ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação"

Transcrição

1 ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA 1 Respostas do Réu - Contestação INTRODUÇÃO - Princípio da bilateralidade: AÇÃO E REAÇÃO - juiz só pode decidir nos autos após ter ouvido as duas partes, a não ser em caso de decisões liminares ou de antecipação de tutela; - Corolário lógico dos princípios do contraditório e da ampla defesa; - A resposta é uma faculdade do Reclamado art. 297/Código de Processo Civil; - Artigo 5º, V, LIV, LV, XXXV, da Constituição Federal: - Direito de resposta; - Devido processo legal; - Contraditório e ampla defesa; - Inafastabilidade da jurisdição. - Quando o Réu deixa de apresentar defesa há revelia seguida de confissão quanto à matéria fática confissão ficta art. 844/CLT e art. 319/CPC; - Há três principais espécies de respostas do Réu artigo 297/CPC: 1. Exceção: artigo 799/CLT suspeição e incompetência; 2. Contestação: artigo 847/CLT oral, em 20 minutos; 3. Reconvenção: não constitui propriamente defesa. - Uma quarta espécie também pode ser apontado: reconhecimento jurídico do pedido art. 269, II, Código de Processo Civil; - A CLT apenas prevê as duas primeiras espécies, e de forma mais restrita com relação às exceções (apenas de incompetência e de suspeição) aplica-se o art. 769/CLT; EXCEÇÃO art. 304/CPC: devem ser apresentadas junto com a contestação:

2 2 - Serve ao afastamento do juiz do processo defesa indireta contra o processo; - Apesar de o art. 799/CLT não prever a exceção de impedimento, é aplicável ao processo do trabalho por força do art. 769/CLT; - CLT é de Anterior, portanto, ao Código de Processo Civil de 1973, que passou a prever a exceção de impedimento; Art É lícito a qualquer das partes argüir, por meio de exceção, a incompetência (art. 112), o impedimento (art. 134) ou a suspeição (art. 135). Art Este direito pode ser exercido em qualquer tempo, ou grau de jurisdição, cabendo à parte oferecer exceção, no prazo de 15 (quinze) dias, contado do fato que ocasionou a incompetência, o impedimento ou a suspeição. Parágrafo único. Na exceção de incompetência (art. 112 desta Lei), a petição pode ser protocolizada no juízo de domicílio do réu, com requerimento de sua imediata remessa ao juízo que determinou a citação. Art Recebida a exceção, o processo ficará suspenso (art. 265, III), até que seja definitivamente julgada. - Incompetência relativa: - Local / Territorial: presunção relativa em apenso art. 651/CLT; - Material, pessoal e funcional: presunção absoluta em preliminar art. 301, II, CPC; Art Argúi-se, por meio de exceção, a incompetência relativa. (...) Art A incompetência absoluta deve ser declarada de ofício e pode ser alegada, em qualquer tempo e grau de jurisdição, independentemente de exceção. (...) Art Prorrogar-se-á a competência se dela o juiz não declinar na forma do parágrafo único do art. 112 desta Lei ou o réu não opuser exceção declinatória nos casos e prazos legais. - O procedimento celetista está no artigo 800: Art Apresentada a exceção de incompetência, abrir-se-á vista dos autos ao exceto, por 24 (vinte e quatro) horas improrrogáveis, devendo a decisão ser proferida na primeira audiência ou sessão que se seguir. - Impedimento: exceção de ordem objetiva juiz é obrigado:

3 Art É defeso ao juiz exercer as suas funções no processo contencioso ou voluntário: I - de que for parte; II - em que interveio como mandatário da parte, oficiou como perito, funcionou como órgão do Ministério Público, ou prestou depoimento como testemunha; III - que conheceu em primeiro grau de jurisdição, tendo-lhe proferido sentença ou decisão; IV - quando nele estiver postulando, como advogado da parte, o seu cônjuge ou qualquer parente seu, consangüíneo ou afim, em linha reta; ou na linha colateral até o segundo grau; V - quando cônjuge, parente, consangüíneo ou afim, de alguma das partes, em linha reta ou, na colateral, até o terceiro grau; VI - quando for órgão de direção ou de administração de pessoa jurídica, parte na causa. Parágrafo único. No caso do n o IV, o impedimento só se verifica quando o advogado já estava exercendo o patrocínio da causa; é, porém, vedado ao advogado pleitear no processo, a fim de criar o impedimento do juiz. 3 - Suspeição: exceção de ordem subjetiva juiz tem a opção: Art Reputa-se fundada a suspeição de parcialidade do juiz, quando: I - amigo íntimo ou inimigo capital de qualquer das partes; II - alguma das partes for credora ou devedora do juiz, de seu cônjuge ou de parentes destes, em linha reta ou na colateral até o terceiro grau; III - herdeiro presuntivo, donatário ou empregador de alguma das partes; IV - receber dádivas antes ou depois de iniciado o processo; aconselhar alguma das partes acerca do objeto da causa, ou subministrar meios para atender às despesas do litígio; V - interessado no julgamento da causa em favor de uma das partes. Parágrafo único. Poderá ainda o juiz declarar-se suspeito por motivo íntimo. - As exceções de suspeição e impedimento servem a impedir que o juiz atue com parcialidade, seja por questões extrínsecas (impedimento - objetivas) ou por questões intrínsecas (suspeição - subjetivas); - O texto celetista acerca da exceção de suspeição está no art. 801: Art O juiz, presidente ou vogal, é obrigado a dar-se por suspeito, e pode ser recusado, por algum dos seguintes motivos, em relação à pessoa dos litigantes: a) inimizade pessoal; b) amizade íntima; c) parentesco por consangüinidade ou afinidade até o terceiro grau civil; d) interesse particular na causa. Parágrafo único - Se o recusante houver praticado algum ato pelo qual haja consentido na pessoa do juiz, não mais poderá alegar exceção de suspeição, salvo sobrevindo novo motivo. A suspeição não será também admitida, se do processo constar que o recusante deixou de

