CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA. Bruna Rabaldo. Priscila Bueno ESTÉTICA & CIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA. Bruna Rabaldo. Priscila Bueno ESTÉTICA & CIA"

Transcrição

1 CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA Bruna Rabaldo Priscila Bueno ESTÉTICA & CIA PORTO ALEGRE Junho de

2 BRUNA RABALDO PRISCILA BUENO ESTÉTICA & CIA Trabalho sobre o empreendimento Estética & Cia, para fins didáticos apresentado às professoras Maria Cristina Viñas Gomes e Maristela Franco como requisito parcial para a aprovação nas disciplinas de Assessoria de Comunicação e Marketing e Planejamento de Campanha. PORTO ALEGRE Junho de

3 SUMÁRIO: 1. ESTÉTICA & CIA CENÁRIO ECONÔMICO ATUAL CENÁRIO CULTURAL ANÁLISE DE MERCADO SITUAÇÃO DE MERCADO APRESENTAÇÃO DO CLIENTE APRESENTAÇÃO DOS SEUS STAKHOLDERS CENÁRIO DO AMBIENTE INTERNO COLABORADORES CLIENTES DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL ANÁLISE DA SITUAÇÃO ORGANIZACIONAL OBJETIVOS E METAS COMUNICAÇÃO INTERNA COMUNICAÇÃO EXTERNA PROGNÓSTICO AÇÕES SUGERIDAS EM CADA UMA DAS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL: O QUÊ? QUEM? PARA QUÊ? QUANDO? COMO? PARA QUEM? COM QUE RECURSOS?

4 8.1 RELAÇÕES PÚBLICAS ASSESSORIA DE IMPRENSA PUBLICIDADE E PROPAGANDA ORÇAMENTO CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO APÊNDICE

5 1. Estética & Cia 1.1 Cenário Econômico Atual O cenário econômico atual do Brasil desde os impulsos econômicos adquirido em 2007 tem sido muito promissor, e em constante crescimento. Conforme Henrique Meirelles, presidente do Banco Central, "A economia brasileira cresce pela demanda interna, baseado no aumento da renda e do crédito em um ambiente de flexibilização da política monetária, que não mostrou todo o seu efeito". Muitos economistas acreditam que a estabilidade econômica se deve as recentes turbulências do mercado financeiro, provocado pela crise do Crédito Imobiliário dos EUA. A crise se deu a partir de uma alta taxa de inadimplência do crédito Subprime. De uma maneira geral este crédito era oferecido em forma de empréstimos. E como os empréstimos da Subprime embutiam maior risco, eles tinham juros maiores, o que o torna mais atrativos para gestores de fundos e bancos em busca de retornos melhores. Ao fazer o 1ª empréstimo não havia a necessidade de que este tivesse sido pago, para que fosse realizado um novo empréstimo. No mundo da globalização financeira, créditos gerados nos EUA podem ser convertidos em ativos que vão render juros para investidores da Europa e outras partes do mundo, por isso essa crise atingia os mercados globais. Os investidores, então, começaram a ficar preocupados com o tamanho do prejuízo. Principalmente porque não tinham conhecimento de quanto os bancos e fundos de investimento tinham aplicados nesses créditos de alto risco. Esse desconhecimento geral começou a provocar o que se chama de crise de liquidez (retração do crédito) no sistema financeiro. Num mundo de incertezas, o dinheiro pára de circular --quem possui recursos sobrando não empresta, quem precisa de dinheiro para cobrir falta de caixa não encontra quem forneça.. A fim de socorrer os mercados financeiros os principais bancos centrais do planeta, intervieram e liberaram bilhões de dólares em recursos aos bancos. O medo é que com menos crédito disponível, cairia o consumo e diminuiria o crescimento das economias. Como a crise americana provoca aversão ao risco, os investidores em ações preferem sair das Bolsas, sujeita a oscilações sempre, e aplicar em investimentos mais seguros. Além disso, os estrangeiros que aplicam em mercados emergentes, como o Brasil, 5

6 vendem seus papéis para cobrir perdas lá fora. Com muita gente querendo vender --ou seja, oferta elevada--, os preços dos papéis caem. Com o enfraquecimento do Dólar em relação, não apenas a nossa moeda, mas todas as outras há o fortalecimento da moeda brasileira. A fragilidade do dólar fez com que o nosso câmbio se valorizasse bastante. O dólar mais baixo controla a inflação e favorece o mercado. André Loes, economista-chefe do Banco Santander do Brasil. André Loes comentou também que o Brasil tem a menor taxa de desemprego dos últimos 10 anos. A renda real do trabalho tem crescido 4% ao ano e o emprego por volta de 3%, o que totaliza um crescimento real da massa salarial de 7%. O comportamento da economia brasileira em 2008 será resultante principalmente de suas condições internas, algumas positivas, outras negativas. Entre as positivas identificamos: A liquidez (retração de crédito) elevada dos principais agentes: empresas, consumidores, Bancos e governo; A expansão do crédito; O aumento dos investimentos; O aumento do emprego, da renda e da confiança do consumidor; O impulso da economia, adquirido em 2007; A política econômica; As expectativas empresariais predominantemente positivas. Entre as negativas, destacam-se: A taxa de câmbio; A inflação crescente, motivando restrições monetárias. 1.2 Cenário Cultural No Cenário Cultural atual do Brasil houve grandes modificações, pois nos deparamos não apenas em uma cultura estratificada por classes, mas sim uma diversidade de atitudes e hábitos dentro da mesma classe. 6

7 Através de uma declaração realizada pelo publicitário Washington Olivetto que coloca de forma exemplar esse tema, podemos entender melhor: Ele diz que há no mundo os ricos-ricos (que têm dinheiro e têm cultura), os pobresricos (que não têm dinheiro, mas são agitadores intelectuais, possuem antenas que captam boas e novas idéias) e os ricos-pobres, que são a pior espécie: têm dinheiro, mas não gastam um único tostão da sua fortuna em livrarias, shows ou galerias de arte, apenas torram em futilidades e propagam a ignorância e a grosseria. Os pobres-pobres, que devido ao baixíssimo poder aquisitivo e quase inexistente acesso à cultura, infelizmente não ganham, não gastam, não aprendem e não ensinam: ficam à margem, feitos zumbis. Dessa maneira não podemos mais classificar os ricos como indicadores de conhecimento, pois as características que fundamentavam isso se transformaram no quadro que tempos hoje, são pessoas com hábitos muito peculiares. No entanto os ricos continuam por ser lideres no que diz respeito a glamour e aparência. 1.3 Análise de Mercado De acordo com dados da ABIHPEC Associação Brasileira da Indústria da Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, a mulher brasileira é muito vaidosa, a preocupação com beleza faz parte do seu comportamento, especialmente as que fazem parte do grupo de 46 milhões de consumidores da classe C. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que a classe C é a que mais gasta com produtos de higiene e beleza. Mais do que as mulheres que estão no topo da pirâmide social. O gasto médio da classe C com esses produtos é de R$ 122,84 por mês. Supera os R$ 120,99 gastos pela classe B e os R$ 97,64 consumidos pelos mais ricos. Na pesquisa fazem parte da Classe C às famílias cuja renda varia de R$ 1,4 mil a R$ 3,5 mil. Segundo o IBGE as classes C, D e E representam 87% da população brasileira. Elas abrangem um mercado superior à Argentina, Chile e Uruguai juntos. Silvana Cassol, vice-presidente de Marketing da Avon do Brasil, revela em sua opinião o que mais incomoda as mulheres: 7

8 Primeiro É unanimidade, as mulheres parecem que já nascem insatisfeitas com seus cabelos. Daí a grande procura por salões de beleza e produtos para cabelos. Segundo Os efeitos do envelhecimento assustam as mulheres. Elas se sentem incomodadas com as rugas na testa e nos olhos e sulcos ao redor da boca. No futuro a tendência do conceito de beleza estará ligada a uma visão indissociável entre mente e corpo. Beleza será considerada, saúde e não apenas corpo, mas também mente e alma. Em meio a uma vida moderna cada vez mais sem tempo e sujeita a tantas pressões, as pessoas estão cada vez mais voltadas para obter qualidade de vida, buscando combater problemas que podem ser evitados. 1.4 Situação de Mercado Nunca a aparência, a vaidade e a busca pela beleza estiveram tão em alta. Nos últimos anos verificou-se um aumento expressivo de salões de cabeleireiros, serviços de estética e similares. A cada dia chegam novos produtos, técnicas e procedimentos com o objetivo de trazer mais beleza às pessoas. O novo milênio tem apontado um crescente interesse pelo mundo estético e a preocupação que os indivíduos têm apresentado acerca do assunto tem mostrando o potencial que esta fatia do mercado possui para consumir. Pensando nisso, muitos profissionais do ramo têm buscado cursos de estética para se especializarem. O mercado estético possui um potencial muito grande e uma tendência cada vez maior de faturar uma parcela maior de clientes anualmente. Aqueles que buscarem se especializar através de cursos de estética estarão investindo num futuro certo. As portas do mundo da estética se abriram para o público masculino. Estima-se que o mercado de produtos de beleza voltado aos homens saltou do zero para R$ 15 milhões. Não chega nem perto do que se fatura com as mulheres no Brasil. O mercado feminino gira em torno de R$ 1 bilhão 8

9 2. Apresentação do cliente Nome e sigla Estética & Cia Descrição e localização das instalações A Estética & Cia localiza-se na Rua Abaeté, n 37, no Bairro Sarandi, zona Norte da Capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. Ao chegar a Estética & Cia, a primeira coisa a ser avistada é o estacionamento para os clientes, portando, aproximadamente, cerca de três vagas. Ao adentrar na Estética & Cia, podemos observar uma recepção aconchegante, com poltronas e revistas para os clientes, um mostruário dos produtos vendidos na Estética, tornando um ambiente acolhedor e atrativo. Após a recepção, localiza-se a ala dos cabeleireiros, manicures e pedicures. Ao final da sala, após a ala citada anteriormente, localizam-se as massoterapeutas e o espaço dedicado para as massagens. Nominata da presidência e diretoria, ou gerência Sócios Proprietários Raul e Gisele Organograma ANEXO Histórico da organização O empreendimento existe há três anos e era gerenciado pela filha do proprietário atual, que assumiu há três meses, porém o proprietário e sócio da Estética e Cia., atua no mercado há 33 anos. Anteriormente seu negócio eram salões de beleza somente, como estética é o primeiro empreendimento.a Estética & Cia. é associada ao SINCA - Sindicado dos cabeleireiros. Missão Proporcionar bem estar, qualidade de vida, saúde e beleza, em um ambiente agradável e com tecnologia, possuindo os melhores profissionais. Visão Ter o reconhecimento inovador, buscando a liderança e novos mercados. Valores Ética, comprometimento com o cliente, Integridade, Transparência, Competência, Trabalho em equipe, Flexibilidade, Dinamismo. 3. Apresentação dos seus stakeholders 9

10 - Cliente; Perfil - Bairro Sarandi, Porto Alegre, RS; - Classe C; - Mulheres; - Faixa etária variada; - Preocupação com aparência, busca satisfação pessoal com relação à beleza e auto-estima; - Usam freqüentemente; - Fidelidade ao salão e aos cabeleireiros. - Fornecedores - Os principais fornecedores da Estética são a L oreal e Schwarzkopf. A escolha dos produtos são realizados da seguinte forma: Os fornecedores convidam os proprietários da Estética para uma visita técnica a empresa, onde é feita toda uma demonstração da linha de produtos e em cima dessa demonstração os produtos são escolhidos.a relação com os fornecedores é uma relação boa. Os fornecedores são pontuais na entrega e de fácil acesso. Além destes, a Estética já trabalhou com a empresa Belíssima, que atua no Nordeste. Possuem parceria com os fornecedores L oreal e Schwarzkopf. A parceria envolve promoções com os clientes (Ex. Na compra de um determinado número de produtos, o cliente ganha outro). - Concorrente - O principal concorrente é o salão Bira Beauty. Os preços e prazos são semelhantes, porque os preços são tabelados. A qualidade dos produtos e serviços oferecidos é a mesma. Os pontos fortes são os serviços que envolvem cabelo (cortes, mechas em papel e escova progressiva).o ponto fraco da concorrência é o atendimento de recepção, que é realizado por uma das proprietárias. 4. Cenário do ambiente interno 10

