Podemos dizer que existe o bom e o mau carboidrato, assim como existe o bom e o mau colesterol? Tire as suas dúvidas lento este e-book.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Podemos dizer que existe o bom e o mau carboidrato, assim como existe o bom e o mau colesterol? Tire as suas dúvidas lento este e-book."

Transcrição

1 e-book O BOM E O MAU CARBOIDRATO SAIBA QUE TIPO DE CARBOIDRATO VOCÊ DEVE COMER. Podemos dizer que existe o bom e o mau carboidrato, assim como existe o bom e o mau colesterol? Tire as suas dúvidas lento este e-book. Dr. Néviton

2 QUE TIPO DE CARBOIDRATOS VOCÊ DEVE COMER? Os carboidratos são a principal fonte de energia para o nosso corpo. Este nutriente quando ingerido e absorvido, é responsável por liberar glicose, fornecer energia para as células e fazer a manutenção dos níveis de glicose no sangue para que o seu corpo continue funcionando bem. Carboidratos simples são os que estão mais próximos à sua forma mais básica, como o açúcar de mesa (sacarose), doces e bebidas açucaradas. Este grupo também inclui o açúcar das frutas - a frutose e o açúcar do leite - a lactose. Os carboidratos simples não necessitam de muita energia corporal para que sejam quebrados, são mais fáceis de serem metabolizados e logo se transformam em glicose e são absorvidos pelo corpo. Os carboidratos complexos incluem alimentos frescos como legumes, feijão e algumas frutas. Cereais integrais, como aveia, são carboidratos complexos que contêm fibras. Alimentos processados como massas, arroz e pão também estão incluídos nesse grupo de alimentos. 1

3 QUAIS SÃO OS BONS E OS MAUS CARBOIDRATOS? Será que os carboidratos simples como os doces e açucares de mesa são os maus carboidratos e os carboidratos complexos que incluem legumes e grãos são os bons? Alguns carboidratos são verdadeiramente ruins. E alguns são muito bons para você. Como saber a diferença? Podemos considerar como "bons", os carboidratos que fornecem tanto energia como outros benefícios nutricionais ao seu corpo. Por exemplo, muitas frutas frescas são carboidratos simples que fornecem vitaminas importantes. O leite contém um carboidrato simples e fornece cálcio e vitamina D. Um carboidrato complexo como arroz integral, fornece energia juntamente com a fibra. Por outro lado, podemos classificar como "maus", os carboidratos que fornecem calorias (energia) sem qualquer outro valor nutricional significativo. Por exemplo, doce é um açúcar simples que te fornece energia. Mas ele não fornece qualquer outro nutriente saudável além das calorias. Carboidratos complexos refinados, como pão branco ou macarrão branco, fornecem energia para o seu corpo, mas você não se beneficia de fibras, porque todo o grão foi processado. 2

4 D I S F U N Ç Õ E S I N T E S T I N A I S P R O V O C A D A S P E L O A Ç Ú C A R As bactérias que habitam nosso intestino, desempenham um papel fundamental na nossa saúde. Normalmente, só damos atenção a elas quando desordens intestinais acontecem, como por exemplo, uma diarréia. A nossa flora intestinal nos protege contra micro-organismos agressores e estimula a produção de nutrientes importantes para o corpo humano. O consumo de açúcar causa desequilíbrio entre os micro-organismos benéficos e os prejudiciais à saúde presentes no nosso intestino. O desequilíbrio da flora intestinal causado pelo consumo de açúcar, pode se manifestar como alergias (rinites e bronquites), otites, amigdalites de repetição, doenças repetitivas e dificuldade de desenvolvimento. As dietas ricas em carboidratos refinados não proporcionam os nutrientes essenciais para a manutenção de micro-organismos saudáveis, principalmente em crianças. Isso acontece porque esses alimentos servem de comida também para as bactérias e os fungos presentes no intestino que podem causar doenças. Entre os fungos intestinais, a Cândida é o maior exemplo da influência danosa do açúcar sobre a flora intestinal. Na presença de grande quantidade de açúcar no intestino, a Cândida se reproduz facilmente, podendo se exteriorizar como micose perineal ou invadir a vagina e provocar a candidíase vaginal. Daí se explica a relação entre infecção fúngica e o aumento no desejo de comer doces. Sintomas como falta de estímulo e iniciativa, pessimismo e doenças como depressão, podem ser resultado desse desequilíbrio da flora intestinal, em consequência do consumo de farinhas e açucares, uma vez que a maior parte da serotonina (hormônio do bem-estar) do organismo é produzida pelo intestino. 3

5 FRUTOSE, O DOCE VILÃO! O PERIGO DE SE COMER EM DEMASIA O açúcar da cana-de-açúcar, cujo nome específico é sacarose, quando digerido, se transforma em glicose e frutose. Já sabemos que o excesso de glicose não é bom, mas o que agora pode ser comprovado, é que o excesso de frutose é muito pior. A frutose é derivado do açúcar das frutas, da sacarose e do xarope de milho que contém alta concentração de frutose e sabor muito doce, bastante utilizado pela indústria alimentícia. A indústria passou a adicionar cada vez mais frutose, por esta ser setenta por cento mais doce que a sacarose, assim, pode-se usar uma menor quantidade com a mesma doçura final. Outra maneira de aumentar o consumo de frutose é o hábito de utilizar o suco de fruta concentrado, ao invés de manter as fibras presentes na fruta. Se você consome a frutose contida em frutas e vegetais, não há problema, pois estes alimentos contêm vitaminas, minerais e fibras que irão reduzir a absorção de frutose ou, pelo menos, torná-la mais saudável. 4 O i l