4 alegá-la anteriormente, quando já a conhecia, ou que, depois de conhecida, aceitou o juiz recusado ou, finalmente, se procurou de propósito o motivo de que ela se originou. Art Apresentada a exceção de suspeição, o juiz ou Tribunal designará audiência dentro de 48 (quarenta e oito) horas, para instrução e julgamento da exceção. 4 CONTESTAÇÃO art. 300/CPC e 847/CLT: - Estreita mais ainda do que a inicial os limites da lide para produção de prova; - A falta de apresentação implica revelia e, portanto, confissão ficta; - O momento para apresentação é na audiência inicial, após a tentativa conciliatória frustrada art. 847/CLT; - Petição inicial segue as regras específicas do art. 282/CPC e art. 840/CLT contestação, por sua vez, deve observar o conteúdo do art. 300/CPC: Art Compete ao réu alegar, na contestação, toda a matéria de defesa, expondo as razões de fato e de direito, com que impugna o pedido do autor e especificando as provas que pretende produzir. - Contestação deve apresentar toda a matéria de defesa: - Princípio da impugnação específica: não pode haver simples negativa geral, deve impugnar fato por fato; - Princípio da eventualidade: deve apresentar argumento por argumento; - Argumentos não apresentados em contestação precluem; 1- Contestação indireta contra processo - PRELIMINARES: - Réu ataca o processo e a ação: pressupostos processuais e condições da ação: - Pressupostos Processuais: art. 301, I ao VIII, e art. 267, IV, do CPC; - Condições da Ação: art. 301, X, e art. 267, VI, do CPC;

5 5 2- Contestação indireta contra mérito PREJUDICIAIS DE MÉRITO art. 269, IV, do CPC: - Réu reconhece fato constitutivo do direito do autor, mas alegas fatos impeditivos, modificativos e extintivos dos direitos alegados em inicial art. 333/CPC. - Quando acolhidas, extinguem o processo com resolução do mérito; - Prescrição: Súmulas 153 e 308 do TST; - Decadência: Súmulas 62, 100 e 403 do TST; 3- Contestação direta de mérito - MÉRITO: art. 300 e 302 do CPC; - Ataque direto aos fatos constitutivos dos direito argüidos em petição inicial, seja pela negativa de sua existência, seja pela negativa de seus efeitos; RECONVENÇÃO: peça autônoma, mas conexa à petição inicial (art. 299/CPC) - Pressupostos específicos: 1. Causa pendente; 2. Exercício no momento oportuno: art. 295/CPC; 3. Mesmo procedimento; 4. Conexão com a ação principal: art. 315/CPC (objeto / causa de pedir 103/CPC); 5. Competência do juízo. - Procedimento: 1. Escrita art. 299/CPC; 2. Requisitos art. 282/CPC e 840, 1º, CLT; 3. Prazo em audiência inicial art. 849/CLT e 316/CPC; 4. Julgamento em sentença art. 318/CPC. RECONHECIMENTO JURÍDICO DO PEDIDO art. 269, II, CPC: - Confissão se dá quanto à matéria fática reconhecimento do pedido, quanto ao próprio direito;

D A N I E L L E T O S T E 3 A N W W W. D A N I T O S T E. C O M

D A N I E L L E T O S T E 3 A N W W W. D A N I T O S T E. C O M 1. Quando se considera inepta a petição inicial? A petição é considerada inepta quando: A) Lhe faltar pedido ou causa de pedir; B) Da narração dos fatos não decorrer logicamente a conclusão; C) O pedido

Leia mais

Defesa do réu. Espécies de defesa. 1. Matéria. I. Defesa contra o processo

Defesa do réu. Espécies de defesa. 1. Matéria. I. Defesa contra o processo Defesa do réu O réu ao ser citado é levado a assumir o ônus de defender-se. Bilateralidade da ação/do processo. Ao direito de ação do autor (pretensão deduzida em juízo), equivale o direito de defesa do

Leia mais

DA RESPOSTA DO RÉU. ESPÉCIES Contestação (Art. 300 a 303 do CPC); Reconvenção (Art. 315 a 318 do CPC); Exceção (Art. 304 a 314 do CPC).

DA RESPOSTA DO RÉU. ESPÉCIES Contestação (Art. 300 a 303 do CPC); Reconvenção (Art. 315 a 318 do CPC); Exceção (Art. 304 a 314 do CPC). DA RESPOSTA DO RÉU DISPOSIÇÕES GERAIS Uma vez efetuada a citação válida, a relação jurídica processual está completa, surgindo o ônus do réu de oferecer a defesa contra fatos e direitos sustentados pelo

Leia mais

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site:

SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: SISTEMA EDUCACIONAL INTEGRADO CENTRO DE ESTUDOS UNIVERSITÁRIOS DE COLIDER Av. Governador Julio Campos, Lote 13, Loteamento Trevo Colider/MT Site: www.sei-cesucol.edu.br e-mail: sei-cesucol@vsp.com.br FACULDADE

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA DENÚNCIA FORMULADA CONTRA MÉDICO INTEGRANTE DE CONSELHO REGIONAL. IMPEDIMENTO E SUSPEIÇÃO. DESAFORAMENTO. EXPEDIENTE CFM Nº 002714, DE 10/06/96 REQUERENTE: CRM REQUERIDO :

