TRABALHO COM GRANDES MONTAGENS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRABALHO COM GRANDES MONTAGENS"

Transcrição

1 Texto Técnico 005/2013 TRABALHO COM GRANDES MONTAGENS Parte 05 0 Vamos finalizar o tema Trabalho com Grandes Montagens apresentando os melhores recursos e configurações de hardware para otimizar a abertura e manipulação de montagens. Vale ressaltar que somente a soma de todos os 5 temas apresentados garantirá os resultados almejados. 17. Hardware Quando o desempenho do SolidWorks começa diminuir, a primeira coisa que a maioria dos usuários pensam, é que o software precisa de um hardware maior e mais rápido. Como vimos em outros capítulos, há muitas coisas que você pode fazer para acelerar significativamente o processo, antes de você precisar mudar ou investir em hardware maior e melhor, no entanto, ainda é preciso explorar as opções de hardware para que você possa assegurar que o hardware que você está utilizando para grandes montagem não esta atendendo a demanda de projeto Escolhendo o Hardware Quais são os fatores que devo levar em consideração na aquisição de um novo hardware para trabalhar com grandes montagens e desenhos? O hardware deve: Atender suas necessidades técnicas. Deve ser estável. Deve ser mais robusto no processamento de dados. Boa capacidade de armazenamento de dados. Deve atender às suas necessidades futuras. Deve ser acessível. Com estes objetivos em mente, quais são as opções ao comprar um sistema novo ou atualizar um sistema antigo?

2 17.2 Sistema Operacional O sistema operacional escolhido deve ser capaz de executar o SolidWorks e apoiar as suas opções de hardware. Há dois fatores a considerar na determinação de um sistema operacional: a versão do Windows (Windows 8, Windows 7, Windows Vista), e se essa versão deve ser de 32 bits ou 64 bits Versão do Windows Os sistemas operacionais que serão executados no SolidWorks são dependentes de suporte da Microsoft. Como a Microsoft retira apoio para versões antigas de seus sistemas operacionais, a execução do SolidWorks sobre esses sistemas não será suportado. SolidWorks é suportado em três versões do sistema operacional, no entanto, o Windows XP está se aproximando do fim da vida útil e não será suportado após SolidWorks Você deve verificar o site do SolidWorks quais são as versões do SolidWorks são suportadas para qual sistema operacional. Você geralmente tem a notificação de que um sistema operacional não será mais suportado pelo menos uma versão do SolidWorks com antecedência para que você tenha tempo para planejar, comprar e implementar o novo sistema. A disponibilidade do Windows XP ou Windows Vista em um computador novo é muito limitado, portanto, para um novo equipamento, a principal opção é o Windows 7 e 8. Se você ainda está no Windows XP, a escolha certa é ir diretamente para o Windows 8 ao vez do Windows Vista como o custo, esforço e consequências de fazer a mudança será essencialmente o mesmo, o Windows 8 consequentemente será superior aos antecessores com relação a desempenho.

3 Bit vs. 64-Bit Há muitos equívocos sobre os sistemas operacionais de 64 bits, como eles vão processar mais rápido do que sistemas de 32 bits. A razão principal para alterar para um sistema de 64 bits a partir de um sistema de 32 bits é a capacidade de usar a RAM muito mais. Um sistema operacional de 32-bit pode incidir apenas 4 GB (232 bits) de memória RAM. Já o sistema operacional de 64-bit poderá gerenciar 4 GB ou mais de memória RAM, e se você possuir uma placa gráfica de boa qualidade o gerenciamento da memória gráfica também poderá ser gerenciada com o sistema 64 bit, com um sistema de 32 bits, apenas 2 GB de memória pode ser acessado pelos programas, porque 2 GB é reservado para o sistema. Um sistema operacional de 64 bits podem endereçar memória RAM com terabytes muitiple, o que é muito mais do que pode ser tratado por placas-mãe atuais. O limite superior é atualmente limitado pelo hardware existente e é bem curto de 264 bits, mas significativamente mais do que a memória que pode ser tratado por sistemas de 32 bits. Atualmente, mais da metade da base de usuários do SolidWorks está usando sistemas operacionais de 64 bits, devido ao seu alto gerenciamento de memória RAM Quanto usar de RAM Para grandes conjuntos, a resposta é simples usar muito mais RAM", mas você precisa ser mais específico antes de comprar muita memória RAM, pode ser um desperdício de dinheiro. Há várias perguntas para responder antes de realizar este upgrade da memória RAM: Quanto você tem? Quanto você pode usar? Quanto você precisa? Memoria Física vs. Virtual Existem dois tipos de memória associadas com o software em execução, memória física e memória virtual. A memória físicaf Quando falamos de RAM, estamos geralmente falando de memória física, o que se encontra no nos chips dedicados da memória no estado sólido dentro do computador. A memória virtual A memória virtual é um espaço no disco rígido, que pode ser usada pelo sistema operativo. A memória virtual é também chamado de um arquivo de swap ou arquivo de

