Código AMB. Descrição AMB

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Código AMB. Descrição AMB"

Transcrição

1 TUSS Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CLINICO GERAL Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA PARA ADESAO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - BUCO-MAXILO-ACIAL Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - PLANTAO HOSPITALAR Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - PNEUMOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - REUMATOLOGIA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - NEROLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ANESTESIOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - NUTROLOGO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ALERGOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CARDIOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - GASTROENTEROLOGISTA CLINICO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ISIATRA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - GENETICISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - HEMATOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - TISIOPNEUMOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ONCOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ANGIOLOGISTA / CIRURGIAO VASCULAR Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO CARDIACO/HEMODINAMICISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO DE CABECA E PESCOCO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - DERMATOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO GERAL Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO ENDOCRINOLOGICO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - GINECOLOGISTA E OBSTETRA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ESPECIALISTA EM MICROCIRURGIA RECONSTRUTIVA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - MASTOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO DA MAO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - NEUROCIRURGIAO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - OTALMOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - OTORRINOLARINGOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ORTOPEDISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO PEDIATRICO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO PLASTICO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO TORACICO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - UROLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - PERICIA MEDICA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - PEDIATRA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - HOMEOPATA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - PSIQUIATRA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ENDOCRINOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - GERIATRA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - INECTOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - NEUROLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - ACUPUNTURISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - CIRURGIAO DO APARELHO DIGESTIVO Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - PROCTOLOGISTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA - NEUROPEDIATRIA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) SESSAO PSIQUIATRIA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) TRATAMENTO CLINICO Consulta em domicílio CONSULTA - DOMICILIAR OU HOSPITALAR Consulta em domicílio CONSULTA - DOMICILIAR Consulta em pronto socorro CONSULTA - PRONTO SOCORRO Consulta em pronto socorro CONSULTA - HEPATOLOGISTA Visita hospitalar (paciente internado) VISITA HOSPITALAR (PACIENTE INTERNADO) Atendimento ao recém-nascido em berçário ASSISTENCIA AO RECEM-NASCIDO (PARTO NORMAL OU CESAREO) - ATE Atendimento ao recém-nascido em sala de parto (parto normal ou operatório de baixo risco) ASSISTENCIA AO RECEM-NASCIDO (PARTO CESARIO) - MEDIA 5 DIAS Atendimento ao recém-nascido em sala de parto (parto normal ou operatório de baixo risco) ASSISTENCIA AO RECEM-NASCIDO: PEDIATRA EM SALA DE PARTO Atendimento do intensivista diarista (por dia e por paciente) HONORARIOS DE INTENSIVISTA NAO PLANTONISTA Atendimento do intensivista diarista (por dia e por paciente) ATENDIMENTO DO INTENSIVISTA NAO PLANTONISTA - POR PACIENTE Atendimento médico do intensivista em UTI geral ou pediátrica (plantão de 12 horas - por paciente) PLANTAO DE DOZE HORAS - POR PACIENTE Atendimento médico do intensivista em UTI geral ou pediátrica (plantão de 12 horas - por paciente) U.T.I. PEDIATRICA e/ou NEONATAL (PLANTAO DE DOZE HORAS POR P

2 TUSS Atendimento médico do intensivista em UTI geral ou pediátrica (plantão de 12 horas - por paciente) PLANTAO DE DOZE HORAS - POR PACIENTE Atendimento médico do intensivista em UTI geral ou pediátrica (plantão de 12 horas - por paciente) U.T.I. PEDIATRICA E/OU NEONATAL (PLANTAO DE DOZE HORAS POR P Aconselhamento genético ACONSELHAMENTO GENETICO Acompanhamento clínico ambulatorial pós-transplante renal - por avaliação SEGUIMENTO ULATORIAL POS-TRANSPLANTE (POR CONSULTA) Avaliação nutricional (inclui consulta) - atendimento médico AVALIACAO NUTRICIONAL COM BIOIMPEDANCIOMETRIA Avaliação nutricional (inclui consulta) - atendimento médico AVALIACAO NUTRICIONAL COM CALORIMETRIA INDIRETA Pulsoterapia / terapia imunológica intravenosa (por sessão) PULSOTERAPIA VENOSA RETROGRADA (POR DIA) - SO HONORARIOS Rejeição de enxerto renal - tratamento ambulatorial - avaliação clínica diária REJEICAO EM TRANSPLANTE - TRATAMENTO ULATORIAL (POR CONSU Teste e adaptação de lente de contato (sessão) - binocular TESTE E ADAPTACAO DE LENTES DE CONTATOS (SESSAO) - BINOCULAR Holter de 24 horas - 2 ou mais canais - analógico SISTEMA HOLTER - 24 HORAS - 2 CANAIS Monitorização ambulatorial da pressão arterial - MAPA (24 horas) MAPA (MONITORIZACAO ULATORIAL DA PRESSAO ARTERIAL) Monitorização ambulatorial da pressão arterial - MAPA (24 horas) MONITORIZACAO ULATORIAL DE PRESSAO ARTERIAL (HOLTER DE PA Monitorização ambulatorial da pressão arterial - MAPA (24 horas) MONITORIZACAO ULATORIAL DE PRESSAO ARTERIAL - 24 HORAS Monitor de eventos sintomáticos por 15 a 30 dias (LOOPER) MONITORIZACAO ULATORIAL DE PRESSAO ARTERIAL (HOLTER DE PA Tilt teste TILT TABLE TEST(TESTE DE MESA INCLINADA) Sistema Holter - 12 horas - 1 canal SISTEMA HOLTER - 12 HORAS - 1 CANAL Sistema Holter - 12 horas - 2 ou mais canais SISTEMA HOLTER - 12 HORAS - 2 CANAIS Sistema Holter - 24 horas - 1 canal SISTEMA HOLTER - 24 HORAS - 1 CANAL Monitorização eletrocardiográfica programada com transcrição - não contínua MONITORIZACAO ELETROCARDIOGRAICA PROGRAMADA COM TRANSCRICAO Amputação bilateral (preparação do coto) AMPUTACAO BILATERAL (PREPARACAO DO COTO) Amputação bilateral (preparação do coto) AMPUTACAO BILATERAL (PREPARACAO DO COTO) Amputação bilateral (treinamento protético) AMPUTACAO BILATERAL (TREINAMENTO PROTETICO) Amputação bilateral (treinamento protético) AMPUTACAO BILATERAL (TREINAMENTO PROTETICO) Amputação unilateral (preparação do coto) AMPUTACAO UNILATERAL (PREPARACAO DO COTO) Amputação unilateral (preparação do coto) AMPUTACAO UNILATERAL (PREPARACAO DO COTO) Amputação unilateral (treinamento protético) AMPUTACAO UNILATERAL (TREINAMENTO PROTETICO) Amputação unilateral (treinamento protético) AMPUTACAO UNILATERAL (TREINAMENTO PROTETICO) Assistência fisiátrica respiratória em pré e pós-operatório de condições cirúrgicas ASSISTENCIA ISIATRICA RESPIRATORIA EM PRE E POS-OPERATORIO Ataxias ATAXIAS Atendimento fisiátrico no pré e pós-operatório de pacientes para prevenção de seqüelas ATENDIMENTO ISIATRICO NO PRE E POS OPERATORIO DE PACIENTES Atendimento fisiátrico no pré e pós-parto ATENDIMENTO ISIATRICO NO PRE E POS-PARTO Atividade reflexa ou aplicação de técnica cinesioterápica específica ATIVIDADE RELEXA Biofeedback com EMG BIOEEDBACK COM EMG Biofeedback com EMG MANOMETRIA COMPUTADORIZADA DO APARELHO DIGESTIVO Bloqueio fenólico, alcoólico ou com toxina botulínica (de pontos motores) - por membro ou segmento corporal BLOQUEIO ENOLICO DE PONTOS MOTORES Confecção de prótese imediata CONECCAO DE PROTESES IMEDIATA (HONORARIOS) Confecção de prótese provisória CONECCAO DE PROTESE PROVISORIA (HONORARIOS) Desvios posturais da coluna vertebral DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL Desvios posturais da coluna vertebral DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL Disfunção vésico-uretral DISUNCAO VESICO-URETRAL Disfunção vésico-uretral DOENCAS UROLOGICAS Distrofia simpático-reflexa DISTROIA SIMPATICO-RELEXA Distúrbios circulatórios artério-venosos e linfáticos DISTURBIOS CIRCULATORIOS ARTERIO-VENOSOS E LINATICOS Distúrbios circulatórios artério-venosos e linfáticos PACIENTE SEM DOENCA CORONARIANA CLINICAMENTE MANIESTA MAS C Doenças pulmonares atendidas em ambulatório DOENCAS PULMONARES ATENDIDAS EM ULATORIO Exercícios de ortóptica (por sessão) EXERCICIOS DE ORTOPTICA - (CADA) Exercícios para reabilitação do asmático (ERAC) - por sessão coletiva TRATAMENTO PARA REABILITACAO DO ASMATICO - (AULAS COLETIVAS) Exercícios para reabilitação do asmático (ERAI) - por sessão individual TRATAMENTO PARA REABILITACAO DO ASMATICO - (AULAS INDIVIDUAI Hemiplegia MONOPLEGIA Hemiplegia e hemiparesia com afasia HEMIPLEGIA E HEMIPARESIA Hipo ou agenesia de membros ASSISTENCIA ISIATRICA AOS PACIENTES COM HIPO OU AGENESIA DE Hipo ou agenesia de membros ASSISTENCIA ISIATRICA AOS PACIENTES COM HIPO OU AGENESIA DE Infiltração de ponto gatilho (por músculo) ou agulhamento seco (por músculo) INILTRACAO MEDICAMENTOSA DE PONTOS GATILHO Infiltração de ponto gatilho (por músculo) ou agulhamento seco (por músculo) INILTRACAO ARTICULAR OU TECIDOS MOLES Lesão nervosa periférica afetando mais de um nervo com alterações sensitivas e/ou motoras LESAO NERVOSA PERIERICA AETANDO MAIS DE UM NERVO COM ALTER Lesão nervosa periférica afetando um nervo com alterações sensitivas e/ou motoras LESAO NERVOSA PERIERICA AETANDO UM NERVO COM ALTERACOES SE Miopatias MIOPATIAS

3 TUSS Paciente com D.P.O.C. em atendimento ambulatorial necessitando reeducação e reabilitação respiratória Paciente com D.P.O.C. em atendimento ambulatorial necessitando reeducação e reabilitação respiratória Paciente em pós-operatório de cirurgia cardíaca, atendido em ambulatório, duas a três vezes por semana PACIENTE COM D.P.O.C. EM ATENDIMENTO ULATORIAL NECESSITAN REEDUCACAO UNCIONAL RESPIRATORIA PACIENTE EM POS-OPERATORIO DE CIRURGIA CARDIACA, ATENDIDO EM Pacientes com doença isquêmica do coração, atendido em ambulatório de 8 a 24 semanas PACIENTES COM DOENCA ISQUEMICA DO CORACAO ATENDIDO EM ULA Pacientes com doença isquêmica do coração, atendido em ambulatório, até 8 semanas de programa PACIENTES COM DOENCA ISQUEMICA DO CORACAO, HOSPITALIZADO OU Pacientes com doenças neuro-músculo-esqueléticas com envolvimento tegumentar PACIENTE COM DOENCAS DERMATOLOGICAS SENSIVEIS A ACTINOTERAPI Pacientes com doenças neuro-músculo-esqueléticas com envolvimento tegumentar PACIENTE COM DOENCAS DERMATOLOGICAS SENSIVEIS A ACTINOTERAPI Pacientes sem doença coronariana clinicamente manifesta, mas considerada de alto risco, PACIENTES SEM DOENCA CORONARIANA CLINICAMENTE MANIESTA, MAS atendido em ambulatório, duas a três vezes por semana Paralisia cerebral PARALISIA CEREBRAL (TRATAMENTO MOTOR) Paralisia cerebral com distúrbio de comunicação PARALISIA CEREBRAL (TRATAMENTO GLOBAL) Paraparesia/tetraparesia QUADRIPLEGIA E QUADRIPARESIA Paraplegia e tetraplegia PARAPLEGIA E PARAPARESIA Parkinson PARKINSON Patologia neurológica com dependência de atividades da vida diária ASSISTENCIA ISIATRICA NO TRATAMENTO DE PATOLOGIA NEUROLOGI Patologia osteomioarticular em um membro ALTERACOES DE ORDEM REUMATICAS AETANDO UM MEMBRO Patologia osteomioarticular em um membro TRATAMENTO ISIATRICO DE PATOLOGIA OSTEOMIOARTICULAR QUE AE Patologia osteomioarticular em um membro ENTORSES Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações RECUPERACAO neurovasculares UNCIONAL afetando POS-OPERATORIA um membro OU POS IMOBILIZACAO DE Patologia osteomioarticular em um membro TRATAMENTO ISIATRICO DE PATOLOGIA ORTOPEDICA QUE AETA UM M Patologia osteomioarticular em um membro CONTUSOES Patologia osteomioarticular em um membro ENTORSES Patologia osteomioarticular em um membro SEQUELAS DE LESOES TENDINEAS Patologia osteomioarticular em um membro CONTUSOES Patologia osteomioarticular em dois ou mais membros ALTERACOES DE ORDEM REUMATICAS AETANDO MAIS DE UM MEMBRO Patologia osteomioarticular em dois ou mais membros TRATAMENTO ISIATRICO DE PATOLOGIA OSTEOMIOARTICULAR QUE AE Patologia osteomioarticular em dois ou mais membros TRATAMENTO ISIATRICO DE PATOLOGIA ORTOPEDICA QUE AETA MAIS Patologia osteomioarticular em dois ou mais membros SEQUELA DE TRAUMATISMOS NOS TENDOES Patologia osteomioarticular em um segmento da coluna ALTERACOES DEGENERATIVAS OU INLAMATORIAS AETANDO UM SEGMEN Patologia osteomioarticular em um segmento da coluna TRATAMENTO ISIATRICO DE PATOLOGIA OSTEOMIOARTICULAR QUE AE Patologia osteomioarticular em diferentes segmentos da coluna ALTERACOES DEGENERATIVAS OU INLAMATORIAS AETANDO MAIS DE U Patologia osteomioarticular em diferentes segmentos da coluna ALTERACOES DEGENERATIVAS OU INLAMATORIAS AETANDO SEGMENTOS Patologia osteomioarticular em diferentes segmentos da coluna TRATAMENTO ISIATRICO DE PATOLOGIAS DIVERSAS EM DIERENTES S Recuperação funcional pós-operatória ou por imobilização da patologia vertebral RECUPERACAO UNCIONAL POS-OPERATORIA OU POS-IMOBILIZACAO DE Recuperação funcional pós-operatória ou por imobilização da patologia vertebral TRATAMENTO ISIATRICO DE PATOLOGIAS QUE AETEM MULTIPLAS ART Recuperação funcional pós-operatória ou por imobilização da patologia vertebral RECUPERACAO UNCIONAL POS OPERATORIA OU POS IMOBILIZACAO ORT Processos inflamatórios pélvicos PROCESSOS INLAMATORIOS PELVICOS Queimados - seguimento ambulatorial para prevenção de seqüelas (por segmento) QUEIMADURAS AETANDO MAIS DE UMA REGIAO Queimados - seguimento ambulatorial para prevenção de seqüelas (por segmento) QUEIMADURAS AETANDO MAIS DE UMA REGIAO Reabilitação labiríntica (por sessão) REABILITACAO LABIRINTICA Reabilitação perineal com biofeedback REEDUCACAO ESINCTERIANA ANO-RETAL (BIOEEDBACK) - POR SESSA Recuperação funcional de distúrbios crânio-faciais RECUPERACAO UNCIONAL DE ARTICULACAO TEMPORO-MANDIBULAR APOS Recuperação funcional de distúrbios crânio-faciais RECUPERACAO UNCIONAL DE ARTICULACAO TEMPORO-MANDIBULAR APOS Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações neurovasculares afetando um membro Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações neurovasculares afetando um membro Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações neurovasculares afetando um membro Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações neurovasculares afetando mais de um membro Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações neurovasculares afetando mais de um membro Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações neurovasculares afetando mais de um membro RECUPERACAO UNCIONAL POS-OPERATORIA OU POS-IMOBILIZACAO DE RECUPERACAO UNCIONAL POS-OPERATORIA OU POS-IMOBILIZACAO GES RECUPERACAO UNCIONAL POS OPERATORIO OU POS IMOBILIZACAO GES RECUPERACAO UNCIONAL POS-OPERATORIA OU POS-IMOBILIZACAO DE RECUPERACAO UNCIONAL POS-OPERATORIA OU POS-IMOBILIZACAO GES RECUPERACAO UNCIONAL POS OPERATORIO OU POS IMOBILIZACAO DE

4 TUSS Recuperação funcional pós-operatória ou pós-imobilização gessada de patologia osteomioarticular com complicações neurovasculares afetando mais de um membro RECUPERACAO UNCIONAL POS-OPERATORIO OU POS-IMOBILIZACAO GES Retardo do desenvolvimento psicomotor RETARDO DO DESENVOLVIMENTO PSICO-MOTOR (TRATAMENTO GLOBAL) Retardo do desenvolvimento psicomotor RETARDO DE DESENVOLVIMENTO PSICO-MOTOR (TRATAMENTO MOTOR) Seqüelas de traumatismos torácicos e abdominais SEQUELAS DE TRAUMATISMOS TORACICOS E ABDOMINAIS Seqüelas de traumatismos torácicos e abdominais SEQUELA DE TRAUMATISMOS TORAXICOS E ABDOMINAIS Seqüelas em politraumatizados (em diferentes segmentos) TRATAMENTO ISIATRICO DE SEQÜELAS EM POLITRAUMADIZADOS (EM D Sinusites SINUSITES Reabilitação cardíaca supervisionada. Programa de 12 semanas. Duas a três sessões por PACIENTE PORTADOR DE CARDIOPATIA, ATENDIDO EM ULATORIO, A semana (por sessão) Exercícios de pleóptica EXERCICIO DE PLEOPTICA - (CADA) Actinoterapia (por sessão) ACTINOTERAPIA - POR SESSAO Aplicação de hipossensibilizante - em consultório (AHC) exclusive o alérgeno - planejamento técnico para APLICACOES DE HIPOSSENSIBILIZANTE (EXCLUSIVE A SUBSTANCIA) Aplicação de hipossensibilizante - em consultório (AHC) exclusive o alérgeno - planejamento técnico para HIPOSSENSIBILIZACAO COM PRODUTOS AUTOGENOS - 30 DIAS Cateterismo vesical em retenção urinária CATETERISMO VESICAL EVACUADOR Cauterização química vesical CAUTERIZACAO QUIMICA VESICAL Cerumen - remoção (bilateral) CERUME - REMOCAO Crioterapia (grupo de até 5 lesões) CRIOTERAPIA (NEVE CARBÔNICA) - POR SESSAO - GRUPOS DE ATE Crioterapia (grupo de até 5 lesões) CRIOTERAPIA (NITROGENIO LIQUIDO) - POR SESSAO - GRUPOS ATE Curativos em geral com anestesia, exceto queimados CURATIVOS Curativo de extremidades de origem vascular CURATIVO DE EXTREMIDADES - SO HONORARIOS Curativo de extremidades de origem vascular BOTA DE UNNA: CONECCAO Curativo de extremidades de origem vascular BOTA DE UNNA - SO HONORARIOS Dilatação uretral (sessão) DILATACAO URETRAL (SESSAO) ototerapia com UVA (PUVA) (por sessão) OTOTERAPIA COM UVA (PUVA) POR SESSAO Imunoterapia específica - 30 dias - planejamento técnico HIPOSSENSIBILIZACAO ESPECIICA - 30 DIAS - 10 APLICACOES Imunoterapia específica - 30 dias - planejamento técnico IMUNOTERAPIA ESPECIICA - 30 DIAS (IE) Imunoterapia inespecífica - 30 dias - planejamento técnico HIPOSSENSIBILIZACAO INESPECIICA - 30 DIAS - 10 APLICACOES Imunoterapia inespecífica - 30 dias - planejamento técnico IMUNOTERAPIA INESPECIICA - 30 DIAS (II) Instilação vesical ou uretral INSTILACAO VESICAL OU URETRAL Sessão de eletroconvulsoterapia (em sala com oxímetro de pulso, monitor de ECG, EEG), sob anestesia SESSAO DE ELETROCONVULSOTERAPIA (EM SALA COM OXIMETRO DE PUL Sessão de eletroconvulsoterapia (em sala com oxímetro de pulso, monitor de ECG, EEG), sob anestesia ANESTESIA PARA A REALIZACAO DE ELETROCONVULSOTERAPIA Sessão de oxigenoterapia hiperbárica (por sessão de 2 horas) SESSAO DE OHB (2 HORAS) Sessão de psicoterapia de casal SESSAO DE PSICOTERAPIA DE CASAL Sessão de psicoterapia de grupo (por paciente) AVALIACAO PSICOLOGIA Sessão de psicoterapia de grupo (por paciente) SESSAO PSICOLOGIA Sessão de psicoterapia de grupo (por paciente) SESSAO DE PSICOTERAPIA DE GRUPO (POR PACIENTE) Sessão de psicoterapia individual AVALIACAO PSICOLOGIA Sessão de psicoterapia individual SESSAO PSICOLOGIA Sessão de psicoterapia individual SESSAO DE PSICOTERAPIA INDIVIDUAL Sessão de psicoterapia individual SESSAO DE PSICOTERAPIA CONCOMITANTE COM PSICOARMACOTERAPIA Sessão de psicoterapia infantil AVALIACAO PSICOLOGIA Sessão de psicoterapia infantil SESSAO PSICOLOGIA Sessão de psicoterapia infantil SESSAO DE PSICOTERAPIA INANTIL Terapia inalatória - por nebulização TERAPIA INALATORIA (TI) - POR NEBULIZACAO Terapia inalatória - por nebulização AEROSSOLTERAPIA SEM PRESSAO POSITIVA Terapia inalatória - por nebulização AEROSSOLTERAPIA COM PRESSAO POSITIVA Terapia inalatória - por nebulização NEBULIZACAO SIMPLES Terapia inalatória - por nebulização NEBULIZACAO SIMPLES COM BRONCODILATADOR Terapia inalatória - por nebulização NEBULIZACAO ULTRA-SÔNICA Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMOTERAPIA REGIONAL (INTRA CAVITARIA) POR PERIODO DE 7 DIA Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMIOTERAPIA ASSOCIADA A CIRURGIA (PRE, INTRA E POS- OPERAT Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento PERIODO SUBSEQUENTE DE TRATAMENTO ATE 7 DIAS Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA COM ISOLAMENTO PROTETOR POR PERIODOS Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA COM ISOLAMENTO PROTETOR POR PERIODOS