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de contestação ou defesa, que deve trazer em seu bojo tópico próprio relativamente à prescrição quinquenal de que trata o art. 7.º, XXIX, da Constituição Federal, por meio do

Leia mais

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL SUMÁRIO Título I PETIÇÃO INICIAL PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL Fundamento legal... 15 Cabimento... 15 Espécies de ritos do processo do trabalho... 16 Rito sumário... 16 Rito sumaríssimo... 16

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 8 RESPOSTAS

ESTUDO DIRIGIDO 8 RESPOSTAS ESTUDO DIRIGIDO 8 RESPOSTAS 1. Respostas do Réu 1.1. Disserte sobre as variadas formas de resposta. RESPOSTA: O réu pode apenas defender-se das alegações e das pretensões contidas na petição inicial. A

Leia mais

AULA ) PROCEDIMENTO COMUM (art. 270 e seguintes do CPC a 318 e

AULA ) PROCEDIMENTO COMUM (art. 270 e seguintes do CPC a 318 e Turma e Ano: Master A (2015) 08/06/2015 Matéria / Aula: Direito Processual Civil / Aula 18 Professor: Edward Carlyle Silva Monitor: Alexandre Paiol AULA 18 CONTEÚDO DA AULA: Procedimento, contestação 10)

Leia mais

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO)

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO) NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO) I DA CONTESTAÇÃO OS DISPOSITIVOS CLASSICOS DA CLT: O artigo 769 da CLT (SUBSIDIÁRIA), será aplicada no processo de fase conhecimento observando todas

Leia mais

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia.

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 7 PETIÇÃO INICIAL. RESPOSTA DO RÉU. REVELIA. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal! Chegamos

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Prof.ª Maria Carolina C. de Amorim

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Prof.ª Maria Carolina C. de Amorim DIREITO PROCESSUAL CIVIL Prof.ª Maria Carolina C. de Amorim Introdução ao estudo do direito processual civil Noções gerais Regras de conduta Conflito de interesses Direito material e Direito processual

Leia mais

Aspectos Polêmicos das Exceções de Impedimento, Suspeição e Incompetência no Processo do Trabalho à Luz da CLT, do TST e do CPC.

Aspectos Polêmicos das Exceções de Impedimento, Suspeição e Incompetência no Processo do Trabalho à Luz da CLT, do TST e do CPC. Aspectos Polêmicos das Exceções de Impedimento, Suspeição e Incompetência no Processo do Trabalho à Luz da CLT, do TST e do CPC. Mauro Schiavi 1 Das exceções Uma vez citado sobre a existência de um processo,

Leia mais

Exceções Noções introdutórias

Exceções Noções introdutórias Exceções 1 1. Noções introdutórias Há mais de uma modalidade de resposta que o réu pode valer-se para apresentar em juízo. Antes da sua elaboração devem ser observadas as peculiaridades trabalhistas e

Leia mais

DA FORMAÇÃO, SUSPENSÃO E EXTINÇÃO DO PROCESSO. Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO

DA FORMAÇÃO, SUSPENSÃO E EXTINÇÃO DO PROCESSO. Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO DA FORMAÇÃO, SUSPENSÃO E EXTINÇÃO DO PROCESSO Des. ANA MARIA DUARTE AMARANTE BRITO Formação do processo ETAPAS DA ESTABILIZAÇÃO DO PROCESSO DA FORMAÇÃO DO PROCESSO Art. 262. O processo civil começa por

Leia mais

NOÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO DECORRENTE DE LANÇAMENTO DE OFÍCIO NO ESTADO DE SÃO PAULO 4ª PARTE

NOÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO DECORRENTE DE LANÇAMENTO DE OFÍCIO NO ESTADO DE SÃO PAULO 4ª PARTE NOÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO DECORRENTE DE LANÇAMENTO DE OFÍCIO NO ESTADO DE SÃO PAULO 4ª PARTE Alencar Frederico Mestre em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba;

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA A PROVA

Leia mais

Tribunais - Exercícios Direito Processual do Trabalho Exercícios Konrad Mota

Tribunais - Exercícios Direito Processual do Trabalho Exercícios Konrad Mota Tribunais - Exercícios Direito Processual do Trabalho Exercícios Konrad Mota 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ( FCC - 2012 - TRT - 6ª Região) Quanto às regras

Leia mais

Anexo II do Provimento 3/ CÍVEL SENTENÇA DE JULGAMENTO COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO (CÍVEL) :

Anexo II do Provimento 3/ CÍVEL SENTENÇA DE JULGAMENTO COM RESOLUÇÃO DE MÉRITO (CÍVEL) : ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA CENTRO ADMINISTRATIVO GOVERNADOR VIRGÍLIO TÁVORA Av. Gal. Afonso Albuquerque de Lima s/n.º - Cambeba Fortaleza Ceará CEP 60.830-120 DDD (0**85)

Leia mais

Por iniciativa das partes (art. 262 Regra Geral). Princípio da Inércia. Princípio Dispositivo. Desenvolvimento por impulso oficial.

