FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO"

Transcrição

1 FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA A PROVA Professor: Fabrício Gonçalves Zipperer Site: RESPOSTAS DO RÉU 1. Tipos de Respostas do Réu O Réu poderá oferecer, no prazo de 15 dias, em petição escrita, dirigida ao Juiz da causa, contestação, exceção e reconvenção. (art. 297 CPC/335 NCPC) Obs: O prazo acima não se aplica ao processo do trabalho, em que a resposta do réu deve ser apresentada na audiência, conforme dispõe o artigo 847 da CLT. No processo do trabalho não há qualquer exigência para que a resposta do réu seja apresentada em petição escrita. Ao contrário, o artigo 847 da CLT dispõe que a resposta do réu deve ser aduzida oralmente, em 20 minutos na audiência. Vejamos exemplos:

2 CONTESTAÇÃO 1. Estrutura O Endereçamento e a qualificação sempre serão os primeiros passos de qualquer petição. O conteúdo da contestação é composto pela Preliminar e Prejudicial de Mérito, Mérito, Impugnação aos Documentos e Requerimentos Finais. 2. Momento e forma de apresentação Art Na audiência de julgamento deverão estar presentes o reclamante e o reclamado, independentemente do comparecimento de seus representantes salvo, nos casos de Reclamatórias Plúrimas ou Ações de Cumprimento, quando os empregados poderão fazer-se representar pelo Sindicato de sua categoria. (Redação dada pela Lei nº 6.667, de ) 1º - É facultado ao empregador fazer-se substituir pelo gerente, ou qualquer outro preposto que tenha conhecimento do fato, e cujas declarações obrigarão o proponente. Art Aberta a audiência, o juiz ou presidente proporá a conciliação. Art Não havendo acordo, o reclamado terá vinte minutos para aduzir sua defesa, após a leitura da reclamação, quando esta não for dispensada por ambas as partes. 3. Ausência do Réu em audiência Art O não-comparecimento do reclamante à audiência importa o arquivamento da reclamação, e o não-comparecimento do reclamado importa revelia, além de confissão quanto à matéria de fato. Parágrafo único - Ocorrendo, entretanto, motivo relevante, poderá o presidente suspender o julgamento, designando nova audiência.

3 Art O reclamante e o reclamado comparecerão à audiência acompanhados das suas testemunhas, apresentando, nessa ocasião, as demais provas. CAPÍTULO III DA REVELIA Art Se o réu não contestar a ação, reputar-se-ão verdadeiros os fatos afirmados pelo autor. 4. Princípios Impugnação Específica e Eventualidade Impugnação Específica (art. 302 do CPC/341 do NCPC) Cabe ao Réu impugnar um a um os fatos articulados pelo autor na petição inicial. Deixando de impugnar um fato, por exemplo, será revel quanto a ele, incidindo os efeitos da revelia (presunção de veracidade). Eventualidade (art. 300 CPC/336 NCPC) A contestação não pode se limitar apenas ao principal motivo que retira o fundamento do pedido formulado. Em outras palavras, o réu deve apresentar todas as razões pelas quais entende ser improcedente o pleito (e não apenas a razão principal).

4 5. Endereçamento Endereçar para o Juízo em que está tramitando a ação. Além disso, é importante verificar, diante da informação do local do ajuizamento da RT, se a competência territorial (art. 651 CLT) está correta, pois caso o artigo 651 não tenha sido observado, o réu arguirá exceção de incompetência (art. 799 CLT), agora em preliminar de mérito na contestação. 6. Qualificação Apesar do reclamado já estar qualificado na inicial, a contestação é a sua primeira manifestação nos autos, de modo que deve apresentar seus dados da forma mais completa, assim como o autor na inicial. Dispensa-se a qualificação completa do reclamante, a qual será substituída pela expressão já qualificada nos autos em epígrafe. A contestação, no processo do trabalho, está positivada no artigo 847 da CLT. EXEMPLOS NOME DA RECLAMADA (completo, sem abreviaturas e em caixa alta), pessoa jurídica de direito privado (pessoa física; fundação pública ou privada etc...), inscrita no CNPJ sob o n, estabelecida no endereço (completo), vem respeitosamente perante Vossa Excelência, por intermédio de seu advogado adiante assinado, com escritório profissional no endereço completo (PROCURAÇÃO EM ANEXO), com fulcro no art. 847 da CLT, oferecer: CONTESTAÇÃO À Reclamatória Trabalhista que lhe move NOME DO RECLAMANTE (completo e sem abreviaturas caixa alta), já qualificado nos autos em epígrafe, pelas razões de fato e de direito a seguir expostas. 7. Preliminar de Mérito - CUIDADO COM AS ALTERAÇÕES DO NCPC A) Hipóteses do artigo 301 do CPC de 1973 Art Compete ao réu alegar, na contestação, toda a matéria de defesa, expondo as razões de fato e de direito, com que impugna o pedido do autor e especificando as provas que pretende produzir. Art Compete-lhe, porém, antes de discutir o mérito, alegar: I - inexistência ou nulidade da citação;

5 (O Reclamado recebeu a notificação um dia antes da audiência, desrespeitando o prazo estabelecido pelo artigo 841 da CLT. Portanto, a citação não pode ser considerada válida). III - inépcia da petição inicial; Art. 295 parágrafo único CPC. Considera-se inepta a petição inicial quando: I - lhe faltar pedido ou causa de pedir; II - da narração dos fatos não decorrer logicamente a conclusão; III - o pedido for juridicamente impossível; IV - contiver pedidos incompatíveis entre si. V - litispendência; Ocorre litispendência quando duas causas são idênticas quanto às partes, pedido e causa de pedir, ou seja, quando se ajuíza uma nova ação que repita outra que já fora ajuizada, sendo iguais as partes, o conteúdo e pedido formulado. A lide ainda não foi julgada, está pendente de julgamento. Vl - coisa julgada; A lide já foi apreciada e decidida judicialmente. Esta decisão transitou em julgado formando a coisa julgada. X - carência de ação; A carência de ação ocorre quando: não houver legitimidade da parte; defronte a impossibilidade jurídica do pedido; diante da falta de interesse de agir da parte. HIPÓTESES DE PRELIMINARES DO MÉRITO COM O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2015

6 B) Rito Sumaríssimo Hipóteses do Rito Sumaríssimo: Verificar se a petição inicial apresenta valor da causa inferior a 40 salários mínimos na época do ajuizamento. Em caso positivo, a demandas deverá seguir o rito sumaríssimo. Pedidos Líquidos; individualização dos valores em cada pedido formulado. Se não houver tal procedimento, deve-se aduzir em preliminar de mérito, alegando o descumprimento do artigo 852-B da CLT. Normalmente nas questões de Preliminares ocorre a extinção do feito SEM resolução do mérito art. 267 do CPC!

7 Exemplo 1 Preliminar

8 O Reclamado recebeu a notificação somente três dias antes da data de audiência, conforme comprova a data constante no aviso de recebimento. (fato) O Reclamado tem o prazo legal de, pelo menos, cinco dias após o recebimento da notificação, para elaborar a sua defesa. O artigo 841 da CLT impõe que a audiência será marcada após a primeira desimpedida, ou seja, 5 dias após o recebimento da notificação. A análise prévia deste fato se dá por força de lei, tendo em vista que o artigo 301, I do CPC, afirma que a inexistência ou nulidade de citação deve ser analisada antes do mérito, objeto da lide (fundamentação) Diante do exposto, requer a extinção do processo sem resolução do mérito, com fulcro no artigo 267, IV do CPC, tendo em vista que a nulidade de citação válida é pressuposto de desenvolvimento válido e regular do processo. Sucessivamente, caso não seja este o entendimento do Juizo, requer o adiamento da audiência. (Pedido) 8. Prejudiciais de Mérito Prescrição Bienal (art. 7, XXIX CF e art. 11 CLT) Prescrição Quinquenal (art. 7, XXIX CF e art. 11 CLT e Súmula 308 TST) Prescrição FGTS (Súmula 362 TST CUIDADE PRAZO DE 5 ANOS) 9. Mérito Elaborar uma lista com todas as questões a serem abordadas na petição inicial. Ordenar as questões por importância (Não há necessidade de estabelecer uma sequencia rigorosa de itens. O importante é contestar todos os pedidos formulados pelo autor). Abrir um item para cada questão. Exemplos: I Do Mérito A. DO CONTRATO DE TRABALHO O Reclamante foi admitido pelo Reclamado no dia para exercer a função de. No dia foi demitido sem justa causa, ocasião em que sua remuneração somava R$. B. DA REINTEGRAÇÃO Fato: Fundamento: Pedido: O Reclamante postulou... Não assiste razão ao Reclamante, pois... Diante do exposto requer a improcedência do pedido do Reclamante. C. DA DEDUÇÃO/COMPENSAÇÃO

9 Por cautela, requer a dedução dos valores pagos pelos mesmos títulos no decorrer do contrato, a fim de evitar o enriquecimento sem causa do Reclamante. D. JUROS E CORREÇÃO MONETÁRIA Diante de eventual condenação, requer que os juros e a correção monetária sejam aplicados de acordo com a previsão do artigo 459 da CLT, 883 da CLT e da Súmula 381 TST. E. RETENÇÕES FISCAIS E PREVIDENCIÁRIAS Por conseguinte, requer que as retenções fiscais, bem como os descontos previdenciários ocorram em conformidade com a Súmula 368 TST. F. IMPUGNAÇÃO A DOCUMENTOS O Reclamado impugna todos os pedidos e documentos apresentados pelo Reclamado na inicial, eis que destoam da realidade do contrato de trabalho. II DOS REQUERIMENTOS FINAIS Ante o exposto, requer provar as alegações por todos os meios de prova em direito admitidos, inclusive o depoimento pessoal do Reclamante, sob pena de confissão, nos termos da Súmula 74 do TST, bem como a juntada de novos documentos em contraprova, de acordo com o art.397/435 do NCPC. Por fim, requer o julgamento IMPROCEDENTE de todos os pedidos do Reclamante, condenando-o ao pagamento de custas processuais. Termos em que Pede deferimento Local data Advogado Primeiro exercício de Contestação João Paulo Lisboa, vendedor externo, trabalhou na empresa Atlantis Ltda, de até , quando foi dispensado sem justa causa, com aviso prévio indenizado. Recebeu as verbas rescisórias no dia , enquanto a homologação ocorreu somente no dia No dia 17 de dezembro de 2010, distribuiu sua Reclamação Trabalhista perante a 3ª. Vara do Trabalho de São Paulo, pleiteando o seguinte: a) reintegração ao emprego com base no artigo 118 da Lei n 8.213/91, pois esteve afastado por 10 dias no mês de setembro de 2010, em decorrência de acidente do trabalho. B) Horas extras e reflexos, já que trabalhava das 08hs às 19hs, de segunda a sexta feira, sem qualquer intervalo intrajornada, multa do artigo 477 da CLT. Como advogado da empresa apresente a medida cabível.