5 TUSS Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMIOTERAPIA INTRA-TECAL (2 INJECOES INTRA-TECAL SEMANAL) Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMIOTERAPIA INTRA-TECAL (1 INJECAO INTRA-TECAL SEMANAL) Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMIOTERAPIA INTRACAVITARIA POR PERIODO DE 7 DIAS DE TRATAM Terapia oncológica com aplicação de medicamentos por via intracavitária ou intratecal - por procedimento QUIMIOTERAPIA INTRACAVITARIA DO 2º AO 7º DIA DO PERIODO, POR Terapia oncológica com aplicação intra-arterial ou intravenosa de medicamentos em infusão QUIMOTERAPIA INTRA ARTERIAL POR PERIODO INICIAL DE 7 DIAS DE de duração mínima de 6 horas - planejamento e 1º dia de tratamento Terapia oncológica com aplicação intra-arterial ou intravenosa de medicamentos em infusão QUIMIOTERAPIA SISTEMICA INICIAL NO 1o. DIA DA SEMANA (POR CI de duração mínima de 6 horas - planejamento e 1º dia de tratamento Terapia oncológica com aplicação intra-arterial ou intravenosa de medicamentos em infusão QUIMIOTERAPIA SISTEMICA ENDOVENOSA CONTINUA, INCLUSIVE COM M de duração mínima de 6 horas - planejamento e 1º dia de tratamento Terapia oncológica com aplicação intra-arterial ou intravenosa de medicamentos em infusão QUIMIOTERAPIA INTRA - ARTERIAL POR PERIODOS SUBSEQUENTES DE de duração mínima de 6 horas - por dia subseqüente de tratamento Terapia oncológica com aplicação intra-arterial ou intravenosa de medicamentos em infusão QUIMIOTERAPIA SISTEMICA DO 2o. AO 7o. DIA SUBSEQUENTE NA SEM de duração mínima de 6 horas - por dia subseqüente de tratamento Terapia oncológica - planejamento e 1º dia de tratamento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA INICIAL POR PERIODO DE 7 DIAS DE TRA Terapia oncológica - planejamento e 1º dia de tratamento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA POR PERIODOS DE 7 DIAS DE TRATAMENTO Terapia oncológica - planejamento e 1º dia de tratamento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA INICIAL NO 1º DIA Terapia oncológica - por dia subseqüente de tratamento POR PERIODOS SUBSEQUENTES DE TRATAMENTO ATE 7 DIAS Terapia oncológica - por dia subseqüente de tratamento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA ENDOVENOSA CONTINUA, INCLUSIVE COM M Terapia oncológica - por dia subseqüente de tratamento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA SUBSEQUENTE POR PERIODOS DE 7 DIAS Terapia oncológica - por dia subseqüente de tratamento QUIMIOTERAPIA SISTEMICA DO 2º AO 7º DIA SUBSEQUENTE NA SEMAN Curativo de ouvido (cada) DUCHA DE POLITZER - OU CURATIVO DE OUVIDO - CADA Cateterismo de canais ejaculadores CATETERISMO DE CANAIS EJACULADORES MASSAGEM PROSTATICA MASSAGEM PROSTATICA Pneumoperitônio (por sessão) PNEUMOPERITÔNIO - POR SESSAO Pneumoperitônio (por sessão) PNEUMOPERITÔNIO POR SESSAO Pneumoperitônio (por sessão) PNEUMOPERITÔNIO (POR SESSAO) Pneumotórax artificial PNEUMOTORAX ARTIICIAL Perícia psiquiátrica administrativa PERICIA ADMINISTRATIVA Acompanhamento clínico de transplante renal no período de internação do receptor e do doador (pós-operatório até 15 dias) CONTROLE CLINICO PRE E POS OPERATORIO (ATE 15 DIAS) Assistência cardiológica peroperatória em cirurgia geral e em parto (primeira hora) MONITORIZACAO PER OPERATORIA EM CIRURGIA GERAL (PRIMEIRA HOR Assistência cardiológica peroperatória em cirurgia geral e em parto (horas suplementares) MONITORIZACAO PER OPERATORIA EM CIRURGIA GERAL (HORAS SUPLEM máximo de 4 horas Cardioversão elétrica eletiva (avaliação clínica, eletrocardiográfica, indispensável à desfibrilação) CARDIOVERSAO ELETRICA ELETIVA (AVALIACAO CLINICA, ELETROCARD Rejeição de enxerto renal - tratamento internado - avaliação clínica diária - por visita REJEICAO EM TRANSPLANTE - TRATAMENTO INTERNADO (POR DIA) Tratamento conservador de traumatismo cranioencefálico, hipertensão intracraniana e hemorragia (por dia) TRATAMENTO CONSERVADOR DE TRAUMATISMO CRANIOENCEALICO (1a S Tratamento conservador de traumatismo cranioencefálico, hipertensão intracraniana e hemorragia (por dia) TRATAMENTO CONSERVADOR DO TRAUMATISMO CRANIO - ENCEALICO (P Avaliação clínica diária enteral AVALIACAO CLINICA DIARIA (ENTERAL) Avaliação clínica diária parenteral AVALIACAO CLINICA DIARIA (PARENTERAL) Avaliação clínica diária parenteral e enteral AVALIACAO CLINICA DIARIA PARENTERAL E ENTERAL Cardiotocografia anteparto TOCOCARDIOGRAIA ANTEPARTO Cardiotocografia anteparto TOCOCARDIOGRAIA ANTEPARTO COM ESTIMULO OCITOCICO (PROVA DE Cardiotocografia intraparto (por hora) até 6 horas externa TOCOCARDIOGRAIA INTRAPARTO Monitorização hemodinâmica invasiva (por 12 horas) MONITORIZACAO HEMODINAMICA INVASIVA (POR 12 HORAS) Potencial evocado intra-operatório - monitorização cirúrgica (PE/IO) POTENCIAL EVOCADO INTRA-OPERATORIO - MONITORIZACAO CIRURGICA Potencial evocado intra-operatório - monitorização cirúrgica (PE/IO) POTENCIAL EVOCADO INTRA-OPERATORIO - MONITORIZACAO CIRURGICA Monitorização da pressão intracraniana (por dia) MONITORIZACAO DA PRESSAO INTRACRANIANA (DIARIA) Assistência fisiátrica respiratória em paciente internado com ventilação mecânica ASSISTENCIA A VENTILACAO MECANICA (POR 12 HORAS), EXCETO POS Assistência fisiátrica respiratória em paciente internado com ventilação mecânica ASSISTENCIA ISIATRICA RESPIRATORIA EM PACIENTE INTERNADO CO Assistência fisiátrica respiratória em doente clínico internado ASSISTENCIA ISIATRICA RESPIRATORIA EM DOENTE CLINICO INTERN Pacientes em pós-operatório de cirurgia cardíaca, hospitalizado, até 8 semanas de programa PACIENTE EM POS-OPERATORIO DE CIRURGIA CARDIACA, HOSPITALIZA Cardioversão elétrica de emergência CARDIOVERSAO ELETRICA DE EMERGENCIA Cardioversão química de arritmia paroxísta em emergência CARDIOVERSAO QUIMICA DE ARRITMIA PAROXISTA EM EMERGENCIA Priapismo - tratamento não cirúrgico PRIAPISMO - TRATAMENTO NAO CIRURGICO Abrasão cirúrgica (por sessão) ABRASAO CIRURGICA Alopecia parcial - exérese e sutura ALOPECIA PARCIAL - EXCISAO E SUTURA

6 TUSS Alopecia parcial - rotação de retalho ALOPECIA PARCIAL - ROTACAO CUTANEA Alopecia parcial - rotação de retalho ALOPECIA PARCIAL- ROTACAO DE UM OU MAIS DE UM RETALHO CUTANE Alopecia parcial - rotação múltipla de retalhos ALOPECIA PARCIAL- ROTACAO DE UM OU MAIS DE UM RETALHO CUTANE Apêndice pré-auricular - ressecção APENDICE PRE-AURICULAR Autonomização de retalho - por estágio AUTONOMIZACAO DE RETALHO Biópsia de pele, tumores superficiais, tecido celular subcutâneo, linfonodo superficial, etc BIOPSIA DE PELE Biópsia de pele, tumores superficiais, tecido celular subcutâneo, linfonodo superficial, etc BIOPSIA DA PELE, TUMORES SUPERICIAIS, TECIDO CELULAR SUBCUT Biópsia de pele, tumores superficiais, tecido celular subcutâneo, linfonodo superficial, etc BIOPSIA COM PUNCH Biópsia de pele, tumores superficiais, tecido celular subcutâneo, linfonodo superficial, etc BIOPSIA INCISIONAL Biópsia de pele, tumores superficiais, tecido celular subcutâneo, linfonodo superficial, etc BIOPSIA DE PELE, MUCOSA, TUMORES SUPERICIAIS DE TECIDO CELU Calosidade e/ou mal perfurante - desbastamento (por lesão) CALOSIDADE E/ OU MAL PERURANTE: DESBASTAMENTOS Calosidade e/ou mal perfurante - desbastamento (por lesão) EXERESE DE CALO CUTANEO Calosidade e/ou mal perfurante - desbastamento (por lesão) EXERESE DE CALO Calosidade e/ou mal perfurante - desbastamento (por lesão) HIPERQUERATOSE PLANTAR Cauterização química (por grupo de até 5 lesões) PEQUENAS LESOES: CAUTERIZACAO QUIMICA - GRUPOS DE ATE 5 LESO Cirurgia da hidrosadenite (por região) EXCISAO E SUTURA SIMPLES DE PEQUENAS LESOES - (GRUPO DE ATE Correção cirúrgica de linfedema (por estágio) LINEDEMA (ELEANTIASE DOS MEMBROS INERIORES) POR TEMPO Correção de deformidades por exérese de tumores, cicatrizes ou ferimentos com o emprego de expansores em retalhos musculares ou miocutâneos (por estágio) CORRECAO DE TUMORES, CICATRIZES OU ERIMENTOS COM O EMPREGO Correção de deformidades por exérese de tumores, cicatrizes ou ferimentos com o emprego de expansores em retalhos musculares ou miocutâneos (por estágio) TUMORES - CORRECAO COM AUXILIO DE EXPANSORES DE TECIDOS (POR Correção de deformidades por exérese de tumores, cicatrizes ou ferimentos com o emprego de expansores em retalhos musculares ou miocutâneos (por estágio) ALOPECIA - CORRECAO COM AUXILIO DE EXPANSORES DE TECIDOS (PO Correção de deformidades por exérese de tumores, cicatrizes ou ferimentos, com o emprego de expansores de tecido, em retalhos cutâneos (por estágio) CORRECAO DE TUMORES, CICATRIZES OU ERIMENTOS COM O EMPREGO Correção de lipodistrofia braquial, crural ou trocanteriana de membros superiores e inferiores CORRECAO DE LIPODISTROIA BRAQUIAL, CRURAL OU TROCANTERIANA Criocirurgia (nitrogênio líquido) de neoplasias cutâneas CRIOCIRURGIA (NITROGENIO LIQUIDO) DE NEOPALSIAS CUTANEAS Criocirurgia (nitrogênio líquido) de neoplasias cutâneas CRIOTERAPIA DE NEOPLASIA CUTANEA COM NITROGENIO LIQUIDO Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial CURATIVO DE QUEIMADURAS POR U.T (ULATORIAL OU INTERNADO) Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - DE 1 (UMA) UT ATINGIDA TOTAL OU PARCIA Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - 2 (DUAS) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCI Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - 3 (TRES) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCI Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - 4 (QUATRO) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PAR Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - 5 (CINCO) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - 6 (SEIS) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCI Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - 7 (SETE) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCI Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial ATENDIMENTO ISOLADO - 8 (OITO) OU MAIS UT'S ATINGIDAS TOTAL Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 1 (UMA) UT ATINGIDA TOTAL OU PARCIAL Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 2 (DUAS) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 3 (TRES) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 4 (QUATRO) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU P Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 5 (CINCO) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PAR Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 6 (SEIS) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 7 (SETE) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar ATENDIMENTO INTEGRAL - 8 (OITO) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Curativo especial sob anestesia - por unidade topográfica (UT) ANESTESIA GERAL PARA REALIZACAO DE CURATIVOS EM QUEIMADOS Curetagem e eletrocoagulação de CA de pele (por lesão) CURETAGEM E ELETROCOAGULACAO DE CA DE PELE Curetagem simples de lesões de pele (por grupo de até 5 lesões) CURETAGEM DO MOLUSCO CONTAGIOSO - (POR GRUPO DE 15 LESOES) Dermoabrasão de lesões cutâneas ABRASAO QUIMICA Dermoabrasão de lesões cutâneas DERMOBRASAO DE LESOES CUTANEAS Dermolipectomia para correção de abdome em avental DERMOLIPECTOMIA ABDOMINAL NAO ESTETICA (PLASTICA ABDOMINAL) Desbridamento cirúrgico - por unidade topográfica (UT) DEBRIDAMENTO DE TECIDO DESVITALIZADO Eletrocoagulação de lesões de pele e mucosas - com ou sem curetagem (por grupo de até ELETROCOAGULACAO DE LESOES CUTANEAS - (GRUPOS DE ATE 5 LESOE 5 lesões) Eletrocoagulação de lesões de pele e mucosas - com ou sem curetagem (por grupo de até ELETROCOAGULACAO, ULGURACAO, CAUTERIZACAO QUIMICA DE PEQUEN 5 lesões) Enxerto composto ENXERTO COMPOSTO Enxerto de mucosa EXENTERACAO COM ENXERTO OU RETALHO Enxerto de pele (homoenxerto inclusive) ENXERTO LIVRE DE PELE TOTAL OU PARCIAL

7 TUSS Enxerto de pele (homoenxerto inclusive) ENXERTOS DE PELE TOTAL OU LAMINADA Enxerto de pele (homoenxerto inclusive) HOMOENXERTIA, ATO CIRURGICO, PRE E POS OPERATORIO RELATIVOS Enxerto de pele (homoenxerto inclusive) ENXERTO DE PELE E PERDA DE SUBSTANCIA Enxerto de pele (homoenxerto inclusive) ENXERPATIA DE PELE - 1(UMA) UT ATINGIDAS TOTAL OU PARCIAL Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERTO DE PELE - CADA EXTREMIDADE Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERTO LIVRES DE PELE LAMINADA, INTERESSANDO MAIS DE UMA R Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERPATIA DE PELE - 2 (DUAS) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCI Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERPATIA DE PELE - 3 (TRES) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCIA Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERPATIA DE PELE - 4 (QUATRO) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERPATIA DE PELE - 5 (CINCO) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARC Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERPATIA DE PELE - 6 (SEIS) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCI Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERPATIA DE PELE - 7 (SETE) UT'S ATINGIDAS TOTAL OU PARCIA Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) ENXERPATIA DE PELE - 8 (OITO) OU MAIS UT'S ATINGIDAS TOTAL O Epilação por eletrólise (por sessão) EPILACAO - POR SESSAO DE 30 MINUTOS Escalpo parcial -tratamento cirúrgico ESCALPELAMENTO - TRATAMENTO CIRURGICO Escalpo parcial -tratamento cirúrgico ESCALPO PARCIAL Escalpo total - tratamento cirúrgico ESCALPO TOTAL Escarotomia descompressiva - por unidade topográfica (UT) ESCAROTOMIA DESCOMPRESSIVA POR U.T Escarotomia descompressiva - por unidade topográfica (UT) TRATAMENTO CIRURGICO DAS ESCARAS DE DECUBITO Escarotomia descompressiva - por unidade topográfica (UT) TRATAMENTO CIRURGICO ESCARAS DE DECUBITO Esfoliação química média (por sessão) ESOLIACAO QUIMICA - POR SESSAO Esfoliação química profunda (por sessão) ESOLIACAO QUIMICA PROUNDA Esfoliação química profunda (por sessão) ESOLIACAO QUIMICA - POR SESSAO Esfoliação química superficial (por sessão) ESOLIACAO QUIMICA SUPERICIAL Esfoliação química superficial (por sessão) ESOLIACAO QUIMICA - POR SESSAO Exérese de higroma cístico EXERESE DE HIGROMA CISTICO Exérese de higroma cístico no RN e lactente ESOLIACAO QUIMICA SUPERICIAL Exérese de higroma cístico no RN e lactente HIGROMA CISTICO DO RN E LACTENTE Exérese de lesão com auto-enxertia EXERESE DE TUMOR E ENXERTO LIVRE Exérese de lesão com auto-enxertia EXERESE DE LESAO + ENXERTIA Exérese de lesão com auto-enxertia ANGIOMAS, NEVUS E TUMORES - EXCISAO E ENXERTO DE PELE Exérese e sutura de lesões (circulares ou não) com rotação de retalhos cutâneos EXCISAO E SUTURA LESOES CIRCULARES C/ ROTACAO DE RETALHOS Exérese e sutura de lesões (circulares ou não) com rotação de retalhos cutâneos ANGIOMAS, NEVUS E TUMORES - EXCISAO E ROTACAO DE RETALHOS CU Exérese e sutura de lesões (circulares ou não) com rotação de retalhos cutâneos EXCISAO E SUTURA DE LESOES COM ROTACAO DE RETALHOS Exérese e sutura de lesões (circulares ou não) com rotação de retalhos cutâneos PERDA DE SUBSTANCIA: ROTACAO DE RETALHO DE MUCOSA Exérese de lesão / tumor de pele e mucosas EXCISAO DE TUMORES DA BOCA COM SUTURA Exérese de lesão / tumor de pele e mucosas EXCISAO DE TUMORES MALIGNOS Exérese de lesão / tumor de pele e mucosas EXERESE DE TUMOR DE PELE Exérese de lesão / tumor de pele e mucosas EXCISAO E SUTURA SIMPLES DE CA DE PELE E MUCOSAS Exérese e sutura de hemangioma, linfangioma ou nevus (por gr EXCISAO E SUTURA DE HEMANGIOMAS, LINAGIOMAS OU NEVUS - (GRU Exérese de lesão / tumor de pele e mucosas EXCISAO DE TUMOR E SUTURA Exérese de tumor e rotação de retalho músculo-cutâneo EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E ROTACA Exérese de unha EXERESE DE UNHA Exérese de unha UNHA - EXTIRPACAO Exérese e sutura simples de pequenas lesões - grupo de até 5 lesões EXCISAO E SUTURA SIMPLES DE PEQUENAS LESOES - (GRUPOS DE ATE Exérese e sutura simples de pequenas lesões - grupo de até 5 lesões EXERESE DE CISTO SEBACEO - POR LESAO Exérese e sutura simples de pequenas lesões - grupo de até 5 lesões EXERESE DE CISTODERMOIDE Exérese e sutura simples de pequenas lesões - grupo de até 5 lesões EXERESE DE CISTO SEBACEO Exérese tangencial (shaving) - (por grupo de até 5 lesões) RETIRADA DE LESAO POR SHAVING - POR LESAO Exérese tangencial (shaving) - (por grupo de até 5 lesões) CIRURGIA DO ACNE (INCISAO E ESVAZIAMENTO DE LESOES ACNEICAS) Exérese tangencial (shaving) - (por grupo de até 5 lesões) RETIRADA DE LESAO POR SHAVING - POR LESAO Expansão tissular (por sessão) SESSAO DE EXPANSAO (INJECAO INLANDO O EXPANSOR) Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - excisão e retalhos cutâneos da região EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E RETALH Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - excisão e retalhos cutâneos da região ERIMENTOS E TUMORES - EXCISAO E RETALHO CUTANEO Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e emprego de retalhos cutâneos ou musculares cruzados (por estágio) EXTENSOS ERIMENTOS,.CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E RETALH Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e emprego de retalhos cutâneos ou musculares cruzados (por estágio) TRANSECCAO DE RETALHOS MIOCUTANEOS CRUZADOS Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e retalhos cutâneos à distância EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E ENXER Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e retalhos cutâneos à distância EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E RETALH Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e retalhos cutâneos à distância ANGIOMAS, NEVUS E TUMORES - EXCISAO E COBERTURA COM RETALHO Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e retalhos cutâneos à distância ERIMENTOS E TUMORES COM ENXERTIA CUTANEA Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e rotação de retalho fasciocutâneo ou EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES - EXCISAO E ROTAC axial

