NOME: Nº. ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios VALOR: 13,0 NOTA:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOME: Nº. ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios VALOR: 13,0 NOTA:"

Transcrição

1 NOME: Nº 1 o ano do Ensino Médio TURMA: Data: 11/ 12/ 12 DISCIPLINA: Física PROF. : Petrônio L. de Freitas ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios VALOR: 13,0 NOTA: INSTRUÇÕES (Leia com atenção!) Não se esqueça de preencher, a caneta, o cabeçalho desta lista de exercícios com seu nome completo e turma. Esta é a 1 a lista de exercícios da recuperação final. Serão, ao todo, duas listas que serão resolvidas em parte nas aulas de recuperação e deverão ser completadas em casa. Resolva todos os exercícios desta lista nos espaços destinados às respostas. Não serão aceitas folhas complementares a esta lista de recuperação. Esta lista de exercícios deve ser entregue, completamente resolvida, no dia da 1 a prova de recuperação final. Ao fazer os exercícios desta lista, tenha em mente que a recuperação tem por objetivo fazer com que você estude de novo e aprenda os conteúdos que você não tinha entendido bem durante a etapa. Por isso, faça um esforço para prestar atenção nas explicações do professor e faça todos os exercícios desta lista com a intenção de aprender. Nas questões numéricas, faça seus cálculos de maneira clara e organizada, expressando seus cálculos na forma de equações e expressões matemáticas (e não como continhas de canto de página). Não deixe de colocar as respostas com as unidades corretas. Não é necessário justificar as questões fechadas, a não ser que seja pedido explicitamente, mas você precisa estar certo de que entendeu o que foi pedido e de que sabe por que a resposta deve ser aquela que você marcou e não outra. Às vezes, uma pequena observação feita a lápis ao lado de uma questão de múltipla escolha ajuda muito na hora de estudar para a prova. Acostume-se a fazer todos os cálculos sem calculadora. Você não poderá usá-la na hora da prova, então, treine a fazer contas com lápis e papel desde já. Procure decorar as fórmulas usadas por você nesta lista de exercícios, saber o significado de cada termo delas e, sobretudo, aprender a utilizá-las corretamente. Lembre-se: saber de cor uma fórmula não é suficiente para resolver um problema de Física. Você deve, antes de mais nada, saber interpretar o problema de Física e saber os conceitos envolvidos na questão. As respostas a esta lista de exercícios têm o objetivo de ajudar os alunos a estudarem para a prova final. Os assuntos desta lista de recuperação e seus correspondentes tópicos no livro texto são: Velocidade e problemas envolvendo movimento retilíneo uniforme, MRU (Tópicos 2.1 e 2.2) Movimento relativo (ver anotações no caderno e tópico 3.5) Velocidade instantânea e velocidade média, movie gráficos de movimento (Tópicos 2.2 e 2.3) Aceleração e movimento uniformemente variado (Tópico 2.4) Movimento de queda livre e lançamento vertical (Tópico 2.5) Recomendamos que você leia esses tópicos antes de tentar resolver os exercícios desta apostila. MOVIMENTO COM VELOCIDADE CONSTANTE O aluno deve ser capaz de compreender o significado físico de uma velocidade. Deve, também, ser capaz de calcular velocidade, distância percorrida ou tempo gasto para percorrê-la a partir dos valores dados em problemas numéricos. 1) Explique, com palavras, o que significa dizer que um carro se move com velocidade de 60 km/h. Isso significa que ele percorre uma distância de 60 km a cada intervalo de tempo de 1 hora, ou ainda, que em cada intervalo de tempo de 1 hora ele percorre uma distância de 60 quilômetros. 2) Explique, com palavras, o que significa dizer que um objeto se move com velocidade de 5 m/s. Isso significa que ele percorre uma distância de 5 m a cada intervalo de tempo de 1 segundo, ou ainda, que em cada intervalo de tempo de 1 segundo ele percorre uma distância de 5 metros.

2 3) Os valores de velocidade de uma pessoa normal andando e de uma pessoa normal correndo são aproximadamente: Observação: Não há necessidade de você fazer qualquer cálculo para resolver este problema. Apenas pense nas medidas apresentadas abaixo. Qual das opções apresenta valores razoáveis para a velocidade de uma pessoa andando e para a velocidade de uma pessoa correndo? a) 0,5 m/s e 1,0 m/s X b) 0,6 m/s e 6,0 m/s c) 2,0 m/s e 20 m/s d) 4,0 m/s e 40 m/s 4) As cidades de Quelonjura e São Judas de Meias estão separadas por uma distância de 420 km. Sabendo que um caminhão gastou 6 horas para fazer a viagem entre essas duas cidades, é correto afirmar que a sua velocidade média nesse percurso foi de: (Indique os cálculos no espaço abaixo.) a) 7 km/h b) 60 km/h c) 70 km/h d) 252 km/h 5) Um carro percorre uma distância de 210 km em um tempo de 3 horas. Calcule a velocidade média desse carro. 6) Explique com palavras o significado físico da velocidade média calculada por você no exercício anterior. Dizer que a velocidade média desse carro é de 70 km/h significa dizer que, em média, ele percorreu uma distância de 70 km em cada intervalo de tempo de 1 hora. 7) Um caminhão se move em uma estrada com velocidade constante de 60 km/h. Que distância ele percorrerá se mantiver essa velocidade durante duas horas e meia. d = v x t d = 60 km/h x 2,5 h d = 150 km 8) Um ciclista percorre 8,0 km num tempo de 15 minutos. a) Qual a velocidade desse ciclista em quilômetros por hora? Faça os cálculos de maneira clara e organizada. Se em 15 min esse ciclista percorre uma distância de 8,0 km, em 30 min ele percorrerá uma distância de 16 km, em 45 min ele percorrerá uma distância de 24 km e, portanto, em 1 hora ou em 60 min ele percorrerá uma distância de 32 km. Logo a velocidade dele é de 32 km/h. b) Explique com palavras o significado físico do resultado encontrado no item anterior. Dizer que a velocidade do ciclista é de 32 km/h significa dizer que em cada intervalo de tempo de 1 hora ele percorre uma distância de 32 quilômetros.

3 9) Um carrinho à pilha tem velocidade de 0,50 m/s. Para percorrer uma distância de 18 m ele gastará um tempo de (Deixe os cálculos indicados no espaço abaixo.) X a) 36 segundos b) 30 segundos c) 12 segundos d) 9,0 segundos Se o carrinho percorre meio metro (0,50m) a cada 1 segundo, então ele gastará 2 segundos para percorrer 1 metro inteiro. Como ao todo são 18 m a serem percorridos e ele gasta 2 segundos para percorrer cada metro, então ele gastará um tempo de 36 segundos para completar o percurso. 10) Um nadador percorre 50 metros de uma piscina num tempo de 100 segundos. Qual é a velocidade desse nadador? Faça os cálculos de maneira clara e organizada. 11) Um ciclista percorre 7,0 km num tempo de 15 minutos. a) Qual a velocidade desse ciclista em quilômetros por hora? Faça os cálculos de maneira clara e organizada. Se em 15 min esse ciclista percorre uma distância de 7,0 km, em 30 min ele percorrerá uma distância de 14 km, em 45 min ele percorrerá uma distância de 21 km e, portanto, em 1 hora ou em 60 min ele percorrerá uma distância de 28 km. Logo a velocidade dele é de 28 km/h. b) Qual a velocidade desse ciclista em quilômetros por minuto? Faça os cálculos de maneira clara e organizada. 12) Um ônibus vai de Belo Horizonte a Guanhães em 4 horas. Sabendo que a velocidade média do ônibus durante a viagem é de 85 km/h, calcule a distância que separa as duas cidades. d = v x t d = 85 km/h x 4 h d = 340 km Atenção às unidades!

