Casa Tugendhat. A Casa Tugendhat foi projectada pelo Arquitecto Ludwing Mies Van Der Rohe ( ) e localiza-se em Brno, na República Checa.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Casa Tugendhat. A Casa Tugendhat foi projectada pelo Arquitecto Ludwing Mies Van Der Rohe ( 1886-1969) e localiza-se em Brno, na República Checa."

Transcrição

1 Casa Tugendhat

2 Casa Tugendhat A Casa Tugendhat foi projectada pelo Arquitecto Ludwing Mies Van Der Rohe ( ) e localiza-se em Brno, na República Checa.

3 O ARQUITECTO Ludwing Mies Van der Rohe nasceu na Alemanha em 1886 e é considerado, entre outros, como uma das figuras mais importantes da arquitectura moderna. A arquitectura começa quando a técnica é superada. A forma não é a finalidade da nossa obra mas apenas o resultado. Mies Van der Rohe A técnica ao serviço da criatividade é uma das preocupações de Van der Rohe, que pretende proporcionar, com o minimo de aparato, uma habitação (no caso da Casa Tugendhat) estudada com o máximo de cuidado, demonstrando a lógica da estrutura e sua expressão.

4 Mies Van der Rohe teve sempre como objectivo a integração das suas construções ao urbanismo, existindo uma constante preocupação com o morador e com o seu modo de vida. Disse ele: As cidades são os instrumentos da vida; devem estar a serviço da vida, levando em consideração as condições da existência; o urbanismo é uma ciência vital. A Casa Tugenghat ( ) foi a moradia mais importante do seu período de ascenção na Europa.

5 Em 1930 termina a Casa Tugendhat, com o uso livre de espaços amplos e materiais audaciosos como o vidro, o aço, mármores e o onix, completando a moradia com o mobiliário tubular de aço desenhado por ele. Em contraste com as tendências da arquitectura da época Mies Van der Rohe surgia em caminho ao modernismo disciplinado, explorando as possibilidades da estrutura do aço e da transparência do vidro, em que se refere, por palavras do próprio, menos é mais. Com esta nova forma de projectar incutiu uma nova expressão do fresco modernismo e simplicidade clássica.

6 DESCRIÇÃO A Casa Tugendhat situada em Brno encontra-se implantada num terreno suavemente inclinado, tendo virado para o acesso principal apenas um piso com cobertura plana, e na sua fachada posterior, virada para uma sublime e simples zona ajardinada, privilegiada por toda a harmonia e distribuição interior da moradia, com grandes espaços onde predomina o vidro. A moradia é constituída por 3 níveis. O primeiro, onde se situa a entrada principal; o segundo, numa leitura de cima para baixo, onde estão as zonas de estar, e um terceiro nível que pela sua configuração e acesso por escada em caracol terá um papel secundário na dinâmica e funcionamento da habitação.

7 A casa Tugendhat localiza-se no miolo de uma grande cidade, o que à partida não se diria em função do enquadramento urbanístico e paisagístico das fotos disponíveis. Isto prova que o edifício beneficiou da zona envolvente verde em detrimento do seu relacionamento com o arruamento que o serve. Nesta moradia a estrutura é modelada com especial cuidado e os espaços apresentam-se com manifesta volumetria aberta. Uma cobertura plana que não se impõe à natureza e ainda a independência da estrutura e dos compartimentos que se apresenta conforme a sua função, a primeira em pilares, em forma de cruz, metálicos com acabamento cromado e os compartimentos relacionando os espaços por meios de elementos cuidadosamente colocados e inseridos.

8 PLANTA DO PISO 0 A planta do 1º nivel descreve zona dos quartos, as áreas de serviç acopoladas à garagem, salientando facto de se encontrar a entrada principal A entrada é ao nivel do 1 andar e pela sua configuração, chegamo à conclusão que Mies Van der Rohe voltou as costas ao arruament principal.

9 O arquitecto, na nossa opinião, pretendeu voltar as costas ao arruamento que serve a moradia.

10 Não existem aberturas de qualquer compartimento principal em contacto directo com o arruamento que serve a moradia. Existe uma preocupação de ligar o edificio ao espaço verde que o envolve tanto ao nivel dos compartimentos das zonas de estar como das zonas intimas.

11 A entrada do edificio abre directamente para um hall que o conduz a uma escada. Àreas dotadas de grandes envidraçados a marcar o ritmo do acesso e dotar de muita luz estes espaços, salientando-se o facto de ser sido executado com vidro fosco, o que mais uma vez vem reforçar a tese de completo divórcio premeditado com o arruamento.

12 PLANTA DO PISO 0 ZONAMENTO Neste piso procurou-se a independência completa de três sectores, dois deles destinados a zonas de estar principais da habitação e um terceiro que inclui a garagem acopolada a restante zona da habitação do pessoal. Nesta planta verificamos uma simetria na relação dos espaços, zona da garagem e habitação do pessoal volume fechado; segue-se um espaço aberto; volume fechado e a repetição do mesmo volume- aberto. Como iremos verificar nos restantes pisos existe uma predominância da simetria, assente numa estrutura modulada possuindo uma métrica e ortogonalidade rigida, que transmite uma sensação de rigor e leveza pela esbelteza dos elementos de sustentação e grandes planos envidraçados.

13 Como foi referido, existe uma simetria que se verifica no alçado.

14 Ainda neste piso é possivel o contacto com a zona verde da envolvente da moradia e com a vista panorâmica do centro Sul da Cidade através da abertura do corpo. A cobertura plana ao nivel deste piso pretende ser o prolongamento dos espaços interiores na procura e contacto com a zona verde a Sul/Poente.

15 Os grandes terraços a este nivel pretende ser o prolongamento dos espaços interiores na procura e contacto com os espaços verdes envolventes.

16 Existem ainda mais duas circulações de articulação do interior/exterior, uma para acesso franco e apelativo em relação ao jardim/zona verde por escada muito larga e inclinação suave, a outra, claramente, destinada à circulação de serviço, o que permite total independência entre as zonas de estar e intima e o normal funcionamento de serviço.

17 PLANTA DO PISO -1 Na planta do segundo nivel (numa contagem do piso de cima para baixo, visto considerarmos que o piso onde está a entrada principal é o primeiro nivel), semienterrada encontram-se as zonas de estar e das refeições, um só espaço fraccionado e qualificado através de elementos móveis e elementos fixos de materiais cuidadosamente eleitos,

18 Neste piso também verificamos grandes planos envidraçados utilizados preferencialmente nas zonas de estar onde, pelo sistema de vãos adptados, se pretende uma ligação directa/próxima com os espaços verdes. Existe uma exposição solar do edificio com fachadas de grandes envidraçados, tirando partido da incidência solar na rotação Nascente-Sul Poente; Mais uma vez se verifica que se procurou previligiar a ligação com a zona verde envolvente através da construção de grandes terraços com acesso a partir das zonas de estar/lazer, tal como no piso superior que existia uma ligação com a zona intima.

