Contribuições da tecnologia para a formação de profissionais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Contribuições da tecnologia para a formação de profissionais"

Transcrição

1 Contribuições da tecnologia para a formação de profissionais M E S T R A D O P R O F I S S I O N A L E M C I Ê N C I A, T E C N O L O G I A E G E S T Ã O A P L I C A D A S À R E G E N E R A Ç Ã O T E C I D U A L UNIFESP G I S E L E G G A R B E ( g a r b h o s p i t a l s a o p a u l o. o r g. b r ) 2 2 D E O U T U B R O D E

2 Agenda O estudante hoje Educação e tecnologia Cursos a distância Bibliotecas digitais Comunidades virtuais Transmissão de vídeos ao vivo Organizando as informações Caminhos

3 O estudante hoje

4 Quem? O estudante hoje

5 Quem? O estudante hoje

6 O estudante hoje As diversas áreas do conhecimento estão em constante evolução Necessidade constante de atualização Surgimento de novas áreas e mudanças

7 O estudante hoje Características: Acesso à informação Autonomia Participação ativa Crítico

8 O estudante hoje transição Centrado no professor (ensino) Professor como detentor do conhecimento Aprender Saber por saber Centrado no estudante (aprendizagem) Professor como mediador da aprendizagem Aprender a aprender Aplicação dos novos conceitos Trabalho em equipe

9 Educação e tecnologia

10 Educação e tecnologia Educação formal: cursos reconhecidos com certificação Educação não formal: cursos livres, congressos Educação informal: leitura de artigos científicos, livros etc

11 Educação e tecnologia Período intenso de transformações em diversos setores da sociedade, inclusive na educação, decorrentes do uso amplo de recursos de informática. Na educação => novos espaços educacionais baseados no conhecimento compartilhado

12 Educação e tecnologia TDIC (tecnologias digitais de informação e comunicação) Novos caminhos e possibilidades na educação formal e não formal Uso de recursos digitais para transmitir a informação e promover a comunicação entre os atores dos processos de ensino e aprendizagem

13 Educação e tecnologia Formação profissional Cursos de pós-graduação Congresso, eventos e cursos livres Formação inicial em uma instituição formal Leitura e conversas Formação continuada

14 Educação e tecnologia Os recursos digitais promoveram um aumento do acesso às informações e a possibilidade de aprendizagem por meio da educação formal, não formal e informal.

15 Cursos a distância

16 Cursos a distância Mas... que distância? distância geográfica distância temporal distância tecnológica distância social, econômica, psicológica e cultural

17 Cursos a distância Educação a distância como uma forma de usar as tecnologias digitais de informação e comunicação como apoio às ações de educação. Características separação física entre professor e aluno possibilidade de utilização de meios de comunicação para unir o professor ao aluno e para a transmissão recursos didáticos encontros presenciais com propósitos didáticos e de socialização.

18 Cursos a distância - benefícios Amplo acesso a conteúdos Programação flexível do tempo pessoal Localização conveniente (casa, trabalho etc.) Aproveitamento do tempo e dos recursos que seriam gastos com o deslocamento Tempo para pensar e interagir (através de , chat ou listas de discussão) com a comunidade Possibilidade de compor seu próprio currículo, de forma multidisciplinar e multi-institucional

19 Cursos a distância recursos em EAD Conteúdo web: textos, imagens, animações, vídeos CD: textos, imagens, animações, vídeos Material impresso: textos, imagens Comunicação: , lista de s, fórum de discussão, chats, call center, fax, carta Video e webconferências Encontros presenciais Professor, tutor

20 Cursos a distância Modelos... Não há um modelo obrigatório ou ideal para a oferta de cursos a distância; há diversas metodologias possíveis e a escolha do modelo adequado para o curso deve levar em conta os objetivos, público alvo e contexto do processo de formação.

21 Cursos a distância Crítica: ações centradas na transmissão de informações (vídeos, apostilas, artigos) O uso de tecnologias digitais por si só não garante o aprendizado.

22 Cursos a distância Cursos que objetivam a construção coletiva do conhecimento: diálogo professor-estudante e estudanteestudante Atividades que necessitam de troca de conhecimento entre os participantes e análise de situações com base em diferentes experiências.

23 Cursos a distância MOOCs (Massive Open Online Courses) Baseados em diferentes modelos: Tradicionais, com videoaulas e interação mínima entre os participantes Inovadores, com o uso de múltiplas mídias, forte interação e variadas produções

24 Cursos a distância Para a educação profissional é fundamental que o curso tenha um desenho que valorize as experiências dos estudantes e que estes identifiquem uma aplicação prática dos conhecimentos construídos.

25 Bibliotecas digitais

26 Bibliotecas digitais Comunicação científica eletrônica - publicação formal de resultados de pesquisas científicas: Meio impresso Restrito a bibliotecas etc Meio eletrônico internet: Facilidade de busca Facilidade de acesso Abertura das publicações (mais de 9 mil títulos abertos)

27 Bibliotecas digitais Acesso aberto por meio digital a obras literárias, científicas e acadêmicas Ampliação da quantidade e variedade de conteúdos a que profissionais e a população em geral tem acesso Possibilidade de estudo de assuntos de seu real interesse, independente de sua localização

28 Bibliotecas digitais Exemplos de acervos e bibliotecas: SciELO - Scientific Electronic Library Online - BVS Brasil Biblioteca Virtual em Saúde - Biblioteca Virtual em Saúde Ministério da Saúde - WHO World Health Organization - Livros da Editora do Ministério da Saúde - Portal de Periódicos CAPES/MEC - Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações - Biblioteca Digital da UNICAMP - Biblioteca Digital de Teses da USP - Biblioteca Digital FGV -

