Genética: Novas fronteiras odontológicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Genética: Novas fronteiras odontológicas"

Transcrição

1 capa110 COPEO.pdf 1 07/03/ :03:58 Rua Dois Irmãos 165 Apipucos CEP.: Recife-PE Fones: (81) / Fax: (81) REVISTA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA VOL. XIX - N 5 - OUT/NOV 2011 SUPLEMENTO DO XXI CONGRESSO PERNAMBUCANO DE ODONTOLOGIA C M Y CM MY CY CMY K R E V I S T A NACIONAL REVISTA DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA VOL. XIX - Nº5 - OUT/NOV 2011 SUPLEMENTO DO XXI CONGRESSO PERNAMBUCANO DE ODONTOLOGIA EDIÇÃO 110 ISSN Genética: Novas fronteiras odontológicas

2 Único do mercado que não exige troca de gel na mesma sessão. Dosagem suficiente para ambos os arcos. Contém Cálcio: redução da desmineralização do esmalte*. Disponível em kit e mini kit. anuncio_hp_blue_anais_copeo.indd 1 28/03/ :05:52

3 ISSN E D I T O R I A L... R E V I S T A NACIONAL Revista da Associação Brasileira de Odontologia Corpo Científico Presidente Newton Miranda de Carvalho Diretor científico Fernando Luiz Tavares Vieira Secretário executivo Claudio Heliomar Vicente da Silva Conselho consultivo Carlos de Paula Eduardo Edmir Matson Geraldo Bosco Lindoso Couto Heitor Panzeri José Mondelli Luciano Loureiro de Melo Maria Carméli Correia Sampaio Maria Fidela de Lima Navarro Ney Soares de Araújo Nilza Pereira Costa Orivaldo Tavano Orlando Ayrton de Toledo Roberto Vianna Salete Maria Pretto Tatsuko Sakima A Revista ABO Nacional é uma publicação bimestral da ABO Nacional. Sede administrativa da entidade: Rua Vergueiro, 3153, conjs. 82 e 83 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP Telefax. (+55 11) Web: br / Adress to correspondence: Rua Vergueiro, 3153, conjs. 82 e 83 - São Paulo - SP - Brasil - CEP Web: Registrada no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), sob o Número Internacional Normalizado para Publicações Seriadas (ISSN) A Revista ABO Nacional está indexada nas bases de dados Bibliografia Brasileira de Odontologia (BBO) e Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs). Qualidade na Odontologia nacional, qualidade de vida para o brasileiro A ABO Pernambuco, uma das mais atuantes e representativas seções da nossa ABO, realiza este 21º Congresso Pernambucano de Odontologia ao mesmo tempo em que completa 90 anos. Com nove décadas de existência, apenas seu passado já seria suficiente para cobrir de credibilidade este e qualquer outro evento que carregue consigo a marca desta entidade. Mas é no tema escolhido pelos aguerridos organizadores do 21º Copeo que reside a verdadeira marca da ABO/PE e da Odontologia pernambucana: a marca da vanguarda. Isso porque é na qualidade de vida dos nossos pacientes e da população em geral que encontramos nossos próximos e maiores desafios. Nesses 90 anos, a saúde bucal do brasileiro passou por grandes transformações, mas as mais significativas se desenrolaram nas últimas décadas, quando grandes esforços foram empreendidos para que problemas graves e históricos fossem sanados e a prevenção passou a ser um norte para os gestores da Odontologia. Tais esforços, somados ao aumento da expectativa de vida da população, trouxeram-nos aos desafios que se apresentam hoje ao cirurgião-dentista brasileiro: vivemos mais, mas precisamos viver melhor. E não há qualidade de vida sem saúde bucal, no seu mais amplo entendimento. Graças ao fortalecimento da nossa Odontologia, com o qual a ABO/PE contribuiu ao longo de quase um século de atuação, a importância do cuidado odontológico para a qualidade de vida já é uma certeza para a população brasileira. Mas é preciso fortalecer, ainda, os diversos focos através dos quais este cuidado se dá, desenvolvendo ainda mais nossas especialidades, colocando-as em local de destaque diante de todos os demais cuidados com a saúde integral do organismo, ocupando-se espaços multidisciplinares de promoção da saúde. Exemplo dessa abrangência é a programação científica deste 21º Copeo, mais uma grande contribuição que a ABO/PE dá ao desenvolvimento do cirurgião-dentista brasileiro, à Odontologia nacional e à qualidade de vida da população. Newton Miranda de Carvalho Presidente da ABO Nacional Rev. ABO Nac. - Vol. XIX nº 5 - Outubro/novembro 2011 Revista_110.indd /03/ :44:58

4 DIRETORIA ABO NACIONAL Associação Brasileira de Odontologia Registrada no Conselho Nacional de Serviço Social sob nº /54, em 12 de janeiro de Filiada à FDI e à Fola/Oral. CONSELHO EXECUTIVO NACIONAL PRESIDENTE: Newton Miranda de Carvalho / MG SECRETÁRIO-GERAL: Marco Aurélio Blaz Vasques / RO TESOUREIRO-GERAL: Carlos Augusto Jayme Machado / MG SUPLENTES: Dilto Crouzeiles Nunes / RS Paulo Murilo Oliveira da Fontoura Júnior / RJ Lucila Janeth Esteves Pereira / PA Júlio Medeiros Barros Fortes / PI CONSELHO FISCAL NACIONAL Alberto Tadeu do Nascimento Borges / AM José Barbosa Porto / CE José Silvestre / SP (Suplentes) Patrícia Meira Bento / PB Luiz Gonçalves de Melo / PE VICE-PRESIDENTES REGIONAIS Norte: Luiz Fernando Varrone / TO Nordeste: Tiago Gusmão Muritiba / AL Sudeste: Osmir Luiz Oliveira / MG Sul: Nádia Maria Fava / SC Centro-Oeste: Jander Ruela Pereira / MT ASSEMBLEIA GERAL PRESIDENTE: Luiz Fernando Varrone / TO

5

6 Rua Dois Irmãos 165 Apipucos CEP.: Recife-PE Fones: (81) / Fax: (81)

7 CONTEÚDO EXPEDIENTE...7 RESUMOS DOS TRABALHOS...13 CURSOS NACIONAIS...15 CURSO DE ATUALIZAÇÃO CLÍNICA...19 CONFERÊNCIAS...22 FÓRUM CIENTÍFICO PROFISSIONAL...26 FÓRUM CIENTÍFICO ACADÊMICO...29 TEMAS LIVRES PROFISSIONAIS...42 FÓRUM CLÍNICO ACADÊMICO...52 MESAS DEMONSTRATIVAS...69 PAINÉIS

8

9 MENSAGEM DO PRESIDENTE DA SOCIEDADE DOS CIRURGIÕES DENTISTAS DE PERNAMBUCO ABO/PE PREZADOS CONGRESSISTAS Estamos vivenciando o 21º CONGRESSO PERNAMBUCANO DE ODONTOLOGIA e os seus eventos paralelos, a saber: o 16º Congresso Norte-Nordeste de Odontologia; 9º Congresso de Odontologia Militar do Nordeste; 6º Encontro de Técnicos em Prótese Dentária de Pernambuco; 4ª Mostra de Saúde Bucal Coletiva; 3º Encontro de Ex-Alunos de Odontopediatria e 2ª Mostra de Anatomia Aplicada. O planejamento de um Congresso requer: muito trabalho; esforço; dedicação; horas de sono; horas roubadas do trabalho, lazer e família. Ninguém trabalha sozinho na preparação de um Congresso. A Comissão Organizadora se divide em vários setores, tais como: Comissão Científica; Comissão Social; Recepção e Hospedagem; Logística; Divulgação; Anais etc. Tudo isso, em nossos Congressos, está sob a batuta do colega Fernando Luiz Tavares Vieira. Neste contexto, contamos com os parceiros da Indústria e do Comércio que, além de patrocinar professores, contribuem em seus stands para o brilho de nossa Feira Comercial. Temos, ainda: a apresentação de trabalhos científicos (simpósios, temas livres profissionais, fóruns clínicos); renomados expoentes da Odontologia nacional, oriundos dos mais diversos estados do País, que vêm trazer o seu saber e experiência profissional; os Acadêmicos que, além da colaboração na Comissão Organizadora, trazem os seus trabalhos de pesquisa, demonstrados em painéis e mesas clínicas. Enfim, tudo isso e muito mais, é preciso para a realização de um Congresso, mas, nada disso teria sentido se não fosse você Congressista estar presente para nos prestigiar e ver de perto o resultado do nosso trabalho. Encontre os colegas e amigos, faça novas amizades, se atualize, compre e divirta-se nesses quatro dias de congraçamento. Você que vem de outras cidades, curta o Recife e Olinda, com suas praias, seus casarios, seu rico artesanato, suas frutas, seus sabores. E isto está à sua disposição. Aproveite! Queremos agradecer e parabenizar Fernando Tavares e toda a sua equipe pelo brilhante trabalho na elaboração do 21º COPEO, como também, a todos os funcionários da SCDP-ABO/PE. Congressistas, sejam bem vindos e recebam o abraço do povo pernambucano. LUIZ GONÇALVES DE MELO 7

