Análise da Safra 2015/16. Agosto/15

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise da Safra 2015/16. Agosto/15"

Transcrição

1 Análise da Safra 2015/16 Agosto/15

2 Evolução da produtividade média Evolução da produtividade mensal Média do Centro Sul em toneladas de cana por hectare (TCH) Por conta do regime de chuvas mais favorável, a produtividade média acumulada do centro Sul na safra 2015/16 está 10% Acumulado até Ago/15 Acumulado até Ago/14 78,0 superior ao resultado obtido no mesmo período da safra 2014/15. estimativa

3 Produtividade nas regiões 14/15 15/16 Variação Amostra GO 84,5 89,3 +6% 18 MG 81,7 86,5 +6% 20 MS 72,5 88,5 +22% 12 PR 66,7 73,7 +11% 14 SP 78,3 85,9 +10% 102 Araçatuba 71,4 84,7 +19% 21 Assis 69,7 84,5 +21% 11 Piracicaba 74 83,9 +13% 12 Ribeirão Preto 91,5 85,3-7% 16 São José Rio Preto 82,1 86,7 +6% 23 São Carlos 79,3 88,4 +19% 19

4 Evolução da qualidade da matéria prima Evolução da qualidade - ATR Média do Centro Sul Em quilos de ATR por tonelada de cana Em contrapartida, a qualidade da matéria-prima está 2% inferior ao observado na safra Acumulado até Ago/14 passada, fazendo com que os 131 ganhos reais desta safra em toneladas de açúcar por hectare Acumulado até Ago/15 (TAH) fiquem em 7%. estimativa

5 ATR nas regiões 14/15 15/16 Variação Amostra GO 130,3 126,9-2,6% 17 MG 129,1 126,1-2,3% 16 MS 122,6 123,9 +1,1% 12 PR 129,6 133,2 +2,8% 14 SP 132,4 128,6-2,9% 97 Araçatuba 129,9 127,3-2,1% 20 Assis 127,3 128,7 +1,2% 9 Piracicaba 132,4 128,1-3,2% 12 Ribeirão Preto 133,6 127,7-4,4% 16 São José Rio Preto 135,7 131,7-3% 23 São Carlos 131,4 127,1-3,3% 17

6 Produtividade por Região Goiás Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) GO 2014/ /16 Variação TCH 84,5 89,3 +6% ATR 130,3 126,9-3% TAH 11,0 11,3 +3%

7 Produtividade por Região Minas Gerais Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) MG 2014/ /16 Variação TCH 81,7 86,5 +6% ATR 131, % TAH 10,7 11,1 +3%

8 Produtividade por Região Mato G. Do Sul Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) MS 2014/ /16 Variação TCH 72,5 88,5 22% ATR 122,6 123,9 +1% TAH 8,9 11,0 23%

9 Produtividade por Região Paraná Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) PR 2014/ /16 Variação TCH 66,7 73,7 +10% ATR 129,6 133,17 +3% TAH 8,6 9,8 +14%

10 Produtividade por Região São Paulo Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) SP 2014/ /16 Variação TCH 78,3 85,9 10% ATR 132,4 128,6-3% TAH 10,4 11,0 7%

11 Produtividade por Região Araçatuba Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) Araç 2014/ /16 Variação TCH 71,4 84,7 19% ATR 129,9 127,3-2% TAH 9,3 10,8 16%

12 Produtividade por Região Assis Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) Assis 2014/ /16 Variação TCH 69,7 84,5 +21% ATR 127,2 128,74 +1% TAH 8,9 10,9 +23%

13 Produtividade por Região Piracicaba Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) Pira 2014/ /16 Variação TCH 74,0 83,9 13% ATR 132,4 128,1-3% TAH 9,8 10,7 10%

14 Produtividade por Região Rib. Preto Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) RP 2014/ /16 Variação TCH 91,5 85,3-7% ATR 133,6 127,7-4% TAH 12,2 10,9-11%

15 Produtividade por Região S. J. Rio Preto Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) SJRP 2014/ /16 Variação TCH 82,1 86,7 6% ATR 135,7 131,7-3% TAH 11,1 11,4 2%

16 Produtividade por Região São Carlos Evolução da produtividade e qualidade Em toneladas de cana por hectare (TCH) E quilos de ATR por tonelada de cana (ATR) SCAR 2014/ /16 Variação TCH 79,3 88,4 11% ATR 131,4 127,1-3% TAH 10,4 11,2 8%

17 Precipitação Centro Sul Evolução da precipitação média no Centro Sul em milímetros Média histórica 10 anos

18 Precipitação Goiás Evolução da precipitação média em Goiás em milímetros Média histórica 10 anos

19 Precipitação Minas Gerais Evolução da precipitação média em Minas Gerais em milímetros Média histórica 10 anos

20 Precipitação Mato Grosso do Sul Evolução da precipitação média em Mato Grosso do Sul em milímetros Média histórica 10 anos

21 Precipitação Paraná Evolução da precipitação média no Paraná em milímetros Média histórica 10 anos

22 Precipitação São Paulo Evolução da precipitação média em São Paulo em milímetros Média histórica 10 anos

23 Precipitação Araçatuba Evolução da precipitação média em Araçatuba em milímetros Média histórica 10 anos

24 Precipitação Assis Evolução da precipitação média em Assis em milímetros Média histórica 10 anos

25 Precipitação Piracicaba Evolução da precipitação média em Piracicaba em milímetros Média histórica 10 anos

26 Precipitação Ribeirão Preto Evolução da precipitação média em Ribeirão Preto em milímetros Média histórica 10 anos

27 Precipitação São Carlos Evolução da precipitação média em São Carlos em milímetros Média histórica 10 anos

28 Precipitação São José do Rio Preto Evolução da precipitação média em São José do Rio Preto em milímetros Média histórica 10 anos

