Essencial Management. Gestão de pessoas. Editorial: O valor da internet. O fracasso leva a inovação? Do Brasil. Nesta edição:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Essencial Management. Gestão de pessoas. Editorial: O valor da internet. O fracasso leva a inovação? Do Brasil. Nesta edição:"

Transcrição

1 EM Brazil Essencial Management Do Brasil Volume 2, Edição 1 09 Março 2012 Editorial: O valor da internet. Por Wolfgang Battmann Qual é o valor da Internet? Um estudo recente feito por analistas da McKinsey & Company indica que atualmente este está em aproximadamente oito trilhões de dólares americanos. Isto faz da Internet uma economia maior que as do Canadá e de Espanha juntas. O estudo focou no G8 e os países BRIC combinados com a Coréia do Sul. Um somatório de aproximadamente 200 milhões de pessoas são consumidores ativos na rede e a economia que eles criam nesta área é calculada como compondo aproximadamente 3,4% do PIB. Por conseqüência, vista como um setor, a Internet supera setores como o da mineração (1.7%), agricultura (2.2%), e educação (3.0%). No entanto, o impacto da Internet difere intensamente entre os países. Aproximadamente 6,4 por cento da economia da Suécia pode ser atribuída à Internet, mais do duplo que na Alemanha e França. Os britânicos são líderes em varejos online, gastando duas vezes mais do que aquela em relação à população dos EUA. No entanto, nos EUA a renda da indústria online representa mais de 30 por cento. Alguns países Gestão de pessoas estão significativamente atrasados como a Rússia, com uma indústria da Internet com menos de 1% de PIB. Enquanto a indústria da Internet é dominada, namaioria dos países, por consumidores privados, para a China e a Índia a produção e vendas de serviços on-line são fatores mais importantes. Os números são impressionantes e confirmam que estamos vivendo a revolução industrial da Internet. O centro desta revolução está além dos benefícios do consumo individual, da globalização da divisão do trabalho, e do fluxo de informações. A Internet, portanto, poupa tempo e custos capacitando as companhias e os consumidores individuais a consumirem adquirindo produtos a nivel internacional. Os números também indicam que esta revolução está, quantitativamente, longe de acabar. Os 200 milhões de pessoas ativas são somente uma fração dos habitantes dos países estudados, e os países principais poderiam talvez, em alguns aspectos, indicar onde os outros estão indo. Continua na página 10 Nesta edição: Perguntas das entrevistas de trabalho: Os truques da Google. As dez profissões mais quentes : Não tem a ver com dinheiro. Avaliação crítica: Quem se importa? A aprendizagem como melhor experienciador. Momentos desagradáveis: Como demitir pessoas. O auto-gerenciamento: Dispensa o chefe? O MBA: Declinando em valor? As décadas perdidas do Japão: Um mito? Normas culturais: Seu entendimento é essencial para os negócios na China. A inflação no Brasil. 7 Venda a varejo: De vez em quando. Redes sociais e mudança revolucionária: "A revolução Twitter " O fracasso leva a inovação? Qual a melhor maneira para lidar com erros? the Chief Executive Officer (CEO) da Dun & Bradstreet Credibility Corporation descreve seu ponto de vista no seu blog 'por que eu contrato pessoas que falham' publicado na Harvard Business Review. De acordo com Stibel os erros são os predecessores da inovação e êxito, então eles devem ser uma parte importante da cultura das companhias. Em conseqüência disto, ele criou a parede do fracasso. Todo o mundo na companhia é convidado escrever na parede um Continua na página 2

2 O fracasso leva a inovação? (continuou) Essencial Management erro que ela ou ele cometeu, a lição aprendida com o erro e então assinar embaixo. Como o CEO da companhia, Jeff Stibel dá um bom exemplo anotando algums dos seus próprios erros, mostrando assim aos empregados que estes podem arriscar sem medo de represálias. Um empregado recém contratado precisa acreditar nesta cultura, para isso, durante a entrevista de contratação, Stibel dedica atenção especial à capacidade do candidato em admitir erros. Ser capaz de admitir erros demonstra auto-reflexão e é portanto uma qualidade desejável no empregado. Se o fato de estabelecer-se uma cultura de clemência ao fracasso, é uma boa idéia ou não, torna-se questionável. Esta, talvez, seja uma cultura confortável para os empregados, e limita-se aos portões da companhia. A magnitude dos erros é importante e também se os problemas são resolvidos dentro da companhia. Os clientes simplesmente não abrem exceções para produtos defeituosos; como um cliente se sentiria caso enquanto aguardasse a revisão de seu carro, este lesse na parede da garagem Bob, você esqueceu de reparar os freios!. Quem deixaria Bob verificar seu carro? Como seria caso você tivesse que colocar um valor para cada erro na parede, como exemplo, 3 milhões de perdas para a companhia? Uma das maiores críticas que os banqueiros de investimento recebem é ter que enfrentar riscos sem responsabilidade pelas consequências. Naturalmente, algumas grandes inovações surgíram dos "erros", mas a maioria foi baseada em trabalho duro e pensamento engenhoso. Frequentemente, nós não aprendemos com erros, mas principalmente através da avaliação reflexiva. Jeff Stibel discute um ponto importante realçando que os erros evidenciados ajudam no desenvolvimento de uma cultura corporativa honesta. Não obstante, a conexão entre erros e as responsabilidades não deve ser negligenciada. Why I Hire People Who Fail (Jeff Stibel) The Simple Way to Avoid Social Media Failures (Jeff Stibel) Perguntas das entrevistas de trabalho: Os truques da Google. Algumas companhias começaram a dar um toque especial às entrevistas de trabalho confrontando os candidatos com desafios de memória e quebracabeças. William Poundstone criticamente discute a nova técnica no 'Wall Street Diary' e mostra uma variedade de exemplos de diferentes companhias que seguem este modelo. 'Que cor representa melhor sua personalidade'?, 'Qual é o preço atual de estoque da nossa companhia'? ou 'Projete um plano de evacuação para São Francisco'!. Perguntas e tarefas como estas estão tornando-se cada vez mais parte das entrevistas de trabalho. Perguntas "excêntricas" podem aliviar a atmosfera de uma entrevista, ao mesmo tempo que podem mostrar a espontaneidade, sagacidade e humor do candidato na resolução de problemas. Além do mais, estas refletem que candidatos não são contratados para uma tarefa específica, mas para uma carreira que apresenta uma certa dificuldade em prever-se o futuro. As atitudes, capacidades para resolver problemas em geral e qualidades administrativas são partes implícitas de qualquer entrevista de trabalho e tais perguntas podem ajudar a mostrar este lado da personalidade e habilidades do candidato. Formular perguntas não convencionais, mas ao mesmo tempo, referindo-se às qualificações desejadas é, certamente, uma boa idéia. No entanto, em sua natureza não convencional elas também podem ser problemáticas. O uso portanto de tais perguntas deve ser cuidadosamente acompanhado seguindo sempre um raciocínio específico. Caso contrário, estas podem não apenas refletir uma psicologia "ingênua", como também, estranha, inadequada ou induzida. É importante considerar que especialmente no trato com candidatos altamente qualificados, estes podem perder o interesse pela vaga, caso percebam que estão sendo parte de um jogo. Qual é o peso de Manhattan? Será esta uma questão entrevista útil? How to Ace a Google Interview (William Poundstone) Página 2