10 SOCIEDADE DOS CIRURGIÕES DENTISTAS DE PERNAMBUCO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA - SEÇÃO PERNAMBUCO DIRETORIA Triênio 2010/2013 Presidente: LUIZ GONÇALVES DE MELO Vice-Presidente: ALEXANDRE MARTINS RIZUTO Secretária Geral: ANA MARIA CARVALHO PESSOA DE BARROS E SILVA Primeira Secretária: ROSANA HARMES DE AQUINO ESKINAZI SANT ANNA Tesoureira: SIMONE MARIA PADILHA PEIXOTO PINTO Vice-Tesoureiro: SÍLVIO RICARDO CALDAS NASCIMENTO CONSELHO FISCAL ELAYNE CAVALCANTI SOARES GILBERTO RAMOS DE SOUZA JÚNIOR KÁTIA VIRGÍNIA GUERRA BOTELHO RICARDO DE OLIVEIRA PEREIRA (Suplente) LUIZ RICARDO GOMES DE CALDAS NOGUEIRA (Suplente) CONSELHO CIENTÍFICO FERNANDO LUIZ TAVARES VIEIRA ANA MARIA BEZERRA CAVALCANTI MARQUES CARLOS EDUARDO DA SILVA VIEIRA RENATA PEDROSA GUIMARÃES CLÁUDIO HELIOMAR VICENTE DA SILVA SAULO CABRAL DOS SANTOS ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL Diretora: Secretária: ANGELA CARVALHO VIEIRA DA CUNHA TATIANA IRLA TAVARES NUNES RÊGO PINHEIRO 8

11 MENSAGEM DO PRESIDENTE DOS EVENTOS No ano em que a Sociedade dos Cirurgiões Dentistas de Pernambuco Associação Brasileira de Odontologia - Seção Pernambuco completa seus 90 anos de existência, realiza o 21º CONGRESSO PERNAMBUCANO DE ODONTOLOGIA no período de 12 a 15 de abril de 2012 e, simultaneamente, os eventos: 16º Congresso Norte-Nordeste de Odontologia; 9º Congresso de Odontologia Militar do Nordeste; 6º Encontro de Técnicos em Prótese Dentária de Pernambuco; 4ª Mostra de Saúde Bucal Coletiva; 3º Encontro de Ex-Alunos de Odontopediatria e 2ª Mostra de Anatomia Aplicada. O tema Odontologia e Qualidade de Vida convida a uma reflexão sobre a responsabilidade social do cirurgião-dentista no que diz respeito à sua atuação para a melhoria da saúde bucal da sociedade brasileira, valorizando e celebrando a vida no seu sentido mais amplo. Nesta vigésima primeira edição, o nosso Congresso, em sua Grade Científica, faz uma abordagem do mais alto nível, promovendo palestras, mesas demonstrativas, painéis, fóruns clínicos profissionais e acadêmicos, além de simpósios e cursos ministrados por renomados expoentes da Odontologia, abordando temas voltados não apenas para a prática clínica e profissional, mas naquilo que há de mais atual em termos da pesquisa científica. Participar de um Congresso representa a oportunidade de aprimoramento profissional, além de revermos novos e antigos colegas de profissão, com os quais convivemos ou já tivemos o ensejo de conviver, e fazermos uma pausa no cotidiano para celebrar a felicidade de um momento único. Agradeço à Diretoria da SCDP-ABO Pernambuco pela confiança e indicação do meu nome para presidir o maior acontecimento científico do nosso Estado. O desafio que me foi confiado certamente não se tornaria possível sem a colaboração, empenho e dedicação de todos os colegas que compõem a Comissão Organizadora do 21º Congresso Pernambucano de Odontologia, assim como de todos os funcionários e colaboradores da Entidade. Agradeço, ainda, a todos os parceiros da Indústria e Comércio de equipamentos e materiais odontológicos que, atendendo ao convite, apresentam o que há de mais moderno para a prática clínica e profissional dos colegas Cirurgiões-Dentistas. Caros Congressistas, em meu nome e da Comissão Organizadora do 21º COPEO, registro a alegria em recebê-los, desejando a todos o maior aproveitamento possível, não apenas no contexto científico como também no contexto social e interpessoal. FERNANDO LUIZ TAVARES VIEIRA 9

12 COMISSÃO ORGANIZADORA 21º Congresso Pernambucano de Odontologia 16º Congresso Norte-Nordeste de Odontologia 9º Congresso de Odontologia Militar do Nordeste 6º Encontro de Técnicos em Prótese Dentária de Pernambuco 4ª Mostra de Saúde Bucal Coletiva 3º Encontro de Ex-alunos de Odontopediatria 2ª Mostra de Anatomia Aplicada Presidencia Fernando Luiz Tavares Vieira Vice-Presidencia Cláudio Heliomar Vicente da Silva Assessoria Aldonso da Cunha Pedrosa Júnior Elayne Cavalcanti Soares Geraldo Alves Vasconcelos Filho Secretaria Geral Marcos Aurélio Vasconcelos de Lima Júnior (coordenador) Isabella Romão Martins Kamilla Vasconcelos Botshkis Erick Nóbrega Alves de Moraes Tesouraria Simone Maria Padilha Peixoto Pinto Sílvio Ricardo Caldas Nascimento Comissão Científica Paulo Fonseca Menezes Filho (coordenador) Ana Cláudia de Sousa Melo Ana Luísa de Ataíde Mariz Ana Maria Bezerra Cavalcanti Marques Daene Patrícia Tenório Salvador da Costa Gisele Cruz Camboim Juliana Raposo Souto Maior Mariana Silva Teixeira Cavalcanti Natália Sotero Machado Patrícia Morgana Hordonho Santillo Sandra Maria Silva Rodrigues Fontes Comissão de Anais Angela Carvalho Vieira da Cunha Belmiro Cavalcanti do Egito Vasconcelos Paulo Maurício Reis de Melo Júnior Comissão de Recepção e Hospedagem Anna Teresa Caiaffo de Freitas Morais Letícia Badin Werneck de Carvalho Maria Regina Almeida de Menezes Sabrina Lins de Menezes Simone Raquel Pontes Comissão de Divulgação Alexandre Batista Lopes do Nascimento Ana Emília Vila Nova Emery Lopes André Felipe Alves Figuerôa Áurea Fernanda de Araújo Silva Tavares Carlos Alberto de Souza Canto Comissão Social Adilson dos Santos Torreão Carmeluce Maria Barbosa Luiz Ricardo Gomes de Caldas Nogueira Comissão de Exposição e Feira Alexandre Martins Rizuto Fernando Luiz Tavares Vieira Comissão de Apoio Logístico João Batista Lemos Comissão Acadêmica Carlos Eduardo da Silva Vieira (coordenador) 9º CONGRESSO DE ODONTOLOGIA MILITAR DO NORDESTE Coordenador Capitão de Fragata (CD) Antonio Ubaldo Ventura Neves da Costa Assessores Tenente Coronel Dentista Aer Flávio Alves Ribeiro Major EB Dentista Genivaldo Moura da Silva Major PM Dentista Ricardo José de Holanda Vasconcellos 6º ENCONTRO DE TÉCNICOS EM PRÓTESE DENTÁRIA DE PERNAMBUCO Beatriz Aguiar (coordenadora) Ismael Lira Orlando Ferreira dos Santos 4ª MOSTRA DE SAÚDE BUCAL COLETIVA Ana Beatriz Vasconcelos Lima Araújo (coordenadora) Gabriela da Silveira Gaspar 3º ENCONTRO DE EX-ALUNOS DE ODONTOPEDIATRIA Kátia Virgínia Guerra Botelho (coordenadora) 2ª MOSTRA DE ANATOMIA APLICADA Gilberto Cunha de Sousa Filho Alexsandre Bezerra Cavalcante 10