4 paginação. Porque a leitura e gravação de um disco rígido é muito mais lento do que a RAM de estado sólido, você deve evitar o uso de memória virtual. Quando você configura a quantidade de memória virtual, que deve ser em um único bloco, em vez de vários blocos, para aumentar a leitura / gravação velocidade. Quanto de memória RAM eu tenho? Existem várias maneiras de ver a quantidade de RAM que você tem, mas o Gerenciador de Tarefas do Windows irá mostrar-lhe o quanto de memória física instalada e disponível (4 GB na imagem à direita). Quanto RAM posso usar? Esta questão é importante para sistemas operacionais de 32 bits como eles estão limitados a apenas 4 GB de memória RAM e metade da memória RAM instalada é reservado para o sistema operacional. Como você sabe se você está excedendo a RAM física? Se você pode ouvir seu disco rígido trabalhar quando você executa operações diferentes e os processos ficam lentos, você provavelmente está usando a memória virtual. Para verificar a quantidade de memória virtual que está usando acesse o Gerenciador de Tarefas do Windows. Quanto de memória RAM eu preciso? Basicamente você precisa de memória RAM suficiente para que você não use a memória virtual Armazenamento Seus dispositivos de armazenamento irá afetar a velocidade em que você pode abrir e salvar arquivos. O objetivo com dispositivos de armazenamento é ter velocidades de leitura / gravação, então o que fatores afetam a velocidade de leitura / gravação de operações?

5 Disco Rotativo vs Sólido S A maioria dos discos rígidos hoje são unidades rotativos onde os dados são armazenados em um disco giratório. Para acionamento rotativo; há geralmente três velocidades de rotação, 5,400,7,200 e RPM. Quanto maior a rotação Spee mais rápido o computador pode ler e gravar os dados. As unidades RPM são os mais comuns, unidades de RPM sendo mais caro e armazenando menos dados. Porque rotação de RPM são relativamente barato, você pode comprar um monte de espaço de armazenamento, sem gastar muito dinheiro. Drives de estado sólido estão caros e não oferecem grandes capacidades. Eles são significativamente mais rápidos do que os discos giratórios, porque não existem peças móveis Interface Os discos rígidos têm a interface paralela (Parallel Advanced Technology Attachment-SATA) ou uma interface serial (Serial Advanced Technology Attachment- SATA), com a SATA, sendo mais novo e agora o mais prevalente. A velocidade da unidade deve coincidir com a velocidade da interface. Se tiver uma interface mais lenta, a velocidade de transferência da unidade acima da velocidade de interface podem ser desperdiçados. As interfaces paralelas são comuns no SATA-100 (Advanced Technology Attachment velocidade de transferência de 100 MB / s) e SATA-133, no entanto, estes são geralmente encontrados apenas em computadores mais antigos. As interfaces atuais comuns para unidades de série é SATA revisão lo (SATA 1.5 Gbit / s), SATA revisão 2.0 (SATA de 3 Gbit / s) e revisão SATA 3.0 (SATA 6 Gbit / s) Desfragmentado dor r de Disco Discos rotativo deve ser desfragmentado frequentemente. Isso permite que os dados de cada arquivo a ser em setores sequenciais no disco para que a agulha de leitura não tem que se mover para trás e para frente para encontrar o arquivo inteiro. Teoricamente, drives de estado sólido não precisa ser desfragmentado, mas você deve verificar com o fabricante do disco para ver se é recomendado ou não O que é importante? O ponto chave é comprar o disco rígido com a mais rápida taxa de transferência de dados. Se você pode pagar um drive de estado sólido, você pode configurá-lo para o seu trabalho diário e usar os discos rotativos para armazenamento de longo prazo e arquivamento. Você também pode