6 MUITA FRUTOSE EM SUA DIETA PODE ENGORDAR E DIFICULTAR O EMAGRECIMENTO A frutose depois de passar pelo intestino é levada para o fígado. Se você tem uma grande quantidade de frutose em sua dieta e os seus níveis de carboidrato no fígado estão cheios, a frutose é transformada em gordura. Para o restante do corpo a frutose não é um açúcar de rápido metabolismo como a glicose, mas sim, um ácido graxo livre. A partir do momento em que seu fígado não deseja armazenar esta nova gordura, ele as libera para outras partes do seu corpo; lugares que você não deseja, como o seu abdome ou parte inferior das costas. Agora você pode ver porque muita frutose em sua dieta pode ser uma das maiores razões para o aumento da obesidade ou dificuldade em emagrecer. 5 O i l

7 COMPLICAÇÕES NO FÍGADO CAUSADAS PELO EXCESSO DO AÇÚCAR O consumo excessivo de frutose presente nos produtos industrializados como sucos de caixinha, refrigerantes, geleias, doces, balas, gomas, bolos, etc., pode ter um papel importante no desenvolvimento de acúmulo de gordura no fígado e elevação do colesterol. Atualmente é comum encontrar nos pacientes com sobrepeso, obesos ou diabéticos o acúmulo de gordura no fígado. A FRUTOSE NO CÉREBRO. O EXCESSO DE FRUTOSE FUNCIONA COMO UMA MENSAGEM PARA COMERMOS MAIS. O consumo de frutose pode gerar mudanças no cérebro que nos leva a comer em excesso. Quando o cérebro está exposto a uma quantidade excessiva de frutose, caminhos neurológicos envolvidos na regulação do apetite são alterados, promovendo maior ingestão de alimentos. 6 O i l

8 HÁBITOS MAIS SAUDÁVEIS Seu corpo precisa de carboidratos como fonte de energia. Por isso não podemos eliminá-los completamente, nem tampouco reduzi-los a níveis insalubres. Você pode controlar e modificar as suas escolhas alimentares e consumir carboidratos que fornecem além da energia, fibras, vitaminas e minerais, como melhor opção para a sua boa saúde. Você pode encontrá-los em alimentos pouco processados, como cereais integrais, feijões, legumes e frutas. Substituir os sucos de frutas por frutas inteiras é a melhor opção. Parar o uso de refrigerantes e alimentos ricos em açúcar é também evidente. Cada vez mais se tem opções de alimentos sem açúcar, ou com redução de seu conteúdo, que devem ser buscados pelo bem de sua saúde. Conheça o conteúdo de açúcares e de frutose existente em alguns alimentos, pois a dose recomendada da ingestão de frutose é de 25 g ao dia. Dr. Néviton (31) O i l

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista ç Sinais da ç Boa Nutrição Alice Silveira Granado CRN 3 : 17638 Nutricionista Crescimento Adequado Funcionamento Regular do Intestino Dentes Fortes e Saudáveis Bom Apetite Boa Imunidade Peso Adequado Pele

Leia mais

A alimentação é importante para os meus dentes e para a minha saúde? Sabias que há alimentos que protegem os dentes?

A alimentação é importante para os meus dentes e para a minha saúde? Sabias que há alimentos que protegem os dentes? Copyright 2014: Todos os direitos reservados Título: Saúde Oral e Alimentação Autores: Ana Lopes Pereira Cristina Sousa Ferreira Pedro Graça Rui Calado Design e Ilustrações: DEBUTSTRASS Lda. Editor: Direção-Geral

Leia mais

Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação

Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação Introdução Para ter uma qualidade de vida favorável, com boa saúde e manter-se ativo, além dos cuidados diários com medicações, acompanhamento

Leia mais

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL Novartis Biociências S.A. Comprimido mastigável 1.250 mg de carbonato de cálcio (equivalente a 500 mg de cálcio elementar) CALSAN carbonato de cálcio Comprimidos mastigáveis.