19 PLANTA DO PISO -1 - ZONAMENTO Nesta mesma planta encontra-se a cozinha e outros compartimentos de serviço. Da cozinha dá uma porta onde se desenvolve um enorme vestibulo que liga à zona de estar e por outro lado liga à caixa de escadas que nos leva ao primeiro nível. A planta permite o máximo de transparência e vistas da paisagem. As divisões constituem um interior flexível, com subtis passagens entre zonas destinadas a i l d i

20 Estes compartimentos, ao não estarem totalmente fechados e definidos por um painel de arestas vivas em mármore e por um painel curvo de madeira, convertem esta zona num grande espaço totalmente aberto ao ambiente exterior limitado apenas por um enorme envidraçado. A leitura destes espaços é reforçada por uma requintada distribuição do mobiliário, também desenhado por Mies Van der Rohe, onde predominam, como elementos estruturais, elementos metálicos.

21 O plano de grandes envidraçados da zona de estar com uma leitura sublime da estrutura em pilares esbeltos, possibilita assim uma maior e completa transparência, possibilitando a sensação de continuidade entre as salas e o jardim. A exposição da moradia permite disfrutar da vista panorâmica centro/sul da cidade.

22 Nesta moradia a estrutura é modelada com especial cuidado e os espaços apresentam-se com manifesta volumetria aberta. Uma cobertura plana que não se impõe à natureza e ainda a independência da estrutura e dos compartimentos que se apresenta conforme a sua função, a primeira em pilares, em forma de cruz, metálicos com acabamento cromado e os compartimentos relacionando os espaços por meios de elementos cuidadosamente colocados e inseridos.

23 Como se verifica, representada a vermelho, a estrutura modelada de forma simetrica e uniforme permite uma leitura clara do funcionamento estrutural da moradia.

24 Neste piso verificamos que as zonas de estar ficaram num espaço único, onde a zona das refeições, da biblioteca/ escritório, mesa de Jogo /piano e zona de sala de estar estão, por um lado, em pleno contacto e, por outro, gozam da suficiente privacidade e acolhimento que lhe é concedido por elementos/divisórias e móveis construídos em materiais nobres e pormenorizadamente desenhados e escolhidos (madeira, pedra polida e aço) por Mies Van der Rohe.

25 O acesso ao interior da moradia após o hall de entrada e o percurso descendente ao longo da escada desagua num espaço amplo intensamente iluminado de onde é possivel disfrutar imediatamente do contacto visual e prolongamento com a área verde exterior envolvente, através de dois canais distintos, separados pela divisória em pedra (esta é sem dúvida a primeira impressão marcante para quem chega ao interior do edificio).

26 Nesta moradia procura-se um contacto permanente com a natureza, levado ao pormenor de ser prevista uma zona de Jardim interior na continuidade/prolongamento da grande zona de estar.

27 Os materiais utilizados são indicadores de uma preocupação de Ostentação -brilho, onde com as pedras polidas se conjugam os pilares em elementos cromados, a madeira e o vidro.

28 O uso livre de espaços amplos e a utilização de materiais audaciosos como o vidro, o aço, mármores e o onix, completando a moradia com o mobiliário tubular de aço desenhado pelo próprio Arquitecto, completam esta magnifica moradia, onde está presente a simplicidade e o conforto.

29 PLANTA DI PISO -2 Neste piso localizam-se arrumos diversos e os sistemas de aquecimento central.

30 O acesso ao piso -2, que consideramos ser a cave, para além de duas portas que abrem directamente para o terreno, pode ainda ser realizado por escada em caracol com ligação à zona de serviço.

31 ALÇADO DO ARRUAMENTO DE ACESSO Vão tipo 1 Vão tipo 2 Verificamos que largura do vão tipo é idêntica à altura d vão tipo 2.

32 ALÇADO POSTERIOR

33 ALÇADO LATERAL ESQUERDO

34 ALÇADO LATERAL DIREITO

35 ALÇADO LATERAL DIREITO Neste alçado verificamo proporcionais, existind que os vãos sã uma leitura d simetrias.

36 FOTO14 FOTO10 FOTO12 FOTO11 FOTO13 FOTO8 FOTO7 8 FOTO3 FOTO6 FOTO5 FOTO15 FOTO17 FOTO16 FOTO18 FOTO19 FOTO20 FOTO2 1 FOTO4 FOTO1 FOTO9

37 FOTO Nº 1

38 FOTO Nº 2

39 FOTO Nº 3

40 FOTO Nº 4

41 FOTO Nº 5

42 FOTO Nº 6

43 FOTO Nº 7

44 FOTO Nº 8

45 FOTO Nº 9

46 FOTO Nº 10

47 FOTO Nº 11

48 FOTO Nº 12

49 FOTO Nº 13

50 FOTO Nº 14

51 FOTO Nº 15

52 FOTO Nº 16

53 FOTO Nº 17

54 FOTO Nº 18

55 FOTO Nº 19

56 FOTO Nº 20

57 Casa Tugendhat -PEÇAS DESENHADAS -PLANTAS -ALÇADOS -CORTES -PLANTAS DE ZONAMENTO

58 Casa Tugendhat Trabalho realizado: -António Moreira Rebelo; -Nuno Manuel Sousa Pinto de Carvalho Gonçalves -Jorge Manuel Monteiro Sequeira

59 BIBLIOGRAFIA: - Casas do Século XX

Hotel 4 estrelas + Moradias em Malanje -Estudo Prévio

Hotel 4 estrelas + Moradias em Malanje -Estudo Prévio Tendo como base o programa fornecido, o presente estudo tem como objectivo dar a conhecer as intenções da nossa proposta para a elaboração do projecto para um Hotel 4 estrelas, mais moradias em Malanje

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO TERRENOS TRAVESSA DA IGREJA DE NEVOGILDE NEVOGILDE. PORTO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO TERRENOS TRAVESSA DA IGREJA DE NEVOGILDE NEVOGILDE. PORTO Introdução O presente relatório de avaliação diz respeito a dois prédios, um com armazém e outro com moradia, na Travessa da Igreja de Nevogilde, na cidade do Porto. A avaliação do terreno e/ou edifícios

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Carregal do Sal Viseu

Dossier Promocional. Moradia em Carregal do Sal Viseu Dossier Promocional Moradia em Carregal do Sal Viseu 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6.

