COMPARATIVO DOS CONTEÚDOS MAIS ABORDADOS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FISICA INFANTIL ENTRE ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS DO MUNICIPIO DE CAMPO MOURÃO-PR.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPARATIVO DOS CONTEÚDOS MAIS ABORDADOS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FISICA INFANTIL ENTRE ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS DO MUNICIPIO DE CAMPO MOURÃO-PR."

Transcrição

1 COMPARATIVO DOS CONTEÚDOS MAIS ABORDADOS NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FISICA INFANTIL ENTRE ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS DO MUNICIPIO DE CAMPO MOURÃO-PR. Michely Mattia* Joel Oliveira de Souza** Morgana Claudia da Silva*** RESUMO A Educação Infantil é considerada a primeira etapa da Educação Básica, e se caracteriza por crianças com idade de zero a seis anos. A presente pesquisa objetivou identificar quais são os conteúdos da Educação Física mais trabalhados na Educação Infantil em escolas públicas e privadas do Município de Campo Mourão PR. Foi realizada uma pesquisa quantitativa de caráter descritivo, que utilizou como amostra quatro professores que trabalham com a disciplina de Educação Física com crianças de 05 anos, sendo dois professores de escola pública, e dois professores de escola privada do município de Campo Mourão PR. Como instrumento para coleta de dados utilizou-se de um roteiro de observação convalidado por três professores da IES, onde foram realizadas 12 observações em cada sala. Desta maneira, é possível apontar que os conteúdos da Educação Física referentes a Educação Infantil estão sendo trabalhados pelos professores, porém, o que determina a aplicação ou não de todos os conteúdos ocorre pelo comprometimento que cada um tem com o processo ensino-aprendizagem, por isso, aparece na pesquisa um professor trabalhando de forma mais ampla os conteúdos de maneira geral que o outro. Nas escolas privadas tem-se a disciplina de Educação Física e, nas escolas públicas são trabalhados os elementos psicomotores por determinação do governo municipal. A Educação Física na Educação Infantil quando bem aplicada vem contribuir para o sucesso da Educação do indivíduo, pois é nessa fase em que a criança se inicia através do brincar, do contato com o mundo, da formação da sua personalidade, de forma física e espiritual. Palavras-chave: Aula de Educação Física. Ensino Médio. Alunos.

2 INTRODUÇÃO A infância se caracteriza como sendo uma fase em que a criança vive sonhos e fantasias, e isto se dá através do brincar, onde são confrontadas as realidades do mundo real e do mundo das ilusões, havendo então trocas de informações. Ela é também considerada a idade do possível, onde a criança pode projetar sobre ela a esperança de mudanças, de transformações sociais e renovação moral, pois segundo Kishimoto (2001, p. 19), "tem-se esperança de que a cada nova infância, é um novo processo, são os novos cidadãos sendo moldados para o futuro". Nesta fase em que a infância perpassa pelo período da inocência, é que se deve preocupar e buscar uma base, um caminho para orientar a formação das crianças. Deve-se preocupar com eles como um todo, de forma física à psicológica, no qual a Educação Infantil vem ser a base para este processo, o caminho e orientação para esta formação. A Educação Infantil é considerada a primeira etapa da Educação Básica, que se caracteriza por crianças com idade de zero a seis anos. Esta fase não é obrigatória, mas deve ser ofertada pelo governo municipal. Porém, se faz importante que a criança freqüente o Jardim de Infância, pois, o convívio com outras crianças e as atividades variadas oferecidas a ela são de grande validade para o seu desenvolvimento como um todo. (RODRIGUES, 2003, p. 26) A Educação Física na Educação Infantil quando bem aplicada vem contribuir para o sucesso da Educação do indivíduo, pois é nessa fase em que a criança se inicia através do brincar, do contato com o mundo, da formação da sua personalidade, de forma física e espiritual. (RABINOVICH, 2007) Levando-se em consideração esses aspectos, a presente pesquisa objetivou fazer um comparativo dos conteúdos mais abordados nas aulas de Educação Física Infantil entre duas escolas públicas e duas escolas privadas no Município de Campo Mourão PR, na qual buscou-se identificar os conteúdos da Educação Física trabalhados na Educação Infantil.

3 METODOLOGIA A presente pesquisa se caracterizou como uma pesquisa quantitativa de caráter descritivo. A população foi composta por professores de duas escola pública e duas escola privada da Educação Infantil que ministravam aulas de Educação Física para crianças que compreende 05 anos de idade, no Município de Campo Mourão - PR. Como amostra utilizou-se 4 professores de ambos os gêneros das escolas escolhidas, sendo 1 professor de cada escola. A amostra foi escolhida de forma intencional, por ser nessas quatro escolas trabalhado a disciplina de Educação Física na Educação Infantil e são professores formados em Educação Física. Como instrumento para a coleta de dados utilizou-se um ficha de observação das aulas. Como referencia para a construção da ficha de observação tomou-se como base as atividades propostas neste nível de ensino proposto por Palma, Palma e Oliveira (2008) na qual apontam temáticas como conteúdo na Educação Infantil dividos em quatro núcleos: o movimento em construção, o movimento nas manifestações lúdicas e esportivas, o movimento em expressões e ritmo e o movimento e a saúde, estes sendo organizados e indicados como referências para as ações docentes. Já na disciplina de Educação Infantil no curso de Licenciatura em Educação Física da Faculdade Integrado de Campo Mourão-PR, foram passados os conteúdos a serem trabalhados na Educação Infantil: habilidades motoras; saúde, ginástica; expressão corporal e ritmo; jogos e percepção motora. Inicialmente foi necessário entrar em contato com a Secretária de Educação Municipal para solicitar a autorização para a pesquisa nas duas escolas Municipais, e também foi contatada a direção das Escolas Privadas para que se obtivesse a autorização das mesmas para realizar as observações das aulas. No momento de contato com as diretoras das respectivas escolas foram apresentado os objetivos da pesquisa as mesmas. Depois de autorizado, a pesquisadora iniciou as observações das aulas de Educação Física na Educação Infantil, que aconteceram da seguinte forma: foram realizadas 12 observações das aulas de Educação Física para cada sala selecionada com crianças de cinco anos, onde de acordo com os conteúdos que devem ser trabalhados na Educação Infantil, a pesquisadora foi realizando suas observações.

4 ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS DADOS A partir deste momento deverão ser apresentados os dados encontrados durante as observações das aulas, onde foram observadas 12 aulas em cada escola, e os dados levantados serão apresentados em forma de quadros. QUADRO 1: DEMONSTRATIVO REFERENTE AOS CONTEÚDOS TRABALHADOS NAS ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS: CONTEÚDOS ESCOLA PÚBLICA ESCOLA PRIVADA 1.Habilidades Motoras 2.Expressão Corporal e Ritmo 3.Jogos - Habilidades com deslocamento - Habilidades sem deslocamento - Habilidades manipulativas - Habilidades de preensão* - Brincadeiras cantadas** - Cantigas de roda* - Danças* - Perseguição** - Tradicionais* 4.Saúde - Higiene - Higiene 5. Percepção Motora - Coordenação fina - Coordenação global* - Equilíbrio dinâmico - Esquema corporal** - Estrutura espacial** - Estrutura temporal - Lateralidade* - Habilidades com deslocamento** - Habilidades sem deslocamento* - Habilidades manipulativas - Habilidades de preensão - Brincadeiras cantadas* - Cantigas de roda* - Danças* - Ritmo** - Imitação* - Perseguição** - Cooperação* - Coordenação global - Equilíbrio dinâmico* - Equilíbrio estático* - Esquema corporal** - Estrutura espacial ** - Estrutura temporal ** - Lateralidade 6.Ginástica - Rolamentos* 7.Outros *Refere-se aos conteúdos que foram trabalhados em apenas uma das escolas. ** Refere-se aos conteúdos mais trabalhados em ambas as escolas. Em relação ao quadro acima, pode-se constatar que os professores responsáveis pela Educação Infantil trabalham com seus alunos vários conteúdos da Educação Física que são pertinentes a esta fase. Os conteúdos observados entre as escolas públicas e privadas têm certa semelhança, porém alguns não são trabalhados nas duas escolas, e alguns são apenas desenvolvidos em uma das escolas pública e outra não ou é desenvolvido em uma das escolas privadas e outra não. O conteúdo referente à habilidade motora foi trabalhado por ambas as escolas, porém notou-se que as habilidades manipulativas tiveram maior atenção por parte dos professores de ambas as escolas, a habilidade

