EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N 002/2012 REGISTRO DE PREÇOS Nº 002/2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N 002/2012 REGISTRO DE PREÇOS Nº 002/2012"

Transcrição

1 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N 002/2012 REGISTRO DE PREÇOS Nº 002/ PREÂMBULO 1.1 A Prefeitura Municipal de Sinp, Estad de Mat Grss, pr mei de sua Pregeira, nmeada pela Prtaria nº /2011, de 21 de julh de 2011, cm endereç à Av. das Embaúbas nº 1.386, Setr Cmercial, Sinp - MT, CEP , CNPJ/MF / , isent de inscriçã estadual, trna públic a abertura d Prcess Licitatóri, na mdalidade PREGÃO PRESENCIAL, para REGISTRO DE PREÇO, d Tip MENOR PREÇO GLOBAL, às 09:30h (Hrári de Brasília-DF) d dia 30 de janeir de 2012, destinad Aquisiçã de Equipaments, Sftwares e Serviçs para implantaçã da Rede Metrplitana Municipal, cnfrme prgrama de Inclusã Sóci-Digital e Plan Nacinal de Banda Larga d Gvern Federal, assim cm descrit n Anex II Term de Referência, deste Edital O prcediment licitatóri bedecerá integralmente à legislaçã que se aplica a mdalidade Pregã, sb a égide da Lei Federal nº /02, Decret Federal nº 3.555/00 e s Decrets Municipais n 04/2007, 046/2007 e sub sidiariamente, n que cuber, as dispsições da Lei nº 8.666/93 e suas alterações psterires, bem cm as cndições estabelecidas neste Edital e seus Anexs Hrári de credenciament dar-se-á das 09:00 às 09:30 hras (hrári de Brasília- DF) d dia 30 de janeir de A entrega da prpsta leva a participante a aceitar e acatar as nrmas cntidas n presente Edital Tda legislaçã mencinada encntra-se à dispsiçã na Sala da Cmissã de Licitações para cnsulta de quaisquer interessads. 2. ÓRGÃO REQUISITANTE 2.1 Secretaria de Gvern-Gabinete. 3. OBJETO 3.1 Cnstitui bjet d presente edital Registr de Preçs para Aquisiçã de Equipaments, Sftwares e Serviçs para implantaçã da Rede Metrplitana Municipal, cnfrme prgrama de Inclusã Sóci-Digital e Plan Nacinal de Banda Larga d Gvern Federal e especificações cnstantes n Anex II, Term de Referência, parte integrante deste Edital. 4. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 4.1. Pderã participar desta licitaçã pessas jurídicas d ram pertinente a bjet licitad, que atendam às cndições de habilitaçã estabelecidas n Títul VIII deste instrument cnvcatóri. 1

2 4.2. Participarã da Sessã Pública d Pregã Presencial s representantes efetivamente credenciads Nã pderá participar da presente licitaçã empresa: Suspensa u impedida de licitar u cntratar cm a Administraçã, declarada inidônea para licitar u cntratar cm a Administraçã; Em cnsórci; Cm falência declarada, em liquidaçã judicial u extrajudicial; Que tenha funcinári u membr da Administraçã da Prefeitura Municipal de Sinp, Estad de Mat Grss, mesm subcntratad, cm dirigente, acinista detentr de mais de 5% (cinc pr cent) d capital cm direit a vt, cntrladr u respnsável técnic A bservância das vedações d item anterir é de inteira respnsabilidade d licitante que, pel descumpriment, se sujeita às penalidades cabíveis. 5. CREDENCIAMENTO 5.1. Hrári de credenciament dar-se-á das 09:00 às 09:30 hras (hrári de Brasília) d dia 30 de janeir de Os representantes ds licitantes deverã se apresentar para credenciament junt a Pregeir, devidamente munids de carteira de identidade u dcument legal equivalente, dcument que credencie a participar d certame (prcuraçã pr instrument públic u particular, cm firma recnhecida, através da qual seja-lhe atribuíds pderes para apresentar prpsta, frmular lances e praticar tds s ats em direit admitids e pertinentes a certame, em nme d licitante) O sóci, prprietári u dirigente da empresa licitante deverá apresentar carteira de identidade u dcument legal equivalente e cópia d respectiv Estatut u Cntrat Scial atualizad O dcument de credenciament deverá cnter tds s dads infrmativs necessáris a credenciament Declaraçã ds interessads u seus representantes de que cumprem plenamente s requisits de habilitaçã, a ter d art. 4º, incis VII, da Lei Federal nº , de O credenciament d licitante u de seu representante legal junt a Pregeir implica a respnsabilidade legal pels ats praticads e a presunçã de sua capacidade legal para realizaçã das transações inerentes a Pregã Presencial. 6. APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL E DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO 6.1. A Prpsta Cmercial e s Dcuments de Habilitaçã deverã ser entregues a Pregeir na abertura da sessã pública deste certame, n dia 30 de janeir de 2012 às 09:30 hras (hrári de Brasília), em envelpes distints, clads e indevassáveis, sb pena de desqualificaçã, cntend em sua parte externa, as seguintes infrmações: 2

3 ENVELOPE N.º 1 - PROPOSTA DE PREÇO PREGÃO PRESENCIAL Nº 002/2012 REGISTRO DE PREÇO Nº 002/2012 LICITANTE: CNPJ/MF: OBJETO: Aquisiçã de Equipaments, Sftwares e Serviçs para implantaçã da Rede Metrplitana Municipal. ENVELOPE N.º 2 - DOCUMENTOS HABILITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 002/2012 REGISTRO DE PREÇO Nº 002/2012 LICITANTE:. CNPJ/MF: _. OBJETO: Aquisiçã de Equipaments, Sftwares e Serviçs para implantaçã da Rede Metrplitana Municipal. 7. PROPOSTA COMERCIAL 7.1. Ser redigida, preferencialmente, em 01 (uma) via, impressa em papel timbrad u editrada pr cmputadr, em língua prtuguesa, salv quant às expressões técnicas de us crrente, redigida cm clareza, sem emendas, rasuras, acréscims u entrelinhas, devidamente datada, assinada e rubricadas tdas as flhas pel representante legal da Prpnente Indicar a razã scial da Prpnente, endereç cmplet (rua/avenida, númer, bairr, cidade, CEP, UF) telefne, fax e endereç eletrônic ( ), mencinand Banc, númers da cnta crrente e da Agência n qual serã depsitads s pagaments se a Licitante se sagrar vencedra d certame, bem cm, a qualificaçã d representante da Licitante, para fins de assinatura d cntrat se fr cas Ter validade nã inferir a 60 (sessenta) dias crrids, a cntar da data de sua apresentaçã. Cas nã apresente praz de validade será este cnsiderad Cnter descriçã precisa d bjet, indicand a marca, referência, e demais elements indispensáveis a sua caracterizaçã, devend atender a tdas as especificações d Term de Referência (Anex II) Ser apresentada sem emendas u rasuras, cm preçs expresss, em meda crrente nacinal, utilizand-se apenas duas casas decimais após a vírgula (Lei Federal nº 9.069/95), discriminads pr item, em algarism (unitári e ttal). N preç fertad deverã estar incluídas tdas as despesas que incidam u venham a incidir, tais cm, fretes, impsts, taxas, encargs enfim, tds s custs direts e indirets necessáris a cumpriment d bjet ra licitad, inclusive s decrrentes de trca de prdut dentr d praz de garantia, se fr cas Cnter Declaraçã de que s equipaments a serem entregues bedecem à estipulaçã d presente edital; Cnter Term de Respnsabilidade, garantind a entrega ds equipaments n praz, quantidade e qualidade estabelecids n Edital Cnter Declaraçã de atendiment as requisits de habilitaçã para participaçã n presente prcediment licitatóri, cnfrme mdel d (Anex IV) Cnter Term de Vistria (Anex V) garantind a entrega ds serviçs n praz, quantidade e qualidade estabelecids n Edital. 3

