Programa SESI Lazer Ativo. SAUDE BEM ESTAR QUALIDADE DE VIDA nos dias de hoje...

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa SESI Lazer Ativo. SAUDE BEM ESTAR QUALIDADE DE VIDA nos dias de hoje..."

Transcrição

1 Programa SESI Lazer Ativo SAUDE BEM ESTAR QUALIDADE DE VIDA nos dias de hoje...

2 SAUDE BEM ESTAR QUALIDADE DE VIDA nos dias de hoje...

3 Qualidade de Vida Não é só... Ter uma pressão arterial controlada Não ter diabete Ir ao médico todos os anos Não precisar tomar remédios

4 Dimensões de qualidade de vida física manter o corpo saudável e livre de doenças social interdependência com outras pessoas emocional capacidade de lidar com os sentimentos e gerenciar o stress espiritual significado e propósito na existência

5 Dimensão física da qualidade de vida Praticar, pelo menos, 30 minutos de atividade física moderada, 5 dias por semana Ter uma alimentação equilibrada. Evitar gorduras e comer frutas e verduras (de preferência, 5 porções ao dia) e alimentos ricos em fibras Não fumar e evitar ambientes em que se fuma Evitar ingerir bebidas alcoólicas em excesso Procurar o médico regularmente para uma avaliação de saúde

6 Dimensão Social da Qualidade de vida Cultivar uma boa relação com a família e amigos, com uma interação positiva no dia-a-dia Ter pessoas em quem confie e com quem possa desabafar, quando precisar Estar satisfeito com a relação que tem com os colegas do trabalho ou da escola. Estar envolvido com atividades da comunidade e que contribuam para o meio ambiente Tentar resolver os conflitos com as outras pessoas de maneira positiva

7 Dimensão emocional da qualidade de vida Ter sentimentos positivos em relação a si mesmo e a minha vida Procurar não ficar nervoso e nem perder a paciência com facilidade Ser capaz de lidar com os altos e baixos da vida de maneira saudável Ter bom humor Saber dizer Não sem se sentir culpado Saber relaxar sem usar medicamentos ou drogas Evitar julgar as pessoas e nem as culpar pelos problemas que enfrenta

8 Dimensão espiritual da qualidade de vida Ter sensação de paz sobre a vida Procurar um sentido para a existência Ter, sempre que possível, momentos de reflexão Ter objetivos realistas para a vida Ser tolerante com as crenças e valores dos outros Sentir-se equilibrado e ter consciência de seus valores e crenças pessoais Buscar realizar atividades voluntárias de caráter comunitário

9 Bem-estar envolve : EQUILIBRIO HARMONIA INTEGRAÇAO entre as dimensões de qualidade de vida

10 Não há soluções rápidas ou mágicas...

11 Estilo de vida saudável É bom para as pessoas...

12 Compressão de Morbidade FRIES (1980) - ENVELHECIMENTO ATIVO Morbidade AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA BRASIL homens (69,5 anos) mulheres(76,8anos) 0 Duração da vida (anos) 76 86? PESSOAS COM MAIS DE 100 ANOS BRASIL Atualmente (13 x mais) PROBLEMAS GRAVES DE SAUDE

13 UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL Aumenta a expectativa de vida 7 a 12 anos extra de vida saudável e produtiva Incapacidade crônica pode ser retardada por 7 a 12 anos A redução da morbidade grave se reduz em 75

14 O QUE É NECESSÁRIO PARA AUMENTAR A EXPECTATIVA DE VIDA EM 7 a 12 ANOS? Não fumar Acumular 30 minutos ou mais de atividade física moderada, pelo menos 5 dias por semana Ter uma alimentação saudável

15 Estilo de vida saudável É bom para as empresas

16 Freqüência de fatores de risco - VIGITEL 2007 FATOR DE RISCO % Excesso de peso 43,4 Consumo de carnes com excesso de gordura 32,8 Inatividade no lazer 84,5 Consumo abusivo de álcool 17,5 Consumo adequado de frutas e verduras 17,7 Fumantes 16,4 F.Sarno, 2008

17 ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAUDE 80% das mortes prematuras por doença cardiovascular, derrame e diabete e 40% dos cânceres são preveníveis

18 Promoção do Estilo de vida saudável na empresa e produtividade Redução de até 27% nas faltas ao trabalho (absenteísmo) Redução de até 26% nos custos com assistência médica Redução de até 32% nos custos com doenças ocupacionais e acidentes no trabalho Pessoas mais criativas, motivadas e produtivas Organização Mundial da Saúde/Forum Econômico Mundial 2008 Chapman, 2003