4 MOVIMENTO DE UM CORPO EXTENSO Em algumas situações, precisamos levar em consideração o tamanho de um objeto para determinar quanto tempo ele gastará para fazer determinado movimento. Esse é o caso do problema abaixo. Faça-o com bastante atenção. 13) Um trem de 300 m de comprimento atravessa um pontilhão (ponte de estrada de ferro) de 120 m de extensão com velocidade constante de 6,0 m/s. Sobre esta situação, responda as questões a seguir. a) Faça um desenho representando o trem ao iniciar a travessia da ponte e ao terminar de atravessá-la. Identifique a distância percorrida por ele desde o momento em que ele inicia a travessia até o momento em que ele termina. b) Calcule o tempo que o trem gastará para atravessar completamente o pontilhão. Faça os cálculos de maneira clara e organizada, indicando o seu raciocínio. c) Se o trem fosse mais comprido, ele gastaria mais tempo, menos tempo ou o mesmo tempo para atravessar a ponte? Explique. Se o trem fosse mais comprido, após atravessar a ponte, ele deveria percorrer uma distância maior para puxar os vagões até que todos terminassem de atravessar a ponte. Logo, como a distância total a ser percorrida é maior quando o trem é mais comprido, ele gastaria um tempo maior para atravessar completamente a ponte. 14) Trens de ferro não são capazes de subir ladeiras muito íngremes, por isso, durante a construção das linhas de trem de ferro, é necessário construir pontilhões e túneis escavados na rocha. Um trem de 80 m de comprimento passa por um túnel de 100m de extensão com velocidade constante de 5,0 m/s. Sobre essa situação, faça o que se pede. a) Faça um desenho indicando o momento que o trem começa a atravessar o túnel e, na mesma figura, um desenho representando o momento em que ele termina de atravessar completamente o túnel. b) Calcule o tempo que o trem gastará para atravessar completamente o túnel. Faça os cálculos de maneira clara e organizada, indicando o seu raciocínio. Este caso é semelhante ao caso do exercício anterior. Tente resolvê-lo por comparação. Ao invés de haver um pontilhão de estrada de ferro, temos agora um túnel.

5 Problemas envolvendo movimento relativo O enunciado e a figura abaixo se referem às questões 15, 16 e 17. Duas bicicletas seguem por uma ciclovia, no mesmo sentido. A bicicleta que vai à frente tem velocidade de 6,0 m/s e a bicicleta que vai atrás tem velocidade de 8,0 m/s. Num certo momento, a distância que as separa é de 50 metros. 15) A velocidade relativa entre as duas bicicletas, isto é, a velocidade com que a bicicleta de trás se move em relação à bicicleta da frente é de: (1,0 ponto) X a) 2,0 m/s O ciclista de trás se aproxima do ciclista da frente 2 metros a cada 1 segundo. b) 6,0 m/s c) 8,0 m/s d) 16 m/s 16) É correto afirmar que se as duas bicicletas mantiverem as suas respectivas velocidades, a bicicleta que vai mais rápido alcançará a que vai mais devagar num tempo de: (2,0 ponto) a) 6,25 segundos X b) 25 segundos c) 50 segundos d) 100 segundos Indique seus cálculos aqui. Obrigatório! A bicicleta de trás se aproxima 2 metros da bicicleta da frente em cada 1 segundo. Como as bicicletas estão separadas por uma distância de 50 metros, a bicicleta de trás gastará 25 segundos para alcançar a da frente. 17) Considerando ainda o enunciado acima e suas respostas anteriores, é correto afirmar que, do momento em que as bicicletas estavam separados por uma distância de 50 m até o momento em que a bicicleta de trás alcança a da frente, as distâncias percorridas em relação à estrada pela bicicleta mais rápida e pela bicicleta mais lenta foram, respectivamente: (2,0 ponto) a) 400 metros e 350 metros b) 400 metros e 300 metros c) 200 metros e 250 metros X d) 200 metros e 150 metros Indique seus cálculos aqui. Obrigatório! Se queremos calcular a distância em relação à estrada, devemos usar a velocidade das bicicletas em relação à estrada e não a velocidade relativa. bicicleta de trás d = 8m/s x 25s d = 200 m bicicleta da frente d = 6m/s x 25s d = 150 m 18) Joãozinho tomou a escada rolante de um shopping center para ir do 1 o ao 2 o andar desse shopping, mas, ao invés de ficar parado sobre o mesmo degrau da escada, esperando que ela o levasse ao 2 o andar, Joãozinho resolveu subir os degraus da escada em movimento, subindo 2 degraus por segundo. Sabendo que a escada rolante tem 36 degraus e que ela sobe com velocidade de 1 degrau por segundo, é correto afirmar que o tempo que Joãozinho gastou para ir do 1 o ao 2 o andar desse shopping foi de (indique seus cálculos no espaço abaixo.) a) 72 segundos b) 36 segundos c) 18 segundos X d) 12 segundos Joãozinho sobe 2 degraus por segundo enquanto a escada o eleva mais um degrau. Então, ao todo, ele sobe 3 degraus em cada segundo. Como ao todo são 36 degraus nessa escada, ele gastará um tempo de t = 36/3 t = 12 segundos.

6 Aceleração e movimento uniformemente variado 19) Quatro automóveis (A, B, C e D) se movem da esquerda para a direita em uma pista reta. A cada 2 segundos, a posição de cada automóvel foi registrada numa linha que representa a estrada. O quadradinho mais à esquerda em cada linha representa a posição inicial de cada automóvel. a) Qual (ou quais) dos automóveis se movimenta(m) com velocidade constante? b) Qual (ou quais) dos automóveis apresenta(m) movimento acelerado? c) A velocidade do automóvel A é maior, menor ou igual a do automóvel C? d) O que acontece com a velocidade do automóvel D à medida que ele se move para a direita? 20) Explique o que significa dizer que um automóvel tem aceleração igual a 5,0m/s². 21) O gráfico a seguir representa o movimento de um objeto que se move em uma pista plana e reta. Analiseo atentamente e responda as questões a seguir. a) O movimento descrito no gráfico pode ser considerado um movimento uniforme, um movimento uniformemente acelerado ou um movimento uniformemente retardado? Justifique sua resposta. b) Qual a velocidade atingida pelo objeto após 8 segundos de movimento? c) Qual a distância percorrida pelo objeto após 8 segundos de movimento?