Leia mais

TALATONA DIAMANTE CONDOMÍNIO PRIVADO PODE SER SEU LAMBORGHINI HURACAN

TALATONA DIAMANTE CONDOMÍNIO PRIVADO PODE SER SEU LAMBORGHINI HURACAN TALATONA DIAMANTE CONDOMÍNIO PRIVADO PODE SER SEU LAMBORGHINI HURACAN Condomínio O Condomínio Diamante apresenta-se como um conjunto de 23 moradias exclusivas de tipologias V8+1 e V6+1, num total de 12.962,25m²

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA BAIRRO

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Tarouca Viseu

Dossier Promocional. Moradia em Tarouca Viseu Dossier Promocional Moradia em Tarouca Viseu 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

COMPOSIÇÃO II TRABALHO 1 CASA PAWSON Interpretação e análise CASA PAWSON JOHN PAWSON

COMPOSIÇÃO II TRABALHO 1 CASA PAWSON Interpretação e análise CASA PAWSON JOHN PAWSON CASA PAWSON JOHN PAWSON O arquitecto Jonh Pawson, nasceu em Halifax, Yorkshire, em 1949. Após uma fase de trabalho na fábrica têxtil familiar e uma temporada ensinando inglês no Japão, formou-se na Associação

Leia mais

CASAS DA FÁBRICA. Condomínio privado na zona das Antas, assinado pelo premiado ateliê Barbosa & Guimarães

CASAS DA FÁBRICA. Condomínio privado na zona das Antas, assinado pelo premiado ateliê Barbosa & Guimarães CASAS DA FÁBRICA Condomínio privado na zona das Antas, assinado pelo premiado ateliê Barbosa & Guimarães UM MUNDO APARTE NO CORAÇÃO DO PORTO VIVER EM PLENO CORAÇÃO da cidade do Porto e gozar a tranquilidade

Leia mais

10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL)

10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL) 10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL) Edifício na Estrada do Cemitério, n.º 6 (Casa Azul) 10. EDIFÍCIO NA ESTRADA DO CEMITÉRIO, N.º 6 (CASA AZUL) 10.1 INFORMAÇÃO GERAL Nome Localização

Leia mais

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES MUSEU DE ARTE CONTEMPORÃ NEA DE SERRALVES www.serralves.pt 1 MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES APRESENTAÇÃO O Museu tem como objectivos essenciais a constituição de uma colecção representativa da

Leia mais

Porto Design Guest House. Ribeira Vila Nova de Gaia

Porto Design Guest House. Ribeira Vila Nova de Gaia Porto Design Guest House Ribeira Vila Nova de Gaia Índice 1 Localização 3 2 Porto Design Guest House 6 3 Fotos 9 4 Plantas 13 5 Contactos 16 Porto Design Gest House Ribeira Vila Nova de Gaia CE Nº : SCE85107223

Leia mais

Residência contemporânea

Residência contemporânea c a s e Residência contemporânea Por Erlei Gobi Fotos: Carlos Mancini Iluminação norteada pela eficiência energética proporciona conforto visual Localizada em um condomínio fechado em Embu das Artes, cidade

Leia mais

Projecto para um conjunto de habitações unifamiliares São Luís, Maranhão, Brasil. Projecto

Projecto para um conjunto de habitações unifamiliares São Luís, Maranhão, Brasil. Projecto O sistema construtivo é simples, tendo sido dada preferência a materiais correntes, ou seja, de utilização mais frequente no local, com soluções técnicas enquadradas na mão-de-obra local e adequadas ao

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Abrantes Santarém

Dossier Promocional. Moradia em Abrantes Santarém Dossier Promocional Moradia em Abrantes Santarém 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

UMA REINTERPRETAÇÃO CONTEMPORÂNEA DA ALDEIA DO PATACÃO: Um ensaio crítico para uma arquitectura bioclimática. ANEXOS

UMA REINTERPRETAÇÃO CONTEMPORÂNEA DA ALDEIA DO PATACÃO: Um ensaio crítico para uma arquitectura bioclimática. ANEXOS UMA REINTERPRETAÇÃO CONTEMPORÂNEA DA ALDEIA DO PATACÃO: Um ensaio crítico para uma arquitectura bioclimática. ANEXOS DISSERTAÇÃO DE MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITECTURA apresentada ao Departamento de Arquitectura

Leia mais

Empreendimento Parque Marechal

Empreendimento Parque Marechal Empreendimento Parque Marechal Índice Pag. 1 Localização 4 2 Descrição 6 3 Quadro de Áreas 11 4 Plantas Implantação 13 Planta Casa H8 14 Planta Casa H9 15 5 Acabamentos 17 9 Contactos 19 CB Richard Ellis

Leia mais

FUNCIONAL TOPOGRAFIA SOLAR/ PRIMEIRA METADE DO TERRENO E O INFERIOR LOCADO MAIS A

FUNCIONAL TOPOGRAFIA SOLAR/ PRIMEIRA METADE DO TERRENO E O INFERIOR LOCADO MAIS A FUNCIONAL IMPLANTAÇÃO IDENTIFICAR COMO SE DÁ A OCUPAÇÃO DA PARCELA DO LOTE, A DISPOSIÇÃO DO(S) ACESSO(S) AO LOTE; COMO SE ORGANIZA O AGENCIAMENTO, UMA LEITURA DA RUA PARA O LOTE ACESSO SOCIAL ACESSO ÍNTIMO

Leia mais

2.ª Fase de Aluguer de Espaços Comerciais/Armazéns

2.ª Fase de Aluguer de Espaços Comerciais/Armazéns 2.ª Fase de Aluguer de Espaços Comerciais/Armazéns Conceito de Projecto Hipólito Center Park é fruto do processo de requalificação das instalações fabris da antiga Casa Hipólito tornando-se num dos maiores

Leia mais

Disposições de Natureza Administrativa

Disposições de Natureza Administrativa PLANO DE PORMENOR DO POÇO QUENTE EM VIZELA REGULAMENTO (Alteração em Outubro de 2013) Capítulo I Disposições de Natureza Administrativa Artigo 1º Objecto O Plano de Pormenor do Poço Quente, adiante designado

Leia mais

Edifício Habitacional Edemi Gardens

Edifício Habitacional Edemi Gardens Edifício Habitacional Edemi Gardens Rua de Costa Cabral, Porto Índice Pag. 1 Localização e Envolvente 3 2 Descrição 5 3 Quadro áreas/preços 7 4 Acabamentos 9 5 Andar Modelo 11 6 Plantas (fracções disponíveis)