19 Estilo de vida e produtividade 30 Redução na produtividade (%) Produtividade se reduz em 2% para cada fator de risco Número de fatores de risco Fonte: J.Occup.Environ.Med.,2005

20 Comportamento e qualidade de vida FATORES DE RISCO 1. Tabagismo 2.Sedentarismo 3.Alimentação inadequada 4. Ingerir bebidas alcoólicas em excesso RISCO DE MORTE e FATORES DE RISCO Nenhum fator em comparação com quatro fatores. Equivalente ser anos mais jovem PLOS Medicine, 2008

21 Estilo de vida saudável É bom para o Brasil

22 Causas de morte Brasil 2004 CAUSA DE MORTE % DOENÇA DO APARELHO CIRCULATORIO 31,83 NEOPLASIAS 15,89 CAUSAS EXTERNAS 14,21 DOENÇAS DO APARELHO RESPIRATORIO 11,39 DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS 5,13 DOENÇAS NO PERIODO PERINATAL 3,46 DOENÇAS CRONICAS mais de 50%

23 Dirigir, nos últimos 30 dias, veículos motorizados após consumo abusivo de bebidas alcoólicas. VIGITEL Número médio diário de motoristas dirigindo alcoolizados nas 27 cidades: ! % 6 4 HOMENS 2 0 MULHERES IDADE EM ANOS F. Sarno, 2008

24 Estilo de vida e BRICs World Health Survey Guthold e col. Am.J.Prevent.Med, 2008

25 O DESAFIO 25

26 Mudança de comportamento 1.SENSIBILIZAÇÃO -campanhas educativas -Palestras -Material informativo 2.MOTIVAÇÃO -incentivos -auto-eficácia 4. OPORTUNIDADE - ambiente de suporte 3. CONSTRUIR HABILIDADES -ensinar o COMO fazer - envolvimento ativo,superar barreiras - metas individuais, feedback O Donnell, 2005

27 Respeitar os estágios de mudança de comportamento Mudança de comportamento é um processo e não um evento. Este processo é caracterizado por uma série de estágios Para a mudança de comportamento, as pessoas migram ao longo do ciclo de estágios : Pré contemplação Contemplação Preparação Manutenção Ação

28 Quando falta saúde A sabedoria não se revela, A arte não se manifesta, A força não luta A riqueza é inútil E a inteligência é inaplicável Herophilus, A.C.

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO... 2 SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...12 OUTROS HÁBITOS SAUDÁVEIS...14 ATIVIDADE FÍSICA...14 CUIDADOS

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE QUALIDADE DE VIDA NAS EMPRESAS

IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE QUALIDADE DE VIDA NAS EMPRESAS IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE QUALIDADE DE VIDA NAS EMPRESAS O QUE É... SAÚDE? PREVENÇÃO DE DOENÇA STATUS DE SAÚDE?? PROMOÇÃO DE SAÚDE QUALIDADE DE VIDA? BEM-ESTAR? FELICIDADE Sâmia Simurro SAÚDE...Estado

Leia mais

Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE

Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE Saúde Naval MANUAL DE SAÚDE IDOSO DOENÇAS MAIS COMUNS Com a chegada da terceira idade, alguns problemas de saúde começam a aparecer, conheça alguns dos mais comuns e saiba como se prevenir: 1 2 DIABETES

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

Análise dos resultados

Análise dos resultados Análise dos resultados Percepção do estado de saúde Autoavaliação da saúde A avaliação do estado de saúde consiste na percepção que os indivíduos possuem de sua própria saúde. Por conseguinte, é um indicador

Leia mais

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS

PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PREVENIR É PRECISO MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS PREVENÇÃO DAS DOENÇAS MANUAL DE ORIENTAÇÕES AOS SERVIDORES CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS VIGIAS DA PREFEITURA DE MONTES CLAROS design ASCOM-PMMC PREVENIR É PRECISO DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS No

Leia mais

DOSSIER INFORMATIVO. Descodificar o conceito dos antioxidantes

DOSSIER INFORMATIVO. Descodificar o conceito dos antioxidantes DOSSIER INFORMATIVO Descodificar o conceito dos antioxidantes 1 QUADRO RESUMO aos antioxidantes ajudam o organismo a combater os efeitos nefastos dos radicais livres; aos radicais livres são elementos

Leia mais

Administrando o Stress: o coração agradece

Administrando o Stress: o coração agradece Administrando o Stress: o coração agradece Lucia E. Novaes Malagris Professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro Presidente da Associação Brasileira de Stress Mortalidade - Brasil - Óbitos por

Leia mais

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva.

