RPG FISIOTERAPIA R$ 33,35. Avaliação Terapia Ocupacional não possui Não possui TERAPIA OCUPACIONAL R$ 42,

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "98200003 50000446 RPG FISIOTERAPIA R$ 33,35. Avaliação Terapia Ocupacional 98400029 não possui Não possui TERAPIA OCUPACIONAL R$ 42,35 98200143"

Transcrição

1 DESCRIÇÃO ANTERIOR CÓDIGO ANTERIOR CÓD. TUSS NOMENCLATURA TUSS SERVIÇO VALOR REAJUSTADO EM 17,65% - (VIGENTE A PARTIR DE 01/04/2015) Avaliação Nutricionista não possui não possui NUTRICIONISTA R$ 42,35 Acupuntura Por Sessão Acupuntura por sessão ACUPUNTURA R$ 49,41 Hidroterapia Hidroterapia FISIOTERAPIA R$ 33,35 Rpg - Reeducação Postural Global RPG FISIOTERAPIA R$ 33,35 Avaliação Terapia Ocupacional não possui Não possui TERAPIA OCUPACIONAL R$ 42, Distúrbios Circulatórios Artério - Venosos disfunção decorrente de alterações do sistema cardiovascular FISIOTERAPIA R$ 10, Pac. C/ Doença Isquêmica Do Coração, Atendido Em Ambulatório, Até 8 Semanas De Programa disfunção decorrente de alterações do sistema cardiovascular FISIOTERAPIA R$ 17, Drenagem Linfática disfunção decorrente de alterações do sistema linfático e/ou vascular FISIOTERAPIA R$ 26, Hemiparesia FISIOTERAPIA R$ 16,52

2 Infiltração De Ponto Gatilho Ou Agulhamento Seco FISIOTERAPIA R$ 26, Hemiplegia FISIOTERAPIA R$ 16,52 Avaliação Psicológica não possui não possui PSICOLOGIA R$ 111, Diferentes Segmentos Da Coluna FISIOTERAPIA R$ 20, Dois Ou Mais Membros FISIOTERAPIA R$ 20, Um Segmento Da Coluna FISIOTERAPIA R$ 11, Patologias Osteomioarticulares Com Dependência De Atividades Da Vida Diária. FISIOTERAPIA R$ 32,48

3 Amputação Unilateral(Preparação Do Coto) FISIOTERAPIA R$ 20, Paraparesia E Tetraparesia FISIOTERAPIA R$ 27, Paraplegia E Tetraplegia FISIOTERAPIA R$ 35, Um Membro FISIOTERAPIA R$ 9, Miopatias FISIOTERAPIA R$ 20, Doenças Pulmonares Atendidas Em Ambulatório disfunção decorrente de alterações no sistema respiratório FISIOTERAPIA R$ 14,12

4 Pac. C/ Dpoc Em Atendimentoambulatorial Necessitando Reeducação E Reabilitação Respiratória disfunção decorrente de alterações no sistema respiratório FISIOTERAPIA R$ 13, Biofeedback Com Emg FISIOTERAPIA R$ 38, Lesão Nervosa Periférica Afetando Mais De Um Nervo Com Alterações Sensitivas E/Ou Motoras FISIOTERAPIA R$ 13, Lesão Nervosa Periférica Afetando Um Nervo Com Alterações Sensitivas E/Ou Motoras FISIOTERAPIA R$ 7, Parkinson FISIOTERAPIA R$ 16, Retardo Do Desenvolvimento Psicomotor FISIOTERAPIA R$ 27,21

5 Patologia Neurológica Com Dependência De Atividades Da Vida Diária. FISIOTERAPIA R$ 32, Adaptação E Treinamento De Recursos Ópticos Para Visão Subnormal(Por Sessão) - Binocular. FISIOTERAPIA R$ 15, Reabilitação Labiríntica FISIOTERAPIA R$ 33, Paralisia Cerebral Com Distúrbio De Comunicação FISIOTERAPIA R$ 21,87 Assistência Fisiátrica Respiratória Em Pré E Pós-Operatório De Condições Cirúrgicas Sessão para assistência fisioterapêutica ambulatorial no pré e pós cirúrgico e em recuperação de tecidos FISIOTERAPIA R$ 11,45 Recuperação Funcional Pós - Operatória Ou Imobilização Da Patologia Vertebra Sessão para assistência fisioterapêutica ambulatorial no pré e pós cirúrgico e em recuperação de tecidos FISIOTERAPIA R$ 15,37 Consulta Fonoaudiologia Consulta individual ambulatorial de fonoaudiologia FONAUDIOLOGIA R$ 35,30