11 Foram utilizadas duas pesquisas de satisfação, formatada de forma objetiva com algumas questões dissertativas. Uma pesquisa foi aplicada ao público interno colaboradores e outra ao público externo cliente. 4.1 Colaboradores Pontos fortes - Bom relacionamento com clientes (Simpatia e bom atendimento); - Gerenciamento de conflitos internos; - Satisfação dos colaboradores em relação ao salário; - Atendimento da recepção. Pontos fracos - Falta de cursos e capacitações que incentivem e agreguem conteúdo e experiência na área dos colaboradores. - Comunicação de propaganda e promoções sem efeito; - Desorganização na agenda; - Falta de incentivo na capacitação profissional da equipe. 4.2 Clientes Pontos fortes - Qualidade de serviço prestado; - Boa localização e estrutura física; - Preços dentro do padrão de mercado; - Horário de atendimento durante a semana sem fechar ao meio-dia. Pontos fracos - Pouco espaço físico na área de trabalho das manicures; 11

12 - Estacionamento é de difícil acesso; - Divulgação ineficaz nenhuma das pessoas que participaram da pesquisa conheceu a estética por divulgação; - Não há promoções; - Horário de massagem (não há sábado à tarde). 5. Diagnóstico organizacional 12

13 5.1 Análise de situação organizacional A análise de situação organizacional de uma empresa é fundamental para que os administradores do empreendimento demarquem pontos que possam melhorar e aprimorar o ambiente e método de trabalho. Portanto as informações coletadas ao longo dessa pesquisa de satisfação ilustram o quadro organizacional da Estética e Cia, seus pontos fracos e fortes diante de seus públicos, interno e externo. Na pesquisa junto aos colaboradores, foi possível perceber que todos, de forma geral, sentem-se satisfeitos em trabalhar na Estética. Tivemos uma avaliação positiva no que se diz respeito a ações que são direcionadas aos clientes, como: atendimento da recepção e demais colaboradores. Mostram-se satisfeitos com o salário e com a administração de conflitos internos. A grande insatisfação dos colaboradores, que se mostrou bem marcante na pesquisa, foi em relação ao incentivo e motivação nas áreas de trabalho dentro da Estética. Bem como cursos e capacitações que agreguem conteúdo e experiência na área. Salientam ainda a desorganização da agenda e a falta de divulgação e promoção. Quanto aos clientes, a pesquisa auxiliou bastante. Os clientes são pessoas fiéis ao trabalho da Estética, muito pelo serviço prestado e pela amizade com alguns colaboradores. São clientes que passam a utilizar a Estética através de gerações familiares, por exemplo, a filha vem porque a mãe vem e assim por diante. A estética é vista como um local que tem um serviço de qualidade, uma boa localização por ser próxima a uma Avenida bem conhecida. A estrutura física está de acordo com os serviços oferecidos, tendo um espaço amplo e de qualidade. Os preços estão dentro do padrão de mercado, o que podemos detectar que isso não é um fator de influência na hora da compra. O horário de atendimento é um diferencial em relação aos salões de pequeno porte, pois eles se mantêm abertos no horário do meio-dia, onde atingem clientes que trabalham e tem no horário de almoço um tempo livre para relaxar e se cuidar. Os pontos negativos detectados entre os clientes foi uma questão de reorganização na estrutura, pois foi criticado o pouco espaço das manicures. O estacionamento é um fator muitas vezes decisório na hora da compra, e a Estética tem esse problema, pois o estacionamento é de difícil acesso, como mencionou um cliente durante a pesquisa. Os 13

14 clientes concordam que a divulgação da Estética é ineficaz, pois através da pesquisa um tópico auxiliou nessa conclusão quando vimos que nenhum dos participantes da pesquisa ficou conhecendo a estética por meio de propaganda e sim por amigos ou colaboradores da estética. Os clientes mais assíduos trazem críticas quanto à falta de promoções. Concluímos que não há nenhuma estratégia de fidelização do cliente além do serviço de qualidade e atendimento, no que classificamos características fracas para se manter num mercado competitivo como o de beleza, que pudemos perceber com grande potencial de crescimento. 6. Objetivos e metas 6.1 Comunicação interna 14

15 Objetivo: Criar estratégias motivacionais para o público interno, aumentando o vínculo entre os diferentes grupos de trabalho. Meta: Gerar maior índice de satisfação quanto a motivação e incentivo, no período de seis meses. 6.2 Comunicação externa: Objetivo: Possibilitar uma maior organização ao mailing da empresa, bem como organização da agenda, com a criação de um sistema informatizado. Meta: Informatizar os dados dos clientes da empresa no período de dois meses. Objetivo: Posicionar a estética, a fim de criar um diferencial entre as estéticas concorrentes, possibilitando visibilidade à marca. Meta: Ter um aumento do fluxo de clientes no salão de até 10%, no período de seis meses, numa época de baixa procura. Objetivo: Criar estratégias de fidelização ao cliente. Meta: Aumentar o índice de satisfação do cliente nesse item, no período de três meses. Objetivos: Comunicar o diferencial da Estética, como especialistas em festas. Meta: Possibilitar a procura pelo serviço em até 30% num período de seis meses. 7. Prognóstico Em decorrência das pesquisas aplicadas, tanto ao público interno quanto ao externo, é possíbvel visualizar a satisfação e insatisfação, dos públicos que compõem a Estética & 15