13 MENSAGEM DO COORDENADOR DA COMISSÃO CIENTÍFICA A Comissão Científica do 21º CONGRESSO PERNAMBUCANO DE ODONTOLOGIA trabalhou de forma integrada e coesa com o desafio de apresentar aos congressistas que virão participar deste evento, uma proposta diferente de integração do conhecimento científico produzido pelos centros de excelência do nosso País, onde os Professores convidados dividirão conosco a experiência clínica na área, bem como seus dogmas e paradigmas. ODONTOLOGIA E QUALIDADE DE VIDA será o tema oficial. O foco central do congresso será colocar em discussão os grandes avanços da Odontologia atual relacionados às diversas especialidades, que tem impacto na melhoria da qualidade de vida dos nossos pacientes. A expectativa da Comissão Organizadora é de que haja uma grande participação da comunidade odontológica e que a Programação Científica gere boas discussões e reflexões com grande proveito para todos. Para finalizar, gostaria de agradecer a colaboração de todos os integrantes da Comissão Científica que doaram de forma espontânea seu tempo, para tornar realidade este grande evento da Odontologia Pernambucana e Brasileira. Juntos, vamos fazer o maior Congresso de todos os tempos, OBRIGADO A TODOS E BOM CONGRESSO. PAULO FONSECA MENEZES FILHO 11

14

15

16

17 CURSOS NACIONAIS CN1 IMPLANTES OSTEOINTEGRÁVEIS: EVOLUÇÃO TÉCNICA, CIENTÍFICA E FILOSÓFICA EM 60 ANOS DE OSSEOINTEGRAÇÃO Prof. Felipe Miguel Saliba RJ Prof. Oldemar Ferreira Garcia de Brito RJ Prof. Vinícius Brigagão RJ A reabilitação oral de pacientes edentados totais ou parciais através da utilização dos implantes osteointegráveis é uma realidade clínica incontestável em boa parte do mundo. Dos estudos iniciais realizados pelo Professor Per-Ingvar Brånemark, em 1952 na Universidade de Lund - Suécia até os dias atuais, observamos uma enorme evolução nos conceitos clínicos, científicos, estéticos e biológicos; como exemplo podemos citar que no início implantes eram instalados sem qualquer tipo de planejamento protético-cirúrgico, e hoje podem ser realizados através de cirurgias virtuais guiadas sem retalho. O objetivo deste curso é abordar e esclarecer de maneira criteriosa as evoluções ocorridas na Implantologia Oral nestes 60 anos e discutir as diversas aplicações clínicas para cada caso em questão. CN5 SISTEMA PRODESIGN S UMA NOVA PROPOSTA Prof. Henrique Bassi MG Normalmente, os dentistas gastam 70% do tempo, desobstruindo o que eles próprios obstruíram. Como isso ocorre? O que esperar de um bom sistema? É possível retirar as brocas de Gates Glidden? Qual a consequência de se usar uma sequência rotatória com menos limas? Sistema hibrido, uma nova proposta. CN2 RECURSOS BIOMECÂNICOS APLICADOS NA CLÍNICA ORTODÔNTICA (TÉCNICA DO ARCO SEGMENTADO). EMPREGO DE APARELHOS PROPUL- SORES FIXOS NO TRATAMENTO DA CLASSE II Prof. Ary dos Santos Pinto SP CN6 DO TRATAMENTO AO RETRATAMENTO: NOVOS CONCEITOS EM ENDODONTIA Prof. Carlos Eduardo da Silveira Bueno SP Uma abordagem biomecânica utilizando recursos da técnica do arco segmentado (barra palatina, cantilever, alça retangular e mola T) para movimentação ortodôntica eficiente com controle dos efeitos colaterais. No segundo momento mostrará a utilização dos aparelhos propulsores fixos (CBJ, Herbst e Jasper Jumper) no tratamento da má-oclusão de Classe II ressaltando diferentes aspectos de sua utilização e efeitos dentários e esqueléticos que podem ser obtidos. Instrumentação rotatória NiTi, movimento recíproco: conceitos e protocolo, obturação termoplástica e retratamento endodôntico: previsibilidade e técnicas. CN3 ODONTOLOGIA ESTÉTICA: DESAFIOS CLÍNICOS DO DIA A DIA Prof. Guilherme Carpena Lopes SC CN7 OCLUSÃO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES Prof. Eduardo Miyashita SP Os desafios clínicos da odontologia estética no dia a dia perpassam sobre os procedimentos e seleção dos materiais para restaurações de resina composta, seleção de cor, cimentação de facetas de porcelana e pinos de fibra de vidro, tratamento da superfície, silanização e seleção dos cimentos, como também da restauração de dentes tratados endodonticamente e de quando indicar um retentor intrarradicular. Além disso, o uso dos materiais e técnicas atuais dos clareamentos interno, caseiro e no consultório e dos agentes dessensibilizantes dentinários. Os princípios de Oclusão Dentária utilizados em próteses convencionais podem ser aplicados de forma segura em próteses sobre implantes sustentados pelo sucesso a longo prazo desta modalidade restauradora; cuidados relacionados ao ajuste das próteses referentes à diferença da resiliência entre o ligamento periodontal em dentes naturais e o tecido ósseo periimplantar é especialmente critico em pacientes com atividade parafuncional como o Bruxismo. Serão abordadas as mudanças da força mastigatória em pacientes com próteses sobre implantes e sua relevância clínica nas mudanças proprioceptivas e a importância do diagnóstico das alterações do sistema estomatognático e do planejamento reabilitador integrado para o sucesso e longevidade dos tratamentos restauradores sobre implantes. CN4 RECONTORNO COSMÉTICO DO SORRISO: DO CLAREAMENTO A RECONS- TRUÇÃO DENTAL Prof. Ronaldo Hirata PR CN8 DTM PARA O CLÍNICO E PARA MIM: TRATAR OU INDICAR? Prof. Ricardo Tanus MG O curso trata de apresentar o protocolo inicial baseado no clareamento dental, clareamentos existentes atualmente, microabrasão: remoção de manchas superficiais, clareamento propriamente dito, técnica caseira, consultório e over-the-counter, uso ou não da luz, econtorno cosmético anterior e protocolo para reconstrução com resinas compostas em anterior: 6 passos. Manejo Clínico dos Estalidos da ATM, Pontos Gatilhos no músculo: O que fazer, Controle dos Fatores Contribuintes para DTM, Placas Oclusais: Quando, Como e Porque usar e Desmistificando Oclusão x DTM. 15