6 Fonoaudiologia Grupo (Por Sessão) Sessão de fonoaudiologia em grupo FONAUDIOLOGIA R$ 16,47 Fonoaudiologia Individual (Por Sessão) Sessão individual ambulatorial de fonoaudiologia FONAUDIOLOGIA R$ 35,30 Consulta Nutricionista Consulta ambulatorial por nutricionista NUTRICIONISTA R$ 42,35 Consulta Psicológica Consulta em psicologia PSICOLOGIA R$ 41,18 Ludoterapia em Grupo Sessão de ludoterapia em grupo PSICOLOGIA R$ 16,49 Ludoterapia Individual Sessão de ludoterapia individual PSICOLOGIA R$ 24,73 Psicomotricidade em Grupo Sessão de psicomotricidade em grupo PSICOLOGIA R$ 12,38 Psicomotricidade Individual Sessão de psicomotricidade individual PSICOLOGIA R$ 20,61 Psicoterapia em Casal Sessão de psicoterapia em casal por psicólogo PSICOLOGIA R$ 52,94 Psicoterapia em Grupo Sessão de psicoterapia em grupo por psicólogo PSICOLOGIA R$ 16,49 Psicoterapia Familiar Sessão de psicoterapia familiar por psicólogo PSICOLOGIA R$ 52,94 Psicoterapia Individual Sessão de psicoterapia individual por psicólogo PSICOLOGIA R$ 37,65 Consulta - Terapia Ocupacional Consulta individual ambulatorial, em terapia ocupacional TERAPIA OCUPACIONAL R$ 35,30 Treinamento/ Adaptação/ Orientação Do Uso De Órtese. (Por Sessão) Sessão de terapia ocupacional para treinamento órteses, próteses e adaptações TERAPIA OCUPACIONAL R$ 44,71 Terapia Ocupacional Individual (Por Sessão) Sessão individual ambulatorial, em terapia ocupacional TERAPIA OCUPACIONAL R$ 35,30

ANEXO XXIV TABELA DE HONORÁRIOS DE FISIOTERAPIA E NORMAS DE AUTORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS

ANEXO XXIV TABELA DE HONORÁRIOS DE FISIOTERAPIA E NORMAS DE AUTORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS NEUROLOGIA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOMUNICÍPIO - IPM IPM SAÚDE AUDITORIA EM SAÚDE ANEXO XXIV TABELA DE HONORÁRIOS DE FISIOTERAPIA E NORMAS DE AUTORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS ASSUNTO: REDIMENSIONAMENTO DO

Leia mais

REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2016 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS

REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2016 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS REFERENCIAL DE FISIOTERAPIA - ATUALIZADA 01/01/2016 Adequado à terminologia Unificada da Saúde Suplementar TUSS do Padrão TISS, regulamentado pela ANS Código Procedimento Autorização Prévia Valor 2.01.03.00-0

Leia mais

TABELA DE HONORARIOS ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013

TABELA DE HONORARIOS ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013 TABELA DE HONORARIOS ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013 Vigência: 21/03/2015 10101118 10101121 de Psicologia Sessao de Psicoterapia / Psicologo - (12 ou ate 40 por ano se cumprir diretriz de utilização definida

Leia mais

I - PATOLOGIAS NEUROLÓGICAS (25.02.000.-5):

I - PATOLOGIAS NEUROLÓGICAS (25.02.000.-5): PORTARIA NORMATIVA Nº. 011-2009/DIASS Regulamenta o atendimento de Fisioterapia aos usuários do IPASGO SAÚDE. O Diretor de Assistência do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás

Leia mais

TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS

TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Programa de Saúde e Assistência Social PLAN-ASSISTE TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS Regulamento Geral 2012 ÍNDICE I) Procedimentos Médicos 1) Acupuntura

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIO AMBULATORIAL ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013

TABELA DE HONORÁRIO AMBULATORIAL ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013 TABELA DE HONORÁRIO AMBULATORIAL ANEXO 11.2 EDITAL 0057/2013 Honorário de Psicologia 1010111 8 Sessao de Psicoterapia / Psicologo - (12 ou ate 40 por ano se cumprir diretriz de utilização definida pelo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Programa de Saúde e Assistência Social PLAN-ASSISTE TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Programa de Saúde e Assistência Social PLAN-ASSISTE TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Programa de Saúde e Assistência Social PLAN-ASSISTE TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS Regulamento Geral 2007 ÍNDICE I) Procedimentos Médicos 1) Acupuntura

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Programa de Saúde e Assistência Social PLAN-ASSISTE TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Programa de Saúde e Assistência Social PLAN-ASSISTE TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Programa de Saúde e Assistência Social PLAN-ASSISTE TABELA PRÓPRIA DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS E PARAMÉDICOS Regulamento Geral 2012 ÍNDICE I) Procedimentos Médicos 1) Acupuntura

Leia mais

1.1 - a inscrição de participantes a este programa se dará através de:

1.1 - a inscrição de participantes a este programa se dará através de: PROPOSTA DE REGULAMENTO VISANDO A IMPLANTAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONTIDOS NO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO CELEBRADO EM DEZEMBRO DE 2011, QUE TRATA DO PROGRAMA DE APOIO AO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA I - O Programa

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 176/2002

PORTARIA NORMATIVA N 176/2002 PORTARIA NORMATIVA N 176/2002 O PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DE GOIÁS- IPASGO, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: Art. 1 - Regulamentar o atendimento

Leia mais

RESOLUÇÃO n 428 de 08 de julho de 2013. (D.O.U. nº 146, Seção I de 31 de Julho de 2013)

RESOLUÇÃO n 428 de 08 de julho de 2013. (D.O.U. nº 146, Seção I de 31 de Julho de 2013) RESOLUÇÃO n 428 de 08 de julho de 2013. (D.O.U. nº 146, Seção I de 31 de Julho de 2013) Fixa e estabelece o Referencial Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos e dá outras providências. O Plenário

Leia mais

FISIOTERAPEUTAS! Cura. Diagnóstico Funcional. Bem Estar. Tratamento. Reabilitação. Prevenção O SEU MUNICÍPIO TEM MUITO A GANHAR COM A CONTRATAÇÃO DE

