Request for Information RFI Termos Gerais (RFI Subsistemas de Discos Magnéticos) DITEC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Request for Information RFI Termos Gerais (RFI Subsistemas de Discos Magnéticos) DITEC"

Transcrição

1 Request for Information RFI Termos Gerais (RFI Subsistemas de Discos Magnéticos) DITEC Introdução Esta consulta visa obter sugestões e informações como características funcionais, prazos de implementação, entre outros, que subsidiem o aperfeiçoamento das especificações técnicas em possíveis editais para aquisição de dispositivos de armazenamento de dados (subsistemas de discos magnéticos), para utilização em ambiente de SAN (Storage Area Network), visando ampliar a competitividade sem prejudicar o atendimento as necessidades do Banco. 1. Prazo/Endereço O prazo para submissão de informações compreenderá o período de 17/07/2013 a 25/07/2013. As informações, sugestões e documentações técnicas, que se enquadrem dentro dos requisitos do item 2., abaixo, deverão ser encaminhadas para: Consulta Pública Subsistemas de Discos Magnéticos Banco do Brasil - Diretoria de Tecnologia (Ditec/UCS/Gecin) STN 716 Norte Conjunto C 1º andar Ed. Sede IV CEP: ; Ou para o endereço eletrônico com o título: RFI Subsistemas de Discos Magnéticos 2. Requisitos básicos Para melhor orientar o encaminhamento das informações, abaixo se encontram algumas características básicas que deverão compor os dispositivos a serem apresentados: Especificação 1: Subsistemas para replicação de equipamentos já em produção no Banco; Especificação 2: Subsistema de 250 TB em até 3 racks; Especificação 3: subsistema de 200 TB em até 2 racks; Especificação 4: Subsistemas para ambiente distribuído; Considerações Gerais: Características comuns a todos os subsistemas.

2 ESPECIFICAÇÃO 1 1. Objeto 1.1 Aquisição de 250TB (duzentos e cinquenta terabytes) de capacidade líquida de armazenamento de dados em subsistema de discos magnéticos para utilização de replicação de dados em ambiente SAN - Storage Area Network. 2. Especificações Técnicas 2.1 A capacidade solicitada deverá ser distribuída em 1 (um) subsistema constituídos de CONTROLADORAS REDUNDANTES E DISCOS com capacidade líquida de 250TB (duzentos e cinquenta terabytes) cada e distribuído em no máximo 03 (três) racks. 3. Requisitos Técnicos 3.1 Memória Cache Cada subsistema deverá ter, no mínimo, 96GB (noventa e seis gigabytes) de memória cache, disponível para aplicação, sendo possível pelo menos, 4GB (quatro gigabytes) de memória cache não volátil (NVS/NVRAM), para uso quando em operações de gravação. 3.2 Conectividade Possuir no mínimo 32 (trinta e dois) canais fibre channel nativos, short wave laser, para conexão a hosts front-end -, com conectores padrão LC (Lucent Conector). Os subsistemas devem permitir conexão direta (direct attach) e via SAN (Storage Área Network), utilizando switchs fibre channel e/ou equipamentos DWDM (dense wavelength division multiplexing) Esses canais devem ser dispostos igualmente entre as controladoras do equipamento e deverão permitir serem utilizados para replicação síncrona/assíncrona Cada um dos canais fibre channel deve ter capacidade de efetuar transferências à taxa mínima de 8 Gbps (oito gigabits por segundo) e suportar velocidades menores, como 4 Gbps (quatro gigabits por segundo) quando conectados a outros dispositivos que tenham essas velocidades O equipamento deverá possuir, no mínimo, 192Gbps (cento e noventa e dois gigabits por segundo) de back-end, com tecnologia SAS Wide 2, sendo que a taxa de transferência mínima de cada canal não deve ser inferior a 6Gbps (seis gigabits por segundo). 3.3 Unidades de Discos Magnéticos

3 3.3.1 A capacidade de armazenamento solicitada deverá ser fornecida em diferentes tipos de HDs respeitando as porcentagens apresentadas a seguir: CAMADA 1 - Discos SSD (Solid State Disk) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 400GB (quatrocentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Serão necessários 5% (cinco por cento) da capacidade líquida do equipamento para essa camada de armazenamento. Nesse tipo de disco os RAIDs utilizados para proteção de dados serão RAID-5 ou RAID-10 (1+0). Para o RAID-5 a combinação máxima permitida será de 7D + 1P (sete discos de dados mais um disco de paridade). CAMADA 2 - Discos SAS (Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 600GB (seiscentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para discos com velocidade de rotação de rpm (quinze mil rotações por minuto) seriam necessários, no mínimo, 40% (quarenta por cento) da capacidade líquida do subsistema, enquanto para discos com velocidade de rotação de rpm (dez mil rotações por minuto) seriam necessários, no mínimo, 45% (quarenta e cinco por cento) da capacidade líquida do equipamento. Nesses tipos de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID-5 ou RAID-6. A combinação máxima permitida será de 4D + 1P (quatro discos de dados mais um disco de paridade) ou 4D +2P (quatro discos de dados mais dois disco de paridade). CAMADA 3 - Discos SATA (Serial AT Attached) ou NL-SAS (Near Line Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 3000GB (três mil gigabytes), velocidade de rotação mínima de rpm (sete mil e duzentas rotações por minuto) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para essa camada de discos seria necessário completar a capacidade líquida solicitada para o subsistema. Nesses tipos de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID-6. A combinação máxima permitida será de 6D +2P (seis discos de dados mais dois disco de paridade). 3.4 Funcionalidades Obrigatórias Replicação síncrona e assíncrona Cada subsistema deverá ter função para replicação síncrona e assíncrona de dados habilitada para 100% de sua capacidade líquida. Essa tecnologia dos subsistemas deverá ser capaz de suportar replicação bidirecional (primário => secundário e vice-versa) com inversão de sentidos e possuir flexibilidade de ser propagada através de Fibre Channel ponto-a-ponto, DWDM (dense wavelength division multiplexing) e Switches Fibre Channel A funcionalidade deverá permitir a replicação tanto de um volume único como de um conjunto de volumes até o limite de todos os volumes do equipamento adquirido.

4 3.4.3 Essa funcionalidade deverá ser capaz de possibilitar a replicação síncrona e assincrona entre o equipamento novo com modelos, EMC VNX 7500, já existentes no parque do Banco do Brasil Essa funcionalidade deverá garantir a consistência da replicação entre o equipamento ofertado e um ou mais equipamentos EMC VNX 7500 simultaneamente já em produção no Banco do Brasil O processo de implementação da replicação deverá ser não disruptivo, visto que os equipamentos do banco a serem replicados encontram-se em produção. Assim como não deverá haver alteração de parâmetros que impliquem em perda de acesso aos dados pelos servidores A implementação, testes e passagem de conhecimento sobre a funcionalidade de replicação ficará a cargo do fornecedor e deverá ser feita utilizando equipe e profissionais treinados e autorizados pelo fabricante do equipamento. Deverá também ser disponibilizado todos os procedimentos necessários para a automatização e gerenciamento dessa funcionalidade. Esses procedimentos devem ser realizados através de ferramentas específicas que acompanhem o equipamento e que sejam compatíveis com os procedimentos e sistemas utilizados no Banco do Brasil. Movimentação de bloco de dados entre discos e/ou cache (tierização) Os equipamentos deverão permitir a movimentação de bloco de dados, de forma automática e manual, entre tipos de discos ou camadas diferentes, de acordo com a demanda de acesso aos dados baseado em algoritmos ou políticas definidas Essa funcionalidade deverá permitir a movimentação dos blocos de dados entre todos os discos que compõe os subsistemas de discos. Com isso, os dados mais acessados ficarão em discos ou camadas de melhor desempenho. Não poderá haver perda de interrupção do acesso a LUN nesse processo A movimentação de dados deverá ser feita em blocos de dados de no máximo 1GB (um gigabytes) e em períodos não maiores que 4 (quatro) horas.

