ATOS ADMINISTRATIVOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATOS ADMINISTRATIVOS"

Transcrição

1 Os Fatos Jurídicos Administrativos são acontecimentos que produzem efeitos na área jurídica do direito administrativo. Os ATOS ADMINISTRATIVOS são manifestações de vontade que geram consequências jurídicas, especificamente na área do direito administrativo. 1 - ATOS DA ADMINISTRAÇA O ATOS DA ADMINISTRAÇÃO: São divididos em atos com regime público e outros com regime privado. Quando é seguido o regime público, a denominação é de atos administrativos, sendo que, os atos que seguem em regime particular mesmo sendo da administração, são atos da administração; por fim, ainda existem aqueles atos que seguem o regime público e são realizados pela administração indireta (concessionárias e permissionárias). 2 - CONCEITO Conceito de Ato Administrativo: manifestações de vontade do estado/representantes (concessões e permissões). Sendo que tal manifestação irá criar, modificar ou extinguir direitos protegendo o interesse público, estando sujeito a regime jurídico de Direito Público. Tais atos são complementares e inferiores a lei (ato infralegal). Assim, ele estará sujeito ao controle de legalidade pelo judiciário. 3 - ELEMENTOS DO ATO ADMINISTRATIVO 1- Sujeito Competente ou Competência Deve estar no exercício de uma função pública (agente público), e, ainda, deve ser competente para praticar o ato, sendo que tal competência, em regra, está na lei, mas pode estar prevista também na própria constituição federal. Ainda, a previsão da competência é uma imposição, é um poder-dever irrenunciável, não podendo ser modificada pela vontade do administrador, não admitindo transação (negociação). Ainda, a competência é imprescindível e improrrogável. 4 - Compete ncia A DELEGAÇÃO de competência administrativa é uma exceção, que deve ser devidamente justificada. No mais, nesse caso, a competência passa a ser cumulativa entre os dois agentes. AVOCAÇÃO de competência: um determinado agente atrai a competência de outro, ele puxa a competência. CUIDADO: Existem casos em que não se admitem a delegação e a avocação (art. 11 a 15 da Lei 9.184/99). Competência exclusiva (sendo essa diferente da competência privativa) Atos normativos Decisão em recurso administrativo A competência administrativa poderá ter como elementos definidores: matéria, território e grau hierárquico.

2 5 - ELEMENTOS DO ATO - 2- FORMA PREVISTA EM LEI Requisitos: Exteriorização da vontade pelo Estado, sempre respeitando as formalidades específicas para tanto. Regra geral: forma escrita, mas a lei pode prescrever uma exceção. OBS: Excepcionalmente, até o contrato administrativo pode ser verbal art /93. Princípio da Solenidade OBS: No caso de Silêncio Administrativo, este representa um nada jurídico, não produzindo efeito nenhum, de tal modo que, neste caso, deverá ser utilizada a via judicial por meio de um Mandado de Segurança (pela violação do direito de petição, que engloba o direito a uma resposta), sendo que não é o juiz que poderá dar a resposta no lugar do administrador, assim ele decidirá aplicando prazo para a resposta. 6 - FORMA Situações de vício: - Vício de forma de mera irregularidade (não compromete o ato); - Vício de forma sanável (ato anulável, passível de correção, convalidação); - Vício de forma insanável (ato nulo, não havendo possibilidade de correção). Processo Administrativo Prévio: condição de forma do ato administrativo, representa um instrumento de fundamentação e legitimação, sempre respeitando o modelo constitucional (art. 5ª, LV, CF) Motivação: é a correlação lógica entre os elementos do ato e a previsão legal (fundamentação, justificativa, raciocínio lógico), não se confundindo esta com o motivo (fato + fundamento jurídico). Para a maioria da doutrina, a motivação é obrigatória e deve acontecer antes ou, no máximo, durante a prática do ato. 7 - ELEMENTOS DO ATO 3- MOTIVO É o fato + o fundamento jurídico que levam a prática do ato. Necessidade de legalidade do motivo (motivo verdadeiro), também denominado de materialidade. O motivo declarado deve ser compatível com a previsão legal. O motivo declarado tem que ser compatível com o resultado do ato administrativo. Atenção: Teoria dos Motivos Determinantes vincula o administrador ao motivo declarado, ou seja, o que ele declarar deverá ser cumprido. **Caso de exoneração ad nutum : exceção que não necessita de motivação, mas se ela ocorrer, o administrador deverá segui-la.

