DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º PERÍODO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º PERÍODO"

Transcrição

1 CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º PERÍODO

2 1. DISCIPLINA: CONTABILIDADE BÁSICA PRÉ-REQUISITO: - Noções Históricas. Campo de Atuação da Contabilidade. Estudo do Patrimônio. Noções de Débito, Crédito e Equidade Patrimonial. Contas. Grupo de Contas. Noções de Princípios Contábeis. Fatos Contábeis. Procedimentos Contábeis Básicos. Escrituração. Balancete de Verificação. Identificar o espaço científico da Contabilidade e suas linhas de investigação. Justificar a importância da Contabilidade Básica e sua aplicação no sistema empresarial. Racionalizar as tarefas relativas ao estudo e as técnicas, de modo a permitir ao aluno a organização do trabalho nas Ciências Contábeis, a partir do levantamento de bibliografia pertinente. GOUVEIA, Nelson/MCGRANHILL - Contabilidade Básica HERRMANN, Frederico. - Contabilidade Superior. Editora Atlas IUDÍCIBUS, Sérgio - Teoria da Contabilidade. Editora Atlas PRAGA, Hugo Rocha- Demonstrações Financeiras, Estrutura, Análise e Interpretação. Editora Atlas. Equipe de Professores da USP - Contabilidade Introdutória. Atlas. Equipe da FES/USP - Contabilidade Intermediária. Editora Atlas. Normas da Profissão Contábil - CFC Resolução CFC n.º 560/83 Revista Brasileira de Contabilidade - CFC Revista do CRC - Rio Grande do Sul Boletim do IBRACON Temática Contábil do IOB 1. DISCIPLINA: TÓPICOS DE MATEMÁTICA PRÉ-REQUISITO: - Progressão Aritmética. Progressão Geométrica. Matrizes.

3 2. OBJETIVOS 2.1 Gerais: Determinantes. Sistemas Lineares. Binômio de Newton. Análise Combinatória. Reconhecer a Matemática como um instrumento das Ciências Exatas que expressa os resultados, relacionando-a com a atividade do Bacharel em Ciências Contábeis. 2.2 Específicos: Gerar resultados legais próprios e típicos da técnica, com base nas regras da atividade, considerando a norma padrão e as demais variedades; BIANCHINE, Edwaldo, 1935 Matemática, 2, 1ª ed. São Paulo: Moderna, IEZZI, Gelson Fundamentos de matemática elementar São Paulo: Atual, DE PIERRO NETO, Scipione Matemática 2º grau São Paulo Scipione Autores Editores, GIOVANNI, José Ruy Matemática 2º grau São Paulo: Editora F.T.D. S.A. TEIXEIRA, Vicenzo e outros Aulas práticas de matemática São Paulo: Editora Ática S.A DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO PRÉ-REQUISITO: - Escolas Clássicas, suas Origens e Princípios: Abordagem Weberiana, Abordagem Científica e Abordagem da Organização Administrativa. Escola Neoclássica: de Relações Humanas, Abordagem Comportamental e Abordagem Estruturalista. Processo Administrativo. Organização como Sistema. Objetivos e Produtos da Organização. 2. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: DAFT, Richard. Administração. Rio de Janeiro: LTC, MAXIMIANO, Antônio C. Amaru. Introdução à Administração. 6.ed. São Paulo: Atlas, COMPLEMETAR: LACOMBE, Francisco José Masset; HEILBORN, Gilberto Luiz José. Administração: princípios e tendência. São Paulo: Saraiva, 2008.

4 SOBRAL, Felipe: PECI, Alketa. Administração: teoria e prática no contexto brasileiro. São Paulo: Pearson, DISCIPLINA: FILOSOFIA DA CIÊNCIA PRÉ-REQUISITO: Contabilidade Básica Conhecimento. Demarcação Cientifica Leis Cientificas Teorias Cientificas Métodos Objetividade Buscar, compreender a problemática das ciências e ou humanas no que diz respeito em primeiro lugar, ao homem como objetivo cientifico, em segundo lugar, a imposição do método das ciências naturais como paradigma às ciências humanas e, em terceiro lugar, a ruptura e epistemológica advinha com concepção de Marx e Weber sobre sociedade e economia. BOCHENSKI, J..M. A Filosofia Contemporânea Ocidental 3 edição EPU/EDUSP São Paulo, CHÂTELET, François. A Filosofia Das Ciências Sociais. História da filosofia, vol. 07, Zahar, Rio de Janeiro, CHAUÍ, M. Convite à Filosofia. Editora Ática são Paulo, COMITE, Auguste. Curso de Filosofia Positiva. Coleção os pensadores, Abril Cultural, São Paulo, DUKHEIM, Émile. As Regras do Método Sociológico. Coleção os pensadores. Abril Cultural, São Paulo FOUCAUT, Michael.As Palavras E As Coisas. 3 edição, Martins Fontes, São Paulo, FREUD, julien. Sociologia de Max weber. 3 ed. Forense Universitário Rio de Janeiro GOLDMANN, lucien.ciências Humanas e Filosofia 8 ed. DIFEL, São Paulo, GRANGER, G.Logica e Filosofia das Ciências. Editores Melhoramentos. São Paulo, parte, capítulos: I, II, VII. MARX, Karl.Contribuição à Critica da Economia Política. (Prefácio) Martins

5 Fontes. MACHADO, Roberto. Ciência e Saber. Graal, Rio de Janeiro, OLIVEIRA, M.R. Técnica E Ciência Entre Os Gregos. Cad Hist. Fil. Ci, Campinas serie 3.2. OLIVEIRA, R.C. O Nascimento Da Ciência Moderna. São Luis DISCIPLINA: Métodos e Técnicas de Estudos e Pesquisas Bibliográficas PRÉ-REQUISITO: - Crédito: C/OBR Universidade e o Universitário. A Sistematização das Técnicas de Estudo. A Biblioteca como Recurso de Informação. Pesquisa Bibliográfica. Normalização de Trabalhos Técnicos- Científicos. Racionalizar as tarefas relativas ao estudo e às técnicas de pesquisa bibliográfica, de modo a permitir ao aluno a organização do trabalho científico, a partir do levantamento da literatura pertinente. ALMEIDA JÚNIOR, João Batista de. O estudo como forma de pesquisa. In: CARVALHO, Maria Cecília M. de Construindo o saber: metodologia científica, fundamentos e técnicas. 3.ed. Campinas, São Paulo: Papirus, 178p. segunda parte, Cap. I ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Comissão do Estudo de Documentação. NBR Referências Bibliográficas. Rio de Janeiro, p. CERVO, Amado Luiz, BERVIAN, Pedro Alcino. Metodologia Científica, para uso dos estudantes universitários. 3. ED. São Paulo: McGraw- Hill do Brasil, p. FAVERO, Maria de Lourdes. Reflexão sobre a universidade na sociedade atual. Revista de Cultura Vozes. Petrópolis, v. 69, n. 59, p , ago FERNANDES, Florestan. Universidade brasileira: reforma ou revolução? 2. ed. ver. ampl. São Paulo: Alfa Omega, p. FERREIRA, Lusimar Silva, FERRO, Rubem Rodrigues. Técnicas de pesquisa bibliográfica e de elaboração de monografias. São Luís: APBLM, p.

