PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO"

Transcrição

1 ACÓRDÃO 9a Turma PROCESSO: RTOrd MULTA DO ARTIGO 477 DA CLT. JUSTA CAUSA ELIDIDA. Incabível a aplicação da multa prevista no artigo 477 da CLT em razão da elisão da justa causa, quando o empregador demonstrou o animus de satisfazer suas obrigações ao quitar as verbas rescisórias que entendeu devidas quando da rescisão contratual. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de recurso ordinário em que figura como Recorrente FABIANA ANTUNES DOS SANTOS (Drª Elvira Vieira Cunha, OAB/RJ D) e como Recorrida ATACADÃO DISTRIBUIÇÃO COMÉRCIO E INDÚSTRIA LTDA. (Drª andrea Mendonça de A. Perez, OAB/RJ nº D). Insurge-se a Ré contra a r. sentença de fls.125/130, acrescida pela de fls. 153, da lavra do Excelentíssimo Juiz Henrique C. Freitas Santos, proferida pela MM. 4ª Vara do Trabalho de Nova Iguaçu, que julgou procedentes em parte os pedidos constantes da petição inicial, reconhecendo a demissão sem justa causa e condenando a ré ao pagamento das verbas rescisórias, dano moral e entrega das guias para recebimento do seguro desemprego e saque do fundo de garantia e declarou o autor litigante de má fé, condenando-o ao pagamento de indenização de 10% sobre o valor da causa em favor da reclamada

2 Manifesta o acionante seu inconformismo, às fls. 133/150, aduzindo que, por se tratar de ação onde se pretendeu a elisão da justa causa imputada à autora, acusada de participação em esquema de desvio de mercadorias, é injusta a condenação por litigância de má fé, pelo fato de ter solicitado o registro, em ata, de que havia no recinto, no momento da audiência, mais pessoas do que deveria. Acrescenta que, além de ladra a ré ainda fez com que a autora passasse por pessoa sem índole que tenta se utilizar de subterfúgios para obter vantagem ilícita. Acredita que tal fato, de elevado nível de comprometimento da intimidade da autora somente poderá ser reparado com a majoração do valor fixado para indenização do dano moral. Afirma que nos finais de semana e feriados gozava de apenas 20 minutos de intervalo para o almoço. registros nos cartões de ponto. Aduz que faz jus às horas extras, bastando para tanto, averiguar os Assevera que o documento de fls. 73 não pode ser considerado como quitação para o saldo de salários, eis que o valor ali expresso não guarda equivalência com o valor efetivamente devido, não havendo, além disso, comprovação de que tenha se beneficiado daqueles. Pugna pela aplicação das multas previstas nos artigos 467 e 477, 8º, da CLT, sob a alegação de que a manutenção da r. sentença de origem somente incentiva os empregadores a aplicar a justa causa como forma de se livrarem das multas em razão do atraso no pagamento das verbas rescisórias.. Contrarrazões às fls. 160/163. Deixo de encaminhar os autos ao Ministério Público do Trabalho, eis

3 que não configuradas quaisquer das hipóteses previstas no artigo 85, I, do Regimento Interno, do E. Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região. É o relatório. FUNDAMENTAÇÃO CONHECIMENTO O recurso é tempestivo. Partes intimadas para ciência da decisão no dia 13/07/2009 (2ª feira); recurso interposto no dia 17/07/2009; parte bem representada; dele conheço, exceto quanto a matéria horas extras por não ter sido objeto do pedido. MÉRITO DA MAJORAÇÃO DO DANO MORAL E DA LITIGÂNCIA DE MA-FE A autora aduz que é injusta a condenação por litigância de má fé, pelo fato de ter solicitado o registro, em ata, de que havia no recinto, no momento da audiência, mais pessoas do que deveria. Acrescenta que, além de ladra a ré ainda fez com que a autora passasse por pessoa sem índole que tenta se utilizar de subterfúgios para obter vantagem ilícita, quando solicitou que fosse registrado em ata o número de pessoas que assistiam a audiência. Acredita que tal fato, de elevado nível de comprometimento da intimidade somente poderá ser reparado com a majoração do valor fixado para indenização do dano moral. O MM. Juízo de origem entendeu por bem condenar a autora ao pagamento de indenização correspondente a 10% do valor da causa, em favor da reclamada, em razão de ter requerido que se fizesse constar em ata que haviam