5 manipulativa apesar de ser bem trabalhada ela ocorreu mais nas escolas públicas. Entende-se que pela idade das crianças as habilidades manipulativas devem ser estimuladas, pois é o período que as mesmas irão se aproximar do desenvolvimento da escrita. Segundo Rabinovich (2007, p. 79) os movimentos para a criança desde cedo é importante, pois permite maior liberdade de gestos e exploração do meio ambiente. Também habilidades com deslocamentos foram que se destacaram em todas as escolas na qual pode-se caracterizar pelo fato destas habilidades estarem presente na maioria das atividades que envolvem a movimentação que é de extrema importância nesta fase como citado pelo autor acima. Os conteúdos de expressão corporal são trabalhados nas escolas observadas através das cantigas de roda, brincadeiras cantadas, danças e ritmo, e além de desenvolver a expressão corporal, estes conteúdos são utilizado como forma de socialização das crianças, e também levam as crianças a adquirirem experiências motoras. O ritmo e as brincadeiras cantadas se destacam em ambas as escolas, porém o primeiro só pode ser observado nas escolas privadas, e o segundo aparece nas escolas públicas. Os jogos se destacam de forma bem particular entre as escolas, pois em cada escola foi possível encontrar um jogo que caracteriza a aula do professor. Em um das escolas públicas foi desenvolvido os jogos de perseguição e jogos tradicionais, já nas escolas privadas encontrou-se os jogos de perseguição, cooperação e imitação. Através dos jogos de perseguição o aluno estará desenvolvendo várias das habilidades motoras, o que se pode explicar por aparecer e se destacar nos planos dos professores das escolas tanto pública quanto privada. Pode-se perceber que o conteúdo saúde é encontrado através da higienização das crianças nas quatros escolas observadas, no qual os alunos são orientados a lavarem as mãos para voltaram a calma e retornarem a sala de aula. Porém, como aponta Palma, Palma e Oliveira (2008), deve-se trabalhar o movimento aliado à saúde, tendo como objetivo possibilitar situações que levem a criança perceber os aspectos relacionados à higiene e a saúde, destacando os benefícios que esses conhecimentos propiciam, sendo assim ações como: cuidado com as mãos; alimentação saudável, sangramento

6 nasal; picadas de insetos; pratica de atividade e adequação de vestiário são pontos que devem ser iniciados com as crianças a partir dos 4 anos. O conteúdo percepção motora foi um dos mais trabalhados de forma ampla em todas as escolas observadas, pelas quais utilizam-se das valências psicomotoras para desenvolver a crianças integralmente. Dentro do conteúdo percepção motora, o esquema corporal, estruturação espacial e temporal são os conteúdos mais trabalhados pelos professores das escolas, porém foi verificado o trabalho do esquema em apenas uma das escolas públicas, e ele está presente nas duas escolas privadas. A estruturação espacial se destaca nas quatro escolas observadas e a estruturação temporal também, mas tendo este maior destaque nas escolas privadas. É através do corpo que a criança interage com o meio, é quando ela tem uma imagem do seu próprio corpo, quando conhece adequadamente ele, usando-o como ponto de referência para a sua aprendizagem e desenvolvimento, atividades como os alunos tocando as partes do corpo e identificando-as, além de atividades com arcos bolas, jogos, na qual a criança é levada a pensar em maneiras pela qual ela possa desenvolver a atividade proposta. (STOKOE, 1987) Os rolamentos foram os únicos conteúdos da ginástica encontrados nas observações, e apenas foi visto em uma das escolas públicas, sem destaque. Os conteúdos dessa fase devem valorizar a identidade e individualidade de cada criança. Segundo Palma e Palma e Oliveira (2008, p. 40) na idade préescolar a criança está com o movimento em construção e estruturação, assim os conteúdos devem levar ao desenvolvimento do maior número possível de vivências e variações, procurando levar os alunos a perceberem as condições motoras, com a tomada de consciência em ato e de suas propriedades. Os jogos e atividades expressivas devem ser explorados ao máximo, nos quais as crianças possam vivenciar, de forma variada e estimulante, as formas básicas de locomoção, ampliando as possibilidades construídas, além dos princípios básicos de higiene e de cuidados com o corpo devem ser ensinados e estimulados nesse período escolar. (ibid, p. 43) Mattos e Neira (1999) citados por Rabinovich (2007, p. 84), apontam que;

7 (...) o planejamento das aulas Educação Física Infantil recomenda-se contemplar os três eixos temáticos (esquema corporal, estruturação espacial e orientação temporal), as manifestações da cultura corporal, além dos conteúdos procedimentais, conceituais e atitudinais. Desta forma, os professores poderão realmente atingir o real objetivo da educação que é trabalhar com a criança de forma integral. Para Paula (2010), a utilização da psicomotricidade nas aulas de Educação Física na Educação Infantil é fundamental, pois ela proporciona a criança o conhecimento de seu próprio corpo, fazendo com que ela se relacione com o meio que a cerca, enfatizando os movimentos naturais da criança. QUADRO 2: DEMONSTRATIVO REFERENTE AOS CONTEÚDOS TRABALHADOS NAS ESCOLAS PÚBLICAS: CONTEÚDOS ESCOLA PÚBLICA 1 ESCOLA PÚBLICA 2 1.Habilidades Motoras 2.Expressão Corporal e Ritmo - Habilidades com deslocamento** - Habilidades de preensão - Habilidades manipulativas - Habilidades sem deslocamento - Brincadeiras cantadas** - Cantigas de roda - Danças 3.Jogos - Perseguição ** - Tradicionais 4.Saúde - Higiene - Higiene 5.Percepção Motora - Coordenação fina - Coordenação global - Equilíbrio dinâmico - Esquema corporal - Estrutura espacial** - Estrutura temporal - Lateralidade 6.Ginástica - Rolamentos 7.Outros ** Refere-se aos conteúdos mais trabalhados em ambas as escolas. - Habilidades com deslocamento** - Habilidades manipulativas - Habilidades sem deslocamento - Coordenação fina - Esquema corporal** - Estrutura espacial - Estrutura temporal Em relação ao Quadro 2 referente aos conteúdos trabalhados nas escolas públicas, pode-se notar que na Escola 1 pública a professora trabalhou com seus alunos através das atividade propostas, todos os conteúdos elencados na ficha de observação da pesquisadora. È importante ressaltar que para a construção do desenvolvimento de seus alunos nessa fase, é de extrema importância que os mesmos vivenciem uma grande mescla de conteúdos. Nos conteúdos que envolviam as habilidades motoras a professora trabalhou com habilidades de deslocamentos, de preensão, manipulativas, e

8 habilidades sem deslocamento, tendo destaque para as habilidade com deslocamento, nas quais as crianças se deslocavam pelos espaços de diversas maneiras, assim contribuindo para seu desenvolvimento. Através da expressão corporal e ritmo foram desenvolvidos atividade de brincadeiras cantadas, cantigas de roda e ritmo, sendo as brincadeiras cantadas o que mais apareceu nas aulas observadas. O jogo é de grande importância a criança, pois é através dele que a criança inicia o cumprimento de regras e socializa-se com outras crianças. Na escola 1 a professora trabalhou os jogos de perseguição e os jogos tradicionais. O jogo de perseguição foi o mais trabalhado nas atividades de aquecimento e que envolvia as valências psicomotoras. Em relação ao tema saúde a professora desenvolveu a questão de higienização das crianças, cobrado sempre no retorna a sala de aula. Através da percepção motora foi desenvolvido com os alunos várias atividades que correspondem às valências psicomotoras, aparecendo atividades que envolviam a coordenação fina, coordenação global, equilíbrio dinâmicas, esquema corporal, estrutura espacial, estrutura temporal, lateralidade. Sendo a estrutura espacial o conteúdo que teve mais destaque durante as observações. Os rolamentos foi trabalhado sem muito destaque no conteúdo da ginástica que a professora desenvolveu com seus alunos. Já na escola 2 pode-se observar que os professor trabalharam apenas os conteúdos de habilidade motora, saúde e percepção motora, deixando de trabalhar com os jogos, ginásticas e atividades de expressão corporal e ritmo. Dentro dos conteúdos de habilidade motora o professor desenvolveu atividades de habilidades com deslocamento, manipulativas, habilidades sem deslocamento, sendo que as habilidades com deslocamento foram as que mais apareceram nas atividades realizadas pelos alunos. Em relação à saúde foi desenvolvido o incentivo a higienização ao retornarem a sala de aula. Quanto aos conteúdos de percepção motora foram trabalhados a partir das valências psicomotoras como atividade que desenvolvem a coordenação fina, esquema corporal, estrutura espacial, estrutura temporal, sendo o esquema corporal o que mais apareceu nas aulas.