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO CONTESTAÇÃO ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA A PROVA

Leia mais

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO PEÇA TREINO JOÃO CIDADÃO distribuiu, em 07/03/2014, Reclamação Trabalhista em face de seu empregador EMPRESA VIGILÂNCIA TOTAL LTDA e do tomador de serviços, BANCO FATURANDO S/A. Alegou, em síntese, que

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ RT n 0001948-10.2011.5.03.0020 PEDRO DE OLIVEIRA (completo, sem abreviaturas e em caixa alta), pessoa física, brasileiro, estado

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS RT n 0001524-15.2011.5.04.0035 PARQUE DOS BRINQUEDOS LTDA (completo, sem abreviaturas e em caixa alta), pessoa jurídica de direito

Leia mais

Peça 1 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA... VARA DO TRABALHO DE...

Peça 1 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA... VARA DO TRABALHO DE... Peça 1 José distribuiu, em 11 de agosto de 2010, ação em face da Empresa "B", alegando, em síntese, que trabalhou desde novembro de 2001 até o dia 4 de fevereiro de 2010, ocasião em que sofreu dispensa

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 85ª VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 85ª VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 85ª VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ Reclamante: Anderson Silva Reclamados: Comércio Atacadista de Alimentos Ltda Autos nº 0055.2010.5.01.0085 COMÉRCIO ATACADISTA

Leia mais

RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO

RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO RESPOSTA DO RÉU CONTESTAÇÃO ESQUELETO MEMORIZE: ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR PREJUDICIAL MÉRITO REQUERIMENTOS FINAIS - art. 847 da CLT fala em defesa - apresentada em audiência reclamado tem 20

Leia mais

Art Extingue-se o processo, sem resolução de mérito: I - quando o juiz indeferir a petição inicial; II - quando ficar parado durante mais de 1

Art Extingue-se o processo, sem resolução de mérito: I - quando o juiz indeferir a petição inicial; II - quando ficar parado durante mais de 1 CONTESTAÇÃO PRELIMINARES - requerer extinção sem resolução do mérito (ver se é ação toda ou se apenas alguns pedidos...), nos termos do art.267 do CPC. É a denominada defesa processual. Art. 267. Extingue-se

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO ORDINÁRIO

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO ORDINÁRIO FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO RECURSO ORDINÁRIO ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA

Leia mais

AULA 9 AÇÃO TRABALHISTA Elementos da Resposta do Réu DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO

AULA 9 AÇÃO TRABALHISTA Elementos da Resposta do Réu DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO AULA 9 AÇÃO TRABALHISTA Elementos da Resposta do Réu DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO RESPOSTAS DO RÉU CONTESTAÇÃO; EXCEÇÃO (Incompetência relativa, suspeição

Leia mais

a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta As conhecidas como preliminares:

a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta As conhecidas como preliminares: A DEFESA DO RECLAMADO 1 a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta 2 a) A defesa contra o processo As conhecidas como preliminares: Dilatórias- apenas

Leia mais

2ª FASE OAB VII Exame Unificado Peça Prática. Professora Priscilla Fernandes Pereira

2ª FASE OAB VII Exame Unificado Peça Prática. Professora Priscilla Fernandes Pereira 2ª FASE OAB VII Exame Unificado Peça Prática Professora Priscilla Fernandes Pereira Caso Prático Pedro Monteiro foi contratado, em 08/05/2004, pela empresa Metalúrgica Máquinas LTDA, para exercer a função

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CAMBORIÚ SC

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CAMBORIÚ SC EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CAMBORIÚ SC ALDAIR, nacionalidade, estado civil, frentista, portador da Cédula de Identidade RG nº, inscrito no CPF nº, portador da CTPS nº, inscrito

Leia mais

Capítulo 7 Da Responsabilidade por Dano Processual 7.1 Multa sobre testemunha que Mentir Inconstitucionalidade do Art.

Capítulo 7 Da Responsabilidade por Dano Processual 7.1 Multa sobre testemunha que Mentir Inconstitucionalidade do Art. Sumário Capítulo 1 Procedimentos 1.1. Rito Ordinário 1.2. Rito Sumaríssimo 1.3. Rito Sumário (ou Rito de Alçada ) 1.3.1. Impugnação ao Valor da Causa Capítulo 2 Ajuizamento da Reclamação Trabalhista 2.1.

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR JOÃO DA SILVA, brasileiro, casado, auxiliar de produção, portador da Cédula de Identidade RG nº, inscrito no CPF sob nº, portador da

Leia mais

LEGALE O NOVO DIREITO DO TRABALHO APÓS A REFORMA

LEGALE O NOVO DIREITO DO TRABALHO APÓS A REFORMA LEGALE O NOVO DIREITO DO TRABALHO APÓS A REFORMA O momento para apresentar defesa, comparecimento em audiência (preposto - arquivamento - revelia - confissão) Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências

Leia mais

Contestação: É a principal modalidade de defesa do réu. A CLT faz menção à defesa do réu nos arts. 847 e 848 da CLT.

Contestação: É a principal modalidade de defesa do réu. A CLT faz menção à defesa do réu nos arts. 847 e 848 da CLT. RESPOSTA DO RÉU CPC: contestação, exceção e reconvenção. São modalidades de defesa do réu de acordo com o 1- CONTESTAÇÃO Contestação: É a principal modalidade de defesa do réu. A CLT faz menção à defesa

Leia mais

Audiência Trabalhista

Audiência Trabalhista Direito Processual do Trabalho Audiência Trabalhista Oportunidade de ouvir das partes e instruir o processo. É o ato público no qual o réu pode apresentar sua resposta à petição inicial, o juiz procede

Leia mais

Parte 1 AUDIÊNCIA TRABALHISTA

Parte 1 AUDIÊNCIA TRABALHISTA SUMÁRIO Parte 1 AUDIÊNCIA TRABALHISTA Capítulo 1 Procedimentos... 3 1.1. Rito Ordinário... 3 1.2. Rito Sumaríssimo... 6 1.3. Rito Sumário (ou Rito de Alçada )... 9 1.3.1. Impugnação ao Valor da Causa...