FISIOTERAPEUTAS! Cura. Diagnóstico Funcional. Bem Estar. Tratamento. Reabilitação. Prevenção O SEU MUNICÍPIO TEM MUITO A GANHAR COM A CONTRATAÇÃO DE O SEU MUNICÍPIO TEM MUITO A GANHAR COM A CONTRATAÇÃO DE FISIOTERAPEUTAS! Tudo o que o gestor deve saber sobre fisioterapia e como implantá-la em seu município. Cura Diagnóstico Funcional Bem Estar Qualidade

Leia mais

Patrícia Zambone da Silva Médica Fisiatra

Patrícia Zambone da Silva Médica Fisiatra Reabilitação da Paralisia Cerebral no CEREPAL Patrícia Zambone da Silva Médica Fisiatra Histórico Fundada no dia 02 de março de 1964 por um grupo de pais que os filhos possuíam lesão cerebral. É uma entidade

Leia mais

ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS

ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS Anexo A ao Edital de Credenciamento 01/2015 47º BI...página 1/5 ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS Os serviços médico-hospitalares e laboratoriais, objeto

Leia mais

O POVO DO MUNICÍPIO DE MARICÁ, por seus representantes na Câmara Municipal, aprovou e o Prefeito Municipal, em seu nome, sanciona a seguinte Lei:

O POVO DO MUNICÍPIO DE MARICÁ, por seus representantes na Câmara Municipal, aprovou e o Prefeito Municipal, em seu nome, sanciona a seguinte Lei: LEI Nº 2599 DE 10 DE JUNHO DE 2015. DISPÕE SOBRE OS CRITÉRIOS PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL, POR PRAZO DETERMINADO, PARA ATENDER A NECESSIDADE TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, PARA O QUADRO

Leia mais

Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção

Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção Programas Seleção Conteúdo Vagas com bolsas Vagas sem bolsa Data da seleção Processo de Trabalho em saúde: Integralidade e Cuidado do 6º ou 7º Biossegurança no trabalho, aspectos legais, suas classificações

Leia mais

FISIOTERAPIA QUESTÕES DISCURSIVAS

FISIOTERAPIA QUESTÕES DISCURSIVAS ENADE-2007- PADRÃO DE RESPOSTA FISIOTERAPIA QUESTÕES DISCURSIVAS QUESTÃO 37 a) O início da resposta inflamatória é determinado por uma vasoconstrição originada de um reflexo nervoso que lentamente vai

Leia mais

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013 2014 - -2013 NOMENCLATURA AT.DIRETO 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) AT.DIRETO 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) NOMENCLATURA

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional. Nº 219 14/11/07 p.386

Diário Oficial Imprensa Nacional. Nº 219 14/11/07 p.386 Diário Oficial Imprensa Nacional. Nº 219 14/11/07 p.386 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA - DF MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 2.916, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2007 Exclui e inclui

Leia mais

Gestão do Paciente com Deficiência Uma visão Prática da Terapia Ocupacional e da Fisioterapia

Gestão do Paciente com Deficiência Uma visão Prática da Terapia Ocupacional e da Fisioterapia Gestão do Paciente com Deficiência Uma visão Prática da Terapia Ocupacional e da Fisioterapia Percentual de pessoas com deficiência no Brasil..segundo Censo 2000: 14,5% Deficientes 85,5% Não Deficientes

Leia mais

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO

DIAS AULA TEMA CONTEÚDO MARÇO 04/03 Teórica Noções em Geriatria e Gerontologia - Histórico - Temas básicos: saúde, autonomia, independência, incapacidade e fragilidade - Epidemiologia do envelhecimento - Papel do cuidador - Qualidade

Leia mais

Doutorado em Ciências da saúde, ciências biológicas ou áreas afins e portadores do título de graduação em curso da área da saúde ou biológicas.

Doutorado em Ciências da saúde, ciências biológicas ou áreas afins e portadores do título de graduação em curso da área da saúde ou biológicas. Anexo I - Edital nº 94/20 Concurso Docente Lotação: Instituto de Ciências da Saúde, Regime de Trabalho de Dedicação Exclusiva.- e 1 vaga em regime de 40 horas Tema do Nº de Pontos das Provas Escrita e

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 11ª REGIÃO CREFITO 11 DF e GO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL DA 11ª REGIÃO CREFITO 11 DF e GO OFIC/GAPRE/N.774/2012-CREFITO 11 Brasília-DF 19, de Julho de 2012. Aos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Distrito Federal e de Goiás OBRIGATORIEDADE DE CUMPRIMENTO DO PADRÃO MÍNIMO REMUNERATÓRIO

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Angiologia Código: Fisio 228 Pré-Requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 262, DE 1 DE AGOSTO DE 2011.

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 262, DE 1 DE AGOSTO DE 2011. RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 262, DE 1 DE AGOSTO DE 2011. Atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde previstos na RN nº 211, de 11 de janeiro de 2010. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de

Leia mais

Tabulação Paralisia Cerebral

Tabulação Paralisia Cerebral Tabulação Paralisia Cerebral Sumário SUMÁRIO.... INTRODUÇÃO.... METODOLOGIA.... APRESENTAÇÃO DOS DADOS.... ANÁLISE DOS DADOS...ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. Audição... Erro! Indicador não definido. Visão...

Leia mais

Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos.

Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos. Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos. 18041019 ALTERACOES DO EIXO DA COLUNA VERTEBRAL 18011020 ALTERACOES SENSITIVAS 18031013 ASSISTENCIA RESPIRATORIA PRE/POS OPERATORIO COM OU SEM USO 18064027

Leia mais

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR HOME CARE Ajudar o paciente a resgatar a qualidade de vida em sua própria residência, é o compromisso do NADH. O atendimento personalizado é

Leia mais

Queimadura: quando a cicatriz é uma deficiência física?