29 Estágio médio de corte e perfil de colheita

30 Evolução mensal do plantio no Centro Sul Variação entre o plantio da safra 2015/15 e 2014/15 acumulado até agosto Usinas em comum

31 Evolução mensal do plantio no Centro Sul Variação entre o plantio da safra 2015/15 e 2014/15 acumulado até agosto Usinas em comum

32 PERSPECTIVAS DA SAFRA 15/16 Precipitação Renovação Tratos Florescimento Doenças Geada Pragas

33 Obrigada!

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2013/2014 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2013/2014 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2012/2013 Produtos Safra 2012/2013 2013/2014 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013

Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 Coletiva de Imprensa REVISÃO DE SAFRA 2012/2013 São Paulo, 20 de setembro de 2012 ROTEIRO I. Metodologia e fonte de dados II. Aspectos climáticos e condições agrícolas III. Evolução da safra da região

Leia mais

Impurezas e Qualidade de Cana-de-Açúcar

Impurezas e Qualidade de Cana-de-Açúcar Impurezas e Qualidade de Cana-de-Açúcar Levantamento dos níveis de impurezas nas últimas safras Luiz Antonio Dias Paes 12 de Maio de 2011 Dados Gerais da Safra 10/11 Impurezas Evolução Indicadores Impurezas

Leia mais

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos

Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos 15º Seminário sobre Produtividade & Redução de Custos Expectativas para a safra 2017/18 e as perspectivas para o setor nos próximos anos Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial 1 - SAFRA

Leia mais

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 27 de abril de 2016 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 ROTEIRO I. Considerações sobre a atual situação do setor sucroenergético II. Bioeletricidade III. Condições climáticas e agronômicas

Leia mais

Estimativas e Desempenho de Variedades. Eng. Agr. Jose Carlos Salata

Estimativas e Desempenho de Variedades. Eng. Agr. Jose Carlos Salata Estimativas e Desempenho de Variedades Eng. Agr. Jose Carlos Salata Estimativa de Cana Identificando o Canavial Banco de Dados das Áreas (Própria/Fornecedor) Fazenda Lote Talhão Área Estágio Variedade

Leia mais

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo Versão Online Boletim No: 06 Abril, 2015 Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo I. PANORAMA Qual a expectativa para o setor sucroenergético em 2015? Essa é a pergunta do ano.

Leia mais

COLETIVA DE SAFRA 2017/2018. Mário Campos Presidente SIAMIG

COLETIVA DE SAFRA 2017/2018. Mário Campos Presidente SIAMIG COLETIVA DE SAFRA 2017/2018 Mário Campos Presidente SIAMIG UBERABA 28/04/2017 MOAGEM DE CANA EM MINAS GERAIS ( mil toneladas) MIX DE PRODUÇÃO SAFRA MG 2016/2017 POSIÇÃO: 01-04-2017 PRODUTOS SAFRA VAR(%)

Leia mais

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul

Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Acompanhamento quinzenal da safra na região Centro-Sul Posição até 16/11/2016 Informações adicionais Safra 2016/2017 1ª quinzena de novembro A moagem pelas unidades produtoras da região Centro-Sul atingiu

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO 2 - METODOLOGIA

1 - INTRODUÇÃO 2 - METODOLOGIA SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Metodologia... 2 3. Estimativa da Área Plantada... 3 4. Estimativa da Produção... 3 5. Avaliação das Culturas... 4 5.1 Algodão... 4 5.2 Arroz... 4 5.3 Feijão... 5 5.4 Milho...

Leia mais

VARIEDADES DE CANA CTC E SEU MANEJO

VARIEDADES DE CANA CTC E SEU MANEJO VARIEDADES DE CANA CTC E SEU MANEJO Equipe de Desenvolvimento de Produtos CTC Fernando Sesso Vitória ES 25 setembro 2014 XIV SEMINÁRIO DA CANA-DE-AÇÚCAR STAB CENTRO Vitória - ES 24 a 25 de setembro de

Leia mais

Variedades RB, Participação, Uso e Manejo

Variedades RB, Participação, Uso e Manejo III Encontro de Usuários de Variedades de Cana-de-Açúcar Raphael Alvarez Variedades RB, Participação, Uso e Manejo CENTRO CANAGRO JOSÉ CORAL PIRACICABA, SP 22/10/2015 Roberto Giacomini Chapola Hermann

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 São Paulo, 29 de abril de 2013 ROTEIRO I. Safra 2012/2013 na região Centro-Sul: dados finais Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e

Leia mais

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Dezembro de Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Dezembro de Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA Dezembro de 2013 Levantamento Sistemático da Produção Agrícola Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 11º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 28 de Novembro de

Leia mais

Perspectivas para a Tecnologia na Agricultura e Desenvolvimento de Novas Variedades de Cana de Açúcar

Perspectivas para a Tecnologia na Agricultura e Desenvolvimento de Novas Variedades de Cana de Açúcar Perspectivas para a Tecnologia na Agricultura e Desenvolvimento de Novas Variedades de Cana de Açúcar Federico Tripodi Diretor de Negócios de Cana de Açúcar Set/2014 Monsanto no Mundo Quem Somos Europa,

Leia mais

1 - Sente-se apto para o exercício da sua atividade/função? (Na Contabilidade)

1 - Sente-se apto para o exercício da sua atividade/função? (Na Contabilidade) PARANÁ 2% 3 5 93% 1 29% 7 6 1 7 8 APLICA 31% 1 6 71% 3 4 9% MATO GROSSO 2 6 93% 1 33% 7 52% 19% 1 59% 8 APLICA 2 33% 52% 5 3 41% ESPÍRITO SANTO 3 63% 92% 29% 8 6 1 7 92% APLICA 3 1 13% 4 83% 42% 2 29%