9 A partir das observações é possível apontar que a falta dos conteúdos não trabalhados pelo professor pode interferir no desenvolvimento dos alunos, pois atividades que envolvem a expressão corporal e ritmo, ginástica e jogos, são de grande importância no desenvolvimento sócio-afetivo e motor da criança, e por não ser trabalhado podem estar comprometendo esta fase de desenvolvimento das crianças, onde estas, nessa fase devem ser estimuladas e vivenviarem todas as formas atividades que levem ao seu desenvolvimento integral. Não podemos afirmar que os professores não trabalham todos os conteúdos, pois pode ter ocorrido dos mesmos terem desenvolvidos estes conteúdos durante aulas anteriores as observações, porém é importante que sejam trabalhados uma mescla de conteúdo para que a criança se desenvolva nas seqüências das atividades. Para Quintão et al (2004) o principal instrumento da Educação Física é o movimento, por ser o denominador comum de diversos campos sensoriais. O desenvolvimento do ser humano se dá a partir da integração entre a motricidade, a emoção e o pensamento. No caso específico da Educação Física, o professor dessa área possui ferramentas valiosas para provocar estímulos que levem a esse desenvolvimento de forma bastante prazerosa através das brincadeiras, jogos e atividades que proporcionem a criança a um desenvolvimento integral, quando não trabalhados podem comprometer e trazer danos futuros ao desenvolvimento da criança. QUADRO 3: DEMONSTRATIVO REFERENTE AOS CONTEÚDOS TRABALHADOS NAS ESCOLAS PRIVADAS: CONTEÚDOS ESCOLA PRIVADA 1 ESCOLA PRIVADA 2 1.Habilidades Motoras 2.Expressão Corporal e Ritmo - Habilidades com deslocamento** - Habilidades de preensão - Habilidades manipulativas - Habilidades sem deslocamento - Danças - Ritmo 3.Jogos - Imitação - Perseguição** 4.Saúde - Higiene - Higiene 5.Percepção Motora - Coordenação global - Esquema corporal** - Estrutura espacial ** - Estrutura temporal - Lateralidade** - Habilidades com deslocamento** - Habilidades de preensão - Habilidades manipulativas** - Brincadeiras cantadas** - Cantigas de roda - Ritmo** - Cooperação - Perseguição** - Coordenação global - Equilíbrio dinâmico - Equilíbrio estático - Esquema corporal - Estrutura espacial**

10 - Estrutura temporal** - Lateralidade 6.Ginástica 7.Outros ** Refere-se aos conteúdos mais trabalhados em ambas as escolas. Através do comparativo exposto no Quadro 3 entre as Escolas Privadas pode-se perceber que os conteúdos assemelham-se dentro aulas observados. Na Escola Privada 1 a professora desenvolveu os conteúdos de habilidades motoras, através do trabalho de habilidades com deslocamento, habilidades de preensão, habilidades manipulativas, habilidades sem deslocamento, as habilidades com deslocamento tiveram mais destaque nas atividades propostas pela professora. Os conteúdos que envolveram expressão corporal e ritmo apareceram através da dança e ritmo, mas não houve destaque no decorrer das observações. Os jogos foram desenvolvidos nessa escola através dos jogos de imitação e perseguição, sendo este o que se destaca nas atividades propostas aos alunos, onde o professor o utiliza nas atividades de aquecimento. O conteúdo saúde foi desenvolvido através da higienização, antes de voltar para sala de aula, onde os alunos são incentivados a lavarem as mãos, ficando muito aquém do que deveria ser trabalhado com as crianças. A percepção motora foi desenvolvida através de atividades que envolveram coordenação global, esquema corporal, estrutura espacial, estrutura temporal, lateralidade, nas realizações das atividades, os conteúdos que se destacaram de forma igual foram o esquema corporal, estrutura espacial e lateralidade. O conteúdo ginástica não foi observado nas aulas da Escola Privada 1. Na Escola Privada 2, foi possível observar nos conteúdos de habilidades motoras trabalho de habilidades com deslocamento, habilidades de preensão, habilidades manipulativas, sendo as habilidades com deslocamento e manipulativas que apareceram com destaque nas atividades propostas pela professora, onde a partir destas os alunos puderam desenvolver vários outros conteúdos. A expressão corporal e ritmo na Escola 2 foram trabalhados através das brincadeiras cantadas, cantigas de roda e ritmo, onde as brincadeiras cantadas

11 e o ritmo tiveram maior destaque nas atividades. A higienização foi desenvolvida dentro do conteúdo saúde, a professora leva e auxilia na higienização das mãos. Dentro do conteúdo de percepção motora observados na Escola 2 foram trabalhados mais valências psicomotoras do que nas Escola 1, foram desenvolvidas atividades que auxiliam na coordenação global, equilíbrio dinâmico, equilíbrio estático, esquema corporal, estrutura espacial, estrutura temporal e lateralidade. As estruturas espaciais e temporais se destacam dentro destes conteúdos, sendo desenvolvidos através de atividades com arcos, bolas, cones, cordas, auxiliando no desenvolvimento das crianças. O período da infância é um momento em que a criança está em constante movimento e sofrendo bastantes mudanças, por isso é nessa fase que a criança mais deve ser trabalhada para que ela possa se desenvolver de forma integral desenvolvendo o motor, o cognitivo e o social. Nascimento (2007) citado por Paula (2010, não paginado) afirma que (...) a fase de desenvolvimento de 2 a 4 anos, representa o momento principal de desenvolvimento da fala e da percepção e descoberta dos objetos através da utilização de movimentos de manipulação. Verificou-se que em ambas escolas os professores não trabalharam o conteúdo da ginástica. CONSIDERAÇÕES FINAIS Sabe-se que a formação inicial da criança é de primordial importância, pois é nesta fase que são construídas as bases que darão suporte para o desenvolvimento geral da criança futuro. Sendo assim, a infância é uma etapa muito importante para a formação integral do homem, pois se deve compreender que cada criança é única, apesar de apresentarem algumas características comuns umas das outras. A partir das observações das aulas pode-se inferir que: - Tanto nas escolas Públicas como nas escolas Privadas foi possível identificar os conteúdos da Educação Física trabalhados na Educação Infantil, verificando-se assim que os professores preocupam-se com o desenvolvimento

