Dicas e truques: Planejamento e Fluxo de Trabalho da Vagalume Animation Studios

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dicas e truques: Planejamento e Fluxo de Trabalho da Vagalume Animation Studios"

Transcrição

1 Dicas e truques: Planejamento e Fluxo de Trabalho da Vagalume Animation Studios Heber Conde Vagalume Animation Studios Demonstração de técnicas intermediárias e avançadas em 3DS MAX. Apesar de tratarmos de técnicas bastante complexas, a palestra será ágil e degustável a todos os níveis de usuários. Objetivo de aprendizado Ao final desta palestra você terá condições de: Conhecer os processos pro trás dos Estúdios Vagalume Entender como combinar diferentes técnicas para a obtenção de um resultado complexo O aluno deverá ser capaz de iniciar um estudo na com Particle Flow Iniciar seus estudos em mparticles Iniciar seus estudos com Data Operators Sobre o Palestrante Após 8 anos como technical Director na Atitude Midia Digital, fundei ha 7 a Vagalume Animation Studios para entrar no mercado publicitário e iniciar um projeto solido de licenciamento de produto. Pelo exercício me formei Character TD, especialista em simulação e artista generalista. Como diretor publicitário, assinei e co-dirigi alguns filmes, sempre em animação ou efeitos especiais. Estudante assíduo, ainda hoje, estuda pelo menos 10 horas por semana para manter-se em desenvolvimento. Ministrei por 4 anos e implementei os cursos de personagem avançado na Cadritech (curso autorizado Autodesk), fui professor Universitário e Demo Artist Autodesk Brasil de Max e Motion Builder. Atualmente dirijo o estúdio ao lado do meu sócio (Yohann) e atuo como Diretor comercial e executivo do estúdio. Mais de 15 anos de 3D Studio no curriculum e aprendendo.

2 Vagalume Animation Studios A partir do momento em que se desligou do cargo de diretor do departamento 3D da Atitude Mídia Digital, Heber Conde, trocou uma promissora carreira no mercado de web meeting e treinamento voltados aos maiores grupos farmacêuticos do país pela incerteza de seguir carreira solo como fundador de um estúdio voltado para produção de animação digital e efeitos especiais para o mercado publicitário e de entretenimento. Nascia então, em março de 2005 a Vagalume Animation Studios. Sua operação inicialmente seguia através de home-office, com raros freelances que pontuavam alguns trabalhos, já que o próprio Heber conseguia dar vasão a demanda da empresa. Já no final daquele mesmo ano a necessidade de uma estrutura física e de uma equipe fixa crescia à medida que o número de trabalhos, sempre desafiadores aumentava. Assim em Janeiro de 2006 a Vagalume instalava-se em sua sede em Santo Amaro e os novos colaboradores iniciavam na produção efetiva. Colaboradores estes que vieram em sua maioria dos cursos especializados da Cadritech Computação Gráfica, onde Heber Conde foi por alguns anos titular do curso de animação de personagens. E esse era um fator importante para Vagalume estabelecer suas raízes: formar profissionais dentro do seu workflow, com o seu know-how, criando uma base mais sólida e um robusto pipeline de produção. 2

3 Ainda que produzam de forma competente efeitos especiais realistas, o trabalho com personagens sempre liderou a Vagalume, chegando muitas vezes a buscar trabalhos desafiadores nesse sentido, mesmo com orçamentos restritivos. Esse desenvolvimento técnico que vem se desenvolvendo desde a fundação, hoje é questão de orgulho e nos coloca em um seleto grupo junto a outros players do mercado. Seja pela sua experiência de longa data em trabalhos robustos, seja pela qualidade conferida aos mesmos, a Vagalume busca cada vez mais elevar não somente o seu nível, mas o do mercado nacional, pois nessa vitrine de serviços em que se converteu a internet, acreditamos que qualidade seja fator determinante para tomada de decisão de investidores internacionais. Cuide dos meios, os fins cuidarão se sí mesmos - Gandhi 3

4 TIPS AND TRICKS INTRODUÇÃO Ao longo dos anos o 3D Max vem se consolidando como uma das ferramentas de simulação mais poderosas do mercado. Criativos e inovadores desenvolvedores como a Thinkbox, criadores do poderoso Krakatoa e a Sitni Satnov, responsável pelo fume FX entre outros, tem expandido consideravelmente as possibilidades das ferramentas nativas no software e agora a Autodesk acaba de incorporar ao max 2013 as reconhecidas ferramentas Box#2 e Box#3 (mparticles e Advanced Data Manipulation toolset), desenvolvidos até então pela Orbaz Technologies. Muito além das estrelinhas brilhantes, partículas hoje controlam simulações em tecidos, explosões e fragmentações complexas, modelagens procedurais e permeiam muito mais soluções do que inicialmente imagina-se. Tal versatilidade tem ficado cada vez mais acessível através de ferramentas mais intuitivas e flexíveis, atendendo do usuário iniciante até as necessidades mais complexas comumente exigidas em produções publicitárias e cinematográficas. Essa rápida apresentação tem o objetivo de expandir o conhecimento do público em soluções de simulação, e elucidar o caminho autodidata que cada um terá que traçar até o completo domínio das ferramentas aqui apresentadas. PARTICLE FLOW Conhecimentos Fundamental O particle flow é o sistema baseado em eventos, nativo, de partículas do 3D Max. Partículas são pontos com dimensão de 1x1x1, sujeitos a forças internas do sistema (velocidade, rotação, forças vetoriais, etc) ou externas (max standard forces Wind, gravity, drag, etc) que pela multiplicação de suas dimensões não se acumulam em estado original, característica contornável com o advento das mparticles no 3D Max Para se criar um novo Particle Flow (Pflow) na cena é preciso utilizar o menu: Create Particle System PF Source (ilustração abaixo), e criar o ícone na viewport. 4

5 Após criado, o ícone poderá ser modificado e sob o grupo setup do PFSource poderá se acessar o Particle View (shortcut 6 ), a Interface gráfica do ParticleFlow. Particle View Baseada em nodes. Todas as propriedades de todos os sistemas de partículas da cena poderão ser localizados e alterados através dessa interface, incluído propriedades de render e de objeto. 5