Por iniciativa das partes (art. 262 Regra Geral). Princípio da Inércia. Princípio Dispositivo. Desenvolvimento por impulso oficial. Direito Processual Civil I EXERCÍCIOS - 2º BIMESTRE Professor: Francisco Henrique J. M. Bomfim 1. a) Explique como ocorre a formação da relação jurídica processual: R. Início do Processo: Por iniciativa

Leia mais

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA SIMULADO 1: 1a Questão: A Consolidação das Leis do Trabalho autoriza que o Direito Processual Comum seja aplicado subsidiariamente ao Direito Processual

Leia mais

Pratica Especial Civil 10 sem

Pratica Especial Civil 10 sem AULA 04 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO Competência Partes Hipóteses de cabimento Fundamento legal Fatos Fundamentação jurídica Pedido Provas Valor da causa Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento:

Leia mais

RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO

RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO ESQUELETO MEMORIZE: ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR PREJUDICIAL MÉRITO REQUERIMENTOS FINAIS - art. 847 da CLT fala em defesa - apresentada em audiência reclamado tem 20

Leia mais

Direito Processual Civil III

Direito Processual Civil III Direito Processual Civil III»Aula 19 Providências preliminares: Providências Preliminares Ação Declaratória Incidental X Providências Preliminares 1 Conceito - art. 323 do CPC - providências preliminares

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Fase Ordinatória. Professor Rafael Menezes

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Fase Ordinatória. Professor Rafael Menezes DIREITO PROCESSUAL CIVIL Fase Ordinatória Professor Rafael Menezes Fase Ordinatória Providências Preliminares Julgamento Confome o Estado do Processo Audiência Preliminar / Saneamento do Feito Providências

Leia mais

LEGALE ADVOCACIA TRABALHISTA E O NOVO CPC - II

LEGALE ADVOCACIA TRABALHISTA E O NOVO CPC - II LEGALE ADVOCACIA TRABALHISTA E O NOVO CPC - II As Defesas Trabalhistas e o Novo CPC Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado militante e especializado em Direito Empresarial

Leia mais

Processo Civil aula 1

Processo Civil aula 1 Processo Civil aula 1 * Conteúdo da aula: - Jurisdição: conceito, modalidades, estrutura jurisdicional brasileira. - Competência: conceito, espécies, argüição de incompetência, regras de fixação. - Processo:

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO AÇÃO DE ALIMENTOS COM MODELO DE PETIÇÃO INICIAL E A CONSTRUÇÃO DO PARÁGRAFO JURÍDICO A ação de alimentos é proposta, quando o autor precisa de pensão alimentícia com o objetivo de prover suas necessidades

Leia mais

Conflitos entre o Processo do

Conflitos entre o Processo do Conflitos entre o Processo do Trabalho e o Novo CPC Jordão Medeiros Jurídico Ambev AmBev Conflito x Impactos CLT Art. 769 - Nos casos omissos, o direito processual comum será fonte subsidiária do direito

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças Sumário Capítulo 1 Prazos 1.1. Forma de contagem: somente em dias úteis 1.2. Prática do ato processual antes da publicação 1.3. Uniformização dos prazos para recursos 1.4. Prazos para os pronunciamentos

Leia mais

PERÍCIA CONTÁBIL JUDICIAL O USO DA CONTABILIDADE NA PERÍCIA JUDICIAL

PERÍCIA CONTÁBIL JUDICIAL O USO DA CONTABILIDADE NA PERÍCIA JUDICIAL PERÍCIA CONTÁBIL JUDICIAL O USO DA CONTABILIDADE NA PERÍCIA JUDICIAL 1 PERÍCIA CONTÁBIL FALÊNCIA E CONCORDATA FAMÍLIA ÁREAS JURÍDICAS CÍVIL TRABALHISTA 2 NA ROMA ANTIGA O TERMO PERITIA SIGNIFICAVA: CONHECIMENTO,

Leia mais

Capítulo I PROCEDIMENTO COMUM

Capítulo I PROCEDIMENTO COMUM SUMÁRIO Capítulo I PROCEDIMENTO COMUM 1.Fundamento legal... 21 2. Finalidade... 21 3. Petição inicial... 21 3.1. Tutela provisória... 22 3.1.1. Tutela de urgência: aspectos gerais... 23 3.1.1.1. Tutela

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DE DESEMBARGADOR ( Agravo de Instrumento no. 041.2007.002068-4/001 Relator: Des. José Di Lorenzo Serpa Agravante: Município de Conde, representado por seu Prefeito Adv. Marcos Antônio Leite Ramalho Junior e outros Agravado:

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Prof. Eduardo

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. Prof. Eduardo CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Prof. Eduardo A que se presta o Código de Processo Civil? FACULDADE ASSIS GURGACZ CÓDIGO CIVIL DE 2002 Parte Geral Livro I Das pessoas Livro II Dos bens Livro III Dos fatos jurídicos

Leia mais

Direito Processual Penal

Direito Processual Penal Direito Processual Penal Procedimento Comum e Ordinário Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Processual Penal PROCEDIMENTO COMUM E ORDINÁRIO LIVRO II Dos Processos em Espécie

Leia mais

índice INTRODUÇÃO Abreviaturas... 9 Nota à 5ª edição Nota à 4" edição Nota à 3" edição Nota à 2" edição e sumário)...

índice INTRODUÇÃO Abreviaturas... 9 Nota à 5ª edição Nota à 4 edição Nota à 3 edição Nota à 2 edição e sumário)... índice Abreviaturas... 9 Nota à 5ª edição...... 25 Nota à 4" edição... 27 Nota à 3" edição......... 31 Nota à 2" edição... 33 INTRODUÇÃO 1. O chamado "processo de conhecimento"... 35 2. Do "processo de

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO PROCESSUAL CIVIL FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TÉCNICO TRT s 07 PROVAS 34 QUESTÕES (2012 2010) A apostila contém provas de Direito Processual Civil de concursos da Fundação Carlos Chagas (FCC),

Leia mais

Pratica Jurídica I Civil I 7 semestre. AULA 07 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO. Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento: autor e réu.