16 Cia. Baseados nestas e em estudos, criamos estratégias utilizando algumas áreas da comunicação, para tentar atender a todas, ou a maior parte, das demandas apresentadas pelos clientes e colaboradores.foram criadas ações com o intuito de melhorar o serviço ofertado e a relação organizacional dentro da Estética, com o objetivo de minimizar as deficiências existentes. O ramo da beleza esta em crescente desenvolvimento de uma forma geral. A demanda de mulheres, homens, crianças e de um público em geralgeral, está cada vez mais intensa, o que ocasiona um crescimento no número de empreendimentos especializados em oferecer serviços relacionados a beleza. Em virtude disso, o diferencial deve ser muito bem planejado e executado, para se manter em ascensão num mercado altamente competitivo e diversificado. Foi analisando isso, que a Estética & Cia planejou algumas ações com o objetivo de diferenciar alguns serviços, fidelizando seu cliente, e conseqüentemente, se mantendo ativa no mercado. Caso essas ações sejam implantadas, o resultado será positivo e só irá aumentar a satisfação de seus clientes e também irá prospectar novos clientes, aumentando assim, o lucro da Estética e tornando-a uma Estética referência conforme os objetivos do empreendimento. Em contrapartida, se as ações não forem implantadas, o resultado, obviamente não será o esperado. A Estética, como qualquer outro empreendimento, apresenta falhas, e as ações foram planejadas com o objetivo de minimizar e cessar essas falhas. Por exemplo, não implantando ações novas para prospectar novos clientes, e não implantando ações para garantir e aumentar o nível de satisfação dos antigos clientes, a tendência é que, com o aumento de Estéticas e Salões, e as facilidades de acesso aos produtos utilizados por estas, a tendência é que os antigos clientes comecem a migrar para a concorrência, ocasionando uma baixa no caixa e nos lucros da Estética & Cia. Caso as ações que envolvem público interno não sejam executadas, é possível que a equipe da Estética comece a se dissolver. Em função do quadro organizacional ser baixo, a contratação de novos profissionais pode-se tornar mais difícil, e também, deve- se atentar, que muitos clientes da Estética & Cia utilizam os serviços em decorrência da amizade com os profissionais. Garantir a satisfação dos seus colaboradores é essencial para qualquer empreendimento. Colaboradores satisfeitos com seu emprego, produzem mais e refletem isso no seu trabalho, que de certa forma, implica diretamente no público. Já 16

17 colaboradores insatisfeitos, refletem isso na execução de suas tarefas, implicando diretamente também nos clientes, por isso a importância de executar ações relacionadas ao público interno. 8. Ações sugeridas em cada uma das áreas da comunicação organizacional: O quê? Quem? Para quê? Quando? Como? Para quem? Com que recursos? 8.1 Relações Públicas: 1. Parceria com SESI no evento Ação Global 17

18 Público-alvo: Comunidade local Objetivo: Divulgar a Estética no bairro, a fim de conquistar novos clientes, gerando um recall positivo, frente à comunidade. Período: No próximo evento. Fazer contato com os responsáveis pelo evento na região norte para verificar como proceder. 2. Amigos da beleza! Público alvo: Clientes da Estética Objetivo: Valorizar o cliente, tornando-o fiel ao salão Período: julho a setembro (período de baixo movimento) Como: Clientes novos: A cada cliente que está vindo a Estética pela primeira vez, ganhará dois cartões: - um dará desconto de 5% em qualquer serviço da Estética para o próximo atendimento. - o outro também dará o desconto de 5% em qualquer serviço da estética, mas para algum amigo. A pessoa que distribuiu o cartão ganhará um horário com a manicure, para fazer a mão. Só poderá fazer a mão no dia em que o amigo vier, com agendamento antecipado. Clientes antigos: confecção de cartão fidelidade. Após utilizar 8 vezes qualquer serviço da Estética o cliente tem direito a escolher fazer um de graça: a mão ou um corte de cabelo; Ou usar o cartão como desconto de 10% em qualquer outro serviço da Estética. 3. Quadro de avisos Público-alvo: Colaboradores Objetivo: manter os colaboradores atualizados sobre informações organizacionais, bem como assuntos pertinentes a área da beleza. 18

19 Buscar informações sobre assuntos relevantes ao mercado de salões de beleza em sites, jornais e demais veículos e disponibilizar para o público interno através do mural de avisos. 4. Festa de Natal Afetividade e amizade Público-alvo: Colaboradores e clientes Objetivo: Propor um momento de confraternização entre clientes e colaboradores da Estética, permitindo um maior vínculo entre as partes. Data: 05/12 sexta-feira Local: Salão do Clube Comercial Sarandi. Seriam vendidos convites por um valor de 15,00. O número esperado para a festa são 200 pessoas. Na festa teria desfile com penteados e maquiagem para festas (tema de natal), feitos pela Estética. Através de uma parceria com os fornecedores, buscaria brindes das duas marcas para ser distribuído. Na entrada os clientes e colaboradores seriam recepcionados com uma lembrança personalizada (porta batom com espelho e um pente de bolso) com nome e felicitação de Natal da Estética. Durante o desfile, os convidados estariam sendo recepcionados com coquetéis e salgadinhos. Após o desfile, seriam servidas as comidas (Buffet) e a bebida seria vendida. Depois disso, abertura da pista de dança. 8.2 Assessoria de Imprensa: 1. Banco de dados Público-alvo: Editores Objetivo: organizar relação de editores com pautas relacionadas com o mercado de beleza e salões. 19

20 Fazer uma pesquisa entre os jornais locais e de grande porte, sites sobre o tema e relacionar os editores que possam se interessar sobre o tema beleza, e ações realizadas por este mercado. 2. Releases Público-alvo: Jornalistas Objetivo: Ser fonte de informações sobre o mercado de salões de beleza. Escrever releases sobre a Estética, informando os serviços oferecidos, promoções e eventos realizados, e também suas contribuições ao campo beleza e enviar para os editores relacionados. 8.3 Publicidade e Propaganda: Campanha de posicionamento Público-alvo: clientes e novos clientes Tipo de campanha: lançamento de um serviço Posicionamento: Transformar beleza em Glamour Preocupada com a qualidade de vida de seus clientes, focando na classe C, que conforme pesquisas é um público que demonstra uma grande preocupação com a aparência, a Estética & Cia. lança-se como uma opção única entre as demais estéticas e salões da região no que diz respeito a serviços de beleza para festas, especialistas na arte de transformar beleza em glamour. Segmentação Através do posicionamento da Estética & Cia, em relação ao novo serviço oferecido Transformar Beleza em Glamour, no qual o foco é a preparação para festas, que envolve maquiagem e cabelo, torna-se mais aproprioado segmentar o público de acordo com o serviço ofertado. A campanha é direcionada ao público Classe C, que conforme os resultados de pesquisas, é um público promissor, pois em relação as outras classes, é a que mais consome com produtos e serviços relacionados a beleza. Dentro da classe C, a proposta da Estética & Cia com o novo serviço, é atingir mulheres na faixa etária de 25 a 35 anos, com uma vida social bastante ativa e com uma rede de conhecidos bastante ampla. O objetivo é atingir, principalmente, as mulheres que se 20