Leia mais

O TAMANHO DO PROBLEMA

O TAMANHO DO PROBLEMA O TAMANHO DO PROBLEMA Doenças cardiovasculares Total de mortes: 281.695/ano AVC 89.489 80% DAC 84.798 40% Outras DCV 107.408 Hipertensão Fonte: Datasus 2001 Dados Mundiais Mortes em 2000 atribuíveis a

Leia mais

Nutricionista lista os 10 piores alimentos para sua saúde Postado em Vida e Saúde em 08/04/2011 às 15h00

Nutricionista lista os 10 piores alimentos para sua saúde Postado em Vida e Saúde em 08/04/2011 às 15h00 Nutricionista lista os 10 piores alimentos para sua saúde Postado em Vida e Saúde em 08/04/2011 às 15h00 Michelle Schoffro Que atire a primeira pedra quem não se rende a um fast food, salgadinho ou cachorro-quente

Leia mais

OS 10 PIORES ALIMENTOS

OS 10 PIORES ALIMENTOS OS DEZ PIORES ALIMENTOS OS 10 PIORES ALIMENTOS DE TODOS OS TEMPOS Que atire a primeira pedra quem não se rende a um fast food, salgadinho, pizza, refrigerante ou cachorro-quente e depois fica preocupado

Leia mais

DISCIPLINA NOÇÕES DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA CARBOIDRATOS PROFESSORA IVETE ARAKAKI FUJII

DISCIPLINA NOÇÕES DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA CARBOIDRATOS PROFESSORA IVETE ARAKAKI FUJII DISCIPLINA NOÇÕES DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA CARBOIDRATOS PROFESSORA IVETE ARAKAKI FUJII Todos os seres vivos necessitam de energia para viver Os carboidratos são a principal fonte de energia Para os seres

Leia mais

Não tome Disocor: - se tem alergia à levocarnitina ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Não tome Disocor: - se tem alergia à levocarnitina ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6). Folheto informativo: Informação para o doente Disocor 1000 mg comprimidos para mastigar Levocarnitina Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois contém informação

Leia mais

Restrições alimentares

Restrições alimentares Restrições alimentares 01 Introdução As pessoas com alergias, diabetes, doença celíaca ou hipertensão estão entre o grupo de indivíduos que necessitam de cuidados especiais na hora da alimentação. A restrição

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO. Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê!

A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO. Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê! A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê! IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO Sabemos que o começo do processo de amamentação nem sempre é fácil. Ele ocorre em um momento

Leia mais

7º-Curso de Licenciatura em Enfermagem. Nutrição. Crisanta Portugal 11-ÁLCOOL

7º-Curso de Licenciatura em Enfermagem. Nutrição. Crisanta Portugal 11-ÁLCOOL 7º-Curso de Licenciatura em Enfermagem Nutrição Crisanta Portugal 11-ÁLCOOL 1 ÁLCOOL As bebidas alcoólicas são as que contem álcool na sua composição. O álcool das bebidas alcoólicas é o álcool ordinário

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA ALIMENTAÇÃO HUMANA ANATOMIA E FISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO

DIAGNÓSTICO DA ALIMENTAÇÃO HUMANA ANATOMIA E FISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO DIAGNÓSTICO DA ALIMENTAÇÃO HUMANA ANATOMIA E FISIOLOGIA DO SISTEMA DIGESTÓRIO O trato digestório e glândulas anexas constituem o sistema digestório. O trato digestório é um tubo oco que se estende da cavidade

Leia mais

Escrito por Ademir Dom, 03 de Janeiro de 2010 21:28 - Última atualização Dom, 03 de Janeiro de 2010 21:31

Escrito por Ademir Dom, 03 de Janeiro de 2010 21:28 - Última atualização Dom, 03 de Janeiro de 2010 21:31 DIETA DA USP Aqui segue o cardápio da dieta da USP. O regime da USP permite você perder gordura e emagrecer devido ao aceleramento do metabolismo e fazendo com que o organismo comece a queimar gordura

Leia mais

Tempo de Ciências. SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro)

Tempo de Ciências. SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro) Tempo de Ciências 8 SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro) Objetivos Alimentação e nutrientes Conhecer os tipos de nutrientes e seus

Leia mais

APROVADO EM 10-04-2012 INFARMED. Folheto informativo: Informação para o utilizador. UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii

APROVADO EM 10-04-2012 INFARMED. Folheto informativo: Informação para o utilizador. UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii Folheto informativo: Informação para o utilizador UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois contém

Leia mais

Ciências da Natureza

Ciências da Natureza Ciências da Natureza Os alimentos como veículo de nutrientes Trabalho realizado por: Ana Moreira nº2 6ºD Disciplina de: Ciências da Natureza Professora: Sandra Freitas Fajões, Dezembro,2011 Introdução

Leia mais

Alimentação saudável para Diabé7cos, com muito gosto! Nídia Braz 14 Dezembro, 2012

Alimentação saudável para Diabé7cos, com muito gosto! Nídia Braz 14 Dezembro, 2012 Alimentação saudável para Diabé7cos, com muito gosto! Nídia Braz 14 Dezembro, 2012 1 A alimentação saudável depende de hábitos alimentares saudáveis: Diversidade da alimentação Número adequado de refeições

Leia mais

DOSSIER INSTITUCIONAL

DOSSIER INSTITUCIONAL DOSSIER INSTITUCIONAL Na Kellogg s assumimos compromissos com... Inovação Investigação Informação nutricional Marketing responsável Vida saudável INOVAÇÃO Inovação Elaboração e comercialização de produtos

Leia mais

Metabolismo dos Carboidratos

Metabolismo dos Carboidratos Metabolismo dos Carboidratos síntese de glicogênio a partir da glicose Glicogenólise síntese de glicose a partir do glicogênio Lipogênese excesso de glicose convertido em gordura Prof. M.Sc. Renata Fontes