6 FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra, p. FURLAN, Vera Irma. Estudo de textos teóricos. In: CARVALHO, Maria Cecília M. de. Construindo o saber: metodologia científica, fundamentos e técnicas. 3. Ed. Campinas, São Paulo: Papirus, p. Segunda parte, Cap. 2, p GALLIANO, Guilherme. O método científico: teoria e prática. São Paulo, p. LAKATOS, Eva Maria, MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho científico. 2. Ed. São Paulo: Atlas, p. LUCKESI, Cipriano. Fazer universidade: uma proposta metodológica. 2. Ed. São Paulo: Cortez, p. MARCONI, Marina de Andrade, LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Atlas, p. MORGAN, C. Thomas, DEESE, James. Como estudar. 12. Ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, p. MORAES, Ignez Navarro de. Educação brasileira: uma nova lei de diretrizes e bases. Universidade e Sociedade. Brasília, v.1, n.1, p , fev NAHUZ, Cecília dos Santos, FERREIRA, Lusimar Silva. Manual para normalização de monografias. São Luís: CORSUP/ EDUFMA p. RUIZ, João Álvaro. Metodologia científica: guia para eficiência nos estudos. 2. Ed. São Paulo: Atlas, p. SALOMON, Délcio Vieira. Como fazer uma monografia: elementos de metodologia de trabalho científico. 5. Ed. Belo Horizonte: Inter Livros, p.

7 2º PERÍODO

8 1. DISCIPLINA: CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA PRÉ-REQUISITO: Contabilidade Básica Aprofundamento do Estudo de Contabilidade Básica. Estudo e Registro das Operações Típicas de Empresas. Conciliação de Contas. Sistema de Inventário. Contas Retificadoras do Patrimônio. Diferimento. Provisões. Reservas. Contas de Resultados. Demonstrações Contábeis. Ao final da disciplina os alunos deverão ter assimilado conhecimentos suficientes, que lhes permitam conhecer os procedimentos contábeis, orientados pela doutrina e Normas Brasileiras de Contabilidade para elaboração das demonstrações contábeis. - BÁSICA IUDÍCIBUS, Sérgio; MARTINS, Eliseu; GELBCKE, Ernesto Rubens. Manual de Contabilidade por ações: aplicável também as demais sociedades. São Paulo. Atlas, PADOVEZE, Clóvis Luis. Manual de Contabilidade Básica. 6º edição. São Paulo: Atlas, COMPLEMENTAR BRASIL. Lei das Sociedades por ações: Lei nº , de FERRARI, Ed Luiz. Contabilidade Geral. 8ª edição. Rio de Janeiro: Elsevier, INSTRUÇÃO NORMATIVA MPS/SRP Nº 3, DE 14 DE JULHO DE DOU DE 15/07/2005. IUDÍCIBUS, Sérgio e outros. Contabilidade introdutória. São Paulo. Atlas. IUDÍCIBUS, Sérgio; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial. 7ª edição. São Paulo: Atlas, IUDÍCIBUS, Sérgio; MARION, José Carlos. Curso de Contabilidade para não contadores. 5ª edição. São Paulo: Atlas, MARION, Carlos José. Contabilidade Básica. 8ª edição. São Paulo: Atlas, MARTINS, Sérgio Pinto. CLT universitária. 8º edição. São Paulo: Atlas, MULLER, Aderbal Nicolas. Contabilidade Básica: Fundamentos essenciais. São Paulo: Pearson, NAGATSUKA, Divane Alves da Silva; TELES, Egberto Lucena. Manual de

9 Contabilidade introdutória São Paulo: Thomson, OLIVEIRA, Luís Martins de (et al). Manual de contabilidade tributária: textos e testes com as respostas. São Paulo: Atlas, OLIVEIRA, Aristeu de. Manual de prática trabalhista. São Paulo: Atlas, PADOVEZE, Clóvis Luis. Manual de Contabilidade Básica. 6º edição. São Paulo: Atlas, Regulamento do Imposto de Renda - RIR/99 (Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999) que regulamenta a tributação, fiscalização, arrecadação e administração do imposto sobre a Renda e proventos de qualquer natureza. RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Geral Fácil. 5ª edição. São Paulo: Saraiva, SCHMIDT, Paulo; SANTOS, José Luiz dos; GOMES, José Mário Matsumura. Contabilidade Intermediária. São Paulo: Atlas, SOUZA, Lílian Castro de. Direito Previdenciário. 3ª edição. São Paulo, DISCIPLINA: INSTITUIÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO PRÉ-REQUISITO: - Conhecimento as Principais Instituições Jurídicas na Órbita do Direito Público e Privado. Generalidades Fundamentais do Direito Público e Privado. Personalidade. Capacidade e Estado. Direito Constitucional. Direito e as Modernas Correntes no Campo Social e Econômico. Direito Administrativo e suas Aplicações. Direito Penal. 2. BIBLIOGRAFIA MONTEIRO, Washington de Barro. Curso de Direito Civil. Saraiva. São Paulo. REALE, Miguel. Lições Preliminares do Direito. Ed. José Bushatsky. São Paulo. SOUTO, Maria Stella Vilela. ABC do Direito Penal. Forense. Rio de Janeiro. OLIVEIRA, Edomir Martins de. Elementos do Direito. Ed. José Bushatsky. São Paulo. 1. DISCIPLINA: MATEMÁTICA PRÉ-REQUISITO: Tópicos de Matemática

10 Funções. Limites. Continuidade. Derivada. Integrais. Demonstrar conhecimentos sobre os conceitos fundamentais da Matemática relacionando-os com os conceitos básicos da lógica. Revelar capacidade criadora e de raciocínio através da apresentação de situações e da resolução de problemas ligados aos conhecimentos da Matemática. WEBER, J. E. Matemática para Economia e Administração. São Paulo. Ed. Harper & Rom do Brasil, 3ª ed IEZZI, G. e outros. Fundamentos de matemática elementar. São Paulo. Ed. Atual Ltda., 5ª ed. 1994, volumes: 1,4 e 8 SILVA, S. M. Matemática para os cursos de Economia, Administração e Ciências Contábeis. São Paulo. Ed. Atlas S/ª 3ª ed JÚNIOR, Oscar Gonçalves. Matemática por assunto. Ed. Scipione. 1ª ed. 1992, volumes: 1, 5 e DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA PRÉ-REQUISITO: - O Surgimento da Economia Política e a Consolidação do Capitalismo. Noções Sobre o Funcionamento do Mercado. Teoria Monetária. Produção e Repartição do Produto no Sistema Econômico. A Função de Estado. Relações Internacionais. Noções Sobre Inflação. Visão Micro e Macro Econômica Aplicada às Ciências Contábeis. Apresentar as principais noções referentes à formação do sistema capitalista e seu funcionamento aos alunos de introdução à economia matriculadas noutros cursos, exceto economia. 3. BIBLIOGRAFIA BASTOS, Vânia Lomônaco. Para entender a economia Capitalista. Ed. Forense

