COLETIVA DE IMPRENSA

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COLETIVA DE IMPRENSA"

Transcrição

1 COLETIVA DE IMPRENSA São Paulo, 20 de dezembro de 2012

2 ROTEIRO I. Oferta de cana-de-açúcar na região Centro-Sul: condições agrícolas e climáticas II. Moagem e produção de açúcar e etanol na região Centro-Sul III. Mercados de etanol e de açúcar

3 I. Oferta de cana-de-açúcar na região Centro-Sul: condições agrícolas e climáticas Produtividade agrícola Fatores determinantes da produtividade na safra 2012/2013 Perspectivas para a safra 2013/2014

4 84% 71% BASE DE DADOS CTC Censo Varietal CTC (Centro de Tecnologia Canavieira) Maior levantamento de variedades de cana-de-açúcar do Brasil. Realizado há 30 anos, este censo agrega informações de mais de 250 unidades produtoras. Programa de Benchmarking CTC (Controle MUTUO): Programa desenvolvido pelo CTC que levanta informações sobre qualidade, produção e produtividade agrícola nas unidades produtoras localizadas na região Centro-Sul. * Parcial (até nov) - Safra 2012/2013

5 VARIAÇÃO DE PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA ENTRE AS SAFRAS 12/13 E 11/12 Valores acumulados até o final de novembro

6 PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA SAFRA 12/13 Valores acumulados até o final de novembro

7 EVOLUÇÃO DA PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA NO CENTRO-SUL Crise de preço Crise de preço Crise de crédito Envelhecimento Redução tratos Envelhecimento Redução tratos Clima Mecanização Doença Geada Florescimento... 74,2 (até novembro/12)

8 FATORES DETERMINANTES DA PRODUTIVIDADE Florescimento Clima (chuva, radiação, temp.) Geada Renovação (idade) Tratos Variedade Mecanização Ambientes Restritivos Doenças Pragas

9 1. PRECIPITAÇÃO PLUVIOMÉTRICA NA REGIÃO CENTRO-SUL Safra 09/10 Safra 10/11 Safra 11/12 Safra 12/13

10 2. MUDANÇAS NO PROCESSO DE PRODUÇÃO Produtividade agrícola na região Centro-Sul Mudança Expressiva no Processo Produtivo

11 2.1 - MUDANÇA PROCESSO: COLHEITA MECANIZADA Colheita Manual Colheita Mecanizada

12 PROPORÇÃO DE ÁREA COLHIDA MECANICAMENTE (%) (cana própria usinas não inclui fornecedores)

13 EVOLUÇÃO DA COLHEITA MECANIZADA NO CENTRO-SUL + 4 milhões ha Colhedora Transbordo Trator reboque Caminhão 5.700

14 IMPACTOS ASSOCIADOS À COLHEITA MECANIZADA Perdas Impurezas Pragas Compactação

15 2.2 - MUDANÇA PROCESSO: PLANTIO MECANIZADO Plantio Manual Plantio Mecanizado

16 2.2 - MUDANÇA PROCESSO: PLANTIO MECANIZADO Evolução do plantio mecanizado (%) Proporção de plantio mecanizado na safra 2012/2013 (em %) 87 Fonte: CTC Fonte: CTC 21 GO MS MG MT SP PR

17 3. EXPANSÃO DA PRODUÇÃO PARA NOVAS REGIÕES Localização da produção no Centro-sul Safra 2003/2004 Safra 2012/2013

18 4. ENVELHECIMENTO DO CANAVIAL Envelhecimento do canavial

19 O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DESSAS VARIÁVEIS SOBRE A PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA? Canteirização do canavial GPS ESPAÇAMENTO ALTERNADO 90 cm 1,50 cm 1,50 cm

20 [TCH] O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DESSAS VARIÁVEIS SOBRE A PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA? Novas Variedades t/ha t/ha Ganhos contínuos de produtividade (1,5% ao ano) 65 Top 5 Públicas Top 5 Protegidas Média CTC

21 O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DESSAS VARIÁVEIS SOBRE A PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA? ADAPTAÇÃO: PLANTIO E COLHEITA MECANIZADOS MENOR FLORESCIMENTO Climático IV SP CTC 17 TOLERÂNCIA A PRAGAS ADAPTAÇÃO: AMBIENTES DE PRODUÇÃO RESISTÊNCIA A DOENÇAS

22 O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DESSAS VARIÁVEIS SOBRE A PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA? Variedades regionais CTC 9001 CTC 9002 CTC 9003 ÁREA POTENCIAL 3,7 MM/ha

23 O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DESSAS VARIÁVEIS SOBRE A PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA? Evolução no plantio e da renovação de cana nas áreas produtivas do Centro-sul 1,3 milhões hectares 6,6 R$ bilhões Fonte: CTC - MUTUO * Dados extrapolados para área total Centro sul (Conab)

24 O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DESSAS VARIÁVEIS SOBRE A PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA?

25 O QUE ESTÁ SENDO FEITO PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DESSAS VARIÁVEIS SOBRE A PRODUTIVIDADE AGRÍCOLA? Redução da idade do canavial

26 PERSPECTIVAS DE OFERTA DE CANA PARA A SAFRA 2013/2014 Variação esperada em relação as condições observadas na safra 2012/2013? Florescimento Precipitação?? Geada Renovação (envelhecimento) Tratos Ampliação Mecanização Doenças Pragas Ambientes Restritivos

27 II. Moagem e produção de açúcar e de etanol na região Centro-Sul Evolução do processamento de cana-de-açúcar Estimativas da safra 2012/2013

28 1ªAbr 2ªAbr 1ªMai 2ªMai 1ªJun 2ªJun 1ªJul 2ªJul 1ªAgo 2ªAgo 1ªSet 2ªSet 1ªOut 2ªOut 1ªNov 2ªNov Milhões de toneladas MOAGEM QUINZENAL PELAS UNIDADES PRODUTORAS DA REGIÃO CENTRO-SUL / / /2013 Quinzena Fonte: UNICA.