4 pessoas no momento da audiência, além das partes e patronos, para que ficasse, então, caracterizada a tentativa da ré em expor os fatos ocorrido com a autora perante aquelas pessoas. Acrescentou que se realmente não desejasse aquela exposição, deveria ter a autora requerido que a instrução fosse realizada em segredo de justiça, mas ardilosamente preferiu aguardar que todos os fatos viessem a lume, para declarar que estava havendo exposição excessiva. Inicialmente, cumpre registrar que o artigo 93, inciso IX determina que todos os julgamentos dos órgãos do Poder Judiciário serão públicos e em casos excepcionais, poderá se limitar a presença às partes e advogados. Assim, diante do princípio da publicidade dos atos, poderá o juiz, desde que haja solicitação, limitar a presença das partes e advogados na audiência. Entrementes, ao contrário do que tenta fazer crer a autora, o inciso I do artigo 155 do CPC, de aplicação subsidiária ao processo do trabalho, ante o que dispõe o artigo 769 da CLT autoriza o juízo a conceder o segredo de justiça na presente hipótese, desde que solicitado pela parte. Compulsando a ata de fls. 124, verifica-se que a autora teve a oportunidade de analisar todos os documentos juntados pela reclamada em audiência e mesmo assim, não solicitou que a sua realização fosse em segredo de justiça, para, posteriormente, solicitar o registro de pessoas estranhas à audiência com o único intuito de fazer crer que, mais uma vez, a autora estava passando por situação constrangedora e, assim, majorar a indenização pelo dano moral sofrido quando de sua demissão. Não foi outra a sua conduta, ao interpor o presente recurso, já que claramente declarou, às fls. 137, que em razão do elevado nível de comprometimento de sua intimidade e de sua honra, que somente será reparada com a majoração do valor fixado pelo juízo de primeira instância para indenização do dano moral sofrido pelo trabalhador (os grifos não são do

5 texto). Deve ser registrado ainda, que ao impugnar a condenação pela indenização imposta por litigância de ma-fe (fls. 147), mais uma vez declarou que, o requerimento realizado em audiência teve o intuito de consignar a realidade do ato e de sua repercussão. Sendo assim, claro está que a autora pretendeu com aquele procedimento, nada mais do que maliciosamente majorar a indenização em razão do dano moral sofrido quando de sua demissão por justa causa, caracterizando a litigância de má-fé de que tratam os incisos II e III do artigo 17 do CPC. Nega-se provimento. DO INTERVALO PARA REFEIÇÃO Afirma que nos finais de semana e feriados gozava de apenas 20 minutos de intervalo para o almoço. Acrescenta que os cartões de ponto registram o intervalo somente de segunda a sexta-feira. O M. Juízo a quo julgou improcedente o pedido ao entendimento que a autora não logrou provar os fatos narrados, a teor do artigo 818 da CLT c/c 333 do CPC. Com efeito, verifica-se que a autora confessa em seu depoimento que sempre usufruía de pausa alimentar de 01 hora e que sua frequência era corretamente registrada nos cartões de ponto. refeição. Além disso, os cartões registram o intervalo de uma hora para Nega-se provimento

6 DO SALDO DE SALÁRIOS Assevera a autora que o documento de fls. 73 não pode ser considerado como quitação para o saldo de salários, eis que o valor ali expresso não guarda equivalência com o valor efetivamente devido, pois que a ré aplica descontos ilegais, não havendo, além disso, comprovação de que tenha se beneficiado daqueles. O MM. Juízo a quo julgou improcedente o pedido de pagamento do saldo de salários, ao entendimento que teria sido quitado e comprovado pelo documento de fls. 73. Em primeiro lugar há que se registrar que não impugnou a autora o documento citado em audiência (ata de fls. 124), caracterizando, no mínimo, a hipótese, de inovação recursal Nega-se provimento. DAS MULTAS PREVISTAS NOS ARTIGOS 467 e 477, 8º, DA CLT Pugna a acionante pela aplicação das multas previstas nos artigos 467 e 477, 8º, da CLT, sob a alegação de que a manutenção da r. sentença de origem somente incentiva os empregadores a aplicar a justa causa como forma de se livrarem das multas em razão do atraso no pagamento das verbas rescisórias. Sem razão. A multa prevista no artigo 477 da CLT objetiva evitar a mora no cumprimento das obrigações trabalhistas à época da rescisão do contrato, como forma de assegurar ao empregado os créditos que provavelmente irão suportar as

7 dificuldades decorrentes do desemprego. Tem-se, pois, que seus pressupostos são o término do contrato de trabalho (preestabelecido ou não), verbas rescisórias a serem pagas e desrespeito ao prazo legal para o efetivo pagamento. No caso em tela, a reclamada demonstrou o animus de satisfazer suas obrigações, tanto que quitou as verbas rescisórias que entendeu devidas, registrando-se que o direito às demais verbas somente foi reconhecido em Juízo. Aplica-se ao presente caso, a Orientação Jurisprudencial nº 351 do C. TST, que assim dispõe, verbis: Incabível a multa prevista no art. 477, $ 8o., da CLT, quando houver fundada controvérsia quanto à existência da obrigação cujo inadimplemento gerou a multa. (grifos meus). Igualmente não há que se falar em incidência do acréscimo de 50% sobre as parcelas rescisórias incontroversas, eis que, ante os termos da fixação da lide, não havia qualquer parcela confessada pela ré. Muito pelo contrário, a demandada pugnou pela improcedência total dos pedidos, razão pela qual até a prolação da sentença todas as verbas pleiteadas eram controversas. Desta forma, não se pode admitir, no caso em comento, a incidência de preceito legal expresso e com finalidade específica, qual seja, onerar aquele que confessa a existência da dívida mas não se prontifica a satisfazê-la por ocasião da realização da audiência inaugural. Nega-se provimento