11 Universitária 2ª edição, Rio de Janeiro. SCHWART, Gilson. Decifre a Economia. Ed. Saraiva - 2ª edição, 1991, São Paulo. SINGER, Paul. O Capitalismo, sua evolução, sua lógica e sua dinâmica. Ed. Moderna 8ª edição, 1991, São Paulo. Curso de Introdução à Economia. Ed. Forense Universitária, 4ª edição, 1978, Rio de Janeiro. LANGE, Oskar. Moderna Economia Política. Ed. Vértice Universitária , São Paulo. CASTRO, A & LESSA,C. Introdução à Economia - Ima abordagem estruturalista. Ed. Forense Universitária, 15ª edição, 1974, Rio de Janeiro. Manual de Introdução à Economia. FEA/USP - Equipe de professores, Ed. Saraiva, 1983, São Paulo. NAPOLEONI, Cláudio. Curso de Economia Política. Ed. Graal , Rio de Janeiro. BRUNHOFF, Suzanne de. A Moeda de Marx. Ed. Paz e Terra, 1978, Rio de Janeiro. 1. DISCIPLINA: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL PRÉ-REQUISITO: - A Psicologia na Âmbito da Ciência. Personalidade e Motivação. O Indivíduo e o Grupo, a Organização e a Ação Administrativa. Identificar o espaço científico da Psicologia e suas linhas de investigação. Justificar a importância da Teoria Psicológica e sua aplicação na Administração. BERGAMIN, C. W. Motivação. São Paulo: Atlas, Psicologia do comportamento organizacional. São Paulo: Atlas, BOWDITCH, J. L. & BUONO, A. F. Elementos do comportamento humano. São Paulo: Pioneira, CHANLAT, J. F. et al. O indivíduo na organização: dimensões esquecidas. São Paulo: Atlas, DEJOURS, C. et al. Psicodinâmica do trabalho. São Paulo: Atlas, FREITAS, A. B. A Psicologia, o homem e a empresa. São Paulo: Atlas, 1991.

12 MINICUCE, A. Psicologia aplicada à administração. São Paulo: Atlas, Relações humanas: Psicologia das relações interpessoais. São Paulo: Atlas, Técnica de trabalho em grupo. São Paulo: Atlas, MOSCOVICI, F. Desenvolvimento interpessoal. Rio de Janeiro: Prentice Hall, KOLB, D. A. & RUBIN, I. Psicologia organizacional: uma abordagem vivencial. São Paulo: Atlas, OLIVEIRA, M. A. G. Análise transacional na empresa. São Paulo: Atlas, KANAANE R. COMPTº. Humanos nas organizações. São Paulo: Atlas, 1995.

13 3º PERÍODO

14 1. DISCIPLINA: CONTABILIDADE RURAL PRÉ-REQUISITO: Contabilidade Básica A Empresa Rural e suas Características. Elementos Naturais e Acessórios. Registros Agropecuários e Agro-industriais. Registros de Operações Típicas. Demonstrações e Informações Contábeis. Tributação: IPTR, IRPJ etc. Possibilitar ao aluno perfeito conhecimento das aplicações da contabilidade ao setor primário da economia, especialmente na agricultura e na agro- indústria. Objetiva ainda, fornecer informações sobre as características e especificidades da empresa agrícola, seu funcionamento, planificação orçamentária e contábil, bem como, sobre o fluxo documental referente às atividades agrícolas, apuração de resultado, demonstrações contábeis, incluindo ainda aspectos tributários relativos ao Imposto de Renda. MARION, José Carlos - Contabilidade Rural-1ª edição - São Paulo Editora Atlas S/A VALLE, Francisco e ALOE, Armando - Contabilidade Agrícola Editora Atlas S/A D'AMORE, Domingos e CASTRO, Adaucto de Sousa - Contabilidade Literárias S/A. RECH, Artur - Contabilidade Agrícola - Livraria Sulina - RS. KESTER, Roy B. Contabilidade Teoria y Práctica - Tomo III. Contabilidade Aplicada Cap. VII, 2ª edição Barcelona. Editora Labor S/A, SILVA, Orbílio Pereira da - Administração Rural com Fundamento na Contabilidade Agrícola. Editora Maciel Ltda. - Belo Horizonte - MG. CARNEIRO, Erymá - Contabilidade Rural - Edições Financeiras S/A D'AURIA, Francisco-Contabilidade Rural-4ª edição-são Paulo Cia. Editora Nacional,1956. CARVALHO, Carlos de - Contabilidade Agrícola - Editora Anhanguera S/A.

15 1. DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL PRÉ-REQUISITO: Instituições de Direito Público e Privado 2. BIBLIOGRAFIA Código Comercial Lei de falências Evolução do Direito Comercial e seus Institutos Básicos: A Empresa e os empresários, os Registros Públicos, o Comerciante, as Obrigações e os Auxiliares do Comércio, as Instituições e as Sociedades Comerciais em Geral. Livros Comerciais. Títulos de Créditos. Atos do comércio. Comerciante. Direito Filamentar. A nova Lei das Sociedades Anônimas (Lei n.º 6.404/76) MACEDO, Gastão A. Curso de Direito Comercial REQUIÃO, Rubens. Curso de Direito Comercial MARTINS, Fran. Curso de Direito Comercial MIRANDA Jr. Darcy Arruda de. Curso de Direito Comercial BULGARELLI, Waldirio - Direito Comercial GARCIA, Ayrton. Curso de Direito Comercial 1. DISCIPLINA: ESTATÍSTICA I PRÉ-REQUISITO: Matemática 2. BIBLIOGRAFIA Conceitos Estatísticos. Obtenção de Dados Estatísticos. Representação Tabular e Gráfico dos Dados. Distribuição de Freqüência. Medidas de Tendência Central e de Dispersão. Números Índices. Deflação de Séries Temporais. Correlação e Regressão Lineares Simples. VIEIRA, Sônia & Hoffmann. Elementos de estatística, São Paulo, 1986, Editora

16 Atlas. AZEVEDO, Amilcar Gomes & CAMPOS, Paulo Henrique Borges, Estatística Básica, São Paulo, ed. Livro Técnico e Científico. ROCHA, Marcus Vinícius. Curso de estatística, 3ª edição, IBGE. GATTI, Bernardete A. & FERES, Nagibi Lima. Estatística Básica para Ciências Humanas. São Paulo ed. Alfa Omega. STONE, Hoel Port. Introdução ao estudo de probabilidade, ed. Interciência. Rio de Janeiro. SPIEGEL, Murray R. Estatística. Ao livro técnico S.A. Rio de Janeiro. LIPSCHUTE, Saymour. Probabilidade. NC GRAW HILL, Coleção Schaw. SOARES, José Roberto. Apostila "Curso de Estatística" São Luís- MA. PARZEN, Manoel. Teoria moderna de probabilidade e suas aplicações, ed. LIMUSA, México, STEVESSON, William. Estatística Aplicada a Administração. Ed. HARPER & Row do Brasil, São Paulo, DISCIPLINA: SOCIOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES PRÉ-REQUISITO: Introdução. Principais teorias e conceitos. Individuo e sociedade. Estrutura e dinâmica social. A sociologia e as organizações e a burocracia, o Processo de burocratização da sociedade brasileira. 2. OBJETIVOS Gerais Reconhecer a língua portuguesa como instrumento de comunicação e expressão humana, relacionando-s com atividade do licenciado em Ciências Contábeis. Objetivo especifico Gerar seqüências lingüísticas gramaticais próprias e típicas da Língua Portuguesa, com base nas regras da língua, considerando a norma padrão e as demais variedades; Diferenciar a partir de textos dados, os vários tipos de textos reconhecendo suas características fundamentais;redigir os mais vários tipos de textos, considerando os modos de organização do discurso;desenvolver a capacidade de compreender e produzir textos nas mais variadas situações de comunicação.