8 TUSS Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e rotação de retalho fasciocutâneo ou axial PERDA DE SUBSTANCIA EM TODA ESPESSURA: REPARACAO Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e rotação de retalhos miocutâneos EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E ROTACA Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e rotação de retalhos musculares EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E ROTACA Extensos ferimentos, cicatrizes, ou tumores - exérese e enxerto cutâneo EXTENSOS ERIMENTOS, CICATRIZES OU TUMORES: EXCISAO E ENXERT Extensos ferimentos, cicatrizes, ou tumores - exérese e enxerto cutâneo ANGIOMAS, NEVUS E TUMORES - EXCISAO E ROTACAO DE RETALHO CUT erimentos infectados e mordidas de animais (desbridamento) ERIMENTOS INECTADOS E MORDIDAS DE ANIMAIS (DEBRIDAMENTO) Incisão e drenagem de tenossinovites purulentas LEGMOES E TENOSSINOVITES PURULENTAS Incisão e drenagem de abscesso, hematoma ou panarício INCISAO E DRENAGEM DE OBSCESSO, LEIMAO, HEMATOMA OU PANARIC Incisão e drenagem de abscesso, hematoma ou panarício ABCESSOS SUPERICIAIS ACIMA DO PUNHO Incisão e drenagem de abscesso, hematoma ou panarício PUNCAO DE HEMATOMA SUBGALEAL Incisão e drenagem de flegmão INCISAO E DRENAGEM DE LEGMAO Incisão e drenagem de flegmão INCISAO E DRENAGEM DE ABSCESSO, CELULITE, OLICULITE, LEIMA Infiltração intralesional, cicatricial / hemangiomas - por sessão INILTRACAO INTRA-LESIONAL - POR SESSAO Infiltração intralesional, cicatricial / hemangiomas - por sessão INILTRACOES DE ALTERACOES CICATRICIAIS E HEMANGIOMAS (POR S Lasercirurgia (por sessão) LASERCIRURGIA - POR SESSAO Matricectomia por dobra ungueal EXCISAO E SUTURA DE UNHA ENCRAVADA P/DOBRA UNGUEAL Plástica em Z ou W EXCISAO E SUTURA COM PLASTICA EM Z Plástica em Z ou W EXCISAO E SUTURA COM PLASTICA EM Z Reconstrução com retalhos de gálea aponeurótica RECONSTRUCAO COM RETALHOS DE GALEA APONEUROTICA Retalho composto (incluindo cartilagem ou osso) EXENTERACAO DE ORBITA COM ENXERTO OU RETALHO Retalho composto (incluindo cartilagem ou osso) RESSECCAO DO MAXILAR SUPERIOR E RECONSTRUCAO A CUSTA DE RETA Retalho composto (incluindo cartilagem ou osso) MANDIBULECTOMIA COM RECONSTRUCAO MICROCIRURGICA Retirada de corpo estranho subcutâneo RETIRADA DE CORPO ESTRANHO SUB-CUTANEO Retirada de corpo estranho subcutâneo CORPO ESTRANHO SUBCUTANEO Retração cicatricial de axila - tratamento cirúrgico RETRATACAO CICATRICIAL DE AXILA: TRATAMENTO CIRURGICO Retração cicatricial de axila - tratamento cirúrgico CURA CIRURGICA DE RETRACAO CICATRICIAL DA AXILA Retração cicatricial de axila - tratamento cirúrgico CORRECAO DE RETRACAO AXILAR COM AUXILIO DE EXPANSORES (POR E Retração cicatricial de axila - tratamento cirúrgico CURA CIRURGICA DE RETRACAO AXILAR COM RETALHOS MUSCULARES Retração cicatricial de zona de flexão e extensão de membros superiores e inferiores - tratamento cirúrgico CURA CIRURGICA DA RETRACAO CICATRICIAL DO COTOVELO E/OU DO P Retração cicatricial de zona de flexão e extensão de membros superiores e inferiores - tratamento cirúrgico CURA CIRURGICA DA RETRACAO CICATRICIAL DA REGIAO POPLITEA Retração cicatricial de zona de flexão e extensão de membros superiores e inferiores - tratamento cirúrgico RETRACAO CICATRICIAL - CORRECAO EM UM ESTAGIO Retração cicatricial de zona de flexão e extensão de membros CORRECAO DE RETRACAO DO COTOVELO, PUNHO, REGIAO POPLITEA, TO Retração cicatricial do cotovelo - tratamento cirúrgico RETRACAO CICATRICIAL DO COTOVELO:TRATAMENTO CIRURGICO Retração de aponevrose palmar (Dupuytren) - tratamento cirúrgico RETRACAO DE APONEVROSE PALMAR (DUPUYTREN) Sutura de extensos ferimentos com ou sem desbridamento SUTURA DE EXTENSOS ERIMENTOS COM OU SEM DEBRIDAMENTO Sutura de extensos ferimentos com ou sem desbridamento SUTURA DE EXTENSOS ERIMENTOS, INTERESSANDO MAIS DE UMA REGI Sutura de pequenos ferimentos com ou sem desbridamento SUTURA DE PEQUENOS ERIMENTOS COM OU SEM DEBRIDAMENTO Sutura de pequenos ferimentos com ou sem desbridamento SUTURA DE PEQUENOS ERIMENTOS COM OU SEM DEBRIMENTO Sutura de pequenos ferimentos com ou sem desbridamento ERIMENTOS DE MUCOSA: SUTURA Transecção de retalho TRANSECCAO DE RETALHOS Transferência intermediária de retalho TRANSERENCIA INTERMEDIARIA DE RETALHOS Tratamento cirúrgico de bridas constrictivas TRATAMENTO CIRURGICO DE BANDAS CONSTRITIVAS CONGENITAS Tratamento cirúrgico de grandes hemangiomas HEMANGIOMAS EXTENSOS - TRATAMENTO CIRURGICO Tratamento cirúrgico de grandes hemangiomas EXCISAO DE HEMANGIOMA EXTENSO POR EMBOLIZACAO Tratamento da miiase furunculóide (por lesão) TRATAMENTO DA MIIASE URUNCULOIDE - POR LESAO Tratamento de escaras ou ulcerações com enxerto de pele ESCARAS OU ULCERAS, CORRECAO COM RETALHO MUSCULAR OU MIOCUTA Tratamento de escaras ou ulcerações com enxerto de pele TRATAMENTO CIRURGICO DA ULCERA DA PERNA Tratamento de escaras ou ulcerações com retalhos cutâneos locais RECONSTRUCAO DE ESCARAS COM RETALHOS CUTANEOS LOCAIS Tratamento de escaras ou ulcerações com retalhos cutâneos locais ESCARAS OU ULCERA, CORRECAO COM RETALHOS CUTANEOS LOCAIS Tratamento de escaras ou ulcerações com retalhos miocutâneos ou musculares RECONSTRUCAO DE ESCARAS COM RETALHOS MIOCUTANEOS OU MUSCULAR Tratamento de fístula cutânea CORRECAO DE ISTULA CUTANEA Tratamento de fístula cutânea TRATAMENTO CIRUGICO DE ISTULA POR APROXIMACAO DE BORDAS Tratamento de lesões cutâneas e vasculares a laser/photoderm - por sessão CORRECAO DE LESOES CUTANEAS COM LASER Tratamento de lesões cutâneas e vasculares a laser/photoderm - por sessão CORRECAO DE HEMANGIOMA COM LASER TU partes moles - exérese EXERESE DE LIPOMA - POR LESAO TU partes moles - exérese TRATAMENTO CIRURGICO DOS TUMORES EXTRACRANIANOS TU partes moles - exérese TU PAREDE TORACICA - EXERESE

9 TUSS TU partes moles - exérese TU PARTES MOLES - EXERESE TU partes moles - exérese HEMANGIOMAS PROUNDOS - TRATAMENTO CIRURGICO TU partes moles - exérese TU PARTES MOLES - EXERESE TU partes moles - exérese EXERESE DE LIPOMAS Exérese de lesão / tumor de pele e mucosas NEVUS - TRATAMENTO CIRURGICO (NEVUS, HEMANGIOMAS, LINAGIOM Exérese e sutura de hemangioma, linfangioma ou nevus (por grupo de até 5 lesões) EXCISAO E SUTURA DE HEMANGIOMA, LINAGIOMA OU NEVUS - (GRUPO Exérese e sutura de hemangioma, linfangioma ou nevus (por grupo de até 5 lesões) LINANGIOMA EM RN OU LACTENTE - EXERESE Exérese e sutura simples de pequenas lesões - grupo de até CISTO, ANGIOMAS, NEVUS E TUMORES, EXCISAO E SUTURA Abscesso de unha (drenagem) - tratamento cirúrgico ABSCESSO DE UNHA-DRENAGEM Cantoplastia ungueal CANTOPLASTIA UNGUEAL Cantoplastia ungueal CANTOPLASTIA UNGUEAL Unha (enxerto) - tratamento cirúrgico UNHA - ENXERTO Retalho expandido RETALHO EXPANDIDO Biópsia de lábio BIOPSIA Biópsia de lábio BIOPSIA Excisão com plástica de vermelhão EXCISAO COM PLASTICA DE VERMELHAO Excisão com reconstrução à custa de retalhos EXCISAO COM RECONSTRUCAO A CUSTA DE RETALHOS Excisão com reconstrução à custa de retalhos EXCISAO C/ RECONSTRUCAO A CUSTA DE RETALHOS E ESVAZIAMENTO C Excisão com reconstrução à custa de retalhos EXCISAO PARCIAL DE LABIOS COM ENXERTIA LIVRE Excisão com reconstrução à custa de retalhos EXCISAO PARCIAL DE LABIO POR LESAO, COM ROTACAO DE RETALHOS Excisão com reconstrução à custa de retalhos EXCISAO C/RECONSTRUCAO A CUSTA DE RETALHOS E ESVAZIAMENTO CE Excisão com reconstrução total EXCISAO COM RECONSTRUCAO TOTAL Excisão em cunha EXCISAO EM CUNHA Excisão em cunha EXCISAO EM CUNHA DE LABIOS E SUTURA Excisão em cunha EXCISAO E SUTURA DE LABIO OU ORELHA - EM CUNHA Queiloplastia para fissura labial unilateral - por estágio TRATAMENTO CIRURGICO DE ISSURA LABIAL UNI OU BILATERAL (POR Queiloplastia para fissura labial unilateral - por estágio TRATAMENTO CIRURGICO DO LABIO LEPORINO Reconstrução de sulco gengivo-labial RECONSTRUCAO DE SULCO-GENGIVO LABIAL Reconstrução total do lábio EXCISAO E RECONSTRUCAO TOTAL DO LABIO Tratamento cirúrgico da macrostomia TRATAMENTO CIRURGICO DA MACROSTOMIA Tratamento cirúrgico da microstomia TRATAMENTO CIRURGICO DA MICROSTOMIA Reconstrução parcial do lábio RECONSTRUCAO PARCIAL DO LABIO Biópsia de boca BIOPSIA Excisão de lesão maligna com reconstrução à custa de retalhos locais EXCISAO DE LESAO MALIGNA COM RECONSTRUCAO A CUSTA DE RETALHO Excisão de lesão maligna com reconstrução à custa de retalhos locais OPERACAO COMPOSTA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL Excisão de lesão maligna com reconstrução à custa de retalhos locais OPERACAO COMPOSTA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL E REC Excisão de lesão maligna com reconstrução à custa de retalhos locais OPERACAO COMPOSTA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL RECON Excisão de lesão maligna com reconstrução à custa de retalhos locais EXCISAO DE TUMOR E ROTACAO DE RETALHO Excisão de tumor de boca com mandibulectomia OPERACAO PULL THROUGH PARA TUMORES DA BOCA ESVAZIAMENTO Excisão de tumor de boca com mandibulectomia OPERACAO PULL THROUGH PARA TUMORES DA BOCA COM ESVAZIAM Exérese de tumor e enxerto cutâneo ou mucoso EXCISAO DE TUMOR E ENXERTO DE PELE/MUCOSA ístula orofacial - tratamento cirúrgico ISTULA ORO-MAXILAR: TRATAMENTO CIRURGICO Glossectomia subtotal ou total, com ou sem mandibulectomia GLOSSECTOMIA PARCIAL Glossectomia subtotal ou total, com ou sem mandibulectomia GLOSSECTOMIA E PELVECTOMIA Glossectomia subtotal ou total, com ou sem mandibulectomia GLOSSECTOMIA COM PELVECTOMIA E MANDIBULECTOMIA COM ESVAZIAME Glossectomia subtotal ou total, com ou sem mandibulectomia GLOSSECTOMIA COM PELVECTOMIA E MANDIBULECTOMIA COM ESVAZIAME Glossectomia subtotal ou total, com ou sem mandibulectomia GLOSSECTOMIA COM PELVECTOMIA E MANDIBULECTOMIA COM ESVAZIAME Glossectomia subtotal ou total, com ou sem mandibulectomia GLOSSECTOMIA COM MANDIBULECTOMIA E ESVAZIAMENTO CERVICAL E R Palato-queiloplastia unilateral PALATO-LABIOPLASTIA UNILATERAL Palatoplastia com enxerto ósseo PALATOPLASTIA COM ENXERTO OSSEO Palatoplastia com retalho faríngeo PALATOPLASTIA COM RETALHO ARINGEO Palatoplastia com retalho miomucoso PALATOPLASTIA COM RETALHO MIO-MUCOSO Palatoplastia parcial PALATOPLASTIA PARCIAL Palatoplastia total PALATOPLASTIA COMPLETA Plástica do ducto parotídeo PLASTICA DO CANAL DE STENON renotomia lingual RENOTOMIA LINGUAL OU LABIAL Tumor de língua - tratamento cirúrgico TUMOR DE LINGUA - TRATAMENTO CIRURGICO Biópsia de glândula salivar BIOPSIA DE GLANDULAS SALIVARES MENORES Biópsia de glândula salivar BIOPSIA Excisão de glândula submandibular RESSECCAO DE TUMOR DE GLANDULAS SUB-MANDIBULAR

10 TUSS Excisão de glândula submandibular RESSECCAO DE GLANDULAS SALIVARES MENORES A CUSTA DE RETALHOS Exérese de rânula ou mucocele RESSECCAO DE TUMOR DE PEQUENAS GLANDULAS Exérese de rânula ou mucocele EXERESE DE RANULA SALIVAR Parotidectomia total ampliada com ou sem reconstrução com retalhos locais PAROTIDECTOMIA TOTAL COM RESSECCAO DE PELE E RECONSTRUCAO A Parotidectomia total com conservação do nervo facial RESSECCAO DE TUMOR DE PAROTIDA COM CONSERVACAO DO NERVO ACI Parotidectomia total com conservação do nervo facial PAROTIDECTOMIA TOTAL COM RESSECCAO DO RAMO ASCENDENTE DA MAN Parotidectomia total com reconstrução do nervo facial RESSECCAO DE TUMOR DE PAROTIDA COM ENXERTO DE NERVO ACIAL Parotidectomia total com sacrificio do nervo facial, sem reconstrução PAROTIDECTOMIA TOTAL Plastia de ducto salivar ou exérese de cálculo ou de rânula salivar EXERESE DE CALCULO DE CANAL SALIVAR Ressecção de tumor de glândula sublingual RESSECCAO DE TUMOR DE GLANDULAS SUB-LINGUAL Ressecção de tumor de glândula sublingual RESSECCAO DE TUMOR DE GLANDULA SALIVAR COM ESVAZIAMENTO CER Abscesso faríngeo - qualquer área ABSCESSO ARINGEO - QUALQUER AREA Adeno-amigdalectomia AMIGDALECTOMIA COM ADENOIDECTOMIA Adenoidectomia ADENOIDECTOMIA Amigdalectomia das palatinas AMIGDALECTOMIA DAS PALATINAS Amigdalectomia lingual AMIDALECTOMIA LINGUAL Biópsia do cavum, orofaringe ou hipofaringe BIOPSIA DO CAVUM E OROARINGE Biópsia do cavum, orofaringe ou hipofaringe BIOPSIA DO HIPOARINGE Biópsia do cavum, orofaringe ou hipofaringe BIOPSIA DE CAVUM E OROARINGE (P/ TUMOR) Biópsia do cavum, orofaringe ou hipofaringe BIOPSIA DE HIPOARINGE (P/TUMOR) Cauterização (qualquer técnica) por sessão CAUTERIZACAO (QUIMICA OU ELETRICA) - CADA SESSAO Corpo estranho de faringe - retirada em consultório CORPO ESTRANHO DE ARINGE - RETIRADA EM CONSULTORIO Corpo estranho de faringe - retirada sob anestesia geral CORPO ESTRANHO DE ARINGE - RETIRADA C/ ANESTESIA GERAL aringolaringectomia ARINGOLARINGECTOMIA aringolaringectomia ARINGOLARINGECTOMIA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL aringolaringectomia ARINGOLARINGECTOMIA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL BILATERAL aringolaringectomia ARINGOLARINGECTOMIA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL E RECONSTRUCA aringolaringectomia ARINGOLARINGECTOMIA aringolaringoesofagectomia total ARINGOLARINGECTOMIA COM ESVAZIAMENTO UNILATERAL aringolaringoesofagectomia total ARINGOLARINGECTOMIA COM ESVAZIAMENTO BILATERAL Ressecção de tumor de faringe (via bucal ou nasal) RESSECCAO DE TUMOR DO RINOARINGE (VIA BUCAL OU NASAL) Ressecção de tumor de faringe (via bucal ou nasal) EXTIRPACAO DE TUMOR DO RINOARINGE VIA TRANSPALATINA OU TRAN Ressecção de tumor de faringe (via bucal ou nasal) RESSECCAO DE TUMOR DO ARINGE - BASE DA LINGUA OU PAREDE POS Ressecção de tumor de faringe com acesso por faringotomia ou por retalho jugal RESSECCAO DE TUMORES DO ARINGE COM RECONSTRUCAO A CUSTA DE Tumor de boca ou faringe - ressecção TUMOR BENIGNO DE ARINGE - RESSECCAO Uvulopalatofaringoplastia (qualquer técnica) UVULOPALATO-ARINGOPLASTIA Uvulopalatofaringoplastia (qualquer técnica) UVULOPALATOARINGOPLASTIA COM USO DE TECNICA COMPLEMENTAR Alargamento de traqueostomia ALARGAMENTO DE TRAQUEOTOMIA Aritenoidectomia microcirúrgica ARITENOIDECTOMIA MICROCIRURGICA Aritenoidectomia ou aritenopexia via externa ARITENOIDECTOMIA OU ARITENOPEXIA VIA EXTERNA Confecção de fístula tráqueo-esofágica para prótese fonatória com miotomia faríngea ISTULA TRAQUEOESOAGICA ADQUIRIDA: TRATAMENTO CIRURGICO, VI Injeção intralaríngea de toxina botulínica INJECAO INTRALARINGEA DE TOXINA BOTULINICA Laringectomia parcial LARINGECTOMIA TOTAL Laringectomia parcial LARINGECTOMIA PARCIAL - CORDECTOMIA Laringectomia parcial LARINGECTOMIA RONTO- LATERAL Laringectomia parcial LARINGECTOMIA PARCIAL Laringectomia parcial LARINGECTOMIA PARCIAL COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL Laringectomia parcial LARINGECTOMIA PARCIAL COM ESVAZIAMENTO CERVICAL BILATERAL Laringectomia parcial LARINGECTOMIA PARCIAL OU TOTAL COM ESVAZIAMENTO UNILATERAL Laringectomia parcial LARINGECTOMIA PARCIAL OU TOTAL COM ESVAZIAMENTO BILATERAL Laringectomia total LARINGECTOMIA PARCIAL OU TOTAL Laringectomia total LARINGECTOMIA TOTAL COM RECONSTRUCAO PARA ONACAO Laringectomia total LARINGECTOMIA TOTAL COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL Laringectomia total LARINGECTOMIA TOTAL COM ESVAZIAMENTO CERVICAL BILATERAL Laringofissura (inclusive com cordectomia) LARINGOISSURA (INCLUSIVE COM CORDECTOMIA) Laringofissura (inclusive com cordectomia) LARINGOISSURA Laringotraqueoplastia LARINGOTRAQUEOPLASTIA Laringotraqueoplastia CORRECAO DE ESTENOSE TRAQUEAL POR CERVICO-TORACOTOMIA E LARI Microcirurgia com laser para remoção de lesões malignas MICROCIRURGIA COM LASER P/REMOCAO DE LESOES MALIGNAS Microcirurgia com uso de laser para ressecção de lesões benignas MICROCIRURGIA COM USO DE LASER PARA RESSECCAO DE LESOES BENI Microcirurgia para decorticação ou tratamento de edema de Reinke MICROCIRURGIA PARA DECORTICACAO OU TRATAMENTO DE EDEMA DE RE