21 enquadrem nas condições citadas anteriormente, porém, sem excluir outros tipos de público (homens, crianças, adolescentes, etc.) interessados nesse serviço. Estratégia Criativa: Criar uma ação impactante que atinja de forma significativa o público local, e dê margem para um boca-a-boca positivo. Criar em frente ao salão um espaço com cenário que lembre um laboratório. O nome do local será Laboratório da beleza. A ação acontecerá da seguinte forma: teremos 4 promotoras, vestidas com roupas de festa, cabelo e maquiagem também. Elas estarão no início da rua abordando algumas mulheres, falando do serviço e convidando-as para participar de um experimento. Ao chegar ao laboratório da beleza, teremos 4 profissionais: 1 cabeleireiro, 1 maquiador, 1 manicure e 1 fotógrafo. A pessoa abordada ganhará um penteado e corte, maquiagem e mão. Após estar bela e linda, haverá um cenário com algumas roupas para tirar foto, e levar de lembrança, junto com o cartão da estética que permite desconto de 5% a clientes que vem ao salão na primeira vez, mais um folder informando o novo serviço da estética. No local haverá café, chá e chimarrão para as pessoas que estiverem aguardando. Técnicas recomendadas: Relações Públicas e promoção de venda. Estratégias de Relações Públicas Promotoras abordagem às mulheres. Organização do evento. Emissão de releases a imprensa. Estratégia de Promoção de Vendas: Confecção de banner, cartazes e panfleto promocional. Cartão promocional com descontos para os clientes participantes do evento, ganhando 5% na próxima utilização dos serviços. Ganha foto personalizada com dados da Estética, como brinde. 21

22 Estratégia de Mídia: Anúncio em jornais locais (de bairro) Anúncios no caderno Donna ZH SPOT 15 - na rádio Continental (no horário noturno) e Panfletagem nas caixas coletoras dos edifícios e casas vizinhas, para veicular a campanha de posicionamento da Estética & Cia, destacando o novo serviço oferecido Transformar Beleza em Glamour, com foco em maquiagem e cabelo para festas. 9. Orçamento Ação QTD Descrição Valor Amigos da Beleza 100 Cartões fidelidade tamanho 9 cm x 5cm Papel comum, 120gr 4 x 4. R$ 30,00 22

23 1 200 Locação do Salão Clube Comercial Sarandi Convites Papel comum 120gr Tamanho 10 cm x 14 cm 4 x 4. R$ 500,00 R$ 60,00 1 Contratação de DJ R$ 350,00 1 Contratação de Buffet R$ 400,00 Festa de Natal 200 Brindes Porta batom R$ 120, Brindes Pente de bolso R$ 120, Cartões Personalizados felicitações. Tamanho 9cm x 5cm Papel comum 120gr 4 x 4 R$ 30, Sacos Embalagens R$ 4,80 1 Contratação de serviço decoração R$ 300,00 4 Contratação de promotoras R$ 120,00 Laboratório da Beleza 1 Fotografo c/ cenário e impressão instantânea R$ 250,00 15 Camisetas promocionais do evento R$ 127, Cronograma de execução Fase Período Início da pesquisa sobre a Estética & Cia Contato com o sócio proprietário, Raul, para realização do Briefing. Abril - Junho 02/05/2008 Formulação das Pesquisas de Satisfação 13/05/

24 Aplicação das Pesquisas de Satisfação 18/05/ /05/2008 Tabulação das Pesquisas de Satisfação 27/05/2008 Formulação das ações estratégicas 03/06/2008 Ação Amigos da Beleza Julho de 2008 Setembro de 2008 Festa de Natal Afetividade e Amizade 05/12/2008 Lançamento da Campanha de Posicionamento Transformar Beleza em Glamour 25/09/2008 Lançamento Final de outubro Relançamento para reafirmar o serviço 11. APÊNDICE TABULAÇÃO DE DADOS Questionário Colaboradores 1. Quais são as expectativas em relação ao crescimento profissional dentro da Estética & Cia? Auto proporciona-se cursos na área em que atuam; Realização de cursos; Melhorias constantes; 24

25 Maior divulgação para gerar um aumento no número de clientes. 2. Como você considera a relação entre cliente e colaborador dentro da Estética & Cia? Por quê? Ótimo = 1 Razoável = 0 Bom = 4 Péssimo = 0 RELAÇÃO COLABORADOR - CLIENTE dentro da Estética & Cia 4,5 4 3,5 3 2,5 2 1,5 1 0,5 0 Ótimo Bom Razoável Péssimo 3. A Estética & Cia oferece cursos e capacitações que incentivem e agreguem conteúdo e experiência na área? Sim = 0 Não = 5 Sugestões = Unhas decoradas, depilação artística, relações humanas e maquiagem definitiva. 25

26 6 CURSO DE CAPACITAÇÃO Incentivo da Estética & Cia Sim Não 4. Como você avalia a gestão dos proprietários da Estética & Cia? Por quê? Ótimo = 2 Razoável = 1 Bom = 2 Péssimo = 0 Por quê = Boa comunicação, porém sem efeito, busca de melhorias, maior veiculação de propagandas e mais promoções. 2,5 GESTÃO PROPRIETÁRIOS Avaliação 2 1,5 1 0,5 0 Ótimo Bom Razoável Péssimo 5. Como você considera a comunicação / divulgação da Estética & Cia junto aos seus clientes? Por quê? Ótimo = 0 Razoável = 1 Bom = 3 Péssimo = 0 Por quê = Falta de faixas comunicativas, falta de imaginação e utilização de carro som. 26

