HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO"

Transcrição

1 Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico Grupo de Formulação e Análises Curriculares GFAC HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO MÓDULO III Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES O TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES é o profissional que participa na elaboração de projetos de telecomunicação; instala, testa e realiza manutenções preventiva e corretiva em sistemas de telecomunicações. Configura equipamentos nas áreas de Telefonia, Transmissão e Redes de Comunicação. Supervisiona tecnicamente processos e serviços de telecomunicações. Repara equipamentos e presta assistência técnica aos clientes; ministra treinamentos, treina equipes de trabalho e elabora documentação técnica. MERCADO DE TRABALHO Prestadoras de serviço de Telecomunicações tais como operadoras de telefonia fixa e móvel, provedores de Internet, emissoras de rádio e TV, segurança e monitoramento, fabricantes de equipamentos, empresas que utilizam redes de comunicação e de dados, empresa de prestação de serviços em instalação de centrais telefônicas e antenas, órgãos públicos como agências reguladoras assim como serviços de telecomunicações em empresas de outros ramos de atividade e como autônomo. Ao concluir os MÓDULOS I, II e III, o TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES deverá ter construído as seguintes competências gerais: coordenar tecnicamente equipe de profissionais de manutenção, de montagem, de instalação e fabricação de componentes e equipamentos nos sistemas de telecomunicações; aplicar normas técnicas de segurança e especificações de catálogos, manuais e tabelas em projetos, em processos de fabricação, na instalação de equipamentos e na manutenção de sistemas de telecomunicações; aplicar métodos, processos e logística na produção, instalação e manutenção; elaborar projetos, leiautes, diagramas e esquemas, correlacionando-os com as normas técnicas e com os princípios científicos e tecnológicos; desenvolver projetos de manutenção das instalações dos sistemas de telecomunicações em trabalho integrado com equipes multiprofissionais, caracterizando e determinando aplicações de materiais, acessórios, dispositivos, instrumentos, equipamentos e máquinas; projetar melhorias nos sistemas de telecomunicações, propondo incorporação de novas tecnologias; coordenar atividades de utilização e conservação de energia, propondo a racionalização de uso e de fontes alternativas. 1

2 Além das competências gerais referidas, o TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES deverá: identificar custo-benefício dos aspectos produtivos e de prestar assistência técnica às necessidades do cliente, avaliando e analisando a influência de processos e de produtos no ambiente; interpretar projetos de manutenção de sistemas de telecomunicações propondo medidas para melhorias e aperfeiçoamento de pessoal, simplificando os sistemas de trabalho utilizado, caracterizando e determinando aplicações de materiais, acessórios, dispositivos, instrumentos de testes e de inspeção; operar e monitorar equipamentos e sistemas de telecomunicações; utilizar recursos e técnicas da informática na definição, melhoria ou modificação de sistemas de telecomunicações, otimizando recursos e assegurando a qualidade e produtividade; avaliar os princípios dos sistemas convencionais de produção, instalação e manutenção, propondo incorporação de novas tecnologias. ATRIBUIÇÕES/ RESPONSABILIDADES Identificar e avaliar sistemas de telecomunicações. Utilizar softwares específicos. Interpretar desenhos, esquemas, leiaute e projetos de sistemas de telecomunicações. Correlacionar os tipos e dispositivos de redes e sistemas de comunicação de dados. Identificar e avaliar os diversos tipos de dispositivos utilizados nos sistemas de telecomunicações. Executar e coordenar serviços de montagem, instalação, testes, ensaios e manutenção em sistemas de telecomunicações. Avaliar a capacidade e planejar a qualificação da equipe de trabalho. Especificar e dimensionar dispositivos e materiais usados em sistemas de telecomunicações. Identificar e respeitar os direitos e deveres de cidadania. Desenvolver projetos de circuitos utilizados nos sistemas de telecomunicações. Respeitar a legislação e normas técnicas referentes à saúde e segurança no trabalho. ÁREA DE ATIVIDADES A PARTICIPAR NA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE TELECOMUNICAÇÕES Avaliar entroncamento. Avaliar facilidade de rede. Redimensionar a rede. Redimensionar equipamentos. Definir plataforma de equipamentos. Configurar equipamentos no projeto. Especificar equipamentos (comutação, transmissão e rede de comunicação de dados). Especificar mão de obra. Quantificar os materiais, equipamentos e mão de obra. Elaborar esquemas para projetos. 2

3 B INSTALAR SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES Avaliar as interfaces dos equipamentos e componentes. Efetuar interligações dos equipamentos. Ativar o sistema. C TESTAR SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES Avaliar condições de funcionamento dos equipamentos. Programar o sistema de telecomunicações. Efetuar ajustes do sistema. Instruir o usuário final na utilização de sistemas de telecomunicações. D REALIZAR MANUTENÇÕES PREVENTIVA E CORRETIVA DOS EQUIPAMENTOS DE TELECOMUNICAÇÕES Executar rotinas de teste. Identificar falhas no sistema de telecomunicações. Corrigir as falhas do sistema de telecomunicações. Reprogramar o sistema de telecomunicações. E SUPERVISIONAR TECNICAMENTE PROCESSOS E SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES Distribuir tarefas para equipes de trabalho. Fornecer dados para a área de desenvolvimento tecnológico. Detectar necessidades de expansão e/ ou redimensionamento de sistemas. Supervisionar o cumprimento do cronograma físico-financeiro. Acompanhar serviço de instalação de redes telefônicas. F PRESTAR ASSISTÊNCIA TÉCNICA AO CLIENTE Orientar sobre aplicações de soluções técnicas. Intermediar relações entre cliente e empresa. Prospectar novos negócios para empresa. G REPARAR EQUIPAMENTOS Identificar a instrumentação necessária. Efetuar ajustes. H MINISTRAR TREINAMENTO Contribuir para o desenvolvimento de habilidades específicas na equipe. Capacitar na utilização de tecnologia de telecomunicação. Ministrar treinamento em novas tecnologias. Treinar usuário final. Treinar equipe de trabalho. Ministrar treinamento em área específica. Orientar equipes de trabalho. Avaliar desempenho de equipes de trabalho. I ELABORAR DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Analisar relatórios técnicos. Elaborar rotinas de teste. Especificar planos de trabalho. J DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Demonstrar visão espacial. 3