11 TUSS Microcirurgia para remoção de cisto ou lesão intracordal MICROCIRURGIA PARA REMOCAO DE CISTO OU LESAO INTRACORDAL Microcirurgia para ressecção de papiloma MICROCIRURGIA PARA RESSECCAO DE PAPILOMA Microcirurgia para ressecção de pólipo, nódulo ou granuloma MICROCIRURGIA PARA RESSECCAO DE POLIPO, NODULO OU GRANULOMA Microcirurgia para tratamento de paralisia de prega vocal (inclui injeção de materiais) MICROCIRURGIA PARA TRATAMENTO DE PARALISIA DE PREGA VOCAL (I Reconstrução para fonação após laringectomia RECONSTRUCAO PARA ONACAO (ACRESCENTAR AO PROCEDIMENTO) Tiroplastia tipo 1 com rotação de aritenóide TIROPLASTIA TIPO 1 COM ROTACAO DE ARITENOIDE Tiroplastia tipo 1 simples TIROPLASTIA TIPO 1 SIMPLES Tiroplastia tipo 2 ou TIROPLASTIA TIPO 2 OU Tratamento cirúrgico da estenose laringo-traqueal LARINGOTRAQUEOPLASTIA PARA CORRECAO DE ESTENOSE SUBGLOTICA Tratamento cirúrgico de trauma laríngeo (agudo) TRATAMENTO CIRURGICO DE TRAUMA LARINGEO (AGUDO) Redução de fratura do malar (sem fixação) REDUCAO DE RATURA DO MALAR (SEM IXACAO) Redução de fratura do malar (sem fixação) RATURA DO MALAR - REDUCAO INSTRUMENTAL SEM IXACAO Redução de fratura do malar (com fixação) REDUCAO DE RATURA DO MALAR (COM IXACAO) Redução de fratura do malar (com fixação) RATURA DO MALAR - REDUCAO CIRURGICA COM IXACAO Redução de fratura de seio frontal (acesso frontal) AUNDAMENTO DO SEIO RONTAL - TRATAMENTO CIRURGICO Redução de fratura de seio frontal (acesso frontal) REDUCAO DE RATURA DE SEIO RONTAL (ACESSO RONTAL) Redução de fratura de seio frontal (acesso frontal) RATURA DO SEIO RONTAL - REDUCAO E IXACAO POR ACESSO RONT Redução de fratura de seio frontal (acesso coronal) REDUCAO DE RATURA DE SEIO RONTAL (ACESSO CORONAL) Redução de fratura de seio frontal (acesso coronal) RATURA DO SEIO RONTAL- REDUCAO E IXACAO POR ACESSO CORONA ratura do arco zigomático - redução instrumental sem fixação RATURA DO ARCO ZIGOMATICO - REDUCAO INSTRUMENTAL SEM IXACA ratura do arco zigomático - redução cirúrgica com fixação RATURA DO ARCO ZIGOMATICO - REDUCAO CIRURGICA COM IXACAO ratura simples de mandíbula com contenção e bloqueio intermaxilar eventual RATURA AVORAVEL SIMPLES DE MANDIBULA DE CONTENSAO E BLOQUE ratura simples de mandíbula - redução cirúrgica com fixação óssea e bloqueio intermaxilar RATURA SIMPLES DE MANDIBULA - REDUCAO CIRURGICA COM IXACAO eventual ratura naso etmóido órbito-etmoidal RATURA NASO-ETMOIDO-ORBITARIO (UNILATERAL) ratura naso etmóido órbito-etmoidal RATURA NASO-ETMOIDO-ORBITARIO (BILATERAL) ratura cominutiva de mandíbula - redução cirúrgica com fixação óssea e bloqueio intermaxilar eventual RATURA COMINUTIVA DE MANDIBULA - REDUCAO CIRURGICA COM IXA raturas complexas de mandíbula - redução cirúrgica com fixação óssea e eventual bloqueio intermaxilar RATURAS COMPLEXAS DE MADIBULA - REDUCAO CIRURGICA COM IXAC raturas alveolares - fixação com aparelho e contenção RATURAS ALVEOLARES - IXACAO COM APARELHO DE CONTENSAO ratura de maxila, tipo Lefort I e II - redução e aplicação de levantamento zigomáticomaxilar com bloqueio intermaxilar eventual RATURA DA MAXILA, TIPO LEORT I E II - REDUCAO APLICACAO DE ratura de maxila, tipo Lefort III - redução e aplicação de levantamento crânio-maxilar com bloqueio intermaxilar eventual RATURA DA MAXILA, TIPO LEORT III - REDUCAO E APLICACAO DE ratura Lefort I - fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento e bloqueio intermaxilar eventual RATURA LEORT I - IXACAO CIRURGICA COM SINTESE OSSEA, LEVA ratura Lefort II - fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento e bloqueio intermaxilar RATURA LEORT II - IXACAO CIRURGICA COM SINTESE OSSEA, LEV eventual ratura Lefort III - fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento crânio-maxilar e bloqueio intermaxilar eventual RATURA LEORT III - IXACAO CIRURGICA COM SINTESE OSSEA, LE raturas múltiplas de terço médio da face:fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento crânio maxilar e bloqueio intermaxilar RATURAS MULTIPLAS DO TERCO MEDIO DA ACE: IXACAO CIRURGICA raturas complexas do terço médio da face, fixação cirúrgica com síntese, levantamento crânio-maxilar, enxerto ósseo, halo craniano eventual RATURAS COMPLEXAS DO TERCO MEDIO DA ACE - IXACAO CIRURGIC Retirada dos meios de fixação (na face) RETIRADA DOS MEIOS DE IXACAO Tratamento conservador de fratura de ossos TRATAMENTO CONSERVADOR DE RATURAS DOS OSSOS DA ACE Artroplastia para luxação recidivante da articulação têmporo-mandibular ARTROPLASTIA PARA LUXACAO RECIDIVANTE DA ARTICULACAO TEMPORO Osteoplastia para prognatismo, micrognatismo ou laterognatismo OSTEOPLASTIA PARA PROGNATISMO OU MICROGNATISMO Osteotomias alvéolo palatinas OSTEOTOMIAS ALVEOLO PALATINAS Osteotomias segmentares da maxila ou malar OSTEOTOMIAS SEGMENTARES DA MAXILA OU MALAR Osteotomia tipo Lefort I OSTEOTOMIA TIPO LEORT I Osteotomia tipo Lefort II OSTEOTOMIA TIPO LEORT II Osteotomia tipo Lefort III - extracraniana OSTEOTOMIA TIPO LEORT III - EXTRA CRANIANA Osteotomia crânio-maxilares complexas OSTEOTOMIAS CRANIO-MAXILARES COMPLEXAS Redução simples da luxação da articulação têmporo-mandibular com fixação intermaxilar REDUCAO SIMPLES DA LUXACAO DA ARTICULACAO TEMPORO-MANDIBULAR Reconstrução parcial da mandíbula com enxerto ósseo RECONSTRUCAO PARCIAL DA MANDIBULA COM ENXERTO OSSEO Reconstrução total de mandíbula com prótese e ou enxerto ósseo RECONSTRUCAO TOTAL DA MANDIBULA COM PROTESE E OU ENXERTO OSS Tratamento cirúrgico de anquilose da articulação têmporo mandibular TRATAMENTO CIRURGICO DA ANQUILOSE DA ARTICULACAO TEMPORO-MAN Translocação etmóido orbital para tratamento do hipertelorismo miocutâneo associado a expansor de tecido por lado TRANSLOCACAO ETMOIDO ORBITARIA PARA TRATAMENTO DO HIPERTELOR Osteoplastias etmóido orbitais OSTEOPLASTIAS DE ETMOIDO ORBITARIAS Osteoplastias de mandíbula OSTEOPLASTIA DA MANDIBULA

12 TUSS Osteoplastias do arco zigomático OSTEOPLASTIA DO MALAR E ARCO ZIGOMATICO Osteoplastias da órbita OSTEOPLASTIA DA ORBITA Hemiatrofia facial, correção com enxerto de gordura ou implante HEMIATROIA ACIAL, CORRECAO COM ENXERTO DE GORDURA Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região oral), sem neurotização PARALISIA DA ACE: TRATAMENTO CIRURGICO Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região oral), sem neurotização PARALISIA ACIAL - REANIMACAO COM O MUSCULO TEMPORAL (REGIAO Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região orbital), sem neurotização PARALISIA DA ACE: TRATAMENTO CIRURGICO Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região orbital), sem neurotização PARALISIA ACIAL (SUSPENSAO DA HEMI-ACE):TRATAMENTO CIRURGI Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região oral), sem neurotização PARALISIA ACIAL - REANIMACAO COM O MUSCULO TEMPORAL (REGIAO Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região oral) com neurotização ANASTOMOSE ESPINO-ACIAL Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região oral) com neurotização PARALISIA ACIAL - REANIMACAO COM O MUSCULO TEMPORAL (REGIAO Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região orbital e oral) com neurotização ANATOMOSES HIPOGLOSSO-ACIAL Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região PARALISIA ACIAL - REANIMACAO COM O MUSCULO TEMPORAL (REGIAO Reconstrução com retalhos axiais supra-orbitais e supratrocleares RECONSTRUCAO COM RETALHOS AXIAIS SUPRA ORBITAIS E SUPRA TROC Reconstrução com retalho axial da artéria temporal superficial RECONSTRUCAO COM RETALHO AXIAL DA ARTERIA TEMPORAL SUPERICI Reconstrução com retalhos em VY de pedículo subarterial RECONSTRUCAO COM RETALHOS EM VY DE PEDICULO SUB-ARTERIAL Reconstrução com rotação do músculo temporal RECONSTRUCAO COM ROTACAO DO MUSCULO TEMPORAL Exérese de tumor benigno, cisto ou fístula EXERESE DE CISTO OU ISTULA BRANQUIAL Exérese de tumor benigno, cisto ou fístula TUMORES POR VIA EXTERNA OU ENDOBUCAL- RESSECCAO Biópsia de mandíbula BIOPSIA DE MANDIBULA Ressecção de tumor de mandíbula com desarticulação de ATM HEMIMANDIBULECTOMIA Ressecção de tumor de mandíbula com desarticulação de ATM HEMIMANDIBULECTOMIA COM COLOCACAO DE PROTESE Hemimandibulectomia ou ressecção segmentar ou seccional da mandíbula HEMI-MANDIBULECTOMIA OU RESSECCAO SECCIONAL DA MANDIBULA Hemimandibulectomia ou ressecção segmentar ou seccional da mandíbula RESSECCAO PARCIAL (SEGMENTAR OU SECCIONAL) Hemimandibulectomia ou ressecção segmentar ou seccional da mandíbula RESSECCAO PARCIAL COM ENXERTO OSSEO Hemimandibulectomia ou ressecção segmentar ou seccional da mandíbula HEMIMANDIBULECTOMIA COM ENXERTO OSSEO Mandibulectomia total MANDIBULECTOMIA TOTAL OU SUBTOTAL SEM ESVAZIAMENTO GANGLIONA Mandibulectomia total MANDIBULECTOMIA COM RECONSTRUCAO A CUSTA DE OSTEOMIOCUTANEO Mandibulectomia total MANDIBULECTOMIA COM OU SEM ESVAZIAMENTO ORBITARIO E RINOTOMI Esvaziamento cervical radical (especificar o lado) ESVAZIAMENTO CERVICAL RADICAL UNILATERAL Esvaziamento cervical radical (especificar o lado) ESVAZIAMENTO CERVICAL RADICAL BILATERAL Esvaziamento cervical radical ampliado ESVAZIAMENTO CERVICAL RADICAL AMPLIADO (INCLUINDO TRIANGULO Esvaziamento cervical radical ampliado OPERACAO COMPOSTA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL BILATERAL Esvaziamento cervical radical ampliado OPERACAO COMPOSTA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL BILATERAL E RECO Esvaziamento cervical seletivo (especificar o lado) ESVAZIAMENTO CERVICAL PARCIAL UNILATERAL Esvaziamento cervical seletivo (especificar o lado) ESVAZIAMENTO CERVICAL PARCIAL BILATERAL Exérese de cisto branquial EXERESE DE CISTO BRANQUIAL Exérese de cisto tireoglosso EXERESE DE CISTO TIREOGLOSSO Exérese de cisto tireoglosso EXERESE DE CISTO OU ISTULA TIREOGLOSSO Exérese de tumor benigno, cisto ou fístula cervical EXERESE DE CISTO OU ISTULA BRANQUIAL Exérese de tumor benigno, cisto ou fístula cervical EXERESE DE TUMORES BENIGNOS Exérese de tumor benigno, cisto ou fístula cervical TERATOMA CERVICAL Linfadenectomia profunda LINADENECTOMIA PROUNDA Linfadenectomia superficial LINADENECTOMIA SUPERICIAL Neuroblastoma cervical - exérese NEUROBLASTOMA CERVICAL - EXERESE Punção-biópsia de pescoço PUNCAO DE BACO Reconstrução de esôfago cervical RECONSTRUCAO DE ESÔAGO CERVICAL COM RETALHO MUSCULAR OU MIO Ressecção de tumor de corpo carotídeo RESSECCAO DE TUMOR GLÔMICO Retração cicatricial cervical - por estágio RETRACAO CICATRICIAL - VARIOS ESTAGIOS (POR ESTAGIO) Retração cicatricial cervical com emprego de expansores de tecido - por estágio CORRECAO DE RETRACAO CERVICAL COM O AUXILIO DE EXPANSORES DE Torcicolo congênito - tratamento cirúrgico TORCICOLO CONGENITO MUSCULAR - TRATAMENTO CIRURGICO Torcicolo congênito - tratamento cirúrgico TORCICOLO CONGENITO - TRATAMENTO CIRURGICO Torcicolo congênito - tratamento cirúrgico TRATAMENTO CIRURGICO DE TORCICOLO CONGENITO Tratamento cirúrgico de fístula com retalho cutâneo TRATAMENTO CIRURGICO DE ISTULA COM RETALHO CUTANEO Biópsia de tireóide BIOPSIA Biópsia de tireóide BIOPSIA DA TIREOIDE Bócio mergulhante: extirpação por acesso cérvico-torácico BOCIO INTRATORACICO - EXTIRPACAO POR VIA TRANSESTERNAL Bócio mergulhante: extirpação por acesso cérvico-torácico BOCIO INTRATORACICO - EXTIRPACAO POR VIA TRANSESTERNAL Bócio mergulhante: extirpação por acesso cérvico-torácico BOCIO INTRA-TORACICO, RESSECCAO (QUALQUER VIA) Tireoidectomia parcial TIREOIDECTOMIA PARCIAL BILATERAL

13 TUSS Tireoidectomia parcial TIREOIDECTOMIA PARCIAL E UNILATERAL Tireoidectomia parcial TIREOIDECTOMIA PARCIAL UNILATERAL Tireoidectomia parcial TIREOIDECTOMIA PARCIAL BILATERAL Tireoidectomia total TIREOIDECTOMIA TOTAL Tireoidectomia total TIREOIDECTOMIA TOTAL Tireoidectomia total TIREOIDECTOMIA TOTAL COM ESVAZIAMENTO GANGLIONAR UNILATERAL Tireoidectomia total TIREOIDECTOMIA TOTAL COM ESVAZIAMENTO GANGLIONAR BILATERAL Tireoidectomia total TIREOIDECTOMIA TOTAL COM ESVAZIAMENTO GANGLIONAR UNILATERAL Tireoidectomia total TIREOIDECTOMIA TOTAL COM ESVAZIAMENTO GANGLIONAR BILATERAL Biópsia de paratireóide BIOPSIA Biópsia de paratireóide BIOPSIA DA PARATIREOIDE Paratireoidectomia com toracotomia PARATIREOIDECTOMIA COM EXTERNOTOMIA Paratireoidectomia com toracotomia PARATIREOIDECTOMIA COM ESTERNOTOMIA Paratireoidectomia com toracotomia PARATIREOIDECTOMIA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL Paratireoidectomia com toracotomia PARATIREOIDECTOMIA COM ESVAZIAMENTO SERVICAL BILATERAL Reimplante de paratireóide previamente preservada REIMPLANTE DE PARATIREOIDE PREVIAMENTE PRESERVADA Reimplante de paratireóide previamente preservada PARATIREOIDECTOMIA TOTAL COM IMPLANTE DE PARATIREOIDES Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo primário ADENOMA - RESSECCAO Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo primário ADENOMA - RESSECCAO Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo primário PARATIREOIDECTOMIA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL UNILATERAL Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo primário PARATIREOIDECTOMIA COM ESVAZIAMENTO CERVICAL BILATERAL Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo secundário PARATIREOIDECTOMIA SUBTOTAL Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo secundário PARATIREOIDECTOMIA SUBTOTAL Cranioplastia CRANIOPLASTIA Craniotomia descompressiva CRANIOTOMIA DESCOMPRESSIVA Craniotomia para tumores ósseos TUMORES OSSEOS DO CRANIO - CRANIECTOMIA Craniotomia para tumores ósseos TUMORES OSSEOS DO CRANIO COM CRANIOPLASTIA - CRANIECTOMIAS Reconstrução craniana ou craniofacial RECONSTRUCAO CRANIANA OU CRANIO-ACIAL Retirada de cranioplastia CRANIOPLASTIA - RETIRADA DA PLACA Tratamento cirúrgico da craniossinostose CRANIOSSINOSTOSE - TRATAMENTO CIRURGICO Tratamento cirúrgico da fratura do crânio - afundamento RATURA DE ABOBADA COM LESAO MENINGO-CORTICAL-TRATAMENTO CIR Tratamento cirúrgico da fratura do crânio - afundamento RATURA DE ABOBADA SEM LESAO MENINGO-CORTICAL-TRATAMENTO CIR Tratamento cirúrgico da osteomielite de crânio OSTEOMIELITE DE CRANIO - TRATAMENTO CIRURGICO Tratamento cirúrgico da osteomielite de crânio TRATAMENTO CIRURGICO DA OSTEOMIELITE Abscesso de pálpebra - drenagem ABSCESSO Biópsia de pálpebra BIOPSIA Biópsia de pálpebra BIOPSIA Blefarorrafia BLEARORRAIA DEINITIVA Calázio - exérese CALAZIO Cantoplastia lateral CANTOPLASTIA LATERAL Cantoplastia medial CANTOPLASTIA MEDIAL Coloboma - com plástica COLOBOMA - COM PLASTICA Correção cirúrgica de ectrópio ou entrópio ENTROPIO Correção cirúrgica de ectrópio ou entrópio ECTROPIO Correção cirúrgica de ectrópio ou entrópio CORRECAO CIRURGICA DE ENTROPIO OU ECTROPIO Correção de bolsas palpebrais - unilateral CORRECAO DE BOLSAS PALPEBRAIS Dermatocalaze ou blefarocalaze exérese - unilateral DERMATOCALAZE OU BLEAROCALAZE Epicanto - correção cirúrgica - unilateral EPICANTO Epicanto - correção cirúrgica - unilateral CORRECAO CIRURGICA DE EPICANTUS Epilação EPILACAO Epilação de cílios (diatermo-coagulação) EPILACAO DE CILIOS (DIATERMO-COAGULACAO) Epilação de cílios (diatermo-coagulação) EPILACAO DE CILIOS (DIATERMO-COAGULACAO) issura palpebral - correção cirúrgica CORRECAO CIRURGICA DE ISSURA PALPEBRAL issura palpebral - correção cirúrgica CORRECAO CIRURGICA DE ISSURA PALPEBRAL Lagoftalmo - correção cirúrgica CORRECAO CIRURGICA DE LAGOTALMO Lagoftalmo - correção cirúrgica CORRECAO CIRURGICA DE LAGOTALMO Pálpebra - reconstrução parcial (com ou sem ressecção de tumor) RECONSTRUCAO PARCIAL DE PALPEBRA (COM OU SEM RESSECCAO DE TU Pálpebra - reconstrução parcial (com ou sem ressecção de tumor) RECONSTRUCAO PARCIAL DE PALPEBRA Pálpebra - reconstrução total (com ou sem ressecção de tumor) - por estágio RECONSTRUCAO TOTAL DE PALPEBRA (COM OU SEM RESSECCAO DE TUMO Pálpebra - reconstrução total (com ou sem ressecção de tumor) - por estágio RESSECCAO DE TUMORES PALPEBRAIS E RECONSTRUCAO TOTAL Pálpebra - reconstrução total (com ou sem ressecção de tumor) - por estágio RECONSTRUCAO TOTAL DE PALPEBRA Ptose palpebral - correção cirúrgica - unilateral PTOSE Ptose palpebral - correção cirúrgica - unilateral CORRECAO CIRURGICA DE PTOSE PALPEBRAL

