Sumário. 1. Mensagem do Presidente A Empresa Relacionamento com os Públicos Responsabilidade Socioambiental e Inclusão Digital 15

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sumário. 1. Mensagem do Presidente 4. 2. A Empresa 5. 3. Relacionamento com os Públicos 8. 4. Responsabilidade Socioambiental e Inclusão Digital 15"

Transcrição

1 Balanço Social 2011

2 Sumário 1. Mensagem do Presidente 4 2. A Empresa 5 3. Relacionamento com os Públicos 8 4. Responsabilidade Socioambiental e Inclusão Digital Manifestações Culturais Gestão do Conhecimento e Inovação Premiações Participação na Sociedade Tabela IBASE 30 Administração e Expediente

3 Mensagem do Presidente 1 2 A Empresa Um dos principais compromissos que assumimos, desde que iniciamos a Gestão, foi o de estruturar e intensificar as ações de Responsabilidade Socioambiental na PROCERGS. Fizemos isso porque acreditamos que cada um de nós é responsável pela construção de um mundo melhor, mais sustentável, justo e igualitário, e devemos estar atentos para fazer a nossa parte. Acreditamos que uma boa gestão de RSA se faz junto com as pessoas, envolvendo funcionários, fornecedores, clientes e sociedade em torno de objetivos comuns. Uma das nossas grandes preocupações neste primeiro ano foi a de trazer a comunidade para perto da Companhia, seja trabalhando projetos como o Telecentros dentro de escolas ou comunidades carentes, seja aprimorando projetos como o Pescar e o Recomeçar, que têm por objetivo proporcionar uma nova oportunidade a quem mais precisa. Muitas ações foram feitas, desde o aprimoramento do descarte, acondicionamento e coleta seletiva dos diversos tipos de resíduos gerados pela Companhia, passando pela revisão da infraestrutura interna na busca de melhor eficiência energética, até, por exemplo, ações específicas como a vacinação coletiva contra a gripe ou a parceria com os funcionários para a distribuição de presentes de natal para crianças carentes, entre várias outras. Esse é o balanço social baseado no modelo proposto pelo Instituto Ethos*, e é uma prestação de contas à sociedade e traz um resumo do universo de ações que a Companhia realizou durante o ano de São diversas iniciativas que traduzem a clareza que a PROCERGS possui sobre o seu papel na sociedade, e demonstram a responsabilidade da Companhia com os seus diversos públicos e com o planeta. A PROCERGS, mais que uma Instituição do governo, é uma empresa do Estado do Rio Grande do Sul Perfil PROCERGS A PROCERGS - Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul, é uma empresa estatal de economia mista que iniciou suas atividades em 28 de dezembro de 1972 como órgão executor da política de informática do Estado. A área de atuação tradicional da empresa é a pública, desenvolvendo soluções para a Administração Direta e Indireta do Estado, assim como para os Poderes Legislativo e Judiciário, entre outras esferas do Governo. Suas principais atividades nesta área são : a) Consultoria Organizacional e em Informática b) Serviços de Desenvolvimento, Administração e Manutenção de Sistemas c) Serviços de Governo Eletrônico (e-gov) d) Serviços de Data Center e) Serviços de Impressão e Geração de Mídia f) Serviços de Rede g) Serviços de Instalação de Redes, Software e Hardware No final de 2011, a empresa contava com 1046 funcionários, distribuídos entre a sede, em Porto Alegre, e as seis Coordenadorias no interior do Estado, nos municípios de Alegrete, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Santa Maria e Santo Ângelo. A Companhia encerrou 2011 com o faturamento de R$ ,20 milhões. Acompanhando a evolução dos tempos, a PROCERGS também está cada vez mais comprometida e atuante na área de Responsabilidade Social, sabedora de que esta tendência que é mundial e irreversível contribui de forma significativa para que as corporações ganhem em credibilidade junto à sociedade e agreguem valor às suas marcas. Construção do prédio da PROCERGS, em Carlson Aquistapasse Diretor Presidente *O Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social é uma organização sem fins lucrativos, caracterizada como Oscip (organização da sociedade civil de interesse público), mais informações em 4 5

4 A Empresa A Empresa 2.2. Histórico da Empresa Em março de 1963, foi criado um grupo de trabalho incumbido de estudar os serviços do Estado e propor a abertura de concorrência pública para aquisição de computador eletrônico, capaz de dar produtividade às tarefas do Governo e colocar o Rio Grande do Sul na era da automação de dados. Nascia assim o CPED Centro de Processamento Eletrônico de Dados. Inaugurado oficialmente em 25 de janeiro de 1967, o CPED representou o início da Era Eletrônica na Administração Pública do Estado. O Centro foi instalado inicialmente no 12 andar do edifíciosede do Banrisul. Lá começou seus trabalhos com três computadores UNIVAC, que podiam trabalhar individualmente ou interligados. O sistema possuía três processadores, três impressoras, oito unidades de fitas magnéticas, além de equipamento periférico, compreendendo 20 máquinas perfuradoras de cartão e 7 unidades para processamento intermediário de dados. Devido aos requisitos técnicos exigidos, foi necessária a construção de uma sede própria para o Centro. Nascia então em 28 de dezembro de 1972 a PROCERGS Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul. Ela iniciou suas atividades com aproximadamente 10 clientes, realizando basicamente serviços de área-meio. Construção do prédio-sede, em Princípios Norteadores Negócio Soluções em Tecnologia da Informação e Comunicação para a Administração Pública. Missão Prover soluções em Tecnologia da Informação e Comunicação para aumentar a eficiência e a transparência do serviço público e aproximar Governo e Cidadão. Qualidade Inovação Ética Valores Comprometimento Confiança Solidariedade Visão Ser reconhecida pela Administração Pública do RS como referência e melhor opção em soluções de TIC Os Conselhos da Empresa A PROCERGS é uma sociedade de economia mista, regida pela Lei Federal nº 6.404/97 (Lei das S.A s), possuindo na sua estrutura dois Conselhos, o Conselho de Administração e o Conselho Fiscal, cujos membros são eleitos por Assembleia Geral de Acionistas. De acordo com o Estatuto da Companhia, o Conselho de Administração é composto por 6 (seis) membros e tem entre suas atribuições: fixar a orientação geral dos negócios da sociedade; eleger os diretores da Companhia e destituí-los; fiscalizar a gestão dos diretores; examinar a qualquer tempo, os livros e documentos da sociedade; solicitar informações sobre contratos celebrados ou em via de celebração, e quaisquer outros atos, com vista a assegurar a execução da política da Empresa, bem como se manifestar sobre o relatório da Administração e as contas da Diretoria; autorizar a alienação de bens do ativo permanente, a constituição de ônus reais e a prestação de garantias e obrigações a terceiros. As reuniões do Conselho de Administração serão instaladas com a presença de, no mínimo, 3 (três) de seus membros e as deliberações serão tomadas por maioria de votos. Em caso de empate caberá ao Presidente um voto adicional de desempate. O Conselho Fiscal da Companhia será composto de, no mínimo, 3(três) e, no máximo, 5 (cinco) membros, e suplentes em igual número, acionistas ou não, residentes no país, eleitos pela Assembleia Geral de Acionistas. As atribuições dos membros do Conselho Fiscal são as estabelecidas em lei, em especial, a de fiscalizar os atos dos Administradores. Funcionários da PROCERGS, em Planejamento estratégico Sendo a PROCERGS uma sociedade de economia mista, cujo acionista majoritário é o Estado do Rio Grande do Sul, a mesma é auditada pelos órgãos de controle interno e externo, ou seja, pela Contadoria e Auditoria-geral do Estado CAGE e pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, respectivamente. 6 7