12 de seus alunos e compreendem os conteúdos que devem ser trabalhados nessa fase. - Em relação à comparação dos conteúdos verificou-se que ao comparar os conteúdos aplicados pelos professores em ambas às escolas tiveram aproximação, porém, alguns foram trabalhados em uma das escolas públicas e na outra não e outros foram trabalhados na escola privada e na outra não, mas de forma geral eles aparecem nas aulas observadas. - Em relação à análise se as atividades trabalhadas são adequadas à faixa etária dos alunos, pode-se apontar que elas estão. Desta forma entendese que ao planejar a aula, o professor deverá levar em consideração os conhecimentos prévios e experiências dos alunos, as características da faixa etária e a maturação biológica, possibilitando ao aluno interagir tanto com alunos menos experientes como com alunos mais com mais experiências, sempre lembrando que o processo de aprendizagem é individual e cada criança tem seu ritmo e seu jeito para aprender. (RABINOVICH, 2007) Os professores através das atividades propostas atendem as expectativas de seus alunos, adequando as atividades em níveis diferentes e incentivando os que dizem não saber e que não querem fazer. As aprendizagens dos conteúdos propostos que ocorrem dentro dos espaços disponíveis e ou acessíveis à criança são fundamentais na construção da autonomia, tendo a mesma como própria construtora de seu conhecimento, conhecimento este que se constrói a cada momento em que a criança tem a possibilidade de poder explorar os espaços disponíveis a ela. (CRAIDY, KAERCHER, 2001) O trabalho direto com as crianças pequenas exige que o professor tenha uma competência polivalente, ou seja, cabe ao docente trabalhar com diversos tipos de conteúdo, desde os básicos e essenciais até os tópicos específicos das diversas áreas do conhecimento. (BRASIL,1998) Com esta pesquisa pode-se apontar que estão sendo trabalhados de forma global os conteúdos pertinentes a disciplina Educação Física para Educação Infantil, e é bom salientar que para que haja a aplicação dos conteúdos da Educação Física na Educação Infantil, estes dependem do preparo e da dedicação do professor em desenvolvê-lo na escola. Acredita-se

13 que os conteúdos não encontrados em algumas escolas possam ter sido trabalhados nas aulas que não corresponderam as 12 observações. REFERENCIAS ALENCAR, M. & GODOY, E. U. Dia escolar: Proposta de situações de aprendizagem para crianças de quatro anos. Revista do Professor. Porto Alegre, v.22, nº. 85, ANTUNES,C. Educação Infantil: prioridade imprescindível.petrópolis-rj: Vozes,2004. BATISTA, L. C. C. Educação física no ensino fundamental. 2. ed. Rio de Janeiro: Sprint, BEE,H. A criança em desenvolvimento. Porto Alegre: Artmed, BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria da Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, CRAIDY, C.; KAERCHER, E. G. Educação Infantil: Para que te quero? Porto Alegre: Artmed, KISHIMOTO, T. M. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 5. ed. São Paulo: Cortez, MATTOS, M. G. NEIRA, M.G. Educação física Infantil: Construindo na Escola. Phorte, 2006 MONTEIRO, V. A. A psicomotricidade nas aulas de Educação Física Escolar: uma ferramenta de auxílio na aprendizagem. Revista Digital - Buenos Aires Año 12 N. 114 Noviembre de Extraído do site: Acesso em 11 de Out. de 2010 às 15h 25mim. OLIVEIRA, G. C. Psicomotricidade: educação e reeducação num enfoque psicopedagógico. Petrópolis, Vozes, PALMA, V. T. P. A, OLIVEIRA, B. A. A. PALMA,V. A. J. Educação Fisica e a Organizaçao Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Londrina- PR: Eduel, PAULA,T. F. A importância de se trabalhar com psicomotricidade nas aulas de Educação Física na Educação Infantil. Disponível em: Acesso em: 27 de Out de 2010 as 15hs 25mim. QUINTÃO, D., et al. A educação física e o desenvolvimento infantil. Disponível em: Acesso em: 03 de Nov de 2010 as 22hs 10mim. RABINOVICH, S. B. O espaço do movimento na educação infantil, formação e experiência profissional. São Paulo: Phorte, RODRIGUES, M. Manual teórico prático de Educação Física Infantil. São Paulo: Ícone, RUSSEFF, I,; BITTAR, M. Educação Infantil, política, formação e prática docente. Campo Grande: Plano, STOKOE, P.; HARF, R. Expressão Corporal na Pré Escola. São Paulo: Summus, 1987.

14 *Faculdade Integrado de Campo Mourão PR Brasil - **Faculdade Integrado de Campo Mourão PR Brasil ***Docente na Faculdade Integrado de Campo Mourão Estudante do Mestrado em Educação Física no Programa Strito Sensu em Educação Física UEM/UEL -

BRINCAR E APRENDER: A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL

BRINCAR E APRENDER: A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL BRINCAR E APRENDER: A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL GEANE SANTANA ROCHA QUIXABEIRA CMEI Criança Feliz geanezinha@gmail.com ANADIR FERREIRA DA SILVA Secretaria Municipal de Educação laurapso@hotmail.co.uk

Leia mais

PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO QUANTO À IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO QUANTO À IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL ISBN 97-5-191-5-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 3 de outubro de 29 PERCEPÇÃO DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO QUANTO À IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NAS SÉRIES

Leia mais

Apresentação do Professor. Educação Infantil: Procedimentos. Teleaula 1. Ementa. Organização da Disciplina. Contextualização.

Apresentação do Professor. Educação Infantil: Procedimentos. Teleaula 1. Ementa. Organização da Disciplina. Contextualização. Educação Infantil: Procedimentos Teleaula 1 Prof. Me. Mônica Caetano da Silva tutoriapedagogia@grupouninter.com.br Pedagogia Apresentação do Professor Pedagogia (PUCPr) Especialização em Psicopedagogia

Leia mais

MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G)

MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G) MATEMATICANDO, BRINCANDO, APRENDENDO E PRODUZINDO ANA PAULA TOMAZ (Finan - G) DIVA TOGNON (Finan - G) Resumo: Este artigo procurou abordar o ensino da matemática na Educação Infantil através de brincadeiras,

Leia mais

A Importância da psicomotricidade no desenvolvimento infantil

A Importância da psicomotricidade no desenvolvimento infantil A Importância da psicomotricidade no desenvolvimento infantil Aline Daniela Gomes da Silva Vieira Discente de Psicologia Universidade Sagrado Coração Bauru-SP. e-mail: ninedvieira@hotmail.com Raquel Regina

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

Colégio La Salle São João. Professora Kelen Costa Educação Infantil. Educação Infantil- Brincar também é Educar

Colégio La Salle São João. Professora Kelen Costa Educação Infantil. Educação Infantil- Brincar também é Educar Colégio La Salle São João Professora Kelen Costa Educação Infantil Educação Infantil- Brincar também é Educar A importância do lúdico na formação docente e nas práticas de sala de aula. A educação lúdica

Leia mais

O PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS JOGOS EDUCATIVOS NO ENSINO FUNDAMENTAL

O PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS JOGOS EDUCATIVOS NO ENSINO FUNDAMENTAL Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 975 O PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS JOGOS EDUCATIVOS NO ENSINO FUNDAMENTAL Drielly Adrean Batista

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2º/2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Série / Ano 6º A Carga Horária Semanal: 4 horas Semestral: 80 horas Anual:

PLANO DE ENSINO 2º/2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Série / Ano 6º A Carga Horária Semanal: 4 horas Semestral: 80 horas Anual: Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) PLANO DE ENSINO 2º/2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( x ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Pedagogia Disciplina

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CLAINES KREMER GENISELE OLIVEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: POR UMA PERSPECTIVA DE RELAÇÕES ENTRE

Leia mais

AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Bianca das Neves Silva Professora da rede municipal de Jundiaí Profa. Dra. Luciene Farias de Melo Coord. do Curso de Educação Física da Faculdade

Leia mais

Curso de Especialização Educação Infantil 2ª Edição EMENTA DAS DISCIPLINAS

Curso de Especialização Educação Infantil 2ª Edição EMENTA DAS DISCIPLINAS Curso de Especialização Educação Infantil 2ª Edição EMENTA DAS DISCIPLINAS Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem da Criança de 0 a 5 anos Docente do Curso Gilza Maria Zauhy Garms Total da Carga

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 34, Toledo PR Fone: 377-850 PLANEJAMENTO ANUAL MOVIMENTO SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

LUDICIDADE E MOVIMENTO: EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

LUDICIDADE E MOVIMENTO: EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL LUDICIDADE E MOVIMENTO: EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo RIBEIRO, Amanda de Cassia Borges - UFSM acbr_amanda@hotmail.com JAHN, Angela Bortoli UFSM abjahn@terra.com.br BELING, Vivian Jamile UFSM