6 utilizar duas unidades, configurá-los como RAID S para unidades de trabalho e RAID 1 para unidades de arquivamento Placa de Vídeo As placas de vídeo são extremamente importantes para a velocidade com que seu sistema funciona, especialmente para as funções de pan, zoom, girar e rool. Placas de vídeo lida com os gráficos sombreados, que são mais rápidos que as outras opções que mostram as bordas. Usando o software OpenGL desabilita aceleração de hardware gráfico e permite renderização de gráficos usando apenas o Software. Para ver o efeito de não ter a placa de vídeo, mude para o Software modo OpenGL e observar a diferença. Você não precisa de placa gráfica high-end para executar grandes montagens, mas você precisa de uma placa de vídeo CAD (não uma placa de jogo). A maioria dos testes mostram que o desempenho da placa de vídeo não é linear com preço, é interessante um bom equilíbrio entre preço e desempenho. Verifique no site da SolidWorks para verificar se a placa de vídeo que você está usando é certificado e recomendado Rede Quando os arquivos do SolidWorks são abertos através de uma rede, os dados devem ser transferidos a partir da máquina local em vez de iniciar diretamente a partir do disco local. A velocidade com que os dados são transferidos é influenciado por estes fatores: Tamanho de banda de rede Tráfego de rede atual Capacidade de servidor (por exemplo, a velocidade do disco rígido) As configurações de rede Por outro lado, os arquivos locais são acessados diretamente por um aplicativo. Isto é aplicável a outros tipos de arquivos e software, e não apenas do SolidWorks. Se você tem um sistema de PDM ou não, uma rede rápida é importante. Se você não usar um sistema PDM e estão abrindo arquivos através da rede, uma rede lenta e um patamar elevado de tráfego de rede irá reduzir significativamente o processo de projeto. Se você estiver usando um sistema PDM, os arquivos ainda precisam ser verificados dentro e fora do outro lado da rede. Enquanto o carregamento da rede é menos com um sistema PDM do que com a opção de não-pdm, que ainda deve ser uma rede gigabit.

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 2.1 CONCEITO DE BIT O computador só pode identificar a informação através de sua elementar e restrita capacidade de distinguir entre dois estados: 0

Leia mais

Computador. Principais Características

Computador. Principais Características Computador Principais Características DISCO RÍGIDO HD SISTEMAS DE ARQUIVOS - WINDOWS IBM 305 RAMAC Ano 1956 Primeiro HD Um disco rígido ou HD, é um dispositivo composto por uma ou várias lâminas rígidas

Leia mais

Grandes Montagens. Uma grande montagem é qualquer montagem complexa o suficiente para maximizar os recursos do sistema e prejudicar a produtividade.

Grandes Montagens. Uma grande montagem é qualquer montagem complexa o suficiente para maximizar os recursos do sistema e prejudicar a produtividade. Grandes Montagens O que é uma Grande Montagem? Uma grande montagem é qualquer montagem complexa o suficiente para maximizar os recursos do sistema e prejudicar a produtividade. Que fatores afetam o desempenho

Leia mais

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes

Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes Introdução a Informática - 1º semestre AULA 02 Prof. André Moraes 3 MÁQUINAS VIRTUAIS Em nossa aula anterior, fizemos uma breve introdução com uso de máquinas virtuais para emularmos um computador novo

Leia mais

O que é RAID? Tipos de RAID:

O que é RAID? Tipos de RAID: O que é RAID? RAID é a sigla para Redundant Array of Independent Disks. É um conjunto de HD's que funcionam como se fosse um só, isso quer dizer que permite uma tolerância alta contra falhas, pois se um

Leia mais

FAT32 ou NTFS, qual o melhor?

FAT32 ou NTFS, qual o melhor? FAT32 ou NTFS, qual o melhor? Entenda quais as principais diferenças entre eles e qual a melhor escolha O que é um sistema de arquivos? O conceito mais importante sobre este assunto, sem sombra de dúvidas,

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

AULA 5 Sistemas Operacionais

AULA 5 Sistemas Operacionais AULA 5 Sistemas Operacionais Disciplina: Introdução à Informática Professora: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Sistemas Operacionais Conteúdo: Partições Formatação Fragmentação Gerenciamento

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Admistração de Redes de Computadores (ARC)

Admistração de Redes de Computadores (ARC) Admistração de Redes de Computadores (ARC) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Campus São José Prof. Glauco Cardozo glauco.cardozo@ifsc.edu.br RAID é a sigla para Redundant

Leia mais

Introdução. O Windows Server 2003 está dividido em quatro versões:

Introdução. O Windows Server 2003 está dividido em quatro versões: Introdução Este é um tutorial de como Instalar o Windows Server 2003, este é o primeiro de alguns tutoriais que farei para ambientes de servidores Windows. A instalação do Windows Server 2003 segue o mesmo

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Hardware de Computadores

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Hardware de Computadores Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Hardware de Computadores 1 O disco rígido, é um sistema de armazenamento de alta

Leia mais

29/05/2013. Dispositivos de Armazenamento. Armazenamento Magnético. Recuperação de Dados HARDWARE: ARMAZENAMENTO DE DADOS

29/05/2013. Dispositivos de Armazenamento. Armazenamento Magnético. Recuperação de Dados HARDWARE: ARMAZENAMENTO DE DADOS 2 Dispositivos de Armazenamento HARDWARE: ARMAZENAMENTO DE DADOS Armazenam dados quando o computador está desligado Dois processos Escrita de dados Leitura de dados Introdução à Microinformática Prof.

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS II

GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS II GESTÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS II Servidores Definição Servidores História Servidores Tipos Servidores Hardware Servidores Software Evolução do Windows Server Windows Server 2003 Introdução Windows Server

Leia mais

PLANO DE AULA 1 AULA. 01. CURSO: Manutenção de Micro CARGA HORÁRIA: 4 Horas/Aula INSTRUTOR: DANILO BONTEMPO DE MELO ARAÚJO

PLANO DE AULA 1 AULA. 01. CURSO: Manutenção de Micro CARGA HORÁRIA: 4 Horas/Aula INSTRUTOR: DANILO BONTEMPO DE MELO ARAÚJO 1 AULA -Sensibilização e contextualização do programa -Apresentação do Professor e alunos -Apresentação do material didático -Apresentação dos métodos de avaliação -Contrato de Convivência - Gerar Interação

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 Neste item aprenderemos a instalar o Microsoft SQL SERVER 2008 R2 e a fazer o Upgrade de versões anteriores do SQL SERVER 2008 R2. Também veremos as principais

Leia mais

Serial ATA (SATA - Serial Advanced Technology Attachment)

Serial ATA (SATA - Serial Advanced Technology Attachment) Serial ATA (SATA - Serial Advanced Technology Attachment) Introdução Os computadores são constituídos por uma série de tecnologias que atuam em conjunto. Processadores, memórias, chips gráficos, entre

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 6.7 Operações com as Memórias: Já sabemos, conforme anteriormente citado, que é possível realizar duas operações em uma memória: Escrita (write) armazenar informações na memória; Leitura (read) recuperar

Leia mais

Tecnologia de armazenamento Intel (Intel RST) RAID 0, 1, 5, 10, Matrix RAID, RAID -Pronto

Tecnologia de armazenamento Intel (Intel RST) RAID 0, 1, 5, 10, Matrix RAID, RAID -Pronto Tecnologia de armazenamento Intel (Intel RST) RAID 0, 1, 5, 10, Matrix RAID, RAID -Pronto RAID 0 (striping) RAID 0 utiliza os recursos de leitura/gravação duas ou mais unidades de disco trabalhando em

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br Hardware e Software Professor: Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.br Agenda Hardware Definição Tipos Arquitetura Exercícios Software Definição Tipos Distribuição Exercícios 2 Componentesde um

Leia mais

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre 22:59:36 Introdução à Informática com Software Livre 1 22:59:36 O Debian é uma distribuição GNU/Linux desenvolvida abertamente por um grupo mundial de voluntários, no esforço de se produzir um sistema

Leia mais

INTRODUÇÃO BARRAMENTO PCI EXPRESS.

INTRODUÇÃO BARRAMENTO PCI EXPRESS. INTRODUÇÃO BARRAMENTO EXPRESS. O processador se comunica com os outros periféricos do micro através de um caminho de dados chamado barramento. Desde o lançamento do primeiro PC em 1981 até os dias de hoje,

Leia mais

Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro?

Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro? Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro? Existem vários programas para isso, entre eles o Parallels que é pago, o VMWare, o Virtual Box e outros. Hoje vamos abordar o Virtual

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Professor Carlos Muniz Atualizar um driver de hardware que não está funcionando adequadamente Caso tenha um dispositivo de hardware que não esteja funcionando corretamente

Leia mais

Guia do usuário do Seagate Dashboard

Guia do usuário do Seagate Dashboard Guia do usuário do Seagate Dashboard Guia do usuário do Seagate Dashboard 2013 Seagate Technology LLC. Todos os direitos reservados. Seagate, Seagate Technology, o logotipo Wave e FreeAgent são marcas

Leia mais

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express Tecnologia PCI express Introdução O desenvolvimento de computadores cada vez mais rápidos e eficientes é uma necessidade constante. No que se refere ao segmento de computadores pessoais, essa necessidade

Leia mais

RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN DE LIMA, TAMIRES RODRIGUES FERREIRA

RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN DE LIMA, TAMIRES RODRIGUES FERREIRA Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática FRANCIS RODRIGUES JARDIM,MIRIAN BERGMANN

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente Servidor Lista de Preparação de OpenLAB do Data Local Store A.02.01 Objetivo do Procedimento Assegurar que a instalação do Servidor de OpenLAB Data Store pode ser concluída com sucesso por meio de preparação

Leia mais

COMO INSTALAR ZIM 8.50 WINDOWS

COMO INSTALAR ZIM 8.50 WINDOWS ZIM TECHNOLOGIES DO BRASIL COMO INSTALAR ZIM 8.50 WINDOWS Próx Antes de Iniciar O objetivo deste documento é apresentar os passos necessários para instalar a versão mais recente do Zim 8.50 para Windows.

Leia mais

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014.

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. Manual de Instalação Windows XP Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. 1 SUMÁRIO OBJETIVO DO MANUAL:...03 REQUISITOS MÍNIMOS:...03 PROCESSO DE INSTALAÇÃO:...04 3.1 Documentos

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA Você deve ter em mente que este tutorial não vai te gerar dinheiro apenas por você estar lendo, o que você deve fazer e seguir todos os passos

Leia mais

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação.

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação. Novell Linux Desktop www.novell.com 27 de setembro de 2004 INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Bem-vindo(a) ao Novell Linux Desktop O Novell Linux* Desktop (NLD) oferece um ambiente de trabalho estável e seguro equipado

Leia mais

Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows

Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows Software de Tarifação para centrais PABX e ambiente Windows Um tarifador fácil de usar e poderoso. Com o tarifador STI Windows Atenas você poderá controlar os gastos com telefone, reduzir custos e otimizar

Leia mais

MANUAL CFTV DIGITAL - LINHA LIGHT 16 CANAIS 120 FPS / VID 120-LI CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR 16 Canais - 120 FPS Processador Dual Core 2.0GHZ ou superior; Placa Mãe Intel ou Gigabyte com chipset Intel;

Leia mais

Tecnologia e Informática

Tecnologia e Informática Tecnologia e Informática Centro Para Juventude - 2014 Capitulo 1 O que define um computador? O computador será sempre definido pelo modelo de sua CPU, sendo que cada CPU terá um desempenho diferente. Para

Leia mais

Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1

Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1 Adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10.1 Esta adenda ao Guia de Consulta Rápida ZoomText 10 abrange novas funcionalidades e outras alterações específicas ao ZoomText 10.1. Para obter instruções

Leia mais

MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010

MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010 MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES AULA - 5 DESEMPENHO E UPGRADE GRUPO INSTRUTOR MAIO/JUNHO 2010 PRIMEIROS PASSOS LEITOR DE DISQUETE: Não se pode dizer que é inútil, mas nunca vai ser considerado com

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 1) No sistema operacional Microsoft Windows 8, uma forma rápida de acessar o botão liga/desliga é através do atalho: a) Windows + A. b) ALT + C. c) Windows + I. d) CTRL +

Leia mais

Nota de Aplicação. Migrando a base da dados do software ION-GER da maquina servidor. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1.0

Nota de Aplicação. Migrando a base da dados do software ION-GER da maquina servidor. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1.0 Nota de Aplicação Migrando a base da dados do software ION-GER da maquina servidor. Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Especificações técnicas Hardware: Firmware: HX901 HX900 ALL HX600 Software: Versão:

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Gerenciamento de Arquivos e Pastas Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Arquivo Todo e qualquer software ou informação gravada em nosso computador será guardada em uma unidade de disco,

Leia mais

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral

Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Aula 1 Windows Server 2003 Visão Geral Windows 2003 Server Introdução Nessa Aula: É apresentada uma visão rápida e geral do Windows Server 2003. O Foco a partir da próxima aula, será no serviço de Diretórios

Leia mais

Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari amanda@fcav.unesp.br

Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari amanda@fcav.unesp.br Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari amanda@fcav.unesp.br São representações dos números de uma forma consistente. Apresenta uma grande quantidade de números úteis, dando a cada número