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PRÁTICA E MODELO. Art A petição inicial indicará: I o juízo a que é dirigida;

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PRÁTICA E MODELO. Art A petição inicial indicará: I o juízo a que é dirigida; 1 PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PRÁTICA E MODELO 1. Aspectos Legais Artigos Importantes: Forma da Reclamação (art. 840 CLT e 282 CPC) Algumas modificações foram feitas pelo novo CPC em relação

Leia mais

DICAS IMPORTANTES PARA A RE

DICAS IMPORTANTES PARA A RE DICAS IMPORTANTES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA: 1. LEIA ATENTAMENTE OS ENUNCIADO!! 2. NA PEÇA, quando for desenvolver as teses: lembre-se de que elas precisam contemplar a informação do enunciado, que você

Leia mais

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Sumário PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO 1.1. Gratuidade de Justiça... 17 1.2. Honorários Advocatícios... 18 1.3. Homologação de Verbas Rescisórias e Multa do art. 477, 8o, da

Leia mais

SUMÁRIO PARTE 1 PARTE 2 DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA...17 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO...23

SUMÁRIO PARTE 1 PARTE 2 DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA...17 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO...23 SUMÁRIO PARTE 1 DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA...17 PARTE 2 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO...23 2.1. Gratuidade de justiça...23 2.2. Honorários advocatícios...24 2.3. Homologação

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM Aldair procurou assistência de profissional da advocacia, relatando que fora contratado, em 1º/10/2010, para trabalhar como frentista no Posto Régis e Irmãos, em Camboriú SC, e imotivadamente demitido,

Leia mais

Primeiro exercício de Recurso Ordinário

Primeiro exercício de Recurso Ordinário Primeiro exercício de Recurso Ordinário Em audiência de instrução realizada nos autos da reclamação trabalhista promovida por Genivalda da Silva em face da empresa Construíndo Construções Ltda, o Juiz

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA Faculdades Integradas do Brasil - UNIBRASIL Faculdade de Direito Direito do Trabalho Professor: Fabrício Gonçalves Zipperer Prática Trabalhista Petição Inicial Ano: 2012 MATERIAL DE APOIO PARA O ALUNO

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CONTESTAÇÃO:

CONSIDERAÇÕES SOBRE A CONTESTAÇÃO: 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO PROFESSORA EVELIN POYARES Respostas do Reclamado CONSIDERAÇÕES SOBRE A CONTESTAÇÃO: 2.1. MODALIDADES DE RESPOSTAS DO RÉU São respostas do réu: CONTESTAÇÃO; EXCEÇÃO; 2.2. CONTESTAÇÃO

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL. ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!!

PETIÇÃO INICIAL. ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!! PETIÇÃO INICIAL ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!! ENDEREÇAMENTO EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE... art. 651 do CPC QUALIFICAÇÃO

Leia mais

PRÁTICA TRABALHISTA 29/08/2018. Curso de Estágio Profissional Unip

PRÁTICA TRABALHISTA 29/08/2018. Curso de Estágio Profissional Unip PRÁTICA TRABALHISTA Curso de Estágio Profissional Unip - A trabalhou na empresa B (metalúrgica) em São Paulo Capital no período de 12/01/2016 a 25/04/2017, quando foi demitido sem justa causa. Desenvolvia

Leia mais

ESQUELETO PETIÇÃO INICIAL: ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS

ESQUELETO PETIÇÃO INICIAL: ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS PETIÇÃO INICIAL ESQUELETO PETIÇÃO INICIAL: ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Os requisitos da CLT art. 840: Art. 840. A reclamação poderá ser escrita ou verbal.

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Audiência. Conciliação. Resposta do Réu. Razões Finais Parte 3

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Audiência. Conciliação. Resposta do Réu. Razões Finais Parte 3 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Audiência. Conciliação. Resposta do Réu. Razões Finais Parte 3 Prof ª. Eliane Conde Razões Finais (art. 850 da CLT): Terminada a instrução,

Leia mais

Hermes OAB - 2ª fase - Prática Trabalhista PEÇA

Hermes OAB - 2ª fase - Prática Trabalhista PEÇA Hermes Cramacon @hermescramacon OAB - 2ª fase - Prática Trabalhista PEÇA Geraldo Santos ajuizou reclamação trabalhista, pelo rito ordinário, em face do Banco da Praça S/A (RT nº 1234/2011), em 13.07.2011,

Leia mais

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Sumário PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO 1.1. Gratuidade da Justiça... 19 1.1.1. Beneficiários da gratuidade da justiça... 19 1.1.2. Abrangência do benefício da gratuidade da

Leia mais

CONTESTAÇÃO 16/03/2018. Unip - CEP - DIREITO MATERIAL LEI /17. Publicação 14/07/2017 Início de vigência: 11 de novembro de 2017

CONTESTAÇÃO 16/03/2018. Unip - CEP - DIREITO MATERIAL LEI /17. Publicação 14/07/2017 Início de vigência: 11 de novembro de 2017 CONTESTAÇÃO Unip - CEP A promoveu reclamação trabalhista em face de B em 10/01/17, pleiteando equiparação salarial com o paradigma C. A Alegou ter sido o paradigma admitido em 25/07/2000, promovido a ajudante