29 1ªAbr 2ªAbr 1ªMai 2ªMai 1ªJun 2ªJun 1ªJul 2ªJul 1ªAgo 2ªAgo 1ªSet 2ªSet 1ªOut 2ªOut 1ªNov 2ªNov 1ªDez Moagem efetiva/capacidade de moagem APROVEITAMENTO DE MOAGEM MÉDIO NA REGIÃO CENTRO-SUL 100% Valores quinzenais para as unidades tradicionais 90% 80% 70% 60% 50% 40% 2010/ / / % Quinzena Fonte: UNICA. Nota: amostra composta por 137 unidades produtoras.

30 1ªAbr 2ªAbr 1ªMai 2ªMai 1ªJun 2ªJun 1ªJul 2ªJul 1ªAgo 2ªAgo 1ªSet 2ªSet 1ªOut 2ªOut 1ªNov 2ªNov PROPORÇÃO DA MOAGEM QUINZENAL PELAS UNIDADES ANEXAS E AUTÔNOMAS DA REGIÃO CENTRO-SUL 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Safra 2012/2013 Moagem acumulada* (milhões ton.) Autônomas 72,6 (14%) Anexas 437,9 (86%) Total 510,5 Autônomas Anexas Quinzena Fonte: UNICA. Nota:*moagem acumulada até 2ª quinzena de novembro.

31 NÚMERO DE UNIDADES PRODUTORAS QUE ENCERRARAM A SAFRA NA REGIÃO CENTRO-SUL Quinzena Safra 2011/2012 Safra 2012/2013 1ª outubro ª outubro ª novembro ª novembro ª dezembro 286 Mais de 50 unidades produtoras deverão continuar moendo na segunda quinzena de dezembro Fonte: UNICA.

32 COMPARATIVO DAS ESTIMATIVAS DA SAFRA 2012/2013 DA REGIÃO CENTRO-SUL DIVULGADAS PELA UNICA MOAGEM Produtos Estimativa safra 2012/2013¹ Revisão safra 2012/2013² Expectiva final safra 2012/2013 A B C Variação (%) C/A C/B Cana-de-açúcar (mil ton) ,5% 2,6% PRODUÇÃO Açúcar (mil ton) ,9% 4,1% Etanol anidro (milhões de litros) ,3% 6,6% Etanol hidratado (milhões de litros) ,1% -2,1% Etanol total (milhões de litros) ,7% 1,3% QUALIDADE DA CANA ATR (mil ton) ,2% 2,8% Kg de ATR / toneladas de cana 140,00 135,40 135,60-3,1% 0,1% MIX DE PRODUÇÃO Mix (%) açúcar 48,75% 48,88% 49,54% etanol 51,25% 51,12% 50,46% Fonte: UNICA. Nota: ¹Divulgada em 12 de abril de 2012; ²Divulgada em 20 de setembro de 2012.

33 Fonte: UNICA. Nota: dados consolidados da safra 2011/2012. SAFRA 2012/2013 NA REGIÃO CENTRO-SUL Perspectiva final MOAGEM Safra 2011/2012 A Expectativa final safra 2012/2013 B Variação (%) B/A Cana-de-açúcar (mil ton) ,9% PRODUÇÃO Açúcar (mil ton) ,9% Etanol anidro (milhões de litros) ,5% Etanol hidratado (milhões de litros) ,8% Etanol total (milhões de litros) ,7% QUALIDADE DA CANA ATR (mil ton) ,4% Kg de ATR / toneladas de cana 137,54 135,60-1,4% MIX DE PRODUÇÃO Mix (%) açúcar 48,44% 49,61% etanol 51,56% 50,39%

34 III. Mercados de etanol e açúcar Mercados externos de etanol e de açúcar Mercado doméstico de etanol combustível Preços e faturamento da indústria sucroenergética

35 VOLUME DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE AÇÚCAR mil toneladas Mês Var. ( % ) jan % fev % mar % abr % mai % jun % jul % ago % set % out % nov % dez Total abr-nov % jan-nov % Fonte: Secex. Elaboração: Unica.

36 VALOR DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE AÇÚCAR Mês Var. ( % ) US$ milhões R$ milhões US$ milhões R$ milhões US$ R$ jan % 9% fev % 12% mar % -24% abr % -54% mai % 31% jun % -19% jul % -5% ago % -17% set % -5% out % 54% nov % 8% dez Total abr-nov % 1% jan-nov % 0% Fonte: Secex. Elaboração: Unica.

37 EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE ETANOL Mês Export Import. Export. líquidas Export. Import. Export. líquidas milhões de litros Var. (%) Export. líquidas jan % fev % mar % abr % mai % jun % jul % ago % set % out % nov % dez Total abr-nov % jan-nov % Fonte: Secex. Elaboração: Unica.

38 EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE ETANOL POR DESTINO SAFRA 2012/2013 (abril a novembro) EU 3% Outros 13% CBI 13% EUA 71% Fonte: Secex. Elaboração: Unica.