Leia mais

6 - Gerência de Dispositivos

6 - Gerência de Dispositivos 1 6 - Gerência de Dispositivos 6.1 Introdução A gerência de dispositivos de entrada/saída é uma das principais e mais complexas funções do sistema operacional. Sua implementação é estruturada através de

Leia mais

Requisitos Mínimos para Navegar no Portal Progredir

Requisitos Mínimos para Navegar no Portal Progredir Requisitos Mínimos para Navegar no Portal MT-411-00001-4 Última Atualização : 04/07/2013 Requisitos Mínimos para Navegar no Portal Objetivo: Este documento tem como objetivo disponibilizar informações

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA 2.1 Desfragmentador de Disco (DFRG.MSC): Examina unidades de disco para efetuar a desfragmentação. Quando uma unidade está fragmentada, arquivos grandes

Leia mais

MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES II

MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES II MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES II Introdução Muitos itens de hardware possuem ferramentas de manutenção que podem ser acionadas via software Ações comuns que um software pode executar para melhorar o desempenho

Leia mais

Sistema de Validação E-A-Rfit 3M. Guia de instalação Versão 4.1 (Atualização) Líder no Progresso da Conservação Auditiva

Sistema de Validação E-A-Rfit 3M. Guia de instalação Versão 4.1 (Atualização) Líder no Progresso da Conservação Auditiva Sistema de Validação E-A-Rfit 3M Guia de instalação Versão 4.1 (Atualização) Líder no Progresso da Conservação Auditiva Importante! Leia antes Este guia de upgrade destina-se ao uso por parte de usuários

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

GUIA DE VENDAS: Pontos para iniciar a conversa. Respostas comuns e contra-argumentos. Visão geral dos produtos SSHD

GUIA DE VENDAS: Pontos para iniciar a conversa. Respostas comuns e contra-argumentos. Visão geral dos produtos SSHD GUIA DE VENDAS: discos híbridos de estado sólido (sshd) da seagate Este guia de vendas interativo expõe os desafios computacionais dos seus clientes e traz ideias de como você pode estabelecer um diálogo

Leia mais

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - MILLENNIUM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Requisitos... 3 3. Diretório do Millennium... 3 4. Procedimento para Transferência de Servidor... 3 4.1 Compartilhamento

Leia mais

O RVSToolKit é uma ferramenta que permite a configuração dos parâmetros do Rastrear Light utilizando uma porta serial do computador.

O RVSToolKit é uma ferramenta que permite a configuração dos parâmetros do Rastrear Light utilizando uma porta serial do computador. 1 ÍNDICE Introdução... 2 Instalação RVSToolKit... 3 Acessando o RVSToolKit... 4 Acesso ao modo de alteração de dados... 6 Opções do RVSToolKit... 7 1 INTRODUÇÃO 1.1 FERRAMENTO RVSTOOLKIT O RVSToolKit é

Leia mais

Asset Inventory Service (AIS)

Asset Inventory Service (AIS) Asset Inventory Service (AIS) Última revisão feita em 02 de Setembro de 2008. Objetivo Neste artigo veremos detalhes sobre o Asset Inventory Service (AIS), um serviço disponível através do System Center

Leia mais

Arquitetura. Sistemas Operacionais. Ementa. Sistemas 32 bits x Sistemas 64 Bits. Arquitetura de S.O. 32 Bits X 64 Bits. Qual a diferença?

Arquitetura. Sistemas Operacionais. Ementa. Sistemas 32 bits x Sistemas 64 Bits. Arquitetura de S.O. 32 Bits X 64 Bits. Qual a diferença? Arquitetura de Ementa Sistemas 32 bits x Sistemas 64 Bits Sistemas Operacionais PROF. FABRÍCIO ALESSI STEINMACHER Arquitetura de S.O 32 Bits X 64 Bits Qual a diferença? NO QUE SE REFERE AOS BITS E BYTES,

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Máquinas Virtuais com o VirtualBox

Máquinas Virtuais com o VirtualBox Máquinas Virtuais com o VirtualBox Marcos Elias Picão www.explorando.com.br No exemplo: Windows XP dentro do Windows 7 Você pode compartilhar livremente sem interesses comerciais, desde que não modifique.