7 A figura e o enunciado abaixo se referem às questões 22, 23, 24. Um carro se move em uma estrada com uma velocidade de 15 m/s quando o motorista pisa no freio, fazendo a velocidade do carro diminuir aos poucos até parar completamente depois de 10 segundos. 22) Calcule a aceleração desse carro. Atenção ao sinal e à unidade! 23) Considerando ainda os dados do enunciado acima, calcule a distância percorrida por esse carro durante a sua frenagem. (Faça seus cálculos de maneira clara e organizada.) 24) Construa o gráfico de velocidade versus tempo para o movimento de frenagem desse carro. Não se esqueça de nomear os eixos e de colocar neles os valores adequados. 25) Escreva no espaço abaixo as equações de movimento que podem ser usadas em situações de movimento acelerado.

8 26) A tabela abaixo descreve o movimento de um ciclista. t (s) V (m/s) a) O movimento do ciclista é um movimento uniforme, acelerado ou retardado? Justifique. b) Calcule a aceleração desse ciclista. (Atenção! Note que a velocidade inicial não é zero.) 27) Um carro do corpo de bombeiros, para atender rapidamente a uma situação de emergência, percorreu uma estrada com velocidade de 40 m/s. Num certo momento, o motorista precisou pisar no freio, reduzindo a velocidade do veículo conforme mostra o gráfico abaixo. a) Quanto tempo durou a desaceleração desse carro? b) Qual a velocidade do carro ao final da desaceleração? c) Qual ao valor da aceleração do carro? Atenção ao sinal da aceleração! d) Calcule a distância percorrida pelo carro durante o tempo de desaceleração.

9 e) Calcule a distância que o carro percorreu: - entre 0s e 2s: - entre 2s e 4s: - entre 4s e 6s: - entre 8s e 8s: Em seguida,construa o gráfico de distância percorrida x tempo gasto. 28) (PUCMG) Durante uma experiência de laboratório, o movimento de um pequeno corpo, em trajetória retilínea, forneceu a tabela distância x tempo abaixo. O gráfico qualitativo que melhor representa distância X tempo para o movimento é: Queda livre e lançamento vertical 29) O cientista italiano Galileu Galilei estudou o movimento de queda dos corpos. Conta-se que, para fazer uma experiência, certo dia Galileu teria subido ao alto de uma torre e teria deixado cair daquela altura e ao mesmo tempo, duas balas de canhão de pesos diferentes. É correto afirmar que se a resistência do ar que atua nesses corpos durante essa queda for desprezível, isto é, se ela for tão pequena que possa ser desprezada, a) o objeto mais pesado chegará ao chão antes do objeto mais leve. b) o objeto mais leve chegará ao chão antes do objeto mais pesado. c) o objeto pesado e o objeto leve chegarão ao chão no mesmo tempo. d) não é possível prever qual dos dois objetos chegará primeiro ao chão. 30) Uma pena e uma pedra são abandonadas ao mesmo tempo de uma mesma altura acima do chão. Observa-se que a pedra chega ao chão antes da pena. Isso ocorre porque: a) os objetos mais pesados sofrem uma força gravitacional menor do que os objetos mais leves. b) durante a queda, a pena sofre uma resistência do ar menor do que a pedra. c) os objetos mais pesados caem mais rapidamente do que os objetos mais leves. d) durante a queda, a pena sofre uma resistência do ar maior do que a pedra.

10 31) Sabe-se que a aceleração da gravidade vale g = 9,8 m/s 2. Explique com palavras o que é a aceleração da gravidade qual o significado físico desse valor. 32) Escreva no espaço abaixo as equações de movimento adaptadas para situações de queda livre e de lançamento vertical, conforme feito em sala de aula. (Lembre-se, a distância percorrida agora é percorrida na vertical e a aceleração é a aceleração da gravidade.) 33) Um objeto é abandonado de uma altura de 44,1 m acima do solo e sofre uma queda livre. Considerando g = 9,8 m/s 2, responda as questões a seguir: a) Calcule o tempo que ele gasta para chegar ao chão. Faça os cálculos de maneira clara e organizada, indicando a fórmula utilizada antes de lançar nela os valores. Não se esqueça de colocar a unidade correta na resposta.) b) Calcule a velocidade final com a qual o objeto atinge o chão. (Atenção! Não é a velocidade dele depois de parado pelo chão! É para calcular a velocidade do impacto com o solo!) Faça os cálculos de maneira clara e organizada, indicando a fórmula utilizada antes de lançar nela os valores. Não se esqueça de colocar a unidade correta na resposta. 34) Com qual velocidade um objeto deve ser lançado verticalmente para cima para que alcance a altura máxima de 30 m? Considere g = 10 m/s 2.

a) O movimento do ciclista é um movimento uniforme, acelerado ou retardado? Justifique.

a) O movimento do ciclista é um movimento uniforme, acelerado ou retardado? Justifique. NOME: Nº. Progressão Parcial da1 a série (EM) TURMA: 21D DATA: 23/ 03/ 12 DISCIPLINA: Física PROF. : Petrônio ASSUNTO: Exercício de revisão sobre movimento acelerado VALOR: NOTA: 1) Escreva no espaço abaixo

Leia mais

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: NOME COMPLETO:

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: FÍSICA PROFESSORES: Erich/ André NOME COMPLETO: I N S T R U Ç Õ E S DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 1 a EM Circule a sua turma: Funcionários:

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 17 LANÇAMENTO VERTICAL E QUEDA LIVRE

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 17 LANÇAMENTO VERTICAL E QUEDA LIVRE FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 17 LANÇAMENTO VERTICAL E QUEDA LIVRE Como pode cair no enem? celeração de 5 g (ou 50 m/s²), ocorrendo o enrijecimento dos músculos devido a força que o sangue exerce na volta

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão II

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão II Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão II 1. Um carro está viajando numa estrada retilínea com velocidade de 72 km/h. Vendo adiante um congestionamento

Leia mais

FÍSICA. Prof. Fracalossi

FÍSICA. Prof. Fracalossi FÍSICA Prof. Fracalossi 1. O cérebro humano demora cerca de 0,6 segundos para responder a um estímulo. Por exemplo, se um motorista decide parar o carro, levará no mínimo esse tempo de resposta para acionar

Leia mais

Professor(a): Série: 1ª EM. Turma: Bateria de Exercícios de Física

Professor(a): Série: 1ª EM. Turma: Bateria de Exercícios de Física Nome: nº Professor(a): Série: 1ª EM. Turma: Data: / /2013 Sem limite para crescer Bateria de Exercícios de Física 3º Trimestre 1- A casa de Dona Maria fica no alto de uma ladeira. O desnível entre sua

Leia mais

Lista de Exercícios para Recuperação Final. Nome: Nº 1 º ano / Ensino Médio Turma: A e B Disciplina(s): Física LISTA DE EXERCÍCIOS RECUPERAÇÃO - I

Lista de Exercícios para Recuperação Final. Nome: Nº 1 º ano / Ensino Médio Turma: A e B Disciplina(s): Física LISTA DE EXERCÍCIOS RECUPERAÇÃO - I Lista de Exercícios para Recuperação Final Nome: Nº 1 º ano / Ensino Médio Turma: A e B Disciplina(s): Física Data: 04/12/2014 Professor(a): SANDRA HELENA LISTA DE EXERCÍCIOS RECUPERAÇÃO - I 1. Dois móveis

Leia mais

Velocidade Média Velocidade Instantânea Unidade de Grandeza Aceleração vetorial Aceleração tangencial Unidade de aceleração Aceleração centrípeta

Velocidade Média Velocidade Instantânea Unidade de Grandeza Aceleração vetorial Aceleração tangencial Unidade de aceleração Aceleração centrípeta Velocidade Média Velocidade Instantânea Unidade de Grandeza Aceleração vetorial Aceleração tangencial Unidade de aceleração Aceleração centrípeta Classificação dos movimentos Introdução Velocidade Média

Leia mais

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS EXERCÍCIOS ª SÉRIE - LANÇAMENTOS 1. (Unifesp 01) Em uma manhã de calmaria, um Veículo Lançador de Satélite (VLS) é lançado verticalmente do solo e, após um período de aceleração, ao atingir a altura de

Leia mais

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br 1. (Ufv 2000) Um aluno, sentado na carteira da sala, observa os colegas, também sentados nas respectivas carteiras, bem como um mosquito que voa perseguindo o professor que fiscaliza a prova da turma.

