Solução de correio eletrônico com Software Livre implantada no CEFET-MG, vantagens e adaptações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Solução de correio eletrônico com Software Livre implantada no CEFET-MG, vantagens e adaptações"

Transcrição

1 Solução de correio eletrônico com Software Livre implantada no CEFET-MG, vantagens e adaptações Clever de Oliveira Júnior*, Paulo E. M. Almeida* *Departamento de Recursos em Informática Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Av. Amazonas, 5253, Belo Horizonte, MG, Brasil. Resumo Este trabalho relata as dificuldades encontradas em manter um serviço de correio eletrônico estável, confiável e eficiente. Com o crescimento do número de usuários da Internet, os problemas aumentam e o ambiente da grande rede se torna cada vez mais hostil. As mensagens não solicitadas e as tentativas de fraudes fazem parte do cotidiano de um usuário de correio eletrônico. Com o objetivo de otimizar e garantir um serviço com boa disponibilidade e ao mesmo tempo eficiente, a instituição passou a adotar o Software Livre como solução para tais problemas. Os resultados são bastante animadores e as intervenções no sistema são mínimas. Termos de Indexação correio eletrônico, anti-spam, webmail, software livre. INTRODUÇÃO Com os incentivos fiscal e tributário estabelecidos pelo governo, o acesso ao micro computador e à Internet foram bastante ampliados. As conseqüências deste tipo de ação é o crescimento do número de usuários que possuem correio eletrônico. A adoção deste meio de comunicação é alta devido a inúmeras vantagens em relação a outros meios de comunicação como cartas, telegramas, fax, etc. A utilização do meio digital para transferência de mensagens, especificamente aqueles que trafegam pela Internet, estão sujeitas a intempéries inerentes ao meio como recebimento não solicitado de informações, propagação de vírus, tentativas de fraudes, interceptação, entre outros. Estes problemas obrigam os administradores de a utilizarem ferramentas que possibilitem o controle sobre a situação. O Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), por intermédio do Departamento de Recursos em Informática (DRI), adota um sistema de correio

2 eletrônico baseado em Software Livre e que apresenta ótimos resultados na luta contra spam 1, vírus e fraudes. O departamento é o backbone de várias unidades, sendo uma em Belo Horizonte e seis em cidades do interior, somando mais de cinco mil contas de correio. SERVIDOR DE CORREIO ELETRÔNICO O DRI provê serviço de correio eletrônico para os funcionários da instituição desde 1997(conferir data). A primeira solução que foi utilizada para este tipo de serviço foi o software Sendmail executado em sistema operacional Windows NT4. Nesta época, a utilização de correio eletrônico era muito menor que os dias atuais e, conseqüentemente, o número de problemas relacionados a ele também. Por algum tempo esse conjunto foi suficiente, mas à medida que surgiu o repasse de mensagens não solicitadas através de servidores desprotegidos (open relay) e o aumento considerável na utilização de s, houve a necessidade de um sistema mais atual e preparado para as novas demandas. Tentou-se manter essa solução por mais um tempo mas as complicações foram sérias como atraso na entrega das mensagens e até inclusão do nosso servidor em serviços de lista negra de open relay. A segunda estrutura de correio eletrônico foi implantada em 2004 e as principais características foram a utilização do sistema operacional FreeBSD 2 que é bastante estável, robusto e seguro, Qmail 3 como servidor SMTP que disponibilizou um controle de relay mais eficaz, possibilidade de utilização do serviço de por um navegador através da aplicação de Webmail Horde 4 versão 2, e a concentração da base de usuários em um diretório LDAP 5. A performance nas entregas das mensagens e a confiabilidade na prestação do serviço foram notadamente melhoradas. Com a modernização da tecnologia de informação e a popularização desse meio de comunicação, os spams e outras mensagens de conteúdo nocivo como vírus e fraudes proliferaram pela Internet e forçaram os administradores a procurar maneiras de seleção e bloqueio desses tipos de s. A partir desse cenário, a instituição começou a utilizar uma ferramenta de código fechado fornecida por um empresa de TI que era acoplada ao servidor 1 Termo que refere a mensagens não solicitadas enviadas a usuários e que geralmente possuem conteúdo publicitário. 2 Sistema Operacional similar ao UNIX e criado por Linus Torvalds. 3 Servidor SMTP livre e de código aberto. 4 Aplicação desenvolvida por com a finalidade de provê a utilização de uma conta de através de um navegador de Internet. 5 Serviço de diretório de propósito geral organizado hierarquicamente.

