBRO/2009

VESTIBULAR UNICAMP 2010-1ª FASE - NOVEMBRO/2009 VESTIBULAR UNICAMP 2010-1ª FASE - NOVEMBRO/2009 Comentário da Redação Nes te ano, a pro va de Re da ção da Uni camp foi ex ce len te. Em pri me i ro lu gar, pelo res pe i to ao for ma to tra di ci o nal

Leia mais

A Gonçalves no México I N F O R M A

A Gonçalves no México I N F O R M A I N F O R M A Novembro de 2007 Depois de atuar por quase três anos no México com um escritório comercial, a Gonçalves investe em uma unidade industrial no país, que entrará em operação no início de 2008.

Leia mais

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP

DATAPREV Divisão de Gestão Operacional e Controle - D1GC Serviço Técnico a Softwares de Produção STSP GIS Gertran Integration Suite Guia de T ransferência de Arquivos Entidade x DATAPREV Versão 1.0 SFTP 1/ 8 ÍNDICE ANALÍT ICO 1. INTRODU ÇÃO......4 2. TRANSFERÊNCIA VIA SFTP......5 3. CONSIDERAÇÕES FINAIS......8

Leia mais