18 CN9 FUNDAMENTOS DA EPIDEMIOLOGIA, DA INFORMÁTICA E DA GESTÃO EM ODONTOLOGIA DO TRABALHO: QUESTÕES PRÁTICAS DO DIA A DIA PROFISSIONAL Prof. Luiz Eugênio Nigro Mazzilli SP O curso que tem por fulcro o planejamento e a gestão em odontologia do trabalho, visa a oferecer, discutir e integrar os recursos que estão ao alcance dos profissionais da área. A epidemiologia das doenças do trabalhador será abordada quanto à significância das desigualdades; de como construir a base de dados e de como integrá-la no âmbito dos Serviços de SST. Em sequência serão abordados aspectos práticos da informática aplicada à análise descritiva e analítica como subsídio ao gestor. Por fim serão discutidos elementos vinculados ao processo de planejamento e gestão tais como prioridades, recursos e parcerias, controle e auditoria do programa. CN13 DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DE PACIENTES PORTA- DORES DE INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA E TRANSPLANTADO HEPÁTICO Prof. Fabrício Bitu CE Durante o curso, avaliaremos as principais causas etiopatogênicas das doenças hepáticas (Hepatites virais, Alcoolismo, Doenças congênitas), bem como os efeitos fisiopatológicos do fígado que podem influenciar no diagnóstico e tratamento odontológico desses pacientes, principalmente nas condutas cirúrgicas. Serão também abordadas as avaliações clinicas e as condutas odontológicas diante dos pacientes submetidos ao transplante de fígado. CN10 ODONTOPEDIATRIA NA PRIMEIRA INFÃNCIA: ABORDAGEM ESSENCIAL PARA QUALIDADE DE VIDA DO SER HUMANO Profª Maria Salete Nahás SP Os aspectos psicológicos e comportamentais de relevância na primeira infância e no tratamento do bebê, gerenciamento comportamental e técnicas de abordagem para tratamento clínico odontológico do bebê, como conduzir o medo na clínica odontopediátrica e as relações com mães difíceis: experiências positivas e negativas. CN14 FOTOGRAFIA ODONTOLÓGICA: ESCOLHA DO EQUIPAMENTO IDEAL Fotógrafo Dudu Medeiros - SP Os aspectos técnicos para o entendimento da fotografia são apresentados de forma clara e dinâmica, para que os presentes entendam a necessidade de investir num equipamento fotográfico que atenda às necessidades básicas de um registro com legitimidade de cor e forma, necessários para a comunicação com o laboratório e pacientes. CN11 PLANEJAMENTO ESTÉTICO, RESTAURAÇÕES DIRETAS E LAMINADOS CERÂMICOS INDICAÇÕES, ESTRATÉGIAS E TÉCNICAS SIMPLIFICADAS Profª Paula Mathias BA Planejamento para maior previsibilidade do tratamento estético, enceramento diagnóstico, Mock-up e planejamento restaurador. Clareamento dental: indicações, quando e como realizá-lo. Restaurações em resina composta: dicas, estratégias e técnicas simplificadas. Laminados Cerâmicos: indicações, preparos e limitações, além da cimentação adesiva: Estratégias e Técnicas simplificadas. CN15 CLÍNICA AMPLIADA Prof. Carlos Botazzo SP Os temas abordados no curso serão o conceito de atividade clínica; Por que a prática clínica deve ser ampliada; O duplo movimento de ampliação da clínica de saúde bucal; Interdisciplinaridade e trabalho; O trabalho em saúde; O trabalho vivo em ato; Por uma clínica de odontoestomatologia à luz do conceito de bucalidade. CN12 PARADIGMAS ATUAIS DA ABORDAGEM CLÍNICA PERIODONTAL Prof. Cassiano Rösing RS Diagnóstico e tratamento das doenças periodontais, Inter-relação doenças periodontais e outras condições sistêmicas, Estética em Periodontia, Decisão de extrair dentes e substituir por implantes e Diagnóstico e tratamento das doenças periimplantares. CN16 RESTAURAÇÃO DENTOALVEOLAR IMEDIATA RDI Prof. Darcymar Martins da Rosa RS Prof. Marcos Alexandre Fadanelli RS Uma nova técnica cirúrgica foi desenvolvida objetivando a reconstrução óssea de alvéolos comprometidos, sem incisão e na mesma etapa da instalação do implante, com carga imediata. Neste curso serão abordados os fundamentos científicos, o passo-a-passo da técnica, suas indicações e casos clínicos desde a fase cirúrgica, passando pela provisionalização até a resolução protética. 16

19 , CN17 REABILITAÇÕES ESTÉTICAS COM IMPLANTES: DO UNITÁRIO À REABILI- TAÇÃO TOTAL Prof. Alfredo Mikail Melo Mesquita SP CN21 DESENHANDO O SORRISO: DO PROJETO A EXECUÇÃO Prof.. Murilo Calgaro SP Prof. Fabio Fujiy SP Os principais aspectos para a reabilitação estética e funcional dos casos unitários, múltiplos e totais das próteses sobre implantes. Neste contexto serão abordados: fatores para avaliação de risco de sucesso das reabilitações implantossuportadas, tipos e necessidade de biomateriais, enxertos de tecido mole e tecido ósseo, tipos de conexão protética (hexágono externo x hexágono interno x cone morse), desenho e superfícies dos novos implantes, reabilitações totais (cerâmicas x protocolo x overdentures). O objetivo principal do curso será mostrar um novo conceito de trabalho, onde Dentista e técnico trabalham em conjunto para oferecer aos pacientes resultados personalizados com previsibilidade e atendendo também uma necessidade dos pacientes nos dias de hoje (em um curto espaço de tempo). Para que este trabalho seja executado com sucesso será apresentado como utilizar as ferramentas de comunicação, além dos materiais e técnicas disponíveis no mercado atual. De forma detalhada será abordado o protocolo de trabalho dando sequência a uma linha de raciocínio através da apresentação de casos clínicos. CN18 ATUALIZAÇÃO EM BIOSSEGURANÇA E CONTROLE DE INFECÇÃO ODONTOLÓGICA Profª Lusiane Borges SP No curso serão abordados os seguintes tópicos: importância da proteção biológica da equipe e do paciente, imunização da equipe de trabalho (vacina x imunização) ANVISA, doenças de risco ocupacional características gerais e prevenção, infecção cruzada (veículos e vias de transmissão), barreiras físicas, conceito de limpeza, desinfecção (baixo, médio e alto grau), tipos de esterilização (física e química), paramentação clínica e cirúrgica, glutaraldeído x ácido peracético, diferenças entre estufa e autoclave, adequação de sala clínica à ambiente cirúrgico, central de esterilização - montagem e adequação de ambiente, monitoração da esterilização e registros, descarte de resíduos, acidente perfurocortante / notificação, plano de gerenciamento de resíduos sólidos de saúde (pgrss), embalagem para esterilização: tipos e diferenças, testes químicos e biológicos de esterilização, prática integrada de biossegurança em atendimento clínico e condutas do dia a dia. CN22 PRÓTESE SOBRE IMPLANTE - O PASSO A PASSO EM DENTES ANTERIORES Prof. Antônio Carlos Cardoso SC Será abordado inicialmente como os fatores oclusão podem contribuir de maneira simples e prática para o diagnóstico, planejamento e tratamento em implantodontia. Um enfoque especial será dado aos princípios elementares do passo a passo da prótese sobre implantes, desde a segunda etapa cirúrgica ou reabertura, até a instalação final da prótese. CN19 REABILITAÇÃO ESTÉTICA ANTERIOR: DAS RESINAS ÀS RESTAURAÇÕES METAL-FREE. INDICAÇÕES, PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO Prof. José Carlos Garófalo SP O objetivo deste curso é abordar passo-a-passo, o protocolo de diagnóstico, planejamento estético e execução de tratamentos reabilitadores estéticos em dentes anteriores, tanto com o uso de resinas compostas, como com laminados e coroas metal-free. Serão abordados, análise do sorriso, estética branca x estética rosa, participação de outros profissionais na execução de tratamentos prévios, como cirurgias periodontais estéticas, enceramento de diagnóstico, moke-ups, diretrizes de preparos minimamente invasivos e as etapas clínicas dos protocolos restauradores diretos e indiretos, bem como os atuais materiais disponíveis no mercado para estes fins. CN23 CONTROLANDO O INSUCESSO EM CIRURGIA BUCAL Prof. Nicolas Homsi -RJ O curso retrata a anestesia e anestésicos, retalhos em cirurgia bucal, remoção de dentes inclusos, aproveitamento de dentes inclusos e os aspectos de implantodontia em cirurgia bucal. CN20 PLANEJAMENTO CLÍNICO E LABORATORIAL NAS REABILITAÇÕES ORAIS Prof. Dário Adolfi SP CN24 GESTÃO E MARKETING SÃO A SOLUÇÃO! Prof. Antônio Inácio Ribeiro SP Utilização de um checklist estético para um adequado controle do desenvolvimento e avaliação estética que é uma importante ferramenta de comunicação tanto para o protesista como para o técnico dental. Através de uma reconstrução, preparação dental, moldagem e coroas provisórias de alta qualidade, é possível prever o resultado final do trabalho a ser reabilitado tanto sobre dentes naturais ou implantes. A utilização dos sistemas Cad/Cam na produção das infraestruturas de coroas, pontes, componentes protéticos personalizados de Zirconia, irão contribuir juntamente com os materiais cerâmicos de revestimento para uma natural combinação da estética e função. Apresentação dinâmica destas modernas ferramentas de administração e venda de serviços no objetivo de otimizar o exercício profissional,bem como os resultados de clínicas e consultórios. Serão passados exemplos e fornecidas dicas práticas para melhorar o desempenho. 17