Leia mais

BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS

BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS 2 apresentação coquetel Galera Com o Programa Saúde na Escola, uma iniciativa do Governo Federal, os alunos da rede pública também estão aprendendo a melhorar os hábitos de alimentação

Leia mais

Por que Devemos Olhar os Rótulos dos Alimentos? Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

Por que Devemos Olhar os Rótulos dos Alimentos? Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Por que Devemos Olhar os Rótulos dos Alimentos? Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Por que Devemos Olhar os Rótulos dos Alimentos? Você sabe o que está comendo? Por

Leia mais

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO GASTRIUM (omeprazol) APRESENTAÇÕES

Leia mais

A nutrição e os alimentos. Prof. Luis Bruno e Jonas Alves

A nutrição e os alimentos. Prof. Luis Bruno e Jonas Alves A nutrição e os alimentos Prof. Luis Bruno e Jonas Alves A nutrição e os alimentos A nutrição: Conjunto de processos integrados que envolve: SISTEMA DIGESTÓRIO; SISTEMA RESPIRATÓRIO; SISTEMA CIRCULATÓRIO;

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Último Encontro: Germana Escolha dos temas a serem trabalhados. Tema de hoje: Oficina sobre alimentação saudável Pirâmide dos alimentos Pirâmide alimentar é a representação

Leia mais

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: LORATADINA Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Comprimido de 10mg em embalagens contendo 12 comprimidos.

Leia mais

Acessulfame K: é um adoçante derivado do potássio, seu poder adoçante é de até 200 vezes maior do que a sacarose. O Acessulfame K

Acessulfame K: é um adoçante derivado do potássio, seu poder adoçante é de até 200 vezes maior do que a sacarose. O Acessulfame K Os prós e contras dos diferentes tipos de adoçantes e açucares A busca por novos tipos de adoçantes é cada vez maior, não apenas por aqueles que necessitam deste produto, como os pacientes diabéticos,

Leia mais

GUIA DE BOLSO. Porquê fazer um grande PEQUENO- ALMOÇO?

GUIA DE BOLSO. Porquê fazer um grande PEQUENO- ALMOÇO? GUIA DE BOLSO Porquê fazer um grande PEQUENO- ALMOÇO? Sumário Ø Introdução. Ø O que é um bom pequeno-almoço? Ø Consequências de saltar a primeira refeição do dia. Ø Importância do pequeno almoço para as

Leia mais

Ofertas válidas de 10 setembro a 30 de setembro de 2015.

Ofertas válidas de 10 setembro a 30 de setembro de 2015. t u Ofertas válidas de 10 setembro a 30 de setembro de 2015. Dieta equilibrada para filhotes em crescimento. PÁG. 2 Rotina de alimentação do gato e mudanças na dieta. PÁG. 6 Dieta equilibrada para filhotes

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO

TERMO DE ADJUDICAÇÃO Processo n 1547/2016 Pregão Eletrônico nº. 04/2016 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Os itens do referido certame foi adjudicado pelo Pregoeiro Sr. Edson Carlos Pereira as empresas participantes com valores unitários

Leia mais

PRESCRIÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA PARA PORTADORES DE DIABETES MELLITUS

PRESCRIÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA PARA PORTADORES DE DIABETES MELLITUS PRESCRIÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA PARA PORTADORES DE DIABETES MELLITUS Acadêmica de medicina: Jéssica Stacciarini Liga de diabetes 15/04/2015 Benefícios do exercício físico em relação ao diabetes mellitus:

Leia mais

& O que é Sal? C p o yrig i ht 2 009 M RP R AN

& O que é Sal? C p o yrig i ht 2 009 M RP R AN têm o prazer de apresentar O sal e a pressão alta Onde vai a corda vai a caçamba Copyright 2009 O que é Sal? O sal é um mineral composto por dois elementos principais: o sódio e o cloro, que se juntam

Leia mais

TCM PÓ. Triglicerídeo de Cadeia Média em Pó

TCM PÓ. Triglicerídeo de Cadeia Média em Pó Informações Técnicas TCM PÓ Triglicerídeo de Cadeia Média em Pó INTRODUÇÃO A matéria-prima TCM em pó é atomizada e microencapsulada. Por se tratar de um processo térmico mais brando, as características

Leia mais

Biologia Professor Vianna 1ª série / 1º trimestre

Biologia Professor Vianna 1ª série / 1º trimestre Biologia Professor Vianna 1ª série / 1º trimestre Módulo 2 BIOQUÍMICA 1 - Atletas devem ter uma alimentação rica em proteínas e carboidratos. Assim, devem consumir preferencialmente os seguintes tipos

Leia mais

Existem mais informações sobre cancro em português, em macmillan.org.uk/translations

Existem mais informações sobre cancro em português, em macmillan.org.uk/translations Healthy eating: Portuguese Alimentação saudável Estas informações debruçam-se sobre uma alimentação e a manutenção de um peso corporal saudável. Explicam o motivo por que é importante uma dieta saudável.

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Cálculo (pedra) da vesícula. Quem pode ter pedra (cálculo) na vesícula? Pedra ou calculo da vesícula e uma doença bastante comum.

Leia mais

Com Drink6 vai encher-se de energia positiva, de otimismo e vitalidade. O seu corpo e a sua mente notarão a diferença.