29 Comunidades virtuais

30 Comunidades virtuais Promovem a interação entre indivíduos com interesses comuns Troca de informações (imagens, textos, vídeos), discussão O uso do smartphone ampliou o acesso às redes sociais

31

32

33

34 Comunidades virtuais Participação em comunidades virtuais como forma de aproximar a educação do dia a dia do profissional que necessita de uma atualização constante Estimula uma ligação entre a prática profissional, o compartilhamento de informações e reflexão sobre suas experiências

35 Transmissão de vídeos ao vivo

36 Transmissão de vídeos ao vivo Possibilidade de realizar uma reunião científica ou voltada à formação profissional entre pessoas distantes geograficamente Fabebook Live Google Hangout Skipe (apresentação unilateral sem a exibição de slides)

37 Transmissão de vídeos ao vivo FlashMeeting elaborado pela Open University Gratuito Conferências com compartilhamento de vídeo, slides, comunicação via chat e voz Suas características permitem não apenas uma apresentação unilateral, mas uma reunião em que a fala pode ser alterada entre os participantes, promovendo um ambiente de interação e construção coletiva

38

39 Organizando as informações

40 Organizando as informações Nuvem - utilização da memória e da capacidade de armazenamento de computadores compartilhados e interligados por meio da Internet

41 Organizando as informações Curadoria de conteúdos salva e organiza em assuntos links a conteúdos disponíveis na internet

42 Caminhos

43 Caminhos

44 Caminhos Grupo de pesquisa LEC Linguagem, Educação e Cibercultura

45 LEC Artigo para discussão Espaço na internet para compartilhar materiais do grupo Integrante do grupo responsável por conduzir a reunião

46 LEC Reunião presencial (não obrigatória) Reunião por meio do FlashMeeting gravada por webcam (apresentador, slides, chat, discussões)

47 LEC Participação a distância ao vivo ou visualização da gravação Após a reunião, discussão sobre o tema abordado ou outros temas de interesse do grupo; compartilhamento de materiais

48 LEC

49 Qual o nosso desafio? Como profissionais que necessitam de constante atualização, nosso desafio é nos envolvermos e tornarmos conscientes de que somos os verdadeiros responsáveis pela nossa formação, identificando as oportunidades para construir novos conhecimentos e as percorrendo.

50 Pesquisa goo.gl/3ek55v

51

52

A ARTE DA EAD NA BAHIA

A ARTE DA EAD NA BAHIA 1 A ARTE DA EAD NA BAHIA (11/2006) Jaqueline Souza de Oliveira Valladares Faculdade Dois de Julho Salvador Bahia Brasil jaquelinevalladares@yahoo.com.br GT2 EAD e mediação pedagógica Resumo: O presente

Leia mais

E-Learning Uma estratégia para a qualidade do ensino/aprendizagem. Ensino a Distância

E-Learning Uma estratégia para a qualidade do ensino/aprendizagem. Ensino a Distância E-Learning Uma estratégia para a qualidade do ensino/aprendizagem (num contexto académico) Vou dividir a minha apresentação sobre... em 3 partes: Conceito de e-learning Apresentar a intranet dos alunos

Leia mais

Rodrigo Claudino Diogo 1, Valéria A. Ribeiro de Lima 2, Vanusa Maria de Paula 3, Rosymeire Evangelista Dias 4

Rodrigo Claudino Diogo 1, Valéria A. Ribeiro de Lima 2, Vanusa Maria de Paula 3, Rosymeire Evangelista Dias 4 A formação docente em Ciência, Tecnologia, Sociedade e Educação Ambiental TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA SALA DE AULA: PRODUÇÃO DE VÍDEOS POR MEIO DE SMARTPHONES COMO UMA POSSIBILIDADE VIÁVEL

Leia mais

A RNP e a Educação no Brasil

A RNP e a Educação no Brasil A RNP e a Educação no Brasil SBC 99 - Educação e Aprendizagem na Sociedade da Educação - Rio de Janeiro (RJ) 21 de julho 1999 José Luiz Ribeiro Filho Sumário: A história da Internet e seu uso na educação

Leia mais

O CONTEXTO SOCIOTÉCNICO CONTEMPORÂNEO Diferentemente dos tradicionais meios de transmissão em massa, as tecnologias digitais são campo de

O CONTEXTO SOCIOTÉCNICO CONTEMPORÂNEO Diferentemente dos tradicionais meios de transmissão em massa, as tecnologias digitais são campo de Docência On Line INTRODUÇÃO A educação a Distância (EAD) se tornou uma realidade necessária nos dias atuais, tendo como objetivo ajudar e qualificar aquelas pessoas que não tiveram a oportunidade de estudarem

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

As Novas Tecnologias no Processo Ensino-Aprendizagem da Matemática

As Novas Tecnologias no Processo Ensino-Aprendizagem da Matemática A UTILIZAÇÃO DE BLOGs COMO RECURSO PEDAGÓGICO NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Maria Angela Oliveira Oliveira Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho matematicangela2007@yahoo.com.br Resumo: O Mini-Curso

Leia mais

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL CONEXÃO VERDE REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL IASEA INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL 1. APRESENTAÇÃO Conexão Verde é uma rede de aprendizagem e colaboração que envolve jovens

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 Apresentação O Curso de Licenciatura em Artes da tem como meta principal formar o professor de artes através de

Leia mais

Jennefer Nicholson Secretary General IFLA. Universidade de Évora, Teatro Garcia de Resende e Biblioteca Pública de Évora 21-23 outubro 2015, Portugal

Jennefer Nicholson Secretary General IFLA. Universidade de Évora, Teatro Garcia de Resende e Biblioteca Pública de Évora 21-23 outubro 2015, Portugal Jennefer Nicholson Secretary General IFLA Universidade de Évora, Teatro Garcia de Resende e Biblioteca Pública de Évora 21-23 outubro 2015, Portugal Surfando as ondas ou sendo levado pela maré? Navegando

