LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS"

Transcrição

1 iii LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS Capítulo I Tabela nº 1 Composição da amostragem: professores e alunos em relação às quantidades de questionários enviados/recebidos na pesquisa.. 6 Tabela nº 2 Quantidade de alunos e professores da pesquisa em relação ao universo no Estado de São Paulo Tabela nº 3 Faixa etária dos professores participantes da pesquisa Tabela nº 4 Representatividade por sexo dos professores participantes da pesquisa.. 17 Tabela nº 5 Titulação dos professores que responderam a pesquisa Tabela nº 6 Período letivo dos professores que responderam a pesquisa Tabela nº 7 Faixas etárias dos alunos participantes da pesquisa.. 19 Tabela nº 8 Período em que os alunos participantes da pesquisa freqüentam as aulas Tabela nº 9 Composição da amostragem por curso Capítulo II Figura 1 Tela inicial do portal da UMESP do EAD Figura 2 Tela da EAD da UMESP sobre a metodologia de ensino a distância Figura 3 Tela do suporte técnico do Ensino a Distância da UMESP Figura 4 Cursos de graduação oferecidos para educação a distância da UMESP Figura 5 Tela de educação a distância: espaço de apoio ao docente Figura 6 Tela inicial do portal da UNISINOS do EAD Figura 7 Tela da UNISINOS com Escritório de Gestão de Projetos em EAD Figura 8 Cursos de graduação oferecidos para educação a distância da UNISINOS.. 46 Figura 9 Tela Guia do aluno para EAD UNISINOS Figura 10 Tela com as bibliotecas virtuais da EAD UNISINOS.. 47 Figura 11 Tela de tecnologias para EAD UNISINOS.. 48 Capítulo IV Figura 12 Tela inicial do site de busca sobre bibliotecas virtuais de São Paulo.. 82 Figura 13 Tela inicial da biblioteca virtuais da UNIVAP Figura 14 Tela de acesso ao menu de pesquisa à biblioteca virtual da UNIVAP 83 Figura 15 Tela inicial da biblioteca da ESPM. 83

2 iv Figura 16 Tela de pesquisa e acesso ao acervo da biblioteca da ESPM.. 84 Gráfico 1 Evolução dos custos, segundo os tipos de interação docente x discente, mediados pelas NTICs UNESCO. 88 Capítulo V Gráfico 2 Comparação entre instituições de ensino superior brasileiras e americanas Figura 17 Sala de aula do futuro para ensino fundamental Escola do Futuro da USP Figura 18 Sala de aula do futuro para ensino médio e superor Escola do Futuro da USP 116 Figura 19 Sala de aula do futuro para ensino superior: 3ª geração Escola do Futuro da USP Capítulo VI Figura 20 Tela inicial de página da Internet de alunos de Gestão de Marketing, turma 2005 UNIFAI. 131 Figura 21 Tela de mensagens do grupo virtual dos alunos de Gestão de Marketing, turma 2005 UNIFAI. 132 Figura 22 Tela de arquivos para materiais didáticos dos professores do curso de Gestão de Marketing, turma de 2005 UNIFAI Figura 23 Tela de arquivos de fotografias sobre aulas e palestras dos alunos do curso de Gestão de Marketing 2005 UNIFAI Figura 24 Tela para enquete sobre aulas, palestras e outras coletas de opiniões dos alunos do curso de Gestão de Marketing 2005 UNIFAI Figura 25 Tela de endereços eletrônicos de alunos e professores do curso de Gestão de Marketing 2005 UNIFAI Figura 26 Tela com a agenda para eventos dos alunos do curso de Gestão de Marketing 2005 UNIFAI. 136 Figura 27 Tela para digitação de eventos dos alunos do curso de Gestão de Marketing 2005 UNIFAI Figura 28 Tela inicial de página na Internet de alunos 2º semestre do grupo de Administração de Empresas UNIFAI 138 Figura 29 Tela para arquivos da página na Internet de alunos 2º semestre do grupo de Administração de Empresas Figura 30 Tela dos associados do grupo de alunos 2º semestre do curso de Administração UNIFAI

3 v Figura 31 Tela de mensagens dos associados do grupo de alunos 2º semestre do curso de Administração UNIFAI Figura 32 Tela de mensagens dos associados do grupo de alunos 2º semestre do curso de Administração UNIFAI Figura 33 Tela de eventos do grupo de alunos 2º semestre do curso de Administração UNIFAI Figura 34 Tela de enquetes do grupo de alunos 2º semestre do curso de Administração UNIFAI Capítulo VII Tabela nº 10 Respostas das questões 1 a 5 da pesquisa professores Tabela nº 11 Respostas da questão de nº 6 da pesquisa professores Tabela nº 12 Respostas da questão de nº 7 da pesquisa professores Tabela nº 13 Respostas da questão de nº 8 da pesquisa professores Tabela nº 14 Respostas da questão de nº 9 da pesquisa professores Tabela nº 15 Respostas da questão de nº 10 da pesquisa professores Tabela nº 16 Respostas da questão de nº 11 da pesquisa professores Tabela nº 17 Respostas da questão de nº 12 da pesquisa professores Tabela nº 18 Respostas da questão de nº 13 da pesquisa professores Tabela nº 19 Respostas da questão de nº 14 da pesquisa professores Tabela nº 20 Respostas da questão de nº 15 da pesquisa professores Tabela nº 21 Respostas da questão de nº 16 da pesquisa professores Tabela nº 22 Respostas da questão de 1 a 5 da pesquisa alunos Tabela nº 23 Respostas da questão de nº 6 da pesquisa alunos Tabela nº 24 Respostas da questão de nº 7 da pesquisa alunos Tabela nº 25 Respostas da questão de nº 8 da pesquisa alunos Quadro nº 1 questão de nº 9 da pesquisa alunos. 189 Tabela nº 26 Respostas da questão de nº 10 da pesquisa alunos Tabela nº 27 Respostas das questões de nº 11 e 12 da pesquisa alunos Tabela nº 28 Respostas da questão de nº 13 da pesquisa alunos Tabela nº 29 Respostas da questão de nº 14 da pesquisa alunos Tabela nº 30 Respostas da questão de nº 14 da pesquisa alunos Tabela nº 31 Respostas da questão de nº 15 e 16 da pesquisa alunos