Pratica Jurídica I Civil I 7 semestre. AULA 07 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO. Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento: autor e réu. AULA 07 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO Competência Partes Hipóteses de cabimento Fundamento legal Fatos Fundamentação jurídica Pedido Provas Valor da causa Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento:

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Sumário Capítulo 1 A Situação Concreta... 1 1.1. Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Capítulo 2 Petições Cíveis: Procedimento Comum... 7 2.1. Petição Inicial...7

Leia mais

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS 1) Pretensão: A pretensão é o desejo de uma pessoa de submeter ao seu o interesse de terceiro, de obter certo benefício, como o recebimento de alguma importância ou a imposição

Leia mais

1. AÇÃO. 2. CONDIÇÕES DA AÇÃO. Decisão de mérito art. 269, VI, CPC

1. AÇÃO. 2. CONDIÇÕES DA AÇÃO. Decisão de mérito art. 269, VI, CPC 1. AÇÃO. Ação é o direito ao exercício da atividade jurisdicional. Características: subjetivo, público, genérico, tem como sujeito passivo o Estado. O direito de ação é uma garantia constitucional por

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I CONSULTA JURÍDICA 1.1 Consulta jurídica 1.2 Tentativa de resolução amigável 1.3 Gestão do cliente e seu processo II PATROCÍNIO

Leia mais

Parte Especial CURSOS. Código Processo Civil Parte Especial. VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ

Parte Especial CURSOS. Código Processo Civil Parte Especial. VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ CURSOS VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ A VIZAM Consultoria [www.vizam.com.br], empresa de consultoria em relações institucionais, vai promover um curso exclusivo,

Leia mais

a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta As conhecidas como preliminares:

a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta As conhecidas como preliminares: A DEFESA DO RECLAMADO 1 a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta 2 a) A defesa contra o processo As conhecidas como preliminares: Dilatórias- apenas

Leia mais

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL

DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL E DA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL CAPÍTULO I DOS LIMITES DA JURISDIÇÃO NACIONAL Em virtude do novo Código de Processo Civil (Lei 13.105, de 16.3.15, que entrará em vigor em 17.3.16, passará a vigorar as novas disposições sobre a Competência Internacional, conforme os artigos abaixo

Leia mais

Anexo IV -Modelo de Declaração de Inexistência de Impedimentos para a participação em procedimentos de contratação pública

Anexo IV -Modelo de Declaração de Inexistência de Impedimentos para a participação em procedimentos de contratação pública Anexo IV -Modelo de Declaração de Inexistência de Impedimentos para a participação em procedimentos de contratação pública Declaração de inexistência de impedimentos a que se refere a alínea 4) nº 1.2

Leia mais

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana

Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Tipo de aula. Semana PLANO DE CURSO DISCIPLINA: PROCESSO DE CONHECIMENTO (CÓD. ENEX 60123) ETAPA: 4ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências Textos,

Leia mais

https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo

https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo Novo CPC Contestação Modelo https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DA COMARCA.. / UF Pular 3 linhas Processo nº Pular 10 linhas (NOME

Leia mais

Respostas do Réu: Contestação e Reconvenção Luis Fernando Guerrero Abril 2016

Respostas do Réu: Contestação e Reconvenção Luis Fernando Guerrero Abril 2016 Respostas do Réu: Contestação e Reconvenção Luis Fernando Guerrero Abril 2016 Aspectos Gerais Instrumentos fundamentais para o exercício do contraditório e da ampla defesa (art. 5º, inc. LV da CF/88),

Leia mais

Inovações legislativas e aspectos práticos no uso da Mediação em Propriedade Intelectual. Daniela Monteiro Gabbay

Inovações legislativas e aspectos práticos no uso da Mediação em Propriedade Intelectual. Daniela Monteiro Gabbay Inovações legislativas e aspectos práticos no uso da Mediação em Propriedade Intelectual Daniela Monteiro Gabbay 30.08.2016 Escolha da mediação: arte ou ciência? Como escolher a porta mais adequada de

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO PROCESSUAL CIVIL Sandro Gilbert Martins Letícia Loureiro Correa DIREITO PROCESSUAL CIVIL Sandro Gilbert Martins Letícia Loureiro Correa 2.ª edição / 2008 2005-2008 IESDE Brasil S.A. É proibida

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA II - CCJ0046 Título SEMANA 6. Descrição

PRÁTICA SIMULADA II - CCJ0046 Título SEMANA 6. Descrição PRÁTICA SIMULADA II - CCJ0046 Título SEMANA 6 Descrição 1.Defesa do Reclamado - Aspectos Gerais Inicialmente, cabe destacar que a defesa do reclamado, no âmbito do processo do trabalho, será apresentada

Leia mais

Uma vez efetivada a citação poderão ser tomadas pelo Réu três posicionamentos:

Uma vez efetivada a citação poderão ser tomadas pelo Réu três posicionamentos: RESPOSTA DO RÉU Uma vez efetivada a citação poderão ser tomadas pelo Réu três posicionamentos: reconhecer a procedência do pedido; restar omisso, sendo revel; responder (resposta do réu); Assim, dentro

Leia mais

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ Posição legal Momento processual Necessidade, finalidade, objeto e limites Natureza jurídica Liquidação na pendência de recurso Liquidação concomitante com execução Modalidades Liquidação de sentença Sumário

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann PARTES E PROCURADORES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann PARTES E PROCURADORES PARTES E PROCURADORES Sujeitos da lide /Partes pessoa que pede ou em relação à qual se pede a tutela jurisdicional. Ex.: reclamante e reclamado (fase conhecimento); exequente e executado (execução); suscitante

Leia mais

António e Bernardete, brasileiros casados em regime de comunhão de adquiridos, domiciliados no