20 CN25 HISTOPATOLOGIA DAS DOENÇAS MAIS FREQUENTES DA BOCA Prof. Luiz Fernando Boros SP CN28 CLAREAMENTO DENTAL NA ROTINA CLÍNICA Prof. Antônio Monnerat RJ O Cirurgião-Dentista clínico geral na área do diagnóstico e tratamento das doenças da boca tem que conhecer as características clínicas e histopatológicas das doenças mais comuns que incidem na boca. O objetivo do curso é mostrar as alterações histopatológicas mais relevantes nos diagnósticos realizados pelo patologista. Quando indicar o clareamento, o que fazer quando o paciente pede Clareamento a Laser, técnicas menos invasivas para o clareamento não vital, além da associação de técnicas: Vital Caseiro, Vital Consultório e Não Vital. Também será discutido se o meu clareamento é melhor do que os vendidos em farmácias e protocolos de dessensibilização. CN26 GESTÃO FINANCEIRA E QUALIDADE DE VIDA EM ODONTOLOGIA: UMA SESSÃO DE COACHING GROUP Prof. Flávio Alves Ribeiro PE CN29 EMERGÊNCIAS MÉDICAS (PREPARAÇÃO E CONTROLE DAS PRINCIPAIS SI- TUAÇÕES DE EMERGÊNCIAS MÉDICAS EM AMBIENTE ODONTOLÓGICO) Prof. Francisco Barata Ribeiro SP A formação e atuação em Odontologia está ligada exclusivamente à execução do procedimento, ou seja, o pedaço tecnicista dentro de um atendimento. Este curso propõe a reflexão sobre um novo perfil de atuação no setor de Odontologia preparando o aluno para tomada de decisões que o conduzam ao sucesso profissional e melhor qualidade de vida. O curso aborda o tema com técnicas de coaching como forma de estimular o aluno a atingir metas, pensar estrategicamente e fornecer ferramentas de diagnóstico organizacional financeiro. As emergências médicas podem e devem ocorrer a qualquer hora, em qualquer lugar e com qualquer pessoa; todos os profissionais do time odontológico devem estar preparados para reconhecer de imediato e controlar apropriadamente essas situações. Será abordado o tema Emergências Médicas com atualizações de manobras e diretrizes internacionais relacionadas à prática odontológica. Serão descritas as situações mais comuns que podem ocorrer em ambiente odontológico, onde situações de stress, medo e ansiedade estão presentes e intimamente relacionados a estes episódios (74,75%). Então, será que você está preparado para o controle destas situações? Este curso é destinado não somente aos Dentistas, mas também para os ASBs, que são partes integrantes do time odontológico. Consequentemente devem estar preparados para situações que apresentem potencial de risco de vida. As emergências médicas são de simples e fácil abordagem e a administração de drogas sempre será secundária ao Suporte Básico de Vida. Porém, a familiarização com estas situações deve ser parte do treinamento e formação profissional dos Dentistas de uma maneira geral, bem como de todos os profissionais da área da saúde. Situações discutidas aqui podem acontecer fora do ambiente odontológico, bem como no escritório, em outras dependências do consultório e ou ambulatório. Todos devem estar preparados! Recomenda-se que todos os membros dos consultórios odontológicos (pessoal) devam frequentar este programa. CN27 DESIGN DOS IMPLANTES. PORQUE DEVEMOS MUDAR O FORMATO DOS NOSSOS IMPLANTES. CONE MORSE E IMPLANTE CÔNICO SÃO REALMEN- TE O FUTURO? QUANDO USAR OS ENXERTOS? Prof. Nilton De Bortoli Júnior SP ANESTÉSICOS LOCAIS - UPDATE-ATUALIDADES Prof. Francisco Barata Ribeiro SP Sabe-se que o controle moderno da dor, medo e ansiedade na Odontologia faz parte da rotina do Dentista; é de extrema importância a realização de uma Anestesia Local efetiva, os Anestésicos Locais são as drogas mais seguras e efetivas na medicina para a prevenção e controle da dor. Na ultima década temos testemunhado o renascimento do interesse desta importante área em relação ao controle do paciente, através de novos estudos bem como a introdução de novos anestésicos locais. As mudanças se tornam necessárias em busca da excelência na Odontologia. Até que ponto um design de um implante favorece a ósseointegração ou ajuda na sua colocação. Os trabalhos científicos e as comprovações clínicas são claras e indicam o melhor design para os implantes e os melhores sistemas de travamento abutment-implante. 18

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL SUB- PATOLOGIA GERAL E ORAL Estomatologia Métodos de Diagnóstico I e II Processos Patológicos PROGRAMA SUGERIDO (PROVA ESCRITA / DIDÁTICA / PRÁTICA) - TEMAS 1. Cistos dos maxilares. 2. Neoplasias benignas

Leia mais

Curso de Especialização em Endodontia

Curso de Especialização em Endodontia Curso de Especialização em Endodontia Coordenador: Prof. Nilton Vivacqua EndodontiaAvancada.com OBJETIVOS DO CURSO Este curso tem como objetivos colocar à disposição de clínicos gerais, a oportunidade

Leia mais

ODONTOLOGIA ESTÉTICA

ODONTOLOGIA ESTÉTICA ODONTOLOGIA ESTÉTICA O sorriso enaltece os dentes que podem assim como outros elementos da face denunciar a idade cronológica do ser humano por meio de desgastes ou mesmo pela alteração da cor. Nesse contexto,

Leia mais

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44 Mitos e Verdades da Odontologia Mitos: Quanto maior e colorida for nossa escova dental, melhor! Mentira. A escova dental deve ser pequena ou média para permitir alcançar qualquer região da nossa boca.

Leia mais

MEGA IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO TECIDUAL ESTÉTICA PERI-IMPLANTAR SÃO PAULO

MEGA IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO TECIDUAL ESTÉTICA PERI-IMPLANTAR SÃO PAULO MEGA IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO TECIDUAL ESTÉTICA PERI-IMPLANTAR SÃO PAULO Data: 19 a 23 de agosto de 2013. PROFESSORES Prof. Dr. Júlio César Joly Especialista em Periodontia CFO Mestre e Doutor em Clínica

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO Equipe: Coordenador Geral: Prof. Dr. Rafael Pinelli Henriques Doutor pela FOB USP Bauru S.P. Diretor COPH Bauru Coordenadora Específica: Profa. Dra. Gabriela Gennaro Especialista

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Nº 01 A Comissão de Concurso torna publica

Leia mais

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014)

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) 8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) ESTA PÓS GRADUAÇÃO DESTINA-SE A TODOS OS MÉDICOS DENTISTAS QUE PRETENDAM INICIAR OU APROFUNDAR CONHECIMENTOS NA ÁREA DE REABILITAÇÃO

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR

NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR NORMATIZAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR Atuação e conceitos da Odontologia Hospitalar e Medicina Oral A Odontologia exercida pela grande maioria dos dentistas brasileiros enfoca

Leia mais

Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424 ncguerra@terra.com.br

Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424 ncguerra@terra.com.br Currículo Natalia Comerlato Guerra Hecher Cirurgiã Dentista Especialista em Dentística Restauradora Av. Júlio de Castilhos, 2101, sala 51, Centro 95010-005. Caxias do Sul-RS (54) 32239207 (54) 99012424

Leia mais

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) AUTORES Ingryd Coutinho de Oliveira Priscila Cunha Nascimento Discentes da Graduação em Odontologia e Bolsistas de Ensino

Leia mais

MISSÃO DA EMPRESA. O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo da Dental Plus

MISSÃO DA EMPRESA. O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo da Dental Plus MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo da Dental Plus Manual sinônimo do Dentista de excelência Credenciado em

Leia mais

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES Dr. Dario Adolfi Dr. Gustavo Javier Vernazza Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Data: 20 a 24 de setembro de 2010 PROGRAMA DO CURSO PRIMERO DIA Dr. Gustavo

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO CLÍNICA

CURSO DE ATUALIZAÇÃO CLÍNICA CURSO DE ATUALIZAÇÃO CLÍNICA 12/04/12 QUINTA FEIRA SALA : FEIRA 1 03hrs 09:00 ás 12:00 Higiene Oral: Mitos e Verdades Hugo Roberto Lewgoy (USP-SP) Especialista, Mestre e Doutor pela FOUSP; Professor Titular

Leia mais

- Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, promovido pela PUCRS, Porto Alegre, setembro de 1979.

- Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, promovido pela PUCRS, Porto Alegre, setembro de 1979. PARTICIPAÇÃO EM CURSOS - Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, promovido pela PUCRS, Porto Alegre, setembro de 1979. - Prótese Fixa; Prótese Removível, promovido pela ABO/RS, em Porto Alegre, julho,

Leia mais

Manual do Cliente. Ao aderir o plano da OdontoGroup, você recebe o cartão de acesso para a sua identificação perante nossa rede credenciada.

Manual do Cliente. Ao aderir o plano da OdontoGroup, você recebe o cartão de acesso para a sua identificação perante nossa rede credenciada. Manual do Cliente IDENTIFICAÇÃO ODONTOGROUP Ao aderir o plano da OdontoGroup, você recebe o cartão de acesso para a sua identificação perante nossa rede credenciada. No seu cartão de acesso personalizado,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DIA 06/09/2012

PROGRAMAÇÃO DIA 06/09/2012 PROGRAMAÇÃO DIA 06/09/2012 HORÁRIO TIPO LOCAL TEMA CENTRAL TÍTULO PALESTRANTE 08:00 CREDENCIAMENTO 09:00 COLOCAÇÃO DOS PAINÉIS: ÁREAS BÁSICAS E AFINS, IMAGINOLOGIA, ODONTOGERIATRIA, ODONTOPEDIATRIA, ODONTOLOGIA

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES

INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES INFORMÁTICA ANS GUIA TISS CERTIFICADO DIGITAL TABELA TUSS TABELA DE ATOS ESPECIALIDADES 21/06/2014 A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é a agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde

Leia mais

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA Dr. Dario Adolfi Dr. Ivan Ronald Huanca Duração: 6 meses/módulos de 2 dias. Datas: 11 e 12 de março de 2010 8 e 9 de abril de 2010 13 e 14 de maio de 2010 17 e 18 de junho de 2010 15 e 16 de julho de 2010

Leia mais

27 DE OUTUBRO DE 2015

27 DE OUTUBRO DE 2015 27 DE OUTUBRO DE 2015 27/10/2015 Mesa Redonda 27/10/2015 Procedimentos Cirúrgicos Periodontais para a Estética do Sorriso Dr. Luiz Fernando Ruiz Naldi (FO-UFG, ABO-GO e Liga Acadêmica de Periodontia LAPE).

Leia mais

A PREVISIBILIDADE DIGITAL FACILITOU MUITO A COMUNICAÇÃO ENTRE O PROFESSIONAL E O PACIENTE EVITANDO-SE SURPRESAS NO FINAL DO TRATAMENTO

A PREVISIBILIDADE DIGITAL FACILITOU MUITO A COMUNICAÇÃO ENTRE O PROFESSIONAL E O PACIENTE EVITANDO-SE SURPRESAS NO FINAL DO TRATAMENTO Lorem. 2 A PREVISIBILIDADE DIGITAL FACILITOU MUITO A COMUNICAÇÃO ENTRE O PROFESSIONAL E O PACIENTE EVITANDO-SE SURPRESAS NO FINAL DO TRATAMENTO TÉCNICA DE HARMONIA DENTAL UTILIZANDO A PROPORÇÃO ÁUREA DIGITAL,

Leia mais

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral PALESTRA A Importância da Saúde Bucal na Saúde Geral A saúde começa pela boca Os dentes são importantes na mastigação dos alimentos, fala, e estética, influenciando diretamente na auto-estima do indivíduo

Leia mais

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Doenças Periodontais Tratamento e Prevenção 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Gengivite e Periodontite Guia para o paciente Aprenda mais sobre as Doenças Periodontais (de gengiva) As doenças

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA 1. ODONTOPEDIATRIA PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

Especialidades Odontológicas

Especialidades Odontológicas Especialidades Odontológicas Urubatan Medeiros Doutor (USP) - Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária (UERJ/UFRJ) - Consultor do Ministério da Saúde I - Introdução A Odontologia

Leia mais

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE Dr. Dario Adolfi Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Dr. Maurício Adolfi Data: 7 a 11 de outubro de 2013 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente

Leia mais

HORÁRIOS DE APRESENTAÇÃO TRABALHOSDE CONCLUSÃO DE CURSO. SEGUNDA FEIRA MANHÃ ANFITEATRO.

HORÁRIOS DE APRESENTAÇÃO TRABALHOSDE CONCLUSÃO DE CURSO. SEGUNDA FEIRA MANHÃ ANFITEATRO. HORÁRIOS DE APRESENTAÇÃO TRABALHOSDE CONCLUSÃO DE CURSO. SEGUNDA FEIRA MANHÃ ANFITEATRO. 8:00ODONTOMA COMPOSTO EM PACIENTE INFANTIL: RELATO DE CASO. RODRIGUÊS, Amanda Magio*; DIANA Natália de Brito*, LODI;

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

A EMPRESA. Visão. Missão

A EMPRESA. Visão. Missão MANUAL DE RH 2015 A EMPRESA Com mais de 18 anos e com profundo conhecimento sobre saúde bucal, a DENTALPAR destaca-se no mercado odontológico pela qualidade nos serviços prestados e por promover e manter

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados na

Leia mais

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45 SMILt Tabela de Preços/Descontos Designação Público em geral Comunidade IPLeiria Consulta de Medicina Dentária Consulta de Medicina Dentária 50 45 Consulta de Urgência 50 45 Dentisteria e Estética Restauração

Leia mais

Programação Dia 06/09/2012

Programação Dia 06/09/2012 Programação Dia 06/09/2012 HORÁRIO TIPO LOC 10:00-11:00 11:00-12:00 10:00-11:00 11:00-12:00 CD E TPD 1 2 TEMA CENTR IMPLANTODONTIA PRÓTESE: LABORATÓRIO LEG ODONTOGERIATRIA DISFUNÇÃO TEMPORO- MANDIBULAR

Leia mais

Capa (esse texto não será impresso) Dr. Celso Rios Dr. Renato Cabral. Manual de Orientação ao Paciente de IMPLANTES DENTÁRIOS

Capa (esse texto não será impresso) Dr. Celso Rios Dr. Renato Cabral. Manual de Orientação ao Paciente de IMPLANTES DENTÁRIOS Capa (esse texto não será impresso) Dr. Celso Rios Dr. Renato Cabral Manual de Orientação ao Paciente de IMPLANTES DENTÁRIOS Página propositalmente em branco Este foi o melhor investimento que fiz em toda

Leia mais

Política Nacional de Saúde Bucal

Política Nacional de Saúde Bucal MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE SAÚDE BUCAL Política Nacional de Saúde Bucal Brasil Sorridente, suas ações, abrangências e como as

Leia mais

Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo!

Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo! Bem-vindo ao Plano Odontológico Riachuelo! Sorria! Assim como cerca de 6,2 milhões de brasileiros, você agora poderá contar com os melhores serviços odontológicos do país. Este Plano, resultado de uma

Leia mais

ODONTO IDÉIAS Nº 07. As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL

ODONTO IDÉIAS Nº 07. As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL ODONTO IDÉIAS Nº 07 As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL Nossa intenção com esta coluna é reconhecer o espírito criativo do Cirurgião Dentista brasileiro, divulgando

Leia mais

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Figura 9 1A Diagrama de secção transversal mostrando um implante no local do incisivo. A forma côncava do rebordo vestibular é evidenciada.