4 vi SUMÁRIO INTRODUÇÃO Capítulo I O PLANEJAMENTO DA PESQUISA, O PROBLEMA ESTUDADO, AS HIPÓTESES LEVANTADAS, O QUESTIONÁRIO DE PESQUISA E A METODOLOGIA 1. O planejamento da pesquisa Corpus da pesquisa Os procedimentos para o planejamento de pesquisa Definição do problema e dos objetivos da pesquisa As hipóteses formuladas A hipótese central A estruturação das hipóteses de forma codificada Os questionários de pesquisa O percurso metodológico O objetivo do estudo O universo da pesquisa e a amostragem Estratificação dos professores participantes da pesquisa Faixa etária dos professores participantes da pesquisa intervalo de 10 anos Titulação acadêmica dos professores pesquisados Período em que lecionam os professores pesquisados Estratificação dos alunos participantes da pesquisa Faixa etária dos alunos participantes da pesquisa intevalo de 5 anos Período em que estudam os alunos participantes da pesquisa e a representatividade dos cursos Capítulo II O PROFESSOR UNIVERSITÁRIO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1. O processo de ensino-aprendizagem nos cursos superiores: o significado de ensinar e de aprender Princípios comuns de aprendizagem Características do papel do professor e as estratégias para aprendizagem A relação de comunicação professor-aluno A educação a distância no ambiente universitário... 36

5 vii 5.1. Telas do portal da Universidade Metodista de São Paulo UMESP da plataforma de educação a distância EAD Telas do portal da Universidade do Vale do Rio dos Sinos Unisinos da plataforma de educação a distância EAD.. 44 Capítulo III AS TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO ON-LINE NO ENSINO SUPERIOR: O PROFESSOR ON-LINE 1. A formação aberta no espaço virtual A interatividade como uma lógica unificadora no espaço virtual (ciberespaço) em decorrência da desterritorialização A (nova) ação docente mediada por tecnologia digital a distância: o professor on-line A comunicação não-formal on-line entre professores e alunos universitários Um novo posicionamento dos professores universitários perante as novas tecnologias de comunicação a distância para uso pedagógico O tempo virtual no meio acadêmico O surgimento de uma nova e crescente comunidade no espaço virtual: grupos de alunos universitários on-line. 74 Capítulo IV A FORMAÇÃO CONTINUADA PROPORCIONADA PELA COMUNICAÇÃO ON-LINE ENTRE PROFESSORES E ALUNOS NO ENSINO SUPERIOR 1. A idéia de formação continuada: além dos limites da sala de aula A comunicação interpessoal no ambiente acadêmico em face à técnica informacional O ambiente virtual como espaço de sala de aula A interatividade do aluno universitário na sala de aula virtual A interatividade os alunos unversitários no ambiente virtual em grupos informais A comunicação on-line e os novos habitos noturnos Alunos universitários: amigos de classe on-line O desempenho das aulas presenciais em decorrência da comunicação virtual on-line entre alunos universitários e professores A (nova) pedagogia para o ambiente on-line: os professores no ambiente virtual

6 viii Capítulo V A FORMAÇÃO UNIVERSITÁRIA NA NOVA RELAÇÃO DOS ALUNOS E DOS PROFESSORES NOS AMBIENTES FÍSICOS E VIRTUAIS ACADÊMICOS 1. A busca de formação universitária de maneira virtual e aberta após as aulas presenciais Os professores e alunos universitários em uma (nova) relação de saber na sociedade digital As tecnologias e a preparação das aulas em decorrência do novo perfil dos alunos e dos professores Grupos virtuais de alunos universitários no ciberespaço: inovação ou necessidade? A tecnologia como instrumento de trabalho dos professores universitários O fim da distância entre as aulas presenciais em função dos encontros no ambiente do ciberespaço: a conclusão deste capítulo Capítulo VI ANÁLISE DE DOIS GRUPOS HOSPEDADOS EM AMBIENTE VIRTUAL E MANTIDOS POR ALUNOS 1. As telas e os conteúdos do grupo on-line da turma do curso de gestão de marketing Um espaço para professores na página de Internet do grupo de alunos universitários O registro fotográfico de aulas e palestras na página virtual do grupo de alunos na Internet As telas de associados, agenda e eventos da página on-line dos grupos de alunos universitários As telas e os conteúdos do grupo on-line da turma do curso de administração de empresas Conclusão do capítulo. 142 Capítulo VII A APRESENTAÇÃO, A ANÁLISE DOS DADOS TABULADOS E OS RESULTADOS COMENTADOS DA PESQUISA 1. Avaliação dos professores Uso dos recursos de informática pelos professores Divulgação de endereços eletrônicos ( s) aos alunos Professores com páginas (home page) na Internet A utilização da comunicação on-line pelos professores A solicitação de orientações on-line pelos alunos Orientações de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) on-line Participação dos professores em foruns de debates

7 ix 9. Tempo semanal disponibilizado pelos professores para comunicação on-line Invasão de privacidade pela comunicação on-line Participação dos professores nos grupos virtuais Função educativa da comunicação on-line Portal de comunicação on-line das instituições Avaliação dos alunos Alunos usuários de informática e WEB A recepção de materiais didáticos via on-line A solicitação de orientações on-line pelos alunos Grupos virtuais para apoio didático Temas dos debates via on-line A disponibilidade de tempo semanal dos alunos para a comunicação on-line A preferência dos alunos por textos impressos ou digitais A comunicação virtual como diálogo pedagógico Grupos de relacionamento no ciberespaço Espaço virtual e laboratório de informática das instituições de ensino CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA ANEXOS.. 1 Anexo 1 Texto de Sociologia enviado aos alunos de Administração UNIFAI... 2 Anexo 2 Indicação de matéria da prova para estudo aos alunos de Administração.. 3 Anexo 3 Convite, por , para participar de grupo on-line. 4 Anexo 4 Mensagem enviada por aluna aos colegas de classe do curso de Administração UNIFAI. 5 Anexo 5 enviado pela representante de classe aos colegas de turma do curso de Gestão de Recursos Humanos UNIFAI. 6 Anexo 6 enviado por um professor aos alunos sobre arquivos para realização de trabalho do curso de Gestão de Logística Anexo 7 enviado pela representante de classe com texto usado em aula aos colegas de turma do curso de Gestão de Recursos Humanos UNIFAI... 8 Anexo 8 enviado pela representante de classe, sobre dicas de português, aos alunos do curso de Recursos Humanos UNIFAI... 9 Anexo 9 enviado pelo professor coordenador aos professores do curso de Logística UNIFAI... 10

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

TECNOLOGIA WEB. Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). DOCENTE PROFESSOR CELSO CANDIDO Formação: o Bacharel em Sistemas de Informações (SI); o MBA em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Conhecimentos: o Web Designer; o Arquitetura de Máquina; o Implementação

Leia mais

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO- PRONATEC

Leia mais

FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS. Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS

FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS. Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS EAD/UFMS Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM TIC s EXTENSÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO FOMENTO

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE TUTORES Modalidade On-line EDITAL DE SELEÇÃO

CURSO DE FORMAÇÃO DE TUTORES Modalidade On-line EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE FORMAÇÃO DE TUTORES Modalidade On-line EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO ONLINE NOME DO CURSO FORMAÇÃO DE TUTORES COORDENAÇÃO Professor Mestre Ivan Carlos Alcântara de Oliveira ÁREA DO CONHECIMENTO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC Diretoria de Pós-graduação e Pesquisa

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC Diretoria de Pós-graduação e Pesquisa CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC Diretoria de Pós-graduação e Pesquisa PLANO DE ENSINO MODALIDADE PRESENCIAL 1 Ano 2016 1º Semestre Curso: Marketing Digital e E-commerce Disciplina: Fundamentos do Ambiente Digital

Leia mais

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação 25 de maio de 2016 EIXO 1: PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e avaliação Fragilidades Melhorar as reuniões da CPA e reestruturar

Leia mais

1º Seminário Topologias. Oradora: Margarida Gonçalves

1º Seminário Topologias. Oradora: Margarida Gonçalves 1º Seminário Topologias Oradora: Margarida Gonçalves 1 Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Modalidade de Ensino Profissional Secundário Ano: Área: 10º Ano Informática Disciplina:

Leia mais

Porto Nacional TO

Porto Nacional TO FAPAC - Faculdade Presidente Antônio Carlos. INSTITUTO TOCANTINENSE PRES. ANTÔNIO CARLOS PORTO LTDA. Rua 02, Qd. 07 - Jardim dos Ypês - Centro - Porto Nacional - TO - CEP 77.500-000 CX Postal 124 - Fone:

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014

AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014 AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014 Instrumento para avaliação do curso de graduação em Ciências Econômicas por parte dos docentes que nele ministraram alguma disciplina durante o ano letivo

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF)

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) I. DEFINIÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação, todo aluno do Curso de Engenharia Florestal deverá, obrigatoriamente,

Leia mais

Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância

Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância Seminário de Educação a Distância na Administração Pública: Cursos Mistos e Redes Virtuais Formando profissionais de saúde com as novas tecnologias: a experiência da ENSP/Fiocruz na educação à distância

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Matemática Curso de Bacharelado em Estatística

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Matemática Curso de Bacharelado em Estatística Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Matemática Curso de Bacharelado em Estatística RESOLUÇÃO N o 01/2011, DO COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM ESTATÍSTICA Regulamenta a composição, as competências

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO CORONEL VIVIDA EDITAL 01/2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO CORONEL VIVIDA EDITAL 01/2016 EDITAL 01/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA VAGAS REMANESCENTES PARA OS CURSOS TÉCNICOS EM SEGURANÇA DO TRABALHO, MEIO AMBIENTE E LOGÍSTICA, NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA REDE E-TEC BRASIL.

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 NOVA ANDRADINA MS DEZEMBRO/2013 ESCOLA IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 Plano de ações previstas a serem executadas no

Leia mais

República Federativa do Brasil Governo Federal. Educação a Distância. e as novas tecnologias

República Federativa do Brasil Governo Federal. Educação a Distância. e as novas tecnologias República Federativa do Brasil Governo Federal Ministério da Educação Educação a Distância e as novas tecnologias Educação Personalizada Vencendo as Barreiras Geográficas e Temporais EAD NO ENSINO PRESENCIAL

Leia mais

MBA EM GESTÃO PÚBLICA

MBA EM GESTÃO PÚBLICA Versão 2 Legenda: Aulas ao vivo Avaliações Desafio Profissional MBA EM GESTÃO PÚBLICA Turma 2013-1 Feriados Importantes Aulas ao vivo: Quinta-feira INFORMAÇÕES GERAIS IMPORTANTES 1- Os temas e Professores

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2009.1 CORPO DOCENTE 2009.1 Auto-avaliação docente - 2009.1 Pontualidade no início e término das aulas 14,29% 28,57% Compatibilidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Componente Curricular: DP0377-EMPREENDEDORISMO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL AEE/UFSM 01/2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL AEE/UFSM 01/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB SELEÇÃO DE TUTORES EDITAL AEE/UFSM 01/2009 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM), em parceria com o Programa Universidade

Leia mais

MULTILETRAMENTOS EM ESCOLAS PÚBLICAS: UMA ALTERNATIVA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL INTRODUÇÃO

MULTILETRAMENTOS EM ESCOLAS PÚBLICAS: UMA ALTERNATIVA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL INTRODUÇÃO MULTILETRAMENTOS EM ESCOLAS PÚBLICAS: UMA ALTERNATIVA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL Alex Junior Bilhoto Faria 1, Yuka Garcia Kinoshita 2, Winnie Mandela de Paula Raimundo 3 Karina Oliveira Silva 4 Marieli

Leia mais

CPA. Comissão Própria de Avaliação

CPA. Comissão Própria de Avaliação CPA Comissão Própria de Avaliação CPA O espelho da instituição A Avaliação reflete os sentidos, sentimentos e percepções. A consciência é requisito básico para garantir a veracidade do diagnóstico. CPA

Leia mais

Claudia Reyes Setembro, 2012

Claudia Reyes Setembro, 2012 Claudia Reyes Setembro, 2012 Apresentar informações sobre o papel da Secretaria de Educação a Distância (SEaD) na UFSCar e de suas coordenadorias para a organização, qualidade e sustentabilidade Apontar

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Educação - FEUSP. Plano de aula

Universidade de São Paulo Faculdade de Educação - FEUSP. Plano de aula Universidade de São Paulo Faculdade de Educação - FEUSP Disciplina: Metodologia do ensino de português - a alfabetização Docente: Dr.ª Nilce da Silva Discente: Eliana da Silva Santos Plano de aula Parte

Leia mais

A ATUALIDADE DO PLANO ORIENTADOR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Timothy Mulholland

A ATUALIDADE DO PLANO ORIENTADOR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Timothy Mulholland A ATUALIDADE DO PLANO ORIENTADOR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Timothy Mulholland O Plano Orientador de Anísio Teixeira e Darcy Ribeiro e o início da Universidade de Brasília 1962 Universidade de Brasília

Leia mais

Auto-avaliação 1.º Semestre Ano Lectivo 2010/2011

Auto-avaliação 1.º Semestre Ano Lectivo 2010/2011 O presente relatório é o resultado do processo de auto-avaliação realizado no 1.º semestre do ano lectivo 2010/2011. Os dados foram obtidos através das respostas dos alunos aos questionários de auto-avaliação,

Leia mais

ANEXO PLANO DE AÇÃO PROFESSOR

ANEXO PLANO DE AÇÃO PROFESSOR ANEXO 5.2.2. PLANO DE AÇÃO PROFESSOR Rua Bruxelas, nº 169 São Paulo - SP CEP 01259-020 Tel: (11) 2506-6570 escravonempensar@reporterbrasil.org.br www.escravonempensar.org.br O que é o plano de ação? O

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA. No.09/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA. No.09/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA No.09/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO Área de Concentração em Desenvolvimento Científico e Tecnológico Linha de Desenvolvimento de CTI

Leia mais

CALENDÁRIO - PED LIBRAS - SISTEMA EAD Atualizado em 31/03/2011

CALENDÁRIO - PED LIBRAS - SISTEMA EAD Atualizado em 31/03/2011 CALENDÁRIO PED LIBRAS SISTEMA EAD Atualizado em 31/03/2011 Estrutura do Calendário Antes de utilizar o Calendário do Curso, leia atentamente o Manual do Aluno de EAD para que possa entender o processo

Leia mais

Programa de Iniciação Científica da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas PIC DIREITO SP

Programa de Iniciação Científica da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas PIC DIREITO SP Programa de Iniciação Científica da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas PIC DIREITO SP Edital n o 01/2016 Seleção de Projetos de Pesquisa A Coordenadoria do Mestrado Acadêmico e Pesquisa

Leia mais

E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O

E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O MODELO DO PL ANO TIC E D U C A Ç Ã O P RÉ- E S C O L A R E 1 º C I C L O D O E N S I N O B Á S I C O E B 1 / P E D O C A M I N H O C H Ã O D I R E Ç Ã O DE S E R V I Ç O S DE I N V E S T I G AÇ Ã O, F

Leia mais

EDITAL Nº 03/2014 SELEÇÃO PARA COORDENADOR DE TUTORIA

EDITAL Nº 03/2014 SELEÇÃO PARA COORDENADOR DE TUTORIA EDITAL Nº 03/2014 SELEÇÃO PARA COORDENADOR DE TUTORIA A DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO abre inscrições para o processo de seleção de Coordenador de Tutoria para o Curso de Licenciatura em

Leia mais

INICIATIVAS DO SEBRAE NA PRODUÇÃO DE ESTUDOS DE CASOS

INICIATIVAS DO SEBRAE NA PRODUÇÃO DE ESTUDOS DE CASOS INICIATIVAS DO SEBRAE NA PRODUÇÃO DE ESTUDOS DE CASOS 1 JORNADA ESTUDOS DE CASOS DA PEQUENA EMPRESA Concurso cuja proposta é firmar parcerias com instituições de ensino superior e estimular os alunos de

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Pós-graduação EAD. Avaliação de Curso, Infraestrutura e Atendimento. (2º semestre de 2014)

Pós-graduação EAD. Avaliação de Curso, Infraestrutura e Atendimento. (2º semestre de 2014) Pós-graduação EAD Avaliação de Curso, Infraestrutura e Atendimento (2º semestre de 2014) Fevereiro/2015 FICHA TÉCNICA Período de aplicação Durante os meses de novembro e dezembro. Formato On-line, por

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação PLANO DE ENSINO (2015)

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação PLANO DE ENSINO (2015) Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação PLANO DE ENSINO (2015) I. IDENTIFICAÇÃO DISCIPLINA ESTATÍSTICA APLICADA CARGA HORÁRIA 46 CURSO

Leia mais

Projeto: BANCO DE IDEIAS Da ideia à Inovação

Projeto: BANCO DE IDEIAS Da ideia à Inovação Autor: Oscar Gomes da Silva Equipe: Gestão de Relacionamentos-GERE/PROGEPE Graziella Cataldo Batista Felix José Antônio de Oliveira Oscar Gomes da Silva : 1 JUSTIFICATIVA 2 OBJETIVOS 3 ESTRUTURA 4 DO 5

Leia mais

Avaliação da Educação a Distância

Avaliação da Educação a Distância I Fórum Especial EAD UFRGS Avaliação da Educação a Distância Equipe do Projeto: Profª. Drª. Cláudia Medianeira Cruz Rodrigues (Coord.)/DEPROT Prof. Dr. José Luis Duarte Ribeiro/ DEPROT Profª. Drª. Denise

Leia mais

Atribuições do professor-tutor da Seed/PR

Atribuições do professor-tutor da Seed/PR GESTÃO EM FOCO Programa de Fortalecimento da Gestão Escolar Secretaria de Estado da Educação do Paraná Governo do Paraná Atribuições do professor-tutor da Seed/PR Pauta da Reunião a) Edital de seleção

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA EM SERVIÇO: ressignificar a pesquisa na escola numa abordagem da relação de saberes LUCIANA VIEIRA DEMERY

FORMAÇÃO CONTINUADA EM SERVIÇO: ressignificar a pesquisa na escola numa abordagem da relação de saberes LUCIANA VIEIRA DEMERY 1 FORMAÇÃO CONTINUADA EM SERVIÇO: ressignificar a pesquisa na escola numa abordagem da relação de saberes LUCIANA VIEIRA DEMERY Introdução Este artigo é resultado de uma experiência com formação continuada

Leia mais

Estágio Supervisionado em Química I

Estágio Supervisionado em Química I Estágio Supervisionado em Química I Profª Tathiane Milaré AULA 1 Planejamento das atividades Objetivos Gerais da Disciplina vivenciar situações do cotidiano da escola e, em especial, aquelas dirigidas

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

PORTARIA ESP-MG Nº 28, DE 29 DE JULHO DE 2014

PORTARIA ESP-MG Nº 28, DE 29 DE JULHO DE 2014 PORTARIA ESP-MG Nº 28, DE 29 DE JULHO DE 2014 Regulamenta a remuneração dos profissionais prestadores de serviços educacionais junto a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais. O Diretor Geral

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: TIC S PROFESSORA: TERESA KÁTIA ALBUQUERQUE TV ESCOLA UM SALTO PARA O FUTURO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: TIC S PROFESSORA: TERESA KÁTIA ALBUQUERQUE TV ESCOLA UM SALTO PARA O FUTURO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: TIC S PROFESSORA: TERESA KÁTIA ALBUQUERQUE TV ESCOLA UM SALTO PARA O FUTURO BOA VISTA RR 2010 1 CONCEIÇÃO SOUSA EDGARD GARCIA JOSILÉIA

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA Pacajus - CE Maio/2011.1 Sumário Apoio e Parcerias:... 3 Justificativa... 4 Introdução... 5 Objetivos... 6 Objetivo Geral:... 6 Objetivo Específico:... 6 Público Alvo... 7

Leia mais

Plano de ensino. 2) Objetivos Promover a leitura e interpretação de artigos científicos com rigor acadêmico.

Plano de ensino. 2) Objetivos Promover a leitura e interpretação de artigos científicos com rigor acadêmico. Plano de ensino 1) Identificação Curso Nutrição Disciplina Leitura e Interpretação de Artigos Científicos na Área da Saúde Carga horária 34h Semestre letivo 01/2012 Professor Franceliane Jobim Benedetti

Leia mais

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Estabelece o Regulamento dos cursos presenciais e a distância realizados pelo CRCMG. O PLENÁRIO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS,

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza

Sistemas de Informações Gerenciais Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Sistemas de Informações Gerenciais Apresentação da disciplina e proposta didática Prof. MSc Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão reservados para o todo

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Curso de extensão: Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde edição 2016

Curso de extensão: Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde edição 2016 Curso de extensão: Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde edição 2016 O curso Advocacy e Controle Social em Políticas Públicas de Saúde tem por finalidade capacitar Organizações de apoio

Leia mais

EDITAL N 001/2015/UNA-SUS/UFSC

EDITAL N 001/2015/UNA-SUS/UFSC EDITAL N 001/2015/UNA-SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM SAÚDE MENTAL E TRABALHO EM REDE: ALCOOL E OUTRAS DROGAS DA COERÇÃO A COESÃO A Coordenação do Curso de Atualização

Leia mais

Manual de Acesso do Aluno

Manual de Acesso do Aluno Manual de Acesso do Aluno www.unip.br Sumário MANUAL DE ACESSO DO ALUNO 1. ACESSO AO SISTEMA DE DISCIPLINAS ON-LINE...2 2. AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (AVA)...4 2.1 Vídeos Instrucionais...4 2.2 Atualização

Leia mais

EDITAL 030/2012. IBES, e a Coordenação do Curso de Publicidade & Propaganda, no uso de suas

EDITAL 030/2012. IBES, e a Coordenação do Curso de Publicidade & Propaganda, no uso de suas EDITAL 030/2012 ASSUNTO: EDITAL DE APROVAÇÃO DOS PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E EXTENSÃO DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA DO INSTITUTO BLUMENAUENSE DE ENSINO SUPERIOR - IBES A Gerência de Ensino

Leia mais

NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 2º SEMESTRE DE 2012

NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 2º SEMESTRE DE 2012 NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS 2º SEMESTRE DE 2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1 o O presente Processo Seletivo tem

Leia mais

ANÁLISE DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO DOCENTE INSTITUCIONAL

ANÁLISE DOS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO DOCENTE INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL ELETRÔNICA 2015 NOTA EXPLICATIVA: I A metodologia de análise dos dados relativos à Avaliação Institucional Eletrônica /2015 considerou: a) os dados gerais da instituição, visando

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016 ALUNOS ESPECIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS

EDITAL Nº 001/2016 ALUNOS ESPECIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS EDITAL Nº 001/2016 ALUNOS ESPECIAIS E MATEMÁTICA (PPGECM) EM NÍVEL DE MESTRADO ACADÊMICO 2016/1 Normas para ingresso de alunos especiais no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO

PROCESSO SELETIVO EXTERNO ANEXO I EDITAL N /26, DE 19 DE MAIO DE 26 UNIDADE TERESINA CÓDIGO CARGO (PROFISSIONAL) A- Assessor Técnico III Coordenador/Supervisor Pedagógico Saúde A-02 Assessor Técnico III Planejamento PRÉ-REQUISITOS

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO 2º SEMESTRE DE 2016

MANUAL DO CANDIDATO 2º SEMESTRE DE 2016 MANUAL DO CANDIDATO 2º SEMESTRE DE 2016 Giovana Aluna de Biomedicina ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO INSCRIÇÕES PELA INTERNET processoseletivo.metodista.br INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES PRESENCIAIS Processo Seletivo

Leia mais

Uma reflexão crítica

Uma reflexão crítica O USO DAS TICS NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NO ENSINO FUNDAMENTAL Uma reflexão crítica Ana Cláudia G. Carvalho Ana Paula Fermin Gilmara R. Santos Patrícia Elaine B.R. Alecrim Telma Augusta da Cunha RESUMO Este

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NAC NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA NPJ

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NAC NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA NPJ PROJETO VISITAS TÉCNICAS EM BRASÍLIA/DF EDITAL NAC DE SELEÇÃO nº06/2016 A Coordenadoria Geral do Curso de Direito da Universidade Ceuma, através de seu Núcleo de Atividades Complementares NAC e do Núcleo

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO E SUA IMPORTÂNCIA NA FORMAÇÃO DO FUTURO PROFESSOR DE GEOGRAFIA

ESTÁGIO SUPERVISIONADO E SUA IMPORTÂNCIA NA FORMAÇÃO DO FUTURO PROFESSOR DE GEOGRAFIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO E SUA IMPORTÂNCIA NA FORMAÇÃO DO FUTURO PROFESSOR DE GEOGRAFIA Rudimar da Rocha Lyra Rebello 1 Claudiane da Costa 1 Jacieli Fatima Lyra Rebello 1* lyrarebello@outlook.com 1 Universidade

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Toledo. Coordenação de Engenharia Eletrônica. PROJETO nº 001/2013

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Toledo. Coordenação de Engenharia Eletrônica. PROJETO nº 001/2013 Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Toledo Coordenação de Engenharia Eletrônica PROJETO nº 001/2013 Projeto OMNI Idiomas (1º semestre de 2013) Maio/2013 Toledo PR 1

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º As Atividades Complementares são exigidas para integralização da do

Leia mais

SAÚDE MENTAL, PESQUISAS E PROGRAMAS

SAÚDE MENTAL, PESQUISAS E PROGRAMAS Seminário Motivações para o Início e o Fim do Consumo de Drogas: uma análise das comunidades virtuais relacionadas ao tema SAÚDE MENTAL, PESQUISAS E PROGRAMAS Arthur Guerra de Andrade Coordenação da Área

Leia mais

Pesquisa Mestrado Alunos Regulares/Disciplinas Isoladas 2015/ º semestre de Garantias Penais Processuais da Cidadania

Pesquisa Mestrado Alunos Regulares/Disciplinas Isoladas 2015/ º semestre de Garantias Penais Processuais da Cidadania Pesquisa Mestrado Alunos Regulares/Disciplinas Isoladas 215/217 1º semestre de 215 Garantias Penais Processuais da Cidadania 1 Análise dos dados Pesquisa Mestrado Alunos Regulares/Disciplinas Isoladas

Leia mais

Rodrigo Claudino Diogo 1, Valéria A. Ribeiro de Lima 2, Vanusa Maria de Paula 3, Rosymeire Evangelista Dias 4

Rodrigo Claudino Diogo 1, Valéria A. Ribeiro de Lima 2, Vanusa Maria de Paula 3, Rosymeire Evangelista Dias 4 A formação docente em Ciência, Tecnologia, Sociedade e Educação Ambiental TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA SALA DE AULA: PRODUÇÃO DE VÍDEOS POR MEIO DE SMARTPHONES COMO UMA POSSIBILIDADE VIÁVEL

Leia mais

Impressionismo e Pós Impressionismo

Impressionismo e Pós Impressionismo Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo Barreto Pigari Baptista Impressionismo e Pós Impressionismo Taquarussu - Agosto de 2009. Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

FACULDADE SALESIANA DE SANTA TERESA FSST AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 CORUMBÁ MS 2013

FACULDADE SALESIANA DE SANTA TERESA FSST AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 CORUMBÁ MS 2013 1 FACULDADE SALESIANA DE SANTA TERESA FSST AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 CORUMBÁ MS 2013 2 SUMÁRIO 1. FACULDADE SALESIANA DE SANTA TERESA FSST... 03 2. A COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA / 2011... 04 2.1

Leia mais

CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2010 Cursos de Graduação Belo Horizonte

CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2010 Cursos de Graduação Belo Horizonte Última correção: 05/11/2009 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO CALENDÁRIO LETIVO 1º SEMESTRE/2010 Cursos de Graduação Belo Horizonte

Leia mais

EDITAL PROPI Nº 02/2014 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DO MESTRADO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA DE MATERIAIS E PROCESSOS INDUSTRIAIS

EDITAL PROPI Nº 02/2014 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DO MESTRADO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA DE MATERIAIS E PROCESSOS INDUSTRIAIS EDITAL PROPI Nº 02/2014 PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DO MESTRADO PROFISSIONAL EM TECNOLOGIA DE MATERIAIS E PROCESSOS INDUSTRIAIS A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação da Universidade Feevale, no uso das

Leia mais

Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem - GIATE

Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem - GIATE Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem - GIATE REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE E FINALIDADES: Art.1º - O Grupo Pesquisa em Tecnologias, Informações

Leia mais

E-Learning Uma estratégia para a qualidade do ensino/aprendizagem. Ensino a Distância

E-Learning Uma estratégia para a qualidade do ensino/aprendizagem. Ensino a Distância E-Learning Uma estratégia para a qualidade do ensino/aprendizagem (num contexto académico) Vou dividir a minha apresentação sobre... em 3 partes: Conceito de e-learning Apresentar a intranet dos alunos

Leia mais

Políticas Públicas para Educação Profissional e Tecnológica (EPT) no Brasil

Políticas Públicas para Educação Profissional e Tecnológica (EPT) no Brasil Políticas Públicas para Educação Profissional e Tecnológica (EPT) no Brasil Marcelo Machado Feres Secretário de Educação Profissional e Tecnológica SETEC Ministério da Educação São Paulo, 01 de setembro

Leia mais

Serviço Público Federal PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. P O R T A R I A Nº 007 de 2015

Serviço Público Federal PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. P O R T A R I A Nº 007 de 2015 Serviço Público Federal PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO P O R T A R I A Nº 007 de 2015 O Pró-Reitor de Graduação, em exercício, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Publicar as Datas Acadêmicas para o

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO. Carga Horária: 54h Créditos: 3 Fase: 2ª

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO. Carga Horária: 54h Créditos: 3 Fase: 2ª UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO Curso: Pedagogia a Distância Departamento: Departamento de Pedagogia a Distância Disciplina:

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, CURSO E COORDENADOR DE CURSO GRADUAÇÃO PRESENCIAL

RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, CURSO E COORDENADOR DE CURSO GRADUAÇÃO PRESENCIAL RELATÓRIO GERENCIAL AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE, CURSO E COORDENADOR DE CURSO GRADUAÇÃO PRESENCIAL 1º SEMESTRE 2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL UNINTER COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA RELATÓRIO

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Avaliação do Ensino Aprendizagem Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 8º 1 - Ementa (sumário, resumo) Contextualização histórica

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

Auto-Avaliação do Desempenho Docente da FACENE

Auto-Avaliação do Desempenho Docente da FACENE Auto-Avaliação do Desempenho Docente da FACENE - 2011 Foram analisadas as respostas dos professores da FACENE no período letivo 2011.1 e 2011.2, a um questionário estruturado, perfazendo um total de 80

Leia mais

1º semestre de Calendário Acadêmico

1º semestre de Calendário Acadêmico Calendário Acadêmico Seja bem-vindo(a)! Agradecemos-lhe por confiar um momento tão importante da sua história pessoal à nossa instituição e asseguramos-lhe que faremos o que estiver ao nosso alcance para

Leia mais

Avaliação Institucional Docentes

Avaliação Institucional Docentes Avaliação Institucional Docentes A avaliação é um processo fundamental para a qualidade do trabalho desenvolvido nas Instituições de Ensino Superior. Nesse sentido, a Comissão Própria de Avaliação (CPA)

Leia mais

INFORMATIVO UNEB - PROEX AÇÕES PREPARATÓRIAS PARA EXECUÇÃO PROEXT/2015/MEC/SESu

INFORMATIVO UNEB - PROEX AÇÕES PREPARATÓRIAS PARA EXECUÇÃO PROEXT/2015/MEC/SESu INFORMATIVO UNEB - PROEX AÇÕES PREPARATÓRIAS PARA EXECUÇÃO PROEXT/2015/MEC/SESu O PROEXT, programa de extensão de âmbito nacional patrocinado pela Secretaria de Ensino Superior (SESU), vinculada ao Ministério

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL (02308)

Leia mais

INOVAÇÃO FOCO NO ALUNO. Maron Guimarães

INOVAÇÃO FOCO NO ALUNO. Maron Guimarães INOVAÇÃO FOCO NO ALUNO Maron Guimarães PROGRAMA DGA O ALUNO COMO PROTAGONISTA DA MUDANÇA Papel da DGA A DGA é a DIRETORIA DE GESTÃO DE ALUNOS da Kroton É o 1º CSC do ramo Educacional voltado para a vida

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N. 02/2015

PROCESSO SELETIVO N. 02/2015 PROCESSO SELETIVO N. 02/2015 A Universidade Iguaçu (UNIG) divulga processo seletivo para preceptores e professores assistentes para o curso de graduação, campus I - Nova Iguaçu. 1. DAS VAGAS E DOS REQUISITOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Componente Curricular: DSB2029-ECONOMIA

Leia mais

Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL

Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL PROJETO DAS FACULDADES FIP/MAGSUL 2011 ( ) ENSINO ( ) PESQUISA ( X ) EXTENSÃO 1. Título: Acompanhamento e divulgação dos preços de produtos sazonais no município

Leia mais

FACULDADE JAUENSE REGULAMENTO PROJETO INTEGRADOR

FACULDADE JAUENSE REGULAMENTO PROJETO INTEGRADOR FACULDADE JAUENSE REGULAMENTO PROJETO INTEGRADOR JAÚ/ SP - 2014 REGULAMENTO DO PROJETO INTEGRADOR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA (Ato de Aprovação: Resolução do Reitor nº 22/2012

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO: Professor II: (NR) V -...

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO: Professor II: (NR) V -... LEI COMPLEMENTAR N.º 176, DE 04 DE ABRIL DE 2012. ALTERA E REVOGA DISPOSITIVOS QUE ESPECIFICA DA LEI COMPLEMENTAR N.º 45, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2004, COM ALTERAÇÕES SUBSEQUENTES. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA MARKETING II

PROGRAMA DA DISCIPLINA MARKETING II 1. IDENTIFICAÇÃO PROGRAMA DA DISCIPLINA MARKETING II CURSO: ADMINISTRACAO ANO: 2014 DISCIPLINA: MARKETING II CÓDIGO: ADM10598 PERÍODO: 2014/1 CARGA HORÁRIA: 60h PROFESSOR (A): MICHEL VASCONCELOS 2. DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO DA AUTO AVALIAÇÃO CICLO 8

RELATÓRIO DA AUTO AVALIAÇÃO CICLO 8 Instituto Paulista de Ensino FIPEN CPA - Comissão Própria de Avaliação RELATÓRIO DA AUTO AVALIAÇÃO CICLO 8 Dezembro/2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 4 A O PROCESSO DE AUTO AVALIACÃO... 6 B - DIMENSÕES... 7 1.

Leia mais

NOME DO CURSO. . tipo de curso... (bacharelado, licenciatura ou CST)

NOME DO CURSO. . tipo de curso... (bacharelado, licenciatura ou CST) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PPC CAMPUS XXXXXXXXXXXXXXXXXXX.

Leia mais

PROGRAMA PARLAMENTO DOS JOVENS

PROGRAMA PARLAMENTO DOS JOVENS PROGRAMA PARLAMENTO DOS JOVENS PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA, A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES, A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, O

Leia mais

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO Pais/Encarregados de Educação CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia Agrupamento de Escolas de Arganil 2º/3º CEB e Secundário

Leia mais

Faculdade de Economia FEUC Universidade de Coimbra. Workshop Empreendedorismo social: teorias e práticas 30 de Junho 2011 Universidade de Aveiro

Faculdade de Economia FEUC Universidade de Coimbra. Workshop Empreendedorismo social: teorias e práticas 30 de Junho 2011 Universidade de Aveiro Faculdade de Economia FEUC Universidade de Coimbra Workshop Empreendedorismo social: teorias e práticas 30 de Junho Universidade de Aveiro Introdução sobre incubadoras sociais 1. Apresentação: Do ponto

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES/AS

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES/AS Entidade Formadora: Questão de Igualdade Entidade Promotora: Edufoco FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES/AS Apresentação do curso e condições de frequência Certificado de Autorização de Funcionamento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÂO DE BOLSISTA Nº13/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO PARA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Área de Concentração

TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÂO DE BOLSISTA Nº13/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO PARA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Área de Concentração TERMO DE REFERÊNCIA PARA SELEÇÂO DE BOLSISTA Nº13/2016 BOLSA DE DESENVOLVIMENTO PARA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Área de Concentração Desenvolvimento Estrutural de CTI Linha de Desenvolvimento de CTI Estruturação

Leia mais