5 ESPECIFICAÇÃO 2 1. Objeto 1.1 Aquisição de 250TB (duzentos e cinquenta terabytes) de capacidade líquida de armazenamento de dados em subsistema de discos magnéticos para utilização em ambiente SAN - Storage Area Network. 2. Especificações Técnicas 2.1 A capacidade solicitada deverá ser distribuída em 1 (um) subsistema constituídos de CONTROLADORAS REDUNDANTES E DISCOS com capacidade líquida de 250TB (duzentos e cinquenta terabytes) cada e distribuídos em no máximo 03 (três) racks. 3. Requisitos Técnicos 3.1 Memória Cache Cada subsistema deverá ter, no mínimo, 96GB (noventa e seis gigabytes) de memória cache, disponível para aplicação, sendo possível pelo menos, 4GB (quatro gigabytes) de memória cache não volátil (NVS/NVRAM), para uso quando em operações de gravação. 3.2 Conectividade Possuir no mínimo 32 (trinta e dois) canais fibre channel nativos, short wave laser, para conexão a hosts front-end -, com conectores padrão LC (Lucent Conector). Os subsistemas devem permitir conexão direta (direct attach) e via SAN (Storage Área Network), utilizando switchs fibre channel e/ou equipamentos DWDM (dense wavelength division multiplexing) Esses canais devem ser dispostos igualmente entre as controladoras do equipamento e deverão permitir serem utilizados para replicação síncrona/assíncrona Cada um dos canais fibre channel deve ter capacidade de efetuar transferências à taxa mínima de 8 Gbps (oito gigabits por segundo) e suportar velocidades menores, como 4 Gbps (quatro gigabits por segundo) quando conectados a outros dispositivos que tenham essas velocidades O equipamento deverá possuir, no mínimo, 192Gbps (cento e noventa e dois gigabits por segundo) de back-end, com tecnologia SAS Wide 2, sendo que a taxa de transferência mínima de cada canal não deve ser inferior a 6Gbps (seis gigabits por segundo). 3.3 Unidades de Discos Magnéticos

6 3.3.1 A capacidade de armazenamento solicitada deverá ser fornecida em diferentes tipos de HDs respeitando as porcentagens apresentadas a seguir: CAMADA 1 - Discos SSD (Solid State Disk) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 400 GB (quatrocentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Serão necessários 5% (cinco por cento) da capacidade líquida do equipamento para essa camada de armazenamento. Nesse tipo de disco os RAIDs utilizados para proteção de dados serão RAID-5 ou RAID-10 (1+0). Para o RAID-5 a combinação máxima permitida será de 7D + 1P (sete discos de dados mais um disco de paridade). CAMADA 2 - Discos SAS (Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 600 GB (seiscentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para discos com velocidade de rotação de rpm (quinze mil rotações por minuto) seriam necessários, no mínimo, 40% (quarenta por cento) da capacidade líquida do subsistema, enquanto para discos com velocidade de rotação de rpm (dez mil rotações por minuto) seriam necessários, no mínimo, 45% (quarenta e cinco por cento) da capacidade líquida do equipamento. Nesses tipos de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID-5 ou RAID-6. A combinação máxima permitida será de 4D + 1P (quatro discos de dados mais um disco de paridade) ou 4D +2P (quatro discos de dados mais dois disco de paridade). CAMADA 3 - Discos SATA (Serial AT Attached) ou NL-SAS (Near Line Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 3000GB (três mil gigabytes), velocidade de rotação mínima de rpm (sete mil e duzentas rotações por minuto) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para essa camada de discos seria necessário completar a capacidade líquida solicitada para o subsistema. Nesses tipos de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID-6. A combinação máxima permitida será de 6D +2P (seis discos de dados mais dois disco de paridade). 3.4 Funcionalidades Obrigatórias Replicação síncrona e assíncrona Cada subsistema deverá ter função para replicação síncrona e assíncrona de dados habilitada para 100% de sua capacidade líquida. Essa tecnologia dos subsistemas deverá ser capaz de suportar replicação bidirecional (primário => secundário e vice-versa) com inversão de sentidos e possuir flexibilidade de ser propagada através de Fibre Channel ponto-a-ponto, DWDM (dense wavelength division multiplexing) e Switches Fibre Channel A funcionalidade deverá permitir a replicação tanto de um volume único como de um conjunto de volumes até o limite de todos os volumes do equipamento adquirido A implementação, testes e passagem de conhecimento sobre a funcionalidade de replicação ficará a cargo do fornecedor e deverá ser feita

7 utilizando equipe e profissionais treinados e autorizados pelo fabricante do equipamento. Deverá também ser disponibilizado todos os procedimentos necessários para a automatização e gerenciamento dessa funcionalidade. Esses procedimentos devem ser realizados através de ferramentas específicas que acompanhem o equipamento e que sejam compatíveis com os procedimentos e sistemas utilizados no Banco do Brasil. Movimentação de bloco de dados entre discos e/ou cache (tierização) Os equipamentos deverão permitir a movimentação de bloco de dados, de forma automática e manual, entre tipos de discos ou camadas diferentes, de acordo com a demanda de acesso aos dados baseado em algoritmos ou políticas definidas Essa funcionalidade deverá permitir a movimentação dos blocos de dados entre todos os discos que compõe os subsistemas de discos. Com isso, os dados mais acessados ficarão em discos ou camadas de melhor desempenho. Não poderá haver perda de interrupção do acesso a LUN nesse processo A movimentação de dados deverá ser feita em blocos de dados de no máximo 1GB (um gigabytes) e em períodos não maiores que 4 (quatro) horas.

8 ESPECIFICAÇÃO 3 1. Objeto 1.1 Aquisição de 200TB (duzentos terabytes) de capacidade líquida de armazenamento de dados em subsistemas de discos magnéticos para utilização em ambiente SAN - Storage Area Network. 2. Especificações Técnicas 2.1 A capacidade solicitada deverá ser distribuída em 1 (um) subsistema constituídos de CONTROLADORAS REDUNDANTES E DISCOS com capacidade líquida de 200TB (duzentos e cinquenta terabytes) cada e distribuídos em no máximo 02 (dois) racks. 3. Requisitos Técnicos 3.1 Memória Cache Cada subsistema deverá ter, no mínimo, 96GB (noventa e seis gigabytes) de memória cache, disponível para aplicação, sendo possível pelo menos, 4GB (quatro gigabytes) de memória cache não volátil (NVS/NVRAM), para uso quando em operações de gravação. 3.2 Conectividade Possuir no mínimo 32 (trinta e dois) canais fibre channel nativos, short wave laser, para conexão a hosts front-end -, com conectores padrão LC (Lucent Conector). Os subsistemas devem permitir conexão direta (direct attach) e via SAN (Storage Área Network), utilizando switchs fibre channel e/ou equipamentos DWDM (dense wavelength division multiplexing) Esses canais devem ser dispostos igualmente entre as controladoras do equipamento e deverão permitir serem utilizados para replicação síncrona/assíncrona Cada um dos canais fibre channel deve ter capacidade de efetuar transferências à taxa mínima de 8 Gbps (oito gigabits por segundo) e suportar velocidades menores, como 4 Gbps (quatro gigabits por segundo) quando conectados a outros dispositivos que tenham essas velocidades O equipamento deverá possuir, no mínimo, 192Gbps (cento e noventa e dois gigabits por segundo) de back-end, com tecnologia SAS Wide 2, sendo que a taxa de transferência mínima de cada canal não deve ser inferior a 6Gbps (seis gigabits por segundo). 3.3 Unidades de Discos Magnéticos