Com Drink6 vai encher-se de energia positiva, de otimismo e vitalidade. O seu corpo e a sua mente notarão a diferença. www.drink6detox.pt Com Drink6 vai encher-se de energia positiva, de otimismo e vitalidade. O seu corpo e a sua mente notarão a diferença. Aqui contamoslhe tudo. Receberá os seus sumos frios. Deve conservá-los

Leia mais

Soluções Naturais e Complementares na terapêutica do Sistema Digestivo

Soluções Naturais e Complementares na terapêutica do Sistema Digestivo Soluções Naturais e Complementares na terapêutica do Sistema Digestivo Somos o que comemos Alterações a nível de temperamento, níveis de energia, capacidade de raciocínio, impulso sexual e hábitos de sono

Leia mais

AVEIA. As fibras também melhoram o trânsito intestinal, evitando constipação, e estão associadas à diminuição do risco de câncer de cólon.

AVEIA. As fibras também melhoram o trânsito intestinal, evitando constipação, e estão associadas à diminuição do risco de câncer de cólon. AVEIA Propriedades da Aveia: A aveia é um cereal rico em proteínas, ferro, magnésio, fósforo, zinco, manganês, vitamina B1 e vitamina B5, além de ser excelente fonte de fibras solúveis. Estudos mostram

Leia mais

Carboidratos No momento em que você está lendo e procurando entender suas células nervosas estão realizando um trabalho e, para isso, utilizam a

Carboidratos No momento em que você está lendo e procurando entender suas células nervosas estão realizando um trabalho e, para isso, utilizam a A química da Vida A Água A água é o componente biológico essencial à manutenção da vida animal e vegetal. No entanto existem organismos que possuem homeostase (equilíbrio interno) submetida às condições

Leia mais

Como vender MAIS com base nos RECURSOS DA REGIÃO. 25 de maio de 2012 Castelo Branco Alberto Ribeiro de Almeida

Como vender MAIS com base nos RECURSOS DA REGIÃO. 25 de maio de 2012 Castelo Branco Alberto Ribeiro de Almeida Como vender MAIS com base nos RECURSOS DA REGIÃO 25 de maio de 2012 Castelo Branco Alberto Ribeiro de Almeida Regulamento (CE) 510/2006 (DOP/IGP) Regulamento (CE) 509/2006 (ETG) Regulamento (CE) 1924/2006

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado Como nosso corpo está organizado Iodo Faz parte dos hormônios da tireoide, que controlam a produção de energia e o crescimentodocorpo.aleiobrigaaadiçãodeiodoaosaldecozinha. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO

Leia mais

Docente das Faculdades Integradas de Três Lagoas. Acadêmicas de Nutrição da Faculdades Integradas de Três Lagoas RESUMO

Docente das Faculdades Integradas de Três Lagoas. Acadêmicas de Nutrição da Faculdades Integradas de Três Lagoas RESUMO 1 AVALIAÇÃO SENSORIAL DE IOGURTE BATIDO COM A FRUTA DE GOIABA VERMELHA IN NATURA (Psidium guajava), COM O SUCO ARTIFICIAL DE GOIABA E A POLPA DA FRUTA DE GOIABA CAMILA ANDRÉA FAVARO DE FREITAS 1 CAROLINE

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 1º Bimestre 2012 CIENTISTAS DO AMANHÃ 4º ANO TEC_1. Identificar as principais

Leia mais

EDUCAÇÃO REVISÃO 2 REVISÃO 3

EDUCAÇÃO REVISÃO 2 REVISÃO 3 FÍSICA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 UNIDADE II - CULTURA: A pluralidade na expressão humana Aula 4.1 Lazer: conceitos Aula 4.2 Atividade física e exercício físico: uma questão cultural? Aula 5.1 Doenças

Leia mais

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos

Apresentação. O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos O que significam os itens da Tabela de Informação Nutricional dos rótulos Valor Energético É a energia produzida pelo nosso corpo proveniente dos carboidratos, proteínas e gorduras totais. Na rotulagem

Leia mais

Como escolher os nossos alimentos?

Como escolher os nossos alimentos? Como escolher os nossos alimentos? Os animais possuem regimes alimentares diferentes mas, independentemente dos mesmos, todos necessitam de ingerir alimentos para sobreviverem! 1 Importância da alimentação

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Lovastatina Jaba 20 mg comprimidos APROVADO EM Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois contém informação importante

Leia mais

Unidade III Nutrição na doença e agravos à saúde. Tipos de dietas e consistência NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno

Unidade III Nutrição na doença e agravos à saúde. Tipos de dietas e consistência NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno Unidade III Nutrição na doença e agravos à saúde. Tipos de dietas e consistência NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM Profa Dra Milena Baptista Bueno Dietoterapia Dietoterapia: tratamento de indivíduos portadores

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

Capítulo. Alterações da Glicemia 18 e Diabetes Mellittus. Capítulo 18. Alterações da Glicemia e Diabetes Mellitus 1. OBJETIVOS

Capítulo. Alterações da Glicemia 18 e Diabetes Mellittus. Capítulo 18. Alterações da Glicemia e Diabetes Mellitus 1. OBJETIVOS Capítulo Alterações da Glicemia 18 e Diabetes Mellittus 1. OBJETIVOS No final da sessão os formandos deverão ser capazes de: Conhecer os tipos de diabetes mellitus. Descrever os mecanismos de descompensação

Leia mais

Brigaderia. emotional food

Brigaderia. emotional food INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Brigaderia emotional food Amêndoa Ao Leite Boleados BRIGADEIRO DE AMÊNDOAS Quantidade por porção = 18 gramas que corresponde a 1 unidade 81kcal -340kJ 4% 8,1g 3% 1,5 g 2% 4,7 g

Leia mais

Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e. outros sintomas

Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e. outros sintomas Uma Boa alimentação e sua relação com a dor, humor e outros sintomas Nutricionista Camila Costa Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício InCor/FMUSP Será que o que você come influencia

Leia mais

simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg

simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg simeticona Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES Cápsulas gelatinosas moles de 125 mg: embalagens com 10

Leia mais

Introdução... 3. Alimentação... 4. Saúde do Corpo...10. Beleza... 11. Cabelos... 16. Maquiagem... 19. Pele... 20. Agradecimentos...

Introdução... 3. Alimentação... 4. Saúde do Corpo...10. Beleza... 11. Cabelos... 16. Maquiagem... 19. Pele... 20. Agradecimentos... 2 Índice Introdução... 3 Alimentação... 4 Saúde do Corpo...10 Beleza... 11 Cabelos... 16 Maquiagem... 19 Pele... 20 Agradecimentos... 24 Sobre o autor... 25 Aviso legar... 25 Termo de responsabilidade...

Leia mais

7FATORES queprovocam acalvìcie

7FATORES queprovocam acalvìcie 7FATORES queprovocam acalvìcie COVER 1500W X1950HPX. 5W X6.5HIN. PORQUEAQUILOQUEVOCÊCOMEPODEESTAR PORTRÁSDAPERDADECABELO Descubra a Causa Os médicos costumam diagnosticar um caso de calvície apenas pelo

Leia mais

19 alimentos que limpam as artérias de forma natural e te protegem de ataques cardíacos

19 alimentos que limpam as artérias de forma natural e te protegem de ataques cardíacos 19 alimentos que limpam as artérias de forma natural e te protegem de ataques cardíacos Uma das principais causas de morte mundial está relacionada com problemas de coração. Quando as artérias estão entupidas,

Leia mais

Professores: Roberto Calmon e Thiago Fernandes

Professores: Roberto Calmon e Thiago Fernandes Professores: Roberto Calmon e Thiago Fernandes Nesta aula iremos aprender sobre o conceito, as causas e as consequências da obesidade e a importância da atividade física para a prevenção e controle desta

Leia mais

Jimboê. Ciências. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 1 o bimestre

Jimboê. Ciências. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 1 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou às unidades 1 e 2 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê 4 o ano Avaliação 1 o bimestre 1 Avaliação NOME: ESCOLA: PROFESSOR:

Leia mais

AÇAÍ FROOTY GUGA KUERTEN COM PROTEÍNAS E VITAMINA C

AÇAÍ FROOTY GUGA KUERTEN COM PROTEÍNAS E VITAMINA C 2 O AÇAÍ DO CAMPEÃO O comportamento dos brasileiros sofreu importantes mudanças nos últimos anos, influenciando de maneira direta o mercado de alimentos. Mais conectados às redes sociais, informações nutricionais

Leia mais

Bioenergética FONTES ENERGÉTICAS. BE066 Fisiologia do Exercício. Sergio Gregorio da Silva, PhD. Definição de Energia! Capacidade de realizar trabalho

Bioenergética FONTES ENERGÉTICAS. BE066 Fisiologia do Exercício. Sergio Gregorio da Silva, PhD. Definição de Energia! Capacidade de realizar trabalho BE066 Fisiologia do Exercício Bioenergética Sergio Gregorio da Silva, PhD FONTES ENERGÉTICAS Definição de Energia! Capacidade de realizar trabalho Definição de Trabalho! Aplicação de força através de uma

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE. 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia;

Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE. 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE OBJETIVOS: Ao final desta lição os participantes serão capazes de: 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; 2. Citar e demonstrar 3 diferentes técnicas

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

Existe uma variedade de cápsulas, pós, chás e outros produtos no mercado com uma só promessa: acelerar o metabolismo para emagrecer mais rápido.

Existe uma variedade de cápsulas, pós, chás e outros produtos no mercado com uma só promessa: acelerar o metabolismo para emagrecer mais rápido. Existe uma variedade de cápsulas, pós, chás e outros produtos no mercado com uma só promessa: acelerar o metabolismo para emagrecer mais rápido. O importante é ter em mente que deixar de se alimentar é

Leia mais

Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg

Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg Lozeprel omeprazol FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES Cápsulas com 20 mg de omeprazol - Embalagens contendo 14, 28,

Leia mais

www.coolfoodplanet.org www.efad.org coolf et.org www.eufic.org

www.coolfoodplanet.org www.efad.org coolf et.org www.eufic.org g olf or w. coo n lf o o d p l a et. g or co w w et. ww w.efa d.o.eufic.org w ww rg Lembras-te de quando aprendeste a andar de bicicleta? A parte mais importante foi conseguir o equilíbrio certo. Quando

Leia mais

SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #5

SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #5 SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #5 ADOTE PRÁTICAS ALIMENTARES SAUDÁVEIS Na sobremesa, prefira as frutas. Se der vontade de consumir doce, opte pelos doces de frutas ou gelatina. Uma dica: use a

Leia mais

Autor: Senado Federal Relatora: Deputada IRACEMA PORTELLA

Autor: Senado Federal Relatora: Deputada IRACEMA PORTELLA COMISSÃO de Defesa do Consumidor PROJETO DE LEI N o 8.135, DE 2014 (Apensos PL nº 5.469, de 2013, e PL nº 5.674, de 2013) Acrescenta art. 47-A ao Decreto-Lei nº 986, de 21 de outubro de 1969, para instituir

Leia mais

Manual de Rotulagem de Alimentos

Manual de Rotulagem de Alimentos Manual de Rotulagem de Alimentos Agosto 2013 Programa Mesa Brasil Sesc O Mesa Brasil Sesc é um programa de segurança alimentar e nutricional sustentável, que redistribui alimentos excedentes próprios para

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Vitalipid N Infantil, associação, emulsão injectável Retinol, ergocalciferol, alfatocoferol, fitomenadiona Leia atentamente este folheto antes de utilizar

Leia mais

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil São Paulo, 18 de maio de 2010 Objetivos gerais Avaliar o grau de aderência da sociedade brasileira às tendências internacionais

Leia mais

Como fazer sabão em pó caseiro com óleo usado

Como fazer sabão em pó caseiro com óleo usado Como fazer sabão em pó caseiro com óleo usado Receite prática para fazer sabão em pó com óleo caseiro e amaciante simples. Não jogue o óleo usado na cozinha no ralo da pia! O óleo vai parar direto nos

Leia mais

FURP-POLIVITAMÍNICO. Fundação para o Remédio Popular FURP. Solução Oral. 30 ml

FURP-POLIVITAMÍNICO. Fundação para o Remédio Popular FURP. Solução Oral. 30 ml FURP-POLIVITAMÍNICO Fundação para o Remédio Popular FURP Solução Oral 30 ml BULA PARA O PACIENTE FURP POLIVITAMÍNICO palmitato de retinol colecalciferol cloridrato de tiamina fosfato sódico de riboflavina

Leia mais

Alimentação Saudável A Nutrição & Os Nutrientes. O que são Nutrientes? Quais as funções dos Nutrientes?

Alimentação Saudável A Nutrição & Os Nutrientes. O que são Nutrientes? Quais as funções dos Nutrientes? Alimentação Saudável A Nutrição & Os Nutrientes O que são Nutrientes? Quais as funções dos Nutrientes? Os Nutrientes Os nutrientes são substâncias indispensáveis ao funcionamento do organismo, e que obtemos

Leia mais

vacina hepatite B (recombinante)

vacina hepatite B (recombinante) vacina hepatite B (recombinante) FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES Suspensão injetável - Cartucho contendo 1 frasco-ampola com 1 dose de 0,5mL; - Cartucho contendo 20 frascos-ampola com 1 dose de 0,5mL;

Leia mais

Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA)

Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA) www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA) Versão de 2016 1. O QUE É A PFAPA 1.1 O que é? PFAPA significa Febre Periódica, Estomatite

Leia mais

VEGESOY FIBER. Fibra de soja: extrato insolúvel de soja em pó. Informações Técnicas

VEGESOY FIBER. Fibra de soja: extrato insolúvel de soja em pó. Informações Técnicas Informações Técnicas VEGESOY FIBER Fibra de soja: extrato insolúvel de soja em pó INTRODUÇÃO A soja é uma leguminosa cultivada na China há mais de 5 mil anos. Ao longo do tempo passou a ser consumida por

Leia mais

simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Emulsão Oral 75 mg/ml

simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Emulsão Oral 75 mg/ml simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA 75 mg/ml I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO simeticona Medicamento Genérico, Lei nº 9.787 de 1999. APRESENTAÇÃO (gotas). Embalagem contendo frasco de

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

Abcd JARDIANCE. (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. 10mg ou 25mg

Abcd JARDIANCE. (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. 10mg ou 25mg Abcd JARDIANCE (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 10mg ou 25mg JARDIANCE empagliflozina APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 10 mg ou

Leia mais

Final. Prova Teórica. Questão a) b) c) d) e) f) g) h) Classificação teórica (60%) Classificação prática (40%) Classificação final

Final. Prova Teórica. Questão a) b) c) d) e) f) g) h) Classificação teórica (60%) Classificação prática (40%) Classificação final 3-maio-2014 Final Prova Teórica Nome:.... Escola:....... Questão a) b) c) d) e) f) g) h) Cotação 5 7,5 7,5 5 10 8 8 9 Cotação Classificação teórica (60%) Classificação prática (40%) Classificação final

Leia mais

especial iate LIAMARA MENDES

especial iate LIAMARA MENDES 54 Maio / Junho de 2013 especial use os alimentos a seu favor iate por LIAMARA MENDES Uma dieta equilibrada aliada a exercícios físicos pode ser considerada a fórmula ideal para a conquista do corpo perfeito.