Leia mais

Física 1 ano Prof. Miranda. Lista de Exercícios II Unidade

Física 1 ano Prof. Miranda. Lista de Exercícios II Unidade Física 1 ano Prof. Miranda Lista de Exercícios II Unidade mirandawelber@gmail.com 01. O que é necessário para determinar (caracterizar) uma: a) grandeza escalar? b) grandeza vetorial? 02. Classifique os

Leia mais

Aulas 8 e 9. Aulas 10 e 11. Colégio Jesus Adolescente. a n g l o

Aulas 8 e 9. Aulas 10 e 11. Colégio Jesus Adolescente. a n g l o Colégio Jesus Adolescente a n g l o Ensino Médio 1º Bimestre Disciplina Física Setor A Turma 1º ANO Professor Gnomo Lista de Exercício Bimestral SISTEMA DE ENSINO Aulas 8 e 9 1) Um autorama descreve uma

Leia mais

Lista de Exercício 3 MUV

Lista de Exercício 3 MUV Nome: Curso: Disciplina: FÍSICA I / MECÂNICA CLÁSSICA Lista de Exercício 3 MUV 1) Um móvel, cujo espaço inicial é S0 8m, se desloca a favor da trajetória, em movimento acelerado, com velocidade inicial

Leia mais

Resolva os exercícios a mão.

Resolva os exercícios a mão. Lista de Exercícios de Física I Estes exercícios tem a finalidade de auxiliar os alunos nos estudos para a matéria: Física I. Resolva os exercícios a mão. Não digite, não faça copy/paste, não procure respostas

Leia mais

Capítulo 2 A Cinemática

Capítulo 2 A Cinemática Capítulo 2 A Cinemática ACinemática é a parte da Física que tenta descrever os movimentos, sem levar em consideração as suas causas. Para isso, organiza informações sobre a posição, o deslocamento, o espaço

Leia mais

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA Departamento de Física Disciplina: Física Básica II Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão Perguntas 1. A Figura 1 é uma gráfico

Leia mais

FÍSICA I LISTA 5 DIVERSOS EXERCÍCIOS GABARITO Orientação para V2 e VS 1. Um ônibus passa pelo km 30 de uma rodovia às 6 h, e às 9 h 30 min passa

FÍSICA I LISTA 5 DIVERSOS EXERCÍCIOS GABARITO Orientação para V2 e VS 1. Um ônibus passa pelo km 30 de uma rodovia às 6 h, e às 9 h 30 min passa FÍSICA I LISTA 5 DIVERSOS EXERCÍCIOS GABARITO Orientação para V2 e VS. Um ônibus passa pelo km 30 de uma rodovia às 6 h, e às 9 h 30 min passa pelo km 240. Determine: a) a velocidade escalar média desenvolvida

Leia mais

12-Função Horária da Posição do Movimento Uniforme

12-Função Horária da Posição do Movimento Uniforme 12-Função Horária da Posição do Movimento Uniforme Vamos agora chegar a uma função que nos vai fornecer a posição de um móvel sobre uma trajetória em qualquer instante dado. Para isto, vamos supor que

Leia mais

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica.

3) Uma mola de constante elástica k = 400 N/m é comprimida de 5 cm. Determinar a sua energia potencial elástica. Lista para a Terceira U.L. Trabalho e Energia 1) Um corpo de massa 4 kg encontra-se a uma altura de 16 m do solo. Admitindo o solo como nível de referência e supondo g = 10 m/s 2, calcular sua energia

Leia mais

Lançamento Horizontal

Lançamento Horizontal Lançamento Horizontal 1. (Ufsm 2013) Um trem de passageiros passa em frente a uma estação, com velocidade constante em relação a um referencial fixo no solo. Nesse instante, um passageiro deixa cair sua

Leia mais

Exercícios complementares envolvendo a equação de Torricelli

Exercícios complementares envolvendo a equação de Torricelli 01. (Vunesp-SP) Um veículo está rodando à velocidade de 36 km/h numa estrada reta e horizontal, quando o motorista aciona o freio. Supondo que a velocidade do veículo se reduz uniformemente à razão de

Leia mais

Ficha de avaliação Física e Química A - Versão 1 Outubro de 2013. Nome: Nº: turma: 11E

Ficha de avaliação Física e Química A - Versão 1 Outubro de 2013. Nome: Nº: turma: 11E Ficha de avaliação Física e Química A - Versão 1 Outubro de 2013 Nome: Nº: turma: 11E CLASSIFICAÇÃO: Valores Professor: Cotação - 10V 1. Observa a figura 1 seguinte, que representa um corpo em movimento,

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Instruções gerais: Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 16 GRÁFICOS DA CINEMÁTICA REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 16 GRÁFICOS DA CINEMÁTICA REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 16 GRÁFICOS DA CINEMÁTICA REVISÃO Como pode cair no enem? O estudo dos movimentos (Uniforme e Uniformemente Variado) é a aplicação física do estudo das funções em Matemática. As

Leia mais

ESTUDO GRÁFICO DOS MOVIMENTOS. Gráfico posição x tempo (x x t)

ESTUDO GRÁFICO DOS MOVIMENTOS. Gráfico posição x tempo (x x t) ESTUDO GRÁFICO DOS MOVIMENTOS No estudo do movimento é bastante útil o emprego de gráficos. A descrição de um movimento a partir da utilização dos gráficos (posição x tempo; velocidade x tempo e aceleração

Leia mais

Exercícios: Lançamento Vertical e Queda Livre

Exercícios: Lançamento Vertical e Queda Livre Exercícios: Lançamento Vertical e Queda Livre Cursinho da ETEC Prof. Fernando Buglia 1. (Unifesp) Em uma manhã de calmaria, um Veículo Lançador de Satélite (VLS) é lançado verticalmente do solo e, após

Leia mais

Gráficos Cinemáticos (2) v (m/s) (1)

Gráficos Cinemáticos (2) v (m/s) (1) Gráficos Cinemáticos 1- Na figura estão representados os diagramas de velocidade de dois móveis em função do tempo. Esses móveis partem de um mesmo ponto, a partir do repouso, e percorrem a mesma trajetória

Leia mais

O momento do gol. Parece muito fácil marcar um gol de pênalti, mas na verdade o espaço que a bola tem para entrar é pequeno. Observe na Figura 1:

O momento do gol. Parece muito fácil marcar um gol de pênalti, mas na verdade o espaço que a bola tem para entrar é pequeno. Observe na Figura 1: O momento do gol A UU L AL A Falta 1 minuto para terminar o jogo. Final de campeonato! O jogador entra na área adversária driblando, e fica de frente para o gol. A torcida entra em delírio gritando Chuta!