9 3.3.1 A capacidade de armazenamento solicitada deverá ser fornecida em diferentes tipos de HDs respeitando as porcentagens apresentadas a seguir: CAMADA 1 - Discos SSD (Solid State Disk) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 400GB (quatrocentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Serão necessários 5% (cinco por cento) da capacidade líquida do equipamento para essa camada de armazenamento. Nesse tipo de disco os RAIDs utilizados para proteção de dados serão RAID-5 ou RAID-10 (1+0). Para o RAID-5 a combinação máxima permitida será de 7D + 1P (sete discos de dados mais um disco de paridade). CAMADA 2 - Discos SAS (Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 600GB (seiscentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para discos com velocidade de rotação de rpm (quinze mil rotações por minuto) seriam necessários, no mínimo, 40% (quarenta por cento) da capacidade líquida do subsistema, enquanto para discos com velocidade de rotação de rpm (dez mil rotações por minuto) seriam necessários, no mínimo, 45% (quarenta e cinco por cento) da capacidade líquida do equipamento. Nesses tipos de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID-5 ou RAID-6. A combinação máxima permitida será de 4D + 1P (quatro discos de dados mais um disco de paridade) ou 4D +2P (quatro discos de dados mais dois disco de paridade). CAMADA 3 - Discos SATA (Serial AT Attached) ou NL-SAS (Near Line Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 3000GB (três mil gigabytes), velocidade de rotação mínima de rpm (sete mil e duzentas rotações por minuto) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para essa camada de discos seria necessário completar a capacidade líquida solicitada para o subsistema. Nesses tipos de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID-6. A combinação máxima permitida será de 6D +2P (seis discos de dados mais dois disco de paridade). 3.4 Funcionalidades Obrigatórias Replicação síncrona e assíncrona Cada subsistema deverá ter função para replicação síncrona e assíncrona de dados habilitada para 100% de sua capacidade líquida. Essa tecnologia dos subsistemas deverá ser capaz de suportar replicação bidirecional (primário => secundário e vice-versa) com inversão de sentidos e possuir flexibilidade de ser propagada através de Fibre Channel ponto-a-ponto, DWDM (dense wavelength division multiplexing) e Switches Fibre Channel A funcionalidade deverá permitir a replicação tanto de um volume único como de um conjunto de volumes até o limite de todos os volumes do equipamento adquirido A implementação, testes e passagem de conhecimento sobre a funcionalidade de replicação ficará a cargo do fornecedor e deverá ser feita

10 utilizando equipe e profissionais treinados e autorizados pelo fabricante do equipamento. Deverá também ser disponibilizado todos os procedimentos necessários para a automatização e gerenciamento dessa funcionalidade. Esses procedimentos devem ser realizados através de ferramentas específicas que acompanhem o equipamento e que sejam compatíveis com os procedimentos e sistemas utilizados no Banco do Brasil. Movimentação de bloco de dados entre discos e/ou cache (tierização) Os equipamentos deverão permitir a movimentação de bloco de dados, de forma automática e manual, entre tipos de discos ou camadas diferentes, de acordo com a demanda de acesso aos dados baseado em algoritmos ou políticas definidas Essa funcionalidade deverá permitir a movimentação dos blocos de dados entre todos os discos que compõe os subsistemas de discos. Com isso, os dados mais acessados ficarão em discos ou camadas de melhor desempenho. Não poderá haver perda de interrupção do acesso a LUN nesse processo A movimentação de dados deverá ser feita em blocos de dados de no máximo 1GB (um gigabytes) e em períodos não maiores que 4 (quatro) horas.

11 ESPECIFICAÇÃO 4 1. Objeto 1.1 Aquisição de 160TB (cento e sessenta terabytes) de capacidade líquida de armazenamento de dados em subsistemas de discos magnéticos para utilização em ambiente SAN - Storage Area Network. 2. Especificações Técnicas 2.1 A capacidade solicitada deverá ser distribuída em 3 (três) subsistemas, sendo 02 (dois) com 30TB (trinta terabytes) cada de configuração idêntica, mesmo modelo, totalmente independentes e 01 (um) com 100TB (cem terabyte). Esses equipamentos devem ser constituídos de CONTROLADORAS REDUNDANTES e distribuídos em no máximo 01 (um) rack. 3. Requisitos Técnicos 3.1 Memória Cache Cada subsistema deverá ter, no mínimo, 32GB (trinta e dois gigabytes) de memória cache, disponível para aplicação, para uso quando em operações de gravação. 3.2 Conectividade Possuir no mínimo 16 (dezesseis) canais fibre channel nativos, short wave laser, para conexão a hosts front-end -, com conectores padrão LC (Lucent Conector). Os subsistemas devem permitir conexão direta (direct attach) e via SAN (Storage Área Network), utilizando switchs fibre channel e/ou equipamentos DWDM (dense wavelength division multiplexing) Esses canais devem ser dispostos igualmente entre as controladoras do equipamento e deverão permitir serem utilizados para replicação síncrona/assíncrona Cada um dos canais fibre channel deve ter capacidade de efetuar transferências à taxa mínima de 8 Gbps (oito gigabits por segundo) e suportar velocidades menores, como 4 Gbps (quatro gigabits por segundo) quando conectados a outros dispositivos que tenham essas velocidades Possuir no mínimo 8 (oito) canais Gigabit Ethernet, com conectores RJ45, para acesso a bloco; O equipamento deverá possuir, no mínimo, 96Gbps (noventa e seis gigabits por segundo) de back-end, com tecnologia SAS Wide 2, sendo que a taxa de transferência mínima de cada canal não deve ser inferior a 6Gbps (seis gigabits por segundo).

12 3.3 Unidades de Discos Magnéticos A capacidade de armazenamento solicitada deverá ser fornecida em diferentes tipos de HDs respeitando as porcentagens apresentadas a seguir: CAMADA 1 - Discos SSD (Solid State Disk) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 400GB (quatrocentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Serão necessários 3% (três por cento) da capacidade líquida do equipamento para essa camada de armazenamento. Nesse tipo de disco os RAIDs utilizados para proteção de dados serão RAID-5 ou RAID-10 (1+0). Para o RAID-5 a combinação máxima permitida será de 7D + 1P (sete discos de dados mais um disco de paridade). CAMADA 2 - Discos SAS (Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 600GB (seiscentos gigabytes) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para essa camada de discos a quantidade mínima por equipamento é de 20TB (vinte terabytes) líquidos da capacidade líquida do equipamento. Nesse tipo de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID- 5 ou RAID-6. A combinação máxima permitida será de 4D + 1P (quatro discos de dados mais um disco de paridade) ou 4D +2P (quatro discos de dados mais dois disco de paridade). CAMADA 3 - Discos SATA (Serial AT Attached) ou NL-SAS (Near Line Serial Attached SCSI) com capacidade máxima por disco (Hard Disk) de 3000GB (três mil gigabytes), velocidade de rotação mínima de rpm (sete mil e duzentas rotações por minuto) e tamanho máximo de 3,5 (três inteiros e cinco décimos) polegadas. Para essa camada de discos seria necessário completar a capacidade líquida solicitada para cada subsistema. Nesses tipos de disco o RAID utilizado para proteção de dados será RAID-6. A combinação máxima permitida será de 6D +2P (seis discos de dados mais dois disco de paridade). 3.4 Funcionalidades Obrigatórias Replicação síncrona e assíncrona Cada subsistema deverá ter função para replicação síncrona e assíncrona de dados habilitada para 100% de sua capacidade líquida. Essa tecnologia dos subsistemas deverá ser capaz de suportar replicação bidirecional (primário => secundário e vice-versa) com inversão de sentidos e possuir flexibilidade de ser propagada através de Fibre Channel ponto-a-ponto, DWDM (dense wavelength division multiplexing) e Switches Fibre Channel A funcionalidade deverá permitir a replicação tanto de um volume único como de um conjunto de volumes até o limite de todos os volumes do equipamento adquirido Os equipamentos deverão ter licenciados, para toda a sua capacidade, o protocolo iscsi para utilização de replicação entre sites.

13 3.4.4 A implementação, testes e passagem de conhecimento sobre a funcionalidade de replicação ficará a cargo do fornecedor e deverá ser feita utilizando equipe e profissionais treinados e autorizados pelo fabricante do equipamento. Deverá também ser disponibilizado todos os procedimentos necessários para a automatização e gerenciamento dessa funcionalidade. Esses procedimentos devem ser realizados através de ferramentas específicas que acompanhem o equipamento e que sejam compatíveis com os procedimentos e sistemas utilizados no Banco do Brasil. Movimentação de bloco de dados entre discos e/ou cache (tierização) Os equipamentos deverão permitir a movimentação de bloco de dados, de forma automática e manual, entre tipos de discos ou camadas diferentes, de acordo com a demanda de acesso aos dados baseado em algoritmos ou políticas definidas. Com isso, os dados mais acessados ficarão em discos ou camadas de melhor desempenho. Não poderá haver perda de interrupção do acesso a LUN nesse processo A movimentação de dados deverá ser feita em blocos de dados de no máximo 1GB (um gigabytes) e em períodos não maiores que 4 (quatro) horas.

14 CONSIDERAÇÕES GERAIS 1. Objeto 1.1. Todos os equipamentos devem ser novos, sem uso, ainda em linha de fabricação, constar do anúncio mais recente do fabricante, independentemente da família a qual pertence o subsistema e ter data de fabricação posterior a junho de Não serão aceitos equipamentos usados, remanufaturados, de demonstração ou composições feitas para atender as especificações desse certame; 2. Definições 2.1 Capacidade Líquida: Área disponível para armazenamento de dados e uso dos sistemas operacionais, sem considerar compressão, compactação de dados, ou dados duplicados por opções como mirror, dual copy, RAID (conforme definido pela SNIA - Storage Networking Industry Association) ou discos hot-spare; 2.2 Considerar 01 (um) Kbyte igual a (um mil e vinte e quatro) bytes, de armazenamento em discos (hard-disk), disponíveis para dados e aplicações. 3. Requisitos Técnicos 3.1 Memória Cache A memória cache deverá ser protegida com ECC (Error Correction Code) ou similar A memória cache deverá ter proteção em caso de falta de energia, para que, em caso de falta de energia elétrica os dados que estejam na memória cachê não sejam perdidos, e assim que a energia seja restabelecida esses dados estejam disponíveis A memória cache deverá ser distribuída fisicamente de forma a obter o máximo bandwidth (largura de banda) interno possível para a configuração de discos ofertada Só será considerada como memória cache (volátil ou não) se estiver localizada na unidade de controle (controladora). A utilização de expansões, como discos ou placas SSD (Solid State Disk) não serão aceita como memória cache tão pouco como extensão desta. 3.2 Controladoras de Discos

15 3.2.1 Cada subsistema deverá ter no mínimo 2 (duas) controladoras redundantes e ativas, garantindo a disponibilidade de acesso aos dados do subsistema no caso de falha de uma das controladoras. Toda operação de escrita deve ser gravada nas duas controladoras. O acesso aos volumes deve ser possível por todas as controladoras e que seja feito load balance (balanceamento) no acesso aos volumes O subsistema de discos deverá possuir capacidade interna de gerenciamento automático de prioridade nas operações de replicação, failover, acesso aos dados e recuperação de componentes sem que seja necessário o ajuste manual pelo contratante, seja por interface gráfica ou linha de comando Deverá implementar a tecnologia de failover automático entre as controladoras. 3.3 Unidades de Discos Magnéticos Os subsistemas devem suportar a função dynamic spare cujos discos SPARE deverão ser fornecidos além da capacidade líquida de armazenamento solicitada Deverá ser fornecido, para cada subsistema de discos, 01 (um) disco "hot-spare" para cada 20 (vinte) discos de dados e/ou paridade. Sendo que, para cada tipo de disco deve haver, no mínimo, 2 (dois) discos de spare no subsistema. Os discos de "hot-spare" deverão obedecer às características e tamanhos especificados no edital, bem como serem suficientes para, sem a necessidade de intervenção manual, substituir qualquer disco do equipamento que venha a falhar Para o caso de subsistemas de discos com uso de spare global, também deverá ser ofertada a quantidade máxima possível, sendo que os discos deverão obedecer às características e tamanhos especificados no edital Deverá ser permitida a troca de disco (HD), avariado, pertencente a um array disk, sem interrupção da aplicação que está acessando o array, assim como a adição de novos discos para aumento de área de armazenamento também não deve interromper as operações de I/O que estiverem acessando o subsistema Os subsistemas devem ser fornecidos com os componentes internos de controladoras de discos e discos magnéticos (hard-disk) distribuídos o mais equitativamente possível entre as controladoras, de forma a proporcionar maior desempenho. 3.4 Compatibilidades Os subsistemas devem ser compatíveis com no mínimo os sistemas operacionais abaixo: IBM AIX 5.3 e superior; Sun Solaris versão 9 e superior;

16 Linux Red Hat Advanced Server (RHAS) versão 5.3 e superior; Linux Red Hat Enterprise 5.6 e superior; SUSE Linux Enterprise Server versão SLES 9 e superior; Windows Server 2003 e superior, tanto 32 quanto 64 Bits; VMWare ESX 3.5 e superior Os subsistemas de discos ofertados deverão ser totalmente compatíveis com os equipamentos constantes no parque do Banco, dentre eles: EMC Clariion; EMC VMAX; Fujitsu Ethernus DX440; EMC VNX; Os subsistemas devem ser compatíveis e se integrar com as soluções de virtualização VMware por meio das APIs (Aplicattion Programming Interface) abaixo: VAAI - vstorage APIs for Array Integration; o Hardware Assisted Locking o Full Copy o Block Zero o Thin Provising Suspend; o Thin Provising Dead Space Reclaim VASA - vstorage APIs for Storage Awareness; Deverá possuir plugin para integração com o vcenter (VMware), de forma que seja permitido configurar políticas de acesso a disco diretamente do vcenter e permita visualização de desempenho do subsistema de armazenamento Os subsistemas ofertados devem ser compatíveis com as soluções EMC Control Center (ECC) e suas atualizações, IBM Tivoli, System Center Operations Manager e HP Operations, utilizadas pelo Banco para gerenciamento de recursos de armazenamento (SRM). 3.5 Funcionalidades Obrigatórias Provisionamento Dinâmico (thin provisioning) Os subsistemas de armazenamento devem suportar a funcionalidade ou seja, possuir a funcionalidade de consumir a capacidade de armazenamento sob demanda de novas gravações de dados e não com a simples disponibilização da LUN. Deverá ser possível também apresentar ao host área superior ao que foi alocado inicialmente A funcionalidade de thin provising deverá possibilitar também distinguir o espaço alocado ao espaço realmente ocupado e possibilitar a criação e customização de avisos ou alertas sempre que essa área disponibilizada

17 virtualmente atingir uma determinada porcentagem de consumo, para que seja possível fazer incremento de área. Movimentação de bloco de dados entre discos e/ou cache (tierização) Os equipamentos deverão permitir a movimentação de bloco de dados, de forma automática e manual, entre tipos de discos ou camadas diferentes, de acordo com a demanda de acesso aos dados baseado em algoritmos ou políticas definidas Essa funcionalidade deverá permitir a movimentação dos blocos de dados entre todos os discos que compõe os subsistemas de discos. Com isso, os dados mais acessados ficarão em discos ou camadas de melhor desempenho. Não poderá haver perda de interrupção do acesso a LUN nesse processo A movimentação de dados deverá ser feita em blocos de dados de no máximo 1GB (um gigabytes) e em períodos não maiores que 4 (quatro) horas. Cópia remota entre subsistemas distintos Os subsistemas deverão ter função de cópia remota de dados entre subsistemas de fabricantes distintos, utilizando recursos da SAN e não da rede ethernet ou ciclos de CPU. A função de cópia remota pode ser realizada tanto por software quanto por hardware, e a funcionalidade de cópia de dados ofertada deverá ser licenciada, no mínimo, ao total de TB (terabytes) do subsistema ofertado. Deverá também ser compatível com os equipamentos e sistemas operacionais constantes do Edital, sem limitação de quantidade de hosts ou CPUs Essa funcionalidade de cópia deverá manter os volumes ativos, ou seja, manter as atividades de leitura e escrita na origem durante o processo de cópia de dados. Deverá ser possível efetuar mais de uma cópia, de LUNs diferentes com o mesmo equipamento de origem e/ou o mesmo destino, simultaneamente. Cópia instantânea (snapshot) Deverá possuir a funcionalidade de cópia instantânea (snapshot) eficiente, de forma que apenas os ponteiros são armazenados e não todos os dados Deverá ser possível fazer versões diferentes de snapshots e ser possível fazer agendamento de snapshots por períodos de tempo A capacidade líquida solicitada não deverá ser impactada pela utilização de nenhuma das funcionalidades requeridas Todas as funcionalidades solicitadas devem estar licenciadas e serem compatíveis com toda a capacidade de armazenamento adquirida. Essas funcionalidades devem estar disponíveis até a data de assinatura do contrato.