39 Milhões de veículos Fonte: UNICA e ANFAVEA. nov-11 dez-11 jan-12 fev-12 mar-12 abr-12 mai-12 jun-12 jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 FROTA BRASILEIRA DE VEÍCULOS (CICLO OTTO) ,2 1, Entre novembro de 2011 e novembro de 2012, a frota nacional aumentou 8%, enquanto a frota de veículos flex cresceu 20%

40 Milhões de motocicletas Fonte: UNICA e ABRACICLO. nov-11 dez-11 jan-12 fev-12 mar-12 abr-12 mai-12 jun-12 jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 FROTA BRASILEIRA DE MOTOCICLETAS Entre novembro de 2011 a novembro de 2012, a frota nacional aumentou 7%, enquanto a frota de motocicletas flex cresceu 54% neste período

41 jan-10 mar-10 mai-10 jul-10 set-10 Fonte: ANP. Elaboração: UNICA. Nota: * consumo acumulado de janeiro até outubro. nov-10 jan-11 mar-11 mai-11 jul-11 set-11 nov-11 jan-12 mar-12 mai-12 jul-12 set-12 PARTICIPAÇÃO DO CONSUMO DE ETANOL NA DEMANDA DO CICLO OTTO Hidratado/ ciclo Otto Anidro + hidratado/ ciclo Otto 50% 40% 30% % 42% % 36% 2012* 14% 30% Nota: *consumo acumulado de janeiro até outubro. 20% 10% 0% Etanol hidratado/ ciclo Otto Etanol hidratado + etanol anidro/ ciclo Otto

42 Fonte: Elaborado pela UNICA a partir da legislação vigente, ANP e CEPEA. COMPOSIÇÃO DO PREÇO DE BOMBA DO ETANOL HIDRATADO COMBUSTÍVEL 21% 18% 7% 6% 12% 25% Margem de postos e distribuidores Impostos federais 61% 52% Impostos estaduais Preço produtor Condição em São Paulo, com 12% de ICMS Condição em locais com 25% de ICMS

43 Preços recebidos e faturamento médio da indústria sucroenergética

44 abr-11 mai-11 jun-11 jul-11 ago-11 set-11 out-11 nov-11 dez-11 jan-12 fev-12 mar-12 abr-12 mai-12 jun-12 jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 R$/ saca de 50 kg AÇÚCAR BRANCO - MERCADO INTERNO Preços mensais recebidos pelos produtores do Estado de São Paulo Safra 2011/2012 Safra 2012/ ,94 R$/sc até novembro Valores nominais, mercado spot 53,64 R$/sc até novembro Fonte: CEPEA. Elaboração: UNICA. Nota: preços sem frete e com imposto; preços em destaque referentes à média da safra, calculados segundo ponderação pela curva de comercialização do Consecana; preços mensais computados a partir da média aritmética simples dos preços diários do açúcar cristal.

45 abr-11 mai-11 jun-11 jul-11 ago-11 set-11 out-11 nov-11 dez-11 jan-12 fev-12 mar-12 abr-12 mai-12 jun-12 jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 R$/ saca de 50 kg AÇÚCAR BRUTO - MERCADO EXTERNO Preços mensais recebidos pelos produtores do Estado de São Paulo Safra 2011/2012 Safra 2012/ ,19 R$/sc até novembro Valores nominais 44,92 R$/sc até novembro Fonte: CEPEA. Elaboração: UNICA. Nota: preços sem frete e com imposto; preços em destaque referentes à média da safra, calculados segundo ponderação pela curva de comercialização do Consecana.

46 abr-11 mai-11 jun-11 jul-11 ago-11 set-11 out-11 nov-11 dez-11 jan-12 fev-12 mar-12 abr-12 mai-12 jun-12 jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 R$/litro ETANOL HIDRATADO CARBURANTE Preços mensais recebidos pelos produtores do Estado de São Paulo 1,50 Safra 2011/2012 Safra 2012/2013 Valores nominais 1,35 1,20 1,18 R$/litro até novembro 1,09 R$/litro até novembro 1,05 0,90 0,75 0,60 Fonte: CEPEA. Elaboração: UNICA. Nota: preços sem frete e sem imposto; preços em destaque referentes à média da safra, calculados segundo ponderação pela curva de comercialização do Consecana.

47 R$/litro abr-11 mai-11 jun-11 jul-11 ago-11 Fonte: CEPEA. Elaboração: UNICA. Nota: preços sem frete e sem imposto; preços em destaque referentes à média da safra, calculados segundo ponderação pela curva de comercialização do Consecana. set-11 out-11 nov-11 dez-11 jan-12 fev-12 mar-12 abr-12 mai-12 jun-12 jul-12 ago-12 set-12 out-12 nov-12 ETANOL ANIDRO CARBURANTE Preços mensais recebidos pelos produtores do Estado de São Paulo 2,50 2,25 2,00 1,75 1,50 1,25 Safra 2011/2012 Safra 2012/2013 1,44 R$/litro até novembro Valores nominais 1,22 R$/litro até novembro 1,00 0,75 0,50 0,25 0,00

48 R$/t de cana-de-açúcar RECEITA OBTIDA PELO SETOR PRODUTIVO Faturamento em R$/t cana, considerando o período de abril a novembro Valores nominais Preços líquidos, sem impostos ,53-6,72% , / /2013 Var(%) Receita média açúcar (R$/t de cana) 123,59 118,70-4,0% Receita média etanol (R$/t de cana) 102,80 92,18-10,3% 100 Receita hidratado combustível 96,59 87,95-8,9% Safra 2011/2012 Safra 2012/2013 Fonte: Elaborado pela UNICA a partir de dados do Consecana-SP