3 8 - MOTIVO Exceção: Tredestinação (mudança de motivo permitida, pode mudá-lo desde que mantida uma razão de interesse público. Única hipótese em que a Tredestinação é possível: desapropriação desapropriou para fazer um hospital e muda para construir a Justiça Federal mantida uma razão de interesse público). 9 - ELEMENTOS DO ATO ADMINISTRATIVO 4- OBJETO Nada mais é do que o resultado prático do ato administrativo. É o ato considerado em si mesmo. O resultado prático do ato é chamado de efeito jurídico imediato FINALIDADE 5- FINALIDADE A finalidade deve ser sempre uma razão de interesse público. Caso o interesse seja outro que não o interesse público, pratica-se desvio de finalidade. Desvio de finalidade: nada mais é do que um vício ideológico, vício subjetivo. É defeito na vontade. O desvio de finalidade representa defeito na finalidade e, na maioria dos casos, também gera vício no motivo (pois o administrador não apresenta o motivo verdadeiro). Finalidade nada mais é do que o bem jurídico que se quer proteger na prática do ato. Ex: Dissolução da passeata tumultuosa. Motivo do ato: tumulto; Objeto: dissolução; Finalidade: segurança, proteção do bem público. Dica: Passado: motivo; presente: objeto; futuro: finalidade GRAU DE LIBERDADE DOS ATOS Vinculação e Discricionariedade dos atos: dizem respeito ao grau de liberdade dos atos. Ato vinculado: é aquele que o administrador não tem juízo de valor (não tem conveniência e oportunidade). Preenchidos os requisitos legais, o administrador é obrigado a praticar o ato. Há quem o denomine de ato regrado. Ato discricionário: é aquele que o administrador tem juízo de valor (liberdade do administrador). Tem juízo 12 - DISCRIONA RIO X ARBITRA RIO Se o ato for praticado fora dos limites da lei é ato arbitrário (ilegal). Ex: licença pra construir, dirigir, concessão de aposentadoria são atos vinculados. Se a lei não diz o que fazer se a lei dá alternativas se a lei diz a competência e não diz a forma: são condutas discricionárias. Ex: permissão de uso de bem público; autorização de uso atos discricionários.

4 ATO VINCULADO ATO DISCRICIONÁRIO Competência Elemento vinculado (prevista em lei). Elemento vinculado. Forma Elemento vinculado (prevista em lei). Elemento vinculado (prevista em lei). Motivo Elemento vinculado. Elemento discricionário. Objeto Elemento vinculado. Elemento discricionário. Finalidade Elemento vinculado (pois será sempre uma razão de interesse público Elemento vinculado. A discricionariedade do ato discricionário é o que se chama de MÉRITO DO ATO ADMINISTRATIVO (é onde está a liberdade do ato). MÉRITO DO ATO ADMINISTRATIVO O mérito nada mais é do que a liberdade. Significa o juízo de valor (a discricionariedade). Mérito NÃO é sinônimo de MOTIVO (fato + fundamento jurídico ato) e OBJETO (bem da vida). #O poder judiciário pode rever a legalidade. O poder judiciário não pode rever o mérito (a discricionariedade do administrador). 2 - ( Prova: FGV OAB - Exame de Ordem Unificado - VI - Primeira Fase / Direito Administrativo / Atos Administrativos; ) A autorização de uso de bem público por particular caracteriza-se como ato administrativo a) discricionário e bilateral, ensejando indenização ao particular no caso de revogação pela administração. b) unilateral, discricionário e precário, para atender interesse predominantemente particular. c) bilateral e vinculado, efetivado mediante a celebração de um contrato com a administração pública, de forma a atender interesse eminentemente público. d) discricionário e unilateral, empregado para atender a interesse predominantemente público, formalizado após a realização de licitação. 3 - Q ( Prova: FGV OAB - Exame de Ordem Unificado - V - Primeira Fase / Direito Administrativo / Atos Administrativos; ) A revogação representa uma das formas de extinção de um ato administrativo. Quanto a esse instituto, é correto afirmar que a) pode se dar tanto em relação a atos viciados de ilegalidade ou não, desde que praticados dentro de uma competência discricionária. b) produz efeitos retroativos, retirando o ato do mundo, de forma a nunca ter existido. c) apenas pode se dar em relação aos atos válidos, praticados dentro de uma competência discricionária, produzindo efeitos ex nunc. d) pode se dar em relação aos atos vinculados ou discricionários, produzindo ora efeito ex tunc, ora efeito ex nunc.

5 4 - Q ( Prova: FGV OAB - Exame de Ordem Unificado - IV - Primeira Fase / Direito Administrativo / Atos Administrativos; ) Em âmbito federal, o direito de a Administração Pública anular atos administrativos eivados de vício de ilegalidade, dos quais decorram efeitos favoráveis para destinatários de boa-fé a) não se submete a prazo prescricional. b) não se submete a prazo decadencial. c) prescreve em 10 (dez) anos, contados da data em que praticado o ato. d) decai em 5 (cinco) anos, contados da data em que praticado o ato. 2 - B 3 - C 4 - D

1. Requisitos dos atos administrativos - continuação: Requisitos: Competência Finalidade Forma Motivo Objeto Atos vinculados: Lei Lei Lei Lei Lei Atos

1. Requisitos dos atos administrativos - continuação: Requisitos: Competência Finalidade Forma Motivo Objeto Atos vinculados: Lei Lei Lei Lei Lei Atos 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Requisitos dos atos administrativos - continuação PONTO 2: Formas de extinção ou invalidação dos atos administrativos PONTO 3: Administração Pública 1. Requisitos dos

Leia mais

EXTINÇÃO DOS ATOS ADM A forma natural de extinção dos Atos Administrativa é pelo cumprimento de seus efeitos. ATOS ADMINISTRATIVOS: EXTINÇÃO

EXTINÇÃO DOS ATOS ADM A forma natural de extinção dos Atos Administrativa é pelo cumprimento de seus efeitos. ATOS ADMINISTRATIVOS: EXTINÇÃO ATOS ADMINISTRATIVOS: EXTINÇÃO lac.consultoria@gmail.com EXTINÇÃO DOS ATOS ADM A forma natural de extinção dos Atos Administrativa é pelo cumprimento de seus efeitos. 1 2 EXTINÇÃO DOS ATOS ADM Pelo desaparecimento

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Ato Administrativo Clovis Feitosa

Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Ato Administrativo Clovis Feitosa Tropa de Elite - Polícia Civil Direito Administrativo Ato Administrativo Clovis Feitosa 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. (CESPE - 2013 - TRE-MS - Técnico Judiciário

Leia mais

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 3. Contextualização. Atividades Administrativas. Instrumentalização. Atividades Administrativas

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 3. Contextualização. Atividades Administrativas. Instrumentalização. Atividades Administrativas Organização da Aula Direito Administrativo Aula n. 3 Atividades Administrativas Professor: Silvano Alves Alcantara Inserir o vídeo: Contextualização http://www.youtube.com/watch?v= L9YBAy2Hhbc De 0:00

Leia mais

AULA 14. Todavia, importante trazer três argumentos que podem ser utilizados para defender essa tese:

AULA 14. Todavia, importante trazer três argumentos que podem ser utilizados para defender essa tese: Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Direito Administrativo / Aula 14 Professora: Luiz Oliveira Castro Jungstedt Monitora: Mariana Simas de Oliveira AULA 14 CONTEÚDO DA AULA: Argumentos para Invasão

Leia mais

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Paula Freire 2012

PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Paula Freire 2012 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Paula Freire 2012 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO Prerrogativas e instrumentos. Finalidade: interesse público primário. Se manifestam nos atos administrativos. São: Poder de Polícia;

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS

CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS QUANTO À NATUREZA DA ATIVIDADE ADMINISTRATIVA Nesta classificação, os atos administrativos podem ser de administração ativa, consultiva, controladora, verificadora

Leia mais

Curso de Dicas Direito Administrativo Giuliano Menezes

Curso de Dicas Direito Administrativo Giuliano Menezes Curso de Dicas Direito Administrativo Giuliano Menezes 2014 2014 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. AGENTE ADMINISTRATIVO POLÍCIA FEDERAL - 2014 37 A instituição

Leia mais

Profº: ALEXANDRE BASTOS DIREITO ADMINISTRATIVO

Profº: ALEXANDRE BASTOS DIREITO ADMINISTRATIVO PROF. ALEXANDRE BASTOS DIREITO ADMINISTRATIVO ATOS ADMINISTRATIVOS 1) FGV - 2013 - TJ-AM - Auxiliar Judiciário Assinale a alternativa que contém apenas elementos ou requisitos do ato administrativo. a)

Leia mais

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva

Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público. Diana Pinto e Pinheiro da Silva Concessão, Permissão e Autorização de Serviço Público Diana Pinto e Pinheiro da Silva 1. Execução de Serviço Público Execução de serviço público Dificuldade de definição [...] o conceito de serviço público

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO Aula Inaugural -Princípios do Direito Administrativo Profº.. Francisco De Poli de Oliveira OBJETIVOS 1. Conhecer os princípios pios explícitos e implícitos do Direito Administrativo;

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO 01. Assinale a alternativa incorreta acerca dos princípios constitucionais da Administracao Publica a) A Administração e imprescindível justificar seus atos. b) Ao administrador

Leia mais

Direito & Cotidiano Diário dos estudantes, profissionais e curiosos do Direito.

Direito & Cotidiano Diário dos estudantes, profissionais e curiosos do Direito. Direito & Cotidiano Diário dos estudantes, profissionais e curiosos do Direito. http://direitoecotidiano.wordpress.com/ Princípios do Direito Administrativo [cont. Rafael Adachi Princípio da Eficiência

Leia mais

Processo administrativo Lei 9.784/99. Disposições gerais (art. 1º) Início do processo (art. 5º) Disposições gerais (art. 1º, 1º)

Processo administrativo Lei 9.784/99. Disposições gerais (art. 1º) Início do processo (art. 5º) Disposições gerais (art. 1º, 1º) Processo administrativo Lei 9.784/99 Direito Administrativo Prof. Armando Mercadante Nov/2009 Disposições gerais (art. 1º) Art. 1º Esta Lei estabelece normas básicas sobre o processo administrativo no

Leia mais

ATOS ADMINISTRATIVOS

ATOS ADMINISTRATIVOS ATOS ADMINISTRATIVOS 1. Definição e Diferenciação ATO ATO JURÍDICO ATO ADMINISTRATIVO Todo ato lícito, que tenha por fim imediato adquirir, resguardar, transferir, modificar ou extinguir direitos (art.

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 Noções Preliminares...1

S u m á r i o. Capítulo 1 Noções Preliminares...1 S u m á r i o Capítulo 1 Noções Preliminares...1 1. Direito...1 2. Direito Administrativo...2 2.1. Conceito...2 2.2. Relação com outros ramos do Direito...6 2.3. Fontes do Direito Administrativo...8 2.4.

Leia mais

Capítulo 1 Noções Preliminares Direito Direito Administrativo...2

Capítulo 1 Noções Preliminares Direito Direito Administrativo...2 S u m á r i o Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 1. Direito...1 2. Direito Administrativo...2 2.1. Conceito... 2 2.2. Relação com outros ramos do direito... 6 2.3. Fontes do Direito Administrativo...

Leia mais

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos Direito Administrativo Lista de Exercícios Poderes Administrativos 1. Considere que a prefeitura de determinado município tenha concedido licença para reforma de estabelecimento comercial. Nessa situação

Leia mais

42) Quanto aos elementos ou requisitos de validade dos atos administrativos não podemos afirmar:

42) Quanto aos elementos ou requisitos de validade dos atos administrativos não podemos afirmar: Finalmente, hoje, terminaremos os comentários ao simulado da 2ª Feira do Concurso. 41) Analise as situações abaixo e assinale a alternativa correta: I Ronaldo é Auditor Fiscal da Receita Federal aposentado

Leia mais

ww.concursovirtual.com.b

ww.concursovirtual.com.b ATO Imputável ao homem ATOS ADMINISTRATIVOS DIREITO ADMINISTRATIVO ALEXANDRE PRADO INTRODUÇÃO FATO Decorre de acontecimentos naturais, que independem do homem ou que dele dependem apenas indiretamente.

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 2013

DIREITO ADMINISTRATIVO 2013 DIREITO ADMINISTRATIVO 2013 31. Dentre as características passíveis de serem atribuídas aos contratos de concessão de serviço público regidos pela Lei no 8.987/95, pode-se afirmar corretamente que há (a)

Leia mais

PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos. 1. Atos administrativos:

PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos. 1. Atos administrativos: 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Atos administrativos PONTO 2: Atributos dos Atos Administrativos PONTO 3: Requisitos ou elementos 1. Atos administrativos: Nem todos os atos que a administração pratica

Leia mais

Aula 05 Direito Administrativo I Prof. André Henrique ATOS ADMINISTRATIVOS

Aula 05 Direito Administrativo I Prof. André Henrique ATOS ADMINISTRATIVOS Aula 05 Direito Administrativo I Prof. André Henrique ATOS ADMINISTRATIVOS 1. Fato e ato Fato é um acontecimento do mundo em que se vive, sendo aquele em que não há manifestação de vontade (ex: nasceu

Leia mais

PONTO 1: Atos administrativos continuação: Requisitos: - Finalidade - Forma - Motivo. Atos administrativos continuação:

PONTO 1: Atos administrativos continuação: Requisitos: - Finalidade - Forma - Motivo. Atos administrativos continuação: 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Atos administrativos continuação: Requisitos: - Finalidade - Forma - Motivo Atos administrativos continuação: Requisitos: 1) competência (ou sujeito); 2) finalidade; 3)

Leia mais

PODERES ADMINISTRATIVOS

PODERES ADMINISTRATIVOS PODERES ADMINISTRATIVOS Direito Administrativo Prof. Rodrigo Cardoso PODER HIERÁRQUICO É o que consta no art. 116, da Lei n. 8.112/1990: Art. 116. São deveres do servidor: (...) IV cumprir as ordens superiores,

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 1 - Quanto aos princípios constitucionais da Administração Pública, assinale a alternativa correta. A. O princípio da supremacia

Leia mais

Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1

Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1 S u m á r i o Capítulo 1 Direito Administrativo e Administração Pública...1 1.1. Introdução e Conceito de Direito Administrativo... 1 1.2. Taxinomia do Direito Administrativo... 2 1.3. Fontes do Direito

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MESTRADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MESTRADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MESTRADO JURISDICIZAÇÃO DA DISCRICIONARIEDADE ADMINISTRATIVA: VALORAÇÃO PRINCIPIOLÓGICA CONSTITUCIONAL DA ATUAÇÃO DISCRICIONÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Princípios constitucionais da Administração Pública Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso AULÃO AO VIVO PC-GO Prof. Rodrigo Cardoso 1 (CESPE 2016/PC-PE/AGENTE DE POLÍCIA) Considerando as fontes do direito administrativo como sendo aquelas regras ou aqueles comportamentos que provocam o surgimento

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Código da Disciplina: 2716 Vigência: 1 / 2004 Disciplina: DIREITO ADMINISTRATIVO I Código do Curso: 17 Curso: Direito Unidade: NÚCLEO UNIV BH Turno: NOITE Período: 6 Créditos: 4 Carga Horária TOTAL 60

Leia mais

CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Alessandro Dantas Coutinho CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1 - Introdução A Administração Pública atua por meio de seus órgãos e seus agentes, os quais são incumbidos do exercício das funções

Leia mais

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO Prof. Me. Edson Guedes Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO 5. Direito Civil Unidade II 5.1 Da validade dos negócios jurídicos; 5.2 Responsabilidade civil e ato ilícito; 5. Direito Civil 5.1 Da validade

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO TRE - PR. Prof. Luiz Lima

DIREITO ADMINISTRATIVO TRE - PR. Prof. Luiz Lima DIREITO ADMINISTRATIVO TRE - PR Prof. Luiz Lima PODERES DA ADMINISTRAÇÃO Conceito: conjunto de prerrogativas de direito público que a ordem jurídica confere aos agentes administrativos para o fim de permitir

Leia mais

ATOS ADMINISTRATIVOS E RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS MAURINO BURINI ASSESSOR JURÍDICO E ADVOGADO

ATOS ADMINISTRATIVOS E RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS MAURINO BURINI ASSESSOR JURÍDICO E ADVOGADO ATOS ADMINISTRATIVOS E RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS MAURINO BURINI ASSESSOR JURÍDICO E ADVOGADO Conceito de Ato Administrativo Ato administrativo é todo ato praticado no exercício da função administrativa.

Leia mais

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO Direito Administrativo Sumário Capítulo I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO 1. Estado: conceito, evolução e transformações... 17 2. Administração

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PROF. MES. BRUNO VARGENS NUNES 1PROFESSOR BRUNO VARGENS CONCEITO Existem vários conceitos para definir o Direito Administrativo. O critério que predomina hoje é o que diz que ele

Leia mais

02/11/2016 ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO

02/11/2016 ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO ÓRGÃO E ENTIDADE, DESCONCENTRAÇÃO E DESCENTRALIZAÇÃO Lei 9.784/99: Art. 1º, 2º. Para os fins desta Lei, consideram-se: I - órgão - a unidade de atuação

Leia mais

LEI 8.112/90 SERVIDOR PÚBLICO. É a pessoa que ocupa um cargo público possuindo vínculo estatutário com a administração. CARGO PÚBLICO (Duas espécies)

LEI 8.112/90 SERVIDOR PÚBLICO. É a pessoa que ocupa um cargo público possuindo vínculo estatutário com a administração. CARGO PÚBLICO (Duas espécies) LEI 8.112/90 SERVIDOR PÚBLICO É a pessoa que ocupa um cargo público possuindo vínculo estatutário com a administração. CARGO PÚBLICO (Duas espécies) 1 ESTATUTO OBS I = segundo o STF não há direito adquirido

Leia mais

AULA 03: PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Professor Thiago Gomes

AULA 03: PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Professor Thiago Gomes AULA 03: PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Thiago Gomes 1. NOS CAPÍTULOS ANTERIORES... 2. CONTEXTUALIZAÇÃO Papel do Estado Administração x Administrados Boa vontade e colaboração seriam suficientes

Leia mais

Letícia Queiroz de Andrade

Letícia Queiroz de Andrade Seminário de Direito Administrativo Regulatório O Instituto do Reformatio In Pejus no Processo Administrativo Sancionador Letícia Queiroz de Andrade leticia@queirozmaluf.com.br Conferência de Conceitos

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS CAPÍTULO 2 PODERES ADMINISTRATIVOS CAPÍTULO 3 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA... 37

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS CAPÍTULO 2 PODERES ADMINISTRATIVOS CAPÍTULO 3 ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA... 37 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS... 19 1.1. Princípios básicos... 19 1.1.1. Princípio da Supremacia do Interesse Público Sobre o Privado... 19 1.1.2. Princípio da Indisponibilidade do Interesse Público...

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento - Curso Básico - Poderes Administrativos; - Administração Pública; - Atos Administrativos; - Lei nº 9.784/1999 - Regras Gerais dos Processos Administrativos; - Licitações; - Contratos Administrativos;

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Revogação do Ato Administrativo Beatriz Mattar Araújo* 1. INTRODUÇÃO Dentro do parâmetro da extinção dos atos administrativos, uma causa deve ser avaliada: a revogação Os atos administrativos

Leia mais

PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO

PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Distinção entre Concessão e Permissão PONTO 2: Formas de Extinção da Concessão e Permissão 1. DISTINÇÃO ENTRE CONCESSÃO E PERMISSÃO 1.1 CONCESSÃO A concessão é um contrato

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE Prof. João Eudes 1. (CESPE/2009) A administração pública é regida pelo princípio da autotutela, segundo o qual o administrador público está obrigado a denunciar

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1

Sumário. Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1 Sumário Capítulo 1 Introdução ao Direito Administrativo... 1 1.1. Conceito... 1 1.2. Histórico do Direito Administrativo... 4 1.3. Objeto... 4 1.4. Fontes... 4 1.5. Sistemas Administrativos ou Mecanismos

Leia mais

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57 SUMÁRIO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo... 15 1.2 Ramo do direito público... 17 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo... 19

Leia mais

CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO

CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO Sumário 21 CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO 1. ATOS ADMINISTRATIVOS Súmula nº 473. A administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, porque deles não se originam

Leia mais

1. INTERVENÇÃO DO ESTADO NA PROPRIEDADE. Art. 5ª da CF é considerado cláusula pétrea, assim, propriedade é cláusula pétrea.

1. INTERVENÇÃO DO ESTADO NA PROPRIEDADE. Art. 5ª da CF é considerado cláusula pétrea, assim, propriedade é cláusula pétrea. 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Intervenção do Estado na Propriedade PONTO 2: Servidão Administrativa PONTO 3: Requisição Administrativa PONTO 4: Ocupação Temporária PONTO 5: Limitações Administrativas

Leia mais

Material Pós-Aula 1 Exame da OAB

Material Pós-Aula 1 Exame da OAB I O Direito Administrativo e a Administração Pública Material Pós-Aula 1 Exame da OAB 2012.2 Professor Leandro Velloso 1.1. Organização Administrativa do Estado Conceito de Administração Pública é um conjunto

Leia mais

DIREITO ADMINITRATIVO

DIREITO ADMINITRATIVO DIREITO ADMINITRATIVO 1. (Aplicada em: 2016 Banca: IADES Órgão: Ceitec S.A Prova: Analista Administrativo e Operacional - Ciências Contábeis) No sentido de que deveria a Administração Pública dispensar

Leia mais

ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas

ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas ARTIGO: O controle incidental e o controle abstrato de normas Luís Fernando de Souza Pastana 1 RESUMO: Nosso ordenamento jurídico estabelece a supremacia da Constituição Federal e, para que esta supremacia

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO 156 QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS POR ASSUNTOS Edição junho 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a reprodução total ou parcial deste material, por qualquer meio

Leia mais

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii Nota, xi Nota à 9a edição, xiii 1 Direito Administrativo, 1 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo, 1 1.2 Ramo do direito público, 3 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo,

Leia mais

STJ SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS

STJ SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS STJ00081433 SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS 1 I. Funções estatais I 2. Conceito e objeto do direito administrativo 2 3. Codificação e fontes do direito administrativo 4 4. Sistemas administrativos:

Leia mais

Direito Civil. Disposições Gerais Negócio Jurídico. Professora Tatiana Marcello.

Direito Civil. Disposições Gerais Negócio Jurídico. Professora Tatiana Marcello. Direito Civil Disposições Gerais Negócio Jurídico Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO 01. Em matéria do poder de polícia de que dispõe a Administração Pública, considere: I. A finalidade do poder de polícia se restringe à defesa do Estado e de sua Administração, conferindo-lhe

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO DNIT ANALISTA DE INFRAESTRUTURA ENGENHARIA CIVIL

CONTROLE DE CONTEÚDO DNIT ANALISTA DE INFRAESTRUTURA ENGENHARIA CIVIL 1 Ordenação de frases (compreensão textual). 2 Sintaxe: termos da oração. Pontuação. 3 Sintaxe: período composto por coordenação. Pontuação. 4 Sintaxe: período composto por subordinação. Pontuação. 5 Sintaxe:

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO. MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima

DIREITO ADMINISTRATIVO. MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima DIREITO ADMINISTRATIVO MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima MARATONA DO PONTO CESPE Foco na Banca FCC Estudo das Leis e seus principais artigos / atualização jurisprudencial Aulas ao vivo (1h40 min de

Leia mais

Princípios da Administração Pública

Princípios da Administração Pública Princípios da Administração Pública PRINCÍPIO DA LEGALIDADE Conceito: Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei (art. 5º, II da CF). O Princípio da legalidade

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1 Direito Civil e Processual Civil DIREITO CIVIL 1. Direito das relações de consumo: Reparação dos danos; Práticas comerciais. 2. Locação de imóveis urbanos: locação residencial.

Leia mais

Cessão de Servidores

Cessão de Servidores Cessão de Servidores Reinaldo Gomes Ferreira Diretor da DAP Itens a serem abordados 1. Conceito; 2. Requisitos; 3. Prejulgados; 4. Previdência; 5. Jurisprudência; 6. Principais problemas detectados. 1

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) ANALISTA TRT s 54 PROVAS 345 QUESTÕES (2012 2008) A apostila contém provas de Direito Administrativo de concursos da Fundação Carlos Chagas (FCC), realizadas

Leia mais

I - Atos Administrativos *

I - Atos Administrativos * I - Atos Administrativos * Professor Leandro Velloso * Material baseado e integrante na Obra Jurídica: Resumo de Direito Administrativo. 3ª Ed. Impetus, Prefácio do José dos Santos Carvalho Filho 1. Noções

Leia mais

PROF. LUÍS GUSTAVO FORMAS DE EXTINÇÃO DO ATO ADMINISTRATIVO

PROF. LUÍS GUSTAVO FORMAS DE EXTINÇÃO DO ATO ADMINISTRATIVO FORMAS DE EXTINÇÃO DO ATO ADMINISTRATIVO Na aula de hoje, falarem os das outras form as de extinção de atos adm inistrativos e disponibilizaremos algumas questões sobre o assunto. Ficou faltando comentar

Leia mais

CADERNO DE ESTUDO DIRIGIDO DIREITO ADMINISTRATIVO

CADERNO DE ESTUDO DIRIGIDO DIREITO ADMINISTRATIVO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: PRINCÍPIOS BÁSICOS 4 CADERNO DE ESTUDO DIRIGIDO DIREITO ADMINISTRATIVO CONCURSOS NÍVEL ENSINO MÉDIO 2016 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: PRINCÍPIOS BÁSICOS 5 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: PRINCÍPIOS

Leia mais

Professor Gustavo Fregapani

Professor Gustavo Fregapani Professor Gustavo Fregapani E-mail: gustavofregapani@gmail.com Página de dicas no Facebook: https://www.facebook.com/gustavofregapani Curta a página e receba novidades, informações e dicas para concursos

Leia mais

Organização Administrativa BOM DIA!!!

Organização Administrativa BOM DIA!!! BOM DIA!!! 1. Introdução 2. Administração Pública 3. Órgão Público 4. Classificação dos Órgãos 5. Descentralização e Desconcentração 6. Função Pública 7. Cargo Público 8. Agente Público 1. Introdução Regime

Leia mais

Regime jurídico administrativo

Regime jurídico administrativo Direito Administrativo Lista de Exercícios Regime Jurídico Administrativo 1. Com relação aos princípios que fundamentam a administração pública, assinale a opção correta. a) A publicidade marca o início

Leia mais

Atos Administrativos 62-A respeito da invalidação dos atos administrativos, é correto afirmar 65-No direito administrativo, regra geral,

Atos Administrativos 62-A respeito da invalidação dos atos administrativos, é correto afirmar 65-No direito administrativo, regra geral, Atos Administrativos 62-A respeito da invalidação dos atos administrativos, é correto afirmar: a) Administração Pública não pode declarar inválido um ato administrativo, pois lhe é vedado o controle da

Leia mais

CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº 07

CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº 07 CURSO ESCOLA DE DEFENSORIA PÚBLICA Nº 07 DATA 10/08/15 DISCIPLINA DIREITO ADMINISTRATIVO (NOITE) PROFESSOR BARNEY BICHARA MONITORA JAMILA SALOMÃO AULA 02/08 Ementa: Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA FIXAÇÃO

EXERCÍCIOS PARA FIXAÇÃO EXERCÍCIOS PARA FIXAÇÃO 46- (ESAF/Especialista MPOG/2003) O mérito do ato administrativo, identificado pelo binômio conveniência e oportunidade, é encontrado nos seus seguintes elementos: a) objeto e finalidade

Leia mais

Sumário. Capítulo 2 Administração direta e indireta... 5

Sumário. Capítulo 2 Administração direta e indireta... 5 Sumário Capítulo 1 Origem e conceito de direito administrativo... 1 1.1 Introdução... 1 1.2 Origem e evolução do direito administrativo... 1 1.3 Conteúdo do direito administrativo... 2 1.4 Conceito de

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO 63 QUESTÕES DE PROVAS IBFC POR ASSUNTOS 09 QUESTÕES DE PROVAS DE OUTRAS BANCAS 05 QUESTÕES ELABORADAS PELO EMMENTAL Edição Maio 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento Lei 9.784/1999 - Processo Administrativo Federal 1. (CESPE/DPU/Defensor/2010) Com a publicação da Lei nº 9.784/1999, que regula o processo administrativo no âmbito da administração pública federal, houve

Leia mais

O presente caso prático apresenta as seguintes situações, que importa analisar:

O presente caso prático apresenta as seguintes situações, que importa analisar: Resolução do Caso Prático 19, da Colectânea de casos práticos Direito Administrativo casos práticos, de Fausto de Quadros, Margarida Cabral, João Tiago Silveira e Mafalda Carmona, AAFDL, Lisboa, 2002 (com

Leia mais

Invalidade do ato administrativo

Invalidade do ato administrativo Invalidade do ato administrativo» Validade: aptidão do ato para produzir os efeitos a que tende em consequência da sua conformidade com as normas que o regulam» Validade depende da legitimidade: conformidade

Leia mais

José Carlos de Oliveira

José Carlos de Oliveira Atos Administrativos José Carlos de Oliveira Professor de Direito Administrativo na graduação e no Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Unesp/Franca Ato jurídico é toda

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO AULA 02: PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Thiago Gomes ACHADO NÃO É ROUBADO? 1. CONCEITO Conceito de Princípio Princípios da Administração Pública Constitucionais Art. 37, caput, CF A administração

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial A Constituição Federal do Brasil Constituição Federal do Brasil de 05 de outubro de 1988: importante carta que trouxe o regime democrático e, com ele, direito e garantias

Leia mais

Licenças, autorizações, comunicações prévias e outros atos permissivos. João Tiago Silveira

Licenças, autorizações, comunicações prévias e outros atos permissivos. João Tiago Silveira Licenças, autorizações, comunicações prévias e outros atos permissivos João Tiago Silveira Plano da Sessão 1. Atos permissivos e controlo administrativo. 2. Licença e autorização. 3. Comunicação prévia

Leia mais

ATOS ADMINISTRATIVOS PARTE I ROTEIRO DE AULA

ATOS ADMINISTRATIVOS PARTE I ROTEIRO DE AULA ATOS ADMINISTRATIVOS PARTE I ROTEIRO DE AULA ATO ADMINISTRATIVO Conceito: ato administrativo é a declaração do Estado ou quem lhe faça as vezes (pode ser praticado pelo Poder Executivo, Poder Legislativo

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PEÇA PROFISSIONAL Em 20/1/2009, foi instaurado procedimento administrativo disciplinar, por portaria publicada no DOU, com descrição suficiente dos fatos, para apurar a conduta de

Leia mais

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Giuliano Menezes 01)Marque V ou F: a) O

Leia mais

FGV SEJAP/MA AGENTE PENITENCIÁRIO 2013

FGV SEJAP/MA AGENTE PENITENCIÁRIO 2013 FGV SEJAP/MA AGENTE PENITENCIÁRIO 2013 01. Acerca dos direitos fundamentais inscritos na Constituição de 1988, assinale a afirmativa correta. (A) A Constituição, em garantia ao princípio da igualdade,

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 1. Introdução histórica 2. Natureza jurídica 3. Referências normativas 4. Legitimidade 5. Finalidade 6. Hipóteses de cabimento

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 1. Introdução histórica 2. Natureza jurídica 3. Referências normativas 4. Legitimidade 5. Finalidade 6. Hipóteses de cabimento CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução histórica 2. Natureza jurídica 3. Referências normativas 4. Legitimidade 5. Finalidade 6. Hipóteses de cabimento Habeas corpus - Tenhas corpo (...) a faculdade concedida

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 O Direito Administrativo 1. Capítulo 2 Estado, Governo e Administração Pública 5

Sumário. Capítulo 1 O Direito Administrativo 1. Capítulo 2 Estado, Governo e Administração Pública 5 Sumário Capítulo 1 O Direito Administrativo 1 1.1. Direito público e direito privado...1 1.2. Conceito... 2 1.3. Fontes do Direito Administrativo...3 Capítulo 2 Estado, Governo e Administração Pública

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO

CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO LÍNGUA PORTUGUESA 1 Leitura e análise de textos. Estruturação do texto e dos parágrafos. Significação contextual de

Leia mais

Direito Civil. Da Extinção do Contrato. Professora Tatiana Marcello.

Direito Civil. Da Extinção do Contrato. Professora Tatiana Marcello. Direito Civil Da Extinção do Contrato Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Leia mais

CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS. Marcos Juruena Villela Souto

CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS. Marcos Juruena Villela Souto CONTROLE JUDICIAL DOS ATOS NORMATIVOS DAS AGÊNCIAS REGULADORAS Marcos Juruena Villela Souto REGULAÇÃO A regulação é uma atividade administrativa de intervenção do Estado no domínio econômico, mediante

Leia mais

TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO

TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO TEMA Nº 3: AGÊNCIAS REGULADORAS NO DIREITO BRASILEIRO Modelo brasileiro A REGULAÇÃO NO BRASIL Compreende uma pluralidade de entes com função regulatória Entes reguladores em geral -> Autarquias comuns

Leia mais

REVISÃO DE DIREITO CIVIL PARA TRF 2 A REGIÃO Organizador: Dicler Forestieri Ferreira

REVISÃO DE DIREITO CIVIL PARA TRF 2 A REGIÃO Organizador: Dicler Forestieri Ferreira Prezados concurseiros que irão concorrer a uma vaga no funcionalismo público através do concurso TRF 2 a Região: Após alguns pedidos dos amigos do fórum concurseiros, www.forumconcurseiros.com, nas próximas

Leia mais

O PODER DISCIPLINAR REVISIONAL DELIMITADO NO REGULAMENTO DISCIPLINAR DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO E A

O PODER DISCIPLINAR REVISIONAL DELIMITADO NO REGULAMENTO DISCIPLINAR DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO E A O PODER DISCIPLINAR REVISIONAL DELIMITADO NO REGULAMENTO DISCIPLINAR DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO E A POSSIBILIDADE DA REFORMATIO IN PEJUS ET IN MELLIUS ALEXANDRE HENRIQUES DA COSTA 1º Tenente

Leia mais

VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO

VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO 150 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Vítor Alves Coordenação e Organização:

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre DIREITO ADMINISTRATIVO II 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre LISBOA 2012 Regente: Prof. Doutor Fausto de Quadros Colaborador: Prof. Doutor Lourenço Vilhena de Freitas

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PEÇA PROFISSIONAL João de Tal foi demitido do cargo de fiscal agropecuário federal por ato do ministro da Agricultura, depois de tê-lo exercido por 15 anos, sendo que essa era a

Leia mais

1. REQUISITOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS. São requisitos ou elementos dos atos administrativos:

1. REQUISITOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS. São requisitos ou elementos dos atos administrativos: 1 DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Requisitos dos Atos Administrativos PONTO 2: Competência PONTO 3: Finalidade PONTO 4: Forma PONTO 5: Motivo PONTO 6: Objeto 1. REQUISITOS DOS ATOS

Leia mais

Conceitos Sentidos subjetivo e objetivo. Serviços Públicos. Classificação Individuais (uti singuli) Classificação Gerais (uti universi)

Conceitos Sentidos subjetivo e objetivo. Serviços Públicos. Classificação Individuais (uti singuli) Classificação Gerais (uti universi) Serviços Públicos Direito Administrativo Prof. Armando Mercadante Nov/2009 Sentidos subjetivo e objetivo 1) Sentido subjetivo serviço público é aquele prestado pelo Estado; 2) Sentido objetivo o serviço

Leia mais

Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015 N 860 PARECER JURÍDICO

Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015 N 860 PARECER JURÍDICO 4 PARECER JURÍDICO Dispõe sobre a revogação de procedimento licitatório por interesse público. Trata-se de Parecer Jurídico solicitado pela Comissão de Processo Licitatório nº 015/2014, na modalidade Tomada

Leia mais