14 TUSS Ressecção de tumores palpebrais RESSECCAO DE TUMORES PALPEBRAIS COM RECONSTRUCAO PARCIAL Ressecção de tumores palpebrais TUMOR EXERESE - SEM PLASTICA Ressecção de tumores palpebrais TUMOR, EXERESE Retração palpebral - correção cirúrgica RETRATACAO PALPEBRAL Simbléfaro com ou sem enxerto - correção cirúrgica SIMBLEARO Simbléfaro com ou sem enxerto - correção cirúrgica CORRECAO CIRURGICA DE SIMBLEARO Supercílio - reconstrução total RECONSTRUCAO TOTAL DE SUPERCILIO Supercílio - reconstrução total RECONSTRUCAO TOTAL DE SUPERCILIOS Sutura de pálpebra SUTURA Tarsorrafia TARSORRAIA Tarsorrafia TARSORRAIA Telecanto - correção cirúrgica - unilateral TELECANTO Triquíase com ou sem enxerto TRIQUIASE - COM DIATERMONO-COAGULACAO Xantelasma palpebral - exérese - unilateral XANTELASMA Correção da enoftalmia CORRECAO DA ENOTALMIA Descompressão de órbita ou nervo ótico ORBITA - DESCOMPRESSAO Descompressão de órbita ou nervo ótico DESCOMPRESSAO Descompressão de órbita ou nervo ótico DESCOMPRESSAO ORBITARIA: TRANS-MAXILO ETMOIDAL Descompressão de órbita ou nervo ótico DESCOMPRESSAO DE ORBITA Exenteração de órbita EXENTERACAO Exenteração de órbita EXENTERACAO Exérese de tumor com abordagem craniofacial oncológica (tempo facial) pálpebra, cavidade RESSECCAO DE TUMORES DA CAVIDADE ORBITARIA orbitária e olhos ratura de órbita - redução cirúrgica RATURA DE ORBITA - REDUCAO CIRURGICA ratura de órbita - redução cirúrgica e enxerto ósseo RATURA DE ORBITA - REDUCAO CIRURGICA E ENXERTO OSSEO Implante secundário de órbita IMPLANTE SECUNDARIO Microcirurgia para tumores orbitários MICROCIRURGIA PARA TUMORES ORBITARIOS Reconstituição de paredes orbitárias RECONSTITUICAO DE PAREDES ORBITARIAS Reconstrução parcial de cavidade orbital - por estágio RECONSTRUCAO PARCIAL DE CAVIDADE ORBITARIA Reconstrução parcial de cavidade orbital - por estágio RECONSTRUCAO TOTAL OU PARCIAL DA CAVIDADE ORBITARIA Reconstrução parcial de cavidade orbital - por estágio RECONSTRUCAO DE CAVIDADE ORBITARIA COM RETALHO MUSCULAR Reconstrução parcial de cavidade orbital - por estágio RECONSTRUCAO DE CAVIDADE ORBITARIA COM RETALHO MUSCULAR EXPA Reconstrução total da cavidade orbital - por estágio RECONSTRUCAO TOTAL DE CAVIDADE ORBITARIA Tumor de órbita - exérese RESSECCAO DE TUMORES DA CAVIDADE ORBITARIA Tumor de órbita - exérese RESSECCAO DE TUMOR EM ORBITA ECHADA Tumor de órbita - exérese TUMOR INTRA-ORBITARIO: RESSECCAO Tumor de órbita - exérese TUMOR - EXERESE Autotransplante conjuntival TRANSPLANTE CONJUNTIVAL Biópsia de conjuntiva BIOPSIA Infiltração subconjuntival INILTRACAO SUB-CONJUNTIVAL Plástica de conjuntiva PLASTICA DE CONJUNTIVA Pterígio - exérese PTERIGIO - EXERESE Reconstituição de fundo de saco RECONSTITUICAO DE CAVIDADE Sutura de conjuntiva SUTURA Tumor de conjuntiva - exérese TUMOR - EXERESE Cauterização de córnea CAUTERIZACAO DE ULCERA Ceratectomia superficial - monocular PREPARACAO E PRESERVACAO DE CORNEA DOADOR Corpo estranho da córnea - retirada CORPO ESTRANHO - RETIRADA Recobrimento conjuntival RECOBRIMENTO CONJUNTIVAL Sutura de córnea (com ou sem hérnia de íris) SUTURA (COM OU SEM HERNIA DE IRIS) Tarsoconjuntivoceratoplastia TARSOCONJUNTIVOCERATOPLASTIA Delaminação corneana com fotoablação estromal - LASIK CERATOTOMIA RADIAL E ASTIGMATICA Paracentese da câmara anterior PARACENTESE Reconstrução da câmara anterior RECONSTRUCAO DE CAMARA ANTERIOR Remoção de hifema REMOCAO DE HIEMA Retirada de corpo estranho da câmara anterior RETIRADA DE CORPO ESTRANHO Capsulotomia YAG ou cirúrgica CAPSULECTOMIA (YAG OU CIRURGICA) Capsulotomia YAG ou cirúrgica CAPSULECTOMIA acectomia com lente intra-ocular com facoemulsificação IMPLANTE SECUNDARIO DE LENTE INTRA-OCULAR acectomia com lente intra-ocular sem facoemulsificação ACETOMIA COM IMPLANTE DE LENTE INTRA OCULAR (SOMENTE HONORA acectomia sem implante ACETOMIA SEM IMPLANTE Implante secundário / explante / fixação escleral ou iriana IMPLANTE SECUNDARIO DE LENTE INTRA-OCULAR Biópsia de tumor via pars plana BIOPSIA DE TUMOR VIA PARS PLANA Biópsia de vítreo via pars plana BIOPSIA DE VITREO VIA PARS PLANA Endolaser/Endodiatermia ENDO (LASER-CRIOTERAPIA-DIATERMIA)

15 TUSS Implante de silicone intravítreo IMPLANTE DE SILICONE INTRAVITREO Infusão de perfluocarbono INUSAO DE PERLUOCARBONO Membranectomia EPI ou sub-retiniana MEMBRANECTOMIA PERIRRETINIANA Retirada de corpo estranho do corpo vítreo CORPO ESTRANHO IMANTAVEL Retirada de corpo estranho do corpo vítreo CISTICERCO Retirada de corpo estranho do corpo vítreo CORPO ESTRANHO NAO IMANTAVEL Troca fluido gasosa TROCA LUIDO GASOSA - POS-OPERATORIO (LUIDO INCLUSO) Vitrectomia a céu aberto - ceratoprótese VITRECTOMIA A CEU ABERTO Vitrectomia a céu aberto - ceratoprótese VITRECTOMIA ANTERIOR COM CERATOPROTESE Vitrectomia anterior VITRECTOMIA ANTERIOR Vitrectomia vias pars plana VITRECTOMIA (VIAS PARS PLANA) Biópsia de esclera BIOPSIA Enxerto de esclera (qualquer técnica) ENXERTO DE ESCLERA (QUALQUER TECNICA) Sutura de esclera SUTURA Exérese de tumor de esclera EXERESE DE TUMOR Enucleação ou evisceração com ou sem implante ENUCLEACAO SEM IMPLANTE OU EVISCERACAO Enucleação ou evisceração com ou sem implante ENUCLEACAO COM IMPLANTE OU EVISCERACAO Enucleação ou evisceração com ou sem implante EVISCERACAO SEM IMPLANTE Enucleação ou evisceração com ou sem implante EVISCERACAO COM IMPLANTE Injeção retrobulbar INJECAO RETRO BULBAR Reconstituição de globo ocular com lesão de estruturas intra-oculares RECONSTITUICAO DE GLOBO OCULARES COM LESAO DE ESTRUTURAS IN Biópsia de íris e corpo ciliar BIOPSIA Cicloterapia - qualquer técnica CICLODIATERMIA Cicloterapia - qualquer técnica CRIOCICLOTERAPIA Cicloterapia - qualquer técnica CRIOCICLOTERAPIA Cirurgias fistulizantes antiglaucomatosas CIRURGIAS ANTIGLAUCOMATOSAS (QUALQUER TECNICA ) Cirurgias fistulizantes com implantes valvulares IMPLANTES VALVULARES Drenagem de descolamento de coróide DRENAGEM DE DESCOLAMENTO DE COROIDE ototrabeculoplastia (laser) OTOTROBECULOPLASTIA (LASER) Goniotomia ou trabeculotomia CIRURGIA DO GLAUCOMA CONGENITO Iridectomia (laser ou cirúrgica) IRIDECTOMIA (LASER OU CIRURGICA) Iridectomia (laser ou cirúrgica) IRIDECTOMIA Iridociclectomia IRIDOCICLECTOMIA Sinequiotomia (cirúrgica) SINEQUIOTOMIA (CIRURGICO) Sinequiotomia (laser) SINEQUIOTOMIA (LASER) Biópsia de músculos BIOPSIA Estrabismo horizontal - monocular - tratamento ciúrgico ESTRABISMO (INCLUSIVE BILATERAL) Aplicação de placa radiativa episcleral APLICACAO DE PLACA RADIATIVA EPISCLERAL Biópsia de retina BIOPSIA DE RETINA Exérese de tumor de coróide e/ou corpo ciliar EXERESE DE TUMOR DE COROIDE E/OU CORPO CILIAR otocoagulação (laser) - por sessão - monocular OTOCOAGULACAO (POR SESSAO) - LASER otocoagulação (laser) - por sessão - monocular CICLO OTOCOAGULACAO A LASER Pancrioterapia periférica PANCRIOTERAPIA PERIERICA Remoção de implante episcleral REMOCAO DE IMPLANTE EPISCLERAL Retinopexia com introflexão escleral RETINOPEXIA COM INTROLEXAO ESCLERAL (QUALQUER TECNICA) SOME Retinopexia com introflexão escleral RETINOPEXIA COM INTROLEXAO ESCLERAL + VITRECTOMIA + ENDOOT Retinopexia pneumática RETINOPEXIA PNEUMATICA Retinopexia profilática (criopexia) RETINOPEXIA PROILATICA (CRIOPEXIA) Cirurgia da glândula lacrimal CIRURGIA DA GLANDULA LACRIMAL Dacriocistectomia - unilateral DACRIOCISTECTOMIA Dacriocistorrinostomia com ou sem intubação - unilateral DACRIOCISTORRINOSTOMIA echamento dos pontos lacrimais ECHAMENTO DOS PONTOS LACRIMAIS Reconstituição de vias lacrimais com silicone ou outro material RECONSTITUICAO DE VIAS LACRIMAIS COM VEIA SAENA OU OUTRO MA Reconstituição de vias lacrimais com silicone ou outro material SUTURA OU RECONSTITUICAO DOS CANALICULOS Sondagem das vias lacrimais - com ou sem lavagem SONDAGEM DAS VIAS LACRIMAIS - COM OU SEM LAVAGEM Reconstituição de pontos lacrimais RECONSTITUICAO DE PONTOS LACRIMAIS Biópsia de pavilhão auricular BIOPSIA Exérese de tumor com fechamento primário EXERESE DE TUMOR Exérese de tumor com fechamento primário TUMOR DE ORELHA - EXCISAO E SUTURA Outros defeitos congênitos que não a microtia OUTROS DEEITOS CONGENITOS QUE NAO A MICROTIA Reconstrução de orelha - retoques RECONSTRUCAO DO POLO SUPERIOR DE ORELHA Reconstrução de orelha - retoques RECONSTRUCAO DE ORELHA - RETOQUES Reconstrução de unidade anatômica do pavilhão auricular - por estágio RECONSTRUCAO DA HELIX DE ORELHA Reconstrução de unidade anatômica do pavilhão auricular - por estágio RECONSTRUCAO TOTAL DE ORELHA (MULTIPLOS ESTAGIOS) POR ESTAGI Reconstrução de unidade anatômica do pavilhão auricular - por estágio RECONSTRUCAO DO LOBULO DE ORELHA

16 TUSS Reconstrução total de orelha (único estágio) RECONSTRUCAO TOTAL DE ORELHA (UM ESTAGIO) Reconstrução total de orelha (único estágio) RECONSTRUCAO TOTAL DE ORELHA COM AUXILIO DE EXPANSORES DE TE Reconstrução total de orelha (único estágio) RECONSTRUCAO TOTAL DE ORELHA COM AUXILIO DE EXPANSORES DE TE Ressecção de tumor de pavilhão auricular, incluindo parte do osso temporal RESSECCAO DE TUMOR DE PAVILHAO AURICULAR INCLUINDO OSSO TEMP Ressecção de tumor de pavilhão auricular, incluindo parte do osso temporal EXCISAO E SUTURA DE LESAO EM CUNHA DA ORELHA Ressecção de tumor de pavilhão auricular, incluindo parte do osso temporal TUMOR DA ORELHA - EXCISAO E ENXERTO Ressecção de tumor de pavilhão auricular, incluindo parte do osso temporal TUMOR DE ORELHA - EXCISAO E RETALHO CUTANEO Ressecção subtotal ou total de orelha EXERESE DE TUMOR COM RECONSTRUCAO A CUSTA DE ENXERTO LIVRE O Tratamento cirúrgico de sinus pré-auricular TRATAMENTO CIRURGICO DE SINUS PRE AURICULAR Cisto pré-auricular (coloboma auris) - exérese-unilateral CISTO PRE-AURICULAR - (COLOBOMA AURIS) - EXERESE UNILATERAL Corpos estranhos, pólipos ou biópsia - em consultório CORPOS ESTRANHOS, POLIPOS OU BIOPSIA EM CONSULTORIO Corpos estranhos, pólipos ou biópsia - em hospital sob anestesia geral CORPOS ESTRANHOS, POLIPOS OU BIOPSIA EM HOSPITAL/SOB ANESTES Corpos estranhos, pólipos ou biópsia - em hospital sob anestesia geral DOENCA DE MENIERE- TRATAMENTO CIRURGICO - DESCOMPRESSAO SAC Estenose de conduto auditivo externo - correção ESTENOSE DE CONDUTO AUDITIVO EXTERNO urúnculo - drenagem (ouvido) URUNCULO DE CONDUTO AUDITIVO EXTERNO - DRENAGEM Pericondrite de pavilhão - tratamento cirúrgico com desbridamento PERICONDRITE DE PAVILHAO - TRATAMENTO CIRURGICO Tumor benigno de conduto auditivo externo - exérese TUMOR BENIGNO DE C.A.E. - EXERESE Estapedectomia ou estapedotomia ESTAPEDECTOMIA OU ESTAPEDOTOMIA Exploração e descompressão parcial do nervo facial intratemporal EXPLORACAO E DESCOMPRESSAO PARCIAL DO NERVO ACIAL INTRATEMP ístula perilinfática - fechamento cirúrgico ISTULA PERI-LINATICA - ECHAMENTO CIRURGICO Glomus jugular - ressecção GLOMUS DE JUGULAR - RESSECCAO Glomus timpânicus - ressecção GLOMUS TIMPANICUS - RESSECCAO Mastoidectomia simples ou radical modificada MASTOIDECTOMIA SIMPLES OU RADICAL (MODIICADA) Mastoidectomia simples ou radical modificada MASTOIDECTOMIA RADICAL (MODIICADA) Ouvido congênito - tratamento cirúrgico OUVIDO CONGENITO - TRATAMENTO CIRURGICO Paracentese do tímpano - miringotomia, unilateral (em consultório) PARACENTESE DO TIMPANO - MIRINGOTOMIA (EM CONSULTORIO ) Tímpano-mastoidectomia TIMPANOMASTOIDECTOMIA Timpanoplastia com reconstrução da cadeia ossicular TIMPANOPLASTIA COM RECONSTRUCAO DA CADEIA OSSICULAR Timpanoplastia tipo I - miringoplastia - unilateral TIMPANOPLASTIA I - MIRINGOPLASTIA (UNILATERAL) Timpanotomia exploradora - unilateral TIMPANOTOMIA EXPLORADORA COM OU SEM ASPIRACAO (UNILATERAL) Timpanotomia para tubo de ventilação - unilateral TIMPANOTOMIA PARA TUBO DE VENTILACAO (UNILATERAL) Paracentese do tímpano, unilateral, em hospital/anest. geral PARACENTESE DO TIMPANO, UNILATERAL, EM HOSPITAL/ANEST.GERAL Doença de Meniere - tratamento cirúrgico - descompressão do saco endolinfático ou "shunt" DOENCA DE MENIERE- TRATAMENTO CIRURGICO - DESCOMPRESSAO SAC Enxerto parcial intratemporal do nervo facial - do foramem estilo-mastóideo ao gânglio geniculado ENXERTO PARCIAL INTRATEMPORAL DO NERVO ACIAL - DO ORAMEM E Enxerto parcial intratemporal do nervo facial - do gânglio geniculado ao meato acústico interno ENXERTO TOTAL INTRATEMPORAL DO NERVO ACIAL - DO GANGLIO GEN Enxerto total do nervo facial intratemporal ENXERTO TOTAL DO NERVO ACIAL INTRATEMPORAL Exploração e descompressão total do nervo facial (transmastóideo, translabiríntico, fossa média) EXPLORACAO E DESCOMPRESSAO TOTAL DO NERVO ACIAL (TRANSMATOI Implante coclear (exceto a prótese) IMPLANTE COCLEAR- (EXCETO A PROTESE) Labirintectomia (membranosa ou óssea) - sem audição LABIRINTECTOMIA (MEMBRANOSA OU OSSEA) - SEM AUDICAO Neurectomia vestibular para fossa média ou posterior NURECTOMIA VESTIBULAR PARA OSSA MEDIA OU POSTERIOR Neurectomia vestibular translabiríntica - sem audição NEURECTOMIA VESTIBULAR TRANSLABIRINTICA - SEM AUDICAO Ressecção do osso temporal RESSECCAO DO OSSO TEMPORAL Tumor do nervo acústico - ressecção via translabiríntica ou fossa média TUMOR DO ACUSTICO - RESSECCAO VIA TRANSLABIRINTICA OU OSSA Tumor do nervo acústico - ressecção via translabiríntica ou fossa média TUMOR DO ACUSTICO - RESSECCAO VIA OSSA MEDIA Doença de Meniere - tratamento cirúrgico com ultrassom DOENCA DE MENIERE-TRATAMENTO CIRURGICO COM ULTRA-SOM Abscesso ou hematoma de septo nasal - drenagem ABSCESSO OU HEMATOMA DE SEPTO NASAL - ABERTURA E DRENAGEM Alongamento de columela ALONGAMENTO DE COLUMELA Biópsia de nariz BIOPSIA Biópsia de nariz BIOPSIA Corneto inferior - cauterização linear - unilateral CORNETO INERIOR - CAUTERIZACAO LINEAR - UNILATERAL Corneto inferior - cauterização linear - unilateral CORNETO INERIOR - CAUTERIZACAO LINEAR, SOB ANESTESIA GERAL Corneto inferior - infiltração medicamentosa (unilateral) CORNETO INERIOR - INILTRACAO MEDICAMENTOSA (CADA) (5) Corpos estranhos - retirada em consultório (nariz) CORPOS ESTRANHOS - RETIRADA EM CONSULTORIO Corpos estranhos - retirada sob anestesia geral / hospital (nariz) CORPOS ESTRANHOS - RETIRADA COM ANESTESIA GERAL/HOSPITAL Epistaxe - cauterização (qualquer técnica) EPISTAXE - CAUTERIZACAO Epistaxe - cauterização da artéria esfenopalatina com microscopia - unilateral EPISTAXE - CAUTERIZACAO DA ARTERIA ESENOPLATINA - COM MICRO Epistaxe - cauterização das artérias etmoidais com microscopia - unilateral EPISTAXE - CAUTERIZACAO DAS ARTERIAS ETMOIDAIS - COM MICROSC Epistaxe - ligadura das artérias etmoidais - acesso transorbitário - unilateral EPISTAXE - LIGADURA DAS ARTERIAS ETMOIDAIS - ACESSO TRANSOR Epistaxe - tamponamento antero-posterior EPISTAXE-TAMPONAMENTO ANTERO-POSTERIOR (QUANDO INTERNADO, AC Epistaxe - tamponamento anterior EPISTAXE - TAMPONAMENTO ANTERIOR Epistaxe - tamponamento antero-posterior sob anestesia geral EPISTAXE - TAMPONAMENTO ANTERO-POSTERIOR SOB ANESTESIA GERAL