6 O fluxo de dados (data flow) Através do Particle View é possível se combiner operators que determinam as partículas propriedades especificas como forma, posição, velocidade, materias entre outros, em um determinado período de tempo, chamado evento. Cada operador (que por sua vez contém parâmetros animados para controlar diferentes propriedades) é executado assim que cumpre sua missão o próximo evento na lista entra em operação, sucetivamente até o final do sistema. Para obter alterações mais significativas nas partículas, é possível a criação de flows. Essas conexões enviam as partículas de um evento a outro através de operadores que testam determinadas propriedades e decidem se a partícula cumpre ou não o teste, e a envia para o próximo evento ou para o próximo operador da lista. Abaixo uma ilustração com um sistema de partículas simples (cujo o resultado pode-se contemplar à esquerda da imagem), e uma adaptação para o português das ordens executadas pelo sistema. 6

7 Condições Fundamentais Analisando o Standard Flow O standard Flow é um preset (disponível no Depot) que contém todas as propriedades básicas em um sistema de partículas, e é um ótimo ponto de partida para a construção de suas próprias soluções. Ele exemplifica as 2 condições fundamentais para a criação de partículas: 1. O primeiro evento sempre será a representação do PFSource (ícone da cena) e por isso o evento e o objeto dividirão sempre o mesmo nome. Ele atua como um controle global no sistema e tudo o que for adicionado à ele será comum entre todos os eventos seguintes. Por default ele traz um Render Operator que garante que todas as partículas criadas sejam renderizadas. 2. O Segundo evento é chamado de birth event. Caracterizado por um Birth Operator no topo, é através deste operador que as partículas serão geradas em determinadas condições e especificações. Tais propriedades serão compartilhadas por todas partículas no evento. 7

8 Tipos de Operators Os operators são os nodes que criamos para customizar os eventos. Eles são classificados em 3 tipos: 1. Born Operators - os operadores de criação ou Born Operators são responsáveis pela criação das partículas. Conforme demonstrado na ilustração acima, é um operator que flui em um único sentido e como já foi dito deve sempre constar como primeiro operador no Birth Event do Sistema. 2. Operators os operadores ou operators controlam diversas propriedades específicas das partículas e comumente contém valores animáveis. Eles operam com fluxo linear, conforme ilustrado na esquematização ilustrada acima. 3. Test Operators atuam como testes condicionais que decidem os fluxos de partículas ao longo dos eventos. Conforme ilustrado no esquema acima, elas recebem as partículas e submete-as a algum teste (cada operador testa determinadas propriedades). Dependendo do resultado obtido, envia a partícula para outro evento ou segue processando os operadores abaixo. Para cada uma dessas classes existem vários operators disponíveis que controlam as partículas baseados em análises específicas, por exemplo, a velocidade de uma partícula pode ser controlada vetorialmente (speed operator), através da análise de normais de uma geometria (speedbysurface) ou através da análise de posição de um ícone (speed by icon). O domínio desses recursos e principalmente de suas combinações e inter-relações possíveis é a chave para o sucesso com o particle flow. 8

9 Action Time Frames Normalmente os operadores atuam sobre as partículas de 2 formas em relação ao tempo: 1. Uma única vez quando a partícula entra no evento 2. Continuamente enquanto a partícula perdurar no evento Em uma explosão, por exemplo, a velocidade de expansão das partículas deve ser aplicada uma única vez na detonação da bomba, enquanto as forças de gravidade devem atuar continuamente influenciando a trajetória das partículas ao longo do evento. Alguns operadores trabalham apenas em uma configuração de tempo enquanto outros trabalham com as duas opções (customização feita através de parâmetros no Particle View). CONCLUSÃO Esses são alguns dos conhecimentos conceituais básicos para o desenvolvimento de partículas Event-based no 3d Max. Obviamente existem muitos outras informações necessárias para se utilizar essa informação, mas espero que essa breve explanação conceitual solidifique seus conhecimentos mais estruturais do sistema, antes de passarmos a alguma coisa mais sofisticada e poderosa. 9

10 Mass FX Particles Como vantagem dos consumidores subscription, a Autodesk lançou recentemente o Extension for Autodesk 3ds Max Essas ferramentas estão disponíveis apenas pata os assinantes do programa subscription. Esse poderoso sistema de simulação adiciona o MassFX (Max physx engine) como algoritmo físico das partículas, que passam a ser regidas por operadores específicos para executarem a operação. Instantâneo, poderoso, versátil e intuitivo, as mparticles revolucionam a forma de se simular física no Max e tornou-se uma incontestável ferramenta para a simulação ágil de incríveis efeitos especiais. As mparticles trazem simplicidade à complexas operações geométricas. Aqui começaremos a subverter a utilização de partículas em aplicações atípicas e inusitadas. Abaixo vemos um MassFx Flow, um preset disponível no Depot para a rápida criação de um sistema de simulação física. Como podemos ver no infográfico acima, alguns operators combinados são necessários no birth event para o sucesso da simulação. Vale dizer que não há nenhuma restrição ao uso dos birth operators usuais e os operators de posição com o sistema. 10

11 Segue abaixo uma relação com os MassFX Operators e uma breve explicação de suas funções: mparticles Birth Grid Operator O Birth Operator controla a posição das partículas e sua quantidade baseado em uma geometria externa. É importante para o Mass Fx que as partículas sejam criadas sem intersecção para um funcionamento adequado e o birth operator um uma forma ágil e poderosa de se garantir um processo seguro para a simulação física de partículas. mparticles Birth Group Operator O Birth operator permite ao Max utiliza a posição e a geometria de vários objetos simultaneamente. Rápida forma de se administrar objetos pré-fragmentados, por exemplo. mparticles Birth Steam Operator O birth steam Operator é semelhante ao Birth operator, mas é otimizado para evitar que as partículas entre em colisão no momento de criação, ideal portanto, para criação de mparticles. mparticles MassFX World Operator (operador fundamental) O MassFX World helper determina as propriedades globais para a simulação. É uma interface direta para o physx, e através do driver abre controles globais de bounce (restitution), Friction, Sleep, Ground Colision, gravity e todas os parâmetros comuns ao physx World. É importante lembrar que apesar de ser possível ter diferentes World operators em uma mesma cena (submetendo 2 sistemas de partículas a diferentes gravidades, por exemplo) mas partículas com diferentes drivers, não se inter-relacionam na simulação. mparticles MassFX Shape Operator ( operador fundamental) O Mass FX Shape Operator converte e otimiza os shapes para a simulação física. É indispensável para a simulação com MassFX e depende de um Shape 3D aplicado para funcionar adequadamente. mparticles MassFX Glue Test O massfx Glue cria joints entre as partículas e tende a mantê-las nas mesmas posições em relação a outras partículas, criando uma cola entre elas. 11