3 SMTP 6, o que trouxe bons resultados através de filtros de listas negras e filtros manuais, além de relatórios mais precisos a respeito do serviço de correio. A ferramenta de filtro agradava, mas devido ao pagamento de licença anual de utilização da solução por caixa postal que era bastante alto, buscou-se alternativas de código aberto e livre que fornecesse as mesmas funções. A partir de 2006, e em produção até hoje, foi implantada uma estrutura totalmente livre em GNU/Linux 7. Os componentes que fazem parte desta solução são: Postfix servidor SMTP MailScanner processamento de mensagens SpamAssassin classificador de spam Clamav anti-vírus MySQL servidor de banco de dados OpenLDAP servidor de diretório LDAP Gosa (Gonicus Server Admnistration) administração de diretórios LDAP Horde aplicação de webmail O critério de seleção dos componentes acima foram os seguintes: ser livre e de código aberto, fornecer uma versão estável, estar em desenvolvimento, suportar a língua portuguesa e suportar diretório LDAP. Para conter o envio de spam e conteúdo nocivo, uma das alternativas foi configurar o bloqueio de conexões provenientes de hosts cadastrados em listas negras, através do Postfix. Esse solução isoladamente não é bastante, mas otimiza o processamento de mensagens pelas ferramentas de classificação. A base de usuários e suas informações são armazenadas em diretório LDAP e requer configuração específica no Postfix. A administração dos dados contidos no LDAP é responsabilidade do GOsa, que abstrai a complexidade de um diretório e torna possível a gerência de contas por usuários que não detém o conhecimento de LDAP. Em continuação ao processo de retenção de spam, as mensagens que atravessam as listas negras e armazenadas em disco pelo Postfix, ficam em disposição para o MailScanner analisa-las e repassa-las a outras ferramentas de classificação e anti-vírus. Na Figura 1 é exibido o esquema de fluxo de uma mensagem. 6 Simple Message Transport Protocol protocolo responsável pelo envio de mensagens de correio eletrônico. 7 Sistema Operacional livre e de código aberto.

4 Figura 1: Fluxo das mensagens no MailScanner As mensagens são classificadas pelo SpamAssassin de acordo com uma pontuação final preestabelecida. Esta pontuação é atribuída através de análises fornecidas pelos serviços remotos, filtros manuais e classificadores de Bayes. Cada análise gera uma pontuação que é somada. A Figura 2 apresenta um exemplo de pontuações atribuída a uma mensagem. Em nosso caso, a pontuação de SPAM é 5 e a de high spam é 7,5. A política aplicada é redirecionar as mensagens classificadas como spam para uma pasta do usuário chamada spam e mensagens high spam armazenadas em quarentena.

5 Figura 2: Pontuações atribuídas a uma mensagem A opção de webmail escolhida foi o Horde3 por ter pacote de linguagem em português do Brasil, ser um conjunto de aplicativos bastante completo com grande número de funções, além de ter uma interface muito amigável com o usuário. ADAPTAÇÕES E CUSTOMIZAÇÕES Para suprir as necessidades da instituição, foram aplicadas várias customizações e adaptações nas aplicações utilizadas na solução. Essa é uma das principais características do Software Livre e bastante valorizada pelo departamento, que permite o acesso e a alteração do código fonte das aplicações. Para o sistema de webmail foi customizado a tela principal de login como mostra a Figura 3.

6 Figura 3: Tela de login do webmail Horde A gerência das contas de é provida pelo aplicativo GOsa, que foi traduzido e customizado com as cores e logomarca do CEFET-MG. Institucionalmente, o GOsa foi batizado com o nome de Administração de Usuários e sua tela de login e listagem de usuários podem ser apreciadas pelas figuras 4 e 5. Figura 4: Tela de Login do GOsa

7 Figura 5: Tela correspondente à lista de usuários no GOsa Por se tratar de uma ferramenta que visa a integração de serviços que utilizam diretórios LDAP, o GOsa possui várias abas correspondentes a eles, e especialmente a que trata da conta de correio eletrônico é exibida na Figura 6. Figura 6: Tela de administração da conta de do usuário

8 No serviço de monitoração e operação de liberação de quarentena implementados pelo MailWatch, foi adaptada uma rotina para exibir as filas de mensagem do Postfix. Na Figura 7, pode-se visualizar a lista das mensagens processadas em tempo real e sua classificação e pontuação atribuída pelo SpamAssassin. Figura 7: Mensagens processadas, classificação e pontuação RESULTADOS O sistema final em produção tem se mostrado bastante robusto e com grande capacidade detecção de mensagens ilícitas. Os módulos de relatórios e estatísticas existentes dão uma mostra objetiva desta capacidade. As informações estatísticas disponíveis incluem uso de CPU, número de processos do MailScanner, filas de mensagens do Postfix, quantidade de spam entre outras, também podem ser visualizadas pela interface do MailWatch. A Figura 8 mostra um exemplo destas estatísticas.