Leia mais

CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP

CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP ABSTRACT A construção pré-fabricada trata-se da utilização de elementos já produzidos antes do processo construtivo

Leia mais

T4 Duplex Jardins do Palacete

T4 Duplex Jardins do Palacete T4 Duplex Jardins do Palacete Boavista/ Porto Nª/Refª 3818 Índice 1 Localização 3 2 Informação Geral 5 3 Disponibilidades 8 4 Acabamentos 10 5 Plantas 13 Implantação 14 T4 Duplex 15 6 Contactos 17 T4 Duplex

Leia mais

Direcção-Geral da Solidariedade e Segurança Social

Direcção-Geral da Solidariedade e Segurança Social Direcção-Geral da Solidariedade e Segurança Social Janeiro/2004 Í N D I C E INTRODUÇÃO Págs. 1. Conceito 2. Objectivos. Destinatários 4. Serviços prestados 5. Capacidade 6. Recursos Humanos 7. Organização

Leia mais

NORMA TÉCNICA LICENCIAMENTO

NORMA TÉCNICA LICENCIAMENTO ELEMENTOS ANEXOS PARA A INSTRUÇÃO DE PEDIDO DE 1. PEDIDO DE DE OPERAÇÃO DE LOTEAMENTO 2. PEDIDO DE ALTERAÇÃO À LICENÇA DE LOTEAMENTO 3. PEDIDO DE DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO 4. PEDIDO DE DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO

Leia mais

ATELIER ESTUDOS E PROJETOS MEMORIA DESCRITIVA

ATELIER ESTUDOS E PROJETOS MEMORIA DESCRITIVA MEMORIA DESCRITIVA NOME: Renato Nuno de Jorge Alberto LOCAL: Rua Serpa Pinto nº1 Horta Ilha do Faial OBRA: Reconstrução de Edifício para Turismo de Habitação 1 INTRODUÇÃO Refere-se esta memória descritiva

Leia mais

MEMÓRIA DESCRITIVA 1. INTRODUÇÃO E DESCRIÇÃO GERAL

MEMÓRIA DESCRITIVA 1. INTRODUÇÃO E DESCRIÇÃO GERAL MEMÓRIA DESCRITIVA 1. INTRODUÇÃO E DESCRIÇÃO GERAL Trata esta memória descritiva da identificação do objeto a concessionar no Concurso para Concessão de Exploração de um Espaço destinado a Restauração

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA A CASA HUBBE, PROJETADA POR MIES VAN DER ROHE, POSSUI

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA A CASA HUBBE, PROJETADA POR MIES VAN DER ROHE, POSSUI FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA ESQUADRIAS/PANOS

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA CASA VIZINHA

Leia mais

CURSO JARDINS DE COBERTURA E JARDINS VERTICAIS

CURSO JARDINS DE COBERTURA E JARDINS VERTICAIS CURSO JARDINS DE COBERTURA E JARDINS VERTICAIS 28 e 29 de Março de 2012 FARO Inscreva-se até ao dia 10 de Fevereiro e usufrua de 15% de desconto CONTACTOS PARA INSCRIÇÕES: 218 806 148 cursosjarquitecturas@about.pt

Leia mais

Comunidades Sustentáveis

Comunidades Sustentáveis Comunidades Sustentáveis Ph.D., Engº do Ambiente Dep. Engª Civil, Arquitectura / Instituto Superior Técnico manuel.pinheiro@civil.ist.utl.pt ou manuel.pinheiro@lidera.info Comunidades? Comunidade communitas,

Leia mais

Residência. Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais. c a s e. Por Claudia Sá

Residência. Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais. c a s e. Por Claudia Sá c a s e Fotos: Rafael Leão Residência Por Claudia Sá Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais ATMOSFERA ACOLHEDORA PARA O DIA-A-DIA E FLEXIBILIDADE para criação de cenários para eventos distintos.

Leia mais

C2faup. Construção em Light Steel Frame. Ana Luísa Mesquita Marco Moreira Orlando Guimarães

C2faup. Construção em Light Steel Frame. Ana Luísa Mesquita Marco Moreira Orlando Guimarães C2faup Construção em Light Steel Frame Ana Luísa Mesquita Marco Moreira Orlando Guimarães Introdução Neste trabalho pretendemos estudar o sistema construtivo de estrutura em aço leve, ou Light Steel Frame.

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA PADRE AMÉRICO, 131, 2.º ANDAR - AP. 25 Localidade CAMPO VLG

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA PADRE AMÉRICO, 131, 2.º ANDAR - AP. 25 Localidade CAMPO VLG Válido até 09/09/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA PADRE AMÉRICO, 131, 2.º ANDAR - AP. 25 Localidade CAMPO VLG Freguesia CAMPO E SOBRADO Concelho VALONGO GPS 41.181981, -8.473370 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Exmº. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lagos

Exmº. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lagos REGISTO DE ENTRADA Requerimento n.º de / / Processo n.º / Pago por Guia n.º,. Ao Serviço O Funcionário, Exmº. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lagos COMUNICAÇÃO PRÉVIA DE OBRAS DE EDIFICAÇÃO EM

Leia mais

Destaque ARQUITECTURA

Destaque ARQUITECTURA ARQUITECTURA ARQUITECTURA Edificio Bloom Space for Business Localização Este edifício situa-se na Rua de Campolide em Lisboa. Com sua localização privilegiada sobre o Parque do Monsanto, coração verde

Leia mais

. 'L:, Introdução A presente memória refere-se 2 Fase de Execução do Projecto de Arquitectura para o Restauro, Recuperação e Reformulação de uma habitação unifamiliar situada no concelho de Castro Verde.

Leia mais

CASA CIRURGIÕES Local Botucatu Ano 2011-2014 Escritório FGMF Autoras: Jéssica Lucena e Tamires Cabral

CASA CIRURGIÕES Local Botucatu Ano 2011-2014 Escritório FGMF Autoras: Jéssica Lucena e Tamires Cabral CASA CIRURGIÕES Local Botucatu Ano 2011-2014 Escritório FGMF Autoras: Jéssica Lucena e Tamires Cabral Implantação e partido formal A casa Cirurgiões é uma residência unifamiliar de uso regular projetada

Leia mais

Estudo sobre o Plano de Reordenamento Urbano do Quadrante Oeste da Rua dos Navegantes da Vila de Coloane. 17 de Junho de 2012

Estudo sobre o Plano de Reordenamento Urbano do Quadrante Oeste da Rua dos Navegantes da Vila de Coloane. 17 de Junho de 2012 Estudo sobre o Plano de Reordenamento Urbano do Quadrante Oeste da Rua dos Navegantes da Vila de Coloane 17 de Junho de 2012 1 Índice 1. Antecedentes do estudo e situação actual 2. Área do estudo e objectivos

Leia mais

FICHA TÉCNICA Sanitários com design. nº 01. Nº Pág.s: 7 01 23. Outubro. 2006. Copyright 2006 - Construlink.com - Todos os direitos reservados.