Leia mais

Manejo Varietal na Usina Iracema

Manejo Varietal na Usina Iracema Manejo Varietal na Usina Iracema Eng Agro. Ivan Barcellos Dalri Gerência Agrícola Usina Iracema Março de 2012 INTRODUÇÃO Localização Geográfica Grupo São Martinho Goiás Quirinópolis Boa Vista São Martinho

Leia mais

REUNIÃO REGIONAL 2015 PMGCA/UFSCar/RIDESA. EQUIPE PMGCA/UFSCar/RIDESA

REUNIÃO REGIONAL 2015 PMGCA/UFSCar/RIDESA. EQUIPE PMGCA/UFSCar/RIDESA REUNIÃO REGIONAL 2015 PMGCA/UFSCar/RIDESA EQUIPE PMGCA/UFSCar/RIDESA Roteiro da Apresentação Roteiro CARVÃO FERRUGEM ALARANJADA CENSO VARIETAL 2015 RB965902 E PRÉ-LIBERAÇÕES UFSCar Roteiro da Apresentação

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento SAFRA 2005/2006 Terceiro Levantamento Dezembro/2005 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA Roberto Rodrigues Ministro SECRETARIA EXECUTIVA Luís Carlos Guedes Pinto Secretário SECRETARIA

Leia mais

CARACTERÍSTICAS VARIETAIS QUE VALEM MUITO DINHEIRO

CARACTERÍSTICAS VARIETAIS QUE VALEM MUITO DINHEIRO CARACTERÍSTICAS VARIETAIS QUE VALEM MUITO DINHEIRO Dib Nunes Jr. Antonio Celso Silva Jr. Grupo IDEA Características Varietais 1. Florescimento: MENOR DENSIDADE DE CARGA MENOR VOLUME DE CALDO 2. Tombamento:

Leia mais

Associação Brasileira dos Produtores de Soja

Associação Brasileira dos Produtores de Soja Associação Brasileira dos Produtores de Soja De acordo com o 5 Levantamento de safra 2015/16, publicado em fevereiro pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a área plantada deve crescer 3,6%

Leia mais

Associação Brasileira dos Produtores de Soja

Associação Brasileira dos Produtores de Soja Associação Brasileira dos Produtores de Soja 1. PREVISÃO DE SAFRA E DESTINAÇÃO De acordo com o 7 Levantamento de safra 2015/16, publicado em abril pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a área

Leia mais

Estrutura produtiva: 370 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país.

Estrutura produtiva: 370 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país. PERFIL DA PRODUÇÃO Estrutura produtiva: 370 unidades e mais de 1000 municípios com atividade vinculadas à indústria sucroenergética no país. 935 mil empregos formais (RAIS 2014). Divisas Externas: US$

Leia mais

Rally da Safra. Qualidade Nutricional da Soja Safra 2012/13 e 2013/14. Cuiabá, 31 de Julho de 2014

Rally da Safra. Qualidade Nutricional da Soja Safra 2012/13 e 2013/14. Cuiabá, 31 de Julho de 2014 Rally da Safra Qualidade Nutricional da Soja Safra 2012/13 e 2013/14 Cuiabá, 31 de Julho de 2014 Composição Química Composição Química Tabela 1. Composição química da soja. Composição Quantidade Energia

Leia mais

Boletim do Complexo soja

Boletim do Complexo soja Boletim do Complexo soja 1. Grão: No mês de fevereiro houve um aumento no preço médio em quase todos os estados, com exceção de Santa Catarina. O estado que obteve a maior média foi o do Paraná R$ 57,31/sc,

Leia mais

Os preços médios da soja pago aos produtores familiares pelas cooperativas

Os preços médios da soja pago aos produtores familiares pelas cooperativas Soja Os preços médios da soja pago aos produtores familiares pelas cooperativas apresentaram queda no primeiro mês de 2014, como mostra a Tabela 1. O estado de Minas Gerais foi o único que apresentou variação

Leia mais

Variedades Vertixde cana-energia para produção de biomassa e etanol José Bressiani Diretor de Tecnologia Agrícola

Variedades Vertixde cana-energia para produção de biomassa e etanol José Bressiani Diretor de Tecnologia Agrícola Variedades Vertixde cana-energia para produção de biomassa e etanol José Bressiani Diretor de Tecnologia Agrícola A GRANBIO 85% 15% BioCelere BioVertis BioEdge BioPlant Empresa de Pesquisa e Desenvolvimento

Leia mais

III ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR RAPHAEL ALVAREZ. POSICIONAMENTO DAS VARIEDADES X SANIDADE VEGETAL

III ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR RAPHAEL ALVAREZ. POSICIONAMENTO DAS VARIEDADES X SANIDADE VEGETAL III ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR RAPHAEL ALVAREZ. POSICIONAMENTO DAS VARIEDADES X SANIDADE VEGETAL 22/10/2015 A AFOCAPI Fundada e Inaugurada em 05/10/1947-68 Anos Objetivo: Estruturar

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 12ºSeminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 04 de Dezembro de 2013

Leia mais

Dr. Estêvão Vicari Mellis

Dr. Estêvão Vicari Mellis Dr. Estêvão Vicari Mellis http://www.unica.com.br/dadoscotacao/estatistica/ SÃO PAULO 5 milhões de ha SOUTH AMERICA 664 milhões de t 8 milhões de ha BRAZIL 60% Produtividade Média 80 t/ha Intensiva Novas