4 Absorver novas tecnologias. Interagir com os clientes. Demonstrar habilidade de autodesenvolvimento. 4

5 PERFIS PROFISSIONAIS DAS QUALIFICAÇÕES MÓDULO I SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA ÁREA DE ATIVIDADES A PARTICIPAR NA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE TELECOMUNICAÇÕES Interpretar especificações e normas técnicas. Levantar dados e informações do projeto. Consultar especificações e normas técnicas. Levantar o custo do projeto. B INSTALAR SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES Consultar manual de instalação. Instalar cabeamento. Verificar alimentação do sistema. C ELABORAR DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Elaborar esquemas. Elaborar relatórios. D DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Demonstrar poder de concentração. Demonstrar habilidade manual. Trabalhar em equipe. Dominar terminologia técnica em outros idiomas. Demonstrar habilidade de leitura e redação. Demonstrar habilidade de comunicação. MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES O AUXILIAR TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES é o profissional que instala e opera equipamentos de comunicação, sistemas de telefonia fixa, PABX, alarmes e antenas. ATRIBUIÇÕES/ RESPONSABILIDADES Instalar e operar equipamentos utilizados em Sistemas de Comunicação. Instalar e operar sistemas de modulação e de modulação analógica. Instalar e operar equipamentos de comutação, antenas em sistemas VHF e UHF e alarmes. ÁREA DE ATIVIDADES A PARTICIPAR NA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE TELECOMUNICAÇÕES Identificar equipamentos no projeto. Consultar esquemas para projetos. B INSTALAR SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES Verificar a infraestrutura. 5

6 Fixar componentes de sistemas de telecomunicações. Testar conexões. C TESTAR SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES Configurar o sistema de acordo com as especificações do projeto. Efetuar testes de funcionamento de acordo com as especificações. Medir, aferindo as condições de funcionamento através de instrumentos. Substituir componentes do sistema. D PRESTAR ASSISTÊNCIA TÉCNICA AO CLIENTE Manter informada a empresa sobre a necessidade do cliente. E REPARAR EQUIPAMENTOS Avaliar a necessidade de conserto. Trocar componentes. F ELABORAR DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Elaborar relatórios de desempenho. G DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Demonstrar criatividade para resolver problemas. Demonstrar iniciativa. Demonstrar conhecimentos básicos de informática. Organizar o tempo. 6

7 CAPÍTULO 4 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR 4.1. Estrutura Modular O currículo foi organizado de acordo com a Resolução SE nº 78, de , Lei Federal nº 9394/96, Decreto Federal nº 5154/2004, Parecer CNE/CEB nº 39/2004, Lei Federal nº 11741/2008, Resolução CNE/CEB nº 6, de , Parecer CNE/CEB nº 11, de , Resolução CNE/CEB nº 3, de , alterada pela Resolução CNE/CEB nº 4, de , Deliberação CEE nº 105/2011, das Indicações CEE nº 8/2000 e nº 108/2011, assim como as competências profissionais que foram identificadas pelo Ceeteps, com a participação da comunidade escolar. A organização curricular da Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES está organizada de acordo com o Eixo Tecnológico de Informação e Comunicação e estruturada em módulos articulados, com terminalidade correspondente à qualificação profissional de nível técnico identificada no mercado de trabalho. Os módulos são organizações de conhecimentos e saberes provenientes de distintos campos disciplinares e, por meio de atividades formativas, integram a formação teórica à formação prática, em função das capacidades profissionais que se propõem desenvolver. Os módulos, assim constituídos, representam importante instrumento de flexibilização e abertura do currículo para o itinerário profissional, pois que, adaptando-se às distintas realidades regionais, permitem a inovação permanente e mantêm a unidade e a equivalência dos processos formativos. A estrutura curricular que resulta dos diferentes módulos estabelece as condições básicas para a organização dos tipos de itinerários formativos que, articulados, conduzem à obtenção de certificações profissionais Itinerário Formativo O curso de TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES é composto por três módulos. O MÓDULO I não oferece terminalidade e será destinado à construção de um conjunto de competências que subsidiarão o desenvolvimento de competências mais complexas, previstas para os módulos subsequentes. O aluno que cursar os MÓDULOS I e II concluirá a Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES. Ao completar os MÓDULOS I, II e III, o aluno receberá o Diploma de TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES, desde que tenha concluído, também, o Ensino Médio. 7

8 Teórica Teórica 2,5 Prática Profissional Prática Profissional 2,5 Total Total 2,5 Total em Horas Total em Horas 2,5 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza MÓDULO I MÓDULO II MÓDULO III SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES 4.3. Proposta de Carga Horária por Componente Curricular MÓDULO I SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA Carga Horária Horas-aula Componentes Curriculares I.1 Fundamentos de Eletricidade I.2 Sistemas Analógicos I I.3 Ondas Eletromagnéticas I.4 Sistemas Lógicos I I.5 Instalações de Redes de Comunicação I.6 Desenho de Redes de Comunicação I.7 Fundamentos Matemáticos para Telecomunicações I.8 Linguagem, Trabalho e Tecnologia I.9 Inglês Instrumental Total

9 Teórica Teórica 2,5 Prática Profissional Prática Profissional 2,5 Total Total 2,5 Total em Horas Total em Horas 2,5 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES Carga Horária Horas-aula Componentes Curriculares II.1 Aplicativos Informatizados II.2 Transmissão I II.3 Sistemas Analógicos II II.4 Sistemas Lógicos II II.5 Sistemas de Telefonia I II.6 Circuitos Elétricos II.7 Ética e Cidadania Organizacional II.8 Planejamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Telecomunicações Total

10 Teórica Teórica 2,5 Prática Profissional Prática Profissional 2,5 Total Total 2,5 Total em Horas Total em Horas 2,5 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza MÓDULO III Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES Carga Horária Horas-aula Componentes Curriculares III.1 Sistemas Lógicos III III.2 Linguagem Aplicada a Sistemas Microprocessados III.3 Redes de Comunicação de Dados III.4 Transmissão II III.5 Sistemas Analógicos III III.6 Sistemas de Telefonia II III.7 Sistemas de Comunicação III.8 Desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em Telecomunicações Total