5 3 Relacionamento com os públicos Com transparência, respeito e diálogo, a PROCERGS vem estreitando o relacionamento com os seus colaboradores, clientes, acionistas, fornecedores e entidades representativas de TI. Isso é realizado por meio de seminários, workshops e encontros realizados na própria sede da Companhia e também no Centro de Treinamento - ampliando a interação com estes públicos. Por meio de pesquisas de clima organizacional junto ao público interno e levantamentos de satisfação com os clientes, a Companhia obtém informações que auxiliam nos momentos de planejamento e decisão. As pesquisas são realizadas anualmente e são divulgadas através da intranet e do site institucional Indicadores de Desempenho Econômico O conceito de Valor Adicionado, desenvolvido pela ciência econômica, demonstra a partir de dados contábeis o quanto a empresa produz de riqueza, e como distribui esta entre os diversos fatores da produção. A Demonstração de Resultado apresenta uma visão muito particular visando aferir os resultados obtidos pela empresa sob o prisma econômico, sendo seus acionistas os principais interessados. Já a Demonstração do Valor Adicionado vai mais além, expressa uma visão mais geral, dando a mesma importância a todos os fatores da produção. É uma espécie de Produto Interno Bruto (PIB) da empresa, e a sua forma de apresentação mostra os agentes que se beneficiaram da riqueza gerada. É uma visão mais socializada, pois, ajuda a verificar quais as empresas que estão contribuindo mais para a geração de riquezas e como essas estão sendo distribuídas. A Demonstração do Valor Adicionado enfoca o quanto de valor a empresa está adicionando aos insumos que adquire. Portanto, a riqueza gerada é maior do que o lucro apurado pois quando ela adiciona valor ao seu produto (despesas na Demonstração do Resultado), está remunerando pessoas, capital e o Governo em forma de impostos. A primeira parte da demonstração espelha o Valor Adicionado que é obtido a partir das receitas auferidas pela empresa diminuída dos bens e serviços adquiridos de terceiros e, na segunda parte, como esse valor é distribuído. Os clientes da PROCERGS pagaram R$183,7 milhões pelos seus serviços, que adicionado a outras receitas operacionais e não operacionais de R$ 666 mil, totalizou o valor de R$184,3 milhões, enquanto que ela gastou R$38,4 milhões (20,86%) com seus diversos fornecedores de bens e serviços (manutenção de equipamentos, energia elétrica, comunicações e diversos materiais) para viabilizar sua atividade. Sendo assim, a empresa com todo o seu pessoal e capital colocado a sua disposição, adicionou R$ 145,9 milhões aos seus serviços. Poderíamos dizer que o PIB da PROCERGS (Valor Adicionado Bruto) no exercício de 2011 foi de R$145,9 milhões, ou seja, obteve um acréscimo de 10,7% em relação ao Valor Adicionado do ano anterior que foi de R$130,2 milhões. Assim como a PROCERGS gerou essa riqueza, ela também teve uma deterioração de parte de seu capital investido no Ativo Não Circulante (Imobilizado/Intangível), que são as depreciações/ amortizações. A dedução de tais importâncias nos levará ao conceito do Valor Adicionado Líquido. Para que se tenha uma medição mais realista, que evidencie se de fato existe uma geração de riqueza líquida efetiva capaz de se perpetuar no tempo, o cômputo das depreciações e amortizações é indispensável. Assim, o Valor Adicionado Líquido da PROCERGS resultante ficou em R$137,7 milhões. Tratamento especial é dado as receitas financeiras e ganhos de investimentos que embora não representem uma geração de riqueza própria e sim uma transferência de riqueza de outra pessoa jurídica, ficam à disposição da empresa. Desta forma, o Valor Adicionado Total à disposição da empresa (próprio e de terceiros) ficou em R$137,9 milhões. A distribuição desse Valor Adicionado entre os financiadores, de toda a força de trabalho da PROCERGS, bem como da distribuição ao Governo, ficou assim composta: A remuneração do trabalho, abrangendo tudo que foi direta e indiretamente para os empregados e administradores representou o total de R$101,6 milhões ou 73,74 %; DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO (Valores em R$ 1,00) GERAÇÃO DO VALOR ADICIONADO Relacionamento com os públicos A remuneração da utilização de financiadores (despesas financeiras) ficou com R$1,1 milhões ou 0,82%; O Governo ficou com R$ 34,9 milhões, ou seja, 25,32% do Valor Adicionado Total à disposição da empresa; Finalmente, aos acionistas coube um acréscimo de seu capital no valor de R$162 mil, equivalente a 0,12% do Valor Adicionado Total, em função do lucro apurado no exercício RECEITAS ) Receita de Serviços Prestados ) Provisão para Devedores Duvidosos ) Provisão Ações Cíveis ) Outras Receitas Operacionais ) Outras Receitas e Despesas INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS ) Custo Serviços Contratados s/vínculo Empregatício ) Insumos de Materiais ) Manutenção e Conservação ) Aluguéis e Cessão ) Comunicações ) Energia Elétrica e Água ) Outros Custos Operacionais VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) RETENÇÕES ) Depreciações/Amortizações VALOR ADICIONADO LÍQUIDO (3-4) VALOR ADICIONADO REC. EM TRANSFERÊNCIA ) Receitas Financeiras ) Dividendos e Juros sem Capital VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO Remuneração do Trabalho Salários e Encargos Benefícios Indiretos Provisões para Contingências Trabalhistas Despesas Financeiras e Aluguéis Despesas Financeiras Aluguéis de Prédios Governo - Impostos e Taxas Federal Estadual Municipal Acionista - Lucro

6 Relacionamento com os públicos Relacionamento com os públicos 3.2. Indicadores de Desempenho Social Os colaboradores A PROCERGS busca permanentemente a satisfação pessoal e o desenvolvimento profissional de todos os seus colaboradores afinal, são os principais parceiros na busca dos objetivos da Empresa. Assim, investir na preparação e aprimoramento destes profissionais é algo prioritário, bem como o conhecimento profundo deste público interno e suas necessidades. CONCURSOS PÚBLICOS DEMOCRATIZAM O INGRESSO NA EMPRESA Para ser funcionário da PROCERGS é necessário fazer concurso público, conforme estabelece o Decreto Estadual em Indicadores Quantitativos vigor atualmente no Rio Grande do Sul. Mas, mesmo com os limites estabelecidos pela própria Lei, a Companhia possui um quadro de funcionários muito diversificado e equilibrado, contemplando as mais diversas faixas etárias, conforme pode ser observado nos indicadores apresentados logo abaixo. Em 2008 e 2009 houve processo seletivo para o preenchimento de vagas, resultando em 56 admissões em 2009, 57 admissões em 2010 e 94 admissões em POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO, BENEFÍCIOS E CARREIRA A PROCERGS possui uma política salarial e de carreira que possibilita a ascensão do funcionário, através da promoção por desempenho, levando em conta, também, o plano de cargos e salários, e o percentual de reajuste que é definido pela Empresa. Atualmente, o menor salário representa 6,09% do maior salário da Empresa. Recepção aos novos funcionários concursados, BENEFÍCIOS Consciente dos direitos sociais e buscando gerar um ambiente de bem-estar na Empresa, a PROCERGS oferece um conjunto de benefícios e direitos aos seus colaboradores. Tais como: afastamentos, dispensas e licenças, observando critérios preestabelecidos. Segue relação abaixo: Benefícios Assistência Médico-Hospitalar Assistência Odontológica Auxílio Alimentação/Refeição e Vale-Rancho Auxílio Creche/Babá Auxílio Doença Auxílio Farmácia Auxílio Funeral Auxílio Natalidade Auxílio Transporte Noturno Consultas de Psicoterapia/Psiquiatria e Fonoaudiologia Infantis Curso de Idiomas Vale Hora-Extra Vale-Transporte Ambulatório médico, odontológico e medicina do trabalho São disponibilizados aos funcionários, nas dependências da Empresa, atendimento médico, odontológico, e de medicina do trabalho, os quais realizam consultas clínicas e participam de campanhas de prevenção. Em 2011, foram atendidos, em média, 400 funcionários por mês. Ambulatório da Sede da PROCERGS, Afastamentos/Dispensas/Licenças Acompanhamento de Dependente: dois turnos por mês para funcionários de 40h semanais e 1 dia por mês para funcionários de 20h semanais; Afastamentos por Motivo de Doença ou Acidente de Trabalho com complementação salarial e demais benefícios: até completar 180 dias; Baixa Hospitalar de Familiar: 01 dia por mês para acompanhamento em intervenção ou internação hospitalar de filho, genitor, cônjuge ou companheiro legal; Dispensa para Casamento (Licença Gala): 05 dias úteis consecutivos; Dispensa para Curso Superior: 4h semanais para funcionários do regime de 40h semanais; Dissídio: 03 dias ou 06 turnos de dissídio (dispensa remunerada para tratar de assuntos de seu interesse) e, de julho a dezembro, mais 03 dias ou 06 turnos; Doação de Sangue: dispensa no dia da doação; Falecimento de Familiar: se falecimento de filho, genitor, avós, netos, irmãos ou cônjuge ou companheiro legal, 04 dias úteis consecutivos; se falecimento de sogros, genro ou nora, 02 dias úteis consecutivos; se falecimento de tios ou primos de 1º grau, 01 dia útil; Licença Amamentação: 01 hora por turno durante 180 dias após o nascimento da criança, para funcionários de 8h diárias e 01 hora por dia para funcionárias de 6h diárias; Licença Especial de Redução de Carga Horária para Pais de Filho Excepcional: redução da carga horária à metade, conforme Lei de 08/12/1993; Licença Maternidade/Paternidade: se Licença Maternidade, 120 dias a partir da data do nascimento da criança, prorrogáveis por mais 60 dias mediante solicitação até 30 dias após o nascimento; se Licença Paternidade, 05 dias consecutivos, incluindo não úteis, a partir da data do nascimento da criança; Matrícula Faculdade ou Segundo Graus: funcionários do regime de 40h/semanais dispensa de um turno para efetuar a matrícula, desde que esse horário coincida com o de trabalho; funcionários do regime de 30h/semanais dispensa de 01 dia de trabalho; funcionários da madrugada dispensa de 01 dia de trabalho, independentemente da coincidência com o horário de trabalho; Provas Vestibulares ou de Final de Semestre provas de vestibular: abono da ausência nos dias das provas; provas de final de semestre: 01 dia de dispensa, no próprio dia da prova ou no dia anterior

