FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADES UNIFICADAS DA. Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS"

Transcrição

1 FACULDADES UNIFICADAS DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS Curso de Direito Escritório de Assistência Jurídica Registro OAB 6614 REGULAMENTO DO NÚ CLEO DE PRÁ TICA JURÍ DICA DA F UNDAÇ Ã O EDUCACIONAL DE B ARRETOS A r t 1º. E st e r e g u l am su p e r vi si on ad o d o Cu r so d e D i r e i t o. I DO S PR I N C Í P I O S GE R A I S e n t o r e g e as at i vi d ad e s d e e st á g i o c u r r i c u l ar A r t. 2º. A s at i vi d ad e s d e e st á g i o sã o e x c l u si vam e n t e p r á t i c as e d e ve m p r op or c i on ar ao e st u d an t e a p ar t i c i p aç ã o e m si t u aç õ e s r e ai s e / ou si m u l ad as d e vi d a e d e t r ab al h o, vi n c u l ad as a su a á r e a d e f or m aç ã o b e m c om o an á l i se c r ít i c a d as m e sm as. A r t. 3º. A s at i vi d ad e s d e e st á g i o d e ve m b u sc ar, e m t od as as su as var i á ve i s, a ap l i c aç ã o p r á t i c a d o e n si n o d o D i r e i t o. A r t. 4º. O e st u d o d a é t i c a p r of i ssi on al e su a p r á t i c a d e ve e st ar p r e se n t e e m t od as as at i vi d ad e s vi n c u l ad as ao e st á g i o. II DO NÚ C L E O D E PR Á T I C A JU R Í D I C A A r t. 5 º. O N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a é ó r g ã o d e c oor d e n aç ã o e su p e r vi sã o d as at i vi d ad e s d e e st á g i o d o Cu r so d e D i r e i t o, r e sp e i t ad as as c om p e t ê n c i as e sp e c íf i c as d os d e m ai s ó r g ã os su p e r i or e s. Pa r á g r a f o ú n i c o. O N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a é f or m ad o p or u m p r of e ssor c oor d e n ad or e o c on j u n t o d os p r of e ssor e s d e e st á g i o, c u j as c om p e t ê n c i as e st ã o d e l i n e ad as n os ar t i g os 7 º e 9º d e st e r e g u l am e n t o. A r t. 6 º. Com p e t e ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a: I. c oor d e n ar e su p e r vi si on ar t od as as m od al i d ad e s d e e st á g i o d o c u r so d e g r ad u aç ã o e m D i r e i t o, c ap ac i t an d o o al u n o p ar a o e x e r c íc i o p r á t i c o d as d i ve r sas p r of i ssõ e s j u r íd i c as; II. m an t e r a p r e st aç ã o d o se r vi ç o d e assi st ê n c i a j u r íd i c a g r at u i t a à p op u l aç ã o c ar e n t e, assi m d e f i n i d a p or l e i, p r op i c i an d o aos al u n os m ai or c on sc i e n t i z aç ã o sob r e a f u n ç ã o soc i al i n e r e n t e ao e x e r c íc i o d as p r of i ssõ e s j u r íd i c as; III. ap r ovar os m od e l os d os f or m u l á r i os n e c e ssá r i os p ar a o b om f u n c i on am e n t o d o S e r vi ç o d e A ssi st ê n c i a J u r íd i c a;

2 IV. f i x ar as c on d i ç õ e s e r e q u i si t os p ar a o c r e d e n c i am e n t o, m e d i an t e c on vê n i o, d e e sc r i t ó r i os d e ad voc ac i a, e m p r e sas, ó r g ã os ou q u ai sq u e r ou t r as e n t i d ad e s, p ar t i c u l ar e s ou p úb l i c as, p ar a at u aç ã o e m p ar c e r i a n o d e se n vol vi m e n t o d as at i vi d ad e s d e e st á g i o; V. f i x ar a f or m a e os c r i t é r i os d e se l e ç ã o d e e st ag i á r i os p ar a oc u p ar e m as vag as d e e st á g i o i n t e r n o; VI. p r om ove r e / ou ap r ovar p r oj e t os al t e r n at i vos d e p r á t i c a j u r íd i c a, ob se r vad os ob j e t i vos e r e q u i si t os d o e st á g i o c u r r i c u l ar su p e r vi si on ad o e x i g i d o n o c u r so d e D i r e i t o, i n c l u si ve c om se r vi ç os d e at e n d i m e n t o à c om u n i d ad e, c om or i e n t aç ã o p ar a o e x e r c íc i o d a c i d ad an i a e e d u c aç ã o p ar a os d i r e i t os h u m an os; VII. e st ab e l e c e r e d i vu l g ar o c al e n d á r i o an u al d as at i vi d ad e s d o e st á g i o, f i x an d o o p e r íod o e as f or m al i d ad e s a se r e m c u m p r i d as p e l os al u n os p ar a i n sc r i ç ã o n e ssas at i vi d ad e s, p r az os p ar a c u m p r i m e n t o d e t ar e f as e r e q u e r i m e n t o d e d i sp e n sa, b e m c om o d i as e h or á r i os d e at e n d i m e n t o ao p úb l i c o n o se r vi ç o d e assi st ê n c i a j u r íd i c a; VIII. p r op i c i ar o d e vi d o ap oi o aos p r of e ssor e s d as d i sc i p l i n as p r of i ssi on al i z an t e s d o c u r so, p ar a o d e se n vol vi m e n t o d as p r á t i c as e sp e c íf i c as; IX. p r op or a p ar t i c i p aç ã o d os p r of e ssor e s d a F ac u l d ad e d e D i r e i t o ou d e ou t r as u n i d ad e s, p ar a c ol ab or ar n a r e al i z aç ã o d as at i vi d ad e s t íp i c as d o e st á g i o d e p r á t i c a j u r íd i c a; e, X. m an i f e st ar -se sob r e e ve n t u ai s al t e r aç õ e s ao p r e se n t e R e g u l am e n t o. Pa r á g r a f o ú n i c o. D as d e c i sõ e s d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a, r e f e r e n t e a e st á g i o, c ab e r e c u r so ao Coor d e n ad or d o Cu r so d e D i r e i t o. A r t. 7 º. Com III DO PR O F E S S O R CO O R D E N A D O R D E ES T Á G I O p e t e ao p r of e ssor Coor d e n ad or d e E st á g i o, n o q u e n ã o f e r i r as c om p e t ê n c i as e sp e c íf i c as d os ó r g ã os su p e r i or e s, z e l ar p e l o f i e l c u m p r i m e n t o d e t od as as at r i b u i ç õ e s r e f e r i d as n o ar t i g o 6 º, e ai n d a: I. p r op or à Coor d e n aç ã o d o Cu r so d e D i r e i t o as m od i f i c aç õ e s n e st e R e g u l am e n t o ap r ovad as p e l o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a; II. i m p l e m e n t ar as d e c i sõ e s d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a e d os ó r g ã os su p e r i or e s r e f e r e n t e s a e st á g i os; III. assi n ar e x p e d i e n t e s, c or r e sp on d ê n c i as, c e r t i d õ e s, d e c l ar aç õ e s e ou t r os d oc u m e n t os r e f e r e n t e s ao e st á g i o; 2