11 4.4. Competências, Habilidades e Bases Tecnológicas por Componente Curricular MÓDULO I SEM CERTIFICAÇÃO TÉCNICA I.1 FUNDAMENTOS DE ELETRICIDADE Função: Estudo e Projeto de Sistemas Industriais 1. Executar cálculos com grandezas elétricas. 2. Interpretar esquemas eletroeletrônicos e montar circuitos básicos Relacionar as grandezas elétricas física e matematicamente Efetuar cálculos matemáticos Identificar os componentes e os elementos básicos dos circuitos Realizar montagem de circuitos básicos. 1. Conceitos Fundamentais de Eletricidade: tensão; corrente elétrica; efeitos ocasionados pela passagem da corrente elétrica; resistência elétrica; potência elétrica; consumo de energia elétrica 3. Selecionar instrumentos e equipamentos de medição e teste. 4. Efetuar ensaios, respeitando as características e limitações técnicas de componentes e circuitos básicos. 3. Utilizar as grandezas e escalas dos instrumentos de medição Relacionar os conceitos com a prática Aplicar metodologia de correta utilização de equipamentos e instrumentos de medição Adotar uma postura adequada ao ambiente laboratorial, demonstrando organização, asseio e responsabilidade. 2. 1ª e 2ª Lei de Ohm: características construtivas; resistores ôhmicos; resistores não ôhmicos; resistores fixos; especificações de resistores: o código de cores; o potência resistores variáveis: o potenciômetros (linear, logarítmico) 3. Associação de resistores: série; paralela; mista; estrela; triângulo; conceito de resistor equivalente; 4. Leis de Kirchhoff: 1ª Lei ou Lei dos Nós; 2ª Lei ou Lei das Malhas 5. Teoremas: Norton; Thevenin 6. Multímetro: analógico; digital; 11

12 medições das principais grandezas elétricas: o tensão; o corrente; o resistência Carga Horária (horas-aula) Teórica 00 Prática 60 Total 60 Horas-aula Teórica (2,5) 00 Prática (2,5) 50 Total (2,5) 50 Horas-aula Prática em Laboratório 12

13 I.2 SISTEMAS ANALÓGICOS I Função: Manutenção de Sistemas Industriais 1. Executar testes e ensaios de circuitos eletrônicos básicos. 2. Analisar o funcionamento dos circuitos retificadores com e sem filtro capacitivo. 3. Executar montagem em laboratório de uma fonte de alimentação retificada Identificar as principais características das ondas senoidais Realizar experimentos em laboratório visando à utilização de instrumentos e equipamentos de medição Elaborar relatórios técnicos, com base nos experimentos em laboratório Identificar especificações em tabelas, manuais e catálogos de fabricantes dos componentes semicondutores Relacionar componentes eletrônicos através dos seus símbolos e aspectos físicos Utilizar e testar os componentes semicondutores de acordo com as especificações técnicas Elaborar esboços, desenhos de circuitos eletrônicos básicos retificadores com e sem filtro capacitivo Relacionar as diversas características do Diodo Zener Verificar os parâmetros de uma fonte de alimentação retificada. 1. Características de ondas senoidais: período; frequência; valores relacionados à amplitude e tempo 2. Osciloscópio, gerador de funções e frequencímetro (frequência, período e amplitude) 3. Noções de transformador ideal: relação de transformação 4. Semicondutores: diodo de junção PN; polarização 5. Diodo emissor de luz: visível; infravermelho; laser 6. Circuitos retificadores: meia onda; onda completa 7. Capacitores: especificação; características; aplicações 8. Estabilização: Diodo Zener; circuitos integrados (CI) reguladores de tensão 9. Fontes de alimentação: diagrama em blocos; circuito de fonte 10. Projeto prático envolvendo 13

14 tópicos da base tecnológica: sugestão: o montagem de fonte Teórica 60 Prática 40 Total 100 Horas-aula Teórica (2,5) 50 Prática (2,5) 50 Total (2,5) 100 Horas-aula Prática em Laboratório 14

15 I.3 ONDAS ELETROMAGNÉTICAS Função: Manutenção de Sistemas de Energia 1. Compreender os princípios que regem os fenômenos eletrostáticos e eletromagnéticos. 2. Avaliar o campo magnético criado por correntes elétricas. 3. Interpretar e relacionar fatores que influem na variação do campo magnético. 4. Analisar os conceitos em antenas. 1. Identificar os conceitos básicos de fenômenos eletrostáticos. 2. Identificar os conceitos básicos de fenômenos magnéticos Identificar os conceitos básicos de fenômenos eletromagnéticos Calcular a intensidade de campo magnético produzido por corrente elétrica Identificar os conceitos de ondas eletromagnéticas. 4. Aplicar os conceitos em antenas. 1. Noções básicas de eletrostática: cargas; força; campo elétrico 2. Magnetismo: campo; indução; fluxo 3. Eletromagnetismo: campo magnético criado por correntes elétricas; condutor reto, bobinas e solenoides: o especificação; o características; o aplicações 4. Leis de Faraday, Lenz e Ampére 5. Correntes de Foucault 6. Ondas eletromagnéticas: aplicação em antenas e áudio (aro magnético) Teórica 00 Prática 60 Total 60 Horas-aula Teórica (2,5) 00 Prática (2,5) 50 Total (2,5) 50 Horas-aula Prática em Laboratório 15