8 CONCLUSÃO Pelo exposto, CONHEÇO do recurso ordinário apresentado pela autora, e, no mérito, NEGO-LHE PROVIMENTO, nos termos da fundamentação supra. A C O R D A M os Desembargadores que compõem a 9ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, por unanimidade, nos termos da fundamentação do voto da Exma. Srª. Relatora, CONHECER do recurso ordinário apresentado pela autora e, no mérito, NEGAR-LHE PROVIMENTO. Rio de Janeiro, 18 de Maio de Juíza do Trabalho Convocada Claudia de Souza Gomes Freire Relatora étmc/rrs

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0022300-36.2009.5.01.0341 - RTOrd ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. BASE DE CÁLCULO. O STF há muito, repudia a adoção do salário mínimo como base de cálculo para qualquer outra relação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 8a Turma RECURSO ORDINÁRIO. INDENIZAÇÃO SUBSTITUTIVA DA ENTREGA DAS GUIAS DO SEGURO DESEMPREGO. A substituição da entrega das guias do seguro desemprego, quando já ultrapassado o prazo de percepção

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001049-15.2011.5.01.0042 - RTOrd COISA JULGADA. Inexiste o fenômeno da coisa julgada, uma vez que, nada obstante os pedidos e a causa de pedir sejam idênticos, as partes são

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0000317-92.2012.5.01.0076 - RTOrd POLICIAL MILITAR REFORMADO. VÍNCULO EMPREGATÍCIO. Não hã qualquer impedimento à formação de vínculo de emprego com o policial militar reformado.

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd PROCESSO: 00329-2008-343-01-00-3 RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma DIREITO DO TRABALHO E DIREITO ADMINISTRATIVO. CONTRATAÇÃO SEM PRÉVIO CONCURSO PÚBLICO. SÚMULA 363 DO TST. FGTS DEVIDO A PARTIR DA PUBLICAÇÃO DA MEDIDA

Leia mais

VOTO: I - R E L A T Ó R I O

VOTO: I - R E L A T Ó R I O Acórdão 10a Turma FÉRIAS NÃO GOZADAS. DOBRA. TERÇO CONSTITUCIONAL. Conforme artigo 137 da CLT, as férias concedidas fora do prazo concessivo previsto no artigo 134 da CLT serão pagas em dobro. O mesmo

Leia mais

Custas processuais à fl Contrarrazões às fls. 177/181.

Custas processuais à fl Contrarrazões às fls. 177/181. PROCESSO: 0000958-75.2012.5.01.0013 - RTSum ACÓRDÃO 9ªTurma CONTRIBUIÇÃO SINDICAL. AÇÃO DE COBRANÇA. REPRESENTATIVIDADE SINDICAL. DEPÓSITO JUDICIAL. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de

Leia mais

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Processo originário da 4ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. ACÓRDÃO 8ª TURMA CONTRATO DE EXPERIÊNCIA. PRORROGAÇÃO. AUSÊNCIA DE NULIDADE. É lícita a prorrogação do contrato de experiência inicialmente firmado por trinta dias, para mais sessenta. Recorrente: DAIANA

Leia mais

PROCESSO: RTOrd. Acórdão 10a Turma

PROCESSO: RTOrd. Acórdão 10a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Flávio Ernesto Rodrigues Silva Av. Presidente Antonio Carlos,251 11º Andar - Gab.06 Castelo Rio de Janeiro

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PROCESSO nº 0010453-15.2015.5.01.0248 (RO) RECORRENTES: HEBER DOS SANTOS SERRANO, SUBSEA7 DO BRASIL SERVIÇOS LTDA. RECORRIDO:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 5ª Turma RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA JUNTO AO INSS NEXO TÉCNICO EPIDEMIOLÓGICO O efeito suspensivo dado ao recurso administrativo contra a aplicação do nexo técnico epidemiológico, de que

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 6a Turma MULTA PELO ATRASO NO PAGAMENTO DE ACORDO JUDICIAL. RAZOABILIDADE. Não obstante a existência de cláusula penal, a multa decorrente do atraso no pagamento dos acordos judiciais devem observar

Leia mais

I RELATÓRIO Trata-se de recurso ordinário interposto pela Ré, às fls , em face da respeitável sentença da MM. 50ª Vara do

I RELATÓRIO Trata-se de recurso ordinário interposto pela Ré, às fls , em face da respeitável sentença da MM. 50ª Vara do Acórdão 1a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL RECURSO ORDINÁRIO. DANO MORAL. ACIDENTE DE TRÂNSITO. DESVIO DE FUNÇÃO. Considerando que a ré transferiu o autor da função de motociclista, para motorista de carro

Leia mais

A Ré, às fls. 70/78, argui preliminar de nulidade por julgamento extra petita e, no mérito, insurge se em relação a declaração de sucessão e quanto a

A Ré, às fls. 70/78, argui preliminar de nulidade por julgamento extra petita e, no mérito, insurge se em relação a declaração de sucessão e quanto a ACÓRDÃO 6a Turma SUCESSÃO. DROGARIA DESCONTÃO E DROGARIA PACHECO. Os elementos que definem a sucessão, no processo do trabalho, são a continuidade da atividade empresarial e a passagem de uma unidade produtiva

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 8a Turma RECURSO ORDINÁRIO. VIGILANTE. JUSTA CAUSA. FALTAS SUCESSIVAS. NÃO JUSTIFICADAS. A desídia, em regra, não se caracteriza por um único ato e sim por um conjunto de atos faltosos de menor