FICHA TÉCNICA Sanitários com design. nº 01. Nº Pág.s: 7 01 23. Outubro. 2006. Copyright 2006 - Construlink.com - Todos os direitos reservados. FICHA TÉCNICA Sanitários com design nº 01 Nº Pág.s: 7 01 23. Outubro. 2006 Sanitários com design 01 Hoje em dias as casas de banho são encaradas como uma parte integrante do nosso quotidiano. Cada vez

Leia mais

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA PARTAMENTO OBRAS E GESTÃO FICHA TÉCNICA 1. INTIFICAÇÃO Remodelação e Ampliação da Escola do 1º CEB de Coselhas S. Paulo de Frades 2. LOCALIZAÇÃO Coselhas, freguesia de São Paulo de Frades 3. PROJECTO Projecto

Leia mais

É neste pequeno e muito charmoso chalé abraçado pela natureza que o proprietário descansa e recarrega as energias para voltar ao trabalho

É neste pequeno e muito charmoso chalé abraçado pela natureza que o proprietário descansa e recarrega as energias para voltar ao trabalho chalés Refugiado na mata É neste pequeno e muito charmoso chalé abraçado pela natureza que o proprietário descansa e recarrega as energias para voltar ao trabalho Texto: Daniella Grinbergas Fotos: Pedro

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA MURO CERCA

Leia mais

JARDIM DAS JAPONEIRAS. RUA CIDADE DA BEIRA Aldoar Porto N/Refª 2786-H

JARDIM DAS JAPONEIRAS. RUA CIDADE DA BEIRA Aldoar Porto N/Refª 2786-H JARDIM DAS JAPONEIRAS RUA CIDADE DA BEIRA Aldoar Porto N/Refª 2786-H Índice 1 Apresentação 3 2 Localização 5 3 Imagens 7 4 Plantas 12 Implantação 13 Alçados 14 Casa H2 16 5 Acabamentos 18 6 Quadro de Áreas

Leia mais

Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo Municipal de Fafe

Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo Municipal de Fafe Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo Municipal de Fafe ANEXO II PROGRAMA PRELIMINAR Programa_Preliminar_JC_DOM 1 Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo

Leia mais

Bem-vindo ao Praças 47. Ana Caldas Rita Cláudio acaldas@remax.pt riclaudio@remax.pt 925 957 986 927 990 496 RE/MAX Telheiras

Bem-vindo ao Praças 47. Ana Caldas Rita Cláudio acaldas@remax.pt riclaudio@remax.pt 925 957 986 927 990 496 RE/MAX Telheiras Bem-vindo ao Praças 47 Ana Caldas Rita Cláudio acaldas@remax.pt riclaudio@remax.pt 925 957 986 927 990 496 RE/MAX Telheiras Localização Lapa, cruzamento da Rua das Praças e a Rua dos Remédios à Lapa Conceito

Leia mais

Plano de Pormenor de Salvaguarda e Valorização do Núcleo Histórico de Sines. Proposta de Termos de Referência

Plano de Pormenor de Salvaguarda e Valorização do Núcleo Histórico de Sines. Proposta de Termos de Referência Plano de Pormenor de Salvaguarda e Valorização do Núcleo Histórico de Sines Proposta de Termos de Referência Câmara Municipal de Sines Divisão de Planeamento, Ordenamento do Território e Ambiente OUTUBRO

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA GENERAL HUMBERTO DELGADO, BLOCO F, 181, 3.º DIR. Localidade MATOSINHOS

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA GENERAL HUMBERTO DELGADO, BLOCO F, 181, 3.º DIR. Localidade MATOSINHOS Válido até 04/11/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA GENERAL HUMBERTO DELGADO, BLOCO F, 181, 3.º DIR. Localidade MATOSINHOS Freguesia MATOSINHOS E LEÇA DA PALMEIRA Concelho MATOSINHOS GPS 41.193776, -8.698345

Leia mais

Clássico moderno REFORMA A COBERTURA COM INCRÍVEL VISTA PARA A CAPITAL PAULISTA FOI REFORMULADA E GANHOU AMPLITUDE E FUNCIONALIDADE.

Clássico moderno REFORMA A COBERTURA COM INCRÍVEL VISTA PARA A CAPITAL PAULISTA FOI REFORMULADA E GANHOU AMPLITUDE E FUNCIONALIDADE. REFORMA 01 Clássico moderno 02 A COBERTURA COM INCRÍVEL VISTA PARA A CAPITAL PAULISTA FOI REFORMULADA E GANHOU AMPLITUDE E FUNCIONALIDADE Texto Camila Toledo Fotos Divulgação/Sérgio Israel 42 Construir

Leia mais

Externato Paroquial de Colares

Externato Paroquial de Colares Fazer uma escultura é muito simples, é só arranjar um bloco de pedra e depois tirar o que estiver a mais. ( ) Educar uma criança é um processo muito simples, é só arranjar uma criança e depois deixa-la

Leia mais

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO mobiliário urbano. mobiliário de esplanadas

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO mobiliário urbano. mobiliário de esplanadas CRITÉRIOS DE ISENÇÃO mobiliário urbano. mobiliário de esplanadas 02 Critérios específicos 04 Condições Gerais 06 Zonas de Proteção Específica 1 Todo o mobiliário de apoio a esplanadas, nomeadamente, estrados,

Leia mais

Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra

Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra O Plano de Pormenor da Frente Ribeirinha de Alhandra estabelece a concepção do espaço urbano, para a área de intervenção do Plano, dispondo, designadamente,

Leia mais

Dossier Promocional. Empreendimento Varandas da Venezuela 2 - Porto

Dossier Promocional. Empreendimento Varandas da Venezuela 2 - Porto Dossier Promocional Empreendimento Varandas da Venezuela 2 - Porto 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Características Detalhadas do Imóvel 5. Condições

Leia mais

FICHA TÉCNICA DA HABITAÇÃO

FICHA TÉCNICA DA HABITAÇÃO FICHA TÉCNICA DA HABITAÇÃO provisória definitiva 1. Prédio urbano / fracção autónoma Morada Código Postal - Inscrito na matriz predial da freguesia de art.º n.º Registado na Conservatória do Registo Predial