16 I.4 SISTEMAS LÓGICOS I Função: Planejamento e Controle na Manutenção 1. Distinguir os principais sistemas de numeração. 2. Distinguir a simbologia e função das portas lógicas básicas. 3. Avaliar as respostas das diversas portas lógicas. 4. Avaliar e projetar circuitos lógicos combinacionais básicos aplicados em sistemas digitais. 5. Avaliar e projetar circuitos codificadores e decodificadores digitais. 1. Aplicar métodos de cálculos de conversão entre sistemas de numeração. 2. Relacionar os diferentes tipos de portas e o seu funcionamento. 3. Identificar as principais características técnicas dos circuitos integrados utilizando catálogos e manuais Elaborar expressões matemáticas de circuitos lógicos combinacionais Aplicar métodos de simplificação de circuitos combinacionais Montar e verificar o funcionamento de circuitos lógicos combinacionais Identificar características e parâmetros dos circuitos codificadores e decodificadores Aplicar técnicas para montagem de circuitos codificadores e decodificadores. 1. Sistemas de numeração: binário; decimal; hexadecimal 2. Portas lógicas: simbologia; expressão lógica; tabela-verdade; circuitos integrados básicos 3. Circuitos lógicos combinacionais: expressão lógica; tabela-verdade 4. Simplificação de circuitos combinacionais: álgebra de Boole; mapa de Veitch-Karnaugh 5. Circuitos codificadores e decodificadores: BCD; 7 segmentos; interligação de decodificadores e codificadores 6. Distinguir famílias lógicas e suas características. 6. Identificar características e parâmetros das famílias de circuitos integrados. 6. Famílias lógicas: TTL e C-MOS Teórica 00 Prática 60 Total 60 Horas-aula Teórica (2,5) 00 Prática (2,5) 50 Total (2,5) 50 Horas-aula Prática em Laboratório 16

17 I.5 INSTALAÇÕES DE REDES DE COMUNICAÇÃO Função: Instalação de Infraestrutura de Comunicação 1. Interpretar desenhos, projetos e esquemas de instalações de redes de comunicação. 1. Utilizar manuais e catálogo de redes de comunicação. 1. Simbologia e convenções técnicas de instalações de redes de comunicação 2. Interpretar tabelas, normas técnicas e legislação pertinente às instalações de redes de comunicação. 3. Avaliar as propriedades e aplicações dos materiais, acessórios e dispositivos de instalações de redes de telefonia fixa. 4. Avaliar, dimensionar e especificar as aplicações dos materiais, acessórios e dispositivos de instalações de redes de comunicação. 2. Aplicar normas técnicas, padrões e legislação pertinente às instalações de redes de comunicação. 3. Identificar e selecionar materiais e componentes utilizados em redes de telefonia fixa Desenhar e executar esquemas de instalações de redes de comunicação Identificar materiais e componentes de instalações de redes de comunicação Executar experimentos básicos de instalação e montagem de redes de comunicação. 2. Redes telefônicas externas: aéreas e subterrâneas 3. Instalações telefônicas residenciais, prediais: cabeamento e distribuição 4. Cabeamento estruturado: cabo coaxial, par trançado, fibra óptica, etc 5. Alimentação e aterramento elétrico em sistemas de comunicação: espúrios: o troca de pontos de alimentação, filtros e malhas de aterramento POE (Power Over Ethernet) Teórica 00 Prática 60 Total 60 Horas-aula Teórica (2,5) 00 Prática (2,5) 50 Total (2,5) 50 Horas-aula Prática em Laboratório 17

18 I.6 DESENHO DE REDES DE COMUNICAÇÃO Função: Planejamento de Produção 1. Correlacionar as técnicas de desenho e de representações gráficas com seus fundamentos matemáticos e geométricos, visando sua interpretação. 2. Avaliar os recursos de softwares gráficos e suas aplicações no desenho técnico Utilizar técnicas específicas de desenho técnico Elaborar desenho técnico de redes de comunicação Selecionar recursos de softwares gráficos Aplicar os comandos básicos de desenho assistido por computador (CAD) em redes de comunicação. 1. Desenho técnico: caligrafia técnica; esquema elétrico de redes de comunicações 2. Software de apoio ao CAD elétrico: representações gráficas; projeção ortogonal; noções geométricas; comandos do CAD; criação e edição de desenhos 3. Elaboração de um desenho básico de redes de comunicação utilizando CAD Teórica 00 Prática 40 Total 40 Horas-aula Teórica (2,5) 00 Prática (2,5) 50 Total (2,5) 50 Horas-aula Prática em Laboratório 18

19 I.7 FUNDAMENTOS MATEMÁTICOS PARA TELECOMUNICAÇÕES Função: Planejamento de Produção 1. Correlacionar conceitos matemáticos e sua utilização em telecomunicações Aplicar conceitos matemáticos básicos Manusear calculadora científica. 1. Operações básicas: regra de três; potenciação e radiciação; fração 2. Potência de 10: prefixos numéricos p, n, u, m, K, M, G, T, etc; conversão de unidades 3. Funções de 1º grau 4. Sistemas de equações 5. Noções básicas de trigonometria: seno; cosseno; tangente 6. Noções de logaritmo: definição de db; papel monolog 7. Noções de curva média: papel milimetrado; papel monolog 8. Números complexos: definição; formas retangular e polar; operações matemáticas: o soma, subtração, multiplicação, divisão Teórica 40 Prática 00 Total 40 Horas-aula Teórica (2,5) 50 Prática (2,5) 00 Total (2,5) 50 Horas-aula 19

20 I.8 LINGUAGEM, TRABALHO E TECNOLOGIA Função: Montagem de Argumentos e Elaboração de Textos 1. Analisar textos técnicos/ comerciais da área de Telecomunicações, por meio de indicadores linguísticos e de indicadores extralinguísticos. 2. Desenvolver textos técnicos aplicados à área de Telecomunicações de acordo com normas e convenções específicas. 1. Utilizar recursos linguísticos de coerência e de coesão, visando atingir objetivos da comunicação comercial relativos à área de Telecomunicações Utilizar instrumentos da leitura e da redação técnica, direcionadas à área de Telecomunicações Identificar e aplicar elementos de coerência e de coesão em artigos e em documentação técnicoadministrativa, relacionados à área de Telecomunicações Aplicar modelos de correspondência comercial aplicados à área de Telecomunicações. 1. Estudos de textos técnicos/ comerciais aplicados à área de Telecomunicações, através de: indicadores linguísticos: o vocabulário; o morfologia; o sintaxe; o semântica; o grafia; o pontuação; o acentuação, etc indicadores extralinguísticos: o efeito de sentido e contextos socioculturais; o modelos preestabelecidos produção de texto de 3. Pesquisar e analisar informações da área de Telecomunicações em diversas fontes convencionais e eletrônicas. 4. Definir procedimentos linguísticos que levem à qualidade nas atividades relacionadas com o público consumidor Selecionar e utilizar fontes de pesquisa convencionais e eletrônicas Aplicar conhecimentos e regras linguísticas na execução de pesquisas específicas da área de Telecomunicações Comunicar-se com diferentes públicos Utilizar critérios que possibilitem o exercício da criatividade e constante atualização da área Utilizar a língua portuguesa como linguagem geradora de significações, que permita produzir textos a partir de diferentes ideias, relações e necessidades profissionais. 2. Conceitos de coerência e de coesão aplicadas à análise e à produção de textos técnicos específicos da área de Telecomunicações: ofícios; memorandos; comunicados; cartas; avisos; declarações; recibos; carta-currículo; curriculum vitae; relatório técnico; contrato; memorial descritivo; memorial de critérios; técnicas de redação 3. Parâmetros de níveis de formalidade e de adequação de textos a diversas circunstâncias de comunicação 4. Princípios de terminologia 20