Leia mais

C U R S O O D O N T O L O G I A

C U R S O O D O N T O L O G I A C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: CLÍNICA INTEGRADA III Código: Pré-requisito: ODONTOLOGIA

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

Dra. Rosângela Ap. de Freitas Albieri TSB: Andre Santos e Clarice R.Silva Secretaria Municipal de Saúde Centro de Especialidades Odontologicas- CEO

Dra. Rosângela Ap. de Freitas Albieri TSB: Andre Santos e Clarice R.Silva Secretaria Municipal de Saúde Centro de Especialidades Odontologicas- CEO SAÚDE BUCAL Dra. Rosângela Ap. de Freitas Albieri TSB: Andre Santos e Clarice R.Silva Secretaria Municipal de Saúde Centro de Especialidades Odontologicas- CEO ANATOMIA BUCAL ANATOMIA DENTAL TIPOS DE DENTES

Leia mais

Instruções de Uso IMPLANTE DENTÁRIO SIGNO VINCES

Instruções de Uso IMPLANTE DENTÁRIO SIGNO VINCES Instruções de Uso IMPLANTE DENTÁRIO SIGNO VINCES Este dispositivo médico implantável requer procedimentos específicos e altamente especializados. Somente deverá ser realizado por cirurgiões dentistas com

Leia mais

Prof. Carolina Borges e prof. Márcia Redendeiro

Prof. Carolina Borges e prof. Márcia Redendeiro Prof. Carolina Borges e prof. Márcia Redendeiro PRÁTICA ODONTOLÓGICA= FATORES EXTERNOS + FATORES INTERNOS CONHECIMENTO CIENTÍFICO TECNOLOGIAS PRÁTICA ODONTOLÓGICA RECURSOS HUMANOS AMBIENTES RECURSOS HUMANOS

Leia mais

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER

CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER NOVO PROGRAMA [Revisto & Atualizado] CARAMÊS ADVANCED EDUCATION CENTER CURSO MODULAR DE FORMAÇÃO DE ASSISTENTES DENTÁRIOS 6.ª edição Início a 21 de novembro de 2015 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DESCRIÇÃO

Leia mais

CEC - Cursos de Educação Continuada

CEC - Cursos de Educação Continuada CEC - Cursos de Educação Continuada DATA DIA TIPO PROFESSOR TEMA CURRÍCULO LOCAL 3/9/11 SAB CEC Raphael Monte Alto Pinos em Fibra de Vidro: Indicações e Técnicas Prof. Adjunto da Disciplina de Clínica

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS

CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS CONSULTAS Consulta de Medicina Dentária (Check-up) Consulta de Urgência (após o horário de funcionamento normal) 30 CIRURGIA ORAL Exodontia simples 25

Leia mais

disponibilidade do proprietário. Em geral, a melhor forma de profilaxia consiste na escovação dentária diária em animais de pequeno porte e, três

disponibilidade do proprietário. Em geral, a melhor forma de profilaxia consiste na escovação dentária diária em animais de pequeno porte e, três Perfil do proprietário de cães e gatos da cidade de Jataí GO em relação aos cuidados odontológicos de seus animais RESENDE, Lara Gisele¹; PAIVA, Jacqueline de Brito¹; ARAÚJO, Diego Pereira¹; CARVALHO,

Leia mais

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA Cirurgia Oral A Cirurgia Oral é uma especialidade da Medicina Dentária que inclui o diagnóstico e o tratamento cirúrgico de patologias dos tecidos moles e tecidos duros

Leia mais

Sua melhor opção. Manual de Orientação 1

Sua melhor opção. Manual de Orientação 1 Sua melhor opção. Manual de Orientação 1 2 Manual de Orientação Julho/2013 (2 a edição) Indice Orientação ao Paciente Introdução 04 Implantes dentais 04 Titânio - a matéria-prima dos implantes 05 Osseointegração

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO Orientador Empresarial Dentistas-Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia-Alteração RESOLUÇÃO

Leia mais

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC A) TIPOS DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A.1 Consulta Inicial Entende-se como exame clínico,

Leia mais

Lentes de contato dental: construindo um protocolo previsível

Lentes de contato dental: construindo um protocolo previsível Lentes de contato dental: construindo um protocolo previsível Weider Silva Especialista em Dentística. Especialista em Prótese. Especialista em Implantodontia. Professor do Curso de Especialização de Dentística

Leia mais

SulAmérica Odonto Empresarial

SulAmérica Odonto Empresarial SulAmérica Odonto Empresarial O sorriso dos seus colaboradores está em nossos planos. A partir de 100 vidas sulamerica.com.br Sobre a SulAmérica A SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos, com 116

Leia mais

IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO

IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO 1 IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS PORQUE PODEM SER COLOCADOS QUANDO PODEM SER COLOCADOS COMO

Leia mais

TABELA DE Preços Particular

TABELA DE Preços Particular TABELA DE Preços Particular 01 CONSULTA A1.01.01.01 Primeira consulta de medicina dentária 20,00 A1.01.01.05 Consulta de urgência 02 MEDICINA DENTÁRIA PREVENTIVA A2.01.01.01 Selamento de fissuras A2.02.01.DD

Leia mais

Listagem de trabalhos selecionados para apresentação Jornada 2015 UNIARA

Listagem de trabalhos selecionados para apresentação Jornada 2015 UNIARA Listagem de trabalhos selecionados para apresentação Jornada 2015 UNIARA ÁREA TRABALHO AUTORES #3882: INTERDISCIPLINARIDADE NA PRÁTICA DA ESTÉTICA ODONTOLÓGICA - RELATO DE CASOS ALINE CRISTINA DE OLIVEIRA

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas.

CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA. Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas. CONSELHO FEDERAL DE ODONTOLOGIA RESOLUÇÃO CFO-160, DE 2 DE OUTUBRO DE 2015 Reconhece a Acupuntura, a Homeopatia e a Odontologia do Esporte como especialidades odontológicas. O presidente do Conselho Federal

Leia mais

Apresentação na Jornada Internacional do 45º Aniversário da Faculdade de Odontologia de Rosário.

Apresentação na Jornada Internacional do 45º Aniversário da Faculdade de Odontologia de Rosário. 1 45º Aniversario FOR UNR Jornada Internacional Resumen trabajos expuestos. 2 Pilares Protéticos Personalizados. Paulo Odair Tessare Junior *; Maria Leticia Britto Machado**; Antônio Sérgio Fava*** 1 Nos

Leia mais

FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA

FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA 28 Maio - 2 Junho 2012 FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA curriculum v vitae curric u Prof. Dr. Fernando Almeida Phd 2006 FMDUP - Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto. Administrador

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO

A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO AUTORES: André Zétola Rafaela Larson Introdução A procura

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL UNIODONTO PORTO ALEGRE Modalidade pré-pagamento sem coparticipação, ou seja, o contratante pagará apenas o valor da mensalidade e terá a sua disposição todos os beneficios previstos pela ANS. Atendimento

Leia mais

Ponto de Contato. Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata. Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function

Ponto de Contato. Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata. Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function Ponto de Contato Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function José Norberto Garcia Nesello* Manoel Martin Junior** Carlos Marcelo

Leia mais

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB 6º SINPLO Simpósio Internacional de Planos Odontológicos Fabiana Car Pernomiam 2011 Ergonomia racionalizar o trabalho, possibilitar

Leia mais

Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área

Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Autor Área Científica 1 Área Científica 2 Ordem Dia Hora Área Carina Coelho Cariologia/Med. dentária Preventiva Dentisteria Operatória 1 11 15h00-16h00 Investigação Isabel Roçadas Pires Cariologia/Med.

Leia mais

IMPLANTODONTIA E REABILITAÇÃO ORAL

IMPLANTODONTIA E REABILITAÇÃO ORAL Duração: 12 meses aperfeiçoamento e 30 meses especialização Periodicidade: 1 módulo/mês PÚBLICO ALVO: Cirurgiões dentistas que queiram iniciar sua formação em implantodontia e reabilitação oral, como também

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ODONTOLOGIA Atividades Complementares Atividades extracurriculares desenvolvidades pelo aluno durante os 10 semestres do curso, nas áreas de ensino, pesquisa

Leia mais

CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR

CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR CURSO INTERNACIONAL DE REABILITAÇÃO ORAL E ESTÉTICA PERIIMPLANTAR 2012 2013 INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES Rose Cabral Telemóvel 935 014 972 e-mail: rose.cabral@signovinces.com.br Daniele Siqueira Telefones:

Leia mais

Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012. Primeira edição

Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012. Primeira edição Curso Implantología Curso de Formação contínua 2012 Primeira edição Curso Implantología Curso Formação Contínua 2012 Este curso é dirigido preferencialmente a vós, médicos dentistas que pretendem aprofundar

Leia mais

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA!