Leia mais

Portaria n.º 1276/2002 de 19 de Setembro

Portaria n.º 1276/2002 de 19 de Setembro Portaria n.º 1276/2002 de 19 de Setembro O artigo 4.º do Decreto-Lei n.º 410/98, de 23 de Dezembro, que aprovou o Regulamento de Segurança contra Incêndio em Edifícios de Tipo Administrativo, determina

Leia mais

6408 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 235 10 de Outubro de 2001 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS

6408 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 235 10 de Outubro de 2001 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS 6408 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 235 10 de Outubro de 2001 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Resolução do Conselho de Ministros n. o 150/2001 A Assembleia Municipal de Santarém aprovou em 20

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO MOLHE, 113, R/C ESQ.º Localidade PORTO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO MOLHE, 113, R/C ESQ.º Localidade PORTO Válido até 28/09/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO MOLHE, 113, R/C ESQ.º Localidade PORTO Freguesia ALDOAR, FOZ DO DOURO E NEVOGILDE Concelho PORTO GPS 41.160004, -8.682547 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR

CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR Nº CER CE0000045965837 CERTIFICADO DE DESEMPENHO ENERGÉTICO E DA QUALIDADE DO AR INTERIOR TIPO DE FRACÇÃO/EDIFÍCIO: EDIFÍCIO DE HABITAÇÃO SEM SISTEMA(S) DE CLIMATIZAÇÃO (NOVO) Morada / Localização Vila

Leia mais

Rua Dr. Souza Lima, 154 Cambuí Campinas - SP - (19) 3252-3075

Rua Dr. Souza Lima, 154 Cambuí Campinas - SP - (19) 3252-3075 Para comemorar seus 15 anos de sucesso, a Construtora Maurício Lattaro apresenta um caderno especial com suas obras de destaque e faz uma homenagem a quem ajudou a construir essa história Rua Dr. Souza

Leia mais

O Interface de Transportes

O Interface de Transportes O Interface de Transportes Tipologias de funcionamento e morfologia espacial - aplicação ao projecto Resumo Alargado Inês Isabel do Nascimento Piedade Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Arquitectura

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO Válido até 29/03/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO Freguesia MONTEMOR-O-VELHO E GATÕES Concelho MONTEMOR-O-VELHO GPS 40.173269, -8.685544 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

GAPTEC. Estudos de Orientação Para o Planeamento do Concelho de Odivelas. Relatório Final Volume II. Maio 2003

GAPTEC. Estudos de Orientação Para o Planeamento do Concelho de Odivelas. Relatório Final Volume II. Maio 2003 GAPTEC Departamento de Planeamento Estratégico Divisão do Plano Director Municipal Estudos de Orientação Para o Planeamento do Concelho de Odivelas Maio 2003 Relatório Final Volume II EQUIPA Coordenadores

Leia mais

Vitrallis. Um novo modo de viver. Bem melhor.

Vitrallis. Um novo modo de viver. Bem melhor. Vitrallis. Um novo modo de viver. Bem melhor. Criamos o Vitrallis como um condomínio completo, pensado para os dias de hoje e para o seu futuro. Nos primeiros pavimentos, você encontrará todas as conveniências,

Leia mais

DECRETO Nº 2.557, DE 10 DE MARÇO DE 2008.

DECRETO Nº 2.557, DE 10 DE MARÇO DE 2008. DECRETO Nº 2.557, DE 10 DE MARÇO DE 2008. Altera a redação do Decreto nº 2.378, de 16 de agosto de 2006, que regulamenta a Lei Complementar nº 112, de 25 de julho de 2006, e dispõe sobre a Autorização

Leia mais

5.3.26 IDENTIFICAÇÃO: ESTAÇÃO DE CORREIOS DE SANTARÉM. Designação: Localização: Largo Cândido dos Reis. Empresa que presta serviços de comunicações

5.3.26 IDENTIFICAÇÃO: ESTAÇÃO DE CORREIOS DE SANTARÉM. Designação: Localização: Largo Cândido dos Reis. Empresa que presta serviços de comunicações 5.3.26 IDENTIFICAÇÃO: Designação: Localização: Função: ESTAÇÃO DE CORREIOS DE SANTARÉM Largo Cândido dos Reis Empresa que presta serviços de comunicações Acesso exterior ao edifício Estacionamento Não

Leia mais

Índice. introdução portaro connect software linha exclusive linha essential puxadores desenhos técnicos contactos

Índice. introdução portaro connect software linha exclusive linha essential puxadores desenhos técnicos contactos Índice introdução portaro connect software linha exclusive linha essential puxadores desenhos técnicos contactos 3 7 11 13 17 21 25 29 Cifial A Cifial teve o seu início em 1905, numa pequena oficina dedicada

Leia mais

Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação

Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação Índice I II III Nota histórica Informação sobre o espaço Descrição Planta Capacidade Equipamento disponível Outras informações úteis Localização

Leia mais

Execução de caracter para escrita em desenho técnico NBR 8402 Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de linhas - Larguras das linhas NBR 8403

Execução de caracter para escrita em desenho técnico NBR 8402 Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de linhas - Larguras das linhas NBR 8403 Execução de caracter para escrita em desenho técnico NBR 8402 Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de Execução de caracter para escrita em desenho técnico - NBR 8402 Execução de caracter para escrita

Leia mais

situação e ambiência denominação Fazenda Santana códice AIII - F15 - Val localização Rodovia RJ-151, 3º distrito, Santa Isabel do Rio Preto

situação e ambiência denominação Fazenda Santana códice AIII - F15 - Val localização Rodovia RJ-151, 3º distrito, Santa Isabel do Rio Preto Parceria: denominação Fazenda Santana códice AIII - F15 - Val localização Rodovia RJ-151, 3º distrito, Santa Isabel do Rio Preto município Valença época de construção séc. XIX detalhamento do estado de

Leia mais

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. letreiros / anúncios luminosos ou não e anúncios eletrónicos

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. letreiros / anúncios luminosos ou não e anúncios eletrónicos CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. letreiros / anúncios luminosos ou não e anúncios eletrónicos 02 Critérios específicos 03 Condições Gerais 05 Zonas de Proteção Específica 1 Adequar-se à forma

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA MÁRTIRES DO TARRAFAL, Nº375, 1º ESQ Localidade MONTIJO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA MÁRTIRES DO TARRAFAL, Nº375, 1º ESQ Localidade MONTIJO Válido até 14/04/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA MÁRTIRES DO TARRAFAL, Nº375, 1º ESQ Localidade MONTIJO Freguesia MONTIJO E AFONSOEIRO Concelho MONTIJO GPS 38.710800, -8.986600 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

TRANSPORTE COLETIVO URBANO

TRANSPORTE COLETIVO URBANO TRANSPORTE COLETIVO URBANO ABRIGOS PARA PONTOS DE PARADA PROJETO ARQUITETÔNICO Julho 2007 PARADAS DE ÔNIBUS Memorial Justificativo A proposta é a construção de mobiliário urbano para abrigo da população

Leia mais

Totalmente erguida em alvenaria estrutural, Obra racionalizada ARQUITETURA

Totalmente erguida em alvenaria estrutural, Obra racionalizada ARQUITETURA ARQUITETURA Obra racionalizada A alvenaria estrutural reduziu os custos da construção deste sobrado, que, apesar do método construtivo, tem cômodos integrados, no maior estilo contemporâneo POR CÍNTIA

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada SESMARIA DE SÃO JOSÉ, RUA DO AGRICULTOR, 51, Localidade SALVATERRA DE MAGOS

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada SESMARIA DE SÃO JOSÉ, RUA DO AGRICULTOR, 51, Localidade SALVATERRA DE MAGOS Válido até 13/03/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada SESMARIA DE SÃO JOSÉ, RUA DO AGRICULTOR, 51, Localidade SALVATERRA DE MAGOS Freguesia SALVATERRA DE MAGOS E FOROS DE SALVATERRA Concelho SALVATERRA DE

Leia mais

DEPARTAMENTO DE PROJETO DE ARQUITETURA

DEPARTAMENTO DE PROJETO DE ARQUITETURA Disciplina: PROJETO DE ARQUITETURA III FAP 355 Professores: MÓDULO 3 1 o. Período Letivo 2009 Cristiane Rose Duarte, Joacir Esteves, Luciana Andrade, Maria Ligia Sanches, Paulo Afonso Rheingantz e Vera

Leia mais

Trabalho Prático. Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática

Trabalho Prático. Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática Trabalho Prático Designação do Projecto Proposta de Valorização da Zona Ribeirinha do Montijo Tema Cidades Saudáveis e Respostas Locais Breve descrição de conceitos e desenvolvimento teórico da temática

Leia mais

Casa de vidro. Jardim e ambientes internos se fundem nesta casa onde paredes foram substituídas por vidros

Casa de vidro. Jardim e ambientes internos se fundem nesta casa onde paredes foram substituídas por vidros ARQUITETURA Sidney Quintela PAISAGISMO Carla Oldemburg FOTOS Marcelo Aniello Casa de vidro Jardim e ambientes internos se fundem nesta casa onde paredes foram substituídas por vidros 52 CASA DE CAMPO Na

Leia mais

Composição Gráfica. é a relação entre os diferentes elementos gráficos que fazem parte de um documento;

Composição Gráfica. é a relação entre os diferentes elementos gráficos que fazem parte de um documento; Composição gráfica alguns conceitos LAYOUT : é a relação entre os diferentes elementos gráficos que fazem parte de um documento; é a apresentação física do design de um documento e o planeamento da sua

Leia mais

HOTEL PAINEIRAS Paineiras Hotel Rio de Janeiro - RJ - 2009. 11 3159 1970 www.apiacasarquitetos.com.br

HOTEL PAINEIRAS Paineiras Hotel Rio de Janeiro - RJ - 2009. 11 3159 1970 www.apiacasarquitetos.com.br HOTEL PAINEIRAS Paineiras Hotel Rio de Janeiro - RJ - 2009 11 3159 1970 MEMORIAL Um novo corpo: uma restauração também significa dar uma nova imagem ao edificio. Eduardo Souto de Moura A privilegiada

Leia mais

LIGHT STEEL FRAMING. Em Portugal o sistema é vulgarmente conhecido por Estrutura em Aço Leve.

LIGHT STEEL FRAMING. Em Portugal o sistema é vulgarmente conhecido por Estrutura em Aço Leve. Light Steel Framing PORTEFÓLIO 2 QUEM SOMOS A INSIDEPLAN foi criada com o intuito de responder às exigências do mercado no âmbito da prestação de serviços a nível de projecto e obra. Na execução de projectos

Leia mais

OS SENTIDOS. Universidade de Caxias do Sul Curso de Arquitetura e Urbanismo Disciplina de Projeto Arquitetônico IV Professor Julio Ariel G.

OS SENTIDOS. Universidade de Caxias do Sul Curso de Arquitetura e Urbanismo Disciplina de Projeto Arquitetônico IV Professor Julio Ariel G. Universidade de Caxias do Sul Curso de Arquitetura e Urbanismo Disciplina de Projeto Arquitetônico IV Professor Julio Ariel G. Norro PARTIDO GERAL CONDOMÍNIO RESIDENCIAL OS SENTIDOS Acadêmicas: Laura Sirianni

Leia mais

MMBB CASA E ESTÚDIO NA VILA ROMANA

MMBB CASA E ESTÚDIO NA VILA ROMANA CASA E ESTÚDIO NA VILA ROMANA MMBB Esse projeto foi desenvolvido para um artista plástico com um duplo programa: casa e estúdio, a serem resolvidos espacialmente juntos e funcionalmente separados. Foi

Leia mais

AVALIAÇÃO DA TAXA DE SUCESSO EM REABILITAÇÃO URBANA

AVALIAÇÃO DA TAXA DE SUCESSO EM REABILITAÇÃO URBANA Congresso Construção 2007-3.º Congresso Nacional 17 a 19 de Dezembro, Coimbra, Portugal Universidade de Coimbra AVALIAÇÃO DA TAXA DE SUCESSO EM REABILITAÇÃO URBANA Rui Calejo Rodrigues 1, Flora Silva 2

Leia mais

BENS IMÓVEIS. DISTRITO: Sede. USO ATUAL: Institucional

BENS IMÓVEIS. DISTRITO: Sede. USO ATUAL: Institucional Página 1 de 6 IPAC N º08/2012 BENS IMÓVEIS MUNICÍPIO: DISTRITO: Sede DESIGNAÇÃO: Asilo São Vicente de Paulo ENDEREÇO: Rua Coronel Severiano, 131 - Fundinho USO ATUAL: Institucional PROPRIEDADE/ SITUAÇÃO

Leia mais

SUA FAMÍLIA MERECE ESSE PRIVILÉGIO SQNW 106, BLOCO B - NOROESTE

SUA FAMÍLIA MERECE ESSE PRIVILÉGIO SQNW 106, BLOCO B - NOROESTE 1 SUA FAMÍLIA MERECE ESSE PRIVILÉGIO SQNW 106, BLOCO B - NOROESTE Imagem meramente ilustrativa. 2 3 Um novo estilo de vida para o seu dia a dia O Noroeste é a última área residencial do Plano Piloto, que

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, R/C ESQUERDO Localidade VILA NOVA DE GAIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CHOUPELO, 811, R/C ESQUERDO Localidade VILA NOVA DE GAIA Válido até 11/02/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CHOUPELO, 811, R/C ESQUERDO Localidade VILA NOVA DE GAIA Freguesia VILA NOVA DE GAIA (SANTA MARINHA) Concelho VILA NOVA DE GAIA GPS 41.070000, -8.360000

Leia mais

Se procura casa, esta é a porta certa.

Se procura casa, esta é a porta certa. N 02 OUTONO / INVERNO 2015 Popular Imóveis Se procura casa, esta é a porta certa. N 02 OUTONO / INVERNO 2015 Viana do Castelo Braga Bragança Vila Real Imóveis do Norte Pág 3 Porto Aveiro Viseu Guarda Coimbra

Leia mais

Editor: Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência

Editor: Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência Editor: Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência Ilustrações: Maria João Lopes Local e Data de Edição: Lisboa, 2005 Colecção: Folhetos SNR, n.º 4 Fotocomposição

Leia mais

PLANO DE PORMENOR DA CASA PIDWELL REGULAMENTO

PLANO DE PORMENOR DA CASA PIDWELL REGULAMENTO PLANO DE PORMENOR DA CASA PIDWELL REGULAMENTO Novembro 2011 ÍNDICE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 Artigo 1.º Objectivo e Âmbito Territorial... 3 Artigo 2.º Relação com Outros Instrumentos de Gestão

Leia mais

Escola Primária da Mexilhoeira da Carregação. Planta de Emergência. Formandos: Dário Afonso, Fernanda Piçarra e Sérgio Inácio. [01 de Março de 2011]

Escola Primária da Mexilhoeira da Carregação. Planta de Emergência. Formandos: Dário Afonso, Fernanda Piçarra e Sérgio Inácio. [01 de Março de 2011] Escola Primária da Mexilhoeira da Carregação Planta de Emergência Formandos: Dário Afonso, Fernanda Piçarra e Sérgio Inácio [01 de Março de 2011] A Planta de Emergência Segundo a norma NP 4386 define a

Leia mais

envolvente Excepcional localização, a 500 mt do Largo do Chiado Dentro do Bairro Histórico de Santa Catarina, o mais emblemático de Lisboa

envolvente Excepcional localização, a 500 mt do Largo do Chiado Dentro do Bairro Histórico de Santa Catarina, o mais emblemático de Lisboa santa catarina, 3 Excepcional localização, a 500 mt do Largo do Chiado Dentro do Bairro Histórico de Santa Catarina, o mais emblemático de Lisboa Integrado no conjunto edificado do Pátio do Lencastre,

Leia mais

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. letras soltas e símbolos

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. letras soltas e símbolos CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. letras soltas e símbolos 02 Critérios específicos 03 Condições Gerais 05 Zonas de Proteção Específica 1 Adequar-se à forma e à escala, de modo a respeitar a integridade

Leia mais

Dossier Promocional. Hotel Príncipe da Beira Fundão

Dossier Promocional. Hotel Príncipe da Beira Fundão Dossier Promocional Hotel Príncipe da Beira Fundão 1 1. Contexto e Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS E AMBIENTAIS CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS E AMBIENTAIS CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS EXATAS E AMBIENTAIS CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Projeto Arquitetônico I 2015/01 Representação de projetos de arquitetura - NBR 6492 Arquitetura

Leia mais

UNESP DESENHO TÉCNICO: Fundamentos Teóricos e Introdução ao CAD. Parte 3/5: Prof. Víctor O. Gamarra Rosado

UNESP DESENHO TÉCNICO: Fundamentos Teóricos e Introdução ao CAD. Parte 3/5: Prof. Víctor O. Gamarra Rosado UNESP UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ENGENHARIA CAMPUS DE GUARATINGUETÁ DESENHO TÉCNICO: Fundamentos Teóricos e Introdução ao CAD Parte 3/5: 8. Projeções ortogonais 9. Terceira Vista 10. Tipos

Leia mais

Gavião Vila Nova de Famalicão

Gavião Vila Nova de Famalicão Projeto Educativo Agrupamento de Escolas D. Maria II Caraterização dos estabelecimentos de ensino do agrupamento Triénio 2014/2016 Gavião Vila Nova de Famalicão Projeto Educativo 2014/2016 página 1 Projeto

Leia mais

Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa

Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa HORTO DO CAMPO GRANDE MAGAZINE 14 HORTO DO CAMPO GRANDE MAGAZINE 15 FOTOS: Miguel Serradas Duarte FOTOS: Miguel Serradas Duarte Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa HORTO

Leia mais

REPORTAGENS. de 9 15/02/2011 06:12. Comin. Texto: Débora Borges Fotos: Ale Asbun

REPORTAGENS. de 9 15/02/2011 06:12. Comin. Texto: Débora Borges Fotos: Ale Asbun REPORTAGENS Terreno em declive Mar e floresta ao alcance dos olhos O lote íngreme abriga uma casa "flutuante" com três níveis, cercada pelo verde e com vista para a praia Texto: Débora Borges Fotos: Ale

Leia mais

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA

MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA Refere-se a presente Memória Descritiva e Justificativa ao Projecto de Arquitectura relativo á obra de Construção do Quartel/Sede da Associação Humanitária dos Bombeiros

Leia mais

Villas do Pinhal Velho proporciona-lhe um estilo de vida verdadeiramente exclusivo, complementado pelo prazer e o luxo de viver no seio da natureza.

Villas do Pinhal Velho proporciona-lhe um estilo de vida verdadeiramente exclusivo, complementado pelo prazer e o luxo de viver no seio da natureza. Lotes para Villas Villas do Pinhal Velho é um projecto imobiliário de grande exclusividade do Grupo Lusort, localizado na zona nobre de Vilamoura, inserido num tranquilo e vasto pinhal, um local único

Leia mais

5 DESCRIÇÃO DETALHADA DO BEM CULTURAL

5 DESCRIÇÃO DETALHADA DO BEM CULTURAL 57 5 DESCRIÇÃO DETALHADA DO BEM CULTURAL O conjunto arquitetônico da residência de Antônio de Rezende Costa, que hoje abriga a Escola Estadual Enéas de Oliveira Guimarães foi pelos autores do presente

Leia mais