Leia mais

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA Os requisitos mínimos para possuir o software é memoria de 64 MB, disco rígido de 20 MB processador a partir do Pentium 2 em diante e navegador internet Explorer

Leia mais

Verificando os componentes

Verificando os componentes PPC-4542-01PT Agradecemos a aquisição do scanner de imagem em cores fi-65f. Este manual descreve os preparativos necessários para o uso deste produto. Siga os procedimentos aqui descritos. Certifique-se

Leia mais

Placas Adaptadoras e montagem de Redes

Placas Adaptadoras e montagem de Redes Placas Adaptadoras e montagem de Redes Objetivos da aula: 1 - Descrever a função da placa adaptadora de rede em uma rede. 2 - Descrever as opções de configuração para placas adaptadoras de rede. 3 - Listar

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

Fundamentos de Hardware

Fundamentos de Hardware Fundamentos de Hardware Unidade 8 - Periféricos de armazenamento Curso Técnico em Informática SUMÁRIO PERIFÉRICOS DE ARMAZENAMENTO... 3 DISCO RÍGIDO (HD)... 3 TECNOLOGIAS DE TRANSFERÊNCIA... 3 IDE/ATA/PATA...

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Player

Manual do usuário. Mobile Player Manual do usuário Mobile Player Mobile Player Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio Memórias Memória: é o componente de um sistema de computação cuja função é armazenar informações que são, foram ou serão manipuladas pelo sistema. Em outras

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104

MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 MANUAL DE INSTALAÇÃO DVR-USB ST-104 Obrigado por escolher o DVR USB ST-104 DIMY S. Por favor, certifique-se que a operação do produto esta de acordo com este manual para garantir a estabilidade do sistema

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO PARA DRIVER DE COMUNICAÇÃO USB Versão 2.0 IF ST120 IF ST200 IF ST 2000 IF ST 2500

GUIA DE INSTALAÇÃO PARA DRIVER DE COMUNICAÇÃO USB Versão 2.0 IF ST120 IF ST200 IF ST 2000 IF ST 2500 GUIA DE INSTALAÇÃO PARA DRIVER DE COMUNICAÇÃO USB Versão 2.0 IF ST120 IF ST200 IF ST 2000 IF ST 2500 JANEIRO 2012 Sumário Introdução...3 Preparativos para a instalação...3 Instalação no Windows 98...4

Leia mais

Desempenho do Pervasive PSQL v10. Principais Recursos de Desempenho do Pervasive PSQL. Pervasive PSQL v10 White Paper

Desempenho do Pervasive PSQL v10. Principais Recursos de Desempenho do Pervasive PSQL. Pervasive PSQL v10 White Paper Desempenho do Pervasive PSQL v10 Principais Recursos de Desempenho do Pervasive PSQL Pervasive PSQL v10 White Paper Junho de 2008 CONTEÚDO Introdução...3 Desempenho básico: mais memória e menos disco e

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 Guia de Instalação Rápida 20047221 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes da instalação Sobre a conta de serviço do

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Placa Mãe Dispositivos (Onboard) São aqueles encontrados na própria Placa Mãe. Ex: Rede, Som, Vídeo e etc... Prof. Luiz

Leia mais

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center O software descrito neste documento é fornecido sob um contrato de licença e pode ser usado

Leia mais

Requisitos dos postos de usuário para utilizar os aplicativos da Adquira

Requisitos dos postos de usuário para utilizar os aplicativos da Adquira Requisitos dos postos de usuário para utilizar os aplicativos da Adquira 30/08/2007 Autor: Carlos Torrijos Martín Versão 1.10 1.- Introdução 3 2.- Requisitos Hardware dos equipamentos 4 3.- Requisitos

Leia mais

Guia de Iniciação Rápida

Guia de Iniciação Rápida Guia de Iniciação Rápida http://www.geovision.com.tw V8.3.3 2010 GeoVision, Inc. Todos os direitos reservados. Todos os produtos GeoVision são manufaturados em Taiwan. 2010/03 Portuguese NVRV833-A 1 Introdução

Leia mais

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR Por: Pedro ( Lan House Viagem Virtual ) Sacie sua fome de conhecimento, veja em ordem alfabética os principais termos sobre hardware. Como muitos devem saber, os computadores

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ESTRUTURA DE DIRETÓRIOS LINUX... 3 SISTEMA DE ARQUIVOS E PARTICIONAMENTO...