21 aplicados à área de Telecomunicações: glossário com nomes e origens dos termos utilizados na área de Telecomunicações; apresentação de trabalhos de pesquisas; orientações e normas linguísticas para a elaboração do trabalho para conclusão de curso Teórica 40 Prática 00 Total 40 Horas-aula Teórica (2,5) 50 Prática (2,5) 00 Total (2,5) 50 Horas-aula 21

22 I.9 INGLÊS INSTRUMENTAL Função: Montagem de Argumentos e Elaboração de Textos 1. Identificar a importância da língua inglesa em processos de comunicação aplicados na área de Telecomunicações. 2. Interpretar documentos, manuais e textos técnicos e científicos em língua inglesa. 3. Contextualizar informações necessárias para elaboração de textos técnicos em língua inglesa Distinguir as estruturas gramaticais básicas em textos de língua inglesa voltados à área de Telecomunicações Utilizar dados linguísticos da língua inglesa aplicados na leitura instrumental. 2. Utilizar a língua inglesa na leitura de textos específicos da área de Telecomunicações Selecionar informações da área de Telecomunicações em diversas mídias Utilizar dicionários, glossários e listas técnicas em diversas mídias Traduzir informações essenciais de um databook, datasheet, manual e ficha técnica para a língua materna. 1. Técnicas de leitura e compreensão de textos: skimming; scanning; seletividade 2. Facilitadores de leitura: prediction; cognates; repeated words; typographical evidences; use of dictionary 3. Fundamentos da leitura aplicada a textos: vocabulário técnico e expressões específicas da área de Telecomunicações; terminologia internacional, padrões e normas; referencia contextual 4. Fundamentos do gênero textual aplicado aos exemplares da área de Telecomunicações: processos de formação de palavras: o sufixos e prefixos grupos nominais; voz passiva, tempos verbais 5. Utilização otimizada de dicionários em geral como fontes de pesquisa Teórica 40 Prática 00 Total 40 Horas-aula Teórica (2,5) 50 Prática (2,5) 00 Total (2,5) 50 Horas-aula 22

23 MÓDULO II Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES II.1 APLICATIVOS INFORMATIZADOS Função: Desenvolvimento de Projetos 1. Distinguir e utilizar os aplicativos do Sistema Operacional. 2. Executar ensaios com software específico. 3. Interpretar normas técnicas. 4. Identificar a simbologia elétrica de componentes eletroeletrônicos. 5. Desenvolver modelo de circuitos de baixa complexidade aplicados à área Executar cálculos utilizando planilhas eletrônicas Utilizar os processadores de texto Utilizar aplicativo de apresentação Utilizar ferramenta de busca eletrônica Aplicar ferramentas da informática na elaboração do TCC Edição de filmes. 2. Utilizar software específico para simulação e confecção de leiaute de placa de circuito impresso. 3. Utilizar catálogos, manuais e tabelas. 4. Utilizar esquemas e croquis Manusear adequadamente componentes e ferramentas Montar circuitos aplicando a simbologia específica Elaborar relatórios técnicos. 1. Operação e configuração de aplicativos básicos de computador: processadores de texto, planilhas, apresentações, Internet e editor de filmes 2. Metodologias para a elaboração do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) 3. Softwares específicos para circuitos eletrônicos: componentes eletrônicos; simulações; roteamento das ligações; impressão do leiaute das placas de circuitos impressos 4. Catálogos, manuais e tabelas: métodos e fontes de consulta 5. Etapas de desenvolvimento do projeto: lista de material; leiaute; técnicas de soldagem; confecção e montagem de placa de circuito impresso 6. Montagem de circuito básico em telecomunicações: sugestão: o transmissor básico de FM Teórica 00 Prática 40 Total 40 Horas-aula Teórica (2,5) 00 Prática (2,5) 50 Total (2,5) 50 Horas-aula Prática em Laboratório 23

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico. 1 Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico. 1 Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec 1 Semestre Etec: DR. JÚLIO CARDOSO Código: 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1 Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1 Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico 1 Semestre Etec: DR. JÚLIO CARDOSO Código: 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2014 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 1º Sem. 2014 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 4 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec:PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 2º Sem. 2013 1 Sumário 1º Módulo Componente Curricular: Eletrônica Digital I... 5 Componente Curricular: Eletricidade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município:São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Integrado em Automação Industrial

Integrado em Automação Industrial Plano de Trabalho Docente (PTD) Integrado em Automação Industrial Ano Letivo de 2014 1 Sumário 1º Módulo COMPONENTE CURRICULAR: ELETRICIDADE BÁSICA... 5 COMPONENTE CURRICULAR: INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...

Leia mais

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio:

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio: Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 20-10-2009 Número do Plano 103 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais Plano de Curso para:

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM ELETRÔNICA ANALÓGICA E DIGITAL

SISTEMA DE TREINAMENTO EM ELETRÔNICA ANALÓGICA E DIGITAL SISTEMA DE TREINAMENTO EM ELETRÔNICA ANALÓGICA E DIGITAL MODELO: CARACTERÍSTICAS Terminais banhados à ouro Fácil visualização dos circuitos 18 Módulos envolvendo os principais conceitos de elétrica e eletrônica

Leia mais

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio:

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio: Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 20-10-2009 Número do Plano 109 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais Plano de Curso para:

Leia mais

Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO MÓDULO

Leia mais

4.4. Competências, Habilidades e Bases Tecnológicas por Componente Curricular MÓDULO I Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR FINANCEIRO

4.4. Competências, Habilidades e Bases Tecnológicas por Componente Curricular MÓDULO I Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR FINANCEIRO 4.4. Competências, Habilidades e Bases Tecnológicas por Componente Curricular MÓDULO I Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR FINANCEIRO I.1 INTRODUÇÃO AOS SISTEMAS ECONÔMICOS E FINANCEIROS Função:

Leia mais

TÉCNICO EM ELETRÔNICA

TÉCNICO EM ELETRÔNICA TÉCNICO EM ELETRÔNICA CEETEPS ETEC PROFESSOR HORÁCIO AUGUSTO DA SILVEIRA ANO 2011 1º Módulo Técnico em Eletrônica Auxiliar Técnico em Eletrônica Sem Qualificação Técnica 2º Módulo 3º Módulo 4º Módulo PLANOS

Leia mais

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico;

Desenho Técnico Fundamentos do desenho técnico; Construções geométricas; Desenho eletroeletrônico; EMENTA DE CONTEÚDOS Eletricidade Conceitos fundamentais da eletricidade; Circuitos elétricos de corrente contínua; Tensão alternada; Gerador de funções; Operação do osciloscópio; Tensão e corrente alternadas

Leia mais

Reparador de Circuitos Eletrônicos

Reparador de Circuitos Eletrônicos Reparador de Circuitos Eletrônicos O Curso de Reparador de Circuitos Eletrônicos tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas a princípios e leis que regem o funcionamento e a reparação

Leia mais

Catálogo de Cursos TELECOMUNICAÇÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

Catálogo de Cursos TELECOMUNICAÇÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL TELECOMUNICAÇÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO ANTENISTA Proporcionar ao treinando conhecimentos necessários 2. OBJETIVO para o desenvolvimento

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área: Eletroeletrônica

Leia mais

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados;

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados; PLANO DE CURSO Disciplina Competências Habilidades Bases Tecnológicas INGLÊS TÉCNICO Aumentar e consolidar o seu vocabulário ativo e passivo, através da fixação de novas palavras e expressões contidas

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Ministério da Educação Diretoria do Campus Curitiba Gerência de Ensino e Pesquisa Departamento Acadêmico de Eletrônica CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho. Qualificação: Sem Certificação Módulo: 1

Plano de Trabalho Docente 2013. Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho. Qualificação: Sem Certificação Módulo: 1 Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Dr. Francisco Nogueira de Lima Código: 059 Município: Casa Branca Área Profissional: Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA

CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA Bases Tecnológicas DESENHO TÉCNICO I Utilização de instrumentos para a elaboração de desenhos; Construções geométricas; Normas gerais de desenho técnico; Projeções ortogonais;

Leia mais

Eixo Tecnológico: Infraestrutura PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Eixo Tecnológico: Infraestrutura PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: Infraestrutura CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO MÓDULO III Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente (PTD)

Plano de Trabalho Docente (PTD) ETEC TAKASHI MORITA Plano de Trabalho Docente (PTD) Curso Técnico em Automação Industrial 1º Sem. 2015 1 Conteúdo 1º Módulo Componente Curricular: Eletricidade Básica... 5 Componente Curricular: Eletrônica

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnico de Instalações Elétricas DISCIPLINA: Eletricidade / Eletrónica N.º TOTAL DE MÓDULOS: 8 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2012 / 2013 N.º 1 30 Corrente Contínua Identificar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e Processo Industrial Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico Grupo de Formulação e Análises Curriculares GFAC HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM REDES DE COMPUTADORES Eixo Tecnológico:

Leia mais

2- Conceitos Básicos de Telecomunicações

2- Conceitos Básicos de Telecomunicações Introdução às Telecomunicações 2- Conceitos Básicos de Telecomunicações Elementos de um Sistemas de Telecomunicações Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Telecomunicações 2 1 A Fonte Equipamento que origina

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2011

Plano de Trabalho Docente 2011 Plano de Trabalho Docente 2011 ETEC HORÁCIO AUGUSTO DA SILVEIRA Ensino Técnico Código: 064 Município: SÃO PAULO Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: Técnico em Eletrônica

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 03-10-2011 Número do Plano 180 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais Plano de Curso para 01.

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Redes

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC. Ensino Técnico. Qualificação: Assistente Técnico de Redes Unidade de Ensino Médio e Técnico CETEC Plano de Trabalho Docente 2013 Prof. Massuyuki Kawano Ensino Técnico Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional:

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 235, DE 2 DE JUNHO DE 2014 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Rodrigues de Abreu Código: 135 Município: Bauru Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO

Leia mais

ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO

ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO QUADRO RESUMO FORMAÇÃO UFCD (H) Análise de circuitos em corrente contínua 6008 25 Corrente alternada 6010 25 Eletrónica industrial 6023 25 Instalações elétricas - generalidades 6075

Leia mais

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico Grupo de Formulação e Análises Curriculares GFAC HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR ORGANIZAÇÃO CURRICULAR O curso Técnico em Informática, em Nível Médio Subseqüente, será organizado de forma semestral, com aulas presenciais, compostos por disciplinas, com conteúdos estabelecidos, tendo

Leia mais

Tratamento do sinal Prof. Ricardo J. Pinheiro

Tratamento do sinal Prof. Ricardo J. Pinheiro Fundamentos de Redes de Computadores Tratamento do sinal Prof. Ricardo J. Pinheiro Resumo Modulação e demodulação Técnicas de modulação Analógica AM, FM e PM. Digital ASK, FSK e PSK. Multiplexação e demultiplexação

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Parte II: Camada Física Dezembro, 2012 Professor: Reinaldo Gomes reinaldo@computacao.ufcg.edu.br Meios de Transmissão 1 Meios de Transmissão Terminologia A transmissão de dados d

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: ELETRICISTA INSTALADOR PREDIAL DE BAIXA TENSÃO - PRONATEC 224 horas ÁREA: ENERGIA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais

Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO MÓDULO

Leia mais

Matriz Curricular. Carga Horária: 1760 h/a 1467 horas mais 240 h/a 200 horas de Estágio Supervisionado Organização Semestral SEMESTRES 1º 2º 3º 4º

Matriz Curricular. Carga Horária: 1760 h/a 1467 horas mais 240 h/a 200 horas de Estágio Supervisionado Organização Semestral SEMESTRES 1º 2º 3º 4º 1 Matriz Curricular Estabelecimento: Centro Estadual de Educação Profissional de Curitiba Município: 0690 Curitiba Curso: 792 CURSO TÉCNICO EM ELETRÔNICA Forma: Subseqüente Implantação gradativa a partir

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC de Nova Odessa Código: 234 Município: Nova Odessa Eixo Tecnológico: Segurança no Trabalho Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho Qualificação:

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Ambiente e Segurança Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em Farmácia

Leia mais

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data Número do Plano 31 Eixo Tecnológico Centro Estadual de Educação Tecnológica PAULA SOUZA O5-01-2009 CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Plano de Curso para: 01.

Leia mais

AVIÔNICOS II - ELETRÔNICA

AVIÔNICOS II - ELETRÔNICA CAPÍTULO 1 - CIRCUITOS REATIVOS AVIÔNICOS II - ELETRÔNICA SUMÁRIO Circuito Reativo em série... 1-1 Circuito RC em série... 1-5 Circuito RCL em série... 1-8 Ressonância em série... 1-10 Circuito RL em paralelo...

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico ETEC RODRIGUES DE ABREU - EXTENSÃO AGUDOS Código: 135.01 D Município: AGUDOS Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Componente Curricular:

Leia mais

CNPJ: 62823257/0001-96 Página nº 1

CNPJ: 62823257/0001-96 Página nº 1 Nome da Instituição Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza CNPJ 62823257/0001-09 Data 05-01-2009 Número do Plano 96 Eixo Tecnológico Informação e Comunicação Plano de Curso para: 01. Habilitação

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 20-08-2013 Número do Plano 236 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Plano de Curso para 01.

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA FECOMP Curso de Engenharia de Computação

TABELA DE EQUIVALÊNCIA FECOMP Curso de Engenharia de Computação TABELA DE EQUIVALÊNCIA FECOMP Curso de Engenharia de Computação Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 66303 ESTRUTURA DE DADOS I 68/0 ENG. DE

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação

Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação PROGRAMA DA DISCIPLINA 1 2 Curso: Engenharia Elétrica Código: 20 3 4 Modalidade(s): Bacharelado Currículo(s): 2005/1 5 Turno(s):

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS O diodo de junção possui duas regiões de materiais semicondutores dos tipos N e P. Esse dispositivo é amplamente aplicado em circuitos chaveados, como, por exemplo, fontes de

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO MÓDULO IV Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL O TÉCNICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL projeta, instala, programa, integra

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: DR. JÚLIO CARDOSO Código: 78 Município: Franca - SP Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Eletrônica

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza. Habilitação Profissional de TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA. 1600 horas 0000 horas 120 horas

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza. Habilitação Profissional de TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA. 1600 horas 0000 horas 120 horas Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 20-08-2013 Número do Plano 239 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Plano de Curso para 01.

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Etec Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Ambiente, Saúde e Segurança Componente Curricular: Inglês Instrumental Série:

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR 1 Validade: A partir de 01/91 Departamento Acadêmico de: Engenharia Elétrica Curso: Engenharia Industrial Elétrica Carga Horária: 60H ( Teórica: 30H Lab.: 30H Exerc.: 00H ) Créditos: 03 Pré-requisitos:

Leia mais

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO

PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO PLANO DE CURSO SIMPLIFICADO CURSO: MECÂNICO DE AR CONDICIONADO AUTOMOTIVO - PRONATEC 200 horas ÁREA: AUTOMOTIVA MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL UNIDADE(S) HABILITADA(S): CT PALMAS Plano de Curso

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA - SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA - SANTIAGO DO CACÉM p./9 Grupo Disciplinar: 540 Ano Lectivo: 008/009 -Circuitos sequenciais síncronos.. Aplicações com contadores síncronos... Registos. Utilizar circuitos CMOS da série 74HCT ou 4000. Testar o funcionamento

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas

Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOÓGICA DE PELOTAS CNPJ 88288105000139 Nome da Unidade Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas Nome de Fantasia CEFET-RS Esfera Administrativa Federal Endereço Praça

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CTS DE REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo desde a história e a evolução

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM INFORMÁTICA EtecMONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA EE: Eixo

Leia mais

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa.

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa. : Técnico em Informática Descrição do Perfil Profissional: O profissional com habilitação Técnica em Microinformática, certificado pelo SENAI-MG, deverá ser capaz de: preparar ambientes para a instalação

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Renato Custódio da Silva

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Renato Custódio da Silva PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Ética e Cidadania Organizacional Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2011. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM REDES de COMPUTADORES. Qualificação: ASSISTENTE TÉCNICO de REDES

Plano de Trabalho Docente 2011. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM REDES de COMPUTADORES. Qualificação: ASSISTENTE TÉCNICO de REDES Plano de Trabalho Docente 2011 ETEC: MASSUYUKI KAWANO Ensino Técnico Código: Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMÁTICA Habilitação Profissional: TÉCNICO EM REDES de COMPUTADORES Qualificação: ASSISTENTE

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO)

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO) Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSÃO) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Industria Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE ELECTRÓNICA PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 ÁREA DE ACTIVIDADE - ELECTRÓNICA E AUTOMAÇÃO OBJECTIVO GLOBAL -

Leia mais

Etec Rubens de Faria e Souza

Etec Rubens de Faria e Souza ETEC RUBENS DE FARIA E SOUZA SOROCABA PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 017/01/2015 DE 13/03/2015. PROCESSO Nº 1797/2015 AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/10

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/10 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Electrónica Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/10 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL SAÍDA(S) PROFISSIONAL(IS) -

Leia mais

Parte 1 Introdução... 1

Parte 1 Introdução... 1 Sumário SUMÁRIO V Parte 1 Introdução... 1 Capítulo 1 Unidades de Medida... 3 Introdução...3 Grandezas Físicas...3 Múltiplos e Submúltiplos...4 Arredondamentos...6 Exercícios...7 Capítulo 2 Simbologia...

Leia mais

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências.

Rendimento EscolarFrequência : Obrigatório Critério de Avaliação : NOTA. DependênciasCritérios: Este curso não admite dependências. Titulação : Eletricista Nome Abreviado : Eletricista Nível : Aprendizagem Tipo de Curso : Aprendizagem Industrial Área : Eletroeletrônica Segmento de Área : Eletricidade Estratégia : Presencial Carga Horária

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM PROGRAMAÇÃO DE

Leia mais

Componente Curricular: Ética e Cidadania Organizacional Módulo: I

Componente Curricular: Ética e Cidadania Organizacional Módulo: I Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Nível Médio de Técnico em Contabilidade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1 Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1 Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Etec Ensino Técnico 1 Semestre Etec: DR. JULIO CARDOSO Código: 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: de Técnico

Leia mais

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL CONVÊNIO COM O SENAI Matriz Curricular válida para os acadêmicos

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 12-09-2012 Número do Plano 210 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Plano de curso atualizado de acordo com a matriz curricular homologada

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Tecnologia da Informação Habilitação Profissional: Habilitação Profissional Técnica

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec Administração Central Administração Central Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec:Paulino Botelho/ Professor E.E. Arlindo Bittencourt (extensão) Código: 092-2 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico 1º Semestre ETEC Dr. Júlio Cardoso Código: : 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza INFORMÁTICA

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza INFORMÁTICA Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 04-09-2012 Número do Plano 202 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico Informação e Comunicação Plano de Curso para 01. Habilitação

Leia mais

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS EMENTAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 60 h 1º Evolução histórica dos computadores. Aspectos de hardware: conceitos básicos de CPU, memórias,

Leia mais

GUIA DE LABORATÓRIO DE SISTEMAS DIGITAIS PARA O CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

GUIA DE LABORATÓRIO DE SISTEMAS DIGITAIS PARA O CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO GUIA DE LABORATÓRIO DE SISTEMAS DIGITAIS PARA O CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Agosto/2004 V2 INTRODUÇÃO Este guia foi preparado para auxilio às aulas de laboratório para o curso de Engenharia

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. Júlio Cardoso Código: 078 Município: Franca Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Técnico em Mecatrônica

Leia mais

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM CONTABILIDADE

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM CONTABILIDADE I.1 PRÁTICA TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA Função: Operação de Ciclos de Gestão 1. Organizar programas de admissão e desligamento, de pessoal (por demissão, aposentadoria, falecimento). 2. Interpretar a

Leia mais

Circuitos de Comunicação Introdução

Circuitos de Comunicação Introdução Circuitos de Comunicação Introdução Gil Pinheiro UERJ-FEN-DETEL Circuitos de Comunicação Objetivo: Estudar os blocos funcionais eletrônicos e de processamento digital de sinais que são utilizados nas comunicações

Leia mais

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICO S S.A. CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC KIT MEDIDAS ELÉTRICAS MANUAL DO PROFESSOR CENTRO DE TREINAMENTO DE CLIENTES - CTC MEDIDAS ELÉTRIC AS MANUAL DO PROFESSOR Manual

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico 1º Semestre Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico 1º Semestre ETEC Dr. Júlio Cardoso Código: 078 Município: Franca Eixo tecnológico Controle

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2º Semestre/2014. Ensino Técnico. Professor: ELZA CEDRO DE ANDRADE

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2º Semestre/2014. Ensino Técnico. Professor: ELZA CEDRO DE ANDRADE PLANO DE TRABALHO DOCENTE º Semestre/04 Ensino Técnico Código: 06 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Inglês Instrumental Eixo Tecnológico: Ambiente, saúde e segurança

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 03-10-2011 Número do Plano 180 Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais Plano de Curso para 01.

Leia mais

CURSO TECNOLÓGICO 2008/01 1º SEMESTRE. Programação e Estruturas de Dados Fundamentais

CURSO TECNOLÓGICO 2008/01 1º SEMESTRE. Programação e Estruturas de Dados Fundamentais 1º SEMESTRE Programação e Estruturas de Dados Fundamentais 8 Créditos Desenvolver a lógica de programação através da construção de algoritmos utilizando português estruturado Representar a solução de problemas

Leia mais

Plano Escolar 2012 - ETEC JORGE STREET

Plano Escolar 2012 - ETEC JORGE STREET Plano Escolar 2012 - ETEC JORGE STREET De acordo com o disposto no Capítulo II do Regimento Comum das Escolas Técnicas do CEETEPS, o Plano Plurianual de Gestão - PPG apresenta a proposta de trabalho da

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET

PLANO DE TRABALHO DOCENTE TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET PLANO DE TRABALHO DOCENTE TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET Módulo I (Noite) EXTENSÃO ÍNDIA VANUÍRE 1 Semestre/2010 MÓDULO I Qualificação Técnica de Nível Médio de AUXILIAR DE INFORMÁTICA PARA INTERNET

Leia mais

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 50 PRÁTICA: 22

PLANO DE ENSINO CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA: 50 PRÁTICA: 22 DEPARTAMENTO: Sistemas de Informação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Redes de Computadores I PROFESSOR: SERGIO ROBERTO VILLARREAL SIGLA: RED I E-MAIL: sergio.villarreal@udesc.br CARGA HORÁRIA TOTAL: 72 TEORIA:

Leia mais

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de Nome da Instituição CNPJ 62823257/0001-09 Data 05/01/2009 Número do Plano 16 Centro Estadual de Educação Tecnológica PAULA SOUZA Eixo Tecnológico Informação e Comunicação Plano de Curso para: 01. Habilitação

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 ÁREA DE ACTIVIDADE - ELECTRÓNICA E AUTOMAÇÃO OBJECTIVO GLOBAL

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012

Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Industria Habilitação Profissional: INSTALAÇÕES ELETRICAS E REDES Qualificação

Leia mais