4 Cnsante n que dispõe incis III d art. 30 da Lei nº 8.666/1993, é facultad à Administraçã exigir d licitante a cmprvaçã de haver tmad cnheciment de tdas as infrmações e das cndições lcais para cumpriment das brigações bjet da licitaçã. Cm suprte nesse permissiv legal, a Prefeitura de SINOP requereu ds interessads em participar d citad certame vistria técnica às instalações nde serã prestads s serviçs. Tal vistria tem pr bjetiv dar ciência as licitantes de fatres relevantes para a prestaçã ds respectivs serviçs, entre eles, pdems destacar s seguintes: existência u nã de pnts de rede, de telefne, de energia; s espaçs dispníveis; hardwares e sftwares cmpatíveis e dispníveis para a instalaçã; lcalizaçã das unidades atendidas. É imprescindível a visita técnica para fins de cnstataçã das cndições de execuçã d prjet e que terá pr finalidade a slicitaçã de esclareciments necessáris à frmulaçã da prpsta e futura execuçã d bjet. Alegações psterires relacinadas cm descnheciment de infrmações e das cndições pertinentes à execuçã d bjet licitad nã serã cnsiderads cm arguments válids para reclamações futuras, nem tampuc desbrigam a sua execuçã Os pedids para vistria pderã ser agendads durante hrári cmercial (hrári de Brasília-DF) através ds seguintes telefnes (66) u (66) u n endereç Av. das Embaúbas, 1386, Centr, Sinp/MT, e realizads em até, n máxim, 2 (dis) antes da abertura d Pregã em referência; Realizada a vistria técnica, representante da Prefeitura de Sinp, emitirá Term de Vistria cntend a identificaçã d respnsável técnic da empresa credenciad, afirmand que mesm visitu e bteve plen cnheciment da entrega ds prduts e ds serviçs a serem executads e que se sujeita a tdas as cndições estabelecidas n Edital Para s itens 13,14,15,16,26,31 a 41 e 46 a empresa licitante deverá apresentar n Envelpe nº 1 (Prpstas de Preçs), junt a sua Prpsta Cmercial, carta de cmprvaçã d fabricante d respectiv equipament fertad de que a licitante está autrizada a cmercializar e dar suprte e manutençã as equipaments fertads durante períd da garantia As Prpstas que atenderem as requisits d Edital e seus Anexs serã verificadas quant a errs, s quais serã crrigids pel Pregeir da frma seguinte: a) Discrepância entre valr grafad em algarisms e pr extens: prevalecerá valr pr extens; b) Errs de transcriçã das quantidades previstas: prdut será crrigid, mantend-se preç unitári e crrigind-se a quantidade e preç ttal; c) Err de multiplicaçã d preç unitári pela quantidade crrespndente: será retificad, mantend-se preç unitári e a quantidade e crrigind-se prdut; d) Err de adiçã: será retificad, cnsiderand-se as parcelas crretas e retificand-se a sma O valr ttal da prpsta será ajustad pel Pregeir em cnfrmidade cm s prcediments acima para crreçã de errs. O valr resultante cnstituirá ttal a ser pag Os preçs prpsts deverã ser apresentads cm a inclusã de tds s tributs, inclusive ICMS Para ICMS relativ a prdut ctad, deverá ser utilizada alíquta interna de rigem (art. 155, parágraf 2º, incis VII, alínea "b", da Cnstituiçã Federal), bem cm, para emissã das respectivas Ntas Fiscais. 4

5 7.4. O praz de entrega ds equipaments nã pderá ser superir a 60 (sessenta) dias, cntads da data de entrega d empenh à adjudicatária ns mldes d art. 40, 4º da Lei nº 8.666/ Deverã ser apresentads juntamente cm a prpsta, catálgs u manuais de instruções relativs as equipaments fertads, de md a permitir integral Avaliaçã Técnica ds mesms As licitantes deverã se respnsabilizar pels equipaments n que tange à garantia ds mesms, send que deverã indicar a razã scial, CNPJ e endereç d prestadr ds serviçs de assistência técnica (para cada fabricante fertad) mais próxima u uma declaraçã própria, quand ela fr prestadr de serviç Quaisquer tributs, custs e despesas diretas u indiretas mitidas na prpsta u incrretamente ctadas, serã cnsiderads cm incluss ns preçs, nã send aceits pleits de acréscims, a esse u qualquer utr titul devend prdut ser frnecid sem ônus adicinais. 8. DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO 8.1. Será cnsiderada habilitada a prpnente que apresentar s dcuments relacinads ns subitens abaix, desde que atendids s requisits especificads nas bservações deste item Habilitaçã Jurídica Registr cmercial, n cas de empresa individual; u; At cnstitutiv e alterações subseqüentes, u cntrat cnslidad, devidamente registrad, em se tratand de sciedade cmercial e, n cas de sciedade pr ações, acmpanhad de dcuments de eleiçã de seus administradres; u Inscriçã n Registr Civil de Pessas Jurídicas d at cnstitutiv, n cas de sciedades civis, acmpanhada ds nmes e endereçs ds diretres em exercíci Decret de autrizaçã, em se tratand de empresa u sciedade estrangeira em funcinament n País, e at de registr u autrizaçã para funcinament expedid pel órgã cmpetente, quand a atividade assim exigir. Obs.: Os dcuments relacinads ns subitens a nã precisarã cnstar d envelpe Dcuments de Habilitaçã, se tiverem sid apresentads para credenciament neste Pregã Regularidade Fiscal Prva de inscriçã n Cadastr Nacinal da Pessa Jurídica (CNPJ); Prva de inscriçã n cadastr de cntribuintes estadual u municipal, se huver relativ a dmicíli u sede d licitante, pertinente a seu ram de atividade e cmpatível cm bjet cntratual; Prva de regularidade para cm a Fazenda Federal, Estadual e Municipal d dmicíli u sede d licitante, u utra equivalente na frma da lei; Prva de regularidade relativa à Seguridade Scial (INSS) e a Fund de Garantia pr 5

6 Temp de Serviç (FGTS), demnstrand situaçã regular n cumpriment ds encargs sciais instituíds pr lei Prva de inexistência de débits inadimplids perante a Justiça d Trabalh, mediante a apresentaçã de Certidã Negativa de Débits Trabalhistas (CNDT), emitida em data nã superir a 180 dias da data de abertura d certame Qualificaçã Ecnômic-Financeira Balanç patrimnial e demnstrações cntábeis d últim exercíci scial, já exigíveis e apresentads na frma da lei, que cmprvem a ba situaçã financeira da empresa, vedada a sua substituiçã pr balancetes u balançs prvisóris, pdend ser atualizads pr índices ficiais quand encerrads a mais de três meses da data da apresentaçã da prpsta A ba situaçã financeira da empresa será avaliada pels índices de Liquidez Geral (LG), Slvência Geral (SG) e Liquidez Crrente (LC), s quais devem ser mair que 1,00, resultante da aplicaçã das seguintes fórmulas: LG = SG = LC = ATIVO CIRCULANTE + REALIZÁVEL A LONGO PRAZO PASSIVO CIRCULANTE + EXIGÍVEL A LONGO PRAZO ATIVO TOTAL PASSIVO CIRCULANTE + EXIGÍVEL A LONGO PRAZO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE O balanç patrimnial e as demnstrações cntábeis deverã estar assinads pr Cntadr u pr utr prfissinal equivalente, devidamente registrad n Cnselh Reginal de Cntabilidade As fórmulas ds índices cntábeis referids deverã estar devidamente aplicadas em memrial de cálculs juntad a balanç Cas memrial nã seja apresentad, a Cmissã de Licitaçã efetuará s cálculs Se necessária à atualizaçã d balanç e d capital scial, deverá ser apresentad, juntamente cm s dcuments em apreç, memrial de cálcul crrespndente Certidã negativa de pedid de falência e de cncrdata, expedida pel distribuidr da sede da pessa jurídica, em data nã superir a 90 (nventa) dias da data da abertura d certame, se utr praz nã cnstar d dcument. 6