Leia mais

OBSERVANDO A PRÁTICA DOCENTE E O APRENDIZADO DAS CRIANÇAS EM UMA CRECHE MUNICIPAL DA CIDADE DO RECIFE PRISCILLA SILVESTRE DE LIRA OLIVEIRA

OBSERVANDO A PRÁTICA DOCENTE E O APRENDIZADO DAS CRIANÇAS EM UMA CRECHE MUNICIPAL DA CIDADE DO RECIFE PRISCILLA SILVESTRE DE LIRA OLIVEIRA 1 OBSERVANDO A PRÁTICA DOCENTE E O APRENDIZADO DAS CRIANÇAS EM UMA CRECHE MUNICIPAL DA CIDADE DO RECIFE PRISCILLA SILVESTRE DE LIRA OLIVEIRA 1. Introdução: Compreendendo que a Educação Infantil é uma etapa

Leia mais

A LUDICIDADE COMO EIXO DE FORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A LUDICIDADE COMO EIXO DE FORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL A LUDICIDADE COMO EIXO DE FORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo LIMA, Márcia Regina Canhoto de - FCT/UNESP marcialima@fct.unesp.br LIMA, José Milton de - FCT/UNESP miltonlima@fct.unesp.br ORLANDI, Leonardo

Leia mais

O LÚDICO COMO INSTRUMENTO TRANSFORMADOR NO ENSINO DE CIÊNCIAS PARA OS ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA.

O LÚDICO COMO INSTRUMENTO TRANSFORMADOR NO ENSINO DE CIÊNCIAS PARA OS ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. O LÚDICO COMO INSTRUMENTO TRANSFORMADOR NO ENSINO DE CIÊNCIAS PARA OS ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Autor (1)Suzânia Maria Pereira de Araújo; Autor (2) Eleilde de Sousa Oliveira; Orientador (1)Denise Silva

Leia mais

Projeto de Atuação Pedagógica junto ao Museu. Internacional de Ufologia, História e Ciência. Victor Mostajo.

Projeto de Atuação Pedagógica junto ao Museu. Internacional de Ufologia, História e Ciência. Victor Mostajo. Projeto de Atuação Pedagógica junto ao Museu Internacional de Ufologia, História e Ciência Victor Mostajo. Cátia Bairro Ferreira Santa Maria, RS 2009. 1 Oficina Lúdico Pedagógica - Dinossauros A criança

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL

RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL RELATO DE EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo MATUCHESKI, Franciele Luci PUCPR francielematucheski@yahoo.com.br Eixo Temático: Práticas e Estágios nas Licenciaturas

Leia mais

MOVIMENTO E CORPOREIDADE MATERNAL II

MOVIMENTO E CORPOREIDADE MATERNAL II MOVIMENTO E CORPOREIDADE MATERNAL II Desenvolver reações físicas - rítmicas à música (palmas, marchas, etc); Representar, com movimentos corporais elementos e objetos do meio circundante; Deslocar com

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA

EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA Q U E S T Õ E S E R E F L E X Õ E S Suraya Cristina Dar ido Mestrado em Educação Física, na Escola de Educação Física da Universidade de São Paulo, SP, 1987 1991 Doutorado em

Leia mais

Apontamentos iniciais sobre os Tipos de Movimentos

Apontamentos iniciais sobre os Tipos de Movimentos Apontamentos iniciais sobre os Tipos de Movimentos RICARDO MARTINS PORTO LUSSAC ricardolussac@yahoo.com.br (Brasil) Mestrando do Programa de Mestrado em Ciência da Motricidade Humana - Universidade Castelo

Leia mais

A RELAÇÃO DA NATAÇÃO COM O CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL

A RELAÇÃO DA NATAÇÃO COM O CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 A RELAÇÃO DA NATAÇÃO COM O CONTEÚDO CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL Patrícia Ribeiro¹; Guilherme

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO Marcelo Moura 1 Líbia Serpa Aquino 2 Este artigo tem por objetivo abordar a importância das atividades lúdicas como verdadeiras

Leia mais

ISSN 2238-9113 PROJETO LUDICIDADE NA ESCOLA DA INFÂNCIA

ISSN 2238-9113 PROJETO LUDICIDADE NA ESCOLA DA INFÂNCIA 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 PROJETO LUDICIDADE NA ESCOLA DA INFÂNCIA ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO

Leia mais

OS CONHECIMENTOS DE ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E SUA IMPLICAÇÃO PARA A PRÁTICA DOCENTE

OS CONHECIMENTOS DE ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E SUA IMPLICAÇÃO PARA A PRÁTICA DOCENTE OS CONHECIMENTOS DE ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E SUA IMPLICAÇÃO PARA A PRÁTICA DOCENTE Maria Cristina Kogut - PUCPR RESUMO Há uma preocupação por parte da sociedade com a atuação da escola e do professor,

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores A PROPOSTA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: OBSERVAÇÃO PARTICIPATIVA NO ESTÁGIO Monica Isabel

Leia mais

PROJETO IDENTIDADE: UM DIÁLOGO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

PROJETO IDENTIDADE: UM DIÁLOGO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL PROJETO IDENTIDADE: UM DIÁLOGO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Dandara Queiroga de Oliveira Sousa Ana Luiza Silva Costa Gleidson Patrick Melo de Paula Maria Aparecida Dias

Leia mais

A Educação Física como meio de inclusão social: mito ou verdade?

A Educação Física como meio de inclusão social: mito ou verdade? A Educação Física como meio de inclusão social: mito ou verdade? Discente em formação do curso de Licenciatura Plena em Educação Física, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB, Campus Jequié.

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A INTERVENÇÃO DA PSICOMOTRICIDADE NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM CAROLINE SILVA DE OLIVEIRA Discente do Curso de Licenciatura Plena do Curso de Educação Física das Faculdades Integradas

Leia mais

Palavras-chave: Educação Física. Ensino Fundamental. Prática Pedagógica.

Palavras-chave: Educação Física. Ensino Fundamental. Prática Pedagógica. EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: ANÁLISE DAS PRÁTICAS CORPORAIS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DE ALAGOA GRANDE - PARAÍBA Waldilson Duarte Cavalcante de Barros Professor

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA SÉRIE: 6º ANO PROFESSORA:

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS GERAIS Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, a melhoria da

Leia mais

CURSINHO POPULAR OPORTUNIDADES E DESAFIOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE

CURSINHO POPULAR OPORTUNIDADES E DESAFIOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE CURSINHO POPULAR OPORTUNIDADES E DESAFIOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE INTRODUÇÃO Lucas de Sousa Costa 1 Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará lucascostamba@gmail.com Rigler da Costa Aragão 2

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS (PNEE): construindo a autonomia na escola

EDUCAÇÃO FÍSICA PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS (PNEE): construindo a autonomia na escola EDUCAÇÃO FÍSICA PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS (PNEE): construindo a autonomia na escola Autora: CAMILA SOUZA VIEIRA Introdução A presente pesquisa tem como temática Educação física para Portadores

Leia mais

Principais discussões sobre o ensino-aprendizagem de matemática na educação infantil

Principais discussões sobre o ensino-aprendizagem de matemática na educação infantil 1 Introdução: A matemática é uma disciplina de fundamental importância na vida de todo mundo. Desde tempos antigos o ensino dessa matéria vem fazendo cada vez mais parte da vida dos seres humanos. Basta

Leia mais

FORMAÇÃO PARA PAIS E DOCENTES DA EDUCAÇÃO INFANTIL

FORMAÇÃO PARA PAIS E DOCENTES DA EDUCAÇÃO INFANTIL FORMAÇÃO PARA PAIS E DOCENTES DA EDUCAÇÃO INFANTIL Área Temática: Educação Modalidade: Comunicação Oral. Rosangela Maria Boeno (Coordenadora da Ação de Extensão) 1 Rosangela Maria Boeno 2 Adrieli Signorati

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ SC

A CONSTRUÇÃO DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ SC A CONSTRUÇÃO DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ SC FIGUEIREDO, Anelice Maria Banhara - SME / Chapecó/SC anelicefigueiredo@gmail.com LORENZET, Simone Vergínia - SME

Leia mais

ESTRATÉGIA DE ENSINO - BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL.