9 Figura 8: Estatísticas exibidas pela interface do MailWatch As figuras 9 e 10 mostram o total de mensagens processadas por data extraída pelo MailWatch. Figura 9: Total de mensagens processadas por data Figura 10: Total de mensagens processadas por data

10 CONCLUSÃO A solução adotada mostrou ser bastante eficaz. Atualmente é processada no servidor de correio eletrônico, em média, quase mensagens diárias, onde 62% são classificadas como spam e 0,1% como vírus, somando quase 500Mb de volume diário. A média de atraso na entrega das mensagens é da ordem de dois minutos e pode ser verificada no registro de log do servidor Postfix Figura 11. Figura 11: Atraso das menagens exibidos no log do Postfix BIBLIOGRAFIA Clam Anti-vírus acesso em 04/04/2008. GOSA https://gosa.gonicus.de/, acesso em 04/04/2008. Horde acesso em 04/04/2008. MailWatch acesso em 04/04/2008. OpenLDAP acesso em 04/04/2008. PostFix acesso em 04/04/2008. Spam Assassin acesso em 04/04/2008.

Ironmail Filtrando emails indesejados

Ironmail Filtrando emails indesejados Leonard Bohrer Spencer, Guilherme Bertoni Machado FATEC RS Faculdade de Tecnologia Senac RS lbohrer@terra.com.br, gb.machado@sinprors.org.br O Problema: Spam; Vírus; Consumo de banda; Consumo de espaço

Leia mais

Sistema Gerenciador de Conteúdo OpenCms: um caso de sucesso no CEFET-MG

Sistema Gerenciador de Conteúdo OpenCms: um caso de sucesso no CEFET-MG Sistema Gerenciador de Conteúdo OpenCms: um caso de sucesso no CEFET-MG Marco T. A. Rodrigues*, Paulo E. M. de Almeida* *Departamento de Recursos em Informática Centro Federal de Educação Tecnológica de

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

Implementando Políticas ANTI-SPAM

Implementando Políticas ANTI-SPAM POP-RS / CERT-RS Implementando Políticas ANTI-SPAM Émerson Virti emerson@tche.br Resumo Motivação - Problemática do Spam Os Remetentes Formas de Controle de Spam Controlando Spam no POP-RS Conclusões Reunião

Leia mais

Catálogo de Serviços de Tecnologia da Informação. Versão 0.2

Catálogo de Serviços de Tecnologia da Informação. Versão 0.2 Catálogo de Serviços de Tecnologia da Informação Versão 0.2 Apresentação...3 Objetivos... 3 1.Serviço e-mail corporativo...4 Apresentação Este documento visa organizar e documentar os serviços prestados

Leia mais

Segurança de Redes & Internet

Segurança de Redes & Internet Boas Práticas Segurança de Redes & Internet 0800-644-0692 Video Institucional Boas Práticas Segurança de Redes & Internet 0800-644-0692 Agenda Cenário atual e demandas Boas práticas: Monitoramento Firewall

Leia mais

Winconnection 6. Internet Gateway

Winconnection 6. Internet Gateway Winconnection 6 Internet Gateway Descrição Geral O Winconnection 6 é um gateway de acesso à internet desenvolvido dentro da filosofia UTM (Unified Threat Management). Assim centraliza as configurações

Leia mais

Correio Eletrônico Carteiro. Apresentador: Marcos Martins Melo 13/02/2007

Correio Eletrônico Carteiro. Apresentador: Marcos Martins Melo 13/02/2007 Correio Eletrônico Carteiro Apresentador: Marcos Martins Melo 13/02/2007 Agenda -Histórico; - Objetivos; - Necessidades; - Projeto; -Solução; -Segurança; -Telas; - Novos desafios. Agenda -Histórico; -

Leia mais

Servidor de email VMware Zimbra

Servidor de email VMware Zimbra Servidor de email VMware Zimbra Instalação, Configuração e Administração Leandro Ferreira Canhada 1 1 Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas Rua Gonçalves Chaves, 602 96.015-560 Pelotas RS Brasil {leandrocanhada@gmail.com}

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

Nettion Security & Net View. Mais que um software, gestão em Internet.