Queimadura: quando a cicatriz é uma deficiência física? Queimadura: quando a cicatriz é uma deficiência física? Dr. José Adorno Médico Cirurgião Plástico Mestrado em Ciências Médicas/UnB Coordenador Cirurgia Plástica da Unidade de Queimados HRAN/SES/DF Presidente

Leia mais

PLANOS UNIMED CONVÊNIO ASDEP Contato: convênios@asdep.com.br

PLANOS UNIMED CONVÊNIO ASDEP Contato: convênios@asdep.com.br PLANOS UNIMED CONVÊNIO ASDEP Contato: convênios@asdep.com.br 1. PLANO UNIMAX COLETIVOS POR ADESÃO Características: Apresentam abrangência Nacional, com atendimentos e ampla utilização na rede Unimed, contando

Leia mais

Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar. Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado

Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar. Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado Inovações Assistenciais para Sustentabilidade da Saúde Suplementar Modelo Assistencial: o Plano de Cuidado Linamara Rizzo Battistella 04.10.2012 Universal Irreversível Heterôgeneo Perda Funcional Progressiva

Leia mais

Rede de Reabilitação Lucy Montoro

Rede de Reabilitação Lucy Montoro Rede de Reabilitação Lucy Montoro Rede de Reabilitação Lucy Montoro Implantar, Padronizar e Sistematizar uma rede hierarquizada e descentralizada, dentro dos parâmetros do SUS, de atendimento em reabilitação

Leia mais

Plano de Saúde - Santa Casa de Santos Relação de Prestadores por Especialidade

Plano de Saúde - Santa Casa de Santos Relação de Prestadores por Especialidade Plano de Saúde - Santa Casa de Santos Relação de Prestadores por Especialidade Ambulatorial ALERGIA E IMUNOLOGIA (ALERGOLOGISTA) CARDIOLOGISTA CIRURGIAO EM GERAL Pagina 1 de 8 CIRURGIAO VASCULAR CLINICO

Leia mais

Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ. Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br

Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ. Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br Faculdade de Medicina de Jundiaí FMJ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GERIATRIA E GERONTOLOGIA DA Informações (11) 4587-1095 www.fmj.br Coordenação Geral Profº José Eduardo Martinelli, MD, PhD Médico responsável

Leia mais

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

BÁSICO - COBERTURAS. Cobertura de refeição para acompanhante Internados menores de 18 anos e a partir de 60 anos PRÁTICO - COBERTURAS

BÁSICO - COBERTURAS. Cobertura de refeição para acompanhante Internados menores de 18 anos e a partir de 60 anos PRÁTICO - COBERTURAS Informações importantes dos seguros-saúde da Seguros Unimed Além das coberturas obrigatórias da Lei nº 9.656/98, os seguros contemplam coberturas e serviços diferenciados. Cobertura de refeição para acompanhante

Leia mais

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008 de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

PARÂMETROS ASSISTENCIAIS FISIOTERAPÊUTICOS Diário Oficial da União Nº 202, Seção 1 segunda-feira, 20 de outubro de 2014

PARÂMETROS ASSISTENCIAIS FISIOTERAPÊUTICOS Diário Oficial da União Nº 202, Seção 1 segunda-feira, 20 de outubro de 2014 Circular 567/2014 São Paulo, 21 de Outubro de 2014. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) PARÂMETROS ASSISTENCIAIS FISIOTERAPÊUTICOS Diário Oficial da União Nº 202, Seção 1 segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Leia mais

Média salarial - Brasil

Média salarial - Brasil Média salarial - Brasil Área geral Área específica Cargo Valor Administração Administração Diretor de Administração Gerente de Administração R$ 17.716 R$ 6.246 Administração Administrador R$ 6.001 Administração

Leia mais

MEDICINA FÍSICA E DE REABILITAÇÃO

MEDICINA FÍSICA E DE REABILITAÇÃO MEDICINA FÍSICA E DE REABILITAÇÃO A nova aposta do Hospital SOERAD O novo serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital SOERAD já se encontra em funcionamento, dispondo de uma equipa multidisciplinar

Leia mais

Média salarial - Brasil

Média salarial - Brasil Média salarial - Brasil Área geral Área específica Cargo Valor Diretor R$ 15.714 Gerente R$ 6.728 Administrador R$ 6.049 R$ 3.313 Analista Sênior R$ 2.416 Farmacêutico R$ 2.249 Analista Pleno R$ 1.858

Leia mais

Ákla Nayara Albino Curriculum Vitae

Ákla Nayara Albino Curriculum Vitae Ákla Nayara Albino Curriculum Vitae Dados Pessoais Nome Nome em citações bibliográficas Sexo Filiação Nascimento CREFITO-11 Endereço residencial Endereço eletrônico Ákla Nayara Albino ALBINO, A. N. Feminino

Leia mais

MEXA SE PELA SUA SAÚDE

MEXA SE PELA SUA SAÚDE MEXA SE PELA SUA SAÚDE No dia 8 de Setembro comemora-se o Dia Mundial da Fisioterapia. i i Este dia foi instituído pela Confederação Mundial de Fisioterapia (WCPT), organização que representa mais de 300

Leia mais

CUIDADOS CONTINUADOS INTEGRADOS

CUIDADOS CONTINUADOS INTEGRADOS CUIDADOS CONTINUADOS INTEGRADOS Unidades de Convalescença, Reabilitação e Manutenção O Hospital SOERAD dispõe de programas de Cuidados Continuados adaptados especificamente às necessidades de cada paciente,