António e Bernardete, brasileiros casados em regime de comunhão de adquiridos, domiciliados no FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA PROVA ESCRITA DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL I - TURMA A REGENTE: PROF. DOUTOR MIGUEL TEIXEIRA DE SOUSA 09-02-2015 DURAÇÃO DA PROVA: 2H00 António e Bernardete,

Leia mais

PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação

PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação PERÍCIAS JUDICIAIS Legislação Eduardo Assis Módulo IV Tema 2 Colaboração: EDUARDA DE MELO ASSIS OAB 127.502 1- Generalidades Quando a prova de determinados fatos alegados pelas partes depender de conhecimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES INSTITUTO A VEZ DO MESTRE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU POSSIBILIDADES DE RESPOSTAS DO RÉU NO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES INSTITUTO A VEZ DO MESTRE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU POSSIBILIDADES DE RESPOSTAS DO RÉU NO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO 2 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES INSTITUTO A VEZ DO MESTRE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU POSSIBILIDADES DE RESPOSTAS DO RÉU NO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO Rio de Janeiro 2007 3 POSSIBILIDADES DE RESPOSTAS DO RÉU

Leia mais

Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações:

Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações: 1. Jurisdição internacional concorrente Art. 22 NCPC. Compete, ainda, à autoridade judiciária brasileira processar e julgar as ações: I de alimentos, quando: a) o credor tiver domicílio ou residência no

Leia mais

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS. Curso Agora eu passo (www.cursoagoraeupasso.com.br)

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS. Curso Agora eu passo (www.cursoagoraeupasso.com.br) CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 4 JUIZ E AUXILIARES DO JUÍZO Professora: Janaína Noleto Curso Agora eu passo () Olá, pessoal! Chegamos ao nosso quarto

Leia mais

- intimação MP ou interventor legal - provas - valor da causa

- intimação MP ou interventor legal - provas - valor da causa PRÁTICA CIVIL Profº Ms. Sérgio Gabriel Tema: Petição Inicial 1) Petição Inicial a) Estrutura: - Endereçamento - Preâmbulo - Fatos - Fundamentos - Pedidos e requerimentos 2) Estrutura b) Regras básicas

Leia mais

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI N 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI N 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973 LEI Nº 13.105, DE 16/03/2015 / LEI N 5.869, DE 11/01/1973 NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL COMPARADO LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI N 5.869, DE 11 DE JANEIRO DE 1973 PARTE GERAL LIVRO I DAS NORMAS

Leia mais

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória

AULA ) Competência de 1 Grau para exame da Tutela Provisória. 12.8) Natureza Jurídica da Decisão da Tutela Provisória Turma e Ano: Master A (2015) 06/07/2015 Matéria / Aula: Direito Processual Civil / Aula 23 Professor: Edward Carlyle Silva Monitor: Alexandre Paiol CONTEÚDO DA AULA: Tutela provisória : AULA 23 12.7) Competência

Leia mais

Da Resposta do Réu 1

Da Resposta do Réu 1 Da Resposta do Réu 1 1. Considerações Iniciais Em toda a relação processual, a reação à ação é uma consequência dos princípios do contraditório e da ampla defesa, os quais são garantias fundamentais, e

Leia mais

Aula 12 Meios de prova no Processo do Trabalho.

Aula 12 Meios de prova no Processo do Trabalho. Aula 12 Meios de prova no Processo do Trabalho. Documental: é a forma de uma coisa poder ser conhecida por alguém, de modo a reproduzir certa manifestação de pensamento. O documento vai representar um

Leia mais

Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares

Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares Quebrando a Banca Processo Civil Damião Soares 2014 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 2014 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Leia mais

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013 OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL S Plano de apresentação S I. INTRODUÇÃO S II. RECURSO ORDINÁRIO DE INCONSTITUCIONALIDADE S III. RECURSO EXTRAORDINÁRIO S IV. REGIME COMPARADO

Leia mais

Prefácio..., Nota do Autor Voto de Louvor do Tribunal Superior do Trabalho Livro I A JUSTIÇA DO TRABALHO

Prefácio..., Nota do Autor Voto de Louvor do Tribunal Superior do Trabalho Livro I A JUSTIÇA DO TRABALHO ÍNDICE GERAL Prefácio...,............ 19 Nota do Autor... 21 Voto de Louvor do Tribunal Superior do Trabalho... 23 Livro I A JUSTIÇA DO TRABALHO Capítulo 1 Introdução 27 1. O trabalho e sua proteção legal.

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO Previsão legal e conceito! No CPC/73 art. 890/900! No NCPC art. 539/549 Tivemos pequenas e pontuais mudanças sobre o tema.! E citado no CC no art. 334 Trata-se do depósito

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO DISSÍDIO COLETIVO 1. Conceito - Dissídio coletivo é o processo que vai dirimir os conflitos coletivos do trabalho, por meio do pronunciamento do Poder Judiciário, criando ou modificando condições de trabalho

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO. Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa. Ano lectivo de 2014/2015

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO. Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa. Ano lectivo de 2014/2015 UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa Ano lectivo de 2014/2015 DIREITO PROCESSUAL CIVIL I (Disciplina anual do 3.º ano) Responsável pela regência:

Leia mais

RESOLUÇÃO TJ/ OE/ RJ nº 35/2013

RESOLUÇÃO TJ/ OE/ RJ nº 35/2013 RESOLUÇÃO TJ/ OE/ RJ nº 35/2013 Disciplina, no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, o quantitativo de Juízes Leigos, suas atribuições e remuneração. O ÓRGÃO ESPECIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 12 PEÇA PROFISSIONAL. UnB/CESPE OAB. Direito do Trabalho