Leia mais

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Sumário PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO 1.1. Gratuidade da Justiça... 19 1.1.1. Beneficiários da Gratuidade da Justiça... 19 1.1.2. Abrangência do Benefício da Gratuidade da

Leia mais

PROCESSO DO TRABALHO PROF. JOSÉ GERVÁSIO ABRÃO MEIRELES

PROCESSO DO TRABALHO PROF. JOSÉ GERVÁSIO ABRÃO MEIRELES PROCESSO DO TRABALHO PROF. JOSÉ GERVÁSIO ABRÃO MEIRELES 1 1- COMPETÊNCIA 2 CF Art. 114. Compete à Justiça do Trabalho processar e julgar: I as ações oriundas da relação de trabalho, abrangidos os entes

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE José, brasileiro, estado civil, portador do RG, CPF, CTPS, residente e domiciliado na, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, conforme procuração

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP KID PAPÃO,

Leia mais

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO)

NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO) NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A CLT (DA CONTESTAÇÃO) I DA CONTESTAÇÃO OS DISPOSITIVOS CLASSICOS DA CLT: O artigo 769 da CLT (SUBSIDIÁRIA), será aplicada no processo de fase conhecimento observando todas

Leia mais

LEGALE PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO

LEGALE PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO LEGALE PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO Defesa Trabalhista Pregão - Conciliação Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado militante e especializado em Direito Empresarial

Leia mais

EXAME DE ORDEM XXVII DIREITO DO TRABALHO Prática trabalhista

EXAME DE ORDEM XXVII DIREITO DO TRABALHO Prática trabalhista EXAME DE ORDEM XXVII DIREITO DO TRABALHO Prática trabalhista Petição inicial Como identificar a peça? Quais petições iniciais podem ser cobradas? Petição inicial padrão Consignação em pagamento Inquérito

Leia mais

PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO SUMÁR

PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO SUMÁR AULA DE PROCESSO DO TRABALHO Prof. Maria Cláudia Felten PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA Recorrente: Rildo Jaime Recorrido: Soluções Empresariais Ltda. e Metalúrgica Cristina Ltda. Processo n. 644-44.2001.5.03.0015

Leia mais

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob Excelentíssimo Juiz do Trabalho da Vara de Jose da Silva, nacionalidade, residente na, estado civil, CTPS no., RG, CPF, filho de, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, com procuração em anexo

Leia mais

A Reclamante iniciou suas atividades em 10/12/2000, tendo a sua CTPS anotada três meses depois. Desde o primeiro dia de serviço já estavam presentes

A Reclamante iniciou suas atividades em 10/12/2000, tendo a sua CTPS anotada três meses depois. Desde o primeiro dia de serviço já estavam presentes EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA BARRANCOS, brasileira, casada, desempregada, RG 2357965/PR, inscrita no CPF sob o n.º 568.457-963-29, portadora da CTPS 54621,

Leia mais

A DEFESA DO RECLAMADO

A DEFESA DO RECLAMADO A DEFESA DO RECLAMADO 1 a) A defesa contra o processo - dilatória - peremptória b) A defesa de mérito - direta - indireta 2 a) A defesa contra o processo As conhecidas como preliminares: Dilatórias- apenas

Leia mais

Anderson Nogueira Oliveira Doutorando em Direito pela PUC-SP Mestre em Direito - Professor Universitário - Advogado CONTESTAÇÃO

Anderson Nogueira Oliveira Doutorando em Direito pela PUC-SP Mestre em Direito - Professor Universitário - Advogado CONTESTAÇÃO 1. Previsão Legal CONTESTAÇÃO CPC -Art. 335. O réu poderá oferecer contestação, por petição, no prazo de 15 (quinze) dias, cujo termo inicial será a data: I - da audiência de conciliação ou de mediação,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO PI

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO PI FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO PI ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA A PROVA Professor:

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio individual e Dissídio coletivo Revelia e seus efeitos Prof ª. Eliane Conde Revelia e seus efeitos Art. 844 da CLT - O não-comparecimento do reclamante à audiência

Leia mais

SENTENÇA. 4ª Vara do Trabalho de Campinas Autos nº I - Relatório

SENTENÇA. 4ª Vara do Trabalho de Campinas Autos nº I - Relatório 4ª Vara do Trabalho de Campinas Autos nº 790-2006-0 SENTENÇA I - Relatório ARMELINO DONIZETE QUAGLIATO, devidamente qualificado a fls. 02, ajuizou ação trabalhista em face de GUARANI FUTEBOL CLUBE, também

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM... ª VARA DO TRABALHO DE...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM... ª VARA DO TRABALHO DE... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM.... ª VARA DO TRABALHO DE...... (nome completo),... (nacionalidade),... (estado civil),... (profissão), nascido em... (dia, mês, ano), portador

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA Recorrente: Rildo Jaime Recorrido: Soluções Empresariais Ltda. e Metalúrgica Cristina Ltda. Processo n. 644-44.2001.5.03.0015

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) FEDERAL DA 3ª VARA EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) FEDERAL DA 3ª VARA EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) FEDERAL DA 3ª VARA EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Processo nº 000000-00.2016.403.6103. Autor(a): MONIQUE SANTANA DA RESTAURAÇÃO Réu: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO

Leia mais

AULA ) PROCEDIMENTO COMUM (art. 270 e seguintes do CPC a 318 e

AULA ) PROCEDIMENTO COMUM (art. 270 e seguintes do CPC a 318 e Turma e Ano: Master A (2015) 08/06/2015 Matéria / Aula: Direito Processual Civil / Aula 18 Professor: Edward Carlyle Silva Monitor: Alexandre Paiol AULA 18 CONTEÚDO DA AULA: Procedimento, contestação 10)

Leia mais

LEGALE ADVOCACIA TRABALHISTA E O NOVO CPC - II

LEGALE ADVOCACIA TRABALHISTA E O NOVO CPC - II LEGALE ADVOCACIA TRABALHISTA E O NOVO CPC - II As Defesas Trabalhistas e o Novo CPC Professor: Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado militante e especializado em Direito Empresarial

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Petição Inicial e Pedido. Prof ª. Eliane Conde

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Petição Inicial e Pedido. Prof ª. Eliane Conde DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Petição Inicial e Pedido Prof ª. Eliane Conde Fase postulatória do processo A petição apta deve observar os requisitos previstos no

Leia mais

20 (vinte) minutos para aduzir sua defesa DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. (Semana 8 do Plano de Ensino)

20 (vinte) minutos para aduzir sua defesa DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. (Semana 8 do Plano de Ensino) DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO (Semana 8 do Plano de Ensino) Professora: Maria Inês Gerardo Facebook: Maria Inês Gerardo Conteúdo Programático desta aula Defesa do reclamado: oral ou escrita; contestação;

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. PETIÇÃO INICIAL. e AUDIÊNCIA TRABALHISTA ATÉ DEFESA DO RÉU Prof. Antero Arantes Martins (13/03) PETIÇÃO INICIAL. Introdução. Já vimos que o Juiz não

Leia mais

TWITTS - HERMES CRAMACON (Princípios do Direito do Trabalho, reclamação trabalhista e procedimentos)

TWITTS - HERMES CRAMACON (Princípios do Direito do Trabalho, reclamação trabalhista e procedimentos) TWITTS - HERMES CRAMACON (Princípios do Direito do Trabalho, reclamação trabalhista e procedimentos) 1 - Princípio protetor visa proteção ao empregado, parte hipossuficiente da relação jurídica laboral.

Leia mais

AGRADECIMENTOS INTRODUÇÃO... 19

AGRADECIMENTOS INTRODUÇÃO... 19 Sumário AGRADECIMENTOS... 17 INTRODUÇÃO... 19 Capítulo 1 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO... 23 1. Conceito... 23 2. Autonomia do direito processual do trabalho... 23 3. Fontes do direito processual do trabalho...

Leia mais

ACIDENTE DO TRABALHO PRESCRIÇÃO TRABALHISTA ARTIGO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

ACIDENTE DO TRABALHO PRESCRIÇÃO TRABALHISTA ARTIGO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL PRESCRIÇÃO TRABALHISTA ARTIGO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 7º. São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social:... XXIX ação, quanto aos créditos

Leia mais

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA BARRANCOS, brasileira, casada, profissão..., residente e domiciliada na Rua do Aeroporto, nº 250, Afonso Pena, São José dos

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA... VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA... VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO Hermes Cramacon @hermescramacon OAB - 2ª fase - Prática Trabalhista PEÇA 01 Mauro, residente e domiciliado na cidade de Barueri, foi contratado na função de auxiliar de serviços gerais pela empresa ABC

Leia mais

- A petição inicial é a peça exordial para a inauguração do processo civil, independente do rito.

- A petição inicial é a peça exordial para a inauguração do processo civil, independente do rito. PROCEDIMENTO/RITO - Princípio da Inércia do Juiz: Considerando que é o julgador da demanda, o juiz não age de ofício nos processos, devendo sempre ser provocado. Dessa forma, faz-se necessária a iniciativa

Leia mais

Peça 1 Faixa de Nota Quesitos Avaliados Valore 2 Fundamentação e Consistência

Peça 1 Faixa de Nota Quesitos Avaliados Valore 2 Fundamentação e Consistência Peça 1 Alberto foi contratado por uma empresa de prestação de serviços de informática, na função de técnico, para trabalhar em favor de um grande banco privado. Depois de dois anos, ao verificar que seu

Leia mais

ARYANNA LINHARES RENATO SARAIVA TRABALHO PRÁTICA. revista e atualizada. edição 2ª FASE

ARYANNA LINHARES RENATO SARAIVA TRABALHO PRÁTICA. revista e atualizada. edição 2ª FASE ARYANNA LINHARES RENATO SARAIVA TRABALHO PRÁTICA 10 edição revista e atualizada 2ª FASE 2018 CAPÍTULO 1 RECLAMAÇÃO TRABALHISTA 1.1. ESTRUTURA DA RECLAMAÇÃO TRABALHISTA O primeiro passo para elaborar uma

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA

Leia mais

ARYANNA LINHARES RENATO SARAIVA TRABALHO PRÁTICA. revista e atualizada. edição 2ª FASE

ARYANNA LINHARES RENATO SARAIVA TRABALHO PRÁTICA. revista e atualizada. edição 2ª FASE ARYANNA LINHARES RENATO SARAIVA TRABALHO PRÁTICA 11 edição revista e atualizada 2ª FASE 2019 CAPÍTULO 1 RECLAMAÇÃO TRABALHISTA 1.1. ESTRUTURA DA RECLAMAÇÃO TRABALHISTA O primeiro passo para elaborar uma

Leia mais

https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo

https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo Novo CPC Contestação Modelo https://youtu.be/tjdwx0oqbrg Novo CPC Contestação Modelo EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DA COMARCA.. / UF Pular 3 linhas Processo nº Pular 10 linhas (NOME