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd DIVISOR DO SALÁRIO-HORA. JORNADA DE TRABALHO DE 30 HORAS. DIVISOR 150. Para as jornadas de 30 horas semanais de trabalho aplica-se o divisor 150 sobre o valor do salário-hora do empregado. Entendimento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 10a Turma RECURSO ORDINÁRIO. INTERVALO INTRAJORNADA. CONCESSAO PARCIAL. O intervalo intrajornada tem como finalidade a segurança e a saúde do trabalhador. Depois de diversos estudos, chegou-se

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 5a Turma ESTABILIDADE ACIDENTÁRIA ENTENDIMENTO DA SÚMULA 378, II, DO TST. Entendo que a condição para aquisição da estabilidade é o gozo do auxílio doença acidentário, não cabendo nesta demanada

Leia mais

PROCESSO: RO

PROCESSO: RO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A PLANO DE SAÚDE. DIREITO ADQUIRIDO. AUXÍLIO-DOENÇA. O cancelamento abrupto do plano de saúde caracteriza-se como violação ao direito adquirido do reclamante, que é detentor do

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Jorge Fernando Gonçalves da Fonte Avenida Presidente Antonio Carlos 251 10o andar - Gabinete 17 Castelo RIO

Leia mais

Trata-se de Embargos de Declaração opostos pelas partes em face do v. aresto de fls. 282/289, sob o argumento de ter ele incidido em omissão.

Trata-se de Embargos de Declaração opostos pelas partes em face do v. aresto de fls. 282/289, sob o argumento de ter ele incidido em omissão. Embargos de Declaração Acórdão 8a Turma EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. OMISSÃO. Os Embargos de Declaração são o remédio específico para escoimar a decisão de imperfeições (CLT, art. 897-A). Assim, detectando-se

Leia mais

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda.

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda. ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Recorrente: Buffet Amanda Ltda. Recorridos: Alex Sandro Farias de Oliveira Marina

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 6a Turma JORNADA DE TRABALHO. CARTÕES DE PONTO. INIDONEIDADE. O controle de frequência é o meio ordinário de se comprovar a jornada trabalhada, conforme o disposto no artigo 74 da CLT, que contém

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 2ª REGIÃO PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 5ª TURMA PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 8ª T U R M A Cinto de segurança é EPI que deve proteger o empregado, proteção esta que deve ocorrer, inclusive, quando realiza movimentos inesperados, já que se utiliza cinto quando o equilíbrio

Leia mais

PROCESSO: 0124000-34.2009.5.01.0057 - RTOrd

PROCESSO: 0124000-34.2009.5.01.0057 - RTOrd PROCESSO: 0124000-34.2009.5.01.0057 - RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma DEVOLUÇÃO DE DESCONTO. Inexistindo prova de que o desconto efetuado sobre as verbas resilitórias correspondiam ao pagamento antecipado de vales

Leia mais

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555.

Contestação às folhas 70/80. Atas de audiência às folhas 541 e 555. Acórdão 6a Turma FALTAS. ACOMPANHAMENTO DE IDOSO. DIREITO. ABONO. A Lei nº 10.741/2003, Estatuto do Idoso, dispõe em seu artigo 16 que o idoso internado para tratamento médico e hospitalar tem direito

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO 00232-2007-101-04-00-5 RO Fl.1 EMENTA: CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL. TRABALHADORES ASSOCIADOS E NÃO-ASSOCIADOS. Na expressão do art. 513, e, da CLT, os sindicatos podem "impor contribuições a todos aqueles

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gabinete Juiz Convocado 8 Av. Presidente Antonio Carlos, 251

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gabinete Juiz Convocado 8 Av. Presidente Antonio Carlos, 251 A C Ó R D Ã O 8ª T U R M A TESTEMUNHA CLIENTE DO ADVOGADO DO AUTOR NÃO ACOLHIMENTO DA CONTRADITA, PORÉM APRECIADA COM RESERVAS POR PRESUMIR-SE QUE FOI ORIENTADA POR DEVER DE OFÍCIO. Entendo que o fato

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma ESTABILIDADE PROVISÓRIA DE GESTANTE. O fato de a empregada somente ter ciência de seu estado gravídico após a terminação contratual, não afasta o seu direito à estabilidade provisória

Leia mais

A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A

A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A A C Ó R D Ã O 6ª T U R M A E M E N T A CONTRIBUIÇÃO SINDICAL INDEVIDA PELAS MICROEMPRESAS INSCRITAS NO SIMPLES, CONFORME ARTIGO 149 DA CRFB C/C ARTIGO 3º, 4º, DA LEI 9.317/1996 E ARTIGO 5º, 8º, DA INSTRUÇÃO

Leia mais

Adoto o relatório da r. sentença de fs. 142/145, que julgou a ação improcedente. Embargos de declaração (fs. 149), julgou improcedente.