DIREITO DO TRABALHO. Exame de Ordem Prova Prático-Profissional página 1 de 12 PEÇA PROFISSIONAL. UnB/CESPE OAB. Direito do Trabalho DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Lauro, representante legal da empresa Rápido Distribuidora de Alimentos Ltda., procurou auxílio de profissional de advocacia, ao qual relatou ter sido citado para

Leia mais

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada o Semelhança advinda da sumariedade, medida cautelar e antecipação da tutela não se confundem. Distinguem as figuras no objetivo; a medida cautelar

Leia mais

Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte

Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte Teoria Geral dos Recursos 2ª Parte Olá pessoal! A prova do TRT/ES está próxima então vamos dar continuidade a nossa aula de recursos no processo do trabalho. Hoje a nossa aula será sobre recursos em espécie

Leia mais

Auxiliar Jurídico. Módulo III. Aula 01

Auxiliar Jurídico. Módulo III. Aula 01 Auxiliar Jurídico Módulo III Aula 01 1 INTRODUÇÃO O 3º módulo correspondente ao Direito Processual do Trabalho que trata de alguns mecanismos processuais dentro da Justiça do Trabalho. Estudaremos ainda,

Leia mais

TIRAS DE PROCESSO CIVIL. AS REDES SOCIAIS, A RELAÇÃO ALUNO-PROFESSOR E A (não) SUSPEIÇÃO DO JUIZ OU MEMBRO DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

TIRAS DE PROCESSO CIVIL. AS REDES SOCIAIS, A RELAÇÃO ALUNO-PROFESSOR E A (não) SUSPEIÇÃO DO JUIZ OU MEMBRO DO MINISTÉRIO PÚBLICO. TIRAS DE PROCESSO CIVIL AS REDES SOCIAIS, A RELAÇÃO ALUNO-PROFESSOR E A (não) SUSPEIÇÃO DO JUIZ OU MEMBRO DO MINISTÉRIO PÚBLICO. Rogério Montai de Lima Magistrado e Professor Doutorando em Direito Público

Leia mais

Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Direito Empresarial OAB 2ª Fase Giovani Magalhães 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. B.O.P.E. Batalhão de Operações para Provas de Empresarial: S.O.S. 2ª Fase

Leia mais

RECURSO DE APELAÇÃO. Pode ser interposto contra qualquer sentença, seja ou não de mérito;

RECURSO DE APELAÇÃO. Pode ser interposto contra qualquer sentença, seja ou não de mérito; RECURSO DE APELAÇÃO O recurso de apelação é a modalidade recursal mais importante no sistema jurídico brasileiro. Através dele se atua o princípio do duplo grau de jurisdição. O Código de Processo Civil

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Introdução 1.1 Introdução aos meios alternativos de resolução de disputas 1.2 Breve histórico 1.3 Bibliografia recomendada

SUMÁRIO. 1 Introdução 1.1 Introdução aos meios alternativos de resolução de disputas 1.2 Breve histórico 1.3 Bibliografia recomendada Livro: Curso de Arbitragem, 2ª edição Professor Francisco José Cahali SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 1 Introdução 1.1 Introdução aos meios alternativos de resolução de disputas 1.2 Breve histórico 1.3 Bibliografia

Leia mais

RECLAMAÇÃO ESCRITA OU VERBAL PROCEDIMENTO COMUM RECLAMAÇÃO ESCRITA OU VERBAL RECLAMAÇÃO ESCRITA OU VERBAL. Professor Luiz Antonio de Carvalho

RECLAMAÇÃO ESCRITA OU VERBAL PROCEDIMENTO COMUM RECLAMAÇÃO ESCRITA OU VERBAL RECLAMAÇÃO ESCRITA OU VERBAL. Professor Luiz Antonio de Carvalho DO PROCESSO JUDICIÁRIO DO TRABALHO DISSÍDIO INDIVIDUAL DISSÍDIO INDIVIDUAL O dissídio individual pode seguir os seguintes procedimentos: a) Procedimento comum; b) Procedimento sumaríssimo; c) Procedimento

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS DE PROCESSO DO TRABALHO PARTE 1 TEORIA GERAL DO PROCESSO.

QUESTÕES COMENTADAS DE PROCESSO DO TRABALHO PARTE 1 TEORIA GERAL DO PROCESSO. www.brunoklippel.com.br QUESTÕES COMENTADAS DE PROCESSO DO TRABALHO PARTE 1 TEORIA GERAL DO PROCESSO. 1. MEUS CURSOS NO ESTRATÉGIA CONCURSOS: Estão disponíveis no site do Estratégia Concursos (www.estrategiaconcursos.com.br),

Leia mais

RESUMO DOS TÓPICOS DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL II. Prof. Marcelo Amaral da Silva. DO DIREITO DE RESPOSTA art. 297 a 322 do CPC)

RESUMO DOS TÓPICOS DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL II. Prof. Marcelo Amaral da Silva. DO DIREITO DE RESPOSTA art. 297 a 322 do CPC) RESUMO DOS TÓPICOS DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL II Prof. Marcelo Amaral da Silva DO DIREITO DE RESPOSTA art. 297 a 322 do CPC) DA RESPOSTA DO REÚ O direito de ação é equânime em sua natureza jurídica ao

Leia mais

Impedimento e suspeição no Processo Civil Brasileiro. Palavras-chave: Processo Civil. Impedimento. Suspeição. Procedimento.