3 IV. e l ab or ar os p r og r am as r e l at i vos às at i vi d ad e s i n t e g r an t e s d o e st á g i o c u r r i c u l ar, e n c am i n h an d o-os ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a p ar a an á l i se e d e l i b e r aç ã o; V. p r op or ao Coor d e n ad or d o Cu r so d e D i r e i t o a i n d i c aç ã o, a d i sp e n sa e a ad e q u ad a d i st r i b u i ç ã o d os p r of e ssor e s, n e c e ssá r i os p ar a at u aç ã o n o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a; VI. p r op or ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a p r oj e t os d e t r ab al h os i n t e r d i sc i p l i n ar e s a se r e m d e se n vol vi d os; VII. d ar p ar e c e r sob r e a vi ab i l i d ad e d os p r oj e t os al t e r n at i vos d e e st á g i os e n c am i n h ad os ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a p e l os p r of e ssor e s d e e st á g i o; VIII. au t or i z ar at i vi d ad e e x t e r n a d e e st á g i o, d e e st ag i á r i os se l e c i on ad os n a f or m a e d e ac or d o c om os c r i t é r i os e st ab e l e c i d os p e l o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a, e m e sc r i t ó r i o d e A d voc ac i a ou ó r g ã o, e n t i d ad e ou e m p r e sa c on ve n i ad a c om as F ac u l d ad e s U n i f i c ad as F E B ; IX. vi si t ar os e sc r i t ó r i os d e ad voc ac i a, ó r g ã os, e n t i d ad e s e e m c on ve n i ad as p ar a aval i ar a f or m a c om o se d e se n vol ve o e st á g i o e x t e r n o; p r e sas X. e n c am i n h ar aos ó r g ã os c om p e t e n t e s d as F ac u l d ad e s U n i f i c ad as F E B, n a f or m a d a l e g i sl aç ã o vi g e n t e, as p r op ost as d e c on vê n i os d e e st á g i os ap r ovad os p e l o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a; XI. e n c am i n h ar ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a p r op ost as d e al t e r aç ã o n a p au t a d os t r ab al h os e at i vi d ad e, p ar a an á l i se e d e l i b e r aç ã o; XII. e l ab or ar, r e sp e i t ad a a l e g i sl aç ã o vi g e n t e, a e sc al a d e h or á r i os d os e st ag i á r i os j u n t o ao S e r vi ç o d e A ssi st ê n c i a J u r íd i c a, d e f or m a a m an t e r u m a d i st r i b u i ç ã o e q ü i t at i va d e ac ad ê m i c os n os d i ve r sos h or á r i os d e f u n c i on am e n t o d o m e sm o; XIII. c oor d e n ar e su p e r vi si on ar t od as as at i vi d ad e s d e e st á g i o, ob se r vad os e st e R e g u l am e n t o e l e g i sl aç ã o vi g e n t e ; XIV. ap r e se n t ar, se m e st r al m e n t e, ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a, p ar a p ost e r i or e n vi o a Coor d e n aç ã o d o Cu r so d e D d e se n vol vi d os; i r e i t o, r e l at ó r i o d os t r ab al h os XV. ac om p an h ar t od o o an d am e n t o d os p r oc e ssos vi n c u l ad os ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a, i n c l u i n d o o c on t r ol e d e p r az os, ag e n d am au d i ê n c i as e d e m ai s at os p r oc e ssu ai s; e n t o e p ar t i c i p aç ã o d e 3

4 XVI. e l ab or ar, e m c on j u n t o c om os p r of e ssor e s-or i e n t ad or e s e op e r ad or e s o m an u al d o e st ag i á r i o, c om at i vi d ad e s se m e st r ai s e se u s r e sp e c t i vos p r az os p ar a c u m p r i m e n t o. Pa r á g r a f o ú n i c o. O Coor d e n ad or d e E st á g i o se r á n om e ad o p e l o Coor d e n ad or d o Cu r so d e D i r e i t o. A r t.8 IV DO S PR O F E S S O R E S D E ES T Á G I O o. O c or p o d oc e n t e e m at u aç ã o n o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a se r á c on st i t u íd o d e p r of e ssor e s-or i e n t ad or e s e op e r ad or e s, d e r e c on h e c i d a é t i c a p r of i ssi on al e c ap ac i d ad e t é c n i c a e q u e, al é m d e e d u c ad or e s e p e sq u i sad or e s, assu m am o c om p r om i sso d e r e sp e i t ar o p r e se n t e r e g u l am e n t o e d e m ai s n or m as d os ó r g ã os c ol e g i ad os d a In st i t u i ç ã o. 1º O s p r of e ssor e s d e E st á g i o d e d i c am -se, n o m ín i m o, e m R e g i m e d e T e m p o P ar c i al ( R T P ) aos t r ab al h os e at i vi d ad e s d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a. 2º R e sp e i t ad o o r e sp e c t i vo r e g i m e d e t r ab al h o e a d i sp on i b i l i d ad e d e c ar g a-h or á r i a, sã o c on si d e r ad os à d i sp osi ç ã o d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a t od os os p r of e ssor e s q u e e x e r c e m su as at i vi d ad e s j u n t o ao m e sm o, d e p e n d e n d o d a c on voc aç ã o e x p r e ssa d e se u Coor d e n ad or. Se ç ã o I Do s p r o f e s s o r e s -o r i e n t a d o r e s A r t.9º. S ã o c on si d e r ad os p r of e ssor e s-or i e n t ad or e s d o e st á g i o c u r r i c u l ar su p e r vi si on ad o os q u e or i e n t am e su p e r vi si on am t ai s at i vi d ad e s, c om p e t i n d o- l h e s p r i n c i p al m e n t e : I. or i e n t ar, su p e r vi si on ar e aval i ar os t r ab al h os e at i vi d ad e s d e e st ag i á r i os d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a sob su a r e sp on sab i l i d ad e II. e f e t u ar o c on t r ol e d e f r e q ü ê n c i a d os e st ag i á r i os. III. p ar t i c i p ar, ac om p an h an d o os e st ag i á r i os, d e at e n d i m e n t os e e l ab or aç ã o d e p e ç as p r oc e ssu ai s; IV. ap r e se n t ar ao N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a, p r op ost as d e p r oj e t os al t e r n at i vos d e e st á g i os p ar a an á l i se e d e l i b e r aç ã o. 4

5 Se ç ã o II Do s p r o f e s s o r e s -o p e r a d o r e s A r t. 10. S ã o c on si d e r ad os p r of e ssor e s-op e r ad or e s aq u e l e s q u e at u am n o S e r vi ç o d e A ssi st ê n c i a J u r íd i c a G r at u i t a, c om p e t i n d o-l h e s p r i n c i p al m e n t e : I. f i g u r ar e m n as p r oc u r aç õ e s d os at e n d i m e n t os d a A ssi st ê n c i a J u d i c i á r i a G r at u i t a; II. ac om p an h ar os al u n os n os se u s t r ab al h os f or e n se s d e p r á t i c a d a ad voc ac i a, e m e sp e c i al a assi n at u r a d e p e t i ç õ e s e ac om p an h am e n t o d e t od os os at os p r oc e ssu ai s, i n c l u si ve au d i ê n c i as e i n t e r p osi ç ã o d e r e c u r sos, se n e c e ssá r i o; III. ac om p an h am e n t o d os p r az os p r oc e ssu ai s d os p r oc e ssos d e c l i e n t e s d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a; IV. e l ab or ar p e ç as p r oc e ssu ai s e m c on j u n t o c om os al u n os e p r of e ssor e s- or i e n t ad or e s; x i l i p r e e i e n t e n e n d i m e n t m p r e q u e i c i t n f t d e e V. au ar os of ssor s-or ad or s os at os, se sol ad o ou a al a st s. V DA S E C R E T A R I A D E ES T Á G I O A r t. 11. A se c r e t ar i a é ó r g ã o d e c on t r ol e e r e g i st r o d as at i vi d ad e s d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a e n e c e ssar i am d e D i r e i t o, c om p e t i n d o-l h e : e n t e se r á d i r i g i d o p or p r of e ssor d o Cu r so I. m an t e r f i c h a e p ast a i n d i vi d u al i z ad a d e c ad a al u n o, p ar a ar q u i vam e n t o e r e g i st r o d a d oc u m e n t aç ã o c om p r ob at ó r i a d as at i vi d ad e s d e e st á g i o; II. p r om ove r o r e g i st r o e c on t r ol e d a f r e q ü ê n c i a d os e st ag i á r i os, e n c am i n h an d o os l an ç am e n t os c ab íve i s p ar a a S e c r e t ar i a G e r al d os c u r sos, at r i b u i n d o n ot as e m c on f or m i d ad e c om os c r i t é r i os d o M an u al d o E st ag i á r i o, an e x o a e st e R e g u l am e n t o; III. m an t e r ar q u i vos d e t od as as c or r e sp on d ê n c i as r e c e b i d as e e x p e d i d as, b e m c om o d e t od a a d oc u m e n t aç ã o e l e g i sl aç ã o r e f e r e n t e s ao e st á g i o; IV. e x p e d i r t od as as d e c l ar aç õ e s e c e r t i d õ e s p e r t i n e n t e s ao e st á g i o, r e sp e i t ad as as c om p e t ê n c i as e sp e c íf i c as d os d e m ai s ó r g ã os su p e r i or e s, p r e vi st as n a l e g i sl aç ã o vi g e n t e ; V. m an t e r ar q u i vo d e c on t r ol e d e t od os os c on vê n i os q u e as F ac u l d ad e s U n i f i c ad as F E B p ossu e m p ar a e st á g i os n o Cu r so d o D i r e i t o, b e m c om o f i c h as 5