17 ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociólogo. 4ª ed.. São Paulo: Martins Fonte, CORIAT, Benjamim. Pensar pelo avesso: o modelo japonês de trabalho e organização. Rio de Janeiro: Ed. Da UFRJ/ Revan, CROZIER, Michel. A sociedade bloqueada. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, CUIN, Charles-Henry & GRESLE, François. História da Sociologia. São Paulo: Ed. Ensaio, BIRNBAUM, Pierre & CHAZEL, F. (org.) Teoria Sociológica. São Paulo: Hucitec, BRAVERMAN, Harry. Trabalho e capital monopolista: a degradação do trabalho no século XX. Rio de Janeiro: Zahar editores, DINIZ, Eli & BOSCHI, Renato R. Empresariado Nacional e Estado no Brasil. Rio de Janeiro: Forense Universitária, (Coleção Brasil-Análise & Crítica). DRAIBE, Sônia. Rumos e Metamorfoses: estado e industrialização no Brasil ( ). São Paulo: Paz e Terra, FAORO, Raymundo. Os donos do poder: formação do patrono político brasileiro. 10ª ed. São Paulo: Globo, volumes. FLEURY, Maria T. L. & FISCHER, Rosa M. (org.) Cultura e poder nas organizações. São Paulo: Atlas, GIDDENS, Anthony. Sociologia: uma breve porém crítica introdução. Zahar Editores: Rio de Janeiro, HAGUETTE, Teresa M. F. Metodologia Qualitativas na Sociologia. 3ª ed. Petrópolis: Vozes, HOBSBAWM, Eric J. A era das revoluções: Europa ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, Era dos extremos: o breve século XX ( ). São Paulo: Companhia das Letras,. LOJKINE, Jean. A revolução informacional. São Paulo: Cortez, MARTINS, Carlos E. Tecnocracia e Capitalismo: a política dos técnicos no Brasil. São Paulo: Brasiliense/ CEBRAP, 1974.

18 MARTINS, José de S. & FORACCHI, Marialice M (org.) Sociologia e Sociedade (leitura de Introdução à Sociologia). 12ª ed. Rio de Janeiro: Livros técnicos e científicos Editora S/A, MARTNS, Luciano. Estado capitalista e burocracia no Brasil pós-64. Rio de Janeiro: Paz e Terra, MOTTA, Fernando C. P. & PEREIRA, Luiz C. B. Introdução à organização burocrática. 7ª ed. São Paulo: Brasiliense, MOTTA, Fernando C. P. Organização e Poder: empresas, estado e escola. São Paulo: Atlas, PEREIRA, Luiz Carlos B. A sociedade estatal e a tecnoburocracia. 2ª ed. São Paulo, SAES, Décio. A formação do estado burguês no Brasil ( ). 2ª ed. São Paulo: Paz e Terra, TRAGTENBERG, Mauricio. Burocracia e Ideologia. São Paulo: ed. Ática, VALLADARES, Lícia & COELHO, Magda P. (org) Governabilidade e Pobreza no Brasil. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. 6ª ed. São Paulo: Biblioteca Pioneira de Ciências Sociais, Parlamento e governo na Alemanha reordenada: criticado funcionalismo e da natureza dos partidos. Petrópolis: Vozes Economia e Sociedade: fundamentos de sociologia compreensiva. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, Volume DISCIPLINA: PORTUGUÊS INSTRUMENTAL PRÉ-REQUISITO: - Estudo das Estruturas Básicas da Língua Portuguesa. Estudo do Parágrafo. Redação e Leitura de Textos Relacionado às Àreas das Ciências Contábeis: Tipos e Formas de Conteúdo. Elaboração de Relatórios. Ortografia: Acentuação e Grafia das Palavras. Pontuação.

19 2. OBJETIVOS 2.1 Gerais: Reconhecer a Língua Portuguesa como um instrumento de comunicação e expressão humana, relacionando-a com a atividade do Licenciado em Ciências Contábeis. 2.2 Específicos: Gerar seqüências lingüísticas gramaticais próprias e típicas da Língua Portuguesa, com base nas regras da língua, considerando a norma padrão e as demais variedades; Diferenciar a partir de textos dados, os vários tipos de textos reconhecendo suas características fundamentais; Redigir os mais vários tipos de textos, considerando os modos de organização do discurso; Desenvolver a capacidade de compreender e produzir textos nas mais variadas situações de comunicação. GARCIA, Othon M. Comunicação em prosa moderna: Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro. KOCH, Ingedore Villaça. A coesão textual. São Paulo, Contexto, DUCROT, Oswald. Princípios de semântica linguiística. São Paulo, Cultrix, ILARF, Rodolfo. A Linguística e o ensino da Língua Portuguesa. São paulo, Martins Fontes BASTOS, Lúcia Kyschitz &, Maria Augusta Bastos de. A produção escrita e a gramática. São Paulo, Martins Pontes, 1986 LUFT, Celso Pedro. Moderna Gramática Brasileira. Rio de Janeiro, Globo, CUNHA, Celso & Cintra, Lindley. Nova Gramática de Portugues Comtemporrâneo. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, HOLANDA, Aurélio Buarque de. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1986.

20 4º PERÍODO

21 1. DISCIPLINA: TÉCNICA ORÇAMENTÁRIA E FINANÇAS PÚBLICAS PRÉ-REQUISITO: Contabilidade Intermediária e Instituições de Direito Público e Privado Legislação Financeira. Imposto. Taxas e Contribuição de Melhoria. Receita Pública. Despesa Pública. Créditos Adicionais. Transferências Financeiras. Crédito Público. Fundos Especiais. Orçamento Público. - Transmitir aos alunos o conhecimento dos mecanismos de controle e execução orçamentária, financeira, patrimonial e contábil. - Transmitir aos alunos informações sobre as Finanças Públicas. - Transmitir conhecimentos da Administração Pública, de acordo com as normas gerais instituídas através da lei nº 4.320/64. ANGÉLICO, J. Contabilidade Pública MARTINS, Lino. Contabilidade Governamental KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública PLANO DE CONTAS ÚNICO DA UNIÃO LEGISLAÇÃO: Constituição Federal- Lei Federal nº 4.320/64- Lei Federal nº 5.172/66 Lei Federal nº 8.666/93 Decreto-Lei Federal nº 200/67 Lei Federal nº 200/67 1. DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO E PREVIDÊNCIA SOCIAL PRÉ-REQUISITO: Instituições de Direito Público e Privado Conceitos. Fontes. Relação de Emprego. Contrato de Trabalho. Identificação Profissional. Salário e Remuneração. Salário- Família. Duração do Trabalho. Repouso Semanal. Remuneração. Férias. Gratificação de Natal. Proteção do Trabalho. Rescisão de Contrato.

22 2. BIBLIOGRAFIA Segurança e Higiene do Trabalho. Nacionalização do Trabalho. Acidentes. Organização Sindical. Justiça do Trabalho. Processo Judiciário do Trabalho. Seguridade Social. PIS/PASEP. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, promulgada Editora Saraiva - São Paulo - SP MANUS, Pedro Paulo Teixeira. Consolidação das Leis do Trabalho e legislação complementar em vigor. Malheiros Editores. São Paulo- SP NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Iniciação ao Direito do Trabalho. LTr. São Paulo- SP. MORAES Filho, Evaristo e MORAES, Antônio Carlos Flores. Introdução ao Direito do Trabalho. LTr. São Paulo- SP. FERNANDES, Anníbal. Previdência Social Anotada. Edipro. São Paulo- SP. PAIXÃO, Floriceno. Regulamento da Organização e do Custeio da Social-ROCSS ( Decreto n.º 2173/97) e RBPS (Decreto n.º 2172/97) Seguridade SUSSEKIND, Arnaldo, MARANHÃO, Délio e VIANA, Sagadas. Instituições de Direito do Trabalho - 2 vol. - LTr. - São Paulo- SP. MANUS, Pedro Paulo Teixeira. Direito do Trabalho. Editora Atlas- São Paulo- SP. CARRION, Valentim. Comentários à CLT. Forense. São Paulo- SP. SAAD, Eduardo Gabriel. Comentários à CLT. LTr. São Paulo- SP. RUSSOMANO, Mozart Victor. Comentários à CLT. 2 vol. Forense. São SP. GOMES, Orlando e GOTTSCHALCK, Elson. Comentários à CLT. Forense. São Paulo- SP. LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR: FGTS: Lei n.º 8036/90 e legislação correlata. PIS/PASEP: Leis complementares nºs 07/70 e 08/70 e legislação correlata. COFINS: Lei Complementar n.º 70/91 e legislação correlata. SEGURIDADE SOCIAL: CUSTEIO: Lei n.º 8212/91 e ROCSS, aprovado pelo Decreto n.º 2173/97. BENEFÍCIOS: Lei n.º 8213/91 e RBPS, aprovado pelo Decreto n.º 2172/97. Paulo- em

23 1. DISCIPLINA: ESTATÍSTICA II PRÉ-REQUISITO: Estatística I Teoria das Probabilidades. Variáveis Aleatórias. Distribuições Discretas e Contínuas de Probabilidades. Os Métodos Estatísticos Aplicáveis à Contabilidade. Amostragem. Teste de Hipóteses. Propiciar ao estudante de Ciências Contábeis o entendimento da apresentação do método estatístico e sua utilidade, visando a aplicabilidade de tal método em sua área. VIEIRA, Sônia & Hoffmann. Elementos de estatística, São Paulo, 1986, Editora Atlas. AZEVEDO, Amilcar Gomes & CAMPOS, Paulo Henrique Borges, Estatística Básica, São Paulo, ed. Livro Técnico e Científico. ROCHA, Marcus Vinícius. Curso de estatística, 3ª edição, IBGE. GATTI, Bernardete A. & FERES, Nagibi Lima. Estatística Básica para Ciências Humanas. São Paulo ed. Alfa Omega. STONE, Hoel Port. Introdução ao estudo de probabilidade, ed. Interciência. Rio de Janeiro. SPIEGEL, Murray R. Estatística. Ao livro técnico S.A. Rio de Janeiro. LIPSCHUTE, Saymour. Probabilidade. NC GRAW HILL, Coleção Schaw. SOARES, José Roberto. Apostila "Curso de Estatística" São Luís- MA. PARZEN, Manoel. Teoria moderna de probabilidade e suas aplicações, ed. LIMUSA, México, STEVESSON, William. Estatística Aplicada a Administração. Ed. HARPER & Row do Brasil, São Paulo, DISCIPLINA: MARKETING PRÉ-REQUISITO: Introdução à Administração

24 Noções Gerais de Marketing. Planejamento Estratégico e Controle de Marketing. Razão de Ser da Empresa. Fatores Críticos de Sucesso. Estratégia de Marketing de: Bens, Produtos e Serviços, Preços, Distribuição, Vendas e Composto Promocional. Marketing de Serviços Contábeis. Propiciar ao aluno condições de conhecer e refletir sobre os termos conceptuais e práticos do Marketing, e coordenar esforços para reconhecer que toda economia e sociedade precisam de um sistema de Marketing. Possibilitar ao aluno o atendimento do sistema de Marketing para formular questionamentos relacionados com o meio ambiente e o comportamento do consumidor e avaliar sua importância sobre os negócios da empresa. Propor condições para a elaboração de um plano de Marketing, por meio de exercício prático, bem como perceber sua utilidade, e criar estratégias que possibilitem o alcance dos objetivos organizacionais. COBRA, Marcos Marketing Básico: uma perspectiva brasileira. 3ª edição. São Paulo, Atlas, Marketing Essencial conceitos, estratégias, controle. São Paulo, Atlas,1986. KOTLER, Philip Administração de Marketing. 3ª edição. São Paulo, Atlas, LEVITT, Theodore A Imaginação de Marketing. São Paulo, Atlas, LUYTEN, Joseph M & KUUTZ, Ronald Marketing Político. São Paulo, Editora Globo, MUNHOZ, Alysa M Pensamento do Marketing no Brasil: um estudo exploratório. São Paulo, MAESP/FGV, RICHERS, Raimar Mercadologia Internacional para desafio e ameaça para os Países em desenvolvimento. Revista Administração de Empresas, RODRIGUES, Maria Magdalena Eric Mischan Marketing de Serviços Públicos. 5ª edição, ROCHA, Angela da & CHRISTEUSEN, Carl - Marketing, teoria prática. São Paulo,

25 Atlas, 1987.

26 5º PERÍODO

27 DISCIPLINA: CONTABILIDADE AVANÇADA PRÉ-REQUISITO: Contabilidade Intermediária Aprofundamento dos Estudos de Contabilidade Intermediária. Elaboração, Consolidação e Ajustes das Demonstrações Contábeis. Equivalência Patrimonial. Avaliação e Variação Patrimonial. Tratamento Contábil em Moeda Constante e Estrangeira. Ajuste ao Valor Presente. Eventos Subseqüentes. 1. OBJETIVOS GERAIS Proporcionar aos alunos, ao final das aulas, conhecimento sobre os aspectos doutrinários, legais e normativos pertinentes à avaliação de ativos, passivos e patrimônio líquido, que os leve a preparar as Demonstrações Contábeis que venham a expressar as posições patrimoniais, financeiras e de resultado da entidade. 2. BIBLIOGRAFIA - IUDÍCIBUS, Sérgio de. MARTINS, Eliseu. e GELBCKE, Ernesto Rubens. Manual de Contabilidade das Sociedades Anônimas. 1. Ed, São Paulo: Atlas, JÚNIOR, José Hernandez Perez. Conversão de Demonstrações Contábeis. 6. Ed, São Paulo. Atlas. 2006; - IUDÍCIBUS, Sérgio de. Teoria da Contabilidade. São Paulo, Atlas, 2006; - HENDRIKSEN, Eldon S. e BREDA, Michel F. Van. Teoria da Contabilidade, Atlas, 1999; - USP, Equipe de Professores. Contabilidade Introdutória. São Paulo, Atlas, 2007; - CARVALHO, Nelson; LERNES, Sirlei; COSTA, Fábio Moraes da. Contabilidade Internacional. São Paulo, Atlas, 2008; - NIYAMA, Jorge Katsumi. Contabilidade Internacional. São Paulo. Atlas. 2007; - IOB, Temática Contábil; - CPC, Pronunciamentos Técnicos:

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO... 4 02 CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I... 4 03 MATEMÁTICA... 4 04 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 05 NOÇÕES

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS CONTÁBEIS COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Sem. CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS I II III IV V VI VI I Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES ANEXO 01 CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES DISCIPLINA/FUNÇÃO PROGRAMA/ATIVIDADES PERFIL DOS CANDIDATOS 1 2 3 4 de Custos Intermediária Introdução à Adm e Comp Organizacional Economia

Leia mais

11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº.

11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº. 11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº. 803/96 e suas alterações. 2. As prerrogativas profissionais, especialmente

Leia mais

DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N

DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N ANEXO I DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N.º 01/2010)) 1. CONTABILIDADE GERAL a) A Escrituração Contábil:

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 06/2000

RESOLUÇÃO CONSEPE 06/2000 RESOLUÇÃO CONSEPE 06/2000 CRIA O CURSO SUPERIOR DE COMPLEMENTAÇÃO DE ESTUDOS, COM DESTINAÇÃO COLETIVA, EM CONTROLADORIA E ORÇAMENTO, NO CCSJA, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de

Leia mais

Contabilidade Internacional Objetivo: Ementa: Bibliografia básica Manual de Normas Internacionais de Contabilidade:

Contabilidade Internacional Objetivo: Ementa: Bibliografia básica Manual de Normas Internacionais de Contabilidade: 8º Semestre No oitavo semestre, o acadêmico do Curso de Ciências Contábeis atinge a última etapa do curso, adentrando no último nível de construção dos objetivos, que é propor mudanças para a melhoria

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I ÉTICA PROFISSIONAL INSTITUIÇÃO DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO I MATEMÁTICA

CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I ÉTICA PROFISSIONAL INSTITUIÇÃO DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO I MATEMÁTICA CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS DO CURSO 1º P CONTABILIDADE GERAL I Noções gerais da contabilidade. Conceito, Função, Objeto e Finalidade da contabilidade. Patrimônio, Fontes Patrimoniais, Atos e Fatos Administrativos.

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTABILIDADE GERAL PLANO DE CURSO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTABILIDADE GERAL PLANO DE CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: CONTABILIDADE GERAL Código: CTB 100 Pré-requisito: Não há Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

ANEXO F: ANEXO DO PROJETO PEDAGÓGICO VERSÃO 2007.

ANEXO F: ANEXO DO PROJETO PEDAGÓGICO VERSÃO 2007. ANEXO F: ANEXO DO PROJETO PEDAGÓGICO VERSÃO 2007. DESCRIÇÃO DAS EMENTAS, OBJETIVOS, PLANO DE DISCIPLINAS E BIBLIOGRAFIA. DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: CONTABILIDADE PÚBLICA II Ementa: Princípios Fundamentais

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

ANEXO - Bibliografia sugerida 1- Língua Portuguesa CUNHA, Celso e CINTRA, Luis F. Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. 3 ed.

ANEXO - Bibliografia sugerida 1- Língua Portuguesa CUNHA, Celso e CINTRA, Luis F. Lindley. Nova gramática do português contemporâneo. 3 ed. AUDITORIA-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS (AUGE) CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS VAGOS DA CARREIRA DE AUDITOR INTERNO EDITAL AUGE N.º 02/2008, DE 22 DE OUTUBRO DE 2008 A AUDITORIA-GERAL DO ESTADO

Leia mais

UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ ESCOLA DE MAGISTRATURA DO ESTADO DO CEARÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO JUDICIÁRIA

UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ ESCOLA DE MAGISTRATURA DO ESTADO DO CEARÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO JUDICIÁRIA UNIVERSIDADE VALE DO ACARAÚ ESCOLA DE MAGISTRATURA DO ESTADO DO CEARÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO JUDICIÁRIA 1. DISCIPLINA NIVELAMENTO EM CONTABILIDADE 2. EMENTA DA DISCIPLINA Conceitos básicos

Leia mais

PLANO DE CURSO CENTRO DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: CONTABILIDADE PARA ADMINISTRAÇÃO

PLANO DE CURSO CENTRO DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: CONTABILIDADE PARA ADMINISTRAÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS 1 PLANO DE CURSO CENTRO DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: CONTABILIDADE PARA ADMINISTRAÇÃO CÓDIGO: NÚMERO DE HORAS SEMANAIS:

Leia mais

Ementas e Bibliografias das Disciplinas

Ementas e Bibliografias das Disciplinas Ementas e Bibliografias das Disciplinas 2.3.1 Metodologia do Ensino Superior Carga Horária: 30h/a Ementa: Metodologia do ensino e as principais técnicas didático pedagógicas. Reflexões sobre o papel do

Leia mais

Curso de Administração Informações da Disciplina: Administração de Recursos Humanos II

Curso de Administração Informações da Disciplina: Administração de Recursos Humanos II Administração de Recursos Humanos II Renato Dias Baptista Capacitar o aluno a compreender e aplicar técnicas e ferramentas, a partir de uma visão crítica e sistêmica, relativas aos subsistemas de recursos

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - SP 006/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2012)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2012) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS (Currículo iniciado em 2012) ADMINISTRAÇÃO 1915 C/H 102 Breve histórico e fundamentos da administração. Perspectivas da administração: clássica,

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

Aditivo de disciplinas dos cursos de Administração e Arquitetura e Urbanismo no Edital de Monitoria 008/2014.2.

Aditivo de disciplinas dos cursos de Administração e Arquitetura e Urbanismo no Edital de Monitoria 008/2014.2. Vitória da Conquista BA, 22 de agosto de 2014. Aditivo de disciplinas dos cursos de e Arquitetura e Urbanismo no Edital de Monitoria 008/2014.2. 1. MONITORIA PARA ENSINO CURSOS COMP. CURRICULAR PROF. ORIENTADOR

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Turno: MATUTINO/NOTURNO Matutino Currículo nº 8 Noturno Currículo nº 8 Reconhecido pelo Decreto n 83.799, de 30.07.79, D.O.U. de 31.07.79 Renovação de Reconhecimento Decreto

Leia mais

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EDA 1601 - INGLÊS INSTRUMENTAL I (2.0.0)2 English for Specific Purposes": introdução. Leitura e compreensão de texto: estratégias de leitura. Organização e partes

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira. Conteúdo Programático. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira. Conteúdo Programático. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h CAPITAL DE GIRO liquidez e capital circulante líquido rentabilidade do ativo estratégias de gerência fontes de financiamento estudo de caso orçamento de caixa

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO 1º SEMESTRE Administração Aplicada ao Meio Ambiente Ementa: Gestão ambiental e desenvolvimento sustentável. Compromisso dos indivíduos e das

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª FACULDADE MORAES JÚNIOR DAS DISCIPLINAS POR CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Duração do Curso: 4 anos. Total de 3.200 horas-aula CIÊNCIAS CONTÁBEIS SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª Contabilidade e Análise

Leia mais

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - IT 12/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÂO DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Itatiba, no

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO.

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS CORPORATIVAS

MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS CORPORATIVAS IDENTIFICAÇAO DO CURSO: Nome do curso: MBA Executivo em Finanças Corporativas Modalidade: a distância Área do conhecimento Ciências Sociais Aplicadas total/tempo de integralização: 420 h/a 18 meses ou

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE APOIO DIDÁTICO PEDAGÓGICO COMISSÃO PRÓPRIA DE MONITORIA PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONTABILIDADE

Leia mais

ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR

ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR ANEXO I DO EDITAL Nº 133, de 08 de julho de 2002. CONCURSO PÚBLICO Nº 412 - CONTADOR PROGRAMA DE DIREITO 1. Direito Constitucional 1. A Constituição Federal. 1. A Supremacia da Constituição; 2. Os Municípios

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE Código: CTB-305 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2014.2 Professor:

Leia mais

EMENTAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

EMENTAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS GERAL I FILOSOFIA INSTITUIÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO MATEMÁTICA METODOLOGIA CIENTÍFICA PSICOLOGIA APLICADA ÀS ORGANIZAÇÕES TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA ADMINISTRAÇÃO DO CONHECIMENTO E

Leia mais

2 Noções de Direito Público e Privado - Paulo César de Melo Mendes, 88 Objetivos, 88

2 Noções de Direito Público e Privado - Paulo César de Melo Mendes, 88 Objetivos, 88 Apresentação 1 Contabilidade Geral - Rodrigo de Souza Gonçalves e Fernanda Fernandes Rodrigues, 1 Objetivos, 1 Introdução, 1 1 Plano de contas - elaboração e utilização, 2 2 Balanço patrimonial - estrutura

Leia mais

RELAÇÃO DE ASSUNTOS E BIBLIOGRAFIAS INDICADOS PARA O CONCURSO DE ADMISSÃO / 2012 AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO COMPLEMENTAR / 2013

RELAÇÃO DE ASSUNTOS E BIBLIOGRAFIAS INDICADOS PARA O CONCURSO DE ADMISSÃO / 2012 AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO COMPLEMENTAR / 2013 RELAÇÃO DE ASSUNTOS E BIBLIOGRAFIAS INDICADOS PARA O CONCURSO DE ADMISSÃO / 2012 AO CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DO QUADRO COMPLEMENTAR / 2013 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS ÁREA: ADMINISTRAÇÃO RELAÇÃO

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE Código: CTB-305 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1. TURNOS: Matutino ou Noturno Campus de Maringá Noturno Campus de Cianorte HABILITAÇÃO: Bacharelado em Ciências Contábeis GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Ciências Contábeis PRAZO PARA CONCLUSÃO:

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: PLANEJAMENTO E CONTABILIDADE TRIBUTARIA Código: CTB-364 CH Total: 60h Pré-Requisito: ------

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CIÊNCIAS CONTÁBEIS

MATRIZ CURRICULAR CIÊNCIAS CONTÁBEIS Curso: Graduação: Regime: Duração: CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS -

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina LEGISLAÇÃO PARA ENGENHARIA

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: AUDITORIA SIGLA:

Leia mais

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO Conteúdo Programático: UNIDADE I: O Universo Organizacional

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO Números Reais, Expressões Algébricas, Equação do 1º grau, Equação do 2º grau, Logaritmos, Conjuntos, Funções,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTA DAS DISCIPLINAS 1º Período GADM 7712-TGA - TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO (4.0.0) 4 Introdução; Antecedentes Históricos;

Leia mais

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação científica.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. Disciplina I Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Prérequisito s Carga Horária

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE EXAME DE PROFICIÊNCIA 2013-2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE EXAME DE PROFICIÊNCIA 2013-2 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE EXAME DE PROFICIÊNCIA 2013-2 A Coordenação do Curso de Administração da Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT - Campus Universitário de Sinop, torna público que de acordo

Leia mais

TERCEIRO SEMESTRE UNIDADE CURRICULAR: CONTABILIDADE GERAL

TERCEIRO SEMESTRE UNIDADE CURRICULAR: CONTABILIDADE GERAL TERCEIRO SEMESTRE UNIDADE CURRICULAR: CONTABILIDADE GERAL Período: 3º semestre Carga Horária: 67 horas-aula Créditos: 04 Ementa: Noções de Contabilidade. Conceito, Objeto, Objetivo, Finalidade, Técnicas

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

MBA Executivo Contabilidade e Finanças

MBA Executivo Contabilidade e Finanças MBA Executivo Contabilidade e Finanças Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Contabilidade e Finanças proporciona ao aluno o conhecimento a respeito dos fundamentos de contabilidade e finanças

Leia mais

Curso de Administração Informações da Disciplina: Comunicação

Curso de Administração Informações da Disciplina: Comunicação Comunicação Cristiane Hengler Corrêa Bernardo Propiciar ao estudante de administração condições para compreender o processo de comunicação empresarial enquanto instrumental para a orientação dos fluxos

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. CONTABILIDADE GERAL a) Patrimônio e Variações Patrimoniais: Conceituação, ativos, passivos, patrimônio líquido, aspecto qualitativo e quantitativo do patrimônio, representação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FICHA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FICHA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Legislação Trabalhista CÓDIGO: GCT016 UNIDADE ACADÊMICA: FACIP

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO Anexo II da Resolução nº, de de de 2008. EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO 1. DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PORTUGUÊS INSTRUMENTAL Comunicação e linguagem; estrutura do

Leia mais

CURRÍCULO MATRIZ CURRICULAR

CURRÍCULO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO MATRIZ CURRICULAR Matriz em implantação a partir de 2009, publicada em 24.12.2008 em vigor para a 1ª, 2ª e 3ª Séries 1ª Série Carga/Horária Economia 72 Fundamentos de Direito Aplicado à Administração

Leia mais

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES.

ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. ETEC BENTO QUIRINO - CAMPINAS PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO Nº 043/01/14 DE 17/02/2014. PROCESSO Nº 0953/2014. AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

VAGAS PARA GRADUADOS

VAGAS PARA GRADUADOS VAGAS PARA GRADUADOS ESTARÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA GRADUADOS NOS DIAS 11 e 12/01/2011 CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PERÍODO DIURNO - 11 vagas E CIÊNCIAS ATUARIAIS, PERIODO NOTURNO 4 vagas PARA INSCRIÇÃO

Leia mais

DIREITO CIVIL TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 12

DIREITO CIVIL TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 12 DIREITO CIVIL TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 12 12.1. Pessoa jurídica: atribuição de personalidade a um ente que se torna sujeito de direitos e obrigações. 12.2. Principais pessoas jurídicas: associações

Leia mais

Oficina Técnica. Demonstração de Fluxo de Caixa (Resolução CFC 1296/2010) Agosto 2012. Elaborado por: Walter Luiz Quaglio

Oficina Técnica. Demonstração de Fluxo de Caixa (Resolução CFC 1296/2010) Agosto 2012. Elaborado por: Walter Luiz Quaglio Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: CONTABILIDADE COMERCIAL E INDUSTRIAL Corpo Docente:

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas,

Leia mais

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Legislação Social e Direito do Trabalho ADM 066.

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Legislação Social e Direito do Trabalho ADM 066. Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIODE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR

CONCURSO PÚBLICO COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO MUNICÍPIODE GOIÂNIA COMDATA EDITAL N.º 001/07 PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR PROGRAMAS DAS PROVAS CARGOS DE ENSINO SUPERIOR PROVAS COMUNS AOS CARGOS DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO II E CONTADOR. LÍNGUA PORTUGUESA 1 Interpretação textual Hierarquia dos sentidos do texto, situação

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 64-CEPE/UNICENTRO, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em Gestão Contábil, Auditoria e Perícia, modalidade regular, da UNICENTRO. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

A profissão contábil e o mercado de trabalho para os Contadores. Contabilidade: uma carreira apaixonante

A profissão contábil e o mercado de trabalho para os Contadores. Contabilidade: uma carreira apaixonante CIÊNCIAS A profissão contábil e o mercado de trabalho para os Contadores Contabilidade: uma carreira apaixonante Prof. João Matias Loch E-mail: jmperito@gmail.com CIÊNCIAS O que é a Contabilidade? CIÊNCIAS

Leia mais

2. Classificar atos e fatos contábeis.

2. Classificar atos e fatos contábeis. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de ASSISTENTE FINANCEIRO II.1 PROCESSOS DE OPERAÇÕES CONTÁBEIS Função: Planejamento de Processos Contábeis 1. Interpretar os fundamentos e conceitos da contabilidade.

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES - EDITAL

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DOCENTES - EDITAL De ordem do Magnífico Reitor, faço saber aos interessados que, nos termos do Título VI, Capítulo I, Art. 56 do Regimento Geral do Centro Universitário Newton Paiva, acham-se abertas as inscrições do Processo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC INSTITUTO DE EMPREENDEDORES MANUAL DO MINI EMPRESÁRIO

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC INSTITUTO DE EMPREENDEDORES MANUAL DO MINI EMPRESÁRIO UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC INSTITUTO DE EMPREENDEDORES MANUAL DO MINI EMPRESÁRIO 2015 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO ----------------------------------------------------------------------------- 00 2. COMPREENSÃO

Leia mais

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS - EAD PARA SERVIDORES DO TCE E CURSOS OBJETIVO PÚBLICO-ALVO CARGA HORÁRIA N. DE VAGAS MODALIDADE 1. As Novas Normas de Contabilidade Aplicada

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: LABORATÓRIO CONTÁBIL Código: CTB-491 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

EMENTÁRIO DA REESTRUTURAÇÃO NPPCA 2007

EMENTÁRIO DA REESTRUTURAÇÃO NPPCA 2007 EMENTÁRIO DA REESTRUTURAÇÃO NPPCA 2007 1. FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO Evolução das idéias na história das organizações e da administração, conceitos e técnicas que se desenvolveram a cada estágio evolutivo.

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Ementa: Identificar os elementos básicos das organizações: recursos, objetivos e decisões. Desenvolver

Leia mais

Disciplina: Introdução à Economia

Disciplina: Introdução à Economia Ementário do Curso de Ciências Contábeis PTA Faculdade Alvorada Disciplina: Teoria da Administração Ementa: Introdução à Teoria da Administração. Escolas da Administração. Universalidade e papel do administrador.

Leia mais

MBA Executivo - Auditoria e Finanças

MBA Executivo - Auditoria e Finanças MBA Executivo - Auditoria e Finanças Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Auditoria e Finanças possibilita ao profissional conhecer os fundamentos e as ferramentas de auditoria e gestão financeira.

Leia mais

Resolução 038/2001 CONSEPE

Resolução 038/2001 CONSEPE Resolução 038/2001 CONSEPE Aprova as normas de funcionamento do Curso de Administração do Centro de Ciências da Administração CCA/ESAG. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM CONTABILIDADE

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM CONTABILIDADE I.1 PRÁTICA TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA Função: Operação de Ciclos de Gestão 1. Organizar programas de admissão e desligamento, de pessoal (por demissão, aposentadoria, falecimento). 2. Interpretar a

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º CT460- CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: CT002 CT002- INICIACAO AS CIENCIAS CONTABEIS HISTÓRIA DA CONTABILIDADE, ELEMENTOS INTRODUTÓRIOS DE CONTABILIDADE: OBJETO DE ESTUDO

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO Código: ADM- 261 Pré-requisito: ----- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA. Professora Mscda. Ana Cláudia de Oliveira

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA. Professora Mscda. Ana Cláudia de Oliveira MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA Professora Mscda. Ana Cláudia de Oliveira Objetivo principal: transmitir aos discente de pós graduação da Faculdade Almeida Rodrigues a metodologia utilizada para desenvolvimento

Leia mais

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Secretaria de Documentação Coordenadoria de Biblioteca Seção de Gerência do Acervo

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Secretaria de Documentação Coordenadoria de Biblioteca Seção de Gerência do Acervo Lista de duplicatas de livros Mês: Junho/10 SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Secretaria de Documentação Coordenadoria de Biblioteca Seção de Gerência do Acervo X Autor: Humberto Theodoro Junior Título: Curso de

Leia mais

No. Cutter Classificação Título Autor Ed. Local Editora Quant. Área 1 S174c 001.42 Como fazer uma monografia SALOMON, Delcio Vieira 10 São Paulo

No. Cutter Classificação Título Autor Ed. Local Editora Quant. Área 1 S174c 001.42 Como fazer uma monografia SALOMON, Delcio Vieira 10 São Paulo No. Cutter Classificação Título Autor Ed. Local Editora Quant. Área 1 S174c 001.42 Como fazer uma monografia SALOMON, Delcio Vieira 10 São Paulo Martins Fontes 1 Metodologia 2 S174c 001.42 Como fazer uma

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 01/2014

EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 01/2014 EDITAL DE RETIFICAÇÃO N 01/2014 O PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE EMBU DAS ARTES, no uso de suas prerrogativas e atribuições legais, torna pública a presente retificação do Edital

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial PRIMEIRA FASE 01 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Funções, gráficos e aplicações; cálculo diferencial e aplicações; funções de duas ou mais variáveis: derivadas parciais e aplicações; aplicação computacional

Leia mais

Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual do Centro-Oeste, FAU.

Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual do Centro-Oeste, FAU. PONTOS E BIBLIOGRAFIA PARA O PROCESSO SELETIVO CURSOS SEQUENCIAIS CAMPUS DE IRATI Disciplina: Administração 1. Apuração dos custos e formação do preço de venda; 2. Planejamento Estratégico; 3. Gestão das

Leia mais