27 3,5 COMUNICAÇÃO / DIVULGAÇÃO 3 2,5 2 1,5 1 0,5 0 Ótimo Bom Razoável Péssimo 6. Como você considera a comunicação interna da Estética & Cia? Por quê? Ótimo = 0 Razoável = 2 Bom = 3 Péssimo = 0 Por quê = Boa sintonia entre os funcionários, os desentendimentos, quando ocorrem, são solucionados imediatamente, falta de comunicação. 3,5 COMUNICAÇÃO INTERNA 3 2,5 2 1,5 1 0,5 0 Ótimo Bom Razoável Péssimo 7. Como você avalia os instrumentos de trabalho oferecidos para os colaboradores da Estética & Cia? Por quê? Ótimo = 1 Razoável = 1 27

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI

VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI INTRODUÇÃO A LaPozzi Professional Cosméticos fornece ao mercado de cosméticos capilar profissional, produtos inovadores,

Leia mais

Consumo de produtos de beleza

Consumo de produtos de beleza Consumo de produtos de beleza Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado.

Leia mais

Módulo 12 Segmentando mercados

Módulo 12 Segmentando mercados Módulo 12 Segmentando mercados Há alguns anos que os profissionais de marketing perceberam que não se pode atender todo o mercado com um único composto de produto. Nem todos os consumidores querem um carro

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

CONSULTOR DE NE N GÓ G CIO I S

CONSULTOR DE NE N GÓ G CIO I S CONSULTOR DE NEGÓCIOS INTRODUÇÃO A LaPozzi Professional Cosméticos fornece ao mercado de cosméticos capilar profissional, produtos de alta tecnologia e extratos naturais, com a proposta de deixar seus

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Resumo O presente case mostra como ocorreu o processo de implantação do Departamento Comercial em

Leia mais

Panorama do mercado de papel

Panorama do mercado de papel Panorama do mercado de papel Panorama da concorrência Panorama da organização Mapeamento de públicos Pontos Fortes x Pontos Fracos Prognóstico Objetivos e Estratégia Programas Toda a presente contextualização

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital

UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital Muitos empreendedores apontam como principal retardo para o crescimento das MPE s no Brasil a dificuldade em se obter financiamento, devido às exigências estabelecidas

Leia mais

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para QUAL NEGÓCIO DEVO COMEÇAR? No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para então definir seus objetivos e sonhos.

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

André Criação e Atendimento. Edson E-commerce e Atendimento. Juciellen Web Design e Programação. Talita Planejamento e Projeto

André Criação e Atendimento. Edson E-commerce e Atendimento. Juciellen Web Design e Programação. Talita Planejamento e Projeto Integrantes André Criação e Atendimento Edson E-commerce e Atendimento Juciellen Web Design e Programação Talita Planejamento e Projeto Vanessa Criação e Conteúdo Briefing Histórico da Empresa - Características

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

APRESENTAÇÃO SUA EMPRESA EM BOAS MÃOS. ASSESSORIA EM MÚLTIPLOS SEGMENTOS. SOLUÇÕES COMPLETAS EM: REGISTRO DE MARCAS PUBLICIDADE WEBSITES

APRESENTAÇÃO SUA EMPRESA EM BOAS MÃOS. ASSESSORIA EM MÚLTIPLOS SEGMENTOS. SOLUÇÕES COMPLETAS EM: REGISTRO DE MARCAS PUBLICIDADE WEBSITES APRESENTAÇÃO SUA EMPRESA EM BOAS MÃOS. ASSESSORIA EM MÚLTIPLOS SEGMENTOS. SOLUÇÕES COMPLETAS EM: REGISTRO DE MARCAS PUBLICIDADE WEBSITES WWW.GRUPOZION.COM.BR Você sente uma grande dificuldade de encontrar

Leia mais

Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes

Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes Palestra Como atrair, conquistar e manter clientes O passo a passo da fidelização de clientes Carga horária: 2 horas Conteúdo: A estratégia ACM. A escada da lealdade. Como atrair, conquistar e manter clientes.

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE 2 Download da Apresentação www.gptw.com.br publicações e eventos palestras Great Place to Work - Missão 3 Construindo um Excelente Ambiente de Trabalho 4 1 2 3 4 O que

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

Categoria: Estágio Integrado em Relações Públicas. Equipe: Cristiane Rodrigues Herold, Giovana Pegoraro, Kamila Kaiser e Kellen Kunz.

Categoria: Estágio Integrado em Relações Públicas. Equipe: Cristiane Rodrigues Herold, Giovana Pegoraro, Kamila Kaiser e Kellen Kunz. Categoria: Estágio Integrado em Relações Públicas Equipe: Cristiane Rodrigues Herold, Giovana Pegoraro, Kamila Kaiser e Kellen Kunz. Cliente : Bella Forma Estética Diagnóstico. A empresa. A Bella Forma

Leia mais

Módulo 4 O que é CRM?

Módulo 4 O que é CRM? Módulo 4 O que é CRM? Todos nós já sabemos a importância de manter os clientes fiéis e a qualidade do atendimento que temos que oferecer para fidelizar cada vez mais os clientes. Atualmente, uma das principais

Leia mais

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100

DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 24.07.15 EDITORIA: ECONOMIA VEÍCULO: BLOG COMUNICAR DATA: 22.07.15 EDITORIA: ECONOMIA DIA DOS PAIS 2015 SERÁ DE COMPRAS À VISTA E PRESENTES COM VALOR MÉDIO DE R$ 100 22

Leia mais

Missão, Visão e Valores

Missão, Visão e Valores , Visão e Valores Disciplina: Planejamento Estratégico Página: 1 Aula: 12 Introdução Página: 2 A primeira etapa no Planejamento Estratégico é estabelecer missão, visão e valores para a Organização; As

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença?

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença? MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS Qual a diferença? Marketing promocional É uma ferramenta que se utiliza de várias outras para promover a promoção de vendas. Por exemplo: Marketing promocional

Leia mais

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line CMídia Kit 2015 Apresentação O que é A revista Circulô Conceitual é um periódico quadrimestral, distribuído gratuitamente em locais estratégicos da cidade. Chega para suprir as necessidades e interesses

Leia mais

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil 10Minutos Futuro do trabalho Pesquisa sobre impactos e desafios das mudanças no mundo do trabalho para as organizações no B O futuro do trabalho Destaques Escassez de profissionais, novos valores e expectativas

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA Flash Lan House: FOCO NO ALINHAMENTO ENTRE CAPITAL HUMANO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

dicas infalíveis para conquistar patrocinadores 6para eventos

dicas infalíveis para conquistar patrocinadores 6para eventos dicas infalíveis para conquistar patrocinadores 6para eventos Introdução Antes de abordar os possíveis patrocinadores Está na hora de apresentar a proposta para o patrocinador 1. Quem é você? 2. Apresentando

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF Danilo Domingos Gonzales Simão 1 Fábio Augusto Martins Pereira 2 Gisele Maciel de Lima 3 Jaqueline de Oliveira Rocha 4

Leia mais

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na Visão das Seguradoras: Uma análise da distribuição de seguros no Brasil Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV), membro do Conselho Editorial da FUNENSEG, catedrático pela ANSP e sócio da empresa "Rating

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Programa de Comunicação Interna e Externa

Programa de Comunicação Interna e Externa Programa de Comunicação Interna e Externa Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Comunicação Interna e Externa das Faculdades Integradas Ipitanga FACIIP pretende orientar a execução

Leia mais

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO BEM VINDO AO GUIA DE 10 PASSOS DE COMO MELHORAR MUITO A SUA VIDA FINANCEIRA! APROVEITE! 1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO Quando se trata do nosso dinheiro, a emoção sempre tende a ser um problema.

Leia mais

NOSSO FOCO. www.grupozion.com.br

NOSSO FOCO. www.grupozion.com.br NOSSO FOCO No setor de Publicidade e Propaganda os profissionais do Grupo Zion procuram a melhor maneira de se alcançar o objetivo esperado pelos seus clientes, em um trabalho pautado por metas que caracterizam

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A.

PLANO DE NEGÓCIOS FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A. FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A. PLANO DE NEGÓCIOS Data: Janeiro 2.013 Dr. Marido - Operacional S U M Á R

Leia mais

Investir em autoestima e bem-estar é sempre um excelente negócio

Investir em autoestima e bem-estar é sempre um excelente negócio Investir em autoestima e bem-estar é sempre um excelente negócio Abrir uma empresa envolve paixão, razão e empatia. Ao optar por um segmento é preciso sentir-se parte dele. É preciso sentir-se bem. O mercado

Leia mais

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009

Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Veículo: Site Catho Data: 18/09/2009 Seção: Estilo&Gestão RH Pág.: www.catho.com.br Assunto: Entrevista Marly Vidal Marly Macedo ajuda a Sabin a ser uma das melhores empresas para trabalhar Tatiana Aude

Leia mais

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO Odilio Sepulcri odilio@emater.pr.gov.br www.odiliosepulcri.com.br www.emater.pr.gov.br Telefone: (41) 3250-2252 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. Perfil para empreender

Leia mais

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores Levar todas as informações decisivas da empresa, de forma rápida e simples; jornalmural divulgar aos colaboradores conceitos e informações funcionais e institucionais; reconhecer o trabalho das áreas e

Leia mais

O Segredo do Sucesso na Indústria da Construção Civil

O Segredo do Sucesso na Indústria da Construção Civil O Segredo do Sucesso na Indústria da Construção Civil Planejamento estratégico pode ser o grande diferencial para a empresado ramo da construção civil, imobiliário e arquitetura que deseja obter mais sucesso

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

Seu cadastro na empresa! Para quem é esta oportunidade? O grande negócio! Administração Financeira Diretora Executiva Beth Filippelle Administração Financeira Você sabia? O mercado

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

03 e 04 de agosto Passo Fundo. O poder da. Liderança. na superação de. resultados

03 e 04 de agosto Passo Fundo. O poder da. Liderança. na superação de. resultados 03 e 04 de agosto Passo Fundo O poder da Liderança na superação de resultados O poder da Liderança na superação de resultados O CONGREGARH Conexão 2016 terá como pauta dois temas fundamentais no ambiente

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

P R O P O S T A D E FRANQUIA

P R O P O S T A D E FRANQUIA P R O P O S T A D E FRANQUIA Conheça a Depil Out Com base na franca expansão do setor de prestação de serviços e acreditando nas perspectivas cada vez mais promissoras; após estudo minucioso de como seria

Leia mais

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante)

FLUXO DE CAIXA. Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) FLUXO DE CAIXA Dinâmica: O que faço de diferente ou estranho. (Objetivo: Conhecer um pouco cada participante) Brainstorming: Chuva de ideias ou Toró de parpite: O QUE É FLUXO DE CAIXA? (Objetivo: Saber

Leia mais

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013 Reunião Pública Anual 19 de dezembro de 2013 2 Aviso importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público-alvo Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI

UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI PLANO DE TRABALHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PCS Plano de Trabalho ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 2.1. Objetivos Específicos... 1 3. PÚBLICO ALVO... 2 4. METAS... 2 5.

Leia mais

terceiro trimestre de 2005

terceiro trimestre de 2005 apresentação institucional terceiro trimestre de 2005 1 1panorama da empresa 2 panorama da empresa Empresa de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal com receita bruta de R$2,5 bilhões no 2004 (9M05:

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

Indicadores Estratégicos em uma Seguradora Setembro/2001 Francisco Galiza, Mestre em Economia (FGV)

Indicadores Estratégicos em uma Seguradora Setembro/2001 Francisco Galiza, Mestre em Economia (FGV) Indicadores Estratégicos em uma Seguradora Setembro/2001 Francisco Galiza, Mestre em Economia (FGV) De um modo geral, o mercado segurador brasileiro tem oferecido novas possibilidades de negócios mas,

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Análise do contexto da organização A Pirelli é a quinta maior empresa do mundo no mercado de

Leia mais

SCHOOL CHEF S: ESCOLA DE CULINÁRIA DE PRATOS TÍPICOS LTDA.