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Objetivo Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Definição da palavra Ansiedade Comoção aflitiva de quem receia que uma coisa suceda ou não. Sofrimento de

Leia mais

PRINCÍPIOS Prevenção e o controle das doenças, especialmente as crônico-degenerativas estimulam desejo

PRINCÍPIOS Prevenção e o controle das doenças, especialmente as crônico-degenerativas estimulam desejo PRINCÍPIOS Prevenção e o controle das doenças, especialmente as crônico-degenerativas estimulam o desejo de participação social direciona as ações para a estruturação de um processo construtivo para melhoria

Leia mais

Este capítulo tem como objetivo, tecer algumas considerações. Epidemiologia, Atividade Física e Saúde INTRODUÇÃO

Este capítulo tem como objetivo, tecer algumas considerações. Epidemiologia, Atividade Física e Saúde INTRODUÇÃO 1 Epidemiologia, Atividade Física e Saúde Efi gênia Passarelli Mantovani Especialista em Atividade Física e Qualidade de Vida Unicamp Vera Aparecida Madruga Forti Profa. Dra. do Departamento de Estudos

Leia mais

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL

ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL 1. ENVELHECIMENTO ACTIVO A Organização Mundial da Saúde e a Comissão da União Europeia consideram de grande importância todas as medidas, políticas e práticas, que contribuam para

Leia mais

Alimentação Saudável

Alimentação Saudável ANO LECTIVO 2010/2011 Alimentação Saudável Turma: 8º A Elaborado por: Adriana nº1, Carolina Pereira nº8 e Cátia nº10 Disciplina: Área de Projecto e Formação Cívica Professores: Eurico Caetano e Helena

Leia mais

Atividade física: pratique essa ideia.

Atividade física: pratique essa ideia. Atividade física: pratique essa ideia. Quando o assunto é qualidade de vida, não dá para ficar parado. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), a atividade física é o principal fator de promoção do bem-estar

Leia mais

A Importância da Família na Educação

A Importância da Família na Educação A Importância da Família na Educação Não caminhes à minha frente Posso não saber seguir-te. Não caminhes atrás de mim Posso não saber guiar-te. Educadora Social Dra. Joana Valente Caminha antes a meu lado

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e os desportos saudáveis são essenciais para a nossa saúde e bem-estar. Actividade física adequada e desporto

Leia mais

Prevenção Cardio vascular. Dra Patricia Rueda Cardiologista e Arritmologista

Prevenção Cardio vascular. Dra Patricia Rueda Cardiologista e Arritmologista Prevenção Cardio vascular Dra Patricia Rueda Cardiologista e Arritmologista Principal causa de morte em todo o mundo Considerada uma EPIDEMIA pela OMS em 2009 Alta mortalidade Alta morbidade = Muitas

Leia mais

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise MISSÃO Educar para a prevenção e condução de crises, visando a saúde emocional individual, da família e da organização. Gestão Comportamental Fundada em 1986 PAP - Programa de Apoio Pessoal Atuações em

Leia mais

PERFIL DO ESTILO E QUALIDADE DE VIDA DOS PROFESSORES DE ACADEMIAS DA CIDADE DE SOMBRIO SC

PERFIL DO ESTILO E QUALIDADE DE VIDA DOS PROFESSORES DE ACADEMIAS DA CIDADE DE SOMBRIO SC PERFIL DO ESTILO E QUALIDADE DE VIDA DOS PROFESSORES DE ACADEMIAS DA CIDADE DE SOMBRIO SC FLÁVIA BORGES LAURINDO* *GRADUANDA EM EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAREL - UNESC Resumo Este artigo tem como objetivo identificar

Leia mais

INTRODUÇÃO. Diabetes & você

INTRODUÇÃO. Diabetes & você INTRODUÇÃO Diabetes & você Uma das coisas mais importantes na vida de uma pessoa com diabetes é a educação sobre a doença. Conhecer e saber lidar diariamente com o diabetes é fundamental para levar uma

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO SEGURANÇA E BEM ESTAR

EXERCÍCIO FÍSICO SEGURANÇA E BEM ESTAR EXERCÍCIO FÍSICO SEGURANÇA E BEM ESTAR VINHAIS FEVEREIRO 2006 Berta Nunes SEDENTARISMO UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA O Sedentarismo e a obesidade são os principais factores de risco para várias doenças

Leia mais

É possível envelhecer com saúde? Embora muitos ainda associem a velhice ao acúmulo de doenças, as pesquisas recentes demonstram que o processo natural de envelhecimento não é um fator impeditivo para a

Leia mais

folder_socesp.indd 1 04/09/2012 15:33:13

folder_socesp.indd 1 04/09/2012 15:33:13 Doenças cardiovasculares (DCVs), incluindo doenças cardíacas e derrames, matam prematuramente. De fato, elas causam 17,3 milhões de mortes a cada ano e os números estão aumentando. Até 2030, espera-se

Leia mais

Portuguese version 1

Portuguese version 1 1 Portuguese version Versão Portuguesa Conferência Europeia de Alto Nível Juntos pela Saúde Mental e Bem-estar Bruxelas, 12-13 Junho 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e Bem-Estar 2 Pacto Europeu para

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta?