12 mparticles MassFX Solvent Operator O Solvent Operator dissolve o Glue destruindo os joints de forma controlada e customizavel mparticles MassFX Force Operator Diferente das standard Forces que as partículas aceitam, o MassFXForce Operator interpreta as forças dispersadas pelos shapes (force fields) e interferem nas simulações 3D com a devida precisão. mparticles MassFX Drag Operator Além de dispensar a criação do Space Warp, o operador é controlado com as regras de fricção do MassFX. mparticles MassFX Switch Operator Operador que altera a condição das partículas de dinâmicas (massfx Particles, para Kinematic (Standard Particle Flow Operators). A idéia é poder subverter as condições físicas reais e impostos pelo PhysX. Kinect Particles não colidirão entre sí, porém colidirão com as dinâmicas. A sucessão rápida destas condições pode gerar resultados de colisão problemáticos e irreais. mparticles MassFX InterCollision Test Operador que mapeia e controla do fluxo das partículas baseado nas informações de suas Inter colisões. É um processo dispendioso para o sistema e eu recomendo prudência e seletividade ao usa-lo. mparticles MassFX Buoyancy Operator Simula ambiente para simulação de partículas submersas em liquido. mparticles MassFX Collision Test Similar ao Collision Test Operator, o MassFX Collision Test Operator usa como deflectors para a simulação qualquer objeto com o modificador PFlow Collision Shape (WSM). Expressivamente mais rápido e customizável que o Udeflector do max. 12

13 Particle Flow Simulation Modifiers Além dos operadores, foram adicionados alguns poderosos modificadores que se comunicam com as partículas e expandem ainda mais o leque de possibilidades, são eles: Particle Face Creator Modifier O Particle Face Creator é um modificador que utiliza a posição das partículas para esconder ou revelar a geometria do objeto determinado. É um passo de mágica na criação de efeitos de revelação de geometria e incrivelmente customizável. Particle Skinner Modifier O modificador permite que as partículas influenciem na posição da malha, criando um skinning entre malha e partículas. Complexos efeitos de colisão entre malhas (como batidas de carro e outras deformações por contato), simulações que envolvam derretimento ou cloth, é surpreendente o controle que esse modificador dá ao artista de fx. Particle Flow Data Operators O Advanced Data Manipulation toolset para Particle Flow permite que você desenvolva seus próprios operators. Eles podem ser standard, test ou baseados em ícones, e history independent processo expressivamente mais rápido do que o usual History Dependent. São 27 adicionais suboperators que podem ser customizados e uma poderosa solução de ferramentas que encapsulam a programação criada como um novo operator expandindo drasticamente o seu acervo de recursos em pouco tempo. Complexo, dirigido a usuários avançados e com uma curva de aprendizagem difícil, os data operators podem ser renunciados até um certo ponto da produção, mas aconselho-os a enfrentar os desafios técnicos envolvidos e se aprofundarem nessa poderosa e ilimitada ferramenta de controle de partículas. Conclusão Nesse rápido curso de apresentação espero ter mostrado o caminho inicial para a abordagem de cada uma das técnicas e funções descritas nessa apostila. Como disse inicialmente seria presunção esgotar temas tão amplos em tão pouco tempos, mas espero que os mais desbravadores encontre nessas explicações um norte para seus estudos, e que todos ao menos conheçam melhor o acervos de possibilidades da ferramenta para desenvolverem suas próprias abordagens em desenvolvimentos futuros. Bons estudos! 13

Partículas, um Mercado Emergente / Aprendendo PFlow Eficientemente

Partículas, um Mercado Emergente / Aprendendo PFlow Eficientemente Partículas, um Mercado Emergente / Aprendendo PFlow Eficientemente Alvaro Moreira Particle Skull Eu percebí que no Particle Flow, mesmo sendo um software muito complexo, existem alguns poucos pontos que

Leia mais

Aperfeiçoando o Workflow de Animação com Ferramentas Customizadas

Aperfeiçoando o Workflow de Animação com Ferramentas Customizadas Aperfeiçoando o Workflow de Animação com Ferramentas Customizadas Alex Ferreira Simões Animador Freelance Joaquim Luciano Nazário Gonçalves Vagalume Animation Studios Nessa palestra iremos apresentar um

Leia mais

Computação Gráfica 3D Studio Max 2008.1 www.damasceno.info Prof.: Luiz Gonzaga Damasceno

Computação Gráfica 3D Studio Max 2008.1 www.damasceno.info Prof.: Luiz Gonzaga Damasceno 1 - Introdução ao 3D Studio. Conhecendo a interface do programa. O 3D Studio Max é um aplicativo que nos permite trabalhar com modelagem, texturização, materiais, iluminação e animações tridimensionais.

Leia mais

Modelagem e escultura de personagens com Mudbox, Maya e 3dsmax

Modelagem e escultura de personagens com Mudbox, Maya e 3dsmax Modelagem e escultura de personagens com Mudbox, Maya e 3dsmax Saulo Veltri Area Z - Animação, 3d e games Senac São Paulo - Unidade São José do Rio Preto Desenvolvimento de personagens para games e animações

Leia mais

Computação Gráfica 3D Studio Max 2008.1 www.damasceno.info Prof.: Luiz Gonzaga Damasceno

Computação Gráfica 3D Studio Max 2008.1 www.damasceno.info Prof.: Luiz Gonzaga Damasceno 12 Animação 12.1 - Criando Animação O 3Ds Max prevê uma série de maneiras diferentes para criar animação, e um conjunto de ferramentas para a gestão e edição de animação. Com o 3Ds Max, você pode criar

Leia mais

Experiência do uso de REVIT em Projeto de Estrutura

Experiência do uso de REVIT em Projeto de Estrutura REVIT em Projeto de Estrutura Angelo Ricardo Rech REFE engenharia Descrição do processo de implantação e treinamento no uso do Revit Structure, e relato das vantagens alcançadas no uso diário profissional.

Leia mais

Técnicas de Animação. Soraia Raupp Musse

Técnicas de Animação. Soraia Raupp Musse Técnicas de Animação Soraia Raupp Musse Aula passada: Classificação de técnicas Diferenças Low-level High-level Intervenção do usuário Nível de abstração Precisão do resultado em relação ao especificado

Leia mais

Uma solução completa para programação CNC, totalmente em Português, presente no Brasil desde 2001, com soluções para tornos, centros de usinagem,

Uma solução completa para programação CNC, totalmente em Português, presente no Brasil desde 2001, com soluções para tornos, centros de usinagem, Uma solução completa para programação CNC, totalmente em Português, presente no Brasil desde 2001, com soluções para tornos, centros de usinagem, centros de torneamento e eletro-erosão a fio. Por que GibbsCAM?