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL. instrumento de INCLUSÃO SOCIAL

INCLUSÃO DIGITAL. instrumento de INCLUSÃO SOCIAL INCLUSÃO DIGITAL instrumento de INCLUSÃO SOCIAL Brasil Telecom Área territorial: 2,6 milhões de km² (33% do território nacional) 25% do PIB (R$ 276 bilhões em 2001) 23% da População (40 milhões) 10.548

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA UNIVERSIDADE VIRTUAL DE RORAIMA (RELATÓRIO DE PESQUISA)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA UNIVERSIDADE VIRTUAL DE RORAIMA (RELATÓRIO DE PESQUISA) UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA UNIVERSIDADE VIRTUAL DE RORAIMA (RELATÓRIO DE PESQUISA) Boa Vista RR 2010 DÉBORA FERREIRA PINTO EDEANE CÉSAR DA SILVA ELISANGELA

Leia mais

Lato Sensu da FGV Management Rio compreende uma análise curricular. Desta forma, solicitamos o

Lato Sensu da FGV Management Rio compreende uma análise curricular. Desta forma, solicitamos o Prezado (a) Sr.(a.), Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro

Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro Justificativas O Estado contemporâneo busca superar uma parte substantiva dos obstáculos que permeiam as políticas públicas e as ações privadas através

Leia mais

PRÁTICAS DE PESQUISA: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DE PROFESSORES NA

PRÁTICAS DE PESQUISA: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DE PROFESSORES NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ UNIFEI Instituto de Engenharia de Produção e Gestão PRÁTICAS DE PESQUISA: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DE PROFESSORES NA INICIAÇÃO CIENTÍFICA Prof. Luiz Gonzaga Mariano de Souza

Leia mais

Educação financeira no contexto escolar

Educação financeira no contexto escolar Educação financeira no contexto escolar Sueli Teixeira Mello e Caroline Stumpf Buaes Ministério da Educação do Brasil (MEC) Rio de Janeiro, 09/12/2015 Sumário 2 1. O papel institucional do Ministério da

Leia mais

ANEXO II MODELO DE PROJETO 1. Título II Reviravolta Coletiva Integração e Locomoção

ANEXO II MODELO DE PROJETO 1. Título II Reviravolta Coletiva Integração e Locomoção ANEXO II MODELO DE PROJETO 1. Título Integração e Locomoção 2. Apresentação A Reviravolta surgiu em Julho de 2012 como ideia e se concretizou no mês de Agosto do mesmo ano. O projeto em 2012 compreendia

Leia mais

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS GET GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHADOR SESI/DRMG MINAS GERAIS 2015 www.fiemg.com.br SUMÁRIO 1. PALESTRAS 1.1 MAIS INFORMAÇÕES... 4 2. OFICINAS 2.1 ÉTICA

Leia mais

FOTOGRAFIA NA LATA: CRIATIVIDADE COM PINHOLE, MARMORIZAÇÃO E BLOG PARA AS ESCOLAS MUNICIPAIS DE ENSINO FUNDAMENTAL DE SANTA MARIA

FOTOGRAFIA NA LATA: CRIATIVIDADE COM PINHOLE, MARMORIZAÇÃO E BLOG PARA AS ESCOLAS MUNICIPAIS DE ENSINO FUNDAMENTAL DE SANTA MARIA FOTOGRAFIA NA LATA: CRIATIVIDADE COM PINHOLE, MARMORIZAÇÃO E BLOG PARA AS ESCOLAS MUNICIPAIS DE ENSINO FUNDAMENTAL DE SANTA MARIA Prof. Dr. Daniel Flores- Universidade Federal de Santa Maria Prof. Dr.

Leia mais

Agenda. 03 de Dezembro de 2015. Hotel Green Place Flat São Paulo, SP. Realização: www.corpbusiness.com.br 2ª EDIÇÃO

Agenda. 03 de Dezembro de 2015. Hotel Green Place Flat São Paulo, SP. Realização: www.corpbusiness.com.br 2ª EDIÇÃO Agenda 2ª EDIÇÃO 03 de Dezembro de 2015 Hotel Green Place Flat São Paulo, SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Expo Brand Apoio Realização: APRESENTAÇÃO PORTAIS CORPORATIVOS:

Leia mais

Base Curricular Nacional Comum e o Livro Escolar do Futuro. Prof. Dra. Elda Gomes Araújo 23 de agosto de 2014

Base Curricular Nacional Comum e o Livro Escolar do Futuro. Prof. Dra. Elda Gomes Araújo 23 de agosto de 2014 Base Curricular Nacional Comum e o Livro Escolar do Futuro Prof. Dra. Elda Gomes Araújo 23 de agosto de 2014 A uma criança daria asas, porém deixaria que ela sozinha aprendesse a voar" (García Márquez).

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre Pró-Reitoria de Extensão - PROEX

Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre Pró-Reitoria de Extensão - PROEX ANEXO 1 FORMULÁRIO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO DE PROJETO DE EXTENSÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA DO PROJETO 1.1 Área temática (ver Anexo 1.1) 1.2 Linha de extensão (informar em qual (is) linha(s) se enquadra

Leia mais

ESTRATÉGIAS PARA A CONSOLIDAÇÃO DE UMA POLÍTICA DE CT&I PARA O NORDESTE

ESTRATÉGIAS PARA A CONSOLIDAÇÃO DE UMA POLÍTICA DE CT&I PARA O NORDESTE ESTRATÉGIAS PARA A CONSOLIDAÇÃO DE UMA POLÍTICA DE CT&I PARA O NORDESTE - Articulação Nacional em Tecnologia Social - Grupo de Trabalho do Terceiro Setor - Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inclusão

Leia mais

Eliana Lúcia Ferreira Coordenadora do Curso.