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta? HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL

HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

Nutrição e Doenças Crônicas Não Transmissível

Nutrição e Doenças Crônicas Não Transmissível Nutrição e Doenças Crônicas Não Transmissível Nut. Sandra Mari Barbiero barbierosandra@yahoo.com.br Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANTs) São doenças multifatoriais a) Fatores de Risco Não modificáveis:

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ SEED UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UEM PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PDE

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ SEED UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UEM PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PDE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ SEED UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UEM PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PDE OBJETO DE APRENDIZAGEM COLABORATIVA Professora PDE: Jakeline da Silva Calixto

Leia mais

1,ROT000LO :11_ SP :8/NOW201: 18:52 10006715

1,ROT000LO :11_ SP :8/NOW201: 18:52 10006715 1,ROT000LO :11_ SP :8/NOW201: 18:52 10006715 / PROJETO DE LEI N 3/-3 /2013 ITUI A SEMANA DE PREVENÇÃO E CO ROLE DA DIABETE E COLESTEROL NO M ICÍPIO DE LIMEIRA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS". Art. 1 - Fica instituída

Leia mais

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA

E E R D A B DISEB SO O RA S FALOM VA VAMOS FALAR SOBRE OBESIDADE OBESIDADE A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de gordura corporal no organismo ou quando o peso do corpo ultrapassa em 20% o peso ideal. É atualmente

Leia mais

1CARTÃO DE MELHORIA DA SAÚDE

1CARTÃO DE MELHORIA DA SAÚDE World Health Professions Alliance WHPA 1CARTÃO DE MELHORIA DA SAÚDE GUIA PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE WORLD HEALTH PROFESSIONS ALLIANCE WHPA C/O WORLD MEDICAL ASSOCIATION BP 63 01210 FERNEY VOLTAIRE FRANCE

Leia mais

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?»

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?» DEPRESSÃO Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» Em determinados momentos da nossa vida é normal experienciar sentimentos de «grande tristeza». Para a maioria das pessoas, tais sentimentos surgem

Leia mais

Os Desafios Assistenciais na Saúde Suplementar Martha Oliveira Gerente Geral de Regulação Assistencial- ANS

Os Desafios Assistenciais na Saúde Suplementar Martha Oliveira Gerente Geral de Regulação Assistencial- ANS Os Desafios Assistenciais na Saúde Suplementar Martha Oliveira Gerente Geral de Regulação Assistencial- ANS O Envelhecimento Populacional é um fenômeno Mundial Fonte: United Nations Department of Economic

Leia mais

Apresentação. Introdução. Francine Leite. Luiz Augusto Carneiro Superintendente Executivo

Apresentação. Introdução. Francine Leite. Luiz Augusto Carneiro Superintendente Executivo Evolução dos Fatores de Risco para Doenças Crônicas e da prevalência do Diabete Melito e Hipertensão Arterial na população brasileira: Resultados do VIGITEL 2006-2009 Luiz Augusto Carneiro Superintendente

Leia mais

Médico Pediatra Cursos de Pós-Graduação: Nutrologia / Homeopatia / Saúde Pública Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa

Médico Pediatra Cursos de Pós-Graduação: Nutrologia / Homeopatia / Saúde Pública Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Médico Pediatra Cursos de Pós-Graduação: Nutrologia / Homeopatia / Saúde Pública Presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina Hipócrates (pai da Medicina, 460 a.c.) 1-

Leia mais

Plano de Melhoria da Saúde. Um Guia para Pacientes e Público em geral

Plano de Melhoria da Saúde. Um Guia para Pacientes e Público em geral Plano de Melhoria da Saúde Um Guia para Pacientes e Público em geral Plano de Melhoria da Saúde Um Guia para Pacientes e Público em geral Créditos: Associação Médica Brasileira (AMB) Agência Nacional de

Leia mais

PLANO ANVISA DE QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO

PLANO ANVISA DE QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO PLANO ANVISA DE QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO I JUSTIFICATIVA A valorização do talento humano excede à recompensa financeira pelo trabalho realizado. Ela pressupõe a atenção das Organizações na construção

Leia mais

Autores: Cristina Somariva Leandro Jacson Schacht. SESI Serviço Social da Indústria Cidade: Concórdia Estado: Santa Catarina 27/10/2015

