XLIII Reunião da Mesa Tripartite

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XLIII Reunião da Mesa Tripartite"

Transcrição

1 XLIII Reunião da Mesa Tripartite Governo Produtores - Distribuidores Brasília, 25 de fevereiro de 2015

2 mil m³ Evolução Demanda Gasolina A x Etanol Total (anidro + hidratado) janeiro 2007 a janeiro de GAS C GAS A Etanol Total Hidratado Anidro jan 2007 jul jan 2008 jul jan 2009 jul jan 2010 jul jan 2011 jul jan 2012 jul jan 2013 jul jan 2014 jul jan Fonte:ANP/SAB/SIMP 2

3 ANO JAN-DEZ Vendas Gasolina A (produtores) - Brasil VAR. ANUAL JAN VAR. MENSAL ,8% ,9% ,2% ,8% ,4% ,9% ,7% Fonte: PCOTAS - Produtores 3

4 mil m³ jan/07 abr/07 jul/07 out/07 jan/08 abr/08 jul/08 out/08 jan/09 abr/09 jul/09 out/09 jan/10 abr/10 jul/10 out/10 jan/11 abr/11 jul/11 out/11 jan/12 abr/12 jul/12 out/12 jan/13 abr/13 jul/13 out/13 jan/14 abr/14 jul/14 out/14 Evolução Demanda Gasolina C x Etanol Hidratado (até dezembro 2014 ) Etanol Hidratado Ano JAN Variação ,8% ,2% ,2% Gasolina C Ano JAN Variação ,7% ,6% ,6% Gasolina C Hidratado Fonte:ANP/SAB/SIMP 4

5 jan/08 abr/08 jul/08 out/08 jan/09 abr/09 jul/09 out/09 jan/10 abr/10 jul/10 out/10 jan/11 abr/11 jul/11 out/11 jan/12 abr/12 jul/12 out/12 jan/13 abr/13 jul/13 out/13 jan/14 abr/14 jul/14 out/14 jan/15 Evolução Mix de Vendas Etanol Hidratado vs Total Ciclo Otto (dez Brasil) 60% 52,35% SET 2009 FEV 2010 ABR ,27% 55,89% 56,76% 55,23% 50% 40% 36,35% 48,57% 41,71% 41,09% 36,93% 37,67% 45,85% 43,30% 38,77% 38,26% 41,52% 45,05% 30% 20% 24,47% 29,55% 23,21% 26,95% 14,25% 24,66% 21,56% 19,56% 23,57% 20,94% 24,78% 15,28% 10% 8,60% 12,37% 11,22% 0% Brasil Minas Gerais São Paulo Fonte:ANP/SAB/SIMP 5

6 Demanda Gas A x Gas C x Hidratado 2013/2014 (anual) Gasolina A (Calculada sobre GAS C) Gasolina C Etanol Hidratado VARIAÇÃO 14/ VARIAÇÃO 14/ VARIAÇÃO 14/13 JAN ,8% JAN ,6% JAN ,2% FEV ,7% FEV ,9% FEV ,4% MAR ,8% MAR ,8% MAR ,1% ABR ,1% ABR ,9% ABR ,8% MAI ,2% MAI ,2% MAI ,8% JUN ,3% JUN ,3% JUN ,0% JUL ,6% JUL ,6% JUL ,4% AGO ,3% AGO ,3% AGO ,0% SET ,0% SET ,0% SET ,2% OUT ,6% OUT ,6% OUT ,3% NOV ,2% NOV ,2% NOV ,5% DEZ ,3% DEZ ,3% DEZ ,0% JAN-DEZ ,9% JAN-DEZ ,1% JAN-DEZ ,5% Fonte:ANP/SAB/SIMP 6

7 Demanda Gas A x Gas C x Hidratado 2014/2015 (anual) Gasolina A (Calculada sobre GAS C) Gasolina C Etanol Hidratado VARIAÇÃO 15/ VARIAÇÃO 15/ VARIAÇÃO 15/14 JAN ,6% JAN ,6% JAN ,2% FEV FEV FEV MAR MAR MAR ABR ABR ABR MAI MAI MAI JUN JUN JUN JUL JUL JUL AGO AGO AGO SET SET SET OUT OUT OUT NOV NOV NOV DEZ DEZ DEZ JAN-DEZ JAN-DEZ JAN-DEZ Fonte:ANP/SAB/SIMP 7

8 Demanda Ciclo Otto (volumétrica) 2012/2014 (anual) Total Ciclo Otto (m³) VARIAÇÃO 13/ VARIAÇÃO 14/13 JAN ,8% ,4% FEV ,5% ,9% MAR ,1% ,3% ABR ,9% ,5% MAI ,7% ,7% JUN ,7% ,2% JUL ,8% ,8% AGO ,0% ,4% SET ,9% ,1% OUT ,4% ,1% NOV ,0% ,4% DEZ ,9% ,7% JAN-DEZ ,3% ,9% Fonte:ANP/SAB/SIMP 8

9 Demanda Ciclo Otto (volumétrica) VARIAÇÃO 15/ /2015 Total Ciclo Otto (m³) (anual) VARIAÇÃO 15/14 JAN ,4% ,9% FEV ,9% MAR ,3% ABR ,5% MAI ,7% JUN ,2% JUL ,8% AGO ,4% SET ,1% OUT ,1% NOV ,4% DEZ ,7% JAN-DEZ ,9% ,1% Fonte:ANP/SAB/SIMP 9

10 Demanda Ciclo Otto (em gasolina equivalente) 2012/2014 (anual) Total Ciclo Otto em Gasolina Equivalente (m³) VARIAÇÃO 13/ VARIAÇÃO 14/13 JAN ,3% ,5% VARIAÇÃO Mensal 2014 FEV ,2% ,7% -4,3% MAR ,9% ,1% 1,3% ABR ,7% ,4% 5,6% MAI ,8% ,3% -1,2% JUN ,8% ,2% -6,6% JUL ,9% ,7% 5,7% AGO ,0% ,4% 2,1% SET ,8% ,4% 2,3% OUT ,3% ,2% 6,6% NOV ,2% ,0% -10,2% DEZ ,3% ,3% 18,4% JAN-DEZ ,6% ,7% Fonte:ANP/SAB/SIMP 10

11 Demanda Ciclo Otto (em gasolina equivalente) 2013/2015 Total Ciclo Otto em Gasolina Equivalente (m³) VARIAÇÃO 13/ VARIAÇÃO 15/14 JAN ,5% ,6% FEV ,7% MAR ,1% ABR ,4% MAI ,3% JUN ,2% JUL ,7% AGO ,4% SET ,4% OUT ,2% NOV ,0% DEZ ,3% JAN-DEZ ,7% Fonte:ANP/SAB/SIMP 11