Nettion Security & Net View. Mais que um software, gestão em Internet. Nettion Security & Net View Mais que um software, gestão em Internet. Net View & Nettion Security Mais que um software, gestão em Internet. A Net View e a Nettion Security Software se uniram para suprir

Leia mais

Configuração do Outlook Express

Configuração do Outlook Express Configuração do Outlook Express 1/1 Configuração do Outlook Express LCC.006.2005 Versão 1.0 Versão Autor ou Responsável Data 1.0 Paula Helena 30/09/2005 RESUMO Este relatório tem como objetivo mostrar

Leia mais

Manual do Usuário. Resumo

Manual do Usuário. Resumo Manual do Usuário Grupo de Teleinformática e Automação (GTA) Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) http://www.gta.ufrj.br 11 de fevereiro de 2008 Resumo O Grupo de Teleinformática e Automação (GTA/UFRJ)

Leia mais

O primeiro passo é verificar se a pasta Junk está disponível entre as pastas IMAP do usuário:

O primeiro passo é verificar se a pasta Junk está disponível entre as pastas IMAP do usuário: Reportando SPAM e Não-SPAM através do Horde Webmail Esse material permite que o usuário possa personalizar seu webmail corretamente para controlar o recebimento de SPAMs e realizar o treinamento da ferramenta

Leia mais

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO ::

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: 1 de 5 Firewall-Proxy-V4 D O C U M E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L FIREWALL, PROXY, MSN :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: Se o foco do seu negócio não é tecnologia, instalar e manter por conta própria

Leia mais

A- SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 706/2011-PGJ, DE 29 DE JULHO DE 2011 (Protocolado nº 80.329/11)

A- SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 706/2011-PGJ, DE 29 DE JULHO DE 2011 (Protocolado nº 80.329/11) A- SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA ATO NORMATIVO Nº 706/2011-PGJ, DE 29 DE JULHO DE 2011 (Protocolado nº 80.329/11) Texto compilado até o Ato (N) nº 791/2013 PGJ de 11/10/2013 Estabelece normas

Leia mais

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Índice Introdução ao Serviço de E-mail O que é um servidor de E-mail 3 Porque estamos migrando nosso serviço de correio eletrônico? 3 Vantagens de utilização

Leia mais

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br

Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CONCEITOS DE INTERNET E INTRANET CONCEITOS DE INTERNET E INTRANET INTERNET => CONJUNTO DE REDES LIGANDO COMPUTADORES MUNDO A FORA. INTRANET => REDE

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE SUPORTE TÉCNICO GLPI

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE SUPORTE TÉCNICO GLPI MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE SUPORTE TÉCNICO GLPI JULHO DE 2015 SUMÁRIO 1 Introdução...3 2 Principais telas do sistema...4 2.1 Acesso inicial...4 2.2 Login no sistema...4 2.3 Modificando os dados

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Menu Configurações - Multi-Empresa Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Cadastrar Empresas... 3 3.2 Agendar Sincronização... 3 4 FUNCIONALIDADES...

Leia mais

Gerência de Segurança

Gerência de Segurança Gerência de segurança envolve a proteção de dados sensíveis dos dispositivos de rede através do controle de acesso aos pontos onde tais informações se localizam Benefícios do processo de gerência de segurança

Leia mais

DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO 1 OBJETIVO: 1.1 A presente

Leia mais

Certificação Comercial AVG

Certificação Comercial AVG Certificação Comercial AVG AVG 2013 Produtos para Segurança Doméstica Produtos Segurança Doméstica AVG 2013 3 Produtos Domésticos Os quatros produtos para segurança doméstica são: AVG Anti-Virus Free proteção

Leia mais

Aker Security Solutions

Aker Security Solutions Portfólio de Soluções Cybernet Computadores e Sistemas Ltda Agenda Um pouco sobre a Aker Aker Security Suite Aker Firewall Aker Secure Mail Gateway Aker Web Gateway Aker Monitoring Service Sobre a empresa

Leia mais

Manual de Utilização do Zimbra

Manual de Utilização do Zimbra Manual de Utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web (Firefox, Chrome e Internet Explorer) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário, tarefas

Leia mais

Resolução 02/07 CCE-UFPR ESTABELECE NORMAS PARA A CRIAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CORREIO ELETRÔNICO (EMAILS) NO DOMÍNIO UFPR.BR

Resolução 02/07 CCE-UFPR ESTABELECE NORMAS PARA A CRIAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CORREIO ELETRÔNICO (EMAILS) NO DOMÍNIO UFPR.BR Resolução 02/07 CCE-UFPR ESTABELECE NORMAS PARA A CRIAÇÃO E MANUTENÇÃO DE CORREIO ELETRÔNICO (EMAILS) NO DOMÍNIO UFPR.BR Considerando: 1. A Delegação do COPLAD-UFPR através da Resolução 20/06-COPLAD. 2.