Autores: Cristina Somariva Leandro Jacson Schacht. SESI Serviço Social da Indústria Cidade: Concórdia Estado: Santa Catarina 27/10/2015 Autores: Cristina Somariva Leandro Jacson Schacht SESI Serviço Social da Indústria Cidade: Concórdia Estado: Santa Catarina 27/10/2015 REDUÇÃO DE PESO E CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL EM TRABALHADORES DA INDÚSTRIA

Leia mais

Boletim PAD - MG 2011. Hábitos de vida saudável

Boletim PAD - MG 2011. Hábitos de vida saudável Boletim PAD - MG 2011 Hábitos de vida saudável Belo Horizonte, ano 1, nº 4 dezembro de 2012 Boletim PAD-MG 2011 Hábitos de vida saudável Boletim PAD-MG Belo Horizonte Ano 1 n. 4 p. 1-80 dez. 2012 SINAIS

Leia mais

DIABETES MELLITUS NO BRASIL

DIABETES MELLITUS NO BRASIL DIABETES MELLITUS NO BRASIL 17º Congresso Brasileiro Multidisciplinar em Diabetes PATRÍCIA SAMPAIO CHUEIRI Coordenadora d Geral de Áreas Técnicas DAB/MS Julho, 2012 DIABETES MELITTUS Diabetes é considerado

Leia mais

Coração Saudável! melhor dele?

Coração Saudável! melhor dele? As doenças cardiovasculares (DCV s) - incluem as doenças coronarianas e o acidente vascular cerebral (AVC) também conhecido como derrame afetam pessoas de todas as idades, até mesmo mulheres e crianças.

Leia mais

Nathallia Maria Cotta e Oliveira 1, Larissa Marques Bittencourt 1, Vânia Mayumi Nakajima 2

Nathallia Maria Cotta e Oliveira 1, Larissa Marques Bittencourt 1, Vânia Mayumi Nakajima 2 105 CARACTERIZAÇÃO DOS PACIENTES ATENDIDOS NO SETOR DE NUTRIÇÃO DA UNICLÍNICA, DA FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE - UNIVIÇOSA, LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA, MG Nathallia Maria Cotta e

Leia mais

O Consumo de Tabaco no Brasil. Equipe LENAD: Ronaldo Laranjeira Clarice Sandi Madruga Ilana Pinsky Ana Cecília Marques Sandro Mitsuhiro

O Consumo de Tabaco no Brasil. Equipe LENAD: Ronaldo Laranjeira Clarice Sandi Madruga Ilana Pinsky Ana Cecília Marques Sandro Mitsuhiro O Consumo de Tabaco no Brasil Equipe LENAD: Ronaldo Laranjeira Clarice Sandi Madruga Ilana Pinsky Ana Cecília Marques Sandro Mitsuhiro 1. Porque esse estudo é relevante? Segundo a Organização Mundial de

Leia mais

O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS)

O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS) O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS) ANA CLÁUDIA LIMA RODRIGUES, KARINA FEITAL E VANESSA DINIZ DO NASCIMENTO 1. Introdução O tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) inclui estratégias

Leia mais

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO www.medialcare.pt SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO 1 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Com a colaboração de uma especialista em Nutrição, propomos apresentar a temática

Leia mais

S E M A N A D A S A Ú D E

S E M A N A D A S A Ú D E S E M A N A D A S A Ú D E Dr. Geraldo J. H. Amaral DIVISÃO DE SAÚDE 16 de outubro de 2008 Brasileiro perde 13 anos com doença, revela Ipea AE - Agencia Estado 29 de setembro de 2008 SÃO PAULO - A expectativa

Leia mais

Obesidade Infantil. O que é a obesidade

Obesidade Infantil. O que é a obesidade Obesidade Infantil O que é a obesidade A obesidade é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar

Leia mais

O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima

O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima O resultado de uma boa causa. Apresentação de resultados da campanha pela Obesidade do programa Saúde mais Próxima Saúde mais próxima. Por causa de quem mais precisa. Saúde mais Próxima é um programa da

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008 Oficina de Promoção da Alimentação Saudável para Agentes Comunitários de Saúde III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família Brasília,

Leia mais

Controle do Estresse. Tenha tempo para si mesmo

Controle do Estresse. Tenha tempo para si mesmo Controle do Estresse Controle do Estresse O Estresse faz parte da existência humana É o modo como reagimos física e emocionalmente, às mudanças Entretanto, para estar bem, você precisa controlar o seu

Leia mais

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro Trabalho Elaborado por: Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro CORAÇÃO Olá! Eu sou o seu coração, trabalho dia e noite sem parar, sem descanso semanal ou férias.