7 8.4.8 Cmprvaçã de Patrimôni Líquid, n mínim, igual a 10% (dez pr cent) d valr da prpsta apresentada, relativamente à data da apresentaçã da prpsta, na frma da lei, admitida a atualizaçã até aquela data através de índices ficiais, exigida smente n cas de a licitante apresentar resultad igual u inferir a 1,00 em qualquer ds índices de Liquidez Geral (LG), Slvência Geral (SG) e Liquidez Crrente (LC) Declaraçã de Inexistência de Fat Impeditiv e de situaçã regular perante Ministéri d Trabalh As prpnentes deverã exibir declaraçã em papel da empresa, firmada pel respnsável legal, cm indicaçã d nme, carg e RG, atestand, sb as penalidades cabíveis, a inexistência de fat impeditiv à sua habilitaçã, bem cm, a situaçã regular perante Ministéri d Trabalh, n que se refere à bservância d dispst n incis XXXIII d artig 7º da Cnstituiçã Federal, cnfrme mdel sugerid n Anex III Mdel de Declaraçã. OBSERVAÇÕES: 1. O bjet cnstante d at cnstitutiv da empresa deve ser cmpatível cm bjet licitad. 2. Nã serã aceitas certidões psitivas de débit, excet quand cnstar da própria certidã ressalva que autrize a sua aceitaçã. 3. A dcumentaçã exigida n Títul VIII deverá ser cmpatível cm as respectivas inscrições nas esferas Federal, Estadual e Municipal. 4. A aceitaçã ds dcuments btids via "Internet" ficará cndicinada à cnfirmaçã de sua validade, também pr esse mei, se dúvida huver quant à sua autenticidade, pel Pregeir. 5. Para efeit da validade das certidões de regularidade de situaçã perante a Administraçã Pública, se utr praz nã cnstar da lei u d própri dcument, será cnsiderad laps de 90 (nventa) dias entre a data de sua expediçã e a da abertura d certame. 6. Os dcuments pderã ser apresentads n riginal, pr qualquer prcess de cópia reprgráfica autenticada pr tabeliã pr frça de Lei u a publicaçã em órgã da imprensa na frma da lei, excet a prpsta, para a qual se bservará dispst n Títul VII As autenticações pderã ser feitas pela equipe de api a pregeir mediante ctej da cópia cm riginal 6.2. Na hipótese da apresentaçã de dcuments riginais, estes serã anexads a prcess licitatóri. 7. Os dcuments exigids para habilitaçã, cnsantes estabelecid n Títul VIII deste edital, nã pderã, em hipótese alguma, ser substituíds pr prtcls que cnfigurem seu requeriment, u apresentads pr mei de fitas, discs magnétics e filmes. 8. A ausência de dcument u a apresentaçã ds dcuments de habilitaçã em desacrd cm previst n Títul VIII inabilitará licitante, send aplicad dispst n subitem Uma vez incluíd n prcess licitatóri, nenhum dcument será devlvid, salv se riginal a ser substituíd pr cópia reprgráfica autenticada. 10. A este prcediment licitatóri será cncedid tratament previst ns artigs 42 à 45 da 7

8 Lei 123/2006, julgament da licitaçã será realizad em duas fases, e bedecerá a critéri de menr preç glbal para bjet deste Edital Para fazer jus a tratament diferenciad previst ns artigs 42 a 45 da Lei 123/2006, a licitante deverá cmprvar sua situaçã mediante declaraçã de que atendem plenamente as exigências da referida Lei. 9. PROCEDIMENTOS DA SESSÃO DO PREGÃO 9.1. Após encerrament d credenciament e identificaçã ds representantes das empresas licitantes, Pregeir declarará aberta a sessã d Pregã, prtunidade em que nã mais se aceitará nvs licitantes, dand-se iníci a recebiment ds envelpes cntend a Prpsta Cmercial e s Dcuments de Habilitaçã, exclusivamente ds participantes devidamente credenciads Classificaçã das Prpstas Cmerciais Aberts s envelpes de Prpstas Cmerciais, estas serã analisadas verificand atendiment a tdas as especificações e cndições estabelecidas neste Edital e seus Anexs, send imediatamente desclassificadas aquelas que estiverem em desacrd O Pregeir classificará autr da prpsta de menr preç e aquelas que tenham valres sucessivs e superires em até 10% (dez pr cent) à prpsta de menr preç, para participarem ds lances verbais Se nã huver n mínim 3 (três) prpstas cmerciais nas cndições definidas n subitem anterir, Pregeir classificará as melhres prpstas subseqüentes, até máxim de 3 (três), para que seus autres participem ds lances verbais, quaisquer que sejam s preçs ferecids nas prpstas apresentadas Lances Verbais As licitantes classificads será dada a prtunidade de nva disputa, pr mei de lances verbais e sucessivs, de valres distints e decrescentes, a partir d autr da prpsta classificada de mair preç e s demais Se duas u mais prpstas, em absluta igualdade de cndições, ficarem empatadas, será realizad srtei na sessã de pregã, para definir a rdem de apresentaçã ds lances A desistência em apresentar lance verbal, quand cnvcad pel Pregeir, implicará na exclusã d licitante da etapa de lances verbais e na manutençã d últim preç apresentad pel licitante, para efeit de psterir rdenaçã das prpstas Julgament O critéri de julgament será de MENOR PREÇO GLOBAL Declarada encerrada a etapa cmpetitiva e rdenadas as fertas, Pregeir examinará a aceitabilidade da primeira classificada, quant a bjet e valr, decidind mtivadamente a respeit Cas nã se realize lances verbais, será verificada a cnfrmidade entre a prpsta escrita de menr preç e valr estimad da cntrataçã Em havend apenas uma ferta e desde que atenda a tds s terms d edital e que seu preç seja cmpatível cm valr estimad da cntrataçã, esta pderá ser aceita. 8