Leia mais

ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR. Uso de Variedades na Usina Jalles Machado. Rogério Bremm Gerente Corporativo

ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR. Uso de Variedades na Usina Jalles Machado. Rogério Bremm Gerente Corporativo ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR Uso de Variedades na Usina Jalles Machado Rogério Bremm Gerente Corporativo Localização PRECIPITAÇÃO (mm) Caracterização da Empresa Descrição 2010/2011

Leia mais

PESQUISA DE CUSTOS E INDICADORES AGRÍCOLA

PESQUISA DE CUSTOS E INDICADORES AGRÍCOLA PESQUISA DE CUSTOS E INDICADORES AGRÍCOLA Abrangência: Todo o território brasileiro. A quem se destina: As unidades produtoras de açúcar, etanol, levedura e bioeletricidade. Público Alvo: Gestores das

Leia mais

Manejo Varietal e Maximização da Qualidade da Matéria-Prima. Marcos Guimarães de Andrade Landell Instituto Agronômico/APTA/SAA SP

Manejo Varietal e Maximização da Qualidade da Matéria-Prima. Marcos Guimarães de Andrade Landell Instituto Agronômico/APTA/SAA SP Manejo Varietal e Maximização da Qualidade da Matéria-Prima Marcos Guimarães de Andrade Landell Instituto Agronômico/APTA/SAA SP POTENCIAL BIOLÓGICO 320 tha -1 305 tha -1 335 tha -1 IACSP96-3060 IACSP95-5000

Leia mais

Brasil deve produzir 98,9 milhões de toneladas de soja na safra 2014/...

Brasil deve produzir 98,9 milhões de toneladas de soja na safra 2014/... Página 1 de 10 RuralBR Agricultura Pecuária Canal Rural Tempo Cotação Blogs Especiais Últimas Notícias C2Rural Lance Rural Agricultura Veja as últimas notícias sobre agricultura: exportação, plantação,

Leia mais

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Setembro de 2013. Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil

LSPA. Levantamento Sistemático da Produção Agrícola. Setembro de 2013. Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no ano civil Diretoria de Pesquisas Coordenação de Agropecuária Gerência de Agricultura LSPA Setembro de 213 Levantamento Sistemático da Agrícola Pesquisa mensal de previsão e acompanhamento das safras agrícolas no

Leia mais

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Resumo da evolução dos custos em Junho/08 PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Pela primeira vez, a arroba do boi gordo no primeiro semestre do ano teve alta superior ao do Custo

Leia mais

II ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA DE AÇUCAR FREDERICO DE MENEZES VEIGA. MANEJO VARIETAL NA AFOCAPI

II ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA DE AÇUCAR FREDERICO DE MENEZES VEIGA. MANEJO VARIETAL NA AFOCAPI II ENCONTRO DE USUÁRIOS DE VARIEDADES DE CANA DE AÇUCAR FREDERICO DE MENEZES VEIGA. MANEJO VARIETAL NA AFOCAPI 15/03/2012 AFOCAPI FUNDADA E INAUGURADA EM 05/10/1947 65 anos OBJETIVO ESTRUTURAR E FORTALECER

Leia mais

Fechamento dos Mercados Segunda-feira 07/11/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif.

Fechamento dos Mercados Segunda-feira 07/11/16 granoeste.com.br (45) Atual Ant. Dif. COMPLEXO SOJA CBOT - Soja (U$/Bushel = 27,216) Máx Min NOV 989,25 981,50 7,75 992,00 981,75 JAN 998,50 990,75 7,75 1.001,75 990,00 MAR 1005,50 997,25 8,25 1.007,75 996,25 MAI 1012,25 1004,00 8,25 1.014,25

Leia mais

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso

Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso Índice 1 - Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso 1.1 Agronegócio Soja 1.2 Agronegócio Milho 1.3 Agronegócio Algodão 1.4 Agronegócio Boi 2 Competitividade 2.1 Logística

Leia mais

COLETIVA DE IMPRENSA

COLETIVA DE IMPRENSA COLETIVA DE IMPRENSA São Paulo, 20 de dezembro de 2012 ROTEIRO I. Oferta de cana-de-açúcar na região Centro-Sul: condições agrícolas e climáticas II. Moagem e produção de açúcar e etanol na região Centro-Sul

Leia mais

Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO

Brasília,26 de novembro de SETOR SUCROALCOOLEIRO Brasília,26 de novembro de 2015. SETOR SUCROALCOOLEIRO Açúcar: Avaliação de Oferta e Demanda Mundial F o n t e : U S D A Superávit/Déficit Global S&D Safra 15/16 (base Out-Set) Produção / Demanda Balanço

Leia mais

NOTA TÉCNICA N 01/2012

NOTA TÉCNICA N 01/2012 NOTA TÉCNICA N 01/2012 SAFRA 2011/2012 3º LEVANTAMENTO DO CONSELHO TÉCNICO DA AIBA Barreiras (BA), 25 de Abril de 2012 Entidades Participantes: AIBA, ABAPA, ABACAFÉ, AEAB, Banco do Brasil, Banco HSBC,

Leia mais

GIRASSOL Período: Julho de 2012

GIRASSOL Período: Julho de 2012 GIRASSOL Período: Julho de 2012 QUADRO I PREÇOS PAGO AO PRODUTOR (R$ 60/Kg) Centro de Referência Un Período Anteriores Período atual Variação (%) Julho/11 Julho/12 Preços Mínimos (60/Kg) Centro Sul 60

Leia mais

CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL

CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL CONJUNTURA DO MERCADO DE MANDIOCA E DERIVADOS NO BRASIL 1 SEMESTRE/2011 Fábio Isaías Felipe Pesquisador do Cepea/ESALQ/USP E-mail: fifelipe@esalq.usp.br Fone: 55 19 3429-8847 Fax: 55 19 3429-8829 http://www.cepea.esalq.usp.br

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T16

Teleconferência de Resultados 2T16 Teleconferência de Resultados 2T16 1 2 Destaques Receita Líquida de R$100,0 milhões no 6M16. Lucro Líquido de R$45,8 milhões no 6M16. EBITDA Ajustado de R$18,3 milhões no 6M16. Fornecimento de 1,0 milhão

Leia mais

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Preços ao consumidor do etanol hidratado e Relatório da gasolina, semanal por semana, de preços praticados ao consumidor no Brasil Semana de 22/11/2015 a 28/11/2015 Semana de 04/12/2016 a 10/12/2016 Os

Leia mais

5 anos desde o IPO...