Eliana Lúcia Ferreira Coordenadora do Curso. BOAS VINDAS Prezado aluno, Seja bem vindo ao Curso de Licenciatura Plena em Educação Física, modalidade à Distância da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora (FAEFID/UFJF).

Leia mais

Cursos de capacitação em gestão de águas na Bacia do Rio Paranaíba

Cursos de capacitação em gestão de águas na Bacia do Rio Paranaíba Cursos de capacitação em gestão de águas na Bacia do Rio Paranaíba Paulo Salles Universidade de Brasília psalles@unb.br 5 a Reuniao da Camara Tecnica Rio Quente, 7-8 de maio de 2009 Esta apresentação Objetivos

Leia mais

COMUNIDADE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

COMUNIDADE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM COMUNIDADE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM ATIVIDADES Atividade Extra - Fórum SIEPE (Compensação da carga horária do dia 08/09/2012) A atividade foi postada no módulo X Atividade Módulo X - Fórum Agenda O cursista

Leia mais

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto Identificação do Projeto OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto Suporte ao desenvolvimento da Rede Saúde & Diplomacia Seguimento

Leia mais

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2016

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2016 PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2016 O programa Talentos da Educação é uma iniciativa da Fundação Lemann para apoiar pessoas talentosas e comprometidas com a melhoria da educação no Brasil. A proposta é

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Informação O que é Informação? Informação: conjunto de dados relacionados entre si. Sociedade de Informação Mais e Melhor Informação Recebemos tanta informação durante o dia que perdemos

Leia mais

LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA: ESPAÇO DE INCLUSÃO

LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA: ESPAÇO DE INCLUSÃO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA: ESPAÇO DE INCLUSÃO Autores Terezinha Mônica Sinício Beltrão. Professora da Rede Pública Municipal de Ensino da Prefeitura do Recife e Professora Técnica da Gerência de Educação

Leia mais

Grupo temático 4 Cidadania e vulnerabilidade financeira

Grupo temático 4 Cidadania e vulnerabilidade financeira Grupo temático 4 Cidadania e vulnerabilidade financeira Oficinas Técnicas: temas Grupo temático 4 - Cidadania e vulnerabilidade financeira Oficina 4.A Novas tecnologias em serviços financeiros na promoção

Leia mais

Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts)

Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts) Como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma vídeo-conferência e participar num fórum de debate (Google Hangouts) Este módulo irá ensinar-lhe como gerir um espaço de conversa (chat) ou uma videoconferência

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CONTEÚDO DIGITAL PARA O USO NA EDUCAÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

IDENTIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CONTEÚDO DIGITAL PARA O USO NA EDUCAÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS IDENTIFICAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CONTEÚDO DIGITAL PARA O USO NA EDUCAÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS Júlio César Neis 1 ; Rosangela Aguiar Adam 2 ; Tiago Lopes Gonçalves 3 ; Vera Regina Mazureck

Leia mais

FLUZZ: PROJETO DE UMA REDE SOCIAL BASEADA EM INTELIGÊNCIA COLETIVA

FLUZZ: PROJETO DE UMA REDE SOCIAL BASEADA EM INTELIGÊNCIA COLETIVA FLUZZ: PROJETO DE UMA REDE SOCIAL BASEADA EM INTELIGÊNCIA COLETIVA Ericsson Santana MARIN Orientador: Cedric Luiz de CARVALHO Instituto de Informática Universidade Federal de Goiás (UFG) Goiânia GO Brasil

Leia mais

Os recursos tecnológicos na Educação de Jovens e Adultos: um diferencial no processo ensino aprendizagem.

Os recursos tecnológicos na Educação de Jovens e Adultos: um diferencial no processo ensino aprendizagem. Os recursos tecnológicos na Educação de Jovens e Adultos: um diferencial no processo ensino aprendizagem. Fátima Aparecida Machado dos Santos Centro Educacional de Jovens e Adultos /Secretaria Municipal

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UNIVERSIDADES A DISTÂNCIA

IMPLANTAÇÃO DE UNIVERSIDADES A DISTÂNCIA IMPLANTAÇÃO DE UNIVERSIDADES A DISTÂNCIA João Vianney Doutor em Ciências Humanas PPGICH-UFSC Diretor de Educação a Distância do IESB Membro do Conselho de Ética da ABED Tá tudo muito bom... Tá tudo muito

Leia mais

Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos

Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos O curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos visa a despertar o interesse de pessoas que queiram empreender na área social. Trata-se

Leia mais

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento:

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento: Com carga horária de 420 horas o curso de MBA em Gestão de Projetos é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos diversos pólos,

Leia mais

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR

SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR SINAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR Elza Cristina Giostri elza@sociesc.org.br PROGRAMA Apresentação Diagnóstico de conhecimento e necessidades Conceito Geral Elaboração do relatório

Leia mais

TABLETS COMO RECURSO DE ENSINO: UM ESTUDO COM PROFESSORES DE MATEMÁTICA NUMA ESCOLA PÚBLICA DA PARAÍBA

TABLETS COMO RECURSO DE ENSINO: UM ESTUDO COM PROFESSORES DE MATEMÁTICA NUMA ESCOLA PÚBLICA DA PARAÍBA TABLETS COMO RECURSO DE ENSINO: UM ESTUDO COM PROFESSORES DE MATEMÁTICA NUMA ESCOLA PÚBLICA DA PARAÍBA 1-Introdução LUCAS, Leandro Mário UEPB leandrosl.pb@gmail.com MOITA, Filomena Maria UEPB filomena_moita@hotmail.com

Leia mais

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico.