Leia mais

Guia de início rápido do Powersuite

Guia de início rápido do Powersuite 2013 Ajuste e cuide do desempenho de seu computador com um aplicativo poderoso e ágil. Baixando e instalando o Powersuite É fácil baixar e instalar o Powersuite geralmente, demora menos de um minuto. Para

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Backup rápido, Recuperação rápida

Backup rápido, Recuperação rápida Backup & Recovery Backup rápido, Recuperação rápida Apresentamos o premiado sistema de aplicação de dados e de solução para recuperação em ambientes físicos e virtuais. StorageCraft oferece um pacote de

Leia mais

SOLO NETWORK. Backup & Recovery

SOLO NETWORK. Backup & Recovery Backup & Recovery Backup rápido, Recuperação rápida Apresentamos o premiado sistema de aplicação de dados e de solução para recuperação em ambientes físicos e virtuais. StorageCraft oferece um pacote de

Leia mais

Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

Como fazer Backup. Previna-se contra acidentes no disco rígido

Como fazer Backup. Previna-se contra acidentes no disco rígido Como fazer Backup Previna-se contra acidentes no disco rígido Vocês já imaginaram se, de uma hora para outra, todo o conteúdo do disco rígido desaparecer? Parece pesadelo? Pois isso não é uma coisa tão

Leia mais

Manual AGENDA DE BACKUP

Manual AGENDA DE BACKUP Gemelo Backup Online DESKTOP Manual AGENDA DE BACKUP Realiza seus backups de maneira automática. Você só programa os dias e horas em que serão efetuados. A única coisa que você deve fazer é manter seu

Leia mais

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows

Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows INE 5223 Sistemas Operacionais Noções sobre sistemas operacionais, funcionamento, recursos básicos Windows Baseado no material de André Wüst Zibetti Objetivos Obter noções básicas sobre o funcionamento

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES MÓDULO 10

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES MÓDULO 10 ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES MÓDULO 10 Índice 1. A Organização do Computador - Continuação...3 1.1. Memória Primária - II... 3 1.1.1. Memória cache... 3 1.2. Memória Secundária... 3 1.2.1. Hierarquias de

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br Capture Pro Software Guia de referência A-61640_pt-br Iniciando o Kodak Capture Pro Software Este guia foi projetado para fornecer instruções simples para início rápido, incluindo a instalação e a inicialização

Leia mais

IBM Security SiteProtector System Guia de Instalação

IBM Security SiteProtector System Guia de Instalação IBM Security IBM Security SiteProtector System Guia de Instalação Versão 3.0 Nota Antes de usar estas informações e o produto suportado por elas, leia as informações em Avisos na página 71. Esta edição

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Introdução a microinformática William S. Rodrigues HARDWARE BÁSICO O hardware é a parte física do computador. Em complemento ao hardware, o software é a parte lógica, ou seja,

Leia mais

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox System Technology Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox Weslley Barboza Tutorial para instalação de uma maquina virtual com dual boot utilizando Windows XP Professional

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas PROCESSADORES DE 64 BITS X PROCESSADORES DE 32 BITS José Vitor Nogueira Santos FT2-0749 Mealhada, 2009 Introdução

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 7 INTRODUÇÃO À REDES PONTO A PONTO = PARTE 1:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Montando Redes Ponto-a-Ponto... 3 1.2.1 Parte lógica... 3 1.2.2 Escolhendo o sistema operacional... 3 1.2.3 Instalação

Leia mais

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - SLIM

GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - SLIM GUIA MUDANÇA E FORMATAÇÃO DE SERVIDOR - SLIM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Requisitos... 3 3. Diretório do Slim... 3 4. Procedimento para Transferência de Servidor... 3 4.1 Compartilhamento da

Leia mais

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário

Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0. Ajuda ao Usuário Versão 2.2.0 PIMACO AUTOADESIVOS LTDA. Assistente Pimaco + 2.2.0 Ajuda ao Usuário A S S I S T E N T E P I M A C O + 2.2.0 Ajuda ao usuário Índice 1. BÁSICO 1 1. INICIANDO O APLICATIVO 2 2. O AMBIENTE DE

Leia mais

Comparativo de desempenho do Pervasive PSQL v11

Comparativo de desempenho do Pervasive PSQL v11 Comparativo de desempenho do Pervasive PSQL v11 Um artigo Pervasive PSQL Setembro de 2010 Conteúdo Resumo executivo... 3 O impacto das novas arquiteturas de hardware nos aplicativos... 3 O projeto do Pervasive

Leia mais

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR ÍNDICE DESCRIÇÃO................................................. PÁG. 1 - Configuração necessária para o bom funcionamento................... 03 2

Leia mais