Leia mais

AULA 8 AÇÃO TRABALHISTA Elementos da Reclamação Trabalhista DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO

AULA 8 AÇÃO TRABALHISTA Elementos da Reclamação Trabalhista DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO AULA 8 AÇÃO TRABALHISTA Elementos da Reclamação Trabalhista DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO AÇÕES TRABALHISTAS DISSÍDIOS INDIVIDUAIS; COLETIVAS CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

M S ADVOGADOS. Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP

M S ADVOGADOS. Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP 1 de 7 18/07/2014 11:03 M S ADVOGADOS Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP 51030-020. Fones/Fax: (81) 3204.4039 (81) 9431.9566 (81) 9543.4554 (81) 9267.4370 EXCELENTÍSSIMO(A)

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM RO OAB/PR 2005.1 João Protetor, brasileiro, casado, vigilante, portador da CTPS n. 3333, série 033, residente e domiciliado na rua Rui Barbosa, 33, Curitiba, Paraná, CEP 80100-000, ingressou com reclamatória

Leia mais

DEBATE DA QUESTÃO: AUSÊNCIA DE DOCUMENTOS DA RECLAMADA, NÃO SE DESINCUMBINDO DE PROVAR A NÃO INSALUBRIDADE DO

DEBATE DA QUESTÃO: AUSÊNCIA DE DOCUMENTOS DA RECLAMADA, NÃO SE DESINCUMBINDO DE PROVAR A NÃO INSALUBRIDADE DO DEBATE DA QUESTÃO: AUSÊNCIA DE DOCUMENTOS DA RECLAMADA, NÃO SE DESINCUMBINDO DE PROVAR A NÃO INSALUBRIDADE DO LOCAL x NECESSIDADE DE PERICIA (SENTENÇA VIOLARIA O ART. 195, 2º DA CLT). SENTENÇA PJe-JT RELATÓRIO

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação

ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA. Respostas do Réu - Contestação ESTÁGIO SUPERVISIONADO IV PRÁTICA TRABALHISTA 1 Respostas do Réu - Contestação INTRODUÇÃO - Princípio da bilateralidade: AÇÃO E REAÇÃO - juiz só pode decidir nos autos após ter ouvido as duas partes, a

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA...ª VARA DO TRABALHO DE...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA...ª VARA DO TRABALHO DE... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA...ª VARA DO TRABALHO DE... RECLAMAÇÃO TRABALHISTA AUTOS DE PROCESSO nº...... (razão social completa), pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF...,

Leia mais

Processo do Trabalho

Processo do Trabalho AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO 1. A audiência é um ato público e solene (artigos 813 e 815 da CLT); Exemplo: A União deve indenizar em R$ 10 mil o dano moral sofrido por um trabalhador que teve que se retirar

Leia mais

Audiência: Pregão / Conciliação / Defesa

Audiência: Pregão / Conciliação / Defesa LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO Audiência: Pregão / Conciliação / Defesa Professor: Rogério Martir Doutor em Ciências Jurídicas e Sociais, Advogado Especializado em Direito Empresarial e Direito

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 22ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 22ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 22ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP. Processo nº 0000692-29.2015.5.02.0022 NEIDE DE SOUZA OLIVEIRA FREITAS, qualificada nos autos da Reclamação Trabalhista proposta

Leia mais

AUDIÊNCIA TRABALHISTA 1. O jus postulandi... 5

AUDIÊNCIA TRABALHISTA 1. O jus postulandi... 5 Introdução... 2 Conteúdo... 3 Audiência contínua... 3 Presença das partes à audiência... 3 Do não comparecimento das partes e suas consequências... 4 O jus postulandi... 5 Atividade proposta... 6 Referências...

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL O(A) examinando(a) deverá apresentar uma ação de consignação em pagamento endereçada ao juiz do trabalho. Como fundamento, deverá argumentar a rescisão por abandono de emprego, invocando

Leia mais

Direito Processual Civil

Direito Processual Civil Direito Processual Civil Da Contestação e da Reconvenção Professor Giuliano Tamagno www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Processual Civil DA CONTESTAÇÃO E DA RECONVENÇÃO DA CONTESTAÇÃO Art. 335. O réu

Leia mais

2ª FASE OAB VII Exame Unificado Peça Prática. Professora Priscilla Fernandes Pereira

2ª FASE OAB VII Exame Unificado Peça Prática. Professora Priscilla Fernandes Pereira 2ª FASE OAB VII Exame Unificado Peça Prática Professora Priscilla Fernandes Pereira Caso Prático Lucia Santos, assistida por advogado particular, ajuizou reclamação trabalhista pelo rito ordinário, em

Leia mais

P PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 2ª Região 2ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO CAPITAL 1. P Processo nº

P PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 2ª Região 2ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO CAPITAL 1. P Processo nº 1 TERMO DE AUDIÊNCIA Processo nº 0002679342013502002 Aos dois dias do mês de maio do ano de dois mil e dezesseis, às 17h15, na sala de audiências desta 2ª Vara do Trabalho de São Paulo, por ordem do MM.Juiz,

Leia mais

OAB 2ª fase 2º LABORATÓRIO DE PEÇAS PRÁTICA TRABALHISTA Professora Renata Orsi

OAB 2ª fase 2º LABORATÓRIO DE PEÇAS PRÁTICA TRABALHISTA Professora Renata Orsi 2º LABORATÓRIO DE PEÇAS PRÁTICA TRABALHISTA Professora Renata Orsi Twitter: @ProfRenataOrsi Peça Prático-Profissional Fernando Lopes foi contratado pela empresa Distribuidora FAST de Alimentos LTDA., para

