REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA. Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14"

Transcrição

1 REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS E ESTEQUIOMETRIA Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14

2 CLASSIFICAÇÃO DAS REAÇÕES EM SOLUÇÕES AQUOSAS Reações em soluções aquosas Sem transferência de elétrons Com transferência de elétrons Precipitação Complexação Oxi-redução 2

3 PROPRIEDADES GERAIS DE SOLUÇÕES AQUOSAS Propriedades Eletrolíticas Algumas soluções aquosas tem o potencial de conduzir eletricidade. Esta habilidade de bom condutor está relacionada com o número de íons disponíveis em solução. Há três tipos de soluções: - Eletrólitos fortes. - Eletrólitos fracos - Não eletrólitos. 3

4 PROPRIEDADES GERAIS DE SOLUÇÕES AQUOSAS Propriedades Eletrolíticas Eletrólitos fortes: Dissociam-se completamente quando em solução. Eletrólitos fracos: Produzem uma pequena concentração de íons em solução, quando dissociam-se. Esses íons estão em equilíbrio com a substância não dissociada. Não eletrólitos: Não se dissociam em seus respectivos íons quando em solução. 4

5 REGRAS GERAIS DE SOLUBILIDADE DE ALGUNS COMPOSTOS EM ÁGUA 1. Todos os ácidos inorgânicos são solúveis. 2. Todos os compostos de metais alcalinos são solúveis, exceto alguns compostos de lítio. 3. Todos os nitratos (NO 3- ) são solúveis. 4. A maioria dos acetatos (C 2 H 3 O 2- ) são solúveis, exceto AgC 2 H 3 O 2 e Hg 2 (C 2 H 3 O 2 ) A maioria dos sulfatos (SO 4 2- ) são solúveis, exceto CaSO 4, SrSO 4, BaSO 4, PbSO 4, Ag 2 SO 4 e Hg 2 SO A maioria dos haletos comuns são solúveis, exceto cloretos, brometos e iodetos de Ag(I), Pb(II) e Hg(II); HgI 2 ; fluoretos de Mg, Ca, Sr, Ba e Pb(II). 7. A maioria dos carbonatos (CO 3 2- ), cromatos (CrO 4 2- ), oxalatos (C 2 O 4 2- ) e fosfatos (PO 4 3- ) são insolúveis. Exceto itens 1 e 2 acima. 8. A maioria dos hidróxidos são solúveis, exceto LiOH, que é insolúvel e Sr(OH) 2 e Ba(OH) 2 que são parcialmente solúveis. 5

6 Ácidos Bases REGRAS GERAIS DE FORÇAS DE ALGUNS ELETRÓLITOS EM ÁGUA Ácidos fortes comuns são HCl, HNO 3 e H 2 SO 4 (esse pela primeira perda do próton). A maioria dos ácidos são fracos. Um ácido não familiar deve ser considerado fraco. Ex.: HSO 4 -, HCO 3 -, H 2 PO 4-. Um ânion formado quando um ácido poliprótico perde alguns prótons é fraco. As bases fortes comuns são os hidróxidos dos metais alcalinos e dos metais alcalinos terrosos, exceto Be(OH) 2. É difícil generalizar sobre outros hidróxidos, normalmente os consideramos como fortes. Uma base fraca comumente encontrada é NH 3, também conhecida como NH 4 OH. 6

7 REGRAS GERAIS DE FORÇAS DE ALGUNS ELETRÓLITOS EM ÁGUA Sais Quase todos os sais são eletrólitos fortes. Um sal não familiar deve ser considerado forte. Alguns são fracos, tais como HgCl 2, CdSO 4 e Pb(C 2 H 3 O 2 ) 2. A água é um eletrólito fraco. Íons complexos são eletrólitos fracos. Ex.: [Ag(NH 3 ) 2 ] +, [CuCl 4 ] 2-. 7

8 REAÇÕES DE PRECIPITAÇÃO O produto é pouco solúvel em água. Se a concentração do produto excede à solubilidade da referida substância, têm-se que qualquer quantidade a mais desse produto precipita da solução. Portanto, sempre que íons de um eletrólito insolúvel são introduzidos separadamente em uma solução, se sua concentração final for maior que sua solubilidade, parte desse eletrólito precipita da solução. 8

9 REAÇÕES DE PRECIPITAÇÃO Exemplo BaSO 4 tem solubilidade de 4,0 x 10-5 moll -1. Há formação de precipitado se misturamos 500 ml de uma solução de BaCl 2 a 1,0 moll -1 com 500 ml de Na 2 SO 4 a 1,0 moll -1? n adicionado Ba 2+ = 1,0 moll -1 x 0,5 L = 0,5 mol n adicionado SO 4 2- = 1,0 moll -1 x 0,5 L = 0,5 mol C final BaSO 4 = 0,5 mol/1,0l = 0,5 moll -1. BaCl 2(aq) + Na 2 SO 4(aq) BaSO 4(s) + NaCl (aq) Na + (aq) + Cl - (aq) 9 9

10 EXERCÍCIOS O fluoreto de bário, BaF 2, é utilizado em metalurgia como um agente de soldagem. Sua solubilidade é de 3,6 x 10-3 mol/l. a) Qual é a sua solubilidade em g/l? b) Quantos gramas de BaF 2 são necessários para preparar 298 ml de uma solução saturada de BaF 2? 10

11 REAÇÕES DE COMPLEXAÇÃO O produto é um íon complexo solúvel. Complexo é um agregado formado por um íon metálico coordenado por vários ligantes ao seu redor. Os ligantes podem ser íons ou moléculas. Ligantes podem ser removidos ou substituídos por outros ligantes em um complexo. A hidratação de um íon pode ser considerada um tipo de complexação. O íon complexo formado é dito: aquo-complexo. 11

12 REAÇÕES DE COMPLEXAÇÃO Exemplo AgNO 3(aq) + NaCl (aq) AgCl (s) + Na + (aq) + NO 3 - (aq) Precipitado Branco NH 3(l) Ag(NH 3 ) 2 + (aq) + Cl - (aq) Complexo Incolor 12

13 CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS

14 CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS Para efetuarmos os cálculos estequiométricos devemos conhecer as proporções existentes entre os elementos que formam as diferentes substâncias. Por isso é importante sabermos escrever a equação química que representa a reação em estudo. 14

15 ESTEQUIOMETRIA ÁCIDO-BASE Quantos mililitros de uma solução de NaOH a 0,1 moll -1 são necessários para neutralizar 20,0 ml de uma solução de 0,05 moll -1 de HCl? 15

16 Quantos mols de KOH podem ser neutralizados por a) 0,300 mol de HBr? b) 0,150 moi de H 2 CO 3? c) 0,075 mol de H 3 PO 4? 16

17 Quantos litros de NaOH 0,148 mol/l são necessários para a completa neutralização de 144x10-3 L de H 2 SO 4 0,109 mol/l? 17

18 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS RUSSEL, J. B.: Química Geral. 2ª Ed. Editora Pearson Makron Books, Vol. 1, KOTZ, J. C.; Treicher, P. M.: Química Geral e Reações Químicas. 5ª Ed. Editora Cenage Learning, Vol. 1,

Reações em Soluções Aquosas

Reações em Soluções Aquosas Reações em Soluções Aquosas Classificação Reações sem transferência de elétrons: Reações de precipitação; Reações de neutralização. Reações com transferência de elétrons: Reações de oxirredução. Reações

Leia mais

Química Geral I. Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks

Química Geral I. Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Química Geral I Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Conteúdo 04/04/2017 Rendimento Determinar Fórmulas Moleculares Reações em Solução aquosa Propriedades dos Compostos em Solução Aquosa, Reações

Leia mais

AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE

AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE Fundamentos de Química Analítica (009) AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE OBJETIVOS Definir solubilidade do soluto. Definir solução saturada, não saturada e supersaturada. Conhecer as regras de solubilidade.

Leia mais

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional:

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional: REAÇÕES INORGÂNICAS INTRODUÇÃO Uma reação química ocorre quando uma ou mais substâncias interagem de modo a formar novas substâncias. A ocorrência de uma reação pode ser detectada através de evidências

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 04

2005 by Pearson Education. Capítulo 04 QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 4 Reações em soluções aquosas e estequiometria de soluções David P. White Propriedades gerais das soluções aquosas Propriedades eletrolíticas As soluções aquosas

Leia mais

Disciplina de Química Geral Profa. Marcia Margarete Meier

Disciplina de Química Geral Profa. Marcia Margarete Meier Soluções 1 Propriedades gerais das soluções Os materiais são feitos geralmente de misturas de substâncias mais simples. Ex.: ar, sangue, água do mar, ligas metálicas, perfumes, etc As composições precisam

Leia mais

Capítulo by Pearson Education

Capítulo by Pearson Education QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Aspectos adicionais dos equilíbrios aquosos David P. White O efeito do íon comum A solubilidade de um sal parcialmente solúvel diminui quando um íon comum é adicionado.

Leia mais

Equilíbrio de solubilidade de precipitação

Equilíbrio de solubilidade de precipitação LCE-108 Química Inorgânica e Analítica Equilíbrio de solubilidade de precipitação Wanessa Melchert Mattos Solução saturada: quando o máximo possível do sal está dissolvido. AgBr (s) Ag + (aq) + Br - (aq)

Leia mais

BC Transformações Químicas

BC Transformações Químicas Transformações Químicas BC0307 Prof. Anderson O. Ribeiro http://www.andersonorzari.com BC 0307 Transformações Químicas ANDERSON ORZARI RIBEIRO Bloco B, 10º andar - Sala 1043 www.andersonorzari.com Transformações

Leia mais

Produto de solubilidade de sais

Produto de solubilidade de sais Produto de solubilidade de sais Nos sais pouco solúveis (solubilidade menor que 0,01mol/L) o produto da concentração molar de íons é uma constante a uma determinada temperatura, esse produto (Kps) é chamado

Leia mais

Revisão da aula anterior

Revisão da aula anterior Revisão da aula anterior Cinética química Velocidade de reação Estabelecimento do equilíbrio químico Equilíbrio químico Cálculos de equilíbrio Fatores que afetam o equilíbrio químico Constante de equilíbrio

Leia mais

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula /

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / 2016-2 Prof. Mauricio X. Coutrim (disponível em: http://professor.ufop.br/mcoutrim) REAÇÃO EM SOLUÇÃO AQUOSA São reações envolvendo compostos iônicos

Leia mais

Luis Eduardo C. Aleotti. Química. Aula 26 - Funções Inorgânicas II: Ácidos

Luis Eduardo C. Aleotti. Química. Aula 26 - Funções Inorgânicas II: Ácidos Luis Eduardo C. Aleotti Química Aula 26 - Funções Inorgânicas II: Ácidos SAIS O que é? - H + proveniente de um ácido deixa o meio ácido. - OH - proveniente de uma base deixa o meio básico. - O que acontece

Leia mais

FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS

FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS Prezados Alunos Conforme orientação da Diretoria Geral, o reinício das aulas, teoria e laboratório, ocorrerá no dia 17 de agosto.

Leia mais

Reações Químicas GERAL

Reações Químicas GERAL Reações Químicas GERAL É o processo no qual 1 ou mais substâncias (reagentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Formação de ferrugem Combustão de um palito de fósforo Efervescência

Leia mais

Definições. Dissociação iônica Considerando um composto iônico sólido hipotético: A a B b Em uma solução: A a B b (s) aa b+ (aq) + bb a- (aq)

Definições. Dissociação iônica Considerando um composto iônico sólido hipotético: A a B b Em uma solução: A a B b (s) aa b+ (aq) + bb a- (aq) Definições Solubilidade de uma substancia refere-se à concentração ou à quantidade máxima de uma substância química que pode ser colocada em um solvente para formar uma solução estável. Algumas substâncias

Leia mais

Produto de solubilidade de sais. Produto de solubilidade de sais

Produto de solubilidade de sais. Produto de solubilidade de sais Produto de solubilidade de sais Nos sais pouco solúveis (solubilidade menor que 0,01mol/L) o produto da concentração molar de íons é uma constante a uma determinada temperatura, esse produto (Kps) é chamado

Leia mais

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

CONSIDERAÇÕES INICIAIS REAÇÕES INORGÂNICAS CONSIDERAÇÕES INICIAIS CLASSIFICAÇÕES 1. Reação de síntese ou adição 2. Reação de decomposição ou análise 3. Reação de deslocamento ou simples troca 3.1 Metais Zn (s) + CuSO 4(aq) ZnSO

Leia mais

Funções Inorgânicas Ácidos e Bases

Funções Inorgânicas Ácidos e Bases Funções Inorgânicas Ácidos e Bases Ácidos e bases de Lewis Ácido de Lewis: receptor de par de elétrons. Base de Lewis: doador de par de elétrons. Observe: os ácidos e as bases de Lewis não precisam conter

Leia mais

Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius

Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius Ácidos são substâncias que, em solução aquosa, sofrem ionização, liberando como cátion somente H +. Ex:. HNO 3 H + + NO 3 Se colocarmos a água como reagente podemos

Leia mais

Reações Químicas. Equação química É a representação simbólica e abreviada de uma reação química

Reações Químicas. Equação química É a representação simbólica e abreviada de uma reação química Reações Químicas Reações Químicas Equação química É a representação simbólica e abreviada de uma reação química Fórmulas (ex: H 2, O 2, H 2 O) Indicam quais são as substâncias participantes da reação

Leia mais

8ª LISTA - EXERCÍCIOS DE PROVAS Equilíbrio de Solubilidade

8ª LISTA - EXERCÍCIOS DE PROVAS Equilíbrio de Solubilidade Pg. 1/6 1 a Questão De acordo com as equações abaixo, a 25 ºC, faça o que se pede. BaF 2 (s) Ba 2+ (aq) + 2F - (aq) K ps (BaF 2 ) = 1,7 x 10-6 BaSO 4 (s) Ba 2+ (aq) + SO 2-4 (aq) K ps (BaSO 4 ) = 1,0 x

Leia mais

, para vários sais, assinale a opção correta. CrO 4. (aq) em concentrações iguais, haverá precipitação, em primeiro lugar, do sal PbSO 4

, para vários sais, assinale a opção correta. CrO 4. (aq) em concentrações iguais, haverá precipitação, em primeiro lugar, do sal PbSO 4 Resolução das atividades complementares 3 Química Q47 Coeficiente de solubilidade p. 72 1 (UFV-MG) Com base na tabela, na qual são apresentados os valores das constantes de produto de solubilidade,, para

Leia mais

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O.

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Soluções da ficha de exercícios 1. (a) NaOH = hidróxido de sódio. H 2 SO 4 = ácido súlfurico. Na 2 SO 4 = sulfato de sódio. H 2 O

Leia mais

Lista de Exercícios Equilíbrio de Solubilidade ALGUNS EXERCÍCIOS SÃO DE AUTORIA PRÓPRIA. OS DEMAIS SÃO ADAPTADOS DE LIVROS CITADOS ABAIXO.

Lista de Exercícios Equilíbrio de Solubilidade ALGUNS EXERCÍCIOS SÃO DE AUTORIA PRÓPRIA. OS DEMAIS SÃO ADAPTADOS DE LIVROS CITADOS ABAIXO. ALGUNS EXERCÍCIOS SÃO DE AUTORIA PRÓPRIA. OS DEMAIS SÃO ADAPTADOS DE LIVROS CITADOS ABAIXO. 1 Calcule o produto de solubilidade das seguintes substâncias: a) Oxalato de prata, S = 3,39 g/l e MM = 303,76

Leia mais

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Tipos de Reações químicas 1 TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Introdução Várias reações da química inorgânica podem ser classificadas em uma das quatro categorias: combinação, decomposição, deslocamento simples

Leia mais

Reações ácido-base. Ácidos. Ácido = substâncias que se ionizam para formar H + em solução (por exemplo, HCl, HNO 3, CH 3 CO 2 H - vinagre).

Reações ácido-base. Ácidos. Ácido = substâncias que se ionizam para formar H + em solução (por exemplo, HCl, HNO 3, CH 3 CO 2 H - vinagre). Ácidos Ácido = substâncias que se ionizam para formar H + em solução (por exemplo, HCl, HNO 3, CH 3 CO 2 H - vinagre). H + é conhecido como próton Ácidos com um próton ácido são chamados monopróticos (por

Leia mais

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS E-books PCNA Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 SUMÁRIO Apresentação -------------------------------------------- 3 Capítulo 3 ------------------------------------------------

Leia mais

Equilíbrio Heterogéneo

Equilíbrio Heterogéneo Equilíbrio Heterogéneo Aulas 7 Equilíbrio Heterogéneo: Produto de Solubilidade Efeito do ião comum, ph e iões complexos Titulações de precipitação Equilíbrio Heterogéneo Um equilíbrio heterogéneo (sólido-líquido)

Leia mais

O equilíbrio de solubilidade do HgS é representado pela equação abaixo.

O equilíbrio de solubilidade do HgS é representado pela equação abaixo. 01. O equilíbrio de solubilidade do HgS é representado pela equação abaixo. HgS (s) Hg 2+ (aq) + S 2 (aq) No equilíbrio têm-se [Hg 2+ ] = [S 2 ] = 1 x 10 26 mol/l. A constante de solubilidade (Kps) deste

Leia mais

(a) Indique os nomes dos reagentes e dos produtos da reacção; (b) Descreva o significado da equação dada.

(a) Indique os nomes dos reagentes e dos produtos da reacção; (b) Descreva o significado da equação dada. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Ficha de exercícios 1. Considere a seguinte equação química: 2NaOH (aq.) + H 2 SO 4 (aq.) Na 2 SO 4 (aq.) + 2H 2 O (l) (a) Indique

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON

FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON TEORIA DE ARRHENIUS 1.Eletrólitos e não eletrólitos As substâncias cujas soluções aquosas apresentam íons livres conduzem eletricidade, portanto, são chamadas de eletrólitos.

Leia mais

Equilíbrio de Precipitação

Equilíbrio de Precipitação Capítulo 4 Equilíbrio de Precipitação Prof a Alessandra Smaniotto QMC 5325 - Química Analítica Curso de Graduação em Farmácia Turmas 02102A e 02102B Introdução Os equilíbrios ácido -base são exemplos de

Leia mais

Departamento de Física e Química Química Básica Rodrigo Vieira Rodrigues. Constante produto solubilidade

Departamento de Física e Química Química Básica Rodrigo Vieira Rodrigues. Constante produto solubilidade Departamento de Física e Química Química Básica Rodrigo Vieira Rodrigues Constante produto solubilidade Equilíbrio de Solubilidade Considerando uma solução saturada de cloreto de prata, AgCl. Se continuarmos

Leia mais

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente B

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente B 01) E a) Certa para Brönsted-Lowry, ácido é a espécie que doa próton e base á a que recebe próton; b) Certa quando uma espécie perde o próton, outra recebe. Assim, haverá um ácido e uma base de cada lado

Leia mais

BC0307 Transformações Químicas. Equilíbrio Químico

BC0307 Transformações Químicas. Equilíbrio Químico Equilíbrio Químico - Avaliação do equilíbrio heterogêneo: K= [Ca2+ ]. [CO 3 2- ] [CaCO 3 ] H 2 O CaCO 3 (s) Ca 2+ 2- + CO 3 K. [CaCO 3 ] = [Ca 2+ ]. [CO 3 2- ] Kps = [Ca 2+ ]. [CO 3 2- ] Concentração necessária

Leia mais

Fundamentos de Química Profa. Janete Yariwake

Fundamentos de Química Profa. Janete Yariwake Bloco 2. Soluções. Equilíbrio químico em solução aquosa 2.1 Ácidos e bases 1 Bibliografia - Exercícios selecionados Exercícios retirados dos seguintes livros-texto: J.E. Brady, G.E. Humiston. Química Geral,

Leia mais

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA Ligação Química O conceito de configuração eletrônica e o desenvolvimento da Tabela Periódica permitiu aos químicos uma base lógica para explicar a formação

Leia mais

Ácidos e Bases. Funções Inorgânicas

Ácidos e Bases. Funções Inorgânicas Ácidos e Bases Funções Inorgânicas Funções Inorgânicas As substâncias podem ser classificadas em duas classes: Substâncias orgânicas: aquelas que contém carbono. Substâncias inorgânicas: aquelas formadas

Leia mais

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 21 EQUILÍBRIO IÔNICO: CONSTANTE DO PRODUTO DE SOLUBILIDADE

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 21 EQUILÍBRIO IÔNICO: CONSTANTE DO PRODUTO DE SOLUBILIDADE QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 21 EQUILÍBRIO IÔNICO: CONSTANTE DO PRODUTO DE SOLUBILIDADE V d V p 80 40 Fixação 1) (UFRRJ) A solubilidade do cloreto de chumbo (PbC 2) é 1,6 x 10-2 M a 25ºC. Sabendo-se que o

Leia mais

Guia de Estudo n o 2: Ácidos e Bases

Guia de Estudo n o 2: Ácidos e Bases Guia de Estudo n o 2: Ácidos e Bases Conteúdo: Ácidos e bases: definições de Arrhenius, Brønsted-Lowry e Lewis, Ácidos e bases fortes e fracos, Principais ácidos e bases, Óxidos ácidos e básicos, Reações

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 08 TURMA INTENSIVA

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 08 TURMA INTENSIVA RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 08 TURMA INTENSIVA 01. O equilíbrio de solubilidade do HgS é representado pela equação abaixo. HgS (s) Hg 2+ (aq) + S 2 (aq) No equilíbrio têm-se [Hg 2+ ] = [S 2

Leia mais

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Química Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Re Resolução 1. O carbeto de cálcio CaC 2 (s) (massa molar = 64 g mol 1 ), também conhecido como carbureto, pode ser obtido aquecendo-se

Leia mais

PAGQuímica Equilíbrio de Solubilidade

PAGQuímica Equilíbrio de Solubilidade 1. Uma solução foi preparada misturando-se 50 ml de CuSO 4 0,01 mol/l com 50 ml de NaOH 0,01 mol/l. a) haverá precipitação de Cu(OH) 2 nestas condições? Justifique sua resposta. b) quais são as concentrações

Leia mais

Ácido. Base. Classifique as substâncias abaixo. HClO 4 (aq) H + (aq) + ClO 4- (aq) NaOH(aq) Na + (aq) + OH - (aq)

Ácido. Base. Classifique as substâncias abaixo. HClO 4 (aq) H + (aq) + ClO 4- (aq) NaOH(aq) Na + (aq) + OH - (aq) Classifique as substâncias abaixo HClO 4 (aq) H + (aq) + ClO 4- (aq) NaOH(aq) Na + (aq) + OH - (aq) Ácido Base Conceito de ácido e base de Arrhenius Restrito ao meio aquoso Classifique as substâncias abaixo

Leia mais

QUÍMICA TITULAÇÃO ,0 ml de uma solução de NaOH neutralizam totalmente 10,0 ml de uma solução de HNO

QUÍMICA TITULAÇÃO ,0 ml de uma solução de NaOH neutralizam totalmente 10,0 ml de uma solução de HNO QUÍMICA Prof. Daniel Pires TITULAÇÃO 1. Um suco de laranja industrializado tem seu valor de ph determinado pelo controle de qualidade. Na análise, 20 ml desse suco foram neutralizados com 2 ml de NaOH

Leia mais

SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS

SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS SAIS Os sais são comuns em nosso cotidiano: SAIS São compostos iônicos que possuem, pelo menos um cátion diferente do H + e um ânion diferente do OH -. Exemplos: NaCl

Leia mais

Ficha 12 Exercícios 2 os anos Rodrigo maio/12. Nome: Nº: Turma:

Ficha 12 Exercícios 2 os anos Rodrigo maio/12. Nome: Nº: Turma: Química Ficha 12 Exercícios 2 os anos Rodrigo maio/12 Nome: Nº: Turma: 1. Considere três soluções aquosas contidas nos frascos seguintes: Frasco 1: 500 ml de HCl 1,0 mol/l Frasco 2: 500 ml de CH 3 COOH

Leia mais

Reações de identificação dos cátions dos grupos 1 e 2

Reações de identificação dos cátions dos grupos 1 e 2 Reações de identificação dos cátions dos grupos 1 e 2 Na, K e NH 4 São os maiores cátions do período que pertencem, possuem carga pequena e estrutura de gás nobre. O íon amônio está incluído porque apresenta

Leia mais

6ª OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA EXAME 2011

6ª OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA EXAME 2011 Data da prova: 30.07.2011 Data da publicação do gabarito: 01.09.2011 GABARITO QUESTÕES DISCURSIVAS QUESTÃO 1. (Peso 2) Uma vela de massa 34,5g é acesa e encoberta por um bequer. Após algum tempo a chama

Leia mais

Qui. Allan Rodrigues (Gabriel Pereira) (Renan Micha)

Qui. Allan Rodrigues (Gabriel Pereira) (Renan Micha) Semana 13 Allan Rodrigues (Gabriel Pereira) (Renan Micha) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Fundamentos de Química Profa. Janete Yariwake

Fundamentos de Química Profa. Janete Yariwake Soluções. Equilíbrio químico em solução aquosa Equilíbrio químico: ácidos e bases 1 ácidos e bases cf. Arrhenius Exemplo: Preparo de uma solução de HCl em água HCl (aq) + H 2 O H 3 O + (aq) + Cl (aq) íon

Leia mais

Docente: Prof a. Dr a. Luciana M. Saran

Docente: Prof a. Dr a. Luciana M. Saran FCAV/ UNESP Jaboticabal Disciplina: Química Geral Assunto: Sais e Hidrólise Salina Docente: Prof a. Dr a. Luciana M. Saran 1. OBJETIVOS Discutir as propriedades ácido-base dos sais em soluções aquosas;

Leia mais

Química Geral I Aula 9 07/04/2016

Química Geral I Aula 9 07/04/2016 Química Geral I Aula 9 07/04/2016 Curso de Química Licenciatura 2016-1 Prof. Udo Eckard Sinks Reações com Formação de Produtos Gasosos, Classificação de Reações em Solução Aquosa, Reações de Oxirredução,

Leia mais

AULA 12 PRECIPITAÇÃO FRACIONADA E TRANSFORMAÇÕES METATÉTICAS

AULA 12 PRECIPITAÇÃO FRACIONADA E TRANSFORMAÇÕES METATÉTICAS Fundamentos de Química Analítica (009) AULA 1 PRECIPITAÇÃO FRACIONADA E TRANSFORMAÇÕES METATÉTICAS OBJETIVOS Definir precipitação fracionada. Determinar as condições para ocorrer a precipitação fracionada.

Leia mais

Introdução à Análise Química QUI semestre 2011 Profa. Maria Auxiliadora Costa Matos TITULOMETRIA DE PRECIPITAÇÃO

Introdução à Análise Química QUI semestre 2011 Profa. Maria Auxiliadora Costa Matos TITULOMETRIA DE PRECIPITAÇÃO Introdução à Análise Química QUI 094 2 semestre 2011 Profa. Maria Auxiliadora Costa Matos TITULOMETRIA DE PRECIPITAÇÃO 1 TITULOMETRIA DE PRECIPITAÇÃO Volumetria de precipitação envolve a titulação com

Leia mais

Funções Inorgânicas. Funções Inorgânicas. Ácidos. Teoria da dissociação iônica de Arrhenius 10/11/17. Prof. Mayanderson

Funções Inorgânicas. Funções Inorgânicas. Ácidos. Teoria da dissociação iônica de Arrhenius 10/11/17. Prof. Mayanderson Funções Inorgânicas n Função química é um conjunto de substâncias com propriedades químicas semelhantes, denominadas propriedades funcionais. Funções Inorgânicas Prof. Mayanderson n Ácidos; n Bases; n

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. As substâncias são agrupadas de acordo com as suas propriedades. ÁCIDO BASE SAL ÓXIDO

FUNÇÕES INORGÂNICAS. As substâncias são agrupadas de acordo com as suas propriedades. ÁCIDO BASE SAL ÓXIDO FUNÇÕES INORGÂNICAS As substâncias são agrupadas de acordo com as suas propriedades. ÁCIDO BASE SAL ÓXIDO ÁCIDOS e BASES de ARRHENIUS Acidos são substâncias que em solução aquosa liberam H +. Ex. HCl +

Leia mais

Exercícios sobre Produto de Solubilidade - Kps

Exercícios sobre Produto de Solubilidade - Kps Exercícios sobre Produto de Solubilidade - Kps 01. Se o produto de solubilidade do cloreto de césio é Ks, a solubilidade desse sal será igual a a) (Ks)/2. b) (Ks) c) (Ks) 2 d) 2Ks. e) Ks. 02. (Ufu) O sulfato

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 17 SAIS INTRODUÇÃO Os sais são também muito comuns em nosso cotidiano: o sal comum, NaCl (cloreto de sódio), está presente em nossa alimentação, na conservação de alimentos

Leia mais

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS NOME: N.º Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Conteúdo disciplinar: Química Funções Inorgânicas : ácidos, bases, sais e óxidos. PROVA: Mensal: Bimestral:

Leia mais

Química das soluções. Profa. Denise Lowinshon

Química das soluções. Profa. Denise Lowinshon Química das soluções Profa. Denise Lowinshon denise.lowinsohn@ufjf.edu.br http://www.ufjf.br/nupis 2º semestre 2017 Equilíbrio ácido base Bibliografia Brown, LeMay e Bursten, Química - A ciência central,

Leia mais

10/22/2013. Segunda Avaliação (20/11): Precipitações Fracionadas. - Precipitações Fracionadas. - Auto-Ionização da Água

10/22/2013. Segunda Avaliação (20/11): Precipitações Fracionadas. - Precipitações Fracionadas. - Auto-Ionização da Água Segunda Avaliação (20/11): - Precipitações Fracionadas - Auto-Ionização da Água - Equílíbrio Químico Tratamento Sistemático - Equilíbrio Ácido-Base e cálculos de ph - Sistemas Tamponantes - Hidrólise 1

Leia mais

REVISÃO: FUNÇÕES INORGÂNICAS. Prof. Guilherme F. Martins

REVISÃO: FUNÇÕES INORGÂNICAS. Prof. Guilherme F. Martins REVISÃO: FUNÇÕES INORGÂNICAS Prof. Guilherme F. Martins ÁCIDOS Segundo Arrhenius é toda substância que em meio aquoso libera por ionização, como única espécie de carga positiva, o íon H + (próton). Obs.

Leia mais

Ocorrência das Reações

Ocorrência das Reações Ocorrência das Reações Efervescência Mudança de Cor Ocorrência das Reações Formação de Precipitado Reação x Equações Químicas Classificação 1. De acordo com a complexibilidade Adição ou síntese ou composição:

Leia mais

Equilíbrio Ácido-base

Equilíbrio Ácido-base Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Disciplina Química das Soluções QUI084 II semestre 2016 AULA 03 Equilíbrio Ácido-base Hidrólise de Sais Profa.

Leia mais

Reações Químicas. Profº André Montillo

Reações Químicas. Profº André Montillo Reações Químicas Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É o processo no qual 1 ou mais substâncias (regentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Estão presentes em todos

Leia mais

Aula EQUILÍBRIO DE SAIS POUCO SOLÚVEIS

Aula EQUILÍBRIO DE SAIS POUCO SOLÚVEIS EQUILÍBRIO DE SAIS POUCO SOLÚVEIS Aula 6 METAS Apresentar a definição de solubilidade e produto de solubilidade; apresentar os fatores que afetam a solubilidade de um sal; apresentar as interações ácido-base

Leia mais

Sais: características, solubilidade e neutralização - Química Inorgânica 2015/1

Sais: características, solubilidade e neutralização - Química Inorgânica 2015/1 SAIS: CARACTERÍSTICAS, SOLUBILIDADE E NEUTRALIZAÇÃO Alana Guaragni Cristiane Garbinatto Fabricia Zen Giovane Z. Arus Nádia Kroth Simone Pereira Cloreto de Sódio (NaCl): função de salgar a comida, conservação

Leia mais

Gabarito de Química Frente 2

Gabarito de Química Frente 2 Gabarito de Química Frente 2 Módulo 05 01. E Calculo do nox: 1) HNO 3 1 + X + 3 x (- 2) = 0 X= + 5 +1 2 X 2) HNO 2 1 + Y + 2 x (- 2) = 0 Y= + 3 +1 Y 2 3) NH 3 Z + 3 x (+1) = 0 Z = - 3 Z 02.A +1 Para calcular

Leia mais

Equilíbrio Ácido-base

Equilíbrio Ácido-base Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Disciplina Química das Soluções QUI084 II semestre 2016 AULA 01 Equilíbrio Ácido-base Profa. Maria Auxiliadora

Leia mais

Determinação de cloretos na água do mar pelo método de Mohr

Determinação de cloretos na água do mar pelo método de Mohr Determinação de cloretos na água do mar pelo José Guerchon Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

Trabalho Prático nº 3. Metais, cor de chamas e solubilidade de sais

Trabalho Prático nº 3. Metais, cor de chamas e solubilidade de sais Trabalho Prático nº 3 Metais, cor de chamas e solubilidade de sais 1. Introdução A cor de uma chama é afectada pela presença de um metal, uma vez que o átomo metálico é excitado, e essa cor é característica

Leia mais

Nome do ácido H x EO y. ácido [nome de E] + ico. ácido [nome de E] + oso

Nome do ácido H x EO y. ácido [nome de E] + ico. ácido [nome de E] + oso ÁCIDOS Ácido de Arrhenius - Substância que, em solução aquosa, libera como cátions somente íons H + (ou H 3 O + ). Ácido não-oxigenado (H x E): Exemplo: HCl - ácido clorídrico ácido + [nome de E] + ídrico

Leia mais

EXPERIÊNCIA 9 PRINCÍPIO DE LE CHATELIER E EQUILÍBRIO QUÍMICO

EXPERIÊNCIA 9 PRINCÍPIO DE LE CHATELIER E EQUILÍBRIO QUÍMICO EXPERIÊNCIA 9 PRINCÍPIO DE LE CHATELIER E EQUILÍBRIO QUÍMICO 1. OBJETIVOS No final desta experiência o aluno deverá ser capaz de: Dada a equação química de um equilíbrio, escrever a expressão para a constante

Leia mais

NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS

NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14 Moléculas e compostos moleculares Moléculas e fórmulas químicas Moléculas são reuniões de

Leia mais

Exercícios de Equilíbrio Iônico II

Exercícios de Equilíbrio Iônico II Exercícios de Equilíbrio Iônico II 1. Com relação às funções inorgânicas, assinale a alternativa incorreta. a) O acetato de sódio é um sal de características básicas, pois é resultante da reação entre

Leia mais

Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas

Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas 1.0 Dissociação Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas Teoria da dissociação (Arrhenius, 1903) Determinadas substâncias, quando dissolvidas em água, são capazes de originar cátions e ânions (íons livres).

Leia mais

Média Provas (MP) - Média Atividade Prática Supervisionada (MAPS) - Média Atividades (MA)

Média Provas (MP) - Média Atividade Prática Supervisionada (MAPS) - Média Atividades (MA) QUIMICA FUNDAMENTAL Avaliações: 23/05; 10/06; 29/07; 09/09 Média Semestral = (MP 0,7 + MAPS 0,1 + MA 0,2) Média Provas (MP) - Média Atividade Prática Supervisionada (MAPS) - Média Atividades (MA) Referências

Leia mais

Relatório 7 Determinação do produto de solubilidade do AgBrO3

Relatório 7 Determinação do produto de solubilidade do AgBrO3 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO QUÍMICA GERAL Prof. Maria Regina Alcântara Relatório 7 Determinação do produto de solubilidade do AgBrO3 Mayara Moretti Vieira Palmieri 7159862 Rodrigo Tonon 7993766 Outubro,

Leia mais

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 Data da prova: 30.07.2011 Data da publicação do gabarito: 01.09.2011 QUESTÃO 1 Peso 2 GABARITO QUESTÕES DISCURSIVAS Uma vela de massa 34,5g é acesa e encoberta por um

Leia mais

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS 1-A Chuva ácida: SO 3 + H 2 O H 2 SO 4 2-B Neutralização: 2 H 3 PO 4 + 3 Ba(OH) 2 Ba 3 (PO 4 ) 2 + 6 H 2 O 3-E O NOX do enxofre no Na 2 SO 3 é +4, sendo o sulfito de sódio.

Leia mais

O que é uma propriedade funcional da matéria? Acidez Alcalinidade Salinidade. Funções químicas

O que é uma propriedade funcional da matéria? Acidez Alcalinidade Salinidade. Funções químicas O que é uma propriedade funcional da matéria? Acidez Alcalinidade Salinidade Funções químicas Função química Conjunto de compostos que possuem comportamento semelhantes Ácidos bases Sais Óxidos Mas você

Leia mais

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):.

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):. FOLHA DE EXERCÍCIOS CURSO: Otimizado ASS.: Exercícios de Conteúdo DISCIPLINA: Fundamentos de Química e Bioquímica NOME: TURMA: 1SAU 1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e

Leia mais

Equilíbrio Ácido-base

Equilíbrio Ácido-base Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Disciplina Química das Soluções QUI084 I semestre 2017 AULA 01 Equilíbrio Ácido-base Profa. Maria Auxiliadora Costa

Leia mais

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas Grupo de substâncias compostas que possuem propriedades químicas semelhantes; As funções químicas são divididas de acordo com a divisão clássica

Leia mais

Equilíbrio Ácido-base

Equilíbrio Ácido-base Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Disciplina Química das Soluções QUI084 I semestre 2017 AULA 03 Equilíbrio Ácido-base Hidrólise de Sais Profa. Maria

Leia mais

Funções da Química Inorgânica I

Funções da Química Inorgânica I Funções da Química Inorgânica I Introdução às funções e Ácidos. Química 1ª Série Profº Edilzo Filho Natal, Setembro de 2015. Introdução às funções inorgânicas Funções Orgânicas versus Funções Inorgânicas.

Leia mais

Análise de Ânions UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ APOSTILA DE QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA

Análise de Ânions UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ APOSTILA DE QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE FÍSICA E QUÍMICA APOSTILA DE QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA Análise de Ânions Docentes: Márcia Matiko Kondo Milady Renata Apolinário

Leia mais

Química Analítica IV TITULOMETRIA DE PRECIPITAÇÃO

Química Analítica IV TITULOMETRIA DE PRECIPITAÇÃO Química Analitica IV - I sem/2012 Profa Ma Auxiliadora - 1 Química Analítica IV 1 semestre 2012 Profa. Maria Auxiliadora Costa Matos TITULOMETRIA DE PRECIPITAÇÃO Química Analitica IV - I sem/2012 Profa

Leia mais

O CONCEITO DE ARRHENIUS PARA ÁCIDOS E BASES

O CONCEITO DE ARRHENIUS PARA ÁCIDOS E BASES ÁCIDOS E BASES O CONCEITO DE ARRHENIUS PARA ÁCIDOS E BASES Apresentado pelo químico, físico e matemático sueco Svante August Arrhenius (18591927) em 1887. Ácidos são substâncias que, quando dissolvidas

Leia mais

Ba 2+ (aq) + CrO 4. 2 (aq)

Ba 2+ (aq) + CrO 4. 2 (aq) Experiência 9: ESTUDO DO EQUILÍBRIO CROMATO-DICROMATO 1. Objetivos Ao final desta atividade experimental espera-se que o aluno seja capaz de: - A partir da equação química de um sistema em equilíbrio escrever

Leia mais

Função química Conjunto

Função química Conjunto Função química Conjunto de compostos que possuem comportamento semelhantes As principais funções inorgânicas são : Os ácidos As bases Os sais Os óxidos Mas você sabe identificar? Ácidos Do ponto de vista

Leia mais

A Água e Suas Relações. Funções Inorgânicas Ácidos, Bases e Sais

A Água e Suas Relações. Funções Inorgânicas Ácidos, Bases e Sais A Água e Suas Relações Funções Inorgânicas Ácidos, Bases e Sais Introdução: É constituída por 2 gases: Hidrogênio Oxigênio Água Na proporção 2:1, ou seja 2 átomos de hidrogênio e 1 átomo de oxigênio Sua

Leia mais

Titulação de precipitação

Titulação de precipitação Titulação de precipitação Volumetria de precipitação é baseada em reações que geram compostos de baixa solubilidade. Velocidade de formação de muitos precipitados limita o uso de reagentes que podem ser

Leia mais

Capítulo 8. Equilíbrios Iônicos. O) presentes numa solução 0,1 mol/l de H 2

Capítulo 8. Equilíbrios Iônicos. O) presentes numa solução 0,1 mol/l de H 2 Capítulo 8 Equilíbrios Iônicos 1. Calcule as concetrações em mol/l de todas as espécies (menos H 2 O) presentes numa solução 0,1 mol/l de H 2. Dadas as constantes de ionização do H 2 K 1 = muito elevado

Leia mais

Aula Teórica 3 Cálculo de ph de Ácidos Fracos e Bases Fracas

Aula Teórica 3 Cálculo de ph de Ácidos Fracos e Bases Fracas Aula Teórica 3 Cálculo de ph de Ácidos Fracos e Bases Fracas JRM Como calcular o ph de soluções de ácidos e bases fracas? Considere um ácido fraco (monoácido), HA H 2 O H OH - ------ Keq ~ 10-14 HA H A

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 09 TURMA FMJ

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 09 TURMA FMJ RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 09 TURMA FMJ 01. Item A III Incorreto. A torrefação não consiste em um processo de separação de misturas. IV Incorreto. A trituração não consiste em processo químico

Leia mais

Aula: Equilíbrio Químico 2

Aula: Equilíbrio Químico 2 ACH4064 LQRQ 2 Aula: Equilíbrio Químico 2 (Cap. 9, 10 e 11 - Atkins Cap. 16, 17 e 18 vol.2 - Kotz) Káthia M. Honório 2 º semestre/2017 Equílibrio Químico Parte 2 1. Princípio de Le Châtelier 2. Equilíbrio

Leia mais

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica.

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica. Aula 7 Funções Inorgânicas (sais e óxidos) Sal Os sais são compostos que possuem um cátion qualquer (só não pode ser exclusivamente o H +, senão será um ácido) e um ânion qualquer(só não pode ser exclusivamente

Leia mais