ESTRATÉGIA DE ENSINO - BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL. ESTRATÉGIA DE ENSINO - BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL. Carmem Regina Calegari Cunha E. M. de Educação Infantil Prof Edna Aparecida de Oliveira - UDI Resumo Trabalho

Leia mais

PROJETO BRINQUEDOTECA: BRINCANDO E APRENDENDO

PROJETO BRINQUEDOTECA: BRINCANDO E APRENDENDO INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE FLORESTA ISEF PROJETO BRINQUEDOTECA: BRINCANDO E APRENDENDO FLORESTA PE 2013 SUMÁRIO I. JUSTIFICATIVA II. OBJETIVO A. GERAIS B. ESPECIFICOS III. DESENVOLVIMENTO IV. CRONOGRAMA

Leia mais

MINAS OLÍMPICA GERAÇÃO ESPORTE

MINAS OLÍMPICA GERAÇÃO ESPORTE MINAS OLÍMPICA GERAÇÃO ESPORTE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DE EDUCADORES AS DIMENSÕES DO CONTEÚDO DE JOGOS E BRINCADEIRAS Oficina Teórica e Prática PROF. POLLYANNA PESSOA DIAS QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DE EDUCADORES

Leia mais

A EDUCAÇÃO FÍSICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE PONTA GROSSA/PR: ANÁLISE DO ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO DAS AULAS

A EDUCAÇÃO FÍSICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE PONTA GROSSA/PR: ANÁLISE DO ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO DAS AULAS A EDUCAÇÃO FÍSICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE PONTA GROSSA/PR: ANÁLISE DO ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO DAS AULAS Daniela Luz Almeida Santos (PIBIC/ARAUCÁRIA), Silvia Christina Madrid Finck (Orientadora),

Leia mais

A Importância do brincar nas aulas de Educação Física MARCELO LEITE

A Importância do brincar nas aulas de Educação Física MARCELO LEITE A Importância do brincar nas aulas de Educação Física MARCELO LEITE RESUMO Este texto é uma reflexão sobre o brincar nas aulas de educação física escolar do primeiro e segundo ciclo do ensino fundamental,

Leia mais

Jéssica Victória Viana Alves, Rospyerre Ailton Lima Oliveira, Berenilde Valéria de Oliveira Sousa, Maria de Fatima de Matos Maia

Jéssica Victória Viana Alves, Rospyerre Ailton Lima Oliveira, Berenilde Valéria de Oliveira Sousa, Maria de Fatima de Matos Maia PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Jéssica Victória Viana Alves, Rospyerre Ailton Lima Oliveira, Berenilde Valéria de Oliveira Sousa, Maria de Fatima de Matos Maia INTRODUÇÃO A psicomotricidade está

Leia mais

PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS

PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS SÉRIE: Berçário A Berçário

Leia mais

A DANÇA NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM O ESTILO HIP-HOP 1

A DANÇA NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM O ESTILO HIP-HOP 1 A DANÇA NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM O ESTILO HIP-HOP 1 Claudiane da S. EUSTACHIO Dayana Pires Alves GARCIA Fátima RODRIGUES Jean de J. SANTANA 2 Juliana CESANA 3 Ana Lucia de Carvalho MARQUES

Leia mais

O LÚDICO COMO ESTRATÉGIA METODOLÓGICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O LÚDICO COMO ESTRATÉGIA METODOLÓGICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL O LÚDICO COMO ESTRATÉGIA METODOLÓGICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A APRENDIZAGEM DAS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Maria Andréa Nogueira de Souza¹; Andreza Emicarla Pereira Calvacante²; Francicleide Cesário

Leia mais

Estado da Arte: Diálogos entre a Educação Física e a Psicologia

Estado da Arte: Diálogos entre a Educação Física e a Psicologia Estado da Arte: Diálogos entre a Educação Física e a Psicologia Eixo temático 1: Fundamentos e práticas educacionais Telma Sara Q. Matos 1 Vilma L. Nista-Piccolo 2 Agências Financiadoras: Capes / Fapemig

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Lúcia Peranzoni 1 Fabiana Lacerda da Silva 2 Resumo: O presente trabalho foi desenvolvido na disciplina Estágio Básico II no segundo semestre de 2011, tendo

Leia mais

CICLO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO FÍSICA

CICLO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO FÍSICA CICLO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ATUAÇÃO DO PROFESSOR no Nível de Habilidade no Nível de Desempenho DIVERSIDADE DE CONTEÚDO Inserção no Grupo na Auto-estima CONCEITOS E INFORMAÇÕES Comportamentos e Atitudes

Leia mais

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES Tamiris Andrade Nascimento (Mestranda do Programa Educação Cientifica e Formação de Professores da Universidade

Leia mais

Palavras chaves: Criança, Educação Infantil, Corpo e Movimento.

Palavras chaves: Criança, Educação Infantil, Corpo e Movimento. CORPO E MOVIMENTO: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOS PROFESSORES NA EDUCAÇÃO INFANTIL Tamiris Andrade dos Santos (UEL) tamiris_152@hotmail.com Gilmara Lupion Moreno gilmaralupion@uel.br RESUMO: Sabe-se da importância

Leia mais

OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EXATAS: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO PÚBLICO E PRIVADO

OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EXATAS: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO PÚBLICO E PRIVADO ISSN 2177-9139 OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS EXATAS: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO ENSINO PÚBLICO E PRIVADO André Martins Alvarenga - andrealvarenga@unipampa.edu.br Andressa Sanches Teixeira - andressaexatas2013@gmail.com

Leia mais

Procuramos verificar o que propõem alguns professores que ministram disciplinas relacionadas aos temas em questão nos cursos de licenciatura em

Procuramos verificar o que propõem alguns professores que ministram disciplinas relacionadas aos temas em questão nos cursos de licenciatura em A SISTEMATIZAÇÃO DOS CONTEÚDOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR RELACIONADA AOS TEMAS JOGOS E BRINCADEIRAS E CAPOEIRA, NA PERSPECTIVA DE DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR André Barros Laércio Iório Luciana Venâncio

Leia mais

O JOGO NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO PIBID RESUMO

O JOGO NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO PIBID RESUMO O JOGO NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO PIBID Heloisa Braga dos Santos Christian Vieira de Souza RESUMO Este artigo foi elaborado com o objetivo de relatar a

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS DESENVOLVIDAS NO CENTRO EDUCACIONAL LUÍS DA CÂMARA CASCUDO EM MACAÍBA / RN

A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS DESENVOLVIDAS NO CENTRO EDUCACIONAL LUÍS DA CÂMARA CASCUDO EM MACAÍBA / RN A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS DESENVOLVIDAS NO CENTRO EDUCACIONAL LUÍS DA CÂMARA CASCUDO EM MACAÍBA / RN Autora: Eliza Christina Toscano de Mendonça 1 Co-autores: Luanda

Leia mais

PLANEJAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA CONSTRUÇÃO COLETIVA.

PLANEJAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA CONSTRUÇÃO COLETIVA. PLANEJAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA CONSTRUÇÃO COLETIVA. OLIVEIRA 1, Jordânia Amorim da Silva. SOUSA 2, Nádia Jane de. TARGINO 3, Fábio. RESUMO Este trabalho apresenta resultados parciais do projeto

Leia mais

A Interdisciplinaridade como Metodologia de Ensino INTRODUÇÃO

A Interdisciplinaridade como Metodologia de Ensino INTRODUÇÃO A Interdisciplinaridade como Metodologia de Ensino O bom professor é o que consegue, enquanto fala trazer o aluno até a intimidade do movimento de seu pensamento. Paulo Freire INTRODUÇÃO A importância

Leia mais

O JOGO NO ENSINO DE POTÊNCIAS DE NÚMEROS INTEIROS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

O JOGO NO ENSINO DE POTÊNCIAS DE NÚMEROS INTEIROS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA O JOGO NO ENSINO DE POTÊNCIAS DE NÚMEROS INTEIROS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Adelson Carlos Madruga Universidade Federal da Paraíba adelsoncarlos1992@hotmail.com Elizangela Mario da Silva Universidade Federal

Leia mais

LURDINALVA PEDROSA MONTEIRO E DRª. KÁTIA APARECIDA DA SILVA AQUINO. Propor uma abordagem transversal para o ensino de Ciências requer um

LURDINALVA PEDROSA MONTEIRO E DRª. KÁTIA APARECIDA DA SILVA AQUINO. Propor uma abordagem transversal para o ensino de Ciências requer um 1 TURISMO E OS IMPACTOS AMBIENTAIS DERIVADOS DA I FESTA DA BANAUVA DE SÃO VICENTE FÉRRER COMO TEMA TRANSVERSAL PARA AS AULAS DE CIÊNCIAS NO PROJETO TRAVESSIA DA ESCOLA CREUSA DE FREITAS CAVALCANTI LURDINALVA

Leia mais

V Seminário de Metodologia de Ensino de Educação Física da FEUSP- 2014. Relato de Experiência INSERINDO A EDUCAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO COPA DO MUNDO.

V Seminário de Metodologia de Ensino de Educação Física da FEUSP- 2014. Relato de Experiência INSERINDO A EDUCAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO COPA DO MUNDO. V Seminário de Metodologia de Ensino de Educação Física da FEUSP- 2014 Relato de Experiência INSERINDO A EDUCAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO COPA DO MUNDO. RESUMO Adriana Vieira de Lima Colégio Marista Arquidiocesano

Leia mais

Exposição e relato de experiências de Objetos Educacionais Construção de Instrumentos Musicais Artesanais. Rio Verde GO

Exposição e relato de experiências de Objetos Educacionais Construção de Instrumentos Musicais Artesanais. Rio Verde GO EMEFTI PROFESSOR WALDYR EMRICH PORTILHO GESTORA: GERLIANESANTANA GOUVEIA CABRAL COORD. ÁREA: ARISTÓTELES MESQUITA DE LIMA NETTO PROFESSORA SUPERVISORA: ELIZANGELA F. RODRIGUES Exposição e relato de experiências

Leia mais

Elvira Cristina de Azevedo Souza Lima' A Utilização do Jogo na Pré-Escola

Elvira Cristina de Azevedo Souza Lima' A Utilização do Jogo na Pré-Escola Elvira Cristina de Azevedo Souza Lima' A Utilização do Jogo na Pré-Escola Brincar é fonte de lazer, mas é, simultaneamente, fonte de conhecimento; é esta dupla natureza que nos leva a considerar o brincar

Leia mais

O ENSINO DA DANÇA E DO RITMO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIENCIA NA REDE ESTADUAL

O ENSINO DA DANÇA E DO RITMO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIENCIA NA REDE ESTADUAL O ENSINO DA DANÇA E DO RITMO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIENCIA NA REDE ESTADUAL Márcio Henrique Laperuta 1 Rodrigo Santos2 Karina Fagundes2 Erika Rengel2 UEL- Gepef-Lapef-PIBID RESUMO

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS Jéssica Ayumi Uehara Aguilera 1 j.ayumi@hotmail.com Alessandra Querino da Silva 2 alessandrasilva@ufgd.edu.br Cintia da Silva

Leia mais

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL ALVES, Ana Paula PUCPR SAHEB, Daniele PUCPR Grupo de Trabalho - Didática: Teorias, Metodologias e Práticas Agência Financiadora: não contou com financiamento Resumo

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

PLANO DE CURSO. Código: FIS09 Carga Horária: 60 Créditos: 03 Pré-requisito: Período: IV Ano: 2015.2

PLANO DE CURSO. Código: FIS09 Carga Horária: 60 Créditos: 03 Pré-requisito: Período: IV Ano: 2015.2 PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Educação Física na Infância Professor: Gilson Pereira Souza E-mail: professorgilsonpereira@gmail.com Código:

Leia mais

A importância e influências no desenvolvimento psicomotor em crianças iniciantes na prática do Futebol

A importância e influências no desenvolvimento psicomotor em crianças iniciantes na prática do Futebol A importância e influências no desenvolvimento psicomotor em crianças iniciantes na prática do Futebol Autor: Daniel Brugni Guimarães Orientador: Prof. Me. Fabio Aires da Cunha Ar Rass Saudi Arabia 2012

Leia mais

Proposta de inserção da Cronobiologia na educação infantil

Proposta de inserção da Cronobiologia na educação infantil Proposta de inserção da Cronobiologia na educação infantil 1. Apresentação 2.Inserção da Cronobiologia na pré-escola 3.Inserção da Cronobiologia no fundamental ciclo I 4.Referências. 1. Apresentação Este

Leia mais

EDUCADOR INFANTIL E O PROCESSO FORMATIVO NA CONSTRUÇÃO DE ATORES REFLEXIVOS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA

EDUCADOR INFANTIL E O PROCESSO FORMATIVO NA CONSTRUÇÃO DE ATORES REFLEXIVOS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA GT-1 FORMAÇÃO DE PROFESSORES EDUCADOR INFANTIL E O PROCESSO FORMATIVO NA CONSTRUÇÃO DE ATORES REFLEXIVOS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA RESUMO Maria de Lourdes Cirne Diniz Profa. Ms. PARFOR E-mail: lourdinhacdiniz@oi.com.br

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FISICA NAS SÉRIES INICIAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA LEILA REGINA VALOIS MOREIRA

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FISICA NAS SÉRIES INICIAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA LEILA REGINA VALOIS MOREIRA 1 A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FISICA NAS SÉRIES INICIAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA LEILA REGINA VALOIS MOREIRA INTRODUÇÃO O tema a ser estudado tem como finalidade discutir a contribuição da Educação Física enquanto

Leia mais

A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II

A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II 1 A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II Donizeth Henrique Aleluia Vieira 1 Paula Rodrigues de Souza 2 Suely Miranda Cavalcante Bastos 3 Resumo: Juntamente com o campo dos Números

Leia mais

A brincadeira na vida da criança

A brincadeira na vida da criança A brincadeira na vida da criança A brincadeira, é parte do crescimento e desenvolvimento da criança, além de ser uma de suas necessidades básicas. 1 A criança precisa brincar porque através da brincadeira,

Leia mais

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 0 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 O PAPEL DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Renato da Guia Oliveira 2 FICHA CATALOGRÁFICA OLIVEIRA. Renato da Guia. O Papel da Contação

Leia mais

A MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A CONTRIBUIÇÃO DA MÚSICA PARA O DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS ENTRE 0 E 5 ANOS

A MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A CONTRIBUIÇÃO DA MÚSICA PARA O DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS ENTRE 0 E 5 ANOS A MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A CONTRIBUIÇÃO DA MÚSICA PARA O DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS ENTRE 0 E 5 ANOS Isabel Nercolini Ceron 1 Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) isabelnceron@gmail.com

Leia mais

7º Simpósio de Ensino de Graduação AS MANIFESTAÇÕES LÚDICAS NO RECREIO DE CRIANÇAS DE 9 A 11 ANOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DUAS GERAÇÕES

7º Simpósio de Ensino de Graduação AS MANIFESTAÇÕES LÚDICAS NO RECREIO DE CRIANÇAS DE 9 A 11 ANOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DUAS GERAÇÕES 7º Simpósio de Ensino de Graduação AS MANIFESTAÇÕES LÚDICAS NO RECREIO DE CRIANÇAS DE 9 A 11 ANOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DUAS GERAÇÕES Autor(es) KELLY CRISTINA SILVA COTA Co-Autor(es) CAROLINE MANESCO

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06 Curso: 9 DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências da Educação Pedagogia (Noturno) Ano/Semestre: 0/ 09/0/0 :06 s por Curso Magistério: Educação Infantil e Anos Iniciais do Ens. Fundamental CNA.0.00.00-8

Leia mais

Organização do espaço e do tempo na Educação Infantil. TEMA 03 Profª Luciana Ribeiro Pinheiro