Leia mais

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS I N F O R M Á T I C A Sistemas Operacionais Campus Itaqui-RS Sistemas Operacionais É o software que gerencia o computador! Entre suas funções temos: inicializa o hardware do computador fornece rotinas

Leia mais

Zimbra Novo webmail do Poder Judiciário de Alagoas

Zimbra Novo webmail do Poder Judiciário de Alagoas Zimbra Novo webmail do Poder Judiciário de Alagoas O que esse novo webmail tem a oferecer? Aumento da caixa de email de 50 MB para 1GB; Correio eletrônico Agenda corporativa com controle de contatos, grupos

Leia mais

SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS

SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS SOPHUS TECNOLOGIA POLÍTICA DE ENVIO DE E-MAILS Com o objetivo de manter um alto nível no serviço de e-mails, a SOPHUS TECNOLOGIA disponibiliza soluções voltadas para cada necessidade de seus clientes.

Leia mais

XDR. Solução para Big Data.

XDR. Solução para Big Data. XDR Solução para Big Data. ObJetivo Principal O volume de informações com os quais as empresas de telecomunicações/internet têm que lidar é muito grande, e está em constante crescimento devido à franca

Leia mais

Webmail Zimbra apostila

Webmail Zimbra apostila Webmail Zimbra apostila Esta cartilha tem o objetivo de fornecer algumas recomendações e dicas iniciais sobre com utilizar o webmail Zimbra de modo mais prático e seguro. O que é o Zimbra: Trata-se de

Leia mais

Especificação da Appliance + SO CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server

Especificação da Appliance + SO CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Especificação da Appliance + SO CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Versão: 1.05 Data: 2010-12-15 Appliance CAMES.GT 1 ÍNDICE A Apresentação da Appliance CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server B Características

Leia mais

Caso de Sucesso. Solução de Correio Eletrónico CCDR LVT

Caso de Sucesso. Solução de Correio Eletrónico CCDR LVT Caso de Sucesso Solução de Correio Eletrónico CCDR LVT AGENDA O Serviço de Correio Eletrónico na CCDR-LVT Mail Relay e Filtragem/Ligação à Internet O Serviço de Mail na LAN Administração da solução pela

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

ESTUDO DE CASO: IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIÇO DE E-MAIL PARA O DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO

ESTUDO DE CASO: IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIÇO DE E-MAIL PARA O DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas - ICEB Departamento de Computação - DECOM ESTUDO DE CASO: IMPLEMENTAÇÃO DE UM SERVIÇO DE E-MAIL PARA O DEPARTAMENTO DE

Leia mais

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET Prof. Marcondes Ribeiro Lima Fundamentos de Internet O que é internet? Nome dado a rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas

Leia mais

ChasqueMail O e mail da UFRGS

ChasqueMail O e mail da UFRGS ChasqueMail O e mail da UFRGS Alexandre Marchi, Everton Foscarini, Rui Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados Rua Ramiro Barcelos, 2574 Portao K Porto Alegre

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 16

REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 16 REDES DE COMPUTADORES E TELECOMUNICAÇÕES MÓDULO 16 Índice 1. SISTEMA OPERACIONAL DE REDE...3 1.1 O protocolo FTP... 3 1.2 Telnet... 4 1.3 SMTP... 4 1.4 SNMP... 5 2 1. SISTEMA OPERACIONAL DE REDE O sistema

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA IMPLEMENTAR A RECOMENDAÇÃO DA GERÊNCIA DE PORTA 25

ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA IMPLEMENTAR A RECOMENDAÇÃO DA GERÊNCIA DE PORTA 25 ACORDO DE COOPERAÇÃO PARA IMPLEMENTAR A RECOMENDAÇÃO DA GERÊNCIA DE PORTA 25 Pelo presente, de um lado COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL CGI.br, neste ato representado por seu Coordenador Prof. Dr. Virgílio