17 TUSS raturas dos ossos nasais - redução cirúrgica e gesso REDUCAO DE RATURA NASAL, CIRURGICA, SOB ANESTESIA GERAL, EM raturas dos ossos nasais - redução cirúrgica e gesso RATURA DOS OSSOS NASAIS - REDUCAO CIRURGICA E GESSO raturas dos ossos nasais - redução cirúrgica e gesso RATURA DE OSSO PROPRIO DO NARIZ - TRATAMENTO CIRURGICO IMED raturas dos ossos nasais - redução cirúrgica e gesso RATURA DE OSSO PROPRIO DO NARIZ - TRATAMENTO CIRURGICO TARD raturas dos ossos nasais - redução incruenta e gesso RATURAS DOS OSSOS NASAIS - REDUCAO INCRUENTA E GESSO raturas dos ossos nasais - redução incruenta e gesso REDUCAO DE RATURA NASAL, INCRUENTA, SOB ANESTESIA LOCAL, EM raturas dos ossos nasais - redução incruenta e gesso RATURA DE OSSO PROPRIO DO NARIZ - TRATAMENTO CONSERVADOR Imperfuração coanal - correção cirúrgica intranasal IMPERURACAO COANAL - CORRECAO CIRURGICA INTRANASAL Imperfuração coanal - correção cirúrgica transpalatina IMPERURACAO COANAL - CORRECAO CIRURGICA TRANSPALATINA Imperfuração coanal - correção cirúrgica transpalatina PLASTICA TRANSPALATINA PARA ATRESIA COANAL Ozena - tratamento cirúrgico OZENA - TRATAMENTO CIRURGICO Perfuração do septo nasal - correção cirúrgica PERURACAO DE SEPTO NASAL - CORRECAO CIRURGICA Perfuração do septo nasal - correção cirúrgica CORRECAO CIRURGICA DE PERURACAO DE SEPTO-NASAL Polipectomia - unilateral (nariz) POLIPECTOMIA - UNILATERAL Reconstrução de unidade anatômica do nariz - por estágio RECONSTRUCAO PARCIAL DE NARIZ Reconstrução total de nariz - por estágio RECONSTRUCAO TOTAL DE NARIZ Reconstrução total de nariz - por estágio RECONSTRUCAO DE NARIZ COM RETALHO RONTAL EXPANDIDO (1º ESTA Reconstrução total de nariz - por estágio RECONSTRUCAO DE NARIZ COM RETALHO RONTAL (2º ESTAGIO - ROTA Rinectomia parcial EXERESE INCLUINDO PELE, CARTILAGEM COM RECONSTRUCAO A CUSTA Rinectomia total EXERESE DE TUMOR COM RECONSTRUCAO TOTAL A CUSTA DE RETALHOS Rinoplastia reparadora RINOPLASTIA REPARADORA Rinoplastia reparadora RINOPLASTIA REPARADORA NAO ESTETICA Rinosseptoplastia funcional RINOSSEPTOPLASTIA Rinosseptoplastia funcional RINOSSEPTOPLASTIA Septoplastia (qualquer técnica sem vídeo) SEPTO NASAL - SEPTOPLASTIA OU RESSECCAO SUBMUCOSA DE KILLIAM Septoplastia (qualquer técnica sem vídeo) SEPTO NASAL - RESSECCAO SUBMUCOSA DE KILLIAM Septoplastia (qualquer técnica sem vídeo) RESSECCAO SUBMUCOSA DO SEPTO-NASAL SEPTOPLASTIA Septoplastia (qualquer técnica sem vídeo) SEPTOPLASTIA REPARADORA NAO ESTETICA Sinéquia nasal - ressecção unilateral - qualquer técnica SINEQUIAS - RESSECCAO Tratamento cirúrgico da atresia narinária TRATAMENTO CIRURGICO DE ATRESIA NARINARIA Tratamento cirúrgico do rinofima TRATAMENTO CIRURGICO DE RINOIMA Tratamento cirúrgico reparador do nariz em sela TRATAMENTO CIRURGICO REPARADOR DE NARIZ EM SELA Tumor intranasal - exérese por rinotomia lateral EXERESE DE TUMOR POR RINOTOMIA LATERAL Tumor intranasal - exérese por rinotomia lateral TUMOR INTRANASAL - EXERESE POR RINOTOMIA LATERAL Tumor intranasal - exérese por via transnasal TUMOR BENIGNO INTRANASAL - EXERESE Turbinectomia ou turbinoplastia - unilateral TURBINECTOMIA - UNILATERAL Angiofibroma - ressecção transmaxilar e/ou transpalatina NASO-ANGIOIBROMA - RESSECCAO TRANSMAXILAR OU TRANSPALATINA Antrostomia maxilar intranasal ANTROSTOMIA MAXILAR INTRANASAL Artéria maxilar interna - ligadura transmaxilar ARTERIA MAXILAR INTERNA - LIGADURA TRANSMAXILAR Cisto naso-alveolar e globular - exérese CISTO NASO-ALVEOLAR E GLOBULAR - EXERESE Descompressão transetmoidal do canal óptico DESCOMPRESSAO TRANSETMOIDAL DO CANAL OPTICO Etmoidectomia externa ETMOIDECTOMIA EXTERNA Etmoidectomia intranasal ETMOIDECTOMIA INTRANASAL ístula oro-antral - tratamento cirúrgico ISTULA ORO-ANTRAL - CORRECAO CIRURGICA ístula oronasal - tratamento cirúrgico ISTULA ORO-NASAL CORRECAO CIRURGICA ístula oronasal - tratamento cirúrgico ISTULA ORO-NASAL: TRATAMENTO CIRURGICO Maxilectomia incluindo exenteração de órbita RESSECCAO DO MAXILAR SUPERIOR INCLUINDO EXENTERACAO DE ORBIT Maxilectomia parcial RESSECCAO DO MESO E INTRAESTRUTURA DO MAXILAR SUPERIOR Pólipo antro-coanal de Killiam - exérese POLIPO ANTRO-COANAL DE KILLIAM - EXERESE Punção maxilar transmeática ou via fossa canina PUNCAO TRANSMEATICA - P/ SEIO MAXILAR - UNILATERAL Ressecção de tumor benigno TUMOR BENIGNO INTRANASAL - EXERESE Biópsia de seios paranasais - qualquer via BIOPSIA (QUALQUER VIA) Biópsia de seios paranasais - qualquer via BIOPSIA Sinusectomia maxilar - via endonasal NASO-ANGIOIBROMA - RESSECCAO TRANSPALATINA Sinusectomia frontal com retalho osteoplástico ou via coronal SINUSECTOMIA RONTAL COM RETALHO OSTEOPLASTICO OU CORONAL Sinusectomia fronto-etmoidal por via externa SINUSECTOMIA RONTO-ETMOIDAL EXTERNA Sinusectomia maxilar - via oral (Caldwell-Luc) SINUSECTOMIA MAXILAR - CALDWEL-LUC - UNILATERAL Sinusectomia transmaxilar (Ermiro de Lima) SINUSECTOMIA TRANSMAXILAR - ERMIRO DE LIMA - UNILATERAL Sinusotomia esfenoidal SINUSOTOMIA ESENOIDAL Sinusotomia frontal intranasal SINUSOTOMIA RONTAL INTRASAL Sinusotomia frontal via externa SINUSOTOMIA RONTAL- TREPANACAO EXTERNA Correção de deformidades da parede torácica DEORMIDADES TORACICAS - CORRECAO CIRURGICA Correção de deformidades da parede torácica DEEITO DO TORAX - CORRECAO DE PECTUS Costectomia COSTECTOMIA Esternectomia total ESTERNECTOMIA COM OU SEM PROTESE

18 TUSS echamento de pleurostomia ECHAMENTO DE PLEUROSTOMIA Plumbagem extrafascial PLUMBAGEM EXTRAASCIAL Reconstrução da parede torácica com retalhos cutâneos RECONSTRUCAO DA PAREDE TORACICA COM RETALHOS CUTANEOS Reconstrução da parede torácica com retalhos musculares ou miocutâneos RECONSTRUCAO DA PAREDE TORACICA COM RETALHOS MUSCULARES OU M Reconstrução da região esternal com retalhos musculares bilaterais RECONSTRUCAO DA REGIAO EXTERNAL COM RETALHOS BILATERAIS MUSC Reconstrução da região esternal com retalhos musculares bilaterais RESSUTURA DA DEISCENCIA DE ESTERNO Ressecção de tumor do diafragma e reconstrução (qualquer técnica) RESSECCAO DE TUMOR DE PARTES MOLES, ABAIXO DA ASCIA SUPERI Retirada de corpo estranho da parede torácica RETIRADA DE CORPO ESTRANHO DA PAREDE TORACICA A CEU ABERTO Toracectomia TORACECTOMIA E RECONSTRUCAO (COM OU SEM PROTESE) Toracoplastia (qualquer técnica) TORACOPLASTIA (QUALQUER TECNICA) Toracoplastia (qualquer técnica) RESSECCAO DE TUMOR DE PARTES MOLES, ABAIXO DA ASCIA SUPERI Toracotomia com biópsia TORACOTOMIA COM BIOPSIA Toracotomia com biópsia TORACOTOMIA COM BIOPSIA Toracotomia exploradora (excluídos os procedimentos intratorácicos) TORACOTOMIA EXPLORADORA Toracotomia exploradora (excluídos os procedimentos intratorácicos) TRAUMATISMO TORACICO - TORACOTOMIA SIMPLES Toracotomia exploradora (excluídos os procedimentos intratorácicos) TRAQUEOSTOMIA DE CANULA LONGA PARA MOLDAGEM OU SUPORTE TRAQU Toracotomia para procedimentos ortopédicos sobre a coluna vertebral TORACOTOMIA PARA ACESSO A PRODECIMENTO ORTOPEDICO Tração esquelética do gradil costo-esternal (traumatismo) TRACAO ESQUELETICA DO GRADIL COSTO-ESTERNAL (TRAUMATISMO) Tratamento cirúrgico de fraturas do gradil costal TRATAMENTO CIRURGICO DE INSTABILIDADE DO GRADIL COSTAL (RAT Biópsia cirúrgica de costela ou esterno COSTELA COM ESTERNO - BIOPSIA CIRURGICA Biópsia cirúrgica de costela ou esterno TORACOSCOPIA OU PLEUROSCOPIA COM MEDIASTINOSCOPIA ratura luxação de esterno ou costela - tratamento cirúrgico RATURA DA COSTELA OU ESTERNO - TRATAMENTO CIRURGICO ratura luxação de esterno ou costela - tratamento cirúrgico TRATAMENTO CIRURGICO DE RATURA DE COSTELA ratura luxação de esterno ou costela - tratamento cirúrgico TRATAMENTO CIRURGICO DE RATURA DE ESTERNO (TRAUMATISMO) Osteomielite de costela ou esterno - tratamento cirúrgico OSTEOMIELITE DA COSTELA OU ESTERNO - TRATAMENTO CIRURGICO Osteomielite de costela ou esterno - tratamento cirúrgico TRAT.CIR.DA OSTEOMIELITE DO ESTERNO Osteomielite de costela ou esterno - tratamento cirúrgico TRATAMENTO CIRURGICO DA OSTEOMIELITE DO ESTERNO Osteomielite de costela ou esterno - tratamento cirúrgico TRATAMENTO CIRURGICO DA OSTEOMIELITE COSTAL Punção biópsia de costela ou esterno PUNCAO BIOPSIA DA COSTELA OU ESTERNO ratura de costela ou esterno - tratamento conservador RATURA DA COSTELA OU ESTERNO - TRATAMENTO CONSERVADOR Osteomielite de costela ou esterno - tratamento conservador OSTEOMIELITE DA COSTELA OU ESTERNO - TRATAMENTO CONSERVADOR Biópsia incisional de mama BIOPSIA DE MAMA Biópsia incisional de mama BIOPSIA INCISIONAL DE MAMA Coleta de fluxo papilar de mama COLHEITA DE MATERIAL DE DESCARGA PAPILAR Coleta de fluxo papilar de mama COLHEITA DE MATERIAL DE DESCARGA PAPILAR Correção de inversão papilar - unilateral INVERSAO DE PAPILA - CORRECAO CIRURGICA (POR MAMA) Correção de inversão papilar - unilateral INVERSAO DE PAPILA - CORRECAO CIRURGICA (POR MAMA) Correção de inversão papilar - unilateral INVERSAO DE MAMILO (BILATERAL) Correção de inversão papilar - unilateral INVERSAO DE MAMILO (POR MAMILO) Drenagem de abscesso de mama ABSCESSO DE MAMA - INCISAO E DRENAGEM Drenagem de abscesso de mama ABSCESSO MAMA: INCISAO E DRENAGEM Drenagem de abscesso de mama ABSCESSO, CELUTITE, OLICULITE, LEIMAO: INCISAO E DRENAGEM Drenagem e/ou aspiração de seroma PUNCAO E/OU DRENAGEM DE SERONA POS-MASTECTOMIA COM RESSECCAO Drenagem e/ou aspiração de seroma PUNCAO E OU DRENAGEM DE SEROMA POS-MASTECTOMIA C/ RESSECAO S Drenagem e/ou aspiração de seroma PUNCAO E/OU DRENAGEM DE SEROMA POS-MASTECTOMIA C/ RESSECCAO Exérese de lesão da mama por marcação estereotáxica ou roll EXERESE DE LESAO DA MAMA POR MARCACAO ESTEREOTAXICA Exérese de lesão da mama por marcação estereotáxica ou roll EXERESE DE LESAO DA MAMA POR MARCACAO ESTEREOTAXICA Exérese de mama supra-numerária - unilateral EXTIRPACAO DE MAMA SUPRANUMERARIA Exérese de mama supra-numerária - unilateral MAMA EXTRA NUMERARIA: EXTIRPACAO Exérese de nódulo EXTIRPACAO DE TUMOR OU ADENOMA Exérese de nódulo TUMOR E/OU ADENOMA DE MAMA: EXTIRPACAO istulectomia de mama ISTULECTOMIA DE MAMA istulectomia de mama ISTULECTOMIA DA MAMA Ginecomastia - unilateral GINECOMASTIA - CORRECAO CIRURGICA (POR MAMA) Ginecomastia - unilateral GINECOMASTIA - CORRECAO CIRURGICA (POR MAMA) Ginecomastia - unilateral PLASTICA MAMARIA MASCULINA (GINECOMASTIA) POR MAMA Correção da hipertrofia mamária - unilateral PLASTICA MAMARIA EMININA NAO ESTETICA Linfadenectomia axilar LINADENECTOMIA AXILAR Linfadenectomia axilar LINADENECTOMIA AXILAR Mastectomia radical ou radical modificada MASTECTOMIA ULTRA RADICAL

19 TUSS Mastectomia radical ou radical modificada MASTECTOMIA RADICAL E MASTECTOMIA RADICAL MODIICADA (PATTEY Mastectomia radical ou radical modificada MASTECTOMIA ULTRA RADICAL Mastectomia radical ou radical modificada MASTECTOMIA COM REPARACAO DE PERDA CUTANEA Mastectomia simples MASTECTOMIA SIMPLES Mastectomia simples MASTECTOMIA SIMPLES Mastectomia simples MASTECTOMIA COM LINADENECTOMIA Mastectomia subcutânea e inclusão da prótese ADENOMASTECTOMIA SUBCUTANEA (UNI/BILATERAL) Mastectomia subcutânea e inclusão da prótese ADENOMASTECTOMIA SUBCUTANEA (UNI/BILATERAL) Mastectomia subcutânea e inclusão da prótese MASTECTOMIA RADICAL COM RECONSTRUCAO IMEDIATA Mastoplastia em mama oposta após reconstrução da contralateral MAMOPLASTIA EM MAMA OPOSTA APOS RECONSTRUCAO POR MASTECTOMIA Mastoplastia em mama oposta após reconstrução da contralateral MAMOPLASTIA EM MAMA OPOSTA APOS RECONSTRUCAO POR MASTECTOMIA Punção ou biópsia percutânea de agulha fina - por nódulo (máximo de 3 nódulos por mama) PUNCAO BIOPSIA Punção ou biópsia percutânea de agulha fina - por nódulo (máximo de 3 nódulos por mama) PUNCAO DE CISTO DE MAMA Punção ou biópsia percutânea de agulha fina - por nódulo (máximo de 3 nódulos por mama) PUNCAO BIOPSIA DE MAMA Punção ou biópsia percutânea de agulha fina - por nódulo (máximo de 3 nódulos por mama) PUNCAO DE CISTO DE MAMA Quadrantectomia e linfadenectomia axilar RESSECCAO DE SETOR MAMARIO COM ESVAZIAMENTO GANGLIONAR Quadrantectomia e linfadenectomia axilar RESSECCAO SEGMENTAR COM ESVAZIAMENTO AXILAR Quadrantectomia - Ressecção segmentar RESSECCAO DO SETOR MAMARIO Quadrantectomia - Ressecção segmentar RESSECCAO SEGMENTAR Reconstrução da placa aréolo mamilar - unilateral RECONSTRUCAO DE PLACA AREOLO-PAPILAR Reconstrução da placa aréolo mamilar - unilateral RECONSTRUCAO DE PLACA AREOLO-PAPILAR Reconstrução da placa aréolo mamilar - unilateral RECONSTRUCAO DE PLACA AREOLO MAMILAR Reconstrução mamária com retalho muscular ou miocutâneo - unilateral RECONSTRUCAO MAMARIA COM RETALHO MIOCUTANEO Reconstrução mamária com retalho muscular ou miocutâneo - unilateral RECONTRUCAO MAMARIA COM RETALHO MIOCUTANEO Reconstrução mamária com retalho muscular ou miocutâneo - unilateral RECONSTRUCAO MAMARIA UNILATERAL COM RETALHO MUSCULAR OU MIOC Reconstrução parcial da mama pós-quadrantectomia RECONSTRUCAO DE MAMA Reconstrução da mama com prótese e/ou expansor RECONSTRUCAO MAMARIA COM PROTESE Reconstrução da mama com prótese e/ou expansor RECONSTRUCAO MAMARIA COM EMPREGO DE EXPANSORES Reconstrução da mama com prótese e/ou expansor RECONSTRUCAO MAMARIA COM PROTESE Reconstrução da mama com prótese e/ou expansor RECONSTRUCAO MAMARIA COM EMPREGO DE EXPANSORES Reconstrução da mama com prótese e/ou expansor RECONSTRUCAO MAMARIA COM O EMPREGO DE EXPANSORES DE TECIDOS Reconstrução da mama com prótese e/ou expansor RECONSTRUCAO MAMARIA COM O AUXILIO DE EXPANSOR PERMANENTE Ressecção dos ductos principais da mama - unilateral EXCISAO DE DUCTOS PRINCIPAIS DA MAMA Ressecção dos ductos principais da mama - unilateral EXCISAO DE DUCTOS PRINCIPAIS DA MAMA Retirada da válvula após colocação de expansor permanente RETIRADA DA VALVULA APOS COLOCACAO DE EXPANSOR PERMANENTE Abdominal ou hipogástrico - transplantes cutâneos ABDOMINAL OU HIPOGASTRICO Antebraço - transplantes cutâneos ANTEBRACO Axilar - transplantes cutâneos AXILAR Couro cabeludo - transplantes cutâneos COURO CABELUDO Deltopeitoral - transplantes cutâneos DELTOPEITORAL Digitais (da face volar e látero-cubital dos dedos médio e anular da mão) - transplantes cutâneos DIGITAIS (DA ACE VOLAR E LATERO-CUBITAL DOS DEDOS MEDIO E A Digital do hallux - transplantes cutâneos DIGITAL DO HALLUX Dorsal do pé - transplantes cutâneos DORSAL DO PE Escapular - transplantes cutâneos ESCAPULAR emoral - transplantes cutâneos EMURAL ossa poplítea - transplantes cutâneos OSSA POPLITEA Inguino-cural - transplantes cutâneos INGUINO-CURAL Intercostal - transplantes cutâneos INTERCOSTAL Interdigital da 1a comissura dos dedos do pé - transplantes cutâneos INTERDIGITAL DA 1A COMISSURA DOS DEDOS DO PE Outros transplantes cutâneos OUTROS TRANSPLANTES CUTANEOS Paraescapular PARAESCAPULAR Retroauricular RETROAURICULAR Temporal TEMPORAL Transplante cutâneo com microanastomose TRANSPLANTE CUTANEO COM MICRO ANASTOMOSES Transplante cutâneo sem microanastomose, ilha neurovascular TRANSPLANTE CUTANEO SEM MICRO ANASTOMOSE, ILHA NEURO VASCULA