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001639 - ARTES VISUAIS-BACHARELADO EM DESIGN GRAFICO Nivel: Superior Area Profissional: 0009 - DESIGN Area de Atuacao: 0240 - ARTE PROJ.DESENHO/DESIGN

Leia mais

CURSO INTENSIVO. Vigilância Sanitária - Formação Básica, Intermediária e Avançada

CURSO INTENSIVO. Vigilância Sanitária - Formação Básica, Intermediária e Avançada CURSO INTENSIVO Vigilância Sanitária - Formação Básica, Intermediária e Avançada O EaDPLUS é um dos melhores portais de cursos à distância do Brasil e conta com um ambiente virtual de aprendizagem que

Leia mais

ICI AMPLIA INCLUSÃO DIGITAL E PROMOVE AVANÇOS NA ROTINA DOS ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA COM APLICAÇÃO DE WI-FI NAS ESCOLAS

ICI AMPLIA INCLUSÃO DIGITAL E PROMOVE AVANÇOS NA ROTINA DOS ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA COM APLICAÇÃO DE WI-FI NAS ESCOLAS Case de Sucesso Integrando CIOs, gerando conhecimento. ICI AMPLIA INCLUSÃO DIGITAL E PROMOVE AVANÇOS NA ROTINA DOS ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA COM APLICAÇÃO DE WI-FI NAS ESCOLAS Perfil O Instituto Curitiba

Leia mais

PERSPECTIVA DE UM GESTOR DE SAÚDE SOBRE NA TOMADA DE DECISÃO EM SAÚDE PÚBLICA. BRASILIA. 9 JUNHO/2010

PERSPECTIVA DE UM GESTOR DE SAÚDE SOBRE NA TOMADA DE DECISÃO EM SAÚDE PÚBLICA. BRASILIA. 9 JUNHO/2010 WEB 2.0 e SAÚDE PÚBLICA PERSPECTIVA DE UM GESTOR DE SAÚDE SOBRE O USO DA WEB COMO ELEMENTO ESTRATÉGICO NA TOMADA DE DECISÃO EM SAÚDE PÚBLICA. Ricardo Oliva BRASILIA. 9 JUNHO/2010 1 /15 SIGINIFICADO DO

Leia mais

Programa Estadual de Educação ambiental do Rio de Janeiro. Processo de construção coletiva

Programa Estadual de Educação ambiental do Rio de Janeiro. Processo de construção coletiva Programa Estadual de Educação ambiental do Rio de Janeiro Processo de construção coletiva ProEEA A presente versão foi objeto de Consulta Pública que envolveu educadores ambientais dos 92 municípios fluminenses,

Leia mais

PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR

PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR EDUCAÇÃO FÍSICA E PARALISIA CEREBRAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA INCLUSÃO ESCOLAR Gabrielle Cristina Sanchez Adriana Garcia Gonçalves São Carlos - UFSCar Eixo Temático: 9 Pesquisa e Inovação Metodológica

Leia mais

Guia do Aluno. Guia do Aluno. Educação Sebrae SEBRAE. Educação Sebrae. Educação Sebrae SEBRAE. aprender sempre é um bom negócio

Guia do Aluno. Guia do Aluno. Educação Sebrae SEBRAE. Educação Sebrae. Educação Sebrae SEBRAE. aprender sempre é um bom negócio 1 Sumário Apresentação... 3 1.1 Como Acessar o Curso... 4 1.2 Estrutura e Metodologia... 5 1.3 Diferentes Personagens e seus Papéis... 5 1.4 Orientações Importantes sobre o Estudo... 6 1.5 Ambiente Virtual

Leia mais

2ª fase Módulo I. 3. Este CADERNO DE QUESTÕES que recebeu contém 20 questões numeradas de 1 a 20.

2ª fase Módulo I. 3. Este CADERNO DE QUESTÕES que recebeu contém 20 questões numeradas de 1 a 20. Prova para a seleção de tutores 2ª fase Módulo I Curso de Pedagogia EAD LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES SEGUINTES 1. Esta prova tem o VALOR DE 10 PONTOS e refere-se ao que foi abordado no módulo I do curso

Leia mais

Fundação UNIVESP Universidade Virtual do Estado de São Paulo

Fundação UNIVESP Universidade Virtual do Estado de São Paulo . Fundação UNIVESP Universidade Virtual do Estado de São Paulo TECNOLOGIA, EDUCAÇÃO E CIDADANIA Conhecimento como bem público 28 de setembro de 2012 A espiral da cultura científica Conhecimento como bem

Leia mais

Consórcio das Universidades Federais do Sul/Sudeste de Minas Gerais. Uma proposta inovadora e estratégica para a região, o Estado e o País

Consórcio das Universidades Federais do Sul/Sudeste de Minas Gerais. Uma proposta inovadora e estratégica para a região, o Estado e o País Consórcio das Universidades Federais do Sul/Sudeste de Minas Gerais Uma proposta inovadora e estratégica para a região, o Estado e o País Consórcio O que não é: Uma Superuniversidade Uma Fusão de Universidades

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré Atividade de Enriquecimento Curricular TIC Pré-Escolar Nenúfares Docente: Telma Sá Ano Letivo: 2015/2016 1 O saber é um processo, não é um produto. Jerome

Leia mais

Servidor de Armazenamento em Nuvem

Servidor de Armazenamento em Nuvem Aula 10 Servidor de Armazenamento em Nuvem Prof. Roitier Campos Gonçalves Cloud Computing modelo tecnológico que habilita de forma simplificada o acesso on-demand a uma rede, a qual possui um pool de recursos

Leia mais

SOS digital Gestão de dados de investigação

SOS digital Gestão de dados de investigação SOS digital Gestão de dados de investigação 2014.07.10 Porto, FEUP - INESC TEC Ana Rodrigues, Francisco Barbedo, Lucília Runa, Mário Sant Ana (DGLAB) SOS digital: a iniciativa O SOS digital surgiu, em