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE OS SERVIDORES DE E-MAILS MAIS UTILIZADOS ATUALMENTE

COMPARAÇÃO ENTRE OS SERVIDORES DE E-MAILS MAIS UTILIZADOS ATUALMENTE COMPARAÇÃO ENTRE OS SERVIDORES DE E-MAILS MAIS UTILIZADOS ATUALMENTE Mayara Dos Santos Marinho¹, Julio César Pereira¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR - Brasil mayara-marinho@hotmail.com

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

Perguntas mais Freqüentes FAQ. Novo sistema de correio do Proderj

Perguntas mais Freqüentes FAQ. Novo sistema de correio do Proderj Perguntas mais Freqüentes FAQ Novo sistema de correio do Proderj 1) Quais são os servidores de DNS que devo usar? R.: Os servidores de consulta do Proderj são o 200.20.57.2 e o 200.156.33.150. O servidor

Leia mais

CSI IT Solutions. Facilidade de uso

CSI IT Solutions. Facilidade de uso CSI IT Solutions WebReport2 Gestão de Ambiente de Impressão O CSI WebReport dá aos gestores de TI o poder de uma gestão integral através do acesso fácil às informações gerenciais de impressões. O sistema

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL www.tc.df.gov.br Software Livre - Motivação produto de elevada qualidade a baixo custo (treinamento) aumento da vida útil do parque computacional simplificação da

Leia mais

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Manual do Nscontrol Principal Senha Admin Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Aqui, você poderá selecionar quais programas você quer que

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB 1 -DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de 70 (setenta) licenças de software antivírus coorporativo para

Leia mais

CSI IT Solutions. WebReport2.5. Relatórios abertos. Acesso controlado Extensibilidade de módulos IMPACTO AMBIENTAL

CSI IT Solutions. WebReport2.5. Relatórios abertos. Acesso controlado Extensibilidade de módulos IMPACTO AMBIENTAL CSI IT Solutions 2.5 solução CSI PrintManager G e s t ã o d e A m b i e n t e d e I m p r e s s ã o O CSI dá aos gestores de TI o poder de uma gestão integral através do acesso fácil às informações gerenciais

Leia mais

Via Prática Firewall Box Gateway O acesso à Internet

Via Prática Firewall Box Gateway O acesso à Internet FIREWALL BOX Via Prática Firewall Box Gateway O acesso à Internet Via Prática Firewall Box Gateway pode tornar sua rede mais confiável, otimizar sua largura de banda e ajudar você a controlar o que está

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 10/2009 ESCLARECIMENTO 1

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 10/2009 ESCLARECIMENTO 1 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 1 Referência: Pregão Eletrônico n. 10/2009 Data: 22/01/2009 Objeto: Contratação de empresa especializada para fornecimento de solução para segurança da informação e ferramenta

Leia mais

BANCO DE DADOS CONTEÚDO INFORMÁTICA. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br BANCO DE DADOS SGBD TABELA CONCEITOS BÁSICOS

BANCO DE DADOS CONTEÚDO INFORMÁTICA. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br BANCO DE DADOS SGBD TABELA CONCEITOS BÁSICOS CONTEÚDO HARDWARE - 2 AULAS SISTEMA OPERACIONAL - 2 AULAS INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br APLICATIVOS OFFICE - 3 AULAS INTERNET - 1 AULA REDE - 2 AULA SEGURANÇA - 1 AULA BANCO DE

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Explore o IceWarp Versão 11.2 com HTML5 WebAdmin. www.icewarp.com

Explore o IceWarp Versão 11.2 com HTML5 WebAdmin. www.icewarp.com Explore o IceWarp Versão 11.2 com HTML5 WebAdmin A rotina da administração cotidiana pode ser divertida e simples com a nova e responsiva interface WebAdmin. Gerencie domínios, usuários, grupos e listas

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

Configuração do Outlook para o servidor da SET

Configuração do Outlook para o servidor da SET Configuração do Outlook para o servidor da SET Selecione Ferramentas + Contas... no seu Outlook Express. Clique no botão Adicionar + Email, para acrescentar uma nova conta, ou no botão Propriedades para

Leia mais

Imóvel Mix SGI. 1. Acesso ao Sistema 2. Aspectos Gerais 3. Configuração da Empresa 4. Cadastro de Usuários

Imóvel Mix SGI. 1. Acesso ao Sistema 2. Aspectos Gerais 3. Configuração da Empresa 4. Cadastro de Usuários Imóvel Mix SGI Imóvel Mix SGI 1. Acesso ao Sistema 2. Aspectos Gerais 3. Configuração da Empresa 4. Cadastro de Usuários 5. Controle de Acesso 6. Cadastro de Clientes 7. Cadastro de Imóveis 8. Vistoria

Leia mais

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA GERENCIAMENTO DE PROJETOS PRONIM, IMPLANTAÇÃO SQL SERVER GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA Cliente GOVBR, UEM-MARINGA / Prefeitura Municipal de PEROLA Data 10/09/2015 Versão 1.0 Objeto:

Leia mais

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1

DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 DEFINIÇÃO DE REQUISITOS SISTEMA DE CONTROLE DE FINANÇAS WEB 1.0 BAIXA DE CONTAS A PAGAR RELEASE 4.1 SUMÁRIO DEFINIÇÃO DE REQUISITOS 4 1. INTRODUÇÃO 4 1.1 FINALIDADE 4 1.2 ESCOPO 4 1.3 DEFINIÇÕES, ACRÔNIMOS

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais

WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente

WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente WebMail --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente www.plugin.com.br 1 ÍNDICE Prefácio...3 Sobre Este Manual... 3

Leia mais

Desvendando o Webmail Horde da EPD

Desvendando o Webmail Horde da EPD Desvendando o Webmail Horde da EPD Segundo a Wikipédia...Um correio eletrônico ou ainda correio-e é... um método que permite compor, enviar e receber mensagens através de sistemas eletrônicos de comunicação.

Leia mais

Revisão 7 Junho de 2007

Revisão 7 Junho de 2007 Revisão 7 Junho de 2007 1/5 CONTEÚDO 1. Introdução 2. Configuração do Computador 3. Reativar a Conexão com a Internet 4. Configuração da Conta de Correio Eletrônico 5. Política Anti-Spam 6. Segurança do

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Apresentação. Treinamento OTRS Help Desk

Apresentação. Treinamento OTRS Help Desk Apresentação Treinamento OTRS Help Desk Sumário Apresentação... 3 Arquitetura... 3 Funcionalidades básicas do sistema...4 Interface Web... 4 Interface de E-mail...4 Ticket... 4 Sistema... 5 Apresentação

Leia mais

ANÁLISE DE FERRAMENTAS PARA O CONTROLE DE SPAM

ANÁLISE DE FERRAMENTAS PARA O CONTROLE DE SPAM ANÁLISE DE FERRAMENTAS PARA O CONTROLE DE SPAM Paulo Manoel Mafra Departamento de Automação e Sistemas Universidade Federal de Santa Catarina 88040-900 Florianópolis - SC mafra@das.ufsc.br ANÁLISE DE FERRAMENTAS

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

www.leitejunior.com.br 28/05/2008 18:52 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 28/05/2008 18:52 Leite Júnior CEF CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO NÍVEL MÉDIO GABARITO 1 Comentário da prova realizada dia 25/05/2008. 51 Mainframe é um tipo de computador de (A) pequeno porte, ideal para uso doméstico, assim

Leia mais

3 SERVIÇOS IP. 3.1 Serviços IP e alguns aspectos de segurança

3 SERVIÇOS IP. 3.1 Serviços IP e alguns aspectos de segurança 3 SERVIÇOS IP 3.1 Serviços IP e alguns aspectos de segurança Os serviços IP's são suscetíveis a uma variedade de possíveis ataques, desde ataques passivos (como espionagem) até ataques ativos (como a impossibilidade

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA Os requisitos mínimos para possuir o software é memoria de 64 MB, disco rígido de 20 MB processador a partir do Pentium 2 em diante e navegador internet Explorer

Leia mais

Novidades do AVG 2013

Novidades do AVG 2013 Novidades do AVG 2013 Conteúdo Licenciamento Instalação Verificação Componentes Outras características Treinamento AVG 2 Licenciamento Instalação Verificação Componentes do AVG Outras características Treinamento

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

SIORP Sistema de Informação de Órgão Publico 2012

SIORP Sistema de Informação de Órgão Publico 2012 Portfólio 2012. O que é? SIORP Sistema de Informação de Órgão Público é um sistema cujo elemento principal é a informação. Seu objetivo é armazenar, tratar e fornecer informações de tal modo a apoiar as

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server

Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Especificação do Sistema Operativo CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server Versão: 1.06 Data: 2010-11-15 SO CAMES 1 ÍNDICE A Apresentação do CAMES - CAixa Mágica Enterprise Server - Sistema Operativo de

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na empresa Agiliza Promotora de Vendas, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de

Leia mais

XDOC. Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos

XDOC. Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos XDOC Solução otimizada para armazenamento e recuperação de documentos ObJetivo Principal O Que você ACHA De ter Disponível Online todos OS Documentos emitidos por SUA empresa em UMA intranet OU Mesmo NA

Leia mais

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO Intranets FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO As intranets são redes internas às organizações que usam as tecnologias utilizadas na rede mundial

Leia mais

Semana da Internet Segura Correio Eletrónico

Semana da Internet Segura Correio Eletrónico Enviar correio eletrónico não solicitado em massa (SPAM) a outros utilizadores. Há inúmeras participações de spammers utilizando sistemas comprometidos para enviar e-mails em massa. Estes sistemas comprometidos

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministério do Desenvolvimento Agrário Capítulo 1 Ministério do Desenvolvimento Agrário Instituição: Sítio: Caso: Responsável: Palavras- Chave: Ministério do Desenvolvimento Agrário www.mda.gov.br Plano de Migração para Software Livre Paulo

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DE USUÁRIO DO SISTEMA ANTISPAM 1. O que é? É um relatório resumido enviado diariamente para cada conta de e-mail, com a lista

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SETOR DE ESTÚDIO E SUPORTE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL DA FTC EAD Salvador Bahia Março/2010 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL Este manual contém a descrição das

Leia mais

Cartilha da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Hábil Empresarial PROFISSIONAL & Hábil Enterprise

Cartilha da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Hábil Empresarial PROFISSIONAL & Hábil Enterprise Cartilha da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Hábil Empresarial PROFISSIONAL & Hábil Enterprise Koinonia Software Ltda (0xx46) 3225-6234 Índice I Índice Cap. I Introdução 1 1 Orientações... Iniciais 1 Cap. II

Leia mais

reputação da empresa.

reputação da empresa. Segurança premiada da mensageria para proteção no recebimento e controle no envio de mensagens Visão geral O oferece segurança para mensagens enviadas e recebidas em sistemas de e-mail e mensagens instantâneas,

Leia mais

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO DE PETRÓLEO E DERIVADOS... QUESTÃO 21 - Um determinado usuário trabalha em uma rede que possui o servidor anpout.gov.br para envio de e-mails e o servidor anpin.gov.br

Leia mais

Servidor de Correio Eletrônico Postfix

Servidor de Correio Eletrônico Postfix Servidor de Correio Eletrônico Postfix IFSC UNIDADE DE SÃO JOSÉ CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE DE TELECOMUNICAÇÕES! Prof. Tomás Grimm Protocolos de correio Protocolos de correio SMTP (Simple Mail Transfer Protocol)

Leia mais

A Gerência em Redes de Computadores

A Gerência em Redes de Computadores A Gerência em Redes de Computadores Gerência de Redes Redes Ferramenta fundamental Tecnicamente: constante expansão, tanto fisicamente como em complexidade. O que o usuário espera da rede? Disponibilidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE PERGAMUM NA ESCOLA BÁSICA DR. PAULO FONTES Florianópolis

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR 1 of 23 *HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR O manual do usuário tem como objetivo, detalhar o funcionamento do Sistema de Gerenciamento e Monitoramento On-Line de Obras, de forma clara para seus usuários. Clique

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema 1 Índice Apresentação... 3 Entrada no sistema... 4 Manual da NFe de Serviços Módulo Tomador... 5 Consultar RPS Recibo Provisório de Serviços... 6 Verificar a Autenticidade de Nota Fiscal...7 Geração de

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

FICHA TÉCNICA BRWall

FICHA TÉCNICA BRWall FICHA TÉCNICA BRWall BRWall 1030 BRWall 1540 BRWall 2040 BRWall 3060 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de TI provendo a segurança necessária à rede de dados. Atua como firewall de perímetro

Leia mais

Módulo 6 Usando a Internet. Internet. 3.1 Como tudo começou

Módulo 6 Usando a Internet. Internet. 3.1 Como tudo começou Módulo 6 Usando a Internet Internet 3.1 Como tudo começou A internet começou a se desenvolver no ano de 1969 onde era chamada de ARPANET, criada pelo departamento de defesa dos Estados Unidos com o propósito

Leia mais

Sérgio Cabrera Professor Informática 1

Sérgio Cabrera Professor Informática 1 1. A tecnologia que utiliza uma rede pública, como a Internet, em substituição às linhas privadas para implementar redes corporativas é denominada. (A) VPN. (B) LAN. (C) 1OBaseT. (D) 1OBase2. (E) 100BaseT.

Leia mais