20 TUSS Transplante miocutâneo com microanastomose TRANSPLANTE MIO CUTANEO C/ MICRO ANASTOMOSE Grande dorsal (latissimus dorsi) GRANDE DORAL (LATISSIMUS DORSI) Grande glúteo (gluteus maximus) GRANDE GLUTEO (GLUTEUS MAXIMUS) Outros transplantes músculo-cutâneos OUTROS TRANSPLANTES MUSCULO-CUTANEOS Reto abdominal (rectus abdominis) RETO ABDOMINAL (RECTUS ABDOMINIS) Reto interno (gracilis) RETO INTERNO (GRACILIS) Serrato maior (serratus) SERRATO MAIOR (SERRATUS) Tensor da fascia lata (tensor fascia lata) TENSOR DA ASCIA LATA (TENSOR ASCIA LATA) Trapézio (trapezius) TRAPEZIO (TRAPEZIUS) Bíceps femoral (biceps femoris) BICEPS EMURAL (BICEPS EMORIS) Extensor comum dos dedos (extensor digitorum longus) EXTENSOR COMUM DOS DEDOS (EXTENSOR DIGITORUM LONGUS) Extensor próprio do dedo gordo (extensor hallucis longus) EXTENSOR PROPRIO DO DEDO GORDO (EXTENSOR HALLUCIS LONGUS) lexor curto plantar (flexor digitorum brevis) LEXOR CURTO PLANTAR (LEXOR DIGITORUM BREVIS) Grande dorsal (latissimus dorsi) GRANDE DORSAL (LATISSIMUS DORSI) Grande peitoral (pectoralis major) GRANDE PEITORAL (PECTORALIS MAJOR) Músculo pédio (extensor digitorum brevis) MUSCULO PEDIO (EXTENSOR DIGITORUM BREVIS) Os músculos latissimus dorsi,gracilis,rectus femoris,tensor fascia lata,flexor digitorum brevis, quando transplantados com sua inervação e praticada a microneurorrafia com OS MUSCULOS LATISSIMUS DORSI, GRACILIS, RECTUS EMORIS, TENS finalidade de restaurar função e sensibilidade, serão considerados retalhos neurova Outros transplantes musculares OUTROS TRANSPLANTES MUSCULARES Primeiro radial externo (extensor carpi radialis longus) PRIMEIRO RADIAL EXTERNO (EXTENSOR CARPI RADIALIS LONGUS) Reto anterior (rectus femoris) RETO ANTERIOR (RECTUS EMORIS) Reto interno (gracilis) RETO INTERNO (GRACILIS) Sartório (sartorius) SARTORIO (SARTORIUS) Semimembranoso (semimembranosus) SEMIMEMBRANOSO (SEMIMENBRANOSUS) Semitendinoso (semitendinosus) SEMITENDINOSO (SEMITENDINOSUS) Serrato maior (serratus) SERRATO MAIOR (SERRATUS) Supinador longo (brachioradialis) SUPINADOR LONGO (BRACHIORADIALIS) Tensor da fascia lata (tensor fascia lata) TENSOR DA ASCIA LATA (TENSOR ASCIA LATA) Costela COSTELA Ilíaco ILIACO Osteocutâneo de ilíaco OSTEOCUTANEO DE ILIACO Osteocutâneos de costela OSTEOCUTANEO DE COSTELA Osteomusculocutâneo de costela OSTEOMUSCULOCUTANEO DE COSTELA Outros transplantes ósseos e osteomusculocutâneos OUTROS TRANSPLANTES OSSEOS E OSTEOMUSCULOCUTANEOS Perônio ou fíbula PERÔNIO OU IBULA Transplante ósseo vascularizado (microanastomose) TRANSPLANTE OSSEO VASCULARIZADO (MICRO-ANOSTOMOSES) Autotransplante de dois retalhos musculares combinados, isolados e associados entre si, ligados por um único pedículo TRANSPLANTE DE DOIS RETALHOS MUSCULARES COMBINADOS, ISOLADOS Autotransplante de dois retalhos cutâneos combinados, isolados e associados entre si, ligados por um único pedículo vascular TRANSPLANTE DE DOIS RETALHOS CUTANEOS COMBINADOS, ISOLADOS E Autotransplante de dois retalhos, um cutâneo combinado a um muscular, isolados e associados entre si, ligados por um único pedículo vascular TRANSPLANTE DE DOIS RETALHOS, UM CUTANEO COMBINADO A UM MUSC Autotransplante de dois retalhos, um cutâneo combinado a retalho osteomuscular, isolados TRANSPLANTE DE DOIS RETALHOS, UM CUTANEO COMBINADO A RETALHO e associados entre sí, ligados por um único pedículo vascular Autotransplante de epiplon TRANSPLANTE DE EPIPLON Autotransplante de outros retalhos, isolados entre si, e associados mediante um único pedículo vascular comuns aos retalhos TRANSPLANTES DE OUTROS RETALHOS, ISOLADOS ENTRE SI, E ASSOCI Autotransplante de três retalhos, um cutâneo separado, combinado a outros dois retalhos musculares isolados e associados, ligados por um único pedículo vascular TRANSPLANTE DE TRES RETALHOS, UM CUTANEEO SEPARADO, COMBINAD Reimplante de segmentos distais do membro superior, com ressecção segmentar REIMPLANTE DE SEGMENTOS DISTAIS DO MEMBRO SUPERIOR COM RESSE Reimplante do membro inferior do nível médio proximal da perna até a coxa REIMPLANTE DO MEMBRO INERIOR DO NIVEL MEDIO PROXIMAL DA PER Reimplante do membro inferior do pé até o terço médio da perna REIMPLANTE DO MEMBRO INERIOR DO PE ATE O TERCO MEDIO DA PER Reimplante do membro superior, do nível médio do antebraço até o ombro REIMPLANTE DO MEMBRO SUPERIOR, DO NIVEL DISTAL DO ANTEBRACO Reimplante do membro superior, do nível médio do antebraço até o ombro REIMPLANTE M.S. DO TERCO MEDIO ANTEBRACO ATE OMBRO Transplante articular de metatarsofalângica para a mão TRANSPLANTE ARTICULAR DE METATARSOALANGICA PARA A MAO Transplante articular de metatarsofalângica para a mão TRANSPLANTE ARTICULAR DE DUAS METATARSOALANGICAS PARA A MAO Transplante de 2º pododáctilo para mão TRANSPLANTE DO 2o PODODACTILO PARA OUTRO DEDO DA MAO Transplante de dedos do pé para a mão TRANSPLANTE DE DEDOS DO PE PARA MAO Transplante do 2º Pododáctilo para o polegar TRANSPLANTE DO 2o PODODACTILO PARA O POLEGAR Transplante do 2º Pododáctilo para o polegar TRANSPLANTE DO 2º PODODACTILO PARA MAO Transplante do hallux para polegar TRANSPLANTE DO HALLUX PARA O POLEGAR Transplante do hallux para polegar TRANSPLANTE DE HALLUX PARA POLEGAR Transplante de dois pododáctilos para a mão TRANSPLANTE DE DOIS PODODACTILOS PARA A MAO Instalação de halo craniano INSTALACAO DE HALO CRANIANO

PROCEDIMENTOS QUE NECESSITAM DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA / PERÍCIA DO PAS / TRT8

PROCEDIMENTOS QUE NECESSITAM DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA / PERÍCIA DO PAS / TRT8 PROCEDIMENTOS QUE NECESSITAM DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA / PERÍCIA DO PAS / TRT8 s Fisioterápicos Acupuntura (sessão) RPG (Sessão) Fisioterapia (Sessão) Hidroterapia (sessão) Pilates (Sessão) - Para autorização

Leia mais

OFICIAL das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/1999 e CBHPM 3ª, 4ª e 5ª Edições) com a TUSS

OFICIAL das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/1999 e CBHPM 3ª, 4ª e 5ª Edições) com a TUSS OFICIAL das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/1999 e ª, 4ª e 5ª Edições) com a Relacionamento das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/199 e ª, 4ª e 5ª Edições) com a Descrição 00010014 00010014 00010014 00010014

Leia mais

COD CB 3ª e. SIM 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido)

COD CB 3ª e. SIM 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) L - LEGENDA AZ VM VR COD AMB 92 Não consta no ROL / Consta na TUSS Não consta no ROL / Consta na TUSS / Consta na CBHPM 3ª 4ª ou 5ª Edição Consta no ROL / Consta na TUSS / Referencia de valores CBHPM 4ª

Leia mais

Life Empresarial Saúde - De/Para TUSS Out/2010

Life Empresarial Saúde - De/Para TUSS Out/2010 Life Empresarial Saúde - De/Para TUSS Out/2010 THM 1990 THM 1992 LPM 1996 LPM 1999 00010014 00010014 00010014 00010014 10101012 10101012 10101012 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido)

Leia mais

CÓDIGO GRUPO TUSS PROCEDIMENTO ROL ANS ROL ANS RN/211. Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) Consulta em domicílio

CÓDIGO GRUPO TUSS PROCEDIMENTO ROL ANS ROL ANS RN/211. Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) Consulta em domicílio CÓDIGO GRUPO TUSS PROCEDIMENTO ROL ANS ROL ANS RN/211 10101012 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10101020 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10101039 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS

Leia mais

Pag. 1 CÓDIGO. ROL ANS Resolução Normativa nº 262,/2011 TUSS ROL

Pag. 1 CÓDIGO. ROL ANS Resolução Normativa nº 262,/2011 TUSS ROL Resolução Normativa nº 262,/2011 GRUPO - SUBGRUPO - PROCEDIMENTO - 10101012 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) CONSULTA MÉDICA 10101012

Leia mais

Gestão de Planos CÓDIGO TUSS. 10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário

Gestão de Planos CÓDIGO TUSS. 10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário Situações onde um mesmo código CBHPM é relacionado a diversas AMBs, o relacionamento que está grifado em amarelo é o que será valorizado para pagamento. Procedimentos que foram exclusos da cobertura pelo

Leia mais

REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2016 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS

REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2016 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2016 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS Código Procedimento Autorização Prévia Valor 2.01.03.00-0

Leia mais

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013 2014 - -2013 NOMENCLATURA AT.DIRETO 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) AT.DIRETO 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) NOMENCLATURA

Leia mais

ANEXO XXIV TABELA DE HONORÁRIOS DE FISIOTERAPIA E NORMAS DE AUTORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS

ANEXO XXIV TABELA DE HONORÁRIOS DE FISIOTERAPIA E NORMAS DE AUTORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS NEUROLOGIA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOMUNICÍPIO - IPM IPM SAÚDE AUDITORIA EM SAÚDE ANEXO XXIV TABELA DE HONORÁRIOS DE FISIOTERAPIA E NORMAS DE AUTORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS ASSUNTO: REDIMENSIONAMENTO DO

Leia mais

98200003 50000446 RPG FISIOTERAPIA R$ 33,35. Avaliação Terapia Ocupacional 98400029 não possui Não possui TERAPIA OCUPACIONAL R$ 42,35 98200143

98200003 50000446 RPG FISIOTERAPIA R$ 33,35. Avaliação Terapia Ocupacional 98400029 não possui Não possui TERAPIA OCUPACIONAL R$ 42,35 98200143 DESCRIÇÃO ANTERIOR CÓDIGO ANTERIOR CÓD. TUSS NOMENCLATURA TUSS SERVIÇO VALOR REAJUSTADO EM 17,65% - (VIGENTE A PARTIR DE 01/04/2015) Avaliação Nutricionista 98800140 não possui não possui NUTRICIONISTA

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS DA AMAGIS SAÚDE - VIGÊNCIA 01/08/2015

TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS DA AMAGIS SAÚDE - VIGÊNCIA 01/08/2015 TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS DA AMAGIS SAÚDE - VIGÊNCIA 01/08/2015 CÓDIGO 1.01.01.00-4 1.01.01.01-2 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 100,00 - - 100,00 1.01.01.03-9 Em pronto socorro

Leia mais

30031 ASSISTENCIA AO RECEM-NASCIDO PEDIATRA EM SALA DE PARTO. 40010 PLANTAO DE 12 HORAS EM UTI

30031 ASSISTENCIA AO RECEM-NASCIDO PEDIATRA EM SALA DE PARTO. 40010 PLANTAO DE 12 HORAS EM UTI 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10014 CONSULTA MEDICA EM CONSULTORIO 10101039 Em pronto socorro 11037 CONSULTA DE URGENCIA EM PRONTO SOCORRO 10102019 Visita hospitalar (paciente

Leia mais

TUSS (Terminologia Unificada em Saúde Suplementar) (COMPATÍVEL COM O ROL 2010 - RN 211)

TUSS (Terminologia Unificada em Saúde Suplementar) (COMPATÍVEL COM O ROL 2010 - RN 211) TUSS (Terminologia Unificada em Saúde Suplementar) (COMPATÍVEL COM O ROL 2010 - RN 211) TRABALHO COORDENADO E PRODUZIDO PELO DR. AMILCAR MARTINS GIRON, PRESIDENTE DA CÂMARA TÉCNICA PERMANENTE DA CBHPM

Leia mais

I - PATOLOGIAS NEUROLÓGICAS (25.02.000.-5):

I - PATOLOGIAS NEUROLÓGICAS (25.02.000.-5): PORTARIA NORMATIVA Nº. 011-2009/DIASS Regulamenta o atendimento de Fisioterapia aos usuários do IPASGO SAÚDE. O Diretor de Assistência do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás

Leia mais

Relacionamento das tabelas(cbhpm 3ª, 4ª, 5ª Edições) e a TUSS

Relacionamento das tabelas(cbhpm 3ª, 4ª, 5ª Edições) e a TUSS Relacionamento das tabelas(cbhpm 3ª, 4ª, 5ª Edições) e a TUSS CBHPM 3 10101012 10101012 10101012 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10101020 10101020 10101020 10101020 Em domicílio

Leia mais

ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS

ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS Anexo A ao Edital de Credenciamento 01/2015 47º BI...página 1/5 ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS Os serviços médico-hospitalares e laboratoriais, objeto

Leia mais

10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário

10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário 10014 Em consultório (no horário normal ou pré-estabelecido) 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10073 Consulta de urgência 10101039 Consulta em pronto socorro 20010 Visita hospitalar

Leia mais

Rol de Procedimentos - Resolução Normativa Nº 262

Rol de Procedimentos - Resolução Normativa Nº 262 Rol de Procedimentos - Resolução Normativa Nº 262 Código TUSS Tab 22 10101012 10101012 10101012 Tabela 22 - Terminologia de Procedimentos e Eventos em Saúde (TUSS) 2012 Consulta em consultório (no horário

Leia mais

GUIA DE RELACIONAMENTO COM OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE

GUIA DE RELACIONAMENTO COM OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE GUIA DE RELACIONAMENTO COM OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE www.sbd.org.br 1 EXPEDIENTE ÍNDICE MENSAGEM DA DIRETORIA Guia de relacionamento com operadoras de planos de saúde Uma publicação da Sociedade Brasileira

Leia mais

Porte Peso R$ PA INC FILME UCO R$

Porte Peso R$ PA INC FILME UCO R$ Baixo Risco = B Alto Risco = A CÓDIGO CBHPM CONSULTAS 1.01.01.00-4 DESCRIÇÃO PROCEDIMENTO HONORÁRIOS MÉDICOS FILME CUSTO OPERACIONAL Porte Peso R$ PA INC FILME UCO R$ Nº de AUX AUTORIZ AÇÃO B 1.01.01.01-2

Leia mais

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM)

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM) 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório - consulta médica N 0 0 0 0,0000 R$ 46,20 R$ 49,80 10101039 CONSULTAS CONSULTAS Em pronto socorro - consulta médica N 0 0 0 0,0000 R$ 46,20 R$ 49,80 10102019

Leia mais

Código Tab 22 Tabela 22 - Terminologia de Procedimentos e Eventos em Saúde (TUSS) ROL ANS ROL ANS Resolução Normativa nº 338/2013

Código Tab 22 Tabela 22 - Terminologia de Procedimentos e Eventos em Saúde (TUSS) ROL ANS ROL ANS Resolução Normativa nº 338/2013 Correlação - Terminologia de Procedimentos e Eventos em Saúde e Rol de Proce Código Tab 22 Tabela 22 - Terminologia de Procedimentos e Eventos em Saúde (TUSS) ROL ANS ROL ANS Resolução Normativa nº 338/2013

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE HONORÁRIOS MÉDICOS COMUNICADO OFICIAL AOS MÉDICOS E ÀS ENTIDADES CONTRATANTES QUE INTEGRAM O SISTEMA DE SAÚDE SUPLEMENTAR

COMISSÃO NACIONAL DE HONORÁRIOS MÉDICOS COMUNICADO OFICIAL AOS MÉDICOS E ÀS ENTIDADES CONTRATANTES QUE INTEGRAM O SISTEMA DE SAÚDE SUPLEMENTAR COMISSÃO NACIONAL DE HONORÁRIOS MÉDICOS COMUNICADO OFICIAL AOS MÉDICOS E ÀS ENTIDADES CONTRATANTES QUE INTEGRAM O SISTEMA DE SAÚDE SUPLEMENTAR A Comissão Nacional de Honorários Médicos, em conformidade

Leia mais

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM)

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM) 10101012 GERAIS (CONSULTAS) CONSULTA CONSULTA EM CONSULTORIO (NO HORARIO NORMAL OU PREE TABELECIDO) N R$ 78,00 R$ 78,00 10101039 GERAIS CONSULTA CONSULTA EM PRONTO SOCORRO N R$ 78,00 R$ 78,00 (CONSULTAS)

Leia mais

LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER

LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER INDIVIDUAL FAMILIAR OPERADORA Plano de Assistência Médica Mineira Ltda PLAM Inscrição na Agência Nacional de Saúde ANS nº 38.228-1 OPERADORA - Plano de Assistência Médica

Leia mais

Rol de Procedimentos Versão: 2012.01 Vigência: 01/01/2012 TUSS / CBHPM 2012.01

Rol de Procedimentos Versão: 2012.01 Vigência: 01/01/2012 TUSS / CBHPM 2012.01 Rol de Procedimentos Versão: 2012.01 Vigência: 01/01/2012 TUSS / CBHPM 2012.01 10100008 10100008 CONSULTAS Consultas 10101004 Código: Procedimentos: Qte.UT: Valor HM: Custo: Fime: N.º Aux.: Porte A.: :

Leia mais

TUSS GRUPOS TUSS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO ROL ANS

TUSS GRUPOS TUSS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO ROL ANS TERMINOLOGIA UNIFICADA DA SAÚDE SUPLEMENTAR Versão 1.0 Conforme determinação legal da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), disposta na Instrução Normativa nº 36 de 04/06/2009, apresentamos a 1ª

Leia mais

TPSR INSTRUÇÕES GERAIS

TPSR INSTRUÇÕES GERAIS TPSR INSTRUÇÕES GERAIS 1 INSTRUÇÕES GERAIS HONORÁRIOS MÉDICOS 1. A TABELA PORTO SEGURO DE REEMBOLSO - TPSR constitui-se como instrumento para cálculo de reembolso das despesas cobertas pelo contrato de

Leia mais

Em consultório (no horário normal 10101012 CONSULTAS CONSULTAS ou preestabelecido)

Em consultório (no horário normal 10101012 CONSULTAS CONSULTAS ou preestabelecido) ANEXO I TABELA TUSS CÓDIGO TUSS TUSS GRUPOS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO Em consultório (no horário normal 10101012 CONSULTAS CONSULTAS ou preestabelecido) 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório (no horário

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 43.02.01.01 biópsia do colo uterino 1.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

Tabela Unificadora de Procedimento da Saúde TussAns 02/02/2012 16:08

Tabela Unificadora de Procedimento da Saúde TussAns 02/02/2012 16:08 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) GERAIS (CONSULTAS) GERAIS (CONSULTAS) - CONSULTA 10101020 Consulta em domicílio GERAIS (CONSULTAS) GERAIS (CONSULTAS) - CONSULTA

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Novembro de 2012 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos Organizador: Dr. Florentino

Leia mais

PROCEDIMENTOS GERAIS

PROCEDIMENTOS GERAIS OBSERVAÇÕES GERAIS ) O IPSEMG se responsabiliza exclusivamente pelo pagamento dos procedimentos constantes nessa Tabela. 2) O IPSEMG remunera os seus credenciados através de pacotes pré-acordados que contemplam:

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012 73 INSTITUTO DE SAÚDE DOS SERVIDORES DO ESTADO DO CEARÁ PORTARIA Nº211/2012 - A SUPERINTENDENTE DO INSTITUTO DE SAÚDE DOS

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO SABESPREV - VIGÊNCIA 01/05/2013

TABELA DE REEMBOLSO SABESPREV - VIGÊNCIA 01/05/2013 00060020 SESSÃO DE NUTRIÇÃO R$ 45,00 R$ - 0 GERAIS GERAIS 00100323 SESSÃO DE TERAPIA OCUPACIONAL R$ 45,00 R$ - 0 10101012 CONSULTA EM CONSULTÓRIO (NO HORÁRIO NORMAL OU PRÉ-ESTABELECIDO) R$ 80,00 R$ - 0

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS DO ROL DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS UNIMED Versão 4.0

INSTRUÇÕES GERAIS DO ROL DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS UNIMED Versão 4.0 2 3 INSTRUÇÕES GERAIS DO ROL DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS UNIMED Versão 4.0 1. VALORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS, CONSULTAS E SERVIÇOS AUXILIARES DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS. 1.1 Os portes representados

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 107.02.01.01 biópsia de pele e partes moles 39.02.01.01 Biópsia

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS 1. CLASSIFICAÇÃO HIERARQUIZADA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS

INSTRUÇÕES GERAIS 1. CLASSIFICAÇÃO HIERARQUIZADA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS INSTRUÇÕES GERAIS 1. CLASSIFICAÇÃO HIERARQUIZADA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS 1.1 A presente Classificação de s foi elaborada com base em critérios técnicos e tem como finalidade hierarquizar os procedimentos

Leia mais

Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos.

Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos. Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos. 18041019 ALTERACOES DO EIXO DA COLUNA VERTEBRAL 18011020 ALTERACOES SENSITIVAS 18031013 ASSISTENCIA RESPIRATORIA PRE/POS OPERATORIO COM OU SEM USO 18064027

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 33.02.01.01 biópsia do colo uterino 0.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde CAPÍTULO 1 REDE MEMORIAL Guia Memorial Saúde 19 ÍNDICE UNIDADES DE ATENDIMENTO AGÊNCIA DE ATENDIMENTO MEMORIAL SAÚDE (DEL CASTILHO)..... 22 HOSPITAL MEMORIAL FUAD CHIDID... 24 HOSPITAL MEMORIAL INFANTIL

Leia mais

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013 27/03/2014 27/03/2014 27/03/2014 17/12/2009 17/12/2009 14/06/2010 27/04/2006 27/01/2010 AT.DIRETO 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) AT.DIRETO 10101012 Consulta em

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 03/2015-EBSERH/HU-UFJF ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 06 DE MARÇO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 006 Médico - Anestesiologia

Leia mais

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Dispõe sobre a duração e o conteúdo programático da Residência Médica de Cirurgia da Mão O PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA, no uso das

Leia mais

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008 de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO 2015 VIGÊNCIA 01/07/2015. Gerência de Saúde 1

TABELA DE REEMBOLSO 2015 VIGÊNCIA 01/07/2015. Gerência de Saúde 1 AUXILIARES 10101012 CONSULTA EM CONSULTÓRIO (NO HORÁRIO NORMAL OU PREESTABELECIDO) R$ 90,00 R$ - 0 GERAIS GERAIS 10101039 CONSULTA EM PRONTO SOCORRO R$ 45,20 R$ - 0 GERAIS GERAIS 10102019 VISITA HOSPITALAR

Leia mais

1. Os atendimentos contratados de acordo com esta TPMC serão realizados em locais, dias e horários preestabelecidos.

1. Os atendimentos contratados de acordo com esta TPMC serão realizados em locais, dias e horários preestabelecidos. INSTRUÇÕES GERAIS 1. TUSS PROCEDIMENTOS MÉDICOS CABERGS - TPMC 1. Os atendimentos contratados de acordo com esta TPMC serão realizados em locais, dias e horários preestabelecidos. 1.2 Esta TPMC constitui

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO

NOTA DE ESCLARECIMENTO NOTA DE ESCLARECIMENTO O MUNICÍPIO DE MARINGÁ informa aos interessados em participar do procedimento licitatório denominado - PROCESSO nº. 01673/2014-PMM, que conforme solicitação da Secretaria Municipal

Leia mais

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016 RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016 A Diretoria Administrativa do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro - CISNORPI, no uso de suas atribuições legais, resolve: Regulamentar o Credenciamento

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS SETEMBRO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 16.443.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 66.02.01.01 biópsia do colo uterino 4.02.01.01 Biópsia de

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Novembro de 2012 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos Organizador: Dr. Florentino

Leia mais

PROCEDIMENTOS GERAIS

PROCEDIMENTOS GERAIS PROCEDIMENTOS GERAIS CONSULTAS CONSULTAS 10101012 CONSULTA EM CONSULTORIO (NO HORARIO NORMAL OU PREESTABELECIDO) 0,00 43,00 0,00 Ambulatorial 0 Suplementar 43,00 N N 10101039 CONSULTA EM PRONTO SOCORRO

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 09/2014-EBSERH/HU-UFMS ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 17 DE ABRIL DE 2014 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 802 Médico Alergia e

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOÁ Secretaria Municipal da Saúde

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPOÁ Secretaria Municipal da Saúde Levantamento Quantitativo TFD consultas, exames e viagens. Itapoá, 17/12/2015 CONSULTAS E EXAMES NO MUNICÍPIO GINECOLOGIA Drº IVANILDO 410 GINECOLOGIA Drª GLADIS 375 DERMATOLOGIA 375 NEUROLOGIA 600 ORTOPEDIA

Leia mais

Rol de Procedimentos Versão: 2013.01 Vigência Atendimento: 01/03/2013. TUSS / CBHPM 2013.01 "Atualizada"

Rol de Procedimentos Versão: 2013.01 Vigência Atendimento: 01/03/2013. TUSS / CBHPM 2013.01 Atualizada Rol de Procedimentos Versão: 2013.01 Vigência Atendimento: 01/03/2013 TUSS / CBHPM 2013.01 "Atualizada" 40404102 Depleção de plasma em Transplante de Células-Tronco Homopoéticas alogênicos 40404250 Sedimentação

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 06/2015-EBSERH/HC-UFG ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 16 DE JULHO DE 2015 RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 004 Médico - Alergia e Imunologia

Leia mais

Lista de Procedimentos e Preços - LPP - CEMIG SAÚDE

Lista de Procedimentos e Preços - LPP - CEMIG SAÚDE CAPÍTULO 1 - PROCEDIMENTOS GERAIS CONSULTAS - 1.01.00.00-8 CONSULTAS (1.01.01.00-4) Autorização Código Procedimento Incidência Filme Auxiliar Porte Anestésico Porte Peso Qte Uco Uco DA 10101012 Em consultório

Leia mais

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde CAPÍTULO 1 REDE MEMORIAL Guia Memorial Saúde 23 ÍNDICE UNIDADES DE ATENDIMENTO AGÊNCIA DE ATENDIMENTO MEMORIAL SAÚDE (DEL CASTILHO)..... 26 AGÊNCIA DE ATENDIMENTO MEMORIAL SAÚDE (SANTA CRUZ)..... 28 HOSPITAL

Leia mais

INFORME CBO. CBO com alterações de códigos e/ou descrições

INFORME CBO. CBO com alterações de códigos e/ou descrições INFORME CBO Considerando a publicação da Portaria SAS/MS n 203/2011, que inclui no Sistema de Informação Hospitalar (SIH) o registro obrigatório da competência de realização de todos os procedimentos realizados

Leia mais

Medicina de Urgência e Cuidados intensivos 500horas/aula

Medicina de Urgência e Cuidados intensivos 500horas/aula Introdução à Medicina Veterinária Intensiva Introdução à Medicina Veterinária Intensiva Medicina Baseada em Evidências Estatística Biomédica e Metodologia do Ensino Índices Prognósticos Arquitetura Hospitalar

Leia mais

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85 01 - ÁREAS BÁSICAS COM ACESSO DIRETO 1 ANESTESIOLOGIA - 3 ANOS 15 165 11,0 2 CIRURGIA GERAL - 2 ANOS 46 211 4,6 3 CLÍNICA MÉDICA - 2 ANOS 54 275 5,1 4 DERMATOLOGIA - 3 ANOS 5 88 17,6 5 INFECTOLOGIA - 3

Leia mais

REGRAS E CONDICIONALISMOS ESPECIAIS

REGRAS E CONDICIONALISMOS ESPECIAIS REGRAS E CONDICIONALISMOS ESPECIAIS TR - Atos ou serviços clínicos sujeitos a Termo de Responsabilidade da PT ACS, para efeitos de comparticipação do Plano de Saúde. Dentro da Rede Convencionada deve utilizar

Leia mais

A Senhora Prefeita Municipal, ANA MARIA MONTEIRO DE ANDRADE, sanciona a seguinte Lei;

A Senhora Prefeita Municipal, ANA MARIA MONTEIRO DE ANDRADE, sanciona a seguinte Lei; Lei nº 1960, de 10 de Dezembro de 2002. (Lei nº 1990, altera dispositivos) FIXA NOVOS VENCIMENTOS PARA MÉDICOS EM GERAL E MÉDICOS, ENFERMEIROS E CIRURGIÕES DENTISTAS LOTADOS NO PSF - PROGRAMA DE SAÚDE

Leia mais

STFNA043 - Tabela de Preços - TABELA GERAL_EQUIVALENCIA

STFNA043 - Tabela de Preços - TABELA GERAL_EQUIVALENCIA 0 - ATENDIMENTO MÉDICO 0.00 - CONSULTA 0.00.10 - CONSULTAS POR ESPECIALIDADE 0.00.10.138 CONSULTA REUMATOLOGISTA 00.01.0138 CONSULTA COM REUMATOLOGISTA 0.00.10.154 CONSULTA COM NEFROLOGISTA 00.01.0154

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INFORMAÇÕES GERAIS 1 - A Residência em Medicina constitui modalidade de ensino de pós-graduação, destinada

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010 DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010 SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA AOS SERVIDORES DO ESTADO Republicação da resolução n 04 de 21 de dezembro de 2009 Número de Publicação:

Leia mais

REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2017 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS

REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2017 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2017 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS Código Procedimento Autorização Prévia Valor 2.01.03.00-0

Leia mais

PRINCIPAIS CÓDIGOS TUSS UTILIZADOS PELA CASSEB (EXTRAIDOS DOS MANUAIS TISS 3.02 DA ANS) CÓDIGO TUSS DESCRIÇÃO TUSS

PRINCIPAIS CÓDIGOS TUSS UTILIZADOS PELA CASSEB (EXTRAIDOS DOS MANUAIS TISS 3.02 DA ANS) CÓDIGO TUSS DESCRIÇÃO TUSS PRINCIPAIS CÓDIGOS TUSS UTILIZADOS PELA CASSEB (EXTRAIDOS DOS MANUAIS TISS 3.02 DA ANS) DESCRIÇÃO CASSEB CÓDIGO TUSS DESCRIÇÃO TUSS DIÁRIAS ENFERMARIA 60000694 DIÁRIA DE ENFERMARIA DE 3 LEITOS COM BANHEIRO

Leia mais

SELEÇÃO PARA COOPERAÇÃO DE MÉDICOS Edital n. 01/2009. ACUPUNTURA Código 101. Gabarito

SELEÇÃO PARA COOPERAÇÃO DE MÉDICOS Edital n. 01/2009. ACUPUNTURA Código 101. Gabarito ACUPUNTURA Código 101 Questão 01: D Questão 19: B Questão 37: D Questão 55: D Questão 02: D Questão 20: D Questão 38: B Questão 56: B Questão 03: D Questão 21: A Questão 39: C Questão 57: A Questão 04:

Leia mais

CÓDIGO CÓDIGO DESCRIÇÃO

CÓDIGO CÓDIGO DESCRIÇÃO 10006 CONSULTA ELETIVA - NATUREZA 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) - consulta médica (COM DIRETRIZ DE UTILIZAÇÃO) 10014 CONSULTA EM CONSULTORIO (HORARIO NORMAL OU PRESTABELECIDO)

Leia mais

Tabela SulAmérica Saúde

Tabela SulAmérica Saúde Tabela SulAmérica Saúde Jan/14 Índice 1. Instruções Gerais... 2 1.1 Atendimento de Urgência e Emergência... 2 1.2 Normas Gerais... 2 1.3 Valoração dos Atos Cirúrgicos... 3 1.4 Auxiliares de Cirurgia...

Leia mais

Úlceras de pressão. Profº. Jorge Bins-Ely - MD - PhD

Úlceras de pressão. Profº. Jorge Bins-Ely - MD - PhD UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA HOSPITAL UNIVERSITÁRIO SERVIÇO DE CIRURGIA PLÁSTICA HU/UFSC DISCIPLINA DE TÉCNICA OPERATÓRIA E CIRURGIA EXPERIMENTAL - TOCE Úlceras de pressão Profº. Jorge Bins-Ely

Leia mais

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014

REDE CREDENCIADA MARÍTIMA SEGURO SAÚDE- MAIO 2014 CATEGORIA_DIVULGAÇÃO ESPECIALIDADE_DIVULGAÇÃO NOME_FANTASIA_PONTO BAIRRO_PONTO SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO LABORATORIO / ANATOMIA PATOLOGICA CEDACLIN CENTRO SERVIÇO DE TERAPIA FISIOTERAPIA CEMED IMAGEM CENTRO

Leia mais

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011.

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011. Portaria 024/2011 Estabelece protocolos operacionais para a atividade de Regulação e Auditoria no âmbito do IPSEMG. A Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais, no

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS

CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS CONCURSO PÚBLICO 1/2014-EBSERH/HUSM-UFSM ANEXO II DO EDITAL Nº 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2014. RELAÇÃO DE EMPREGOS E REQUISITOS Código Especialidade Requisitos 801 Médico Alergia

Leia mais

DE-PARA TUSS TUSS AMB

DE-PARA TUSS TUSS AMB DE-PARA TUSS TUSS AMB Descrição 10101012 00010014 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10101020 00010022 Em domicílio 10101039 00010073 Em pronto socorro 10102019 00020010 Visita hospitalar

Leia mais

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA

RAZ_SOC ESPECIALIDADE I.DESCRICAO '' A.RUA BAIRRO CIDADE ESTADODDD_TELTEL SEMPER S/A SERVIÇO MEDICO PERMANENTE CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO ALAMEDA BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR HOSPITAL D C LTDA RADIOLOGIA ALAMEDA DA SERRA, 217 VALE DO SERENO NOVA LIMA MG 31 3289-5000 BIOCOR

Leia mais

ALERGOLOGIA BERÇÁRIO. Tel: 2107-5123 Ordem Procedimentos e Exames OBS

ALERGOLOGIA BERÇÁRIO. Tel: 2107-5123 Ordem Procedimentos e Exames OBS Clínicas médicas ALERGOLOGIA Emissão de pareceres e laudos médicos. 3 Assistência a pacientes baixados. 4 Exames especificados na Clínica Pneumológica. BERÇÁRIO Tel: 107-513 1 Atendimento de pacientes

Leia mais

TABELA DE HONORARIOS ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013

TABELA DE HONORARIOS ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013 TABELA DE HONORARIOS ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013 Vigência: 21/03/2015 10101118 10101121 de Psicologia Sessao de Psicoterapia / Psicologo - (12 ou ate 40 por ano se cumprir diretriz de utilização definida

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Outubro de 2010 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos Organizador: José Luiz Gomes

Leia mais

NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE

NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE Indicadores de cobertura NÚMERO DE CONSULTAS MÉDICAS (SUS) POR HABITANTE 1. Conceituação x Número médio de consultas médicas apresentadas no Sistema Único de Saúde (SUS) por habitante, em determinado espaço

Leia mais

Total de Atendimento Realizados Núcleo de Especialidades Janeiro 2013

Total de Atendimento Realizados Núcleo de Especialidades Janeiro 2013 Janeiro 2013 232 1258 714 595 2 345 113 428 232 250 113 30 54 509 66 240 46 437 30 186 180 31 32 5 Fevereiro 2013 53 501 81 393 23 752579 18636 426 154 69 8 215 32 535 288 1296 173 217 215 572 4 Marįo

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Setembro de 2008 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos Organizador: José Luiz

Leia mais

ANEXO I DA INSTRUÇÃO NORMATIVA/DIPRO Nº 16/2008 Compatibilização dos campos do SIP/ANS - RN nº 152/2007 - com as Guias do padrão TISS

ANEXO I DA INSTRUÇÃO NORMATIVA/DIPRO Nº 16/2008 Compatibilização dos campos do SIP/ANS - RN nº 152/2007 - com as Guias do padrão TISS 1 ANX I DA INTRUÇÃ NRMATIVA/DIPR Nº 16/2008 Compatibilização dos campos do IP/AN - RN nº 152/2007 - com as Guias do padrão TI ANX II D IP 1. Item de despesa 1.1 Consultas médicas 1.2 xames 2. Nº de expostos

Leia mais

Trabalho realizado pela Comissão de Intercâmbio da Unimed/RS

Trabalho realizado pela Comissão de Intercâmbio da Unimed/RS 2010 Rol de Procedimentos Médicos Unimed/RS, codificados conforme a Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS) e valorizados de acordo com os portes da CBHPM. Trabalho realizado pela Comissão de

Leia mais

Acupuntura AMN 3º andar

Acupuntura AMN 3º andar Relação de Setores e Serviços Setor / Serviço Unidade Localização Acupuntura 3º andar Aleitamento Materno CPPHO 1º andar Alergia 1º pav., ala 2 Alergo Imunologia Pediátrica CPPHO Térreo Almoxarifado 1º

Leia mais

Tabela TUSS. CÓDIGO TUSS GRUPOS TUSS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório (no horário normal ou preestabelecido)

Tabela TUSS. CÓDIGO TUSS GRUPOS TUSS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) Tabela TUSS CÓDIGO TUSS GRUPOS TUSS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório (no horário normal

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA SELEÇÃO PÚBLICA PARA ADMISSÃO DE MÉDICOS COMO COOPERADOS NA UNIMED JUIZ DE FORA 01/2012

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA SELEÇÃO PÚBLICA PARA ADMISSÃO DE MÉDICOS COMO COOPERADOS NA UNIMED JUIZ DE FORA 01/2012 34288 Acupuntura 59 aprovado 3 45210 Alergia e Imunologia 56,5 aprovado 5 42926 Anestesiologia 62,5 aprovado 48867 Anestesiologia 60,5 aprovado 48235 Anestesiologia 59 aprovado 9 48302 Anestesiologia 56

Leia mais

CONSULTAS, VISITAS HOSPITALARES OU ACOMPANHAMENTO DE PACIENTES PROCEDIMENTOS GERAIS PROCEDIMENTOS GERAIS HCO HSO

CONSULTAS, VISITAS HOSPITALARES OU ACOMPANHAMENTO DE PACIENTES PROCEDIMENTOS GERAIS PROCEDIMENTOS GERAIS HCO HSO Nota: Tabela com indicativo de Correlação (Sim/Não) entre as Tabelas de Terminologia de Procedimentos e Eventos em Saúde v3.02 (2016.01) e o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde RN nº 387/2015. As indicações

Leia mais

TUSS / CBHPM. Cobertos 20102062 Monitor de eventos sintomáticos por 15 a 30 dias (LOOPER)

TUSS / CBHPM. Cobertos 20102062 Monitor de eventos sintomáticos por 15 a 30 dias (LOOPER) Versão 3.0 Rol de Procedimentos Vigência: 07/06/2010 TUSS / CBHPM Código: Procedimentos: Qte.UT: Valor HM: Custo: Fime: N.º Aux.: Porte A.: : Tipo: Equivalente: 10101101 Entrevista Qualificada Extra TUSS

Leia mais

CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA

CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA LIS CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA CONSULTAS (HORÁRIO COMERCIAL): R$ 50,00 CONSULTAS À NOITE, FERIADO E FINAL DE SEMANA: R$ 70,00 1.1 Enfermaria 1.2 Apartamento Privativo Padrão 1.3 Apartamento Privativo

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Setembro de 2005 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP. Brasil) Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos Organizador: Eleuses Vieira

Leia mais

Conhecimentos em Clínica Médica.

Conhecimentos em Clínica Médica. ANEXO II PROGRAMAS DA PROVA ESCRITA s com Acesso Direto Acupuntura Anestesiologia Cirurgia Geral Dermatologia Infectologia Medicina da Família e Comunidade Medicina Nuclear Neurocirurgia Neurologia Conhecimentos

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE RESOLUÇÃO CFM Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 Diário Oficial da União; Poder Executivo, Brasília, DF, n. 81, 29 abr.2002. Seção 1, p. 265-66 Alterada pela Resolução CFM nº 1666/03 (Anexo II) O CONSELHO

Leia mais

Atualizado em Março/2014.

Atualizado em Março/2014. ANEXO I PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER REGISTRADOS EM BPA INDIVIDUALIZADO DE ACORDO COM A PORTARIA Nº 380, DE 12 DE AGOSTO DE 2010 Atualizado em Março/2014. CÓDIGO NOME 0201010062 BIOPSIA DE BEXIGA 0201010216

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.634, DE 11 DE ABRIL DE 2002 Dispõe sobre convênio de reconhecimento de especialidades médicas firmado entre o Conselho Federal de Medicina CFM, a Associação

Leia mais

PROGRAMA DATA LOCAL E INFORMAÇÕES HORÁRIO

PROGRAMA DATA LOCAL E INFORMAÇÕES HORÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - SANTA CASA DE PORTO ALEGRE COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2015 CALENDÁRIO DA 2ª

Leia mais