18 Porventura algum licenciamento se faça necessário para o funcionamento e/ou compatibilidade dos requisitos solicitados nesse edital, esse deve ser fornecido juntamente e considerando a capacidade total dos equipamentos Caso seja necessário software adicional para implementar essas funcionalidades, o mesmo deverá ser fornecido juntamente com o subsistema e com licenciamento necessário ao perfeito funcionamento do recurso. A instalação e a utilização desse software adicional não poderão incorrer em reinicialização do sistema operacional que esteja em produção. 3.6 Gerenciamento e Administração Os equipamentos devem possuir monitoramento pró-ativo que permita a detecção e isolamento de falhas antes mesmo que elas ocorram. Tal função abrangerá a auto-monitoração e geração de logs de erros, detecção de erros de memória, detecção e isolamento de erros nos discos, inclusive acionamento automático do disco de reposição (disk spare) Os recursos de gerencia dos equipamentos, os quais passarão a ser de propriedade do Banco do Brasil, sem ônus adicionais, devem permitir sua utilização e visualização através de console gráfica e devem possuir, no mínimo, as seguintes funcionalidades: Ter suporte a padrão SMI-S solicitado; Formatação de volumes e associação de volumes aos servidores; Criação de RAID Groups; Implementação de Lun Masking; Envio de alertas em casos de falhas; Informe de dados de utilização e performance sobre RAID Groups, discos físicos, volumes lógicos e portas fibre channel; Administração, segurança e controle de acesso aos volumes lógicos de forma a manter isoladas as diferentes partições associadas a diferentes servidores e sistemas operacionais, mesmo quando os mesmos têm seu acesso ao subsistema através de switches fibre channel e eventualmente utilizando uma mesma porta fibre channel do subsistema (utilização de zoning) Essa funcionalidade, software e/ou solução, poderá ser acessada tanto localmente, através da console de gerenciamento, quanto remotamente, através de interface Web ou aplicação instalada no cliente Deverá ser disponibilizado software compatível com o equipamento que permita análises de desempenho online e por histórico, pelo período mínimo de 6 (seis) meses, do subsistema. Esse software deverá permitir análise de I/Os, tempo de resposta, consumo de discos e LUNs e demais recursos do equipamento. Essa solução subsidiará a tomada de decisões quanto a otimização e adequação

19 3.7 Disponibilidade e Outros Requisitos Obrigatórios Os equipamentos devem ter índice de disponibilidade igual ou superior a 99,999% e garantir a integridade das informações armazenadas. Os componentes devem ser hot-swappable, ou seja, devem permitir a manutenção, reparo, substituição e acréscimo de componentes incluindo discos, fontes e ventiladores com o sistema em operação Ter redundância tal que, em caso de falha de algum componente, os servidores que possuírem no mínimo um caminho para a SAN não percam acesso aos respectivos volumes Permitir a utilização de dois ou mais caminhos ativos e balanceados, multi-path, para o mesmo servidor acessar os volumes. Permitir a utilização do software de multi-path nativo dos sistemas operacionais citados anteriormente sem perda de funcionalidades. Essa funcionalidade deverá permitir também o balanceamento de carga para os servidores acessarem os subsistemas de discos, nos casos dos servidores que possuam mais de um caminho A funcionalidade multi-path ofertada deverá se limitar apenas ao total de TB e sistemas operacionais constantes do Edital, sem limitação de quantidade de hosts ou CPUs Essa compatibilidade, entre os subsistemas ofertados e os listados, deverá permitir que o mesmo host, através de uma ou mais HBA (Host Bus Adapter), conectado à mesma SAN, possa acessar simultaneamente os discos de ambos equipamentos diferenciando apenas por zone no director(switch) Os subsistemas devem implementar mecanismos de proteção, LUN masking, entre volumes, de forma que os mesmos sejam visíveis ou utilizáveis apenas pelos hosts para os quais estejam destinados A solução ofertada deverá ser compatível com as normas estabelecidas pela SNIA (Storage Networking Industry Association) e prover interface de gerenciamento com os padrões SMI-S (Storage Management Initiative Specification), na versão 1.4 ou superior, para gerenciamento do ambiente de virtualização de volumes de disco através de ferramentas de gerência de armazenamento que utilizem este padrão. A comprovação dessa aderência será realizada através do site Os agentes SMI-S devem ser fornecidos com os equipamentos O fabricante do equipamento deverá ser participante do SNIA (Storage Networking Industry Association), na qualidade de "Large Voting Member", com comprovação no site além de ser membro e estar em conformidade com os preceitos do GSI (Green Storage Initiative) -

20 3.7.9 Possuir duas ou mais fontes internas, independentes, de tal forma que em caso de falha de uma das fontes o subsistema continue a funcionar sem indisponibilizar o acesso aos dados armazenados. 4. Considerações Gerais 4.1 A compatibilidade dos equipamentos objeto desse edital a novos equipamentos e soluções será solicitada pelo Banco do Brasil quando de futuras aquisições, ficando a cargo da licitante manter a matriz de homologação de ambiente sempre atualizada. 4.2 Durante o período de vigência do contrato, o Banco do Brasil pode solicitar o remanejamento integral ou parcial dos equipamentos objeto desse edital, limitado a até 2 (dois) remanejamentos por ano e dentro da praça de instalação original dos mesmos. Nesse caso o Banco arcará com as despesas de transporte, seguro e infra-estrutura necessária para suportar a nova configuração (cabos de fibra ótica, energia elétrica e piso falso), sendo que o serviço de remanejamento deverá ser executado pelo proponente, sem custos adicionais ao Banco do Brasil. 4.3 Entende-se por serviços de remanejamento a desinstalação, desmontagem na origem, montagem no destino, instalação, configuração e interoperabilidade com os demais equipamentos no local de envio. 4.4 Em caso de remanejamento, os serviços de manutenção passarão a ser executados no novo endereço de localização. 5. Condições de Entrega. 5.1 A contratada deverá entregar os equipamentos com manuais, mídias e toda a documentação técnica necessária para sua correta instalação, configuração e manutenção já com as etiquetas de identificação patrimonial. 5.2 Todos os equipamentos e seus componentes deverão ser entregues no prazo máximo de 30 (trinta) dias corridos, contados da assinatura do contrato, com os lacres do fabricante. 5.3 A entrega dos equipamentos deve ser agendada com no mínimo 24 (vinte e quatro) horas de antecedência e devem ser entregues em um dos endereços abaixo previamente indicado pelo Banco, no período compreendido entre 9h e 17h, em dias úteis, de segunda a sexta-feira: - Banco do Brasil S.A.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

Sistema De Armazenamento De Dados Storage

Sistema De Armazenamento De Dados Storage Sistema De Armazenamento De Dados Storage SUBITEM ESPECIFICAÇÕES 1.0 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 DESCRIÇÃO O Sistema de Armazenamento deverá possuir no mínimo 60 TB (Sessenta Terabytes) líquidos livres para uso

Leia mais

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3

ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 ANEXO III ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 3 Especificação dos Objetos a serem Contratados Contratação de empresa para fornecimento de Subsistemas de Discos Midrange (Storages), conforme requisitos mínimos

Leia mais

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

Sistema Integrado de Administração de Materiais e Serviços - SIAD Catálogo de Materiais e Serviços - CATMAS SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Storage O subsistema de armazenamento de dados deverá ser do tipo bloco, disponibilizando nativamente componentes de hardware para armazenamento baseado em bloco, com

Leia mais

7. Todos os discos da Solução de Storage deverão possuir as funcionalidades hot-plug e hotswap.

7. Todos os discos da Solução de Storage deverão possuir as funcionalidades hot-plug e hotswap. SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB Características Técnicas: 1. Deverá ser ofertada Solução de Storage com no mínimo 1 (um) subsistema de armazenamento High-End Enterprise para cada um dos 3

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

Prazo de Garantia dos produtos: 5 anos.