9 Send aceitável a ferta de menr preç, será abert envelpe cntend a dcumentaçã de habilitaçã d licitante que a tiver frmulad, para cnfirmaçã das suas cndições habilitatórias Cnstatad atendiment plen às exigências, será declarad licitante vencedr, send-lhe adjudicad bjet prpst Se a prpsta nã fr aceitável u licitante nã atender às exigências habilitatórias, pregeir examinará a ferta subseqüente, verificand a sua aceitabilidade e prcedend a verificaçã das cndições de habilitaçã d licitante, na rdem de classificaçã, e, assim, sucessivamente, até a apuraçã de uma prpsta u lance que atenda a edital, send respectiv licitante declarad vencedr e a ele adjudicad bjet deste edital Apurada a melhr prpsta que atenda a edital, Pregeir deverá negciar para que seja btid melhr preç Da reuniã lavrar-se-á Ata circunstanciada da sessã, na qual serã registrads tds s ats d prcediment e as crrências relevantes e que, a final, será assinada pel Pregeir, Equipe de Api e pels licitantes Decidids s recurss u transcrrid in albis praz para sua interpsiçã, Pregeir devlverá as licitantes julgads desclassificads s envelpes DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO Os dcuments de que trata subitem anterir, ficarã a dispsiçã ds interessads pel períd de 30 (trinta) dias, cntads a partir da celebraçã d cntrat, find qual, nã prcurads, serã destruíds. 10. IMPUGNAÇÕES E RECURSOS Declarad vencedr, qualquer licitante pderá manifestar imediata e mtivadamente a intençã de recrrer, cuja síntese será lavrada em ata, send cncedid praz de 3 (três) dias úteis para apresentaçã das razões d recurs, ficand s demais licitantes, desde lg, intimads para apresentar cntra-razões em igual númer de dias, que cmeçarã a crrer d términ d praz d recrrente, send-lhes assegurada vista imediata ds auts, na sala da Cmissã Permanente de Licitaçã O licitante pderá também apresentar as razões d recurs n at d Pregã, as quais serã reduzidas a term na respectiva Ata, ficand tds s demais licitantes desde lg intimads para apresentar cntra-razões n praz de 3 (três) dias úteis, cntads da lavratura da Ata, send-lhes assegurada vista imediata ds auts A falta de manifestaçã imediata e mtivada d licitante imprtará a decadência d direit de recurs Os recurss deverã ser decidids n praz de 5 (cinc) dias úteis O aclhiment de recurs imprtará a invalidaçã apenas ds ats insuscetíveis de aprveitament O resultad d recurs será divulgad mediante cmunicad a tds s licitantes via fax u crrei eletrônic. 9

10 11. ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO Inexistind manifestaçã recursal, Pregeir adjudicará bjet a licitante vencedr, cmpetind à autridade superir hmlgar prcediment licitatóri Decidids s recurss prventura interpsts, e cnstatada a regularidade ds ats prcedimentais, a Autridade Cmpetente adjudicará bjet a licitante vencedr e hmlgará prcediment licitatóri. 12. DA ASSINATURA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Após a declaraçã d vencedr da licitaçã, nã havend manifestaçã ds prpnentes quant à interpsiçã de recurs, Pregeir pinará pela adjudicaçã d bjet licitad, que psterirmente será submetid à autridade cmpetente para fins de hmlgaçã N cas de interpsiçã de recurs, após prferida a decisã, serã adtads s mesms prcediments já prevists neste edital para adjudicaçã e hmlgaçã d resultad da licitaçã A autridade cmpetente hmlgará resultad da licitaçã, cnvcand adjudicatári a assinar a Ata de Registr de Preçs dentr d praz de n máxim 05 (cinc) dias úteis, a cntar da data em que mesm fr cnvcad para fazê-l junt a Municípi A Administraçã pderá, quand prpnente vencedr, cnvcad dentr d praz de validade de sua prpsta nã apresentar situaçã regular u se recusar injustificadamente a assinar a Ata, retmar a sessã pública e cnvidar s demais prpnentes classificads, seguind a rdem de classificaçã, para fazê-l em igual praz e nas mesmas cndições prpstas pela primeira classificada, u revgar, a licitaçã independentemente da cminaçã d artig 81 da Lei Federal nº 8.666/ Decrrid praz d item 12.3, dentr d praz de validade da prpsta, e nã cmparecend à Prefeitura prpnente cnvcad para a assinatura da Ata, será ele havid cm desistente, ficand sujeit às seguintes sanções, aplicáveis islada u cnjuntamente Multa de 20% (vinte pr cent) sbre valr glbal da respectiva prpsta; Impediment de cntratar cm a Administraçã pr praz nã superir a 2 (dis) ans A multa de que trata item deverá ser reclhida n praz de 05 (cinc) dias úteis, a cntar da intimaçã da decisã administrativa que a tenha aplicad, garantida a defesa prévia d interessad, n praz de 05 (cinc) dias úteis. 13. DA VALIDADE DO REGISTRO DE PREÇO E DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA A Ata de Registr de Preçs terá validade pr 12 (dze) meses, cntada a partir da data de assinatura Ns terms d 4º d artig 15 da Lei Federal nº 8.666/93, durante praz de validade da Ata de Registr de Preçs, Municípi de Sinp nã será brigad à aquisiçã, exclusivamente pr seu intermédi, ds materiais bjet da Ata, pdend utilizar, para tant, utrs meis, desde que permitids em lei, sem que, desse fat, caiba recurs u indenizaçã de qualquer espécie à empresa detentra da Ata. 10

11 13.3. As despesas decrrentes da cntrataçã d bjet da presente licitaçã, crrerã a carg d Gabinete d Gvern atividades: ; ; ; as quais cnstarã nas respectivas Ntas de Empenh, cntrat u dcument equivalente, bservada as cndições estabelecidas neste edital e a que dispõe artig 62 da Lei 8.666/93 e alterações. 14. DA CELEBRAÇÃO DA CONTRATAÇÃO Os terms prevists n presente edital de pregã e seus anexs, a prpsta apresentada, a assinatura da ata de registr de preçs e d instrument de cntrat, após a hmlgaçã d prcess, frmalizarã a presente cntrataçã Hmlgad prcediment e assinada a ata de registr de preçs, a licitante vencedra será cnvcada, respeitad praz de validade da ata, quand surgir a necessidade de cntrataçã para a retirada e assinatura d instrument de cntrat. Após a cnvcaçã a licitante terá praz de 5 dias úteis para assinatura d instrument de cntrat, a fim de efetivar a cntrataçã Para realizar a cntrataçã será exigida a cmprvaçã das cndições de habilitaçã cnsignadas neste edital, as quais deverã ser mantidas pel licitante durante a vigência da cntrataçã ( 2º, art. 27, d Decret 5.450/2005) Antes da assinatura d instrument de cntrat será exigida da licitante vencedra prestaçã de garantia para cumpriment deste, em favr da Cntratante, crrespndente a 5% (cinc pr cent) d seu valr glbal, numa das mdalidades previstas n parágraf primeir, d artig 56, da Lei 8.666/ A garantia apresentada na mdalidade segur-garantia u fiança bancária deverá ter praz de validade que abranja td praz de execuçã d serviç, acrescid ds prazs para recebiment prvisóri, bservaçã e para recebiment definitiv. Na hipótese de prrrgaçã d praz de execuçã, a Cntratante deverá apresentar prrrgaçã d praz de validade da garantia A garantia apresentada na mdalidade fiança bancária só será aceita pela Administraçã se banc expressamente renunciar a benefíci de rdem previst n artig 827 da Lei n /2002 Códig Civil Se valr da garantia fr utilizad, ttal u parcialmente pela Cntratante, em pagament de multa que lhe tenha sid aplicada, a Cntratada deverá prceder à respectiva repsiçã n praz de 05 (cinc) dias úteis cntads da data em que tiver sid ntificada da impsiçã de tal sançã N cas de alteraçã cntratual cm acréscim d valr riginal, a Cntratada deverá apresentar, antes da celebraçã d term aditiv, garantia cmplementar crrespndente a 5% d valr d acréscim, u substituir a garantia riginal pr utra crrespndente a 5% d nv valr d cntrat Após cumpriment fiel e integral d cntrat e recebiment definitiv d bjet, a garantia prestada será liberada pela Cntratante à Cntratada Cas a licitante vencedra nã faça cmprvaçã das cndições exigidas para efetivaçã da cntrataçã, u injustificadamente se recuse a frmalizar a cntrataçã dentr d praz estipulad, a Pregeira, sem prejuíz das multas previstas em edital e das demais cminações legais, examinará as fertas subseqüentes e a qualificaçã ds licitantes, na rdem de classificaçã, e assim sucessivamente, até a apuraçã de uma que atenda a edital, send respectiv licitante declarad vencedr As cntratações decrrentes deste prcediment pderã ser alteradas unilateralmente pela Cntratante u pr acrd das partes, bservad dispst n artig 65 da Lei 8.666/93 e suas alterações. 11

12 14.12 A rescisã cntratual, quant as cass em que pderá crrer e as frmas de sua efetivaçã, bem cm, suas cnseqüências, serã regidas pel dispst ns artigs 77 à 80 da Lei 8.666/93 e suas alterações e pel cntid n presente Edital As cntratações bedecerã à cnveniência e às necessidades da Administraçã. A existência ds preçs registrads nã briga a Administraçã a firmar as cntratações que deles pderã advir, facultand-se-lhe a realizaçã de licitaçã específica para cntrataçã pretendida, send assegurad a beneficiári d registr a preferência de frneciment em igualdade de cndições. 15. SANÇÕES ADMINISTRATIVAS O licitante que ensejar retardament da execuçã d certame, nã mantiver a prpsta, falhar u fraudar na execuçã d bjet licitad, cmprtar-se de md inidône, fizer declaraçã falsa u cmeter fraude fiscal, garantid direit prévi da citaçã e da ampla defesa, ficará impedid de licitar e cntratar cm a Prefeitura de Municipal de Sinp, pel praz de até 2 (dis) ans, enquant perdurarem s mtivs determinantes da puniçã u até que seja prmvida a reabilitaçã perante a própria autridade que aplicu a pena A penalidade será brigatriamente registrada n Diári Oficial d Estad e n cas de suspensã de licitar, Licitante deverá ser descredenciad pr igual períd, sem prejuíz das demais cminações N cas de inadimplement, a CONTRATADA estará sujeita às seguintes penalidades: Advertência; Multa de 0,3% (zer vírgula três pr cent) pr dia de atras na entrega d bjet, até 30º (trigésim) dia, calculads sbre valr d cntrat; Multa de 20% (vinte pr cent) sbre sald d Cntrat, n cas de atras superir a 30 (trinta) dias na execuçã d bjet, cm a cnseqüente rescisã cntratual; Multa de 20% (vinte pr cent) sbre valr d Cntrat, n cas da EMPRESA, injustificadamente, desistir d Cntrat u der causa à sua rescisã, bem cm ns demais cass de inadimplement cntratual; Suspensã temprária de participaçã em licitaçã e impediment de cntratar cm a Administraçã pr períd nã superir a 2 (dis) ans; e Declaraçã de inidneidade para licitar u cntratar cm a Administraçã Pública; A aplicaçã da sançã prevista n item , nã prejudica a incidência cumulativa das penalidades ds itens , , , , principalmente sem prejuíz de utras hipóteses, em cas de reincidência de atras na entrega d bjet licitad u cas haja cumulaçã de inadimplement, facultada a defesa prévia d interessad, n praz de 10 (dez) dias úteis As sanções previstas ns itens , , , pderã ser aplicadas cnjuntamente cm s itens , , , facultada a defesa previa d interessad, n praz de 10 (dez) dias úteis Ocrrend à inexecuçã de que trata item 15.3., reserva-se a órgã cntratante direit de ptar pela ferta que se apresentar cm aquela mais vantajsa, pela rdem de classificaçã. 12

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR?

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Criad em 27.01.2014 Revisad em 19.02.2015 1. COMO SE CADASTRAR JUNTO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Para se cadastrar junt a Cadastr Unificad de Frnecedres d Estad CADFOR/SEGPLAN-GO, a entidade

Leia mais

Software Utilizado pela Contabilidade: Datasul EMS 505. itens a serem inventariados com o seu correspondente registro contábil;

Software Utilizado pela Contabilidade: Datasul EMS 505. itens a serem inventariados com o seu correspondente registro contábil; TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ANÁLISE DA REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVO PARA CÁLCULOS DO VALOR DO IMPAIRMENT E VIDA ÚTIL RESIDUAL, EM CONFORMIDADE COM O DISPOSTO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 005/2014 DE 07 DE ABRIL DE 2014 PROCESSO SELETIVO O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP.: 64.073-505,

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (Prt. MEC nº 797/14, de 11/09/2014, publicada n DOU em 12/09/2014) EDITAL 2015 PROCESSO SELETIVO O Diretr Geral da Faculdade de Educaçã em Ciências da Saúde (FECS),

Leia mais

CONSIDERAÇÕES DA CAPGEMINI

CONSIDERAÇÕES DA CAPGEMINI CONSIDERAÇÕES DA CAPGEMINI 6.1 Requisits de Capacidade e Experiência d Prestadr A ANEEL deveria exigir um puc mais quant a estes requisits, de frma a garantir uma melhr qualificaçã da empresa a ser cntratada.

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Prcediments Prcediments para Submissã de Prjets de MDL à Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Secretaria Executiva Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Prcediments para

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL EDITAL CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS (CTeSP) 2015 CONDIÇÕES DE ACESSO 1. Pdem candidatar-se a acess de um Curs Técnic Superir Prfissinal (CTeSP) da ESTGL tds s que estiverem

Leia mais

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde Anex V Sftware de Registr Eletrônic em Saúde Implantaçã em 2 (duas) Unidades de Saúde Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESTRATÉGIAS E PROCEDIMENTOS DE IMPLANTAÇÃO... 3 4 INFRAESTRUTURA NAS UNIDADES DE SAÚDE -

Leia mais

Lista de Documentos o Abertura de Empresas Abertura de empresas na área de alimentos Documentos para estabelecimentos comerciais (pessoa física)

Lista de Documentos o Abertura de Empresas Abertura de empresas na área de alimentos Documentos para estabelecimentos comerciais (pessoa física) Lista de Dcuments Abertura de Empresas Abertura de empresas na área de aliments Dcuments para estabeleciments cmerciais (pessa física) 1) Ficha de Inscriçã Cadastral, preenchida na própria VISA; 2) Cópia

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE RESOLUÇÃO N 379, DE 19 DE OUTUBRO DE 2006 Cria e regulamenta sistema de dads e infrmações sbre a gestã flrestal n âmbit d Sistema Nacinal

Leia mais

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 Flrianóplis, 25 de janeir de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 1) Cnsiderações Gerais: A Federaçã Nacinal ds Estudantes de Engenharia Civil

Leia mais

PREÂMBULO. Órgão Gerenciador: Secretaria de Educação do Município de Maracanaú-CE. 09:30 horas do dia 10 de maio de 2012

PREÂMBULO. Órgão Gerenciador: Secretaria de Educação do Município de Maracanaú-CE. 09:30 horas do dia 10 de maio de 2012 EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS N.º 01.003/2012 Regid pel Decret Municipal nº 1.565, de 13 de març de 2006, pela Lei n.º 10.520, de 17 de julh de 2002 e subsidiariamente pela Lei n.º

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid

Leia mais

Excluídas as seguintes definições:

Excluídas as seguintes definições: Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Entre PM AM.08 APLICAÇÃO DE PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE CONTRATAÇÃO E PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE LASTRO DE VENDA & PdC AM.10 MONITORAMENTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

Atenção Srs. Fornecedores

Atenção Srs. Fornecedores Atençã Srs. Frnecedres 1) Tdas as prpstas ds frnecedres devem indicar Marca e Fabricante para cada item fertad, cnfrme mdel da prpsta n site d Cmprasnet. 1.1) Nã serã aceitas prpstas cm indicaçã de mais

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA 1. Intrduçã e Objetivs a) O Cncurs de Ideias OESTECIM a minha empresa pretende ptenciar apareciment de prjets invadres na regiã d Oeste sempre numa perspetiva de desenvlviment ecnómic e scial. b) O Cncurs

Leia mais

Regulamento do programa de bolsas de estudos

Regulamento do programa de bolsas de estudos Regulament d prgrama de blsas de estuds Unidades Ri de Janeir e Sã Paul Data de publicaçã: 13/05/2015 Regulament válid até 30/08/2015 1 1. Sbre prgrama Através de um prcess seletiv, prgrama de blsas de

Leia mais

Procedimentos para aceitação de materiais e equipamentos fornecidos à EDP Distribuição

Procedimentos para aceitação de materiais e equipamentos fornecidos à EDP Distribuição Julh 2010 Prcediments para aceitaçã de materiais e equipaments frnecids à EDP Distribuiçã DGF/Departament Gestã de Materiais e Equipaments Prcediments para aceitaçã de materiais e equipaments frnecids

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA 2º semestre / 2012 O Prgrama de Educaçã Cntinuada da trna públic, para cnheciment

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº.042/12 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº.012/12

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº.042/12 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº.012/12 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL REGISTRO 012/12 Razã Scial: CNPJ nº Endereç: E-mail: Cidade: Estad: Telefne: Fax: Pessa para cntat: Recebems através d acess à página www.apucarana.pr.gv.br nesta data, cópia

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 73/2011 MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO PROCESSO Nº 0.00.002.001500/2011-18 UASG - 590001

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 73/2011 MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO PROCESSO Nº 0.00.002.001500/2011-18 UASG - 590001 EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 73/2011 MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO PROCESSO Nº 0.00.002.001500/2011-18 UASG - 590001 ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.cmprasnet.gv.br DATA: 29/12/2011 HORÁRIO: 11 HORAS Obs: Nã havend

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO E ANEXOS

EDITAL DE LICITAÇÃO E ANEXOS CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL N PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA (PPP) NA MODALIDADE DE CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA MODERNIZAÇÃO, OTIMIZAÇÃO, EXPANSÃO, MANUTENÇÃO DA INFRAESTRUTURA E CONTROLE EM TEMPO REAL DA REDE

Leia mais

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DE REDES E CRONOGRAMAS SUMÁRIO 1 OBJETIVO...2 2 ELABORAÇÃO...2 2.1 PLANEJAMENTO...2

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DE REDES E CRONOGRAMAS SUMÁRIO 1 OBJETIVO...2 2 ELABORAÇÃO...2 2.1 PLANEJAMENTO...2 1 / 5 SUMÁRIO 1 OBJETIVO...2 2 ELABORAÇÃO...2 2.1 PLANEJAMENTO...2 2.1.1 CRITÉRIOS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO CRONOGRAMA DE BARRAS TIPO GANTT:...2 2.1.2 CRITÉRIOS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO

Leia mais

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento para realização do Trabalho de Conclusão de Curso Universidade Federal d Ceará Campus de Sbral Curs de Engenharia da Cmputaçã Regulament para realizaçã d Trabalh de Cnclusã de Curs Intrduçã Este dcument estabelece as regras básicas para funcinament das

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA CONTÁBIL 002/2013. Item 01. Requisitos básicos com justificação

PROJETO BÁSICO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA CONTÁBIL 002/2013. Item 01. Requisitos básicos com justificação PROJETO BÁSICO DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA CONTÁBIL 002/2013 Item 01. Requisits básics cm justificaçã a. Serviç a ser licitad:. Escrituraçã mensal d livr diári; Escrituraçã mensal d livr

Leia mais

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 010/ DE 11 DE JUNHO DE VESTIBULAR /02 O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP 64.073-505, Telefne:

Leia mais

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Suprte técnic O serviç de suprte técnic tem pr bjetiv frnecer atendiment as usuáris de prduts e serviçs de infrmática da Defensria Pública. Este serviç é prvid

Leia mais

CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL

CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA - SRP DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO - DEFIS CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL

Leia mais

Adesão à CCEE. Versão 1 -> Versão 2

Adesão à CCEE. Versão 1 -> Versão 2 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Adesã à CCEE Versã 1 -> Versã 2 Versã 2 METODOLOGIA DO Text em realce refere-se à inserçã de nva redaçã Text tachad refere-se à exclusã de redaçã. Alterações

Leia mais

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade)

Legenda da Mensagem de Resposta à Verificação de Elegibilidade (respostaelegibilidade) Legenda da Mensagem de Respsta à Verificaçã de Elegibilidade (respstaelegibilidade) Mensagem : Respta à verificaçã de elegibilidade (respstaelegibilidade) - Flux : Operadra para Prestadr Códig da mensagem

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 25/2012

PREGÃO ELETRÔNICO SRP N.º 25/2012 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COORDENAÇÃO DE COMPRAS

Leia mais

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S. A.

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S. A. 1 BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S. A. Para cntribuir cm prcess de desenvlviment sustentável da Regiã Nrdeste, Banc cumpre seu papel de agente catalisadr d desenvlviment reginal integrad à plítica ecnômica

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Crdenadria da Administraçã Tributária Diretria Executiva da Administraçã Tributária Manual d DEC Dmicíli Eletrônic d Cntribuinte Manual DEC (dezembr

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO 1 de 7 1. OBJETIVO Este prcediment estabelece prcess para cncessã, manutençã, exclusã e extensã da certificaçã de sistema de segurança cnfrme ABNT NBR 15540. 2. DOCUMENTOS COMPLEMENTARES - ABNT NBR 15540:2013:

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

^i * aesíqn e=> ~omunícc3ç:c30

^i * aesíqn e=> ~omunícc3ç:c30 ^i * aesíqn e=> ~munícc3ç:c30 CONTRATO DE LICENÇA DE USO DO SISTEMA - SUBMIT CMS Web Site da Prefeitura de Frei Martinh - Paraíba 1. IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTE Prefeitura Municipal de Frei Martinh

Leia mais

EDITAL Nº 01/NIC/ 2014

EDITAL Nº 01/NIC/ 2014 Núcle de Intercâmbi e Cperaçã Institucinal EDITAL Nº 01/NIC/ 2014 Seleçã de acadêmics para Intercâmbi n primeir semestre de 2015 d Prgrama de Blsas Iber-Americanas Santander Universidades 2014 A Universidade

Leia mais

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR?

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Criad em 16.10.2014 Revisad em 19.02.2015 1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Para se cadastrar, junt a Cadastr Unificad de Frnecedres d Estad CADFOR, interessad

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO

MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO CONVITE N.º 02/2006 O MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO trna públic as interessads que n dia, hra e lcal abaix discriminads, irá receber, abrir e examinar dcumentaçã pertinente

Leia mais

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR A pertinência e valr demnstrad das valências d Cartã de Saúde Cfre, em razã d flux de adesões e pedids de esclareciment, trnam essencial dar evidência e respsta a algumas situações

Leia mais

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 7/2015 DE 27 DE ABRIL DE 2015 VESTIBULAR 2015/02 O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP 64.073-505,

Leia mais

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios.

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios. Prêmi Data Pint de Criatividade e Invaçã - 2011 N an em que cmpleta 15 ans de atuaçã n mercad de treinament em infrmática, a Data Pint ferece à cmunidade a prtunidade de participar d Prêmi Data Pint de

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. Brasília/DF neste ato legalmente representado por sua Ordenadora de Despesas, Senhora SÔNIA

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. Brasília/DF neste ato legalmente representado por sua Ordenadora de Despesas, Senhora SÔNIA TERMO DE CONTRATO CNMP N. 003 / 2010 PutlIced tle 30 CI II d OS. / 0 21/4900 J,(108,Lt.tt_ CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO E A PESSOA JURÍDICA

Leia mais

EDITAL BOLSA SOCIOECONÔMICA. Seleção de Bolsistas para o Programa de Bolsa Socioeconômica para o período de 2014

EDITAL BOLSA SOCIOECONÔMICA. Seleção de Bolsistas para o Programa de Bolsa Socioeconômica para o período de 2014 EDITAL BOLSA SOCIOECONÔMICA Seleçã de Blsistas para Prgrama de Blsa Sciecnômica para períd de 2014 O Reitr d Centr Universitári Tled Unitled, ns terms d Regulament aprvad pel CONSEPE, cm vistas à seleçã

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL Cntratante: O CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL - 12º REGIÃO, pessa jurídica de direit públic cnstituída sb a frma de autarquia fiscalizadra,

Leia mais

ERRATA. No Edital de Pregão Eletrônico, no Anexo II - Planilha de Orçamento Estimado Preços Máximos Aceitáveis

ERRATA. No Edital de Pregão Eletrônico, no Anexo II - Planilha de Orçamento Estimado Preços Máximos Aceitáveis MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA Cmplex Administrativ Sudeste, SHCSW/EQSW 103/104, lt. 01, módul

Leia mais

REGRAS PARA USO DE RECURSOS PROAP/CAP

REGRAS PARA USO DE RECURSOS PROAP/CAP REGRAS PARA USO DE RECURSOS PROAP/CAP I - AJUDA DE CUSTO A ALUNOS DE DOUTORADO DA CAP, PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS FORA DO PAÍS Eligibilidade Aluns de dutrad da CAP que preencham,

Leia mais

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social Anex 03 Recmendaçã nº 3: estatut padrã, estatut fundamental e cntrat scial 1. Resum 01 Atualmente, Estatut da Crpraçã da Internet para a atribuiçã de nmes e númers (ICANN) tem um mecanism únic para alterações.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 023/2013 DE 30 DE SETEMBRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP.:

Leia mais

Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014

Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014 Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014 A Diretria d SEBRAE/RS trna públic presente edital e cnvida Artesãs representads pr Assciações e/u Cperativas de Artesanat d Ri Grande d Sul a inscreverem-se

Leia mais

O Certificado é um dos documentos exigidos para solicitar as seguintes isenções de contribuições sociais:

O Certificado é um dos documentos exigidos para solicitar as seguintes isenções de contribuições sociais: PROCEDIMENTOS PARA CERTIFICAÇÃO E/OU RENOVAÇÃO DO CEBAS CNAS CERTIFICAÇÃO/RENOVAÇÃO O Certificad é um ds dcuments exigids para slicitar as seguintes isenções de cntribuições sciais: Parte patrnal da cntribuiçã

Leia mais

Informações Importantes 2015

Informações Importantes 2015 Infrmações Imprtantes 2015 CURSOS EXTRACURRICULARES N intuit de prprcinar uma frmaçã cmpleta para alun, Clégi Vértice ferece curss extracurriculares, que acntecem lg após as aulas regulares, tant n períd

Leia mais

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA MANUAL ds LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA Objetiv 1. Oferecer as aluns a infra-estrutura e suprte necessári à execuçã de tarefas práticas, slicitadas pels prfessres, bservand s prazs estabelecids. 2. Oferecer

Leia mais

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico

Legenda da Guia de Tratamento Odontológico Legenda da Guia de Tratament Odntlógic Term Registr NS Nº da n prestadr Num. d Camp na Númer da principal 3 Data da autrizaçã Senha senha 1 2 4 5 6 Nme d camp na Registr NS Númer da n prestadr Númer da

Leia mais

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 1 REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 PARTICIPANTES A Olimpíada Jurídica 2014 é uma cmpetiçã direcinada a aluns que estejam regularmente matriculads ns curss de graduaçã de Direit de Instituições de

Leia mais

ORIENTAÇÕES AOS CANDIDATOS CONTEMPLADOS NO

ORIENTAÇÕES AOS CANDIDATOS CONTEMPLADOS NO ORIENTAÇÕES AOS CANDIDATOS CONTEMPLADOS NO Prezad(a) Alun(a) A mbilidade acadêmica internacinal é uma prtunidade valisa para seu cresciment individual, acadêmic e prfissinal. Nã permita que a falta de

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2015

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2015 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2015 A COMPANHIA PARAIBANA DE GÁS - PBGÁS, Sciedade de Ecnmia Mista, dravante denminada PBGÁS, cm sede à Avenida Presidente Epitáci Pessa, n 4.756, bairr d

Leia mais

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito*

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito* 20 Api O Setr Elétric / Julh de 2009 Desenvlviment da Iluminaçã Pública n Brasil Capítul VII Prjets de eficiência energética em iluminaçã pública Pr Lucian Haas Rsit* Neste capítul abrdarems s prjets de

Leia mais

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 GUIA PARA CANDIDATURA SUMÁRIO 1. O PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP... 3 1.1 Benefícis... 3 2. PREMIAÇÃO... 3 2.1 Diretrizes

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇÃO DE CONTRATO INICIAL E DE ENERGIA ASSEGURADA PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações SAZONALIZAÇAO DE CONTRATO DE LEILÃO DE VENDA EDITAL DE LEILÃO Nº 001 / 2002 - MAE PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment

Leia mais

Plano Promocional de Fornecimento de Infra-estrutura de Acesso a Serviços Internet de Banda Estreita Dial Provider 1

Plano Promocional de Fornecimento de Infra-estrutura de Acesso a Serviços Internet de Banda Estreita Dial Provider 1 Sã Paul, 26 de dezembr de 2005 Plan Prmcinal de Frneciment de Infra-estrutura de Acess a Serviçs Internet de Banda Estreita Dial Prvider 1 Telecmunicações de Sã Paul S.A - TELESP. ( Telesp ), tend em vista

Leia mais

REGULAMENTO TOP CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2015 CATEGORIA ESTUDANTE

REGULAMENTO TOP CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2015 CATEGORIA ESTUDANTE REGULAMENTO TOP CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2015 CATEGORIA ESTUDANTE ARTIGO I DEFINIÇÃO E NATUREZA O Prêmi Cidadania, categria Estudante, premia trabalhs de caráter técnic u científic, referente a implementaçã

Leia mais

GERENCIAMENTO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM. Solução de Gestão Eletrônica de Documentos Acadêmicos

GERENCIAMENTO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM. Solução de Gestão Eletrônica de Documentos Acadêmicos GERENCIAMENTO DE DOCUMENTOS, CONTEÚDO E PROCESSOS GED/ECM Sluçã de Gestã Eletrônica de Dcuments Acadêmics OBJETIVOS DA SOLUÇÃO BENEFÍCIOS GERAIS A Sluçã ECMDOC de Gestã de Dcuments Acadêmics, tem cm principais

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Avenida Castelo Branco, n.2.500, Água Limpa, CEP n.78.125-700, Várzea Grande MT. Fone (65) 3688-8051

Avenida Castelo Branco, n.2.500, Água Limpa, CEP n.78.125-700, Várzea Grande MT. Fone (65) 3688-8051 EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO N. 34/2015 Prcess n. 315823/2015 ÍNDICE ITEM ASSUNTO 1 PREÂMBULO 2 DO OBJETO E REALIZAÇÃO 3 DOS ESCLARECIMENTOS E IMPUGNAÇÕES 4 DA PARTICIPAÇÃO 5 DO REGISTRO DE PREÇOS 6 DO CREDENCIAMENTO

Leia mais

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento Aliança Estratégica cm a Delta Dezembr, 2011 Uma Cnsistente História de Investiment 1 Agenda Resum da Operaçã 1 Benefícis da Operaçã 2 2 Disclaimer O material a seguir é uma apresentaçã cnfidencial cntend

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 1 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PdC CZ.01 PM 3.5 Versã 1 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid índice. Alterada

Leia mais

CAE Rev_3: 47990 VENDAS AUTOMÁTICAS (VENDING)

CAE Rev_3: 47990 VENDAS AUTOMÁTICAS (VENDING) O cnteúd infrmativ dispnibilizad pela presente ficha nã substitui FUNCHAL CAE Rev_3: 47990 VENDAS AUTOMÁTICAS (VENDING) ÂMBITO A atividade de venda autmática deve bedecer à legislaçã aplicável à venda

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais Cmunicaçã Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais (Lei nº 98/2009 de 4 de Setembr) 1- QUEM

Leia mais

Processo nº. 4676/2012 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA SESI/SENAI-PR Nº. 1554/2012

Processo nº. 4676/2012 EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA SESI/SENAI-PR Nº. 1554/2012 Prcess nº. 4676/2012 O Serviç Scial da Indústria, Departament Reginal d Paraná e Serviç Nacinal de Aprendizagem Industrial, Departament Reginal d Paraná, adiante designads simplesmente SESI-PR e SENAI-PR,

Leia mais

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO R.M. Infrmática Cmérci e Serviç Ltda CNPJ: 04.831.742/0001-10 Av. Rdrig Otávi, 1866, Módul 22 Distrit Industrial - Manaus - AM Tel./Fax (92) 3216-3884 http://www.amaznit.cm.br e-mail: amaznit@amaznit.cm.br

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO II PROJETO BÁSICO: JORNADA AGIR 1. Históric da Jrnada AGIR Ns ambientes crprativs atuais, a adçã de um mdel de gestã integrada é uma decisã estratégica n api às tmadas

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N o 01/2007 De 8 de novembro de 2007 Reedita as Normas para Reconhecimento de Títulos de Pós-Graduação, revogando a

RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N o 01/2007 De 8 de novembro de 2007 Reedita as Normas para Reconhecimento de Títulos de Pós-Graduação, revogando a RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N 01/2007 De 8 de nvembr de 2007 Reedita as Nrmas para Recnheciment de Títuls de Pós-Graduaçã, revgand a Resluçã Cmplementar n 02/93, de 25 de junh de 1993. O CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUITE LIBREOFFICE: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUITE LIBREOFFICE: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO Term de Referência Anex I - Especificaçã técnica Cntrataçã de Empresa para prestaçã de Serviçs de Treinament na suíte Libreffice TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUITE LIBREOFFICE: CONTRATAÇÃO

Leia mais

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis Manutençã Vensis Manutençã É módul que permite gerenciament da manutençã de máquinas e equipaments. Prgramaçã de manutenções preventivas u registr de manutenções crretivas pdem ser feits de frma

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOGRAFIAS/IMAGENS

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015 BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015 Atualiza a Lista de Prduts, Linhas e Prgramas Passíveis de Outrga de Garantia pel Fund Garantidr para Investiments FGI.

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS Questã n 1 Cnheciments Específics O text dissertativ deve cmtemplar e desenvlver s aspects apresentads abaix. O papel d PPA é de instrument de planejament de médi/lng praz que visa à cntinuidade ds bjetivs

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR DIRETORIA INSTITUCIONAL

TERMO DE REFERÊNCIA TR DIRETORIA INSTITUCIONAL TERMO DE REFERÊNCIA TR RETORIA INSTITUCIONAL CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE GESTÃO DE PROJETOS DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL DO XINGU PDRSX UHE BELO MONTE S/A ALTAMIRA PARÁ Janeir, 2016

Leia mais

3 '7. PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZ MACHADO SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA Avenida Vitória, 167 Cruz Machado - Paraná

3 '7. PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZ MACHADO SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA Avenida Vitória, 167 Cruz Machado - Paraná 4.. PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZ MACHADO SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA Avenida Vitória, 167 Cruz Machad - Paraná 3 '7 Fne/Fax (42) 3554-1470 - CEP 84S20-004/ jx Requisiçãq n 01812015 A departament de

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

PROCESSO Nº 01550.000180/2012-16 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 21/2012

PROCESSO Nº 01550.000180/2012-16 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 21/2012 PROCESSO Nº 01550.000180/2012-16 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 21/2012 A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA - FCRB, pessa jurídica de direit públic vinculada a Ministéri da Cultura-MinC, dravante

Leia mais

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do

O Centro Universitário UNINOVAFAPI, situado à rua Vitorino Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairro do CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINOVAFAPI EDITAL Nº 027/ DE 19 DE NOVEMBRO DE VESTIBULAR 16/01 O Centr Universitári UNINOVAFAPI, situad à rua Vitrin Orthiges Fernandes, nº 6123, Bairr d Uruguai, CEP 64.073-505,

Leia mais

AGÊNCIA REGULADORA DE AGUAS, ENERGIA E SANEAMENTO BÁSICO DO DISTRITO FEDERAL

AGÊNCIA REGULADORA DE AGUAS, ENERGIA E SANEAMENTO BÁSICO DO DISTRITO FEDERAL AGÊNCIA REGULADORA DE AGUAS, ENERGIA E SANEAMENTO BÁSICO DO DISTRITO FEDERAL PUBLICADA NO DODF Nº 158 DE 05 DE AGOSTO DE 2014 ALTERADA POR MEIO DA PORTARIA Nº 112, DE 13 DE AGOSTO DE 2014, PUBLICADA NO

Leia mais

VERSÃO ATUALIZADA EM 07/08/2015 > Alteração no cronograma (Art. 6º e Art. 12º).

VERSÃO ATUALIZADA EM 07/08/2015 > Alteração no cronograma (Art. 6º e Art. 12º). VERSÃO ATUALIZADA EM 07/08/2015 > Alteraçã n crngrama (Art. 6º e Art. 12º). APRESENTAÇÃO Idealizad e instituíd pela Assciaçã Nacinal de Entidades Prmtras de Empreendiments Invadres (Anprtec), em parceria

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás

CÂMARA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás EDITAL TOMADA DE PREÇO PREÇO E TÉCNICA Nº 01/201 PROCESSO N 03/201 A CÂMARA MUNICIPAL DE MORRINHOS,, pessa jurídica de direit públic intern, inscrita n CNPJ (MF) sb nº 24.83.194/0001-36, através de sua

Leia mais

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão

Manual de Operação WEB SisAmil - Gestão Manual de Operaçã WEB SisAmil - Gestã Credenciads Médics 1 Índice 1. Acess Gestã SisAmil...01 2. Autrizaçã a. Inclusã de Pedid...01 b. Alteraçã de Pedid...10 c. Cancelament de Pedid...11 d. Anexs d Pedid...12

Leia mais

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social;

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social; Mdel de Cmunicaçã Certificads de Incapacidade Temprária Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes n âmbit ds CIT Certificads de Incapacidade Temprária.

Leia mais

FIES - Documentação comprobatória

FIES - Documentação comprobatória FIES - Dcumentaçã cmprbatória OBS: Devem ser apresentads riginais e cópias ds dcuments relacinads. COMPROVANTES DE RESIDÊNCIA DO ESTUDANTE: O estudante deverá cmparecer à CPSA e psterirmente a agente financeir

Leia mais