Leia mais

SABESPREV SAÚDE REEMBOLSO DE DESPESAS MÉDICAS

SABESPREV SAÚDE REEMBOLSO DE DESPESAS MÉDICAS Além de disponibilizar uma ampla rede de recursos credenciados, a SABESPREV ainda possibilita aos seus BENEFICIÁRIOS o reembolso de despesas com serviços de saúde em regime de livre escolha. O beneficiário

Leia mais

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE - PAS/SERPRO LIVRE ESCOLHA

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE - PAS/SERPRO LIVRE ESCOLHA PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE - PAS/SERPRO LIVRE ESCOLHA A modalidade Livre Escolha consiste no reembolso de despesas médicas e/ou hospitalares de procedimentos constantes da Tabela de Reembolso do PAS-SERPRO

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) ADMINISTRAÇÃO EM FISIOTERAPIA C/H 68 (2435) Introdução, princípios, bases legais e elementos da administração. Atuação da

Leia mais

FISOTERAPIA AQUÁTICA NA NEUROLOGIA

FISOTERAPIA AQUÁTICA NA NEUROLOGIA UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE FISIOTERAPIA JOSIAS JUSTINO CAMBINJA CHAVES FISOTERAPIA AQUÁTICA NA NEUROLOGIA CRICIUMA, NOVEMBRO DE 2008. JOSIAS JUSTINO CAMBINJA CHAVES FISOTERAPIA

Leia mais

Linha de Cuidado da Obesidade. Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas

Linha de Cuidado da Obesidade. Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas Linha de Cuidado da Obesidade Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas Evolução do excesso de peso e obesidade em adultos 0,8% (1.550.993) da população apresenta obesidade grave 1,14% das

Leia mais

Centro de Reabilitação Dra. Linamara R. Battistella

Centro de Reabilitação Dra. Linamara R. Battistella Centro de Reabilitação Dra. Linamara R. Battistella Secretaria Municipal de Saúde Prefeitura Municipal de Centro de Reabilitação Até ano 2000: Casa de Saúde Stella Maris (05 fisios); Ano 2000: Clínica

Leia mais

Plano de Saúde - Santa Casa de Santos Relação de Prestadores por Especialidade

Plano de Saúde - Santa Casa de Santos Relação de Prestadores por Especialidade Plano de Saúde - Santa Casa de Santos Relação de Prestadores por Especialidade Ambulatorial ALERGIA E IMUNOLOGIA (ALERGOLOGISTA) CARDIOLOGISTA CIRURGIAO EM GERAL Pagina 1 de 9 CIRURGIAO VASCULAR CLINICO

Leia mais

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual A Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT deverá ser preenchida pelo profissional ou entidade de saúde que mantém compromisso de credenciamento especial firmado com

Leia mais

Curso: Fisioterapia Currículo: 2. Estágios obrigatórios. Atividades Complementares. Disciplina Optativa. Disciplinas Pré Req.

Curso: Fisioterapia Currículo: 2. Estágios obrigatórios. Atividades Complementares. Disciplina Optativa. Disciplinas Pré Req. INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RAIMUNDO SÁ - FACULDADE R.SÁ Curso: Fisioterapia Currículo: 2 Modalidade: Bacharelado Período de Integração: 4,5 anos Máximo: 8 anos Matriz Curricular Conteúdos obrigatórios

Leia mais

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS TIPOS DE PLANO:

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS TIPOS DE PLANO: PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DOS TIPOS DE PLANO: ANTES DA CONTRATAÇÃO DE SEU PLANO DE SAÚDE CONHEÇA AS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS E TUDO QUE O SEU PLANO PODE OFERECER As regras de reajuste variam de

Leia mais

ANEXO I Termo de Credenciamento Tabela de Diárias, Taxas Hospitalares e Gases Medicinais Instruções 1. Para as Diárias Hospitalares: No valor das diárias estão inclusos: Leito próprio, banheiro privativo,

Leia mais

Comunicado: Modernização do Plano de Saúde

Comunicado: Modernização do Plano de Saúde Caro prestador, Comunicado: Modernização do Plano de Saúde O Instituto de Previdência e Assistência Municipal visando implantar melhorias em seus serviços está investindo fortemente na modernização do

Leia mais

GRUPO 43 - MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DO IDOSO / IMIP GRUPO 44 - MULTIPROFISSIONAL EM CUIDADOS PALIATIVOS / IMIP. 43 e 44 - EDUCAÇÃO FÍSICA

GRUPO 43 - MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DO IDOSO / IMIP GRUPO 44 - MULTIPROFISSIONAL EM CUIDADOS PALIATIVOS / IMIP. 43 e 44 - EDUCAÇÃO FÍSICA 43 e 44 - EDUCAÇÃO FÍSICA 01 D 26 B 02 B 27 A 03 D 28 A 04 D 29 E 05 D 30 C 06 A 31 B 07 A 32 A 08 A 33 E 09 E 34 E 11 B 36 C 12 C 37 A 13 B 38 A 14 E 39 B 15 B 40 B 16 C 41 D 17 A 42 E 18 D 43 E 19 C

Leia mais

Modelos Preditivos na Gestão da Saúde. Por: Dr. César Abicalaffe Maio de 2016

Modelos Preditivos na Gestão da Saúde. Por: Dr. César Abicalaffe Maio de 2016 Modelos Preditivos na Gestão da Saúde Por: Dr. César Abicalaffe Maio de 2016 Agenda Alinhamentos Conceituais Programa de Gerenciamento Perinatal Avaliação de Desempenho da Rede Assistencial Análise Preditivas