12 Importações Etanol Anidro Por Porto Desembarque (em m³) 2011 /2015 Total Acumulado Santos Paranaguá Rio Grande Mundo Novo MS Foz do Iguaçu Centro-Sul Maceió Suape Itacoatiara (Manaus) Itaqui Cabedelo Aratu Nordeste Total º SEM Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro TOTAL Janeiro Total 2011 a Fonte Alice WEB 12

13 Exportações Etanol 2006 a 2015 Fonte: SECEX

14 Etanol Exportações x Importações 2006 a 2015 Fonte: SECEX 14

15 set/09 nov/09 jan/10 mar/10 mai/10 jul/10 set/10 nov/10 jan/11 mar/11 mai/11 jul/11 set/11 nov/11 jan/12 mar/12 mai/12 jul/12 set/12 nov/12 jan/13 mar/13 mai/13 jul/13 set/13 nov/13 jan/14 mar/14 mai/14 jul/14 set/14 nov/14 jan/15 mar/15 mai/15 Real / litro Preço Produtor / Distribuidor / Bomba Etanol Hidratado R$/litro em São Paulo (atualizado até semana 02/02 a 06/02/2015) 2,300 2,200 2,100 2,000 1,900 1,800 1,700 1,600 1,500 1,553 1,400 1,305 1,300 1,200 1,100 1,000 0,900 1,784 Fevereiro ,091 1,848 1,620 1,594 1,594 1,538 1,572 1,206 1,123 0,935 0,914 0,800 0,788 0,757 0,762 0, ,264 1,438 0,702 Abril 2, ,118 2,075 1,990 1,922 1,769 1,730 1,375 1,244 1,145 1,741 1,649 1,9581,901 1,925 1,407 0,978 1,115 1,065 0,968 0, ,8151,809 1,288 1,247 1,2241,216 1,185 1, ,867 1,632 1,741 1,162 1,006 2,068 1,973 1,941 1,912 1,931 1,796 1,721 1,302 1,257 1,126 1,163 1,088 1,408 1,294 1,089 1,634 1,284 1,168 1, ,880 2,116 1,733 1,772 1,419 1,356 1,187 1,199 1,131 1,3856 1,281 Bomba SP Distribuidor SP Produtor Fonte: CEPEA /ESALQ; ANP/CDC -SAB 15

16 01/02/11 01/03/11 01/04/11 01/05/11 01/06/11 01/07/11 01/08/11 01/09/11 01/10/11 01/11/11 01/12/11 01/01/12 01/02/12 01/03/12 01/04/12 01/05/12 01/06/12 01/07/12 01/08/12 01/09/12 01/10/12 01/11/12 01/12/12 01/01/13 01/02/13 01/03/13 01/04/13 01/05/13 01/06/13 01/07/13 01/08/13 01/09/13 01/10/13 01/11/13 01/12/13 01/01/14 01/02/14 01/03/14 01/04/14 01/05/14 01/06/14 01/07/14 01/08/14 01/09/14 01/10/14 01/11/14 01/12/14 01/01/15 01/02/15 01/03/15 Preço Produtor Hidratado Indicador ESALQ Diário CIF Paulínia R$/m³ Em 29/08/11 foi divulgada a redução da mistura de anidro para 20% a partir de 01/10/11. Em 01/05/2013 aumentou para 25% , , ,50 10/02/ , , , /08/ , /09/ , , , /02/ /03/ , , , , , , ,00 23/02/ , , , , , Fonte: CEPEA /ESALQ; Elaboração: ANP/SAB 16

17 out/10 dez/10 fev/11 abr/11 jun/11 ago/11 out/11 dez/11 fev/12 abr/12 jun/12 ago/12 out/12 dez/12 fev/13 abr/13 jun/13 ago/13 out/13 dez/13 fev/14 abr/14 jun/14 ago/14 out/14 dez/14 fev/15 abr/15 Preços Nominais Anidro x Hidratado Produtor SP semanal R$/litro 2,8 Atualizado Semana 16/02/2015 a 20/02/15 06/02/ ,0% 80,0% 2,4 Anidro Hidratado Anidro/Hidratado 70,0% 2,0 60,0% 50,0% 1,6 1,502 40,0% 1,415 1,2 1,148 0,8 0,4 4,5% 23,7% 1,221 19,0% 18,4% 20,1% 17,9% 15,5% 13,8% 12,8% 16,3% 11,1% 13,1% 9,2% 9,9% 10,3% 7,5% 12,0% 12,4% 6,8% 4,9% 1,131 21,5% 20,8% 7,9% 7,4% 16,0% 12,1% 11,1% 13,8% 13,5% 7,4% 8,5% 6,1% 30,0% 20,0% 10,0% 0,0% 17