Adoto o relatório da r. sentença de fs. 142/145, que julgou a ação improcedente. Embargos de declaração (fs. 149), julgou improcedente. PROCESSO TRT/SP Nº 00558.2006.084.02.00-1 9ª Turma RECURSO ORDINÁRIO ORIGEM: 84ª Vara do Trabalho de São Paulo RECORRENTE: RENATA AMARAL FERNANDES DAS SILVA RECORRIDO: ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA REITORIA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 9ª Turma ESTABILIDADE GESTANTE. PRAZO PARA AJUIZAMENTO DA AÇÃO. Segundo dispõe o art. 7º, XXIX da CF/88, é direito do trabalhador propor ação, quanto aos créditos resultantes das relações de trabalho,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma AGRAVO DE PETIÇÃO. CUSTAS. BASE DE CÁLCULO. TOTAL ATUALIZADO DA LIQUIDAÇÃO. Inteligência do art. 789, inciso I, da CLT, as custas são fixadas sobre o valor da condenação, na sentença,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Roque Lucarelli Dattoli Av. Presidente Antonio Carlos, 251 11o andar - Gab.10 Castelo Rio de Janeiro 20020-010

Leia mais

PROCESSO: AP

PROCESSO: AP Acórdão 4ª Turma Contribuições Previdenciárias. Juros da mora e correção monetária. As contribuições previdenciárias, a despeito de serem corrigidas monetariamente nos mesmos moldes das demais verbas deferidas

Leia mais

Gratuidade de Justiça deferida na sentença.

Gratuidade de Justiça deferida na sentença. PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Alexandre Teixeira de Freitas B. Cunha Av. Presidente Antonio Carlos,251 10º Andar - Gab.22 Castelo RIO DE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A AUXÍLIO DOENÇA. SUSPENSÃO DO CONTRATO DE TRABALHO. MANUTENÇÃO DE BENEFÍCIO ADQUIRIDO PELO OBREIRO DURANTE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. A suspensão do contrato de trabalho interrompe

Leia mais

PROCESSO: RO

PROCESSO: RO A C Ó R D Ã O 5ª T U R M A PODER JUDICIÁRIO FEDERAL IMPOSTO DE RENDA. DEDUÇÃO. É devida a dedução da cota fiscal incidente sobre os créditos deferidos, porque quem aufere a renda é o responsável pela parcela

Leia mais

CONSTRUTORA TENDA S/A SEBASTIÃO JORGE GOMES. Giselle Bondim Lopes Ribeiro

CONSTRUTORA TENDA S/A SEBASTIÃO JORGE GOMES. Giselle Bondim Lopes Ribeiro ACÓRDÃO 7ª Turma VÍNCULO DE EMPREGO. TERCEIRIZAÇÃO ILÍCITA. CONSTRUÇÃO CIVIL. É inegável que a terceirização na construção civil é lícita, expressamente prevista no art. 455 da CLT para as hipóteses de

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 4a Turma Ônus da prova. Fato constitutivo. Não tendo a autora se desincumbido do ônus da prova, não merece reforma a decisão de 1º grau, nos termos do art. 818, da CLT c/c art. 333, I, do CPC.

Leia mais

ACÓRDÃO (4ª Turma 7ª Câmara) RECURSOS ORDINÁRIOS

ACÓRDÃO (4ª Turma 7ª Câmara) RECURSOS ORDINÁRIOS ACÓRDÃO (4ª Turma 7ª Câmara) RECURSOS ORDINÁRIOS Processo TRT 15ª Região nº 0000520-13.2013.5.15.0017 1º Recorrente: NIVALDO FIRMINO DA SILVA 2º Recorrente: SUPERINTENDÊNCIA DE CONTROLE DE ENDEMIAS SUCEN

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA Recorrente: Rildo Jaime Recorrido: Soluções Empresariais Ltda. e Metalúrgica Cristina Ltda. Processo n. 644-44.2001.5.03.0015

Leia mais

PROCESSO: RO

PROCESSO: RO A C Ó R D Ã O 7ª T U R M A INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS/MATERIAIS. PERDA DE UMA CHANCE. FRUSTRAÇÃO DA CONTRATAÇÃO PELO EMPREGADOR. Ao dar início a um processo seletivo para vaga de emprego, o empregador,

Leia mais

Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado

Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado e o vendedor autônomo situa-se na subordinação. Não demonstrada a subordinação, não pode ser reconhecido

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO PELA UNIÃO (PGF), EM FACE DE DECISÃO PUBLICADA ANTES DA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. PROCEDIMENTO SUMARÍSSIMO. ACORDO HOMOLOGADO

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1a Turma PRINCÍPIO DA UNIRRECORRIBILIDADE PRECLUSÃO CONSUMATIVA. O princípio da unirrecorribilidade, preconiza que o direito da parte de se insurgir contra o julgado que lhe foi desfavorável, se

Leia mais

PROCESSO: (RO)

PROCESSO: (RO) A C Ó R D ÃO TERCEIRA T U R M A I- INOVAÇÃO À LIDE. As matérias discutidas em grau recursal devem estar restritas aos limites em que fixada a lide, sendo vedado às partes aduzirem novas questões não alegadas

Leia mais

Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de

Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Luiz ajuizou, contra a empresa A, ação reclamatória, distribuída à 1.ª Vara do Trabalho de Formosa GO, pertencente à 18.ª Região. No processo, o reclamante declarou