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS E ADMINISTRATIVAS AOS CREDENCIADOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS E ADMINISTRATIVAS AOS CREDENCIADOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS E ADMINISTRATIVAS AOS CREDENCIADOS MÉDICO E HOSPITALAR Missão Life Empresarial Saúde: Cuidar da qualidade de vida de seus clientes, beneficiários e funcionários, provendo

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Ementas das Disciplinas CURSO DE GRADUAÇÃO DE FISIOTERAPIA ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares correspondem a 204 horas realizadas nos diferentes espaços proporcionados

Leia mais

Critérios para Admissão em Longo e Curto Internamento e Unidade de Dia

Critérios para Admissão em Longo e Curto Internamento e Unidade de Dia Critérios para Admissão em Longo e Curto Internamento e Unidade de Dia Critérios de Admissão em Longo Internamento O Centro Psicogeriátrico Nossa Senhora de Fátima (CPNSF), oferece serviços especializados

Leia mais

X FÓRUM NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM FISIOTERAPIA FLORIANÓPOLIS-SC

X FÓRUM NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM FISIOTERAPIA FLORIANÓPOLIS-SC X FÓRUM NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM FISIOTERAPIA FLORIANÓPOLIS-SC Dirceu Costa Florianópolis-SC - Abril-2015 HÁ NECESSIDADE DE AJUSTES CONSTANTES: DA COERÊNCIA INTERNA DOS PPGs

Leia mais

Prezado Cliente, Grupo Memorial

Prezado Cliente, Grupo Memorial Prezado Cliente, 1 - GUIA DO USUÁRIO Você agora faz parte de um grupo seleto de pessoas que optaram por ter acesso a uma gama enorme de estabelecimentos especificamente voltados para o bem-estar, a qualidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 001/2007 O PREFEITO MUNICIPAL DE JUAZEIRO, ESTADO DA BAHIA,

Leia mais

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Dispõe sobre a duração e o conteúdo programático da Residência Médica de Cirurgia da Mão O PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA, no uso das

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISIOTERAPEUTA PROVA OBJETIVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISIOTERAPEUTA PROVA OBJETIVA 1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 1) No decorrer do envelhecimento, a pessoa idosa pode apresentar alterações posturais e de marcha, e mesmo após a abordagem fisioterapêutica pode ser necessária a prescrição

Leia mais

CATEGORIA DISPOSITIVO / Faixa Etária L CID MONOBLOCO O C. Idade mínima: 16 a O. Idade máxima: 50 a M O Ç Ã O ACIMA 90 KG

CATEGORIA DISPOSITIVO / Faixa Etária L CID MONOBLOCO O C. Idade mínima: 16 a O. Idade máxima: 50 a M O Ç Ã O ACIMA 90 KG CATEGRIA DISPSITIV / Faixa Etária L MNBLC C Idade mínima: 16 a Idade máxima: 50 a M Ç Ã ACIMA 90 KG Idade mínima: 20 a CID B91- Seqüelas de poliomielite. C412- Neoplasia maligna da coluna vertebral. C72-

Leia mais

PREVENÇÃO DE INCAPACIDADES E REABILITAÇÃO EM HANSENÍASE. Editores: Diltor Vladimir Araújo Opromolla Rosemari Baccarelli

PREVENÇÃO DE INCAPACIDADES E REABILITAÇÃO EM HANSENÍASE. Editores: Diltor Vladimir Araújo Opromolla Rosemari Baccarelli PREVENÇÃO DE INCAPACIDADES E REABILITAÇÃO EM HANSENÍASE Editores: BAURU Instituto Lauro de Souza Lima 2003 ISBN 901968 Endereço para contato: Instituto Lauro de Souza Lima Rodovia Comandante João Ribeiro

Leia mais

Material Ortopédico. O Centro. Especialidades. Formação. Consultas. Fisioterapia. Fisioterapia Pediátrica. Apresentação

Material Ortopédico. O Centro. Especialidades. Formação. Consultas. Fisioterapia. Fisioterapia Pediátrica. Apresentação O Centro Especialidades Formação Material Ortopédico Consultas Fisioterapia Apresentação A Equipa O Espaço Fisioterapia Pediátrica Osteopatia Terapia da Fala Terapia Ocupacional Objectivos Acordo Instema

Leia mais

Necessidades das diferentes populações e possibilidades de respostas na construção da Rede de Cuidados da Pessoa com Deficiência no SUS

Necessidades das diferentes populações e possibilidades de respostas na construção da Rede de Cuidados da Pessoa com Deficiência no SUS XXVIII CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO ABRIL 2014 UBATUBA/SP Necessidades das diferentes populações e possibilidades de respostas na construção da Rede de Cuidados da

Leia mais

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ (ESP-CE) PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DOS EMPREGOS PÚBLICOS DE POLICLÍNICAS

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ (ESP-CE) PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DOS EMPREGOS PÚBLICOS DE POLICLÍNICAS 2024 003.507.983-54 80.00 (PACAJUS) ENFERMEIRO 2019 004.798.133-45 75.00 (PACAJUS) ENFERMEIRO 2143 600.324.453-42 75.00 (PACAJUS) ENFERMEIRO 2322 884.313.043-91 75.00 (PACAJUS) ENFERMEIRO 2027 631.747.313-72

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO 2006 N.º Despacho PROJETO DE LEI N.º 903/2006 RECONHECE A PESSOA COM AUTISMO COMO PORTADORA DE DEFICIÊNCIA, PARA FINS DA FRUIÇÃO DOS DIREITOS ASSEGURADOS PELA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO.