SCHOOL CHEF S: ESCOLA DE CULINÁRIA DE PRATOS TÍPICOS LTDA. 93 SCHOOL CHEF S: ESCOLA DE CULINÁRIA DE PRATOS TÍPICOS LTDA. ¹Camila Silveira, ¹Giseli Lima ¹Silvana Massoni ²Amilto Müller RESUMO O presente artigo tem como objetivo apresentar os estudos realizados

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG.

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Bambuí/MG - 2008 A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Ana Cristina Teixeira AMARAL (1); Wemerton Luis EVANGELISTA

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES A Feira do Empreendedor é promovida pelo Sebrae desde 1992 em todos os estados do país. É considerado o maior evento presencial de

Leia mais

Módulo 18 Avaliando desempenho

Módulo 18 Avaliando desempenho Módulo 18 Avaliando desempenho Raimar Richers definiu marketing como sendo entender e atender os clientes. Esta é uma definição sucinta e feliz que podemos usar para definir avaliação de desempenho como

Leia mais

Plano de Marketing: um diferencial competitivo

Plano de Marketing: um diferencial competitivo Plano de Marketing: um diferencial competitivo O Marketing é responsabilidade de TODA a Instituição. Processo criterioso para elaboração de um Plano de Marketing Missão, Objetivos e Metas Identidade e

Leia mais

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND Mídias Sociais nos Negócios GorillaBrand BRAND Marketing de Relacionamento Estratégias Empresa Marca Faturamento Clientes Uso de estratégias Relacionamento Empresa x Cliente Gera Valorização da Marca Aumento

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 06/08/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG Professores

Leia mais

CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014

CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014 CONVITE COMERCIAL Rio de Janeiro, 2014 O Rio ao Vivo é a primeira plataforma de transmissão online, em tempo real,com imagens de alta qualidade dos locais mais movimentados do Rio de Janeiro para o mundo.

Leia mais

MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil

MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil MPE INDICADORES Pequenos Negócios no Brasil Categorias de pequenos negócios no Brasil MPE Indicadores MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Receita bruta anual de até R$ 60 mil MICROEMPRESA Receita bruta

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital Apresentação Presença Digital 2012 ÍNDICE 1. GESTÃO MÍDIAS SOCIAIS... 03 2. ESTRATÉGIAS COMPLEMENTARES... 04 3. PERSONALIZAÇÃO... 05 4. CASES... 06 5. SOBRE A INTERMIDIA BRASIL... 13 6. CLIENTES... 14

Leia mais

Fundação Parque Zoológico de São Paulo Projeto Experimental 1

Fundação Parque Zoológico de São Paulo Projeto Experimental 1 Fundação Parque Zoológico de São Paulo Projeto Experimental 1 Fabiane Silveira GOMES 2 Claudia Nociolini REBECHI 3 Universidade Metodista de São Paulo - UMESP, São Paulo, SP RESUMO Em posse de dados cruciais

Leia mais

Passo a passo do Evento

Passo a passo do Evento Passo a passo do Evento 1 Pré-evento Definição do Público Número de convidados e características específicas e segmentadas O público definirá dimensão Porte e abrangência do evento.. Com participação de

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

O Sistema de Franquia

O Sistema de Franquia O Sistema de Franquia simples e inteligente Preste atenção nas informações a seguir e venha fazer parte da nossa história de sucesso A Empresa A MÍDIA PANE é uma empresa do grupo Eco² Mídia, especializada

Leia mais

Veículo: Correio Braziliense Data: 13/09/2009 Seção: Cidades Pág.: 41 Assunto: Prêmio da Revista Você S/A Exame

Veículo: Correio Braziliense Data: 13/09/2009 Seção: Cidades Pág.: 41 Assunto: Prêmio da Revista Você S/A Exame Veículo: Correio Braziliense Data: 13/09/2009 Seção: Cidades Pág.: 41 Assunto: Prêmio da Revista Você S/A Exame Veículo: Site Portal Nacional Data: 13/09/2009 Seção: Notícias Pág.: www.segs.com.br Assunto:

Leia mais

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS Uma empresa sem vendas simplesmente não existe, e se você quer ter sucesso com uma loja você deve obrigatoriamente focar nas vendas. Pensando nisso começo este material com

Leia mais

Este Plano de Negócios foi elaborado em Junho de 2014

Este Plano de Negócios foi elaborado em Junho de 2014 ESPETO VACA LOUCA Pc TUBAL VILELA Nº 0 CENTRO- UBERLANDIA MG (34) 9876-5432 contato@vacalouca.com Ademir Gonçalves Filho Diretor Administrativo Gustavo Rodovalho Oliveira - Diretor de Marketing Jhonata

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia.

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. Rio Grande do Sul Brasil PESSOAS E EQUIPES Equipes que

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

EMPREENDEDORISMO Marketing

EMPREENDEDORISMO Marketing Gerenciando o Marketing EMPREENDEDORISMO Marketing De nada adianta fabricar um bom produto ou prestar um bom serviço. É preciso saber colocálo no mercado e conseguir convencer as pessoas a comprá-lo. O

Leia mais

PN PLANO DE NEGÓCIOS. Gestão e Empreendedorismo

PN PLANO DE NEGÓCIOS. Gestão e Empreendedorismo PN PLANO DE NEGÓCIOS Conceito PLANO DE NEGÓCIO É um documento que contempla a descrição do empreendimento e o modelo de gestão que sustentará a empresa É O CARTÃO DE VISITA DA EMPRESA Plano de Negócio

Leia mais

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br Pequenos Negócios no Brasil Pequenos Negócios no Brasil Clique no título para acessar o conteúdo, ou navegue pela apresentação completa Categorias de pequenos negócios no Brasil Micro e pequenas empresas

Leia mais

O ABC do Programa de Fidelização

O ABC do Programa de Fidelização O ABC do Programa de Fidelização COMO E POR QUÊ RETER CLIENTES? Diagnóstico As empresas costumam fazer um grande esforço comercial para atrair novos clientes. Isso implica Investir um alto orçamento em

Leia mais