5 anos desde o IPO... 1 5 anos desde o IPO... 2007 2008 2009 2010 2011 2012 Moagem: 10,3 MT Moagem: 12,0 MT Moagem: 12,9 MT Moagem: 13,1 MT Moagem: 14,5 MT Moagem: 14,5 MT IPO da SMTO Aquisição Usina Santa Luiza aprox. 1MT

Leia mais

Sorgo Período: junho de 2016

Sorgo Período: junho de 2016 Sorgo Período: junho de 2016 Quadro I: Preços pagos ao produtor Centro de Produção UF Unidade Média de Mercado 12 1 meses (a) mês (b) Mês atual (c) Preço mínimo Var % (c/a) Verde GO 60kg 21,42 24,56 27,73

Leia mais

VARIEDADES DE CANA SOB A ÓTICA DO FORNECEDOR. Eng.Agr. Dib Nunes Jr. Grupo IDEA

VARIEDADES DE CANA SOB A ÓTICA DO FORNECEDOR. Eng.Agr. Dib Nunes Jr. Grupo IDEA VARIEDADES DE CANA SOB A ÓTICA DO FORNECEDOR Eng.Agr. Dib Nunes Jr. Grupo IDEA QUESTÕES IMPORTANTES O QUE MAIS PREOCUPA O FORNECEDOR DE CANA? R: O preço da cana O QUE PODE SER FEITO PARA MELHORAR? R: Existem

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 10º Seminário sobre Redução de Custos na Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 30 de Novembro de 2011 Modelo

Leia mais

PROGRAMA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL PSR

PROGRAMA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL PSR PROGRAMA DE SUBVENÇÃO AO PRÊMIO DO SEGURO RURAL PSR Exercício 2013 Números Preliminares Vicente de Paulo Diniz Diretor do Departamento de Gestão de Risco Rural DEGER Ana Carolina Mera Coordenadora do Seguro

Leia mais

O SETOR SUCROALCOOLEIRO NO BRASIL E EM MINAS GERAIS. LUIZ CUSTÓDIO COTTA MARTINS PRESIDENTE SIAMIG/SINDAÇÚCAR-MG Belo Horizonte 21/08/2008

O SETOR SUCROALCOOLEIRO NO BRASIL E EM MINAS GERAIS. LUIZ CUSTÓDIO COTTA MARTINS PRESIDENTE SIAMIG/SINDAÇÚCAR-MG Belo Horizonte 21/08/2008 O SETOR SUCROALCOOLEIRO NO BRASIL E EM MINAS GERAIS LUIZ CUSTÓDIO COTTA MARTINS PRESIDENTE SIAMIG/SINDAÇÚCAR-MG Belo Horizonte 21/08/2008 SETOR SUCROALCOOLEIRO BRASILEIRO CANA-DE- AÇÚCAR AÇÚCAR ETANOL

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE FARINHA DE TRIGO 2017 (POR PAÍS) PAÍSES ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 30.038,81 30.038,81 Valor Fob ( Us$/Mil ) 8.096,09 8.096,09 Preço Médio ( Us$/Ton ) 269,52 269,52 PARAGUAI Volume

Leia mais

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Preços ao consumidor do etanol hidratado e Relatório da gasolina, semanal por semana, de preços praticados ao consumidor no Brasil Semana de 22/11/2015 a 28/11/2015 Semana de 02/07/2017 a 08/07/2017 Os

Leia mais

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol

A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol 15º Seminário Produtividade e Redução de Custos da Agroindústria Canavieira A evolução dos custos de produção de cana, açúcar e etanol Francisco Oscar Louro Fernandes Ribeirão Preto, 30 de Novembro de

Leia mais

DESEMPENHO E DESTAQUES VARIETAIS NA PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A. Eng. Agr. Sergio M. Selegato

DESEMPENHO E DESTAQUES VARIETAIS NA PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A. Eng. Agr. Sergio M. Selegato DESEMPENHO E DESTAQUES VARIETAIS NA PEDRA AGROINDUSTRIAL S/A Eng. Agr. Sergio M. Selegato Localização - Unidades Climático II Média Anual: 1.594,6 mm Climático III Média Anual: 1.315,2 mm Climático II

Leia mais

G1 -Preço da cesta básica em São Paulo cai 4,22% em agosto, diz Pr...