Leia mais

CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA

CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA LIS CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA CONSULTAS (HORÁRIO COMERCIAL): R$ 50,00 CONSULTAS À NOITE, FERIADO E FINAL DE SEMANA: R$ 70,00 1.1 Enfermaria 1.2 Apartamento Privativo Padrão 1.3 Apartamento Privativo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE INHAPIM Minuta de Edital de Concurso Público nº 01/2014 Organização: Reis & Reis Auditores Associados

PREFEITURA MUNICIPAL DE INHAPIM Minuta de Edital de Concurso Público nº 01/2014 Organização: Reis & Reis Auditores Associados A Prefeitura Municipal de Inhapim/MG, no uso de suas atribuições legais, torna público a 2ª ERRATA do Concurso Público - Edital nº 01/2014, que objetiva alterar os seguintes conteúdos: Número de Vagas

Leia mais

MANUAL DE REEMBOLSO 2 ENDEREÇO PARA ENTREGA DAS SOLICITAÇÕES DE REEMBOLSO

MANUAL DE REEMBOLSO 2 ENDEREÇO PARA ENTREGA DAS SOLICITAÇÕES DE REEMBOLSO MANUAL DE REEMBOLSO 1 - O QUE É REEMBOLSO É a restituição ao beneficiário, das despesas médicas e hospitalares por ele custeadas em atendimento particular, ou seja, por prestador não credenciado à Medial

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010 DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010 SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA AOS SERVIDORES DO ESTADO Republicação da resolução n 04 de 21 de dezembro de 2009 Número de Publicação:

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Julho de 2010

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Julho de 2010 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Julho de 2010 Deficiência física Segundo o Decreto 5.296, Art. 4º, deficiência física é: Alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano,

Leia mais

ELETROESTIMULAÇÃO FUNCIONAL NO CONTROLE DA ESPASTICIDADE EM PACIENTE HEMIPARÉTICO

ELETROESTIMULAÇÃO FUNCIONAL NO CONTROLE DA ESPASTICIDADE EM PACIENTE HEMIPARÉTICO ELETROESTIMULAÇÃO FUNCIONAL NO CONTROLE DA ESPASTICIDADE EM PACIENTE HEMIPARÉTICO Josimari Melo de Santana (Faculdades Integradas FAFIBE) Valter Joviniano de Santana Filho (PG- USP/Ribeirão Preto/SP) Edna

Leia mais

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013

TUSS ROL ANS 2014 - RN 338-2013 27/03/2014 27/03/2014 27/03/2014 17/12/2009 17/12/2009 14/06/2010 27/04/2006 27/01/2010 AT.DIRETO 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) AT.DIRETO 10101012 Consulta em

Leia mais

Reabilitação após o câncer

Reabilitação após o câncer assistência Fisioterapia ajuda a prevenir e superar as sequelas decorrentes do tratamento oncológico Reabilitação após o câncer Durante muito tempo, o único foco do tratamento do câncer era a sobrevivência

Leia mais

COTAS ANUAIS JULHO 2010 CONSULTAS MÉDICAS, EXAMES DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPIAS SEQUENCIAIS EXAMES EXAMES POR SUBGRUPO

COTAS ANUAIS JULHO 2010 CONSULTAS MÉDICAS, EXAMES DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPIAS SEQUENCIAIS EXAMES EXAMES POR SUBGRUPO COTAS ANUAIS JULHO 20 CONSULTAS MÉDICAS, DE APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPIAS SEQUENCIAIS CONSULTAS MÉDICAS CONSULTAS ODONTOLÓGICAS 10 CONSULTAS/ ANO 03 CONSULTAS/ ANO ANÁLISES CLÍNICAS ANATOMIA PATOLÓGICA

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXERAMOBIM GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXERAMOBIM GABINETE DO PREFEITO ADITIVO nº 01 ADITIVO AO EDITAL nº 005/2014 Concurso Público para Provimento de Cargos Efetivos de Nível Superior para a Prefeitura Municipal de Quixeramobim O Prefeito Municipal de Quixeramobim, no uso

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES TRATADOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UEG

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES TRATADOS NA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA UEG Anais do IX Seminário de Iniciação Científica, VI Jornada de Pesquisa e Pós-Graduação e Semana Nacional de Ciência e Tecnologia UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS 19 a 21 de outubro de 2011 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO

Leia mais

Manual do Credenciado Versão 19 Programa de Assistência Médica Supletiva da CAIXA

Manual do Credenciado Versão 19 Programa de Assistência Médica Supletiva da CAIXA Manual do Credenciado Versão 19 Programa de Assistência Médica Supletiva da CAIXA -1- ÍNDICE 1. Rede Credenciada, 5 2. Alteração de Dados Cadastrais, 5 3. Descredenciamento, 5 4. Beneficiários, 6 4.1.