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS 2014-2015 JOVENS CRIATIVOS, EMPREENDEDORES PARA O SÉCULO XXI

CONCURSO DE IDEIAS 2014-2015 JOVENS CRIATIVOS, EMPREENDEDORES PARA O SÉCULO XXI 0 REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS 2014-2015 1. OBJETIVOS Através de um concurso de ideias, a iniciativa INOVA! visa: Estimular o espírito empreendedor, criativo e inovador das crianças e dos jovens;

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC Diretoria de Pós-graduação e Pesquisa

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC Diretoria de Pós-graduação e Pesquisa CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC Diretoria de Pós-graduação e Pesquisa PLANO DE ENSINO MODALIDADE PRESENCIAL 1 Ano 2016 1º Semestre Curso: Marketing Digital e E-commerce Disciplina: Fundamentos do Ambiente Digital

Leia mais

Plano de Sustentabilidade. (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: 1ª PARTE DO PLANO

Plano de Sustentabilidade. (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: 1ª PARTE DO PLANO Plano de Sustentabilidade (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: Inserir a logomarca da Rede Fomentada 1ª PARTE DO PLANO (Trabalho interno da Base de Economia Solidária e Feminista)

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012 Pós-Graduação Lato Sensu a Distância 1º semestre 2012 FEVEREIRO/2012 Índice dos Cursos de Pós-Graduação a distância Oferta: primeiro semestre 2012 Curso Mensalidade Total Pagina ÁREA: ADMINISTRAÇÃO MBA

Leia mais

Política de Inclusão e Acessibilidade da UNIPAMPA

Política de Inclusão e Acessibilidade da UNIPAMPA Política de Inclusão e Acessibilidade da UNIPAMPA Equipes envolvidas com o Atendimento Educacional Especializado - AEE Núcleo de Inclusão e Acessibilidade (NInA) Núcleos de Desenvolvimento Educacional

Leia mais

B-on. Click to edit Master title style. Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level Fifth level

B-on. Click to edit Master title style. Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level Fifth level Click to edit Master title style B-on FCCN, 11 Maio 2011 João Mendes Moreira Gestor da b-on Jmm@fccn.pt Click to edit Master title Agenda style Enquadramento Serviços Indicadores Conclusões Click to edit

Leia mais

FONTES E FORMAS DE ENERGIA

FONTES E FORMAS DE ENERGIA FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FUNDAÇÃO CECIERJ / CONSÓRCIO CEDERJ PROFESSOR/CURSISTA: Armanda Teixeira Ferreira Gonçalves COLÉGIO: Estadual Bairro Senhor Do Bonfim Turma:

Leia mais

Incorporação Tecnológica na Atenção Básica Avançando no uso de evidências no nível local

Incorporação Tecnológica na Atenção Básica Avançando no uso de evidências no nível local Incorporação Tecnológica na Atenção Básica Avançando no uso de evidências no nível local Jorge Otávio Maia Barreto, Me, Dr.(c) Secretário Municipal de Saúde de Piripiri (SMS Piripiri) Secretário Extraordinário

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família

Curso de Especialização em Saúde da Família MÓDULO: FAMILIARIZAÇÃO TECNOLÓGICA COM EAD UNIDADE 03 DOCÊNCIA E TUTORIA NA EAD Prof. Msc Rômulo Martins 2.1 Introdução A Educação a Distância, por meio dos inúmeros recursos didáticos e tecnológicos,

Leia mais

Balcão Único de Atendimento

Balcão Único de Atendimento Ricardo Riquito Coordenador Geral ricardo.riquito@airc.pt Balcão Único de Atendimento ATAM. 1 a 4 de Outubro Quem somos? Modernização Administrativa? Balcão Único Atendimento M N t MyNet Arquitectura Capacidades

Leia mais

O PAPEL DOS COORDENADORES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FRENTE ÀS MUDANÇAS. SEMINÁRIO REGIONAL ANGRAD - AMPESC - CRA/SC

O PAPEL DOS COORDENADORES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FRENTE ÀS MUDANÇAS. SEMINÁRIO REGIONAL ANGRAD - AMPESC - CRA/SC O PAPEL DOS COORDENADORES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FRENTE ÀS MUDANÇAS. SEMINÁRIO REGIONAL ANGRAD - AMPESC - CRA/SC Prof. Dr. RUI OTÁVIO BERNARDES DE ANDRADE Presidente do CRA/RJ Coordenador do Conselho

Leia mais

PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO

PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO Formação de Professores e Educação Matemática (FPM) GT 08 RESUMO Melquisedec Anselmo da Costa AZEVEDO

Leia mais

O que é pesquisa? Finalidade da pesquisa. Método. O que é pesquisa? (COLLIS E HUSSEY, 2003)

O que é pesquisa? Finalidade da pesquisa. Método. O que é pesquisa? (COLLIS E HUSSEY, 2003) O que é pesquisa? Uma indagação minuciosa ou exame crítico exaustivo na procura de fatos e princípios; uma diligente busca para averiguar algo (Webster s International Dictionary) Pesquisar não é apenas

Leia mais

Rede Interamericana de Fundações e Ações Empresariais para o Desenvolvimento de Base

Rede Interamericana de Fundações e Ações Empresariais para o Desenvolvimento de Base Rede Interamericana de Fundações e Ações Empresariais para o Desenvolvimento de Base O QUE É REDEAMÉRICA? É UMA REDE TEMÁTICA LIDERADA PELO SETOR EMPRESARIAL COM UMA ESTRATÉGIA HEMISFÉRICA PARA FAZER DO