6 i n d i vi d u ai s d e t od os os e st á g i os q u e e st i ve r e m r e al i z an d o se u s e st á g i os c om b ase n e sse s c on vê n i os; VI. m an t e r ar q u i vo c om c ó p i as d e t od os os p r oc e ssos aj u i z ad os, q u e d e ve se r at u al i z ad o p e l os e st ag i á r i os. VII. m an t e r c ad ast r o d e c l i e n t e s d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a at u al i z ad o; VIII. r e al i z ar o c on t r ol e e r e q u i si ç ã o d e m at e r i al d e c on su m o e p r om ove r a c on se r vaç ã o d os b e n s m ó ve i s e m g e r al n e c e ssá r i os ao f u n c i on am e n t o d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a, d i l i g e n c i an d o j u n t o aos se t or e s c om p e t e n t e s d a In st i t u i ç ã o, p ar a q u e se j a m an t i d a a or d e m e o asse i o n as d e p e n d ê n c i as d o m e sm o; IX. d e se m p e n h ar as d e m ai s at i vi d ad e s d e su a c om p e t ê n c i a e as q u e f or e m sol i c i t ad as p e l o p r of e ssor Coor d e n ad or d e E st á g i o n a f or m a d e st e R e g u l am e n t o. VI DO ES T Á G I O CU R R I C U L A R SU P E R V I S I O N A D O OB R I G A T Ó R I O A r t. 12. A s at i vi d ad e s d o E st á g i o c u r r i c u l ar su p e r vi si on ad o d o c u r so d e g r ad u aç ã o e m D i r e i t o sã o ob r i g at ó r i as à t od os os al u n os d o 7 º se m e st r e e m d i an t e e ob e d e c e r á à l e g i sl aç ã o p e r t i n e n t e, ao c u r r íc u l o d o c u r so, ao p r e se n t e R e g u l am e n t o e o M an u al d o E st ag i á r i o an e x o. 1º A s at i vi d ad e s d e e st á g i o c u r r i c u l ar -ob r i g at ó r i o d e ve m se r c u m p r i d as i n t e g r al m e n t e e m u m t ot al su p e r i or a 30 0 h or as, r e al i z ad as d e ac or d o c om as or i e n t aç õ e s c on t i d as n o M an u al d o E st ag i á r i o, an e x o a e st e R e g u l am e n t o. 2º O E st á g i o S u p e r vi si on ad o se r á ob r i g at ó r i o e c om p r e e n d e r á at i vi d ad e s d e e st á g i o r e al e / ou d e e st á g i o si m u l ad o. 3º S ã o c on si d e r ad as at i vi d ad e s d e e st á g i o r e al aq u e l as q u e i n t r i n se c am e n t e se r e l ac i on am c om a A ssi st ê n c i a J u d i c i á r i a p r e st ad a p e l o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a, i n c l u i n d o-se os J u i z ad os E sp e c i ai s e ou t r os c on vê n i os a se r e m f i r m ad os. 4º A s at i vi d ad e s d e e st á g i o r e al p od e m se r su b st i t u íd as p e l a p r á t i c a c om p r ovad a d e e st á g i o e x t e r n o c om c ar g a h or á r i a q u e se r á ap r ove i t ad a at é o l i m i t e d e 35 h 0 0 p or se m e st r e, q u an d o r e al i z ad as e m D e f e n sor i as P úb l i c as, E sc r i t ó r i os d e A d voc ac i a c r e d e n c i ad os j u n t o à O r d e m d os A d vog ad os d o B r asi l ou e m se t or e s j u r íd i c os p úb l i c os ou p r i vad os, d e sd e q u e se j a d e m on st r ad o d oc u m e n t al m e n t e a p r á t i c a e f e t i va d as at i vi d ad e s d e e st ag i á r i o. 6

7 5 º S ã o c on si d e r ad as at i vi d ad e s d e e st á g i o vi r t u al / si m u l ad o: p r oc e ssos si m u l ad os, e st u d o d e c asos, r e l at ó r i o d e au t os f i n d os, j úr i si m u l ad o, vi si t as, p ar t i c i p aç ã o e m au d i ê n c i as j u r íd i c as. 6 º A s at i vi d ad e s d e e st á g i o vi r t u al sã o ob r i g at ó r i as e n ã o p od e r ã o se r su b st i t u íd as. 7 º A s at i vi d ad e s d e e st á g i o su p e r vi si on ad o ( r e al e vi r t u al ) d e ve r ã o e st ar p r e vi st as e m r e g i m e n t o p r ó p r i o e n o m an u al d o al u n o q u e se r ã o e l ab or ad os p e l o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a e f or n e c i d as aos al u n os m at r i c u l ad os n a d i sc i p l i n a an u al m e n t e. A r t. 13. P ar a o b om d e se n vol vi m e n t o d os t r ab al h os, o Coor d e n ad or, os p r of e ssor e s-or i e n t ad or e s e op e r ad or e s p od e r ã o i m p e d i r o i n g r e sso d o al u n o a p ar t i r d o i n íc i o d e c ad a at i vi d ad e, c om o t am b é m f ar ã o c on st ar a saíd a d os q u e se af ast ar e m an t e s d o t é r m i n o d o h or á r i o r e g u l am e n t ar. VII DO S ES T A G I Á R I O S A r t. 14. S ã o c on si d e r ad os e st ag i á r i os os al u n os d o 7 º, 8 º, 9º e 10 º se m e st r e s, d e vi d am e n t e m at r i c u l ad os n a d i sc i p l i n a E st á g i o S u p e r vi si on ad o, c om p e t i n d o-l h e s p r i n c i p al m e n t e : I. r e al i z ar, sob a su p e r vi sã o d os p r of e ssor e s, t od as as t ar e f as q u e l h e s f or e m c on f i ad as, ob se r van d o as or i e n t aç õ e s t é c n i c as e i n st r u ç õ e s m i n i st r ad as, p u g n an d o p e l a d e f e sa d a or d e m j u r íd i c a, p e l a b oa ap l i c aç ã o d as l e i s e p e l a r á p i d a ad m i n i st r aç ã o d a j u st i ç a; II. c om p ar e c e r c om p on t u al i d ad e e assi d u i d ad e às at i vi d ad e s p r ó p r i as d o e st á g i o c u r r i c u l ar ; III. r e l at ar e m f or m u l á r i o p r ó p r i o su as at i vi d ad e d e e st á g i o, d e sc r e ve n d o d e t al h ad am e n t e t od as as at i vi d ad e r e al i z ad as d u r an t e o p e r íod o r e sp e c t i vo; i r d e d c é t i c p r i e z e l p e l b n e d N l e d e P r á t i c J u r i c m t e r d e m n r e c i n t d N l e d e P r á t i c J u r i c e d e m l d e d e n r e m i d e d e á g i e t d d i u e d e n ç e i t u d e p r e j u d i c i b d e n t d r ç z e l p e l b c r ã d i n õ e m ó i l i e d e m j e t d N l e d e P r á t i c J u r i c e t d d e e r d i d e r e c u r IV. ag ac or o om a a of ssi on al ar o om om o úc o a íd a; V. an a or o o o úc o a íd a ai s oc ai s on se se vol ve as at vi ad s o st o, vi an o sc ssõ s ou save as at s ai s ao om an am o o se vi o; VI. ar a oa on se vaç o as st al aç s, ve s, vr os ai s ob os o úc o a íd a, vi an o sp íc os sos; 7