18 Preços Nominais Anidro x Hidratado Produtor SP mensal (até janeiro/15) 18

19 Etanol Hidratado Preços Mensais Nominais Usinas-SP / Revenda (média Brasil) janeiro / 2015 R$ /litro 19

20 Paridade Etanol / Gasolina Por UF Semanal /01 a 31/01/ /02 a 07/02/ /02/2015 a 14/02/ /02/2015 a 21/02/2015 Janeiro de 2015 Estado Etanol GAS C Paridade Etanol GAS C Paridade Etanol GAS C Paridade Etanol Gasolina Paridade % Etanol/Total % Dem. Nac. ACRE 2,964 3,490 84,9% 2,999 3,624 82,8% 3,001 3,700 81,1% 3,011 3,741 80,5% 3,25% 0,03% ALAGOAS 2,503 3,057 81,9% 2,543 3,272 77,7% 2,560 3,338 76,7% 2,564 3,310 77,5% 9,07% 0,33% AMAPÁ 2,900 3,082 94,1% 2,900 3,191 90,9% 3,000 3,361 89,3% 3,200 3,374 94,8% 0,95% 0,01% AMAZONAS 2,585 3,288 78,6% 2,634 3,472 75,9% 2,642 3,570 74,0% 2,652 3,571 74,3% 8,16% 0,36% BAHIA 2,446 3,130 78,1% 2,547 3,470 73,4% 2,538 3,507 72,4% 2,540 3,508 72,4% 11,99% 2,25% CEARÁ 2,581 3,137 82,3% 2,583 3,251 79,5% 2,613 3,375 77,4% 2,604 3,372 77,2% 8,65% 0,94% DISTRITO FEDERAL 2,480 3,174 78,1% 2,547 3,452 73,8% 2,547 3,455 73,7% 2,546 3,454 73,7% 7,15% 0,55% ESPÍRITO SANTO 2,633 3,041 86,6% 2,739 3,293 83,2% 2,765 3,342 82,7% 2,781 3,385 82,2% 5,24% 0,38% GOIÁS 2,171 3,195 67,9% 2,308 3,399 67,9% 2,326 3,431 67,8% 2,330 3,431 67,9% 38,72% 7,05% MARANHÃO 2,609 3,098 84,2% 2,745 3,379 81,2% 2,780 3,424 81,2% 2,778 3,409 81,5% 5,50% 0,36% MATO GROSSO 1,982 3,103 63,9% 2,110 3,273 64,5% 2,133 3,340 63,9% 2,128 3,358 63,4% 47,62% 4,00% MATO GROSSO DO SUL 2,174 3,123 69,6% 2,380 3,460 68,8% 2,394 3,469 69,0% 2,406 3,459 69,6% 23,03% 1,47% MINAS GERAIS 2,215 3,031 73,1% 2,332 3,262 71,5% 2,361 3,295 71,7% 2,371 3,310 71,6% 15,13% 6,18% PARÁ 2,763 3,212 86,0% 2,827 3,358 84,2% 2,834 3,440 82,4% 2,840 3,433 82,7% 3,30% 0,26% PARAÍBA 2,292 2,928 78,3% 2,300 3,089 74,5% 2,305 3,140 73,4% 2,306 3,140 73,4% 11,43% 0,64% PARANÁ 2,030 2,965 68,5% 2,203 3,243 67,9% 2,221 3,260 68,1% 2,239 3,269 68,5% 33,57% 9,78% PERNAMBUCO 2,366 2,899 81,6% 2,402 3,228 74,4% 2,383 3,258 73,1% 2,397 3,257 73,6% 8,86% 1,06% PIAUÍ 2,545 2,912 87,4% 2,616 3,204 81,6% 2,666 3,214 82,9% 2,630 3,231 81,4% 4,50% 0,20% RIO DE JANEIRO 2,516 3,219 78,2% 2,626 3,411 77,0% 2,660 3,454 77,0% 2,674 3,471 77,0% 17,25% 4,31% RIO GRANDE DO NORTE 2,631 3,100 84,9% 2,621 3,273 80,1% 2,648 3,321 79,7% 2,640 3,309 79,8% 6,47% 0,32% RIO GRANDE DO SUL 2,491 3,033 82,1% 2,622 3,300 79,5% 2,658 3,361 79,1% 2,661 3,348 79,5% 3,73% 0,99% RONDÔNIA 2,674 3,267 81,8% 2,723 3,511 77,6% 2,726 3,509 77,7% 2,708 3,523 76,9% 4,53% 0,14% RORAIMA 2,851 3,177 89,7% 2,882 3,357 85,9% 2,885 3,367 85,7% 2,887 3,373 85,6% 2,03% 0,02% SANTA CATARINA 2,441 2,986 81,7% 2,597 3,322 78,2% 2,608 3,330 78,3% 2,615 3,331 78,5% 5,05% 1,01% SÃO PAULO 1,969 2,930 67,2% 2,071 3,100 66,8% 2,104 3,157 66,6% 2,116 3,172 66,7% 44,50% 56,85% SERGIPE 2,498 2,993 83,5% 2,523 3,209 78,6% 2,546 3,260 78,1% 2,554 3,281 77,8% 6,41% 0,20% TOCANTINS 2,364 3,146 75,1% 2,509 3,409 73,6% 2,548 3,468 73,5% 2,548 3,463 73,6% 10,85% 0,29% Estados com paridade elevada aumentaram a participação do etanol no Ciclo Otto Fonte:ANP/CDC/levantamento preços 20

21 Relação Preços Consumidor Etanol / Gas C 20 maiores municípios de SP por demanda (51,4% demanda hidratado SP 30,5% Brasil) Vendas Município NOV 2014 jan mar mai dez Jan fev abr mai dez Jan mar abr jul nov dez jan fev m³ % SP SAO PAULO ,02% 72,0% 69,8% 69,7% 68,2% 68,3% 66,0% 70,4% 70,3% 66,0% 66,0% 71,9% 70,4% 65,8% 64,7% 64,9% 67,6% 66,8% CAMPINAS ,48% 73,4% 70,4% 71,3% 71,2% 71,2% 67,5% 73,2% 71,7% 65,8% 65,9% 71,6% 70,2% 66,1% 65,6% 65,3% 69,0% 66,9% SOROCABA ,26% 70,1% 67,1% 69,5% 69,8% 70,1% 66,4% 70,6% 67,8% 65,7% 65,6% 70,8% 70,0% 64,2% 63,1% 63,4% 66,7% 65,3% GUARULHOS ,13% 69,8% 70,8% 70,1% 69,3% 68,5% 67,0% 73,4% 68,4% 66,6% 67,4% 72,0% 70,6% 66,2% 63,4% 65,2% 66,7% 66,6% RIB. PRETO ,90% 71,6% 70,2% 66,6% 70,0% 70,1% 68,6% 68,6% 68,5% 69,1% 69,8% 72,9% 72,8% 66,2% 66,0% 66,2% 67,3% 67,3% BAURU ,59% 67,7% 66,0% 70,5% 65,9% 65,0% 63,3% 68,4% 64,0% 65,1% 65,0% 70,1% 69,0% 62,4% 64,0% 64,3% 64,6% 64,7% S B CAMPO ,59% 70,0% 69,3% 70,9% 70,7% 70,7% 69,1% 73,6% 70,6% 68,5% 68,3% 71,9% 70,3% 67,1% 65,8% 65,3% 67,9% 67,3% S J. RIO PRETO ,54% 71,5% 68,6% 67,5% 66,9% 67,1% 65,5% 67,9% 67,6% 66,2% 65,7% 69,8% 69,5% 66,2% 66,0% 66,1% 67,3% 67,5% OSASCO ,47% 70,3% 68,1% 68,8% 67,9% 68,2% 66,2% 71,1% 68,7% 67,3% 67,0% 70,9% 71,0% 66,0% 65,7% 65,4% 67,0% 66,3% JUNDIAI ,43% 72,9% 71,2% 71,6% 69,6% 69,8% 69,0% 71,5% 70,8% 67,5% 67,4% 72,0% 70,9% 66,0% 64,7% 64,7% 67,4% 66,6% S J. CAMPOS ,41% 73,4% 71,0% 71,4% 70,5% 71,9% 69,6% 73,4% 72,5% 67,9% 68,5% 72,0% 71,4% 69,6% 67,1% 67,0% 69,2% 67,9% STO ANDRE ,39% 69,8% 69,4% 70,3% 70,1% 70,0% 67,9% 72,9% 71,0% 68,3% 68,6% 72,1% 70,6% 66,8% 64,9% 65,3% 66,5% 67,0% PIRACICABA ,38% 69,4% 68,3% 70,1% 69,3% 69,8% 66,5% 71,0% 68,2% 67,4% 67,8% 71,3% 69,0% 65,9% 65,1% 64,9% 67,2% 65,8% FRANCA ,18% 66,1% 66,5% 69,9% 69,9% 67,4% 63,2% 72,3% 67,7% 66,2% 66,0% 72,6% 62,4% 66,4% 64,4% 64,1% 68,7% 67,4% LIMEIRA ,12% 66,9% 66,9% 66,9% 67,1% 67,5% 65,3% 68,8% 68,2% 64,4% 64,6% 69,5% 69,5% 62,4% 63,9% 63,3% 66,3% 65,4% MOGI CRUZES ,93% 69,8% 68,8% 69,5% 69,3% 68,8% 67,3% 71,4% 69,2% 66,3% 66,7% 71,0% 71,9% 67,1% 64,0% 66,1% 66,1% 66,5% SAO CARLOS ,88% 74,1% 74,2% 74,2% 69,3% 69,7% 67,0% 70,1% 70,8% 64,9% 64,8% 69,7% 67,4% 60,4% 65,9% 66,1% 67,0% 67,0% PRES PRUDENT ,88% 71,8% 72,4% 70,3% 68,3% 67,8% 64,3% 68,8% 68,6% 65,1% 65,0% 69,5% 67,0% 60,4% 61,3% 63,2% 61,0% 66,7% ARARAQUARA ,87% 74,6% 71,3% 69,9% 68,7% 68,5% 65,7% 68,2% 68,2% 65,6% 65,7% 69,4% 66,5% 61,1% 63,8% 64,0% 63,7% 65,9% ARACATUBA ,81% 68,3% 65,0% 66,0% 64,3% 64,4% 61,4% 66,8% 64,5% 64,0% 62,7% 67,5% 65,0% 63,8% 62,4% 61,5% 65,0% 62,9% Fonte:ANP/CDC/levantamento preços 21