7 Relacionamento com os públicos Relacionamento com os públicos Indicadores Qualitativos A Empresa também aposta no desenvolvimento de programas dirigidos ao Corpo Gerencial. É o caso do PEG - PROCERGS Educação Gerencial que já se transformou em case de sucesso em nível nacional. Em maio de 2006, a iniciativa recebeu o prêmio ESARH 30 Anos, conferido durante o Encontro Sul-Americano de Recursos Humanos, realizado em Gramado. O Programa está na sua 5ª edição, contemplando o grupo de gestores e potenciais da função. Esse Desenvolvimento Comportamental, que tem como objetivo desenvolver as competências comportamentais no que tange ao autoconhecimento, desenvolvimento das relações interpessoais, do trabalho em equipe, da comunicação e outras habilidades necessárias para o desenvolvimento do trabalho com ética, qualidade, harmonia e eficácia. Indicadores Quantitativos programa visa o desenvolvimento das competências consideradas essenciais no exercício da função gerencial. A empresa possui um grande acervo de livros, no centro de treinamento - CTRE, com os mais variados títulos, de diversas áreas do conhecimento. São em torno de dois mil Em 2007, tendo como público alvo toda a Empresa, foi concebido o PDC - Programa de exemplares, entre livros, periódicos, normas técnicas, dicionários, e enciclopédias. DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL A Companhia vem dedicando especial atenção a esse assunto, oportunizando aos seus funcionários a possibilidade Em 2010, o valor desembolsado em capacitação foi de R$ ,63 e a média de hora/funcionário foi de 32,22 horas/funcionário, totalizando horas de treinamento. de crescimento profissional, seja através do custeio de cursos de pós-graduação, seja através de treinamentos específicos. Em 2009, o valor desembolsado em capacitação foi de R$ ,49 e a média de hora/funcionário foi de 40.37, totalizando horas de treinamento. Em 2011, o valor desembolsado em capacitação foi de R$ ,89 e a média de hora-funcionário foi de 36,74 horas/funcionário, totalizando horas de treinamento. Projeto Integrar Auditório do CTRE PROCERGS. Centro de treinamento da PROCERGS. Projeto Integrar 2011 É composto por eventos que visam à capacitação de competências voltadas aos valores da Empresa, bem como a integração entre funcionários e Diretoria, através de dinâmicas vivenciais. As atividades são realizadas na Quinta da Estância em Viamão/RS e no ano de 2011 envolveu 203 funcionários em três edições. 12 Entrega dos diplomas do PEG PROCERGS,

8 Relacionamento com os públicos 4 Responsabilidade Socioambiental e Inclusão Digital Fornecedores Por ser uma empresa pública, a PROCERGS contrata os seus fornecedores por meio de licitações, tendo por base a Lei Com cerca de 10 grandes fornecedores de TI, uma das formas que a Companhia efetua suas aquisições de bens, produtos e serviços é através da modalidade pregão eletrônico. Essa ferramenta de compras agiliza o encaminhamento de processos, pondo fim a uma série de formalidades burocráticas. Também garante mais transparência a sociedade pode acompanhar o processo de compra em todas as suas etapas e economia aos cofres públicos, aumentando a competitividade e flexibilizando a negociação de valores Clientes A PROCERGS tem como principal cliente o Governo do Estado, mas atua também para a iniciativa privada, através do provedor de internet Via RS e do serviço Notas de Expediente para advogados. Em todas as pesquisas de satisfação realizadas desde 1999, a avaliação do atendimento da PROCERGS desponta pela sua qualidade, cortesia e eficiência. E isso é motivo de contentamento para a Empresa, pois os serviços e produtos que desenvolve afetam diretamente a comunidade gaúcha. Grande parte da conquista desta condição deve-se aos investimentos na melhoria de processos e na modernização da infraestrutura operacional da Companhia, que garantiram a qualidade dos serviços prestados ao setor público. Isso fica evidenciado na pesquisa anual de satisfação de clientes. Embora existam pequenas variações nos itens pesquisados, o grau de satisfação geral com os serviços da empresa encontra-se em um patamar satisfatório. Em 2011, alcançou 75,31%. Já o índice de recomendação da empresa atingiu a marca de 87%. Com a missão de responder pelas ações de inclusão social, digital e sustentabilidade ambiental, a PROCERGS criou o Projeto de Responsabilidade Socioambiental e Inclusão Digital (RSA), que agrega boas práticas de gestão e permite um trabalho integrado entre os vários projetos estruturais executados na Companhia, racionalizando, com isto, os recursos de infraestrutura, os investimentos e as pessoas envolvidas. O RSA PROCERGS é composto de três grandes módulos SOCIAL, AMBIENTAL e INCLUSÃO DIGITAL sendo que cada um responde por uma série de projetos, que têm como escopo produzir resultados nas áreas nos quais eles estão inseridos. As ações do RSA PROCERGS visam criar uma nova cultura, onde a solidariedade e o compromisso com a qualidade e com o meio ambiente não sejam apenas letra escrita na declaração de valores da Empresa, mas sim uma postura responsável de caráter individual que Telecentros Visando as comunidades excluídas do mundo digital, a PROCERGS disponibiliza ambientes com computadores conectados à internet através de banda larga os Telecentros. O objetivo é disponibilizar acesso ao conhecimento, informação, cultura, lazer, serviços públicos e possibilidades de emprego, através da tecnologia. Atualmente o programa é desenvolvido em parceria com a Secretaria Estadual de Comunicação e Inclusão Digital (SECOM), através da Diretoria de Inclusão Digital, Prefeituras, Comunidades e Órgãos Públicos. A PROCERGS disponibiliza o acesso ao mundo digital de três formas: Telecentros para Eventos utilizado em eventos públicos por tempo determinado; deverá gerar uma nova ordem, a ordem da consciência. O Projeto tem por objetivo produzir benefícios para as pessoas, para a Empresa, para a comunidade e para a gestão das políticas públicas, Telecentros Fixos instalados em locais públicos por tempo indeterminado; priorizadas pelo governo e pela sociedade. RSA-Conexões provimento de Conexão Internet, por tempo indeterminado, para Telecentros sociais ou INCLUSÃO DIGITAL Este módulo tem o escopo de executar projetos ligados áreas públicas de Free Zone Wi-Fi. ao temas da Inclusão Digital. Tanto no que se refere ao acesso aos ativos de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), bem como nas ações ligadas à cultura e ao aprendizado dos fundamentos básicos, proporcionando com isto a possibilidade do acesso das pessoas ao mundo digital, aos serviços públicos, ao conhecimento, ao lazer e às possibilidades de Inclusão Digital emprego e renda. Telecentro Praia, Sede da PROCERGS

9 RSA RSA TELECENTROS PARA EVENTOS EVENTO DURAÇÃO EQUIPAMENTOS DISPONIBILIZADOS ABRANGÊNCIA Fórum Internacional o Software Livre - FISL (POA) 5 dias 15 Micros pessoas Estrada Para o Futuro (Ibirubá) 2 dias 15 Micros 300 pessoas Expointer (Esteio) 20 dias 20 Micros pessoas Mutirão Social (Interior do estado em várias cidades) 1 dia 10 Micros 500 pessoas por eventos Encontro Nacional da Cultura (POA) 2 dias 10 Micros 400 pessoas Fórum Social Temático (POA) 3 dias 20 Micros 600 pessoas Conexão Wi-Fi com 10 MB acesso liberado Verão Numa Boa - Internet Livre na Praia (Capão da Canoa) 60 dias 5 Micros pessoas Conexão Wi-Fi com 10 MB acesso liberado TELECENTROS FIXOS LOCAL CIDADE EQUIPAMENTOS DISPONIBILIZADOS ABRANGÊNCIA Biblioteca Pública de Santo Ângelo Santo Ângelo 10 Micros 200 pessoas/mês Biblioteca Pública Passo Fundo (1999) Passo Fundo 10 Micros 300 pessoas/mês Tudo Fácil Centro (2000) Porto Alegre 08 Micros pessoas/mês Tudo Fácil Zona Norte (10/2011) Porto Alegre 03 Micros 400 pessoas/mês Tudo Fácil Zona Sul (12/2011) Porto Alegre 03 Micros 150 pessoas/mês IPERGS - (Instalado em 09/2011) Porto Alegre 11 Micros 400 pessoas/mês CAFF (2001) Porto Alegre 11 Micros pessoas/mês CRM/Museu do Carvão (12/2011) Arroio dos Ratos 05 Micros 80 pessoas/mês Conexão Wi-FI 10 MB 200 pessoas/mês Presídio Central (10/2011) Sem dispositivos de I/O Porto Alegre 10 Micros 150 pessoas/mês Presídio Feminino Madre Pelletier (10/2011) Sem dispositivos de I/O Porto Alegre 10 Micros 150 pessoas /mês Total de ambientes operacionalizados em eventos = 7 Total de ambientes operacionalizados em 2011 = 25 Total de ambientes operacionalizados a partir de 2011 = 16 (64 % do total instalado) Total médio de pessoas atendidas por mês = pessoas (Dados aproximados, com tendência maior. Considerando-se que temos eventos aleatórios, serviços de Wi-Fi sem medição de acesso, pontos fora da curva, etc...). Telecentro Zona Norte, Telecentro instalado na FISL, Telecentro Zona Sul,