49 2002/ / / / / / / / / /12 Endividamento bruto /faturamento líquido ENDIVIDAMENTO MÉDIO DO SETOR PRODUTIVO Endividamento bruto sobre faturamento líquido das empresas 160% 140% 120% 138% 128% 100% 88% 89% 93% 80% 60% 40% 38% 47% 38% 48% 62% 20% 0% Fonte: Elaborado pela UNICA a partir dos balanços financeiros publicados pelas empresas. Nota: as empresas que participaram da amostra utilizada para compor o gráfico foram responsáveis por 45% da cana processada no Centro-sul do País na safra 2011/2012; endividamento bruto corresponde a dívida das empresas com o setor bancário e cooperativas; a receita líquida inclui energia elétrica e outros produtos vendidos pelas empresas.

50 Obrigado!

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013 Perspectivas do Setor Sucroenergético MBF AGRIBUSINESS PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2012/2013 Luciano Rodrigues Gerente de Economia e Análise Setorial da UNICA Sertãozinho, 24 de maio de 2012 2000/01 2001/02

Leia mais

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 São Paulo, 20 de setembro de 2012 ROTEIRO I. Metodologia e fonte de dados II. Aspectos climáticos e condições agrícolas III. Evolução da safra da região

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 São Paulo, 29 de abril de 2013 ROTEIRO I. Safra 2012/2013 na região Centro-Sul: dados finais Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 São Paulo, 23 de abril de 2014 ROTEIRO I. Safra 2013/2014 na região Centro-Sul: dados finais Condições climáticas e agronômicas Moagem e produção Mercados

Leia mais

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 21 de maio de 2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 ROTEIRO I. Dados finais da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e faturamento

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA 17 de dezembro de 2013 Considerações sobre os dados Informações disponíveis a partir do sistema de benchmarking do CTC: Amostra contempla apenas cana própria Representatividade da

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA 17 de dezembro de 2013 Considerações sobre os dados Informações disponíveis a partir do sistema de benchmarking do CTC: Amostra contempla apenas cana própria Representatividade da

Leia mais

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos 15º Seminário sobre Produtividade & Redução de Custos Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial 1 - SAFRA

Leia mais

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL Elizabeth Farina Diretora Presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar São Paulo, 21 de outubro de 2013 Qual é a expectativa para a safra 2013/2014

Leia mais

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 16 de junho de 2016 Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2015/2016 Moagem e produção

Leia mais

Cenário e Desafios para a Expansão do Setor Sucroenergético

Cenário e Desafios para a Expansão do Setor Sucroenergético Cenário e Desafios para a Expansão do Setor Sucroenergético O SETOR SUCROENERGÉTICO HOJE Estrutura produtiva: 430 unidades produtoras Produtores de cana-de-açúcar: 70.000 Empregos diretos: 1,2 milhão PIB

Leia mais

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2015/2016 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2015/2016 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2014/2015 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2016/2017 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2016/2017 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2015/2016 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2017/2018 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2017/2018 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2016/2017 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² Etanol

Leia mais

Relatório final da safra 2014/2015. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2014/2015. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2014/2015 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2013/2014 Produtos Safra 2013/2014 2014/2015 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 27 de abril de 2016 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 ROTEIRO I. Considerações sobre a atual situação do setor sucroenergético II. Bioeletricidade III. Condições climáticas e agronômicas

Leia mais

CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014

CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014 Palestra anual para os fornecedores de cana Usina da Pedra CENÁRIO E PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2013/2014 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Estatística - UNICA Serrana, 20 de junho de 2013 ROTEIRO I.

Leia mais

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2013/2014 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2013/2014 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2012/2013 Produtos Safra 2012/2013 2013/2014 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 20 de dezembro de 2018 Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 ROTEIRO I. Condições climáticas e agronômicas II. Dados preliminares - produção safra 2018/2019 na região Centro-Sul até 16/12/2018

Leia mais

Relatório final da safra 2012/2013. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2012/2013. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2012/2013 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2012/2013 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2011/2012 Produtos Cana-de-açúcar ¹ Safra 2011/2012 2012/2013

Leia mais

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 26 de maio de 2017 Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Avaliação da safra 2016/2017 Moagem e produção Mercados de etanol

Leia mais

2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Buriti Agosto de 2017

2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Buriti Agosto de 2017 2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES Usina Buriti Agosto de 2017 Apresentação Abertura Luiz Alberto Zavanella Moagem e Término da Safra Luiz Alberto Zavanella Acompanhamento de Mercado Sergio Luiz Selegato Potencial

Leia mais

Cenário e Desafios para a Expansão do Setor Sucroenergético Sérgio Prado

Cenário e Desafios para a Expansão do Setor Sucroenergético Sérgio Prado Cenário e Desafios para a Expansão do Setor Sucroenergético Sérgio Prado Representante da União da Indústria de Cana-de-Açúcar O SETOR SUCROENERGÉTICO HOJE Estrutura produtiva: 430 unidades produtoras

Leia mais

3ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Ipê Novembro de 2018

3ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Ipê Novembro de 2018 3ª REUNIÃO DE FORNECEDORES Usina Ipê Novembro de 2018 3ª Reunião de Fornecedores Apresentação Abertura Sérgio Luiz Selegato Palestra Manejo do 3º Eixo Variedades e Manejo de Colheita Daniel Nunes da Silva