22 03/jan 10/jan 17/jan 24/jan 01/fev 07/fev 16/fev 23/fev 02/mar 09/mar 15/mar 22/mar 29/mar 06/abr 12/abr 19/abr 27/abr 03/mai 10/mai 17/mai 24/mai 31/mai 07/jun 14/jun 21/jan 28/jun 05/jul 13/jul 20/jul 27/jul 03/ago 10/ago 17/ago 24/ago 30/ago 07/set 14/set 21/set 28/set 05/out 12/out 19/out 26/out 01/nov 09/nov 16/nov 24/nov 28/nov 05/dez 14/dez 21/dez 28/dez Relação Preços Hidratado / Gasolina C na Bomba Estado de São Paulo (24/02/2015) 74% 72% 72,2% 71,5% 71,3% % 69,2% 69,0% 68% 66% 64% 67,2% 67,3% 65,9% 66,0% 67,2% 66,1% 65,9% 66,7% 66,8% 66,6% 65,5% 67,2% 65,6% 63,9% 62% Fonte:ANP/CDC/levantamento preços 22

23 OBRIGADO Superintendência de Abastecimento - SAB

24 PARA CONSULTA Superintendência de Abastecimento - SAB

25 Vendas Gasolina A (produtores) - Brasil ,8% 2,2% 30,9% 10,8% - 2,9% 7,7% Fevereiro a março 2010 e a partir out 2011 teor de mistura reduzido para 20%. Maio 2013 retornou para 25% Fonte: PCOTAS - Produtores 25

26 Vendas Etanol Mercado Interno Hidratado - Safra 2014 / 2015 Atual. em: 24/02/2015 Saída Distrib. Brasil Saída Distrib. CS Outros Fins CS Total CS Safra 2014/2015 Hidratado MAPA UNICA ANP / SIMP Mercado Interno CS Mercado Interno CS Carburante Vendas Distrib. Brasil Vendas Usinas Carburante Brasil P e Vendas Usinas r Carburante CS c e abr/ mai/ jun/ jul/ ago/ set/ out/ nov/ dez/ jan/ Total até JAN

27 Vendas Etanol Mercado Interno Anidro - Safra 2014 / 2015 Safra 2014/2015 Atual. em: Anidro 24/02/2015 Saída Distrib. Brasil Saída Distrib. CS MAPA UNICA ANP / SIMP Outros Fins CS Total CS Mercado Interno CS Mercado Interno CS Carburante Vendas Distrib. Brasil (*) Import. Distrib. Trading Vendas Usinas Carburante Brasil Vendas Usinas Carburante CS abr/ mai/ jun/ jul/ ago/ set/ out/ nov/ dez/ jan/ Total até JAN (*) CALCULADO A PARTIR VENDAS DECLARADAS GAS C 27

28 2010 jan-mar Paridade Preços Bomba Etanol / Gas C setembro 2008 a fevereiro 2015 (semanal) 2011 fev-mai ATUALIZAR ATÉ ESALQ 20/02 Fonte:ANP/CDC/levantamento preços 28

29 Preços Nominais Anidro Produtor SP semanal (último dado 06/02/15) ATUALIZAR ATÉ ESALQ 20/02 29

30 Preço Produtor Hidratado Indicador ESALQ Mensal - R$/litro (nominal) Fonte: CEPEA /ESALQ;, Elaboração ANP/SAB 30

31 Exportações Etanol 2011 a 2015 Anual Safra Fonte: SECEX

32 Gasolina A Entregas Produtores versus Vendas Distribuidores (atualizado até dezembro /14) Fonte: PCOTAS Produtores e SIMP - Distribuidores 32

33 Market-Share Vendas Etanol Hidratado Estado São Paulo Fonte: Declaração distribuidoras SIMP 33

Acre Previsão por Coeficiente no Estado

Acre Previsão por Coeficiente no Estado Acre 0,6 121.073,55 262.729,59 0,8 161.431,39 350.306,12 1,0 201.789,24 437.882,66 1,2 242.147,09 525.459,19 1,4 - - 1,6 322.862,79 700.612,25 1,8 363.220,64 788.188,78 2,0 - - 2,2 - - 2,4 - - 2,6 524.652,03

Leia mais

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 REGIÃO NORTE 5.951.408 87,35 861.892 12,65 6.813.300 RONDÔNIA 760.521 88,11 102.631 11,89 863.152 ACRE 298.081 85,86 49.094

Leia mais

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Preços ao consumidor do etanol hidratado e Relatório da gasolina, semanal por semana, de preços praticados ao consumidor no Brasil Semana de 22/11/2015 a 28/11/2015 Semana de 02/07/2017 a 08/07/2017 Os

Leia mais

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Preços ao consumidor do etanol hidratado e Relatório da gasolina, semanal por semana, de preços praticados ao consumidor no Brasil Semana de 22/11/2015 a 28/11/2015 Semana de 04/12/2016 a 10/12/2016 Os

Leia mais

9, R$ , , R$ ,

9, R$ , , R$ , Rondônia 2005 R$ 601.575,17 2005 10.154 2004 1.027.983 2004 108.139 2004 10,52 2006 R$ 609.834,21 2006 10.757 2005 1.025.249 2005 101.539 2005 9,90 2007 R$ 1.229.490,00 2007 9.100 2006 1.047.004 2006 111.068

Leia mais

- Valor - Fob ( Us$/Mil ) - Preço Médio ( Us$/Ton ) OUTROS

- Valor - Fob ( Us$/Mil ) - Preço Médio ( Us$/Ton ) OUTROS BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ TOTAL ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 618.931,34 618.931,34 Valor Fob ( Us$/Mil ) 115.218,56 115.218,56 Preço

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 399.473,26 422.403,60 501.033,08 371.050,32 437.918,87 2.131.879,13 Valor

Leia mais

Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação

Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação Competição e Infraestrutura no Mercado de Combustíveis de Aviação Superintendência de Distribuição e Logística - ANP FGV - SP 29 de novembro de 2018 QUANTITATIVO DE AGENTES REFINARIAS 17 Refinarias no

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 618.931,34 410.212,09 455.952,50 656.360,91 374.803,98 492.235,91 540.100,50

Leia mais

BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 618.931,34 410.212,09 455.952,50 656.360,91 374.803,98 492.235,91 540.100,50

Leia mais

Mercado de Trabalho Empregos formais. Estado de São Paulo Município: Capivari

Mercado de Trabalho Empregos formais. Estado de São Paulo Município: Capivari Mercado de Trabalho Empregos formais Estado de São Paulo Município: Capivari SÍNTESE Estado de São Paulo População estimada em 2014 44.035.304 População 2010 41.262.199 Área (km²) 248.222,36 Densidade

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego - Jan-Nov Brasil. 19/12/2014 Subseção DIEESE - Força Sindical

INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego - Jan-Nov Brasil. 19/12/2014 Subseção DIEESE - Força Sindical INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego - Jan-Nov 2014 - Brasil 19/12/2014 Subseção DIEESE - Força Sindical Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério

Leia mais

Ranking de salário dos Tribunais de Justiça nos Estados e DF - Junho 2018 SS JUSTIÇA MG

Ranking de salário dos Tribunais de Justiça nos Estados e DF - Junho 2018 SS JUSTIÇA MG Ranking de salário dos Tribunais de Justiça nos Estados e DF - Junho 2018 SS JUSTIÇA MG SS Justiça MG Junho 2018 Tabela 1 Tribunais de Justiça Estaduais posicionados conforme Vencimento Básico Vencimentos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 609, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 609, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 609, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2014 Ementa: Aprova o Orçamento Programa do Exercício de 2015 dos Conselhos Federal e Regionais de Farmácia. O CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA, no uso das atribuições

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE FARINHA DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 31.148,98 30.567,04 30.668,99 27.234,05 26.012,97 21.396,66 26.979,63

Leia mais

Contabilizando para o Cidadão

Contabilizando para o Cidadão Gasto Médio por Deputado Estadual - Assembleias Legistativas Estaduais - Ano 2017 R$17,5 R$16,9 R$15,9 Gasto Médio Anual por Deputado Estadual (em Milhões de R$) Média Nacional - Gasto Anual por Deputado

Leia mais

O Comércio de Serviços do Brasil

O Comércio de Serviços do Brasil Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio e Serviços IV Seminário Estadual de Negócios Internacionais do Paraná O Comércio de Serviços do Brasil Curitiba, 17 de

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO FARINHA DE TRIGO 2018 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE FARINHA DE TRIGO 2018 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 31.148,98 30.567,04 30.668,99 27.234,05 26.012,97 145.632,03 Valor

Leia mais

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino em toneladas Data* ORIGEM SAFRAS 6/26/2019 2017/2018 2018/2019 2019/2020 2020/2021 2021/2022 2022/2023 TOTAL MERCADO INTERNO Bahia

Leia mais

Piores trechos por Unidade Federativa por número de mortos

Piores trechos por Unidade Federativa por número de mortos Piores trechos por Unidade Federativa por número de mortos - 2016 Data: 24/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Piores trechos por Estado número de mortos 2016 Estado

Leia mais

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Preços ao consumidor do etanol hidratado e Relatório da gasolina, semanal por semana, de preços praticados ao consumidor no Brasil Semana de 22/11/2015 a 28/11/2015 Semana de 10/09/2017 a 16/09/2017 Os

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL (ICPN) Março/2013 (dados até Fevereiro)

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL (ICPN) Março/2013 (dados até Fevereiro) ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL (ICPN) Março/2013 (dados até Fevereiro) Sumário Executivo (entrevistas realizadas em fev/13) Este relatório resulta das entrevistas realizadas no mês

Leia mais

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019

20 de dezembro de Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 20 de dezembro de 2018 Coletiva de imprensa BALANÇO PRELIMINAR SAFRA 2018/2019 ROTEIRO I. Condições climáticas e agronômicas II. Dados preliminares - produção safra 2018/2019 na região Centro-Sul até 16/12/2018

Leia mais

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2015/2016. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2015/2016 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2015/2016 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2014/2015 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2016/2017. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2016/2017 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2016/2017 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2015/2016 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² ATR ¹ Produtos

Leia mais

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul

Relat ório final da safra 2017/2018. Região Centro-Sul Relat ório final da safra 2017/2018 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2017/2018 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2016/2017 Cana-de-açúcar ¹ Açúcar ¹ Etanol anidro ² Etanol

Leia mais

Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 CIDE - - PIS/COFINS 2,18 2,18 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 ICMS 6,57

Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 CIDE - - PIS/COFINS 2,18 2,18 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 ICMS 6,57 jan/16 fev/16 Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 ICMS 6,57 6,57 Margem Bruta de Distribuição 15,73 16,14 Preço de Distribuição 37,57

Leia mais

Atualização do custo total dos acidentes de trânsito no Brasil Histórico da Revisão

Atualização do custo total dos acidentes de trânsito no Brasil Histórico da Revisão Atualização do custo total dos acidentes de trânsito no Brasil Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Atualização do custo total dos acidentes de trânsito no Brasil O presente documento tem por

Leia mais

Informativo ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DOS CA- NAVIAIS SE MOSTRA FAVORÁVEL EM MARÇO. 23/abril/2018

Informativo ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DOS CA- NAVIAIS SE MOSTRA FAVORÁVEL EM MARÇO. 23/abril/2018 Informativo semanal ACÚCAR Informativo Semanal sobre Tendências de Mercado N o 722 23/abril/2018 ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO VEGETATIVO DOS CA- NAVIAIS SE MOSTRA FAVORÁVEL EM MARÇO A finalização da terceira

Leia mais

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e

Os dados deste relatório são divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Preços ao consumidor do etanol hidratado e Relatório da gasolina, semanal por semana, de preços praticados ao consumidor no Brasil Semana de 22/11/2015 a 28/11/2015 Semana de 03/12/2017 a 09/12/2017 Os

Leia mais

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino em toneladas Data* ORIGEM SAFRAS 4/1/2019 2017/2018 2018/2019 2019/2020 2020/2021 2021/2022 2022/2023 TOTAL MERCADO INTERNO Bahia 120.741

Leia mais

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino em toneladas Data* ORIGEM SAFRAS 1/17/2019 2017/2018 2018/2019 2019/2020 2020/2021 2021/2022 2022/2023 TOTAL MERCADO INTERNO Bahia

Leia mais

Contabilizando para o Cidadão Entendendo as Finanças Públicas

Contabilizando para o Cidadão Entendendo as Finanças Públicas - ano 2015 Pernambuco 5,20% Ceará 5,44% Maranhão 5,14% Pará 4,89% Paraná 4,43% Rio Grande do Sul 4,37% Santa Catarina 2,54% Rio Grande do Norte 2,48% Espírito Santo 2,14% Amazonas 2,06% Sergipe 1,87% Alagoas

Leia mais

Relatório final da safra 2014/2015. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2014/2015. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2014/2015 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2013/2014 Produtos Safra 2013/2014 2014/2015 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos MOTOCICLETAS JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino

Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino Resumo de vendas realizadas pelo Produtor por Safra, Origem e Destino em toneladas Data* ORIGEM SAFRAS 10/10/2018 2017/2018 2018/2019 2019/2020 2020/2021 2021/2022 2022/2023 TOTAL MERCADO INTERNO Bahia

Leia mais

Contabilizando para o Cidadão

Contabilizando para o Cidadão 14,6% 14,5% 14,0% 14,0% 13,2% 13,1% 12,1% Contabilizando para o Cidadão Nº de Famílias Beneficiadas pelo Bolsa Família em Relação ao Total de Famílias do Estado - Ano 2017 50,00% 48,6% Nº de Famílias Beneficiadas

Leia mais

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017

Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 16 de junho de 2016 Avaliação da safra 2015/2016 e perspectivas para a safra 2016/2017 Luciano Rodrigues Gerente Economia e Análise Setorial ROTEIRO I. Considerações sobre a safra 2015/2016 Moagem e produção

Leia mais

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul

Relatório final da safra 2013/2014. Região Centro-Sul Relatório final da safra 2013/2014 Região Centro-Sul Tabela 1. Balanço final da safra 2013/2014 na região Centro-Sul Comparativo com a safra 2012/2013 Produtos Safra 2012/2013 2013/2014 Var. (%) Cana-de-açúcar

Leia mais

jan/17 fev/17 mar/17 abr/17 mai/17 jun/17 jul/17 ago/17 set/17

jan/17 fev/17 mar/17 abr/17 mai/17 jun/17 jul/17 ago/17 set/17 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos e Regulação dos preços Econômica de GLP - SDR (R$ / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 13,24 13,25 13,88 14,64 14,64 15,51

Leia mais

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 CIDE PIS/COFINS Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS ICMS

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 CIDE PIS/COFINS Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS ICMS Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS

Leia mais

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 fev/18 mar/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 3,28 3,32 CIDE PIS/COFINS

olução preço tijão de 13 kg) jan/18 fev/18 mar/18 Brasil Preço de Realização do Produtor 3,96 3,28 3,32 CIDE   PIS/COFINS Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 Preço do Produtor

Leia mais

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 22,39 22,34 22,35

Leia mais

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 22,39 22,34 22,35

Leia mais

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18 dez/18

jan/18 fev/18 mar/18 abr/18 mai/18 jun/18 jul/18 ago/18 set/18 out/18 nov/18 dez/18 Superintendência de Defesa da Concorrência, Evolução Estudos preços e Regulação de Econômica GLP (R$- SDR / botijão de 13 kg) Brasil Preço de Realização do Produtor 23,96 23,28 23,32 22,39 22,34 22,35

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. Fevereiro/2013 (dados até Janeiro)

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. Fevereiro/2013 (dados até Janeiro) ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL (ICPN) Fevereiro/2013 (dados até Janeiro) Características da pesquisa Objetivo: - medir o impacto da conjuntura econômica nos Pequenos Negócios e suas

Leia mais

Coordenadoria de Defesa da Concorrência. jan/02 fev/02 mar/02 abr/02 mai/02 jun/02 jul/02 ago/02 (¹) ago/02 (²) set/02 out/02 nov/02 dez/02

Coordenadoria de Defesa da Concorrência. jan/02 fev/02 mar/02 abr/02 mai/02 jun/02 jul/02 ago/02 (¹) ago/02 (²) set/02 out/02 nov/02 dez/02 Brasil Preço de Realização do Produtor 8,08 8,10 8,09 7,72 7,73 8,44 8,91 8,97 8,24 8,27 8,51 10,53 11,31 CIDE (1,32) (1,33) (1,32) - - - - - - - - - - PIS/COFINS 1,32 1,33 1,32 1,51 1,51 1,65 1,74 1,76

Leia mais

ENCARGOS SOCIAIS SOBRE A MÃO DE OBRA HORISTA % GRUPO A

ENCARGOS SOCIAIS SOBRE A MÃO DE OBRA HORISTA % GRUPO A ACRE B1 Repouso Semanal Remunerado 18,06 0,00 18,06 0,00 B2 Feriados 4,77 0,00 4,77 0,00 B3 Auxílio - Enfermidade 0,91 0,69 0,91 0,69 B4 13º Salário 10,97 8,33 10,97 8,33 B7 Dias de Chuvas 1,68 0,00 1,68

Leia mais

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DA RECEITA DO SETOR DE SERVIÇOS (ABRIL )

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DA RECEITA DO SETOR DE SERVIÇOS (ABRIL ) ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DA RECEITA DO SETOR DE SERVIÇOS (ABRIL - 2015) BRASIL: Receita de Serviços Apresenta Variação Positiva Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS 1 ) divulgada pelo Instituto Brasileiro

Leia mais

Perspectivas do Etanol na Matriz de Transportes do Brasil

Perspectivas do Etanol na Matriz de Transportes do Brasil Perspectivas do Etanol na Matriz de Transportes do Brasil SEMINÁRIO INTERNACIONAL: USO EFICIENTE DO ETANOL Aurélio César Nogueira Amaral Diretor 20.09.2016 Missões da ANP REGULAR Estabelecer as normas

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL (ICPN) Maio/2013 (dados até Abril)

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL (ICPN) Maio/2013 (dados até Abril) ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL (ICPN) Maio/2013 (dados até Abril) Sumário Executivo (entrevistas realizadas em Abr/13) Nesta edição o Índice de Confiança dos Pequenos Negócios (ICPN)

Leia mais

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16 Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 13,07 13,08 13,07 13,09 13,09 13,08 13,08 13,09 13,23 13,23 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 15,26 15,27 15,26 15,27 15,28 15,26

Leia mais

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16

jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16 Brasil Preço de Realização do Produtor 13,09 13,08 13,07 13,08 13,07 13,09 13,09 13,08 13,08 13,09 13,23 13,23 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 15,28 15,26 15,26 15,27 15,26 15,27 15,28 15,26

Leia mais

ICMS nas Operações Interestaduais com Bens e Mercadorias Importadas. Ministério da Fazenda Secretaria Executiva 26 de Abril de 2010

ICMS nas Operações Interestaduais com Bens e Mercadorias Importadas. Ministério da Fazenda Secretaria Executiva 26 de Abril de 2010 ICMS nas Operações Interestaduais com Bens e Mercadorias Importadas Ministério da Fazenda Secretaria Executiva 26 de Abril de 2010 ICMS e a Reforma Tributária Fatiada O Governo Federal encaminhará a reforma

Leia mais

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO Arroz em casca AGOSTO 2018 ARROZ EM CASCA: Quadro de Suprimento Mil toneladas Posição: agosto/2018

Leia mais

Pesquisa de Atividades em Tecnologia da Informação 18 DE ABRIL DE 2018

Pesquisa de Atividades em Tecnologia da Informação 18 DE ABRIL DE 2018 Pesquisa de Atividades em Tecnologia da Informação 18 DE ABRIL DE 2018 Emprego em Tecnologia da Informação DEFINIÇÕES A Pesquisa de Emprego em Serviços é desenvolvida pela CNS/FESESP/SEPROSP com base em

Leia mais

FNPETI FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL. Cenário do Trabalho Infantil Dados PNAD 2014

FNPETI FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL. Cenário do Trabalho Infantil Dados PNAD 2014 Cenário do Trabalho Infantil Dados PNAD 2014 Fonte: IBGE/Pnad. Elaboração própria. Nota: a PNAD até o ano de 2003 não abrangia a área rural da região Norte (exceto o Tocantins). Nos anos de 1994, 2000

Leia mais

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO Arroz em casca JUNHO 2018 ARROZ EM CASCA: Quadro de Suprimento Mil toneladas Posição: junho/2018 MUNDO

Leia mais

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL

SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL SAFRA 2013/2014 NA REGIÃO CENTRO-SUL DO BRASIL Elizabeth Farina Diretora Presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar São Paulo, 21 de outubro de 2013 Qual é a expectativa para a safra 2013/2014

Leia mais

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO

MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA SUMÁRIO EXECUTIVO Arroz em casca ABRIL 2018 ARROZ EM CASCA: Quadro de Suprimento Mil toneladas Posição: abril/2018 MUNDO

Leia mais

Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos - Março de Inadimplência com cheques atinge 2,32% em março, aponta Serasa Experian

Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos - Março de Inadimplência com cheques atinge 2,32% em março, aponta Serasa Experian Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos - Março de 2015 Inadimplência com cheques atinge 2,32% em março, aponta Serasa Experian É o 4º pior março de toda a série histórica, iniciada em 1991 São

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 19 07/Janeiro/2010

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 19 07/Janeiro/2010 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua PNAD Contínua. Mercado de Trabalho Brasileiro 1º trimestre de de maio de 2018

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua PNAD Contínua. Mercado de Trabalho Brasileiro 1º trimestre de de maio de 2018 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua PNAD Contínua Mercado de Trabalho Brasileiro 1º trimestre de 2018 17 de maio de 2018 P R I N C I P A L O B J E T I V O Produzir informações contínuas

Leia mais

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016

21 de maio de Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 21 de maio de 2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2015/2016 ROTEIRO I. Dados finais da safra 2014/2015 na região Centro-Sul Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e faturamento

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 10 08/Abril/2009

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 10 08/Abril/2009 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 13 08/Julho/2009

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 13 08/Julho/2009 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 9 06/Março/2009

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 9 06/Março/2009 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 22 08/Abril/2010

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 22 08/Abril/2010 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 20 09/Fevereiro/2010

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 20 09/Fevereiro/2010 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 7 08/Janeiro/2009

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 2 Nº 7 08/Janeiro/2009 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 24 08/Junho/2010

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 24 08/Junho/2010 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 25 08/Julho/2010

Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro. ano 3 Nº 25 08/Julho/2010 Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

Produção Brasileira de Melão por Estado 2007 Estados Área (ha) Volume (Ton) Valor (Mil R$) Rio Grande do Norte Ceará 6.

Produção Brasileira de Melão por Estado 2007 Estados Área (ha) Volume (Ton) Valor (Mil R$) Rio Grande do Norte Ceará 6. Produção Brasileira de Abacaxi por Estado 2007 Pará 15.462 701.948 125.596 Paraíba 11.600 625.527 150.054 Minas Gerais 7.593 596.668 127.597 Bahia 6.430 282.634 63.185 São Paulo 3.620 271.380 76.161 Rio

Leia mais

COMO CITAR: PRINCIPAIS INDICADORES LEITE E DERIVADOS: boletim eletrônico mensal. Coordenadores, Glauco Rodrigues Carvalho e

COMO CITAR: PRINCIPAIS INDICADORES LEITE E DERIVADOS: boletim eletrônico mensal. Coordenadores, Glauco Rodrigues Carvalho e Coordenação Geral Glauco Carvalho Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Glauco Carvalho - Economista/Pesquisador Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de Leite

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Jan-Jul Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 25/08/16

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Jan-Jul Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 25/08/16 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego Jan-Jul 2016 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 25/08/16 Estoque de Empregos RAIS Brasil Estoque de emprego, setor de atividade - Brasil Setores

Leia mais

Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015

Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015 Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015 Ano 6, n. 48 - Novembro/2015 Embrapa Gado de Leite Rua Eugênio do Nascimento, 610 - Bairro Dom Bosco 36038-330 Juiz de Fora/MG Telefone: (32) 3311-7400 Fax: (32) 3311-7424

Leia mais

Projeto desenvolvido por:

Projeto desenvolvido por: Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Kennya Beatriz Siqueira - Pesquisadora Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de

Leia mais

Projeto desenvolvido por:

Projeto desenvolvido por: Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Kennya Beatriz Siqueira - Pesquisadora Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de

Leia mais

Características do candidato a Empreendedor Individual (MEI) no Brasil. SEBRAE-SP/Planejamento Abril de 2009

Características do candidato a Empreendedor Individual (MEI) no Brasil. SEBRAE-SP/Planejamento Abril de 2009 Características do candidato a Empreendedor Individual (MEI) no Brasil SEBRAE-SP/Planejamento Abril de 2009 1 Metodologia do trabalho Definição de candidato a MEI: Consideramos como proxy de candidato

Leia mais

PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO

PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO MAIO DE - CAGED Emprego Formal na Economia O emprego no mês de maio de teve um saldo positivo de 58.836 postos de trabalho. O resultado expressa a diferença entre o total

Leia mais

DEFINIÇÃO DO NÚMERO DE ATERROS REGIONAIS BRASIL. Obras

DEFINIÇÃO DO NÚMERO DE ATERROS REGIONAIS BRASIL. Obras DEFINIÇÃO DO NÚMERO DE REGIONAIS BRASIL Aplicada a metodologia descrita nos itens. a. para todos os Estados dos Brasil e para o Distrito Federal, se obteve os números totais de aterros regionais para cada

Leia mais

SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO

SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO Guariba, 13 de dezembro de 2017. SOCICANA OS NOVOS CENÁRIOS DOS MERCADOS DE CANA, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL E NO MUNDO Tarcilo Ricardo Rodrigues A g e n d a Cenário Atual Combustíveis Cenário Mundial Combustíveis

Leia mais

TÊNIS DE MESA Nº 04 13/09/2017

TÊNIS DE MESA Nº 04 13/09/2017 TÊNIS DE MESA Nº 04 13/09/2017 Relatório de Resultados TÊNIS DE MESA - EQUIPES - Feminino 13/09/2017 HORA JOGO FASE UF RESULTADO UF PARCIAIS CAT 09:00 J1 ELIM GOIAIS 1 X 3 MATO GROSSO 0-2\2-1\0-2\0-2 F

Leia mais

Coordenadoria de Defesa da Concorrência. jan/06 fev/06 mar/06 abr/06 mai/06 jun/06 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 dez/06

Coordenadoria de Defesa da Concorrência. jan/06 fev/06 mar/06 abr/06 mai/06 jun/06 jul/06 ago/06 set/06 out/06 nov/06 dez/06 Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,33 11,33 11,33 11,31 11,32 11,33 11,32 11,33 11,35 11,33 11,32 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 13,51 13,51 13,51 13,51 13,49 13,50 13,51 13,50

Leia mais

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro

Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Coordenação Geral Kennya Beatriz Siqueira Alziro Vasconcelos Carneiro Equipe Técnica Kennya Beatriz Siqueira - Pesquisadora Embrapa Gado de Leite Alziro Vasconcelos Carneiro - Analista Embrapa Gado de

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Abril de 2015 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Março de 2015 Sumário Executivo Indicadores de confiança são indicadores

Leia mais

Nível de Emprego Regional - CIESP

Nível de Emprego Regional - CIESP Diretorias Regionais do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo CIESP Indústria de Transformação Setembro de 2005 Nota metodológica: Pesquisa mensal, realizada pelo CIESP/Sede entre suas Diretorias

Leia mais

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 27 de abril de 2016 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 ROTEIRO I. Considerações sobre a atual situação do setor sucroenergético II. Bioeletricidade III. Condições climáticas e agronômicas

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Maio de 2016

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Maio de 2016 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Maio de 2016 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Maio de 2016 Sumário Executivo Indicadores de confiança são indicadores antecedentes,

Leia mais

SISTEMA PENITENCIÁRIO

SISTEMA PENITENCIÁRIO Avante Instituto Brasil SISTEMA PENITENCIÁRIO Natália Macedo Sanzovo Coordenadora e Pesquisadora do Instituto Avante Brasil Data: 21/12/2012 Evolução da População Carcerária (1990-2012*) 2 Evolução da

Leia mais

Piores trechos por Unidade Federativa por número de acidentes

Piores trechos por Unidade Federativa por número de acidentes Piores trechos por Unidade Federativa por número de acidentes - 2015 Data: 18/05/2016 FILTROS: Veículos: Todos Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Piores trechos por Estado número de acidentes -

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Fevereiro 2015 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Fevereiro de 2015 Sumário Executivo Indicadores de confiança são indicadores

Leia mais

jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 out/14 nov/14 dez/14

jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 out/14 nov/14 dez/14 Brasil Preço de Realização do Produtor 11,33 11,33 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,34 11,33 Preço do Produtor s/ ICMS c/ CIDE/PIS/COFINS 13,51 13,51 13,52 13,52 13,52 13,52 13,52 13,52

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Abril de 2016

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Abril de 2016 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Abril de 2016 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Abril de 2016 Sumário Executivo Indicadores de confiança são indicadores

Leia mais

Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015

Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015 Ano 5 Nº 41 14/Setembro/2015 Ano 7, n. 54 - Maio/2016 Embrapa Gado de Leite Rua Eugênio do Nascimento, 610 - Bairro Dom Bosco 36038-330 Juiz de Fora/MG Telefone: (32) 3311-7400 Fax: (32) 3311-7424 www.embrapa.br

Leia mais

MATERIAL SUPLEMENTAR. Tabela 1. Total de mamógrafos existentes e em uso no SUS, de acordo com tipo, em Salvador, Bahia e Brasil no ano de 2015.

MATERIAL SUPLEMENTAR. Tabela 1. Total de mamógrafos existentes e em uso no SUS, de acordo com tipo, em Salvador, Bahia e Brasil no ano de 2015. MATERIAL SUPLEMENTAR Tabela 1. Total de mamógrafos existentes e em uso no SUS, de acordo com tipo, em Salvador, Bahia e Brasil no ano de 2015. EQUIPAMENTOS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM - Brasil Equipamento

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Março de 2016

ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL. ICPN Março de 2016 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Março de 2016 ÍNDICE DE CONFIANÇA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS NO BRASIL ICPN Março de 2016 Sumário Executivo Indicadores de confiança são indicadores

Leia mais

2016. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae

2016. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Janeiro/2017 1 2016. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação aos

Leia mais