Leia mais

CIBERESPAÇO E O ENSINO: ANÁLISE DAS REDES SOCIAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL II NA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR VIANA

CIBERESPAÇO E O ENSINO: ANÁLISE DAS REDES SOCIAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL II NA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR VIANA 203 CIBERESPAÇO E O ENSINO: ANÁLISE DAS REDES SOCIAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL II NA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR VIANA INTRODUÇÃO ¹ Elias Barbosa de Lima filho ² Dr. Flamarion Dutra Alves ¹ eliasbarbosalima141@gmail.com

Leia mais

M U L H E R E S D O B R A S I L. Setembro2015

M U L H E R E S D O B R A S I L. Setembro2015 M U L H E R E S D O B R A S I L Setembro2015 COMITÊ SOCIAL A Voz das Mulheres Palestra Andrea Chamma Cristina Schulman Maria Elisa Curcio Inegociáveis Não advogamos em causa própria; Todo o trabalho deve

Leia mais

Governança Social e Gestão de Redes Organizacionais

Governança Social e Gestão de Redes Organizacionais Governança Social e Gestão de Redes Organizacionais Profa. Marcia Paterno Joppert Prof. Humberto Falcão Martins 2013 ROTEIRO Governança colaborativa Redes Gestão de/em redes Um roteiro e um exemplo de

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 002/2013 - OFICINAS E PALESTRAS PARA INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E SERVIÇOS DE ACESSIBILIDADE O SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM DO COOPERATIVISMO NO ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA 1. Número e Título do Projeto: OEI BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação

Leia mais

Desafios para a Gestão do Conhecimento

Desafios para a Gestão do Conhecimento Webinars SBGC - Insights 01/04/2016 Desafios para a Gestão do André Saito saito@sbgc.org.br André Saito Criação de startup de jogos educacionais online (2000) Atuação em gestão da qualidade e reengenharia

Leia mais

REQUERIMENTO (Do Sr. Dr. UBIALI)

REQUERIMENTO (Do Sr. Dr. UBIALI) REQUERIMENTO (Do Sr. Dr. UBIALI) Requer o envio de Indicação ao Poder Executivo, relativa à inserção do Cooperativismo como Tema Transversal nos currículos escolares do ensino Senhor Presidente: Nos termos

Leia mais

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso:

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: A Faculdade AIEC, mantida pela Associação Internacional de Educação Continuada AIEC, iniciou, em 2002, o curso de Bacharelado em Administração, na metodologia semipresencial. Foi pioneira e até hoje é

Leia mais

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ HENRIQUE, Helen de Oliveira²; BIZERRA, Adais Alves³; SILVA, Laiana Luiza da⁴; LIMA, Lorrany

Leia mais

Arduino E.E. Profª Amira Homsi Chalella Sala 12 - Sessão 1

Arduino E.E. Profª Amira Homsi Chalella Sala 12 - Sessão 1 Arduino E.E. Profª Amira Homsi Chalella Sala 12 - Sessão 1 Professor Apresentador: Sebastião Carlos Silva Realização: Foco O projeto arduino conta com o diálogo entre as disciplinas de Física, Matemática,

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Comércio eletrônico - seções 3.3 Planejamento de marketing e de negócios na internet 3.4: Web e redes sociais plataformas digitais 1 Seção 3.1 PLANEJAMENTO DE MARKETING E DE NEGÓCIOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Coordenadoria Institucional de Educação a Distância - CIED

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Coordenadoria Institucional de Educação a Distância - CIED Recomendação da Coordenadoria Institucional de Educação a Distância (CIED) sobre a inclusão de disciplinas nos cursos de licenciatura presencial e a distância da UFAL A Lei de Diretrizes e Bases da Educação

Leia mais

ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO: UMA REALIDADE NO CEFET/SC - TRABALHANDO A INTERDISCIPLINARIDADE NO PROJETO CASA DO VIDRO PARA A ARESP

ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO: UMA REALIDADE NO CEFET/SC - TRABALHANDO A INTERDISCIPLINARIDADE NO PROJETO CASA DO VIDRO PARA A ARESP ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO: UMA REALIDADE NO CEFET/SC - TRABALHANDO A INTERDISCIPLINARIDADE NO PROJETO CASA DO VIDRO PARA A ARESP Thyrza Schlichting De Lorenzi Pires; Fernando José Fernandes Gonçalves;

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes. Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes. Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação CARATERIZAÇÃO DOS TERRITÓRIOS ENVOLVIDOS NA CONSTITUIÇÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

Sistemas Fotovoltaicos (Modalidade Online) Apresentação do Curso

Sistemas Fotovoltaicos (Modalidade Online) Apresentação do Curso Sistemas Fotovoltaicos (Modalidade Online) Apresentação do Curso Sobre a Blue Sol A Blue Sol Energia Solar foi criada em 2008 com a finalidade de se especializar em soluções em energia solar e distribuição

Leia mais

Prof. Dr. Heros Ferreira Plataforma EAD. Encontro Multiesportivo de Técnicos Formadores Solidariedade Olímpica / COI

Prof. Dr. Heros Ferreira Plataforma EAD. Encontro Multiesportivo de Técnicos Formadores Solidariedade Olímpica / COI Prof. Dr. Heros Ferreira Plataforma EAD Encontro Multiesportivo de Técnicos Formadores Solidariedade Olímpica / COI AGENDA 1. PLANEJAMENTO 2. ESTRUTURAÇÃO RH E DIDÁTICA 3. PLATAFORMA EAD 4. EXECUÇÃO 5.