Leia mais

EDITAL 01 NÍVEL SUPERIOR

EDITAL 01 NÍVEL SUPERIOR EDITAL NÍVEL SUPERIOR Quantidade de empregos por ocupação Concurso 25 Fundasus Emprego Público de Nível Superior Médico 100h 200h Médico Acupuntura 02 - em Saúde Anestesiologia 02 - Angiologia 03 - Antroposofia

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº11/12 DE 10/07/2012 FAZ SABER A TODOS OS HABITANTES DESTE MUNICÍPIO QUE A CÂMARA MUNICIPAL APROVOU, E ELE SANCIONA A PRESENTE LEI:

LEI COMPLEMENTAR Nº11/12 DE 10/07/2012 FAZ SABER A TODOS OS HABITANTES DESTE MUNICÍPIO QUE A CÂMARA MUNICIPAL APROVOU, E ELE SANCIONA A PRESENTE LEI: LEI COMPLEMENTAR Nº11/12 DE 10/07/2012 CRIA CARGOS DE PROVIMENTO TEMPORÁRIO/EMPREGO PÚBLICO PARA EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESPECIAIS, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Vilibaldo Erich Schmid, Prefeito do Município

Leia mais

FISCO. Saúde. Atendimento. Hospitalar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1

FISCO. Saúde. Atendimento. Hospitalar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1 FISCO Saúde ANS 41.766-1 Atendimento Hospitalar GUIA DE PROCEDIMENTOS Prezados Associados, Pra facilitar a comunicação e dirimir as principais dúvidas sobre a utilização dos nossos serviços, o FISCO SAÚDE

Leia mais

Diário Oficial Imprensa Nacional

Diário Oficial Imprensa Nacional Diário Oficial Imprensa Nacional REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL BRASÍLIA - DF Nº 115 16/06/11 Seção 1 - p.164 CONSELHO FEDERAL DE FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL RESOLUÇÃO Nº 387, DE 8 DE JUNHO DE 2011

Leia mais

Como solicitar reembolso: Valores de Reembolso: Prévia de Reembolso:

Como solicitar reembolso: Valores de Reembolso: Prévia de Reembolso: Como solicitar reembolso: Você deve preencher o envelope para Solicitação de Reembolso (disponível em qualquer agência bancária do banco Bradesco), anexando os documentos necessários, e enviá-lo por malote

Leia mais

EDITAL Nº 005/2009 RE-RATIFICAR

EDITAL Nº 005/2009 RE-RATIFICAR EDITAL Nº 005/2009 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ, no uso de suas atribuições, atendendo aos termos da Lei Complementar nº 108, de 18 de maio de 2005, com alteração dada pela Lei Complementar

Leia mais

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde

REDE MEMORIAL. Guia Memorial Saúde CAPÍTULO 1 REDE MEMORIAL Guia Memorial Saúde 19 ÍNDICE UNIDADES DE ATENDIMENTO AGÊNCIA DE ATENDIMENTO MEMORIAL SAÚDE (DEL CASTILHO)..... 22 HOSPITAL MEMORIAL FUAD CHIDID... 24 HOSPITAL MEMORIAL INFANTIL

Leia mais

TERAPEUTA OCUPACIONAL E O SUS

TERAPEUTA OCUPACIONAL E O SUS TERAPEUTA OCUPACIONAL E O SUS TERAPIA OCUPACIONAL UMA PROFISSÃO NATURALMENTE PARA A SAÚDE PUBLICA Senhor Gestor, gostaríamos de apresentar as possibilidades de cuidado que o terapeuta ocupacional oferece

Leia mais

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 1663, DE 02 DE JULHO DE 2012. Aprova o detalhamento das funções/especialidades dos cargos do Quadro Permanente da Função Saúde da Administração Pública

Leia mais

EDITAL CONCURSO UNCISAL Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014.

EDITAL CONCURSO UNCISAL Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014. EDITAL CONCURSO Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014. Retificado em 29/10/2014, com aviso publicado no Diário Oficial do Estado de Alagoas em 29/10/2014 Retificado em 07/11/2014, com aviso publicado no Diário

Leia mais

ISENÇÃO DE IMPOSTOS DEFICIENTES FÍSICOS OU PESSOAS COM DOENÇAS GRAVES

ISENÇÃO DE IMPOSTOS DEFICIENTES FÍSICOS OU PESSOAS COM DOENÇAS GRAVES ISENÇÃODEIMPOSTOSDEFICIENTESFÍSICOSOU PESSOASCOMDOENÇASGRAVES Em nosso país existem muitas garantias de direitos hoje em dia, mas os cidadãosnãoexigemessesdireitos.istoocorre,namaioriadasvezespelagrande

Leia mais

ÓRTESES DE MÃOS. ÓRTESES: Vem da palavra grega orthos que significa corrigir.

ÓRTESES DE MÃOS. ÓRTESES: Vem da palavra grega orthos que significa corrigir. ÓRTESES DE MÃOS ÓRTESES: Vem da palavra grega orthos que significa corrigir. O que é Órtose: é um dispositivo utilizado para suportar, imobilizar um segmento durante a fase de recuperação, ou para corrigir

Leia mais

TABELA DE PREÇO SUL AMERICA / SINAGÊNCIAS ATENDIMENTO NACIONAL

TABELA DE PREÇO SUL AMERICA / SINAGÊNCIAS ATENDIMENTO NACIONAL TABELA DE PREÇO SUL AMERICA / SINAGÊNCIAS ATENDIMENTO Válida para os Associados Residentes nos Estados - RIO GRANDE DO SUL, PARANA, ESPIRITO SANTOS 00-18 R$ 134,74 R$ 147,26 R$ 165,45 R$ 182,00 R$ 204,33

Leia mais

20103328 Lesão nervosa periférica afetando um nervo com alterações sensitivas e/ou motoras SIM PR

20103328 Lesão nervosa periférica afetando um nervo com alterações sensitivas e/ou motoras SIM PR PR VM PRF TA L - LEGENDA Consta no ROL / Consta na TUSS / valores tabela antiga com correções Não consta no ROL / Consta na TUSS / valores tabela antiga com correções Consta no ROL / Consta na TUSS / valores

Leia mais