Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL. merck

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL. merck"

Transcrição

1

2 A Merck Brasil torna pública a abertura do programa de doações e patrocínios da empresa e define o processo seletivo para o ano de 2016, consoante os termos deste Edital. O Programa Merck Brasil de Patrocínios e Doações é um processo seletivo com abertura das inscrições no dia 18/12/2015 e encerramento no dia 29/01/2016. Tem por objetivo definir projetos a serem apoiados pela Merck em 2016, por intermédio de chamada pública, com inscrições pela Internet, análise por Comissões de Seleção Internas. A Merck acredita que as doações e patrocínios a projetos sociais sejam comprometimentos dignos e refletem o nosso compromisso com as comunidades em que atuamos. Patrocínio como o apoio financeiro concedido a projetos de iniciativas de terceiros, com o objetivo de divulgar atuação, fortalecer conceito, agregar valor à marca, e gerar reconhecimento ou ampliar relacionamento do patrocinador com seus públicos de interesse. A Merck apoia projetos: Aprovados na Lei Rouanet; no PRONAS e no PRONON. E instituições que sejam reconhecidas como de Utilidade Pública Federal e OSCIP`s.

3 A. DAS INSTITUIÇÕES E OBJETIVOS 1. Instituído pela Merck Brasil, o Edital de Projetos de Mobilização é regido pelo presente regulamento. 2. O Edital de Projetos de Mobilização tem o objetivo de estimular ações e gerar referência social em projetos de: 2.1. Mobilização em torno do conhecimento das patologias abaixo mencionadas e conscientização de seus impactos na sociedade, bem como o ativismo no que se refere ao controle social. Diabetes Doenças CardioVasculares Câncer Coloretal e Cancer Cabeça e Pescoço Esclerose Múltipla Fertilidade Doenças Raras Doenças Reumáticas Doenças da Tireoide e do Desenvolvimento/Crescimento 2.2. Mobilização social com foco em: Educação em saúde Meio ambiente Inclusão social de pessoas com necessidades especiais Crianças e Jovens em situação de vulnerabilidade social 3. O apoio é destinado a organizações que tenham demonstrado visão de eficácia e eficiência no desenvolvimento do projeto, contemplando as etapas de análise da situação a ser enfrentada, estratégias de mobilização, descrição do plano de atividades, coerência do orçamento, coerência do cronograma e formas de monitoramento através de indicadores estipulados e relacionados ao item 2. B. DAS INSCRIÇÕES 1. Toda e qualquer organização legalmente constituída em nosso País que apresente projetos aprovados pelas seguintes leis de incentivo: Rouanet, Pronon e Pronas. Também poderão enviar seus projetos, instituições que possuam as titularidades de OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público e ou Entidade Pública Federal.

4 2. O prazo do envio dos projetos vai de 18 de dezembro a 29 de janeiro. 3. Cada organização poderá enviar até 3 (três) projetos e necessariamente relacionado à patologia e ou causa em que trabalha Caso o projeto escolhido não esteja ligado a missão da instituição declarada no estatuto ou contrato social, este deve ter justificativa com base nos impactos sociais promovidos pela ação proposta. 4. Todas as organizações poderão enviar seus projetos via em arquivo PDF até às 18h do dia 29 de Janeiro de C. DOS PROJETOS 1. Os projetos deverão ser apresentados de acordo com o modelo anexo contendo: 1) Informações gerais sobre a instituição ou proponente. 1) Visão que a organização possui sobre o momento atual da patologia ou situação social no país ou em sua região de atuação 2) As estratégias do projeto, deixando de forma clara como a organização pretende trabalhar a ação. 3) A descrição das atividades por estratégia com a respectiva expectativa de gastos e cronograma de implantação e as contrapartidas que viabilizem a totalidade do orçamento com a identificação da origem dos recursos próprios ou de terceiros. 4) As formas de avaliação do projeto com descrição dos indicadores, a fonte e frequência de coleta dos mesmos. Obs: fotos, tabelas, quadros auxiliares e textos complementares poderão, também, ser agregados ao documento e apresentado como anexo. D. DO JÚRI E DO JULGAMENTO 1. Os projetos inscritos serão avaliados por 4 (quatro) membros do Comitê de Sustentabilidade da Merck Brasil - compliance - financeiro

5 - comunicação - responsabilidade social 2. O comitê é soberano e sobre seu julgamento não caberá recurso algum. 3. Durante o processo de julgamento, se necessário, o comitê poderá, por meio da área de RSS da Merck Brasil, pedir informações complementares sobre as ações em análise, bem como comprovações dos dados apresentados. 4. Os arquivos em PDF dos participantes do edital para Projetos de Mobilização Social ficarão sob a responsabilidade da área de RSS da Merck Brasil durante todo o processo. 5. A gerência da área de RSS fará a comunicação oficial dos resultados do julgamento em 14 de março de Serão divulgados por por e na página da Merck projeto vencedor será aquele que tiver a melhor pontuação acumulada entre os jurados conforme os itens e ponderações abaixo: A Análise da situação atual peso 1 B Criatividade das estratégias e coerência com os resultados apresentados peso 3 C Apresentação objetiva das atividades por estratégia peso 1 D Coerência das atividades com o cronograma e o orçamento apresentado peso 2 E Objetividade dos indicadores frente aos resultados esperados peso 2 F Formas de monitoramento do projeto peso 1 6. Cada membro do Comitê de Responsabilidade poderá classificar o projeto em cada quesito em não aplicável, aplicável com melhorias e aplicável. Cada quesito terá que ser acompanhado de uma nota que varia conforme a tabela abaixo Não Aplicável de 0 a 3 pontos Aplicável com melhorias de 4 a 7 pontos Aplicável de 8 a 10 pontos Em caso de empate, o Comitê de Sustentabilidade irá criar um novo critério de julgamento e os membros darão sua nota, até que o empate em notas seja resolvido. E. DO APOIO 1. Serão apoiados os projetos considerados merecedores pelo Comitê de Sustentabilidade Merck Brasil.

6 2. Os projetos não classificados não serão divulgados, em nenhuma hipótese. A Merck Brasil desobriga-se de tornar pública a relação dos concorrentes inscritos. Tais projetos ficarão guardados, sob sigilo, nos arquivos da área de RSS da Merck Brasil, até a divulgação dos resultados. Depois desta data e celebrados os contratos de apoio os arquivos serão deletados. 3. O investimento social aplicado a cada projeto selecionado, será destinado na forma de contratos de apoio e ou patrocínio e o seu processo se iniciará na semana subsequente ao da divulgação dos resultados. F. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 1. As questões não previstas neste regulamento serão resolvidas pela área de RSS da Merck Brasil. Mais informações através do com Mayra Barreto. 1.1) Instituição NOME DA ASSOCIAÇÃO: CNPJ: ENDEREÇO: TITULARIDADE: CEP: NOME DO RESPONDENTE: CARGO: TELEFONE:

7 1.2) Projeto NOME DO PROJETO: TIPO DE INCENTIVO E NÚMERO DE INSCRIÇÃO: ( ) Doaçao OSCIP ou Entidades de Utilidade Pública Federal. ( ) Pronas ( ) Pronon ( ) Lei Rouanet Este é apenas um modelo de como os projetos devem ser enviados. O PDF do nosso edital não é editável. BREVE DESCRIÇÃO: LOCAL Data e duração : PÚBLICO ALVO: Número de pessoas impactadas: CUSTO GERAL: Recurso solicitado a Merck Brasil: CONTRAPARTIDA INSTITUCIONAL: 2. Cenário geral para aplicação do projeto: Visão que a organização possui sobre o momento atual da patologia ou situação social no país ou em sua região de atuação. 3. Objetivo, metodologia e monitoramento: Apresente as estratégias do projeto, deixando de forma clara como a organização pretende trabalhar a ação. Descrição das atividades por estratégia com a respectiva expectativa de gastos e cronograma de implantação e as contrapartidas que viabilizem a totalidade do orçamento com a identificação da origem dos recursos próprios ou de terceiros.

8 3.1 Objetivos: OBJETIVO ESPECÍFICO AÇÃO RESULTADOS ESPERADOS (qualitativos e quantitativos) 3.2. Atividades Atividades

9 4. ORÇAMENTO Detalhe o orçamento conforme as etapas do cronograma. Atividades Descrição dos recursos necessários Valor Total 5. AVALIAÇÃO As formas de avaliação do projeto com descrição dos indicadores, a fonte e frequência de coleta dos mesmos. Resultados Indicadores Link do Relatório de Sustentabilidade:

1. Instituído pela Genzyme do Brasil, o Edital do PAPAP é regido pelo presente regulamento.

1. Instituído pela Genzyme do Brasil, o Edital do PAPAP é regido pelo presente regulamento. A Genzyme do Brasil ( Genzyme ) torna pública a abertura do Edital 001/2015 para o Programa de Apoio aos Projetos de Associações de Pacientes ( PAPAP ) e define o processo seletivo para o ano de 2016,

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS

POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS sicoobcentro.com.br POLÍTICA DE APOIO A PROJETOS SOCIAIS Cooperativa de Crédito *Esta Política de Apoio a Projetos Sociais é baseada no projeto da Cooperativa Sicoob Credip* ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...3

Leia mais

Prêmio Ouvidorias Brasil. Edição 2015

Prêmio Ouvidorias Brasil. Edição 2015 Prêmio Ouvidorias Brasil Edição 2015 1. Inscrições a) Quem poderá participar do Prêmio Ouvidorias Brasil edição 2015? Poderá se inscrever e participar do Prêmio Ouvidorias Brasil edição 2015 organizações

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e caráter jurídico próprio, de natureza civil, constituídas para prestar serviços aos cooperados. Sua missão é promover a qualidade de

Leia mais

PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO

PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO Sumário 1. O EDITAL... 2 1.1. Natureza e objetivos... 2 1.2. Princípios orientadores... 2 1.3. Foco temático do edital... 2 2. QUEM PODE PARTICIPAR...

Leia mais

Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL

Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL A Merck Brasil torna pública a abertura do programa de doações e patrocínios da empresa e define o processo seletivo para o ano de 2017, consoante os termos deste Edital. O Programa Merck Brasil de Patrocínios

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER 1. O Prêmio 1.1. Apresentação O Prêmio Fortalecer é uma iniciativa da ThyssenKrupp CSA Siderúrgica do Atlântico (TKCSA), dentro do escopo do PROGRAMA FORTALECER. Este prêmio

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O CONCURSO VALORIZANDO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE, EDIÇÃO 2012.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O CONCURSO VALORIZANDO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE, EDIÇÃO 2012. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O CONCURSO VALORIZANDO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE, EDIÇÃO 2012. A Coordenadoria Setorial de Gestão de Desenvolvimento de Pessoas

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL EDITAL DE SELEÇÃO E FINANCIAMENTO DE PROJETOS ESCOTEIROS -1/2013 A União dos Escoteiros do Brasil torna público o Edital para seleção e financiamento de projetos escoteiros,

Leia mais

Política de Patrocínio Cultural

Política de Patrocínio Cultural I. DEFINIÇÃO A Política de Patrocínio Cultural B. Braun foi elaborada com base nas estratégias corporativas definidas em seu Plano Estratégico, que vem a ressaltar seu compromisso com a responsabilidade

Leia mais

EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015

EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015 EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015 A Novelis, líder global em laminados e reciclagem de alumínio, está presente em 11 países com 26 instalações operacionais e conta

Leia mais

EDITAL 016/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2015

EDITAL 016/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO CÂMPUS CAPIVARI EDITAL 016/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2015 O Diretor do câmpus Capivari do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014

REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 REGULAMENTO Prêmio IEL de Estágio 2014 Curitiba, Fevereiro de 2014 Sumário 1. O PRÊMIO... 3 2. OBJETIVOS... 4 3. CATEGORIAS DE PREMIAÇÃO... 5 4. ETAPAS DE AVALIAÇÃO... 5 5. PREMIAÇÃO... 5 6. PARTICIPAÇÃO/INSCRIÇÃO...

Leia mais

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA

EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA EDITAL PRÊMIO GUNGA IDENTIDADE E CULTURA 1. APRESENTAÇÃO Com base nos valores da economia solidária e da cultura livre, o Estúdio Gunga empresa de comunicação focada na criação de sites, editoração gráfica,

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2014

CHAMADA PÚBLICA 2014 EDITAL N º 34/PROPPI/2014 CÂMPUS URUPEMA CHAMADA PÚBLICA 2014 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO CÂMPUS URUPEMA EXECUÇÃO:

Leia mais

II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL

II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL Disposições iniciais Este regulamento é um documento composto pelo conjunto de disposições que regem o Concurso de Projetos Ambientais

Leia mais

EDITAL N.º01/2015 1. APRESENTAÇÃO

EDITAL N.º01/2015 1. APRESENTAÇÃO EDITAL N.º01/2015 O Conselho Municipal do Idoso CMI, no uso das atribuições legais que lhe confere a Lei Municipal N.º 3.548 de 24 de março de 2009, torna público que está disponibilizando recursos oriundos

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ - IFPI PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ - IFPI PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX SELEÇÃO DE PROJETOS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO PROAEX/IFPI SUBPROGRAMA INSTITUCIONAL DE PRÉ-INCUBAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS INOVADORES E PROJETOS EMPRESAS Jr EDITAL PIBEX In nº. 062/2014

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 1/2013 PROGRAMA ESPM TRANSFORMA - INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS

EDITAL INTERNO Nº 1/2013 PROGRAMA ESPM TRANSFORMA - INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS EDITAL INTERNO Nº 1/2013 PROGRAMA ESPM TRANSFORMA - INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS A Vice Presidência Acadêmica da ESPM, por meio do Núcleo de Práticas Pedagógicas (NPP) e do Centro de Altos Estudos (CAEPM), convida

Leia mais

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações?

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? SESI Empreendedorismo Social Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? REGULAMENTO SESI Empreendedorismo Social A inovação social é o ponto de partida para um novo modelo que atende

Leia mais

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA REGULAMENTO A Universidade Comunitária da Região de Chapecó, em conjunto com a Caixa Econômica Federal, abre inscrições para 6º Prêmio Unochapecó/Caixa de Jornalismo Ambiental 2014 e dá outras providências.

Leia mais

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO REGULAMENTO Este Regulamento estabelece normas, condições e diretrizes para a realização da II Edição do Prêmio Mulher de Negócios de Caieiras, promovido pela Prefeitura Municipal de Caieiras, Secretaria

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/IFSP EDITAL N 075/2010

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/IFSP EDITAL N 075/2010 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/IFSP EDITAL N 075/2010 A Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 Instituto Marca de Desenvolvimento Socioambiental - IMADESA SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS SOCIAIS EDITAL 2014 >> Leia com atenção o Edital antes de preencher o formulário para apresentação de projetos. I.

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL - N º 30/PROPPI/2015 CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO- PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO EXECUÇÃO: SETEMBRO À DEZEMBRO DE 2015

Leia mais

3º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS E PREVIDÊNCIA PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PELA LEI DE INCENTIVO FISCAL 8.069/1990 NA CIDADE DE SÃO PAULO

3º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS E PREVIDÊNCIA PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PELA LEI DE INCENTIVO FISCAL 8.069/1990 NA CIDADE DE SÃO PAULO 3º EDITAL SULAMÉRICA SEGUROS E PREVIDÊNCIA PARA CAPTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS PELA LEI DE INCENTIVO FISCAL 8.069/1990 NA CIDADE DE SÃO PAULO I. APRESENTAÇÃO A SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos

Leia mais

PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO

PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO A palavra SUTENTABILIDADE, derivada de sustentável tem origem no latim "sustentare", que significa sustentar, apoiar, conservar. O conceito de sustentabilidade

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

Política de Patrocínios e Doações da Volvo do Brasil

Política de Patrocínios e Doações da Volvo do Brasil Política de Patrocínios e Doações da Volvo do Brasil Data de publicação: 10/07/2007 Última atualização: 10/07/2007 APRESENTAÇÃO Os patrocínios exercem um importante papel na estratégia de comunicação e

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO - 1 - PROCESSO SELETIVO 2011 FUNDO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (FIA) REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar o investimento social

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS Junho, 2006 Anglo American Brasil 1. Responsabilidade Social na Anglo American Brasil e objetivos deste Manual Já em 1917, o Sr. Ernest Oppenheimer, fundador

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIOS EMPIRIKOS

REGULAMENTO DESAFIOS EMPIRIKOS 1 REGULAMENTO DESAFIOS EMPIRIKOS JUSTIFICATIVA A inserção de assuntos relacionados à ciência e à tecnologia em nossa vida caracteriza o que chamamos de cultura científica. Esse tipo específico de cultura

Leia mais

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS OS INCENTIVOS FISCAIS Incentivos fiscais são instrumentos utilizados pelo governo para estimular atividades específicas, por prazo determinado (projetos). Existem

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL N º 10/PROPPI/2015 Retificado CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO Câmpus SÃO MIGUEL DO OESTE

Leia mais

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor;

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor; REGULAMENTO 3º Prêmio UniBH de Sustentabilidade 1 CARACTERIZAÇÃO 1.1 O Prêmio UniBH de Sustentabilidade tem o propósito de identificar, reconhecer, valorizar e premiar os esforços dos alunos e dos professores

Leia mais

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA 1. OBJETIVOS O 1º Prêmio Sport Infratech de Infraestrutura Esportiva visa reconhecer o esforço de organizações e profissionais envolvidos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 01/2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 01/2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 01/2012 Edital de Seleção de Bolsistas de Extensão para o Projeto de Extensão "Ações de extensão para a inclusão digital da juventude

Leia mais

EDITAL Nº 061/2014 PROEX/IFPI

EDITAL Nº 061/2014 PROEX/IFPI SELEÇÃO DE PROJETOS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO - ProAEx/IFPI SUBPROGRAMA IFPI EM AÇÃO SOCIAL PROJETOS DE INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA - PRO-IC EDITAL Nº 061/2014 PROEX/IFPI A Pró-Reitoria

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO PRESIDÊNCIA ASSESSORIA DE MARKETING GESTÃO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Primeiro Concurso de Desenho, Poesia e Redação da DESO: Por uma cultura de Saneamento Ambiental

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO SINDITÊXTIL-SP INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

REGULAMENTO PRÊMIO SINDITÊXTIL-SP INOVAÇÃO TECNOLÓGICA 1 / 7 1. APRESENTAÇÃO O Prêmio SINDITÊXTIL-SP Inovação Tecnológica foi criado em 2011 pelo Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem do Estado de São Paulo SINDITÊXTIL SP com objetivo de homenagear

Leia mais

2.2 - O(A) candidato a avaliador deve possuir currículo atualizado na Plataforma Lattes;

2.2 - O(A) candidato a avaliador deve possuir currículo atualizado na Plataforma Lattes; EDITAL PROEX/IFRR - Nº 002/2014 - Processo seletivo para constituição do Banco de avaliadores do Programa Institucional de Bolsa Acadêmica de Extensão-IFRR. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. As presentes disposições visam regulamentar o Programa Parceiros em Ação, instituído pela Área de Responsabilidade Social do BANCO

Leia mais

Edital Projetos de Mobilização Social

Edital Projetos de Mobilização Social A Merck Brasil torna pública a abertura do programa de doações e patrocínios da empresa e define o processo seletivo para o ano de, consoante os termos deste Edital. O Programa Merck Brasil de Patrocínios

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O Premiação para associações comunitárias, empreendedores sociais, institutos de pesquisa, micro e pequenas empresas, ONGs e universidades sobre Iniciativas Inovadoras em Sustentabilidade R E G U L A M E

Leia mais

EDITAL Nº 01, de 21 de março de 2013

EDITAL Nº 01, de 21 de março de 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE ACADÊMICA EM DIREITO CCJS/UFCG/SOUSA-PB PROGRAMA

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015. SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA SEM FINANCIAMENTO EXTERNO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ PRPPG/DPI, Campus ITABIRA

EDITAL Nº 001/2015. SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA SEM FINANCIAMENTO EXTERNO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ PRPPG/DPI, Campus ITABIRA EDITAL Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA SEM FINANCIAMENTO EXTERNO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ PRPPG/DPI, Campus ITABIRA 1. OBJETIVO: O presente Edital tem por objetivo selecionar

Leia mais

Lei do Audiovisual IN 81 de 2008.

Lei do Audiovisual IN 81 de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 81, DE 28 DE OUTUBRO DE 2008. Estabelece procedimentos sobre a apresentação de relatórios de gestão e prestação de contas em Programas Especiais de Fomento. A DIRETORIA COLEGIADA

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

CAMPUS XANXERÊ CHAMADA PÚBLICA

CAMPUS XANXERÊ CHAMADA PÚBLICA EDITAL N º 26 /PROPPI/2015 CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO PERÍODO DE EXECUÇÃO: JULHO A DEZEMBRO/2015

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APOIO A MELHORIA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO Edital de Melhoria dos Laboratórios de Ensino

Leia mais

Concurso de Fotografia Um Olhar sobre o Lago. Regulamento

Concurso de Fotografia Um Olhar sobre o Lago. Regulamento Concurso de Fotografia Um Olhar sobre o Lago. Regulamento 1. Disposições Gerais 1.1. O Concurso de Fotografia Um Olhar sobre Lago promovido pela INVESTCO e organizado pelo CEULP/ULBRA é aberto a fotógrafos

Leia mais

I. Da Instituição e Objetivos:

I. Da Instituição e Objetivos: Regulamento I. Da Instituição e Objetivos: 1.1. O, abreviadamente CEME, é órgão integrante da FACIAP FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E EMPRESARIAIS DO PARANÁ, subordinando-se ao seu estatuto e às

Leia mais

EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga

EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga A Direção Geral do campus Itapetininga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), torna

Leia mais

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE 1 REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE A Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (ECPBG) torna público o regulamento do 1º Concurso Inovação no TCE-PE, que será regido de acordo com

Leia mais

COMISSÃO DE PESQUISA FACULDADE REDENTOR EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

COMISSÃO DE PESQUISA FACULDADE REDENTOR EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Iniciação Científica COMISSÃO DE PESQUISA FACULDADE REDENTOR EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Pelo presente edital ficam estabelecidos os critérios e as vagas relativas ao processo

Leia mais

PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011

PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011 PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA PROCESSO SELETIVO 2011 Junho/2011 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. QUEM PODERÁ CONCORRER... 3 3. QUE TIPOS DE PROJETO PODERÃO SER APOIADOS... 4 4. QUAIS SÃO OS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO...

Leia mais

PROGRAMA DE EXTENSÃO DA FASETE - PROESETE Edital de 15 de setembro de 2015.

PROGRAMA DE EXTENSÃO DA FASETE - PROESETE Edital de 15 de setembro de 2015. Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão da Faculdade Sete de Setembro PROGRAMA DE EXTENSÃO DA FASETE - PROESETE Edital de 15 de setembro de 2015. Considerando que a extensão universitária constitui um processo

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA XI PRÊMIO SER HUMANO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DE PESSOAS ABRH- MG MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA BELO HORIZONTE, DEZEMBRO DE 2011. MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA REGULAMENTO

Leia mais

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor.

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor. PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / PROFISSIONAL A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Profissional premia casos de caráter técnico

Leia mais

EDITAL DESAFIO. Conferência Mapa Educação

EDITAL DESAFIO. Conferência Mapa Educação EDITAL DESAFIO Conferência Mapa Educação 1 APRESENTAÇÃO O Movimento Mapa Educação é um movimento que tem como objetivo engajar o jovem no debate nacional para uma educação de maior qualidade. Na nossa

Leia mais

CONSELHO DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO DA FASETE - CEPEX REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FASETE PROICSETE

CONSELHO DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO DA FASETE - CEPEX REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FASETE PROICSETE CONSELHO DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO DA FASETE - CEPEX REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FASETE PROICSETE RESOLUÇÃO CONSUP Nº 010/2005 PAULO AFONSO-BA Setembro de 2015 1 APRESENTAÇÃO A

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 024/2015 PRPGP/UFSM Programa PROIC-HUSM Programa de Bolsas de Iniciação Científica ou Auxílio

Leia mais

EDITAL Nº 003/2014 SETUR/RS

EDITAL Nº 003/2014 SETUR/RS EDITAL Nº 003/2014 SETUR/RS A SECRETARIA DE ESTADO DO TURISMO DO RIO GRANDE DO SUL SETUR/RS, torna público o presente EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA, visando à seleção de projetos com práticas inovadoras e

Leia mais

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário 2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário da Universidade Federal de Goiás CATEGORIA 2 EMPREENDEDORISMO SOCIAL Agosto de 2015 REGULAMENTO CATEGORIA 2 EMPREENDEDORISMO SOCIAL 1. APRESENTAÇÃO A Categoria

Leia mais

EDITAL UNIFEM. Podem ser apresentados projetos de organizações da sociedade civil que cumpram os seguintes requisitos mínimos:

EDITAL UNIFEM. Podem ser apresentados projetos de organizações da sociedade civil que cumpram os seguintes requisitos mínimos: EDITAL UNIFEM 2010 O Escritório Sub-Regional do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher para Brasil e países do Cone Sul (Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai) convida organizações

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL N º 13 /PRPPGI/2015 CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS COM FINALIDADE DIDÁTICO- PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO EXECUÇÃO: MAIO A NOVEMBRO DE 2015. A Reitora

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO. TEMA: Pequenas corrupções - Diga não

REGULAMENTO DO CONCURSO. TEMA: Pequenas corrupções - Diga não REGULAMENTO DO CONCURSO 7º Concurso de Desenho e Redação da Controladoria-Geral da União Ensino fundamental e médio TEMA: Pequenas corrupções - Diga não OBJETIVO O 7º Concurso de Desenho e Redação, promovido

Leia mais

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos PROCESSO SELETIVO 2011 Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar

Leia mais

1º PRÊMIO ENFIL DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA AMBIENTAL REGULAMENTO 2012 DOS OBJETIVOS

1º PRÊMIO ENFIL DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA AMBIENTAL REGULAMENTO 2012 DOS OBJETIVOS 1º PRÊMIO ENFIL DE INOVAÇÃO EM TECNOLOGIA AMBIENTAL REGULAMENTO 2012 DOS OBJETIVOS Artigo 1º - O Prêmio Enfil de Inovação em Tecnologia Ambiental irá contemplar o autor e o orientador da melhor Dissertação

Leia mais

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO

Valorizando ideias e experiências participativas que promovam o direito humano à educação REGULAMENTO REGULAMENTO 1. O RECONHECIMENTO PÚBLICO DE OLHO NOS PLANOS 1.1. O Reconhecimento Público é uma ação da iniciativa De Olho nos Planos, composta pelos seguintes parceiros: Ação Educativa, UNICEF, Campanha

Leia mais

Regulamento Prêmio Bom Design 2015

Regulamento Prêmio Bom Design 2015 Regulamento Prêmio Bom Design 2015 (Projetos de janeiro de 2014 até julho 2015) a. CARACTERIZAÇÃO O Prêmio Bom Design é uma premiação dos trabalhos de graduação e equivalentes das instituições de ensino

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) torna pública, através da Diretoria de Inovação e Empreendedorismo (DINE) da Pró-Reitoria para Assuntos de

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 I OBJETIVO DA PREMIAÇÃO 1.1 - O PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 é uma iniciativa do SINEPE/PR

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO-ADMINISTRATIVO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E INOVAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO RESOLUÇÃO Nº 113, DE 11 DE SETEMBRO DE 2014

CONSELHO CIENTÍFICO-ADMINISTRATIVO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E INOVAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO RESOLUÇÃO Nº 113, DE 11 DE SETEMBRO DE 2014 CONSELHO CIENTÍFICO-ADMINISTRATIVO DA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E INOVAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO RESOLUÇÃO Nº 113, DE 11 DE SETEMBRO DE 2014 Regulamenta a concessão de Auxílio para Apoio a Incubadoras

Leia mais

MARCA do Projeto de Acessibilidade e Inclusão

MARCA do Projeto de Acessibilidade e Inclusão MARCA do Projeto de Acessibilidade e Inclusão Concurso dos Escoteiros do Brasil Região do Rio grande do Sul MISSÃO A missão do escotismo é contribuir para a educação do jovem, baseado em sistema de valores

Leia mais

PROJETO ABC DA ENERGIA. Gerência de Relacionamento com Cliente

PROJETO ABC DA ENERGIA. Gerência de Relacionamento com Cliente PROJETO ABC DA ENERGIA Gerência de Relacionamento com Cliente Agosto/2015 Projeto ABC da Energia A Celpa, Centrais Elétricas do Pará, promove, através do projeto ABC da energia, a gincana com a temática:

Leia mais

Regulamento do Concurso Cultural de produção de Curtas da Edição 2014 do Projeto CURTA NA EDUCAÇÃO: Curta Direitos Humanos na Educação. 1.

Regulamento do Concurso Cultural de produção de Curtas da Edição 2014 do Projeto CURTA NA EDUCAÇÃO: Curta Direitos Humanos na Educação. 1. Regulamento do Concurso Cultural de produção de Curtas da Edição 2014 do Projeto CURTA NA EDUCAÇÃO: Curta Direitos Humanos na Educação. 1. O Concurso de produção de Curtas para a Edição Temática 2014 do

Leia mais

Serviço Público Federal. Ministério da Educação. Universidade Federal Fluminense

Serviço Público Federal. Ministério da Educação. Universidade Federal Fluminense A parte de imagem com identificação de relação rid6 não foi encontrada no arquivo. Serviço Público Federal Ministério da Educação Universidade Federal Fluminense Edital para submissão de projetos da AGENDA

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 004/2012 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE TERCEIROS PESSOA FÍSICA TIPO: MELHOR TÉCNICA

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 004/2012 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE TERCEIROS PESSOA FÍSICA TIPO: MELHOR TÉCNICA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 004/2012 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE TERCEIROS PESSOA FÍSICA TIPO: MELHOR TÉCNICA O Centro de Estudos de Cultura Contemporânea CEDEC, entidade privada sem fins lucrativos,

Leia mais

FUNDO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DAS FEDERADAS E NÚCLEOS ASSOCIATIVOS DA ABP FADEF/ABP

FUNDO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DAS FEDERADAS E NÚCLEOS ASSOCIATIVOS DA ABP FADEF/ABP EDITAL 004/2015/FADEF FUNDO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DAS FEDERADAS E NÚCLEOS ASSOCIATIVOS DA ABP FADEF/ABP A Associação Brasileira de Psiquiatria ABP torna público e convoca os interessados a apresentarem

Leia mais

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE Prêmio Socioambiental CHICO MENDES PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE REGULAMENTO 1 DO PROMOTOR E OBJETIVOS 1.1 - A realização da

Leia mais

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013 1ª edição 1 DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO 1.1 O Sinduscon Premium Etapa Litoral Norte 1ª edição instituído pelo SINDUSCON RS, Sindicato das Indústrias

Leia mais

Política de investimento esportivo 3M

Política de investimento esportivo 3M 1. Objetivo Política de investimento esportivo 3M A presente política tem por finalidade estabelecer os critérios para investimento em projetos e programas esportivos e que sejam passíveis de usufruírem

Leia mais

FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO SUL - FADERGS INSTITUTO JÚNIOR DE CONSULTORIA EMPRESARIAL - FADERGS EMPRESA JR.

FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO SUL - FADERGS INSTITUTO JÚNIOR DE CONSULTORIA EMPRESARIAL - FADERGS EMPRESA JR. FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO SUL - FADERGS INSTITUTO JÚNIOR DE CONSULTORIA EMPRESARIAL - FADERGS EMPRESA JR. PROJETO O.N.E PROJETO DE ORIENTAÇÃO À NOVOS EMPREENDEDORES EDITAL 001/2014

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA EDITAL SEED-AP Nº 001/2014 GAB/PERGE/SEED. A Secretária de Estado de Educação do Amapá, no uso de suas atribuições, torna pública a realização do II Prêmio Estadual de Referência em Gestão Escolar 2014,

Leia mais

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa)

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) A categoria SUSTENTABILIDADE é a antiga categoria Indústria

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE

POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE POLÍTICA DE PATROCINIO DA CAGECE A Política de Patrocínio da Cagece que compreende o apoio financeiro concedido a projetos institucionais, culturais, sociais, ambientais e esportivos de iniciativa de terceiros,

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015.

REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015. REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015. Justificativa O Prêmio Gandhi de Comunicação é uma iniciativa da Agência da Boa Notícia, Organização

Leia mais

PROJETO IMAGINAR CONTADORES DE HISTÓRIA DA UNICARIOCA

PROJETO IMAGINAR CONTADORES DE HISTÓRIA DA UNICARIOCA PROJETO IMAGINAR CONTADORES DE HISTÓRIA DA UNICARIOCA A UniCarioca, por meio do Núcleo de Ação Socioambiental (NASA) convida seus alunos a participarem da SEGUNDA EDIÇÃO do projeto IMAGINAR (inicialmente

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Indústria 2) Comércio 3) Serviços 4) Agronegócio DO OBJETIVO

REGULAMENTO. 1) Indústria 2) Comércio 3) Serviços 4) Agronegócio DO OBJETIVO REGULAMENTO DO OBJETIVO Art. 1º. O PRÊMIO JOVEM TALENTO EMPREENDEDOR é uma iniciativa da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego,

Leia mais

EDITAL DE APOIO A INICIATIVAS DE JOVENS PELA PROTEÇAO DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DURANTE A COPA DO MUNDO DE 2014

EDITAL DE APOIO A INICIATIVAS DE JOVENS PELA PROTEÇAO DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DURANTE A COPA DO MUNDO DE 2014 EDITAL DE APOIO A INICIATIVAS DE JOVENS PELA PROTEÇAO DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DURANTE A COPA DO MUNDO DE 2014 INTRODUÇÃO Esse edital é fruto de uma parceria entre a Childhood Brasil e a OAK Foundation

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ COORDENADORIA DE COOPERAÇÃO SOCIAL

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ COORDENADORIA DE COOPERAÇÃO SOCIAL FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ COORDENADORIA DE COOPERAÇÃO SOCIAL EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO SOCIAL PARA DESENVOLVIMENTO TERRITORIALIZADO - CSDT/ FIOCRUZ - 01/2009 A Fundação Oswaldo Cruz, CNPJ

Leia mais

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA (PJT CIC) DIRETRIZES

PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA (PJT CIC) DIRETRIZES PROGRAMA JOVENS TALENTOS PARA A CIÊNCIA (PJT CIC) DIRETRIZES SOBRE O PROGRAMA Em 2012 a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico

Leia mais

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS - TOP MINIEMPRESA ESCOLA E TOP STARTUP ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS Versão Fevereiro 2015 APRESENTAÇÃO Criado em 2006, o Instituto Morena Rosa de Sustentabilidade, Cultura e Desenvolvimento Humano (IMR) é responsável por gerenciar o investimento

Leia mais