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 4a Turma INEXISTÊNCIA DE VÍNCULO DE EMPREGO RELAÇÃO DE TRABALHO RURAL E SOB A ORIENTAÇÃO DE PREFEITURA. Verifica-se por meio do conjunto probatório que não ficou comprovado que a autora estava

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL. Órgão: 3ª Turma Cível. Processo N.: Apelação Cível APC. Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL Órgão: 3ª Turma Cível Processo N.: Apelação Cível 20080510067475APC Apelante(s): JOSÉ VIEIRA DE SÁ Apelado(s): BRADESCO SEGUROS S/A Relator: Desembargador JOÃO MARIOSI

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO TRT RO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO TRT RO RECORRENTE: KAREN KETHELIN SILVA LOPES RECORRIDOS: ACTIVA ASSESSORIA E COBRANÇA LTDA E OUTRA BANCO BMG S/A LOSANGO PROMOÇÕES DE VENDAS LTDA Relator: Desembargador Jales Valadão Cardoso Revisor: Desembargador

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd CARGO DE CONFIANÇA. PERCEPÇÃO DE GRATIFICAÇÃO DE FUNÇÃO. O parágrafo único do artigo 62 da CLT apenas sugere o pagamento de gratificação de função, porém não o impõe ao empregador, valendo-se o legislador

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 2ª TURMA

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 2ª TURMA PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO 2ª TURMA PROCESSO TRT - RO - 0010593-60.2013.5.18.0017 RELATOR : DESEMBARGADOR PLATON TEIXEIRA DE AZEVEDO FILHO RECORRENTE(S)

Leia mais

DANO MORAL PRÁTICA ABUSIVA DE SUSPENSÃO E DESCONTO SALARIAL SEM A COMPROVAÇÃO DA CULPA

DANO MORAL PRÁTICA ABUSIVA DE SUSPENSÃO E DESCONTO SALARIAL SEM A COMPROVAÇÃO DA CULPA Acórdão 5ª Turma DANO MORAL PRÁTICA ABUSIVA DE SUSPENSÃO E DESCONTO SALARIAL SEM A COMPROVAÇÃO DA CULPA A Ré não reconheceu que a autora tenha furtado o dinheiro, porque não conseguiu comprovar, mas por

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 3ª Turma ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. A análise do conjunto probatório evidenciou não estarem caracterizadas condições de trabalho insalubres, razão pela qual não há que se falar no pagamento

Leia mais

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário

José, já qualificado vem, respeitosamente, por meio de seu advogado interpor com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I da CLT Recurso Ordinário EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE Processo número José, já qualificado, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, interpor, com fundamento nos arts. 893, II e art. 895, I

Leia mais

I - R E L A T Ó R I O

I - R E L A T Ó R I O Acórdão 2a Turma INTEGRAÇÃO DAS HORAS EXTRAS AO 13º SALÁRIO. A Lei nº 4090/62, em seu artigo 1º, 1º, dispõe que a gratificação natalina corresponderá a 1/12 da remuneração devida em dezembro, multiplicada

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1ª Turma TERCEIRIZAÇÃO. FRAUDE. VÍNCULO DE EMPREGO COM O TOMADOR DE SERVIÇOS. Quando se vislumbra que sob a forma de terceirização há camuflada verdadeira atividade de locação de mão-de-obra, que

Leia mais

Os Agravados não apresentaram contraminuta ao agravo de instrumento nem contrarrazões ao recurso de revista.

Os Agravados não apresentaram contraminuta ao agravo de instrumento nem contrarrazões ao recurso de revista. PROCESSO Nº TST-AIRR-1614-51.2010.5.01.0482 A C Ó R D Ã O 4ª Turma GMFEO/FDAN/NDJ AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. DESERÇÃO. I. As alegações constantes da minuta de agravo de instrumento não

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7ª Turma MULTA DO ART. 467 DA CLT. ABRANGÊNCIA DA RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. A responsabilidade subsidiária abrange todos os créditos trabalhistas, inclusive as multas. Inteligência da Súmula

Leia mais

Contraminuta, a fls. 1123/1128.

Contraminuta, a fls. 1123/1128. A C Ó R D Ã O 7ª TURMA MULTA. ATO ATENTATÓRIO À DIGNIDADE DA JUSTIÇA. Apesar do ordenamento jurídico assegurar às partes o contraditório e a ampla defesa, isto não implica na faculdade de atuarem irrestritivamente,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 3ª Turma ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. PERÍCIA TÉCNICA. É desnecessária a prova pericial na hipótese em que há norma coletiva prevendo o direito ao recebimento do adicional de insalubridade

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Gab Des Jorge F. G. da Fonte Av. Presidente Antonio Carlos, 251 7o andar - Gab.40 Castelo RIO DE JANEIRO 20020-010

Leia mais

ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados.

ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados. ACÓRDÃO 7ª TURMA EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Acolhidos, para corrigir os vícios verificados. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de Recurso Ordinário nº TRT-RO-0090200-06.2008.5.01.0039, nos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 6ª TURMA DANO MORAL. A doutrina e a jurisprudência têm entendido que o dano moral decorre de ofensa aos chamados direitos da personalidade, que são os direitos subjetivos absolutos, incorpóreos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO SE EMENTA AGRAVO DE PETIÇÃO, provenientes da ARAUCÁRIA - PR, sendo Agravante LTDA. e Agravados CARVALHO DE OLIVEIRA. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA - BENEFÍCIO DE ORDEM EM RELAÇÃO AOS SÓCIOS DO DEVEDOR PRINCIPAL

Leia mais

PROCESSO nº (RO) RECORRENTE: MOACIR MOREIRA DA ROCHA RELATORA: ANGELA FIORENCIO SOARES DA CUNHA

PROCESSO nº (RO) RECORRENTE: MOACIR MOREIRA DA ROCHA RELATORA: ANGELA FIORENCIO SOARES DA CUNHA PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Identificação PROCESSO nº 0010300-14.2015.5.01.0302 (RO) RECORRENTE: MOACIR MOREIRA DA ROCHA RECORRIDO: THIAGO CARDOSO, LORENA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 10a Turma TEMPO DE ESPERA DE ÔNIBUS EM TRÂNSITO. CÔMPUTO NA JORNADA DE TRABALHO. HORAS EXTRAS. O tempo que o empregado permanece à disposição do empregador, trabalhando ou não, entra no cômputo

Leia mais

ACÓRDÃO RO Fl. 1. DESEMBARGADOR ANDRÉ REVERBEL FERNANDES Órgão Julgador: 4ª Turma

ACÓRDÃO RO Fl. 1. DESEMBARGADOR ANDRÉ REVERBEL FERNANDES Órgão Julgador: 4ª Turma 0000439-49.2014.5.04.0821 RO Fl. 1 DESEMBARGADOR ANDRÉ REVERBEL FERNANDES Órgão Julgador: 4ª Turma Recorrente: Recorrido: Origem: Prolator da Sentença: CLEBER AIRTON DA SILVA SOARES - Adv. Livio Antonio

Leia mais

Reunida a RT 0069000-68.2009.5.01.0471, por conexão, conforme ata de folha 334, encontrando-se os autos apensados ao 2º volume do processo.

Reunida a RT 0069000-68.2009.5.01.0471, por conexão, conforme ata de folha 334, encontrando-se os autos apensados ao 2º volume do processo. Acórdão 10a Turma INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS. JUROS CONTRAÍDOS POR EMPRÉSTIMOS REALIZADOS PELO EMPREGADO DECORRENTES DA MORA SALARIAL. É devida a indenização por danos materiais sofridos pela empregada

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO PROCESSO nº 0011405-69.2014.5.01.0008 (RO) RECORRENTE: CORINTO HOTEL LTDA RECORRIDO: MONIQUE VIEIRA OLEGÁRIO RELATOR: DESEMBARGADOR

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da UMUARAMA - PR, sendo Recorrente CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL/NEGOCIAL - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS - Nas ações de cobrança de contribuição sindical, figurando nos pólos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial 1 PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial Data de distribuição : 12/12/2008 Data de julgamento : 20/05/2009 100.001.2008.016120-0 Apelação Origem : 00120080161200

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº ( ) DE ANÁPOLIS AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 90425-67.2011.8.09.0000 (201190904250) DE ANÁPOLIS AGRAVANTE AGRAVADO CÂMARA VILMAR FERREIRA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS ORLÂNDIA S/A COMÉRCIO E INDÚSTRIA DESEMBARGADOR CARLOS ESCHER

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO RECORRENTE : UNIÃO FEDERAL RECORRIDA : MARTINS COMERCIO E SERVIÇOS DE DISTRIBUIÇÃO S/A EMENTA: TRABALHO EXTERNO. MOTORISTAS. ART. 74, 3º, DA CLT. INAPLICABILIDADE. PERÍODO ANTERIOR À PUBLICAÇÃO DA LEI

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 3ª T U R M A PODER JUDICIÁRIO FEDERAL MEMBRO DE CONSELHO CONSULTIVO. ESTABILIDADE. DESCABIMENTO. Não faz jus à estabilidade sindical o empregado eleito pelo órgão consultivo da entidade,

Leia mais

PROCESSO: 0001201-08.2011.5.01.0028 - RTOrd

PROCESSO: 0001201-08.2011.5.01.0028 - RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0001201-08.2011.5.01.0028 - RTOrd MUDANÇA DE REGIME. CLT PARA ESTATUTÁRIO. VERBAS RESILITÓRIAS. A mudança do regime jurídico que não importa em desligamento definitivo, não implica

Leia mais

O TRT da 13ª Região, por meio do acórdão de fls. 427/432, negou provimento ao recurso ordinário interposto pelo

O TRT da 13ª Região, por meio do acórdão de fls. 427/432, negou provimento ao recurso ordinário interposto pelo Justiça do Trabalho Tribunal A C Ó R D Ã O (5ª Turma) GMABL/pmno RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO SOB A ÉGIDE DA LEI Nº 13015/2014. EMPREGADO ELEITO MEMBRO DA CIPA. ESTABILIDADE PROVISÓRIA. CONTRATO DE EXPERIÊNCIA.