Leia mais

Multidisciplinar - Criação de Cenários 3D para Games utilizando os produtos da Autodesk

Multidisciplinar - Criação de Cenários 3D para Games utilizando os produtos da Autodesk Multidisciplinar - Criação de Cenários 3D para Games utilizando os produtos da Autodesk Luis Leonardo Baratella Revenda Tecgraf Campinas/Santos Especialista em Multimídia Paulo Henrique Giungi Galvão Revenda

Leia mais

O uso da Computação Gráfica (CG) para Design e Marketing Automotivo Frederico Laguna PSA Peugeot Citroen América Latina

O uso da Computação Gráfica (CG) para Design e Marketing Automotivo Frederico Laguna PSA Peugeot Citroen América Latina O uso da Computação Gráfica (CG) para Design e Marketing Automotivo Frederico Laguna PSA Peugeot Citroen América Latina A crescente competição entre as principais montadoras mundiais e a incessante expectativa

Leia mais

Education Master Suite

Education Master Suite Education Master Suite O Autodesk Education Master Suite é uma solução multidisciplinar que disponibiliza várias softwares 2D e 3D, utilizados por profissionais em todo o mundo. Esta solução auxilia os

Leia mais

MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK. Cesar Eduardo Freitas Italo Alves

MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK. Cesar Eduardo Freitas Italo Alves MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK Cesar Eduardo Freitas Italo Alves A ORIGEM DO MSF (MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK) Baseado na experiência da empresa na construção de softwares como Office e Windows e

Leia mais

Formação em game programming: 01 - Introdução à programação

Formação em game programming: 01 - Introdução à programação Formação em game programming: Para que um jogo eletrônico funcione adequadamente como foi projetado, é necessário que ele esteja corretamente programado. Todas as funções de controle de personagens e objetos

Leia mais

Apostila 01 Conceitos de Modelagem.

Apostila 01 Conceitos de Modelagem. Apostila 01 Conceitos de Modelagem. 1- Conceitos Basicos O Autodesk 3ds Max é um programa de modelagem tridimensional que permite renderização de imagens e animações. Sendo usado em produção de filmes

Leia mais

ShoeSystem 1.0 Sistema para loja de calçados

ShoeSystem 1.0 Sistema para loja de calçados Artigo apresentado ao UNIS, como parte dos requisitos para obtenção do título de tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 1 ShoeSystem 1.0 Sistema para loja de calçados André Luis dos Reis Revair,

Leia mais

Introdução a Modelagem 3D com Blender 3D

Introdução a Modelagem 3D com Blender 3D Introdução a Modelagem 3D com Blender 3D Thiago H. B. de Oliveira 1, Gabriel de França Pereira e Silva 1 1 Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) Av. Bom Pastor,

Leia mais

PACOTE SOLIDWORKS SIMULATION SOLUÇÕES DE ENGENHARIA 3D

PACOTE SOLIDWORKS SIMULATION SOLUÇÕES DE ENGENHARIA 3D PACOTE SOLIDWORKS SIMULATION SOLUÇÕES DE ENGENHARIA 3D PROJETO E ENGENHARIA 3D ORIENTADOS POR SIMULAÇÃO Fábricas de todos os setores tornaram a simulação virtual 3D uma ferramenta de engenharia valiosa

Leia mais

Ensinando Colaboração aos Estudantes

Ensinando Colaboração aos Estudantes Arq. Fernando Lima Autodesk Education ED4900_V Essa aula vai demonstrar o processo básico de colaboração usando o Autodesk Revit 2013, depois de preparar o projeto básico de arquitetura vamos simular um

Leia mais

Microsoft Office Visio. Ferramenta de Banco de Dados

Microsoft Office Visio. Ferramenta de Banco de Dados Microsoft Office Visio Ferramenta de Banco de Dados 2010 Microsoft Office Visio Ferramenta de Banco de Dados Técnicas e Linguagens para Banco de Dados II Equipe: 2º Info Tarde Líder: Mayara Thuany A. do

Leia mais

3d Studio Viz R3. Notas de Aula. Prof. Vanessa Gomes da Silva, Departamento de Construção Civil - FEC/UNICAMP vangomes@fec.unicamp.

3d Studio Viz R3. Notas de Aula. Prof. Vanessa Gomes da Silva, Departamento de Construção Civil - FEC/UNICAMP vangomes@fec.unicamp. 3d Studio Viz R3 Notas de Aula Prof. Vanessa Gomes da Silva, Departamento de Construção Civil - FEC/UNICAMP vangomes@fec.unicamp.br 3dViz_cap1_v5.doc Capítulo 1 INTRODUÇÃO 2 TERMINOLOGIA DA APOSTILA 2

Leia mais

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias. Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias. Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk na ENG AutoCAD 2010 - o software AutoCAD para arquitetos. Criação, coordenação e colaboração

Leia mais

Sua indústria. Seu show. Seu Futuro

Sua indústria. Seu show. Seu Futuro Sua indústria. Seu show. Seu Futuro Usinagem 5-Eixos para Moldes Sandro, Vero Software Vero Software está no topo do relatório de fornecedores de CAM da CIMData 2014 Com maior Market Share, crescimento

Leia mais

Softwares educativos com tecnologias Multimídia: uma ferramenta para apoio ao ensino da Matemática

Softwares educativos com tecnologias Multimídia: uma ferramenta para apoio ao ensino da Matemática Softwares educativos com tecnologias Multimídia: uma ferramenta para apoio ao ensino da Matemática Carlos Vitor de Alencar Carvalho1 1 Universidade Severino Sombra, Docente do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

Mesa Holográfica Programa Bem Estar TV GLOBO

Mesa Holográfica Programa Bem Estar TV GLOBO Vinicius Oppido PUSHSTART Studio Ricardo Benassi TV GLOBO Apresentação do projeto da Mesa Holográfica do programa Bem Estar da TV Globo, que permite a manipulação de modelos 3D em tempo real pelos apresentadores

Leia mais

Projeto 4D: Gerenciamento e Simulação de projetos industriais com o Autodesk Navisworks

Projeto 4D: Gerenciamento e Simulação de projetos industriais com o Autodesk Navisworks Projeto 4D: Gerenciamento e Simulação de projetos industriais com o Autodesk Navisworks Diego de Oliveira Potapczuk teewe Serão apresentadas as soluções desenvolvidas pela teewe sobre a plataforma do Navisworks,

Leia mais

Utilizando a ferramenta Suites Workflow do Autodesk Revit 2013 para exportar para o Autodesk 3ds Max Design

Utilizando a ferramenta Suites Workflow do Autodesk Revit 2013 para exportar para o Autodesk 3ds Max Design Utilizando a ferramenta Suites Workflow do Autodesk Revit 2013 para exportar para o Autodesk 3ds Max Design Mauricio Antonini Brasoftware Informática AV6041-V O Autodesk Revit 2013 possui uma nova ferramenta

Leia mais

Design 3D. Formação em Game GAME DESIGN 1

Design 3D. Formação em Game GAME DESIGN 1 1 Formação em Game Design 3D O treinamento de Game Design da Data 3D tem duração de 1 ano. O aluno a partir do treinamento de arte 3D e design para games poderá desenvolver seus projetos para as empresas

Leia mais

Computação Gráfica II Prof. Miguel Pelizan. Extrusão pelo caminho em torno do círculo com diâmetro 2mm.