Leia mais

STEVÃO GANDH DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

STEVÃO GANDH DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO STEVÃO GANDH DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Conteúdo Programático Anal Jud. Área Jud. Formas de solução de conflitos trabalhistas. Fontes do Direito Processual do Trabalho; Justiça do Trabalho: organização

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DA VARA DO TRABALHO DE BRASÍLIA/DF (em caixa alta e negrito, tamanho 13)

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DA VARA DO TRABALHO DE BRASÍLIA/DF (em caixa alta e negrito, tamanho 13) EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DA VARA DO TRABALHO DE BRASÍLIA/DF (em caixa alta e negrito, tamanho 13) QUALIFICAÇÃO DO RECLAMANTE (nome em caixa alta e negrito) (informar a data de nascimento, nome

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM PEÇA 3 SIMULADO 2

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM PEÇA 3 SIMULADO 2 PEÇA 3 SIMULADO 2 Kelly Amaral, assistida por advogado particular não vinculado ao seu sindicato de classe, ajuizou reclamação trabalhista, pelo Rito Ordinário, em face do Banco Finanças S/A (RT nº 1234/2013),

Leia mais

Aula 91. Contestação (Parte IV): Art Incumbe ao réu, antes de discutir o mérito, alegar: II - incompetência absoluta e relativa.

Aula 91. Contestação (Parte IV): Art Incumbe ao réu, antes de discutir o mérito, alegar: II - incompetência absoluta e relativa. Turma e Ano: Direito Processual Civil - NCPC (2016) Matéria / Aula: Contestação. Defesas processuais Artigo 337, II a VII / 91 Professor: Edward Carlyle Monitora: Laryssa Marques Aula 91 Contestação (Parte

Leia mais

Direito Processual. do Trabalho. Petição Inicial

Direito Processual. do Trabalho. Petição Inicial Direito Processual do Trabalho Petição Inicial Forma de Reclamação Nos dissídios individuais a forma de reclamação se dá pela Ação Trabalhista: Se caracteriza pela prevalência de interesses pessoais. Petição

Leia mais

Contestação / Reconvenção OAB 2ª. Fase

Contestação / Reconvenção OAB 2ª. Fase RESPOSTA DO RÉU Art. 299. A contestação e a reconvenção serão oferecidas simultaneamente, em peças autônomas; a exceção será processada em apenso aos autos principais. Oferecimento simultâneo de contestação

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Audiência. Conciliação. Resposta do Réu. Razões Finais Parte 2

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Audiência. Conciliação. Resposta do Réu. Razões Finais Parte 2 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Dissídio Individual e Dissídio Coletivo Audiência. Conciliação. Resposta do Réu. Razões Finais Parte 2 Prof ª. Eliane Conde Abertura Presença das Partes à Audiência: Art.

Leia mais

AULA 11 AUDIÊNCIAS TRABALHSITAS DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO

AULA 11 AUDIÊNCIAS TRABALHSITAS DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO AULA 11 AUDIÊNCIAS TRABALHSITAS DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO AUDIÊNCIAS Públicas; Realizadas em dias úteis; Das 8 às 18h; Duração de no máximo 5 horas seguidas,

Leia mais

D A N I E L L E T O S T E 3 A N W W W. D A N I T O S T E. C O M

D A N I E L L E T O S T E 3 A N W W W. D A N I T O S T E. C O M 1. Quando se considera inepta a petição inicial? A petição é considerada inepta quando: A) Lhe faltar pedido ou causa de pedir; B) Da narração dos fatos não decorrer logicamente a conclusão; C) O pedido

Leia mais

Pratica Especial Civil 10 sem

Pratica Especial Civil 10 sem AULA 04 Contestação ESTRUTURA BÁSICA DA CONTESTAÇÃO Competência Partes Hipóteses de cabimento Fundamento legal Fatos Fundamentação jurídica Pedido Provas Valor da causa Juiz da causa (art. 297, CPC). Tratamento:

Leia mais

Processo Civil Prof. Darlan Barroso Aula de Respostas do Réu 2ª Fase Civil XXIII Exame de Ordem

Processo Civil Prof. Darlan Barroso Aula de Respostas do Réu 2ª Fase Civil XXIII Exame de Ordem Enunciado aula de defesa Processo Civil Lupicínio, em 2000, realizou doação de um de seus imóveis ao sobrinho Ticio com a finalidade de permitir que ele pudesse realizar casamento com Aurélia, constando

Leia mais

É o relatório do essencial.

É o relatório do essencial. 08ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP Processo nº00009712820135020008 TERMO DE AUDIÊNCIA Na Sala de Audiências desta MM. Vara, sob a Presidência da Exma. Juíza do Trabalho Auxiliar, Dra. Márcia Vasconcellos

Leia mais

PARTES, REPRESENTAÇÃO E SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL

PARTES, REPRESENTAÇÃO E SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL PARTES, REPRESENTAÇÃO E SUBSTITUIÇÃO PROCESSUAL Art. 791 - Os empregados e os empregadores poderão reclamar pessoalmente perante a Justiça do Trabalho e acompanhar as suas reclamações até o final. 1º -

Leia mais

Atos de Ofício Cíveis Aula 04. Danny Martins.

Atos de Ofício Cíveis Aula 04. Danny Martins. Atos de Ofício Cíveis Aula 04 Danny Martins danny2010@uol.com.br DISTRIBUIÇÃO DE FEITOS Quando houver mais de uma vara, a petição inicial deverá ser distribuída; Quando houver apenas uma, a petição será

Leia mais