Leia mais

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus Zika vírus Os sintomas da Zika incluem febre baixa, dor nos músculos e articulações, além de vermelhidão nos olhos e manchas vermelhas na pele. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, e os

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA 1 2 SEDENTARISMO é a falta de atividade física suficiente e pode afetar a saúde da pessoa. A falta de atividade física não está ligada a não praticar esportes.

Leia mais

5 Alimentos que Queimam Gordura www.mmn-global.com/aumenteseumetabolismo IMPRIMIR PARA UMA MAIS FÁCIL CONSULTA

5 Alimentos que Queimam Gordura www.mmn-global.com/aumenteseumetabolismo IMPRIMIR PARA UMA MAIS FÁCIL CONSULTA IMPRIMIR PARA UMA MAIS FÁCIL CONSULTA ÍNDICE Alimentos que Queimam Gordura TORANJA CHA VERDE E CHA VERMELHO AVEIA BROCOLOS SALMÃO TORANJA A dieta da Toranja já vem sendo discutida por algum tempo, mas

Leia mais

NUTRIÇÃO E ACUMULAÇÃO SUBSTÂNCIAS DAS PLANTAS

NUTRIÇÃO E ACUMULAÇÃO SUBSTÂNCIAS DAS PLANTAS Escola Secundária do Padre António Martins Oliveira de Lagoa Técnicas Laboratoriais de Biologia NUTRIÇÃO E ACUMULAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS DAS PLANTAS Pedro Pinto Nº 14 11ºA 09/12/2003 Índice Introdução... 3

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS SERES VIVOS PROF. PANTHERA

CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS SERES VIVOS PROF. PANTHERA CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS SERES VIVOS PROF. PANTHERA COMPOSIÇÃO QUÍMICA COMPLEXA Está representada por: Substâncias inorgânicas: água e sais minerais. Substâncias orgânicas (possuem o carbono como elemento

Leia mais

Classificação de alimentos em relação à suas informações nutricionais por meio da Análise Multivariada

Classificação de alimentos em relação à suas informações nutricionais por meio da Análise Multivariada Classificação de alimentos em relação à suas informações nutricionais por meio da Análise Multivariada Lucas Santana da Cunha 1 Sonia Maria de Stefano Piedade 2 1 Introdução A presença de informações nutricionais

Leia mais

FACULDADES NORDESTE - FANOR CURSO DE GRADUAÇÃO EM GASTRONOMIA

FACULDADES NORDESTE - FANOR CURSO DE GRADUAÇÃO EM GASTRONOMIA FACULDADES NORDESTE - FANOR CURSO DE GRADUAÇÃO EM GASTRONOMIA CARLA VITORIA CAVALCANTE DE FREITAS LARISSA PEREIRA AGUIAR JANAINA MARIA MARTINS VIEIRA LARISSA PONCIANO LIMA COSTA CARLILSE DA SILVA GOMES

Leia mais

Simeco Plus. Bula para paciente. Suspensão. 600mg+300mg+35mg

Simeco Plus. Bula para paciente. Suspensão. 600mg+300mg+35mg Simeco Plus Bula para paciente Suspensão 600mg+300mg+35mg Simeco plus (hidróxido de alumínio + hidróxido de magnésio + simeticona) Suspensão FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES Embalagens com frascos

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE HEPATITE É uma inflamação do fígado provocada, na maioria das vezes, por um vírus. Diferentes tipos de vírus podem provocar a doença, que se caracteriza por febre, icterícia

Leia mais

Fundamentos de Teste de Software

Fundamentos de Teste de Software Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Fundamentos de Teste de Software Módulo 1- Visão Geral de Testes de Software Aula 2 Estrutura para o Teste de Software SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Vertentes

Leia mais

10 dicas. Desvendar Rótulos. A ordem dos ingredientes altera o produto

10 dicas. Desvendar Rótulos. A ordem dos ingredientes altera o produto 10 dicas Desvendar Rótulos 1 A ordem dos ingredientes altera o produto Os ingredientes são apresentados em ordem decrescente de quantidade. Isso significa que o primeiro ingrediente é o de maior quantidade,

Leia mais

LABIRIN. dicloridrato de betaistina

LABIRIN. dicloridrato de betaistina LABIRIN dicloridrato de betaistina APRESENTAÇÃO Comprimidos de 24 mg. Caixa com 30 e 60 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido contém: dicloridrato de betaistina... 24 mg Excipientes

Leia mais

VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS

VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS 1 VIVER BEM ÂNGELA HELENA E A PREVENÇÃO DO CÂNCER NEOPLASIAS 2 3 Como muitas mulheres, Ângela Helena tem uma vida corrida. Ela trabalha, cuida da família, faz cursos e também reserva um tempo para cuidar

Leia mais

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA.

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA. GRETIVIT (acetato de retinol cloridrato de tiamina riboflavina cloridrato de piridoxina cianocobalamina colecalciferol nicotinamida ácido pantotênico sulfato ferroso sulfato de magnésio sulfato de manganês)

Leia mais