8 VII. au x i l i ar n o an d am e n t o d e p r oc e ssos, ac om p an h an d o as p u b l i c aç õ e s of i c i ai s, c u m p r i n d o i n t i m aç õ e s, b e m c om o n os d e m ai s at os n e c e ssá r i os p ar a o b om an d am e n t o d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a; VIII. c u m p r i r e st e r e g u l am e n t o e as d e m ai s d e t e r m i n aç õ e s l e g ai s r e f e r e n t e s ao E st á g i o S u p e r vi si on ad o. Pa r á g r a f o ú n i c o. P ar a q u e o al u n o ob t e n h a a c on d i ç ã o d e e st ag i á r i o, é n e c e ssá r i o r e q u e r i m e n t o p ar a t an t o e r e sp e c t i vo d e f e r i m e n t o p e l o Coor d e n ad or d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a. VII DA AV A L I A Ç Ã O DO S ES T A G I Á R I O S A r t. 15. A s n ot as d e ap r ovaç ã o e f r e q ü ê n c i a d e ve r ã o se r su b or d i n ad as às r e g r as c on t i d as n o M an u al d o E st ag i á r i o an e x o a e st e R e g u l am e n t o, e d o R e g i m e n t o In t e r n o d as F ac u l d ad e s U n i f i c ad as F E B. VII DA S DI S P O S I Ç Õ E S GE R A I S A r t. 16. Com p e t e ao Coor d e n ad or d o N úc l e o d e P r á t i c a J u r íd i c a d i r i m i r d úvi d as r e f e r e n t e s à i n t e r p r e t aç ã o d e st e R e g u l am e n t o e su p r i r e ve n t u ai s l ac u n as, e x p e d i n d o os at os c om p l e m e n t ar e s n e c e ssá r i os. Pa r á g r a f o ú n i c o. E st e r e g u l am e n t o só p od e se r al t e r ad o m e d i an t e ap r ovaç ã o d o Con se l h o d o Cu r so d e D i r e i t o, n a f or m a d a l e g i sl aç ã o vi g e n t e. IX DA S DI S P O S I Ç Õ E S TR A N S I T Ó R I A S A r t. 17. E st e R e g u l am e n t o e n t r a e m vi g or n a d at a d e su a ap r ovaç ã o p e l o Con se l h o d o Cu r so d e D i r e i t o d as F ac u l d ad e s U n i f i c ad as d a F u n d aç ã o E d u c ac i on al d e B ar r e t os, r e vog an d o t od as as d e m ai s d i sp osi ç õ e s e m c on t r á r i o. 8

1 2 9, i n c i s o I I, d a C F ; e a r t i g o 5 º, i n c i s o V, a l í n e a s a e

1 2 9, i n c i s o I I, d a C F ; e a r t i g o 5 º, i n c i s o V, a l í n e a s a e P O R T A R I A n 2 0 1, d e 1 8 d e j u l h o d e 2 0 1 3. A P r o c u r a d o r a d a R e p ú b l i c a q u e e s t a s u b s c r e v e, e m e x e r c í c i o n a P r o c u r a d o r i a d a R e p ú

Leia mais

ARMAZÉNS GERAIS ASPECTOS LEGAIS, VANTAGENS E SERVIÇOS

ARMAZÉNS GERAIS ASPECTOS LEGAIS, VANTAGENS E SERVIÇOS ARMAZÉNS GERAIS ASPECTOS LEGAIS, VANTAGENS E SERVIÇOS D i r e t o r E x e c u t i v o d a T O P L O G P o r R o d o l p h o C a r i b e A r m a z é n s g e r a i s s ã o e s t a b e l e c i m e n t o s

Leia mais

REDES DE NOVA GERAÇÃO. m a i o r q u a l i d a d e, m a i s r a p i d e z, mais inovação;

REDES DE NOVA GERAÇÃO. m a i o r q u a l i d a d e, m a i s r a p i d e z, mais inovação; R E D E S D E N O V A G E R A Ç Ã O D E S A F I O e O P O R T U N I D A D E A P D C, 3 1 D E M A R Ç O D E 2 0 0 9 A S O N A E C O M A C R E D I T A Q U E A S R d N G S Ã O U M A O P O R T U N I D A D

Leia mais

BLOCO Nº 2 JORNAIS, BOLETINS, PANFLETOS D a N º 1. H i n o N a c i o n a l e H i n o d a I n t e r n a c i o n a l? 0 1 C U T N a c i o n a l 2. M o d i f i c a ç õ e s d o E s t a t u t o p r o p o s

Leia mais

P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S

P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S P ET A g r o n o m i a U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e L a v r a s U F L A / M G 1 R e s u m o J a m a i s c o n

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A P A R A Í B A C E N T R O D E C I Ê N C I A S D A S A Ú D E

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A P A R A Í B A C E N T R O D E C I Ê N C I A S D A S A Ú D E U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A P A R A Í B A C E N T R O D E C I Ê N C I A S D A S A Ú D E D E P A R T A M E N T O D E C I Ê N C I A S F A R M A C Ê U T I C A S C U R S O D E F A R M Á C I A

Leia mais

A C T A N. º I X / 2 0 0 8

A C T A N. º I X / 2 0 0 8 1 A C T A N. º I X / 2 0 0 8 - - - - - - A o s d e z a s s e i s d i a s d o m ê s d e A b r i l d o a n o d e d o i s m i l e o i t o, n e s t a V i l a d e M o n c h i q u e, n o e d i f í c i o d o

Leia mais

PORTO DE SALVADOR - S U L D A Á F R I C A *

PORTO DE SALVADOR - S U L D A Á F R I C A * R O TA S D E N AV E G A Ç Ã O N O L O N G O C U R S O - M E R C O S U L - C O S TA O E S T E D A A M É R I C A D O S U L - A M É R I C A C E N T R A L E C A R I B E - G O L F O D O M É X I C O - C O S

Leia mais

A S N O V A S R E G R A S D E F A C T U R A Ç Ã O

A S N O V A S R E G R A S D E F A C T U R A Ç Ã O i I N F O R M A Ç Ã O F I S C A L N º 3 J a n e i r o 2 0 1 3 A S N O V A S R E G R A S D E F A C T U R A Ç Ã O N o s e g u i m e n t o d a L e i d o O r ç a m e n t o d o E s t a d o p a r a 2 0 1 2 e,

Leia mais

J U R I S P R U D Ê N C I A F I S C A L A R B I T R A L ( 3. º E 4. º T R I M E S T R E S D E 2 0 1 2 )

J U R I S P R U D Ê N C I A F I S C A L A R B I T R A L ( 3. º E 4. º T R I M E S T R E S D E 2 0 1 2 ) i J a n e i r o d e 2 0 1 3 J U R I S P R U D Ê N C I A F I S C A L A R B I T R A L ( 3. º E 4. º T R I M E S T R E S D E 2 0 1 2 ) TAX & BUSINESS P r e t e n d e - s e, c o m a p r e s e n t e I n f o

Leia mais

B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 )

B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 ) B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 ) B e n ja m i n C o n s t a n t, c o m o c o s t u m a s e r r e f e r i d o, é c o n s i d e r a d o c o m o o

Leia mais

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO

RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO RESULTADOS DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO USUÁRIO EXTERNO COM A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO 1. RESULTADOS QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO 1.1- QUESTIONÁRIO I - PARTES/ CONCILIAÇÃO: AMOSTRA REFERENTE AS

Leia mais

Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone

Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone Profa. Dra. C ristina Pereira G aglianone C en t r o C o l a b o r a d o r em A l i m en t aç ão e N u t r i ç ão E sc o l ar U n i v e r si d ad e F ed er al d e S ão P au l o P r o je t o d e L e i 6

Leia mais

B O L E T I M I N F O R M A T I V O

B O L E T I M I N F O R M A T I V O P R Ó - R E I T O R I A D E E N S I N O E D I Ç Ã O 0 4 - A N O 0 2 B O L E T I M I N F O R M A T I V O M A I O D E 2 0 1 5 A C O M I S S Ã O P E R M A N E N T E D E P R O C E S S O S E L E T I V O D A

Leia mais

Palestra Budista. Os Quatro Tipos de Fé e Cinco Estágios

Palestra Budista. Os Quatro Tipos de Fé e Cinco Estágios Palestra Budista E s c r i t u r a d e N i t i r e n D a i b o s s a t s u : Os Quatro Tipos de Fé e Cinco Estágios - A Veracidade de uma Crença - S e c r e t á r i o G e r a l d o B u d i s m o P r i

Leia mais

2. A C l a s s i f i c a ção M S C 01 H i s t o r y a n d b i o g r a p h y 03 M a t h e m a t i c a l l o g i c a n d f o u n d a t i o n s 05 C o m

2. A C l a s s i f i c a ção M S C 01 H i s t o r y a n d b i o g r a p h y 03 M a t h e m a t i c a l l o g i c a n d f o u n d a t i o n s 05 C o m Áreas Científicas do Departamento de Matemática Docu mento de trab al h o 1. Introdução O D e p a r t a m e n t o d e M a t e m á t i c a e st á or g a n i z a d o e m q u a t r o S e c ç õ e s: S 8 1

Leia mais

CONTRATO Nº 229/ 2014

CONTRATO Nº 229/ 2014 CONTRATO Nº 229/ 2014 Prestação de Serviços de Consultoria especializada em gestão na área de planejamento estratégico e mapeamento de processos. Que fazem entre si de um lado a Prefeitura Municipal de