Leia mais

Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente.

Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente. A A Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente. A A Aula 24.2 Conteúdos: Inimigos da Saúde. Qualidade de Vida. A A Habilidade: Identificar alternativas para combater doenças e melhorar a qualidade de

Leia mais

Autocuidado apoiado como estratégia de atenção à saúde. Profa. Emmanuelly C. Lemos Prof. William S. Smethurst Prof. Mathias Roberto Loch

Autocuidado apoiado como estratégia de atenção à saúde. Profa. Emmanuelly C. Lemos Prof. William S. Smethurst Prof. Mathias Roberto Loch Autocuidado apoiado como estratégia de atenção à saúde Profa. Emmanuelly C. Lemos Prof. William S. Smethurst Prof. Mathias Roberto Loch Eu tô te explicando Prá te confundir Eu tô te confundindo Prá te

Leia mais

A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout. Marcos Ricardo Datti Micheletto

A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout. Marcos Ricardo Datti Micheletto A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout Marcos Ricardo Datti Micheletto 1 Níveis de Prevenção 22.361 Job Burnout: 11.544 18.829 Job Burnout: 9.618 SIPAT - REITORIA UNESP Burnout Burnout

Leia mais

Sexualidade Humana. Mensagem Importante. O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória.

Sexualidade Humana. Mensagem Importante. O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória. Como Superar a Disfunção Erétil (DE) e a Ejaculação Precoce (EP). Maximen Urologia Especializada O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória. Mensagem Importante

Leia mais

Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica. Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira

Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica. Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira Consulta de Enfermagem para Pessoas com Hipertensão Arterial Sistêmica Ms. Enf. Sandra R. S. Ferreira O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL? Condição clínica multifatorial caracterizada por níveis elevados e sustentados

Leia mais

Ministério da Saúde. Série F. Comunicação e Educação em Saúde; n. 24

Ministério da Saúde. Série F. Comunicação e Educação em Saúde; n. 24 Ministério da Saúde Série F. Comunicação e Educação em Saúde; n. 24 Brasília - DF 2002 2002. Ministério da Saúde. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte. Tiragem:

Leia mais

SUBPREFEITURA SÃO MIGUEL PTA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E A GESTÃO PÚBLICA

SUBPREFEITURA SÃO MIGUEL PTA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E A GESTÃO PÚBLICA Roka 15 SUBPREFEITURA SÃO MIGUEL PTA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E A GESTÃO PÚBLICA Dr. Roberto Kanaane FATORES PSICOLÓGICOS DETERMINANTES DA SAÚDE MENTAL EMOÇÃO RACIOCÍNIO SAÚDE MENTAL DISCERNIMENTO JULGAMENTO

Leia mais

PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil

PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil Trabalho de educação continuada desenvolvido pelo CRM-AL em 2002. Atendimento de profissionais

Leia mais

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos

Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos Ficha Informativa da Área dos Conhecimentos 1 Organização das Aulas Uma aula de Educação Física é composta por três partes sequenciais, cada uma com objetivos específicos. 1.1 Parte Inicial A parte inicial

Leia mais

ESTRESSE OCUPACIONAL SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

ESTRESSE OCUPACIONAL SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO ESTRESSE SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Página 1 de 9 1. OBJETIVO... 3 2. ESCOPO... 3 3. DEFINIÇÕES... 4 4. ESTRESSE OCUPACIONAL: CARACTERIZAÇÃO... 4 4.1. Conceitos fundamentais... 4 4.2. Conseqüências

Leia mais

O Guia Emocional das. Cores

O Guia Emocional das. Cores O Guia Emocional das Cores 84,7% dos consumidores acham que a cor é mais importante que muitos outros fatores ao escolher um produto. 1% decidem pelo som ou pelo cheiro 6% decidem pela textura 93% das

Leia mais

Programa Anti-tabagismo Ascenda essa Idéia

Programa Anti-tabagismo Ascenda essa Idéia 15 Programa Anti-tabagismo Ascenda essa Idéia Irene Lourenço de Oliveira Educação Física - PUCCAMP Especialista em Gestão da Qualidade de Vida na Empresa - UNICAMP APRESENTAÇÃO O Programa Antitabagismo

Leia mais

CENTRO NACIONAL EUROPASS

CENTRO NACIONAL EUROPASS CENTRO NACIONAL EUROPASS 1 Realize de seguida o seu diagnóstico e saiba qual a sua competência para Gerir o Stress: MOSTRA O QUE VALES EM TODA A EUROPA 2 O que é gerir o stress? É encontrar um equilíbrio

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

Apnéia do Sono e Ronco Guia Rápido

Apnéia do Sono e Ronco Guia Rápido Homehealth provider Apnéia do Sono e Ronco Guia Rápido Ronco: atrás do barulho, um problema de saúde mais sério www.airliquide.com.br O que é Apnéia do Sono? Apnéia do sono é uma síndrome que pode levar

Leia mais

A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR

A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR Robson Rogaciano Fernandes da Silva (Mestrando-Universidade Federal de Campina Grande) Ailanti de Melo Costa Lima (Graduanda-Universidade Estadual

Leia mais

ELES QUE FAÇAM O QUE EU DIGO!