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM Aldair procurou assistência de profissional da advocacia, relatando que fora contratado, em 1º/10/2010, para trabalhar como frentista no Posto Régis e Irmãos, em Camboriú SC, e imotivadamente demitido,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO GAFISA. INCORPORADORA E CONSTRUTORA. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. A execução dos serviços objeto do contrato de empreitada tinha por finalidade a atividade fim da segunda reclamada, visto que se trata

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd A C Ó R D Ã O 6ª TURMA TERCEIRIZAÇÃO ILÍCITA. IMPOSSIBILIDADE DE VÍNCULO COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Reconhecida judicialmente as considerações que embasaram em Ação Civil Pública a homologação de Termo

Leia mais

ACÓRDÃO RO Fl. 1. DESEMBARGADORA MARIA INÊS CUNHA DORNELLES Órgão Julgador: 6ª Turma

ACÓRDÃO RO Fl. 1. DESEMBARGADORA MARIA INÊS CUNHA DORNELLES Órgão Julgador: 6ª Turma 0000522-83.2011.5.04.0461 RO Fl. 1 DESEMBARGADORA MARIA INÊS CUNHA DORNELLES Órgão Julgador: 6ª Turma Recorrente: Recorrido: Origem: Prolator da Sentença: SINDICATO DOS TRABALHADORES DO ENSINO PRIVADO

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS MANIFESTAÇÃO DO INSS - PRECLUSÃO

CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS MANIFESTAÇÃO DO INSS - PRECLUSÃO Acórdão - 7a Turma CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS MANIFESTAÇÃO DO INSS - PRECLUSÃO O termo de conciliação, no item III (v. fls. 120) atribuiu natureza indenizatória ao aviso-prévio e nestes termos foi homologado

Leia mais

Recorrente: Talita Motta Accioly. Recorrido: Clínica São Carlos S.A.

Recorrente: Talita Motta Accioly. Recorrido: Clínica São Carlos S.A. Recorrente: Talita Motta Accioly Recorrido: Clínica São Carlos S.A. CERTIFICO que, em sessão realizada nesta data, sob a Presidência do(a) Desembargador Federal do Trabalho Elma Pereira de Melo Carvalho

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7ª TURMA INCORREÇÃO DO NÚMERO DO PIS. RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR. Responde o empregador pela correção dos dados cadastrais de seus empregados junto ao INSS. Exegese do Decreto nº 3.048/99,

Leia mais

PROCESSO: RTOrd Embargos de Declaração

PROCESSO: RTOrd Embargos de Declaração Acórdão 5a Turma EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Vício inexistente. Embargos de declaração somente são cabíveis nas hipóteses previstas nos artigos 897-A da CLT e 1.022 do CPC de 2015 (art. 535 do CPC de 1973),

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA 154 7 REGISTRADO(A) SOB N {r\ ACÓRDÃO!! 1 *03498880* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0110976-27.2007.8.26.0003,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP RTOrd Acórdão 7ª Turma

AGRAVO DE PETIÇÃO TRT/AP RTOrd Acórdão 7ª Turma ARREMATAÇÃO. PREÇO VIL. NÃO CARACTERIZAÇÃO. O preço vil refere-se a conceito jurídico indeterminado, cabendo ao intérprete decidir se os valores do bens penhorados são extremamente inferiores ao valor

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO Identificação PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO PROCESSO nº 0001876-26.2014.5.11.0015 (AIRO) AGRAVANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS URBANAS

Leia mais

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior Apelação Cível n. 2010.078282-8, de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA SECURITÁRIA C/C COMPENSAÇÃO POR DANOS MORAIS. CONTRATO DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. PRESCRIÇÃO.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO 3ª Turma EMENTA RELATÓRIO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO 3ª Turma EMENTA RELATÓRIO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO 3ª Turma PROCESSO nº 0011201-96.2013.5.01.0028 (RO) RECORRENTES e RECORRIDOS: SIMONE DOS SANTOS GRANITO e CLARO S.A. RECORRIDA:

Leia mais

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO.

A C Ó R D Ã O. ACORDA, em Turma, a Terceira Câmara Civil do Tribunal de Alçada do Estado de Minas Gerais, NEGAR PROVIMENTO. EMENTA: PROCESSUAL CIVIL - AGRAVO DE INSTRUMENTO AÇÃO CAUTELAR PREPARATÓRIA DÉBITO CONTRAÍDO COM INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DESCONTO EM CONTA CORRENTE VENCIMENTOS DEBITADOS EM CONTA LIMINAR QUE REDUZIU O PERCENTUAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2014.0000475816 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2077354-82.2014.8.26.0000, da Comarca de Registro, em que é agravante MUNICIPIO DE SETE BARRAS,

Leia mais

I - Conhecimento. II- MÉRITO. II.1. Verbas rescisórias. Recorre a Reclamada em face da r. decisão

I - Conhecimento. II- MÉRITO. II.1. Verbas rescisórias. Recorre a Reclamada em face da r. decisão PROCESSO TRT/SP Nº 0001641-48.2015.5.02.0056 ESPÉCIE DO PROCESSO: RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO RECORRENTE: C.A. EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL ADV. (A/S): ALEXANDRE PIRES MARTINS LOPES RECORRIDO: GENIVALDO

Leia mais