Leia mais

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Setembro de 2013. Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Setembro de 2013. Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA Setembro de 213 Levantamento Sistemático da Agrícola Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no

Leia mais

Avaliação da safra 2016/2017 e perspectivas para a safra 2017/2018

Avaliação da safra 2016/2017 e perspectivas para a safra 2017/2018 Nova Independência/SP, 18 de maio de 2017 REUNIÃO DE FORNECEDORES Pedra Agroindustrial S/A Usina Ipê Avaliação da safra 2016/2017 e perspectivas para a safra 2017/2018 Prof. Ms Antonio Cesar Salibe* *Com

Leia mais

Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio

Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio 21 de junho de 2018 Perspectivas para a safra 2018/2019 e RenovaBio Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2017/2018 Moagem e produção Preços II. Perspectivas

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2014/15*

PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2014/15* USINA IPÊ PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A REUNIÃO ANUAL COM FORNECEDORES PERSPECTIVAS PARA A SAFRA 2014/15* Prof. Ms Antonio Cesar Salibe * Informações de Luciano Rodrigues, Gerente de Economia - Unica Nova Independência/SP,

Leia mais

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018

Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 26 de maio de 2017 Avaliação safra 2016/2017 e perspectivas safra 2017/2018 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Avaliação da safra 2015/2016 Moagem e produção Mercados de etanol

Leia mais

ETANOL & O SETOR SUCROENERGÉTICO Situação atual e perspectivas

ETANOL & O SETOR SUCROENERGÉTICO Situação atual e perspectivas ETANOL & O SETOR SUCROENERGÉTICO Situação atual e perspectivas Antonio de Padua Rodrigues Presidente Interino da União da Indústria de Cana-de-açúcar Brasília, 22 de novembro de 2012 QUESTÕES CENTRAIS

Leia mais

Impurezas e Qualidade de Cana-de-Açúcar

Impurezas e Qualidade de Cana-de-Açúcar Impurezas e Qualidade de Cana-de-Açúcar Levantamento dos níveis de impurezas nas últimas safras Luiz Antonio Dias Paes 12 de Maio de 2011 Dados Gerais da Safra 10/11 Impurezas Evolução Indicadores Impurezas

Leia mais

EXPECTATIVA DA SAFRA 2018/19

EXPECTATIVA DA SAFRA 2018/19 EQUIPE CANAPLAN 1ª REUNIÃO CANAPLAN 2018 EXPECTATIVA DA SAFRA 2018/19 Ribeirão Preto, 25/04/18 Agronegócio Canavieiro, Brasil Últimos 8 Anos, Pós-Crise Global À Sombra da Estagnação SAFRA C/SUL (milhão

Leia mais

Panorama da Safra e Perspectivas. Dezembro/18

Panorama da Safra e Perspectivas. Dezembro/18 Panorama da Safra e Perspectivas Dezembro/18 Agenda Contexto histórico e Indicadores Safra 2018/19 Perspectivas Safra 2019/20 Tendências e soluções para o aumento de produtividade Contexto histórico e

Leia mais

Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio

Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio 24 de maio de 2017 Perspectivas sobre a safra 2018/2019 e RenovaBio Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2017/2018 Moagem e produção Preços II. Perspectivas

Leia mais

PERSPECTIVAS E PROJEÇÕES PARA O SETOR SUCROENERGÉTICO DO BRASIL

PERSPECTIVAS E PROJEÇÕES PARA O SETOR SUCROENERGÉTICO DO BRASIL PERSPECTIVAS E PROJEÇÕES PARA O SETOR SUCROENERGÉTICO DO BRASIL O FENÔMENO DOS CARROS FLEX E OS NOVOS USOS DO ETANOL 2 MERCADO AUTOMOTIVO BRASILEIRO Vendas de automóveis e comerciais leves por tipo de

Leia mais

QUANDO VIRÁ O PRÓXIMO CICLO DE INVESTIMENTOS EM NOVAS USINAS DE ETANOL? Marcos S. Jank. Presidente da União da Indústria da Cana-de-açúcar

QUANDO VIRÁ O PRÓXIMO CICLO DE INVESTIMENTOS EM NOVAS USINAS DE ETANOL? Marcos S. Jank. Presidente da União da Indústria da Cana-de-açúcar QUANDO VIRÁ O PRÓXIMO CICLO DE INVESTIMENTOS EM NOVAS USINAS DE ETANOL? Marcos S. Jank Presidente da União da Indústria da Cana-de-açúcar Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 2011 O que aconteceu com a oferta

Leia mais

Cenários de Soja e Milho para 2013. Novembro 2012

Cenários de Soja e Milho para 2013. Novembro 2012 Cenários de Soja e Milho para 2013 Novembro 2012 Milho milhões t. Milho / EUA - Produção Expectativa inicial (Pré-Plantio) 376 282 268 331 307 333 316 314 (104) 272 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11

Leia mais

O MERCADO DE MANDIOCA NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL EM 2012

O MERCADO DE MANDIOCA NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL EM 2012 O MERCADO DE MANDIOCA NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL EM 2012 ELABORAÇÃO: EQUIPE MANDIOCA CEPEA/ESALQ APRESENTAÇÃO: Lucilio Rogerio Aparecido Alves Prof. Dr. da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Leia mais

Tabela 1 - Preço médio da Soja em MS - Período: 02/06 á 06/06 junho de 2014 - Em R$ por saca de 60Kg. Praça 02/jun 03/jun 04/jun 05/jun 06/jun Var.

Tabela 1 - Preço médio da Soja em MS - Período: 02/06 á 06/06 junho de 2014 - Em R$ por saca de 60Kg. Praça 02/jun 03/jun 04/jun 05/jun 06/jun Var. SOJA» MERCADO INTERNO O preço da saca de 6 Kg de soja em grãos experimentou recuo na primeira semana de junho. A cotação média no dia 6/Jun foi de R$ 62,6, valor este 3,12% inferior ao verificado em 2/Jun.

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/11/2017 Vendas de hidratado avançam no Centro-Sul O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul

Leia mais

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Vanessa Nardy Agribusiness Research & Knowledge Center Pricewaterhouse Coopers Situação do setor sucroenergético no Brasil

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/11/2016 Informações adicionais Safra 2016/2017 1ª quinzena de novembro A moagem pelas unidades produtoras da região Centro-Sul atingiu

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA PRÓXIMA SAFRA E OS POSSÍVEIS REFLEXOS SOBRE O SETOR SUCROENERGETICO

PERSPECTIVAS PARA PRÓXIMA SAFRA E OS POSSÍVEIS REFLEXOS SOBRE O SETOR SUCROENERGETICO PERSPECTIVAS PARA PRÓXIMA SAFRA E OS POSSÍVEIS REFLEXOS SOBRE O SETOR SUCROENERGETICO Antonio de Padua Rodrigues Diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar 4 de dezembro de 2013 Considerações

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 1/05/2018 Com produção recorde na 2ª quinzena de abril, etanol hidratado segue mais competitivo São Paulo, 10 de maio de 2018 A moagem

Leia mais

2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Buriti Agosto de 2018

2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina Buriti Agosto de 2018 2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES Usina Buriti Agosto de 2018 2ª Reunião de Fornecedores Apresentação Abertura Luiz Alberto Zavanella Produção e Produtividade Safra 18/19 Luiz Alberto Zavanella Acompanhamento

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/07/2018 Crescimento nas vendas de etanol e queda na produção de açúcar marcam a segunda quinzena de junho São Paulo, 11 de julho de

Leia mais

Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético

Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético XIX Seminário ABMR&A Safra 2008/2009 Tendências e Desafios do Setor Sucroenergético Luciano Rodrigues Assessor Econômico da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) São Paulo 01 de outubro de 2008

Leia mais

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO

NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO PERFIL DA PRODUÇÃO BRASIL 2 NÚMEROS DO SETOR SUCROENERGÉTICO BRASILEIRO Estrutura produtiva: 356 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país. 840.281

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/04/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/04/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/04/2019 Safra encerrada no Centro-Sul atinge 573,07 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, com produção recorde de etanol São Paulo,

Leia mais

DPE / COAGRO Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - LSPA Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA

DPE / COAGRO Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - LSPA Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA janeiro de 215 Levantamento Sistemático da Agrícola Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/03/2017 Informações adicionais Safra 2016/2017 2ª quinzena de fevereiro O volume de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras

Leia mais

Metas de Inflação e Evolução da Taxa de Câmbio no Brasil Afonso Bevilaqua

Metas de Inflação e Evolução da Taxa de Câmbio no Brasil Afonso Bevilaqua Metas de Inflação e Evolução da Taxa de Câmbio no Brasil Afonso Bevilaqua abril de 20 1 Metas de Inflação e Evolução da Taxa de Câmbio no Brasil 1. Metas de Inflação no Brasil 2 Metas de Inflação no Brasil

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/07/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/07/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/07/2019 Alta na produção de etanol e queda expressiva na fabricação de açúcar marcam a 1ª quinzena de julho São Paulo, 24 de julho

Leia mais

DEP Dedini Energia no Palhiço SIMTEC 2010

DEP Dedini Energia no Palhiço SIMTEC 2010 DEP Dedini Energia no Palhiço SIMTEC 2010 Fernando César Boscariol Marcílio do Amaral Gurgel Objetivos do Projeto DEP Dedini Energia no Palhiço Desenvolver um produto para limpeza e separação de palha,

Leia mais

Sorgo sacarino e alta biomassa: evolução e viabilidade econômica Ribeirão Preto 24/set/14

Sorgo sacarino e alta biomassa: evolução e viabilidade econômica Ribeirão Preto 24/set/14 Sorgo sacarino e alta biomassa: evolução e viabilidade econômica Ribeirão Preto 24/set/14 Linha de produtos José Geraldo Sousa Ceres Inc. EUA raízes de uma grande empresa Ceres No mundo Multinacional Americana

Leia mais

Análise da Safra 2015/16. Agosto/15

Análise da Safra 2015/16. Agosto/15 Análise da Safra 2015/16 Agosto/15 Evolução da produtividade média Evolução da produtividade mensal Média do Centro Sul em toneladas de cana por hectare (TCH) Por conta do regime de chuvas mais favorável,

Leia mais

Rumo a um Novo Ciclo de Desenvolvimento

Rumo a um Novo Ciclo de Desenvolvimento Rumo a um Novo Ciclo de Desenvolvimento Guido Mantega Presidente do BNDES Setembro 2005 A economia brasileira reúne condições excepcionais para impulsionar um novo Ciclo de Desenvolvimento Quais são as

Leia mais

A SAFRA CANAVIEIRA DE 2012 E AS TENDÊNCIAS DE MERCADO DE AÇUCAR E ETANOL. Eng. Agr. Dib Nunes Grupo IDEA

A SAFRA CANAVIEIRA DE 2012 E AS TENDÊNCIAS DE MERCADO DE AÇUCAR E ETANOL. Eng. Agr. Dib Nunes Grupo IDEA A SAFRA CANAVIEIRA DE 2012 E AS TENDÊNCIAS DE MERCADO DE AÇUCAR E ETANOL Eng. Agr. Dib Nunes Grupo IDEA JUNHO 2012 Evolução da produção brasileira de CANA nos últimos 60 anos Ano Toneladas (milhões) Década

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/05/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/05/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/05/2019 Atraso na moagem e crescimento nas vendas de etanol marcam início da safra 2019/2020 São Paulo, 23 de maio de 2019 A quantidade

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/07/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/07/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/07/2019 Com quase 40% da safra colhida, produção de açúcar apresenta redução de 900 mil toneladas São Paulo, 10 de julho de 2019 O

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 11º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 28 de Novembro de

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/05/2018 Com novo recorde, vendas de etanol hidratado seguem como destaque da safra de cana-de-açúcar no Centro-Sul São Paulo, 24 de

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/09/2018

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/09/2018 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/09/2018 Quebra agrícola e novo recorde de venda de hidratado marcam a 2ª quinzena de agosto São Paulo, 12 de setembro de 2018 A moagem

Leia mais

2017/18 quase 2018/19. A cana, o clima, o tempo e. o hipopótamo

2017/18 quase 2018/19. A cana, o clima, o tempo e. o hipopótamo 2017/18 quase 2018/19 A cana, o clima, o tempo e. o hipopótamo 2017/18 safra ruim? Foi mesmo ruim? Aos curiosos. SAFRA CANAVIEIRA: DATAFOLHA Se a área total é praticamente a mesma e o canavial envelheceu,

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 9º Seminário sobre Redução de Custos na Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 24 de Novembro de 2010 Modelo

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/09/2018

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/09/2018 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/09/2018 Moagem atinge 38,51 milhões de toneladas e venda de hidratado segue aquecida na primeira quinzena de setembro São Paulo, 25

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Apresentação dos resultados - 4T07 / 2007 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Apresentação dos resultados - 4T07 / 2007 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Apresentação dos resultados - 4T07 / 2007 (R$ milhões - USGAAP) 1 Destaques do 4T07 Frota média alugada Receita líquida Quantidade 26.211 12.106 14.105 30,6% 25,9% 34,6% 34.226

Leia mais

INDX registra alta de 3,1% em Março

INDX registra alta de 3,1% em Março 14-jan-11 4-fev-11 25-fev-11 18-mar-11 8-abr-11 29-abr-11 2-mai-11 1-jun-11 1-jul-11 22-jul-11 12-ago-11 2-set-11 23-set-11 14-out-11 4-nov-11 25-nov-11 16-dez-11 6-jan-12 27-jan-12 17-fev-12 9-mar-12

Leia mais

DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO

DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO Liberação de Variedades RB de Cana-de-Açúcar DINÂMICA E PERSPECTIVAS DO SETOR SUCROENERGÉTICO Marcos Sawaya Jank Presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) Ribeirão Preto, 08 de outubro

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/05/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/05/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/05/2019 Safra ainda mais alcooleira intensifica produção e vendas de etanol São Paulo, 10 de maio de 2019 A moagem de cana-de-açúcar

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/03/2017 Informações adicionais Safra 2016/2017 1ª quinzena de março A quantidade processada de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras

Leia mais

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Safra 2015/2016 Mensal Acumulado Cana Campo (1) Cana Esteira (2) R$/Kg ATR R$/Kg ATR R$/Ton. R$/Ton. Abr/15 0,4909

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

ESTIMATIVA DA SAFRA 2009/2010

ESTIMATIVA DA SAFRA 2009/2010 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2009/2010 Marcos Sawaya Jank Antonio de Padua Rodrigues São Paulo, SP 29 de abril de 2009 ROTEIRO Dados finais Safra 2008/2009 Moagem de cana Produção de açúcar

Leia mais

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA Safra 2013/2014 Primeiro Levantamento Abril/2013 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Produção e Agroenergia SPAE Departamento de CanadeAçúcar e Agroenergia DCAA Companhia

Leia mais

XLIII Reunião da Mesa Tripartite

XLIII Reunião da Mesa Tripartite XLIII Reunião da Mesa Tripartite Governo Produtores - Distribuidores Brasília, 25 de fevereiro de 2015 mil m³ Evolução Demanda Gasolina A x Etanol Total (anidro + hidratado) janeiro 2007 a janeiro de 2015

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AÇÚCAR E ETANOL JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 10º Seminário sobre Redução de Custos na Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 30 de Novembro de 2011 Modelo

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 12ºSeminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 04 de Dezembro de 2013

Leia mais

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético 23 de julho de 2015 Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético Antonio de Padua Rodrigues Diretor técnico ROTEIRO I. Perspectivas para a safra 2015/2016 II. Mercados de açúcar e de etanol

Leia mais

2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina da Pedra Agosto de 2017

2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES. Usina da Pedra Agosto de 2017 2ª REUNIÃO DE FORNECEDORES Usina da Pedra Agosto de 2017 Apresentação Abertura Sérgio Luiz Selegato Acompanhamento de Mercado Sérgio Luiz Selegato Moagem e Término da Safra Hebert Trawitzki Potencial de

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/10/2017 Moagem na 1ª quinzena de outubro atinge 32,41 milhões de toneladas de cana, com queda na produção de açúcar e maior oferta

Leia mais

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO Fevereiro de 2014

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO Fevereiro de 2014 PRODUTIVIDADE DO TRABALHO Fevereiro de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO A produtividade do trabalho da indústria catarinense variou 2% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano anterior. No primeiro bimestre de

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/01/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 16/01/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/01/2019 Moagem no Centro-Sul acumula 562,7 milhões de toneladas na primeira quinzena de janeiro São Paulo, 24 de janeiro de 2019 volume

Leia mais

Banco Central: Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial e Impacto Fiscal de suas Operações

Banco Central: Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial e Impacto Fiscal de suas Operações Banco Central: Objetivos das Políticas Monetária, Creditícia e Cambial e Impacto Fiscal de suas Operações Henrique de Campos Meirelles Setembro de 20 1 Prestação de Contas - LRF Objetivos das Políticas

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/02/2019

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul. Posição até 01/02/2019 Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 01/02/2019 Centro-Sul registra recorde de vendas de etanol hidratado em janeiro São Paulo, 12 de fevereiro de 2019 O volume de etanol

Leia mais

MOAGEM DE CANA CHEGA A 17 MILHÕES DE TONELADAS NA PRIMEIRA QUINZENA DE ABRIL

MOAGEM DE CANA CHEGA A 17 MILHÕES DE TONELADAS NA PRIMEIRA QUINZENA DE ABRIL Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX 01/maio/2017 n. 673 MOAGEM DE CANA CHEGA A 17 MILHÕES DE TONELADAS NA PRIMEIRA QUINZENA DE ABRIL A quarta semana de abril foi marcada pela atualização

Leia mais

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

AGRICULTURA. Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AGRICULTURA Abril de 2018 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos DESEMPENHO DA AGRICULTURA o o Algodão A safra mundial 2017/18 será maior, mas com melhor ajuste de estoques já que o consumo

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO

PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO 2014-2015 10 DE OUTUBRO DE 2014 Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos - DEPEC CENÁRIO AGRÍCOLA PRODUÇÃO GLOBAL DE GRÃOS SAFRA 2014/15

Leia mais

Coordenação geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro

Coordenação geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Ano 5 no 41 novembro/2012 Ano 5 no 41 maio/2012 Embrapa Gado de Leite Rua Eugênio do Nascimento, 610 Bairro Dom Bosco 36038-330 Juiz de Fora/MG Telefone: (32) 3311-7494 Fax: (32) 3311-7499 e-mail: sac@cnpgl.embrapa.br

Leia mais

Workshop Estratégico CTBE: RenovaBio Modelagem Econômica

Workshop Estratégico CTBE: RenovaBio Modelagem Econômica Workshop Estratégico CTBE: RenovaBio Modelagem Econômica Campinas 29/09/2017 SETEMBRO 2017 Tratamento da informação Tratamento da informação 339 Unidades em Operação Cana-de-açúcar Setembro 2017 Mapa da

Leia mais

O QUASE FINAL DA SAFRA DE GRÃOS 2010/11. E A CRISE?

O QUASE FINAL DA SAFRA DE GRÃOS 2010/11. E A CRISE? 1 O QUASE FINAL DA SAFRA DE GRÃOS 2010/11. E A CRISE? Fernando Homem de Melo 1 Professor Titular do Departamento de Economia da FEA-USP e Pesquisador da FIPE A safra de grãos, 2010/11 está terminando.

Leia mais

DEMANDA POR AÇÚCAR: BRASIL e MUNDO

DEMANDA POR AÇÚCAR: BRASIL e MUNDO UFRJ DEMANDA POR AÇÚCAR: BRASIL e MUNDO Estimativa do consumo de açúcar no mercado brasileiro Estimativa do consumo mundial de açúcar 166 182 201 Fonte: F.O.Licht, LMC e estimativa UNICA. Nota: o volume

Leia mais

SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO

SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO Guariba, 13 de dezembro de 2017. SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO Tarcilo Ricardo Rodrigues A g e n d a Cenário Atual Combustíveis Cenário Mundial Combustíveis

Leia mais

APRESENTAÇÃO LIQUIGÁS

APRESENTAÇÃO LIQUIGÁS APRESENTAÇÃO LIQUIGÁS AUDIÊNCIA PÚBLICA: VENDA DA LIQUIGÁS DISTRIBUIDORA S/A ANTONIO EDUARDO MONTEIRO DE CASTRO PRESIDENTE DA LIQUIGÁS 07/07/2016 AGENDA LIQUIGÁS MERCADO E ÁREAS DE NEGÓCIO ESTRUTURA OPERACIONAL

Leia mais

DESEMPENHO E DESTAQUES VARIETAIS NA PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A. Eng. Agr. Sergio M. Selegato

DESEMPENHO E DESTAQUES VARIETAIS NA PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A. Eng. Agr. Sergio M. Selegato DESEMPENHO E DESTAQUES VARIETAIS NA PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A Eng. Agr. Sergio M. Selegato Localização - Unidades Climático II Média Anual: 1.594,6 mm Climático III Média Anual: 1.315,2 mm Climático II

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Teleconferência De Resultados. 4T18 Safra 17/18

Teleconferência De Resultados. 4T18 Safra 17/18 Teleconferência De Resultados 4T18 Safra 17/18 DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais

Leia mais

INDX apresenta estabilidade em abril

INDX apresenta estabilidade em abril 1-2- 3-4- 5-6- 7-8- 9-10- 11-12- 13-14- 15-16- 17-18- 19-20- 21-22- 23-24- 25-26- 27-28- 29-30- INDX INDX ANÁLISE MENSAL INDX apresenta estabilidade em abril Dados de Abril/11 Número 52 São Paulo O Índice

Leia mais