ELES QUE FAÇAM O QUE EU DIGO! ELES QUE FAÇAM O QUE EU DIGO! ESTRATÉGIAS PARA COMBATER A OBESIDADE PROPOSTAS PELAS CRIANÇAS NAS PASE 2008 Rosalina Gabriel, Ana Moura Arroz, Ana Cristina Palos, Isabel Estrela Rego, António Félix Rodrigues,

Leia mais

Promoção do Consumo de Frutas, Legumes e Verduras: O Programa 5 ao Dia

Promoção do Consumo de Frutas, Legumes e Verduras: O Programa 5 ao Dia Promoção do Consumo de Frutas, Legumes e Verduras: O Programa 5 ao Dia Promoção do Consumo de Frutas, Legumes e Verduras: O Programa 5 ao Dia Melhorar a qualidade de vida é o principal objetivo das estratégias

Leia mais

Aula 9. Liderança e Gestão de Equipes

Aula 9. Liderança e Gestão de Equipes Aula 9 Liderança e Gestão de Equipes Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br Trabalho em Equipe Nenhum homem é uma ilha, sozinho em si mesmo; Cada homem é parte do continente, parte do

Leia mais

Veja os 8 desafios para a saúde de quem vive no planeta de 7 bilhões de pessoas - Saúde - R7

Veja os 8 desafios para a saúde de quem vive no planeta de 7 bilhões de pessoas - Saúde - R7 1 de 7 1/11/2011 07:26 publicado em 31/10/2011 às 12h00: Veja os 8 desafios para a saúde de quem vive no planeta de 7 bilhões de pessoas População tende a enfrentar problemas no acesso à água e alimentos

Leia mais

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas As doenças crónicas não transmissíveis são responsáveis por 63% das causas de morte no mundo Fonte: WHO; Global status report on noncommunicable diseases, 2010 O

Leia mais

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de vida. A infância e adolescência são idades ideais para

Leia mais

A pessoa dependente do álcool, além de prejudicar a sua própria vida, acaba afetando a sua família, amigos e colegas de trabalho.

A pessoa dependente do álcool, além de prejudicar a sua própria vida, acaba afetando a sua família, amigos e colegas de trabalho. O que é Alcoolismo? Alcoolismo é a dependência do indivíduo ao álcool, considerada doença pela Organização Mundial da Saúde. O uso constante, descontrolado e progressivo de bebidas alcoólicas pode comprometer

Leia mais

Coração saudável. Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD

Coração saudável. Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD Coração saudável Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD Qual a importância da doença cardiovascular? Milhões de Mortes* Mortalidade por doenças cardiovasculares em 1990 e 2020 Países desenvolvidos

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS CATEGORIA SAÚDE

AÇÕES SOCIAIS CATEGORIA SAÚDE VOLTADO À COMUNIDADE MAMAMÓVEL VOLTADOS AOS COLABORADORES FITNESS VIVENDO COM SAÚDE GINÁSTICA LABORAL(GL) PREVENÇÃO, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE PROBLEMAS RELACIONADOS AO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

Leia mais

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson Saúde e produtividade: o valor de uma força de trabalho saudável para o sucesso nos negócios Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo,

Leia mais

Hipertensão, saúde do trabalhador e atenção primária

Hipertensão, saúde do trabalhador e atenção primária Universidade Federal do Rio Grande do Sul Faculdade de Medicina Programa de Saúde Urbana, Ambiente e Desigualdades Hipertensão, saúde do trabalhador e atenção primária Francisco Arsego de Oliveira Serviço

Leia mais

Os Transtornos Alimentares no Brasil e no mundo.