Prazo de Garantia dos produtos: 5 anos. MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA Edital de Licitação n.º 051/2014 - PREGÃO ELETRÔNICO -SRP ATA de Registro de Preços 046/2014 ATA válida até 25/11/2015 Item

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A PREGÃO PRESENCIAL N. 2010/169 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ARMAZENAMENTO EXTERNO - STORAGE E TAPE LIBRARY. Ref.: Esclarecimentos A unidade de Tape Library será instalada em servidor dedicado a

Leia mais

SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB

SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO PROJETO STORAGE 1 PB 1 Características Técnicas 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Armazenamento com 1 (um) subsistema de discos. A capacidade mínima do subsistema deverá ser de

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Com relação ao item: 8.1.9. Os 2 (dois)

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A EDITAL - PREGÃO PRESENCIAL N. 2011/123 OBJETO: AQUISIÇÃO DE UNIDADE DE ARMAZENAMENTO DE DADOS. ESCLARECIMENTOS TÉCNICOS 1) Referente a terceira exigência da seção CONECTIVIDADE : É obrigatório que as portas

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO E INTEGRAÇÃO DO SYSTEM STORAGE IBM DS4700. LOTE 1 (Único) 1 8 Disco FC de 300 GBytes, 4 Gbps, 15 Krpm E-DDM. Tecnologia Fibre Channel Enhanced Disk Drive Modules;

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS DA JFES. LOTE 01 ITEM 1 Biblioteca automatizada de armazenamento em fita IBM (Modelo ref.: IBM TS3500

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REGISTRO DE PREÇOS PARA CONTRATAÇÃO DE: SOLUÇÃO DE VIRTUALIZAÇÃO DE STORAGES E REPLICAÇÃO REMOTA LOTE 01 DESCRIÇÃO ITEM 1 Sistema de armazenamento Storage IBM StorWize

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS EXPANSÃO DE TAPE LIBRARY IBM TS3310 - EXPANSÃO DE SYSTEM STORAGE IBM DS5020 e DS4700 - EXPANSÃO DE REDE SAN LOTE 01 DESCRIÇÃO ITEM 1 Gabinete expansão 3576E9U para Tape

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 1 DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de solução avançada de backup desduplicado, com serviços de assistência técnica e capacitação, visando a integração

Leia mais

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4

Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Avaliação do sistema de armazenamento EMC CLARiiON AX4 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação prática do novo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS NETWORK ATTACHED STORAGE (NAS)

TERMO DE REFERÊNCIA REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS NETWORK ATTACHED STORAGE (NAS) TERMO DE REFERÊNCIA REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS NETWORK ATTACHED STORAGE (NAS) OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA Registro de Preços para aquisição de sistema de armazenamento

Leia mais

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL Empresa: Vixplus Informática Ltda ME Ao PREGÃO nº 008/2013. Prezados Senhores: Pela presente formulamos Proposta Comercial para fornecimento de equipamentos e softwares

Leia mais

ANEXO 1A. Solução para Expansão do Sistema de Armazenamento de Dados do Sesc/DN

ANEXO 1A. Solução para Expansão do Sistema de Armazenamento de Dados do Sesc/DN ANEXO 1A Solução para Expansão do Sistema de Armazenamento de Dados do Sesc/DN Objeto: Aquisição de infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI), com expansão do atual sistema de armazenamento de dados,

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 10/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA AQUISIÇÃO: para atender as necessidades da Câmara Municipal de Canoas/RS. 2. OBJETO: O objeto da presente licitação, na modalidade

Leia mais

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Sobre o item 18.1. A prestação do serviço

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Edital de Tomada de Preços nº. 004/2012 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PÁGINA 1 DE 6 ITEM 01 SERVIDOR DE RACK COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS MÍNIMAS: INFORMAR OBRIGATORIAMENTE O FABRICANTE

Leia mais

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD

Família Dell PowerVault MD. Armazenamento. modular. A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD Armazenamento modular A família de storage Dell PowerVault MD Família Dell PowerVault MD A escolha acessível A família Dell PowerVault MD é uma escolha de armazenamento acessível

Leia mais

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS

GABINETE ALTURA PROCESSADORES NÚCLEOS DE PROCESSAMENTO MEMÓRIA RAM CHIPSET ARQUITETURA BIOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GABINETE ALTURA - Rack Chassis Próprio - Ventiladores Internos Hot Plug Redundantes - Ventilação Adequada para a Refrigeração do Sistema Interno do Equipamento na sua Configuração

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE VALOR:

PROPOSIÇÃO DE VALOR: Caro Cliente, Na economia atual, você não pode permitir ineficiências ou sobreprovisionamento de nenhum recurso - recursos inativos custam dinheiro, recursos mal utilizados custam oportunidades. Você precisa

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

Questionamentos dos Representantes IBM. (Ação Global IBM InfoDive)

Questionamentos dos Representantes IBM. (Ação Global IBM InfoDive) Questionamentos dos Representantes IBM (Ação Global IBM InfoDive) Questão 01 2.1 Todos os sistemas bem como seus respectivos componentes de "software" e de "hardware" deverão ser novos, e deverão estar

Leia mais

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Às Licitantes do Pregão Demap nº 184/2011 - Presencial Prezados Senhores, Referimo-nos ao Edital do Pregão Demap nº 184/2011 -

Leia mais

Especificação Técnica Solução de Storage

Especificação Técnica Solução de Storage Especificação Técnica OBJETO 1.1 Aquisição de Solução de armazenamento (Storage Area Network SAN) composta de Subsistema de discos e Switch Fiber Channel. 1.2 As Especificações Técnicas são partes integrantes

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

SISTEMA CONSOLIDADO DE PROCESSAMENTO DE DADOS ABRANGENDO SERVIDORES, REDE E DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO. Página 1 de 5

SISTEMA CONSOLIDADO DE PROCESSAMENTO DE DADOS ABRANGENDO SERVIDORES, REDE E DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO. Página 1 de 5 SISTEMA CONSOLIDADO DE PROCESSAMENTO DE DADOS ABRANGENDO SERVIDORES, REDE E DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO SUBITEM SERVIDORES DE APLICAÇÃO DESCRIÇÃO 1 PROCESSADORES 8 (oito) processadores com clock mínimo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 096/2015 - LICITAÇÃO N.º063/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA; EXCLUSIVO PARA ME S E EPP

Leia mais

Consulta pública Aquisição de Storage e Switch Fibre Channel

Consulta pública Aquisição de Storage e Switch Fibre Channel Consulta pública Aquisição de Storage e Switch Fibre Channel Respostas Lote 1 1- Forma de contratação Conforme sugerido pelos participantes da consulta pública, o lote foi divido em 2 itens, sendo o primeiro

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses.

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses. Anexo I 1 DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013 1.1 Prestação de serviços de renovação, para atualização de 32 (trinta e duas) licenças, do software de virtualização VMware vsphere

Leia mais

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015

ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 ERRATA DE EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL 005/2015 No Anexo I Termo de Referência Item 03 (Três) Da Especificação. Os respectivos itens estão sublinhados. ONDE SE LÊ: 1) DA ESPECIFICAÇÃO 1 Processador

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens:

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: Módulo de expansão para sistema de armazenamento em disco

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima. Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto

Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima. Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto Novo XPS 8700 Desktop Dentre as arquiteturas de trabalho mais poderosas no mercado este

Leia mais

HP StorageWorks P2000 G3 Modular Smart Array

HP StorageWorks P2000 G3 Modular Smart Array HP StorageWorks P2000 G3 Modular Smart Array Crescimento do Armazenamento Empresas de pequeno e médio porte estão enfrentando diversos problemas relacionados a armazenamento, pois a capacidade interna

Leia mais

PERGUNTA 1: O Faturamento dos equipamentos ocorrerá para as localidades Florianópolis e Recife? Favor esclarecer.

PERGUNTA 1: O Faturamento dos equipamentos ocorrerá para as localidades Florianópolis e Recife? Favor esclarecer. RESPOSTA Nº 01 DO EDITAL N ADG 013/15 Licitação para a aquisição de servidores, storages e licenças com prestação de serviços de instalação, treinamento e garantia (RC 13834). PERGUNTA 1: O Faturamento

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE VALOR:

PROPOSIÇÃO DE VALOR: Caro Cliente, Na economia atual, você não pode permitir ineficiências ou sobreprovisionamento de nenhum recurso - recursos inativos custam dinheiro, recursos mal utilizados custam oportunidades. Você precisa

Leia mais

SERVIÇOS DE LICITAÇÕES EDITAL PREGÃO PRESENCIAL N.º 001/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 9/2012 ERRATA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ITEM I ITEM 1 COMPUTADORES SERVIDORES PARA RACK COM 2 PROCESSADORES Quantidade:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 012/2011

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 012/2011 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 012/2011 1 - DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de máquinas servidor de banco de dados, servidor de aplicação, fitoteca, storage, equipamentos de comunicação,

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 009/2015

CONSULTA PÚBLICA Nº 009/2015 CONSULTA PÚBLICA Nº 009/2015 TI STORAGE ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA DO

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS. Storage HP - Sebrae do Paraná

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS. Storage HP - Sebrae do Paraná ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Storage HP - Sebrae do Paraná 2 Objetivos 1. Fornecer informações sobre ata de Registro de Preço vigente que incluem produtos, serviços, softwares e soluções HP. 2. Detalhar as

Leia mais

Storage Mid-Range IBM Storwize V7000

Storage Mid-Range IBM Storwize V7000 Folheto explicativo Storage Mid-Range IBM Storwize V7000 O Storage Mid-Range mais inovador, avançado e fácil de usar do mercado Destaques Benefícios e funcionalidades sofisticadas de Storages High-End

Leia mais

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET

PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL VIA INTERNET OBS.: o preenchimento e envio do protocolo abaixo é OBRIGATÓRIO para que os interessados possam receber o Edital Completo e também serem informados de qualquer

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 040/2015 T E R M O D E R E F E R Ê N C I A

SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 040/2015 T E R M O D E R E F E R Ê N C I A SELEÇÃO PÚBLICA DE FORNECEDORES 040/2015 T E R M O D E R E F E R Ê N C I A INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA INMETRO COORDENAÇÃO GERAL DE ACREDITAÇÃO AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO AA 12/2010 QUESTIONAMENTO 03

PREGÃO ELETRÔNICO AA 12/2010 QUESTIONAMENTO 03 PREGÃO ELETRÔNICO AA 12/2010 QUESTIONAMENTO 03 Questionamento 03.1: No item 4.1.2.5.3 é solicitado: Caso o suporte remoto seja feito por um computador externo ao equipamento, esse computador deverá se

Leia mais

EMC SYMMETRIX VMAX 10K

EMC SYMMETRIX VMAX 10K EMC SYMMETRIX VMAX 10K O EMC Symmetrix VMAX 10K com o ambiente operacional Enginuity oferece uma arquitetura de scale-out de várias controladoras com consolidação e eficiência para a empresa. O VMAX 10K

Leia mais

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação

Leia mais

1. CONDIREÇÕES GERAIS

1. CONDIREÇÕES GERAIS ANEXO I DO TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES / DETALHAMENTO 1. CONDIREÇÕES GERAIS 1.1 A empresa vencedora da licitação deverá elaborar um Projeto Executivo contendo as fases de execução dos serviços com

Leia mais

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N

ATA DA CONSULTA PÚBLICA N ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 07/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DOS SEGUINTES EQUIPAMENTOS: ITEM I SERVIDORES DE MISSÃO CRÍTICA, ITEM II

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais

Termo de Referência ANEXO A ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Termo de Referência ANEXO A ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO A DO TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 1 ITEM 1. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DO STORAGE APPLIANCE DE BACKUP 1.1. A solução de armazenamento de backup em disco a ser ofertada deverá atender

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

ANEXO I - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES E QUANTIDADE RELACIONADAS ABAIXO.

ANEXO I - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA, CONFORME ESPECIFICAÇÕES E QUANTIDADE RELACIONADAS ABAIXO. ANEXO I - PLANILHA DE COTAÇÃO (PCT) LICITAÇÃO MOD.:PREGÃO PRESENCIAL Nº 107/2011 TIPO: MENOR PREÇO Data e Hora da Entrega das Propostas: 16/11/2011 Horas: 15h Órgão/Entidade: 4.40 MINISTÉRIO PUBLICO DO

Leia mais

Especificação técnica para aquisição. Servidor Banco de Dados com tecnologia RISC CONFIGURADOS EM CLUSTER HA (HIGH AVAILABILITY)

Especificação técnica para aquisição. Servidor Banco de Dados com tecnologia RISC CONFIGURADOS EM CLUSTER HA (HIGH AVAILABILITY) Descrição / Especificação Técnica 1 MICROPROCESSADOR 1.01 Servidores com, no máximo, 4 (quatro) processadores físicos (quatro sockets), baseados em processador de última geração (na versão mais atual =

Leia mais

Storage Mid-Range IBM Storwize V7000

Storage Mid-Range IBM Storwize V7000 Storage Mid-Range IBM Storwize V7000 O Storage Mid-Range mais inovador, avançado e fácil de usar do mercado Destaques Benefícios e funcionalidades sofisticadas de Storages High-End em um Storage Mid-Range:

Leia mais

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000

Série de Appliances Symantec NetBackup 5000 Uma solução rápida, completa e global de desduplicação para empresas. Data Sheet: Proteção de Dados Visão geral A série de appliances Symantec NetBackup 000 oferece à sua empresa uma solução de eliminação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA CENTRO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA CENTRO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA CENTRO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO Aquisição de Sistema de Armazenamento de Dados 1 - OBJETO 1.1 Constituição de Ata de Registro de Preço visando a aquisição

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO 14000216/2014 COMPRASNET PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS 01 A 87 E RESPECTIVAS RESPOSTAS:

PREGÃO ELETRÔNICO 14000216/2014 COMPRASNET PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS 01 A 87 E RESPECTIVAS RESPOSTAS: PREGÃO ELETRÔNICO 14000216/2014 COMPRASNET PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS 01 A 87 E RESPECTIVAS RESPOSTAS: PEDIDO DE ESCLARECIMENTO 1: Referente ao item 3 Subsistema de Servidores para Backup que tem sua quantidade

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROJETO INTEGRADOR FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO III PROJETO INTEGRADOR BANCO DE DADOS Allan Berg Barbosa Guimarães Christian Alves Carvalho Juarez Junior Freitas de Oliveira Prof. Willians

Leia mais

Serviço de Solução de Replicação de Dados HP para Remote Copy HP 3PAR

Serviço de Solução de Replicação de Dados HP para Remote Copy HP 3PAR Serviço de Solução de Replicação de Dados HP para Remote Copy HP 3PAR Serviços HP Care Pack Dados técnicos O Serviço de Solução de Replicação de Dados HP para Remote Copy HP 3PAR fornece implementação

Leia mais

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved.

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved. NEVOA BACKUP SYSTEM Com o Nevoa Backup System você garante não só o mais eficiente sistema de backup para seus dados, mas também a solução mais escalável do mercado, afinal, se sua empresa cresce, seus

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 10/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 10/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 10/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1.Termo de Referência, item 4.12.5. Considerando

Leia mais

FAMÍLIA EMC RECOVERPOINT

FAMÍLIA EMC RECOVERPOINT FAMÍLIA EMC RECOVERPOINT Solução econômica para proteção de dados e recuperação de desastres local e remota FUNDAMENTOS Maximize a proteção de dados de aplicativos e a recuperação de desastres Proteja

Leia mais

Respostas aos Questionamentos

Respostas aos Questionamentos Parte 01 Respostas aos Questionamentos Está sendo solicitado que os bens, objeto do PREGÃO ELETRÔNICO, deverão ser entregues sem qualquer ônus para o CONTRATANTE, estando incluídas no valor do pagamento

Leia mais

Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup

Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup HP Technology Services O serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution fornece a

Leia mais

O que é RAID? Tipos de RAID:

O que é RAID? Tipos de RAID: O que é RAID? RAID é a sigla para Redundant Array of Independent Disks. É um conjunto de HD's que funcionam como se fosse um só, isso quer dizer que permite uma tolerância alta contra falhas, pois se um

Leia mais

Admistração de Redes de Computadores (ARC)

Admistração de Redes de Computadores (ARC) Admistração de Redes de Computadores (ARC) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - Campus São José Prof. Glauco Cardozo glauco.cardozo@ifsc.edu.br RAID é a sigla para Redundant

Leia mais

Termo de Referência Aquisição de subsistemas de armazenamento de dados com software de administração e treinamento

Termo de Referência Aquisição de subsistemas de armazenamento de dados com software de administração e treinamento Termo de Referência Aquisição de subsistemas de dados com software treinamento 1. OBJETO Registro de preços para aquisição de subsistemas de de administração,, instalação e configuração de toda a aquisição,

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. AMPLIAÇÃO e MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO E RECUPERAÇÃO DE DADOS DA JFES NAS LOCALIDADES REMOTAS.

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. AMPLIAÇÃO e MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO E RECUPERAÇÃO DE DADOS DA JFES NAS LOCALIDADES REMOTAS. ANEXO II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS AMPLIAÇÃO e MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE ARMAZENAMENTO E RECUPERAÇÃO DE DADOS DA JFES NAS LOCALIDADES REMOTAS. LOTE 01 ITEM 1 Servidor arquivos (modelo referencia

Leia mais

O RAID foi proposto em 1988 por David A. Patterson, Garth A. Gibson e Randy H. Katz na publicação "Um

O RAID foi proposto em 1988 por David A. Patterson, Garth A. Gibson e Randy H. Katz na publicação Um AID - Wikipédia, a enciclopédia livre de 10 5/10/2009 16:30 Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Redundant Array of Independent Drives, também denominado Redundant Array of Inexpensive Drives ou mais

Leia mais

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões Symantec 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões O 7 permite a padronização das operações de backup e recuperação em ambientes físicos e virtuais com menos recursos e menos riscos, pois oferece

Leia mais

FAMÍLIA EMC VMAX3 VMAX 100K, 200K, 400K. Especificações

FAMÍLIA EMC VMAX3 VMAX 100K, 200K, 400K. Especificações FAMÍLIA EMC VMAX3 VMAX 100K, 200K, 400K A família EMC VMAX3 TM oferece o que há de mais novo em arquitetura scale-out de nível 1 e multicontroladora com solidez e eficiência inigualáveis para as empresas.

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 CONSULTA PÚBLICA Nº 001/2013 A Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ realizará oportunamente processo de licitação visando à aquisição de Subsistema de Armazenamento STORAGE, no âmbito do Plano de

Leia mais

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução?

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução? DEFINIÇÕES E RESPOSTAS ÀS SUGESTÕES APRESENTADAS PELAS EMPRESAS PARTICIPANTES DA CONSULTA PÚBLICA REALIZADA NO DIA 09/08/2010, VISANDO DISCUSSÃO DA MINUTA DO EDITAL - PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA SANTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS ERRATA E REABERTURA PROCESSO LICITATÓRIO N 097/2011 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL RP N 061/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DE DADOS CENTRALIZADOS (STORAGE) E DE SISTEMA DE CÓPIA DE SEGURANÇA

Leia mais

JOF - JOINT OPERATIONS FACILITY

JOF - JOINT OPERATIONS FACILITY Anexo 1 Especificações Técnicas (com alterações) 1. OBJETO DA CONTRATAÇÃO Aquisição de equipamentos de informática. 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 Item DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO QTD 1 Servidor

Leia mais

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD Simplificação da TI O Dell série MD pode simplificar a TI, otimizando sua arquitetura de armazenamento de dados e garantindo

Leia mais

STORAGE AREA NETWORKING FUNDAMENTOS. Valdir Adorni Serviços a Clientes valdir.adorni@compwire.com.br

STORAGE AREA NETWORKING FUNDAMENTOS. Valdir Adorni Serviços a Clientes valdir.adorni@compwire.com.br STORAGE AREA NETWORKING FUNDAMENTOS Valdir Adorni Serviços a Clientes valdir.adorni@compwire.com.br 22 de Abril de 2010 Storage Area Network? Storage Area Network (SAN) é qualquer rede de alto desempenho,

Leia mais

ANEXO I - TERMOS DE REFERÊNCIA (Ao Edital de Pregão Amplo nº34/2007)

ANEXO I - TERMOS DE REFERÊNCIA (Ao Edital de Pregão Amplo nº34/2007) 1. INTRODUÇÃO Esta contratação objetiva a aquisição de uma solução inteligente que combina uma arquitetura modular de armazenamento de dados e uma solução de backup em fitas, oferecendo melhor escalabilidade,

Leia mais

IBM System Storage DCS3700

IBM System Storage DCS3700 DCS3700 Maximiza o desempenho, a escalabilidade e a densidade de armazenamento a um preço acessível Destaques Ganhar recursos de armazenamento denso altamente disponíveis e rápidos a um preço acessível

Leia mais

EMC VMAX 10K BLOCK AND FILE

EMC VMAX 10K BLOCK AND FILE EMC VMAX 10K BLOCK AND FILE O EMC Symmetrix VMAX 10K File combina File e Block em uma verdadeira arquitetura scale-out multicontroladora nível 1 com consolidação, alta disponibilidade e eficiência para

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Hardware de Computadores

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Hardware de Computadores Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Hardware de Computadores 1 O disco rígido, é um sistema de armazenamento de alta

Leia mais

PROJETO BÁSICO SUPRO/GETIS-2011/009 Brasília, 01 de abril de 2011.

PROJETO BÁSICO SUPRO/GETIS-2011/009 Brasília, 01 de abril de 2011. Projeto Básico Consulta Pública para Contratação de Serviços de DataCenters para Hospedagem de Equipamentos de Informática dos Sites Primário e Secundário do BRB. SUPRO/GETIS Abril/2011 PROJETO BÁSICO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO Folha de Informações e Despachos À CPL/SRP Seguem os esclarecimentos dos itens levantados

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL 1 OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 A presente licitação objetiva a aquisição de Servidor tipo Blade conforme especificações abaixo. 1.2 Os produtos deverão ser novos, não sendo de forma nenhuma resultado

Leia mais

SERVIDOR DE REDE - TIPO: EM LAMINA (BLADE)

SERVIDOR DE REDE - TIPO: EM LAMINA (BLADE) SERVIDOR DE REDE - TIPO: EM LAMINA (BLADE) PROCESSADOR: 4 (QUATRO) X86 AUDITADOS JUNTO Á (SPEC); ARQUITETURA: 64 BITS; TIPO DE MEMORIA: DDR3; CAPACIDADE MEMORIA: 96GB; FREQUENCIA DA MEMORIA: 1600MHZ; DISCO

Leia mais

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital

Estimativa. Unioeste 30809/2010 Cod. Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. Total. Setor Processo Item edital Filtrado por ( : = '' ) E ( em haver: >= 1 ) E (Imprimir quantidades por setor de consumo = Sim) 06/05/2014:17:06 Página 1 de 1 Fornecedor ClassificaçãoVlr.Un. 23 7023 Backup - Agente Aplicação Exchange

Leia mais

Veritas Storage Foundation da Symantec

Veritas Storage Foundation da Symantec Veritas Storage Foundation da Symantec Gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line O Veritas Storage Foundation oferece uma solução completa para o gerenciamento de armazenamento heterogêneo on-line.

Leia mais

((NG))EMPRESA IBM((CL))

((NG))EMPRESA IBM((CL)) ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA Nº 03/2015 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO DE ARMAZENAMENTO DE DADOS CLASSE ENTERPRISE HIGH-END COM STORAGE AREA NETWORK (SAN) ((TEXTO))Aos 16 (dezesseis)

Leia mais

Cláusula 1.º Objecto. Cláusula 2.º Especificação da prestação

Cláusula 1.º Objecto. Cláusula 2.º Especificação da prestação CADERNO DE ENCARGOS CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROJECTO DE ARQUIVO DIGITAL DE INFRA-ESTRUTURAS DE IT O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas a incluir no contrato

Leia mais

Até 256 GB de memória cache. Largura de banda da Virtual Matrix: 50 GB/s. Interconexão de I/O PCIe Gen 2. Oito engines do VMAX 40K.

Até 256 GB de memória cache. Largura de banda da Virtual Matrix: 50 GB/s. Interconexão de I/O PCIe Gen 2. Oito engines do VMAX 40K. EMC VMAX 40K O sistema de armazenamento EMC VMAX 40K oferece escalabilidade inigualável e alta disponibilidade para a empresa ao mesmo tempo em que proporciona a funcionalidade líder de mercado para acelerar

Leia mais

Através deste aditamento, estamos anexando as Especificações Técnicas dos itens 06 e 07, da licitação acima referenciada.

Através deste aditamento, estamos anexando as Especificações Técnicas dos itens 06 e 07, da licitação acima referenciada. Aditamento nº 1 Tomada de Preços nº 00385/2004 Objeto: Aquisição de material de informática (comutador, disco, interface ethernet, console switch, servidor e licença de uso de software de beackup) Data:

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 009/2015

CONSULTA PÚBLICA Nº 009/2015 CONSULTA PÚBLICA Nº 009/2015 A Secretaria de Estado da Fazenda - SEFAZ realizará oportunamente processo de licitação visando à aquisição de TI - STORAGE, no âmbito do Plano de Desenvolvimento da Administração

Leia mais