Leia mais

SUA ESCOLA, NOSSA ESCOLA CLARI E AS ATITUDES POSITIVAS

SUA ESCOLA, NOSSA ESCOLA CLARI E AS ATITUDES POSITIVAS SUA ESCOLA, NOSSA ESCOLA CLARI E AS ATITUDES POSITIVAS Resumo do Episódio: Clari e as atitudes positivas Em um tempo em que a profissão docente é assustada pela síndrome de Burnout, a escola apresentada

Leia mais

Promoção Comunicação

Promoção Comunicação Promoção Comunicação 1 Propaganda, Promoção de Vendas e Publicidade 2 3 Mix de Comunicação de Marketing ou Mix de Promoção Consiste em uma composição de instrumentos de comunicação como propaganda, venda

Leia mais

EDUCAÇÃO & NEGÓCIOS. Será que estamos preparados para a nova era da instantaneidade?

EDUCAÇÃO & NEGÓCIOS. Será que estamos preparados para a nova era da instantaneidade? EDUCAÇÃO & NEGÓCIOS Será que estamos preparados para a nova era da instantaneidade? FATEA Lorena 27/09/2011 TEMAS ABORDADOS: Como aprendemos? A nova geração de empreendedores e profissionais Cenário profissional

Leia mais

VIII Oficinas de Formação A Escola na Sociedade da Informação e do Conhecimento praticar ao Sábado. E-learning. 3 de Março de 2007

VIII Oficinas de Formação A Escola na Sociedade da Informação e do Conhecimento praticar ao Sábado. E-learning. 3 de Março de 2007 VIII Oficinas de Formação A Escola na Sociedade da Informação e do Conhecimento praticar ao Sábado E-learning 3 de Março de 2007 Plataformas de E-learning em contexto educativo Intervenção de José Luís

Leia mais

Plano de Articulação Curricular

Plano de Articulação Curricular Plano de Articulação Curricular 2014-2015 Agrupamento de Escolas Fernando Pessoa Índice 1.Introdução... 3 2 2.Prioridades... 4 3.Operacionalização do Plano de Articulação Curricular... 5 4.Monitorização

Leia mais

Programa de Modernização do Controle Externo dos Estados, Distrito Federal e Municípios ESCOLA DE CONTAS

Programa de Modernização do Controle Externo dos Estados, Distrito Federal e Municípios ESCOLA DE CONTAS Programa de Modernização do Controle Externo dos Estados, Distrito Federal e Municípios ESCOLA DE CONTAS Ação Descrição Prazo Final PLANO DE AÇÃO Escolas de Contas 2009 Responsável ENCAMINHAMENTO IRB enviará

Leia mais

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE PROJETO BRINCANDO SE APRENDE COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR EDGARD SANTOS APRESENTAÇÃO A Matemática e a Língua Portuguesa são vistas como disciplinas de difícil aprendizagem, muitas vezes até rejeitada pelos

Leia mais

Concepção Pedagógica do curso-piloto Pradime on line 1

Concepção Pedagógica do curso-piloto Pradime on line 1 Concepção Pedagógica do curso-piloto Pradime on line 1 Equipe de Consultores do Pradime Celso Vallin Edna Tmarozzi, Maria Elisabette B.B. Prado Solange Lima D Agua Vitória Kachar No contexto virtual evidencia-se

Leia mais

Carta de Brasília II

Carta de Brasília II 2 Carta de Brasília II O II Fórum Nacional de TVs Públicas, ancorado pela Carta de Brasília, afirma seu compromisso com o processo de democratização da comunicação social brasileira. Visando a conquista

Leia mais

A Resolução GRU nº 002/2011 estabelece a Política de Aquisição de Acervo para as Bibliotecas quanto à aquisição de livros, periódicos e multimeios.

A Resolução GRU nº 002/2011 estabelece a Política de Aquisição de Acervo para as Bibliotecas quanto à aquisição de livros, periódicos e multimeios. Biblioteca Sistema Integrado de Biblioteca (SIBi) A UNIGRANRIO possui um Sistema Integrado de Bibliotecas composto por um Núcleo de Coordenação de Bibliotecas, 12 Bibliotecas e uma Unidade de Conservação

Leia mais

CONECTIVIDADE GLOBAL E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO SÉCULO XXI Escola de GoveRNo do Rio Grande do Norte Fundação Getulio Vargas

CONECTIVIDADE GLOBAL E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO SÉCULO XXI Escola de GoveRNo do Rio Grande do Norte Fundação Getulio Vargas CONECTIVIDADE GLOBAL E COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS DO SÉCULO XXI Escola de GoveRNo do Rio Grande do Norte Fundação Getulio Vargas O QUE O FUTURO NOS RESERVA? CONECTIVIDADE GLOBAL MÁQUINAS INTELIGENTES

Leia mais

PROJETO CONSTRUINDO SABERES

PROJETO CONSTRUINDO SABERES PROJETO CONSTRUINDO SABERES Justificativa: O Projeto Construindo Saberes em Língua Portuguesa e Matemática, justifica-se pela importância de ser um instrumento de apoio pedagógico e didático para sanar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO EXTENSÃO E. E. INDIA VANUÍRE Código: 9136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

GUIA PRA TICO DO ALUNO

GUIA PRA TICO DO ALUNO GUIA PRA TICO DO ALUNO Sistema de Avaliação, Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA e Portal ÚNICO Guia prático e de conhecimento do Sistema de Avaliação, utilização das ferramentas tecnológicas Ambiente

Leia mais

Conexão e Mobilidade o currículo na cultura digital PROFA. DRA. MARIA DA GRAÇA MOREIRA DA SILVA

Conexão e Mobilidade o currículo na cultura digital PROFA. DRA. MARIA DA GRAÇA MOREIRA DA SILVA Conexão e Mobilidade o currículo na cultura digital PROFA. DRA. MARIA DA GRAÇA MOREIRA DA SILVA Abril, 2013 Integração das tecnologias ao currículo Perspectiva Apropriação social das tecnologias Leitura

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais