Declaração de conflitos de interesses Convidado da. Conselho Federal de Medicina (1595/2000) ANVISA (96 17/12/2008)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Declaração de conflitos de interesses Convidado da. Conselho Federal de Medicina (1595/2000) ANVISA (96 17/12/2008)"

Transcrição

1

2

3 Declaração de conflitos de interesses Convidado da Conselho Federal de Medicina (1595/2000) ANVISA (96 17/12/2008)

4

5 Sommer E, Backhed F Nature Microbiol, 2013

6 Microbiota: Ser humano: Homem (70 kg) Somente 10% dos células são humanas! Floch MH, J Clin Gastroenterol, 2011 Fujimura KE, Expert Rev Infect Ther, 2010

7 Péle Boca Firmicutes Bacteriodetes Actinobacteria Proteobacteria Outros filos Esôfago Bacteriodetes Firmicutes Estômago Vyas U, Ranganathan N Gastroenterol Res Pract, Vagina

8 Boca Aéreas Pele Intestinos Vagina Lee YK & Mazmanian S. Science 2010;330:1768

9 Bactérias de bactérias +50 gêneros, espécies (filos) Leveduras Comensais, simbióticas, patógenas Fungos Anaeróbias 99% : 1% Aeróbias Vírus Substâncias químicas: Eucariotas Enzimas: Bactérias conhecidas Bactérias desconhecidas Neish AS, Gastroenterology 65-80, 2009

10 Gêneros de bactérias com ação benéfica: Lactobacilos e Bifidobactérias Goulet O., Nutr Rev 2015;73:32-40

11 E x p re s s ã o ge n é t i c a Pe s o c o r p o ra l S i s t ema i m u n o lógico Desenvolvimento doenças crônicas: diabetes, câncer Desenvolvimento cérebro, memória, e saúde mental

12 Genética Medicamentos Alimentação Exposição MI Simbiose: Disbiose resistência a infecções modulação imunológica (microbiota e GALT) biodisponibilidade a nutrientes (digestão e absorção) Defensores Agressores manutenção da integridade da mucosa Desequilíbrio da MI (barreira intestinal) MI eubiontes MI patobiontes Neish AS, Gastroenterology 2009;136: Schrezenmeir J & Vrese M, Am J Clin

13 Artrite reumatóide Alterações G I DII Câncer Esofagite Pancreatite aguda Obesidade Osteoporose Esteatose hepática Autismo Depressã o Alteração de humor SII Sommer F, Backhed F, Nature Microbiol 20153

14 Autismo Alergias Encefalopatia hepática Febre familiar mediterrânea Aterosclerose Diabetes Obesidade Fibromialgia

15 Diarreias infeciosas Constipação crônica Síndrome do Intestino Irritável Doença Inflamatória Intestinal Bolsite Helicobacter pylori Câncer colorretal Supercrescimento bacteriano Doença Diverticular do Cólon Doença celíaca Colangite esclerosante Cálculos biliares

16 Interferir de forma positiva na composição da microbiota favorecendo maior quantidade e diversidade de bactérias benéficas

17 Dieta Probióticos Prebióticos Simbióticos Transplane fecal (MI)

18 Os microrganismos são essenciais para a vida humana 1877 Louis Pasteur ( ) A TEORIA DOS GÉRMES e suas aplicações na Medicina

19 The prolongation of life Intoxicação a partir da flora intestinal Bactérias putrefativas S u b s t â n c i a s t ó x i c a s Absorvidas pelo intestino a f e t a n d o Élie Metchnikoff, ( ) Nobel de Medicina, 1908 S. N. C. e Sist. vascular Envelhecimento

20 Probiótico Medicamento abordagem natural conceituado como alimento perfil Importante de segurança na prevenção alto e no (imumocompetente) ação tratamento intestinal de fisiológica várias doenças restaura a simbiose

21 Prebióticos Probióticos Simbióticos

22 período x Nº estudos Nível de evidência clínica Meta-análises

23 Diarreias infeciosas Constipação crônica Síndrome do Intestino Irritável Doença Inflamatória Intestinal Bolsite Helicobacter pylori Câncer colorretal Supercrescimento bacteriano Doença Diverticular do Cólon Doença celíaca Colangite esclerosante Cálculos biliares

24 60 estudos controlados, pacientes Probióticos: Lactobacillus rhamnosus GG Enterococcus faecium SF 68 Lactobacillus casei Lactobacillus reuteri Reduzem: tempo de diarréia (25h) e período de internação Impacto maior em populações sob risco (recém-nascidos, desnutridos) L. rhamnosus GG inativado = viável

25 13 estudos controlados Probióticos: cepas utilizadas Lactobacillus rhamnosus GG Lactobacillus acidophilus Lactobacillus bulgaricus Bifidobacterium lactis Bifidobacterium longum Streptococcus thermophilus Enterococcus faecium SF 68 Bifidobacterium lactis + Streptococcus thermophilus 0 % pacientes c/ diarreia A redução na frequência de diarreia variou de 50 a 75% % CONTROLE n=78 16% PROBIÓTICO n=80 J Clin Gastroenterol 2005; 39: WGO, diarreia aguda, 2016,

26 19 estudos controlados Probióticos Lactobacillus rhamnosus GG Enterococcus faecium SF 68 Lactobacillus casei Lactobacillus reuteri Bifidobacterium animalis (iogurte) Reduzem o tempo de diarréia ( 24h) e o período de internação Impacto maior em populações sob risco (ex., desnutridos) WGO, diarreia aguda, 2016, Moraes CA, Castro FMM J Bras Med, 2012,41-50

27 Prevenção da diarreia pós-radioterapia Aspecto Placebo n=95 Probiótico (VSL#3) n=95 p Diarreia 55% 38% < 0,001 Diarreia intensa Evacuações/di a 30% 7% < 0,001 12,3 4 4,6 2 < 0,05 Am J Gastroenterology 2002; 97:

28 Diarreias infeciosas Constipação crônica Síndrome do Intestino Irritável Doença Inflamatória Intestinal Bolsite Helicobacter pylori Câncer colorretal Supercrescimento bacteriano Doença Diverticular do Cólon Doença celíaca Colangite esclerosante Cálculos biliares

29 Impacto na QV

30 Probióticos: metanálise frequência de evacuação 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Antes probiótico Após probiótico Diário 1 a 2 dias 3 a 4 dias 1xSem < 1xSem Waitzberg DL, et al. Clinical Nutrition 2013;32:27-33

31 Probióticos: metanálise trânsito intestinal e distensão abdominal Tempo de trânsito intestinal em horas Nishida S, Ishikawa et al, Pharmacometrics, Pré- tratamento p<0,05 Pós- tratamento Controle Probiótico

32 Probióticos: metanálise trânsito intestinal e QV p<0,001 p<0,047 nº pacientes com melhora Moayyedi P, Talley NJ, Quigley EM, et al, Gut, 2010,325-32

33 Diarreias infeciosas Constipação crônica Síndrome do Intestino Irritável Doença Inflamatória Intestinal Bolsite Helicobacter pylori Câncer colorretal Supercrescimento bacteriano Doença Diverticular do Cólon Doença celíaca Colangite esclerosante Cálculos biliares

34 Filos Controle SII-A SII-C SII-D Gêneros Controle SII-A SII-C SII-D Jeffery IB, et al, Gut. 2012, 81:

35

36 Probióticos no tratamento da SII Melhora global dos sintomas da SII Diminui a dor abdominal da SII Necessita de + estudos para uso na SII Favorável Probióticos Favorável Placebo McFarland LV et al, W J Gastroenterology 2008

37 Dor abdominal em pacientes com SII Dor abdominal: 0 = ausência 10 = máxima Inicial controle probiótico Agrawal et al, Aliment Pharmac Ther 2010

38 Diarreias infeciosas Constipação crônica Síndrome do Intestino Irritável Doença Inflamatória Intestinal Bolsite Helicobacter pylori Câncer colorretal Supercrescimento bacteriano Doença Diverticular do Cólon Doença celíaca Colangite esclerosante Cálculos biliares

39 Saudáveis RCU Saudáveis RCU

40 Modulação da resposta imune Microbiota mais antigênica Microbiota menos antigênica Maior estímulo antigênico Imunorregulação anormal Menor estímulo antigênico Imunorregulação estimulada Internat J Food Microbiol 2007; 115: 1 11 Brit J Clin Pharmacol 2008; 65:

41 Modulação da resposta imune E. Coli enteroinvasiva (altamente pró-inflamatória) é detectada mais em pacientes com DII do que em indivíduos normais Redução da Faecalibacterium prausnitzii (filo Firmicuties): importante ação anti-inflamatória Pacientes com DII: há redução da diversidade bacteriana e de sua aderência à mucosa intestinal Joossens et al, Gut 2011;60:

42 B AC TÉRI A RCU C R O H N Proteobacteria Enterobacteriaceae lostridium histolyticum/ lituseburense --- Clostridium occoides/ Eubact. rectale Bacteroides/ Prevotella Bactérias redutoras de sulfato Bifidobacterium Lactobacillus

43 Imunidade de defesa das células da mucosa intestinal contra a microbiota patógena Tolerância imune entre a microbiota comensal e patogênica Equilíbrio da imunidade entre defesa e tolerância Eixo de interação entre hospedeiro e microbiota Abraham C & Medzhitov R

44 Efeito sobre as citoninas 50 Reduz IL-1, TNF, IFN, inos e MMP Aumenta IL IL-10 (pg/mg prot.) Am J Gastroenterol 2010; 96: BOLSITE ANTIBIÓTICO PROBIÓTICO Rifaximina 2g/d + Ciprofloxacina 1g/d VSL #3-18x /dia

45 Diarreias infeciosas Constipação crônica Síndrome do Intestino Irritável Doença Inflamatória Intestinal Bolsite Helicobacter pylori Câncer colorretal Supercrescimento bacteriano Doença Diverticular do Cólon Doença celíaca Colangite esclerosante Cálculos biliares

46 IL-1, TNF, IFN, inos (óxido nítrico sintetase) e MMP (metaloproteinases) IL IL-10 (pg/mg prot.) ,5 9,3 0 Rifaximina 2g/d + Ciprofloxacina 1g/d VSL #3-18x /dia BOLSITE ANTIBIÓTICO PROBIÓTICO

47 Diarreias infeciosas Constipação crônica Síndrome do Intestino Irritável Doença Inflamatória Intestinal Bolsite Helicobacter pylori Câncer colorretal Supercrescimento bacteriano Doença Diverticular do Cólon Doença celíaca Colangite esclerosante Cálculos biliares

48 Metanálise 14 estudos controlados Antibióticos + probióticos: aumento do índice de erradicação Probiótico: Bacillus clausii

49 Autismo Alergias Encefalopatia hepática Febre familiar mediterrânea Aterosclerose Diabetes Obesidade Fibromialgia

50 Alergia hereditária: hipersensibilidade a antígenos ambientais p=0,03 Rinite Bronquite Dermatite Óxido Nítrico (ppb) Placebo Lactobacillus GG Sem história de alergia Lancet 2009; 361:

51 Modulação dietéticas Diabetes mellitus Obesidade Ações: - sensação plenitude gástrica - diminui velocidade de esvaziamento gástrico - diminui o peso corporal Hipercolesterolemia Dislipidemias Coronariopatias Vermeire S. Leuvert, Belgium Ações: aumenta secreção insulina diminui absorção glicose modula hormônio GLP-1 Vermeire S. Leuvert, Belgium

52 Depressão Dor Ansiedade Autismo

53 Fatores ambientais: Centrais estresse ansiedade depressão Periféricos gastroenterites medicamentos hábitos de vida Fatores do hospedeiro: genéticos disbiose

54 SNC saudável SNC doente Estado saudável: comportamento, cognição, emoção e nocicepção níveis normais de células inflamatórias e de mediadores microbiota intestinal normal Estresse / Doença: alterações do comportamento, emoção e nocicepção alteração dos níveis normais cél. inflamatórias e mediadores disbiose microbiota intestinal Intestino saudável Intestino doente Elaine Hsiao

55 Bifidobacteria: Atividade antidepressiva (Dinan T.) Probiótico Psicobiótico

56

57 Ratos com características de AUTISMO tratados com Bacteroides fragilis melhoram os comportamentos comunicativos, de ansiedade e sensório-motores.

58

59

Probióticos Definição e critérios de seleção

Probióticos Definição e critérios de seleção Probióticos Definição e critérios de seleção Prof. Flaviano dos Santos Martins Laboratório de Agentes Bioterapêuticos Departamento de Microbiologia ICB-UFMG Definição FAO/WHO micro-organismos vivos que

Leia mais

PROBIÓTICOS EM PREVENÇÃO DE INFECÇÃO: AFINAL VALE A PENA? Lourdes das Neves Miranda Hospital Geral de Pirajussara

PROBIÓTICOS EM PREVENÇÃO DE INFECÇÃO: AFINAL VALE A PENA? Lourdes das Neves Miranda Hospital Geral de Pirajussara PROBIÓTICOS EM PREVENÇÃO DE INFECÇÃO: AFINAL VALE A PENA? Lourdes das Neves Miranda Hospital Geral de Pirajussara II Controvérsias em Infecção Hospitalar - APECIH 11 de junho de 2011 Nós e eles Interação

Leia mais

Por que consumir alimentos Probióticos e prebióticos?

Por que consumir alimentos Probióticos e prebióticos? Por que consumir alimentos Probióticos e prebióticos? Na palestra será abordada a importância da ingestão de probióticos e prebióticos para o fortalecimento da saúde humana bem como a diferença entre probióticos

Leia mais

TÍTULO: INVESTIGAÇÃO DO IMPACTO NA SAÚDE HUMANA GERADO PELO CONSUMO DE PREBIÓTICOS E PROBIÓTICOS

TÍTULO: INVESTIGAÇÃO DO IMPACTO NA SAÚDE HUMANA GERADO PELO CONSUMO DE PREBIÓTICOS E PROBIÓTICOS TÍTULO: INVESTIGAÇÃO DO IMPACTO NA SAÚDE HUMANA GERADO PELO CONSUMO DE PREBIÓTICOS E PROBIÓTICOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS PROBIÓTICOS NA MICROBIOTA INTESTINAL HUMANA

A IMPORTÂNCIA DOS PROBIÓTICOS NA MICROBIOTA INTESTINAL HUMANA Ciclo de Palestras A IMPORTÂNCIA DOS PROBIÓTICOS NA MICROBIOTA INTESTINAL HUMANA Luciana Mouta de Oliveira PROBIÓTICOS - DEFINIÇÃO Suplementos alimentares à base de microrganismos vivos que afetam beneficamente

Leia mais

Microbiota Residente, Indígena ou Autóctone do Corpo Humano

Microbiota Residente, Indígena ou Autóctone do Corpo Humano Microbiota Residente, Indígena ou Autóctone do Corpo Humano Prof. Dr. Mario Julio Avila-Campos http://www.icb.usp.br/bmm/mariojac Características da Microbiota Residente Interação dinâmica entre a microbiota

Leia mais

Probióticos: do isolamento à formulação de novos produtos

Probióticos: do isolamento à formulação de novos produtos Probióticos: do isolamento à formulação de novos produtos Profa. Elisabeth Neumann Laboratório de Ecologia e Fisiologia de Microrganismos Departamento de Microbiologia/ICB/UFMG Probióticos Micro-organismos

Leia mais

Alimentos Funcionais, Nutracêuticos e Suplementos. Prof. Eduardo Purgatto Disciplina: Produção e Composição de Alimentos 2016

Alimentos Funcionais, Nutracêuticos e Suplementos. Prof. Eduardo Purgatto Disciplina: Produção e Composição de Alimentos 2016 Alimentos Funcionais, Nutracêuticos e Suplementos Prof. Eduardo Purgatto Disciplina: Produção e Composição de Alimentos 2016 Macronutrientes Carboidratos Proteínas Lipídeos Micronutrientes Vitaminas Minerais

Leia mais

PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS

PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS Cristiane Maria Barra da Matta Engenheira de Alimentos do Centro de Pesquisas do Instituto Mauá de Tecnologia Professora do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia

Leia mais

Probióticos e prebióticos

Probióticos e prebióticos Diretrizes Mundiais da Organização Mundial de Gastroenterologia Probióticos e prebióticos Fevereiro de 2017 Equipe de Revisão da WGO Francisco Guarner (Coordenador, Espanha), Mary Ellen Sanders (Co-Coordenadora,

Leia mais

24/11/2015. Biologia de Microrganismos - 2º Semestre de Prof. Cláudio 1. O mundo microbiano. Profa. Alessandra B. F. Machado

24/11/2015. Biologia de Microrganismos - 2º Semestre de Prof. Cláudio 1. O mundo microbiano. Profa. Alessandra B. F. Machado UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA DEPARTAMENTO DE PARASITOLOGIA, MICROBIOLOGIA E IMUNOLOGIA Relação bactéria-hospedeiro Profa. Alessandra B. F. Machado O mundo microbiano Os microrganismos são ubíquos.

Leia mais

Cenário da regulamentação de probióticos no Brasil

Cenário da regulamentação de probióticos no Brasil Cenário da regulamentação de probióticos no Brasil Renata de Araujo Ferreira Gerência de Registro de Alimentos GEREG/GGALI Junho de 2017 Enquadramento de produtos contendo probióticos Probióticos isolados

Leia mais

Soluções Naturais e Complementares na terapêutica do Sistema Digestivo

Soluções Naturais e Complementares na terapêutica do Sistema Digestivo Soluções Naturais e Complementares na terapêutica do Sistema Digestivo Somos o que comemos Alterações a nível de temperamento, níveis de energia, capacidade de raciocínio, impulso sexual e hábitos de sono

Leia mais

USO DE ANTIBIÓTICOS COMO PROMOTORES DE CRESCIMENTO E SEUS IMPASSES

USO DE ANTIBIÓTICOS COMO PROMOTORES DE CRESCIMENTO E SEUS IMPASSES USO DE ANTIBIÓTICOS COMO PROMOTORES DE CRESCIMENTO E SEUS IMPASSES Em Animais Domésticos Barbara do Prado Verotti Graduanda de Medicina Veterinária 2011 História da descoberta Muitas culturas da antiguidade

Leia mais

alta tecnologia na produção de pescado enriquecido com probióticos

alta tecnologia na produção de pescado enriquecido com probióticos alta tecnologia na produção de pescado enriquecido com probióticos Por: Prof.Marco Antônio Lemos Miguel Biólogo, MSc.PhD Centro de Ciências da Saúde, UFRJ Ovas de peixe, enriquecidas com probióticos 46_Animal

Leia mais

Seminário Grandes Síndromes

Seminário Grandes Síndromes Seminário Grandes Síndromes TEMA: DISPEPSIA Residente: Paloma Porto Preceptor: Dr. Fortunato Cardoso DEFINIÇÃO De acordo com os critérios de Roma III, dispepsia é definida por 1 ou mais dos seguintes sintomas:

Leia mais

Barreira Intestinal, Microbioma e Saúde

Barreira Intestinal, Microbioma e Saúde Barreira Intestinal, Microbioma e Saúde Adérson Omar Mourão Cintra Damião Departamento de Gastroenterologia da FMUSP Workshop Microbioma, Probióticos e Saúde - ILSI São Paulo, SP, 07/11/16 Agenda Barreira

Leia mais

DESVENDANDO 8 MITOS SOBRE A INTOLERÂNCIA À LACTOSE

DESVENDANDO 8 MITOS SOBRE A INTOLERÂNCIA À LACTOSE 1 DESVENDANDO 8 S SOBRE A INTOLERÂNCIA À LACTOSE 2 3 Conhecendo a INTOLERÂNCIA À LACTOSE A lactose é um carboidrato, conhecido popularmente como açúcar do leite. É um dissacarídeo formado por dois açúcares

Leia mais

Fibregum B (Colloïdes Naturels International /França) Todos os benefícios de uma fibra prebiótica, sem provocar o desconforto intestinal.

Fibregum B (Colloïdes Naturels International /França) Todos os benefícios de uma fibra prebiótica, sem provocar o desconforto intestinal. Fibregum B (Colloïdes Naturels International /França) Todos os benefícios de uma fibra prebiótica, sem provocar o desconforto intestinal. Com o aumento da expectativa de vida dos brasileiros e ao mesmo

Leia mais

Alimentos Prebióticos

Alimentos Prebióticos Alimentos Prebióticos Uso e disponibilidade no mercado Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO Programa de Pós Graduação em Alimentos e Nutrição - PPGAN Ciclo de palestras Palestrante:

Leia mais

Doença de Crohn. Grupo: Bruno Melo Eduarda Melo Jéssica Roberta Juliana Jordão Luan França Luiz Bonner Pedro Henrique

Doença de Crohn. Grupo: Bruno Melo Eduarda Melo Jéssica Roberta Juliana Jordão Luan França Luiz Bonner Pedro Henrique Doença de Crohn Grupo: Bruno Melo Eduarda Melo Jéssica Roberta Juliana Jordão Luan França Luiz Bonner Pedro Henrique A doença de Crohn (DC) é considerada doença inflamatória intestinal (DII) sem etiopatogenia

Leia mais

PROBIÓTICOS AO SEU ANIMAL DE COMPANHIA

PROBIÓTICOS AO SEU ANIMAL DE COMPANHIA Os benefícios da administração de PROBIÓTICOS AO SEU ANIMAL DE COMPANHIA Benefícios dos probióticos. Em humanos, os diversos benefícios para a saúde derivados da toma regular de probióticos - as chamadas

Leia mais

APLV - O que é a Alergia à Proteína do Leite de Vaca: características, sinais e sintomas. Dra. Juliana Praça Valente Gastropediatra

APLV - O que é a Alergia à Proteína do Leite de Vaca: características, sinais e sintomas. Dra. Juliana Praça Valente Gastropediatra APLV - O que é a Alergia à Proteína do Leite de Vaca: características, sinais e sintomas Dra. Juliana Praça Valente Gastropediatra Reações Adversas a Alimentos Imunomediadas: Alergia alimentar IgE mediada

Leia mais

Microbioma. Dra. Maysa Bonfleur SCIH AC Camargo 2013

Microbioma. Dra. Maysa Bonfleur SCIH AC Camargo 2013 Microbioma Dra. Maysa Bonfleur SCIH AC Camargo 2013 Microbioma?? Sequenciamento Genético da Microbiota Humana Bactérias Vírus Bactérias não cultiváveis 1000 Estudos Microbioma 900 800 700 600 500 400 300

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA UniCEUB FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA UniCEUB FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA UniCEUB FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO PROBIÓTICOS PARA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS EDUARDO HENRIQUE PENCHEL

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA DIETOTERAPIA NO TRATAMENTO DA SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL. RESUMO

A IMPORTÂNCIA DA DIETOTERAPIA NO TRATAMENTO DA SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL. RESUMO 1 A IMPORTÂNCIA DA DIETOTERAPIA NO TRATAMENTO DA SÍNDROME DO INTESTINO IRRITÁVEL. Tatiane Ribeiro Vieira dos Santos 1 Daniela de Stefani Marquez 2 Dulcelene Aparecida de Lucena freitas 3 Nayara Ferreira

Leia mais

DIA 16.06.2015 (TERÇA-FEIRA) GRAND AUDITÓRIO 08H50 09H20 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE ABERTURA O IMPACTO DE METAGENÔMICA NA SAÚDE E NA DOENÇA

DIA 16.06.2015 (TERÇA-FEIRA) GRAND AUDITÓRIO 08H50 09H20 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE ABERTURA O IMPACTO DE METAGENÔMICA NA SAÚDE E NA DOENÇA DIA 16.06.2015 (TERÇA-FEIRA) GRAND AUDITÓRIO 08H30 08H50 ABERTURA 08H50 09H20 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE ABERTURA O IMPACTO DE METAGENÔMICA NA SAÚDE E NA DOENÇA 09H20 09H50 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL

Leia mais

Alternativas Alimentares Para Modular a Microbiota Intestinal de Cães e Gatos

Alternativas Alimentares Para Modular a Microbiota Intestinal de Cães e Gatos Alternativas Alimentares Para Modular a Microbiota Intestinal de Cães e Gatos XV Congresso CBNA Pet Dr. Maria R. C. de Godoy Assistant Professor Department of Animal Sciences Função da Microbiota Gastrointestinal

Leia mais

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana.

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. : 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. Conteúdo: Doenças relacionadas ao sedentarismo Diabetes. Doenças relacionadas ao sedentarismo Hipertensão arterial e dislipidemias. Habilidades:

Leia mais

BIFIDOBACTERIUM BIFIDUM 10 bilhões de UFC/g

BIFIDOBACTERIUM BIFIDUM 10 bilhões de UFC/g BIFIDOBACTERIUM BIFIDUM 10 bilhões de UFC/g Descrição Bifidobacterium Bifidum é uma bactéria probiótica que foi originalmente isolada no trato intestinal de seres humanos. É um habitante específico do

Leia mais

Características Nutricionais das Dietas Hospitalares. Juliana Aquino

Características Nutricionais das Dietas Hospitalares. Juliana Aquino Características Nutricionais das Dietas Hospitalares Juliana Aquino Sendo a Dieta o primeiro item da Prescrição Médica, é parte integrante do Tratamento Clínico. DIETA Consiste no uso dos alimentos como

Leia mais

ALTERAÇÕES DO SISTEMA GASTROINTESTINAL NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO: REVISÃO DA LITERATURA

ALTERAÇÕES DO SISTEMA GASTROINTESTINAL NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO: REVISÃO DA LITERATURA ALTERAÇÕES DO SISTEMA GASTROINTESTINAL NO PROCESSO DE ENVELHECIMENTO: REVISÃO DA LITERATURA Laiani Passos Cordeiro(1); Maria Helena de Sousa Medeiros(2); Lídia Santos Sousa(3); Jacqueline Santos da Fonsêca

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO NUTRICIONAL NAS DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS.

A IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO NUTRICIONAL NAS DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS. A IMPORTÂNCIA DO TRATAMENTO NUTRICIONAL NAS DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS. Luciana Rodaika Martins Silva 1 Daniela de Stefani Marquez 2 Mariana Veloso Moreira 3 Valdirene da Silva Elias Esper 4 RESUMO

Leia mais

NUTRIÇÃO E DIETA Doença Inflamatória do Intestino

NUTRIÇÃO E DIETA Doença Inflamatória do Intestino Serviço de Gastrenterologia Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, EPE Diretora: Dra. Maria Antónia Duarte Vera Costa Santos 10 Outubro 2015 TUBO DIGESTIVO Digestão de alimentos Boca Esófago

Leia mais

Saccharomyces boulardii na diarreia infantil

Saccharomyces boulardii na diarreia infantil Atualização em Nutracêuticos 1 na diarreia infantil O tratamento com S. Boulardii proporciona redução do tempo de duração da diarreia aguda em crianças 1. Formulações contendo S. boulardii diminuem significativamente

Leia mais

Nutrição, digestão e sistema digestório. Profª Janaina Q. B. Matsuo

Nutrição, digestão e sistema digestório. Profª Janaina Q. B. Matsuo Nutrição, digestão e sistema digestório Profª Janaina Q. B. Matsuo 1 2 3 4 Nutrição Nutrição: conjunto de processos que vão desde a ingestão do alimento até a sua assimilação pelas células. Animais: nutrição

Leia mais

NANOLUX. Prof Dr.PIERRE BASMAJI. O que é NANOLUX?

NANOLUX. Prof Dr.PIERRE BASMAJI. O que é NANOLUX? NANOLUX Prof Dr.PIERRE BASMAJI O que é NANOLUX? NANOLUX: é projetado para lidar com a aparência e a saúde em sinergia usando apenas ingredientes naturais. NANOLUX: é a combinação da ciência e da natureza

Leia mais

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo

Célula bacteriana. Membrana plasmática Parede celular Cápsula. DNA associado ao mesossomo. Mesossomo Reino Monera Célula bacteriana Mesossomo DNA associado ao mesossomo Membrana plasmática Parede celular Cápsula Enzimas relacionadas com a respiração, ligadas à face interna da membrana plasmática Flagelo

Leia mais

Suplementação de Glutamina e Preparo do Intestino para Terapias Intestinais e Sistêmicas

Suplementação de Glutamina e Preparo do Intestino para Terapias Intestinais e Sistêmicas Suplementação de Glutamina e Preparo do Intestino para Terapias Intestinais e Sistêmicas Primeiro Passo da Reconstituição da Saúde Intestinal Glutamina Previne e Trata a Toxicidade Intestinal Induzida

Leia mais

Sistema Digestório. Prof. Jair Nogueira

Sistema Digestório. Prof. Jair Nogueira Sistema Digestório Função sistema digestivo Constituição sistema digestivo Digestão Deglutição Movimentos Peristálticos Absorção Disfunções do sistema digestivo Prof. Jair Nogueira Sistema Digestivo -

Leia mais

parte 1 estratégia básica e introdução à patologia... 27

parte 1 estratégia básica e introdução à patologia... 27 Sumário parte 1 estratégia básica e introdução à patologia... 27 1 Terapêutica: estratégia geral... 29 terminologia de doenças... 29 História do caso... 34 Disposição do fármaco... 39 Seleção do fármaco...

Leia mais

O Uso de Probióticos na Saúde Humana

O Uso de Probióticos na Saúde Humana O Uso de Probióticos na Saúde Humana Alexandra Mendes Orientadora: Dra. Patrícia Padrão Monografia Porto, 2009 i Dedicatória: Aos meus Pais ii Índice Dedicatória Índice...... Lista de Abreviaturas. Resumo

Leia mais

Corpo humano 1014 células Enzimas - Primeira linha de defesa digestivas (patógenos exógenos ou oportunistas)

Corpo humano 1014 células Enzimas - Primeira linha de defesa digestivas (patógenos exógenos ou oportunistas) 20/10/2016 ICB II www.icb.usp.br/bmm/mariojac MICROBIOTA INTESTINAL RESIDENTE Bactérias anaeróbias do trato intestinal M. Sc Aline Ignacio aline.ignacio@usp.br 2016 Funções da microbiota residente Habitat

Leia mais

Sessão clínica. Doença renal crónica Relação com a flora intestinal e impacto da alimentação. Pedro Campos, MD Ana Pires, MD PhD

Sessão clínica. Doença renal crónica Relação com a flora intestinal e impacto da alimentação. Pedro Campos, MD Ana Pires, MD PhD Sessão clínica Doença renal crónica Relação com a flora intestinal e impacto da alimentação Pedro Campos, MD Ana Pires, MD PhD Serviço de Nefrologia 10 Março 2016 Sumário Microbioma Intestinal Microbioma

Leia mais

BIOPHARMACIE INTERNATIONAL ITALIA

BIOPHARMACIE INTERNATIONAL ITALIA BIOPHARMACIE INTERNATIONAL ITALIA INMUNOCOMPLEX MELATONINA - ZINCO - SELENIO COLESTRIX AMPK CICLO CONDROITIX CRANBERRY FERMENTI BIOPHARMACIE INMUNOCOMPLEX Dietary Supplement - Drops Astragalus membranaceus

Leia mais

PROBIÓTICOS: BENEFÍCIOS NA MICROBIOTA INTESTINAL

PROBIÓTICOS: BENEFÍCIOS NA MICROBIOTA INTESTINAL PROBIÓTICOS: BENEFÍCIOS NA MICROBIOTA INTESTINAL Raíssa Costa Freire de Souza¹; Brenda Kelly Cunha Maciel 2 ; Eudiane dos Santos Silva³; Hiarla Correia Wanderley 4 ; Sandra Regina Dantas Baia 5 Faculdade

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP

Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 91 4,55 Carboidratos 21,4 7,13 Proteínas 2,1 2,80 Gorduras

Leia mais

Critério: Saúde/bem-estar: alimentos funcionais

Critério: Saúde/bem-estar: alimentos funcionais Critério: Saúde/bem-estar: alimentos funcionais Sistema da Cadeia Agro-Alimentar Ana Pinto de Moura O que é um alimento funcional? Qualquer alimento ou parte de um alimento que por possuir actividade fisiológica/biológica,

Leia mais

Shigella. Topicos. Prof. Assoc. Mariza Landgraf. Introdução. Características da doença Tratamento Prevenção e Controle 03/04/2017

Shigella. Topicos. Prof. Assoc. Mariza Landgraf. Introdução. Características da doença Tratamento Prevenção e Controle 03/04/2017 Shigella Prof. Assoc. Mariza Landgraf Depto Alimentos e Nutrição Experimental Topicos Introdução Histórico Características do microorganismo Fatores Características da doença Tratamento Prevenção e Controle

Leia mais

Protocolo Clínico e de Regulação para Dispepsia

Protocolo Clínico e de Regulação para Dispepsia 68 Funcional Protocolo Clínico e de Regulação para Dispepsia Fernanda Fernandes Souza Andreza Corrêa Teixeira Ricardo Brandt de Oliveira Jose Sebastião dos Santos INTRODUÇÃO E JUSTIFICATIVA A prevalência

Leia mais

Fibras A U L A 06 - TEÓRICA PROF. DÉBORA CHRISTINA

Fibras A U L A 06 - TEÓRICA PROF. DÉBORA CHRISTINA Fibras A U L A 06 - TEÓRICA 18-09- 17 PROF. DÉBORA CHRISTINA CONCEITO As fibras alimentares são os polissacarídeos vegetais da dieta, como celulose, hemiceluloses, pectinas, gomas, mucilagens e a lignina

Leia mais

BACTÉRIAS PROBIÓTICAS E SUA APLICAÇÃO EM LEITES FERMENTADOS

BACTÉRIAS PROBIÓTICAS E SUA APLICAÇÃO EM LEITES FERMENTADOS BACTÉRIAS PROBIÓTICAS E SUA APLICAÇÃO EM LEITES FERMENTADOS [Probiotic bacteria and its application on fermented milk] Nayara Cristina BRUNARI 1 Bruna Maria SALOTTI-SOUZA 2 RESUMO O interesse dos consumidores

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Uso de probióticos na produção animal

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Uso de probióticos na produção animal PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Uso de probióticos na produção animal Renato Monferdini 1 e Keila Maria Roncato Duarte 2* 1 Aluno de Mestrado em Produção Animal Sustentável, Instituto

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA 1 a Atividade Física 2013.indd 1 09/03/15 16 SEDENTARISMO é a falta de atividade física suficiente e pode afetar a saúde da pessoa. A falta de atividade física

Leia mais

SUPLEMENTOS ALIMENTARES: STATUS DA REGULAMENTAÇÃO NO BRASIL E PERSPECTIVAS FUTURAS

SUPLEMENTOS ALIMENTARES: STATUS DA REGULAMENTAÇÃO NO BRASIL E PERSPECTIVAS FUTURAS SUPLEMENTOS ALIMENTARES: STATUS DA REGULAMENTAÇÃO NO BRASIL E PERSPECTIVAS FUTURAS Simpósio Latino Americano sobre Fortificação de Alimentos e Suplementos Stefani Faro de Novaes Especialista em Regulação

Leia mais

Região FC especifica Ligação com os leucócitos

Região FC especifica Ligação com os leucócitos Anticorpos Porção FAB se liga ao antígeno (variável) Cadeia Leve Região FC especifica Ligação com os leucócitos Cadeia Pesada Anticorpos apresentam 3 modos de ação: 1- Opsonização: marcação do antigeno.

Leia mais

BIOQUÍMICA E METABOLISMO DOS MICRONUTRIENTES NA TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL E PARENTERAL

BIOQUÍMICA E METABOLISMO DOS MICRONUTRIENTES NA TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL E PARENTERAL BIOQUÍMICA E METABOLISMO DOS MICRONUTRIENTES NA TERAPIA NUTRICIONAL ENTERAL E PARENTERAL Profa. Dra. Maria Rosimar Teixeira Matos Docente do Curso de Nutrição da UECE TERAPIA NUTRICIONAL Suprir as necessidades

Leia mais

Profa. Susana M.I. Saad Faculdade de Ciências Farmacêuticas Universidade de São Paulo

Profa. Susana M.I. Saad Faculdade de Ciências Farmacêuticas Universidade de São Paulo XIV Congresso Brasileiro de Nutrologia Simpósio ILSI Brasil Probióticos e Saúde Profa. Dra. Susana Marta Isay Saad Departamento de Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica USP e-mail susaad@usp.br Alimentos

Leia mais

ALIMENTOS FUNCIONAIS NA PREVENÇÃO DO CÂNCER: uma atenção para os probióticos, prebióticos e simbióticos na prevenção do câncer de. intestino.

ALIMENTOS FUNCIONAIS NA PREVENÇÃO DO CÂNCER: uma atenção para os probióticos, prebióticos e simbióticos na prevenção do câncer de. intestino. ALIMENTOS FUNCIONAIS NA PREVENÇÃO DO CÂNCER: uma atenção para os probióticos, prebióticos e simbióticos na prevenção do câncer de intestino. Karoline Carvalho de Souza 1 Daniela De StefaniMarquez 2 Dulcelene

Leia mais

10/02/2011 VACINAS IMUNIZAÇÃO. Referências Bibliográficas:

10/02/2011 VACINAS IMUNIZAÇÃO. Referências Bibliográficas: INTRODUÇÃO À IMUNOLOGIA: PROPRIEDADES GERAIS Prof. MSc. Weverson Pires wlp_cell@yahoo.com.br pirescell@gmail.com Referências Bibliográficas: ANTUNES, L. Imunologia Geral. Rio de Janeiro: Atheneu, 1998.

Leia mais

A Dieta do Paleolítico Alergias Alimentares vs. Intolerâncias Alimentares

A Dieta do Paleolítico Alergias Alimentares vs. Intolerâncias Alimentares Artigo de Opinião N.º 5 10 de julho de 2017 Rubrica Nutricional A Dieta do Paleolítico Alergias Alimentares vs. Intolerâncias Alimentares O que é uma alergia alimentar? A alergia alimentar é uma reação

Leia mais

BENEFÍCIOS DO KEFIR DE LEITE

BENEFÍCIOS DO KEFIR DE LEITE BENEFÍCIOS DO KEFIR DE LEITE Ele é rico em nutrientes e probióticos, é extremamente benéfico para a digestão e saúde do intestino, e muitas pessoas consideram ser uma versão mais poderosa do iogurte: 1.

Leia mais

Qualidade de Vida 02/03/2012

Qualidade de Vida 02/03/2012 Prof. Dr. Carlos Cezar I. S. Ovalle Descreve a qualidade das condições de vida levando em consideração fatores como saúde, educação, expectativa de vida, bem estar físico, psicológico, emocional e mental.

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO MALUMA MACHADO BARRETO FONTÃO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO MALUMA MACHADO BARRETO FONTÃO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO MALUMA MACHADO BARRETO FONTÃO EFETIVIDADE NO TRATAMENTO DE CONSTIPAÇÃO INTESTINAL EM MULHERES POR MEIO DE MODULAÇÃO PROBIÓTICA: ESTUDO DE CASO COMPARATIVO

Leia mais

Conceitos Gerais Relação Parasita Hospedeiro. Prof. Cor

Conceitos Gerais Relação Parasita Hospedeiro. Prof. Cor Parasitologia Humana Conceitos Gerais Relação Parasita Hospedeiro Prof. Cor Divisão da Parasitologia MICROBIOLOGIA: bactéria, fungos e vírus PARASITOLOGIA: protozoários, helmintos e artrópodes Microbiota

Leia mais

A TERAPIA ORTOMOLECULAR e ANTI-AGING

A TERAPIA ORTOMOLECULAR e ANTI-AGING A TERAPIA ORTOMOLECULAR e ANTI-AGING A TERAPIA ORTOMOLECULAR e ANTI-AGING Os segredos para retardar o envelhecimento Dedicatória À minha esposa Tania, aos meus filhos Ricardo e Cristiano, ao meu pai

Leia mais

Irritratil maleato de trimebutina I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA"

Irritratil maleato de trimebutina I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA Irritratil maleato de trimebutina I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA" APRESENTAÇÕES: Cápsulas gelatinosas moles para uso oral de 200 mg, embalagem

Leia mais

Anexo III. Alterações às secções relevantes do resumo das características do medicamento e do folheto informativo

Anexo III. Alterações às secções relevantes do resumo das características do medicamento e do folheto informativo Anexo III Alterações às secções relevantes do resumo das características do medicamento e do folheto informativo Nota: Estas alterações às secções relevantes do Resumo das Características do Medicamento

Leia mais

Micro-organismos eucariotas que nos colonizam (I)

Micro-organismos eucariotas que nos colonizam (I) Micro-organismos eucariotas que nos colonizam (I) As ferramentas moleculares, cada vez mais rápidas e precisas, nos permitem enxergar cada vez mais o mundo microbiano, em qualquer ambiente que ele estiver.

Leia mais

DESORDENS ALIMENTARES: PANORÂMA GERAL

DESORDENS ALIMENTARES: PANORÂMA GERAL DESORDENS ALIMENTARES: PANORÂMA GERAL 1 de 5 O trato gastrintestinal (TGI) tem a função principal de absorver os nutrientes necessários ao organismo e eliminar os dejetos. O TGI é também uma parte fundamental

Leia mais

Alimentos funcionais são aqueles que apresentam componentes ativos. Prebióticos são alimentos como os frutoligossacarídeos (FOS), inulina e

Alimentos funcionais são aqueles que apresentam componentes ativos. Prebióticos são alimentos como os frutoligossacarídeos (FOS), inulina e Nutraflora (Corn Products/Brasil) Frutoligossacarídeos em benefício da saúde Alimentos funcionais são aqueles que apresentam componentes ativos capazes de reduzir o risco de certas doenças e melhorar a

Leia mais

Podemos dizer que existe o bom e o mau carboidrato, assim como existe o bom e o mau colesterol? Tire as suas dúvidas lento este e-book.

Podemos dizer que existe o bom e o mau carboidrato, assim como existe o bom e o mau colesterol? Tire as suas dúvidas lento este e-book. e-book O BOM E O MAU CARBOIDRATO SAIBA QUE TIPO DE CARBOIDRATO VOCÊ DEVE COMER. Podemos dizer que existe o bom e o mau carboidrato, assim como existe o bom e o mau colesterol? Tire as suas dúvidas lento

Leia mais

BIOQUÍMICA DOS ALIMENTOS: AMIDO RESISTENTE E FIBRAS (aula 2) Patricia Cintra

BIOQUÍMICA DOS ALIMENTOS: AMIDO RESISTENTE E FIBRAS (aula 2) Patricia Cintra BIOQUÍMICA DOS ALIMENTOS: AMIDO RESISTENTE E FIBRAS (aula 2) Patricia Cintra Fibra alimentar - definição No Brasil, o Ministério da Saúde, pela portaria 41 de 14 de janeiro de 1998, da Agência Nacional

Leia mais

Probióticos para o tratamento de doenças neurológicas: uma revisão

Probióticos para o tratamento de doenças neurológicas: uma revisão UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MICROBIOLOGIA APLICADA Probióticos para o tratamento de doenças neurológicas: uma revisão BÁRBARA LISBOA

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO USO DE PROBIÓTICOS NA SAÚDE HUMANA

A IMPORTÂNCIA DO USO DE PROBIÓTICOS NA SAÚDE HUMANA A IMPORTÂNCIA DO USO DE PROBIÓTICOS NA SAÚDE HUMANA Janaina Lopes de Oliveira 1 Caroline de Almeida 2 Natália da Silva Bomfim 3 RESUMO Os alimentos funcionais, como os probióticos e os prebióticos, têm

Leia mais

Doenças Transmitidas por Alimentos. Prof.: Alessandra Miranda

Doenças Transmitidas por Alimentos. Prof.: Alessandra Miranda Doenças Transmitidas por Alimentos Prof.: Alessandra Miranda Origem das Doenças Biológica Química Físicas Grupos Vulneráveis Crianças de 0 a 5 anos Mulheres grávidas Doentes e pessoas com baixa imunidade

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA MICROBIOTA, PROBIÓTICOS E SAÚDE

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA MICROBIOTA, PROBIÓTICOS E SAÚDE FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA MICROBIOTA, PROBIÓTICOS E SAÚDE Daniela Sofia da Costa Cardoso Mestrado Integrado em Medicina 6º Ano Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Email:

Leia mais

Alimentos Funcionais: potencialidades do Centro-Oeste. Profa. Dra. Katiuchia Pereira Takeuchi Universidade Federal de Goiás - UFG

Alimentos Funcionais: potencialidades do Centro-Oeste. Profa. Dra. Katiuchia Pereira Takeuchi Universidade Federal de Goiás - UFG Alimentos Funcionais: potencialidades do Centro-Oeste Profa. Dra. Katiuchia Pereira Takeuchi Universidade Federal de Goiás - UFG Alimentos Funcionais O alimento está para a medicina assim como a medicina

Leia mais

Trimeb. (maleato de trimebutina)

Trimeb. (maleato de trimebutina) Trimeb (maleato de trimebutina) Bula para paciente Cápsula mole 200 mg Página 1 Trimeb (maleato de trimebutina) MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA Cápsula mole FORMA FARMACÊUTICA

Leia mais

MUVINOR (policarbofila cálcica) Libbs Farmacêutica Ltda. Comprimidos revestidos 500 mg

MUVINOR (policarbofila cálcica) Libbs Farmacêutica Ltda. Comprimidos revestidos 500 mg MUVINOR (policarbofila cálcica) Libbs Farmacêutica Ltda. Comprimidos revestidos 500 mg MUVINOR policarbofila cálcica APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos com 500 mg de policarabofila base. Embalagens com

Leia mais

Michael Zanchet Psicólogo Kurotel Centro Médico de Longevidade e Spa

Michael Zanchet Psicólogo Kurotel Centro Médico de Longevidade e Spa Entendendo e Gerenciando o Estresse Michael Zanchet Psicólogo Kurotel Centro Médico de Longevidade e Spa ORIGEM 1936 pelo médico Hans Selye na revista científica Nature. MODELO COGNITIVO DO ESTRESSE AMBIENTE

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº. 17 DE 24 DE AGOSTO DE 2017

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº. 17 DE 24 DE AGOSTO DE 2017 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº. 17 DE 24 DE AGOSTO DE 2017 ÁREA DE CONHECIMENTO: CIRURGIA GERAL 4. Cuidados Pré, trans e pós operatório. 5. Resposta endócrina e metabólica ao trauma. 6. Infecção

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO MÓDULO 7 FISIOLOGIA

SISTEMA DIGESTÓRIO MÓDULO 7 FISIOLOGIA SISTEMA DIGESTÓRIO MÓDULO 7 FISIOLOGIA SISTEMA DIGESTÓRIO O sistema digestório, responsável pela quebra dos alimentos e absorção dos nutrientes, é composto pelo tubo digestório e pelas glândulas anexas.

Leia mais

Vigilância Sanitária de Alimentos. Bactérias causadoras de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs)- II

Vigilância Sanitária de Alimentos. Bactérias causadoras de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs)- II Vigilância Sanitária de Alimentos Bactérias causadoras de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs)- II Clostridium perfringens Intestino Microbiota normal Solo Água Produto cárneo Clostridium perfringens

Leia mais

Benestare (policarbofila cálcica)

Benestare (policarbofila cálcica) Benestare (policarbofila cálcica) Medley Farmacêutica Ltda. comprimido revestido 625 mg Benestare policarbofila cálcica APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 625 mg: embalagens com 14 e 30. USO ORAL

Leia mais

MAGNÉSIO DIMALATO. FÓRMULA MOLECULAR: C4H6Mg2O7. PESO MOLECULAR: 396,35 g/mol

MAGNÉSIO DIMALATO. FÓRMULA MOLECULAR: C4H6Mg2O7. PESO MOLECULAR: 396,35 g/mol MAGNÉSIO DIMALATO FÓRMULA MOLECULAR: C4H6Mg2O7 PESO MOLECULAR: 396,35 g/mol Importante para mais de 300 processos biológicos no organismo, o magnésio é um mineral essencial utilizado na síntese de proteínas

Leia mais

maleato de trimebutina

maleato de trimebutina maleato de trimebutina Althaia S.A. Indústria Farmacêutica Cápsulas Gelatinosas Mole 200 mg maleato de trimebutina Medicamento genérico Lei n o 9.787, de 1999. I IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO APRESENTAÇÃO:

Leia mais

Imunologia Veterinária. Aula 1 A defesa do organismo

Imunologia Veterinária. Aula 1 A defesa do organismo Imunologia Veterinária Aula 1 A defesa do organismo Uma Breve História da Imunologia Veterinária Quando infecções como a varíola e a peste se espalharam pela sociedade antiga, embora muitos tenham morrido,

Leia mais

USO DE PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS COMO TERAPIA ADJUVANTE NO TRATAMENTO DE PACIENTES COM INTOLERÂNCIA À LACTOSE

USO DE PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS COMO TERAPIA ADJUVANTE NO TRATAMENTO DE PACIENTES COM INTOLERÂNCIA À LACTOSE USO DE PROBIÓTICOS E PREBIÓTICOS COMO TERAPIA ADJUVANTE NO TRATAMENTO DE PACIENTES COM INTOLERÂNCIA À LACTOSE Rúbia Cartaxo Squizato de Moraes (1) (Universidade Federal da Paraíba, rubiacartaxo@gmail.com)

Leia mais

ÍNDICE. Prefácio. Agradecimentos. Instruções para Colorir. 1 Importância dos Microrganismos para os Homens. 2 Os Primeiros Microscópios

ÍNDICE. Prefácio. Agradecimentos. Instruções para Colorir. 1 Importância dos Microrganismos para os Homens. 2 Os Primeiros Microscópios ÍNDICE Prefácio Agradecimentos Instruções para Colorir 1 Importância dos Microrganismos para os Homens 2 Os Primeiros Microscópios 3 Geração Espontânea 4 A Teoria dos Germes como Agentes Causadores de

Leia mais

USO DE ADITIVOS PROBIÓTICOS NA ALIMENTAÇÃO DE SUÍNOS

USO DE ADITIVOS PROBIÓTICOS NA ALIMENTAÇÃO DE SUÍNOS Fortaleza, 19 de junho de 2012. USO DE ADITIVOS PROBIÓTICOS NA ALIMENTAÇÃO DE SUÍNOS Renato Giacometti Gerente Técnico Imeve Biotecnologia S.A Importância da utilização dos antimicrobianos * Manutenção

Leia mais

Fale Conosco Mapa do Site Sites de Interesse Perguntas Freqüentes Serviços. Áreas de Atuação Legislação

Fale Conosco Mapa do Site Sites de Interesse Perguntas Freqüentes Serviços. Áreas de Atuação Legislação Acesse o Portal do Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância English Español Orientações aos Consumidores de Alimentos Consultas Públicas Consolidação Destaques na das Internet Boletim Alimentos

Leia mais

Doenças Infecciosas e Transmissão de Doenças: Conceitos Básicos

Doenças Infecciosas e Transmissão de Doenças: Conceitos Básicos Universidade Federal do Rio de Janeiro Instituto de Estudos em Saúde Coletiva Graduação de Saúde Coletiva Disciplina: Fundamentos de Epidemiologia Doenças Infecciosas e Transmissão de Doenças: Conceitos

Leia mais

Como acabar com Dor no estômago. O que pode ser?

Como acabar com Dor no estômago. O que pode ser? Como acabar com Dor no estômago. O que pode ser? Se tratando de dor no estômago, é preciso ter seriedade, encontrar a causa é mais complicado do que se pensa. É preciso fazer uma avaliação com um especialista,

Leia mais

1.4 Metodologias analíticas para isolamento e identificação de micro-organismos em alimentos

1.4 Metodologias analíticas para isolamento e identificação de micro-organismos em alimentos Áreas para Submissão de Resumos (1) Microbiologia de Alimentos Trabalhos relacionados com micro-organismos associados aos alimentos: crescimento, identificação, biossíntese, controle, interação com o hospedeiro,

Leia mais

Complicações na Doença Inflamatória Intestinal

Complicações na Doença Inflamatória Intestinal 1 Complicações na Doença Inflamatória Intestinal Esta é uma iniciativa do GEDIIB de favorecer o acesso dos Médicos especialistas em DII a uma forma lúdica de informar seus pacientes sobre aspectos decisivos

Leia mais

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011

PÂNCREAS ENDÓCRINO. Felipe Santos Passos 2011 PÂNCREAS ENDÓCRINO Felipe Santos Passos 2011 LOCALIZAÇÃO Região epigástrica e hipocondríaca esquerda Nível de L1 L3 Transversalmente na parede posterior do abdome LOCALIZAÇÃO Retroperitoneal Relações Anatômicas:

Leia mais

Vitafiber Plus. Ação terapêutica:

Vitafiber Plus. Ação terapêutica: Vitafiber Plus O vitafiber plus é uma fibra natural extraído da beterraba açucareira, é rico em fibra solúvel e insolúvel, contendo em sua proporção a quantidade exata que o organismo humano necessita

Leia mais

Bases ecológicas da resistência bacteriana às drogas

Bases ecológicas da resistência bacteriana às drogas Bases ecológicas da resistência bacteriana às drogas Drogas antimicrobianas: mecanismo de ação Um aspecto do controle do crescimento dos microrganismos envolve a utilização de fármacos no tratamento de

Leia mais

Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento ISSN versão eletrônica ISSN 1981- versão eletrônica 117 QUESTIONÁRIO DE RASTREAMENTO METABÓLICO VOLTADO A DISBIOSE INTESTINAL EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM Janaina Juk Galdino 1, Gleidson Brandão Oselame 2 Cristiane da Silva

Leia mais