Os Transtornos Alimentares no Brasil e no mundo. Os Transtornos Alimentares no Brasil e no mundo. Dr. Izidoro de Hiroki Flumignan Clínica Médica com área de atuação em Endocrinologia e Cardiologia Sanitarista pela UFRJ. Equipe CETOM - Centro de Tratamento

Leia mais

PREVENÇÃO DE RECAÍDA

PREVENÇÃO DE RECAÍDA PREVENÇÃO DE RECAÍDA Alessandro Alves Noventa por cento do sucesso se baseia simplesmente em insistir. Woody Allen A recaída tem sido descrita tanto como um resultado a visão dicotômica de que a pessoa

Leia mais

Atividade física no ambiente escolar

Atividade física no ambiente escolar Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção BásicaB Coordenação ão-geral da Política de Alimentação e Nutrição Atividade física x alimentação saudável no ambiente escolar

Leia mais

Esse tema foi abordado com o objetivo de despertar o interesse pela

Esse tema foi abordado com o objetivo de despertar o interesse pela 10 A Atividade Física e o Controle do Peso Corporal Denis Marcelo Modeneze Mestre em Educação Física na Área de Atividade Física, Adaptação e Saúde na UNICAMP Esse tema foi abordado com o objetivo de despertar

Leia mais

Stress. Saúde Mental. ão.

Stress. Saúde Mental. ão. Saúde Mental Stress Se dura o tempo necessário para proteger o organismo de uma situação de risco, é saudável. Quando passa dias e dias sem controle, vira doença. O Stress, além de ser ele próprio e a

Leia mais

O que Realmente Funciona

O que Realmente Funciona Prisão de Ventre O mal conhecido como intestino preguiçoso, obstipação ou prisão de ventre atinge cerca de um em cada cinco pessoas. O tratamento é bastante simples, mas, na falta dele, a prisão de ventre

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO

ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO no campo do álcool, tabaco e outras drogas - ATOD Geraldo Mendes de Campos ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO no campo do álcool, tabaco e outras drogas - ATOD OBJETIVOS: - impedir ou retardar

Leia mais

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox

TABAGISMO. O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox Informativo Semanal O tema deste informe foi sugerido pelo Laboratorista Edmund Cox O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo.

Leia mais

AT I. ACADEMIA DA TERCEIRA IDADE Melhor, só se inventarem o elixir da juventude. Uma revolução no conceito de promoção da saúde.

AT I. ACADEMIA DA TERCEIRA IDADE Melhor, só se inventarem o elixir da juventude. Uma revolução no conceito de promoção da saúde. AT I ACADEMIA DA TERCEIRA IDADE Melhor, só se inventarem o elixir da juventude. Uma revolução no conceito de promoção da saúde. Maringá é integrante da Rede de Municípios Potencialmente Saudáveis e não

Leia mais

Cap.QOD Cristianne Freitas Cap.QOD Carla Bullé Cap.QOD Helyane Conserva Cap.QOD Fátima Ribeiro. Cap.QOM Maria do Carmo

Cap.QOD Cristianne Freitas Cap.QOD Carla Bullé Cap.QOD Helyane Conserva Cap.QOD Fátima Ribeiro. Cap.QOM Maria do Carmo Cap.QOD Cristianne Freitas Cap.QOD Carla Bullé Cap.QOD Helyane Conserva Cap.QOD Fátima Ribeiro Cap.QOD Adriana Paula Cap.QOM Maria do Carmo Desde pequenos que somos confrontados com situações quer de conflito,

Leia mais

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Como estimular suas equipes a serem saudáveis,

Leia mais

A Verdadeira História das Bebidas Alcoólicas. Série Prevenção: No. 5

A Verdadeira História das Bebidas Alcoólicas. Série Prevenção: No. 5 A Verdadeira História das Bebidas Alcoólicas Série Prevenção: No. 5 A Verdadeira Historia do Álcool! Você é uma pessoa inteligente, certo? E, você quer a verdade. Mas você está realmente pronto para a

Leia mais

O Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) são entidades civis sem fins lucrativos criadas em

O Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) são entidades civis sem fins lucrativos criadas em O Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) são entidades civis sem fins lucrativos criadas em 14 de setembro de 1993, pela Lei 8.706, com a missão

Leia mais

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico Sâmia Simurro Novembro/2011 FATOS SOBRE O STRESS Inevitável Nível positivo?

Leia mais

"Aspectos psicossociais da Aposentadoria e Qualidade de vida

Aspectos psicossociais da Aposentadoria e Qualidade de vida Programa de Preparação para Aposentadoria. "Aspectos psicossociais da Aposentadoria e Qualidade de vida Koshiro Otani Aspectos psicossociais da Aposentadoria Empoderamento dos Aposentados EMPODERAMENTO

Leia mais

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes

Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Veículo: Jornal da Comunidade Data: 24 a 30/07/2010 Seção: Comunidade Vip Pág.: 4 Assunto: Diabetes Uma vida normal com diabetes Obesidade, histórico familiar e sedentarismo são alguns dos principais fatores

Leia mais

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família.

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Saúde Mental do Trabalhador Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Definição Para a OMS: Saúde é um estado de completo bem-estar físico mental e social,

Leia mais