Leia mais

EDUCAÇÃO, ÉTICA E TECNOLOGIA Im p r e s s õ e s e R e f l e x õ e s Dagmar Aparecida Trautmann E s t a D i s s e r t a ç ã o f o i j u l g a d a a d e

EDUCAÇÃO, ÉTICA E TECNOLOGIA Im p r e s s õ e s e R e f l e x õ e s Dagmar Aparecida Trautmann E s t a D i s s e r t a ç ã o f o i j u l g a d a a d e UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA P RO G RAM A DE P Ó S-G RADUAÇ Ã O EM CIÊ NCIA DA CO M P UTAÇ Ã O D a g m a r A p a r e c i d a T r a u t m a n n EDUCAÇÃO, ÉTICA E TECNOLOGIA Im p r e s s õ e s

Leia mais

Design de aplicativos moveis

Design de aplicativos moveis Design de aplicativos moveis Os dispositivos móveis mais comuns : S m a r t p h o n e ; P D A ; Te l e m ó v e l ( pt) / C e l u l a r ( br); C o n s o l e p o r t á t i l ; U l t r a M o b i l e P C ;

Leia mais

REGULAMENTO DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DE HOSPEDAGEM No u s o d a c o mp e t ê n c i a p r e v i s t a al í n e a v ) d o n. º 1 d o ar t i g o 64º d o De c r e t o -Le i n. º 1

Leia mais

O E n g a n o d o E s p e l h o A C o n s t i t u i ç ã o d o S u j e i t o. S u z a n a M a r i a d o E g i t o R o d r i g u e s

O E n g a n o d o E s p e l h o A C o n s t i t u i ç ã o d o S u j e i t o. S u z a n a M a r i a d o E g i t o R o d r i g u e s O E n g a n o d o E s p e l h o A C o n s t i t u i ç ã o d o S u j e i t o S u z a n a M a r i a d o E g i t o R o d r i g u e s E s p e l h o, e s p e l h o m e u... d i r á a b r u x a m a l v a d a

Leia mais

P PÓ P. P r r P P Ú P P. r ó s

P PÓ P. P r r P P Ú P P. r ó s P PÓ P P r r P P Ú P P r ó s P r r P P Ú P P ss rt çã s t à rs r t t r rt s r q s t s r t çã r str ê t çã r t r r P r r Pr r r ó s Ficha de identificação da obra elaborada pelo autor, através do Programa

Leia mais

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197.

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197. Ferramentas Elétricas Ferramentas Ferragem EPI Agronegócio Hidráulica Elétrica Químicos e Impermeabilzantes Pintura ÍNDICE Por departamento / Seção EPI Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção

Leia mais

TRT-00290-2014-079-03-00-7 RO

TRT-00290-2014-079-03-00-7 RO Primeira Turma Publicacao: 14/11/2014 Ass. Digital em 11/11/2014 por CLEBER LUCIO DE ALMEIDA Relator: CLA Revisor: LOLR PODER JUDICIÁRIO R e c o r r e n t e : A L I S S O N C A R V A L H O B O R G E S

Leia mais

VI Seminário Latino-Americano de Geografia Física II Seminário Ibero-Americano de Geografia Física Universidade de Coimbra, Maio de 2010

VI Seminário Latino-Americano de Geografia Física II Seminário Ibero-Americano de Geografia Física Universidade de Coimbra, Maio de 2010 VI Seminário Latino-Americano de Geografia Física II Seminário Ibero-Americano de Geografia Física Universidade de Coimbra, Maio de 2010 Delimitação de Unidades de Paisagens e D esmatamento em Áreas próx

Leia mais

O PDF visível no ecrã do seu computador ou leitor electrónico, contém uma obra de ficção. As personagens e os seus nomes, bem como os nomes de

O PDF visível no ecrã do seu computador ou leitor electrónico, contém uma obra de ficção. As personagens e os seus nomes, bem como os nomes de O PDF visível no ecrã do seu computador ou leitor electrónico, contém uma obra de ficção. As personagens e os seus nomes, bem como os nomes de lugares e os acontecimentos aí relatados são produto da imaginação

Leia mais

Eng. Castro Ferreira, Director do Departamento de Obras Municipais; que preside ao concurso;

Eng. Castro Ferreira, Director do Departamento de Obras Municipais; que preside ao concurso; RELATÓRIO FINAL DA ANÁLISE DAS PROPOSTAS P r o c e d i m e n t o a d o p t a d o : C o n c u r s o P ú b l i c ional o I n artigo t e r n a 2 c 2 6 º do DL 1 8 / 2 0 0 8 de 2 9 de Janeiro A n á l i s e

Leia mais

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o NPQV Variável Educação Prof. Responsáv v el :: Ra ph aa el BB ii cc uu dd o ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO 2º Semestre de 2003 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO As atividades realizadas

Leia mais

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L H I N O O F I C I A L J a y m e d e A l t a v i l a I A o r e m o! Po i s n o s s o n o r t e D e g l ó r i a s t r a ç a d o e s t á. F a ç

Leia mais

LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 SUMÁRIO. T í t u l o I C a p í t u l o Ú n i c o D a s D i s p o s i ç õ e s P re l i m i n a res

LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 SUMÁRIO. T í t u l o I C a p í t u l o Ú n i c o D a s D i s p o s i ç õ e s P re l i m i n a res LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990 SUMÁRIO T í t u l o I C a p í t u l o Ú n i c o D a s D i s p o s i ç õ e s P re l i m i n a res T í t u l o I I D o P ro v i m e n t o, Va c â n c i a, R e m o

Leia mais

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 D A T A D E A B E R T U R A : 2 9 d e d e z e m b r o d e 2 0 1 0 H O R Á R I O : 9:0 0 h o r a s L O C A L D A S E S S Ã O P Ú B L I C A: S a l a d a C P L/

Leia mais

Alencar Instalações. Resolvo seu problema elétrico

Alencar Instalações. Resolvo seu problema elétrico Alencar Instalações Resolvo seu problema elétrico T r a b a lh a m o s c o m : Manutenção elétrica predial, residencial, comercial e em condomínios Redes lógicas Venda de material elétrico em geral. Aterramentos

Leia mais

Laboratório de Ensino e Aprendizagem em Matemática: As Razoes de Sua Necessidade.

Laboratório de Ensino e Aprendizagem em Matemática: As Razoes de Sua Necessidade. ANA MARIA NAUIACK DE OLIVEIRA Laboratório de Ensino e Aprendizagem em Matemática: As Razoes de Sua Necessidade. Dissertação de Mestrado apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de mestre,

Leia mais

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde

O P a pel da M ídia no C o ntro le da s P o lític a s de S a úde B ra s ília, 26 de s etem bro de 2009 C o ntro le da s P o lític a s de L uiz R ibeiro FU N Ç Ã O D O J O R N A L I S M O J o r n a lis m o é a a tiv id a d e p r o fis s io n a l q u e c o n s is te e

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

Missões O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho

Missões O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) A Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho Missões O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) é uma organização imparcial, neutra e independente cuja missão exclusivamente humanitária é proteger a vida e a dignidade das vítimas dos conflitos

Leia mais

Evolução dos Circuitos Integrados. Resumo

Evolução dos Circuitos Integrados. Resumo Evolução dos Circuitos Integrados 1) Alcides Rocha alcides.rocha@celfinet.com 2) Pedro Mendes rpsmendes@gmail.com Resumo Este trabalho irá abordar a história da evolução dos circuitos integrados, assim

Leia mais

Serviço Móvel de Voz

Serviço Móvel de Voz Serviço Móvel de Voz Minuto 1. Origem Rede Móvel - Terminação Rede Móvel Intra-conta 0,00000 2. Origem Rede Móvel - Terminação PPCA Intra-conta 0,02000 3. Origem Rede Móvel - Terminação Rede Móvel On-et

Leia mais

E S T AT U T O S D A P E N AF I E L AC T I V A, E M

E S T AT U T O S D A P E N AF I E L AC T I V A, E M E S T AT U T O S D A P E N AF I E L AC T I V A, E M C AP I T U L O I D i s p o s i ç õ e s G e r a i s Ar t i g o 1. º D e n o m i n a ç ã o e N a t u r e z a J u r í d i c a 1. A P e n a f i e l A c t