G1 -Preço da cesta básica em São Paulo cai 4,22% em agosto, diz Pr... G1 -Preço da cesta básica em São Paulo cai 4,22% em agosto, diz Pr... Página 1 de 7 MENU G1 Economia MENU G1 Economia g1 ge gshow famosos vídeos ENTRE Seu Dinheiro Notícias da sua região Centro Oeste distrito

Leia mais

mostra a Tabela 1. O estado do Rio Grande do Sul não acompanhou o cenário de queda

mostra a Tabela 1. O estado do Rio Grande do Sul não acompanhou o cenário de queda Soja Os preços médios da soja apresentaram pequena queda em fevereiro, como mostra a Tabela 1. O estado do Rio Grande do Sul não acompanhou o cenário de queda e apresentou variação positiva para fevereiro,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15

Teleconferência de Resultados 2T15 Teleconferência de Resultados 2T15 Destaques Encerramento do 5º ano de fornecimento de cana-de-açúcar, entregando 724 mil toneladas. Área total plantada de 78.044 hectares. Construção de um silo na Bahia,

Leia mais

Sementes de. A Linha de Sementes de Soja Dow AgroSciences avança sem parar. Com um portifólio adaptado para as principais regiões do país e variedades

Sementes de. A Linha de Sementes de Soja Dow AgroSciences avança sem parar. Com um portifólio adaptado para as principais regiões do país e variedades Sementes de SOJA A Linha de Sementes de Soja Dow AgroSciences avança sem parar. Com um portifólio adaptado para as principais regiões do país e variedades de alto potencial produtivo, os produtores têm

Leia mais

Sorgo sacarino e alta biomassa: evolução e viabilidade econômica Ribeirão Preto 24/set/14

Sorgo sacarino e alta biomassa: evolução e viabilidade econômica Ribeirão Preto 24/set/14 Sorgo sacarino e alta biomassa: evolução e viabilidade econômica Ribeirão Preto 24/set/14 Linha de produtos José Geraldo Sousa Ceres Inc. EUA raízes de uma grande empresa Ceres No mundo Multinacional Americana

Leia mais

Soja: teor de Proteína nos estados brasileiros

Soja: teor de Proteína nos estados brasileiros Soja: teor de Proteína nos estados brasileiros Workshop sobre proteína de soja 05 de novembro de 2015 José Marcos Gontijo Mandarino A Soja - Histórico - Composição do grão de soja - Proteínas - Teores

Leia mais

BRASILAGRO DAY w w w. b r a s i l - a g r o. c o m

BRASILAGRO DAY w w w. b r a s i l - a g r o. c o m BRASILAGRO DAY - 2016 w w w. b r a s i l - a g r o. c o m Agenda Perspectivas para os mercados de soja e milho 09h00 André Pessoa, Agroconsult 10h00 10h30 12h00 Coffee Break BrasilAgro, retrospectiva e

Leia mais

Energia Limpa: Viabilidade e Desafios A Bioeletricidade

Energia Limpa: Viabilidade e Desafios A Bioeletricidade Energia Limpa: Viabilidade e Desafios A Bioeletricidade Zilmar José de Souza XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA Rio de Janeiro 23 de outubro de 2012 A UNICA A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA)

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOSTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENERGIA NA AGRICULTURA - PPGEA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOSTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENERGIA NA AGRICULTURA - PPGEA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - UNIOSTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENERGIA NA AGRICULTURA - PPGEA CORNELIO PRIMIERI Eng. Agrônomo/Professor/Pesquisador FAG Faculdade Assis Gurgacz

Leia mais

ADEQUAÇÃO DO MANEJO VARIETAL À LOGISTICA DE COLHEITA. DIB NUNES Jr. GRUPO IDEA

ADEQUAÇÃO DO MANEJO VARIETAL À LOGISTICA DE COLHEITA. DIB NUNES Jr. GRUPO IDEA ADEQUAÇÃO DO MANEJO VARIETAL À LOGISTICA DE COLHEITA DIB NUNES Jr. GRUPO IDEA SAFRA 2009/2010 Por excesso de chuvas e pela grande quantidade de Cana-Bis As lavouras foram pisoteadas O planejamento de colheita

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MATO GROSSO OUTUBRO DE 2015 DADOS GERAIS DO ESTADO DO MATO GROSSO Total Part % Brasil Part % Região Área Total - km² 903.386 10,63% 56,24% População

Leia mais

Mamona Período: janeiro de 2016

Mamona Período: janeiro de 2016 Mamona Período: janeiro de 2016 Quadro I: preço pago ao produtor Centro de Produção UF Unidade 12 meses (a) Média de Mercado 1 mês (b) Mês atual (c) Preço mínimo Var % (c/a) Irecê BA 60kg 78,96 93,13 88,33

Leia mais

AVALIAÇÃO DO MANEJO VARIETAL NAS USINAS. Dib Nunes Jr. Grupo IDEA

AVALIAÇÃO DO MANEJO VARIETAL NAS USINAS. Dib Nunes Jr. Grupo IDEA AVALIAÇÃO DO MANEJO VARIETAL NAS USINAS Dib Nunes Jr. Grupo IDEA Estamos avaliando corretamente o desempenho comercial das variedades? Precisamos entender o que está ocorrendo atualmente com a gestão da

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDUSTRIAS DE SUPLEMENTOS MINERAIS RUA AUGUSTA, 2676 13 ANDAR SALA 132 CEP 01412-100 SÃO PAULO SP Telefone: (011) 3061-9077 e-mail:

Leia mais

O que o clima reserva para a safra 2017/18

O que o clima reserva para a safra 2017/18 www.portalsyngenta.com.br O que o clima reserva para a safra 2017/18 2ª Edição - Agosto/17 Produzido sob a orientação de Marco Antonio dos Santos ANO NEUTRO NO CLIMA GARANTE BOAS SAFRAS NO BRASIL E NOS

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DE SAFRA SOJA /2015

ACOMPANHAMENTO DE SAFRA SOJA /2015 ACOMPANHAMENTO DE SAFRA SOJA - 2014/2015 Entre os dias 23 e 26 de março foram visitadas propriedades distribuídas entre dezoito (18) municípios para o acompanhamento da safra de soja 2014/15 e acompanhamento