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! INTRODUÇÃO Um sorriso bonito, saudável e harmônico faz toda a diferença! Na autoestima traz diversos benefícios, pois quem sorri abertamente acredita em si mesmo

Leia mais

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011 Dental Clinic New Generaction www.newgeneraction.com.pt Os sócios, colaboradores e familiares do SIT, poderão usufruir do Plano de Medicina Oral - DentalClinic New Generaction, mediante o pagamento de

Leia mais

Coluna Visão Protética

Coluna Visão Protética Coluna Visão Protética 88 PROSTHESIS Prosthes. Lab. Sci. 2013; 2(6):88-97. L A B O R A T O R Y i n Gustavo Bertholdo 1 Elson Bertholdo 2 Eduardo Souza Junior 3 Luis Gustavo Barrote Albino 4 Thays Bertoldo

Leia mais

HORÁRIOS E SALAS DE APRENSENTAÇÃO DE TCC XV JORNADA ACADÊMICA ODONTOLOGIA-FUNEC

HORÁRIOS E SALAS DE APRENSENTAÇÃO DE TCC XV JORNADA ACADÊMICA ODONTOLOGIA-FUNEC HORÁRIOS E SALAS DE APRENSENTAÇÃO DE TCC XV JORNADA ACADÊMICA ODONTOLOGIA-FUNEC LOCAL: ANFITEATRO. PERÍODO MÃNHA 23/09/2014 8:00 ANQUILOSE DE DENTE DECÍDUO ASSOCIADA COM AGENESIA DO SUCESSOR PERMANENTE:

Leia mais

Uniodonto São José dos Campos APRESENTAÇÃO

Uniodonto São José dos Campos APRESENTAÇÃO Uniodonto São José dos Campos APRESENTAÇÃO Prezados (as) Cooperados (as), A presentamos a edição 2014 da Tabela de Atos Odontológicos Local e Intercâmbio, de acordo com a Terminologia Unificada em Saúde

Leia mais

Aplicação da Terapia Fotodinâmica e Laserterapia em Implantodontia

Aplicação da Terapia Fotodinâmica e Laserterapia em Implantodontia Aplicação da Terapia Fotodinâmica e Laserterapia em Implantodontia Juliana Marotti 1, Pedro Tortamano Neto 2, Dieter Weingart 3 1 Doutoranda do Departamento de Prótese da Faculdade de Odontologia da USP,

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Odontologia 2012-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Odontologia 2012-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Odontologia 2012-1 PERDA PRECOCE DE DENTES DECÍDUOS Alunos: MARCELINO, Patrick de Almeida; SANTOS,

Leia mais

SEQUÊNCIA DE POLIMENTO DE CERÔMEROS

SEQUÊNCIA DE POLIMENTO DE CERÔMEROS SEQUÊNCIA DE POLIMENTO DE CERÔMEROS Dr. Alex Antônio Maciel de Oliveira Especialista em Implantodontia Consultor científico do Sistema Friccional de Implantes Kopp Contato: alexamaciel@hotmail.com Nos

Leia mais

Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha

Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha Diretoria de Saúde da Marinha Centro Médico Assistencial da Marinha Odontoclínica Central da Marinha MANUAL DE DIREITOS E RESPONSABILIDADES DOS PACIENTES www.ocm.mar.mil.br MARINHA DA BRASIL ODONTOCLÍNICA

Leia mais

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Nome Código Observações Cir.Traum.Buco-Max-Fac Aprofundamento/aumento de vestíbulo 82000190

Leia mais

XL JORNADA ODONTOLÓGICA FRANCISCANA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO

XL JORNADA ODONTOLÓGICA FRANCISCANA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO XL JORNADA ODONTOLÓGICA FRANCISCANA II CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO Trabalhos aprovados apresentação, Orientador responsável, Área de concentração e Data de apresentação.

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC

PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC PROJETO DE EXTENSÃO: TRATAMENTO DE INFECÇÕES DENTÁRIAS / PROEC FERREIRA, Jean Carlos Barbosa.*¹; MARQUES, Aline Silva¹; SILVA, Julio. Almeida² DECURCIO, Daniel Almeida²; ALENCAR, Ana Helena Gonçalves³;

Leia mais

Um sorriso saudável é o que buscamos, porém existem alguns inimigos da boca que impossibilitam

Um sorriso saudável é o que buscamos, porém existem alguns inimigos da boca que impossibilitam Como tratar e evitar a GENGIVITE e as demais doenças periodontais? Um sorriso saudável é o que buscamos, porém existem alguns inimigos da boca que impossibilitam isso, e um deles é a gengivite. Consultamos

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Analisando-se a imagem de um dente íntegro, todas as suas partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos sua escala de radiopacidade e posição

Leia mais

www.periodonto.net www.periodonto.net Carga ou Função Imediata sobre Implantes www.periodonto.net www.periodonto.net O início Tratamento Implante

www.periodonto.net www.periodonto.net Carga ou Função Imediata sobre Implantes www.periodonto.net www.periodonto.net O início Tratamento Implante Carga ou Função Imediata sobre Implantes Perda do elemento dental Coágulo O início Degradação ação da cortical alveolar periodontal Regeneração óssea Tratamento Prótese fixa convencional => sem estímulo

Leia mais

EXCELÊNCIA NOS RESULTADOS

EXCELÊNCIA NOS RESULTADOS INSTITUCIONAL 31 anos no mercado odontológico; Presença com sedes em 10 cidades brasileiras, dentre elas 9 capitais; Solidez e tradição na atenção à Saúde Bucal; Mais de 2 milhões de beneficiários; Mais

Leia mais

I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM

I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM 2012 I CURSO DE ODONTOLOGIA HOSPITALAR EM BETIM REALIZAÇÃO: e Secretaria Municipal de Saúde de Betim Local: Auditório do Hospital Público Regional de Betim, Avenida Mattos Lazzarotti, 3800 Ingá Betim MG.

Leia mais

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL Vamos descrever a seguir as principais imagens das alterações da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de causas patológicas. FORMA

Leia mais

PROJETO ESCOLARES: A INTEGRALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE BUCAL NO MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DO SUL/RS

PROJETO ESCOLARES: A INTEGRALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE BUCAL NO MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DO SUL/RS PROJETO ESCOLARES: A INTEGRALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE BUCAL NO MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DO SUL/RS Autor (a): Daiane kuczynski Co Autor (a): Tássia Silvana Borges, Michele Chabat, Cláudia Fabiana

Leia mais

Cobertura RN 338 Lei 9656/98:

Cobertura RN 338 Lei 9656/98: Cobertura RN 338 Lei 9656/98: CÓDIGO PROCEDIMENTO Flex 30% GRUPO 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS R$ 7,62 CONSULTAS 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA R$ 10,58

Leia mais

CUIDADOS DE SAÚDE DESDE O NASCIMENTO ATÉ À ADOLESCENCIA

CUIDADOS DE SAÚDE DESDE O NASCIMENTO ATÉ À ADOLESCENCIA CUIDADOS DE SAÚDE DESDE O NASCIMENTO ATÉ À ADOLESCENCIA A MALO CLINIC cuida da saúde e bem-estar de bebés, crianças e adolescentes. Acreditamos no indivíduo como um todo e por isso mesmo desenvolvemos

Leia mais

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós-

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós- FOUSP Avaliação da precisão da tomografia computadorizada por feixe cônico (cone beam) como método de medição do volume ósseo vestibular em implantes dentários Dissertação apresentada à Faculdade de Odontologia

Leia mais

Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias

Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias Tabela proposta a sócios CCD- V.N.Gaia 01 CONSULTA Consulta de medicina dentária 10 Consulta para apresentação e discussão de plano de tratamento 10

Leia mais

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período

Matriz Curricular. Carga Horária. Unidades Acadêmicas. Período Matriz Curricular Período 1º Unidades Acadêmicas UAI: Introdução ao Estudo da Odontologia Conhecer a estrutura do indivíduo nas suas bases biomoleculares e celulares quanto às propriedades e interrelações

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA

COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA COMÉRCIO INTERNACIONAL CURSO DE ECONOMIA CLASSIFICAÇÕES DO SEGUNDO TESTE E DA AVALIAÇÃO CONTINUA Classificações Classificação Final Alex Santos Teixeira 13 13 Alexandre Prata da Cruz 10 11 Aleydita Barreto

Leia mais

Assessoria ao Cirurgião Dentista

Assessoria ao Cirurgião Dentista Assessoria ao Cirurgião Dentista Publicação mensal interna a Papaiz edição IV agosto de 2014 Escrito por: Dr. André Simões, radiologista da Papaiz Diagnósticos Odontológicos por Imagem 11 3894 3030 papaizassociados.com.br

Leia mais

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: ODONTOLOGIA PRÉ-CLÍNICA II Código: ODO-028 Pré-requisito:

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais