Módulo 2. Produtos Equus

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Módulo 2. Produtos Equus"

Transcrição

1 Produtos Equus Módulo 2

2 Sumário Introdução pág Criação pág Pesquisa de Tendências 1.2 Desenvolvimento Modelagem Tecidos Coleção Coleção Ana Hickmann Equus. pág. 02 pág. 03 pág. 04 pág Confecção por terceiros / Acessórios Lavanderia e Acabamentos 2.3 Distribuição... pág. 05 pág Produção pág Lojas pág Chegada do Produto à Loja 3.2 Estudo do Produto Exposição e Venda Vitrine Visual da Equipe... pág. 07 pág. 08

3 Introdução Prezado(a) Colaborador(a), Esta cartilha é peça integrante do projeto SUUQE, um treinamento desenvolvido pelo Departamento Comercial com suporte do Departamento de Recursos Humanos da Equus Jeanstyle. Neste 2º módulo, Produtos Equus, explicaremos como começa o desenvolvimento da coleção, por quais processos passa até chegar as lojas e como você e sua equipe devem agir para que eles tenham a melhor saída possível. Boa leitura! Departamento Comercial Departamento de Recursos Humanos 01

4 1. Criação O Processo de criação é o primeiro passo para o desenvolvimento da coleção, ele se divide em três etapas: Pesquisa de Tendências Desenvolvimento Coleção 1.1. Pesquisa de Tendências Nesta etapa uma equipe de estilistas altamente capacitados viaja para as principais capitais da moda, como Paris e Barcelona, a fim de buscar inspirações, informações e técnicas que serão tendência na próxima estação. Os estilistas traduzem estas informações para a nossa realidade e criam uma coleção com o perfil do nosso cliente e com a nossa identidade Desenvolvimento Após a pesquisa de tendências, os estilistas e a área de marketing definem o tema da coleção, a cartela de cores e começam a desenvolver as peças. A cartela de cores precisa ser definida com antecedência, pois muitas vezes os estilistas utilizam um tom de cor ou uma estampa que será fabricada exclusivamente para a Equus. Isso também ocorre com os tecidos e aviamentos. Os nomes das cores estão associados ao tema da coleção e especificados na etiqueta de código de barras, por isso é importante utilizar no atendimento a nomenclatura escolhida. Em seguida desenvolve-se a ficha técnica de cada produto, onde constam o desenho do modelo e a explicação dos detalhes da peça, tais como: - como deve ser a costura; - qual é a modelagem; - tipo do tecido; - tamanho do zíper; - modelo do botão e do rebite; - metragem de tecido utilizada; - custo do tecido, aviamento, oficina; (costura, bordado, estamparia etc), lavagem; - custo de produção e preço final de venda. A partir desta ficha técnica é feito o molde e a piloteira, que é uma costureira de alto nível, fará a peça piloto. 02

5 Modelagem A modelagem Equus tem um diferencial em relação às outras marcas jeanswear que são as bases: 3000(confort) 3003(mix) 3005(tropez) Cintura alta Cintura intermediária Cintura baixa Importante: Faça um acompanhamento das vendas por base para identificar qual delas tem mais saída na sua loja, mantendo assim uma cobertura de estoque direcionada à sua necessidade. Dentro do mix Equus temos algumas modelagens diferenciadas como: Pantalona: com detalhes de pregas, bolsos diferenciados, sendo larga desde a altura da cocha até a boca. Saruel: com gancho grande, pode ter a boca mais larga ou mais ajustada. Cropped: calça que vai até a altura da panturrilha e dá liberdade aos movimentos. Boyfriend: mais larga no corpo, com gancho bem baixo, usada com a barra virada. Dica: Como é um modelo com ar mais masculino, procure combinar a calça boyfriend com peças que tenham ar romântico e feminino. E modelagens tradicionais, como: Slim: pernas de corte reto; Dica: Ideal para mulheres com coxa grossa e quadril largo. Na parte de cima pode-se abusar dos volumes já que na parte de baixo a modelagem não é ampla. Cigarrete: ajustada ao corpo até a altura do tornozelo; Dica: Na parte de cima pode-se abusar dos volumes já que na parte de baixo a modelagem é ajustada. Para quem tem quadril largo e quer usar prefira usar na parte de cima cores claras. Skinny: ajustada ao corpo, como a cigarrete, porém mais comprida

6 Tecidos Jeans: Tecido natural de algodão, tingido com um corante índigo, que tem solidez baixa ao atrito e a lavagem, por isso é inevitável que haja o desbotamento na lavagem. Malha: Surge do entrelaçamento de laçadas de um ou mais fios, produzidas de forma manual ou mecânica, conferindo flexibilidade e porosidade que proporcionam maior conforto. 1 Laçada Tipos de malhas Visco lycra: Fusão da fibra de elastano com fio de viscose, o que gera um tecido leve e confortável. É característica da visco lycra a formação de pilléns, principalmente se algum objeto oferecer atrito direto ao tecido durante o uso. Ribana de algodão: Malha de algodão canelada (2/1 ou 1/1), pode ter lycra para dar maior elasticidade ao tecido ou não, muito usada em modelos de blusas mais justas ao corpo. Devore: Processo onde é aplicado na malha mista, 50% algodão e 50% poliéster, uma química que contém um ácido que corrói o algodão e mantém o poliéster. Após a corrosão, o tecido é lavado para a retirada do ácido e passa por outros processos de beneficiamento, como tingimento e estamparia. Tecido Plano: Tecido feito num tear onde são entrelaçados os fios de trama (largura) e urdume (comprimento). 1 Fio do urdume Tipos de tecidos planos 2 Fio da trama Tricoline: Pode ser 100% algodão ou misto (algodão e poliéster amassa menos), é muito usado em camisaria e pode ter lycra para dar mais conforto nos modelos que são mais ajustados ao corpo. Cetim: Tecido plano, de trama fechada, que pode ser de poliéster ou seda, com ou sem lycra. Sua característica é o brilho no lado direito do tecido, muito usado para roupas de noite, é considerado um tecido luxuoso pelos estilistas. 04 Viscose plana: Tecido plano, 100% viscose, possui leveza e toque macio, muito usado nos modelos de blusas e vestidos mais soltos por ter melhor caimento.

7 1.3. Coleção Apresentação das peças pilotos com a ficha técnica para o comitê (Diretoria, Estilistas, Gerente Comercial); Peças agrupadas por família da linha Gold, Silver, Special, Premium; Análise do modelo X preço de venda para definição da produção Coleção Ana Hickmann Equus Coleção Ana Hickmann desde Interesse inicial da empresa de licenciamento da Ana Hickmann em criar parceria com a Equus; Intenção da Equus em associar a marca a uma pessoa de sucesso e reconhecimento profissional; Participação da Ana Hickmann com a equipe de estilistas na criação dos modelos; Responsabilidade social - doação de parte do lucro da coleção Ana Hickmann Equus para a Associação de Ballet e Artes para Cegos Fernanda Bianchini. 2. Produção 2.1. Confecção por terceiros / Acessórios Perfumes (Amazing e Amazing Fresh) Hidratantes Home Spray Cintos Óculos Bolsas Carteiras Calçados Lingerie (Amazing for you) Biquinis (Equus Beach) Lenços 05

8 2.2. Lavanderia e Acabamentos Lavanderia Própria Zubom. Escolhida pela Alpargatas do Brasil por ter avaliação positiva nos seguintes critérios: Limpeza; Organização; Estocagem de mercadoria; Manuseio de produto químico; Desenvolvimento do tingimento; Licença do meio ambiente (tratamento da água utilizada) Licença do IGAM (permissão para tirar água do rio) Lavagem artesanal (poídos, lixados, desgastados, química, etc.), nos processos molhados e a seco; Acabamentos das peças ( limpeza, passadoria, rebites e botões, aplicação de pedrarias, etiquetas, tags e embalagens ). Acabamentos terceirizados são enviados às oficinas e reenviados à Zubom para finalizar os procedimentos. 2.3 Distribuição As peças são encaminhadas às lojas conforme programação semanal de entrega; Cada loja possui 1 dia específico de expedição da mercadoria; A distribuição considera a cobertura do estoque semanal de cada loja, baseada por grupo de produtos da coleção vigente; Produtos de Bazar deverão ser solicitados pela loja conforme sua necessidade através da Expedição; É importante lembrar que existem ferramentas (procedimentos, check list, formulário) de comunicação entre lojas e Expedição, que devem ser utilizados para otimizar e padronizar esta relação. 06

9 3. Lojas 3.1. Chegada do Produto à Loja Verifique na Nota Fiscal se confere a razão social e a quantidade de volumes recebidos; O estoquista realiza a conferência cega (conferência manual); Confirme as informações da conferência manual com o romaneio no sistema; Caso haja divergência nas informações, encaminhe um à expedição comunicando o erro e aguarde até que seja corrigido para dar entrada da transferência no sistema e encaminhar o produto à loja; Os romaneios deverão ser anexados e guardados em pasta específica; O estoquista deverá separar uma peça de cada modelo para exposição na loja e guardar o restante nas prateleiras seguindo ordem numérica; As peças expostas, deverão ser passadas e tagueadas. Importante: A organização do estoque poderá ajudar nas vendas se estiver com as calças separadas por base e referência e com um nicho específico de peças únicas para ajudar na visualização dos modelos e zerar as referências mais rápido Estudo do Produto Apresente as peças para toda equipe antes de coordená-las nas araras; Oriente o vendedor a chegar 15 minutos antes do seu horário para fazer o estudo do produto, o estoque disponível e: Analisar o produto; Experimentar e verificar o caimento; Ler o tag de código de barras preço, grade, referência, cor, tecido; Ler a etiqueta de composição no interior da peça; Observar atentamente as informações contidas em um tag adicional. 07

10 3.3. Exposição e Venda Merchandising - colocar o cliente frente a frente com o produto. Envolve a produção da vitrine e toda a comunicação visual da loja como: banners; etiquetas; catálogos; painéis de parede; adesivos; exposição de mercadorias nas araras e prateleiras. A Equus investe na divulgação da marca em revistas de alta tiragem como Caras, Estilo, Nova, Vogue e Marie Claire. Pasta-clipping - devem ser guardadas as capa e páginas das propagandas do mês anterior; Revista Digital divulgada no site pelo departamento de Marketing; A atratividade das araras é muito importante. Deverão ser organizadas conforme fotos enviadas por pelo Departamento de Visual Merchandising e/ou orientação do Visual Book; Visual book - manual de apoio para você com sua equipe trabalharem o visual merchandising da loja Vitrine Primeiro contato do cliente com o produto sendo considerada uma forma de mídia. É o primeiro impacto que pode se reverter em venda; Você deve fazer uma ação de vendas das peças com giro baixo, criando looks bem produzidos com estas peças como sugestão de uso; O departamento de Visual Merchandising envia fotos com sugestões de vitrine. Caso a loja não tenha as mesmas peças sugeridas, deve seguir pelo menos o mesmo padrão de cores; Fique sempre atento ao que está acontecendo: festas (locais e regionais), clima, eventos, datas comemorativas, perfil do shopping, vitrine da concorrência, etc. Utilize o contexto destas datas na produção da sua vitrine Visual da Equipe Toda a equipe, com exceção do gerente, deverá utilizar uniforme fornecido pela Equus; O gerente deverá usar peças da coleção. Apenas a calça poderá ser de coleções passadas; O uniforme é composto por blusa com gola polo, camisete de tricoline, calça, shorts, rasteira, sapato de salto baixo e scarpin. Para os homens apenas camisa pólo; Ao receber o uniforme o funcionário assina um termo de compromisso. Em caso de extravio, perda ou dano nas peças, ele será responsável pela reposição; A troca de uniforme acontecerá a cada 6 meses. 08

11

12 s u p e r a ç ã o. u n i ã o. u n i f o r m i d a d e. q u a l i d a d e. e x c e l ê n c i a... Realização: Departamento Comercial Departamento de Recursos Humanos Maio de 2010 Gerente Comercial: Fabiano Simões Recursos Humanos: Camila Rodrigues Supervisores: Iádia Melo Junia Araújo

Treinamento Visual Merchanding

Treinamento Visual Merchanding Treinamento Visual Merchanding Temas abordados: VISUAL DE LOJA Visual Merchandising na loja VENDEDOR = CONSULTOR DE MODA Personalização do atendimento para cada tipo de corpo = Credibilidade no Atendimento

Leia mais

s u p e r a ç ã o. u n i ã o. u n i f o r m i d a d e. . e x c e l ê n c i a q u a l i d a d e Departamento Comercial Departamento de Recursos Humanos

s u p e r a ç ã o. u n i ã o. u n i f o r m i d a d e. . e x c e l ê n c i a q u a l i d a d e Departamento Comercial Departamento de Recursos Humanos s u p e r a ç ã o. u n i ã o. u n i f o r m i d a d e. q u a l i d a d e. e x c e l ê n c i a... Realização: Departamento Comercial Departamento de Recursos Humanos Maio de 2010 Gerente Comercial: Fabiano

Leia mais

Os princípios da composição do vestuário levam em conta os seguintes aspectos:

Os princípios da composição do vestuário levam em conta os seguintes aspectos: Princípios de Composição do Vestuário Para trabalhar com roupas mais elaboradas é importante conhecer os princípios de composição do vestuário. Neste nicho de mercado, este tipo de peça é desenvolvido

Leia mais

Dicas para orientar a cliente na escolha de biquínis e da roupa mais adequada para cada tipo de corpo.

Dicas para orientar a cliente na escolha de biquínis e da roupa mais adequada para cada tipo de corpo. Dicas para orientar a cliente na escolha de biquínis e da roupa mais adequada para cada tipo de corpo. Biquíni Ideal Aquelas que têm seios grandes precisam antes de tudo de sustentação. Tops com alças

Leia mais

MARCA PRÓPRIA. Algumas empresas possuem sua própria marca, mas não produzem, apenas desenvolvem a mercadoria.

MARCA PRÓPRIA. Algumas empresas possuem sua própria marca, mas não produzem, apenas desenvolvem a mercadoria. MARCA PRÓPRIA Algumas empresas possuem sua própria marca, mas não produzem, apenas desenvolvem a mercadoria. Normalmente estas empresas iniciaram suas atividades com uma marca que se consolidou no mercado.

Leia mais

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA CAIXAS - CONTACT CENTER - BIBLIOTECA FEMININO - INVERNO 01 RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA

Leia mais

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta O guia de tamanho será desenvolvido para auxiliar os e-consumidores, no momento da compra. O e-consumidor terá disponível um guia de auxilio a medidas, de forma que permitirá que o mesmo obtenha informações

Leia mais

Informações Financeiras. Sistema de Franquias

Informações Financeiras. Sistema de Franquias Informações Financeiras Sistema de Franquias Sistema de Franquias Somos uma loja que nasceu em Porto Alegre, somos especialista em moda masculina, e, em satisfazer e encantar os clientes. Com nosso sistema

Leia mais

NUPEV NÚCLEO DE PESQUISAS DO VESTUÁRIO MONITORAMENTO SÓCIOECONÔMICO DO SETOR DO VESTUÁRIO NO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS N U P E V

NUPEV NÚCLEO DE PESQUISAS DO VESTUÁRIO MONITORAMENTO SÓCIOECONÔMICO DO SETOR DO VESTUÁRIO NO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS N U P E V Divinópolis, 17 de fevereiro de 2012 MONITORAMENTO SÓCIOECONÔMICO DO SETOR DO VESTUÁRIO NO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS N U P E V O monitoramento do desempenho do setor do vestuário da cidade de Divinópolis

Leia mais

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá APÊNDICE V Modelos de Uniforme e Crachá MARÇO DE 2016 1 23 ÍNDICE 1.1. Apresentação...3 1.2. Tecidos...3 2.1. Gerente Feminino...5 2.2. Atendente Feminino...7 2.3. Gestante...9 2.4. Orientador Feminino...

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 02.008 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 02.008 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS VERSÃO 5 PAG: 1 / 7 Esta Instrução tem por objetivo determinar os padrões de conformidade para as informações legais obrigatórias que devem estar contidas nas etiquetas internas de composição e conservação

Leia mais

Sugestão de Vitrine: Estampa Vagalume

Sugestão de Vitrine: Estampa Vagalume A estampa Vagalume aparece em bases de cetim e malha e retrata uma floresta noturna, cheia de segredos e mistérios, com raios e brilhos incandescentes. Com mosaicos indígenas extremamente coloridos, seu

Leia mais

UNIFORME SESI. Especificação Técnica

UNIFORME SESI. Especificação Técnica UNIFORME SESI Especificação Técnica 2015 SUMÁRIO 1. CAMISETA MANGA CURTA 3 2. CAMISETA MANGA LONGA 10 3. REGATA 17 4. POLO MASCULINA 24 5. POLO FEMININA 32 6. JAQUETA MASCULINA - TACTEL 40 7. JAQUETA MASCULINA

Leia mais

França, o centro da moda... 4

França, o centro da moda... 4 Parte I Os Fundamentos da Moda 1 A Evolução da Moda......................... 3 França, o centro da moda............................ 4 A moda ditada pela realeza..................................... 4 A

Leia mais

POLÍTICA DE F E M I N I N O

POLÍTICA DE F E M I N I N O POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DO UNIFORME F E M I N I N O PROPOSTA O Grupo Villela já conta com mais de 160 profissionais em seu quadro funcional, por isso estamos trabalhando pela padronização e pela profissionalização

Leia mais

DICAS DE UTILIZAÇÃO PARA SEU UNIFORME.

DICAS DE UTILIZAÇÃO PARA SEU UNIFORME. DICAS DE UTILIZAÇÃO PARA SEU UNIFORME. A PROPOSTA Usar uniforme pro ssional às vezes não é uma prática vista com bons olhos pelos funcionários de uma empresa. As pessoas nem sempre gostam de se sentir

Leia mais

1. Personalidade da Marca. Fundada em 2009 a Bébé Sucré foi buscar nas crianças francesas a inspiração para suas coleções.

1. Personalidade da Marca. Fundada em 2009 a Bébé Sucré foi buscar nas crianças francesas a inspiração para suas coleções. 1. Personalidade da Marca Fundada em 2009 a Bébé Sucré foi buscar nas crianças francesas a inspiração para suas coleções. Nasceu então uma marca contemporânea, cheia de personalidade, com um irresistível

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 2.004 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 2.004 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS VERSÃO 10 PAG: 1 / 24 Esta Instrução visa definir tipos, formas e locais para fixação das etiquetas de preços, uniformizando a apresentação visual dos produtos e impedindo ainda que essas etiquetas danifiquem

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO. 1 Usefashion é um dos principais portais de pesquisa de moda do Brasil.

RESUMO EXECUTIVO. 1 Usefashion é um dos principais portais de pesquisa de moda do Brasil. RESUMO EXECUTIVO Esse relatório apresenta as tendências de moda infantil para o verão 2012/13, segundo interpretação da Usefashion 1. Essas tendências foram organizadas em 3 temas, são eles: Romantismo

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO Blazer padrão alfaiataria, acinturado, modelo tradicional com três botões bolsos com lapelas. Tecido composto c/ 100% poliéster, (padrão Sanyotex ou Superior); Sanyotex:

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 02.010 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 02.010 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS VERSÃO 6 PAG: 1 / 7 Esta instrução tem por objetivo acrescentar especificações de conformidade aos controles atuais de rotina, estabelecendo padrões mínimos de qualidade para desenvolvimento de produtos,

Leia mais

TESAMPLE. 1 - Área Central (Mesas / Showcases) O visual merchandising tem como objetivo maximizar o ambiente da loja para, assim, aumentar as vendas.

TESAMPLE. 1 - Área Central (Mesas / Showcases) O visual merchandising tem como objetivo maximizar o ambiente da loja para, assim, aumentar as vendas. VISUAL GUIDE 2014 TESAMPLE INTRODUÇÃO AO VISUAL MERCHANDISING 1 - Área Central (Mesas / Showcases) O visual merchandising tem como objetivo maximizar o ambiente da loja para, assim, aumentar as vendas.

Leia mais

FICHA TÉCNICA DATA: 18-05-12 FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO

FICHA TÉCNICA DATA: 18-05-12 FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO 1 FICHA TÉCNICA FARDAMENTO ALUNO TÉCNICO DATA: 18-05-12 DESCRIÇÃO: CAMISETA COM RECORTES LATERAIS, MANGA MEIA CAVA COM RECORTE NO CORPO DA CAMISETA, GOLA EM ESTILO MANDARIM COM ABERTURA EM ZÍPER E PUNHO

Leia mais

Dicas e orientações sobre o e-commerce de roupas e acessórios

Dicas e orientações sobre o e-commerce de roupas e acessórios Boas Práticas em Moda Online Dicas e orientações sobre o e-commerce de roupas e acessórios Boas Práticas em Moda Online 1 Expediente 2015 Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2008/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2008/1 1 1 CRIATIVIDADE Fase: 1ª Carga Horária: 60h Créditos: 04 Conceitos de criatividade. Criação e moda. Linguagem, identidade e estilo. Processo criativo. Desenvolvimento da capacidade da análise e percepção

Leia mais

Lilian Daros Pescador

Lilian Daros Pescador Lilian Daros Pescador MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA UNIDADE DE ENSINO DE ARARANGUÁ Apostila de Modelagem

Leia mais

Módulo 4 CRM. [ Customer Relationship Management ]

Módulo 4 CRM. [ Customer Relationship Management ] Módulo 4 CRM [ Customer Relationship Management ] Sumário Introdução pág. 01 1. Definição 2. Por que usar o CRM?? 3. Cadastro pág. 02 pág. 02 pág. 02 4. Tipos de CRM CRM pág. 04 4.1 Operacional: Criação

Leia mais

Sobre as Franquias Honing Brasil A Honing Brasil é a marca de roupa masculina inspirada no Hóquei no Gelo canadense. A paixão dos canadenses por este esporte e a garra de seus praticantes inspiram a Honing,

Leia mais

Se você procura uma franquia, pense numa marca MAIS Q BÁSICA: LUCRATIVA

Se você procura uma franquia, pense numa marca MAIS Q BÁSICA: LUCRATIVA Se você procura uma franquia, pense numa marca MAIS Q BÁSICA: LUCRATIVA A MARCA A MAIS Q BÁSICA nasceu no verão de 2007, uma inspiração da designer Maria Alejandra Rizzo. Com um estilo muito próprio, suas

Leia mais

Já imaginou um conceito de Franquia Inteligente? RetrôGol

Já imaginou um conceito de Franquia Inteligente? RetrôGol Conceito Smart Já imaginou um conceito de Franquia Inteligente? BemVindoa RetrôGol Meio de Campo A RetrôGol é uma empresa apaixonada por futebol, voltada para o vestuário esportivo, especializada em réplicas

Leia mais

NÚMERO 03. OUTONO // INVERNO 2012 TENDÊNCIA comportamento FIXPIN

NÚMERO 03. OUTONO // INVERNO 2012 TENDÊNCIA comportamento FIXPIN NÚMERO 03 OUTONO // INVERNO 2012 TENDÊNCIA comportamento FIXPIN Coordenação, Pesquisa e Textos - MARKETING CEDRO Direção de Arte e Projeto Gráfico - TAZ DESIGN Fotos Cedro - André Salcedo As imagens contidas

Leia mais

linha glamour As coleções da linha Glamour demonstram um lingerie sexy, charmoso, cheio de detalhes que fazem a diferença, mas, sem exageros. O foco é fazer um lingerie funcional e ao mesmo tempo atraente,

Leia mais

UNIFORMES LOCAMERICA DICAS E CUIDADOS

UNIFORMES LOCAMERICA DICAS E CUIDADOS UNIFORMES LOCAMERICA DICAS E CUIDADOS APRESENTAÇÃO No universo corporativo, as regras de conduta e comportamento são mais claras e rígidas do que na vida social. Para projetar a imagem institucional adequada,

Leia mais

Projeto de Uniformização. Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo

Projeto de Uniformização. Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo Projeto de Uniformização Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo DETALHE Camisa Fem Tradicional TECIDO: Tricoline Elastano TECIDO DETALHE: Microleve COR: Branco COR DETALHES: 10 Verde Bandeira

Leia mais

DESIGN DE MODA SERVIÇOS QUEM SOMOS! ...QUE FAZEMOS MUITO BEM FEITO!

DESIGN DE MODA SERVIÇOS QUEM SOMOS! ...QUE FAZEMOS MUITO BEM FEITO! QUEM SOMOS! A I-Factory é um escritório de Assessoria e Desenvolvimento de coleções voltado ao mercado de Moda sediado em São José do Rio Preto no interior de São Paulo que atua desde 2009. Temos uma estrutura

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial.

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial. www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial.html Cursos de extensão presencial A Extensão é a ação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC

MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN 3 TEC Utilização 3 em 1 (sistema travel system) bebê conforto adaptável ao carrinho Altura regulável das alças para empurrar o carrinho 3 posições de regulagem de

Leia mais

www.fabricadeuniformes.com.br

www.fabricadeuniformes.com.br INVERNO 2014 CATÁLOGO Uniformes Sapatos Acessórios Faxineiras e Domésticas Profissionais Sociais Médicos Cozinha e Hotéis www.fabricadeuniformes.com.br Vestidos e Aventais Vestido com Avental e detalhe

Leia mais

Depósito de Meias São Jorge Ltda Hope - Tabela de Atacado. Versão: Junho 2012. 1 de 30

Depósito de Meias São Jorge Ltda Hope - Tabela de Atacado. Versão: Junho 2012. 1 de 30 1 de 30 Coleção Imagem Ref. Código Descrição Preço Cores Coleção - Touch Touch 0020-1 0220439 BUSTIE HOPE 20B6 40/46 Sutiã bustiê push-up tomara que caia: bojo push-up graduado formatado de espuma. Silicone

Leia mais

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA PREGÃO N. 038/2010

ANEXO V PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA PREGÃO N. 038/2010 À DME Distribuição S/A - DMED PREGÃO N. 038/2010 A empresa..., inscrita no CNPJ/MF sob o n..., estabelecida à Av./Rua..., n..., bairro..., na cidade de..., CEP..., telefone..., fax..., e-mail..., vem pela

Leia mais

Uma das empresas líderes no setor de moda feminina Faturamento aproximado de 350 milhões em 2013 Mais de 6000 clientes multimarcas HISTÓRICO Início das atividades da Morena Rosa Confecções, em Cianorte-PR.

Leia mais

Projeto CAPAZ Banana Republic Posicionamento no Mercado

Projeto CAPAZ Banana Republic Posicionamento no Mercado 1 Introdução Ao assistir à aula você compreendeu o posicionamento da Banana Republic no mercado, a visão da marca e o público alvo no mercado internacional e brasileiro. Teve acesso a informações sobre

Leia mais

D i c a s e E s t i l o s p a r a N o i v o s O q u e u s a r?

D i c a s e E s t i l o s p a r a N o i v o s O q u e u s a r? O q u e u s a r? Smoking Black Tie: Para um casamento moderno, luxuoso e realizado durante à noite. Composição: As lapelas com detalhes em cetim, camisa branca, podendo ser plissada no peito. A gravata

Leia mais

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão;

Página 1 de 6 KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; KIT ENXOVAL PARA RECÉM-NASCIDOS COMPOSTO DE: - 01 cobertor; - 02 macacões curto tipo short; - 02 conjuntos tipo pagão; - 02 gorros de moletom; - 02 calças compridas; - 02 pares de meia recém-nascido; -

Leia mais

O MELHOR DA CRIATIVIDADE TÊXTIL-MODA. Outono Inverno 12-13 Maio 2015. Expo Center Norte / Pav. Amarelo The Fashion Textile Show for Latin America

O MELHOR DA CRIATIVIDADE TÊXTIL-MODA. Outono Inverno 12-13 Maio 2015. Expo Center Norte / Pav. Amarelo The Fashion Textile Show for Latin America O MELHOR DA CRIATIVIDADE TÊXTIL-MODA Outono Inverno 12-13 Maio 2015 Expo Center Norte / Pav. Amarelo The Fashion Textile Show for Latin America Première Vision INSPIRAÇÃO para a MODA Com edições em Paris,

Leia mais

Obtenção de tecidos planos Prof a.. Mitiko Kodaira de Medeiros

Obtenção de tecidos planos Prof a.. Mitiko Kodaira de Medeiros Obtenção de tecidos planos Prof a.. Mitiko Kodaira de Medeiros Caracteriza-se pelo entrelaçamento de dois conjuntos de fios em ângulo de 90 (ou próximo a isso). Um desses conjuntos fica disposto no sentido

Leia mais

COMO TIRAR MEDIDAS. Na modelagem industrial, as medidas são padronizadas, mas é sempre bom saber como elas são tiradas.

COMO TIRAR MEDIDAS. Na modelagem industrial, as medidas são padronizadas, mas é sempre bom saber como elas são tiradas. COMO TIRAR MEDIDAS Na modelagem industrial, as medidas são padronizadas, mas é sempre bom saber como elas são tiradas. MEDIDAS HORIZONTAIS OU DE CIRCUNFERÊNCIA. 1. PESCOÇO OU DEGOLO: passe a fita métrica

Leia mais

Nome da área, ex.: Departamento Comercial. Assunto da apresentação MZM Store

Nome da área, ex.: Departamento Comercial. Assunto da apresentação MZM Store Nome da área, ex.: Departamento Comercial Assunto da apresentação MZM Store Morena Rosa Group: Uma das Empresas Líderes no Setor de Moda Feminina MORENA ROSA Group Principais números do Morena Rosa Group

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS 1- COLETE : - Azul marinho; - 02 (duas) faixas refletivas, na direção horizontal, na cor laranja;

Leia mais

O CHÃO DE FÁBRICA: relato de experiência vivenciada em uma indústria de confecção, durante o estágio supervisionado.

O CHÃO DE FÁBRICA: relato de experiência vivenciada em uma indústria de confecção, durante o estágio supervisionado. 1 O CHÃO DE FÁBRICA: relato de experiência vivenciada em uma indústria de confecção, durante o estágio supervisionado. SELMA MARIA BARBOSA DOS ANJOS; ANETE SALES DA PAZ RAMOS DA SILVA Introdução A moda

Leia mais

www.fabricadeuniformes.com.br

www.fabricadeuniformes.com.br CATáLOGO Uniformes Sapatos Acessórios Faxineiras e Domésticas Profissionais Sociais Médicos Cozinha e Hotéis www.fabricadeuniformes.com.br Vestidos e Aventais Vestido com Avental e detalhe em renda inglesa

Leia mais

O mundo está na vitrine da Levi s em Curitiba

O mundo está na vitrine da Levi s em Curitiba O mundo está na vitrine da Levi s em Curitiba Lojista fala da variedade do mix que traz o ícone jeans 501 de 140 anos de idade Por Denise Mello - junho-2013 1 / 8 Imagine uma peça de roupa que está na

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial.

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial. www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40917/cursos-de-extensao-presencial.html Cursos de extensão presencial A Extensão é a ação

Leia mais

Gola Loca. Fábrica de Estilos. 1

Gola Loca. Fábrica de Estilos. 1 Gola Loca. Fábrica de Estilos. 1 Eva OLIVEIRA 2 Alisson GOMES 3 Camila MATIAS 4 Dayana FELICIA 5 Larissa HOLANDA 6 Norton FALCÃO 7 Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CE RESUMO Atualmente o faça

Leia mais

APRESENTAÇAO FRANQUEADO

APRESENTAÇAO FRANQUEADO APRESENTAÇAO FRANQUEADO 1. Personalidade da Marca Cosmopolita, moderna e inovadora! Londres é uma cidade que mistura diferentes culturas e referências para criar uma personalidade unica. A Inglaterra sempre

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S Ela lidera a equipe, contrata, acompanha e desenvolve equipes, faz o plano de vendas, cuida do ponto de venda e da vitrine, controla o estoque, monitora e motiva

Leia mais

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010

ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Referente ao Pregão nº 038/2010 ANEXO IX ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Referente ao Pregão nº 038/2010 LOTE 01: ESPECIFICAÇÕES DO ITEM 1: Blusa para usuários do sexo feminino, colarinho, com pence de busto no sentido horizontal frente e pence

Leia mais

MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI. MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI

MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI. MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI Chapéu de palha encapado com veludo preto, decorado com renda branca franzida na borda arabescos e acabamento feito com galão dourado,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO. Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 5 (CINCO) ANOS LETIVOS

MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO. Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 5 (CINCO) ANOS LETIVOS MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MODA E ESTILO TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 3 (TRÊS)

Leia mais

Entretelas Coats Corrente

Entretelas Coats Corrente Entretelas Coats Corrente Introdução às Entretelas - O que é uma entretela? Entretela é um material aplicado em certas partes das roupas confeccionadas, com a função de encorpar e estruturar a peça, oferecendo-lhe

Leia mais

Maria Tereza da Silva Santos. Confecção - Exemplo. Elaborado por: Plano de Negócio - Exemplos

Maria Tereza da Silva Santos. Confecção - Exemplo. Elaborado por: Plano de Negócio - Exemplos Maria Tereza da Silva Santos Confecção - Exemplo Elaborado por: Plano de Negócio - Exemplos Data criação: 09/01/2014 14:36 Data Modificação: 21/02/2014 14:36 Tipo Empresa: Empresa nascente 1 - Sumário

Leia mais

Ementário do curso de Tecnologia Têxtil

Ementário do curso de Tecnologia Têxtil 01 ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL Fase: VI Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Visão Geral da administração. Evolução e conceitos de administração. Estrutura organizacionais. Visão geral das funções de administração:

Leia mais

ÍNDICE. Introdução...3. Como escolher sapatos infantis?...4. Como escolher sapatos femininos?...5. Como escolher sapatos masculinos?...

ÍNDICE. Introdução...3. Como escolher sapatos infantis?...4. Como escolher sapatos femininos?...5. Como escolher sapatos masculinos?... 1 ÍNDICE Introdução...3 Como escolher sapatos infantis?...4 Como escolher sapatos femininos?...5 Como escolher sapatos masculinos?...8 Conclusão... 10 Sobre a Agittus... 11 Introdução A vida corrida que

Leia mais

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio : Técnico em Vestuário Descrição do Perfil Profissional: O Técnico em Vestuário supervisiona o processo de confecção do produto conforme padrões de qualidade; acompanha equipes de trabalho que atuam na

Leia mais

Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e

Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e Manual de Uniformes Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e que justificam o investimento no

Leia mais

GENERATOR: OUTONO INVERNO 2009

GENERATOR: OUTONO INVERNO 2009 Rio Moda Hype Janeiro 2009 GENERATOR: OUTONO INVERNO 2009 Generator é uma coleção quase acidental, onde máquina e criador invertem papéis e criam uma relação de dependência mútua, na qual as funções desempenhadas

Leia mais

E-Book por Cristina Marinho

E-Book por Cristina Marinho E-Book por Cristina Marinho É uma profissional especialista em Marketing da Moda, Comportamento de Compra e Pesquisa de Mercado. Durante 10 anos esteve à frente do seu próprio instituto de pesquisas credenciado

Leia mais

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC CALÇA MASCULINA Tecido: Elanca (PA) ou Seletel Pantone Verde: 190415 (Beckauser) ESPECIFICAÇÃO DOS DETALHES: Largura do Cós: Elástico de

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST DESIGN DE MODA MÓDULO I INTRODUÇÃO AO DESIGN EMENTA: Conceituação e dimensionamento do design, aspectos éticos, legais e postura profissional do designer. História do

Leia mais

INÍCIO 19 de janeiro de 2016 TÉRMINO 04 de fevereiro de 2016 AULAS terças, quartas e quintas das 18h30 às 22h30

INÍCIO 19 de janeiro de 2016 TÉRMINO 04 de fevereiro de 2016 AULAS terças, quartas e quintas das 18h30 às 22h30 CURSOS DE VERÃO UPCYCLING transformando roupas COORDENAÇÃO Gabriela Mazepa CARGA HORÁRIA 36 horas IDIOMA Português INÍCIO 19 de janeiro de 2016 TÉRMINO 04 de fevereiro de 2016 AULAS terças, quartas e quintas

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2004/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2004/1 1 1 ACESSÓRIOS Fase: 5ª Carga Horária: 30h/a Créditos: 02 Concepção e desenvolvimento de desenho. Modelagem. Montagem. Técnicas de aprimoramento. Fichas técnicas. Processo de padronização. Mostruário.

Leia mais

Qualidade na Confecção dos Uniformes Andréia Garcia MISSÃO Criar moda para o mercado corporativo através de uniformes adequados e modernos para identificar, padronizar e promover a marca da empresa cliente.

Leia mais

Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR

Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR Este produto foi projetado para dar ao seu vestuário um aspecto profissional, sem rugas e

Leia mais

GESTÃO DO PROCESSO PRODUTIVO

GESTÃO DO PROCESSO PRODUTIVO GESTÃO DO PROCESSO PRODUTIVO GESTÃO DO PROCESSO PRODUTIVO 2007, SEBRAE/RS Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio Grande do Sul É proibida a duplicação ou reprodução deste volume,

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE MATRIZ CURRICULAR 2016.1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 49/15, 2015 de 7 de outubro de 2015. SUMÁRIO 2 1ª FASE... 4 01 DESENHO DE MODA I... 4 02 HISTÓRIA: ARTE E INDUMENTÁRIA...

Leia mais

Cadastros Gerais Treinamento 1

Cadastros Gerais Treinamento 1 Cadastros Gerais Treinamento 1 O sistema JBI Loja possibilita controle completo da sua empresa. Abaixo segue a primeira fase dos cadastros iniciais do sistema. CADASTROS FORNECEDORES A tela de cadastro

Leia mais

R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO

R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO Outubro 2015 1 UNIFORMES E FARDAS DE TRABALHO Os uniformes escolares e fardas de trabalho integram a imagem das Escolas de Hotelaria e Turismo

Leia mais

A L T O VERÃO 1 4 / 1 5

A L T O VERÃO 1 4 / 1 5 ALTO VERÃO /5 ALTO VERÃO /5 ALTO VERÃO /5 feminino Costas Colar de pedraria Estampa Costas Termocolante Cinto Cinto Estampa cromia 68 Saia longa em viscotorcion estampado - 975 Mosaico - 86 Bandeira

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 07 (SETE) ANOS LETIVOS. B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 3.000 H/AULA CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 07 (SETE) ANOS LETIVOS. B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 3.000 H/AULA CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: MODA Graduação: BACHARELADO Regime: SERIADO ANUAL - NOTURNO Duração: 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 07 (SETE)

Leia mais

A SUSTENTABILIDADE E A UTILIZAÇÃO DE TEMAS CULTURAIS NO DESIGN DE MODA

A SUSTENTABILIDADE E A UTILIZAÇÃO DE TEMAS CULTURAIS NO DESIGN DE MODA ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 A SUSTENTABILIDADE E A UTILIZAÇÃO DE TEMAS CULTURAIS NO DESIGN DE MODA Caroline Yurie Kikuchi 1 ;

Leia mais

Apresentação ao Shopping

Apresentação ao Shopping Apresentação ao Shopping O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua rede de franquias Você Sabia? Há trinta anos os Estados Unidos adotaram um modelo inovador

Leia mais

CATÁLOGO VIRTUAL: cores

CATÁLOGO VIRTUAL: cores CATÁLOGO VIRTUAL: cores Oxford Gabardine Melhor custo benefício para feitio de Blazer, calça, saia, vestido, Terno Masculino, Tailleur feminino, aliando a beleza e a aparência, conforto e altíssima durabilidade.

Leia mais

FIX PIN. Free Spirit Guerilla In Pursuit of Cool Smart Guys COMPORTAMENTO // TENDÊNCIA. Nº 2 - Primavera / Verão 2012

FIX PIN. Free Spirit Guerilla In Pursuit of Cool Smart Guys COMPORTAMENTO // TENDÊNCIA. Nº 2 - Primavera / Verão 2012 COMPORTAMENTO // TENDÊNCIA Nº 2 - Primavera / Verão 2012 FIX PIN Free Spirit Guerilla In Pursuit of Cool Smart Guys Cores / Estamparia / Lavanderia Formas / Street Lançamentos Cedro FIX PIN Primavera

Leia mais

Confecção de Roupas DESCRITIVO TÉCNICO

Confecção de Roupas DESCRITIVO TÉCNICO 30 Confecção de Roupas DESCRITIVO TÉCNICO A AmericaSkills, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com a Constituição, os Estatutos e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem

Leia mais

Operações de Rotina. 4.13 Arrumação da Loja

Operações de Rotina. 4.13 Arrumação da Loja 4.13 Arrumação da Loja Operações de Rotina O bem-estar na loja depende de muitos fatores. Um dos mais importantes é a arrumação, pois propicia uma boa impressão, tanto aos clientes quanto aos colaboradores.

Leia mais

Passível de atualizações/revisões. A revisão vigente estará sempre disponível no departamento comercial e/ou no site da empresa.

Passível de atualizações/revisões. A revisão vigente estará sempre disponível no departamento comercial e/ou no site da empresa. 1. OBJETIVO CRITÉRIOS DE QUALIDADE Definir o critério para classificação de tecidos em Primeira Qualidade e LD (Leves defeitos). Definir o critério para atendimento de reclamações por problemas de qualidade.

Leia mais

Conselho Abit e Sinditêxtil SP Premiére Vision São Paulo. São Paulo, 21 de janeiro de 2014

Conselho Abit e Sinditêxtil SP Premiére Vision São Paulo. São Paulo, 21 de janeiro de 2014 Conselho Abit e Sinditêxtil SP Premiére Vision São Paulo São Paulo, 21 de janeiro de 2014 ECONOMIA PRODUÇÃO, VAREJO E IMPORTAÇÕES NO BRASIL EVOLUÇÃO NA QUANTIDADE EM COMPARAÇÃO AO PERÍODO ANTERIOR 39,3

Leia mais

Para proteção completa contra chuva, está disponível em lojas de varejo uma capa de chuva ABC Design.

Para proteção completa contra chuva, está disponível em lojas de varejo uma capa de chuva ABC Design. MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELO ABC DESIGN PRIMO Moldura de Alumínio leve Alças giratórias em 360 graus 4 posições de regulagem de encosto Rodas dianteiras giratórias e bloqueáveis. toldo removível Testado

Leia mais

Marketing Nova estrutura Gestão do Marketing Gestão do Fundo de Propaganda Planejamento e negociação de Mídia Marketing de varejo Comunicação Comunicação digital Assessoria de Imprensa Inaugurações Pesquisas

Leia mais

DOCUMENTO Nº 31 - SETEMBRO/08. Manual de Uniformes

DOCUMENTO Nº 31 - SETEMBRO/08. Manual de Uniformes DOCUMENTO Nº 31 - SETEMBRO/08 Manual de Uniformes ROBERTO REQUIÃO Governador do Estado do Paraná VALTER BIANCHINI Secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ -

Leia mais

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado 1 POSTOS UAI - PROJETO DE UNIFORMIZAÇÃO ARTIGO COD. PAG FUNÇÃO AGASALHO FEMININO BEGE T- 11/ T-12 58 COPEIRA AGASALHO FEMININO PRETO T-13 13 ATEN. RECEPÇÃO,

Leia mais

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC CALÇA ADIDAS MASCULINA Tecido: Elanca 28% Algodão e 72% Poliéster Pantone Verde: 190415 ESPECIFICAÇÃO DOS DETALHES: Largura do Cós: Elástico

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DO ENXOVAL HOSPITALAR. ENFª ELISABETE REINEHR Março 2015

DIMENSIONAMENTO DO ENXOVAL HOSPITALAR. ENFª ELISABETE REINEHR Março 2015 DIMENSIONAMENTO DO ENXOVAL HOSPITALAR ENFª ELISABETE REINEHR Março 2015 ENXOVAL HOSPITALAR É o conjunto de roupas utilizadas pelos hospitais com a finalidade de atender os diversos serviços e procedimentos

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 01.007 MANUAL DE ENTREGAS

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 01.007 MANUAL DE ENTREGAS VERSÃO: 7 PAG: 1 / 16 Esta Instrução tem por finalidade estabelecer o fluxo de operações para entrega de confecções previamente encabidadas, abrangendo a elaboração do Pedido de Compra, a retirada dos

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia.

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia. www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia.html Cursos de extensão a distância O SENAI CETIQT oferece

Leia mais

HISTÓRIA ANTIGUIDADE

HISTÓRIA ANTIGUIDADE HISTÓRIA Não é possível determinar a época em que o ser humano começou a adotar o vestuário. Acreditase, no entanto, que a moda começou possívelmente motivada por razões que vão desde a proteção contra

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL 1. PALETÓ MASCULINO 30039 Paletó padrão alfaiataria, três botões, 03 (três) bolsos embutidos (externo) 01 (um) bolso embutido (interno)

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO BASE DE ÁGUA

BOLETIM TÉCNICO BASE DE ÁGUA Restac Do Brasil Fone.: 55-11 - 6107-2525 / Fax: 55-11 - 6107-6107 Site: www.restac.com.br Email: restac@restac.com.br BOLETIM TÉCNICO BASE DE ÁGUA PEROLADO NOBRE - Pasta formulada a partir da dispersão

Leia mais