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar

Balanço 2016 Perspectivas Cana-de-açúcar Cana-de-açúcar 85 86 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 DÉFICIT NA PRODUÇÃO MUNDIAL DE AÇÚCAR, AUMENTO DA DEMANDA E QUEDA NOS ESTOQUES MANTERÃO TENDÊNCIA DE PREÇOS ALTOS A perspectiva é de

Leia mais

SEAB Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento DERAL - Departamento de Economia Rural. MILHO PARANENSE - SAFRA 2013/14 Novembro de 2013

SEAB Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento DERAL - Departamento de Economia Rural. MILHO PARANENSE - SAFRA 2013/14 Novembro de 2013 MILHO PARANENSE - SAFRA 2013/14 Novembro de 2013 A estimativa para a 1ª safra de milho, temporada 2013/14, aponta uma redução de aproximadamente 180 mil hectares, que representa um decréscimo de 23% em

Leia mais

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13

Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Panorama do setor sucroenergético para a safra atual e perspectivas para 2012/13 Vanessa Nardy Agribusiness Research & Knowledge Center Pricewaterhouse Coopers Situação do setor sucroenergético no Brasil

Leia mais

18ª LIBERAÇÃO DE CULTIVARES CANA IAC. Programa Cana IAC

18ª LIBERAÇÃO DE CULTIVARES CANA IAC. Programa Cana IAC 18ª LIBERAÇÃO DE CULTIVARES CANA IAC Programa Cana IAC POTENCIAL BIOLÓGICO 320 tha -1 305 tha -1 335 tha -1 IACSP96-3060 IACSP95-5000 IACSP95-5094 BIOLOGICAL POTENTIAL 345 T/HA STALKS DISEASES PEST WEEDS

Leia mais

Agronegócio em Mato Grosso. Abril 2013

Agronegócio em Mato Grosso. Abril 2013 Agronegócio em Mato Grosso Abril 2013 Brasil Visão Geral Brasil - Visão Geral Area 8,5 milhões km 2 (5º maior) População (2011) 195 milhões (6 º maior) PIB (2011) US$ 2,47 Trilhões (6 ª maior) Produção

Leia mais

Broca da cana: Situação Atual e Medidas de Controle. Wilson R. T. Novaretti

Broca da cana: Situação Atual e Medidas de Controle. Wilson R. T. Novaretti Broca da cana: Situação Atual e Medidas de Controle Wilson R. T. Novaretti novarett@terra.com.br anna.lab@terra.com.br Porcentagem Intensidade de Infestação da broca da cana PAMPA CTC 4 3,5 3,7 3,6 3 2,5

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Março/2016

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO. PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Março/2016 SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Março/2016 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Rural 05. Habitantes no Campo

Leia mais

Brasil, quente e seco: efeitos do clima sobre soja e açúcar. Lucas Brunetti Economista

Brasil, quente e seco: efeitos do clima sobre soja e açúcar. Lucas Brunetti Economista Brasil, quente e seco: efeitos do clima sobre soja e açúcar Lucas Brunetti Economista Tópicos Clima no Brasil: quente e seco Efeitos no açúcar: maior área, porém não definitivo Efeitos na soja: área concentrada,

Leia mais

REGIÕES DE MAIOR CONCENTRAÇÃO NA PRODUÇÃO DE SOJA NO BRASIL

REGIÕES DE MAIOR CONCENTRAÇÃO NA PRODUÇÃO DE SOJA NO BRASIL RELATÓRIO DA SAFRA DE SOJA E MILHO REGIÕES DE MAIOR CONCENTRAÇÃO NA PRODUÇÃO DE SOJA NO BRASIL Relatório do USDA traz levantamento das regiões de produção de soja no Brasil, com a concentração da produção

Leia mais

Mamona Período: janeiro de 2015

Mamona Período: janeiro de 2015 Mamona Período: janeiro de 2015 Quadro I: preço pago ao produtor Centro de Produção UF Unidade 12 meses (a) Média de Mercado 1 mês (b) Mês atual (c) Preço mínimo Var % (c/a) Irecê BA 60kg 96,02 79,16 76,18

Leia mais

Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos

Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos www.imea.com.br Perspec8vas para a agropecuária brasileira para os próximos cinco anos Daniel Latorraca Superintendente Agenda Visão da cadeia de grãos nos últimos 10 anos Visão da pecuária nos últimos

Leia mais

Solavancos não impedem recorde na soja

Solavancos não impedem recorde na soja Solavancos não impedem recorde na soja Perdas pontuais afetam potencial do Brasil, mas país registra marca histórica na produção da oleaginosa, chegando a 99,2 milhões de toneladas O balanço entre área

Leia mais

Nível de Emprego Regional - CIESP

Nível de Emprego Regional - CIESP Diretorias Regionais do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo CIESP Indústria de Transformação Setembro de 2005 Nota metodológica: Pesquisa mensal, realizada pelo CIESP/Sede entre suas Diretorias

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 São Paulo, 23 de abril de 2014 ROTEIRO I. Safra 2013/2014 na região Centro-Sul: dados finais Condições climáticas e agronômicas Moagem e produção Mercados

Leia mais

Cana-deaçúcar ACOMPANHAMENTO DA SAFRA BRASILEIRA OBSERVATÓRIO AGRÍCOLA. V. 2 - SAFRA 2015/16- N.4 - Quarto levantamento ABRIL 2016

Cana-deaçúcar ACOMPANHAMENTO DA SAFRA BRASILEIRA OBSERVATÓRIO AGRÍCOLA. V. 2 - SAFRA 2015/16- N.4 - Quarto levantamento ABRIL 2016 ISSN: 2318-7921 OBSERVATÓRIO AGRÍCOLA ACOMPANHAMENTO DA SAFRA BRASILEIRA Cana-deaçúcar V. 2 - SAFRA 2015/16- N.4 - Quarto levantamento ABRIL 2016 Monitoramento agrícola Cana-de-açúcar Presidencia da República

Leia mais

BOLETIM DO MILHO Nº 13

BOLETIM DO MILHO Nº 13 BOLETIM DO MILHO Nº 13 COMERCIALIZAÇÃO O acompanhamento semanal de safras do DERAL indica que foram comercializadas, no Paraná, até o momento, 10,4 milhões de toneladas de milho, o que representa 73% da

Leia mais

Figura 1: Evolução do Preço de Combustíveis no Brasil (Valores reais de Jun./16)

Figura 1: Evolução do Preço de Combustíveis no Brasil (Valores reais de Jun./16) Mar-07 Jun-07 Sep-07 Dec-07 Mar-08 Jun-08 Sep-08 Dec-08 Mar-09 Jun-09 Sep-09 Dec-09 Mar-10 Jun-10 Sep-10 Dec-10 Mar-11 Jun-11 Sep-11 Dec-11 Mar-12 Jun-12 Sep-12 Dec-12 Mar-13 Jun-13 Sep-13 Dec-13 Mar-14

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

OFERTA DE AÇÚCAR NO CENTRO-SUL CAI 11% NA SEGUNDA QUINZENA DE AGOSTO

OFERTA DE AÇÚCAR NO CENTRO-SUL CAI 11% NA SEGUNDA QUINZENA DE AGOSTO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVIII 19/setembro/2016 n. 643 OFERTA DE AÇÚCAR NO CENTRO-SUL CAI 11% NA SEGUNDA QUINZENA DE AGOSTO A finalização desta semana foi marcada pela atualização

Leia mais

Balanço dos 10 anos do Selo Combustível Social

Balanço dos 10 anos do Selo Combustível Social SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL: A INCLUSÃO SOCIAL E PRODUTIVA DA AGRICULTURA FAMILIAR NOS 10 ANOS DO PNPB Balanço dos 10 anos do Selo Combustível Social Dezembro de 2015 Brasília

Leia mais

SIMULAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DA CANA-DE-AÇÚCAR ATRAVÉS DO MODELO DSSAT/CANEGRO ASSOCIADO AS VARIAÇÕES METEOROLÓGICAS NO MUNICÍPIO DE JATAI GOIÁS

SIMULAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DA CANA-DE-AÇÚCAR ATRAVÉS DO MODELO DSSAT/CANEGRO ASSOCIADO AS VARIAÇÕES METEOROLÓGICAS NO MUNICÍPIO DE JATAI GOIÁS SIMULAÇÃO DA PRODUTIVIDADE DA CANA-DE-AÇÚCAR ATRAVÉS DO MODELO DSSAT/CANEGRO ASSOCIADO AS VARIAÇÕES METEOROLÓGICAS NO MUNICÍPIO DE JATAI GOIÁS Íria Oliveira FRANCO 1 Hildeu Ferreira da ASSUNÇAO 2 1. Bióloga,

Leia mais

TRIGO ABASTECIMENTO NACIONAL

TRIGO ABASTECIMENTO NACIONAL TRIGO ABASTECIMENTO NACIONAL Paulo Magno Rabelo Diretoria de Política Agrícola e Informações Analista de Mercado SITUAÇÃO NO MUNDO PRODUÇÃO MUNDIAL E BRASILEIRA DOS PRINCIPAIS GRÃOS EM 2014/15 ÁREA, PRODUÇÃO,

Leia mais

Impurezas e Qualidade da Cana-de-Açúcar

Impurezas e Qualidade da Cana-de-Açúcar Impurezas e Qualidade da Cana-de-Açúcar Levantamento dos níveis de impurezas nas últimas safras Jaime Finguerut jaime@ctc.com.br Luiz Antonio Dias Paes 5 de Junho de 2014 Agenda Dados Gerais da Safra 13/14

Leia mais

Perspectivas para o Agribusiness em 2007 e Pecuária de Corte

Perspectivas para o Agribusiness em 2007 e Pecuária de Corte Perspectivas para o Agribusiness em 2007 e 2008 - Pecuária de Corte Fabio Dias, Zootecnista, MSc Diretor Executivo / Assocon 24 de abril de 2007 1 TAXA DE CRESCIMENTO (5 ANOS) Os 50 maiores confinamentos

Leia mais

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO DE CANA CRESCE 1,97% ENTRE 2016 E 2017

VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO DE CANA CRESCE 1,97% ENTRE 2016 E 2017 Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XIX /fevereiro/ n. VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO DE CANA CRESCE,% ENTRE E A atualização de janeiro sobre o Valor VBP AGROPECUÁRIA - BRASIL Bruto da Produção [VBP]

Leia mais

Desafios para o Investimento em Novas Usinas de Etanol no Brasil

Desafios para o Investimento em Novas Usinas de Etanol no Brasil Desafios para o Investimento em Novas Usinas de Etanol no Brasil Dezembro, 2011 11 Sumário SEÇÃO 1 SEÇÃO 2 SEÇÃO 3 SEÇÃO 4 Rápida Avaliação Setorial Desempenho Econômico-Financeiro Quadro Evolutivo Setorial

Leia mais

PREÇOS E VENDAS DE ETANOL

PREÇOS E VENDAS DE ETANOL SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO DO MODELO CONSECANA SÃO PAULO Piracicaba, 16 de abril de 2014 PREÇOS E VENDAS DE ETANOL Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada Escola Superior de Agricultura Luiz de

Leia mais