Leia mais

Ò ÓÙÚ Ä Ö ØÙ Ó ØÖ Ù Ó È ÕÙ ÒÓ Ç ØÓ ÒÓ Ë Ø Ñ ËÓÐ Ö Ì ÔÖ ÒØ ÍÒ Ú Ö Ö Ð Î Ó ÓÑÓ Ô ÖØ Ü ¹ Ò Ó ÔÖÓ Ö Ñ È Ó ¹ Ö Ù Ó Ñ ÔÐ Ô Ö Ó Ø Ò Ó Ó Ø ØÙÐÓ Å Ø Ö Ë ÒØ º ÎÁ ÇË ÅÁÆ Ë Ê ÁË ¹ Ê ËÁÄ ¾¼¼ Ñ Ò ÔÓ Â Ò Ö Ñ Ò Ð ÄÙ ÒÒ

Leia mais

¾ Ò Ñ Ó ÐÙ Ó ÓÑÔÐ Ñ ÒØ ËÙ Ø ÒØ Ó ÓÑÔÐ Ñ ÒØ Ø ÓÒ Ó Ù ÝÒ Ñ Ò ÖÓ ÝÒ Ñ Ð Ø ÃÐ Ù Ï ÐØÒ Ö Å ÖØ Ò ÁÒ ÐÑ Ò¹ËÙÒ Ö ÒØÓÒ Ó Ë Ö Ó Ô Ö Ó È ÙÐÓ Å Ö Ò ÁÒ Ø ØÙØÓ Í ÊÙ Ø ÒÓ ÅÓÙÖ ½¾ ¹ Ö Ó ÑÔÙ ÍÒ Ú Ö Ø Ö Ó ÇÒ Ò È ¼º¾½¼¹

Leia mais

D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a

D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a C A R T A D E A P R E S E N T A Ç Ã O E s p e c i a l i s t a s e m h i g i e n e D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a 1 A D A N I F E R H I G I E N E I N D U S T R I A L, L d a. é u

Leia mais

Práticas de Contabilidade Gerencial Adotadas Por Subsidiárias Brasileiras de Empresas Multinacionais

Práticas de Contabilidade Gerencial Adotadas Por Subsidiárias Brasileiras de Empresas Multinacionais Práticas de Contabilidade Gerencial Adotadas Por Subsidiárias Brasileiras de Empresas Multinacionais Marcos Antônio De Souza Resumo: Este trabalho tem como objeto de estudo as práticas de Contabilidade

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

subdiretório diretório de usuário

subdiretório diretório de usuário Ô ØÙÐÓ Ë Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ Ô ÖØ Ñ Ú Ú Ð ÙÑ Ø Ñ ÓÔ ÖÓÒ Ð Ó Ù Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ º ÈÖÓ Ö Ñ ÔÐØ ÚÓ ÙØ Ð Þ Ñ Ó Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ Ú Ñ Ø Ñ µ Ô Ö ÖÖ Ð Ö Ö Ú Ö Ö ÑÓÚ Ö ÖÕÙ ÚÓ º Í Ù Ö Ó ÙØ Ð Þ Ñ ÒØ Ö Ø Ú Ñ ÒØ Ó Ø Ñ ÖÕÙ ÚÓ Ú Ðе Ô Ö

Leia mais

Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação

Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação DEPA R TAMENTO : Psicologia Social PERÍODO/A NO : 7º/2014 CA RG A HOR Á RIA : 34 PR OFESSOR AS : A na Mercês Bahia Bock A driana Eiko Matsumoto O

Leia mais

O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental

O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental O trabalho com textos na alfabetização de crianças do 1º e 2º anos do ensino fundamental Izac Trindade Coelho 1 1. I n t r o d u ç ão Ai de mim, ai das crianças abandonadas na escuridão! (Graciliano Ramos)

Leia mais

Câmara Municipal de Retirolândia-BA

Câmara Municipal de Retirolândia-BA Edição Nº 030/2012 007/2012 Terça-Feira Quinta-Feira 3108 de de Julho Março de 2012 de 2012 A CASA DA DEMOCRACIA Rua Joana Angélica, n.º 537 Centro CEP 48.750-000 Retirolândia/BA CNPJ 63.103.808/0001-14

Leia mais

INFORMAÇÃO NÃO CERTIFICADA

INFORMAÇÃO NÃO CERTIFICADA Freguesia (Santiago) URBANO DENOMINAÇÃO: LOTE DE HABITAÇÃO COLECTIVA SITUADO EM: Bela Fria Rua Aurélia de Sousa, nºs. 2, 4, 4-A, 4-B, 4-C, 4-D, 4-E, 4-F, 4-G, 4-H, 6, 6-A, 6-B, 6-C, 6-D, 6-E, 8, 8-A, 8-B,

Leia mais

J u i n 2 0 0 9 L e ttr e d 'i n fo r m a ti o n n 1 9 E d i to r i al E p p u r si m u o ve «E t p o u r ta n t e l l e b o u g e» m u r m u r a G a l l i l é e s u r s o n c h a m p e s t l a r g e.

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

Qualidade de Vida no Trabalho dos Trabalhadores de Enfermagem - Revisão Sistemática da Literatura

Qualidade de Vida no Trabalho dos Trabalhadores de Enfermagem - Revisão Sistemática da Literatura Capítulo 15 Qualidade de Vida no Trabalho dos Trabalhadores de Enfermagem - Revisão Sistemática da Literatura Inajara de Cássia Guerreiro Enfermeira - Unicamp Maria Inês Monteiro Mestre em Educação - Unicamp

Leia mais

CONCEITOS GERAIS DE GESTÃO PÚBLICA. Ciclo Formativo CPOP Palestrante: Ursula Dias Peres EACH/USP

CONCEITOS GERAIS DE GESTÃO PÚBLICA. Ciclo Formativo CPOP Palestrante: Ursula Dias Peres EACH/USP CONCEITOS GERAIS DE GESTÃO PÚBLICA Ciclo Formativo CPOP Palestrante: Ursula Dias Peres EACH/USP O QUE É GESTÃO PÚBLICA A Gestão Pública se incumbe da organização, processo decisório de formulação, implementação

Leia mais

Å ÒÙ Ö ØÓ ËÙ Ñ Ø Ó Ê Ú Ø ÁÒ ÓÖÑ Ø Ì ÓÖ ÔÐ ¾¼ ÒÓÚ Ñ ÖÓ ¾¼¼¼ Ê ÙÔ Ö Ó Ò ÓÖÑ Ó Ú Ù Ð ÓÑ ÒÓ ÓÒØ Ù Ó Ñ Ñ Ò Ú Ó Ø ÖÒ Ð Ó Ð ÙÕÙ ÖÕÙ Ö Ù Ó Ë ÐÚ Ó Â Ñ Ð ÖÞÓÐ Ù Ñ Ö Ê ÙÔ Ö Ó Ò ÓÖÑ Ó Ú Ù Ð ÓÑ ÒÓ ÓÒØ Ù Ó Ñ Ñ Ò Ú Ó

Leia mais

Roteador. subrede de comunicação. canal

Roteador. subrede de comunicação. canal Ê Ë ÇÅÈÍÌ ÇÊ Ë ÅÇ ÄÇ ÇËÁ Ð Ö Ö ÓÞÓ Å ÙÖ Ó º Å Ð Ô ÖØ Ñ ÒØÓ Ò Ò Ö ÓÑÔÙØ Ó ÙØÓÑ Ó ÁÒ Ù ØÖ Ð ÙÐ Ò Ò Ö Ð ØÖ ÓÑÔÙØ Ó ÍÒ Ú Ö Ø Ù Ð ÑÔ Ò ¾¼¼¾ ½ ¹¾¼¼¾»»ÍÆÁ ÅÈ Ô ØÙÐÓ ½ ÁÆÌÊÇ Í Ç ½º½ ÓÒ ØÓ Ó Ò Ö ÑÓ Ê ÓÑÔÙØ ÓÖ ÓÑÓ

Leia mais

o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te s t o rn e m -s e a u tô no m o s.

o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te s t o rn e m -s e a u tô no m o s. O r ie n ta ç õ e s In i ci ai s E u, R ic k N e ls o n - P e rs on a l & P rof e s s io n al C o a c h - a c re dito qu e o o bje tiv o f in a l d o C oa c h in g é fa z e r c o m qu e o s c lie n te

Leia mais

ér co pe pa as le so se al tr on ro pr arc lie ond ase ete ole es ima ine red air o ca re uta mito K iro tei K bj or d orei ali tr tio seg as o em ocr at co arc h ong ab chl

Leia mais

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO A Casan 5/09) Diário do Sul/Tubarão - 29/09/2015 2 - Colunista - Arilton Barriros Mídia Imprssa A Ca www.clipagm.com.br 1 Mídia Imprssa Pr Projto d li ncaminha Balnário Piçarras ao tratamnto d sgoto 8/09)

Leia mais

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011

Estratégico. III Seminário de Planejamento. Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 Estratégico III Seminário de Planejamento Rio de Janeiro, 23 a 25 de fevereiro de 2011 G es tão Em pre sa rial O rie nta ção pa ra om erc ado Ino vaç ão et

Leia mais

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s

PROGRAM A + V IDA. P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s PROGRAM A + V IDA P o lític a de Á lc o o l, Fum o e O utra s D ro g a s da S ec reta ria de S a úde R ec COSTA ife JOÃO do MARCELO Coordenação Clínica do CAPS AD Eulâmpio Cordeiro SMS-PCR (DSIV) Coordenação

Leia mais

DIAGNÓSTICO ESTRUTURAL DA JUSTIÇA DE 1º GRAU DO PARANÁ ( OUT/2009)

DIAGNÓSTICO ESTRUTURAL DA JUSTIÇA DE 1º GRAU DO PARANÁ ( OUT/2009) DIAGNÓSTICO ESTRUTURAL DA JUSTIÇA DE 1º GRAU DO PARANÁ ( OUT/2009) COMARCA: O SINDIJUS-PR pretende elaborar um diagnóstico da estrutura administrativa da justiça de 1º grau do Paraná e as condições gerais

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Jorge Cândido. Detecção e Rastreio de Faces Utilizando Redes Bayesianas

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Jorge Cândido. Detecção e Rastreio de Faces Utilizando Redes Bayesianas UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Jorge Cândido Detecção e Rastreio de Faces Utilizando Redes Bayesianas São Paulo 2006 Livros Grátis http://www.livrosgratis.com.br Milhares de livros grátis para download.

Leia mais

Técnicas de Linearização de Sistemas

Técnicas de Linearização de Sistemas EA66 Pro. Vo Ze DCA/FEEC/Uc éccs e Lerzção e Sses Iroção ese óco vos recorrer reqüeeee éccs e lerzção e sse ão-ler e oro e oo e oerção. Iso ere qe o sse ler resle se lso co se s oeross erres e álse váls

Leia mais

Tratamento hidrófilo do permutador com produção e velocidade do ciclo de descongelamento melhorada.

Tratamento hidrófilo do permutador com produção e velocidade do ciclo de descongelamento melhorada. 05W APRESENTAÇÃO - CARATERÍSTICAS 04 SA CA/MCA SP/MSP MB/XB MC MD/XD XC Cbu -ã ã áu T hóf u uã g h M 2 gu áx ê u x -15 C A fu, u x u bx (DC-INVERTER -15ºC) Cfguã ub b z u u gé T G F ó uã é ã qu fã bóg

Leia mais

ViSA. 001 - Banco do Brasil FORMATO PADRÃO. Conta corrente Até 8 algarismos + 1 dígito - - Ê ' - O Û NOME COMPLETO VÁLIDO ATÉ. i. V ò - ' 0.

ViSA. 001 - Banco do Brasil FORMATO PADRÃO. Conta corrente Até 8 algarismos + 1 dígito - - Ê ' - O Û NOME COMPLETO VÁLIDO ATÉ. i. V ò - ' 0. Bancos 001 - Banco do Brasil 033 - Santander 356 - Real 041 - Banrisul 104 - Caixa Econômica Federal 237 - Bradesco 341 - Itaú 399 - HSBC 745 - Citibank 001 - Banco do Brasil Até 8 algarismos + 1 dígito

Leia mais

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR Níc PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR A Pó-R Pq Pó-Gçã PROPESP, públc p chc, REABERTURA cb pc Rchc Dpl c b x c b P N.º 0746/2016-GR/UFAM. PROPESP vlg çõ p c

Leia mais

Copa Patrulha Escolar de Futsal 2016

Copa Patrulha Escolar de Futsal 2016 Copa Patrulha Escolar de Futsal 2016 ESCOLAS PARTICIPANTES Nº ESCOLA Nº ESCOLA 1 ULISSES GUIMARÃES 25 CAP. CLÁUDIO MANUEL 2 RISOLETA NEVES 26 EDUARDO LIMA E SILVA 3 FLORA CALHEIROS 27 JESUS BURLAMACHI

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação!" !" $%& '( ) %) * +, - +./0/1/+10,++$.(2

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - Ax A p N Vé N Vé - 30/06/204 04//203 2 - N Tí g Ag N 20/05/987 PF 7265577-40 M p 788725 - @fb g A Açã Lçã Ap p

Leia mais

Prefeitura Municipal de Gavião-BA

Prefeitura Municipal de Gavião-BA Edição Nº Nº 024/2012 030/2012 Segunda-Feira Quinta-Feira 08 26 de Março Junho de 2012 Rua Irmã Dulce, nº 370 Gavião Bahia CEP: 44650-000. Tel/Fax: 75.3682 2271 CNPJ: 13.233.036/0001-67 www.gaviao.ba.gov.br

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC MNT A AÇÃ NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - p p N Vé N Vé - 30/06/204 29/0/204 2 - p N Vâ Mq N 02/05/988 PF 23983487-09 AP 9362 q@fb g A Açã Lçã

Leia mais

DIRE ITO EM P RE S A RIA L

DIRE ITO EM P RE S A RIA L DIRE ITO EM P RE S A RIA L Um si n d i cato d e trab al h ad ores SI N F O, cu j a p recí p u a e ef eti va ati vi d ad e é a d e d ef en d er os d i rei tos l ab orai s d e seu s associ ad os resol veu

Leia mais

Gerência e Segurança d e R ed es W irel es s Claudia Pereira c lp ereir@ c is c o. c o m 1 Aplicaçõ e s I n t e r at iv as X Aplicaçõ e s T r an s acio n ais 1950s-1990s C a r t a s e me mo r a n d o s

Leia mais

Revisão 01 *Válido a partir do número de série 030 AH AI

Revisão 01 *Válido a partir do número de série 030 AH AI Revisão 01 *Válido a partir do número de série 030 AH AI * Revisão 01 a partir do número de série 030 AH AI Pagina: 01 Revisão: 01 Lista de Materiais Item Qty. Part Nº. 1 1 0.80906 1 0.80660 3 10 0.0007

Leia mais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais

White Paper. Datas Comemorativas. Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais Datas Comemorativas White Paper Calendário 2011 de datas comemorativas para campanhas sazonais As datas comemorativas podem ser exploradas para rentabilizar o seu comércio, seja ele físico ou online. Dedique

Leia mais

MANUAL DE ESTRUTURA, NORMAS E PROCESSOS DA BIBLIOTECA DA FESVV

MANUAL DE ESTRUTURA, NORMAS E PROCESSOS DA BIBLIOTECA DA FESVV BIBLIOTECA DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VILA VELHA MANUAL DE ESTRUTURA, NORMAS E PROCESSOS DA BIBLIOTECA DA FESVV Bibliotecária Luzia Ribeiro 2010 Juarez Moraes Ramos Júnior Diretor Geral Luiz Cláudio

Leia mais

P i s cina s : 2 P i s ci n a e x te rior de á g u a d e m a r a q u e cida P i s ci n a i n te ri or d e á g u a

P i s cina s : 2 P i s ci n a e x te rior de á g u a d e m a r a q u e cida P i s ci n a i n te ri or d e á g u a E M P R IM E I R A MÃO T h e O i ta v os é o e x c lu s i v o h o te l d e 5 e s tre la s q u e co m p le t a e v a l ori za a ofe rta d a Q u i n ta d a M a ri n h a, co n s olid a n d o -a c om o d e

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO Nº 47.514, DE 29 DE OUTUBRO DE 2010. (publicado no DOE nº 206 de 01 de novembro de 2010) Modifica o Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações

Leia mais

'!"( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, ".6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # )

'!( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, .6 )) -2 7! 6))  ) 6 #$ ))! 6) 8 9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) !" #$%&& #% 1 !"# $%& '!"( )*+%, ( -. ) #) /)01 01)0) 2! ' 3.!1(,,, " 44425"2.6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 4442$ ))2 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) 44425"2 ))!)) 2() )! ()?"?@! A ))B " > - > )A! 2CDE)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Caderno

PODER JUDICIÁRIO. Caderno PODER JUDICIÁRIO Caderno ass ori csti círt ori ori FÓRUM GUMERSNI DO BESSA uj azí oj es afpaxiãodesanatna-d eri ot ar A.vPer dis enettancerdoneve,s n/s, Cenort Admni artsi vitoaugu ots Farnco FÓRUM

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS 1. Objetivo: 1. Esta rotina permite importar para o banco de dados do ibisoft Empresa o cadastro de pessoas gerado por outro aplicativo. 2. O cadastro de pessoas pode

Leia mais

Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos 4.23 Faturamento Direto a Consumidor. Veículos Automotores Novos com Substituição Tributária

Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos 4.23 Faturamento Direto a Consumidor. Veículos Automotores Novos com Substituição Tributária Anexos 4. 0 Substituição Tributária Anexos 4.23 Faturamento Direto a Consumidor. Veículos Automotores Novos com Substituição Tributária Convênio ICMS 51/2000 Alterações: Convênio ICMS 3/01, 19/01, 94/02,

Leia mais

ANEXO I (EDITAL DE CONCURSO 01/2016)

ANEXO I (EDITAL DE CONCURSO 01/2016) ANEXO I (EDITAL DE CONCURSO 01/2016) Cargo/Área de Atuação Carga Horária semanal Vagas Vagas Reservadas aos candidatos com deficiência Código da Opção Qualificação exigida para o ingresso Agente Administrativo

Leia mais

PLANEJAMENTO FINANCEIRO: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS

PLANEJAMENTO FINANCEIRO: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS PLANEJAMENTO FINANCEIRO: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS OTIMIZAÇÃO DOS RECURSOS : CONTEXTUALIZAÇÃO RA RE R EL C AD AÇ ÃO O D F U N C I O A M E N T O O RE Ç A MDE NET O P E N D Ê N C I A E E V O L U Ç Ã O Extrajudicial

Leia mais

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO

MONITORAMENTO DE INFORMAÇÃO Mídia Imprssa E Emprsa Curitiba ofrc mnor prço à obra 8/01) Diário Notícias/Criciúma - 29/01/2016 Cu 5 - Política of m pr à ob 1 Falta Água m Rio do Sul 8/01) Diário do Alto Val/Rio do Sul - 29/01/2016

Leia mais

Antonio Plais. Modelo de Decisão: Evoluindo o Gerenciamento de Processos e de Regras de Negócio

Antonio Plais. Modelo de Decisão: Evoluindo o Gerenciamento de Processos e de Regras de Negócio C o m m u n i ty. IIBA.org I I B A. o r g i n f o @ I I B A. o r g. O Modelo de Decisão: Evoluindo o Gerenciamento de Processos e de Regras de Negócio Antonio Plais 20/02/2014 Moderador Os webinars em

Leia mais

Mediana, Altura, Bissetriz e Mediatriz de um Triângulo

Mediana, Altura, Bissetriz e Mediatriz de um Triângulo Mediana, Altura, Bissetriz e Mediatriz de um Triângulo Mediana Definição: Denomina-se mediana de um triângulo o segmento que liga um vértice ao ponto médio do lado oposto a este vértice. AM A é mediana

Leia mais

PRODUTOS AUTOMOTIVOS PLUS

PRODUTOS AUTOMOTIVOS PLUS Á,! Óleo lubrificante, desengripante,desoxidante e antiferrugem V 3 V ua ugusto orreia, 100 - d. ruzeiro ão aulo - - 04803-160 tendimento ao liente (11) 5667 8207 0800 774 9499 -mail: onyx@onyxautomotivo.com.br

Leia mais

A COMUNICAÇÃO COMO ELEMENTO MOTIVACIONAL DOS ALUNOS INGRESSANTES NO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGÜE DA FAZU

A COMUNICAÇÃO COMO ELEMENTO MOTIVACIONAL DOS ALUNOS INGRESSANTES NO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGÜE DA FAZU Secretariado Executivo Bilíngüe/Office Administration 127 A COMUNICAÇÃO COMO ELEMENTO MOTIVACIONAL DOS ALUNOS INGRESSANTES NO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGÜE DA FAZU INTRODUÇÃO O p re s e n te

Leia mais

Tópicos Quem é é a a PP aa nn dd ui t t?? PP oo rr qq ue um CC aa bb ea men tt oo PP er ff oo rr ma nn cc e? dd e AA ll tt a a Qua ll ii dd aa dd e e PP aa nn dd ui t t NN et ww oo rr k k II nn ff rr aa

Leia mais

MÃE. M esmo q u e o s eu f ilho j á t enha sido regi strad o procu r e o cartóri o d e R egi stro Civil de

MÃE. M esmo q u e o s eu f ilho j á t enha sido regi strad o procu r e o cartóri o d e R egi stro Civil de APRESENTAÇÃO O T r i b u n a l d e J u st i ç a d e S ã o P a u l o d e s e n v o l ve, d e s d e 2 0 0 7, o P r o j e to P a t e r n i d a d e R e s p o n s á v e l. S u a d i s c i p l i n a e s t á

Leia mais

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus da fuvest 009 ª fase - Matemática 08.0.009 MATEMÁTIA Q.0 Na figura ao lado, a reta r tem equação y x no plano cartesiano Oxy. Além dis so, os pontos 0,,, estão na reta r, sendo 0 = (0,). Os pontos A 0,

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 13/2015, DE 4 DE MAIO DE 2015

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 13/2015, DE 4 DE MAIO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO SUPERIOR Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3227-5564 3235-1741 ramal 2003 RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº

Leia mais

PROMOÇÃO INTERNACIONAL RESULTADOS 2009 PERSPECTIVAS 2010

PROMOÇÃO INTERNACIONAL RESULTADOS 2009 PERSPECTIVAS 2010 PROMOÇÃO INTERNACIONAL RESULTADOS 2009 PERSPECTIVAS 2010 ATIVIDADES Inteligência comercial; Fomento às exportações; Organização para exportações; Feiras e eventos comerciais internacionais; Eventos de

Leia mais

(A Themistocles Machado)

(A Themistocles Machado) (A Th Mh) BRAZL á 58 Hh Dg Bh fô gv g Bz v F Hh Pg ê h F f 598 A 585 gv L B A< Pb F Bb v v ãó f z v Phyb vz vzg f fz N v x h P Ch S; Aç h b fv T ffê fz á J? 4 REVSTA bb hb g j çõ fz v h b z ç gv g Dg Bh

Leia mais

Folhas de Cálculo. O EXCEL como Folha de Cálculo

Folhas de Cálculo. O EXCEL como Folha de Cálculo Flh d Clul O qu é: U Flh d Clul é, dç, u ju d élul qu u glh u bl qu d l- vé d xõ lóg /u O qu : Ogzç ç d bl l d vl; F, í,, qu jud xu lul lx; Auzç d, vé d gç u d ódg d lul u d uld; Rç g d ç; d bl ulzd çõ

Leia mais

Introdução ao Gerenciamento de Projetos

Introdução ao Gerenciamento de Projetos Introdução ao Gerenciamento de Projetos Daniel Miele Stein, PMP Formado em Ciências da Computação, UFG, 1997 MBA em Gestão Empresarial, FGV. Certificado pelo PMI PMP Persocom, Databox, Cultura Online,

Leia mais

Aprendizagem Colaborativa: Relatos Institucionais. Prof. Andressa Pinheiro

Aprendizagem Colaborativa: Relatos Institucionais. Prof. Andressa Pinheiro Aprendizagem Colaborativa: Relatos Institucionais Prof. Andressa Pinheiro Método Trezentos Engenharia Química Disciplina de Cálculo 48 alunos 1 º período Perfil dos alunos Conteúdo de Revisão Método 300:

Leia mais

Premio. Destaque SIX

Premio. Destaque SIX São Mateus do Sul, 27 de outubro de 2008 Premio Destaque SIX 2008 A u tom at iz ação da Malha d e Controle 7-P CV-342 e Substituição da V á lvula de Contro le. R e ntab ilidad e e R es ultados. S e guran

Leia mais

MAT 8A AULA L. a q. q a ; Razão =

MAT 8A AULA L. a q. q a ; Razão = MAT 8A AULA.0 L L x 4 4 L L x 4 L x L x L x L L q a a q q.0 l l ; 4... Razão =.0 x = x = 8.04 P.G. (;x;...;y;5) xy 5 xy 04.05 a, b, c PA b = a c b = c b = c PG b = a c a c = a c a + ac + c = 4ac a + ac

Leia mais