Impedimento e suspeição no Processo Civil Brasileiro. Palavras-chave: Processo Civil. Impedimento. Suspeição. Procedimento. 0 Impedimento e suspeição no Processo Civil Brasileiro Hylana Carvalho Motta Resumo: o presente trabalho buscou analisar os conceitos de impedimento e suspeição no âmbito do Processo Civil Brasileiro,

Leia mais

Unificação das formas de processo tramitação da ação administrativa. Dinamene de Freitas Assistente da FDUL

Unificação das formas de processo tramitação da ação administrativa. Dinamene de Freitas Assistente da FDUL Unificação das formas de processo tramitação da ação administrativa Dinamene de Freitas Assistente da FDUL Tópicos da apresentação Alguns aspetos da tramitação da ação administrativa (AA) na aproximação

Leia mais

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal

Renovação de Reconhecimento CEE/GP 266/06 de 13 de julho de D.O.E. 14/07/2006 Autarquia Municipal DE DIREITO DO TRABALHO E PREVIDÊNCIA SOCIAL 2013 EMENTA PROCESSO DO TRABALHO: Noções gerais. Análise de casos hipotéticos (direito material e processual). Prática Trabalhista. Estudo e redação de peças

Leia mais

Prezados amigos e leitores,

Prezados amigos e leitores, Prezados amigos e leitores, Abaixo, traço breves comentários sobre quatro questões de Direito Processual Civil da prova de analista da área judiciária do concurso do TRT da 1ª Região (2013). Para aprofundar

Leia mais

- É descabida a alegação de inimizade entre a pessoa jurídica do excipiente e a pessoa física do magistrado excepto.

- É descabida a alegação de inimizade entre a pessoa jurídica do excipiente e a pessoa física do magistrado excepto. e ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO EXCEÇÃO DE SUSPEIÇÃO Cá/EL N 9 200.2011.006.851-3/001. Relator :Marcos William de Oliveira, Juiz convocado em substituição

Leia mais

LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB

LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB LEGALE FORMAÇÃO DO ADVOGADO ATÉ 2 ANOS DE OAB Teoria Geral dos Recurso / Embargos de Declaração / Recurso Ordinário Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado militante

Leia mais

SUMÁRIO PARTE 1 AÇÕES PREVISTAS NO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

SUMÁRIO PARTE 1 AÇÕES PREVISTAS NO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL SUMÁRIO PARTE 1 AÇÕES PREVISTAS NO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 1 PREAMBULARMENTE: REGRAS GERAIS DA PETIÇÃO INICIAL 1.1 Da petição inicial e seus requisitos 1.2 O endereçamento 1.3 Qualificação das partes

Leia mais

EDITAL DO 7º CONCURSO DE REMOÇÃO DE SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS

EDITAL DO 7º CONCURSO DE REMOÇÃO DE SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS EDITAL DO 7º CONCURSO DE REMOÇÃO DE SERVIDORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS O Procurador-Geral de Justiça do Estado de Goiás, nos termos do artigo 15, VII da Lei Complementar Estadual n. 25,

Leia mais

REGULAMENTO Art. 1º 1º- entende-se como beneficiários descendentes de primeiro grau em linha reta ascendentes de primeiro grau em linha reta 2º-

REGULAMENTO Art. 1º 1º- entende-se como beneficiários descendentes de primeiro grau em linha reta ascendentes de primeiro grau em linha reta 2º- REGULAMENTO Art. 1º - O programa de Assistência Jurídica da Asttter é de utilização exclusiva dos associados titulares e seus beneficiários a quem concederem autorização. 1º- Para fins deste regulamento,

Leia mais

V - quando a citação for por edital, finda a dilação assinada pelo juiz. (Redação dada pela Lei nº 8.710, de 24.9.1993)

V - quando a citação for por edital, finda a dilação assinada pelo juiz. (Redação dada pela Lei nº 8.710, de 24.9.1993) Material disponibilizado pelo Professor: 1.2 intimação O CPC no artigo 234 conceitua intimação como ato pela qual se dá ciência a alguém dos atos e termo do processo, para que faça ou deixa de fazer alguma

Leia mais

DOS RECURSOS NO PROCESSO DO TRABALHO

DOS RECURSOS NO PROCESSO DO TRABALHO DOS S NO PROCESSO DO TRABALHO INTRODUÇÃO DOS S NO PROCESSO DO TRABALHO Recurso é a provocação do reexame de determinada decisão pela autoridade prolatora da decisão, objetivando a reforma ou modificação

Leia mais

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015 Código de Processo Civil. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PARTE GERAL LIVRO V DA TUTELA PROVISÓRIA

Leia mais

PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. Prof. Luis Fernando

PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. Prof. Luis Fernando PROCESSO DE EXECUÇÃO CUMPRIMENTO DE SENTENÇA Prof. Luis Fernando CPC, 475-L Art. 475-I. O cumprimento da sentença far-se-á conforme os arts. 461 e 461-A desta Lei ou, tratando-se de obrigação por quantia

Leia mais

TEORIA GERAL DOS RECURSOS

TEORIA GERAL DOS RECURSOS TEORIA GERAL DOS RECURSOS FUNDAMENTO, CONCEITO E NATUREZA JURIDICA Fundamentos: A necessidade psicológica do vencido irresignação natural da parte A falibidade humana do julgador Razões históricas do próprio

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Código da Disciplina: JUR217 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 4º

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Código da Disciplina: JUR217 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 4º PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL I Código da Disciplina: JUR217 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 4º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir

Leia mais

COMENTÁRIO A ACÓRDÃO DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA SOBRE NULIDADE, SUSPEIÇÃO E PERITO

COMENTÁRIO A ACÓRDÃO DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA SOBRE NULIDADE, SUSPEIÇÃO E PERITO COMENTÁRIO A ACÓRDÃO DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA SOBRE NULIDADE, SUSPEIÇÃO E PERITO Brasília-DF, 19 de outubro de 2014 Universidade de Brasília-UnB Faculdade de Direito - FD Disciplina: Teoria Geral

Leia mais