Organização do espaço e do tempo na Educação Infantil. TEMA 03 Profª Luciana Ribeiro Pinheiro Organização do espaço e do tempo na Educação Infantil TEMA 03 Profª Luciana Ribeiro Pinheiro DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL (2010) (p. 19-20) Organização de Espaço, Tempo e

Leia mais

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS ISSN 2177-9139 O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS Morgana Fernandes da Silva 1 morganaf60@gmail.com Faculdades Integradas de Taquara,

Leia mais

Carolina Romano de Andrade Mestre em Artes-UNICAMP Faculdade Integradas de Bauru-FIB Coordenadora de Pós Graduação

Carolina Romano de Andrade Mestre em Artes-UNICAMP Faculdade Integradas de Bauru-FIB Coordenadora de Pós Graduação 1 Processo de formação de professores um olhar para a dança. Carolina Romano de Andrade Mestre em Artes-UNICAMP Faculdade Integradas de Bauru-FIB Coordenadora de Pós Graduação A Constituição Federal de

Leia mais

LER E ESCREVER: APRENDER COM O LÚDICO

LER E ESCREVER: APRENDER COM O LÚDICO LER E ESCREVER: APRENDER COM O LÚDICO Inês Aparecida Costa QUINTANILHA; Lívia Matos FOLHA; Dulcéria. TARTUCI; Maria Marta Lopes FLORES. Reila Terezinha da Silva LUZ; Departamento de Educação, UFG-Campus

Leia mais

Refletir criticamente os documentos oficiais, RCNEI, que apresentam propostas pedagógicas voltadas para este segmento;

Refletir criticamente os documentos oficiais, RCNEI, que apresentam propostas pedagógicas voltadas para este segmento; Plano de Ensino Curso: Educação Física - Licenciatura Disciplina: Educação Física na Educação Infantil Carga horária semanal: 4 Carga horária em aulas expositivas: 40 h Ano: 2013 Turma: EFN4 Carga horária

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EVELISE RAQUEL DE PONTES (UNESP). Resumo O ato de contar histórias para crianças da educação infantil é a possibilidade de sorrir, criar, é se envolver com

Leia mais

********** É uma instituição destinada ao atendimento de crianças de 0 a 3 anos e faz parte da Educação Infantil. Integra as funções de cuidar e

********** É uma instituição destinada ao atendimento de crianças de 0 a 3 anos e faz parte da Educação Infantil. Integra as funções de cuidar e 1 CONCEPÇÃO DE CRECHE (0 A 3 ANOS): A Constituição Federal de 1988 assegura o reconhecimento do direito da criança a creche, garantindo a permanente atuação no campo educacional, deixando de ser meramente

Leia mais

LUDICIDADE E ENSINO: UMA PARCERIA QUE CONTRIBUI COM A EDUCAÇÃO

LUDICIDADE E ENSINO: UMA PARCERIA QUE CONTRIBUI COM A EDUCAÇÃO LUDICIDADE E ENSINO: UMA PARCERIA QUE CONTRIBUI COM A EDUCAÇÃO INTRODUÇÃO Ana Lucia da Silva 1 Franchys Marizethe Nascimento Santana Ferreira 2 O presente projeto justifica-se pela necessidade verificada,

Leia mais

JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS

JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS Educação Matemática na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (EMEIAIEF) GT 09 RESUMO

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO PSICOMOTRICIDADE Educar é Brincar SÉRIE: Contraturno

Leia mais

A CRIANÇA PEQUENA E OS ESPAÇOS DE BRINCAR: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOMOTRICIDADE

A CRIANÇA PEQUENA E OS ESPAÇOS DE BRINCAR: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOMOTRICIDADE A CRIANÇA PEQUENA E OS ESPAÇOS DE BRINCAR: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOMOTRICIDADE Cleane Carvalho de Moraes; Déborah Kallyne Santos da Silva; Priscilla de Albuquerque Almeida; Samara Pereira Cabral; Andréia

Leia mais

O BRINCAR E SUA FUNÇÃO NA INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA EM INSTITUIÇÕES ESCOLARES: O QUE DIZEM OS PSICOPEDAGOGOS? DIOGO SÁ DAS NEVES

O BRINCAR E SUA FUNÇÃO NA INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA EM INSTITUIÇÕES ESCOLARES: O QUE DIZEM OS PSICOPEDAGOGOS? DIOGO SÁ DAS NEVES 1 O BRINCAR E SUA FUNÇÃO NA INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA EM INSTITUIÇÕES ESCOLARES: O QUE DIZEM OS PSICOPEDAGOGOS? Introdução DIOGO SÁ DAS NEVES A Psicopedagogia compromete-se primordialmente com o sistema

Leia mais

HANDFULT: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PIBID EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA ESTADUAL PROFº JOSINO MACEDO

HANDFULT: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PIBID EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA ESTADUAL PROFº JOSINO MACEDO HANDFULT: RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PIBID EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA ESTADUAL PROFº JOSINO MACEDO Resumo TEIXEIRA, Ana Cláudia Alves 1 - UFRN JESUS, Edna Nascimento de² - UFRN Este artigo é um relato de

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Edna Aparecida Pereira 1 Vanessa Rodrigues Ferreira 2 RESUMO A música na Educação Infantil vem atendendo a objetivos alheios a questões próprias dessa linguagem

Leia mais

LUDICIDADE E EDUCAÇÃO: O ENCANTAMENTO DE APRENDER BRINCANDO

LUDICIDADE E EDUCAÇÃO: O ENCANTAMENTO DE APRENDER BRINCANDO LUDICIDADE E EDUCAÇÃO: O ENCANTAMENTO DE APRENDER BRINCANDO Tatiane Testa Ferrari e-mail: tatitferrari@ig.com.br Ticiane Testa Ferrari e-mail: ticiferrari@ig.com.br Araceli Simão Gimenes Russo e-mail:

Leia mais

PROJETO BRINQUEDOTECA PEDAGOGIA

PROJETO BRINQUEDOTECA PEDAGOGIA PROJETO BRINQUEDOTECA PEDAGOGIA GUARUJÁ 2013 PROJETO BRINQUEDOTECA 1 INTRODUÇÃO Compreender a importância da ludicidade como fator de desenvolvimento do ser humano é algo essencial na formação docente,

Leia mais

INALDO MENDES DE MATTOS JUNIOR. MÚSICA NA CRECHE: Possibilidades de musicalização para bebês.

INALDO MENDES DE MATTOS JUNIOR. MÚSICA NA CRECHE: Possibilidades de musicalização para bebês. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA MUSICALIZAÇÃO I JOAO FORTUNATO SOARES DE QUADROS JUNIOR INALDO MENDES DE MATTOS JUNIOR MÚSICA NA CRECHE São Luís

Leia mais

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem.

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem. Emanuella Filgueira Pereira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia O JOGO NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Resumo O presente artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa mais ampla que

Leia mais

JOGOS ANTIGOS X JOGOS ELETRÔNICOS: UM RELATO DE EXPERIENCIA DO PROCESSO DE INTERVENÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

JOGOS ANTIGOS X JOGOS ELETRÔNICOS: UM RELATO DE EXPERIENCIA DO PROCESSO DE INTERVENÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA JOGOS ANTIGOS X JOGOS ELETRÔNICOS: UM RELATO DE EXPERIENCIA DO PROCESSO DE INTERVENÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA RESUMO Márcio Henrique Laperuta Érika Nishiiye Laperuta Evandro Lima da Cruz Luiz Gustavo

Leia mais

AFETIVIDADE, PARA QUE TE QUERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL?

AFETIVIDADE, PARA QUE TE QUERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL? AFETIVIDADE, PARA QUE TE QUERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL? Jailza de Lima Oliveira (UNEB - Bolsista PIBID/CAPES) Larissa Santos do Sacramento (UNEB - Bolsista PIBID/CAPES) Lucimara de Oliveira Soares (UNEB -

Leia mais

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Marília Darc Cardoso Cabral e Silva 1 Tatiane Pereira da Silva 2 RESUMO Sendo a arte uma forma do ser humano expressar seus sentimentos,

Leia mais