Leia mais

NOME: Nº. ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios - Comentada VALOR: 13,0 NOTA:

NOME: Nº. ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios - Comentada VALOR: 13,0 NOTA: NOME: Nº 2 o ano do Ensino Médio TURMA: Data: 11/ 12/ 12 DISCIPLINA: Física PROF. : Petrônio L. de Freitas ASSUNTO: Recuperação Final - 1a.lista de exercícios - Comentada VALOR: 13,0 NOTA: INSTRUÇÕES (Leia

Leia mais

Velocidade Média. Se um

Velocidade Média. Se um Velocidade Média 1. (Unicamp 2013) Para fins de registros de recordes mundiais, nas provas de 100 metros rasos não são consideradas as marcas em competições em que houver vento favorável (mesmo sentido

Leia mais

PROCESSO SELETIVO TURMA DE 2010 FASE 1 PROVA DE FÍSICA E SEU ENSINO

PROCESSO SELETIVO TURMA DE 2010 FASE 1 PROVA DE FÍSICA E SEU ENSINO PROCESSO SELETIVO TURM DE 2010 FSE 1 PROV DE FÍSIC E SEU ENSINO Caro professor, esta prova tem 4 (quatro) questões, com valores diferentes indicados nas próprias questões. Duas das questões são objetivas,

Leia mais

Trabalho e potência. 1º caso: a força F não é paralela a d. 2º caso: a força F é paralela a d. 3º caso: a força F é perpendicular a d

Trabalho e potência. 1º caso: a força F não é paralela a d. 2º caso: a força F é paralela a d. 3º caso: a força F é perpendicular a d Trabalho e potência Trabalho mecânico Realizar trabalho, em Física, implica a transferência de energia de um sistema para outro e, para que isso ocorra, são necessários uma força e um deslocamento adequados.

Leia mais

Física. Pré Vestibular / / Aluno: Nº: Turma: ENSINO MÉDIO

Física. Pré Vestibular / / Aluno: Nº: Turma: ENSINO MÉDIO Pré Vestibular ísica / / luno: Nº: Turma: LEIS DE NEWTON 01. (TEC daptada) Dois blocos e de massas 10 kg e 20 kg, respectivamente, unidos por um fio de massa desprezível, estão em repouso sobre um plano

Leia mais

F-128 Física Geral I 2 o Semestre 2012 LISTA DO CAPÍTULO 2

F-128 Física Geral I 2 o Semestre 2012 LISTA DO CAPÍTULO 2 Questão 1 Um motorista de um carro que vai 52 km/h freia, desacelera uniformemente e para em 5 segundos. Outro motorista, que vai a 34 km/h, freia mais suavemente, e para em 10 segundos. Represente em

Leia mais

FUVEST 2000-2 a Fase - Física - 06/01/2000 ATENÇÃO

FUVEST 2000-2 a Fase - Física - 06/01/2000 ATENÇÃO ATENÇÃO VERIFIQUE SE ESTÃO IMPRESSOS EIXOS DE GRÁFICOS OU ESQUEMAS, NAS FOLHAS DE RESPOSTAS DAS QUESTÕES 1, 2, 4, 9 e 10. Se notar a falta de uma delas, peça ao fiscal de sua sala a substituição da folha.

Leia mais

Cinemática sem fórmulas?

Cinemática sem fórmulas? Cinemática sem fórmulas? Prof. Fernando Lang da Silveira IF-UFRGS Segundo Piaget a idéia de velocidade nas crianças é geneticamente anterior a de espaço percorrido, de deslocamento. Einstein, ao assistir

Leia mais

Lista de Exercícios de: Trabalho de uma força paralela ao deslocamento

Lista de Exercícios de: Trabalho de uma força paralela ao deslocamento Lista de Exercícios de: Trabalho de uma força paralela ao deslocamento Quando aplicamos uma força sobre um corpo, provocando um deslocamento, estamos gastando energia, estamos realizando um trabalho. Ʈ

Leia mais

Física Simples e Objetiva Mecânica Cinemática e Dinâmica Professor Paulo Byron. Apresentação

Física Simples e Objetiva Mecânica Cinemática e Dinâmica Professor Paulo Byron. Apresentação Apresentação Após lecionar em colégios estaduais e particulares no Estado de São Paulo, notei necessidades no ensino da Física. Como uma matéria experimental não pode despertar o interesse dos alunos?

Leia mais

CINEMÁTICA VETORIAL. Observe a trajetória a seguir com origem O.Pode-se considerar P a posição de certo ponto material, em um instante t.

CINEMÁTICA VETORIAL. Observe a trajetória a seguir com origem O.Pode-se considerar P a posição de certo ponto material, em um instante t. CINEMÁTICA VETORIAL Na cinemática escalar, estudamos a descrição de um movimento através de grandezas escalares. Agora, veremos como obter e correlacionar as grandezas vetoriais descritivas de um movimento,

Leia mais

Gráficos no MU e MUV. E alguns exercícios de vestibulares

Gráficos no MU e MUV. E alguns exercícios de vestibulares Gráficos no MU e MUV E alguns exercícios de vestibulares Tipos de movimentos -MU Velocidade positiva Velocidade negativa v = s t Que tipo de informação tiramos s x t V x t v = s t s = v. t MUV -espaço

Leia mais

Como erguer um piano sem fazer força

Como erguer um piano sem fazer força A U A UL LA Como erguer um piano sem fazer força Como vimos na aula sobre as leis de Newton, podemos olhar o movimento das coisas sob o ponto de vista da Dinâmica, ou melhor, olhando os motivos que levam

Leia mais

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula.

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA-CFM DEPARTAMENTO DE FÍSICA FSC 5107 FÍSICA GERAL IA Semestre 2012.2 LISTA DE EXERCÍCIOS 2 - MOVIMENTO EM UMA DIMENSÃO Gráficos: Q1) Para cada gráfico seguinte de

Leia mais

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 2014 NOTA AULA PRÁTICA No. 04 VETORES - 20 A 26 DE MARÇO PROF. ANGELO BATTISTINI NOME RA TURMA NOTA Objetivos do experimento: Nesta aula você deverá aprender (ou recordar) a representação

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE FÍSICA 2 a SÉRIE

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE FÍSICA 2 a SÉRIE ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO ANUAL DE FÍSICA 2 a SÉRIE Nome: Nº Série: 2º EM Data: / /2015 Professores Gladstone e Gromov Assuntos a serem estudados - Movimento Uniforme. Movimento Uniformemente Variado. Leis

Leia mais

MOVIMENTO UNIFORMEMENTE VARIADO (M.U.V)

MOVIMENTO UNIFORMEMENTE VARIADO (M.U.V) INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PROF. DENIZARD RIVAIL A Educação é a base da vida 1ºAno do Ensino médio. Turmas: Jerônimo de Mendonça e Pedro Alcantara Disciplina: Física Prof. Dr. Mário Mascarenhas Aluno (a): 1.

Leia mais

Lista de exercícios nº 2

Lista de exercícios nº 2 F107 Física (Biologia) Turma B Prof. Odilon D. D. Couto Jr. Lista de exercícios nº 2 MOVIMENTO EM UMA DIMENSÃO Exercício 1: A velocidade escalar média é definida como a razão entre a distância total percorrida

Leia mais

3.1. Classifique: 3.1.1. o tipo de movimento da formiga. 3.1.2. o tipo de movimento da barata.

3.1. Classifique: 3.1.1. o tipo de movimento da formiga. 3.1.2. o tipo de movimento da barata. Escola Secundária Vitorino Nemésio Segundo teste de avaliação de conhecimentos de Física e Química A Componente de Física 11º Ano de Escolaridade Turma C 10 de Dezembro de 2008 Nome: Nº Classificação:

Leia mais

Lista 13: Gravitação. Lista 13: Gravitação

Lista 13: Gravitação. Lista 13: Gravitação Lista 13: Gravitação NOME: Matrícula: Turma: Prof. : Importante: i. Nas cinco páginas seguintes contém problemas para se resolver e entregar. ii. Ler os enunciados com atenção. iii. Responder a questão

Leia mais

Física. Questão 1. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Física. Questão 1. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Física Questão 1 No setor de testes de velocidade de uma fábrica de automóveis, obteve-se o seguinte gráfico para o desempenho de um modelo novo: Com relação

Leia mais

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS INTRODUÇÃO À FÍSICA turma MAN 26/2 profa. Marta F. Barroso UNIDADE 1 LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE 1 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO Exercício 1 Movendo-se com velocidade constante de 15 m/s, um trem, cujo

Leia mais

Nível. Visite nossas páginas na Internet: Ensino Médio 2ª FASE 13 de setembro de 2014

Nível. Visite nossas páginas na Internet: Ensino Médio 2ª FASE 13 de setembro de 2014 Cole aqui a etiqueta com os dados do aluno. Nível Ensino édio ª FSE de setembro de 0 Nome completo do aluno Endereço completo do aluno (Rua, v., nº) Complemento (casa, apartamento, bloco) Bairro Cidade

Leia mais

Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.)

Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.) Colégio Santa Catarina Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.) 17 Unidade III: Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.) 3.1- Aceleração Escalar (a): Em movimentos nos quais as velocidades

Leia mais

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano Lectivo 09/10

Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano Lectivo 09/10 Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade Avaliação Sumativa - Ciências Físico - Químicas 11.º Ano - Ano ectivo 09/10 Duração da Actividade: 90 minutos Data: 04/ 12 / 09 Responda com clareza às questões

Leia mais

(S.I.) = 10 + 6 3) (FP) O

(S.I.) = 10 + 6 3) (FP) O Lista Cinemática 1) (FP) Um motorista pretende realizar uma viagem com velocidade média de 90 km/h. A primeira terça parte do percurso é realizada à 50km/h e os próximos 3/5 do restante é realizado à 80

Leia mais

III MOVIMENTO DE QUEDA LIVRE (M.Q.L.)

III MOVIMENTO DE QUEDA LIVRE (M.Q.L.) III MOVIMENTO DE QUEDA LIVRE (M.Q.L.) 1. INTRODUÇÃO Ao caminhar por praias do Nordeste brasileiro, uma pessoa, com certeza, passa junto de coqueiros bem carregados de cocos verdes. Em meio à bela paisagem,

Leia mais

Unidade Didática Movimento Física 9 ano

Unidade Didática Movimento Física 9 ano Unidade Didática Movimento Física 9 ano Duração: 3 aulas de 50 minutos. Objetivos: Após o término dessas aulas, os alunos devem ser capazes de: Ao final desta aula o aluno deve ser capaz de: Reconhecer

Leia mais

B. Descreva, de maneira similar ao texto acima, as outras forças que você indicou no diagrama.

B. Descreva, de maneira similar ao texto acima, as outras forças que você indicou no diagrama. FORÇAS I. Identificando forças Duas pessoas tentam mover um grande bloco. O bloco, contudo, não se move. Cristiano empurra o bloco. Márcia puxa uma corda que por sua vez está ligada ao bloco. esboço que

Leia mais

Curso de Engenharia Civil. Física Geral e Experimental I Movimento Prof.a: Msd. Érica Muniz 1 Período

Curso de Engenharia Civil. Física Geral e Experimental I Movimento Prof.a: Msd. Érica Muniz 1 Período Curso de Engenharia Civil Física Geral e Experimental I Movimento Prof.a: Msd. Érica Muniz 1 Período Posição e Coordenada de Referência Posição é o lugar no espaço onde se situa o corpo. Imagine três pontos

Leia mais

Resolução Comentada UFTM - VESTIBULAR DE INVERNO 2013

Resolução Comentada UFTM - VESTIBULAR DE INVERNO 2013 Resolução Comentada UFTM - VESTIBULAR DE INVERNO 2013 01 - A figura mostra uma série de fotografias estroboscópicas de duas esferas, A e B, de massas diferentes. A esfera A foi abandonada em queda livre

Leia mais

Movimento Retilíneo Uniforme (MRU) Equação Horária do MRU

Movimento Retilíneo Uniforme (MRU) Equação Horária do MRU Movimento Retilíneo Uniforme (MRU) velocímetro do automóvel da figura abaixo marca sempre a mesma velocidade. Quando um móvel possui sempre a mesma velocidade e se movimenta sobre uma reta dizemos que

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS FQA Ficha 3 - Forças fundamentais, leis de Newton e Lei da gravitação universal 11.º Ano Turma A e B 1 outubro 2014 NOME Nº Turma 1. Associe um número da coluna 1 a uma

Leia mais

MATEMÁTICA PARA VENCER. Apostilas complementares APOSTILA 09: PROVA CMBH SIMULADA. Pré-Curso. www.laercio.com.br

MATEMÁTICA PARA VENCER. Apostilas complementares APOSTILA 09: PROVA CMBH SIMULADA. Pré-Curso. www.laercio.com.br MATEMÁTICA PARA VENCER Apostilas complementares APOSTILA 09: PROVA CMBH SIMULADA Pré-Curso www.laercio.com.br APOSTILA 09 Colégio Militar 6º ano PROVA CMBH SIMULADA PRÉ-CURSO COLÉGIO MILITAR DE BELO HORIZONTE,

Leia mais

a) Um dos fatores que explicam esse fenômeno é a diferença da velocidade da água nos dois rios, cerca de vn

a) Um dos fatores que explicam esse fenômeno é a diferença da velocidade da água nos dois rios, cerca de vn 1. (Unicamp 014) Correr uma maratona requer preparo físico e determinação. A uma pessoa comum se recomenda, para o treino de um dia, repetir 8 vezes a seguinte sequência: correr a distância de 1 km à velocidade

Leia mais

Lista de Exercícios CINEMÁTICA I Unidade PROF.: MIRANDA

Lista de Exercícios CINEMÁTICA I Unidade PROF.: MIRANDA Lista de Exercícios CINEMÁTICA I Unidade PROF.: MIRANDA Física Aplicada BIOCOMBUSTÍVES ELETRO INFORMÁTICA 01. Um carro com uma velocidade de 80 Km/h passa pelo Km 240 de uma rodovia às 7h e 30 mim. A que

Leia mais

APOSTILA TECNOLOGIA MECANICA

APOSTILA TECNOLOGIA MECANICA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE POMPEIA CURSO TECNOLOGIA EM MECANIZAÇÃO EM AGRICULTURA DE PRECISÃO APOSTILA TECNOLOGIA MECANICA Autor: Carlos Safreire Daniel Ramos Leandro Ferneta Lorival Panuto Patrícia de

Leia mais

sendo as componentes dadas em unidades arbitrárias. Determine: a) o vetor vetores, b) o produto escalar e c) o produto vetorial.

sendo as componentes dadas em unidades arbitrárias. Determine: a) o vetor vetores, b) o produto escalar e c) o produto vetorial. INSTITUTO DE FÍSICA DA UFRGS 1 a Lista de FIS01038 Prof. Thomas Braun Vetores 1. Três vetores coplanares são expressos, em relação a um sistema de referência ortogonal, como: sendo as componentes dadas

Leia mais

como a DT200 da Yamaha.

como a DT200 da Yamaha. Para os iniciantes, é melhor optar por uma moto de menor potência, como a 125cc, porque elas são mais leves e dão mais chances. As 250cc são mais violentas e qualquer erro pode causar um tombo. Para o

Leia mais

(a) a aceleração do sistema. (b) as tensões T 1 e T 2 nos fios ligados a m 1 e m 2. Dado: momento de inércia da polia I = MR / 2

(a) a aceleração do sistema. (b) as tensões T 1 e T 2 nos fios ligados a m 1 e m 2. Dado: momento de inércia da polia I = MR / 2 F128-Lista 11 1) Como parte de uma inspeção de manutenção, a turbina de um motor a jato é posta a girar de acordo com o gráfico mostrado na Fig. 15. Quantas revoluções esta turbina realizou durante o teste?

Leia mais

4. A função horária do espaço de um móvel é S = 10 + 5t (SI). Qual a posição desse móvel no instante t = 2 s? a) 10 m b) 15 m c) 20 m d) 30 m e) 40 m

4. A função horária do espaço de um móvel é S = 10 + 5t (SI). Qual a posição desse móvel no instante t = 2 s? a) 10 m b) 15 m c) 20 m d) 30 m e) 40 m 1. A distância entre duas cidades A e B, de 546 km, é percorrida por um ônibus em 8 h. O primeiro trecho de 120 km é percorrido com velocidade constante de 50 km/h e o segundo trecho de 156km com velocidade

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA FÍSICA AULA. Aula 6.1 Conteúdo: Lançamento Vertical.

INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA FÍSICA AULA. Aula 6.1 Conteúdo: Lançamento Vertical. Aula 6.1 Conteúdo: Lançamento Vertical. Habilidades: Compreender os conceitos físicos que se relacionam ao movimento dos corpos. Saber calcular as grandezas físicas relacionados com o lançamento vertical.

Leia mais

GRADUAÇÃO FGV 2005 PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA

GRADUAÇÃO FGV 2005 PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA GRADUAÇÃO FGV 005 PROVA DISCURSIVA DE MATEMÁTICA PREENCHA AS QUADRÍCULAS ABAIXO: NOME DO CANDIDATO: NÚMERO DE INSCRIÇÃO: Assinatura 1 Você receberá do fiscal este caderno com o enunciado de 10 questões,

Leia mais

2. (G1 - ifsp 2012) Em um trecho retilíneo de estrada, dois veículos, A e B, mantêm velocidades constantes. 54 km/h

2. (G1 - ifsp 2012) Em um trecho retilíneo de estrada, dois veículos, A e B, mantêm velocidades constantes. 54 km/h MU 1. (Uerj 2013) Um motorista dirige um automóvel em um trecho plano de um viaduto. O movimento é retilíneo e uniforme. A intervalos regulares de 9 segundos, o motorista percebe a passagem do automóvel

Leia mais

Hoje estou elétrico!

Hoje estou elétrico! A U A UL LA Hoje estou elétrico! Ernesto, observado por Roberto, tinha acabado de construir um vetor com um pedaço de papel, um fio de meia, um canudo e um pedacinho de folha de alumínio. Enquanto testava

Leia mais

V = 0,30. 0,20. 0,50 (m 3 ) = 0,030m 3. b) A pressão exercida pelo bloco sobre a superfície da mesa é dada por: P 75. 10 p = = (N/m 2 ) A 0,20.

V = 0,30. 0,20. 0,50 (m 3 ) = 0,030m 3. b) A pressão exercida pelo bloco sobre a superfície da mesa é dada por: P 75. 10 p = = (N/m 2 ) A 0,20. 11 FÍSICA Um bloco de granito com formato de um paralelepípedo retângulo, com altura de 30 cm e base de 20 cm de largura por 50 cm de comprimento, encontra-se em repouso sobre uma superfície plana horizontal.

Leia mais

Faculdades Anhanguera

Faculdades Anhanguera 2º Aula de Física 2.1 Posição A posição de uma partícula sobre um eixo x localiza a partícula em relação á origem, ou ponto zero do eixo. A posição é positiva ou negativa, dependendo do lado da origem

Leia mais

COLÉGIO JOÃO PAULO I UNIDADE SUL

COLÉGIO JOÃO PAULO I UNIDADE SUL COLÉGIO JOÃO PAULO I UNIDADE SUL Marcelo Rolim EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE CIÊNCIAS (FÍSICA) 8ª SÉRIE ENSINO FUNDAMENTAL 2º TRIMESTRE/2012 Exercícios de Revisão 01. Calcule a distância percorrida por um móvel

Leia mais

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br A U A UL LA O céu Atenção Aquela semana tinha sido uma trabalheira! Na gráfica em que Júlio ganhava a vida como encadernador, as coisas iam bem e nunca faltava serviço. Ele gostava do trabalho, mas ficava

Leia mais

Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010.

Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010. Olá pessoal! Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010. 01. (Fundação CASA 2010/VUNESP) Em um jogo de basquete, um dos times, muito mais forte, fez 62 pontos a mais que o seu

Leia mais

Resolvendo problemas com logaritmos

Resolvendo problemas com logaritmos A UA UL LA Resolvendo problemas com logaritmos Introdução Na aula anterior descobrimos as propriedades dos logaritmos e tivemos um primeiro contato com a tábua de logarítmos. Agora você deverá aplicar

Leia mais

(Desconsidere a massa do fio). SISTEMAS DE BLOCOS E FIOS PROF. BIGA. a) 275. b) 285. c) 295. d) 305. e) 315.

(Desconsidere a massa do fio). SISTEMAS DE BLOCOS E FIOS PROF. BIGA. a) 275. b) 285. c) 295. d) 305. e) 315. SISTEMAS DE BLOCOS E FIOS PROF. BIGA 1. (G1 - cftmg 01) Na figura, os blocos A e B, com massas iguais a 5 e 0 kg, respectivamente, são ligados por meio de um cordão inextensível. Desprezando-se as massas

Leia mais

Dinâmica de um Sistema de Partículas Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU

Dinâmica de um Sistema de Partículas Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU Dinâmica de um Sistema de Partículas Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU Profa. Dra. Diana Andrade & Prof. Dr. Sergio Pilling Parte 1 - Movimento Retilíneo Coordenada de posição, trajetória,

Leia mais

DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA:

DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA: DISCIPLINA: Física PROFESSORES: Fabiano Vasconcelos Dias DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 3ª SÉRIE EM TURMA: Nº: I N S T R

Leia mais

Escola Secundária de Oliveira do Bairro. Ano Lectivo 2010/2011 QUEDA LIVRE FÍSICO-QUÍMICA. Mariana Figueiredo 11ºB nº17

Escola Secundária de Oliveira do Bairro. Ano Lectivo 2010/2011 QUEDA LIVRE FÍSICO-QUÍMICA. Mariana Figueiredo 11ºB nº17 Ano Lectivo 2010/2011 FÍSICO-QUÍMICA QUEDA LIVRE Mariana Figueiredo 11ºB nº17 QUESTÕES PRÉ-LABORATORIAIS Escola Secundária de Oliveira do Bairro 1- a) Na queda, o movimento é uniformemente acelerado porque

Leia mais

1 LISTA DE EXERCÍCIOS FUNDAMENTOS DE MECÂNICA CLÁSSICA. Prof. Marcio Solino Pessoa

1 LISTA DE EXERCÍCIOS FUNDAMENTOS DE MECÂNICA CLÁSSICA. Prof. Marcio Solino Pessoa 1 LISTA DE EXERCÍCIOS FUNDAMENTOS DE MECÂNICA CLÁSSICA. Prof. Marcio Solino Pessoa 1 O gráfico abaixo representa a marcação do velocímetro de um automóvel em função do tempo. Trace os gráficos correspondentes

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 02 CINEMÁTICA VETORIAL

LISTA DE EXERCÍCIOS 02 CINEMÁTICA VETORIAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CIVIL MONITOR: VICTOR MENDES LISTA DE EXERCÍCIOS 02 CINEMÁTICA VETORIAL 1.0 Unidimensional 1.1 Velocidade Média MÉDIO Questão 01. Uma pessoa

Leia mais

4.1 MOVIMENTO UNIDIMENSIONAL COM FORÇAS CONSTANTES

4.1 MOVIMENTO UNIDIMENSIONAL COM FORÇAS CONSTANTES CAPÍTULO 4 67 4. MOVIMENTO UNIDIMENSIONAL COM FORÇAS CONSTANTES Consideremos um bloco em contato com uma superfície horizontal, conforme mostra a figura 4.. Vamos determinar o trabalho efetuado por uma

Leia mais

Conteúdo. Apostilas OBJETIVA - Ano X - Concurso Público 2015

Conteúdo. Apostilas OBJETIVA - Ano X - Concurso Público 2015 Apostilas OBJETIVA - Ano X - Concurso Público 05 Conteúdo Matemática Financeira e Estatística: Razão; Proporção; Porcentagem; Juros simples e compostos; Descontos simples; Média Aritmética; Mediana; Moda.

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROF. VIRGÍLIO NOME N o 8 o ANO Olá, caro(a) aluno(a). Segue abaixo uma série de exercícios que têm, como base, o que foi trabalhado em sala de aula durante todo o

Leia mais

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980 Questão 1. Uma venda imobiliária envolve o pagamento de 12 prestações mensais iguais a R$ 10.000,00, a primeira no ato da venda, acrescidas de uma parcela final de R$ 100.000,00, 12 meses após a venda.

Leia mais

Vestibular1 A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora! www.vestibular1.com.br. Cinemática escalar

Vestibular1 A melhor ajuda ao vestibulando na Internet Acesse Agora! www.vestibular1.com.br. Cinemática escalar Cinemática escalar A cinemática escalar considera apenas o aspecto escalar das grandezas físicas envolvidas. Ex. A grandeza física velocidade não pode ser definida apenas por seu valor numérico e por sua

Leia mais

1. A corrida de vetores numa folha de papel.

1. A corrida de vetores numa folha de papel. 1. A corrida de vetores numa folha de papel. desenhando a pista. o movimento dos carros. o início da corrida. as regras do jogo. 2. A corrida no computador. o número de jogadores. o teclado numérico. escolhendo

Leia mais

Intensivo 2015.2. Trabalho, potência e Energia mecânica. Obs: cada andar do edifício tem aproximadamente 2,5m.

Intensivo 2015.2. Trabalho, potência e Energia mecânica. Obs: cada andar do edifício tem aproximadamente 2,5m. Intensivo 2015.2 Trabalho, potência e Energia mecânica 01 - (PUC PR) Uma motocicleta de massa 100kg se desloca a uma velocidade constante de 10m/s. A energia cinética desse veículo é equivalente ao trabalho

Leia mais

Colégio de Aplicação. Universidade Federal do Rio de Janeiro. são. 1 a série ensino médio. Matemática

Colégio de Aplicação. Universidade Federal do Rio de Janeiro. são. 1 a série ensino médio. Matemática Colégio de Aplicação Universidade Federal do Rio de Janeiro Admissão são 2004 1 a série ensino médio Matemática ADMISSÃO2004 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: MaTeMÁTiCa

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: MaTeMÁTiCa Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 04 Disciplina: MaTeMÁTiCa Prova: desafio nota: QUESTÃO 6 A soma das medidas dos catetos de um triângulo retângulo é 8cm

Leia mais

TIPO-A FÍSICA. x v média. t t. x x

TIPO-A FÍSICA. x v média. t t. x x 12 FÍSICA Aceleração da gravidade, g = 10 m/s 2 Constante gravitacional, G = 7 x 10-11 N.m 2 /kg 2 Massa da Terra, M = 6 x 10 24 kg Velocidade da luz no vácuo, c = 300.000 km/s 01. Em 2013, os experimentos

Leia mais

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos:

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos: CINEMÁTICA ESCALAR A Física objetiva o estudo dos fenômenos físicos por meio de observação, medição e experimentação, permite aos cientistas identificar os princípios e leis que regem estes fenômenos e

Leia mais

Aula 00 Aula Demonstrativa

Aula 00 Aula Demonstrativa Aula 00 Aula Demonstrativa Apresentação... Relação das questões comentadas... 10 Gabaritos... 11 www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Esta é a aula demonstrativa

Leia mais

material, porque seus 4 m de comprimento tornam-se desprezíveis se comparados aos 20000 m de percurso. Ponto Material

material, porque seus 4 m de comprimento tornam-se desprezíveis se comparados aos 20000 m de percurso. Ponto Material Estudante: 9º Ano/Turma: Data / /2014 Educadora: Daiana Araújo C.Curricular: Ciências Naturais/ Física A Mecânica é o ramo da Física que tem por finalidade o estudo do movimento e do repouso. É dividida

Leia mais

LISTA EXTRA MRU e MRUV - 2ª SÉRIE

LISTA EXTRA MRU e MRUV - 2ª SÉRIE LISTA EXTRA MRU e MRUV - ª SÉRIE 1. (Unicamp 014) Correr uma maratona requer preparo físico e determinação. A uma pessoa comum se recomenda, para o treino de um dia, repetir 8 vezes a seguinte sequência:

Leia mais

Lista de Exercícios - Unidade 8 Eu tenho a força!

Lista de Exercícios - Unidade 8 Eu tenho a força! Lista de Exercícios - Unidade 8 Eu tenho a força! Forças 1. (UFSM 2013) O uso de hélices para propulsão de aviões ainda é muito frequente. Quando em movimento, essas hélices empurram o ar para trás; por

Leia mais