10 RSA RSA Projeto Recomeçar Em junho de 1994, a PROCERGS, representada por sua Diretoria, Secretário de Justiça e Segurança, Superintendente da SUSEPE, Direção do Presídio Central e outras autoridades, inauguraram a Unidade Fornecedora de Serviços Presídio Central, através de um Protocolo do Ação Conjunta (PAC), assinado pela PROCERGS, Secretaria da Justiça e Segurança e Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE) para aproveitamento de mão de obra prisional do Presídio Central de Porto Alegre. Depois de oito anos de atividades no Presídio Central, com a passagem de aproximadamente 60 apenados, a PROCERGS propõe a assinatura de outro Protocolo (PAC), desta vez com a Penitenciária Feminina Madre Pelletier (Out/2002). Surgiu então o PROJETO RECOMEÇAR, agora composto de Entrada de Dados Presídio Central (EDPC) e Entrada de Dados Madre Pelletier (EDMP). Inicialmente, o treinamento consiste em noções de MS-DOS, conhecimento básico do equipamento e digitação de documentos, sendo que esta última tarefa é a atividade principal dos apenados. O mesmo é efetuado através de digitação de cópias de documentos, começando somente com números e posteriormente com cópias de documentos de conteúdo alfa-numérico. A avaliação é feita através de um software específico, pelo qual obtém-se a média de toques por hora, após a digitação de um certo número de documentos. Estas médias são anotadas periodicamente para o acompanhamento da evolução de cada digitador(a). Este treinamento é remunerado e igual para todos(as), pois partimos do princípio que o conhecimento sobre informática, é o menor possível sendo esta premissa um pré-requisito para a seleção. comprovação de assiduidade registrada em folha ponto, elaborada para este fim, onde as horas, turnos ou dias não trabalhados e não justificados (Atestado Médico), são descontados no final do período. Ao total da folha mensal, é acrescido 10% (conforme PAC), que é destinado ao Fundo Penitenciário. Do total individual mensal de cada apenado(a) é feito um desconto de 20% para a formação de um pecúlio, que será repassado ao apenado(a) no término da pena. Desde o inicio das atividades, já passaram pelas duas Unidades aproximadamente 160 reeducandos, sendo que foram 100 no Presídio Central e 60 na Penitenciária Feminina Madre Pelletier. Todos receberam o treinamento específico para a atividade de digitação e a maioria obteve o primeiro contato com a informática. O aproveitamento desta mão de obra é feito principalmente com a execução de uma tarefa que, por não ser atividade fim da Empresa, normalmente era repassada a prestadoras de serviço. Tratando-se da digitação de documentos, o serviço é recebido da PROCERGS (Fitoteca), na sua maioria proveniente da Secretaria da Saúde. Chega na Unidade(EDMP ou EDPC) já preparado e com os disquetes para a gravação. É digitado, verificado e devolvido para a Fitoteca onde será submetido a programas de crítica e consistência Vários apenados(as) quando obtiveram a Progressão de Regime, (do regime fechado para o semiaberto ou Condicional), já receberam um Certificado, fornecido pela PROCERGS, pela participação no treinamento INICIAÇÃO À INFORMÁTICA onde consta o conteúdo e a respectiva carga horária: a remuneração atual é de R$236,00 para uma jornada de seis horas diárias, de segunda à sexta-feira. O período de efetividade é do dia 11 ao dia 10, com para validação e utilização dos dados. Projeto Recomeçar

11 RSA RSA PROCERGS e Projeto Pescar juntos pela cidadania Criado em 1976 no Rio Grande do Sul, o Projeto Pescar funciona por meio de sistema de franquia social, agregando empresas e instituições articuladas em uma grande rede de cidadania. O projeto visa à formação pessoal, cidadã e profissional de adolescentes de baixa renda e em vulnerabilidade social, para encaminhamento ao mercado de trabalho. Esta formação está vinculada ao negócio da Empresa, ou seja, serviços em informática. O projeto foi adotado pela Empresa em março de A unidade, instalada no Centro de Treinamento da PROCERGS, atende hoje 22 jovens em situação de vulnerabilidade social de 16 a 19 anos, que além da formação técnica e preparação integral para o mercado de trabalho, também recebem alimentação (almoço e lanche, vale-transporte, uniforme, apostilas, material didático e assistência médica e odontológica ambulatorial). A Empresa já formou 98 jovens até a presente data. PROGRAMA SOCIAL Contempla um conjunto de programas e ações desenvolvidas pela PROCERGS em Social parceria com seus colaboradores, voltadas para saúde, educação, desenvolvimento profissional e integração com a comunidade, que visam promover bem-estar e satisfação pessoal para o corpo funcional, comunidade local e sociedade gaúcha Com o desenvolvimento deste programa a Empresa colabora para: Programas Internos Seguem abaixo os programas internos existentes: Campanha de vacinação contra gripe Cientes da importância da prevenção para a saúde, a PROCERGS realiza, anualmente a campanha de vacinação contra a gripe, para funcionários e familiares. Em 2011, foram vacinadas 918 pessoas, sendo 466 funcionários e 452 familiares. Campanha de prevenção de DST s A PROCERGS, em parceria com a Secretária de Saúde do Estado do RS, desenvolve campanha visando a conscientização sobre as DST s, com folhetos explicativos e distribuição de preservativos para o fortalecimento das relações com os funcionários e destes entre si, através de ações sociais conjuntas, os funcionários, terceiros e visitantes, sendo que em 2011, foram distribuídas 1440 unidades. baseadas em princípios éticos; fortalecer o sentimento de pertencimento ao ambiente de trabalho de seus funcionários e de solidariedade com a comunidade; propiciar novas oportunidades para o exercício da cidadania; Ginástica Laboral Para prevenir doenças relacionadas ao trabalho, diariamente, são realizadas aulas de ginástica laboral nos diversos turnos e divisões/ setores da Empresa, inclusive nas Coordenadorias Regionais. A média de participação em 2011 foi de 40% dos funcionários. Projeto Pescar, Projeto Pescar, Projeto Pescar, Ginástica Laboral na sede da PROCERGS,

12 RSA RSA Programas Externos Seguem abaixo os seis programas sociais existentes: Permuta de domínio Parceria desenvolvida pela PROCERGS com empresas privadas, para arrecadar mantimentos a serem doados às instituições sociais da comunidade. Em 2011, foram distribuídos 8.685kg de alimentos, divididos entre AAPECAN Associação dos portadores de câncer de Porto Alegre e de Caxias do Sul, Casa Amarela/POA (abriga crianças), Creche Tia Neninha em Alvorada/RS, Creche Mundo da Imaginação Vila dos Comerciários/POA e para a Casa Viva com Esperança (trata dependentes químicos) em Belém Velho/POA. S.O.S. Comunidade Campanha do Agasalho A coleta é realizada durante o ano todo, sendo intensificada nos meses de junho a agosto, devido às baixas temperatura. Em 2011, foram arrecadadas 1649 peças de roupas e encaminhadas à Defesa Civil. Projeto Nota Solidária Consiste na coleta de notas e cupons fiscais, os quais são trocados pelos funcionários por cupons de sorteios. O projeto é realizado pelo Estado, e beneficia as instituições credenciadas que arrecadam o maior número de notas e cupons fiscais, com valores em dinheiro, para melhorias internas. Em 2011, foram arrecadadas notas/ cupons fiscais e repassadas à Casa Viva com Esperança, que abriga dependentes químicos. PROGRAMA AMBIENTAL Trabalha a conscientização sobre a importância da responsabilidade ambiental, promovendo ações de educação e incentivo ao uso racional dos recursos naturais. Busca ainda estreitar o relacionamento da Companhia com os segmentos da sociedade com os quais interage. Além disso, o projeto atende um papel social importante, ao beneficiar entidades que sobrevivem da reciclagem de resíduos. Ambiental firmado convênio com a mesma instituição para doação de resíduos plásticos, onde pudemos doar garrafas PET de 600 ml provenientes do consumo interno. 2007: kg 2008: kg 2009: kg 2010: kg 2011: kg Ação voltada para auxiliar comunidades vítimas de catástrofes ambientais. Em 2011, foram enviados 568 itens de materiais de higiene e limpeza, e 147kg de alimentos para a comunidade de São Lourenço do Sul, vítima de enchente. Campanhas de engajamento com a comunidade Corrida pela vida Instituto do Câncer Infantil: vendidas 550 camisetas da campanha para os funcionários, arrecadando R$ 8.250,00. Campanha APAE /POA - vendidas 221 camisetas da campanha aos funcionários, arrecadando R$ 2.652,00. Campanha A magia do Natal Incentiva a integração e solidariedade dos funcionários com a comunidade carente, através do atendimento das cartinhas com pedidos de natal, enviadas pelas crianças das creches Tia Neninha em Alvorada e Mundo da Imaginação em Porto Alegre. Em 2011, foram distribuídos 500 brinquedos, balas e doces oferecidos pela ASPROCERGS Associação de funcionários da PROCERGS. Desde sua criação, em 2005, o programa já realizou algumas ações que tiveram grande impacto na Companhia. O projeto Reciclar Faz Bem, iniciado em 2002, foi ampliado com a compra de novos coletores de resíduos e sinalização dos já existentes. Foram realizadas campanhas de conscientização e criação de um grupo de monitores ambientais, devidamente treinados, que atuam em cada setor da Empresa. Em 2011, o programa foi institucionalizado na empresa, através do ingresso no planejamento estratégico da companhia (PI-08 - Institucionalizar a função e coordenar ações de Inclusão Digital e Responsabilidade Socioambiental). Reciclagem de garrafas PET, Na Coordenadoria Regional de Santa Maria, a destinação do lixo reciclável vem sendo feita para a ASMAR Associação dos Selecionadores de Material Reciclável, Grupo Associado ao Projeto Esperança da Diocese de Santa Maria, desde o ano de 2006, entregando de 40 a 60 kg de materiais mensalmente. O Programa ambiental foi estruturado da seguinte maneira: Gestão de Resíduos Abrange ações que gerenciam os aspectos e tratam os impactos dos resíduos gerados pela PROCERGS, tais como: orgânicos, plásticos, papéis, demais resíduos secos, pilhas e baterias, lâmpadas fluorescentes e resíduos de serviços de saúde (RSS). Campanha A magia do Natal na creche Mundo da Imaginação, Reciclagem Em 2011, a PROCERGS doou kg de papel para a ATUT - Associação dos Trabalhadores da Unidade de Triagem, do Hospital Psiquiátrico São Pedro, em Porto Alegre, gerando emprego e renda para os cooperativados. No mesmo ano, foi Reciclagem e separação de papel,

13 RSA 5 Manifestações Culturais Em Pelotas, a Coordenadoria Regional realiza a separação de material reciclável e leva até a Escola Municipal de Ensino Fundamental Jeremias Fróes. A escola separa, vende e utiliza os recursos para melhorias na própria escola, além disso, funciona como educadora ambiental, passando para as crianças o compromisso social com a natureza. Já o material orgânico é recolhido por funcionários que utilizam para compostagem. Pilhas e baterias são repassados para lojas especializadas em coleta especial. Lâmpadas Quanto às lâmpadas fluorescentes, a PROCERGS, em parceria com o Centro Administrativo do RS (CAFF), destina seus resíduos às empresas específicas, através de licitação. As lâmpadas são estocadas e quando atingem um determinado número, a Secretaria de Administração e Recursos Humanos, lança edital para dar-lhes um destino adequado. Outros Resíduos Os resíduos provenientes dos Serviços de Saúde do ambulatório interno têm seu destino e tratamento monitorado. A gestão desses resíduos fica sob a responsabilidade direta da empresa administradora dos serviços de ambulatório. (ajustado em contrato). Redução do Impacto Ambiental Dentro das diversas ações de redução do impacto ambiental e uso racional de recursos, desde abril de 2011, a companhia deixou de emitir contracheques na versão impressa para seus colaboradores, passando a fornecê-los apenas na versão online. Com esta ação, a empresa deixou de imprimir, aproximadamente 16 mil contracheques/ano, gerando uma economia de 40 quilos de papel desde então. Coral PROCERGS, Reciclagem em Pelotas, Outra medida adotada pela empresa foi à aquisição Pilhas Durante o ano, a companhia destinou aproximadamente 600 quilos de pilhas e baterias, através do programa de recolhimento de pilhas de um banco da capital. e instalação de 24 ar-condicionados tipo split, com a tecnologia Inverter, nas Coordenadorias Regionais e nos Pontos de Presença do interior do estado. Esses equipamentos possuem uma eficiência energética superior, e podem ser até 60% mais econômicos que os modelos antigos. Coral PROCERGS Fundado em 1992, o CORAL PROCERGS é composto por 25 integrantes, mesclando funcionários da Companhia com pessoas da comunidade. Nas apresentações que promove, seja em eventos públicos ou privados, seu repertório é bem variado, incluindo Na Argentina, na cidade de San Carlos de Sud, o Coral PROCERGS representou o Brasil no primeiro Festival Internacional de Coros, evento que reuniu grupos de vários países sulamericanos. Em 2011, o CORAL retomou os projetos Quinta em Canto, músicas de canto coral clássico, MPB, negro espiritual, entre outros Canção da Meia Noite e Canção no IPE, além de ter participado da estilos. Semana Interna de Prevenção de Acidentes (SIPAT), fazendo o concerto de Encerramento da Semana e o Concerto Natalino. Levando a arte do canto coral para plateias do estado, do país e do continente sulamericano, o CORAL está sempre envolvido Também já participou de encontros de coros e festivais como o com inúmeras atividades, destacando-se as apresentações Encontro de Coros do TCE, o Festival Nacional de Coros, em Erechim, em hospitais, festivais, asilos e em comunidades carentes. e o Festival de Coros da ACIRS. Reciclagem de resíduos, Reciclagem de papel, Também participa de turnês no país e no exterior, e exemplos nesse sentido são as apresentações realizadas nos meses de julho e outubro de 2006, período em que foi apresentado um concerto de mais de 1 hora de duração em 5 estados brasileiros e 2 cidades argentinas. Este ano, o CORAL completa vinte anos de atividades, e atualmente, seu regente é Manuel Figueiredo de Abreu, formado em Regência Coral pela UFRGS, e Francis Padilha, que é regente auxiliar e preparador vocal, formado em Canto e Regência Coral pela UFRGS

14 Manifestações Culturais 6 Gestão do Conhecimento e Inovação PIQUETE DO CHASQUE Uma das mais antigas manifestações culturais existentes Em 2011, o Piquete do Chasque, representado por na PROCERGS, com mais de 20 anos de existência, o Piquete do Chasque tem aprimorado a cada ano a sua principal característica: a calorosa acolhida a todos os seus visitantes. Instalado no Acampamento Farroupilha na ocasião dos festejos da Semana Farroupilha, o Galpão do Piquete do Chasque vem promovendo integração e cultura junto aos seus visitantes, que além de poderem prestigiar atividades artísticas, encontram no local um ambiente propício para a confraternização e um bate-papo descontraído. 12 funcionários da Companhia, esteve presente no 12º Fórum Internacional de Software Livre, através do estande do Centro de Tecnologia Gaudéria (CTG). O CTG faz parte do relacionamento da PROCERGS com os participantes do Fórum, e tem a função de receber seus visitantes mostrando a tradicional hospitalidade gaúcha. A valorização da Gestão do Conhecimento e Inovação para a PROCERGS pode ser resumida no incentivo em potencializar a transformação do conhecimento em valor para a Companhia e estimular a busca de soluções inovadoras e eficientes. Esta valorização está explícita em suas ações, a partir do entendimento de que a vantagem sustentável, a diferenciação num mundo ágil e globalizado são elementos essenciais a uma empresa Em dois anos de implantação, diversas ideias e demandas foram implementadas, ou estão em desenvolvimento. Algumas beneficiam diretamente o cidadão e contribuem para reforçar a Missão Institucional da Empresa. Outras simplificam, agilizam ou nos proporcionam melhores condições de trabalho. Há também, aquelas voltadas à Responsabilidade Socioambiental, tema muito relevante e estratégico. Desafios já foram lançados: nova Intranet e novos serviços para o RS Móvel superam de tecnologia, que adota uma postura empreendedora as expectativas decorrente da qualidade das ideias apresentadas. e estratégica orientada para a inovação constante, como um fator essencial e decisivo. Em julho de 2011, por ocasião da 1ª edição do Prêmio Inovação PGQP, a PROCERGS recebeu sua distinção por ter sido A atuação em Gestão do Conhecimento e Inovação destaque na dimensão Ambiente, um dos aspectos da inovação é trabalhada de forma sistêmica e integrada, com o envolvimento avaliados que levam em consideração a criação de um ambiente de toda a Empresa. favorável à percepção de mudanças e oportunidades, geração de novas ideias, criatividade, experimentação, e o estabelecimento Este contexto pode ser tangibilizado em diversas ações de relações e redes colaborativas internas e externas entre pessoas, de estruturação, compartilhamento e retenção do conhecimento organizações e ecossistema, de forma a produzir inovações. da organização, bem como de fomento à co-criação, colaboração e FISL, trabalho em rede. Nesse sentido, cabe destacar duas ações de visibilidade e impacto: Temos a certeza que a inovação faz parte da cultura da Companhia, pelo histórico de serviços e reconhecimentos recebidos Quarta do Conhecimento - evento semanal que há mais em premiações regionais e nacionais. de 10 anos promove o compartilhamento do conhecimento mediante a apresentação de trilhas de temas técnicos, palestras Além das ações já citadas, o ambiente de Conhecimento comportamentais, cases de sucesso e projetos em andamento e Inovação é complementado por ações de inteligência competitiva que são apresentados por colegas ou por pessoas externas e composto por Blogs, Rede Social interna, listas e grupos de consideradas como referência no tema a ser abordado. O evento Discussão, entre outras. ocorre no Auditório da Empresa, tem 2 horas de duração, possui transmissão ao vivo, disponível para todas as áreas e permite a interação pelo chat daqueles que estão assistindo de forma virtual através de Rede Social interna, o Yammer PROCERGS. Portal de Ideias - está a cada dia fortalecendo a posição de um importante espaço para geração de ideias inovadoras, compartilhamento e colaboração dentro de um espírito de transparência e responsabilidade. Piquete Acampamento Farroupilha, Quarta do Conhecimento,

15 Premiações 7 8 Participação na Sociedade 2009 PGQP Troféu Bronze Top Ser Humano Programa PROCERGS de Educação Gerencial CONIP Sistema de Defesa Agropecuária SECOP IPE Saúde - Inovação no Processo de Auditoria de Contas Médico-Hospitalares Infocorporate Sistema de Defesa Agropecuária Top de Marketing - Case de Gestão PROCERGS Centro de Soluções em Governo Eletrônico 2010 Troféu Prata do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade 2010 Prêmio 19 de Março nas categorias: Pregoeiro com o maior número de pregões com propostas válidas, Pregoeiro com maior número de pregões sem interposição de recursos e Sistema de Pregão Eletrônico Prêmio Top Ser Humano 2010 caso PPR Programa de Participação nos Resultados Prêmio CONIP 2010 de Excelência em Inovação na Gestão Pública, na categoria aplicações voltadas para o cidadão para o caso Sistema AME Administração de Medicamentos, relativo ao Programa Remédio em Casa Prêmio de Excelência em Governo Eletrônico do SECOP 2010 (Seminário Nacional de TIC para a Administração Pública) na categoria e-serviços Públicos com o caso Remédio em Casa Prêmio de Excelência em Governo Eletrônico do SECOP 2010 (Seminário Nacional de TIC para a Administração Pública) na categoria e Serviços Públicos com o caso Consulta Popular Top de Marketing ADVB/RS Responsabilidade Social, com o caso Programa Remédio em Casa Prêmio TI & Governo com os Projetos Programa Remédio em Casa e Consulta Popular 2011 Prêmio 19 de Março: Melhor Inovação 2010, categoria Sistema de Pregão Eletrônico. Expo HDI Brasil 2011, na categoria Melhor Equipe Interna. 1º Prêmio Inovação PGQP, Destaque na dimensão Ambiente Prêmio CONIP de Excelência, Destaque do Ano de 2010 Sistema Administração de Medicamentos (AME) Prêmio CONIP de Excelência 2010, categoria M-gov, Modernização e Inovação nos processos comerciais com inclusão de tecnologias móveis Prêmio Excelência em Governo Eletrônico SECOP 2011, categoria e-serviços Públicos, Portal do Gabinete Digital RS Prêmio A Rede, categoria Inovação na Gestão Pública, Portal do Gabinete Digital RS Prêmio TI & Governo categorias e-democracia, Portal do Gabinete Digital RS Prêmio TI & Governo 2011, categoria e serviços públicos, Portal RS Móvel A PROCERGS é uma empresa atuante e extremamente participativa, mantendo representação atualmente em 10 entidades dos mais diversos segmentos da sociedade, em especial na área de Tecnologia da Informação e Comunicações. Desta forma, a Companhia contribui na formulação e construção de políticas públicas e de interesse social

16 Tabela IBASE 9 Administração 2011 Governador do Estado Tarso Genro Secretário de Estado da Fazenda Odir Tonollier Acionistas Estado do Rio Grande do Sul Brasil Telecom S/A CORSAN - Companhia Riograndense de Saneamento IPERGS - Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul Conselho de Administração Odir Alberto Pinheiro Tonollier Carlson Janes Aquistapasse André Luiz Barreto de Paiva Filho Marcia Schüler Ricardo Superti de Oliveira Sady Jacques 30 Diretoria Executiva Diretor-Presidente Carlson Janes Aquistapasse Vice-Presidente Cláudio Crossetti Dutra Diretor Administrativo-Financeiro Rosalino Rocheles da Silva Mello Diretor Técnico Lino Roque Camargo Kieling Expediente Contador Responsável Carlos Augusto da Silva Ferreira CRCRS Coordenação, Redação e Projeto Gráfico Coordenação de Comunicação PROCERGS Fotos Arquivo PROCERGS Agradecemos a todos que contribuíram no fornecimento das informações e imagens para essa publicação. Sede Praça dos Açorianos S/N CEP Cx. Postal 236 Fone (51) Fax (51) Site: Coordenadorias Regionais Alegrete Rua General Neto, 56 CEP Fone/Fax: (55) Caxias do Sul Rua Bento Gonçalves, 1693 CEP Fone/Fax: (54) Passo Fundo Rua Independência, 774/2 CEP Fone/Fax: (54) Pelotas Parque Dom Antônio Záltera, 151 CEP Fone/Fax: (53) Santo Ângelo Rua Três de Outubro, nº 565-3º andar Centro CEP Fone/Fax: (55) Santa Maria Rua Serafim Valandro, Centro CEP Fone/Fax (55)

17 32 Praça dos Açorianos S/Nº CEP Porto Alegre - RS Fone: (51) Fax (51)

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

PRINCIPAIS NORTEADORES ESTRATÉGICOS DA UNIMED VALE DAS ANTAS/RS.

PRINCIPAIS NORTEADORES ESTRATÉGICOS DA UNIMED VALE DAS ANTAS/RS. UNIMED VALE DAS ANTAS, RS - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE LTDA Ramo: Cooperativa Médica de Serviços de Saúde Período de Relato: de 27/02/2014 a 24/02/2015 E-mail: rh@valedasantas.unimed.com.br / gerencia@valedasantas.unimed.com.br

Leia mais

,Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Comunicação Social

,Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Comunicação Social ,Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Comunicação Social Aline Camargo Fabiana Fernandes Ledinara Cesília Censi Luciane Padilha Aragon Patrícia Lima da Silva Vera Pitta Análise

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica Edital 1/2014 Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica A (PoloSul.org) torna pública a presente chamada e convida os interessados para apresentar propostas de incubação

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO A unidade BIC Amazônia está localizada na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas, onde são produzidos canetas, lápis,

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

CHAMADA DE PROJETOS 001/2013- APOIO PARA SOLUÇÕES DE INOVAÇÃO JUNTO AS MPE S de Uberaba

CHAMADA DE PROJETOS 001/2013- APOIO PARA SOLUÇÕES DE INOVAÇÃO JUNTO AS MPE S de Uberaba CHAMADA DE PROJETOS 001/2013- APOIO PARA SOLUÇÕES DE INOVAÇÃO JUNTO AS MPE S de Uberaba 1 OBJETIVO 1.1 Realizar, em 2013, apoio financeiro para viabilizar a execução de serviços em inovação e tecnologia

Leia mais

POA 2007 - TCE/MA De 01/01/2007 a 31/12/2007

POA 2007 - TCE/MA De 01/01/2007 a 31/12/2007 Extrato de Programação de POA Emitido Em 19/12/2007 13:15:45 POA 2007 - TCE/MA De 01/01/2007 a 31/12/2007 Identificação Tipo: Projeto Nº de revisão: 1 Última modificação em: 06/03/2007 Setor Responsável:

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário Luiz Antônio Jaeger (21) 9702 9194 luizantonio@parme.com.br parme@parme.com. PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social Franquipar Franqueadora e Licenciadora de Marcas Ltda. Nome fantasia Parmê

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO

SELO SOCIAL VIRAVIDA. Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO SELO SOCIAL VIRAVIDA BOAS VINDAS! Você acaba de chegar ao SELO SOCIAL VIRAVIDA SELO SOCIAL VIRAVIDA REGULAMENTO 1. DO SELO 1. O Selo Social ViraVida é uma iniciativa do Serviço Social da Indústria - SESI,

Leia mais

Brincar de ler e escrever

Brincar de ler e escrever I Edital FNA 2015 Brincar de ler e escrever A Fundação Negro Amor - FNA foi criada em 2008 e, desde então, desenvolve ações na área socioeducativa e cultural, com foco na promoção da educação infantil

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 10.15 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo nº 10.15 sob contratação em regime

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica INTRODUÇÃO O Grupo Telefônica, consciente de seu importante papel na construção de sociedades mais justas e igualitárias, possui um Programa de

Leia mais

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais PRINCÍPIOs 1. A inclusão digital deve proporcionar o exercício da cidadania, abrindo possibilidades de promoção cultural,

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE ESPECIALISTA EM LICITAÇÕES PARA O

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

RELATÓRIO DESEMPENHO SOCIAL

RELATÓRIO DESEMPENHO SOCIAL RELATÓRIO DESEMPENHO SOCIAL ANO III Nº II 2012 Apresentação do resumo das ações de Responsabilidade Socioambiental desenvolvidas pela Interdesign Móveis Ltda no 1º semestre de 2012 que contemplam o Sistema

Leia mais

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Tecnologia da Informação CAASP DIS Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Introdução...03 Projetos e Fatos Relevantes 2008...03 Raio X de Investimentos e Custos...10 Considerações

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ESCOLA DE ATIVISMO. 31 de dezembro de 2012 SUMÁRIO

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ESCOLA DE ATIVISMO. 31 de dezembro de 2012 SUMÁRIO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ESCOLA DE ATIVISMO 31 de dezembro de 2012 SUMÁRIO BALANÇO PATRIMONIAL 02 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO PERÍODO 03 DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 04 DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

3. ORGANIZAÇÕES ELEGÍVEIS

3. ORGANIZAÇÕES ELEGÍVEIS EDITAL FLD 04/2011 SELEÇÃO DE PROJETOS DE FORTALECIMENTO DE REDES SOCIAIS QUE ATUAM NA PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COM JUSTIÇA SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICA 1. OBJETIVO Selecionar projetos

Leia mais

BDMG. Semana Mineira de Redução de Resíduos. Instrumentos Financeiros para Redução de Resíduos

BDMG. Semana Mineira de Redução de Resíduos. Instrumentos Financeiros para Redução de Resíduos BDMG Semana Mineira de Redução de Resíduos Instrumentos Financeiros para Redução de Resíduos Novembro de 2010 BDMG Desenvolvimento, inclusão social e sustentabilidade Perfil do BDMG Fundação: Lei Estadual

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP

EDITAL DE SELEÇÃO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP EDITAL DE SELEÇÃO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP REALIZAÇÃO Fone (19)3521-5012 E-mail INCAMP@unicamp.br - Site: http://www.incamp.unicamp.br 1.

Leia mais

EDITAL Nº 001/CEI/2013

EDITAL Nº 001/CEI/2013 EDITAL Nº 001/CEI/2013 O Centro de Empreendimentos em Informática do Instituto de Informática da UFRGS CEI-INF/UFRGS torna públicos os procedimentos e as condições para Seleção de propostas para instalação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO - 1 - PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar o investimento social

Leia mais

6h diárias - 11 meses

6h diárias - 11 meses 6h diárias - 11 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM AUXILIAR DE VAREJO ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral:

Leia mais

Manual de Recursos Humanos

Manual de Recursos Humanos Manual de Recursos Humanos Associação dos Amigos do Paço das Artes Francisco Matarazzo Sobrinho Organização Social de Cultura 1 Finalidade: Disponibilizar princípios básicos de gestão de pessoal que devem

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 02/2012

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 02/2012 EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 02/2012 Aviso de Divulgação de Seleção de Instrutor Pleno para as atividades de incubação de empreendimentos produtivos. REF: CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM MARKETING EMPRESARIAL E PESSOAL TERMO DE REFERÊNCIA Nº 03/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 005/2011

EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 005/2011 EDITAL DE SELEÇÃO COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO N.º 005/2011 Aviso de Divulgação de Seleção de Instrutor Pleno para as. REF: CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PARA ATENDIMENTO AO CONVENIO Nº 711591/2009 MDS/ITS/CEDEP

Leia mais

Relatório de desempenho social Maio de 2010

Relatório de desempenho social Maio de 2010 Nossa responsabilidade social BIC AMAZÔNIA S.A. Relatório de desempenho social Maio de 2010 I - APRESENTAÇÃO A unidade BIC Amazônia está localizada na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas, onde são

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO FLUXO CONTÍNUO

EDITAL DE SELEÇÃO FLUXO CONTÍNUO EDITAL DE SELEÇÃO FLUXO CONTÍNUO PROPOSTAS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UNICAMP - INCAMP REALIZAÇÃO Fone (19)3521-5012 E-mail INCAMP@unicamp.br - Site: http://www.incamp.unicamp.br

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

ÍNDICE. 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6. 2013 Demarest Advogados www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados

ÍNDICE. 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6. 2013 Demarest Advogados www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados ÍNDICE 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6 1. RESPONSABILIDADE SOCIAL 360º RESPONSABILIDADE SOCIAL 360º A Responsabilidade Social se apresenta como um tema cada vez mais

Leia mais

Detalhamento da Implementação Concessão de Empréstimos, ressarcimento dos valores com juros e correção monetária. Localizador (es) 0001 - Nacional

Detalhamento da Implementação Concessão de Empréstimos, ressarcimento dos valores com juros e correção monetária. Localizador (es) 0001 - Nacional Programa 2115 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Saúde 0110 - Contribuição à Previdência Privada Tipo: Operações Especiais Número de Ações 51 Pagamento da participação da patrocinadora

Leia mais

EDITAL FLD 02/2015 - JUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL SELEÇÃO DE PROJETOS PARA CONSERVAÇÃO DO BIOMA PAMPA E QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO

EDITAL FLD 02/2015 - JUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL SELEÇÃO DE PROJETOS PARA CONSERVAÇÃO DO BIOMA PAMPA E QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO EDITAL FLD 02/2015 - JUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL SELEÇÃO DE PROJETOS PARA CONSERVAÇÃO DO BIOMA PAMPA E QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO O projeto deve ser elaborado no formulário em WORD, disponível para download

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

Política de Logística de Suprimento

Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento Política de Logística de Suprimento 5 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas Eletrobras, através da integração

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA A ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA ESPOCC TURMAS 2014 O Observatório de Favelas torna pública, por meio desta chamada, as normas do processo de seleção de alunos para

Leia mais

VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013

VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013 VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013 ABRIL/2013 PROGRAMAÇÃO 1. OBJETIVO, OBJETO E PÚBLICO ALVO 2. CARACTERÍSTICAS 3. CATEGORIAS E COMISSÕES 4. CRITÉRIOS 5. FASES 6. FORMULÁRIO 7. VENCEDORES

Leia mais

Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica

Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica 1. APRESENTAÇÃO O Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório no curso de Engenharia Elétrica é uma atividade curricular obrigatória

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS 1. Objeto: 1.1.1. Contratação de empresa para prestação, sob demanda, de serviços de planejamento, organização, coordenação, execução, fiscalização e avaliação de eventos com a viabilização de infra-estrutura

Leia mais

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4

Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Guia do Educador CARO EDUCADOR ORIENTADOR Sumário 1. CARO EDUCADOR ORIENTADOR 3 2. PARCEIROS VOLUNTÁRIOS 3 3. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA 4 Objetivo GERAL 5 METODOLOGIA 5 A QUEM SE DESTINA? 6 O QUE

Leia mais

CARTA-CONVITE A EMPRESAS USUÁRIAS DOS RECURSOS HÍDRICOS E A FABRICANTES DE INSUMOS E EQUIPAMENTOS VINCULADOS À ÁREA DE RECURSOS HÍDRICOS

CARTA-CONVITE A EMPRESAS USUÁRIAS DOS RECURSOS HÍDRICOS E A FABRICANTES DE INSUMOS E EQUIPAMENTOS VINCULADOS À ÁREA DE RECURSOS HÍDRICOS MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA CARTA-CONVITE A EMPRESAS USUÁRIAS DOS RECURSOS HÍDRICOS E A FABRICANTES DE INSUMOS E EQUIPAMENTOS VINCULADOS À ÁREA DE RECURSOS HÍDRICOS O MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM VENDAS E COACHING EM PLANO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 07/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais)

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 05/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone:

Leia mais

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP

12/2014 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Processo Seletivo Nº. 12/2014 Convênio Nº 792864/2013 SENAES/MTE CAMP Projeto: Fortalecimento e expansão das iniciativas de Fundos Solidários na Região Sul do Brasil. Processo Seletivo objetivando a contratação

Leia mais

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB

CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB CASULO Incubadora de Empresas do UniCEUB TERMO ADITIVO AO EDITAL nº 02/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE EMPRESAS ALTERAÇÃO DE DATAS E FORMA DE APRESENTAÇÃO DE PROJETOS Apoio: Brasília, 28 de agosto de 2013.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 57, DE 23 DE MAIO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 57, DE 23 DE MAIO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 57, DE 23 DE MAIO DE 2013 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Pampa, em sua 41ª Reunião Ordinária, realizada no dia 23 de maio de 2013, no uso das atribuições que lhe são conferidas

Leia mais

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional.

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Tema 1: Eficiência Operacional Buscar a excelência na gestão de custos operacionais. Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Agilizar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) nº 001/2009

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) nº 001/2009 TERMO DE REFERÊNCIA (TR) nº 001/2009 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultor (a) para desenvolver, treinar e implantar o Sistema de Gestão de Projetos do IBAMA. 2 JUSTIFICATIVA 2.1 Contextualização: O

Leia mais

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS. Sistema. Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO DO SISTEMA ELETROBRÁS Sistema Eletrobrás Política de Logística de Suprimento do Sistema Eletrobrás POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTO 4 POLÍTICA DE Logística de Suprimento

Leia mais

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME

XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME XXV ENCONTRO NACIONAL DA UNCME Os desafios da Educação Infantil nos Planos de Educação Porto de Galinhas/PE Outubro/2015 Secretaria de Educação Básica CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL É direito dos trabalhadores

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA. Todos os profissionais do Grupo Camargo Corrêa, locados em todas as unidades e países onde o Grupo atua.

POLÍTICA CORPORATIVA. Todos os profissionais do Grupo Camargo Corrêa, locados em todas as unidades e países onde o Grupo atua. 1 Objetivos Estimular a participação cidadã dos profissionais das empresas do Grupo Camargo Corrêa em ações de voluntariado empresarial por meio do do Instituto Camargo Corrêa; Contribuir com o desenvolvimento

Leia mais

Objetivo: Nosso negócio:

Objetivo: Nosso negócio: Informações sobre o Programa Nome do Programa Bob s Melhor Idade Início do Programa: 20 de Abril de 2003 Setor responsável: Responsabilidade Social Contato: Vinitius Fernandes Cargo: Coordenador de Responsabilidade

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 008/2013

RESOLUÇÃO Nº 008/2013 RESOLUÇÃO Nº 008/2013 Súmula: Define critérios para apresentação de projetos para o valor R$966.734,86 (Novecentos e sessenta e seis mil, setecentos e trinta e quatro reais e oitenta e seis centavos) do

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Pro-Bem Assessoria e Gestão Criança

Pro-Bem Assessoria e Gestão Criança Pro-Bem Assessoria e Gestão Criança Notas Explicativas às Demonstrações Financeiras Exercício findo em 31 de dezembro de 2014 (Em Reais) 1 CONTEXTO OPERACIONAL A Pró-Bem é pessoa jurídica de direito privado,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000096/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/01/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR064426/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.042751/2011-40 DATA DO

Leia mais

03 eixos de atuação: ENSINO PESQUISA - EXTENSÃO

03 eixos de atuação: ENSINO PESQUISA - EXTENSÃO A Universidade de Cruz Alta, possui uma área construída de 35.785,92m² em seu Campus Universitário, abrigando, nesse espaço, 26 cursos de graduação, cursos de especialização e mestrado, 119 laboratórios,

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL Diretor Geral O Diretor Geral supervisiona e coordena o funcionamento das unidades orgânicas do Comité Olímpico de Portugal, assegurando o regular desenvolvimento das suas

Leia mais

Convênio 76541/2011 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 0001/2013

Convênio 76541/2011 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 0001/2013 Convênio 76541/2011 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 0001/2013 Apresentação Dados disponibilizados pelo IBGE em 2002 estimaram a coleta de aproximadamente 125.281 toneladas de resíduos domiciliares por dia no Brasil

Leia mais

Desenvolvimento e Implantação do Criptossistema da Autoridade Certificadora Raiz da ICP-Brasil

Desenvolvimento e Implantação do Criptossistema da Autoridade Certificadora Raiz da ICP-Brasil Programa 1109 Massificação da Certificação Digital ICP-Brasil Ações Orçamentárias Número de Ações 18 72640000 Produto: Sistema implantado Desenvolvimento e Implantação do Criptossistema da Autoridade Certificadora

Leia mais

Instituto Lina Galvani

Instituto Lina Galvani Balanços patrimoniais Em milhares de reais Ativo 31 de dezembro de 2011 31 de dezembro de 2010 Passivo e patrimônio social 31 de dezembro de 2011 31 de dezembro de 2010 Circulante Circulante Caixa e equivalentes

Leia mais

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte!

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte! Câmara Municipal de Barueri Conheça a Norma SA8000 Você faz parte! O que é a Norma SA 8000? A SA 8000 é uma norma internacional que visa aprimorar as condições do ambiente de trabalho e das relações da

Leia mais

Objetivos do Compromisso Bahia

Objetivos do Compromisso Bahia Objetivos do Compromisso Bahia Geral Conferir qualidade ao gasto público estadual Específicos Desenvolver uma cultura de responsabilização dos servidores em relação à gestão pública Dotar o governo de

Leia mais

Secretaria de Gestão

Secretaria de Gestão Secretaria de Gestão A Prefeitura Municipal de Salvador enfrentou alguns desafios no início da gestão Foram identificados muitos problemas relacionados aos principais aspectos para uma gestão profissional

Leia mais

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO OBJETIVO A campanha teve por objetivo implantar na Instituição a cultura da responsabilidade

Leia mais

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração

CEMIG TRADING S.A. ESTATUTO SOCIAL. CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Duração CEMIG TRADING S.A. O presente Estatuto é uma consolidação do aprovado pela Escritura Pública de Constituição, em 29-07-2002 - arquivada na JUCEMG em 12-08-2002, sob o nº 3130001701-0, e pelas Assembléias

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

Secretaria Municipal da Educação e Cultura - SMEC SALVADOR MAIO/2003

Secretaria Municipal da Educação e Cultura - SMEC SALVADOR MAIO/2003 Secretaria Municipal da Educação e Cultura - SMEC ATRIBUIÇÕES DOS GESTORES ESCOLARES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO VERSÃO PRELIMINAR SALVADOR MAIO/2003 Dr. ANTÔNIO JOSÉ IMBASSAHY DA SILVA Prefeito

Leia mais

Política de Sustentabilidade Link Server.

Política de Sustentabilidade Link Server. Página 1 de 15 Hortolândia, 24 de Janeiro de 2014. Política de Sustentabilidade Link Server. Resumo Conceitua os objetivos da Política de Sustentabilidade da Link Server. Estabelece as premissas, a governança

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS Estado do Paraná CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS Estado do Paraná CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO INSTRUÇÃO NORMATIVA CG Nº 001 DE 02 de junho de 2014 Institui o Plano de atividades de Auditoria Interna no ano de 2014 e dá outras providências. O CONTROLADOR GERAL DO MUNICPIO DE MATINHOS, no uso de

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2005 e 2004

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2005 e 2004 ABCD Instituto Consulado da Mulher Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2005 e 2004 ABCD Instituto Consulado da Mulher Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2005 e 2004 Conteúdo Parecer

Leia mais

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social - 2013 Regulamento 1. Do Conceito de Tecnologia Social 1.1 Tecnologia Social compreende produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que representem efetivas soluções de

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: 55

Leia mais

Responsabilidade Social 360º

Responsabilidade Social 360º Responsabilidade Social 360º A Responsabilidade Social se apresenta como um tema cada vez mais importante no comportamento das organizações, exercendo impactos nos objetivos, estratégias e, até mesmo,

Leia mais

Art. 5º O Plano de Capacitação dos Servidores compreende as seguintes ações:

Art. 5º O Plano de Capacitação dos Servidores compreende as seguintes ações: PORTARIA Nº 2143, DE 12 DE JUNHO DE 2003. Institui o Plano de Capacitação de Servidores e regulamenta a participação de servidores em eventos de capacitação no âmbito do TRT da 4ª Região. A PRESIDENTE

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA URI URINOVA EDITAL Nº 004/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS NO PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INTERNA A Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI, Campus

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 04-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

INCUBADORAS DE EMPRESAS. EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE

INCUBADORAS DE EMPRESAS. EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE INCUBADORAS DE EMPRESAS EDITAL SEBRAE/ANPROTEC 01/2015 Implantação e Certificação do CERNE Brasília, 2015 O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE, entidade associativa de Direito

Leia mais

Questionário para Instituidoras

Questionário para Instituidoras Parte 1 - Identificação da Instituidora Base: Quando não houver orientação em contrário, a data-base é 31 de Dezembro, 2007. Dados Gerais Nome da instituidora: CNPJ: Endereço da sede: Cidade: Estado: Site:

Leia mais

Esfera Fiscal. Subfunção Administração Geral

Esfera Fiscal. Subfunção Administração Geral Governo do do Amazonas Secretaria de de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN Sistema de Planejamento, Orçamento e Gestão do do Amazonas SPLAM Pág. 3 de 2001 - da 25000 - Secretaria de de Infraestrutura

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção:

Todos os finalistas ao Prêmio serão agarciados, de acordo com cada critério de seleção: Prêmio Empreendedor Social de Futuro 2013 Descrição A Folha de S.Paulo realiza, em 2013, a 5ª edição do Prêmio Folha Emprendedor Social de Futuro. O concurso identifica, premia e fomenta jovens líderes

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva. Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB João Batista de Oliveira Silva Superintendente Executivo Valdeci Ramos dos Santos Diretora Escolar e Gerente de Ensino Helena Mercedes Monteiro Supervisora

Leia mais

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos PROCESSO SELETIVO 2011 Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

REGULAMENTO. 1º - Serão aceitos projetos inovadores desenvolvidos em 2009 e 2010, e que já estejam no mercado por um período mínimo de 6 meses.

REGULAMENTO. 1º - Serão aceitos projetos inovadores desenvolvidos em 2009 e 2010, e que já estejam no mercado por um período mínimo de 6 meses. REGULAMENTO APRESENTAÇÃO Art. 1º O Prêmio de Nacional de Inovação na Indústria, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), com o apoio da Financiadora

Leia mais

12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS

12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS 12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS 1. APRESENTAÇÃO O Selo Ambiental de Guarulhos é uma premiação anual criada em 2002 pela Câmara Municipal de Guarulhos através do Decreto Legislativo 003/2002.

Leia mais