Computação Gráfica II Prof. Miguel Pelizan. Extrusão pelo caminho em torno do círculo com diâmetro 2mm. Computação Gráfica II Prof. Miguel Pelizan Tutorial 9 Solid Works Modelar uma bússola com os perfis abaixo e efetuar a montagem conforme as indicações. 2,5 6 b -Base 0 5,5 8,5 3,5 a -Fundo R 8,5 R3,6 4

Leia mais

Soluções para imaginar, projetar e criar um mundo melhor.

Soluções para imaginar, projetar e criar um mundo melhor. Soluções para imaginar, projetar e criar um mundo melhor. , tecnologia e melhores processos Ao permitir que arquitetos, designers, engenheiros e artistas digitais criem modelos digitais de seus projetos

Leia mais

Ptex e outras ferramentas para modelagem de animação

Ptex e outras ferramentas para modelagem de animação Ptex e outras ferramentas para modelagem de animação Savyo Nóbrega (savyo@dsc.ufcg.edu.br) Agenda Motivação Conceitos Gerais Modelagem Matemática Mapeamento de texturas Softwares e ferramentas para modelagem

Leia mais

Bruno Pereira Evangelista. www.brunoevangelista.com

Bruno Pereira Evangelista. www.brunoevangelista.com Bruno Pereira Evangelista www.brunoevangelista.com 2 Introdução Shaders Pipeline de Renderização Evolução dos Shaders Como Programar Shaders Programando Shaders com XNA Ferramentas Conclusões 3 Durante

Leia mais

INTRODUÇÃO 01 MUDANDO O CURSOR DO MOUSE. A série

INTRODUÇÃO 01 MUDANDO O CURSOR DO MOUSE. A série FLASH CS5 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 A série... 3 01 MUDANDO O CURSOR DO MOUSE... 3 02 ANIMAÇÃO COM GUIAS... 5 03 MÁSCARAS COM BORDAS... 9 04 O SENHOR BATATA... 11 05 MUDANDO A COR DO CLIPE DE

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias

Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias SP I PR I DF Soluções Autodesk Transferência de Tecnologias Parcerias tecnológicas, treinamentos e licenciamentos Soluções Autodesk na ENG Revit 2011 - o software para projetos de edificações para agora

Leia mais

Criando Maquetes Eletrônicas com 3ds Max Design 2012 e Integração com Vue xstream. Edisio Rangel dos Santos

Criando Maquetes Eletrônicas com 3ds Max Design 2012 e Integração com Vue xstream. Edisio Rangel dos Santos Criando Maquetes Eletrônicas com 3ds Max Design 2012 e Integração com Vue xstream Edisio Rangel dos Santos Prefácio O autor deste livro é, acima de tudo, um artista escultor com talento e de vídeos. -

Leia mais

Computação Gráfica II Prof. Miguel Pelizan

Computação Gráfica II Prof. Miguel Pelizan Computação Gráfica II Prof. Miguel Pelizan Tutorial 2 3D Studio Max - Inicie desenhando na vista de topo uma base Box e duas esferas Sphere. Posicione-as conforme o desenho aplicando o comando move na

Leia mais

Centro Universitário do Triângulo Introdução ao Ambiente Delphi

Centro Universitário do Triângulo Introdução ao Ambiente Delphi Centro Universitário do Triângulo Introdução ao Ambiente Delphi A figura abaixo mostra a tela inicial do Delphi 7 e nos dá uma visão geral de seu ambiente de desenvolvimento, composto de múltiplas janelas

Leia mais

PLM Software. Os benefícios do NX CAM-SINUMERIK Otimizando a conexão entre o software CAM e os controladores de ferramentas

PLM Software. Os benefícios do NX CAM-SINUMERIK Otimizando a conexão entre o software CAM e os controladores de ferramentas Siemens PLM Software Os benefícios do NX CAM-SINUMERIK Otimizando a conexão entre o software CAM e os controladores de ferramentas www.siemens.com/nx w h i t e p a p e r Para obter o melhor desempenho

Leia mais

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo

Modelagem de informações de. construçãocapítulo1: Capítulo. Objetivo do capítulo construçãocapítulo1: Capítulo 1 Modelagem de informações de A modelagem de informações de construção (BIM) é um fluxo de trabalho integrado baseado em informações coordenadas e confiáveis sobre um empreendimento,

Leia mais

Melhorando o retorno do investimento do lean seis sigma com equipes de ação rápida

Melhorando o retorno do investimento do lean seis sigma com equipes de ação rápida Especial - Lean Seis Sigma Melhorando o retorno do investimento do lean seis sigma com equipes de ação rápida Os líderes da implantação Lean Seis Sigma devem expandir suas ideias e adotar novas abordagens

Leia mais

Visualização Automotiva

Visualização Automotiva Caetano Brasil Loucomotion Descrição Na primeira parte será apresentada a evolução de 20 anos de trabalho com o 3ds Max, do 3D Studio versão DOS ao 3ds Max atual, com exemplos da evolução e do nível realista

Leia mais

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3. A série... 3

ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3. A série... 3 WORD 2007 E 2010 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 A série... 3 01 CAPTURAS DE TELA WORD 2010... 3 02 IMAGENS 2007/2010... 5 03 NOTAS DE RODAPÉ... 13 04 NUMERAÇÃO DE PÁGINAS... 15 05 CONTAR PALAVRAS...

Leia mais

Nosso foco é alertar quando necessário e recuperar rapidamente os dados corretos. Análise Inteligente de Vídeo

Nosso foco é alertar quando necessário e recuperar rapidamente os dados corretos. Análise Inteligente de Vídeo Nosso foco é alertar quando necessário e recuperar rapidamente os dados corretos Análise Inteligente de Vídeo Adição de sentido e estrutura Quando se trata de vigilância por vídeo, a tendência é IP. Embora

Leia mais

Acesso direto aos benefícios da Assinatura Perguntas e respostas para os clientes da Autodesk

Acesso direto aos benefícios da Assinatura Perguntas e respostas para os clientes da Autodesk Acesso direto aos benefícios da Assinatura Perguntas e respostas para os clientes da Autodesk O acesso aos benefícios da Assinatura do software da Autodesk está mais fácil e mais conveniente do que nunca.

Leia mais

WORKING PAPERS AVATAR EXPRESS: CREATE, EDIT, ANIMATE

WORKING PAPERS AVATAR EXPRESS: CREATE, EDIT, ANIMATE WORKING PAPERS AVATAR EXPRESS: CREATE, EDIT, ANIMATE Resumo Nos dias de hoje a forma como comunicamos e interagimos com o mundo passa, muitas vezes, por ecrãs. Televisão, computadores, telemóveis e tablets

Leia mais

Utilização. de Shaders de efeitos realistas para jogos. Bruno Pereira Evangelista. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Utilização. de Shaders de efeitos realistas para jogos. Bruno Pereira Evangelista. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Utilização de Shaders para criação de efeitos realistas para jogos Bruno Pereira Evangelista Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Sumário 2/48 Apresentação pessoal Introdução Pipeline de renderização

Leia mais

Esse treinamento capacita o aluno a criar maquetes eletrônicas com alto nível de realismo.

Esse treinamento capacita o aluno a criar maquetes eletrônicas com alto nível de realismo. Formação em MAQUETE ELETRÔNICA 3d: Uma das áreas mais crescentes é o da construção civil, cada vez mais exigindo fidelidade nas apresentações dos projetos arquitetônicos. No treinamento de Maquete 3D o

Leia mais

Microsoft Power Point 2007

Microsoft Power Point 2007 Microsoft Power Point 2007 Sumário Layout e Design 4 Formatação de Textos 8 Salvando um arquivo do PowerPoint 15 Plano de Fundo 16 Marcadores 18 Réguas e grade 19 Tabelas 20 Gráficos 21 Imagens 22 Smart

Leia mais

Professor: Ronilson Morais Lobo. Salvador / 2015

Professor: Ronilson Morais Lobo. Salvador / 2015 Professor: Ronilson Morais Lobo Salvador / 2015 Introdução Motivação: Criar uma metodologia, Protótipar cenários reais, Proporcionar jogos divertidos, intuitivos e colaborativos. Tecnologia, Conceitos

Leia mais

Capítulo 1: Estudo do Software 3DS Max 6

Capítulo 1: Estudo do Software 3DS Max 6 1 Introdução Este trabalho foi desenvolvido para a disciplina de Estudos Especiais (IA348), sob orientação da Professora Dra. Wu Shin-Ting, na Faculdade de Engenharia Elétrica e Computação (FEEC) da Universidade

Leia mais

O Solid Edge ST3 é o futuro do projeto 3D

O Solid Edge ST3 é o futuro do projeto 3D RESUMO E OPINIÃO O Solid Edge ST3 é o futuro do projeto 3D Um white paper de análise de produto preparado por Collaborative Product Development Associates, LLC para Siemens PLM Software A mais recente

Leia mais

Arch. Daniele Ravagni Studio di Architettura

Arch. Daniele Ravagni Studio di Architettura Arch. Daniele Ravagni Studio di Architettura www.ravagnistudio.it PROPOSIÇÃO Esta proposta destina-se a arquitetos, estudantes de arquitetura e também pessoas desejosas de aprender língua italiana, que

Leia mais

Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO BX MRO. Brochura. Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos

Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO BX MRO. Brochura. Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos Brochura BX MRO Soluções baseadas no SAP Business One BX MRO Gestão de Manutenção, Reparo e Revisão de Equipamentos Manutenção, Reparo & Revisão para SAP Business One Esta combinação de SAP Buisness One

Leia mais

Ambiente de simulação para eletrônica de potência e sistemas de controle

Ambiente de simulação para eletrônica de potência e sistemas de controle EMPRESAS Ambiente de simulação para eletrônica de potência e sistemas de controle O software preferido dos pesquisadores em eletrônica de potência. Alta velocidade de simulação, com algoritmo otimizado

Leia mais

New Plasma 60/50PZ570B

New Plasma 60/50PZ570B New Plasma 60/50PZ570B Diferenciais LG------------------------------ - Smart TV¹: A evolução da TV. Interface com internet, conteúdos e aplicativos incríveis - Magic Motion Ready²: Compatível com controle

Leia mais

Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5

Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5 Sumário Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5........................... 2 Novos recursos e aprimoramentos............................... 4 Conhecer a área de trabalho....................................

Leia mais

Curso de Introdução ao SIMULINK

Curso de Introdução ao SIMULINK 4.3 - Modelando Sistemas Não Lineares O SIMULINK fornece uma variedade de blocos para a modelagem de sistemas não lineares. Esses blocos estão na biblioteca Nonlinear. O comportamento destes blocos não

Leia mais

NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA BÁSICA

NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA BÁSICA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA BÁSICA Jocelise J. Jacques 1, Gabriela Z. Azevedo 2, José L. F. Aymone 3 e Fábio G. Teixeira 4 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Departamento

Leia mais

3D software de engenharia reversa

3D software de engenharia reversa 3D software de engenharia reversa fluxo de trabalho produto GEOMAGIC STUDIO fluxo de trabalho digitalizar e sonda Coleta dados de pontos dos principais scanners, digitalizadores e probes 3D do mercado.

Leia mais

TRECHOS DE ROTEIROS PARA VÍDEOS EMPRESARIAIS

TRECHOS DE ROTEIROS PARA VÍDEOS EMPRESARIAIS TRECHOS DE ROTEIROS PARA VÍDEOS EMPRESARIAIS Job: Vídeo Institucional Averty Cliente: Averty IMAGEM Imagens (arquivo) funcionários trabalhando sorridentes. Composição do Logo: Averty Consultoria e Treinamentos

Leia mais

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas

Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Dicas para implantação do Autodesk Vault para pequenas e médias empresas Rodrigo Tito Nova CS Informática Cristiano Oliveira ConsultCAD É sabido por todos que hoje, o processo de desenvolvimento do produto

Leia mais

Realidade Virtual: Aumentando ainda mais o realismo

Realidade Virtual: Aumentando ainda mais o realismo Universidade do Vale do Rio dos Sinos Realidade Virtual: Aumentando ainda mais o realismo Mestrado em Computação Aplicada Dr. Fernando S. Osório fosorio@unisinos.br Milton Roberto Heinen mheinen@turing.unisinos.br

Leia mais

Essa apostila é livre para ser distribuída desde que seja de maneira GRATUITA.

Essa apostila é livre para ser distribuída desde que seja de maneira GRATUITA. Apostila II Bem-vindo Nesta apostila você vai aprender um pouco mais sobre a otimização gráfica do seu simulador, e para isso vamos falar um pouco sobre add-ons e também sobre como melhorar o processamento

Leia mais

ASSISTINDO AOS NOSSOS VÍDEOS EM APARELHOS DE DVD Converta os vídeos para o formato VCD e assista aos jogos no seu DVD

ASSISTINDO AOS NOSSOS VÍDEOS EM APARELHOS DE DVD Converta os vídeos para o formato VCD e assista aos jogos no seu DVD ASSISTINDO AOS NOSSOS VÍDEOS EM APARELHOS DE DVD Converta os vídeos para o formato VCD e assista aos jogos no seu DVD Você tem (ou conhece alguém que tenha) um simples gravador de CDs? Se a resposta for

Leia mais

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved.

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved. NEVOA BACKUP SYSTEM Com o Nevoa Backup System você garante não só o mais eficiente sistema de backup para seus dados, mas também a solução mais escalável do mercado, afinal, se sua empresa cresce, seus

Leia mais

Autodesk Desktop Subscription

Autodesk Desktop Subscription Autodesk Desktop Subscription Desktop Subscription é uma nova opção de licenciamento, que permite a locação de licenças Autodesk, adequando suas necessidades de negócios ao orçamento como, por exemplo,

Leia mais

Autodesk Desktop Subscription

Autodesk Desktop Subscription Autodesk Desktop Subscription Desktop Subscription é uma nova opção de licenciamento, que permite a locação de licenças Autodesk, adequando suas necessidades de negócios ao orçamento como, por exemplo,

Leia mais

O USO DA REALIDADE VIRTUAL NO ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA

O USO DA REALIDADE VIRTUAL NO ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA O USO DA REALIDADE VIRTUAL NO ENSINO DE GEOMETRIA DESCRITIVA Fábio Gonçalves Teixeira fabio@orion.ufrgs.br Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Departamento de Expressão Gráfica da Faculdade de Arquitetura

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. PALAVRAS-CHAVE: Stop motion; animação; filme publicitário; Universitar.

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS. PALAVRAS-CHAVE: Stop motion; animação; filme publicitário; Universitar. Universitar: o Desafio da Cidadania na versão stop motion 1 Annelena Silva da LUZ 2 Filipe Mendes AYOUB 3 Giandra Carla dos SANTOS 4 Mariângela Barichello BARATTO 5 Juliana PETERMANN 6 Universidade Federal

Leia mais

Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital

Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital Raul Arozi Moraes Technical Specialist AUBR-63 Inovação e Colaboração Móvel Sobre a Autodesk +10 milhões usuários em mais de 800,000

Leia mais

Utilizando o 3D Studio Max como Level Editor para Construção de Cenários para Ogre3D

Utilizando o 3D Studio Max como Level Editor para Construção de Cenários para Ogre3D Utilizando o 3D Studio Max como Level Editor para Construção de Cenários para Ogre3D Jorge. L. Salvi, Maikon. C. Santos, Jacques. D. Brancher Departamento de Engenharias e Ciência da Computação Universidade

Leia mais

A primeira coisa que se precisa definir é a lógica que rege os sistemas de captura, e essa pode ser descrita em linhas gerais por:

A primeira coisa que se precisa definir é a lógica que rege os sistemas de captura, e essa pode ser descrita em linhas gerais por: 4 Tecnologias A ideia da construção de Digital Human Models não caminha em separado das diversas tecnologias que englobam tal construção. Porém, para um melhor entendimento, serão descritas a seguir as

Leia mais

Parte I Introdução ActionScript_30_01.indd 1 5/11/2010 08:29:29

Parte I Introdução ActionScript_30_01.indd 1 5/11/2010 08:29:29 Parte I Introdução ActionScript_30_01.indd 1 5/11/2010 08:29:29 ActionScript_30_01.indd 2 5/11/2010 08:29:34 Aprendendo uma nova linguagem... ActionScript é uma linguagem e, como um novo idioma ou a linguagem

Leia mais

Usando ferramentas já conhecidas integradas ao Visual Studio Team System 2008

Usando ferramentas já conhecidas integradas ao Visual Studio Team System 2008 Usando ferramentas já conhecidas integradas ao Visual Studio Team System 2008 White Paper Maio de 2008 Para obter as últimas informações, visite o site www.microsoft.com/teamsystem As informações contidas

Leia mais

Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007

Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Um artigo técnico da Oracle Junho de 2007 Direcionando o Planejamento Estratégico com Modelo de Previsão Com um processo funcional de planejamento

Leia mais

Animação na Timeline do Flash

Animação na Timeline do Flash Animação na Timeline do Flash Quando falamos em animação com o Flash podemos estar a referir vários tipos de animação. Globalmente, podemos aceitar a animação como uma série de elementos gráficos distribuídos

Leia mais

Ferramenta para design de web site Macromedia Flash Fábio Fernandes

Ferramenta para design de web site Macromedia Flash Fábio Fernandes Ferramenta para design de web site Macromedia Flash Fábio Fernandes O Flash entrou no mercado de web design introduzindo o que até então ainda não havia sido alcançado: a criação de animações e interatividade

Leia mais

AutoCAD 2013 Take Design Further

AutoCAD 2013 Take Design Further AutoCAD 2013 Take Design Further Lynn Allen Autodesk Mensagem do Patrocinador Platinum Cliente Destaque: Castro Mello Arquitetos Arquitetos usam AutoCAD para projetar estádio de futebol AutoCAD foi crítico

Leia mais

Como se tornar um desenvolvedor de plug-ins para AutoCAD e Revit

Como se tornar um desenvolvedor de plug-ins para AutoCAD e Revit Como se tornar um desenvolvedor de plug-ins para AutoCAD e Revit Vitor Paulo Silva Se você é um projetista e sua principal ferramenta de trabalho é o AutoCAD ou o Revit, certamente você já se deparou com

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

8 Maquete eletrônica. Importando um arquivo do tipo DWG. Neste tutorial apresentaremos os procedimentos para a renderização de maquetes eletrônicas.

8 Maquete eletrônica. Importando um arquivo do tipo DWG. Neste tutorial apresentaremos os procedimentos para a renderização de maquetes eletrônicas. 8 Maquete eletrônica. Importando um arquivo do tipo DWG. Neste tutorial apresentaremos os procedimentos para a renderização de maquetes eletrônicas. Embora normalmente você queira usar a opção File > File

Leia mais

O USO DE SOFTWARES PARA O TRATAMENTO DE IMAGENS: APLICAÇÕES NA PROPAGANDA IMPRESSA

O USO DE SOFTWARES PARA O TRATAMENTO DE IMAGENS: APLICAÇÕES NA PROPAGANDA IMPRESSA O USO DE SOFTWARES PARA O TRATAMENTO DE IMAGENS: APLICAÇÕES NA PROPAGANDA IMPRESSA Orientação: Prof. Ms. Sílvio Carvalho Neto Acadêmicos: Lívia Rocha Portugal, Ana Paula de Almeida, Roberta Guidoni Moreira

Leia mais

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia.

A Empresa. Alguns Clientes que já utilizam nossa tecnologia. A Empresa A GDDoc é uma empresa especializada na gestão de documentos digitais e arquivos, auxilia as empresas a administrar através da tecnologia o uso de papel, para alcançar estes objetivos fazemos

Leia mais

Design de Games: A importância da estética. utilizada na interface de um game.

Design de Games: A importância da estética. utilizada na interface de um game. Design de Games: A importância da estética utilizada na interface de um game. Edival Oliveira Lago Filho* Resumo: O artigo tem como objetivo, refletir sobre a importância da estética aplicada sobre o design

Leia mais

Quando quiser sair da apresentação, basta clicar neste ícone ( x ) no canto superior direito da tela.

Quando quiser sair da apresentação, basta clicar neste ícone ( x ) no canto superior direito da tela. Esta é uma apresentação navegável. Uma maneira prática de conhecer a Academia da Estratégia. Para navegar siga as instruções abaixo. Esperamos que a sua viagem seja UAU! Quando quiser sair da apresentação,

Leia mais

Planejamento 4D com Navisworks a partir de um modelo criado no Revit

Planejamento 4D com Navisworks a partir de um modelo criado no Revit Planejamento 4D com Navisworks a partir de um modelo criado no Revit Palestrante - Arq. Claudia Campos Lima Frazillio&Ferroni Co-apresentador Eng. Marco Brasiel Frazillio&Ferroni Esta aula começa com a

Leia mais

Descubra o poder e a simplicidade do GibbsCAM e como podemos ajudar sua empresa

Descubra o poder e a simplicidade do GibbsCAM e como podemos ajudar sua empresa Descubra o poder e a simplicidade do GibbsCAM e como podemos ajudar sua empresa Torneamento e Fresamento 2.5D Turning Package Produtividade máxima em tornos e centros de usinagem Crie sua geometria para

Leia mais

Brand of ACOEM. Lifetime reliability para turbinas eólicas

Brand of ACOEM. Lifetime reliability para turbinas eólicas Brand of ACOEM Lifetime reliability para turbinas eólicas Sobre OneProd OneProd é uma marca oferecida pela empresa multinacional ACOEM e trouxe seu know-how em tecnologias de Acústica e Vibração. Há 40

Leia mais

Potencializando o uso dos mapas para seus Negócios!

Potencializando o uso dos mapas para seus Negócios! Produtos Google: Potencializando o uso dos mapas para seus Negócios! www.maisqueummapa.com.br Nossa conversa... 1. Mapas para todos 2. Portfólio Google: Mais que Um Mapa 3. Experiências de sucesso Produtos

Leia mais

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS 2 O que é Software Aplicativo? SOFTWARES APLICATIVOS Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Software que realiza tarefa útil específica Suítes de aplicativos Softwares empresariais Softwares

Leia mais

Visão geral do XProtect

Visão geral do XProtect Milestone Systems Visão geral do Software de gerenciamento de vídeo Uma solução de vigilância que se ajusta a todas suas necessidades O da Milestone é um poderoso software de gerenciamento de vídeo (VMS)

Leia mais

Atualizado em: 1ºde junho de 2015

Atualizado em: 1ºde junho de 2015 Atualizado em: 1ºde junho de 2015 As mudanças que estamos fazendo A venda de novas licenças permanentes de muitos produtos de software de desktop individuais será descontinuada após 31 de janeiro de 2016.

Leia mais

Software de Desenho 3D

Software de Desenho 3D Software de Desenho 3D para Fabricantes de Mobiliário (standard e por medida) - Cozinhas, Roupeiros, Salas de Banho, Quartos, Salas, Expositores, Escritórios,... Revendedores de Mobiliário Decoradores

Leia mais

Suporte de engenharia para o dimensionamento de sistemas de acionamento eletro-hidráulicos.

Suporte de engenharia para o dimensionamento de sistemas de acionamento eletro-hidráulicos. Suporte de engenharia para o dimensionamento de sistemas de acionamento eletro-hidráulicos. Suporte de engenharia. Elaborar um projeto de sistemas de acionamento eletro-hidráulico exige uma perfeita sintonia

Leia mais

Catálogo de Cursos. Knowledge for excellence management

Catálogo de Cursos. Knowledge for excellence management Knowledge for excellence management Atenção: as informações deste catálogo estão sujeitas à alteração sem prévio aviso. Assegure-se de consultar sempre a revisão vigente deste documento. www.softexpert.com.br

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

Vamos explorar temas como:

Vamos explorar temas como: Esse curso tem o objetivo de aprofundar a prática e o estudo de desenho no formato cartoon para utilização em registros visuais, facilitação gráfica, ilustração e outras aplicações. Ao longo desses 2 meses

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

SOFTWARE PARA AUTOMAÇÃO DE ENGENHARIAS

SOFTWARE PARA AUTOMAÇÃO DE ENGENHARIAS SOFTWARE PARA AUTOMAÇÃO DE ENGENHARIAS Desde 1989, a SKA realiza implantações de sucesso em indústrias dos mais diversos portes e segmentos em todo o Brasil. SOLUÇÕES PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE, DO

Leia mais

Faça mais. Mude o mundo em 3D. AutoCAD. Civil 3d 2010

Faça mais. Mude o mundo em 3D. AutoCAD. Civil 3d 2010 Faça mais. Mude o mundo em 3D. AutoCAD Civil 3d 2010 A poderosa solução de modelagem de informações da construção para engenharia civil O software AutoCAD Civil 3D suporta um processo integrado baseado

Leia mais