3 As dez profissões mais quentes : Não tem a ver com dinheiro. O que é um trabalho que prazeroso? Um estudo representativo dos EUA aponta que relevância social é mais importante que aspectos materiais. The Christian Science Monitor e Steve Denning em "Forbes" ressuscitou dados da General Social Survey (GSS) pela Organização Nacional para Pesquisa na Universidade de Chicago que diz que a mais alta escala de trabalho da classificação é a de padre. Desde 1988 o GSS executa mundialmente um dos mais abrangentes estudos longitudinais em satisfação profissional. Até 2006, um relatório resumiu os dados de ocupações classificadas de acordo com o percentual (%) de muito satisfeito, como os seguintes: 1. Clerical (87%), 2. Fisioterapeutas, 3. Bombeiros, 4. Administradores da educação, 5. Pintores e Escultores, (67%), 6. Professores, 7. Autores, 8. Psicólogos, 9. Professores especiais da educação, 10. Engenheiros de Operação, (64%). Os três trabalhos mais desprazerosos foram classificados como: 1. Telhador (25%), 2. serviços de Garçom, 3. Trabalhos com esforços físicos (exceto construção). A satisfação profissional é intensamente influenciada pelo significado social acompanhado das atividades e motivação intrínseca do trabalhador. Nenhuma das 10 profissões prazerosas pagam bem, e as atividades artísticas geralmente não encontram a esperada remuneração, no entanto são exemplos superiores de auto realização. Notavelmente a satisfação nestes trabalhos está intensamente ligada a satisfação de vida em geral. Trabalhos desprazerosos são produtivos mas carece desta interação significativa; logo o impacto na satisfação de vida é significativamente mais baixo. As fortes diferenças na média de satisfação dentro das dez profissões mais quentes reflete na variança esperada em geral. É a pessoa quem preenche o trabalho; o telhador tem muita satisfa- Volume 2, Edição 1 ção profissional e reputação mais alta em outras culturas. Não obstante, será mais difícil de dar o significado merecido a um trabalho, a ter que somente achá-lo na interação diária com clientes agradecidos. The Ten Happiest Jobs (Steve Denning) The original study at NORC Avaliação crítica: Quem se importa? Dar retorno aos empregados de uma maneira construtiva é um das tarefas principais dos gerentes modernos. Assim as pessoas tendem a crescer e desenvolver suas habilidades como reflexo de seu desempenho e comportamento. Num artigo publicado na Harvard Business Review, Tony Schwartz descreve seu ponto de vista sobre o assunto dizendo "não existe tal coisa chamada Crítica Construtiva". Receber uma crítica construtiva é quase sempre desagradável porque desafia nosso senso de valores. Schwartz identifica três tópicos chaves que torna difícil aprimorar-se com esse tipo de avaliação 1. Frequentemente a avaliação não é disponibilizada para outros, mas antes, para proteger nossos próprios valores. 2. Talvez não compreendamos, mas colocar pessoas no canto da parede e desafiar seus valores, tornam-as mais susceptíveis a defenderem-se, que refletir na crítica. 3. Talvez a crítica represente somente a própria opinião de quem faz a crítica, que por sua vez, pode estar errada. O conselho de Schwartz não é enfrentar as pessoas com nossa interpretação e opinião sobre seu comportamento, mas refletir a situação com eles. Em relação à crítica, a literatura frequentemente foca apenas na parte técnica, comparada com um tipo de padrão que cobre 360 de avaliações críticas como exemplo. A natureza humana e situações desafiadoras frequentemente são ignoradas. As circunstâncias são sempre diferentes, é importante manter isto em mente. Em prática, há um problema que avaliação frequentemente é equivalente à crítica. Isto está errado; avaliação construtiva deve melhorar o desempenho, mas também preservar o que é bom. Em muitas situações a mais motivante e desejada avaliação é "bem feita"! Como fornecer feedback útil? There's No Such Thing as Constructive Criticism (Tony Schwartz) Página 3

4 Assunto cultural Essencial Management As décadas perdidas do Japão: Um mito? O consenso parece ser que o Japão nunca realmente se recuperou de sua crise no mercado habitacional e do choque resultante na bolsa de valores em Ambos os mercados há muito pouco tempo se recuperaram. De qualquer forma, Eamonn Fingleton do The New York Times discute que o rótulo de "décadas perdidas está errado e ignora o progresso significativo feito durante estes anos. A 'bolha econômica' do Japão alcançou seu pico em 1989 com a Nikkei perto de pontos. Desde que a bolha implodiu o país, isto serviu como exemplo de um primeiro país no mundo em "stagflation" com uma taxa de juros perto de zero e com estoques alcançando o fundo do poço e ascendendo novamente, juntamente com o mercado habitacional. No entanto,recentemente o desemprego esteve em quatro por cento, a expectativa de vida elevou-se de 78,8 para 83 anos, e também abriga 36 das 50 melhores cidades listadas com Internet rápida com somente 3 nos EUA. Do lado macroeconômico, dois parâmetros impressionam; Japão teve um excedente comercial de $196 bilhões em 2010, quase três vezes mais alto que em 1989, e o valor do Iene valorizou em 87 por cento comparado com o dólar ao longo do período de 20 anos. Fingleton discute que Japão moveu de uma 'indústria de consumidor' para uma 'economia de produtor' fornecendo partes básicas e a tecnologia para todos os outros países da Ásia que agora montam os bens de consumo duráveis anteriormente produzidos por estes. A percepção errada de ser um 'perdedor econômico' ajudou o Japão em negociações do comércio internacional. Todos os índices econômicos têm seus problemas metodológicos e oferecem somente uma perspectiva. O Japão pode ser, em fato, muito melhor do que a Nikkei e o mercado habitacional indicam e pode tornarse um exemplo de crescimento econômico qualitativo. The true story of japans economic success (Eamonn Fingleton) The full report Normas culturais: Seu entendimento é essencial para os negócios na China. O assunto sobre diferenças culturais e seu impacto nas relações profissionais transnacionais tem sido repetidamente realçado. Barbara Wang salienta na revista britânica "HRmagazine" sobre a necessidade de se entender as normas culturais responsáveis pelas diferenças em comportamento e formas de interação. O Relatório de Blackwood de 2011 afirma que muitas empresas britânicas perdem oportunidades com a China porque estas carecem de gerentes suficientemente talentosos para conduzir a estrutura cultural chinêsa e que também não há muitos chinêses adaptados e nem dispostos a se engajar no estilo ocidental do mundo dos negócios. Três conceitos chaves da cultura chinesa frequentemente são negligenciados. O primeiro é manter as aparências sendo muito mais importante que no Ocidente. O segundo é o Guanxi, a edificação de uma rede de contatos; o chinês vê contatos de negócios fundamentalmente como relações pessoais e trata-os como eles os fossem. A comunicação não é, primeiramente, uma troca de informação, mas uma maneira de estabelecerse confiança e reciprocidade. Finalmente, o chinês refere-se intensamente em fortalecer e ascender nas interações sociais, no entretanto, a forma frequente de gerenciamento informal e igualitário dos ocidentais é frequentemente mal entendido e recusado. Para ser bemsucedido em negócios na China exige-se um entendimento das normas e valores de Confúcio. Muitos seminários de orientação, no entanto, focam em comportamento concreto e no nível superficial de interação. Este tipo de treinamento é frequentemente ineficaz porque participantes não aprendem sobre discernimento cultural. Os cursos que focam nas normas e valores podem ser mais úteis desde que participantes possam adaptar os conceitos gerais com as exigências variáveis das situacões. Você tem que entender o contexto cultural. Analysis: Chevron spill lifts cover on Brazil oil risks Página 6

5 A inflação no Brasil. Em 2011, a inflação no Brasil pareceu perder o alvo do governo de %. Assumindo 6,54%, esta perda de meta será a primeira desde a adoção dos limites impostos em Em abril de 2011 "The Economist" publicou um artigo sobre a alta da inflação no Brasil e os problemas adicionais resultados do fortalecimento do real. Em um país com uma alta taxa de inflação, medidas contrárias podem ser tomadas como a elevação das taxas de juros. Se a taxa de juros aumenta, tornase mais atrativo poupar dinheiro nos bancos que gastá-lo. Como uma demanda menor e o mesmo estoque, esse procedimento resulta em preços mais baixos. No entanto, o Brasil é especial porque apresenta 11% de taxa de juros considerada muito alta. Uma taxa de juros alta torna o país atraente para investimento de capital estrangeiro e isto afeta a taxa de câmbio da moeda do país. Uma moeda forte torna os produtos de exportaçõa mais caros e pode pôr em perigo as companhias que dependem da exportação de seus produtos. Aumentar as taxas de juros portanto parece não ser a melhor solução para o Brasil. Para evitar que o real tornasse forte demais, o Brasil reagiu aumentando os impostos para crédito ao consumidor. A "The Economist" vê o perigo de perder-se o controle sobre a inflação e a taxa de câmbio ao tentar-se guiar ambos com possíveis efeitos contrários. Quando o artigo foi escrito, o real estava em R$1.60 para cada US$1, agora o real está em torno de R$ 1,85 para US$1. A taxa de inflação prevista para 2012 é de 4.7%, bem próxima ao alvo de 4,5%. Subitamente, o banco Central relaxou o índice de empréstimo para 11% e para 2012 é esperado um índice de 9,5%. Para o Brasil a situação é mais confortável agora, não obstante, os nexos econômicos identificados no resto do artigo ainda estão válidos. Volume 2, Edição 1 Wild horses / A soaring currency is complicating the battle against inflation (The Economist) Brazil 2012 inflation views fall to 3- month low (Brad Haynes, Guillermo Parra-Bernal and Asher Levine - Reuters) Focus survey (Banco Central Do Brasil) Venda a varejo: De vez em quando. Como as lojas de venda a varejo parecerá no futuro? A Internet mudou a venda a varejo, mas de que forma? Darrell Rigby analisou a situação, especialmente nos EUA e descreveu para Harvard Business Review os desafios para os revendedores agora e no futuro próximo. O comércio eletrônico pode ser visto como bem aceito nos EUA, já que o mesmo abarca 9% do total das vendas varejistas. Os revendedores da Internet operam com despesas gerais mais baixas gastando menos em suas lojas virtuais que as de tijolos e cimento.. O retorno médio de investimento após cinco anos para Amazonas.com é de 17%; enquanto que nas lojas de descontos e de departamentos a média é somente de 6,5%. No entanto, a Internet não é apenas um lugar completamente novo para vendas varejistas, como também oferece um impacto grande nas lojas de vendas tradicionais. De acordo com Rigby é realista calcular que 50% de vendas das lojas são influenciados pela Internet, já que a Internet estabelece transparência de preço. Além do mais, clientes procuram informações sobre os produtos e opiniões de outros clientes ou de amigos. Enquanto a Internet serve como ferramenta instrutiva de difícil disputa, a estrutura loja têm outras vantagens óbvias. Eles podem fornecer uma experiência real de compra em que clientes podem ver, sentir e testar os produtos assistidos por pessoal profissional de vendas. No entanto, estes serviços e estrutura física são onerosos. O desafio para os revendedores tradicionais é também desenvolver estratégias on-line que são boas para eles e os consumidores. Com tal estratégia Rigby refere a "omnichannel" comércio varejista, que abrange Internet e experiências tradicionais de compras. Estratégias on-line devem adequar-se às estruturas já existentes, assim como mudanças de comportamento e necessidades dos clientes. Isto torna-se especialmente difícil quando o fator mais importante nas vendas é frequentemente o preço do produto, sendo os preços on-line, difíceis de competir. No entanto, quando preço não é um fator decisivo pode ser possível fundir os benefícios informativos da Internet com aquele da presença no local. The Future of Shopping (Darrell Rigby) Página 7

6 O mais comentado Essencial Management Redes sociais e mudança revolucionária: "A revolução Twitter ". Por Roland Maass Desde a revolta civil da Moldávia em 2009, sempre que uma revolução está em desenvolvimento o termo "twitter revolution" vem à mente. O termo sugere a pergunta se, e com que intensidade, as redes sociais como Facebook ou Twitter podem formar estes movimentos sociais. O debate apresentou um incremento importante na primavera passada quando o artigo Small Changes de Malcolm Gladwell no "New Yorker" resumiu que "a revolução não será Tweeted. Ele baseou esta conclusão em uma análise comparativa entre o ativismo do movimento dos direitos civis dos anos 60 nos EUA e o recente "arabellion". O anterior foi finalmente bem-sucedido por causa de uma considerável de organização hierárquica, da prontidão para enfrentar sacrifícios reais de altos riscos e de laços pessoais fortes entre os protagonistas. Naturalmente, isto não pode ser dito sobre as atividades rotuladas como "ativismo da Internet". Este apoio não é organizado, é para a maioria dos seguidores fora de risco, e os laços entre as pessoas envolvidas são fracos. Aliás, Gladwell discute que a Internet realmente reduz a motivação em ativismo fornecendo meios de pouca ou simbólica participação, por exemplo, pressionando um botão "gostei". Finalmente, a base do êxito para o movimento de Martin Luther King consistiu em disciplina e estratégia, ambos os elementos estão ausentes nas conexões das redes sociais. Esse artigo provocante lançou um debate sério sobre o impacto dos meios de comunicação social. Uma série de estudos tentaram esclarecer o assunto analisando dados do Twitter. Estes foram concluídos por Rebecca Greenfield na "Atlantic" apresentando resultados mistos. O número de "tweets" evidentemente elevou consideravelmente, mas é praticamente impossível dizer de onde eles vieram e qual o impacto real que eles provocaram. Além do mais, os estudos careceram de uma análise detalhada, neste caso, das interações decisivas na linguagem arábe. Não obstante, parece haver algum acordo que as redes sociais não contribuem particularmente para os trabalhos destes movimentos. Em fato, às vezes ignora-se que os movimentos do "arabellion" estão muito mais inspirados pelas realidades concretas dos ascendentes preços dos alimentos, do desemprego em massa e da opressão corrupta, que pelo conceito abstrato de liberdade. A Internet ainda desempenha um papel menos importante em países como Egito, o qual tem um índice de analfabetismo próximo aos 30 por cento. Os usuários da Internet são uma minoria e vêm dos estratos mais ricos da sociedade que podem cobrir os custos altos do uso da Internet. Com este histórico, muitos observadores apontam para o papel principal da televisão, especialmente a estação Al-Jazeera que é transmitida em arábe. Além do mais, existe uma analogia chamativa ao movimento dos direots civis nos EUA dos anos 60 com referência a pontos centralizados de informações. Gladwell salienta que naquela época 98 por cento da população de negros podia ser encontrada nas igrejas aos domingos. Pode ser que não haja 98 por cento, mas, similarmente, a grande maioria da população nos países do arabellion, pode ser encontrada nas mesquitas. A maioria das demonstrações realmente começaram depois dos serviços religiosos às sextas-feiras. No entanto, a Internet não apenas tem seus limites no que se refere à ativação e informação social, mas também pode ser um meio de comunicação pessoal Loquats and Mountain Bird, pintor anônimo EM online: Essencial Managment do Brasil Detlev Liepmann Professor of Psychology at Freie Universität Berlin Wolfgang Battmann Associate Professor of Psychology at Freie Universität Berlin Roland Maass German Diplom Engineer Página 8

7 arriscado. É um fato comprovado que países como a Síria e Líbia compraram tecnologia sofisticada para monitorar e controlar as atividades na rede. No final de abril de 2011, o Egito fechou a Internet completamente para alguns, justificando que ativistas ao usar a Internet estavam em perigo iminente de serem identificados eletronicamente e assim, localizados. A comunicação bocaa-boca, reuniões pessoais e as multidões são formas muito mais seguras de ativismo cooperativo. Com este histórico, o papel da Internet parece ser limitado quando se trata de organização de protestas nacionais. Com este acesso limitado e o papel proeminente do inglês na comunicação, a extensão do contato local pode ser questionável. No entanto, a Internet pode ser uma ajuda inestimável na distribuição de informações para, e do mundo exterior. Muitas organizações de notícias respeitáveis adotam vídeos colocados em You Tube e em algumas, milhões de pessoas fazem parte de grupos e canais no Facebook e Twitter. A Internet, portanto, pode servir como multiplicador central de informações a nível internacional. Para indivíduos que são acreditados como "bandidos", "dissidentes" e "minorias" em sua terra natal, estes consolam-se e tranquilizamse ao sentirem que dispõem de amplo apoio internacional. Além do mais, meios de comunicação sociais da Internet podem ajudar a organizar este apoio internacional. Os nomes que se tornaram conhecidos e os acontecimentos que foram documentados funcionam como guias que podem ser seguidos pela imprensa e também a nível institucional. A Internet também pode desempenhar uma parte importante no marco da etapa revolucionária quando as bases para uma nova forma de governo são estabelecidas. Redes sociais portanto podem desempenhar um papel significativo nas revoluções sociais atuais mas os efeitos indiretos a nível internacional podem ser mais significativos que o diretos a nível local. Os meios de comunicação sociais da Internet podem proporcionar vozes para as revoluções, no entanto, necessitam muito mais do que isto para prosperar. Alguns movimentos democráticos ainda enfrentam problemas intensos e para algumas revoluções da arabellion é também cedo demais para declarar que estes realmente prosperaram. Não é nehuma surpresa no entanto, que a Internet e os meios de comunicação, podem oferecer alguma ajuda, até uma ajuda decisiva. Provavelmente a revolução mais influente, a Revolução Francesa de 1889, teve, e fez, sucesso sem ela. Não é certo que Marie Antoinette realmente disse "Deixa-os comer bolo" em relação às pessoas que protestavam sobre os altos preços dos alimentos, mas o lema, não obstante, tornou-se famoso. No entanto, mesmo admirando a velocidade de informações transmitidas via Internet, as notícias importantes sempre viajaram rapidamente. Small Change - Why the revolution will not be tweeted. (Malcolm Gladwell) Measuring the Twitter Revolution Effect Is Pretty Hard (Rebecca Greenfield) Do Essencial Management Volume 2, Edição 1 Essencial Management está prestes a se tornar o primeiro relatório informativo para gerente geral, especialistas em desenvolvimento organizacional e profissionais de recursos humanos. Essencial Management faz revisões quinzenais e resumos de artigos sobre novas aproximações e melhor prática na área de empreendimento humano" com referência especial para os desafios encontrados em administração internacional. Nós focalizamos essências de liderança, mudança de administração, aprendizagem organizacional, recrutando e retendo, (mau) comportamento organizacional e meio para melhorar impacto de administração. Para estes tópicos nós identificamos e definimos essas aproximações e discernimento que contêm "conhecimento acionável ou que tenha se provado na prática. Além disso, Essencial Management tenta identificar novas idéias inspiradoras dentro e fora da academia. Nossos editoriais avaliam e dão o contexto desses assuntos centrais dos quais muitas soluções pragmáticas derivam. Obtenha uma Versão Premium EM A subscrição individual para a versão prêmio é R$140,00 (60 ; 80 US$) por ano. As condições são simples. Apenas subscreva à versão Prêmio. Você só será faturado depois de quatro semanas. Se você não gostar de relatório informativo, ignore a conta - e seu registro será cancelado. Caso contrário a subscrição continuará durante um ano sem renovação automática. Se você quiser distribuir Essencial Management para sua empresa, por favor, solicite nossos planos de subscrição corporativa. Página 9

8 Editorial (Continuação da página 1) Onde essa revolução qualitativa se posiciona em comparação com revoluções industriais prévias, é uma pergunta atual. Derek Thompson do 'The Atlantic' confrontou o estudo de McKinsey com sua própria experiência de vida ao lado dos resultados do livro The Great Stagnation de Tyler Cowen, um dos muitos autores que escreveram sobre 'a estagnação da inovação' nos últimos vinte anos. Derek Thompson trabalha como um jornalista online, uma profissão desconhecida há vinte anos, e quando ele olha em redor no seu escritório todos os gadgets da revolução da Internet estão à sua vista. Mas naturalmente ele é também consciente do fato de que toda esta tecnologia e o seu trabalho criam um produto que vem sendo constantemente desvalorizado pela Internet: a informação e o divertimento. "Infotainment" quase ou completamente gratis, certamente tem seu valor, mas não suficientemente alto para contribuir para o PIB, e pagar seus criadores. Naturalmente, McKinsey e Company estão corretos em declarar que a Internet criou uma indústria significativa própria, assim como contribuiu para a eficiência de outros setores industriais. O consumo privado relacionado com a rede crescerá quantitativamente, e ainda parece haver aplicações como a Internet de coisas que não foram exploradas. Não obstante previsões sobre mais desenvolvimento da Internet e seu impacto em outros setores parecem difíceis. Revoluções industriais costumam consistir em três fases. Petr Lupac discute em um artigo refletido que a 'fase de estabilização' pode já ter sido alcançada. Tão revolucionários quanto alguns desenvolvimentos recentes na rede social possam aparecer, eles refletem o centro da Internet como um dos meios de comunicação global rápida peer to peer a través de redes informáticas. No entanto, esta idéia revolucionária nasceu e foi percebida na sua 'fase de inovação' por Arpanet há 40 anos atrás. A 'fase de interpenetração' agora parece concluída. Durante esta fase, a Internet tornou-se um dos meios de comunicação em grande escala, transformando as estruturas técnicas sociais e estabelecendo seus padrões técnicos e legais. Estar na fase de estabilização não quer dizer que haverá apenas algumas inovações reais por vir; a corrida do ouro passou. Lupac discute que a 'fase de interpenetração' acabou há alguns anos. Ele ao menos tenta pensar que alcançou seu pico com a bolha do ponto-com no final do último século. Sua implosão salientou que haveria limites às estruturas e funções da Internet e sua economia. Além disso, o mercado foi limpo e poderosos atores globais emergiramonde até então, uma variedade de companhias pequenas e esperançosas tinham competido.. A fase de estabilização tem vantagens já que grandes atores podem estar bastante seguros em permanecer. No entanto, a revolução da Internet tem uma característica diferente das outras revoluções industriais: não foi muito produtiva com referência a novos produtos materiais. As revoluções do aço e plástico foram materiais, criando um alcance aparentemente interminável de produtos. O produto importante da Internet é imaterial, a comunicação, e esta influencia outros setores aumentando sua eficiência. Tecnologias genuinamente relacionadas à Internet formam somente uma fração pequena de seu valor de oito trilhões de US$. A fase de estabilização da revolução da Internet é consequentemente mais provável de estabelecer um planalto muito rapidamente e possivelmente estarmos perto de alcançá-lo. Em primeiro lugar, os limites de velocidade foram alcançados; é difícil imaginar como a comunicação global em tempo real de hoje pode ser superada amanhã. Além do mais, a capacidade e velocidade dos computadores e redes mudaram os papéis na interação entre a máquina e o operador em geral. Há alguns anos, os operadores tiveram que esperar pela máquina, agora a máquina tem que esperar pelos operadores. Em segundo lugar, muitos mercados parecem consolidados; mais que em qualquer outra indústria os grandes personagens formaram estruturas oligopolistas quase em toda parte da rede e isto impede que companhias pequenas cresçam. O risco que a estabilização seja substituída pela estagnação é portanto muito mais alto que para revoluções materiais cujos produtos necessitam de manutenção e substituição. A Internet pode ser rotulada de revolução pós-industrial. Ela radicalmente mudou a vida social e aumentou a produtividade através de globalizar a eficiência industrial. No entanto, a Internet não criou quase nenhuma mercadoria material além daquelas que precisava para se sustentar desenvolver. Sua dependência da velha economia é evidente, principalmente com os carros-chefes como Google ou Facebook, descansando (quase) completamente nos ombros da economia velha fato que além disso, reflete sua base na economia de oferta já que Google e Facebook ganham dinheiro com anúncios. The $8 Trillion Internet: McKinsey's Bold Attempt to Measure the E-conomy (Derek Thompson) Cowen, T. (2011). The Great Stagnation. New York: Dutton Adult. The hypothesis of the end of the internet revolution (Petr Lupac) The study by McKinsey Ona & Ono Publishing

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa.

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa. DIREITO DOS CLIENTES O que esperar de sua empresa de Executive Search Uma pesquisa de executivos envolve um processo complexo que requer um investimento substancial do seu tempo e recursos. Quando você

Leia mais

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1 LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 Visão Brasil As cinco principais tendências em atração de talentos que você precisa saber 2013 LinkedIn Corporation. Todos os direitos reservados.

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Liderança e Gestão de Pessoas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson Saúde e produtividade: o valor de uma força de trabalho saudável para o sucesso nos negócios Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo,

Leia mais

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER LIDERANÇA O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER Roselinde Torres foco na pessoa 6 Por Roselinde Torres O que é preciso para ser um grande líder hoje? Muitos de nós temos a imagem de um líder como um

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Empreendedores em Informática

Empreendedores em Informática Empreendedores em Informática Introdução Existem riscos e custos para um programa de ação. Mas eles são bem menores que os riscos e custos de longo alcance de uma acomodação confortável. John F. Kennedy

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES SOBRE VALOR PRESENTE LÍQUIDO (VPL)

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES SOBRE VALOR PRESENTE LÍQUIDO (VPL) PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES SOBRE VALOR PRESENTE LÍQUIDO (VPL) Melhor método para avaliar investimentos 16 perguntas importantes 16 respostas que todos os executivos devem saber Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br)

Leia mais

Governança Corporativa e o Escritório de Projetos

Governança Corporativa e o Escritório de Projetos Governança Corporativa e o Escritório de Projetos OBJETIVOS Conhecer a Governança Corporativa Entender os tipos de estruturas organizacionais Compreender o modelo de Escritório de Projetos O que é Governança

Leia mais

Objetivos. Engenharia de Software. O Estudo de Viabilidade. Fase do Estudo de Viabilidade. Idéias chave. O que Estudar? O que concluir?

Objetivos. Engenharia de Software. O Estudo de Viabilidade. Fase do Estudo de Viabilidade. Idéias chave. O que Estudar? O que concluir? Engenharia de Software O Estudo de Viabilidade Objetivos O que é um estudo de viabilidade? O que estudar e concluir? Benefícios e custos Análise de Custo/Benefício Alternativas de comparação 1 2 Idéias

Leia mais

Rubricas e guias de pontuação

Rubricas e guias de pontuação Avaliação de Projetos O ensino a partir de projetos exibe meios mais avançados de avaliação, nos quais os alunos podem ver a aprendizagem como um processo e usam estratégias de resolução de problemas para

Leia mais

1. A Google usa cabras para cortar a grama

1. A Google usa cabras para cortar a grama Sendo uma companhia tão grande e envolvida em tantos aspectos diários do dia a dia das pessoas, a maioria de nós sabemos por cima a história geral da Google. Caso nem isso saiba, eis o máximo que conseguimos

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers O especialista em inovação Lourenço Bustani analisa as dificuldades que travam a inovação na economia brasileira e discute possíveis soluções.

Leia mais

Após a década de 1990, várias pessoas em todo o mundo mantêm hábito de consumo semelhantes.

Após a década de 1990, várias pessoas em todo o mundo mantêm hábito de consumo semelhantes. A ECONOMIA GLOBAL Após a década de 1990, várias pessoas em todo o mundo mantêm hábito de consumo semelhantes. O século XX marcou o momento em que hábitos culturais, passaram a ser ditados pelas grandes

Leia mais

Mário Ibide STAB Out. 2012

Mário Ibide STAB Out. 2012 pessoas processos resultados Mário Ibide STAB Out. 2012 um consumo de país rico Motivado pelo crescimento da renda, o Brasil irá experimentar uma década de expansão do consumo. Fonte: Revista Exame - Ago.

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler 2 Introdução A política corporativa de RH da Schindler define as estratégias relacionadas às ações para com seus colaboradores; baseia-se na Missão e nos

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital 8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital Empreender em negócios de marketing digital seguramente foi uma das melhores decisões que tomei em minha vida. Além de eu hoje poder ter minha

Leia mais

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil P e s q u i s a d a F u n d a ç ã o G e t u l i o V a r g a s I n s t i t u t o d e D e s e n v o l v i m e n t o E d u c a c i o n a l Conteúdo 1. Propósito

Leia mais

Pesquisa de Expectativa de Emprego Manpower indica que ritmo de contratação no Brasil deverá manter-se forte no 3 º trimestre de 2012

Pesquisa de Expectativa de Emprego Manpower indica que ritmo de contratação no Brasil deverá manter-se forte no 3 º trimestre de 2012 Informações para a Imprensa: DFREIRE Comunicação e Negócios Tel. (11) 5505-8922 Debora Freire debora@dfreire.com.br Daniela Cabral danielacabral@dfreire.com.br Victor Santana victor@dfreire.com.br Pesquisa

Leia mais

Gerenciamento de Vendas em Ambientes de Alta Competitividade. Prof. Dr. Emerson Wagner Mainardes

Gerenciamento de Vendas em Ambientes de Alta Competitividade. Prof. Dr. Emerson Wagner Mainardes Gerenciamento de Vendas em Ambientes de Alta Competitividade Prof. Dr. Emerson Wagner Mainardes UM POUCO DE HISTÓRIA No Brasil, antes de 01 de julho de 1994, vender era relativamente fácil. Vivíamos em

Leia mais

% Das estratégias fracassam por ineficácia em sua execução. Raramente fracassam por falta de inteligência ou visão. DEFININDO A DIREÇÃO CAPITULO:1 NÃO É A ESTRATÉGIA UM FUTURO QUE MAL CONSEGUEM VISLUMBRAR

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com.

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com. Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil bbbrothers@bbbrothers.com.br O equilíbrio necessário para se tornar um excelente gerente

Leia mais

A importância da Educação para competitividade da Indústria

A importância da Educação para competitividade da Indústria A importância da Educação para competitividade da Indústria Educação para o trabalho não tem sido tradicionalmente colocado na pauta da sociedade brasileira, mas hoje é essencial; Ênfase no Direito à Educação

Leia mais

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios...

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios... Conteúdo Aviso Legal...6 Sobre o autor... 7 Prefácio... 8 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11 2. Importação Seus Mistérios... 14 2.1 Importar é Legal?... 15 2.2 Por Que Importar?... 15 2.3

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 2 ISSO ESTÁ ME GERANDO R$7.278,05 - R$10.588,38 POR SEMANA E VOCÊ PODE FAZER

Leia mais

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS

INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS INOVAÇÃO NA ADVOCACIA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NOS ESCRITÓRIOS JURÍDICOS Ari Lima Um empreendimento comercial tem duas e só duas funções básicas: marketing e inovação. O resto são custos. Peter Drucker

Leia mais

Ambiente de Modelo de Negócios Canvas Fevereiro/2013

Ambiente de Modelo de Negócios Canvas Fevereiro/2013 Ambiente de Modelo de Negócios Canvas Fevereiro/2013 O modelo de negócios canvas (MNC), criado pelo finlandês Alex Osterwalder a partir de sua tese de doutoramento, revolucionou a forma com projetos e

Leia mais

ORGANIZATI ONAL AGILITY

ORGANIZATI ONAL AGILITY PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO A VANTAGEM COMPETITIVA DO GERENCIAMENTO EFICAZ DE TALENTOS ORGANIZATI ONAL ORGANIZATI ONAL AGILITY AGILITY MARÇO DE 2013 Estudo Detalhado Pulse of the Profession

Leia mais

Capital Intelectual. www.celso-foelkel.com.br

Capital Intelectual. www.celso-foelkel.com.br Capital Intelectual www.celso-foelkel.com.br O que dá valor a uma empresa? Ativos fixos + Capital Capital Intelectual (Mente, Inteligências e Espírito) + Imagem Financeiro Tipos de Capital Capital financeiro

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Você está pronto para franquear?

Você está pronto para franquear? Você está pronto para franquear? Um dos maiores benefícios de abrir seu primeiro negócio em shopping center através de uma franquia vem do modelo do negócio, que já oferece o know-how e suporte necessário

Leia mais

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios...

Abra. e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... Abra e conheça as oportunidades de fazer bons negócios... anos Chegou a hora de crescer! Conte com a Todescredi e faça bons negócios. Há 5 anos, iniciavam as operações daquela que se tornou a única financeira

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA

SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA SEMIPRESENCIAL 2014.2 MATERIAL COMPLEMENTAR I DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA/TUTORA: MONICA ROCHA Gestão de Carreira Gestão de Carreira é um dos temas que mais ganhou destaque nesta última década,

Leia mais

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Por Tiago Bastos 1 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar

Leia mais

PANORAMA MUNDIAL DA EDUCAÇÃO E O BRASIL: CENÁRIOS E PERSPECTIVAS

PANORAMA MUNDIAL DA EDUCAÇÃO E O BRASIL: CENÁRIOS E PERSPECTIVAS PANORAMA MUNDIAL DA EDUCAÇÃO E O BRASIL: CENÁRIOS E PERSPECTIVAS Márcio de Souza Pires, Dr.¹ A educação mundial é fortemente analisada e acompanhada por importantes instituições, em busca de avanços no

Leia mais

COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES

COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES t COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES Joaquim Domingos Maciel Faculdade Sumaré joaquim.mackim@gmail.com RESUMO: Este artigo pretende alertar estudantes e profissionais para a compreensão

Leia mais

Aula 11 O Efeito Pigmalião

Aula 11 O Efeito Pigmalião Aula 11 O Efeito Pigmalião Objetivos da aula: Conhecer o chamado Efeito Pigmalião. Compreender a importância do conhecimento do Efeito Pigmalião pelo líder,l quando ele está envolvido no desenvolvimento

Leia mais

ENTENDENDO OS CONCEITOS DE RISCO E RETORNO

ENTENDENDO OS CONCEITOS DE RISCO E RETORNO ENTENDENDO OS CONCEITOS DE RISCO E RETORNO! O Que é Risco?! Quais as origens do Risco?! As preferências com relação ao Risco! O Que é retorno sobre o investimento? Autores: Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br)!

Leia mais

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas.

membros do time, uma rede em que eles possam compartilhar desafios, conquistas e que possam interagir com as postagens dos colegas. INTRODUÇÃO Você, provavelmente, já sabe que colaboradores felizes produzem mais. Mas o que sua empresa tem feito com esse conhecimento? Existem estratégias que de fato busquem o bem-estar dos funcionários

Leia mais

O DNA do Secretariado: Competências e Desafios exigindo um Novo Repertório. 21 de agosto

O DNA do Secretariado: Competências e Desafios exigindo um Novo Repertório. 21 de agosto O DNA do Secretariado: Competências e Desafios exigindo um Novo Repertório 21 de agosto DNA do Profissional de Secretariado Inovador Bete D Elia Isabel Cristina Baptista Participação especial: Adriano

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Aula 1 Ementa Fases do Ciclo de Vida do Desenvolvimento de Software, apresentando como os métodos, ferramentas e procedimentos da engenharia de software, podem

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers A economista Fernanda de Negri discute os méritos e deficiências das políticas de inovação brasileiras. Fernanda De Negri é diretora de Estudos

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise A crise econômica afeta o setor sucroenergético principalmente, dificultando e encarecendo o crédito

Leia mais

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao.

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao. QUEM É A HUAWEI A Huawei atua no Brasil, desde 1999, através de parcerias estabelecidas com as principais operadoras de telefonia móvel e fixa no país e é líder no mercado de banda larga fixa e móvel.

Leia mais

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Mais de um terço dos brasileiros desconhecem o valor das contas que vencem no próximo mês. Falta

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS CUSTOMER SUCCESS STORY Junho 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Project & Portfolio Management SaaS PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários:

Leia mais

Iniciando. Bolsa de Valores. O que é uma ação?

Iniciando. Bolsa de Valores. O que é uma ação? O que é uma ação? Por definição é uma fração de uma empresa. Por isso, quem detém ações de uma companhia é dono de uma parte dela, ou melhor, é um dos seus sócios e por conseguinte passa a ganhar dinheiro

Leia mais

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação

biblioteca Cultura de Inovação Dr. José Cláudio C. Terra & Caspar Bart Van Rijnbach, M Gestão da Inovação O artigo fala sobre os vários aspectos e desafios que devem ser levados em consideração quando se deseja transformar ou fortalecer uma cultura organizacional, visando a implementação de uma cultura duradoura

Leia mais

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Miriam Regina Xavier de Barros, PMP mxbarros@uol.com.br Agenda Bibliografia e Avaliação 1. Visão Geral sobre o PMI e o PMBOK 2. Introdução

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA Elaine Schweitzer Graduanda do Curso de Hotelaria Faculdades Integradas ASSESC RESUMO Em tempos de globalização, a troca de informações

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

VERSÃO PRELIMINAR. Notas sobre Redes de Proteção Social e Desigualdade

VERSÃO PRELIMINAR. Notas sobre Redes de Proteção Social e Desigualdade Notas sobre Redes de Proteção Social e Desigualdade 1) Nos últimos dez anos a renda media dos brasileiros que caiu a taxa de 0.6% ao ano, enquanto o dos pobres cresceu 0.7%, já descontados o crescimento

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

Como esta nova geração está mudando o setor de finanças. Brasil Julho de 2015

Como esta nova geração está mudando o setor de finanças. Brasil Julho de 2015 Conquistando Millennials: Como esta nova geração está mudando o setor de finanças Brasil Julho de 2015 1 Metodologia PESQUISA GLOBAL AMOSTRA GLOBAL CRITÉRIOS RESULTADOS DO BRASIL Pesquisa online de 20

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA Aula 16/02/2012

ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA Aula 16/02/2012 FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE UNIPAC DE CIÊNCIAS JURÍDICAS, CIÊNCIAS SOCIAIS, LETRAS E SAÚDE DE UBERLÂNDIA. Rua Tiradentes, nº. 66 Centro Uberlândia/MG - Telefax: (34) 3291-2100

Leia mais

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna Estudo ABERJE 2012 JULHO DE 2012 20 2012 ABERJE Pesquisa 2012 Associação Brasileira de Comunicação Empresarial Concepção e planejamento: Prof. Dr. Paulo Nassar Coordenação: Carlos A. Ramello Desenvolvimento:

Leia mais

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO Apesar de as empresas brasileiras estarem despertando para o valor das ações de educação corporativa em prol dos seus negócios, muitos gestores ainda

Leia mais

O GERENTE DE PROJETOS

O GERENTE DE PROJETOS O GERENTE DE PROJETOS INTRODUÇÃO Autor: Danubio Borba, PMP Vamos discutir a importância das pessoas envolvidas em um projeto. São elas, e não os procedimentos ou técnicas, as peças fundamentais para se

Leia mais

CULTURA ORGANIZACIONAL. Prof. Gilberto Shinyashiki FEA-RP USP

CULTURA ORGANIZACIONAL. Prof. Gilberto Shinyashiki FEA-RP USP CULTURA ORGANIZACIONAL Prof. Gilberto Shinyashiki FEA-RP USP Cultura é uma característica única de qualquer organização Apesar de difícil definição, compreende-la pode ajudar a: Predizer como a organização

Leia mais

Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching MAIO DE 2014. Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES?

Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching MAIO DE 2014. Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES? Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES? Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching PREPARADO PELA TTI SUCCESS INSIGHTS PARA PROFISSIONAIS DE TREINAMENTO E COACHING

Leia mais

Levantamento, Análise e Gestão Requisitos. Aula 06

Levantamento, Análise e Gestão Requisitos. Aula 06 Levantamento, Análise e Gestão Requisitos Aula 06 Agenda Técnicas de Levantamento de Requisitos: Entrevista Workshop, Brainstorming, Storyboarding e Roleplaying Prototipação JAD Joint Application Design

Leia mais

Cenário positivo. Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37. Texto: Lucas Rizzi

Cenário positivo. Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37. Texto: Lucas Rizzi Cenário positivo Construção e Negócios - São Paulo/SP - REVISTA - 03/05/2012-19:49:37 Texto: Lucas Rizzi Crescimento econômico, redução da pobreza, renda em expansão e dois grandes eventos esportivos vindo

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Competências Essenciais de Coaching Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Por que estamos aqui? Estamos aqui para: Conhecer quais são as competências essências do um

Leia mais

As exigências e transformações do mercado de trabalho neste novo milênio

As exigências e transformações do mercado de trabalho neste novo milênio As exigências e transformações do mercado de trabalho neste novo milênio 1) - Quais as transformações efetivas que estão ocorrendo no mundo dos negócios e como tais mudanças interferem no movimento do

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

A medida da lei de cotas para o ensino superior

A medida da lei de cotas para o ensino superior Versão 2, 1/12/2008 A medida da lei de cotas para o ensino superior Simon Schwartzman Qual o verdadeiro alcance da lei de cotas para o ensino superior aprovada pelo Congresso Nacional no Dia da Consciência

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM CUSTOMER SUCCESS STORY Maio 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários: 182 (2012) Faturamento:

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL LINKS PATROCINADOS

PROPOSTA COMERCIAL LINKS PATROCINADOS PROPOSTA COMERCIAL LINKS PATROCINADOS O que você vai encontrar nesta proposta: Problemas comuns em empresas que usam Google Adwords A solução está mais perto do que imagina Por que a Dynamo é a empresa

Leia mais

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial Sumário executivo À medida que as organizações competem e crescem em uma economia global dinâmica, um novo conjunto de pontos cruciais

Leia mais

Marketing de Serviços e de Relacionamento. MBA em Gestão de Marketing Prof.: Alice Selles

Marketing de Serviços e de Relacionamento. MBA em Gestão de Marketing Prof.: Alice Selles Marketing de Serviços e de Relacionamento MBA em Gestão de Marketing Prof.: Alice Selles A COMUNICAÇÃO INTEGRADA NO MARKETING DE SERVIÇOS Principal causa da percepção desfavorável sobre um serviço: diferença

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

O guia do profissional de Recursos Humanos. Como melhorar o desenvolvimento da equipe

O guia do profissional de Recursos Humanos. Como melhorar o desenvolvimento da equipe O guia do profissional de Recursos Humanos Como melhorar o desenvolvimento da equipe 1 Introdução 03 Conhecendo as dores do seu time 05 Investir nos colaboradores! 08 Estabelecendo metas 11 A meditação

Leia mais

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 é uma competição interna da Laureate International

Leia mais

FEEDBACK 1 João Batista Silvério 2

FEEDBACK 1 João Batista Silvério 2 FEEDBACK 1 João Batista Silvério 2 Feedback é um termo da língua inglesa sem um significado preciso em português, usualmente traduzido como realimentação. Inicialmente empregado no campo da mecânica, com

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice O Que é Gerenciamento da Sua Reputação Online? Como Monitorar Sua Reputação Online O Básico Para Construir

Leia mais

DVD TRAINING WORKSHOP

DVD TRAINING WORKSHOP DVD TRAINING WORKSHOP BOX - NEGOCIANDO PARA GANHAR Estilo: Negociação Formato: 5 DVD s com aproximadamente 150 min de duração Investimento: R$399,00 + frete Principais tópicos: Como ouvir melhor tudo pode

Leia mais

A nova classe média vai às compras

A nova classe média vai às compras A nova classe média vai às compras 18 KPMG Business Magazine Cenário é positivo para o varejo, mas empresas precisam entender o perfil do novo consumidor Nos últimos anos o mercado consumidor brasileiro

Leia mais

Como contratar staff de Projetos...

Como contratar staff de Projetos... Como contratar staff de Projetos... Que qualidades estou buscando no profissional de Projetos, e como identificá-las...? Alguns exemplos do que podemos buscar..! 1. Visão 2. Orientação estratégica 3. Inovação

Leia mais

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir. 1. A administração de recursos humanos, historicamente conhecida como administração de pessoal, lida com sistemas formais para administrar pessoas dentro da organização. A administração de recursos humanos

Leia mais

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS Concurso para agente administrativo da Polícia Federal Profa. Renata Ferretti Central de Concursos NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS 1. Organizações como

Leia mais

Questão em foco: Gerenciamento do Portfólio de Produto em uma estratégia de PLM. Fechando o ciclo de planejamento do produto

Questão em foco: Gerenciamento do Portfólio de Produto em uma estratégia de PLM. Fechando o ciclo de planejamento do produto Questão em foco: Gerenciamento do Portfólio de Produto em uma estratégia de PLM Fechando o ciclo de planejamento do produto Tech-Clarity, Inc. 2010 Sumário Introdução à questão... 3 As Primeiras Coisas

Leia mais

Desenvolvimento de Líderes

Desenvolvimento de Líderes Desenvolvimento de Líderes Desempenho da Liderança by Ser Humano Consultoria Liderança é a competência de alguém em exercer influência sobre indivíduos e grupos, de modo que tarefas, estratégias e missões

Leia mais

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos White Paper TenStep 2007 Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos Não há nenhuma duvida

Leia mais